foto de Marcos Eifler
 

 

 

"O Blog dos Colegas"

 



Agradeço a preferencia dos leitores em 2011 e espero que continem com a gente em 2012.

2011 foi um ano importante , como os demais, mas a conquista do Premio Direitos Humanos, catapultou este site para outro patamar.

O prêmio não é nada mais do que a decorrência da aplicação diaria de quem faz este blog.( o editor)

Coleguinhas

*Gerson Anzzulin, da rádio Guaíba, passa a entrada do ano em Tramandai Beach mas regressa cedinho no dia 1/1/2012 pra trabalhar porque está de plantão...


*Salinha JCTerlera, da Assembléia Legislativa, abriu ontem de tarde, apesar e um funcionário na véspera ter dito que a casa estaria fechada.Ele não pintou, mas a salinha foi aberta pela segurança.

Blogueiros puderam assim postar seus materiais..

NOITE DE PORTO ALEGRE

NESTE DIA 29, QUINTA, CONSEGUI FINALMENTE ENTREVISTAR O FOGUINHO, O ENGENHEIRO PAULO SAMPAIO...

ELE TINHA DITO QUE ESTAVA INTERESSADO EM ME DAR UM DEPOIMENTO SOBRE A NOITE DE PORTO ALEGRE, CUJO LIVRO TENHO PRONTO

VALEU A PENA, POIS O CARA CONHECEU TODOS OS CABARÉS, UM RELATO QUE ME FALTAVA. CONHECEU TAMBÉM A FAMOSA CABANA DO TURQUINHO...

E ANTES DA ENTREVISTA ME DISSE QUE O SERGINHO ROS FOI SIM UM HÁBIL PONTA ESQUERDA DO GREMIO. AGORA FINALMENTE ACREDITO.

Ranking


dois pesos pesados da RBS TV ganham respectivamente 17.530,00( ela é editora-executiva) e ele 18.500,00..

Pro Sul, são belos rendimentos!

Mesa Diretora 2012 tomará posse na segunda-feira


A Câmara Municipal de Porto Alegre realizará, às 15 horas de segunda-feira (2/1), no Plenário Otávio Rocha, sessão especial para a posse da Mesa Diretora 2012, das seis comissões permanentes e da comissão representativa (que se reúne nos recessos). O vereador Mauro Zacher (PDT) assumirá a presidência da Casa, Haroldo de Souza (PMDB) será o 1º vice-presidente, e Fernanda Melchionna (PSOL), a 2ª vice. Carlos Todeschini (PT) ocupará o cargo de 1º secretário; Airto Ferronato (PSB), de 2º secretário, e João Carlos Nedel (PP), de 3º secretário. A eleição de todos os nomes ocorreu em 12 de dezembro.
Comissões Permanentes
Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)
1. Luiz Braz (PSDB)
2. Elói Guimarães (PTB)
3. Sofia Cavedon (PT)
4. Bernardino Vendruscolo (PSD)
5. Sebastião Melo (PMDB)
6. Reginaldo Pujol (DEM)
7. Waldir Canal (PRB)

Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul (Cefor)
1. João Dib (PP)
2. Idenir Cecchim (PMDB)
3. Airto Ferronato (PSB)
4. João Carlos Nedel (PP)
5. Mauro Pinheiro (PT)
Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab)
1. Paulinho Rubem Berta (PPS)
2. Adeli Sell (PT)
3. Alceu Brasinha (PTB)
4. Elias Vidal (PPS)
5. Nilo Santos (PTB)
6. Pedro Ruas (PSOL)
Comissão de Educação, Cultura, Esporte e da Juventude (Cece)
1. Professor Garcia (PMDB)
2. Tarciso Flecha Negra (PSD)
3. DJ Cassiá (PTB)
4. Fernanda Melchionna (PSOL)
5. Haroldo de Souza (PMDB)
Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh)
1. Engenheiro Comassetto (PT)
2. Nelcir Tessaro (PTB)
3. Toni Proença (PPL)
4. Maria Celeste (PT)
5. Luciano Marcantonio (PDT)

Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam)
1. Beto Moesch (PP)
2. Mário Manfro (PSDB)
3. Aldacir Oliboni (PT)
4. Dr. Thiago Duarte (PDT)
5. Carlos Todeschini (PT)
6. Dr. Raul Torelly (PMDB)
Líderes e vice-líderes de bancadas
DEM
Líder: Reginaldo Pujol

PDT
Líder: Dr. Thiago Duarte
Vice-líder: Mário Fraga
2º vice-líder: Luciano Marcantônio
PMDB
Líder: Idenir Cecchim
Vice-líder: Dr. Raul Torelly
2º vice-líder: Professor Garcia
PP
Líder: João Dib
Vice-líder: João Carlos Nedel
PPS
Líder: Elias Vidal

PRB
Líder: Waldir Canal
PSB
Líder: Airto Ferronato

PSDB
Líder: Mário Manfro
Vice-líder: Luiz Braz

PSOL
Líder: Pedro Ruas
Vice-líder: Fernanda Melchionna
PT
Líder: Aldacir Oliboni
Vice-líder: Mauro Pinheiro
2º Vice-líder: Maria Celeste

PTB
Líder: DJ Cassiá
Vice-líder: Alceu Brasinha

PPL
Líder: Toni Proença

PSD
Líder: Tarciso Flecha Negra
Vice-líder: Nelcir Tessaro
Comissão Representativa

Aldacir Oliboni (PT)
Engenheiro Comassetto (PT)
Carlos Todeschini (PT)
Maria Celeste (PT)
Dr. Raul Torelly (PMDB)
Haroldo de Souza (PMDB)
Mauro Zacher (PDT)
Dr. Thiago Duarte (PDT)
Nilo Santos (PTB)
DJ Cassiá (PTB)
João Carlos Nedel (PP)
Tarciso Flecha Negra (PDT)
Mário Manfro (PSDB)
Fernanda Melchionna (PSOL)
Reginaldo Pujol (DEM)
Toni Proença (PPL)
Airto Ferronato (PSB)
Waldir Canal (PRB)
Paulinho Rubem Berta (PPS)
Regina Andrade (reg. prof. 8423)
Vítor Bley de Moraes (reg. prof. 5495)
Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)

Coleguinhas antigos

Na coletiva do prefa MAGRÃO NA QUARTA PASSADA, OLHEI DE LADO E VI O BICUDO E O GORDO UCHA UM DO LADO DO OUTRO E TIVE QUE ME LEMBRAR QUE OS DOIS MORARAM JUNTOS NUMA PENSÃO NA AV. JOÃO PESSOA, PERTO DE ONDE FICAVA O TOURING CLUB. JUNTO DELES MORAVA O KENNY BRAGA TAMBÉM DE LIVRAMENTO E O EX-PREFEITO,AQUELE GORDO QUE TOU CHUMBO NO JOSÉ BARRIONUEVO.

ELES COMIAM O PÃO QUE ROUBAVAM DOS VIZINHOS PORQUE A DUREZA DOS ESTUDANTES VINDOS DE LIVRAMENTO ERA TERRÍVEL...E TAMBÉM CONTAM QUE ALGUMAS VEZES TOMAVAM O LEITE QUE ERA DEIXADO EM GARRAFAS NAS PORTAS DOS VIZINHOS QUE ELES SURRUPIAVAM.
CLARO QUE SE FORES PERGUNTAR PRA ELES, VÃO NEGAR, MAS UM CARA QUE MOROU JUNTO DELES NAQUELA PENSÃO ME CONTOU MUITOS DELHATES DE COMO ERA A DUREZA DAQUELES JOVENS IDEALISTAS QUE TINHAM VINDO DE LIVRAMENTO PRA FAZER A VIDA EM CIDADE GRANDE.

O GORDO UCHA ERA O UNICO QUE QUERIA LARGAR AQUELA VIDA DE POBREZA ENQUANTO OS DEMAIS QUERIAM FAZER A REVOLUÇÃO BEM COISA TIPICA DOS JOVENS IDEALISTAS DA EPOCA QUE ESTUDAVAM NA UFRGS.

POIS NA COLETIVA DO PREFEITO MAGRÃO LÁ ESTAVA O BICUDO DE CABELOS BRANCOS E O DANILO UCHA TAMBÉM. UM DO LADO DO OUTRO, DOIS ANTIGOS COMPANHEIROS DA PENSAÃO QUE ERA CHAMADA DE REPPUBLICA DE LIVRAMENTO PORQUE LÁ ELES PREDOMINAVAM...

TENHO UM BOM MATERIAL SOBRE ISTO QUE UM DIA VOU PUBLICAR. O PREFEITO QUE JÁ MORREU E QUE GOSTAVA DE DAR UNS TIRINHOS ERA O GLENIO LEMOS, O MAIS REVOLUCIONÁRIO DELES TODOS NAQUELE PERIODO.

Meméia

é a senadora Ama Amélia Lemos. Méia é Maria Amélia Arroque, esposa de Luis Gheller, de serafina correa.

Nordeste

Caco Barcellos deixou Portinho na noite de quarta. Vai passar o Reveillon numa pousada de um amigo em São Luis do Maranhão.

Me disse que seu filho Iuri está na California, estudando, mas que ganha seus proprios trocados. Com o Caco não tem esta de moleza, não.


E o Caco está se dando bem neste seu atual casamento. Depois de um período inicial muito tumultuado por conta de conflitos com a atual esposa, disse que agora entrou num período em que a relação dele com a mulher está muito legal. Melhor pra eles.

 

Coleguinhas

O superintendente de Comunicação da Assembleia Legislativa em2012, Marcelo Villas Boas fez anos atrás concurso pra ascensorista numa secretaria DE Estado. e passou!

Está na vaga do PTB!

Já foi quatro vezes superintendente, isto quer dizer, que pra ele é cafezinho o que irá fazer de novo.

de Serafina


Se o candidato a prefeito de Serafina for um desconhecido, como o Matielo(Eduardo) o Bico Branco pode sair de férias e voltar só em março. Já ganhou a eleição.

Se for a Salete Cadore, o osso é mais duro de roer....


A naõ ser que o Sergio Massolini resolva concorrer. Ai embola o meio de campo.

Serginho em Capão vai fazer companhia as corujas.

E quer ir no Barranco só pra depois falar mal da casa mais festejada de Portinho...feita por gente de Barra Funda e adjacências. É que o Serginho não sabe comer carne, está acostumado com grostoli de Bento,tcho.

 

Olides
Estou passando amanhã,quinta feira, por Porto Alegre.
Do Aeroporto,sigo direto para Capão da Canoa.
Mas na segunda feira à noite, durmo aí no Plazinha.
Te convido então para jantar comigo no Barranco, onde nunca
comi bem. Ligue para mim.
Sergio

DE SERAFINA


SE INTERESSAR A ALGUEM ESTA INFORMAÇÃO. O DEPUTADO ALEXANDRE POSTAL QUER EDUARDO MATIELO COMO CANDIDATO A PREFEITO DO PMDB EM SERAFINA....

JB alegou sustentabilidade para encerrar versão impressa, que pode voltar ao mercado


Izabela Vasconcelos

Há pouco mais de um ano, o Jornal do Brasil decidiu migrar da versão impressa para o formato 100% digital. Apesar de esta semana anunciar a intenção de voltar a circular nas bancas semanalmente, em agosto de 2010 o jornal alegou que a manutenção de veículos impressos causa danos à natureza.

Leia também: Versão impressa do Jornal do Brasil poderá voltar ao mercado

“Ora, os custos econômicos e ambientais do papel são insustentáveis. Mais que isso, são desnecessários”, dizia o jornal em um dos 50 pontos que enumerou como motivos para deixar o papel. Para explicar melhor seu ponto de vista, o JB listou alguns motivos ecologicamente inviáveis para manter a versão impressa.

Jornal_do_Brasil2
JB Online se manterá, apesar da proposta de impresso semanal
"14. A cada dia em que um jornal como o JB não é impresso em papel, 72 árvores deixam de ser cortadas. Dado o maior ou menor número de cadernos durante a semana, ao longo de um ano são mais de 30 mil árvores poupadas.

15. Uma única edição de domingo corresponde a cerca de 200 árvores que levam anos para crescer e ocupam 40 mil m² de florestas. Isto equivale a quatro campos e meio de futebol. Em um ano, com a versão digital, são preservadas áreas florestais correspondentes a mais de 1.200 Maracanãs.

16. Para se fazer uma edição do JB em papel consomem-se aproximadamente 10 mil litros d´água e 40 Mw/hora de energia por dia.

17. Além disso, a natureza leva 6 semanas para decompor um único exemplar de jornal em papel".

Na época, a decisão do jornal foi alvo de vários protestos, tanto de leitores, como de funcionários. No entanto, os planos da empresa, caso consiga recursos financeiros, é fazer com que o JB volte a circular uma vez por semana, às sextas-feiras.

Recebo este esclarecimento do POLACO, OU POLI


POR ISTO QUE EU CAPRICHO, QUANDO ERRO É PORQUE TODO MUNDO ERRA UM DIA...


VALEU E AGRADEÇO A PREFERENÇA DO POLACO E ESPERO CONTINUAR SENDO SUA PREFERENCIA NA LEITURA MATINAL DESTE BLOG.

EDUARDO MATIELO JUNTAMENTE COM SALETE CADORE SÃO CANDIDATOS FORTES DENTRO
DOS QUADROS DO PMDB NÃO DEVERÁ FUGIR DISTO E O MATIELO NUNCA CONCORREU A
NADA AINDA PORTANTO NUNCA FOI DERROTADO.

OLHEM A DATA DESTA ENTREVISTA


Mensalão: ‘Tenho de rezar para Dirceu ser absolvido', diz Roberto Jefferson; leia entrevista
11/07/2011
Denunciante do mensalão, o deputado cassado Roberto Jefferson (PTB-RJ) diz que teme "decisão salomônica" do Supremo Tribunal Federal (STF) e que o seu destino está atrelado ao do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. "Se ele for condenado eu também sou. Tenho que rezar a Deus para que ele seja absolvido."

Para Jefferson, no entanto, a situação de Dirceu é "processualmente muito difícil". Ele ainda afirma que a participação do então presidente do PT José Genoino no esquema era "de menor importância".

O senhor já fez uma avaliação sobre as alegações finais que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, apresentou ao STF?
É difícil eu avaliar. O meu advogado (Luiz Francisco Corrêa Barbosa) acha que são muito fortes as possibilidades de absolvição. Eu não tenho nenhum vínculo com o processo do mensalão.

O senhor diz em seu blog que teme sair da condição de denunciante para a de condenado...
Eu não sou o fermento. Estou fora. Eu já havia advertido ao governo um ano antes. E todo mundo que foi a STF disse isso. O Miro (Teixeira), o Ciro Gomes, o Walfrido (dos Mares Guia), o Aldo Rebelo. A única preocupação que eu tenho é de o Supremo tomar uma decisão salomônica e, se condenar o José Dirceu me condena junto, para não ficar mal com o PT.

O senhor acha que o parecer de Roberto Gurgel foi politizado?
Não. Senão, ele teria tirado mais gente. Ele não se deixou pressionar.

A exclusão de Luiz Gushiken foi correta?
Ao meu ver, foi. Nunca tinha ouvido falar em envolvimento do Gushiken com o mensalão.
Por que o senhor acredita que terá o mesmo destino de Dirceu?
Se ele for condenado eu também sou. Tenho que rezar para que ele seja absolvido. Mas a absolvição dele é processualmente difícil. Ele que decidia tudo. Até a participação do Genoino, é de menor importância.

Então a sua situação também fica difícil.
É muito complicado para mim. Vou ter que trabalhar muito, tenho de levar a cada ministro esse memorial e mostrar: "Olha, ministro, não tenho nada ver com isso". Se eu deixar no caminho salomônico, fica complicado para mim.

O senhor vai insistir na tese de crime eleitoral?
Sim. O dinheiro que peguei com eles em 2004 foi para a eleição municipal. Não para financiamento de deputado na Câmara.

DESTACO


A exclusão de Luiz Gushiken foi correta?
Ao meu ver, foi. Nunca tinha ouvido falar em envolvimento do Gushiken com o mensalão.
NA DEFESA DELE, DE AGOSTO, ELE AFIRMA QUE NÃO HOUVE MENSALÃO PARA O PARTIDO DELE, O PTB. NÃO QUE NÃO TENHA HAVIDO O MENSALÃO. NA RESPOSTA EM RELAÇÃO AO GUSHIKEN ELE AFIRMA QUE: NUNCA TINHA OUVIDO FALAR EM ENVOLVIMENTO DO GUSHIKEN NO MENSALÃO.
IMPRENSA TERMINAR? AH!AH!AH! PARECE, POR EXEMPLO, QUE A ZERO HORA (PETISTA E TARSISTA - VEJA A ROSANE DE OLIVEIRA, CUJO MARIDO É EDITOR DA REVISTA VOX, DA SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO - , ONDE O LULA TINHA UM ARTIGO DOMINICAL, FAZ ALGUM TEMPO, PELO QUAL RECEBIA MAIS DE r$ 5 MIL) AUMENTOU SUA TIRAGEM EM NOVEMBRO. O SONHO DE TODO PESTISTA É ACABAR COM QUEM OS COTESTA. SÓ DEVERIA FICAR A IMPRENSA AMESTRADA.
TODAVIA, É DE SE DIZER, QUE A GLOBO NÃO É CONTRA O PT. O PROBLEMA DO RERE É QUE ELE AINDA ESTÁ NO TEMPO DO "POVO NÃO É BOBO ABAIXO A REDE GLOBO".ASSISTO A GLOBO, E AS OUTRAS, ESPORADICAMENTE, MAS ELA CONTINUA SENDO A MAIS ASSISTIDA. JUNTANDO TODAS AS OUTRAS, ULTRAPASSAM, BEM POUQUINHO, A GLOBO.
QUANTO AO CRESCIMENTO DO BRASIL? PARECE QUE NESTE BLOG ALGUÉM JÁ COLOCOU AS COISAS NOS DEVIDOS LUGARES. ESCREVO SEMANA QUE VEM SOBRE O ASSUNTO.


SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

DIALÉTICA CRÍSTICA
No poder e sem violência: dois desafios da inclusão feminina no poder

Gelson Farias
Jornalista


Em quase todo o mundo existem correntes sociais e culturais que subalternizam e restringem a participação da mulher em diversos setores da vida social. Tais correntes se expressam em padrões culturais diferenciados. De acordo com o período histórico e a cultura de um lugar cristalizam-se papéis e identidades para homens e mulheres, gerando uma complexa rede social organizada. As formas como se dão as representações possibilitam a subordinação do gênero feminino ao masculino. A história nos mostra a grande dificuldade que as mulheres tiveram para legitimar seus espaços em todo o mundo. Trata-se de uma longa estrada, que ainda apresenta cenas de mutilações genitais, estupros de guerra, violência doméstica, baixa participação no poder, entre outros percalços.


A idéia de que o lar e a família são domínios essencialmente femininos perdura-se por milênios, perpetuando a desigualdade e obstruindo o processo de mudança de atitudes. Nos países ocidentais, a mulher foi totalmente relegada às tarefas domésticas. As oportunidades de trabalhar, estudar, votar e ser votada surgiu tardiamente e mediante muitas reivindicações, após um longo tempo já percorrido pelos homens no campo do poder e no papel de chefes de família. Esses fatores culturais de minimização da capacidade política, intelectual e produtiva das mulheres geraram um desequilíbrio social complexo entre os sexos. A violência de gênero e a presença essencialmente masculina nos cargos públicos e na política são dois efeitos desta cultura do jogo de poder traçado entre o masculino e o feminino. Trata-se de contundentes reflexos da estrutura social de iniqüidade entre os gêneros, ou seja, são fenômenos estruturais, advindos das micro-relações de poder entre os sexos, presentes na conjuntura mundial. Dependendo das forças dos movimentos sociais de mulheres e da conjuntura política e econômica de um país, a mulher encontra-se num patamar mais adiantado ou mais atrasado.

O mundo é das mulheres.


A intensa violência de gênero e a baixa participação da mulher nas decisões políticas são dois fenômenos/problemas que se expressam em todos os tipos de nações e culturas, sejam elas mais ou menos desenvolvidas. Em todos os países do mundo, sejam eles ricos ou pobres, a violência de gênero está presente, de forma onipresente. O mesmo acontece com a representação feminina nos mecanismos de poder. Poucos países, como serão analisados a seguir, está prestes a alcançar a igualdade nas Câmaras Baixas, fenômeno jamais alcançado em nenhum país do mundo.
Além disso, observamos que se trata de dois tipos de tensões, que surgem em esferas diferenciadas. A violência contra a mulher é, geralmente, um problema que mais se expressa em nível privado, principalmente a violência familiar e/ou doméstica. Não podemos esquecer também que existem formas de violência que se dão praticamente em nível público, como os abusos sexuais relacionados a conflitos armados. No entanto, ferem profundamente o íntimo e a individualidade das mulheres. Já a baixa participação da mulher nos mecanismos de poder é uma questão que se dá inteiramente na esfera pública, prejudicando o desenvolvimento de estruturas e decisões políticas equitativas. Tratam-se, portanto, de dois problemas mundiais, com expressões diferenciadas, reflexivas da exclusão de gênero nas várias esferas sociais.
Tanto no Ocidente como no Oriente, homens e mulheres foram moldados segundo estereótipos construídos e envolvidos numa hierarquia baseada no contraste e no desigual. Basicamente, na maioria das sociedades, existiu e ainda existe uma divisão bipolar entre esfera pública e privada, em que a esfera privada é tida como um pólo próprio das mulheres. O espaço dos homens seria necessariamente a esfera pública, considerada como o lugar da liberdade, da dinâmica, da prática e da iniciativa. Além dessa divisão de espaços, prevaleceu também uma forte diferenciação de posturas, comportamentos e até sentimentos apropriados a cada sexo. A mulher foi considerada como portadora de qualidades “passivas”, tais como fragilidade, docilidade, resignação, dependência. Os homens foram associados a qualidades mais “ativas”, como força, praticidade, agressividade, dinamismo e independência. Tais traços de caráter, até hoje, em muitas culturas, são incentivados e inculcados nas pessoas desde que nascem. Daí o brilhantismo da célebre frase de Simone de Beavoir (1970), ao dizer, “não se nasce mulher, torna-se mulher”. E o mesmo pode dizer dos homens. Os tempos que confinavam a mulher do ocidente à gestão da vida privada lentamente estão se exaurindo. A promoção da igualdade passou a corresponder a uma preocupação mundial, principalmente para os movimentos sociais de mulheres e feministas. Em muitos países, aos poucos, a participação feminina na política e em outros mecanismos de poder tem aumentado. No entanto, a questão da violência de gênero ainda se trata de um grave problema, disseminado e fortalecido em inúmeros lugares.
Numa análise simples verificamos que muitas mulheres, foram responsáveis por inúmeras modificações sociais e religiosas. Muitas destas mulheres fizeram história ao assumir pela primeira vez o governo em seus países. Outras, no entanto, fazem de tudo para colocar ordem na casa.
Depois de ocupar os cargos de ministra das Minas e Energia e da Casa Civil, Dilma Rousseff foi eleita a primeira presidente do Brasil em 2010.
Golda Meir dedicou-se à causa sionista e foi uma das fundadoras de Israel. Entre 1969 e 1974 assumiu o mais alto cargo na hierarquia política do Estado, tornando-se primeira-ministra.
Indira Gandhi foi à primeira mulher a ocupar o cargo de primeira-ministra do governo indiano, o que aconteceu entre 1966 e 1977 e entre 1980 e 1984. Tinha o sobrenome do marido, que adotou "Gandhi" por razões políticas.
Na argentina María Estela Martínez de Perón foi à primeira mulher a chegar à presidência na América Latina. Ela era vice na chapa do marido, eleito presidente, mas com a morte de Perón, assumiu o governo de 1974 a 1976.
Benazir Bhutto foi eleita duas vezes primeira-ministra do Paquistão, em 1988 e em 1993, sendo a primeira mulher a ocupar um cargo de chefe de governo de um Estado muçulmano moderno.
Violeta Chamorro da Nicarágua foi à primeira mulher latino-americana a ser eleita presidente por meio do voto, nas eleições de 1990, quando derrotou, o então presidente Daniel Ortega.
Helen Shirleaf Eleita presidente da Libéria em 2005, quando derrotou o jogador de futebol George Weah, foi à primeira mulher eleita presidente na África.
Ângela Merkel foi eleita chanceler alemão em 2005. Foi à primeira mulher a ocupar o posto na Alemanha.
Em 2006, Michelle Bachelet foi eleita a primeira presidente do Chile

historias de la UNDEZE


O TIME DE "GALINANA"

Um dos principais e mais recordados personagens da capela São Pedro morreu há tempos, mas deixou uma prole muito fecunda principalmente ligada ao ensino e a vida religiosa.

José Benjamin de Costa, um dos fundadores de Serafina, que hoje é nome de rua,teve 11 filhos.

Ele tinha o costume de se autointitular " Galinana"( sou uma galinana velha) dizia aos amigos, depois de aprontar suas molecagens que não foram poucas.

Uma noite, narro no livro Cosi la Ze Stata, um vizinho dele vinha voltando do Caçador, dos lados de Nova Bassano, depois de ter ido namorar, e GIUSEPPIN, como todos os chamavam, estava escondido dentro de uns arbustos. Quando o conhecido cruzou um córrego ele saiu do arbusto dando um grito. Trajava um lençol branco, justamente para no meio da noite, fazer se passar por " una anima del altro mondo") - uma alma do outro mundo.

Não é preciso dizer que o cavalo disparou, e o infeliz que o montava, quase morreu de susto. Ai GIUSEPPIN caiu na gargalhada se identificando.

De uma outra vez me conta sempre meu pai - que tem a implicância de me dizer que eu de " una fregola te fe una nuvola" ( de uma migalha tu fazes uma nuvem, ou seja, inventas muito) Giuseppin foi esperar meu tio INO( Benjamin) falecido no quartel em São Borja em 1930 e cujos restos mortais procuro até hoje - eoutro amigo seu que voltavam de namorar, também num domingo de noite.Quando os dois passaram perto, ele se atirou encima deles, que caíram apavorados, porque GIUSEPPIN dava gritos, fazia gestos( ele era muito bom nisto, eu o conheci) como se fosse o próprio capeta que o fazia.

Um dos dois foi correndo até a casa do meu avo Giuseppe aos gritos, em panico

- Nono, nono el dial gha copa INO( nono, nono o diabo matou o INO)

Como era de noite, meu avó se acordou e ao ouvir o primeiro relato na noite escura e iluminada por aquele ceu estrelado que se vê na capela São Pedro, nem se abalou. Logo sabia quem era o autor da molecagem

- No sta morrir, no sta morrir. Le GIUSEPPIN, concluiu o velho e sábio Giuseppe, que todos os domingos de tarde, compartilhava dom seu vizinho e amigo de grandes discussões sobre temas como vidas futuras, leituras do Correio Riograndense e principalmente a Biblia, que Giuseppin carregava sempre debaixo do braço quando nos domingos de tarde ia visitar meu avó e seu amigo.

E dito e feito: quando o amigo do meu falecido tio INO( Benjamin) chegou de volta ao local,encontrou INO e Giuseppin, sentados num toco, na noite escura, conversando.

Tinha sido mais uma de suas molecagens


Particularmente fui viitma também das molecagens do velho GALINANA...

qUANDO VINHAMOS DA CIDADE passando na frente de sua casa, sempre decíamos até uma fonte de água cristalina que havia ali para tomarmos água.

Era um pit stop que fazíamos sempre...E o dono da fonte, se escondia no mato e volta e meia jogava pedras e fazia de suas molecagens, sem aparecer, sempre.

Não lembro de notícias dele, quando de sua morte.Lembro apenas da morte do meu avó, ocorrida num julho de 1961.

São as lembranças dos personagens que viveram na capela são pedro.

E um primo meu, o LUIS CANTON, sempr elembra na bodega algumas expressões do GIUSEPPIN como uma que dizia:

- valtri se tutti balossi( vocês são todos abobados...)

Luis relembra o antigo morador cuja memória ainda perdura nas gerações mais antigas, como é o caso deste narrador!

DE SÃO BORJA

jOÃO mANOEL BICCA, O BICÃO, QUE JÁ FOI VEREADOR DO PSDB ESTAVA ONTEM COMENDO SALA DE FRUTAS NA BANCA 40 DO MERCADO PÚBLICO EM PORTO ALEGRE. MAS COMO? ELE NÃO É CANDIDATO A PREFEITO DA TERRA DOS PRESIDENTES?

BICCA COSTUMA ANDAR ENTRE SÃO BORJA E PORTO ALEGRE E TRAZ FARDOS DE ARROZ QUE ELE CONSEGUE LÁ PROS SEUS CONHECIDOS DA CAPITAL.

BARRANCO BOMBANDO

Um garção me disse ontem que o BARRANCO está bombando desde a última segunda, quando jantei lá com meu amigo Caco Barcellos( atenção não é o repórter da Globo que é meu amigo, é o Caco do tempo da Vidal de Negreiros, do Partenon, lá se vão quase 40 anos..)..Vou cobrar cachê doChiquinho Tasca, que todo exibido, me disse na segunda que o Caco era seu freguês habitual.

ESTREIA

NUBIA SILVEIRA FEZ SUA ESTREIA COMO CHEFE DO JORNALISMO NUMA COLETIVA DO PREFEITO MAGRÃO. CANCHEIRA COMO É SE SAIU BEM...

A NUBIA JÁ RODOU MUITA BOLSINHA É DO RAMO, COMO SE DIZ.


NADA MELHOR DO QUE TRATAR COM GENTE QUE ENTENDE DO RISCADO...NESTAS COISAS NÃO DÁ PRA INVENTAR MUITO....

LIXO PRA MAIS DE METRO

O PREFA MAGRÃO CONTOU ONTEM QUE PORTO ALEGRE PRODUZ 1.500 toneladas de lixo por dia. E que na Lomba do Pinheiro não dá mais pra atulhar. Vai pra lá e depois 20 carretas levam pro lixão sanitário de MINAS DO LEÃO...

nosso lixo de cada dia então vai todo pra Minas do Leão, que nos aturam....

MAZZARINO CONFESSA A BRINCADEIRA

NÃO DEU OUTRA. FOI O DELEGADO MAZZARINO QUE LIGOU MESMO...

DEI INSTRUÇÕES A ELE PRA QUANDO LIGAR DIZER QUE FOI O DELEGADO DA GRANDE ENCANTADO QUE PROCURA POR UM VIVENTE EXTRAVIADO NA ' CHARMOSA ' SERAFINA COMO ELE DIZ. ASSIM COM ESTE TOM ELE AINDA GANHA O TITULO DE DOUTOR HONORIS CAUSA DA CAMARA MUNICIPAL DE SERAFINA, ONDE PRA SE REUNIR DUAS HORAS POR SEMANA FATURAM 1800 CONTOS MENSAIS LIMPINHO!!!!POVO RICO PAGA BEM SEUS EDIS, AO CONTRARIO DE MUÇUM E ENCANTADO!

ABALADO

QUEM FALOU ONTEM COM O CANTOR VITOR TEIXEIRA FILHO O ACHOU BEM ABALADO...QUEM FOI PRESO É SEU SOBRINHO MAS A CONFUSÃO NA MÍDIA PREJUDICOU MUITO TAMBÉM SEU FILHO, TEIXEIRINHA NETO QUE É TAMBÉM CANTOR.

DEPOIS QUE PENAS SÃO JOGADAS AO VENTO, É DIFICIL RECOLHER!

A SEGUNDA PASSAGEM

UMA IDEIA DE ONYX LORENZONI PEGOU


Uma idéia do candidato do PFL Onyx Lorenzoni, a segunda passagem,quando foi candidato a prefeito, foi copiada pelo prefeito José Fogaça(PMDB) e pelo visto pegou. O povo a está usando e muito.

Quem a implantou foi José Fogaça. O prefeito José Fortunatti disse ontem que 15 milhões de passagerios fizeram uso deste expediente. Que funciona assim: você tem 30 minutos pra usar a segunda passagem que não paga.

Ela começou em julho último em Porto Alegre.

OP

FACTÓIDE

jOSÉ fORTUNATTI apresentou um dado interessante na sua coletiva de fim de ano ontem. O prefa de Portinho disse que foram resgatadas obras que foram indicadas pelo famoso ORÇAMENTO PARTICIPATIVO - bandeira muito cantada em prosa e verso pelo PT e pelos prefeitos Dirceu Carneiro, de Lages( um bigodudo do MDB " velho de guerra" e por Bernardo de Souza, do PSB, de Pelotas -em 1992 e que não haviam sido realizadas.Uma delas, por exemplo, era de 1992( bah, quanto tempo) estava lá jogada num canto. E na sua gestão foi feita.

E foram atrás de outras demandas indicadas durante o famoso ORÇAMENTO PARTICIPATIVO - que ninguém mais fala porque queima o filme de quem toca neste assunto - e acharam 1070 obras indicadas pelo OP e não realizadas. Ou seja, ouviram a população e neca pau pra aquilo que o povo tinha solicitado como prioridade.

Destas 1070 0bras não realizadas, Fortunatti garante que 700 foram peneiradas e selecionadas para serem executadas.

Deus queira que seja verdade! e não mais um embuste de outro prefeito, cuja origem é também petista e do OP!

MARCELO VILLAS BOAS

PROVOCA BEICINHOS


Pelo menos um coleguinha que trabalha na imprensa do PMDB fez biquinho pra nomeação do colega Marcelo Villas Boas, que está numa secretaria de Estado, onde entrou concursado, pra ser o novo superintendente de comunicação no período de Alexandre Postal como presidente da ALE.

Ao ser perguntado, este coleguinha apenas disse:

- Coisas do POSTAL!

PICUINHAS POLITICAS


AS 10 DA MANHÃ NO PAÇO MUNICIPAL, JOSÉ FORTUNATTI FALAVA DE SUAS REALIZAÇÕES. AS 11 NO PALÁCIO PIRATINI, MARCARAM O LANÇAMENTO DO PORTAL DA COPA...

AH, TEM PACIENCIA. NÃO DAVA PRA FAZER EM HORÁRIOS DIFERENTES. E NA PREFA DEPOIS TEVE UM BRUNCH PRA MATAR A FOME DOS COLEGUINHAS.

NO PALÁCIO FOI BICO SECO. TINHA MUITOS PREFEITOS!


TÁ NA CARA QUE ISTO É PICUINHA POLITICA.

Dos leitores

Recebo da Patricia Baldissera,de Serafina!


Obrigada! Adorei!

FOI OU NÃO O MAZZARINO???!!!!

Depois de um silêncio que denota suspeita de ter sido envolvido no complô no telefonema que deram pro hotel Ca dei Monti( o merchading é gratuito é que cara famoso, como eu e o Adriano sempre trazem fama pros coadjvantes junto)
O mazzarino mandou um pequeno bilhete assinando-se de Balaustre Jr.

Eu tou atrás das provas deste telefonema. E os meus rastreadores, pagos a peso de ouro estão com uma suspeita grave, gravissima. O aparelho de onde teria partido o telefonema se localizaria em Serafina mais precisamente na av. onde está a fabrica da Perdigão, que nada tem a ver com isto.

Se for isto mesmo, e vou provar, vai ter rolo pra mais de metro...De que vou acusar quem fez a molecagem??Ainda não pensei. Pra quem não sabe, atualizo: no sábado ultimo,dia 24/12 ligaram pro hotelzinho onde este cara famoso se hospeda e disseram ser de uma delegacia de polícia...a menina pediu pra d eixar o fone e quem ligou disse que ligaria de novo.

Meu primeiro suspeito foi o Mazzarino, mas ele se sente injuriado.

confusão


muita confusão ontem nos sites do Paraná sobre a prisão do neto do cantor Teixeirinha. Trata-se de Giuliano Teixeira, neto do famoso cantor, mas os sites e jornais deram como sendo a prisão de Vitor Teixeira Neto, que nada tem a ver com o peixe.

DE SERAFINA

EXCLUSIVO


clique nas imagens para ampliar

ESTE SITE OBTEVE COM EXCLUSIVIDADE ATRAVÉS DE UM MEMBRO DO CONSELHO LOCAL QUE PARTICIPA DAS DECISÕES DO HOSPITAL PAROQUIAL uma cópia de uma carta quer o padre vigário de Serafina entregou no ultimo encontro dos membros deste conselho onde praticamente renuncia a condição de presidente do Hospital. E não quer mais que o padre vigário seja automáticamente o presidente do hospital. Ele dá nesta carta as razões pelas quais acha que a questão da saúde nada tem a ver com a Igreja a qual ele pertence.

O padre Agostinho Dal Pian( de Nova Bréscia) fez uma substituição também de três membros que saíram do conselho que tratava da administração do hospital: Antenor Fincatto(por motivo de saúde) Sadi Migliavacca e Luiz Zanini.Entraram no seus lugares, Sérgio Massolini, ex-prefeito e presidente da Acisco, o engenheiro Sérgio Pinzetta e Walter Peccin, que é contador.

com o ingresso de Sérgio Massolini no conselho que dirige o Hospital aumenta o poder da família Massolini no dito estabelecimento, porque dois irmãos dele, Paulo e Enio trabalham como médicos no hospital, sendo Enio o diretor clínico ...Durante muitos anos o diretor clínico foi Roberto Arroque, que se retirou deixando a vaga assumida agora por Enio Massolini.]
Em Serafina, há muitos rumores de que certos exames, como de ultrasom , não teriam equipamentos no hospital onde estes médicos trabalham, justamente para que quem precise dele os faça na clínica particular dos mesmos, a são lucas.

O padre Agostinho Dal Pian tem um estilo diferente do antecessor, o padre fotógrafo, Antônio. Este último, quando presidia o Hospital Paroquial tinha a última palavra e era a que decidia em questões em que isto era necessário.

O administrador que dirige o Hospital Paroquial Nossa Senhora do Rosário é Agélio Zadra, que está no posto há 30 anos.

MEMORIAS DE UM ANDARILHO!

fevereiro de 1986 em Bolonha, na casa da amiga Kátia Kasadei

fevereiro de 1986 em Veneza, no canal com a fotógrafa Avani Stein

fevereiro de 1986 em Veneza, numa estação de trem com a fotógrafa Avani Stein.

Pouco tive tempo de comentar com o amigo Caco Barcellos no nosso encontro da última segunda, no Barranco, sobre uma viagem em que partilhamos alguns quilômetros de estrada na Itália em 1986.

Caco e a sua companheira da época, a fotógrafa Avani Stein tomariam outro rumo , indo pra Budapeste, se não estou enganado. A cortina de ferro ainda não havia caído e nos países comunistas tudo o que se encontrava era restrições, pobreza e dureza do regime, junto com uma enorme vonta de de consumo, o que hoje em dia já deve ter caído um pouco. Não sei, não voltei mais a Europa, depois daquela viagem.

Mas os momentos que partilhamos foram muito agradáveis e partilhamos de algumas aventuras juntos.

Depois cada um seguiu seu rumo...

Enfim, na segunda passada, eu estava mais interessado em gravar um depoimento do Caco, mas falamos principalmente dos assuntos atuais. O passado ficou distante.

Recordo nestas fotos, que estão guardadas e que usarei num livro de memórias umpouco daquele inverno.Voltarei ao assunto contando a história do taxista que era FASCISTA e que decepcionou o nosso amigo durante uma corrida num domingo de noite em Roma.(inté...)

De Serafina

Neste dia 29, quinta-feira, hoje portanto o pórtico de Serafina completa 10 anos da sua inauguração.Por mera coincidência o pórtico foi feita na gestão do prefeito Valcir Reginato, o Polaco, tendo como vice o atual prefeito Ademir Presotto. a Secretária do Turismo era Maria Amélia Arroque ,a Meméia..A verba é de um incentivo federal.

Particularmente, acho estes pórticos horrorosos...mas tem em tudo que é município....

Os sucessos do Brasil

Constatação
A imprensa brasileira teve que dar com algum destaque o Brasil do Lula e da Dilma virar a sexta economia mundial, mas deve ter doido na alma deles. A previsão dos europeus é de que ultrapassaremos a França em 2 anos e a Alemanha em 5 anos. Só ficaremos, em 2017, atrás dos EUA, China e Japão. Do jeito que a coisa está indo, em 1917 não teremos mais imprensa, pois os leitores descontentes com as notícias escondidas (Privataria Tucana) ou com as apostas frustradas (volta da inflação de dois dígitos, pequeno crescimento da economia, desindustrialização e outras) vão todos cancelar suas assinaturas.
Não vou sentir falta, os blogs me informam de tudo em primeira mão.


Remindo Sauim

MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA:

BALANCE EN DERECHOS HUMANOS EN EL GOBIERNO DE DILMA ROUSSEFF
Monitoreo a la Comisión de la Verdad
La diputada brasileña Luiza Erundina no es ni muy optimista ni muy pesimista: “Veo la Comisión de la Verdad con realismo, sé que vamos a enfrentar presiones”. Erundina lidera un organismo que dará apoyo a las investigaciones.
Por Darío Pignotti
Desde Brasilia
La diputada brasileña Luiza Erundina, líder de un organismo que dará apoyo a la Comisión de la Verdad sobre la dictadura (1964-1985), afirmó que este año fue histórico en materia de derechos humanos pero observó con cautela el escenario en 2012, ante las “presiones” militares. “Es claro que la creación de la Comisión de la Verdad por parte de la presidenta Dilma Rousseff fue un hecho de importancia histórica, pero todavía no podemos ser muy optimistas respecto de si logrará sus objetivos en 2012”, declaró Erundina.
“No soy excesivamente optimista ni pesimista, veo la Comisión de la Verdad con realismo, sé que vamos a enfrentar presiones, que ya las hemos constatado en estos meses por parte de grupos conservadores”, dijo la parlamentaria. La dirigente socialista habló de dilaciones. “Sinceramente esperábamos que la presidenta anuncie los nombres de los siete integrantes de la Comisión de la Verdad el 10 de diciembre, como dijeron algunas personas del gobierno informalmente, pero esto no ocurrió”, comentó. De ahí la precaución que manifiesta. “Ahora se dice que la comisión sólo comienza a trabajar en serio en mayo, y no olvidemos que se fijó como plazo hasta 2014 para que presente su informe sobre más de dos décadas de dictadura, no se puede demorar”, agregó.
Luiza Erundina, del Partido Socialista, fue electa hace dos semanas titular de un organismo parlamentario cuya misión será “apuntalar a la Comisión de la Verdad, que nos parece que volverá a sufrir presiones cuando intente develar hechos importantes, vamos a recabar información, testimonios”. Para la congresista, en los próximos meses posiblemente habrá “maniobras para obstruir, hacer que la comisión sea desnaturalizada, no llegue a nada que ayude un posterior trabajo de la Justicia”.
“Son evidentes las nuevas presiones militares, se hicieron patentes el día del anuncio presidencial, impidiendo que la hija de un desaparecido diga el discurso que tenía preparado”, ejemplificó Erundina. De ese modo, se refirió a la suspensión del discurso que iba a pronunciar la hija del diputado Rubens Paiva, desaparecido desde 1971, en el acto de lanzamiento de la Comisión, celebrado el 18 de noviembre. Asistieron a la ceremonia, realizada en el Palacio del Planalto, varios ministros, familiares y víctimas del régimen y los comandantes del Ejército, la Marina y la Aeronáutica. “Lamento que no haya hablado la hija del diputado Paiva y creo que hubiera sido interesante que también realicen un discurso los militares, es positivo que ellos expresen su pensamiento de una manera clara, republicana, sobre las investigaciones de los delitos”, observó Erundina. Medios de prensa publicaron que hubo discusiones acaloradas entre los ministros de Justicia, Defensa y Derechos Humanos en las horas previas a la presentación de la Comisión de la Verdad.
Erundina dijo tener conocimiento de esas versiones. “Y por lo que me han dicho, el ministro de Defensa (el ex canciller Celso Amorim) fue de alguna manera mediador, el que transmitió las quejas militares y sus demandas para que no se lea el discurso” de la hija del diputado desaparecido. La diputada luego aclaró que fue un comentario que le llegó, que esa información no está confirmada.
Ex alcaldesa de San Pablo en la década del ’90, Luiza Erundina ordenó por entonces investigar las tumbas con cuerpos sin nombre en el cementerio de Perus, donde fueron hallados algunos opositores asesinados por el gobierno de facto.
Recientemente, las autoridades brasileñas entregaron a sus familiares los restos del comerciante español Miguel Sabat Nuet, fallecido en una celda de la policía política, el DOPS, en San Pablo. “Hay que seguir analizando los cuerpos encontrados que aún no fueron identificados, eso no puede demorar más, pero estamos contando con el apoyo claro del Ministerio Público Federal y las comisiones de la verdad que comienzan a ser creadas en varios estados, eso es importante”, concluyó Erundina.
Fuente: Pagina 12

Internet Grátis no Camping Carreiro

A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, em parceria com a Empresa Net 11, está disponibilizando Internet Grátis, sem fio, no Camping Carreiro. Durante a temporada de verão, os campistas poderão utilizar a internet sem fio e sem custo. Para acessar, não é necessário senha.

Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa: Viva com Qualidade!

A EXPOSIÇÃO DO ESPANHOL EM ALEGRETE!

FDRH lança editais do Magistério e Brigada Militar nesta quinta

Respondendo a mais um compromisso do Governo do Estado, a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH) publica nesta quinta (29) os editais dos concursos públicos para o Magistério e para a Brigada Militar. Além disso, estão programados para 2012 os concursos da Fundação de Proteção Especial RS (FPE), da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) e, está em negociação, concurso para a Defensoria Pública do Estado.

Defensoria Pública
Representantes da Defensoria Pública do Estado, em reunião com a diretoria da FDRH nesta quarta-feira (27), manifestaram interesse em que a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos realize o concurso público da instituição. Na ocasião, a Defensoria Pública também debateu a possibilidade de seus servidores participarem dos programas de formação continuada desenvolvidos pela Rede Escola de Governo.

Magistério
Serão selecionados dez mil professores para as 30 Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) do Estado. De acordo com as necessidades da Secretaria da Educação, os candidatos nomeados poderão ser designados para exercer suas atribuições em qualquer um dos municípios que integrem a jurisdição da respectiva CRE onde se inscreveram.
O concurso será constituído de duas provas, uma objetiva e a outra de títulos. Esta edição do concurso conta com algumas inovações, entre as quais provas específicas para a área de conhecimento do candidato. Na prova de títulos, os certificados de pós-graduação também precisam ser de áreas afins a atuação do professor e, além disso, será considerado o tempo de exercício da profissão em caráter temporário.
As inscrições iniciam dia 16 de janeiro e seguem até 3 de fevereiro. A expectativa é de que mais de 100 mil professores realizem as provas, previstas para abril. As inscrições variam entre R$ 53,38 e R$ 121,70.

Brigada Militar
A FDRH lança amanhã (29), o edital para o concurso público da Brigada Militar. Serão 2.100 vagas, das quais 1.400 são para Praças de Polícia Ostensiva, 600 para Bombeiros e 100 para Oficiais. As inscrições acontecem entre 01 e 31 de janeiro e podem ser realizadas pelo site www.fdrh.rs.gov.br. O valor varia entre R$ 53,38 (Praças de Polícia Ostensiva e Bombeiros) e R$ 121,70 (Oficiais).

Praças de Polícia Ostensiva e Bombeiros
O vencimento na graduação de Soldado da Brigada Militar equivale ao valor de R$ 1.246,91 e demais vantagens, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. O candidato deve ter entre 18 e 25 anos e possuir ilibada conduta pública e privada. Outros requisitos como altura mínima e peso devem ser consultados no Edital.
O concurso será realizado em quatro fases que compreendem: Exame Intelectual, Exame de Saúde, Exame Físico, Exame Psicológico (Testagem Coletiva e Entrevista Individual).

Oficiais
O concurso se destina ao preenchimento de 100 vagas no Quadro de Oficiais de Estado Maior, no posto de Capitão e outras surgirem no período de validade do concurso. A remuneração para o posto de Capitão é de R$ 4.780,83 e demais vantagens, com jornada de 40 horas.
Durante o curso, o oficial receberá bolsa-auxílio nos termos da Lei nº 12.129/04. O candidato precisa ser bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e ter idade máxima de 29 anos até o último dia da inscrição para o concurso. Além disso, é preciso não estar respondendo a processo criminal e não ter sofrido qualquer condenação incompatível com a função de Policial Militar. Outras exigências devem ser verificadas no Edital. O concurso será realizado em quatro fases distintas, entre as quais: Fase Intelectual (Prova Objetiva, Prova de Redação e Prova de Títulos), Exame de Saúde, Exame Físico e Exame psicológico (Testagem Coletiva, Entrevista de Grupo e Entrevista Individual).

Daiane Evangelista
Assessoria de Comunicação - FDRH

VEJA VOLTA ATRÁS (I)

do blog do Adeli Sell


Até esta segunda-feira (26), o ranking dos livros mais vendidos no país elaborado pela Veja.com não trazia em nenhuma das 20 colocações a obra A Privataria Tucana, de Amaury Ribeiro Júnior. Entretanto, em outras listas, como as das livrarias Cultura, Publifolha e Saraiva, e do site Publishnews, o livro do jornalista constava como o segundo mais comercializado no Brasil. Após a divulgação da ausência da obra no ranking de Veja pelo site Comunique-se, a revista da Editora Abril incluiu A Privataria Tucana na sua lista de mais vendidos, figurando nesta terça-feira (27) no quinto lugar.

VEJA VOLTA ATRÁS (II)


Veja como são as coisas...

DIREITOS DO CONSUMIDOR


Durante o jantar – Só pode cobrar couvert artístico com música ao vivo ou qualquer outra apresentação artística se a cada quatro horas de funcionamento aconteça no mínimo 60 minutos de apresentação contínua ou intercalada.


EUFORIA DEMAIS É UM PERIGO


Por Carlos Chagas

É preciso tomar cuidado com essa história de que o Brasil ultrapassou o Reino Unido e agora passou à quinta economia do planeta. Euforia demais é um perigo. Ninguém esquece os tempos do “milagre brasileiro”, do “Brasil, ame-o ou deixe-o”. Deu no que deu, até na Comissão da Verdade. Ainda bem que o governo e o Congresso estão de recesso, senão já teria começado a maratona de discursos e pronunciamentos celebrando o anúncio.

Começa que devemos desconfiar de quem anuncia. São eles mesmo, as empresas e institutos americanos que de vez em quando entram em parafuso, até em falência, acostumados a dar notas para todo mundo, menos para eles.

Depois, porque a produção não é tudo. Indústrias, comércio, agricultura e serviços vão bem, mas nem tanto a ponto de evitar que o crescimento do PIB congelasse no último trimestre. A explicação é de que outros cresceram menos, ou não cresceram. Claro que a notícia surge positiva, nos enche de orgulho, mas seria bom atentar para nossos índices de pobreza e até de miséria. Na palavra da própria presidente Dilma, o Brasil tem 16 milhões de miseráveis. Festejar o quinto lugar será prematuro enquanto a distribuição da renda nacional não chegar a patamares muito mais justos. Os potentados de nariz em pé deveriam olhar para o fim da fila.

A propósito, continua sempre oportuno buscar no passado lições capazes de nortear nosso futuro. Voltaire, no imperdível “Ensaio Sobre a Moral e o Espírito das Nações”, puxou as orelhas da França ao escrever que nenhum país possuía o tal “destino manifesto” de que se vangloriavam as elites francesas. Muito pelo contrário, ridicularizou o Estado, a nobreza, o clero e negou o direito divino dos reis ao prever sérias dificuldades para o país envolto na ilusão. Felizmente para ele, morreu antes da Queda da Bastilha. Poderia até clamar pela Revolução, mas jamais concordaria com o Terror, a ditadura e o império de Napoleão.

Ignoramos o que acontecerá caso o mundo continue mergulhado na crise, mesmo se nós permanecermos crescendo. Boa coisa não será.
SEM CREDENCIAIS
Por falar em Voltaire, não dá para resistir à tentação de contar mais uma de suas ironias. Depois de passar a vida criticando a Igreja, seu comportamento e seus privilégios, com o refrão de “écrasez l’infame” (esmagai a infame), com mais de 80 anos, às portas da morte, o velho filósofo recebeu um padre que tentou prepará-lo para a outra vida. Indagou do visitante: “Quem o enviou?” Como resposta, ouviu: “Deus em pessoa!” E a réplica: “Então vejamos suas credenciais!”

Guardadas as proporções, tem muita gente falando em nome da presidente Dilma Rousseff, em especial sobre a reforma do ministério. Mas credenciais, mesmo, andam em falta...
OS CAVALOS E OS ASNOS
Para registrar que a verve de Voltaire não foi característica de sua longa experiência, vai uma de sua juventude. Recém-chegado a Paris, com vinte anos, surpreendeu a capital francesa com seus artigos e comentários ferinos. O Regente, Felipe de Orleáns, que governava em nome do jovem Luís XV, resolveu fazer economia e mandou cortar pela metade a despesa com as cavalariças reais. Vendeu mais de 500 corcéis. Voltaire não perdeu a oportunidade e escreveu que em vez dos cavalos, o Regente deveria livrar-se dos muitos asnos que evoluíam em torno do trono.

Irritado, Felipe encontrou-se com o jovem no Bois de Boulogne, onde a nata da sociedade costumava passear. E falou: “monsieur Arouet, vou proporcionar-lhe uma visão de Paris que o senhor jamais viu.” No dia seguinte Voltaire estava preso na fortaleza da Bastilha, onde ficou por onze meses. Arrependido, o Regente mandou soltá-lo e ainda concedeu-lhe a pensão anual de algumas centenas de francos. O incorrigível gênio escreveu de volta: “agradeço a Vossa Majestade preocupar-se com minha alimentação diária, que aceito, mas quando às minhas acomodações, pode deixar que eu mesmo cuido.”

Perdeu a dotação e precisou refugiar-se em Londres, para não ter que voltar à Bastilha...
A VEZ DE RICHELIEU
Vamos ficar na França imortal e retroceder um século. O Cardeal Richelieu governava com mão de ferro, como primeiro-ministro do rei Luís XIII, fraco e hesitante. Tinha como princípio que, em qualquer circunstância, o interesse público deveria prevalecer sobre o interesse privado. Um dia, no entanto, desabafou: “Muitas vezes tenho mais dificuldade em governar o rei do que o reino.”

De novo guardadas as proporções e com todo o respeito, vamos colocar a presidente Dilma no papel do Cardeal e imaginar se ela, de quando em quando, não encontra mais dificuldades em controlar o Congresso do que em gerir o país...

A defesa de Roberto Jefferson

Remindo Sauim

Olides, em vez das bobagens da Veja , Folha ou Globo, quem sabe as declarações do próprio Jefferson venham a clarear a mente de muita gente. Aqui vão as alegações finais do deputado Roberto Jefferson sobre a ação penal que sofre no STF, onde desmente a existência do Mensalão. Seu advogado é o nosso Barbozinha, gaúcho de São Leopoldo.

O Mensalão seria uma propina paga aos deputados para votarem a favor do governo e Jefferson desmente suas acusações dizendo que como era da base do governo, sempre votava a favor e que o dinheiro recebido era um acordo legalizado na Justiça Eleitoral entre partidos de uma mesma coalizão para a eleição municipal de 2004.

Estas declarações, ninguém vai ler em Veja, Folha ou Globo, pois lhes enteressam manter o povo desenformado.

Mas vamos a defesa do deputado:


EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO-RELATOR PERANTE O EXCELSO PLENÁRIO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.

Ref.: Ação Penal nº 470.

ROBERTO JEFFERSON MONTEIRO FRANCISCO, acusado já qualificado no feito da referência, por seu procurador, comparece respeitosamente à ilustrada presença de Vossa Excelência, a fim de apresentar com esta suas alegações finais:


Como Presidente de partido político, o PTB, formulou acordo para a campanha eleitoral de 2004, eleição de vereadores, vice-prefeitos e prefeitos, com o Partido dos Trabalhadores – PT.

Não se tratava aí de apoio ao Governo Federal. A eleição era municipal.

No âmbito federal, o PTB apoiou, desde o 2º turno da eleição presidencial, em 2002, o candidato e a coligação que elegeu o Presidente Lula, detendo um ministério do governo, o do Turismo e compondo a base parlamentar de apoio, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Isso é notório.

O acordo político para as eleições municipais de 2004 com o PT, envolveram, sim, doação financeira deste para o PTB, da ordem de R$ 20 milhões.

Essa doação aprovada por ambos os partidos tem apoio em lei e, naquele pleito, estava regulada pelas Resoluções do egrégio Tribunal Superior Eleitoral.

Era a Resolução nº 21.609/04, art. 3º, parágrafo único, inciso I, que considerou recurso, dinheiro em espécie e, a Resolução nº 20.987/02, art. 10, inciso IV, que indica doação de partido político como fonte de arrecadação.

Assim, os R$ 4 milhões pagos pelo PT, como parte do dito acordo, nada têm de irregular, dirá criminoso.

Eis porque, ilustrado Senhor Ministro-Relator, o Defendente, respeitosamente, pede sua absolvição.
________________________________________________

Pede deferimento.

Sapucaia do Sul, 30 Ago 2011-3ªf.


p.p.
Luiz Francisco Corrêa Barbosa,
OAB/RS nº 31.349.


PRESIDENTE CRISTINA KIRCHNER DIAGNOSTICADA COM CÂNCER NA TIREÓIDE
É o quinto caso da doença entre chefes de Estado da América Latina.

De Buenos Aires
Enriqueta Sollares

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, está com câncer na tireóide. A cirurgia já está marcada. Será no dia 4 de janeiro, no Hospital Universitário Austral, em Buenos Aires. O Anúncio foi feito pelo secretário de Comunicação do Governo, Alfredo Scoccimarro. Ele explicou que a presidente Cristina Kirchner está com câncer no lóbo direito da glândula tireóide.


O problema foi detectado três dias antes do Natal, durante exames de rotina. Nesta terça-feira (27), os exames pré-cirúrgicos indicaram que os gânglios linfáticos não estão comprometidos e que não há metástase. Segundo os médicos, isso quer dizer que a localização do câncer está restrita à glândula tireóide. Aos 58 anos e recém empossada para um segundo mandato, Cristina Kirchner deverá se licenciar da Presidência pelo menos até o dia 24 de janeiro, tempo que se calcula suficiente para o tratamento. A glândula tireóide tem como função produzir hormônios que são liberados na corrente sanguínea. Esses hormônios agem em quase todas as células do corpo e ajudam no metabolismo do organismo. Especialistas afirmam que este é um tipo de tumor mais comum em mulheres. Ainda segundo eles, a taxa de cura, quando detectado no inicio, é muito alta, ultrapassando 95%.

Manchete do Clarín.
A argentina Cristina Kirchner é o quinto caso de câncer entre chefes e ex-chefes de Estado na América Latina. Fernando Lugo, do Paraguai, teve que enfrentar um câncer linfático e buscou tratamento no Brasil; o venezuelano Hugo Chavez ainda se recupera de um câncer de próstata; além da presidente Dilma Rousseff, que enfrentou um câncer linfático, quando era ministra da Casa Civil, em 2009, no governo de Lula, que está em pleno combate a um câncer de laringe.

Um bloguista de direita


Como tinha gente reclamando que só sito blogs de esquerda, aqui vai um post do blog do tucano Noblat:

O que é isso, companheiros?
Em meio à eleição do ano passado, quando o sigilo fiscal de Verônica Serra foi quebrado por suposta encomenda do jornalista Amaury Ribeiro Jr., o problema a separar José Serra de Aécio Neves deixou de ser político e passou a ser pessoal.
Serra concluiu de uma vez por todas que Amaury estava de fato a serviço de Aécio.
Em seu livro “A Privataria Tucana”, Amaury confessa que espionou o esquema de espionagem de Serra a pedido do jornal Estado de Minas, onde trabalhava. Por sua vez, o jornal atendia a um pedido de Aécio, então governador do Estado.
Serra acalenta o sonho de ser candidato a presidente pela terceira vez. Aposta no fracasso do governo de Dilma.
Se não der, porém, tudo fará para que Aécio, uma vez candidato do PSDB a presidente, não se eleja de jeito nenhum.
É o troco.
O PT agradece.


Remindo Sauim

LANATA: LEI LA PRENSA SERÁ O FIM DO JORNALISMO NA ARGENTINA

De Buenos Aires
Enriqueta Sollares


O jornalista e historiador Jorge Lanata, fundador do jornal “Página 12” na segunda metade dos anos 80, disse ao Estado que a eventual aprovação da declaração de “interesse público” da produção e distribuição de papel de jornal será “o fim do jornalismo na Argentina”. Segundo Lanata, os governos de plantão poderão determinar maiores quantidades de papel de jornal aos periódicos alinhados ou condescendentes com a Casa Rosada, enquanto que os jornais críticos correriam o risco de receber quantidades mínimas desse insumo.

Jorge Lanata,

Lanata foi recentemente apedrejado por militantes kirchneristas enquanto o jornalista participava ao ar livre de um debate sobre liberdade de imprensa na Universidade de Palermo. Ao longo do ano passado o governo tentou culpar o “Clarín” e o “La Nación” de terem realizado em 1976 uma compra irregular, por intermédio de torturas, durante a ditadura, da “Papel Prensa”. No entanto, nada foi comprovado até o momento.
O papel de jornal será fiscalizado por uma entidade ainda a ser criada, a Autoridade Federal para o Controle e Acompanhamento da Produção, Distribuição e Comercialização de Papel de pasta de celulose para os jornais (AFePDICop). Esta entidade será comandada por um funcionário, designado pelo Poder Executivo, com um mandato de quatro anos de duração. O governo Kirchner havia tentado aprovar esse projeto no ano passado, quando estava em minoria no Parlamento. Para Lanata tudo não passa de um projeto com intencionalidade política. “Além disso, nenhum meio de comunicação foi convocado às comissões parlamentares para expressar sua opinião sobre o caso”, declarou. Todo são unanimes que a ação do governo foi de confisco encoberto. Dizem ainda que o projeto vise, além de um controle estatal sobre o papel de jornal, o favorecimento dos meios de comunicação aliados do governo, o denominado ‘amigopólio’.

O projeto também determina que qualquer pessoa que tenha mais de 10% de ações de uma empresa de jornal impresso não poderá participar da “Papel Prensa”. Desta forma, fica aberto o caminho para que os novos acionistas sejam empresários de outros setores da economia. Analistas afirmam que donos de empreiteiras, com boa relação com o governo Kirchner, já estão de olho na “Papel Prensa”. Nos artigos 16 e 41 o projeto determina que o Estado, que possui atualmente 27% das ações da Papel Prensa, poderá ampliar seu capital na empresa.

FIM DE ROMANCE


Um coleguinha retirou ontem todos seus pertences de uma instituição onde ele ia passar matéria para a rádio que trabalha...

Fez que nem o Sereno Chaise quando saiu da presidência do PDT: não olhou nem pra trás.

No caso deste coleguinha o que azedou sua relação foi um romance que terminou em tapas e beijos.

Coleguinhas

ESpecializado como poucos em cobrir os assuntos do legislativo municipal, Gerson Anzzulin não estará no dia 2 próximo cobrindo a posse de Mauro Zacher, do PDT como novo presidente do legislativo de Porto alegre.

É que neste dia Anzzulin fora um exame que o médico lhe pediu. Um exame rotineiro. Já pediu para um colega que faz política fazer em seu lugar.

novo endereço


uma carta da PF que bateu na casa de uma ex-companheira do jornalista Paulo Gerson Antunes de Oliveira foi despachada pro advogado comunicar a PF que o jornalista não mora mais no dito endereço localizado na zona sul de porto alegre. Paulo Gerson estaria em Tramandaí, onde estaria construindo uma pousada.

de Serafina

JA A COLIGAÇÃO QUE ESTÁ NA PREFEITURA PP E PT DEVERÁ MARCHAR JUNTA. COM BICO BRANCO NA CABEÇA. O PROBLEMA É O PT DIZER QUEM SERÁ O VICE. O ATUAL BREDA, OU JACIR SALVI????

de Serafina

pmdb já tem candidato!


EDUARDO MATIELLO DEVERÁ SER O CANDIDATO DO PMDB A PREFEITO EM 2012....ELE JÁ FOI CANDIDATO A VICE EM OUTRA ELEIÇÃO EM QUE O PARTIDO PERDEU.

 

Por GERSON ANZZULIN

NOTA


A Procuradoria Geral do Município de Porto Alegre vai recorrer da decisão do desembargador do Tribunal de Justiça do Estado Marco Aurélio dos Santos Caminha de suspender liminarmente a implantação do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde e Família. O magistrado acolheu a Ação Direta de Inconstitucionaliade impetrada pela Associação Brasileira em Defesa dos Usuários do Sistema de Saúde. Entre os argumentos contra a criação do IMESF está o fato do mesmo ser uma personalidade jurídica de direito privado, indo contra os interesses da sociedade. Em princípio a PGM deverá ingressar com o recurso de agravo regimental para tentar derrubar a liminar. A prefeitura mantém a disposição de implantar o IMESF. O secretário municipal da saúde Carlos Casarttelli disse que não ficou surpreendido com a ação e sim com a decisão da Justiça e ressaltou que este modelo de fundação já existe em outras cidades brasileiras. Com a liminar, a Fundação não poderá dar posse à 250 agentes de saúde no dia dois de janeiro. A elaboração do concurso para a contratação dos demais profissionais que irão trabalhar nas equipes do programa de saúde da família também será adiado.

MEMORIA DA IMPRENSA

DLUCT, UM PANFLETO

DESAFORADO E PRETENCIOSO!


o Dluct informa no seu primeiro número no expediente quem o faz


a primeira capa do DLUCT feita num boteco numa ruela da Vila São José, no Partenon.

Estive recordando na segunda d enoite com o Caco Barcellos e com o Querlon, na churrascaria Barranco, alguns lances de um panfleto que fizemos juntos no começo de 1972, em plena ditadura militar e no pior e mais duro dos generais, o Médici.

Fizemos três números...Quando foram levar os originais na grafica pro quarto, o dono da gráfica disse que tinha recebido ordens de não mais imprimir.


Foi uma debandada...cada um se escondeu como podia...

mas o jornal teve alguns lances de ousadia, como uma pesquisa sobre os bares de porto alegre que funciona como um retrato daquela época...

E uma entrevista com o cantor Gilberto Gil, feita nos porões do Teatro Leopoldina, em que o Carlos EDuardo Caramez partiu pruma discussão filosófica com o cantor baiano...

Valeu, companheiros de jornada.

O potreiro DO SILVESTRIN


Em pé, João Pacífico da Costa, Angelo Pan, Laudino Rissoto, José(Bepi) de Costa, Alfredo Canton, Avelino Cavazotto, Etelvino(Telvo) Bazzo.
Agachados: Colorindo Miguel Bazzo(Lindo) Selvino de Costa, Ludovico Guisso,...José Silvestrin.

Campo de José Silvestrin, na capela São Pedro em 1968

Hoje o campo do Silvestrin não existe mais. Ficava nos fundos do 'barracão' da capela São Pedro e era lá que jogávamos futebol, mas era destinado mais aos adultos.

Esta foto peguei lá em casa e mostra o time onde jogava meu pai - de baquer(zagueiro) e outros amigos dele da capela, a grande maioria já falecidos.

Deste time estão vivos meu pai, os irmãos Telvo e Lindo Bazzo e Selvino de Costa.
No local onde ficava o campo do Silvestrin, hoje está a sede campestre do Clube ESportivo Recreativo Gaúcho que foi mandado construir na gestão do presidente Jacir Sgnaolin.
O potreiro do Silvestrin ficou para trás e no sábado ultimo, um dos dois Bazzo que está nesta foto - Telvo, - envolveu-se numa encrenca com um vizinho, Delvo Benvenhu, por causa de um acerto de contas no final de um carteado.

A briga foi aparteada pelos filhos do Telvo, Pelé(Valmor) e Aidir, que puseram um basta à discussão. Lindo, o irmão mais moço de Telvo, apenas ficou olhando a discussão mas não se meteu. DEpois quando o irmão se aproximou dele, ele procurou por agua fria no entusiasmo do Telvo.

A capela São Pedro habita minhas memórias afetivas. Lembro perfeitamente quando íamos aos domingos para as festas de Santo Antônio - o primeiro santo homenageado na localidade, depois substituido por São Pedro - e depois do almoço, havia os fabriqueiros que passavam com as tortas na mão leiloando o doce ...quem desse o lance maior, ficava com o bolo.

Diz meu irmão Renato que uma vez na capela Santana - nicho dos Mior, onde se criaram vários jogadores, entre eles Casemiro - alguém comprou uma destas tortas que estavam em leilão e que comemos torta até não poder mais...

Restam as lembranças daqueles anos tão ingênuos e ao mesmo tempo tão importantes na formação de cada um de nós...

Não se volta ao passado, mesmo que se queira. Apenas lembra-se o que passou, pois recordar é viver!!!

Jovens da Fase recebem 2.116 livros doados em campanha

Foto: Fernanda Westerhofer

Meninos escolheram livros e revistas
Foto: Fernanda Westerhofer

Fernanda, Celeste, Sofia e Toni

Direitos Humanos


Jovens da Fase recebem 2.116 livros doados em campanha
A Câmara Municipal de Porto Alegre entregou, na tarde desta terça-feira (27/12), 2.116 livros e revistas em quadrinhos para serem lidos pelos adolescentes internados na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase). O acervo foi recolhido durante a campanha Doe Um Livro, Mude uma História, promovida pela Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh) e pela Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura, da Câmara, com apoio da Rede Pampa e da Fundação Luterana de Diaconia (FLD).

A meta da campanha foi superada, segundo a presidente da Cedecondh, Maria Celeste (PT). O objetivo era coletar 2 mil obras que pudessem ser levadas para as celas pelos adolescentes. “Acreditamos que, através da leitura, podem se abrir novos horizontes para eles”, disse, informando que 930 jovens, dos quais 550 da Capital, estão nas casas da Fase. Celeste lembrou que a campanha foi lançada em 4 de novembro, na Feira do Livro de Porto Alegre, e durou 45 dias. Os pontos de coleta foram instalados na Feira, na Câmara, na Pampa e na FLD. Houve ainda doações feitas diretamente à Cedecondh. A Escola Toyama, por exemplo, doou 200 livros.

Os livros foram recebidos pela presidente da Fase, Joelza Mesquita Andrade Pires, no auditório da Casa Padre Cacique da Fase, à qual compareceram diversos internos. Também participaram da solenidade a presidente da Câmara, vereadora Sofia Cavedon (PT), a presidente da Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura, Fernanda Melchionna (PSOL), o vereador Toni Proença (PPL), o vice-presidente da Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto, o diretor da Casa Padre Cacique, Davis Kluge, e funcionários da instituição.
Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)

Em Mariscal, Bombinhas,

santa catarina, ontem, dia 27/12 amanheceu com um puta sol.....

memórias de viagem!

A PARIS DO LESTE EUROPEU....

no hotel Ambassador, em Praga, em fevereiro de 1986.

o autor em fevereiro de 1986, numa rua de Praga, um dia depois de uma grande nevasca

O socialismo da Tchecoeslováquia ainda imperava em fevereiro de 1986.


Praga em fevereiro de 1986:num domingo de uma grande nevasca,: crianças vão a um museu no meio da tarde. Na boca do metrô, a neve acumulada atrapalha o ingresso no metrô.


Angela PMachado na frente de um prédio, em Praga, em fevereiro de 1986.

uma ruazinha de Praga, um dia de uma grande nevasca, em fevereiro de 1986.


Três dias em Praga...a terra da neve, da melhor cerveja do mundo!

Em PARIS, EM 1986, nos deram o telefone do cônsul brasileiro, Jorge Taunay( neto do Visconde de Taunay). Os bolsistas brasileiros que moravam em Paris naquele ano, sempre costumavam fazer contato com o cônsul.
Quando fiz contato com ele, foi super gentil e combinou de ir encontrá-lo mais tarde no consulado e marcou um jantar.

No meio do domingo uma professora conduzia os alunos para visitar um museu...A neve, com mais de meio metro - que caíra durante o meio-dia em grandes quantidades - tomou conta de tudo. Tratores removiam toneladas de neve que se acumulara pra que os carros pudessem trafegar nas avenidas e ruas.


Na segunda à noite, depois de ver como se conseguia uma vaga num restaurante mais fino - ou se era membro do Partido Comunista ou do corpo diplomático - jantamos muito bem num pequeno restaurante. Taunay me disse que morar sozinho em Praga não era mole.

E que poucos diplomatas brasileiros naqueles anos gostavam de servir numa capital como Praga, mas que ele tinha descoberto a cidade que tinha o epíteto de A PARIS DO LESTE EUROPEU, devido ao seu brilho nas artes e na cultura. Taunay contou-me que havia " descoberto" Praga e que ele gostava do pais e da cidade. Achava o país encantador!
Taunay me disse ainda que a Tchecoeslováquia estava ainda vivendo sob a égide do comunismo e que aqueles turistas que eu presenciara na hora da queda da nevasca no hotel Ambassador no domingo ao meio-dia, logo após minha chegada, e que comiam caviar enquanto apreciavam a queda da neve eram soviéticos, principalmente de Moscou, ou então do interior da hoje extinta URSS.

Naquele jantar comemos uma excelente truta que segundo Taunay vinha da região dos lagos nas montanhas geladas, do interior do país. Era pleno inverno!

Taunay contou muito sobre sua solidão, de como suportava um inverno onde a temperatura caia a menos de 30 graus centígrados e de como os tchecos enfrentavam este frio todo tomando vodca. Era verdade. Volta e meia eu via alguns jovens meio cambaleantes no meio da neve, caminhando pelas ruas. Eram os tchecos que tinham tomado quilos e quilos de vodca pra enfrentar um frio que nem se imagina.

Na terça de manhã , saí a passear. No almoço provei de um vinho da melhor qualidade mas o que me impressionou era a qualidade da cerveja Pilsen, a melhor do mundo. Os alemães viajam a Praga apenas para tomar cerveja. DE tão boa, eu tomava também pela manhã.

Muito tempo depois da volta desta viagem, recebi um gentil e recordado cartão do diplomata Jorge Taunay dando conta que estava em Brasília.

Passei,ainda em Praga, numa ponte muito famosa lá, mas pouco conhecida no resto do mundo...a ponte Karl Most. Nos domingos, não de inverno( porque nestes dias ninguém saí a rua) as pessoas vão passear nesta ponte, ver exposições de artistas, assim como fazem em Buenos Aires no El Caminito e em Porto Alegre, no Brique e em Paris, no Mercado das Pulgas...

Artistas plásticos costumam expor suas obras na ponte Karl Most.Não são propriamente artistas consagrados, mas os considerados mais underground... Achei sinceramente a ponte de Praga muito mais bonita que a famosa ponte dos Suspiros, em Veneza.


A CHARGE MAIS CONHECIDA

SAMPAULO NÃO ASSINOU

A charge mais conhecida do falecido SAMPAULO( PAULO DE SAMPAIO) NÃO FOI ASSINADA. pUBLICADA EM O CLARIM, JORNAL DO PRÓPRIO LEONEL BRIZOLA E QUE TINHA COMO REDATOR CHEFE HAMILTON CHAVES, teve grande repercussão principalmente depois que os partidários do pTB mandaram reproduzi-la nos jornais de Porto Alegre. Era uma disputa entre PTB e PSD e o partido de Perachi apresentou o caxiense Euclides Triches como candidato a prefeito. Pra provar que Triches era um estranho na capital, Sampaulo pegou uma idéia muito simples: Perachi, o patrono da candidatura mostrando onde ficava a rua da Praia, a Galeria Chaves e outros pontos que são verdadeiras instituições da capital.

- Me esqueci de assinar, me disse no barzinho da ARI um dia Sampaulo.

Por falar em charge, Wilson Vargas da Silveira, que se referia a Brizola, por " compadre" me disse que Brizola tinha verdadeiro pavor de charges.

Tinha medo delas, tanto que quando era contra os adversários políticos ele próprio instruia os chargistas do Clarim do que queria que fizessem.

Circuito Verão SESC de Esportes

A Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, através do Departamento de Esportes e Departamento da Juventude, e o SESC-RS comunicam que estão abertas as inscrições para o Circuito Verão SESC de Esportes, Categoria Futebol de Areia 2012. A previsão de início do Campeonato Regional, Odisseia do Carreiro, é 19 de Janeiro a as fichas podem ser retiradas na Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, Rua Ipiranga, sendo que o valor da inscrição é R$120,00 por equipe.
A Secretaria informa, ainda, que no dia 16 de Janeiro de 2012 haverá Congresso Técnico com os responsáveis das equipes, na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, às 20h. Participe do Circuito Verão SESC de Esportes, Etapa Serafina Corrêa, 3ª Edição, Campeonato Regional de Futebol de Areia – Verão 2012 – Odisseia do Carreiro. Apoio: Conselho Municipal de Esportes.

Adriana Sabadin

CONVITE

CAMPEONATO REGIONAL DE FUTEBOL DE AREIA
VERÃO 2012 - ODISSEIA DO CARREIRO


Estão abertas as inscrições para o Circuito Verão SESC de Esportes Categoria Futebol de Areia 2012. As fichas podem ser retiradas na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Rua Ipiranga em frente a Corsan em Serafina Corrêa. Previsão de Início: dia 19 de Janeiro. Valor da inscrição: R$ 120,00 (Cento e Vinte Reais) por equipe.
Congresso Técnico com os responsáveis das equipes, dia 16 de Janeiro, na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, às 20h.

Promoção e Realização:
- SESC – RS.
- Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa.
- Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo.
Departamento de Esportes e
Departamento da Juventude.

Apoio: Conselho Municipal de Esportes.

Exposição fotográfica:


“De Paris ao Boqueirão, Basileu Ribeiro, um Fotógrafo Alegretense da Belle Époque”


1-Onde é?
Museu Oswaldo Aranha, na Praça do município Alegrete
2- Em que data?
Visitação de 20 de dezembro 2011 a 15 de março de 2012
Em abril de 2012 deverá vir para Porto Alegre com data ainda não definida a ser marcada possivelmente no Memorial do Rio Grande do Sul.
3- Quantas fotos são?
São 30 fotos 60 cm x 50 cm(conforme anexo) com produção gráfica devidamente há época que o fotógrafo Basileu Ribeiro fotografou (1912) “Belle Époque”.
4- De onde são?
As fotos são um verdadeiro achado arqueológico iconográfico pelo Instituto Histórico e Geográfico do RS, através de seu presidente Miguel Espírito Santo que encontrou na fazenda (chamada Estância do Boqueirão) de propriedade da família do ex-primeiro Ministro da Agricultura da Republica Demétrio Nunes Ribeiro (1890) e Dep. Federal da primeira Constituinte. Em um velho baú centenas de chapas de vidro fotografadas por seu filho Basileu Ribeiro do início do séc. XX. As fotos retratam suas viagens à Montevidéu, Lisboa, Paris, Rio de Janeiro, Porto Alegre e as lidas campeiras da fazenda do pai Demétrio como também, a cidade de Alegrete ainda uma pequena vila.
O meu trabalho e da minha equipe, foi de restauração, digitalização, impressão e preservação deste patrimônio iconográfico, e da memória da fotografia, principalmente deste grande fotógrafo Basileu Ribeiro que viveu obscuramente retratando sua época, ainda que no início da indústria fotográfica, mas já manipulava a câmara escura com maestria e muita habilidade, costumava usar uma luz suave de nascer do sol, e a família na fazenda ou em Paris eram seus grandes cenários.
5-Por que decidiste dar este nome na exposição?
Porque Boqueirão é o nome da “Estância do Boqueirão” (50 km de Alegrete) que foi do pai dele (Demétrio Nunes Ribeiro), e foi lá que ele morou e de lá ele saía para suas aventuras pelo mundo.
6- Quantos anos de profissão tens?
Tenho 60 anos, e 42 anos de profissão, nasci em Barcelona Espanha, imigrei com meus pais para o Brasil em 1952. Comecei na ZH em 1969, como laboratorista com o Assis Hoffmann, depois fui para Folha da Manhã, Focontexto, Chefe Dep. Fotográfico Assembléia Legislativa e Palácio Piratini. Hoje administro meu próprio estúdio, ALD Produções Fotográficas.
7- Que outras exposições?
Vou falar nestes últimos cinco anos, que organizei minhas exposições e editei livros.
Exposições:
“Porto Alegre a Cidade do Futuro” (individual-2007) Memorial RS
“Porto Alegre há 50 Anos” (curador da mostra de José Abraham-2008) Memorial RS
“Meus Artistas” (coletiva, marchant: Renato Rosa-2011) Galeria Aldo Locatelli
Livros:
“De braços Abertos” (Álbum fotográfico sobre RS, Gov. do estado distribuiu durante a Copa da África do Sul-2010)
“Vossa Excelência o Militante” (Álbum Fotográfico, atuação da militância em campanhas políticas em Porto Alegre-2007)
8- Quais teus projetos para 2012
Estou trabalhando em uma grande exposição para a Semana do aniversário da cidade que vai se chamar “Porto Alegre, 240 Anos”, paralelamente lançamento de gravuras e cartões postais com identificação em três idiomas.

MAIS COISAS QUE INCOMODAM


Por Carlos Chagas


Poucas vezes por ano abrimos espaço para alinhar coisas que nos incomodam, daquelas a que nos acostumamos, mas, sem dúvida, despertam nossa indignação. Aproveitando a última semana de 2011, vale referir algumas novas.

A quem pensam enganar essas grandes lojas, supermercados e revendedoras de automóveis quando anunciam seus produtos cercados de noves? Noves, no caso, são ofertas que só tapeiam os incautos: 99 reais e 99 centavos por uma cadeira, 999,99 por uma geladeira, 9.999,99 por um som, 29.999,99 por um carro. Por que não assumem a fantasia, acrescentando mais alguns centavos? O freguês é bobo, como regra, mas nem tanto. Fica pior quando dividem as vendas em prestações, também floridas pelos nove. Será ética essa propaganda?

Apesar de lei já aprovada no Congresso, anos atrás, determinando a igualdade de decibéis nas transmissões, as grandes e as pequenas redes de televisão insistem em aumentá-los na hora dos anúncios. Diminuem durante a programação normal, seja em filmes, programas de auditório e toda parafernália apresentada nas telinhas. Imaginam que a publicidade gritada em nossos ouvidos aumentará o número de clientes, só que aumenta mesmo a indignação do telespectador, obrigado a digitar as teclas das maquininhas de controle remoto que fazem baixar e levantar o áudio. Nada mais antipático, ainda que rotina até mesmo nos canais a cabo.

Para ficarmos na televisão, incomoda sobremaneira assistir programas evangélicos onde tresloucados pastores ameaçam o auditório e a audiência com o fogo do inferno, as chamas eternas que fazem todo mundo tremer. Em especial quando, em seguida, exigem contribuições pecuniárias como passaporte para o céu. Existem pastores honestos, cuja função é explicar a Bíblia e dar conselhos éticos, mas cresce o número de picaretas que nem respeitam a gramática, quanto menos os textos religiosos. O diabo (com todo respeito) é que a presença deles multiplica-se em todos os horários, porque remunerar, remuneram muito bem as empresas televisivas. Quando não são seus proprietários.

Outra praga do reino midiático corre por conta da imprensa escrita. Fora as exceções, os jornais adotaram a prática publicitária de turvar suas primeiras páginas, por inteiro ou pela metade, superpondo folhas que ao invés de apresentarem notícias, enganam o leitor com anúncios variados, de eletrodomésticos a laticínios, bebidas, residências e tudo o mais. E com o título do jornal no alto, para dar a impressão de normalidade. Quem vai à banca da esquina e compra o seu diário gostaria de, ainda antes de chegar em casa, passar os olhos nas manchetes e chamadas principais, mas é obrigado a separar, rasgar e embolar a mistificação, jogando-a no lixo ou na calçada. De preferência, sem saber do que se trata.

Tem mais. O cidadão está em casa, descansando na poltrona depois de um dia árduo de trabalho e o telefone toca. Pode ser um parente, um amigo, uma namorada, mas não é. Do outro lado, ouve-se mil vezes de dia e de noite, vem a voz melíflua e pernóstica de alguém que com intimidade exagerada se diz a “Marinhinha”, a Mariazinha” ou a “Ermengarda”, chamando-nos pelo nome, porque já pesquisou. Sem mais aquela, oferece produtos e planos variados a preços módicos, com vantagens mentirosas, ou, com muita frequência, pede auxílio para entidades beneficentes das quais nunca ouvimos falar. Quem lhes deu o direito de invadir nossa privacidade? Ajudar criancinhas órfãs, velhinhos desamparados e doentes de todas as espécies é nosso dever, e o cumprimos junto a organizações sérias, com recibo. A maioria desses pedidos telefônicos, porém, envolve arapucas, daquelas que embolsam as contribuições apenas para irrigar as contas bancárias de quem telefona, sem ajudar ninguém.

Incomoda também não apenas um indivíduo ou uma família, mas quarteirões inteiros, quando alta noite ou de madrugada certos energúmenos resolvem dar festas em suas residências sem respeitar o direito a um relativo silêncio de que dispomos. Todos tem a prerrogativa de celebrar aniversários, formaturas, dias festivos ou até coisa nenhuma. O que não dá para aceitar são essas festas de “bate-estaca”, com DJs ou sem eles, berrando e apresentando conjuntos e bandas que não seriam abomináveis caso adotassem performances civilizadas. Chamar a polícia não adianta, seja em bairros populares, seja em conjuntos com sofisticadas mansões. O resultado é o mesmo: os agentes da lei não aparecem. E quando se dão ao favor de atender o telefone, respondem que precisamos ir à delegacia, lavrar auto de perturbação da ordem. Vale essa mesma indignação para quem mora perto de auditórios especializados em cultos religiosos cujos alto-falantes voltam-se para a vizinhança, repetindo em altos brados aquilo que a televisão também mostra.


Não tem fim, o rol das coisas que deixam o cidadão comum exasperado em sua residência. Agora, se sair de casa, pior ainda. Em especial nas grandes cidades, mas também nas pequenas, o trânsito tornou-se infernal. Em nome do crescimento econômico, as montadoras continuam produzindo milhões de veículos por ano, sem o menor controle por parte das autoridades públicas quanto ao seu destino. Fossem em maior parte para exportação e ainda lavaríamos as mãos, concluindo que o problema era dos outros. Só que é nosso. Trafegar nas ruas e avenidas exige paciência redobrada, e o que dizer dos estacionamentos em filas duplas e agora triplas, nas ruas e nas calçadas? Não aparece um guarda ou agente encarregado da fiscalização. Nas horas do rush dá vontade de sumir. Como os transportes públicos são lamentáveis, no país inteiro, assiste-se a congestionamentos quilométricos, sob o anúncio dos governos de que vão construir mais pontes, viadutos, avenidas e túneis. Só que não adiantará nada. Os automóveis particulares sempre serão em maior número. Dever dos governantes, mesmo, seria investir nos metrôs e nas vias expressas para ônibus, assim como regular a liberação de novas viaturas particulares, mas falta coragem. Além do risco da reação da indústria automobilística, capaz de eleger ou derrubar a maioria dos ditos representantes do povo.

Perturba todo mundo, também, a propaganda desmedida a respeito de estarmos voltando a ser uma ilha de paz e prosperidade em meio a um mundo conturbado. Essa estratégia é perigosa, como demonstrou a ditadura militar. Pois não é que está voltando? Já somos a quinta economia do mundo, até ultrapassamos o Reino Unido, no último fim de semana. Ganha a mídia o projeto de erradicação da miséria, como nos últimos nove anos ouvimos 24 horas por dia que o desemprego estava caindo, que milhões de novos postos de trabalho com carteira assinada tinham sido criados. Pode até ser meia verdade, porque das demissões, nunca falaram. Já que saímos de casa, o que dizer da multidão de pedintes e infelizes vendedores de todas as coisas, postados nos semáforos? Oferecem Papais Noéis de plástico, nestes últimos dias do ano, como também garrafas d’água, biscoitos, panos de prato, bolas de borracha e muito mais. Fora os que apenas se entregam à caridade pública. Autoridades e elites os ignoram, sem perguntar sobre o desemprego. Não querem ser incomodados...

Constatação


A imprensa brasileira teve que dar com algum destaque o Brasil do Lula e da Dilma virar a sexta economia mundial, mas deve ter doido na alma deles. A previsão dos europeus é de que ultrapassaremos a França em 2 anos e a Alemanha em 5 anos. Só ficaremos, em 2017, atrás dos EUA, China e Japão. Do jeito que a coisa está indo, em 1917 não teremos mais imprensa, pois os leitores descontentes com as notícias escondidas (Privataria Tucana) ou com as apostas frustradas (volta da inflação de dois dígitos, pequeno crescimento da economia, desindustrialização e outras) vão todos cancelar suas assinaturas.
Não vou sentir falta, os blogs me informam de tudo em primeira mão.


Remindo Sauim

Coleguinhas

*Hermes Dutra está indo para Santa...mas viajará por Vacaria, por causa dos congestionamentos da BR-101...


*Marcelo Villa Boas está confirmado como novo superintendente de comunicação da assembléia em 2012. A ZH já deu na segunda.

É hoje a coletiva do prefa José Fortunatti. Teve gente que o procurou ontem e ele tinha ido a santa maria ver como estão os bichos que foram transportados pra lá...

O magrão corre o rio grande. ele quer mesmo é ser governador.


*Dizem que a coletiva das 10 de hoje no Paço terá um brunch. Cuidado que os papa coquetéis pintam lá.


*Segunda de noite, o lixo campeava em várias avenidas. Vi montes de lixo na Duque de Caxias, na av. Azenha,e por toda a cidade. Pilhas e mais pilhas de lixo se amontoam na cidade. E isto que a cidade está vazia. Estão todos no litoral.


*Quem quiser contato com o fotografo Assis Hoffmann seu celular é 9341.4560. ele está num asilo.


*Essa do Vicente Romano ter virado o repórter da BR-101 na segunda pra Gaúcha acontece ...Os coleguinhas se empolgam e não resistem diante dos fatos.


*Fotografo espanha está na capital....andou pelo Alegrete, onde fez exposição....espanha não dorme nas palhas


*Ayres Cerutti pegou um toco da filha e foi pro rio de janeiro no dia 24 último

O NOVO REPORTER DAS ESTRADAS DA GAUCHA

SEGUINDO ONTEM DE TARDE PELA BR 101 PARA SUAS GLORIOSAS FÉRIAS EM FLORIPA, VICENTE ROMANO, ASSESSOR DE IMPRENSA DO PP, FOI PEGO PELO CONGESTIONAMENTO,AGORA CHAMADO DE TRANQUEIRA NA BR-101 EM SANTA CATARINA...

E COMO ROMANO NUNCA FOI UM REPORTER DE CAMPO, COMO SE DIZ, ENTROU NO FONE DA GAUCHA NUM PROGRAMA DA TARDE. DEIXARAM ELE ESPERANDO E FINALMENTE ATENDERAM ELE COM ESTA INFORMAÇÃO PRECIOSA.

PARECE QUE O BOLETIM QUE O ROMANO FEZ GRACIOSMANETE DA ESTRADA FOI ASSINADO...

DIZEM QUE O ROMANO FEZ ESTA GENTILEZA, OU ESFORÇO DE REPORTAGEM, PRA DEPOIS PODER COLOCAR AS NOTICIAS DO PP NA GAUCHA, A RÁDIO COM MAIOR IBOPE DO ESTADO

CRISTINA KIRCHNER SEGUE PEDIDO DO DEFUNDO MARIDO, NESTOR E COLOCA O “CLARÍN DE JOELHOS”


Na Câmara de Deputados – onde o governo, desde o dia 10 de dezembro, conta com maioria – o projeto de lei foi aprovado por 134 votos a favor e 92 contra. Do total de 72 cadeiras do Senado, o governo Kirchner obteve 41 votos a favor e 26 contra, além de uma abstenção. Um dos votos favoráveis foi o do senador e ex-presidente Carlos Menem, que nos últimos dois anos passou de ser “inimigo” a “aliado” da presidente Cristina. A Associação de Entidades Jornalísticas da Argentina (Adepa) sustenta que, com a nova lei, o governo controlará e distribuirá o papel-jornal de forma arbitrária.

De Buenos Aires
Enriqueta Sollares

O Senado argentino converteu nesta quinta-feira em lei o projeto que declara de "interesse público" o papel de jornal, em uma decisão qualificada pela oposição de tentativa de silenciar a imprensa independente. O texto foi aprovado no Senado por 41 votos contra 26, após passar na Câmara de Deputados na semana passada.

Cristina Kirchner... “O mundo ainda vai ser meu”!
A iniciativa da presidente Cristina Kirchner declara de interesse público o papel de jornal, com o argumento de que é preciso regular sua atividade comercial para permitir a livre concorrência. Segundo o governo, a lei visa a assegurar para a indústria nacional a fabricação, comercialização e distribuição regular e confiável da pasta de celulose para o papel de jornal, tanto a pessoas físicas como jurídicas com domicílio no país.
A lei estabelece critérios de preços, comercialização e produção para atender à demanda interna dos jornais, através de um aparato regulatório a cargo do ministério da Economia. Atualmente, a empresa Papel Prensa controlada por Clarín (49%), La Nación (22%) e pelo Estado (27,46%) é a única fornecedora do país de papel para jornal, com uma produção anual de 170 mil toneladas. O jornal Clarín publicou nesta quinta-feira um anúncio no qual assinala que "diante do avanço do projeto para controlar a produção e a importação do papel para jornal, as principais organizações jornalísticas da Argentina e da América Latina manifestam sua categórica rejeição". O legislador governista Aníbal Fernández afirmou que o debate foi lúcido e destacou que "do total produzido pelo Papel Prensa 70% vão para Clarín e La Nación, cabendo o restante aos demais 168 jornais do país, a um preço 15% maior". Uma das cláusulas mais questionadas estabelece que a Papel Prensa deva funcionar plenamente para abastecer o mercado e, se isto não ocorrer, o Estado pode intervir para aumentar sua participação acionária, reduzindo a dos demais sócios.
A oposição afirma que essa lei levará a uma “estatização encoberta” do Papel Prensa. Os constitucionalistas afirmam que viola a Carta Magna, pois o governo passaria a exercer um controle direto sobre um insumo necessário para a liberdade de expressão. Neste cenário, o governo – tal como faz há vários anos com as verbas de publicidade oficial – poderão determinar que jornal vá receber mais ou menos papel, condicionando a mídia não alinhada. A Constituição argentina reconhece a liberdade de expressão, isto é, a liberdade de poder criticar o governo, entre outros. Mas, a lei aprovada pelo Senado estabelece um controle estatal sobre o papel no qual essas críticas seriam impressas.

O octogenário senador Carlos Menem (foto) ex-presidente, é cumprimentado cálidamente pelo líder do bloco kirchnerista no Senado, Miguel Ángel Pichetto. Menem deixou de ser “arquiinimigo” e transformou-se em enfático aliado do governo da presidente Cristina. Em outubro Menem foi reeleito para o senado com respaldo dos kirchneristas da província de La Rioja. Nos últimos meses, em diversas ocasiões, Menem afirmou que a política da presidente Cristina “está mais do que certa”. O ex-presidente foi absolvido recentemente no julgamento sobre suas responsabilidades no caso do contrabando de armas para o Equador e a Croácia.


A Papel prensa única fornecedora de papel jornal da Argentina.

No Brasil, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota ontem em Brasília criticando projeto de lei na Argentina que dá ao governo amplos poderes sobre a produção e a comercialização do papel-jornal no país todo. “O projeto dará ao governo argentino o poder de limitar o acesso das empresas jornalísticas ao papel, numa evidente ameaça à liberdade de imprensa”, declarou a ANJ. Na última quinta-feira, a Câmara dos Deputados argentina aprovou o projeto do governo federal que declara o papel-jornal um bem de interesse público. A iniciativa segue para voto no Senado. O projeto de lei do governo argentino para regular a empresa de produção de papel para jornais Papel Prensa tem a intenção de “silenciar a imprensa independente”, afirmou o diretor do diário La Nación.

2012 VEM AÍ!
APOSENTADO NÃO TERÁ AUMENTO REAL EM 2012, É A MANCHETE PARA OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS QUE RECEBEM MAIS DE UM SALÁRIO MÍNIMO.

O salário mínimo passará a ser de R$ 622,00, com um aumento de 14,13% em relação ao valor atual, de R$ 545,00. A maioria dos aposentados e pensionistas fica na faixa entre menos de um salário mínimo e o mínimo.
Já os aposentados e pensionistas que recebem mais do que um salário mínimo, cerca de 8 milhões, terão um aumento de, por enquanto (é a previsão, no momento em que escrevo este texto), 6,3%; ou seja, mais uma vez haverá uma grande defasagem para os que recebem mais que o salário mínimo; pelos percentuais acima, uma diferença de 7,83%.
Embora alguns afirmem que não ocorre a defasagem (quem tem esta opinião reúna um bom número de aposentados e pensionistas e tente convencê-los de que não há defasagem: de repente correrá o risco de levar uma surra), é lógico que a mesma é uma verdade.
Segundo a COBAP – Confederação Brasileira de Aposentados, cerca de 988.282 beneficiários, que se aposentaram no período de abril de 2005 a março de 2006, com benefícios maiores que o salário mínimo, serão os atingidos a partir de janeiro de 2012, passando a receber apenas um salário mínimo.
Já fiz, e refaço, alguns cálculos:
- Quem recebe, hoje, R$ 555,00 (R$ 10,00 a mais que o mínimo atual), com 6,3% de aumento passará para R$ 589,97 (menor que o mínimo futuro: R$ 622,00);diante disto terá que receber um aumento maior (12,07%), para “passar a receber um salário mínimo”; só falta alguém dizer que, quem está nesta situação, foi privilegiado, pois, ao invés de ter um aumento de 6,3% ( pois recebia mais que o salário mínimo), foi “presenteado” com um aumento de 12,07%;
- Quem recebe, hoje, R$ 565,00 (R$ 20,00 a mais que o mínimo atual), com 6,3% de aumento passará para R$ 600,60 (também menor que o futuro mínimo: R$ 622,00); para receber o mínimo, “privilegiadamente” terá que ter um aumento de 10,08%;
- Quem recebe, hoje, R$ 575,00 (R$ 30,00 a mais que o mínimo atual), com 6,3% de aumento passará para R$ 611,23 (menor, também, que o futuro mínimo), devendo ter um aumento “privilegiado” de 8,17% para que possa, diante deste privilégio, passar a receber um salário mínimo;
- Quem recebe,hoje, R$ 585,00 (R$ 40,00 a mais que o mínimo atual), com aumento de 6,3% passará para R$ 621,86 (Bah! Quase chegou ao novo mínimo com os 6,3%); neste caso o “privilégio” será bem menor, pois, para chegar ao mínimo, o aumento teria que ser de 6,32%.
- Quem recebe, hoje, R$ 595,00 (R$ 50,00 a mais que o mínimo atual), com 6,3% de aumento passará para R$ 632,49, continuando a receber “mais que o salário mínimo”, embora num valor menor (R$ 10,49; antes era R$ 50,00);
- Quem recebe, hoje, R$ 605,00 (R$ 60,00 a mais que o mínimo atual), com 6,3% de aumento passará para R$ 643,12, resultando num valor maior que o mínimo de R$ 21,12 (antes era R$ 60,00).
E por aí vai......
Dizem que o aumento maior para o salário mínimo faz parte da política de valorização do mesmo; na marcha que vai todos os aposentados e pensionistas, num futuro bem próximo, passarão a receber como benefício apenas um salário mínimo; é de se perguntar, então, de que valeu para os que, hoje recebem mais que um salário mínimo, terem se qualificado, produzido mais, etc.?
A Previdência Social é um dos componentes da Seguridade Social, junto com a Assistência Social e a Saúde; todos os anos a arrecadação da Seguridade Social é suficiente para pagar todas as despesas das três subdivisões acima e sobra dinheiro, havendo superávit, portanto. Superávit este que permitiria dar aumento maior para os que recebem mais de um salário mínimo.
De acordo com as análises da ANFIP , de 2000 a 2008 tivemos os seguintes números: superávit total: R$ 392,2 bilhões, ou seja, a diferença entre o total das receitas da seguridade social menos o total das despesas. Sobrou toda esta grana. Mesmo com a diminuição dos valores da Desvinculação das Receitas da União (DRU), no total de R$ 237,7 bilhões, ainda assim sobrou o total de R$ 154,5 bilhões. Se somássemos os valores desde 1995, por exemplo, o superávit total, a sobra, chegaria a mais de R$ 437 bilhões, demonstrando, de forma cabal, a falácia do déficit da Previdência Social, que faz parte de um todo, a Seguridade Social.
Em 2009 o superávit da seguridade social foi de R$ 32,940 bilhões, suficiente, tal como nos anos anteriores, para que fosse dado aumento igual ao do salário-mínimo aos que ganham mais e ainda sobraria dinheiro.
Em 2010 este superávit foi de R$ 58,109 bilhões, significando que, recebidas todas as receitas (R$ R$ 458,626 bilhões) da Seguridade Social (Assistência Social, Saúde e Previdência Social), tendo sido pagas todas as despesas da mesma (RS 400,517 bilhões), sobrou toda esta grana.
De quanto será o superávit de 2011?

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

Coleguinhas

Ary dos Santos, presidente do Sindicato do Rádio, jantou no Barranco na noite de segunda passada, em companhia do médico, Kerlon, que vive no Rio e é seu cunhado.

*Kerlon foi um dos que nos anos 70 participou daquele loucura que foi fazer o DLUCT Num centro acadêmico da PUC!

*Hoje ele está longe do jornalismo: é medico há muitos anos.

Coleguinhas

Na segunda de noite fui no Barranco jantar com o Caco Barcellos que estava em Porto...levei um gravador, por descargo de consciência. No final d anoite, ele concordou em dar um depoimento sobre o programa que faz, contar bastidores dele e falar de outras coisas também. Gostei de uma parte quando ele fala os bastidores do Paulo Francis em Nova Iorque.

Ou vou vender a matéria pra alguma revista como frila(preciso de grana) ou voupostar aqui.

Já eram duas da manhã, quando saimos do Barranco, mas o Barranco é pra isto mesmo. Fecha depois da meia noite,sempre.


Por isto que é a casa que é....

MOTORISTAS MAL HUMORADOS NO T-9

E o T9 tem mania de não parar na parada. Eles fazem que vão parar e o ônibus continua andando. O dia que alguém cair, a empresa vai tomar um baita processo. Nunca me liguei de anotar o número pois não são todos os motoristas...

Ellen Augusta

O EUFÓRICO...

... está todo prosa: O BRASIL ULTRAPASSOU A INGLATERRA NO QUE SE REFERE AO PIB. É A 6ª NAIOR ECONOMIA DO MUNDO. NA VERDADE A INGLATERRA TEVE A QUEDA DE SEU PIB, TENDO EM VISTA A CRISE BANCÁRIA DE 2008 E A CONSEQUENTE RECESSÃO.

LEIAMOS A NOTÍCIA, NÃO PUBLICADA PELOS BLOGS DA ESGOTOSFERA:
PIB surpreende e Brasil passa a Grã-Bretanha
A novidade foi lançada pelos próprios ingleses, geralmente parcimoniosos, que alardearam: o Brasil ultrapassou a Inglaterra e se tornou a sexta maior economia do mundo. Os dados são do Centro de Economia e Pesquisa de Negócios (CEBR, em inglês). A crise bancária de 2008 e a consequente recessão foram os pivôs da queda dos britânicos, que pela primeira vez são ultrapassados por um país sul-americano no ranking das maiores economias do planeta. O topo da lista é ocupado pelos Estados Unidos, seguidos por China, Japão, Alemanha e França.

QUANTO AO MENSALÃO ELE CONTINUA ACREDITANDO EM MULA SEM CABEÇA, BICHO PAPÃO, VELHO DO SACO, SACI PERERÊ, ETC. E TAL.

JÁ O LIVRINHO QUE PASSOU A SER A BÍBLIA DA ESGOTOSFERA E DELE, AO QUE CONSTA, CONFORME COMENTÁRIOS DE PESSOAS QUE NÃO CHAFURDAM NO ESGOTO, NÃO PASSA DE UM MONTE DE ACUSAÇÕES SEM PROVAS.

E O LULINHA? RECEBEU DINHEIRO DA TELEMAR. VAI DEVOLVER?

E O DANIEL DANTAS? SEGUNDO CONSTA DEU GRANA PARA A CAMPANHA DO PT EM 2010. MAIS DE UM MILHÃO.
SERÁ VERDADE?

ZÉ DIRCEU VAI PROCESSAR OS ÓRGÃOS DE IMPRENSA? A FOLHA DE SÃO PAULO, POR EXEMPLO, ACHO QUE NÃO, POIS ELE ESCREVE SEGUIDAMENTGE NA MESMA, BEM COMO OUTROS PESTISTAS.

ROBERTO JEFFERSON:

08.07.2011: Ao falar do Mensalão, que denunciou em 2005, no governo Lula, o ex-deputado federal Roberto Jefferson afirma que sua pena estará diretamente ligada a do ex-ministro José Dirceu. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, encaminhou, nessa quinta-feira, ao Supremo Tribunal Federal (STF) as alegações finais do Ministério Público sobre a Ação Penal 470, que denuncia 36 réus envolvidos no esquema do mensalão. Inicialmente eram 40 réus, mas não estão mais no processo Sílvio Pereira, que fez acordo com o Ministério Público, Luiz Gushiken, assessor de imprensa de Lula e José Janene, faleceu.

DISSE ELE:

'Eu e Dirceu somos irmãos siameses,
o que der para ele no julgamento do mensalão,
dá para mim'

ANTE A PERGUNTA:

O que o senhor achou da decisão da procuradoria de pedir a absolvição do ex-ministro Luiz Gushiken?

ELE RESPONDEU:

Eu penso que está correta. Nunca ouvi dizer que ele tivesse envolvido no mensalão. Tem muita gente inocente ali (na lista de réus do processo).

Ele disse que não teve mensalão no partido dele, não que o mensalão não tenha existido.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

NOTA PARA PUBLICAR NO BLOG DO OLIDES

A presidente da Câmara de Porto Alegre Sofia Cavedon entregou nesta segunda-feira à promotoria do meio ambiente do Ministério Público o relatório sobre as 55 reuniões do projeto Câmara na comunidade. O trabalho destacou a questão do lixo, principalmente os problemas com valas e valões, a coleta e o descarte dos resíduos da construção civil. De acordo com Sofia, o Ministério Público poderá cobrar ações da prefeitura para resolver as pendências em diversos bairros da cidade. Em relação aos trabalhos do legislativo em 2011, a vereadora disse que o ano foi positivo com mais de 200 projetos aprovados. Nesta quarta-feira a ouvidoria da Câmara estará na esquina democrática apresentando a prestação de contas. A posse da nova direção da Câmara de Vereadores ocorrerá no próximo dia dois de janeiro, quando Mauro Zacher assumirá a presidência da casa.

GERSON ANZZULIN

A CONTURBADA HISTÓRIA DA PAPEL PRENSA NA ARGENTINA

GELSON FARIAS
JORNALISTA

Em 1969 Papel Prensa foi criado por decreto do general Juan Carlos Onganía. Em 1972, quando governava o general Alejandro Lanusse, a empresa foi entregue a Cesar Augusto Civita e à Editor Abril. Em 1973, durante o governo de Juan Domingo Perón, o ministro da Economia, José Ber Gelbard, forçou a venda ao banqueiro David Gravier, aliado do governo peronista. Além desta aliança com Perón o banqueiro também tinha intrincadas relações financeiras com os militares e com o grupo guerrilheiro Montoneros.

David Graiver, banqueiro de Perón que financiava militares de direita e guerrilheiros de esquerda, morreu misteriosamente no México.

Em 1975 os guerrilheiros entregaram a Graiver US$ 17 milhões de um total de US$ 60 milhões obtidos com sequestro dos irmãos Born (os principais milionários da Argentina na época) para que o banqueiro os investisse. Em 1976 os militares derrubaram o governo de Isabelita Perón. Graiver morreu em agosto de 1976 em estranho acidente de avião no México. Seus bancos na Europa e EUA faliram. Nessa conjuntura complicada, seus herdeiros venderam as ações da Papel Prensa no dia 2 de novembro daquele ano. Um mês depois, os Montoneros pressionaram a víuva para que entregasse o dinheiro que seu falecido marido havia administrado para a guerrilha, ameaçando-a jogar pela janela de seu edifício. Seis meses depois Papaleo e seu cunhado, Isidoro Graiver, foram detidos pelos militares, acusados de ter o dinheiro do sequestro feito pelos Montoneros. Os militares confiscaram diversos bens da família e torturaram Lídia e Isidoro.


Lídia E Oswaldo Papaleo

Em 1986 Papaleo prestou depoimento nas investigações realizadas na época sobre crimes da ditadura. Na ocasião afirmou que havia sido detida em março de 1977, meses depois da venda de Papel Prensa. Ela foi indenizada em US$ 84 milhões pelo presidente Raúl Alfonsín pelos confiscos aplicados pelos militares. Na ocasião, Lídia nada reclamou sobre a Papel Prensa. O surgimento da polêmica sobre Papel Prensa trouxe à tona, além de Lídia Papaleo, seu irmão, Osvaldo, que foi porta-voz em 1975 da então presidente Maria Estela Martinez de Perón, a.k.a. “Isabelita”, viúva de Perón. Osvaldo Papaleo, que participou abertamente de reuniões políticas com integrantes do kirchnerismo, foi também um dos principais homens de José López Rega, astrólogo e super-ministro da então presidente Isabelita Perón. López Rega criou na época uma força paramilitar de extrema-direita, a “Tríplice A”, com a qual perseguia representantes de partidos da esquerda e da própria ala esquerdista do partido governista, o Justicialista.

López Rega e Isabelita Perón.

Graiver também havia investido no jornal “La Opinión” e no “La Tarde”, respectivamente de Jacobo Timerman e de Héctor Timerman, pai e filho. Jacobo, que foi um enfático defensor do golpe de Estado de 1976 (já havia defendido o golpe de 1966, que derrubou o então presidente Arturo Illia), posteriormente foi detido e torturado selvagemente pelos militares, seus ex-aliados. Jacobo foi salvo graças à intervenção pessoal do presidente americano Jimmy Carter. O filho de Jacobo, Héctor, que também comandou um jornal que respaldou a preparação do golpe militar, transformou-se nos anos 80 em ativista dos direitos humanos. Atualmente é o chanceler do governo Kirchner.
a) Ambas as empresas – junto com o já extinto La Razón – afirmam que compraram as ações da família Graiver-Papaleo em novembro de 1976. As torturas, nas quais indicam que não tiveram participação, só começaram em março de 1977.
b) Além disso, o jornal “La Nación” publicou em 2010 uma denúncia feita pelo presidente da diretoria do próprio periódico portenho, Julio Saguier, que indica que Lidia Papaleo de Graiver, a viúva de David Graiver – o falecido dono da empresa Papel Prensa – teria negociado com a presidente Cristina Kirchner e seu marido e ex-presidente Néstor Kirchner um pagamento para contar outra versão da História sobre a venda em 1976 da companhia, a única produtora de papel de jornal da Argentina. Saguier afirma que se reuniu em maio deste ano com Papaleo para um café no elegante Hotel Alvear. Na ocasião, o governo Kirchner já havia deslanchado o confronto com o “Clarín” e o “La Nación” por causa da Papel Prensa. Papaleo aceitou conversar com Saguier por agradecimento à boa relação que teve com seu pai, Julio César Saguier, primeiro prefeito de Buenos Aires com a volta da democracia, em 1983. Papaleo, nessa conversa, teria confessado a Saguier que os Kirchners lhe ofereceram US$ 200 mil de entrada, caso confirmasse a versão do casal presidencial sobre o caso de Papel Prensa. Mas, na hipótese de que a “operação fosse coroada com sucesso” contra ambos os jornais, receberia outros US$ 2 milhões. Papel Prensa era comandada em meados dos anos 70 pelo banqueiro David Graiver. Mas, com a misteriosa morte deste, em agosto de 1976, em um acidente de avião no norte do México, as ações passaram para sua viúva Lídia, que era psicóloga e mãe da filha de ambos, María Sol Graiver. Em novembro daquele ano, em meio a problemas financeiros provocados pela falência dos bancos do falecido marido, Papaleo vendeu as ações aos jornais “Clarín”, “La Nación” e o “La Razón” (posteriormente extinto).
Na conversa com Saguier a viúva admitiu que precisasse do dinheiro oferecido pelos Kirchners, já que sua fortuna havia ficado com sua filha María Sol, com a qual não conversa há anos. Papaleo teria dito a Saguier que o acordo com os Kirchners foi pactuado após três reuniões. Para evitar a filtragem de informações sobre esses encontros realizados na residência presidencial de Olivos, o deputado Carlos Kunkel, amigo de juventude dos Kirchners e um de seus principais homens no Parlamento, levaram Papaleo pessoalmente em seu carro.
A) Meses atrás o governo afirmou que Lidia Papaleo foi torturada em novembro de 1976, ocasião na qual foi forçada a vender as ações da empresa. Depois, perante a polêmica, o governo emitiu uma segunda versão, na qual sustentava que os membros da família Graiver-Papaleo viviam em uma “liberdade ambulatória” e que haviam sido levados à força para a assinatura da venda das ações. Na segunda metade dos anos 80 declarou perante a Justiça – durante o julgamento das juntas militares – que havia sido torturada em março-abril de 1977 porque os militares suspeitavam que ela tivesse dinheiro da guerrilha Montoneros. Na ocasião, Papaleo não vinculou suas torturas com a venda de Papel Prensa.
b) Nos últimos meses sustentou que foi intimidada e posteriormente detida e torturada para vender as ações de Papel Prensa.
c) Perante a Justiça em La Plata afirmou que enquanto esteve detida pelos militares não saiu da prisão para assinar a venda das ações de Papel Prensa.
d) A mais recente versão é a da conversa com Saguier, na qual teria admitido que recebesse dinheiro para inventar um relato favorável às intenções dos Kirchneres.
A venda das ações foi em novembro de 1976; prisão e torturas ocorreram em março e abril de 1977. Segundo Isidoro, não há vínculos entre os dois jornais e as torturas contra a família. Caraballo afirma que foi torturado junto com Lídia Papaleo de Graiver em 1977, confirmou que as sessões de tortura ocorreram vários meses depois da operação de venda

Presidente argentina tenta conseguir controle da mídia, tal como fundador do peronismo fez há 60 anos. Na foto, Perón abraça o ditador e general paraguaio Alfredo Stroessner.
Poucos meses antes de morrer em 1974, o presidente Juan Domingo Perón admitiu: “fui colocado para fora do governo quando tinha todos os meios de comunicação a favor… E ganhei as eleições quanto os tinham todos contra mim!”. Perón referia-se à sua queda, em 1955, época em que ostentava um controle sem precedentes da maioria dos meios de comunicação, e de sua vitoriosa eleição, em 1974, quando a mídia era majoritariamente contra o septuagenário caudilho. A presidente Cristina Kirchner, afirmam analistas e representantes da oposição, em vez de comportar-se como o Perón dos últimos anos, reprisam a ambição de controle dos meios de comunicação que o caudilho exercia nos anos 40 e 50. Um dos sinais mais evidentes foi à aprovação – em 2009 – da polêmica lei de radiodifusão – também denominada de “lei de mídia” – que determina maior controle da mídia por parte do governo.
Da mesma forma que os Kirchners tentam atualmente destruir o poder do Grupo Clarín, o maior holding multimídia argentino, Perón e sua esposa Eva colocaram uma série de restrições à mídia privada e armaram uma superestrutura de meios de comunicação estatais, além de redes privadas de empresários “amigáveis”. Segundo o historiador Eduardo Lazzari, Perón inicialmente tentava defender-se dos ataques da oposição. Mas, logo depois percebeu que a defesa não era suficiente e fechou jornais como “La Prensa”, entregue a sindicalistas fiéis. Nos dois primeiros governos de Perón (1946-55), grande parte dos donos de meios de comunicação foi pressionada a vender seus jornais, revistas e estações de rádio. Em alguns casos, se os empresários mostrassem obediência, podiam ser designados como diretores de suas ex-empresas, agora estatizadas, de forma a camuflar a compra compulsória realizada pelo governo. O modus operandi era o de destinar os fundos necessários para essas compras eram provenientes do Instituto Argentina para o Estímulo ao Intercâmbio (Iapi), comandado por Miguel Miranda, um gênio da contabilidade criativa.
O governo peronista contava com um quarteto de redes de comunicação. Além do colossal monopólio estatal, o Alea SA, tinha o respaldo de três grupos nominalmente privados: a editora Heynes, a Associação Promotores de Tele radiodifusão e a editora La Razón, que editava o influente jornal homônimo. Tal como o governo da presidente Cristina Kirchner fez com o jornal “Clarín” em 2009 ao realizar uma blitz de insólitas proporções da Afip (a receita federal argentina) – as companhias jornalísticas que resistiam ao assédio de Perón eram pressionadas com o Fisco. O braço inquisidor do governo peronista era a Comissão Bicameral de Atividades Argentinas, comandada pelo ultra-peronista deputado Emilio Visca, que vasculhava os livros de contabilidade dos jornais não alinhados com Perón para ter argumentos para seu fechamento, confisco ou intervenção.

Capas do La Prensa quando havia sido confiscada pelo governo de Perón. Manchetes mostram alinhamento ostensivo com Perón, que havia ficado viúvo (pela segunda vez) com a morte de Eva Perón.
Esse foi o caso de “La Prensa”, jornal da aristocrática família Paz – definido pela revista americana “Time” como um dos mais respeitados periódicos do mundo na época – e detestado por Evita Perón, a primeira-dama. O “La Prensa”, cuja tiragem era de 480 mil exemplares, tornou-se alvo de uma campanha do governo a partir de 1947. O “La Prensa” foi atacado pelas rádios aliadas do governo e enfrentou uma campanha oficial que promovia o boicote da compra de seus exemplares. Os anunciantes eram pressionados para não colocar publicidade nas páginas do “La Prensa”. O racionamento de papel encolheu o jornal das 40 páginas costumeiras a apenas 12. Mas, o jornal, apesar das pressões, continuava saindo às ruas. Em 1950, o governo confiscou as novas rotativas importadas e as destinou para a “Democracia”, jornal editado pelo próprio Estado argentino. Em 1951 o sindicato dos jornaleiros ameaçou não distribuir mais o periódico.
Na seqüência, com a aprovação do Parlamento – no qual o peronismo era maioria – foi confiscado e entregue à Confederação Geral do Trabalho (CGT), a única central sindical autorizada por Perón. O líder do bloco peronista na Câmara, John William Cooke, afirmou que o governo estava contra “La Prensa” porque, segundo ele, o jornal “estava contra os operários e contra os peronistas”. Outros jornais, como “La Nación” – que já enfrentava o racionamento de papel de jornal, controlado pelo governo – tiveram que moderar suas críticas ao presidente Perón, para evitar correr destino similar ao “La Prensa”. Com a queda de Perón em 1955, o “La Prensa” voltou às mãos de seus donos originais. No entanto, o jornal nunca mais foi o mesmo, já que durante a intervenção iniciou uma fase de decadência que foi aproveitada por um periódico que começava seus primeiros passos, o “Clarín”, a atual fonte de irritação para o casal Kirchner.

 

Reveillon de 2011

a praia, na bahia, onde a presidenta Dilma e sua família passará o Reveillon de 2011!

 

HISTORIAS DE LA UNDEZE


Maria Zilio e Laurindo Canton, no dia do seu casamento em 1970.


OS QUE FICARAM NA SÃO PEDRO

Nos anos 70, houve uma verdadeira diáspora dos moradores da capela são pedro, rumo ao interior de são paulo e do Paraná, em busca de novos horizontes, como trabalhar de garçãos em restaurantes. As terras dos antepassados ficaram para trás e da experiencia de ir para o Paraná,ou sampa, poucos voltaram.

Pois tem um primo meu, que foi, não gostou e voltou. É o Laurindo Canton, que agora vive ainda na terra do pai, na são pedro.

SEgundo me contou sua esposa, a Vera Zilio, 2 meses depois que eles casaram foram trabalhar com um vizinho, o Ildo Meneghatti, perto de Curitiba. Mas quando estavam se estabelecendo veio a notícia: uma rodovia passaria bem na frente do restaurante onde tinham se estabelecido e todo o estacionamento seria tomado pela nova estrada. Imagina o que seria isto, uma tragédia pra duas familias - pois eles estavam com o vizinho Ildo Meneghatti - e o terreno,avisou o dono, teria que ser vendido pra não desvalorizar, pra que a notícia da estrada não diminuísse o valor do seu negócio.

Eles então que ainda não tinham filhos- estavam recem casados - regressaram pra serafina, com o intuito de depois voltar pro Paraná porque o Ildo Meneghatti foi para outra localidade, mais pro interior.

Maria Zilio diz que ela nunca tinha saído de casa- morava na linha 9 no interior e conheceu o marido durante os bailes nas capelas que frequentavam - no máximo tinha ido com seu avó até Passo Fundo.

No começo de Curitiba, sentia muitas saudades da família, mas que depois já estava se acostumando. E lembra uma frase de um avó que tinha: ele dizia que se fossem embora, não pensassem em voltar, se tivessem de mudar que fossem para mais longe ainda...

Pois eles voltaram pra Capela São pedro e lá sucumbiram aos apelos dos pais do marido dela, que diziam que os filhos não precisavam ir para tão longe...
E foram ficando....vieram as 3 filhas, e agora já uma netinha que é a verdadeira adoração dos avós...

Pois eu fiquei ali sentado na tarde do último sábado, um dia frio pra esta época do ano, ouvindo toda a trajetória, quando vi meu primo, que tem mais de 60 anos, e que está com a cara da falecida mãe ligar o carro e levar a filha até a cidade pra fazer " chapinha"...

Quantas melancias roubamos dos vizinhos juntos!!!
- Quando eles se encontram aqui de tarde com gente que foi embora e que volta pra nos visitar é até bom porque a tarde passa ligeiro,ficar ouvindo as histórias deles, da juventude deles, me contou a Maria Zilio.

O Laurindo durante anos foi caminhoneiro. Viajava muito pelo Rio Grande transportado arroz e outros produtos. Mas sempre chegava em casa de 15 em 15 dias...

A roça hoje está novamente sendo cultivada, porque faz pouco tempo ele vendeu o caminhão. Como não estava mais viajando pra dormir fora de casa, ele se desfez do seu instrumento de ganhar a vida durante anos.

Agora planta soja, mas no sábado passado estava muito chateado com a seca pelo investimento de 10 mil reais que fez numa roça de soja e que as folhas estão secando muito devido à falta de chuva.


Estes são os moradores da capela são pedro que foram embora e regressaram. Outros nem foram....Mas a grande maioria foi embora pra ser dono de restaurante...contarei mais histórias pois personagens não me faltam!Espero que agrade aos leitores!

Recebo a solidariedade do colega Gelson Farias

pelo fonema que deixaram sabado no hotel Ca dei Monti, dizendo que era da delegacia de Polícia de Porto Alegre.

Estou pensando mesmo em descobrir de onde veio este fonema???e se conseguir provar, vou pra cima de quem fez esta brincadeira de mau gosto!!!

Contei pro meu pai que ficou todo preocupado, mas na hora achei que fosse alguma bobagem. Como ninguém se manifestou, tou pensando que fizeram por maldade mesmo!!!



Olides. Isso é a maior sacanagem que uma pessoa possa fazer com a outra. este é um tipo de coisa que não se faz. Ja sofre, há pouco tempo, isso. Uma pessoa ligou para a minha muleher, dizendo cobras e lagartos... Que eu estava morando com uma mulher em Buenos Aires... Veja, Olides, que para fazer maldade para ti, existem muitos. É pura inveja, destes incautos e desajustados psicologicamente que sabem que teu blog deu um pulo de credibilidade e que muitos navegadores ( internet) já optaram por este meio de comunicação para ficarem bem informados logo cedo pela manhã. Mas pode ficar, tranquilo, meu bom amigo que vai aparecer quem fez isso, podes crer.

Um forte abraço, gelson. estou em casa com a patroa... manda resposta.

Gelson Farias

MOTORISTAS MAL HUMORADOS NO T-9

A LINHA T-9 DA CARRIS ESTÁ SE ESPECIALIZANDO EM ATENDER MAL OS USUÁRIOS. ONTEM, UMA PASSAGEIRA- DE COR, CLARO - APITOU NA CAMPAINHA E O MOTORA NÃO PAROU NA PARADA DA PRACINHA DA ENCOL. QUANDO ELA FOI RECLAMAR, ELE SENTOU A BOCA NA PASSAGEIRA, DIZENDO QUE ELA APERTARA ENCIMA DA HORA.

OLHA, OU A CARRIS TOMA JEITO COM SEUS FUNCIONÁRIOS, OU A COISA ANDA MAL. COMO SÃO MAL TRATADOS OS PASSAGEIROS POR MOTORISTAS E ALGUNS COBRADORES QUE SE ACHAM DONOS DO RAIO E DO TROVÃO...
AINDA BEM QUE A PASSAGERIA RESOLVEU DEDAR O MOTORA E ANOTOU O NUMERO DO BUS E IA LIGAR PRA EPTC...NÃO SEI SE RESOLVE, MAS PELO MENOS ELA FICOU TRI INDIGNADA....

OS

BALANÇOS DE FIM DE ANO


- em política, nada de dúvidas: 50 anos da Legalidade!


- em esporte: a construção do Arena


- em musica: a construção enfim do teatro da Ospa


- em comunicação: o jornal metro de graça nas esquinas


- em lazer: o aumento de gente andando aos domingos nas pistas livres das perimetrais, uma conquista da cidadania.

- em inovação: o onibus dos bebuns enfim andando de madrugada


- em administração: nada, não vi nada de novo


Provas do concurso da Câmara serão no dia 22 de janeiro


A aplicação das provas teórico-objetivas e de redação do concurso da Câmara Municipal de Porto Alegre já tem data certa: dia 22 de janeiro de 2012. Segundo a coordenadora da Comissão da Câmara que acompanha o Concurso, Cristine Bruck, inscreveram-se, no total, 19.615 candidatos para os cargos de Assistente Legislativo I, Assessor Legislativo I, Analista Superior de Tecnologia da Informação, Jornalista Repórter Fotográfico e Taquígrafo I. Outras informações no site www.fundatec.org.br.

Conforme Cristine, no dia 22 de dezembro foram homologadas 13.392 inscrições. O período para recursos com relação à homologação das inscrições encerra-se nesta terça-feira (27/12), e a listagem da homologação final das inscrições, com resultados dos recursos, será publicada no dia seis de janeiro, no edital em que serão divulgados locais e horários das provas.

Darlene Silveira (reg. prof. 6478)
Assessoria de Imprensa da Presidência

Coleguinhas


Mais uma dica pros coleguinhas copiarem e se pautarem: um repórter da Guaíba está desembarcando....


Está só esperando pra fechar o outro emprego....

Coleguinhas

Aqui nós levantamos a lebre pros coleguinhas de outros sites se pautarem....isto é mais velho que mijar em poste...

Só nos orgulha que nos copiem e nos leiam...

E nisto não há nenhuma novidade. Na redação da Zero só ouviam a Guaíba e no da Correio, a Gaucha. Um acompanha o rabo do outro pra não tomar furo.


DENISE NUNES FORA DO CORREINHO

- Nada de novo pra quem lê o blog deolhoseouvidos!


Outros blogs deram esta noticia. Quem lê aqui sabia disto há mais tempo. noticiamos a crise - ela foi posta em férias compulsoriamente e aqui foi dito que tentou voltar e que puseram mais 15 dias de férias.

Agora sai a informação de que pediu pra sair. Não tinha outra saída mesmo...

SAUDADES DO GAUCHO....


so há remanescentes do glorioso gaucho em serafina. O clube persiste, mas o time de futebol morreu há anos. O futebol no interior está todo morto, né...

Na primeira foto, que consegui com o goleiro NINO MARIN vemos os campeões de 1958. Entre eles Amantino Lucindo Montanari, vereador e futuro prefeito,Cesar Piccoli Filho, Nino Marin, e o treinador com a faix ano peito é o Dino Soccol( dizem que na verdade por ser o filho do dono do Frigorifico ele er amais o dono do time, que outra coisa) Agachados temos o Rui e Aldo Soccol, também filhos do Miguel Soccol, que jogavam uma boa bolinha. Rui faleceu neste em Medianeira, onde morava. No campo do gaúcho havia umas estacas que separavm o campo dos potreiros do frigorifico Ideal.

Na segunda foto temos o treinador Sabino Gasparotto, Lucidio Todeschini,Ampesan, Marini(apelido Boca) Nilo Buzatto, Dino Soccol( que neste time jogava) Cesar Piccoli Filho, Luis Brandim, Lino Soccol, Rui Soccol, Ampesan e Lídio Boni, o Bona

As duas fotos são do acervo de Nino Marin.

INDIGNAÇAO PELA FALTA DE CRITERIOS DA POLICIA DE IMIGRAÇAO DA ESPANHA


A DOR E INDIGNAÇAO ME LEVA A BUSCAR AO UNICO MEDICAMENTO DE SECULO 21 QUE POSSA COLOCAR UM FIM QUE CALME EM PARTES TANTA INJUSTIÇA E IMBECILIDADE QUE REINA EM ESTE GRACHENTO PAIS . QUANDO CHEGUEI A ESPANHA DESCOBRI QUE APESAR DE SER DESCENDENTE DE INDIOS DEVIA AGRADECER AS MINHAS ORIGENS . AGRADECIDA ESTOU AOS ENSINAMENTOS QUE RECEBI EM MINHA TERRA , BRASIL. EM ESTA VIDA TUDO TEM HAVER COM TUDO E AS PALAVRAS TRANSBORDAM A MINHA CAPACIDADE DE ESCREVER .LEVO 8 ANOS VIVENDO EM ESPANHA E MEU MARIDO QUE É ARGENTINO 23 . EM ESTE ANO 2011 ESTIVEMOS PASSEANDO E VISITANDO PARENTES NO BRASIL DUAS VEZES ,EM ABRIL E AGOSTO.MEU MARIDO , ARGENTINO COMO JA FALEI ACIMA,TRAS 23 ANOS EM ESPANHA SE ENCONTRAVA JA ESPANHOLIZADO , POR ISSO SE SORPREENDEU GRATAMENTE DO TRATO E DEDICAÇAO RECEBIDO POR MEUS PARENTES E AMIGOS .E ISSO QUE ELE É ARGENTINO E FANATICO DO FUTEBOL . DEPOIS DESTA INTRODUCAO , E POR FALTA DE TEMPO, JA QUE AS VITIMAS ESTAO A PONTO DE CHEGAR EM RIO DE JANEIRO ,EU OS CONTO: DEVIDO AO TRATO RECEBIDO CONVIDAMOS A PASSAR O NATAL E O ANO NOVO AO MEU IRMAO E MINHA PRIMA , 26 E 16 ANOS RESPECTIVAMENTE .IMAGINA-OS A ILUSAO CRIADA EM DUAS PESSOAS JOVENS QUE POR SER HUMILDES JAMAIS HAVIAM SAIDO DA SUA CIDADE ,IMAGINA TAMBEM A ILUSAO MINHA E DE MEU MARIDO POR MOSTRAR LES A ELES DOIS "O PRIMEIRO MUNDO". PODERIA ARREBENTAR AS TECLAS DO COMPUTADOR POR TUDO O QUE TENHO QUE CONTAR PARA ALIVIAR-ME MAS COMO EU DISSE ESTA ESTORIA AINDA NAO HA TERMINADO E TENHO QUE ESTAR PENDENTE DE MIS FAMILIARES QUE ESTAO A PUNTO DE ATERRIZAR EM RIO REPATRIADOS PELA POLICIA ESPANHOLA POR CONSIDERAR FUTUROS INMIGRANTES ILEGAIS . FAZ UM TEMPO SE CRIOU UM CONFLITO ENTRE ESPANHA E BRASIL POR ESTES MOTIVOS E VEJO QUE AS COISA SIGUEM IGUAL , NOS SUPORTANDO QUE ELE DESFRUTEM DA NOSSA CAIPIRINHA , QUE PROSTITUEM AS NOSSAS MULHERES E QUE DISFRUTEM DA NOSSA HOSPITALIDADE E ELES BLOQUEANDO A NOSSOS TURISTAS QUE VISITAM A SEUS FAMILIARES RESIDENTES EM SEU GRACHENTO PAIS .O TERMINO GRACHENTO QUE UTILIZADO NESTA CARTA NAO É OFENCIVO , MAS MINHA QUERIDA PRIMA DEPOIS DE ESTAR 48 RETENIDA E QUANDO LOGROU FALAR COMIGO SE SORPREENDEU DE DUAS COISAS :
DE QUE SEU CABELO AINDA ASSIM PERMANECIA MAIS LIMPO QUE O GRACHENTO CABELO DA FUNCIONARIA DE POLICIA QUE OS VIGILAVA E SOMENTE ALCANÇOU DIZER ME POR TELEFONE"PRIMA OS ESPANHOIS NAO SAO HOMENS , SUAS MULHERES ESTAO MAL AMADAS"

EU DIRIA: MAL FOIADAS

Geizebeel Clarice Aparecida Mann

Coleguinhas


Que maré baixa esta semana...de noticias e tudo!


*No verão coleguinhas caçam notícias. é a época das vacas magras....

TORCEDOR E DIRETOR DO CAXIAS

ERA DA TURMA DO MALA DO BAR TREZE!


Wanderlei Berzaghi, o Pé, é o terceiro da esquerda para a direita(fonte Roni Rigon)

Quando ouvi na Band News a presença do Mano Menezes, num enterro em Caxias, na sexta última, após o almoço pensei logo que era coisa de peixe graudo, que o treinador da seleção não interromperia suas férias por bobagens...

Mas na hora não me caiu a ficha, estava indo pra Serafina e tinha outras coisas na cabeça. À noite, fui ler o Pioneiro no hotelzinho Ca dei Monti e lá estava a noticia do acidente no dia anterior...

Mas o nome não me parecia estranho...

Até que ontem me lembrei do livrinho que o Torves me deu anos atrás sobre o Bar Treze e tinha quase certeza que ele era um dos MALAS eleitos lá dentro.

Fui conferir e bingo! ele foi o primeiro Mala do Bar Treze...

Pois aí vai o que o autor escreveu sobre o dirigente ,torcedor e personalidade caxiense enterrada na sexta passada, em Caxias que conseguiu reunir na sua despedida o treinador da seleção, o ex-governador Rigotto, o arbitro Carlos Simon e o presidente da FGF...

Eis o qu eestá no livro DO BAR TREZE


O PRIMEIRO MALA ANO DE 1993 WANDERLEI BERGAZHI, PÉ...

A idéia, como já havia dito, era apenas oficializar com um prêmio o cliente mais enjoado, o mais chato, aquele que o pessoal iria colocar num ônibus com passagem somente de ida.

Assim,então, surgiu a idéia de fazer o concurso.


Corria o glorioso ano de 1993, quando no mês de novembro, foi instituído o concurso, com a quase exclusiva regra de que todos poderiam votar, e em qualquer pessoa, mesmo nas que não me frequentassem.

No dia da apuração, 18 de dezembro de 1993, a comissão eleitoral composta por Hélio Anibal Martinez e Luis Alberto0 Gazola( dois excelentes candidatos) revelou ao mundo que haviam votado 460 pessoas e que os três primeiros colocados tinham sido: Wanderlei Berghazi, o Pé, com 71 votos, Adilson Alexandrino, o Bisteka, com 43 votos e o Luiz Carlos Correa, o Sami, com 37 votos.


O primeiro mala. livremente eleito no mundo, foi o bancário(Unibanco) Wanderlei Bergazhi, primo do dono do Bar Treze e a partir desse dia, o mundo passou a ser mais mundo, e o Treze, uma parte maior desse mundo.

De São Borja

Diminuição dos repasses federais afeta os municípios

No primeiro ano do governo da presidente Dilma Rousseff, os investimentos federais tiveram uma redução de R$ 16,5 bilhões em relação a 2010. O estudo foi realizado pela Associação Contas Abertas e comparou os períodos de janeiro a novembro de 2011 e do ano passado. O controle da inflação é a principal causa da diminuição dos repasses.

A queda dos investimentos foi notada nos projetos dos ministérios e das estatais. Os ministérios reduziram os repasses em R$ 8 bilhões (R$ 32,7 bilhões em 2011 contra R$ 40,7 bilhões em 2010). Esta queda afeta os municípios, entre eles São Borja. A União fica com a maior parte do montante de recursos em circulação no Brasil. Com isso, cria-se uma dependência da destinação de verbas para contemplar obras nos municípios.

Em busca da liberação dos recursos pendentes para São Borja, o prefeito Mariovane Weis tem viajado com frequência e protocolado ofícios nos ministérios (confira os repasses pendentes na tabela abaixo). Presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Mariovane também representa os municípios gaúchos na capital federal. Entre os projetos tratados está o Pró-Transporte, que servirá para melhorar a infraestrutura urbana de 13 cidades, totalizando R$ 335 milhões.

De acordo com o prefeito Mariovane, as idas à Brasília são fundamentais: “Fazendo as reivindicações pessoalmente, mostramos o quanto estas obras são importantes para São Borja. Também contamos com o apoio de diversas pessoas em Brasília que estão nos auxiliando nestes pleitos”. Otimista, o prefeito acredita que a partir de janeiro o governo federal começará a liberar os repasses devidos aos municípios.
Projetos em andamento que aguardam repasses do Orçamento Geral da União (OGU).


Concurso Público em Serafina Corrêa

O Prefeito Municipal de Serafina Corrêa, no uso das atribuições que lhe são conferidas, torna público que estão abertas as inscrições para o concurso público sob regime estatutário, para os cargos de:
Auxiliar de Biblioteca
Cozinheiro
Fiscal
Guia Turístico
Jardineiro
Merendeira
Monitor de Escola
Monitor de Transporte Escolar
Atendente de Consultório Dentário
Atendente de Farmácia
Médico Anestesiologista
Médico Clínico Geral
Médico Cirurgião Geral
Médico
Médico Plantonista
Médico Pediátrico
Médico Ginecologista/Obstetra
Motorista de Ônibus Categoria D
Motorista Categoria D
Operador Trator Agrícola
Operador de Máquinas
Orientador Educacional
Recreacionista para Educação Infantil
Supervisor Educacional
Professor de Educação Infantil
Professor de Ensino Fundamental – Geografia
Professor de Ensino Fundamental – Libras
Professor de Ensino Fundamental – Educação Artística
Professor de Ensino Fundamental - Música
A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa comunica que o período de inscrições para o concurso público é de 22 de dezembro de 2011 a 06 de janeiro de 2012. As inscrições podem ser feitas por meio do site www.premierconcursos.com.br. Mais informações com o Departamento de Licitação pelo telefone 54 3444 1166.

TÚNEL DO TEMPO E SEM PULO

Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
deste sábado que escrevo na Folha Popular de Teutônia.
Aproveito para desejar um feliz e abençoado Natal.
Abraço


Rudimar Thomas

Parem as máquinas! Extra! Extra!

O The Guardian de hoje publica

Brasil ultrapassa Reino Unido como sexta maior economia
UK relegado para o sétimo lugar no campeonato mundial de maiores economias em 2011, de acordo com a equipe de economistas. Segue anexado o original em inglês. Adeus tucanos, adeus DEM, adeus para sempre!!!

Remindo Sauim

BABAQUICE MINHA

UM ENGRAÇADINHO LIGOU PRO HOTEL NO SABADO DE MANHA EM SERAFINA, DIZENDO QUE ERA DA DELEGACIA DE POLICIA...

A GURIA QUE ATENDEU PEDIU SE QUERIA DEIXAR RECADO. ANTES QUEM LIGOU PEDIU POR MIM. COMO ME CONHECEM QUE SOU GENTE DECENTE, AO CONTRARIO DO ENGRAÇADINHO QUE FEZ ISTO, OU A ENGRAÇADINHA QUE MANDOU FAZER, DISSERAM QUE TINHA SAIDO. TINHA IDO FAZER MINHAS COMPRAS, NA LIVRARIA ACERTAS AS CONTAS E POR AI...

MAS NA HOR ANÃO ME CAIU A FICHA. E ATÉ IMAGINEI QUE PUDESSE TEREM ASSALTADO MEU APE,OU ALGO ASSIM...

ATÉ HOJE DE MANHA POLICIA NENHUMA ME PROCUROU. SE ME PROCURAREM NÃO TEM PROBLEMA, TENHO ENDEREÇO FIXO..

VOU ACHAR QUEM FEZ ESTA GRACINHA, PODE DEIXAR. ESTOU NA CAPI....

O POVO É MAIS ESPERTO


Só ele, o amigo do Interior, ainda acredita na história do mensalão. Até o denunciante que desencadeou a euforia da Veja e da Globo, Roberto Jefferson nega a existência. Só o amigo ainda acredita que existe alguma prova além das fofocas da Veja e da Globo para ajudar o PSDB. O STF que aceitou as denúncias pela pressão da imprensa, agora empurra com a barriga para não ter que se desdizer. Foi mais ou menos o que aconteceu com o Ibsen Pinheiro, a direita com medo que ele saísse candidato a presidente armou a caminha dele. Dizem, que quando acabar a o julgamento e o Zé Dirceu for absolvido, ficará trilhionário com os processos encima da Veja, Folha, Estadão e o Globo. Mas o melhor de tudo é que o povo entendeu a armação da direita e seus correligionários e deu uma banana bem grande aos tucanos, que juntos com a turma fascista do DEM estão em fase de extinção.
Bem que podias ler o livro, a Privataria Tucana. Ficarias horrorizado com o que Serra, FHC e turma fizeram na década de 90. Mas tem que ter coração forte.

Remindo Sauim

ORFÃOS DO MARUCCUS


NO DIA DE NATAL DE MANHA PASSEI NA FRENTE DO MARRUCUS NA AV. MIGUEL SOCCOL. O MARUCCUS É O LOCAL ONDE SE ENCONTRAM OS VAGOS DE SERAFINA. ELES DIZEM QUE NÃO, MAS É...

E COMO O BAR ESTAVA FECHADO PELO NATAL, ESTAVAM TODOS PARADOS NA FRENTE DA PORTA. PARECIAM QUE VELAVAM O BAR..ENTRE ELES LUIS GHELLER, EX-PREFA DA CIDADE, GENTE FINA PRA CARAMBA.

o frio que fez aqui na noite de natal ontem foi embora pra sampa....


mas que natal friorento. na noite do dia 24 parecia uma noite de inverno!!!!!

De Serafina

Patricia, um exemplo de superação!

A Patricia Baldissera, 19 anos, vizinha lá dos meus pais é um exemplo de superação. Tempos atrás teve que sofrer uma cirurgia da coluna para colocar pinos e só ela sabe o que sofreu. Nem a morfina aliviava suas dores. Hoje está se recuperando aos poucos e já trabalha num cyber...

Parabéns a Patricia pelo esforço e pela superação.

Nova Mesa Diretora naCâmara de Vereadores


1.800,00 pilas mensais pra se reunir uma vez por semana das 19 as 21 horasnão é nada mal pra ninguém.Mas é o preço da democracia...cada vereador custo isto aos cofres municipais. Somando tudo isto, mais diárias, quantas escolas para pra fazer em alguns anos???

Trânsito

esta é uma época em que estas cenas se repetem nas rodovias, apesar de todas as campanhas....mas o que tem de malucos nas rodovias fazendo loucuras não tá no gibi( o editor)

LA JUSTICIA MENDOCINA DISPUSO LA INTERVENCIÓN DE CABLEVISIÓN

De Buenos Aires
Enriqueta Sollares

A raíz de una denuncia para "evitar la competencia desleal" presentada por la empresa Supercanal, del Grupo Vila-Manzano, el juez cuyano Walter Vento designó al contador Enrique Anzoise como interventor y coadministrador de la compañía del Grupo Clarín. Esta mañana, cuando éste intentó asumir el mandato en la sede de la empresa, ubicada en la calle Hornos al 600, las autoridades de la firma se lo impidieron, según consignó la agencia oficial Télam.


Un técnico de realización trabaja en los estudios de Cablevisión.

A denuncia de carácter penal también comprende a los directivos del Grupo Clarín Héctor Magnetto, José Aranda y Lucio Pagliaro, por "conductas anticompetitivas" derivadas de la fusión entre Cablevisión y Multicanal. Se denuncian, entre otras presuntas irregularidades, "maniobras con la finalidad de excluir a sus competidores, ofertas en precios predatorios, manipulación de la grilla y exclusión de la grilla de señales de noticias que no pertenecen al Grupo Clarín".

Policiais da Gendarmería em frente ao prédio da Cablevisión, em Buenos Aires

"La coadministración es un hecho por parte de la Justicia. Ahora Cablevisión tendrá los derechos recursivos; hoy la medida está firme y debe ejecutarse", aseguró al abogado del interventor designado, Ricardo Mastronardi, quien explicó que el fallo de Vento -de más de 20 páginas- establece que "el corazón de la denuncia (de la empresa de cable mendocina de José Luis Manzano y Daniel Vila) radica en la necesidad de evitar el ejercicio de la competencia desleal". Mastronardi también explicó que al haber quedado trunca la posibilidad de que el coadministrador asuma sus funciones, se elevará un informe detallado al Juzgado Federal Nº 2 de Mendoza, a cargo del doctor Vento, en quien recayó el expediente luego de que la jueza Olga Pura de Arrabal se excusara.


Juiz Walter Bento de Mendoza

Según el fallo judicial, el interventor-coadministrador tiene un plazo de 60 días para ver la documentación contable e intervenir en otros aspectos de la compañía como las áreas de sistemas, publicidad, marketing, entre otras. Por otra parte, el abogado descartó de plano un rumor instalado entre los empleados según el cual la intervención afectaría los puestos de trabajo y criticó que "es una vergüeenza que los directivos (de Cablevisión) hayan hecho instalar la idea de pérdida de puestos de trabajo" a partir de la intervención, cuando ésta se trata de una medida que apunta a "proteger al consumidor".

ULTIMAS DE SERAFINA

mAZZARINO LIGOU PRO HOTEL. COMO NÃO ESTAVA FEZ GRACINHAS. NÃO COLOU NADA VIU MAZZA...


*mE CONTARAM QUE O JANGUTA, OU O PRESIDENTE DO PP DE SERAFINA, NELSON ASSONI, JÁ ESTARIA DANDO UMA DE PONCIO PILATOS, OU SEJA, LAVANDO AS MÃOS DIANTE D EPROBELMAS QUE O PREFA BICO BRANCO PODE TER AI NA FRENTE


*tINHA QUE VER A CARA DO MEU PAI DIANTE DO FOCUS DA MINHA IRMÃ QUE FOI NOS BUSCAR ONTEM APOS O ALMOÇO....E ELE ME FEZ SINAL DE QUE O FOCUS CUSTAVA MUITA GRANA. COMO NÃO ENTENDO NADA DE CARRO NÃO TENHO A MENOR IDEIA DO CUSTO.

*SIMONE, FILHA DO VELHO CONHECIDO EBANES FLORES, QUE CONSERTAVA AS MAQUINAS DA ZERO É A MOTORA QUE DIRIGE PR AMINHA IRMÃ.

SABE TUDO DE NOVELA...E SEGUIDORA DO BARAC OBAMA NO TWITER...

*fAZIA FRIO ONTEM DE MANHA EM SERAFINA. PARECIA INVERNO.

MAS LEMBRO DO NATAL DE 1999 QUE TAMBÉM FEZ FRIO ASSIM. NADA D ENOVO,ENTÃO.


*nÃO
É SO NA CAPELA SAO PEDRO QUE BRIGAM DE CADEIRA. DIAS ATRAS NO PONTO 59, UM BAR ONDE CORRE O CARTEADO E O JOGO AQUELE QUE FINANCIA MUITO O CARNAVAL....DERAM-SE DE CADEIRA TAMBEMN POR CAUSA DE BRIGAS RESULTANTES DE JOGO DE CARTAS...

UM CARA DE BENTO E UM DE SERAFINA FORAM AS VIAS DE FATO E DELHE CADEIRADAS...


*TENHO UMA BOA FONTE ECLESIASTICA, UM BAZA BANQUI ME CONTA TUDO....DA IGREJA....POIS O PADRE SIMONETTO DEPOIS DE TER IDO EMBORA VOLTOU PRA PAROQUIA. AOS 92 ANOS AINDA CONFESSA. E ONTEM ESTAVA NO PROGRAMA DO PAULO MASSOLINI, NA ODISSEIA FM, QUE OS MASSOLINI GANHARAM DO ACM...BOM DEIXA PRA LÁ ESTA HISTORIA SENÃO DÁ BODE...

Alivio...

Bah, que alivio. acabou a xoropice do papai noel. Todo ano é esta tortura...que pressão sobre as criaturas...

E todo mundo acaba entrando nesta idiotice...É o efeito manada elevado a total potencia....

Em Serafina, passei longe da igreja. Quanto mais velho, mais tou pegando nojo de padres e afins...

Isto não quer dizer que como em toda organização não tenha padres legais....

Mas a instituição em si, DEus me livre, quero distancia.

HISTORIAS DE LA UNDEZE

BRAMO EM CAMPANHA

Quando Abramo Dallanhol resolveu se meter a politico, vendeu parte de sua colonia e comprou um jipe.E com ele ia pras colonias pedir votos....
E ge pagea le bire pros possiveis eleitores.( e pagava cervejas.)

Numa destas esteve na capela são pedro e segundo meu pai, pagou uma duzia de cervejas.

( Deghe bire coa par mi conta( da cerveja por minha conta)Depois que beberam uma duzia, ele mandou dobrar.

Eram todos seus eleitgores.

Na abertura da surnas, foram apenas 92 votos.

Hoje seu filho Paulo também fala e gosta muito de politica.

Abramo era particularmente fã de MENDES RIBEIRO...

Uma vez quando Pedro Simon, candidato a governador, em 1986, chegou a serafina, numa camionete, ele o esperava na entrada da cidade e quando Simon menos esperava, Abramo o ergueu e jogou pro alto. Tal era seu entusiasmo com o candidato do MDB!


De Serafina

Voltei no entardecer deste 24 de dezembro da capela são pedro. Lá assisti uma grande briga o Telvo Bazzo e o Delvo Benvegnhu. Quase se deram de cadeiradas, mas os filhos do Telvo, Pele e Aidir, separaram o pai da briga. E como o Telvo é brabo ainda depois dos 80 anos.

Tudo começou com o jogo de cartas e no acerto de contas. Começou uma discussão e quando se viu os dois estavam de cadeiras na mão pra se atracarem


- E os dois são do mesmo partido, ironizou João Arroque Filho, quando lhe contei da barufa que tinha visto de tarde na san piero. E o Telvo com a cadeira na mão brandia pra cima do Benvenhu:

- Par um FIORIN no sta mia dirme coeste( por um real não vais me dizer isto)

Que alauza.....


*Silvana Arroque estava em Serafina com um filho que estuda jornalismo e que de vez em quando lê este blog


*Altamir Arroque, o Mire, também veio com a família pra serafina....

Encontrou no posto ROSINHA- AQUELE ONDE PRENDERAM UM BANDIDÃO TEMPOS ATRÁS QUE TINHA FUGIDO DA CADEIA - sua colega do Rosário, LULI BONI, hoje casada com o transportador Adroaldo Cadore.


*Rumores dão conta da presença da Polícia Federal em Serafina!

*Chico Mezzomo, ex-DEM está no PSB....

Deverá ser o candidato do partido a prefeito


*Altamir Arroque tem fama de inacessível em Serafina....

*O padre Mário Migliavacca, tio do Marieto, que vive em San Louis nos EStados Unidos desde 1977(andava em Vila Elisa, nos arredores de BAires quando engrossou a repressão política)mandou uma bonita carta ao sobrinho dando conta da crise dos norteamericanos. E diz que nos tempos que ele conhecia serafina havia aqui 100 habitantes,ou 100 casas....


*Os migliavacca são tudo baza banqui(beija banco) ou seja vivem grudados nos padres. O Marieto é que fugiu de ser padre,embora tenha estado no seminário. Fomos colegas na JUC-5 de moradia. Mas o Marieto naqueles anos fervia....

FIM DE LA UNDEZE

NA CAPELA SAN PIERO, ONDE ME CRIEI EXISTEM CINCO REMANESCENTES DE MINHA EPOCA DE INFANCIA. OS IRMÃOS TELVO E LINDO BAZZO.MEU PAI E MINHA MAE E A GEMA TRENTIN. TODOS ELES NASCERAM ENTRE O 28 E O 30.

OS DEMAIS CONTEMPORRANEOS ESTÃO TODOS NA TERRA DA QUAL NINGUÉM MAIS VOLTA.

NOVO TIPO DE HOSPEDE


No hotel ca dei monti, há um novo e estranho tipo de hospede. No fundo existem os moradores fixos, os trabalhadores da Peridgão que alugam por temporadas. Acho que é isto que está mantendo o hotel hoje3 em dia.

E o estranho é que eles fazem churrascos de noite, alguns falam alto, outros bebem. Na sexta de noite, houve uma alghazarra a noite toda. Ele fazem churrasco de madrugada, porque improvisaram um latão que tem embaixo de umas arvores.

O emprego tem disto também. Traz gewnte de for.a E assim que é....

HISTORIAS DE LA UNDEZE

O PORTEIRO DA NOITE

Há 18 anos atrás, Jucelino Dallanhol, veio de são paulo, onde fora trabalhar com as irmãs...em restaurantes.

E não havia trabalho pra ele, então o Nestor Magon o convidou pra ser o porteiro da noite no ca dei monti...

Só que como não havia moteis ainda em serafina, os casais procuravam o hotel pra ficar umas duas horas no maximo, e não passar a noite toda.

E o Juscelino que ficou um ano naquilo, diz que ficou muito tempo, que aquilo lhe fez mal.

- Era um saco, tu tava pegando um sono no sofá e lá ia embora alguém, tinha que atender.

E relembra ele, o pioor eram os bebados, que chateavam...

O porteiro da noite não tem saudade daquele ano...

Mas o hotelzinho tgambém foi crescendo com quelees hospedes passageiros.

HISTORIAS DE LA UNDEZE
SERFIANA E O BRASIL DE BOMBACHAS!

PRA NÃO DIZEREM QUE EU SO DIFAMO - inverdade - tem muitas histórias bonitas, de trabalho, também em serafina. Admiro a da Lucimar Magon e do Nestor.

Deram duro n o hotelzinho ca dei monti( O mazzarino vai dizer que é porque me hospedo aqui) e 18 anos atrás o hotel vivia lotado durante terça, quarta e quinta.

Hoje não mais por causa da internet. Turismo em serafina é uma piada, inventada pelo Sergio Massolini e pelo falecido Geraldo Peccin.

Tuirsmo em serafina não existe. quem diz que tem que venha botar um negócio aqui pra ver onde vai dar...

Mas a Luci, como é chamada e o Nestor deram duro. Hoje seus negócios estão todos no Tocantis, mas o ca dei monti continua...

E aLuci é meio loouca mesmo. Nesta quinta, em dois carros, vai subir com a família pra se encontrar lá encimaq. Leva genro, filhas - tem 3 - e fica por lá uma semana. Depois volta num carro só. Pois vão em dois. E ele diz que em dois dias fazem os 2.700 km que dá entre serafina e Palmas, onde estão.

Foram longe mass lá e que fincaram os pés.

Esta é a história do brasil de bombachas, que tanto falam...

aH, SIM anos atrás, por questões de politica - o Nestor teria dado um tapa num cara- ele esteve preso e cumpriu um ano de cadeia em Guaporé.

E a Luci foi presidente da camara municipal e como tal assumiu uma semana a prefeitura.

Deu uma faxina geral, demitindo muita gente e arrumou muitos inimigos com isto!


PADRE CHICO LE

PIAZEA CARNE LESSA

Houve segundo contam uma grande disputa entre o MIRE ARROQUE E O MARIETO MIGLIAVACCA PRA saber quem era o pupilo do padre Chico quando aqui em serafina era do dono do raio e do trovão. O padre chico deixou marcas até hoje, mas o engraçado, o interessante, é que enquanto alguns o idolatram, outros falam mal dele...

Vamos aos fatos: Padre chico não comia na casa canonica. Ele ia no Hospital comer porque lá tinha carne lessa( carne cozida..) e comia junto com muita verdura.

E Marieto Migliavacca ia na casa canonica onte comia bolachas Maria, com chocolate, o que pra piazada dos anos 60 era muito coisa.Quem servia era a rosa, porque a Marina, que cuidava da casa, já era muito velhusca.

Hoje padre chico está em Rondinha, pra onde se mudou há muitos anos.

COLUNA DO BETO ARROQUE

LEIO COMO SEMPRE FAÇO A COLUNA DO BETO ARROQUE NO GAZETINHA. A DESTA SEMANA SOBRE LA STELLA DO NATAL É OTIMA...

NÃO LEMBRO DISTO PORQUE MORAVA NA COLONIA E NÃO PARTICIPAVA DESTA PROCISSÃO DE NATAL, COMO ELE CONTA. MAS QUE ELE NOS TRANSPORTA A EPOCA EM QUE NARRA E QUE ERA TUTO COMPANHO, ISTO ELE O FAZ. NÃO SEI SE O BETO É UM BOM MEDICO, DEVE SER, MAS QUE É UM BAITA DE UM ANARRADOR ISTO É...COISA PRA UM GARCIA MARQUES. QUE TALENTO...PARABENS!

HISTORIAS DE LA UNDEZE

A BRIGA DO FIORAVANTE E

DO DIONIZIO ASSONI


Fioravante Cervieri dono da Sociedade Estrela - na verdade era uma cooperativa mas ele era o dono de tudo - tinha uma agencia do Banco SulBrasileiro dentro de seu escritório, que aos colonos ele dizia que era um SQUITÓRIO...(referencia ao galinheiro porque SQUIT é escremento de galinha no talian )

Pois dentro do cofre, ou encima dele, que teria visto o famoso DIAOL, um dia com um forte cheiro de enxofre junto...

Mas Aquilino Costela estava lá um dia e presenciou tudo. Ele narra que viu Dionizio e Firovante numa discussão por casua de 200 reis, que hoje daria uns 20 reais.

Dionizio dizia pro fioravante:
- Duzentos de mim, duzentos de outro, quantos tu pega pra ti no final do dia???


Toing!!!


HISTORIAS DE LA UNDEZE

O PÃO DURO DA COLONIA


Na minha pesquisa intuitiva aqui em Serafina pra saber quem é o campeão do PÃO DURISMO nesta terra de gringo mão de vaca - O Felipão não vale ele é de Passo Fundo - perguntei ao Aquilino Costela quem seria...ele disse que da cidade não sabe, mas que na colônia,quando lá morava ele tinha um amigo - deu o nome agora esqueci - de um cara que primava pela dureza em gastar.

- Eu pedia uma caipirinha enquanto a gente jogava bochas, ele beliscava da minha...quando eu ia pedir outra, ele não se coçava e dizia que a caipirinha lhe fazia mal no estomago. Mas quando eu pedia de novo, bem que ele tomava.

Assim é gringo, fila sempre do outro.

Histórias de la Undeze


O CASAMENTO DESFEITO


Vou contar esta história do modo que o Aquilino Costela, criado na colônia, sempre me conta...eu o instigo a me contar porque ele é bom contador de histórias...

Anos atrás, ele e a viúva de Iraldo Artussi, o famoso fotógrafo de la Undeze( o zator poderia nos falar sobre ele um pouco se não fosse tão vagabundo, ele e o MIRE ARROQUE disputam na minha geração o troféu de quem foi o mais preguiçoso no colégio)a Lourdes de Villa resolver juntar os trapos, casar como se diz...os dois eram livres e desempididos...Teve casamento, compromisso na Igreja Nossa Senhora do Rosário e tudo, com padrinhos. No caso o padrinho foi o proprio filho da Lourdes e sua esposa.

Nos dois primeiros anos conta Aquilino andou tudo bem, ele não teve queixas...estava tudo perfeito. Mas depois coemçaram as desavenças. Ele achou que estava arcando com muita despesa. Vinham os parentes pra almoçar e o gasto era muito grande. Tu sabe como é gringo não gosta de se coçar.


Até que um dia a Lourdes disse uma frase que bem caberia na boca da SIMONE DE BEUVOIR( a escritora francesa) do que propriamente uma frase ser dita numa terra machista como La Undeze. Numa discussão entre eles ,Lourdes,sempre na versão do Aquilino disse a famosa frase machista que qualquer mulher detesta:
- O MEU CORPO ME PERTEN CE, É MEU...

Então aquilo apontou a porta e lhe disse:
- Podes ir embora, a porta esta aberta e eu não seguro ninguém.

E ela foi....

Depois mandou emissários pra tentar reatar o relacionamento, mas foi tudo em vão. Aquilo hoje não lhe dá nem bom dia, nem boa noite.

Vive sozinho!

De Serafina

Esta foi meu primo JUSCELINO DALLANHOL - fiol de Bramo - quem me contou:

No bairro planalto daqui, as familias Orso eram tão conhecidos em ter as casas queimadas pelo fogo, que botaram o apelido de bairro BOTAFOGO....

- Lá tem várias casas novas feitas pelos Orso depois dos incendio, disse Juscelino...

Cara Nadilce

1) não comi panetone. estou de dieta, comi iogurte.

2) minha mãe tá pra lá de marrakech....só preparou uma toalha limpa depois do almoço, com croze(cruzes) velas e não sei o que mais. é que o ministro iria levar a comunhão. Lá em casa veem muita missa pela teve e pelo rádio. ( i scolta le messe)

Diz um amigo meu que velho quando tá muito ligado na rede vida é mau sinal(solque messe, farghen que??)

E gostei da parte da sonora....


Sim, o Natal era mesmo tudo mais simples. Mas acho que isto é também um pouco de fantasia.


A te ghe de manhar panetoni anche ti!!!
A tua mãe, como todos de antigamente preparam-se para o Natal. Que saudades!!!!
Era tudo tão simples...Quase nada de vitrines...Só cheiros e cores...A 'sonora do padre', tu lembra? Era tudo via torre da igreja.
Feliz Natal pra ti e tua família, e em fim pra todos que estiverem contigo.
Em 24 de dezembro de 2011 08:04, olidescanton <olidescanton@bol.com.br> escreveu:
ja vi no pioneioro daqui.coa in te la zundeze poke noticie. tutti de natal...i magna panetoni,porco dio.

De Serafina

Encontrei meu primo Laurindo Canton muito ab atido. Ele vendeu o caminhão e investiu 10 mil reais na soja. Não é que a seca está lhe tirando a safra toda.


*Outro que estaria se danando é o Nelson Assoni. Pagou 700 mil reais por umas terras no Caçador. No ano passado a safra deu bem, mas este ano não vai vender a terra ao preço que imaginou.

*Marieto Migliavacca está trabalhando pro Nelson Assoni. Sou " peão" do Nelson,ironiza ele.

De Serafina

Tem serafinense que apelidou a prefeitura municipal de SÃO PAULO WEEK FASHION...tudo porque diz que é um desfile de gurias bonitas. E a melhor hora pra ir vê-las é no começo da tarde.

De Serafina

AINDA A SURRA DO TOLI NO ENIO MASSOLINI


Me corrigem aqui: não foi de madeira o espeto que Toli Santin deu no Enio Massolini. Foi de ferro mesmo e teria ficado retorcido.


Uma importante figura público do municipio me garantiu que até viu o espeto....

O pivô da surra foi a irma de Toli, Maria Isabel Santin, a Bey, que namorava o Enio e que estavam de rompimento.

De Serafina

Lá pelas 10 e meia da noite de dia 24/12 passei pela av. Miguel Soccol e lá estava o flávio soccol vestido de Papai Noel distribuindo balas pras crianças que passavam. Só o flávio mesmo....


*Seu irmão Roberto Ivo o acompanhava.


*O Flávio é um patrimonio de Serafina. Merece ser tombado. Diz que comeu meio mundo, mas há quem ache que não é verdade. A Adelina e só....Onde está o Flávio tem uma piadinha maliciosa. O encontrei no super na manhã do sábado e ele mesmo com o saco de carne pro churra começou a fazer piadinha com a caixa..

Ele não perdoa ninguém. Dá tiroteio por tudo quando é lado...

*Ele diz que foi o autor da frase CIDADE SIMPATIA pra serafina. O Lalo Rodrigues diz que foi ele e tem como provar.


*Já a Maria Amélia Arrouque, a Méia, que é cantora, cunhou a frase SERAFINA AMORE MIO...Pegou....


*Dizem em Serafina que a Méia teria chances de ser prefeita. O marido, o ex-prefeito Luis Gheller que não deixa..

*A corrida pelos votos em Serafina neste 2012 será braba. Já estão estipulando cifras....

 

De Serafina

Voltei no entardecer deste 24 de dezembro da capela são pedro. Lá assisti uma grande briga o Telvo Bazzo e o Delvo Benvegnhu. Quase se deram de cadeiradas, mas os filhos do Telvo, Pele e Aidir, separaram o pai da briga. E como o Telvo é brabo ainda depois dos 80 anos.

Tudo começou com o jogo de cartas e no acerto de contas. Começou uma discussão e quando se viu os dois estavam de cadeiras na mão pra se atracarem


- E os dois são do mesmo partido, ironizou João Arroque Filho, quando lhe contei da barufa que tinha visto de tarde na san piero.


*Silvana Arroque estava em Serafina com um filho que estuda jornalismo e que de vez em quando lê este blog


*Altamir Arroque, o Mire, também veio com a família pra serafina....

Encontrou no posto ROSINHA- AQUELE ONDE PRENDERAM UM BANDIDÃO TEMPOS ATRÁS QUE TINHA FUGIDO DA CADEIA - sua colega do Rosário, LULI BONI, hoje casada com o transportador Adroaldo Cadore.


*Dizem que a Polícia Federal anda fiscalizando obras em Serafina...

*Chico Mezzomo, ex-DEM está no PSB....

Deverá ser o candidato do partido a prefeito


*Altamir Arroque tem fama de inacessível em Serafina....

*O padre Mário Migliavacca, tio do Marieto, que vive em San Louis nos EStados Unidos desde 1977(andava em Vila Elisa, nos arredores de BAires quando engrossou a repressão política)mandou uma bonita carta ao sobrinho dando conta da crise dos norteamericanos. E diz que nos tempos que ele conhecia serafina havia aqui 100 habitantes,ou 100 casas....


*Os migliavacca são tudo baza banqui(beija banco) ou seja vivem grudados nos padres. O Marieto é que fugiu de ser padre,embora tenha estado no seminário. Fomos colegas na JUC-5 de moradia. Mas o Marieto naqueles anos fervia....

Recebo da coleguinha esta mensagem. Ainda bem que não vem acompanhada de uma tarefa.

Amigos e amigas,


Desejo que todos os dias de 2012 sejam Natal para vocês. Dias de alegria, felicidade, amor, solidariedade, saúde, muitos abraços e muitas risadas. Claro que, também, desejo que vocês tenham alguma coragem para enfrentar e superar os problemas que teimam em aparecer e uma pitadinha de cinismo para aguentar os chatos.

Nos vemos em 2012!
Beijocas,

Nubia

De Serafina


Neste sabado, uma guria que trabalhava aqui há anos porque sempre me hospedo aqui, foi demitida. Não sei o que houve com a Raquel, mas comigo ela sempre foi tri atenciosa.


Lamento.

*Alo alo Serginho Ros, o Janguta pediu teu fone. não sou nem teu secretário, nem dele. então se quiseres já sabes, o cara quer papo contigo.

*Procura o guia de serafina, que tem lá o fone do Nelson Assoni. Por sinal, tomando um café no Maruccus com ele na sexta, ele me disse que seu primo Bruno marocco saiu da Arena, nos anos 70, por brigas com a sociedade Estrela que queria mandar em tudo. Bruno,segundo Nelson, também foi vereador da Arena. Depois foi pro MDB...


*Tem uma historinha aqui bem humana: a viuva do Artussi, tempos atrás, resolveu juntar os trapos com outro viuvo, um Costela. Mas segundo ele, nos domingos, a parentada toda ia pra casa deles fazer uma boca...ele encheu os saco daquilo porque era tudo por conta dele...quando viu tava bancando o boco...caiu fora...um dia ela chegou em casa e ele tava com as malas prontas. foi embora.Ela queria depois reenaugurar a relação, mas ele não quis mais.


*Ah, já desconfio o que houve com a Raquel Alves aqui do Ca dei Monti...

Fofoqueiros fizeram a demissão dela...

*Por falar em fofoca, o que me perguntaram aqui quem eram os meio irmãos que queriam casar....claro, o boco não sabia que o pai dele não era quem o havia criado. Mas dizem que pai mesmo é quem cria. pronto tamos conversados.

De Serafina

By By Serafina


O quadro pintado a óleo que durante anos emoldurou o gabinete dos prefeitos na nova prefeitura não está mais enfeitando o gabinete do prefeito atual. No seu local, foi posto um diploma que o Ademir ganhou


*Dona Fifina Correa, natural de Rio Grande, esposa de Vespasiano Correa,empresta o nome ao municipio, conhecido por ONZE, OU LIENA UNDEZE DE GUAPORÉ.

Coleguinhas

A Adriana Sabadin, da assessoria da prefa de serafina, trajava um vestido longo,azul que me lembrou muito os hippies dos anos 70....

e o colega dela disse que era vestido de Iemanjá....


FORTES E LIVRES..ONDE???


Na vinda pra serafina, entramos em Muçum, ao meio dia de sexta, um calor de assar os miolos. Fui atrás do jornal de Muçum, porque queria ler a noticia da reabertura do fortes e livres. Ai me disseram que o Jornal de Muçum é feito em Encantado. Fui atrás do Jornal da Ponte, que também não tinh amais nada e estava tudo fechado.


Muçum, que já viu e quem te vê....

Historia de la Undeze


O DELEGADO CICERO

E NELSON ASSONI


SE ATRACARAM NA DELEGACIA


Nelson Assoni era chefe da Arena em serafina, nos anos 60, pós revolução e mandava...além disto era vereador do partido, além de ter sido da comissão de emancipação. Pra serafina, foi mandado como castigo um delegado que vinha da fronteira oeste, de são borja, o delegado Cicero Loureiro( em serafina, andou se atrapalhando com liberação de carteiras de motorista)...

N~´ao se sabe porque o delegado levou preso um funcionário da Sociedade Estrela, um Dondoni. A delegacia ficava bem em frente ao posto Gheler de hoje, antigo posto do Aristides Soccol.

Nelson foi lá libertar o Dondoni mas teve um desentendimento sério com o delegado Cicero que não queria...

Nelson conta que passou a mão no telefone pra ligar pra Guaporé quando o delegado se atracou nele. Os dois únicos brigadianos que estavam lá não apartaram a briga.

Mas ai o delegado aceitou atender o Nelson,que não arredou pé de que o Dondoni fosse lib ertado. Sairam os dois e o povo do lado de fora ficou aplaudindo.

Cicero casado com uma guaporense, tinha uma namorada em serafina, a Lorelei Grando, filha do Olimpio Grando. Sempre que ela ia namorar com o delegado dizia pra mãe:

- Mama, vo al cristo rei com ele delegado....

Cristo rei é o monumento feito pelos colonos e tido como local sagrado. Na verdade, ela ia namorar com o Cicero.

Todo mundo sabia desta história do delegado em Serafina. Ele faleceu no ano passado em Porto Alegre, onde ainda vive sua esposa e um filho que teve com ela.

De Serafina


Unico hospede no ca dei monti nesta véspera de natal em serafina. Apenas o porteiro Jorge, um baita fofoqueiro e contador de histórias...

Bem como eu gosto. detesto multidão....

NÃO PODEMOS ESQUECER

ANTES:


QUADRILHA
Antonio Fernando Sousa
Procurador-Geral da República, NOMEADO PELO LULA:

“O conjunto probatório produzido no âmbito do presente inquérito demonstra a existência de uma sofisticada organização criminosa, dividida em setores de atuação, que se estruturou profissionalmente para a prática de crimes como peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa, gestão fraudulenta, além das mais diversas formas de fraude. A organização criminosa ora denunciada era estruturada em núcleos específicos, cada um colaborando com o todo criminoso em busca de uma forma individualizada de contraprestação. Pelo que já foi apurado até o momento, o núcleo principal da quadrilha era composto pelo ex Ministro José Dirceu, o ex tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, Delúbio Soares, o ex Secretário-Geral do Partido dos Trabalhadores, Sílvio Pereira, e o ex Presidente do Partido dos Trabalhadores, José Genoíno. Como dirigentes máximos, tanto do ponto de vista formal quanto material, do Partido dos Trabalhadores, os denunciados, em conluio com outros integrantes do Partido (um deles é João Paulo Cunha, copiosamente mencionado nas páginas seguintes), estabeleceram um engenhoso esquema de desvio de recursos de órgãos públicos e de empresas estatais e também de concessões de benefícios diretos ou indiretos a particulares em troca de ajuda financeira. O objetivo desse núcleo principal era negociar apoio político, pagar dívidas pretéritas do Partido e também custear gastos de campanha e outras despesas do PT e dos seus aliados”.

DEPOIS:

Brasil: procurador-geral, TAMBÉM NOMEADO PELO LULA E RENOMEADO PELA DILMA, pede a condenação de 37 réus do mensalão

Domingo, 08 de julho de 2011

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, enviou nesta quinta-feira ao Supremo Tribunal Federal o pedido de condenação de 37 dos 40 réus por envolvimento no esquema do mensalão.

Três dos acusados foram retirados do processo: o ex-tesoureiro do PT, Silvio Pereira, que fez um acordo com o Ministério Público para prestar serviços à comunidade, e o ex-deputado José Janene, que morreu no ano passado. E, de acordo com o procurado-geral, não há provas contra o ex-ministro Luiz Gushiken.

Somadas, as penas máximas podem chegar a 4.700 anos de prisão. O documento é a último a ser integrado ao processo, antes do julgamento final. Se o caso for julgado procedente pelos ministros do Supremo e nenhum dos crimes prescreverem, o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, podem ser condenados a, no máximo, 111 anos de prisão, cada um. O publicitário Marcos Valério de Souza poderá pegar até 527 anos. O esquema foi revelado em 2005 pelo ex-deputado Roberto Jefferson, que denunciou os supostos pagamentos mensais a deputados. Também estão entre os reús, os deputados federais João Paulo Cunha, do PT; e Valdemar Costa Neto, secretário-geral do PR.

Confira a lista completa dos réus do mensalão.

José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil) - corrupção ativa e formação de quadrilha.

José Genoino (ex-presidente do PT) - corrupção ativa e formação de quadrilha.

Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT) - corrupção ativa e formação de quadrilha.

Duda Mendonça (publicitário) - lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Zilmar Fernandes (sócia de Duda Mendonça) - lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

José Borba (ex-deputado federal pelo PMDB-PR) - corrupção passiva.

Roberto Jefferson (ex-deputado federal pelo PTB/RJ) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Romeu Queiroz (ex-deputado federal pelo PTB/MG) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Emerson Palmieri (ex-tesoureiro do PTB) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Pedro Henry (deputado federal, PP-MT) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Pedro Corrêa (ex-deputado federal, PP-PE) - corrupção corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

João Cláudio Genu (ex-assessor do PP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Enivaldo Quadrado (empresário) - formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Carlos Alberto Quaglia (empresário) - formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Valdemar Costa Neto (deputado federal pelo PR/SP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Jacinto Lamas (ex-tesoureiro do PL) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Bispo Rodrigues (ex-deputado federal do PL/RJ) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Antônio Lamas (ex-tesoureiro do PL) - lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Breno Fischberg (empresário) - formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Marcos Valério (publicitário) - corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

João Paulo Cunha (deputado federal pelo PT-SP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato.

Paulo Rocha (deputado federal PT/PA) - lavagem de dinheiro.

Anita Leocádia (assessora parlamentar) - lavagem de dinheiro.

João Magno (ex-deputado federal PT/MG) - lavagem de dinheiro.

Professor Luizinho (ex-deputado federal PT/SP) - lavagem de dinheiro.

Anderson Adauto (ex-ministro dos Transportes) - lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

José Luiz Alves (ex-assessor de Anderson Adauto) -lavagem de dinheiro.

Simone Vasconcelos (ex-diretora da SMPB) - lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Geiza Dias (ex-auxiliar da diretoria das empresas de Valério) - lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Rogério Tolentino (advogado) - lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Cristiano Paz (publicitário) - corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Ramon Hollerbach (publicitário) - corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Kátia Rabello (ex-presidente do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

José Roberto Salgado (ex-vice-presidente do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Ayanna Tenório - (ex-vice-presidente do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Vinícius Samarane (ex-diretor do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Henrique Pizzolato (ex-diretor do BB) - peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Não fazem mais parte do processo, mas estavam na lista inicial:

Silvio Pereira (ex-secretário geral do PT) - formação de quadrilha. Fez acordo com o Ministério Público e foi retirado do processo.

Luiz Gushiken (ex-ministro) - peculato. Segundo o procurador-geral, não há provas contra ele.

José Janene (ex-deputado federal, PP-PR) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Morreu em 2010.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

De Serafina

O PREFA BICO BRANCO NÃO DÁ MOLE. NA SEXTA ULTIMA VESPERA DE NATAL, DESPACHAVA NA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAUDE, NO POSTO DO SUS...E NÃO ERA ONDA, NÃO É...


FUI LÁ PESSOALMENTE CONFERIR. E O POSTO ESTÁ BEM LIMPINHO, COM FUNCIONÁRIOS ESPERANDO PRA ATENDER OS PACIENTES E BEM EQUIPADO. O RESTO É CHORO....QUERIA QUE ESTA GENTE QUE SE QUEIXA TANTO DA SAUDE FOSSE MORAR NO PERU OU NA BOLIVIA POR ONDE PASSEI PRA VER AS CONDIÇÕES EM QUE AQUELA GENTE É ATENDIDA. AQUI SÃO MUITO CHOR~EOS DE BARRIGA CHEIA.


*mas o prefeito assumiu pessoalmente a SMS porque tem bons diretores, segundo sei...

E está sem pressa de colocar um novo secretário.

O primeiro que ele colocou foi um Oldoni, do PFL,hjoe DEM, que é irmão do presidente do sindicato rural. São gente da capela santana.

Depois colocou o ex-prefeito JACIR SALVI, que é unha e carne com o ex-prefeito Polaco....

Jacir está no PT, mas informou ao prefeito que ficaria apena sum ano...

E saiu em novembro ultimo...pra colocar uma empresa que trata lixo, segundo se diz oficialmente.

Mas me informaram que o Salvi estaria gostando demais de um copo de uísque

Historias de la Undeze

O pão durismo dos gringos de Serafina é algo inimaginável....Não se sabe se é cultural, se é porque gringo gosta mesmo de grana, mas enfim...

Perguntei ao Nelson Assoni - chamado de JANGUTA NO COLEGIO CONCEIÇÃO NO TEMPO DE INTERNATO EM GUAPORÉ - quem era o mais pão duro de todos eles...e no seu palpite é EDI dEITOS....dono da Grano, uma fabrica de alimentos no rio Carreiro.

Não sabia, mas no meu livro COZI LA ZE STATA tem uma historinha dele...

Uma noite, depois do expediente, o dentista Luis Carlos Montanari estava fazendo uns trapalhos no sindicato rural, aproveitando a folga que a hora deixava.Aparece o EDi Deitos com a carteira do INPS pra ser atendido. O Montanari se negou:
- Ah, não pelo INPS não!

Outro famoso pão duro de serafina é o Carlinhos Alban, dono da Credeal e hoje morador de Floripa e ministro da iGREJA cATOLICA.

A Credeal não costuma ajudar ninguém que vai pedir patrocinio. Manda tudo pra Sao Paulo, onde3 está a agencia d epropaganda que decide tudo.

E até um recente CD dos SErafines, de Serafin a, a empresa só patrocinou porque o maestro foi pessoalmente falar com o Fernando Alban,diretor.

HISTORIAS DE LA UNDEZE

ADESSO BRAMO

VA ESSER VEREADOR(
AGORA ABRAMO VAI SE ELEGER VEREADOR)

Meu falecido tio Abramo Dallanhol- falecido em 29 de junho de 1994) que os italianos abreviavam por BRAMO - de um ataque cardiáco enquanto dormia - era um fã da política.Mas numa determinada época, nos ano s70, quis se meter a vereador. Morador da capela Saúde- por sinal está enterrado no pequeno cemitério de lá - COMEÇOU SUA CAMPANHA- ERA DO MDB, POIS FORA DO ANTIGO PTB O QUE EM SERAFINA JÁ ERA SER MEIO MALDITO, MEIO DO CONTRA POIS O PSD MANDAVA - E começou a se assustar com a quantidade de votos que faria. Ingenuo, apesar de fã da política, acreditava que todos os que prometiam, cumpriam com a palavra...

Pois numa determinada etapa de sua campanha pra vereança ele se preocupou pois faria tantos votos que teria que acabar presidente da Camra de Vereadores. E se sentiu pequeno diante de tanta responsabilidad,e pois era um simples colono sem instrução...Aí que ele começou a pedir pra não votarem mais nele, votassem em outros companheiros.

Resultado:quando abriram os votos, tinha apenas 92 que não o elegeu.

Decepcionado, pouco tempo depois, largou a político e morreu aos 67 anos. Sua mulher, aos 83 anos, ainda vive.

 

MORRE DIRIGENTE DO CAZIAS...

POR NADILCE ZANATTA( LA FIOLA DE CHOFFEUAR DEL AUTO DE PRAÇA DE LA UNDEZE,NADIR!)


O nome dele é Vanderlei Bersaghi, 52 anos.
Um dos dirigentes mais conhecidos do futebol caxiense, há mais de 30 anos.
O apelido dele era 'PÉ'.
Morreu num acidente em Veranópilis.
Ele acompanhava a delegação do time grená no amistoso contra Veranópolis Esporte Cube; voltaria para a formatura do filho Metheus.
Trabalhou anos como bancário no Unibanco.
No estádio Centenário trabalhou nas categorias de base nos anos 90, colocando, inclusive dinheiro do próprio bolso para ajudar os meninos com alimentação e transporte. Foi responsável, também, por trazer Mano Menezes patra treinar o Caxias em 2004.
Pé, um grande homem grená.
Ecco, adesso, vá até o Google e abre o Pioneiro.com, e tu vai achar mais.
Ciao

DESINFORMADO, EU? - II

No Desinformado, Eu? de sexta errei: constou DMLU, quando o correto deveria ser DMAE.

SERGIO OLIVEIRA/CHARQUEADAS-RS

DESINFORMADO, EU? - III

No Desinformado, EU?, o primeiro, o imparciais que ali consta deveria estar entre aspas ("imparciais"),uma ironia, pois, na verdade, os blogs da esgotosfera são todos parciais, pois recebem grana do governo ou são da turma do mensalão.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS


Por Volmer Jardim!

Vírus autoritário em Uruguaiana

O vírus do autoritarismo que grassa na Argentina, com a presidenta movendo forte campanha contra alguns veículos de comunicação, parece haver atravessado a fronteira, alojando-se em Uruguaiana. Nessa cidade o prefeito Sanchotene Felice usou parte do programa semanal que mantém através de uma cadeia de rádios, para atacar, inclusive no plano pessoal, os proprietários dos jornais Tribuna de Uruguaiana e Momento de Uruguaiana.
O surto de intolerância de Felice se deveu ao fato de os dois jornais terem publicado matérias relatando processos e ações judiciais movidos contra a administração municipal, por supostas irregularidades. Além de espinafrar os jornalistas, o prefeito implantou a censura à imprensa, proibindo que a Tribuna e o Momento fossem disponibilizados para leitura no Café da Praça, que é uma concessão da municipalidade.

Balbúrdia política em São Borja

Em São Borja a eleição do vereador Beto Souza (PTB) para a presidência da Câmara Municipal parece haver implodido a base do governo Mariovane Weis (PDT), já que o voto de desempate foi do vereador Carmelito do Amaral, do PT, partido que, a exemplo do PTB, ocupava cargos na Prefeitura. A primeira conseqüência do episódio foi a demissão, já confirmada, de seis assessores petebistas.
O episódio fatalmente terá desdobramentos na eleição do ano que vem. Tanto que já estaria em cogitação uma chapa só de pedetistas, com Roque Feltrin para prefeito e Farelo Almeida para vice. O esforço pela retirada da candidatura de Beto foi tão grande que a proposta derradeira incluía a renúncia de Mariovane, para que o vice Kiko Omerich, que é do PTB, assumisse as rédeas da administração. Na Lancheria La Barca há quem afirme que contra PDT/PMDB em 2012 se juntarão PP, PTB e PT.

Prezado Julio. O editor retribuiu.


Grande Olides.
Desejamos um Feliz Natal e um grande Ano Novo.
Júlio César

roteiro do findi


A cultura vai estar um deserto. Não tem nada, está tudo fechado, a menos alguns cinemas...

Domingo é dia de Natal...então cada um se vire, como puder!

Boas Festas

ATE A COZINHEIRA DO PALÁCIO

REGINA LEMOS esteve NA QUARTA PASSADA NO PALÁCIO PIRATINI NA COLETIVA DE TARSO GENRO. UM COLEGUINHA A VIU GANHAR A COZINHEIRA. ELA ENTROU LÁ E JÁ ESTAVA TRAMANDO UMA MATERIA COM A SERVENTE QUE É QUEM FAZ TODOS OS COMES E BEBES SERVIDOS EM PALÁCIO.

TEVE QUEM ACHOU QUE NA VERDADE A COLEGUINHA GANHOU A COZINHEIRA PRA FAZER UMA BOQUINHA!

MALDADE DO COLEGUINHA, CLARO!

Coleguinhas

Foi no MAGOO a festança do Arno Maciel, Regina Lemos e companhia. Beberam todas.....Depois a Regina Lemos levou a bolsa do Arno.

Historias de La Undeze


De quem é o hospital?afinal!

Está para estourar uma situação no Nospital Paroquial Nossa Senhora do Rosário. Dizem que o hospital não tem pessoa jurídica que é dona...A Mitra Diocesana não quer, a prefeitura também não. Mas pelo menos estão colocando oxigênio em todos os quartos.

Coleguinhas

ARNO MACIEL

REGISTROU A PERDA DOS DOCUMENTOS

ESTAVAM COM A REGINA LEMOS


Nestas festas de fim de ano, alguns coleguinhas exageram. Dias atrás, Arno Maciel, Regina Lemos, todos ex-TV Globo, e outros colegas foram comemorar...Tomaram tanto trago que na volta a Regina que pegou uma carona do Arno, acabou levando sua pasta com todos os documentos.

Arno foi dormir preocupado onde tinha deixado sua pasta. Ligou pra Regina, que acordada, resmungo e disse que não tinha levado nada. Era ainda a borracheira que ela tava curando...

Na manhã seguinte, Arno foi correndo cancelar contas em bancos e outros documentos.Aí a Regina descobriu que sua pasta estava lá.

A desculpa que ela deu é que tem trauma de perder pastas: por isto ela leva tudo que é pasta...

A conta no bar, dizem, ainda não foi paga...

E o Arno ainda reclama que agora terá que pagar indenização ao banco....

do Correio do Povo é craque em cobertura do Interior do Estado


Isso vem desde os tempos do Dr. Breno e até hoje o CP ainda se destaca, em relação ao 'concorrente' em termos de cobertura do Interior do Estado. A ZH não consegue alcançar. A ZH nunca teve tradição de cobertura do Interior do Estado. Mesmo na época da Central do Interior ou, ainda mais distante, quando o Antônio Oliveira, que editava Geral, tinha o costume de manter sempre um repórter viajando pelo Interior.
Mesmo que muita coisa que o CP atual publica seja release, ainda assim é agradável a gente saber como anda a vida no Interior.

do blog do lauro dieckmann!

REFORMA AGRÁRIA


Comemorações em assentamentos do RS


Edegar Pretto participou das comemorações de 20 anos do assentamento 19 de Setembro de Guaíba, 21 anos do assentamento 30 de Maio de Charqueadas e do torneio de futebol do assentamento São Pedro de Eldorado. O parlamentar falou da trajetória de integrantes da Via Campesina e outros movimentos, com destaque para pessoas que trabalharam pelo direito à terra e justiça social. "Vivemos um novo momento político no estado e no país com alinhamento de programas de governo. Mas não estamos acomodados e seguimos atentos à luta de trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade?, afirmou o deputado.

Deputado Edegar Pretto

POLÍTICA


Edegar Pretto e Olívio Dutra participam de encontro do PT em Encantado


O deputado Edegar Pretto acompanhado do presidente de honra do PT-RS, Olívio Dutra, participou de um grande encontro de confraternização e mobilização de filiados do Partido dos Trabalhadores em Encantado. Ambos foram recebidos pelo presidente do PT no município, Alceu Signor e pelo Secretário de Administração, Luciano Moresco. ?Nosso mandato está na estrada discutindo, avaliando, organizando e mobilizando a classe trabalhadora, movimentos sociais, agricultores familiares, quilombolas, indígenas e pescadores. O diálogo com todas as organizações é fundamental para que possamos desenvolver um bom trabalho?, declarou Edegar Pretto.

Deputado Edegar Pretto


Som em ônibus só será permitido com uso de fones


O plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, em sessão extraordinária, na manhã desta quinta-feira (22/12), projeto de lei que prevê multa a usuários que utilizarem de forma inadequada equipamentos de som no interior de veículos de transporte coletivo. Pela proposta do vereador Mário Fraga (PDT), equipamentos como rádios, celulares e tocadores de música do tipo MP3 e MP4 só poderão ser utilizados com fones de ouvidos. O usuário que desobedecer à determinação ficará sujeito a multa que pode variar de 16,63 a 83,15 UFMs (R$ 43,00 a R$ 216,00 em valores de hoje).
Além da multa, o projeto prevê campanha permanente de conscientização da população sobre a necessidade de uso de fones de ouvido em caso de utilização de aparelhos sonoros no interior dos veículos de transporte coletivo de passageiros. "As concessionárias das linhas de transporte coletivo de passageiros deverão afixar cartazes educativos no interior dos veículos", estabelece a proposta.
"Para os usuários do transporte coletivo de passageiros de Porto Alegre, é notória a falta de educação de algumas pessoas, principalmente das mais jovens, no que se refere ao uso de equipamentos como rádios, tocadores de MP3 e MP4 e celulares, normalmente em volume muito alto", observa Fraga. "Nosso Código de Posturas, que tenta coibir tais abusos, infelizmente tem se mostrado ineficaz, pela impossibilidade de fiscalização", acrescenta o vereador.


Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)


Coleguinhas

CACO BARCELLOS, DO PROGRAMA PROFISSÃO REPORTER, DA TEVE GLOBO, ESTARA EM PORTO ALEGRE NESTE NATAL. VEM PASSAR COM A MAE, DONA ANTONINHA E A IRMÃ NEUSA...
caco completa 62 anos em março do ano que vem.

Por falar em Natal


Nesta época vicejam muitos idiotices na imprensa tipo meu triste Natal, meu não sei o que...como eram bons os natais da minha infância e por aí vai....O Natal, na verdade, serve de gancho para as pessoas falarem de si...e como gostam disto. Hoje li uma entrevista da martha medeiros que o que mais ela conjugava era eu...eu...eu...só falava de si...será que ela acha que nós não vivemos sem ela. Ora vai te catar, Martha...
Não tenho a menor saudade de Natal nenhum....cada um teve a sua particularidade...Natal pra mim é apenas uma data...
Recordo de um quando vivia em Lima e morava no bairro de Monterico, que chamavam Las casuarinas(por causa de um tipo de árvore que tem lá que dá no deserto porque Lima é muito deserto,sim senhor..)
Trabalhei numa padaria até tarde da noite, e quando ela fechou, o italiano que era um dono, já estava totalmente borracho. Bebia uísque pra caramba. Ia lá beber com ele um policial, um chefão da PIP, a poderosa polícia peruana.

Pois naquela véspera de Natal,depois do trabalho, peguei uns bolos, uns pães e fui pra casa da dona Rosa, onde estava temporiamente hospedado( ela me deu guarida e local pra viver durante um tempo por pura bondade, porque nem sabia quem eu era....apenas que tinha vindo do Brasil) e fizemos uma jantinha pra cheia de paz....

Lembro com carinho daquela janta e nesta época relembro aquelas pessoas com as quais 35 anos depois nunca mais tive contato!Espero apenas que estejam vivas....

De São Borja

NAO ERA O QUE PARECIA!


O VICE KIKO OLEA HOMRICH NÃO DEIXARA O CARGO QUE OCUPA NA PREFEITURA DE SÃO BORJA. NO CASO SECRETÁRIO DA SAUDE.

ELE ATÉ FEZ UMA CENA RENUNCIANDO AO CARGO NO DIA DA ELEIÇÃO DO NOVO PRESIDENTE DO LEGISLATIVO MUNICIPAL, BETINHO SOUZA.

MAS COMO APRENDI COM O SENADOR PEDRO SIMON, TUDO É TEATRINHO....POLÍTICO TEM QUE VER O QUE FAZ, NÃO O QUE DIZ!

De São Borja


PT E PTB DEVEM MARCHAR COLIGADOS A PREFEITURA EM 2012.


o VEREADOR DA BANCADA DO PT NA CAMARA DE SÃO BORJA TERIA VOTADO NO BETINHO, NOVO PRESIDENTE DO LEGISLATIVO MUNICIPAL. ISTO MOSTRA QUE PTB E PT ESTÃO ACERTANDO OS PONTEIROS PRA MARCHAR JUNTO EM 2012.!

QUEM VIVER, VERÁ....

HISTORIAS DE LA UNDEZE

O MOTIVO PELO

QUAL BRUNO MAROCCO ROMPEU COM A ARENA


PETEBISTAS(DEPOIS EMEDEBISTAS) COMEMORAM UMA ELEIÇÃO EM SERAFINA. dA ESQ PARA A DIREITA, ENTRE ELES, RICARDO VIVIAN, BERTO ALBAN( DE BARRETA) E O ÚLTIMO BRUNO MAROCCO. Acervo de Marcos Ricardo Vivian.


BRUNO MAROCCO - assassinado em Matelândia, no Paraná, nos anos 80 por um cliente - foi no começo de sua carreira do partido governista de Serafina, no caso a ARENA(ALIANÇA RENOVADORA NACIONAL)... mas depois de ter sido secretário municipal de Guerino Massolini, no segundo mandato, ele rompeu com o partido governista. Há algumas versões sobre isto. Mas conta-se que Guerino Massolini estaria assediando uma das cunhadas de Bruno(ele era casado com Maria de Costa, que depois veio a falecer) e isto o teria ofendido, motivo pelo qual deixou o partido do governo e foi candidato a prefeito, tendo perdido a eleição por um triz(poucos votos) na eleição em que foi reconduzido ao governo de serafina, Amantino Montanari. Bruno pegou alguns conhecidos, depois deste episódio e foi embora de Serafina, mudando-se pra Matelância, no Paraná, onde advogava...

Seu grande amigo o "zator" Mário Rocha sempre contou aos seus amigos que a morte de Bruno foi em decorrência de uma molecagem dele...

O DIA QUE MARADONA CHOROU


PRO MUNDO TODO VER

A escritora argentina (radicada em Paris) Aliciai Dujovne Ortiz, entrevista o meiocampista Diego Maradona, na Itália


No domingo último, Neymar, do Santos fez beicinho ao final do jogo em que seu time foi massacrado pelo Barça.Sinceramente, tinha outra idéia do jogador santista mais bem pago no momento no Brasil: achava que ele nem estava aí...se fez beicinho, é porque sentiu...o baque.

Lembrei-me de Maradona em 1990, quando a Argentina perdeu a final na Itália pela Alemanha...Maradona subiu ao pódio em lágrimas.

Fui buscar um livro que tenho que comprei em Buenos Aires em setembro de 1995, escrito pela Alicia Dujovne Ortiz, compatriota do craque. Diz ela que decidiu escrever a biografia do Maradona, quando viu justamente esta cena...e ela começa assim o livro:

- La escena era tan clara que parecia irradiar una luz viva, recortada sobre fondo negro: instante de absoluto sobre uma noche de ausencia y de olvido. Sobre la pantalla se dibujaban un perfil banado em lágrimas y um cuello tendido hacia la medalla de la derrota, mientras que um hacha, sólo visible a ojos del corazón, cerniase sobre una nuca de repente tan frágil. Un centimetro apenas, y la cabeza negra y enrulada rodaria a los pies de un Havelange severo y de un canciller Kohl que sonreía com todos sus cachetes rosados y sua papara en flor...

No autógrafo que fui pegar, pra meia dúzia de gatos pingados - Alicia esteve aqui na feira do Livro de 2000 e passou totalmente incógnita pela nossa mídia que não lhe deu espaço em tevês( a TVE,advertida por mim da presença da escritora tentou entrevistá-la mas ela já tinha dado no pé quando a procuraram)rádios e jornais - ela escreveu:

A OLIDES CANTON, com toda mi gratitud por haber leído este libro tan huérfano e ignorado

Um abraço

Alicia!

Trânsito: aprovado projeto para facilitar circulação no Centro


A proibição da exploração, bem como o estacionamento de veículos em vias de grande circulação localizadas fora do perímetro central da Capital, foi aprovada pelos vereadores de Porto Alegre, em sessão extraordinária, na manhã desta quarta-feira (21/12). Esta proibição, contudo, ficará condicionada à criação, em vias alternativas, do mesmo número de vagas de estacionamentos temporários remunerados que serão suprimidas.
A proposta aprovada pelos vereadores foi originalmente apresentada por Luiz Braz (PSDB). Já o texto final votado pelo plenário ganhou forma com emenda dos vereadores Toni Proença (PPL), Engenheiro Comassetto (PT), Reginaldo Pujol (DEM), Pedro Ruas (PSOL) e Idenir Cecchim (PMDB). O projeto e a emenda receberam, na votação, 13 votos favoráveis e nove contrários, respectivamente.
Conforme Braz, o projeto inicial foi proposto como uma alternativa aos frequentes congestionamentos de veículos verificados em diversos pontos da cidade. “Esse problema é agravado pelo espaço destinado às vagas para estacionamento, bem como pelas manobras para realizá-lo ao longo das vias”, lembrou Braz. “Com a sua aprovação, será possível aliviar o espaço urbano, estabelecendo estratégias de localização de estacionamentos que minimizem o congestionamento e contribuam para a fluidez do tráfego”.


Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)


Um sucesso o Primeiro Encontro dos Solteiros em São Borja

O Programa Linha Aberta, da Rádio Cultura AM, que é apresentado por Eugênio Dutra, realizou no último dia 18 de dezembro, o Primeiro Encontro dos Solteiros com mais de 35 anos de idade.
Segundo Eugênio Dutra o encontro foi um sucesso, com a participação de mais de duzentas pessoas, onde ocorreram diversas atividades, como palestras, atividades físicas, almoço e culminou com um baile.
Para Eugênio Dutra o encontro serviu para que os participantes pudessem se conhecer melhor em um ambiente propício e que foi todo preparado para isso.
As pessoas, na correria da vida não conseguem separar um tempo para viver momentos diferentes da rotina diária. O encontro aconteceu para que essas pessoas que tem os mesmos ideais de vida e desejam compartilhar ideias, projetos, trabalhos e lazer. As vezes pensamos que estamos sozinhos no mundo, e esquecemos que tem muita gente precisando da companhia de bons e novos amigos. Concluiu Eugênio Dutra.

GABINETE VEREADOR EUGÊNIO DUTRA

Papai noel tocando blues. esta é boa.


Queria agradecer à galera que foi ao show de lançamento do meu DVD aqui no Rio, e
apesar de São Pedro não ter ajudado muito, enfrentaram o mau tempo e o transito ruim
para curtirmos juntos essa noitada.

Vocês junto com a minha maravilhosa banda ( Gil Eduardo e Flávia Couri) ajudaram a
transformar aquela noite que tinha tudo para ser muito fria, em mais um grande
momento na minha carreira.

Aproveito para desejar a todos vocês boas festas e um ano novo maravilhoso cheio de
realizações, paz, amor, saúde e MUUUUUUUITA MÚSICA É CLARO!!!

Blues beijos e abraços,

BIG GILSON

ABRAJET VIRA ABRAJANTA


DEpos anos e anos se reunidno pra jantar, os coleguinhas da Abrajet foram justamente apelidados de ABRAJANTEIROS, ISTO PORQUE VÃO PRAS BOCAS PRA FILAR UMA BOIAZINHA...MAS AI O MELLO, AMIGÃO AQUI DA GENTE- ME CONSEGUIU UMA BELA FOTO DO RENATO GAUCHO PRUM LIVRO - MUDOU O HABITO E NÃO TEM MAIS REUNA DE NOITE. SÓ CAFE DA MANHÃ. ISTO ELE FEZ PRA ACABAR COM O MALDITO APELIDO DE QUE OS JORNALISTMOS DE TURISMO SÃO TODOS TOQUEIROS DE BOIA.

MAS TEVE QUEM APELIDOU OS ABRAJANTEIROS DE CAFETEIROS!!!!

Feliz Natal

A LISTA DO PAPAI NOEL


Por Carlos Chagas


Papai Noel, este ano, resolveu inovar. De presente, só vai trazer livros. Não apenas estará contribuindo para incentivar a cultura, mas, pelas escolhas que já fez, segundo informações do nosso correspondente no Pólo Norte, pretende que cada agraciado tire lições dos volumes a receber. Obtivemos apenas parte da lista, valendo apresentar os livros já embrulhados:

A presidente Dilma receberá “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carrol. Para o Lula, “D.Quixote de La Mancha”, de Miguel de Cervantes. E mais:

José Dirceu: “O Processo”, de Franz Kafka. José Genoíno: “Acuso!” de Emile Zola. José Serra: “Humilhados e Ofendidos”, de Dostoiewski. Michel Temer: “O Conde Monte Cristo”, de Victor Hugo. Gilberto Carvalho: “Candide”, de Voltaire. Carlos Lupi: “As Vinhas da Ira”, de John Steimbeck. Antônio Palocci: “Tartarin de Tarascon”, de Alfonse Daudet. Rui Falcão: “1984”, de George Orwell. Jader Barbalho: “Em Busca do Tempo Perdido”, de Proust. Rosa Weber: “O Nome da Rosa”, de Humberto Eco. José Sarney: “O Dono do Mar”, de José Sarney. Cezar Peluso: “A Divina Comédia”, de Dante Alighieri. Nelson Jobim: “O Exorcista”, de Willian Blatty. Aécio Neves: “A Ilíada e a Odisséia”, de Homero. Marcio Thomaz Bastos: “O Advogado do Diabo”, de Morris West. Fernando Pimentel: “Hamlet”, de Shakespeare. Geraldo Alckmin: “Utopia”, de Thomaz Morus. Roberto Freire: “O Capital”, de Karl Marx. Ideli Salvatti: “Reinações de Narizinho”, de Monteiro Lobato. Fernando Henrique Cardoso: “Ascenção e Queda do III Reich”, de Willian Shirer. Eduardo Campos: “Casa Grande e Senzala”, de Gilberto Freire. Delúbio Soares: “Crime e Castigo”, de Dostoiewski. Pedro Simon: “O Tempo e o Vento”, de Érico Veríssimo. Eduardo Suplicy: “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley. Roberto Requião: “A Ilha do Tesouro”, de Robert Louis Stevenson. Agnelo Queirós: “Vinte Mil Léguas Submarinas”, de Júlio Verne.

Como são 513 deputados, 81 senadores, 38 ministros, 27 governadores e montes de ministros dos tribunais superiores, além de ex-políticos a dar com o pé, parece provável que até sábado consigamos mais detalhes da lista do Papai Noel.
AS ELEIÇÕES
As eleições municipais estão marcadas para 7 de outubro, o primeiro domingo daquele mês, para a escolha de prefeitos e vereadores em todo o país. Ainda que o Tribunal Superior Eleitoral não tenha divulgado o calendário detalhado, as desincompatibilizações deverão acontecer até 7 de abril, seis meses antes do pleito. Até julho os partidos precisarão realizar suas convenções para a escolha dos candidatos. A propaganda eleitoral gratuita pelo rádio e a televisão começará em agosto.

Parece fora de dúvida que as eleições para as prefeituras das 26 capitais dos estados prenderão as maiores atenções. Para elas voltam-se PT, PMDB e PSDB de modo especial, sabendo que as preliminares das eleições gerais de 2014 vão ser travadas em 2012. Mesmo precisando cumprir seus mandatos até 2016, os prefeitos a ser eleitos se constituição em peças fundamentais para a escolha dos candidatos a governador. Acresce que dos três maiores partidos, aquele que eleger mais prefeitos estará credenciado para disputar as maiores bancadas na Câmara dos Deputados.

Em suma, se as campanhas já se esboçam, logo crescerão de intensidade, antes mesmo de vencido o prazo para as desincompatibilizações.
A PRESSA DE JADER
Mesmo tendo entrado em recesso, o Senado se reunirá dia 28, quarta-feira, para dar posse a Jader Barbalho, já diplomado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará. Além dos integrantes da mesa, deverão comparecer senadores da bancada do PMDB. Os comentários nos corredores da casa dão conta de que Jader, que renunciou em 2000 para não ser cassado, também renunciará outra vez, mas por motivos diversos. Deverá candidatar-se a governador de seu estado, em 2014. Sendo eleito, abrirá mão de quatro anos no Senado.

PRIVATIZAÇÕES: SÓ UM DETALHEZINHO


Em 2007, Ivan Valente (ex-PT, hoje Psol) propôs um decreto legislativo para fazer um plebiscito que perguntaria aos brasileiros se eles eram ou não favoráveis à reestatização da Vale do Rio Doce, que TEVE PARTE DA AÇÕES - SÓ PARTE - PRIVATIZADA EM 1997.
José Guimarães (irmão do José Genoino) deputado do PT foi o relator. Leiam a opinião dele, através de algumas perguntas, com respostas extraídas do Relatório dele:

A privatização fez mal ou bem à Vale?
O petista responde, em nome do seu partido:
"De fato, pode-se verificar que a privatização levou a Vale a efetuar investimentos numa escala nunca antes atingida pela empresa, graças à eliminação da necessidade de partilhar recursos com o Orçamento da União, o que, naturalmente, se refletiu em elevação da competitividade da empresa no cenário internacional e permitiu a série de aquisições necessárias para o crescimento do conglomerado minerador a nível internacional".
O Estado brasileiro mantém poder de interferência na Vale?
O petista responde em nome do seu partido:
"Com efeito, o Conselho de Administração da Vale é controlado pela Valepar S.A., que detém 53,3% do capital votante da empresa (33,6% do capital total). Por sua vez a constituição acionária da Valepar é a seguinte: Litel/Litela (fundos de investimentos administrados pela Previ) com 58,1% das ações, Bradespar com 17,4%, Mitsui com 15,0%, BNDESpar com 9,5%, Elétron (Opportunity) com 0,02%".
A Vale não foi desnacionalizada?
O petista responde em nome do seu partido:
"Se forem consideradas as ações da Previ (cuja diretoria é indicada pela União) e do BNDES como de influência direta do Governo Federal, este gerencia, por posse ou indicação, cerca de 41% do capital votante (incluindo participações externas à Valepar). Incluindo-se, ainda, a participação do Bradesco e dos investidores brasileiros, cerca de 65% do capital votante da empresa se encontram no País".
O Brasil teve prejuízo com a privatização da Vale?
O petista responde em nome do seu partido:
"Após a privatização, e em conseqüência do substancial aumento dos preços do minério de ferro, a Vale fez seu lucro anual subir de cerca de 500 milhões de dólares em 1996 para aproximadamente 12 bilhões de dólares em 2006. (...)De fato, em 2005, a empresa pagou 2 bilhões de reais de impostos no Brasil, cerca de 800 milhões de dólares ao câmbio da época, valor superior em dólares ao próprio lucro da empresa antes da privatização".
E para o emprego? Foi bom?
O petista responde em nome do seu partido.
"O número de empregos gerados pela companhia também aumentou desde a privatização - em 1996, eram 13 mil e, em 2006, já superavam mais de 41 mil. Ademais, a União, além de ser beneficiária desses resultados através do BNDES, de fundos de previdência de suas estatais e de participação direta, ainda viu a arrecadação tributária com a empresa crescer substancialmente".
Então vamos reestatizar tudo?
O petista responde em nome do seu partido:
"Assim, é de difícil sustentação econômica o argumento de que houve perdas para a União. Houve ganhos patrimoniais, dado o extraordinário crescimento do valor da empresa; houve ganhos arrecadatórios significativos, além de ganhos econômicos indiretos com a geração de empregos e com o crescimento expressivo das exportações. A rigor, a União desfez-se do controle da empresa, em favor de uma estrutura de governança mais ágil e moderna, adaptando a empresa à forte concorrência internacional, mantendo expressiva participação tanto nos ganhos econômicos da empresa, como na sua própria administração".
(...)
Pelas razões expostas, votamos pela rejeição do Projeto de Decreto
SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

DESINFORMADO, EU?

eles brigam e quem ganha e este blog que sobe de cotação com a melhora de qualidade.

O carinha acha que, lendo os blogs da esgotosfera, patrocinados pela Caixa e pela Petrobrás, está informado.
De vez em quando dou uma olhadinha lá para ver as besteiras que os ex-Globo, hoje Record, escrevem. Tem um que escreve Serra com C (Cerra). Deve ser medo de processo. O cara é corajoso.
Todos eles imparciais, penas alugadas, pelo patrocínio que recebem.
Se ele gosta tanto de ler os blogs do esgoto, que são um caso para o DMLU, poderia ler os informativos deste.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

NÃO PODEMOS ESQUECER

ANTES:
QUADRILHA
Antonio Fernando Sousa
Procurador-Geral da República, NOMEADO PELO LULA:

“O conjunto probatório produzido no âmbito do presente inquérito demonstra a existência de uma sofisticada organização criminosa, dividida em setores de atuação, que se estruturou profissionalmente para a prática de crimes como peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa, gestão fraudulenta, além das mais diversas formas de fraude. A organização criminosa ora denunciada era estruturada em núcleos específicos, cada um colaborando com o todo criminoso em busca de uma forma individualizada de contraprestação. Pelo que já foi apurado até o momento, o núcleo principal da quadrilha era composto pelo ex Ministro José Dirceu, o ex tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, Delúbio Soares, o ex Secretário-Geral do Partido dos Trabalhadores, Sílvio Pereira, e o ex Presidente do Partido dos Trabalhadores, José Genoíno. Como dirigentes máximos, tanto do ponto de vista formal quanto material, do Partido dos Trabalhadores, os denunciados, em conluio com outros integrantes do Partido (um deles é João Paulo Cunha, copiosamente mencionado nas páginas seguintes), estabeleceram um engenhoso esquema de desvio de recursos de órgãos públicos e de empresas estatais e também de concessões de benefícios diretos ou indiretos a particulares em troca de ajuda financeira. O objetivo desse núcleo principal era negociar apoio político, pagar dívidas pretéritas do Partido e também custear gastos de campanha e outras despesas do PT e dos seus aliados”.

DEPOIS:

Brasil: procurador-geral, TAMBÉM NOMEADO PELO LULA E RENOMEADO PELA DILMA, pede a condenação de 37 réus do mensalão

Domingo, 08 de julho de 2011

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, enviou nesta quinta-feira ao Supremo Tribunal Federal o pedido de condenação de 37 dos 40 réus por envolvimento no esquema do mensalão.

Três dos acusados foram retirados do processo: o ex-tesoureiro do PT, Silvio Pereira, que fez um acordo com o Ministério Público para prestar serviços à comunidade, e o ex-deputado José Janene, que morreu no ano passado. E, de acordo com o procurado-geral, não há provas contra o ex-ministro Luiz Gushiken.

Somadas, as penas máximas podem chegar a 4.700 anos de prisão. O documento é a último a ser integrado ao processo, antes do julgamento final. Se o caso for julgado procedente pelos ministros do Supremo e nenhum dos crimes prescreverem, o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, podem ser condenados a, no máximo, 111 anos de prisão, cada um. O publicitário Marcos Valério de Souza poderá pegar até 527 anos. O esquema foi revelado em 2005 pelo ex-deputado Roberto Jefferson, que denunciou os supostos pagamentos mensais a deputados. Também estão entre os reús, os deputados federais João Paulo Cunha, do PT; e Valdemar Costa Neto, secretário-geral do PR.

Confira a lista completa dos réus do mensalão.

José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil) - corrupção ativa e formação de quadrilha.

José Genoino (ex-presidente do PT) - corrupção ativa e formação de quadrilha.

Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT) - corrupção ativa e formação de quadrilha.

Duda Mendonça (publicitário) - lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Zilmar Fernandes (sócia de Duda Mendonça) - lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

José Borba (ex-deputado federal pelo PMDB-PR) - corrupção passiva.

Roberto Jefferson (ex-deputado federal pelo PTB/RJ) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Romeu Queiroz (ex-deputado federal pelo PTB/MG) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Emerson Palmieri (ex-tesoureiro do PTB) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Pedro Henry (deputado federal, PP-MT) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Pedro Corrêa (ex-deputado federal, PP-PE) - corrupção corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

João Cláudio Genu (ex-assessor do PP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Enivaldo Quadrado (empresário) - formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Carlos Alberto Quaglia (empresário) - formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Valdemar Costa Neto (deputado federal pelo PR/SP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Jacinto Lamas (ex-tesoureiro do PL) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Bispo Rodrigues (ex-deputado federal do PL/RJ) - corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Antônio Lamas (ex-tesoureiro do PL) - lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Breno Fischberg (empresário) - formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Marcos Valério (publicitário) - corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

João Paulo Cunha (deputado federal pelo PT-SP) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato.

Paulo Rocha (deputado federal PT/PA) - lavagem de dinheiro.

Anita Leocádia (assessora parlamentar) - lavagem de dinheiro.

João Magno (ex-deputado federal PT/MG) - lavagem de dinheiro.

Professor Luizinho (ex-deputado federal PT/SP) - lavagem de dinheiro.

Anderson Adauto (ex-ministro dos Transportes) - lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

José Luiz Alves (ex-assessor de Anderson Adauto) -lavagem de dinheiro.

Simone Vasconcelos (ex-diretora da SMPB) - lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Geiza Dias (ex-auxiliar da diretoria das empresas de Valério) - lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Rogério Tolentino (advogado) - lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Cristiano Paz (publicitário) - corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Ramon Hollerbach (publicitário) - corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

Kátia Rabello (ex-presidente do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

José Roberto Salgado (ex-vice-presidente do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Ayanna Tenório - (ex-vice-presidente do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Vinícius Samarane (ex-diretor do B. Rural) - gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Henrique Pizzolato (ex-diretor do BB) - peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Não fazem mais parte do processo, mas estavam na lista inicial:

Silvio Pereira (ex-secretário geral do PT) - formação de quadrilha. Fez acordo com o Ministério Público e foi retirado do processo.

Luiz Gushiken (ex-ministro) - peculato. Segundo o procurador-geral, não há provas contra ele.

José Janene (ex-deputado federal, PP-PR) - corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Morreu em 2010.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

Coleguinhas

Marquinhos Eifler estava particularmente cansado ontem....

Tinha festeado a noite toda,segundo contou a um amigo...


O colega tem 26 anos de Assembléia Legislativa ..
E ontem foi dia de duros debates na casa que começaram ainda pela manhã


E continuaram noite adentro....

PIT STOP

da minha neta


Helena andou por aqui uns dias...ontem ao ir embora me deu um beijo e um abraço. Na hora de entrar no carro, voltou e me disse:

- Outro!!!!

Isto que é netinha carinhosa!

Coleguinhas

*Os acontecimentos de Gravataí - duas mortes - tomaram a atenção da mídia ontem. Na Guaíba, Gerson Anzullin, que cobre a área municipal ligou pra gravar um boletim da rua e quem o atendeu pensou tratar-se do repórter que estava em Gravatai.

- Quem é que mataram, quem é que mataram queria saber o cara.


*E circularam informações de que o governador Tarso estava particularmente p.... da cara com as trapalhadas(ou não) de Gravataí, que seguramente jogaram luzes e mídia sobre o Rio Grande....

 

De São Borja

BETINHO NOVO PRESIDENTE DO LEGISLATIVO DA TERRA DOS PRESIDENTES!


O deputado Cassiá Carpes, do PTB, informou ontem que o seu correligionário, vereador Beto Souza ganhou a eleição porque no empate, ganhou o mais velho.


Carpes disse que " o prefeito não seria louco de demitir os funcionários dos partidos que não compuseram com ele pra presidencia da Camara Municipal!
Até porque,segundo Carpes, Mariovane perdeu o aliado PP, que saiu da coligação por decisão do comando regional do partido.

Com este caloron, um refresco pra ela....

a moda agora é esta, é!!!!!

Este patropi é mesmo abençoado pela natureza!

Foto: Fabrício Escandiuzzi/Especial para Terra

Mulher aproveita dia de temperatura alta para se refrescar na água


Com 37,4°C, Florianópolis vive pior onda de calor desde 2002


Fabricio Escandiuzzi
Direto de Florianópolis
O último dia da primavera foi marcado por temperaturas elevadas em Santa Catarina. Nesta quarta-feira, os termômetros chegaram a marcar 37,4°C em Florianópolis. A onda de calor deste ano é a maior registrada desde 2002 para dezembro, de acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais do Estado (Ciram).
Pela manhã, os termômetros marcavam 27°C na capital. Em seguida, a temperatura subiu para 31°C e por volta das 15h atingiu-se a o valor que marcou o dia. "É a onda de calor mais forte da década no mês de dezembro", afirmou a meteorologista do Ciram Marilene de Lima. "Foram dois dias consecutivos com muito calor e essa temperatura ainda deve continuar alta até o final da semana".
Muitos banhistas se dirigiram às principais praias da cidade. Na Barra da Lagoa, o cenário era típico de janeiro, quando a presença de turistas praticamente duplica a população de Florianópolis. O advogado Crisvan de Souza Macedo, 43 anos, aproveitou o dia para curtir uma praia com a família. Ele disse que na última hora desistiu de fazer as compras de Natal para se refrescar no mar. "Não tem condições de ir para a rua com duas crianças pequenas". "Melhor deixar eles se divertirem e se refrescarem na água", afirmou.
Inmet: temperatura é recorde dos últimos 6 anos
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 35,6°C de temperatura na capital - recorde dos últimos seis anos. Foi a tarde mais quente na cidade também desde 24 de março de 2006, quando a mesma marca

Por GERSON ANZZULIN

NOTAS


A Câmara de Porto Alegre aprovou o projeto dos vereadores Aldacir Oliboni e Doutor Raul que prevê a instalação de desfibriladores em locais públicos. O texto determina que os aparelhos deverão ser instalados obrigatoriamente nos prédios da Câmara de Vereadores, Prefeitura, Rodoviária e Aeroporto Salgado Filho. Também foram indicados na matéria os shopping centers, super e hipermercados, universidades públicas e privadas. A instalação dos desfibriladores ocorrerá ainda nos eventos esportivos e culturais que tenham um público superior a duas mil pessoas. As emergências dos hospitais ligados ao SUS, pronto-atendimento 24 horas, UTIs e os veículos da SAMU integram a lista elaborada pelos vereadores para conter os equipamentos.
A prefeitura de Porto Alegre apresentou os dados do cadastro realizado com 790 famílias da região das ilhas. Esta é a 1ª etapa do trabalho que prevê a retirada gradual de carroças e carrinhos das ruas da capital. De acordo com o levantamento, as famílias vivem da coleta e reciclagem do lixo, sendo que a maioria não chega a receber R$ 500 por mês. O prefeito José Fortunati disse que o trabalho nas ilhas foi determinante para que o município avance na criação de políticas voltadas para a extinção das carroças. De acordo com Fortunati, a intenção é chegar até o final de 2013 sem carroças e carrinhos circulando nas vias de Porto Alegre.

A VERDADEIRA HISTÓRIA DO AMIGO DO HOMEM

Gelson Farias
Jornalista

O cão-guia é um animal muito especial possuindo temperamento dócil e sendo dotado de extrema paciência e determinação. Ama profundamente o dono e por essa razão sente prazer no seu trabalho e funciona como olhos do cego. Ele não cansa jamais, sendo treinado para acompanhar o cego 24hs por dia. Por esse motivo, os treinadores fazem cursos específicos, com aulas práticas e teóricas, adaptando experiência de países como Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha e Argentina às condições de vida dos cegos do Brasil.
Um fator que limita o trabalho da Associação é sua dependência de doações de recursos para o adestramento, manutenção e cuidado dos cães em treinamento e dos filhotes que são criados na casa dos adestradores ou das famílias adotivas, onde mais tarde recebem o treinamento. Para iniciar o treinamento avançado, o cão deverá ter de 10 a 30 meses, porque a maturidade é elemento essencial no cão-guia, pois com ela vem a responsabilidade requerida para desviar o deficiente visual de obstáculos.
Para o Deficiente Visual, o cão-guia apresenta muitas vantagens: obstáculos acima da cintura são fáceis de serem percebidos pelo cão; atravessar ruas movimentadas é mais fácil e seguro, pois o cão percebe o movimento do tráfego. Além disso, existe o aspecto psicológico positivo que resulta da união Deficiente Visual /cão-guia, pois o cachorro é estímulo, amor, carinho, inspira confiança e vontade de viver ao deficiente visual, integrando-o à sociedade. Como ajudar a Implantar esse sistema de ajuda ao Deficiente Visual é tarefa pioneira, e por isso mesmo difícil. Muitos problemas são constantemente enfrentados, como: - a educação da comunidade para aceitar e respeitar o cão-guia; Remédio Eficiente: - a divulgação da legislação que permite a entrada de cães-guia acompanhados do deficiente-visual, adestradores ou instrutores, em locais públicos, privados e meios de transporte. E a Lei Federal nº 11.126, na aquisição, treinamento e manutenção dos cães-guia, etc.
Essa lei autorizou a entrada de pessoas portadoras de deficiência visual, acompanhadas de cão-guia, bem como seus adestradores, em supermercados, estabelecimentos comerciais, shoppings, igrejas e no transporte coletivo. Segundo esse decreto, essas pessoas têm direito a ir aos locais onde é servida refeição e poderão entrar pela entrada principal, usando tanto o elevador de serviço quanto o social, em qualquer prédio público ou particular. O deficiente visual ou o adestrador deverá carregar uma carteira de vacinação do animal e outra atestando o treinamento e o cão-guia deverá estar devidamente identificada. Quem impedir um deficiente visual ou seu treinador de entrar nesses estabelecimentos estará sujeito à multa de R$ 1.000 a R$ 50.000. Muita gente já está ajudando, você poderá ajudar compreendendo e divulgando a nossa obra ou ainda: criadores podem doar filhotes, veterinários podem prestar assistência aos cães, laboratórios podem doar vacinas e medicamentos, outras indústrias podem doar verbas, materiais e alimentos para os cães. Você pode ser um padrinho ou madrinha de um cão-guia nos ajudando a fornecer mais cães-guia em menos tempo. Qualquer ajuda nos é extremamente útil!
O trabalho do cão guia de cegos nos mostra, o quanto o animal pode ser útil ao homem. Mas será que todos os cães têm essa aptidão?Como é o treinamento do cão-guia de cego?
O filhote tem que ser saudável e meigo, sem ser tímido ou líder. O equilíbrio de temperamento é fundamental. O cão aspirante à guia deve ser criado com socialização desde cedo, ou seja, na convivência com pessoas, animais diferentes e lugares barulhentos, pois serão situações que ele enfrentará no seu dia a dia. Ainda filhote, o cão deve ser ensinado a fazer suas necessidades fisiológicas nos lugares certos.
Atualmente as raças mais utilizadas no mundo inteiro são: golden retriever,retriever do labrador e mestiços dos mesmos, collie (pêlo longo ou curto), pastor branco suíço .
Essas raças possuem temperamento, tamanho e características adequadas para a função. Entretanto, o que importa não é a raça, mas sim o cão.
Cão Guia Salva dono do World Trade Center

Michael Hingson, 61, chegou cedo ao seu escritório, no baixo Manhattan, naquela terça-feira. O dia estava ensolarado em Nova York. Do elevador ao escritório no 78º andar da torre norte do World Trade Center, sua companheira Roselle distribuía simpatia. A relação entre eles era recente, ainda não haviam completado dois anos juntos. Desde o primeiro passeio, Michael achou que formavam um par perfeito.

Michael Hingson, 61, e sua cachorra-guia Roselle; ela guiar seu tutor na descida de 78 andares pelas escadas
Roselle, uma labrador, tinha sido treinada para trabalhar como cão-guia. Sempre teve personalidade forte. Era bagunceira, espalhava meias pela casa, roncava à noite e latia alto ao som da campainha. Apesar de gostar de brincar, o serviço era levado a sério. E o seu trabalho mais reconhecido aconteceu naquela manhã do dia 11 de setembro de 2001. Eram 7h40 quando eles chegaram ao escritório da Quantum, uma empresa de softwares onde Michael trabalhava desde 1997. Havia um ano que estavam no WTC. Como gerente regional de vendas, ele tinha muitos compromissos agendados para aquela semana. Às 9h, começaria um treinamento para revendedores.




Cão guia em Nova Iorque
Às 8h46, Michael estava a três metros da janela por onde seus colegas podiam ver o porto de Nova York e a Estátua da Liberdade. Ouviu uma explosão metálica e sentiu o piso tremer. Havia fumaça e cheiro de gás no ar. Um avião seqüestrado por terroristas havia se chocado com o prédio na altura dos andares 93 a 99. Michael e o colega David Frank decidiram sair da torre. Os elevadores não funcionavam, não havia eletricidade. Então Roselle começou a aventura de guiar seu tutor na descida de 78 andares pelas escadas.


Os tempos modernos ( foto) vão matando pequenos prazeres do dia-a-dia como passear o nosso animal de estimação. Por isso, o Dog-Walking é um serviço que cada vez mais começa a fazer sentido nas grandes cidades, como no caso de Buenos Aires, onde é muito requisitado, como cão guia para associações de cegos.
QUEM passa pela advogada Dolores Equeda e seu cão Diesel no metrô em Buenos Aires, não tem idéia de quanto isso significa uma grande vitória. Deficiente visual, Dolores ainda era uma criança quando ouviu falar pela primeira vez em cão-guia, mas desde então decidiu que um dia teria o seu próprio cão. Mas foi na adolescência, quando ansiava por independência, que essa busca se tornou mais efetiva. Para conseguir um cão-guia, que se tornou realidade somente aos 26 anos, até então parecia ser sua maior batalha na vida.


Com a ajuda de Boris, Dolores conquistou a liberdade de circular com cães-guia

Foi assim que ela se tornou o rosto e a maior defensora dos milhões de deficientes visuais que lutavam pela igualdade de direitos e o livre acesso de seus cães.
“Sinto-me feliz ao saber que contribui para essa mudança; e mais satisfeita ainda por ter sido essa minha ação uma prova de que somos capazes de ajudar a transformar a sociedade em que vivemos”, afirmou ela a repórter Enriqueta Spollares.

No Brasil, a lei permite que um cão guia viaje na companhia do deficiente, seja ele visual ou com problemas de acessibilidade. Um exemplo foi neste voo entre Rio e Salvador, os passageiros tiveram o prazer de viajar em ilustre companhia:

Esse cão-guia fofo, super dócil e comportado, parecia um lord inglês, no avião.

A Justiça do Rio Grande do Sul manteve a condenação que obrigou o shopping Iguatemi de Caxias do Sul (128 km de Porto Alegre) a pagar indenização de R$ 12.450 a um cego que foi impedido de entrar no estabelecimento com seu cão-guia. O caso ocorreu em setembro de 2004. O autor da ação, Rogério Trucolo, afirma ter ido com a família e seu cão-guia de Bento Gonçalves até Caxias do Sul para lanchar no shopping, mas seguranças o impediram sob a alegação de que o animal era proibido no local. Ele diz ter apresentado a lei estadual 11.739/2002, que autoriza a locomoção de deficientes visuais em qualquer estabelecimento comercial acompanhados de cães-guia, mas os seguranças se recusaram a chamar a administração do shopping para resolver a questão.


Rogério Trucolo,

Em seguida, Trucolo foi até uma delegacia para registrar a ocorrência, mas conta que o inspetor de plantão se recusou a fazer o registro. Após apresentar a lei, ele afirma que o inspetor ligou para o shopping, que acabou por autorizar a entrada do cão-guia. Na ação, ele afirma que não havia "mais clima para o passeio, e por estar avançada a hora, não retornou ao local". Em sua defesa, o Iguatemi afirma que o cliente entrou no shopping com sua família e o seu cão-guia sem qualquer restrição. Segundo o shopping, foi solicitado apenas que o animal permanecesse fora da praça de alimentação, por questões de higiene.
Além disso, afirmou que foi oferecido o acompanhamento de uma funcionária durante o período em que o cliente permanecesse na praça de alimentação, mas ele escandalizou-se, dizendo que não permaneceria no local sem o cão. A juíza Dulce Ana Gomes Oppitz condenou o shopping a pagar a indenização por danos morais em de junho de 2008. O shopping recorreu, mas a 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça manteve a condenação na quinta-feira (27). A decisão foi divulgada hoje. Para o desembargador Artur Arnildo Ludwig, independentemente de o autor ter sido barrado na entrada do shopping ou somente impedido de ingressar na praça de alimentação, certo é que o apelante infringiu o disposto na lei estadual.
"Considerando a evidente afronta do estabelecimento comercial aos ditames de lei estadual ao obstaculizar o ingresso do autor, deficiente visual, nas dependências do shopping, juntamente com o seu cão-guia, abordando-o de maneira a chamar a atenção dos demais transeuntes, resta configurado o ato ilícito e, por conseguinte, o dever de indenizar", afirmou.

Em nota, o Iguatemi informou que "não impede a entrada de cães-guia nas dependências do shopping" e que o pedido "para que o cão-guia não entrasse nas dependências da praça de alimentação foi feito respeitando o decreto estadual 2.430/1974, que impedia a entrada de animais em locais que comercializasse alimentos".
"A conduta do Iguatemi é permitir a entrada de cães-guia e também de cães de pequeno porte no colo. A sentença não é definitiva e cabe recurso. O shopping recorrerá".

De São Paulo


Memória Jornalistica

ROLF KUNTZ COBRAVA

DE SUA REPÓRTER FUROS

QUE A FOLHA DAVA NO ABC


da esq para direita e de cima para baixo, Valdeci Verdelho, Pedro Cafardo, Maria Aparecida Damasco, Antônio Felix, Nair Suzuki, José Paulo Kupfer, Leda Becker, Rofl Kuntz(editor de economia) e Carlos Roberto Motta, da equipe da editoria de economia do Estadão em 1989. Foto feita para uma campanha publicitária. do arquivo de Nair Suzuki. foto de Ella Durst

Quando cobriam o Grande ABC, em São Paulo, nos anos 70, Valdir dos Santos, pelo Estadão e Julio (Julinho)Grammont(já falecido) fazia o mesmo pela Folha de São Paulo. Mas depois das entrevistas oficiais, enquanto Valdir se retirava para redigir suas matérias, geralmente Julio Grammont seguia com os sindicalistas, grandes fontes naqueles anos conturbados do nascimento de greves e de grandes lideranças, como o próprio Lula, Jair Meneghelli,entre outros, como o Alemão e Djalma Bom, para botecos e porque não até nos putedos.E Júlio,como todo bom repórter, tirava naquelas ocasiões informações de suas fontes, que não eram ditas oficialmente durante as coletivas(isto todo bom repórter sabe que é assim)

No dia seguinte, quando a Folha dava uma notícia que ñão saía no ESTADÃO Valdir se aprontava pra cobrança que seu editor sempre lhe fazia. Ela se explicava dizendo:

- Eu não vou a putedos, não frequento butecos!


Do site da ABRAJANTA, DIGO ABRAJET!!!!


ARI marca 76 anos com homenagens a profissionais
Ex-presidente Ercy Torma passa a integrar a Galeria dos Presidentes da Casa do Jornalista

Em uma cerimônia simples, mas à qual não faltou emoção, a ARI (Associação Riograndense de Imprensa), entregou diplomas de homenagem aos familiares de sete jornalistas falecidos que prestaram “dedicada e invulgar contribuição à sociedade” com o seu trabalho profissional em meios de comunicação do Rio Grande do Sul. O ato ocorreu no início da noite desta segunda-feira, 19 de dezembro, e fez parte do calendário de comemorações dos 76 anos de fundação da entidade. Como parte destas festividades foi realizado o descerramento da foto do ex-presidente da Diretoria Executiva e atual presidente do Conselho Deliberativo da entidade, jornalista Ercy Pereira Torma.

O presidente executivo João Batista de Melo Filho iniciou a cerimônia lembrando que a ARI é uma entidade plural ao reunir em seu quadro de associados tanto empregados como empregadores. E fez questão, naquele ato, de prestar uma reverência aos profissionais que se destacaram no amor ao jornalismo e à própria ARI, à qual “todos estes homenageados prestaram grandes serviços”.

Receberam as homenagens Carlos Rafael Guimaraens, representado pelo filho Rafael Guirmaraens; Eunice Jacques, representada pelo irmão Pedro Jacques; Flávio Alcaraz Gomes, representado pelo neto Carlos Santana; Hamilton Chaves, representado pelos filhos Kadão e Márcia; João Batista Aveline, representado pelo filho José Aveline; Nina Almeida, representada pela irmã Suzana; e Renato Cardoso, representado pela esposa e duas filhas.

O último ato foi o descerramento da foto de Ercy Torma, saudado pelo presidente Batista Filho como um estimado amigo e exemplo de profissional e ser humano. Ercy, também emocionado, lembrou a importância da entidade em sua vida, já que ali convive há cerca de cinco décadas, tendo acompanhado colegas honrados como Alberto André e Antoninho Gonzalez. “Fiz muitos amigos aqui, e aprendi a respeitar muitos pelos exemplos de retidão e caráter demonstrados”, disse o presidente do Conselho Deliberativo da ARI

Recursos para a Vigilância em Saúde


A Vigilância em Saúde de Serafina Corrêa, através de projeto enviado ao Ministério da Saúde, foi habilitada a receber o valor de R$ 30.000,00 para a implantação, implementação e fortalecimento da Política de Promoção da Saúde, com o objetivo de fomentar ações de vigilância, prevenção e redução das violências e acidentes, promoção da saúde e cultura de paz para o ano de 2012.
Os acidentes e as violências no Brasil configuram um problema de saúde pública de grande magnitude e transcendência, que tem provocado forte impacto na morbidade e na mortalidade da população, sendo a segunda causa de óbitos no quadro de mortalidade geral. Configuram-se como um conjunto de agravos à saúde, que pode ou não levar a óbito, no qual se incluem as causas acidentais - devidas ao trânsito, trabalho, quedas, envenenamento, afogamentos e outros tipos de acidentes – e as causas intencionais (agressões e lesões autoprovocadas).
O projeto prevê ações de promoção à saúde e proteção às pessoas em situação de violência e suas famílias assim como ações de prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da paz no trânsito, estabelecidas pela Politica Nacional de redução da morbimortalidade por acidentes e violências.
A partir desse momento, Vigilância em Saúde, através do Poder Público, buscará articulação com os poderes Judiciário e Legislativo, áreas de infraestrutura, planejamento urbano, transporte e trânsito, segurança pública, outros setores de governo, setores privados, instâncias de controle social e imprensa.
Para a Coordenadora da Vigilância em Saúde, Patrícia Betineli, a parceria e articulação com esses órgãos e entidades é de fundamental importância para que essas ações se tornem exitosas e promissoras e assim atingir o objetivo maior que é a Promoção da Saúde e a Prevenção de Acidentes e Violências.

HISTORIAS DE LA UNDEZE


CUANDO SE FEA

XORASCO COM SPEI !

( QUANDO SE ASSAVA CHURRASCO COM ESPETOS DE MADEIRA)

Nesta época, em finais de ano, lá em casa sempre meu pai costumava fazer uma festa...Nem todos os anos, mas recordo especialmente de algumas, quando matavam una piegora(ovelha) e se preparava durante um dia inteiro o churrasco pros convidados. Os gringos não diziam churrasco, diziam xorasco...

Começava com a presença de alguns vizinhas convocados meio que a força. Lá em casa, lembro do Luis Canton, parente, do Bepi de Costa, um vizinho, muito amigo do meu pai(grande caçador de lebre). De manhã, faziam um buraco onde seria assado o churrasco. O foto começava no início da tarde, porque estes churrascos geralmente eram servidos à noite.oS CONVIDADOS quando chegavam era mais pra comer mesmo, porque os convocados pra assá-lo ficavam a tarde toda envolvidos no assunto.

Grandes torras de madeira, que havia em abundância, eram queimados pra formar um grande braseiro. Não lembro de se fazer churrasco na colônia com carvão. Era só com lenha mesmo e por isto a carne ficava com um sabor maravilhoso, pois ficava com um cheirinho de angico,cabriuva e por ai afora.
Estas festas de fim de ano geralmente eram combinados com uma certa antecedência. Dois meses antes, logo no começo da primavera, meu pai e minha mãe,nos intervalos do almoço, conversavam acertando os detalhes do churrasco que ofereceriam. Era geralmente uma ovelha que matavam, porque nós sempre criamos ovelhas, embora não fossem em grande quantidade.

Não era costume também se convidar gente da cidade, ilustre pra este tipo de festa, porque tudo era muito rudimentarl. os colonos gostavam de entortar-se em vinho tinto feito em casa que sempre havia em abundância. E não havia nem economia com algum salamito que estava pendurado no teto do porão da casa, onde geralmente se improvisava uma grande mesa pras visitas comerem.

Assim eram os churrascos de quando se chegava no fim de ano ...

nem sempre aconteciam, mas me recordo de alguns feitos em casa.

Nesta foto aí de cima meu pai comemora o casamento do meu irmão Valmor, ocorrido no Rio de Janeiro, em 1979. Quando ele e a mulher vieram do Rio pra Serafina, meu pai fez este maravilhosos churrasco, bem original, com grande abundância de carne e com espetos de madeira, como sempre eram...

Eu não estava presente nele. Tinha duas filhas pequenas, estudava em dois cursos superiores - jornalismo e agronomia,ambos na UFRGS e havia dias em que acordava e saía tão cedo de casa, que quando voltava minhas duas filhas, pequenas, já estavam dormindo. Ou seja, eu só as via dormindo, nem falava com elas. Vez que outra ia na creche da UFRGS pra ver uma delas, porque cruzava pra ir pra Fabico.

Pois neste churrasco, realizado ainda na casa antiga, que agora está totalmente abandonada porque o dono e o caseiro morreram num curto espaço de tempo, foi feito dentro dos critérios da colônia antiga, com espetos de madeira, com vacas mortas ali mesmo na capela.

Não se fazem mais churrascos como antigamente?

Não sei, pode ser que sim, pode que não!

Sioma Breitman: exposição de fotos será lançada nesta quinta

CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE
ASSESSORIA DE IMPRENSA
PAUTAS PARA A IMPRENSA
http://www.camarapoa.rs.gov.br/


Sioma Breitman: exposição de fotos será lançada nesta quinta

A Câmara Municipal de Porto Alegre realizará nesta quinta-feira (22/12), às 11h, no Auditório Ana Terra, o lançamento da exposição do XII Concurso Sioma Breitman de Fotografia, que destaca fotos da capital gaúcha em preto e branco. Na oportunidade, que marcará o encerramento das atividades culturais promovidas pela Câmara em 2011, os vencedores do Concurso, cujo tema foi Porto Alegre, Cidade dos Contrastes, receberão seus prêmios. Dos 112 candidatos inscritos, saíram premiados seis. Outros 28 trabalhos foram selecionados para participar de exposição. O resultado do concurso foi divulgado pelo Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre no dia 5 de dezembro.

Outras informações podem ser obtidas no Memorial da Câmara: (51) 3220-4187 e 3220-4318

Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)

Leia também:
Memorial divulga resultado do Concurso Sioma Breitman
http://www2.camarapoa.rs.gov.br/default.php?reg=16077&p_secao=56&di=2011-12-06

OS COMICIOS DAS DIRETAS


comicio das diretas na Candelária. calcula-se que 1 milhão de pessoas tenha estado nele.

hOUVE UM TEMPO EM QUE os comícios bombavam. Principalmente quando se viu a possibilidade de escolher um civil numa eleição direta, o Brasil entrou num extase de comícios.Todo mundo queria ir nos comícios. Aí vai alguns dos maiores já realizados durante o ano de 1985.

Tancredo Neves, Ulisses Guimarães, Leonel Brizola, Lula, FHC, Fafá de Belém, como cantora, o locutor Osmar Santos, que ficou tetraplégico num acidente, entre outros.
314 - comicio da candelária, o maior de todos já realizado , segundo cálculos da Polícia Militar a ele compareceu um milhão de pessoas.


o comicio das diretas em Belo Horizonte: terra de Tancredo Neves,que enquanto participava destes comícios, manobrava nos bastidores se preparando pra disputar a eleição no Colégio Eleitoral.


outro que bombou nas diretas: o comício da Praça da Sé, em Sampa.


E Brasília não ficou pra trás. Também teve seu comicio das diretas.

DEU NA VEJA

NA EDIÇÃO DA SEMANA PASSADA, IMAGENS DOS 50 ANOS DA GUERRA DO VIETNAME....imagens que chocaram o mundo!

vietnamita chora a morte de um vietcong

a foto que horrorrizou o mundo e que chamou a atenção para a crueldade da guerra. Os USA começaram aqui a perdê-las. ela foi feita em 1972 e mostra crianças fugindo de um ataque aéreo com napalm na vila de Trang Bang...Esta foto causou uma comoção mundial e muitos dizem que ali começou o movimento interno nos USA contra a guerra.

uma garota vietnamita vigia um copiloto americano feito prisioneiro de guerra no Vietnan do Norte em 1967.

1ª Conferência Estadual de Turismo


Entre os dias 14 e 15 de Dezembro de 2011, foi realizada a 1ª Conferência Estadual de Turismo que contou com a presença da Secretária Inelves Maria Pilotto Carnavalli e da Diretora Kelly B. Delazeri, sendo que as mesmas atuaram como delegadas nesse momento ímpar da história do turismo gaúcho.
A 1ª Conferência Estadual de Turismo terminou, na manhã de quinta-feira (15), em Porto Alegre, com a avaliação do documento final que servirá de base para a elaboração do Plano Diretor do Turismo. Ao todo, participaram do evento 645 pessoas, 517 delegados com direito a voto de 120 municípios gaúchos.
Foram apresentados e avaliados os desafios do turismo para o Rio Grande do Sul, que remetem à implantação do sistema de gestão do turismo no Estado, a preparação para captar e realizar eventos de todos os portes, o aumento da competitividade das microrregiões, posicionar o produto turístico do RS no mercado nacional e internacional, com a necessidade da criação de uma marca para esse posicionamento de mercado e fomentar o empreendedorismo, a inovação e a qualificação na iniciativa privada, enfatizando a necessidade de cadastramento, fiscalização e certificação dos empreendimentos.

Por: Kelly Begnini Delazeri – Departamento de Juventude
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.

De São borja


A eleição da Câmara Municipal no último dia 20 ficou assim composta


Beto Souza, presidente(PTB)

Vice: Eugênio Dutra, do PP


Secretário : Roque Feltrin, do PDT


Tesoureiro: Celso Lopes, do PDT

O vereador Giovani Contreras seria o candidato que representaria a coligação que está na prefeitura municipal, composta pelos partidos PPS,PDT,PTB,PMDB,PSDB,PPS e também o PT

SERÁ VERDADE?

no Cláudio Humberto:
Jeito Dilma de
ser não poupa
nem notebook
Ministros e técnicos do governo federal agora evitam levar os próprios notebooks para reuniões com Dilma. Fiel ao seu jeito estúpido de ser, em recente reunião com dirigentes e técnicos do DNIT, ela se irritou com um deles, que insistia em mostrar-lhe, no computador, um projeto já rejeitado. Com firmeza e agilidade, tomou-lhe o notebook das mãos e o arremessou para longe, espatifando-o, para em seguida dispensar o interlocutor chamando o despacho seguinte: “Próximo!”

www.claudiohumberto.com.br
SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

Credenciamento Imprensa p/a Posse da nova Mesa Diretora


Porto Alegre, 21 de dezembro de 2011.

Prezados(as) Jornalistas:

No dia 02 de janeiro de 2012 - Segunda-feira - às 15h, ocorrerá na Câmara Municipal de Porto Alegre a cerimônia de posse da nova Mesa Diretora e dos novos presidentes das Comissões Permanentes da Casa. O evento será no Plenário Otávio Rocha - Av. Loureiro da Silva, 255.

Nesse sentido informamos que, para realizar a cobertura do evento, os profissionais da área (jornalistas, radialistas, fotógrafos, câmeras) deverão se identificar com o crachá da sua empresa junto a Portaria, que os designará à Assessoria de Imprensa da Casa para receber a etiqueta de acesso ao Plenário Otávio Rocha. Saliento que o acesso ao espaço onde ficam os vereadores e autoridades somente será permitido aos fotógrafos e câmeras. Os demais jornalistas terão acesso às galerias do Plenário, seguindo definição que já é praxe da Casa.

Atenciosamente

Jorn. Marta Resing
Assessora de Comunicação
Câmara Municipal de Porto Alegre

Fones da Assessoria de Imprensa: 3220.4194 / 4378 / 4456

De São Borja


*O prefeito Mariovane Weiss, do PDT, disse ontem no programa GENTE É NOTICIA que ninguém sai da prefeitura. Nem Kiko, nem ninguém do PT. Isto quer dizer que será mantida a atual coligação, que envolve vários partidos. O Kiko é o vice-prefeito Jefferson Olea Homrich, que é também secretário de saúde do municipio.


*O balde de água fria que Mariovane deu ontem neste programa é porque deve ter muita gente torcendo em São Borja pra ver o circo pegar fogo.

E Mariovane que mora na aldeia, conhece os caboclos.


*Na verdade, da eleição do Beto Souza a presidência da Cãmara Municipal, deprende-se que há um rompimento entre o deputado Cassiá Carpes, do PTB e Mariovane. Mas tá na cara que não tem ninguém de santinho aí. O Cassiá tá com medo de que o Mariovane seja candidato a deputado estadual e que roube boa parte dos votos que são sempre dele.

E tem mais gente que fica de olho nos votinhos de São Borja: a deputada Juliana Brizola, fez, sem quase nem ir lá, mil votos na recente eleição a deputada estadual.

E há ainda outra questão: pra quem irão os votos que Adroaldo Loureiro sempre fazia em São Borja? Esta é outra disputa que se abre nas hostes pedetistas.

ASNO

No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta:
- Quantos rins nós temos?
- Quatro! Responde o aluno.
- Quatro? Replica o professor, arrogante, daqueles que sentem prazer em tripudiar sobre os erros dos alunos.
- Tragam um feixe de capim, pois temos um asno na sala. Ordena o professor a seu auxiliar.
- E para mim um cafezinho! Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.
O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), o 'Barão de Itararé'. Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:
- O senhor me perguntou quantos rins 'NÓS TEMOS'. 'NÓS' temos quatro: dois meus e dois seus. 'NÓS' é uma expressão usada para o plural.Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim.
Moral da História:

A VIDA EXIGE MUITO MAIS COMPREENSÃO DO QUE CONHECIMENTO.


A ROUPA FAZ A DIFERENÇA?

Sem maiores preocupações com o vestir, o médico conversava descontraído com o enfermeiro e o motorista da ambulância, quando uma senhora elegante chega e de forma ríspida, pergunta:
- Vocês sabem onde está o médico do hospital?
Com tranqüilidade o médico respondeu:
- Boa tarde, senhora! Em que posso ser útil?
Ríspida, retorquiu:
- Será que o senhor é surdo? Não ouviu que estou procurando pelo médico?
Mantendo-se calmo, contestou:
- Boa tarde, senhora! O médico sou eu, em que posso ajudá-la ?!?!
- Como?!?! O senhor?!?! Com essa roupa?!?!...
- Ah, Senhora! Desculpe-me! Pensei que a senhora estivesse procurando um médico e não uma vestimenta....
- Oh! Desculpe doutor! Boa tarde! É que... Vestido assim, o senhor nem parece um médico...
- Veja bem as coisas como são...- disse o médico -... as vestes parecem não dizer muitas coisas, pois quando a vi chegando, tão bem vestida, tão elegante, pensei que a senhora fosse sorrir educadamente para todos e depois daria um simpaticíssimo "boa tarde!"; como se vê, as roupas nem sempre dizem muito...

Moral da História:
UM DOS MAIS BELOS TRAJES DA ALMA É A EDUCAÇÃO.


BOA RESPOSTA

Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto, quando ele vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. Então o mecânico pára e pergunta:
- 'Ei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta?'
O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa:
- “Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e, quando eu termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então, que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo?”
Então o cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala bem baixinho para o mecânico:
- 'Você já tentou fazer como eu faço, com o motor funcionando?'

Moral da História:
“QUANDO A GENTE PENSA QUE SABE TODAS AS RESPOSTAS, VEM A VIDA E MUDA TODAS AS PERGUNTAS.”


MUITA CALMA!

Entra um senhor desesperado na farmácia e grita:
- Rápido, me dê algo para a diarréia! Urgente!
O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e lhe dá o remédio errado: um remédio para nervos. O senhor, com muita pressa, pega o remédio e vai embora.
Horas depois, chega novamente o senhor que estava com diarréia e o farmacêutico lhe diz:
- Mil desculpas senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, ao invés de algum remédio para diarréia. Como o senhor está se sentindo?
O senhor responde:
- Cagado... mas tô tranquilo.
Moral da História:

"POR MAIS DESESPERADORA QUE SEJA A SITUAÇÃO, SE ESTIVER CALMO, AS COISAS SERÃO VISTAS DE OUTRA MANEIRA".


2012 será o fim...

Serafina Corrêa investe 26,87% em Saúde

O município de Serafina Corrêa é considerado, pelo Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, um dos 20 primeiros colocados no ranking da transparência. No dia 20 de dezembro de 2011, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu importante Audiência Pública para apresentação do Relatório de Gestão Municipal de Saúde – Anexo Financeiro 3º Trimestre/2011. O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a participação da equipe da Secretaria, Vereadores e servidores.
Durante a explanação, os presentes receberam a relação com execução da receita e despesa no período de 1º de Julho a 30 de Setembro de 2011. O município de Serafina Corrêa deve investir no mínimo 15% na área da saúde, mas, nesse trimestre, a receita municipal aplicada em saúde foi de 26,87%.

Por: Adriana Sabadin – Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.

Não existe nada mais furioso do que um elefante ferido

Isto o Licinio Azevedo, que vive há muitos anos em Moçambique, me contou. Ele disse que um elefante machucado é capaz de fazer qualquer negócio com sua tromba.

e outro bicho que os moçambicanos temem é o hipopótamo. SE o bicho tá com fome, caiu num rio, você virou comida dos bichos.

SONORIDADES DESTA QUARTA-FEIRA

(21.12), 20h30min, recebe a cantora e compositora LUIZA CASPARY e o músico e compositor GABRIEL VON BRIXEN, ambos hoje radicados em São Paulo e que neste final de ano visitam POA e dão um pulo no programa, que será o penúltimo do de 2011. Participação especial: Angélica Rizzi que vai apresentar sua canção "Buon Natale"

OUÇA O PROGRAMA NOS 1080 AM ou via http://www.ufrgs.br/radio/
DEPOIS DA VEICULAÇÃO HOJE À NOITE O PROGRAMA COM A LUIZA E O GABRIEL FICARÁ DISPONÍVEL ATÉ A PRÓXIMA QUARTA-FEIRA 28 DE DEZEMBRO NO http://www.ufrgs.br/radio/programa.html (CLICANDO EM SONORIDADES)

Acesse os sites deles:
http://www.luizacaspary.com.br
http://www.vonbrixen.com.br/

abraços
Guto Villanova

Remindo, para de cutucar o Charqueadas!

O desinformado

O desinformado
O cara lá do interior só lê a grande imprensa e tem que ser informado pelo teu e outros bloques do que está acontecendo pelo Brasil. Mas acho que ele ainda tem cura.


Remindo Sauim

Oi eleva repasse a empresadeficitária de filho de Lula

AGamecorp, que tem entre os sócios Fábio Luiz, o Lulinha, acumulou prejuízo deR$ 8,7 milhões e dívida superior a R$ 5 milhões até 2009, quando sua associaçãocom a gigante de telefonia OI fez quatro anos.
Desde 2007, o aporte da tele à empresado filho do presidente Lula subiu 28%. Beneficiada por decisão do governo que atransformou na maior telefônica do país, a operadora é a principal cliente daGamecorp. Segundo Lulinha, a receita de sua empresa vem da produção deconteúdo, interatividade com SMS e publicidade privada. A OI não quis comentar.

OI investe em empresa deficitária deLulinha

Gamecorp acumula prejuízo de R$ 8,7 milhões e dívidas de mais de R$ 5 milhões

Beneficiada por decisão do governo, tele é maior cliente da empresa de Lulinha,que produz conteúdo para televisão

Quatro anos depois de se associar à gigante de telefonia Oi, a Gamecorp,empresa que tem entre seus sócios um filho do presidente Lula, acumulouprejuízo de R$ 8,7 milhões até 2009 e dívidas que somam mais de R$ 5 milhões.

Mesmo assim, o negócio administrado por Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha,continua recebendo investimentos da Oi e atraindo sócios.

Desde 2007, a Oi -então Telemar, uma concessionária de serviço público querecebeu uma série de incentivos do governo Lula- aumentou em 28% o aporte naempresa, contra inflação acumulada de 11%.

O negócio é alvo de investigação da Polícia Federal, até hoje inconclusa.
NOTEM: A NOTÍCIA É DE DEZEMBRO DE 2010. RECENTE.
AÍ OS CARAS ESTÃO FELIZES COM O TAL LIVRO DO AMAURY, QUE JÁFOI INDICIADO POR VÁRIOS CRIMES, EM FAVOR DOS PESTISTAS.
PERGUNTA-SE: SE AQUILO QUE CONSTA NO LIVRO, QUE LEVA AOORGASMO OS BLOGS DA ESGOTOSFERA, É VERDADE, POR QUE NOS OITO ANOS DO GOVERNOLULA NÃO TOMARAM MEDIDAS PARA, POR EXEMPLO, ANULAREM AS PRIVATIZAÇÕES?
COMO FICARIA A GAMECORP DO LULINHA, COM O DINHEITO RECEBIDODA TELEMAR, HOJE OI? TERIA QUE DEVOLVER? O FILHO DO LULA FOI BENEFICIADO PELASPRIVATIZAÇÕES. SE A TELEFONIA FOSSE ESTATAL AINDA, NÃO PODERIA TER INVESTIDO NAEMPRESA DELE.
SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

De São Borja

Neguinho Beto Souza emplaca de novo

na presidencia da Camara


Foi eleito novamente pra dirigir o legislativo sãoborjense o vereador Beto Souza, ex-mecanico(teve durante anos uma oficina mecanica e vinha gente até de santo tyhomé pra consertar as borrachas com ele) que é do PTB.

Há varias interpretações para esta eleição: o prefeito Mariovane Weis, do PDT, teria se livrado de uma tacada só de dois aliados, o PTB,de Betinho e o PT, que está rachado em são borja entre o desafeto de mariovane, Rene Ribeiro e um vereador que está em pleno mandato pelo partido do governador.

E Mariovane, que não prega prego sem estopa - não se substima um cara que pra ganhar a primeira eleição andava nos onibus as 5 da madrugada no meio dos trabalhadores - estaria já compondo com o empresário Gilberto Prado que está no PSB, mas já foi vereador do PSDB.

Prado, um empresário de roupas íntimas em são borja - comercializa calcinhas e cia...-saiu do PSDB onde ficou sem espaço no municipio.

O que se comenta no legislativo municipal é que Cassiá CaRPES, O DEPUTADO do PTB que trabalhou para a eleição de Beto Souza e que esteve no municipio,no fim de semana, não será candidato a prefeito embora tenha transferido seu titulo pra são borja

JEFFERSON FORA

AINDA NA TARDE DA ULTIMA TERÇA, DIA DA ELEIÇÃO DE BETO SOUZA, o vice-prefeito Jefferson Olea Homrich - que é cunhado do prefeito Mariovane Weis - pediu demissão do seu cargo de secretário munivcipal da saude.

E ontem também se cometnava que todos os CCs do PTB iriam sair da prefeitura. Resta saber se farão isto mesmo.

POLÍCIA DO URUGUAI INVESTIGA MORTE DE SUBSECRETÁRIO DE COMÉRCIO DA ARGENTINA

De Buenos Aires
Enriqueta Sollares

O subsecretário de Comércio da Argentina, Iván Heyn, que participava nesta terça-feira de uma reunião presidencial de cúpula do Mercosul, em Montevidéu, enforcou-se num hotel do centro da cidade, confirmou a presidência uruguaia. O anúncio da morte abalou o encontro do Mercosul que se desenvolvia desde o meio-dia na capital uruguaia, com a presença dos presidentes de Argentina, Cristina Kirchner; Brasil, Dilma Rousseff; Paraguai, Fernando Lugo; Uruguai, José Mujica, além de Hugo Chávez da Venezuela, em processo de adesão ao bloco e Rafael Correa, do Equador, país associado.



Subsecretário de Comércio da Argentina, Iván Heyn


"Ele se matou no hotel Radisson", disse um funcionário do governo uruguaio, que preferiu não ter o nome revelado, acrescentando que foi encontrado enforcado e que a presidente argentina, Cristina Kirchner, chegou a ser atendida por uma equipe médica, na sede do Mercosul, depois de uma crise nervosa ao saber da notícia. Em torno do hotel Radisson, onde se hospedam os presidentes que participam da cúpula do Mercosul, foi reforçada a segurança no décimo andar, onde a Polícia Técnica realiza seus trabalhos, comprovou a AFP. Pouco antes da divulgação da notícia foi suspensa a realização da foto oficial do encontro presidencial, no prédio onde fica a sede do Mercosul.


Hotel Radisson.


Heyn, de 33 anos, economista e líder do grupo juventude, peronistas La Cámpora, do qual participa Máximo Kirchner, filho mais velho da presidente argentina. Ente da Federação Universitária argentina, ocupou outros cargos no ministério da Economia durante a primeira presidência de Cristina Kirchner e havia assumido há dez dias a subsecretaria de Comércio Exterior. Foi presidente da estatal Corporación Antiguo Puerto Madero (de desenvolvimento urbano) a partir de julho de 2010, e entre 2009 e 2011 gerenciou estudos macroeconômicos no Banco de Investimento e Comércio Exterior. Além disso, trabalhou como subsecretário de Indústria do ministério da Economia e Produção, entre maio de 2008 e janeiro de 2009, no primeiro mandato de Cristina Kirchner. Formado em Economia na Universidade de Buenos Aires, Heyn viajou na semana passada a Montevidéu para participar de reuniões técnicas preparatórias à cúpula do Mercosul. O grupo debatia, nesta terça-feira, uma solução jurídica para o ingresso da Venezuela, freado pelo Parlamento paraguaio, e medidas a serem tomadas ante a crise financeira internacional.



O juiz Homero da Costa chega ao hotel Radisson, em Montevidéu, para investigar a morte do argentino Ivan Heyn.

A Justiça do Uruguai iniciou uma investigação para tentar determinar a causa da morte do subsecretário de Comércio Exterior da Argentina, Ivan Heyn, que participava da cúpula do Mercosul, informaram nesta terça-feira fontes judiciais. "Aparentemente é um suicídio, embora tenhamos recém começado a investigação" afirmou o juiz Homero da Costa, responsável pelo caso, após inspecionar o quarto do hotel Radisson, em Montevidéu, onde foi encontrado o corpo do político argentino.
"Por enquanto não podemos dar nenhum detalhe da investigação devido ao segredo de Justiça", acrescentou o juiz. Fontes policiais confirmaram à Efe que Heyn, de 33 anos, tirou a própria vida enforcando-se no quarto que ocupava no luxuoso hotel, situado no centro da capital uruguaia e que foi sede de várias reuniões dos ministros de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai que participam da cúpula do Mercosul. Heyn chegou a Montevidéu integrando a delegação da presidente argentina, Cristina Kirchner, que na cúpula recebeu das mãos do chefe de Governo uruguaio, José Mujica, a presidência temporária do bloco regional para exercê-la no próximo semestre. O subsecretário havia assumido seu cargo no último dia 10. Ele era integrante do La Cámpora, partido político jovem do kirchnerismo, criado por Máximo Kirchner, filho do falecido ex-presidente Néstor Kirchner e de sua esposa e sucessora, Cristina Kirchner.
Economista heterodoxo graduado com honras na Universidade de Buenos Aires, Heyn presidiu a Corporação Puerto Madero e foi diretor da produtora de aço Aluar, uma das mais importantes da Argentina. De pai paraguaio e mãe argentina, ele também foi presidente da Federação de Estudantes da Universidade de Buenos Aires. Sua carreira no governo kirchnerista começou quando ele tinha 28 anos, como assessor da então ministra da Economia Felisa Miceli e depois secretário de Indústria, entre 2008 e 2009. Após o triunfo eleitoral de Cristina em outubro, a presidente argentina o escolheu como um dos novos líderes jovens dentro do Ministério da Economia, cujo titular é Hernán Lorenzino.

Coleguinhas


*Gerson Anzullin é funcionário do Correio do Povo.

*Na rádio Guaíba é que o seu programa Espaço Juridico é terceirizado.

*Assembleia trabalha hoje de manhã

*Com quase 50 projetos de lei pra apreciar, a Assembléia Legislativa trabalha hoje em dois turnos.

*Não se sabe ainda se haverá expediente na sexta,dia 23/12 na Assembléia Legislativa.

Presente pro Remindo...

Não é Papai Noel,ainda não....mas digo ao curioso do Remindo que na ZH de ontem saiu um artigo num caderno com foto assinado pela editora aquela que ele quer saber o nome, tudo porque o marido pede táxi pra pagar com o convênio RBS...

Te digo mais: ela é de São Borja.

( mas eu não tenho nada a ver com isto, com a forma que o maridão da editora paga seu táxi, pra mim tanto faz, tanto fez.


RECORD DEU PERU,PORTO E OUTROS
BICHOS DE NATAL

Os funcionários do Grupo Record,do bispo EDir Macedo, estavam contentes ontem com o Papai Noel da empresa. Peru da sadia, porco da sadia,e outros comes e bebes. Tudo tinha que ir pro freezer pra não estragar.

E quem trabalhou no grupo no tempo do Renato Ribeiro não sentiu a menor saudade dele. Ele pagava o 13 no fim do ano e não dava nem um amendoim pros caras, nem pros mais humildes. Credo que homem mau....

Coleguinhas


*Sentimentalmente falando, o repórter Gerson Anzullin voltou pra" casa"....E vai passar o Natal, " avec" como dizia meu saudoso amigo Jão Aveline(pai do dono da revista Gool)


*Boa sorte ao colega....


*Lara, que andou colocando stent no coração, voltou a frequentar ontem a salinha JCTerlera, na ALE...

Emagreceu um pouco, mas continua com seu estilo, BATEU,LEVOU

Eu o chamava de GIL GOMES DOS PAMPAS, quando o via gravar aqueles petardos que mandava pra rádio ESperança.

*O colega Lara esteve bem próximo do caso do consul português, aquele que foi mais vivo que os padrecos nossos.

A unica coisa que ele me segredou foi: eles(os padres) também estavam querendo levar vantagem...Ora, Lara, quando é que padre não quer levar vantagem. A Igreja Católica é a maior e mais organizada empresa do mundo. Quando vou na capela São Pedro e vejo aqueles colonos todos arrecadando dinheiro e mandando pro padre me contou disto..

Por Gerson Anzzullin

NOTA

A reunião entre a prefeitura de Porto Alegre, Sinduscon e o 5º Comando Aéreo de Canoas para debater o plano aeródromo da capital terminou sem encaminhamento. A revogação da portaria 68 realizada em novembro pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo está impedindo o ingresso de novos empreendimentos em função da restrição ao limite de altura dos prédios. O presidente do Sinduscon, Paulo Garcia, disse que as regiões das avenidas Dom Pedro, Protásio Alves, Ramiro Barcelos e o Jardim Europa são as mais prejudicadas com a determinação. De acordo com o dirigente, a única solução para o impasse é a elaboração de um novo plano para o aeroporto Salgado Filho. Ressaltou que isto não será feito em seis meses e o segmento da construção civil corre o risco de ficar estagnado. O prefeito Fortunati disse que o governo vai procurar alternativas junto ao Ministério da Aeronáutica.

A auto-censura da grande imprensa e as privatizações


Abaixo, tabela que mostra que grupos de comunicação como as Organizações Globo, o Grupo Estado ,o Grupo Folha e a RBS adquiriram parte das empresas privatizadas sem informar aos seus leitores que participavam do processo enquanto o defendiam em longos e incontáveis editoriais, artigos e reportagens. E revela também por que não querem discutir o conteúdo do livro do Amaury e a fortuna de José Serra e sua filha Verônica.

Remindo Sauim

VOLTEI

Depois de alguns dias sem computador, volto com esta ótima notícia:
Segundo o ranking elaborado pelo Grupo Troiano de Branding, publicado na revista Meio & Mensagem, os órgaos da mídia mais admirados em 2011 foram:
Jornal: O ESTADO DE SÃO PAULO
Tv aberta: REDE GLOBO
Internet: GOOGLE
Revista: VEJA
Rádio: CBN
Tv por assinatura: GNT

Claro que isto não vai ser do agrado de alguns gregos ou troianos, que preferem alguns blogs (não o do Olides) da esgotosfera, bem como a Carta Capital e Caros Amigos.

Outro assunto: depois do jogo entre Barcelona e Santos, quem é o melhor? Messi ou Júnior do Topete? Antes do jogo o Robinho do Pedal (sua bicicleta está com "os pedal" com defeito, últimamente) disse que o Santos venceria por 3 x 1.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

HISTORIAS DE LA UNDEZE

Eis ai um entardecer na linha Bento Gonçalves, ou mais preicsamente, na casa onde me criei, Capela São Pedro. Estarei lá este fim de semana e espero dar minhas caminhadas. Sempre que posso atravessa um mato de angicos que ainda tem...por incrivel que pareça ainda restam vestigios da primeira estrada que conduzia até a cidadezinha naqueles anos 40 e 50.

Junto a esta casa, onde me criei, passa a VRS-321,asfaltada, em direção ao Carreiro. Ali, bem junto a esta casa, há uma parte da rodovia que é bem íngrime e que nos dias de chuva, impede que caminhões carregados com bobinas de papel subam. Só rebocados. Dizem que é a maldição pela abertura da rodovia passando num potreiro, no caso do Pessetti.

A verdade é que a rodovia neste trecho realmente apresenta dificuldades para caminhões muito pesados, que precisam ser rebocados.

CONSUL PORTUGUES

sEGUNDO um jornalista que trabalhou para o consul português envolvido este ano numa tentativa de obter recursos para a reforma da catedral de Porto Alegre, ele teria " angariado" fundos em importantes empresas gaúchas, de alto coturno....

de são borja!

NOTAS:


Seca - Os produtores rurais que participam do programa Troca Troca de milho e estão enfrentando problemas com a estiagem devem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Rural. Para obter mais informações entre em contato pelo telefone 3431-4455.


Museus fechados - A Secretaria de Turismo, Cultura e Eventos informa que o Memorial João Goulart estará fechado entre os dias 23 a 26 de dezembro devido a dedetização. No dia 27/12, o Museu da Estância estará fechado pelo mesmo motivo.

EXCLUSIVO

DE SÃO PAULO POR VALDIR DOS SANTOS


MARISA BLINDOU LULA


Petroleiro de Paulínia, Jacó Bittar sempre esteve ao lado de Lula na luta sindical. Foto de Ariovaldo Santos em 13.05.1980 . foto do Jornal do Brasil.

Ao fundo aparecem Lula(de cigarro na boca) e Marisa Letícia!

 


DJALMA BOM, COMPANHEIRO DE LULA NA CASSADA DIRETORIA DO SINDICATO DOS METALURGICOS DE SÃO BERNARDO DO CAMPO MANTEVE OS PÉS NO PT. A SEU LADO, O ALEMÃOZINHO, HOJE NO PMDB( NA VERDADE O ALEMÃO ERA DO MR-8). FOTO DE ARI GOMES DATA 6.8.1979 DO JORNAL DO BRASIL.


dJALMA BOM, QUE FOI SINDICALISTA JUNTO DE LULA DA SILVA, contou a repórter Valdir da Silva, dias atrás, que ainda não tinha visitado seu antigo companheiro sindicalista.

Isto porque dona Marisa Letícia blindou o ex-presidente durante seu tratamento do câncer de laringe.

Como Lula está impedido de falar, a mulher dele quer justamente evitar ajuntamento de sindicalistas para que Lula não sofra e não tenha que se abster de falar, de dar palpite, coisa de que ele mais gosta.

- Visitas só duas por dia e escolhidas por mim, teria confessado Marisa Letícia a um amigo do ex-presidente.

Secretário argentino é achado enforcado em hotel no Uruguai

O subsecretário de Comércio Exterior da Argentina, Ivan Heyn, foi encontrado morto nesta terça-feira em Montevidéu, onde participava da Cúpula do Mercosul, confirmaram fontes da presidência uruguaia. Segundo a fonte anônima, o corpo de Heyn, 33 anos, foi achado enforcado no hotel Radisson, na capital uruguaia, onde ele estava hospedado.
O subsecretário era integrante do La Campora, o partido político jovem do kirchnerismo, criado por Máximo Kirchner, filho do falecido ex-presidente Néstor Kirchner e de sua mulher e sucessora, Cristina Kirchner. Economista heterodoxo graduado com honras na Universidade de Buenos Aires, Heyn presidiu a Corporação Puerto Madero e foi diretor da produtora de aço Aluar, uma das mais importantes da Argentina.
De pai paraguaio e mãe argentina, ele também foi presidente da Federação de Estudantes da Universidade de Buenos Aires. Sua carreira no governo kirchnerista começou quando ele tinha 28 anos, como assessor da então ministra da Economia Felisa Miceli e depois secretário de Indústria, entre 2008 e 2009.
Após o triunfo eleitoral de Cristina em outubro, a presidente argentina o escolheu como um dos novos líderes jovens dentro do Ministério da Economia, cujo titular é Hernán Lorenzino.

Memória


O gremistão CRISTIANO SIEBURG completaria 30 anos ontem. Foi brutalmente assassinado num verão de alguns anos atrás no bairro Rubem Berta.

Em Florianopolis

fez 37 graus ontem, mas com isto tudo aí, o caloron foi mais alto ainda....Deixa ela se refrescar, deixa...

EPTC avalia linha hidroviária entre Centro e Zona Sul


O transporte de passageiros via orla do Guaíba foi discutido na manhã de hoje (20/12) em reunião realizada na Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara Municipal de Porto Alegre. O diretor da EPTC, Vanderlei Capellari, falou sobre o edital de manifestação de interesse, lançado pela Prefeitura prevendo a implantação de uma nova linha, via rio Guaíba, até a Zona Sul da cidade. “É um dos maiores projetos implantados em Porto Alegre na área de transporte coletivo”, disse ele. Ressaltou que Porto Alegre tem grande interesse nessa possibilidade. “Precisamos de interessados em operar esse sistema. A linha está pronta”.

Capellari comunicou que até março existe a possibilidade da colocação de mais algumas linhas experimentais na travessia. Quanto à concessão definitiva, o diretor comunicou que a ideia é a de que até o final de 2012 o edital esteja pronto. “Este é o nosso grande objetivo”. No entanto, falou que a tarifa precisa ser viável. “Para que desperte interesse na população”, considerou Capellari. O diretor explanou ainda sobre a linha já em atividade que liga Porto Alegre a Guaíba. “Moradias e empregos estão sendo planejados e implantados na orla, gerando uma situação nova para o planejamento urbano da cidade”.

O diretor do Grupo Ouro e Prata, Carlos Augusto Bernaund, que explora a travessia entre Porto Alegre e Guaíba, informou que até o momento 110 mil pessoas já utilizaram a nova alternativa. “Estamos no 54º dia e temos os dados que demonstram que 500 carros dia deixam de circular na BR 116 entre Porto Alegre e Guaíba.” Na opinião de Bernaund, o paradigma foi quebrado. “Temos uma perspectiva muito grande em relação aos próximos passos”, disse ele. O diretor salientou, no entanto, que é preciso atentar para alguns detalhes caso seja implantada uma nova linha. “Este modal não é que nem ônibus que se compra no mercado, custa caro e o investimento é maior”. Ele comunicou que para implantação dos dois equipamento atuais foram investidos em torno de R$ 7 milhões.

O secretário adjunto do Planejamento, Francisco Dornelles, disse que hoje existe um grupo de trabalho denominado GT Orla que vem estudando e opinando sobre este novo modal de transporte. “Porto Alegre tem um potencial muito grande em relação a esta modalidade uma vez que temos 300 km de orla se levarmos em conta a região metropolitana”. Ele ressaltou que é preciso atentar para a questão das isenções. “Temos a cultura de onerar os serviços públicos com isenções. Precisamos ficar atentos a este detalhe para não encarecer mais ainda este meio de transporte”.
Para o vereador Beto Moesch (PP), felizmente alguns preconceitos foram quebrados ao longo dos anos em relação a este tema. “Quando, em 1995, falei sobre hidrovia e ciclovia, fui motivo de risos nas reuniões do Orçamento Participativo (OP)”. Ele considera que é preciso acelerar a possibilidade de implantação de novas linhas. “Não é alargando avenidas que vamos solucionar o problema da mobilidade urbana em Porto Alegre”. O vereador Carlos Todeschini (PT) também comemorou o avanço da discussão. “Assim como a ciclovia, essa discussão passou a ser incorporada nos debates”. Defendeu a necessidade de uma tarifa viável. “Para ser de fato um transporte de massa” ressaltou o vereador. Dr. Raul Torelly (PMDB) pediu que a situação das ilhas fosse levada em conta nas próximas discussões. “Acredito que não seja caro a implantação de uma linha até as ilhas. Acho que o resultado pode ser interessante”, considerou o parlamentar. Para Aldacir Oliboni (PT), a abertura da possibilidade de novas linhas é importante para a cidade. “Que bom que depois de muitos anos as coisas andaram e hoje temos a possibilidade de ampliar essa modalidade de transporte”. O vereador Mário Fraga (PDT) também elogiou a iniciativa. "Será de grande valia para Porto Alegre o aumento de vias", disse o parlamentar.

Dr. Thiago Duarte (PDT), presidente da Cosmam, ao abrir a reunião, fez um relato de todos os encontros onde foi debatida a possibilidade de implantação deste serviço hidroviário. “Hoje já podemos comemorar este resultado, pois tenho certeza que contribuímos muito nesta discussão”, disse ele, agradecendo a todos os envolvidos.
Regina Andrade (reg. prof. 8423)

HISTORIAS DE LA UNDEZE


I ZE NDATI A LE PRAIE!!!


( foram pra praia....)


Não havia serafinense que fosse a praia,de mar, nos anos 60 e 70. O advogado Oraldo Rodrigues me ajuda a recordar isto. Diz ele que as únicas famílias que costumavam alugar casa no litoral era de Guerino Massolini, em Tramandai, e de Cesar Piccoli, em Capão da Canoa.

Havia como opção o rio Carreiro, mas ele representava mais o perigo de se afogar que outra coisa. Porque aquelas cachoeiras geralmente arrastavam algum banhista. Tanto que numa delas havia um redemoinho chamado de Foge...


Quem começou depois a ir a praia foram Sabino Gasparotto, Rony Soccol, Nestor Felini, que compraram apartamento em Arroio Teixeira. DEpois com o tempo ir ao litoral deixou de ser para poucos porque com o asfalto, acessar o mar virou bem mais fácil.

Mas ficou a lembrança dos tempos que andar a le praie era para poucos...(ir a praia era para poucos)

E também há nisto tudo um sentido antropologico: o gringo acha que férias é coisa de vagabundo, de quem não gosta de trabalhar.

Hoje em dia onibus saem da rodovia´ria de serafina, nos finais de semana, em direção principalmente a Torres e aquelas praias todoas que ficam próximo de Torres, porque a gringada habita muito aqueles locais.

Mas ficou a recordação dos tempos que apenas duas ou tres familias iam anualmente ao mar.

Ficavam preparando durante muito tempo o que iriam levar e seguramente entre os alimentos levavam salame, saccol,formai(queijo) e outros alimentos dos quais os gringos não abriam mão.

morreu coleguinha

em sampa


mORREU NO DOMINGO O FOTOGRAFO João Bittar Neto. Teve um infarto fulminante e parada cardiorespiratória. Tinha 60 anos. Foi cremado, na segunda, na Vila Alpina.

Iniciou sua carreira em 1967 no laboratório da EDitora Abril. Trabalhou para Exame, Placar, Quatro Rodas, e Veja. Também foi da FSP onde ingressou em 1984 e tornou-se editor em 1994. Passou a profissão para uma das filhas, Yhays, 21 anos.Teve ainda André,23 e Marina, 30. Era casado com a fotógrafa Heloisa Ballarini,42 anos.

JURERE INTERNACIONAL

COMENTA-SE QUE ALGUNS ALUGUÉIS NA PRAIA MAIS CHIC DE FLORIPA ESTARIA EM 5 MIL REAIS DIA....

SAIU NO JORNAL

GOSTEI NO DOMINGO DE VER O NEYMER DE CARA FEIA POR TER TOMADO AQUELE TOTO DE BOLA DO BARÇA. PELO MENOS ESTE TEM VERGONHA NA CARA. FOI A LEITURA QUE FIZ. ME LEMBREI DO DIEGO ARMANDO MARADONA EM 1986, QUANDO A ARGENTINA PERDEU A FINAL PRA ALEMANHA E O DIEGUITO CHEGOU AO PODIO EM LAGRIMAS....GOSTO DE GENTE ASSIM..

NÃO GOSTO DE QUEM PERDE E NÃO SENTE. SÃO MERCENÁRIOS.

 

DEU NO JORNAL

NO ESTADÃO DA ULTIMA SEGUNDA, UMA BELA MATERIA SOBRE A NOVA PROFISSÃO D

SERÁ VERDADE?

no Cláudio Humberto:
Jeito Dilma de
ser não poupa
nem notebook
Ministros e técnicos do governo federal agora evitam levar os próprios notebooks para reuniões com Dilma. Fiel ao seu jeito estúpido de ser, em recente reunião com dirigentes e técnicos do DNIT, ela se irritou com um deles, que insistia em mostrar-lhe, no computador, um projeto já rejeitado. Com firmeza e agilidade, tomou-lhe o notebook das mãos e o arremessou para longe, espatifando-o, para em seguida dispensar o interlocutor chamando o despacho seguinte: “Próximo!”

www.claudiohumberto.com.br
SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

Historias de la Undeze

UM NATAL TRISTE


ESTAVA EM SERAFINA no NATAL DE 2003, E FOI UM DIA TRISTE NA CIDADE. TUDO PORQUE A MANHÃ DAQUELE NATAL ACABOU SE TRANSFORMANDO NUMA MISSA DE CORPO PRESENTE DA ESPOSA DO ENTÃO GERENTE dDO SUPERMERCADO ZANDEI, AMAURI PIVA.

Aconteceu que o casal , mais a sogra tiveram um acidente na freeway, indo para Tramandai. Amauri tinha trabalhado até o dia 24, as 22 horas e em seguida(fazendo aquilo que as autoridades desaconselham) pegou o carro e se mandou pra Tramandai. Na madrugada, derrapou na autoestrada e a esposa acabou morta.

O socorro chegou mas a esposa dele estava morta(chegou a ir a um hospital da capital, o Cristo Redentor) mas já estava morta. A mãe dela sobreviveu ao acidente, mas teve sequelas( la ze meza sgerla) como dizem em Serafina.


Sei muito bem como esta gente era querida na cidade, porque vi o grande número de pessoas que foram a missa, aproveitando que era dia de Natal e em Serafina todos tem o dever de ir a missa pelo menos duas vezes ao ano: NATAL E PASCOA...( o dia de nossa senhora do rosárioe, maio, ainda dá pra matar)

Pois naquela manhã eu estava sentado dentro do bar do Marucco e vi quando a procissão trazendo o corpo em direção ao cemitério ia saindo. Até o bar fechou a porta, esperando que ela passasse.

Hoje o viúvo casou de novo e até tem filhos pequenos.

Mas aquela manhã vi a cidade triste e condóida com uma tragédia de trânsito que ceifou a vida de uma jovem, pois quando morreu a esposa do gerente do Zandei não tinha nem 40 anos.

E me lembrei de escrever um Natal triste que vi em La Undeze, mais recentemente falando.

Na madrugada da última segunda, morreram outras três serafinenses indo para Porto Alegre. O transito continua ceifando vidas...Até quando? E a responsabilidade da indústria automobilistica nisto?

PLACAR SUPERIOR AOS QUATRO A ZERO

Por Carlos Chagas

Nosso futebol voltou do Japão duplamente humilhado e ofendido. Além da goleada do Barcelona sobre o Santos, ficamos sabendo que a Fifa engrossou ainda mais, dizendo-se preocupada e exigindo do Brasil a aprovação total de suas exigências, na votação da Lei da Copa. Segundo o secretário-geral da entidade, vias de acesso aos estádios e aeroportos não vem merecendo o devido cuidado de nossas autoridades, estando atrasadas as obras de infraestrutura.

O secretário-geral Jerome Weicke insistiu na aprovação, pelo Congresso brasileiro, de dispositivo considerando a União obrigada a indenizar a Fifa por ação ou omissão em tudo o que seus dirigentes se considerarem prejudicados. Exemplo: se no dia de um dos jogos da Copa do Mundo cair monumental tempestade, impedindo parte dos que demandariam os estádios de comparecer, caberá ao governo brasileiro indenizar a Fifa pelos lugares vazios e devolver o dinheiro dos bilhetes comprados e não utilizados. No Brasil inexistem, terremotos, tsunamis e atos terroristas, mas se acontecerem, a culpa será do palácio do Planalto, obrigado a ressarcir os organizadores do certame de eventuais prejuízos.

Mas tem mais. Nas ruas e avenidas que conduzem aos estádios, o comércio ficará proibido de anunciar e vender produtos que não aqueles dos patrocinadores da Fifa, como marcas de cerveja, camisetas e tênis. Nos estádios, a lei será rasgada pela permissão da venda de bebidas alcoólicas, mas apenas aquelas que estiverem financiando a entidade. Não haverá, segundo o “preocupado” funcionário, meia-entrada para estudantes.

Convenhamos, pretendem atropelar a soberania nacional para justificar os absurdos lucros que irão auferir. A Lei da Copa dificilmente será votada esta semana, ficando para fevereiro ou março do ano que vem. Se forem atendidas todas as esdrúxulas imposições, o Brasil terá sido derrotado por placar bem superior aos 4 a 0 engolidos pelo Santos.
ALÉM DO CAOS
Por conta do início das festas natalinas os aeroportos viraram um caos, no fim de semana. Imagine-se agora se na quinta-feira entrarem em greve os controladores de vôo e os funcionários das empresas aéreas. Será o inferno. Conseguirá o governo Dilma agir ao contrário do que agiram, ou não agiram, os governos Lula e Fernando Henrique? A greve é um direito do trabalhador, assim como a população tem direito ao funcionamento dos serviços públicos e privados. Nenhuma iniciativa foi adotada para substituir os grevistas, sequer preparar montes de soldados para funcionarem nos balcões das companhias, coisa que teria sido fácil, desde que preparada com antecedência. Intervenção é substantivo arrancado dos manuais do poder público, apesar de previsto na Constituição e nas leis. Como o andar de cima voa em jatinhos da FAB ou particulares, os passageiros que relaxem e gozem, como no infeliz conselho de uma ex-ministra do Turismo...
MINISTÉRIOS
Vem de longe o sofrimento e a falta de coragem de nossos presidentes civis. Getúlio Vargas chegou a compor um “ministério da experiência”, em 1951, praticando depois toda sorte de mudanças para atender os partidos e grupos de pressão dispostos ao seu redor. Café Filho rendeu-se aos conservadores e reacionários, apesar de considerado um homem de esquerda. Juscelino Kubitschek acomodou-se com o PSD e o PTB, mas cedeu às idiossincrasias da imprensa, compondo pelo menos três ministérios. Jânio Quadros, cercado de esperanças, formou um “paulistério” de segunda categoria, com raras exceções. João Goulart seguiu o exemplo de Getúlio, mudando de ministros como quem mudava de camisa, sem conseguir a mínima unidade. Depois do interregno militar, onde os partidos não eram consultados nem ouvidos, José Sarney precisou governar um ano com a equipe montada por Tancredo Neves, que por sua vez tinha empenhado a própria saúde na inglória missão de atender o imenso mosaico disposto às suas costas. Fernando Collor seguiu os passos de Jânio Quadros: seu primeiro ministério foi lamentável, e o último, magnífico, não teve tempo impedir seu impedimento. Itamar Franco tentou a união nacional, mas rejeitado pelo PT, governou com a equipe possível, jamais a ideal.

Fernando Henrique e o Lula cederam a seus panos de fundo, anulados um pela privatização desmedida e corrupta, outro pelo mensalão que estraçalhou seu governo.

Agora, Dilma já perdeu um ano de eficiência por conta da lambança de seus aliados. Pouca gente acreditou quando declarou não estar cogitando da reforma em janeiro, porque se mantiver a mesma correlação de forças partidárias no ministério, arrisca-se a formidável malogro.
VOLTA ÀS ORIGENS?
Nos primeiros dias de 1964 o cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, David Braddock, enviou nota ao Departamento de Estado: “A União Nacional dos Estudantes caiu na mão dos comunistas ao eleger o estudante José Serra para seu presidente”. O então jovem reformista e revolucionário foi um dos oradores no célebre e funesto comício do dia 13 de março, no Rio, igualando-se em agressões aos americanos a Leonel Brizola, Miguel Arraes e o próprio presidente João Goulart. Precisou exilar-se no Chile, depois Estados Unidos e França. Voltou diferente, fez carreira na social-democracia cada vez mais conservadora, perdeu duas eleições para presidente da República e agora vem sendo tentado a voltar às origens, para disputar pela terceira vez. Será que consegue?

MARTHA E O BANDEIRA NA RUSSIA....

ELEIÇÕES 2012


PT e PTB mais próximos de aliança em Porto Alegre: http://verd.in/ophk

do blog de Adeli Sell

BASTIDORES DA POLITICA

Exclusivo!


BRIGA GRAVATAIENSE COMPLICA SITUAÇÃO DE

DE DANIEL BORDIGNON JUNTO A BANCADA NA ALE!


Está complicando a situação do deputado Daniel Bordignon, do PT, que lidera uma bancada de 14 deputados que segundo uma funcionária do gabinete é a maior " da casa e da história"!


O que acontece é que a briga paroquial de Gravataí, principal reduto eleitoral de Bordignon -ele está rompido com o colega Miki Breier, do PSB, cuja esposa , a vereadora Anabel Lorenzi,42 anos, votou pela cassação da prefeita Rita Sanko, apadrinhada política do líder petista na Assembléia Legislativa gaúcha, meses atrás, num processo muito complexo e que levou a abertura de feridas políticas.

Muitos colegas do PT, na Assembléia já estão externando opiniões de que Bordignon está trazendo seus problemas pra bancada, que lidera.Não se sabe ainda se estão falando em substituição.

O principal probelma é o racha com o deputado estadual Miki Breier, da base aliada( do PSB) que não está disposto a ceder.Diz-se a boca pequena ainda que o PSB só não sai do Governo porque tem o vice-governador ...Seria mais uma tradição do Rio Grande: os vices romperem com o titular, como já aconteceu entre Amaral de Souza e Sinval Guazzelli, Euclides Triches e EDmar Fetter, Claudio Strassburger e Jair Soares,entre outros.

- O Miki Breier não vai ceder e ele está se complicando com a bancada, disse ontem uma raposa felpuda da política que se pratica na Assembléia Legislativa.

Esta fonte não trabalha hoje no PMDB, mas já esteve próximo de dois governadores do partido, Antônio Britto e Germano Rigotto.

ULTIMAS

O INFERNO

DA ATP !


ONIBUS QUE VINHA SENTIDO B-CENTRO,ONTEM, POR VOLTA DAS 18 HORAS DA LINHA PRAIA DE BELAS LINHA 178 PLACAS IRJ - 5436 passou pela camara de vereadores depois que os passageiROS esperaram cerca de 15 minutos no sol escaldante. Parada apinhada de passageiros, muitos funcionários da Camara Municipal que largavam o trabalho. E dentro o veiculo parecia lata de sardinha. Eu sei que ninguém vai fazer nada, mas pelo menos fica o registro. Nesta época, os passageiros começam a sofrer...pois a redução de veiculos chega em algumas linhas a 40 por cento,ou até mais. Mas como ninguem faz nada. sofra passageiros..


GALETO QUE É BOM


Funcionários e vereadores confraternizam hoje a partir das 11 horas na galeteria Santa Maria no DC Navegantes.

Galeto que é bom

Ontem, um funcionário da Camara Municipal ia passando de gabinete em gabinete alertando que o almoço de fim de ano marcado pra hoje fora antecipado. Num dos gabinetes, de um vereador de notória celebridade - tentou ser candidato a prefeito pro ano que vem - o funcionário, que não é do gabinbete deste vereador,ainda comentou com os funcionários:

- OS VEREADORES QUANDO FICAM VELHOS SÓ COMEM GALETO!

dUPLO SENTIDO! TOING..

Vira o disco!

Recebo do Matz, indignado,que me pediupra virar o disco. Ele não pode ouvir a palavra Mazembe que lhe faz mal aos ouvidos. entendo!!!


SÓ OS RACISTAS TÊM FOBIA DE PERDER PARA OS AFRICANOS


Por Luiz Oscar Matzenbacher


Perder para o Campeão da África é natural. Até a Seleção Brasileira já perdeu o Mundial Olímpico para a Seleção de Gana. Agora, transformar tal fato em idéia fixa é que é o problema. Até aceito a costumeira flauta durante um mês, dois meses depois. Mas para sempre é coisa doentia. O Hitler, por exemplo, não gostava de perder para africanos e quase incendiou o mundo inteiro por causa de uma derrota para um afrodescendente norte-americano nas Olimpíadas de Berlim.
Pode parecer racismo por parte de uma parcela do Rio Grande dar tanta importância à derrota do Inter para o Mazembe. Os colorados acham natural, é como perder um jogo de bola como qualquer outro. Os colorados partem para tentar chegar a um novo confronto - INTER e MAZEMBE Rumo a Tóquio/2012. Vai ser difícil reunir os dois no Mundial de Clubes. Mas um deles já está na fase de classificação continental.
O Zidane é africano naturalizado francês e ganhou a Copa do Mundo do Brasil. Eu achei natural. O Zidane joga um bolão mesmo. Alguns dos maiores craques colorados e gremistas vieram de famílias de origem africana. Vamos ter a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Eu até torço para que se o Brasil não for o campeão que ganhe uma Seleção da África. E afinal qual é a ligação da vitória do Barcelona 4 X 0 Santos em 2011 com a derrota do Inter para o Mazembe em 2010? Não seria mais lógico comparar INTER 1 X 0 BARCELONA de 2006?

Histórias de la Undeze

EL FIOL DEL ZATOR

VAI SEGUIR A TRILHA DO PAI, OU SEJA

NUNCA SE ELEGER!

Carta do colega Mauro Rocha, desde sua espartana Palmeiras das Missões, dá conta que agora ele será candidfato a vereador pelo PDT. Bem que disse a Salete Cadore: se teu pai estivesse vivo e te visse trocar o VELHO EMEDEBE DE GUERRA PELO PARTIDO DO LEONEL BRIZOLA, tu ias ver o que é bom pra tosse...o legitimo zator foi do MDB, ao contrário do filho TRAIDOR....

mAS ENFIM, pra fazer uma média com a sua esposa, a Chica, ele entrou pro PDT e agora ameaça fazer uma violenta campanha pra vereança de Palmeiras.Nao fara mais que 2o ou 30 votos.Corro o risco de morder a língua porque sei que a Chica é muito boa de boca de urna. Já elegeu algumas pessoas por aí e é bem capaz de eleger o marido. Ai sim terei que cumprir uma promessa um pouco indecorosa, ou seja, desfilar nu pela espartana Palmeira das Missões.

Pois vou relembrá-lo das duas campanhas do seu pai, O ZATOR LEGITIMO, ou como também o chamavam em Serafina, o coletor...( ELE COLETAVA IMPOSTOS DOS POBRES DOS COLONOS QUE VENDIAM PORCOS E POINA)...aCONTECE QUE COMO O FILHO, O VELHO MARIO ROCHA TAMBÉM NÃOE RA LÁ MUITO CHEGADO AO TRABALHO...FICAVA MAIS COM AQUELA TURMINHA QUE SE JUNTAVA NO POSTO DO ARISTIDES SOCCOL E DOPO I ANDEA AL GAUCHO....( não vou dizer outros locais, porque me complico...)dugar le carte...

Mas enfim, o Mário Rocha, acho que mais porque não havia outros, foi empurrado pra política em Serafina.


Em 1976, o exator Mário Rocha concorreu a prefeito pelo MDB. Seu vice era o Lauro Ghighi, um desconhecido. Aí tomaram um "taquaraço" do filho de um colono, ex-padre, professor de inglês e que na eleição anterior, fora a patrola que comandara o arrastão contra a candidatura do amigo do Mário Rocha, o advogado Bruno Marocco(outro vira casaca, e um dia conto aqui o verdadeiro motivo desta reviravolta do Bruno)EGYDIO CHIARELLO, que depois que largou a politica, ficou apenas na advogacia.Egydio era do maior partido do Ocidente, segundo Francelino Pereira, ou seja a ARENA, mas que os colonos de la Undeze, chamavam de LA RENNER, porque se atrapalhavam no português.


Em 1982, Mário Rocha se meteu de novo a candidato. Desta feita foi de vice prefeito,ainda pelo MDB.A chapa do partido de Oposição( que levou anos e anos pra chegar ao poder em La Undeze, reduto do PSD do Perachi Barcellos e do Ildo Meneghetti) era encabeçada por João Mior. A familia Mior é vastissima em Serafina: tem quatro jogadores de futebol: Casemiro,Armando(falecido) e mais dois que não me ocorre o nome. Um deles, sobrinho do Casemiro, joga hoje no Inter(felizmente....)

Na primeira campanha de Mário Rocha, não se sabe se ele disse ou não: mas a ARENA, sabendo que tinha forte reduto eleitoral na colônia, espalhou entre os colonos que o candidato do MDB, teria dito umdia que I COLONI I SPUSSA A CAN( OS COLONOS FEDEM COMO OS CACHORROS)

Foi o que bastou....foi um rastrilho de pólvora que se incendiou contra o zator.

E os colonos tinham que ir mesmo na exatoria, porque usam o talão Modelo 15 pra comercializar seus produtos. Acontece que naqueles anos os colonos eram muito mais timidos que hoje em dia. Raramente iam a cidade, não tinham luz e muito menos carro. Hoje todo mundo tem até internet em casa.

Mas voltando ao ZATOR, sua mulher, Leda, que ainda vive e mora em São Leopoldo - o pai do Mauro morreu em 20.11.2008 - tinha um hábito meio estranho pra matar a saudade da região dos campos de cima da Serra, ou seja, dos pelos duros de São Chico de Paula. Ela ia acompanhada da filha, Martha( que foi Miss em Serafina) até a linha 12, onde tinha a sensação de que os terrenos eram mais planos e a fazia matar as saudades da terra de onde tinham vindo.


João Arroque Filho, que foi vice-prefeito duas vezes pelo ARENA,antes PSD, acha que Mário Rocha nunca se empenhou mesmo pra vencer a eleição em Serafina.

Almoço no Ocidente

Almocei com minha filha e minha neta no Ocidente.Pedi meio prato pra mim - 5 pilas - e um prato pra filha. Pra neta, só um suquinho de uva. Dei depois um sorvete, de brinde. Fui pagar 29 paus...coisa que dói no bolso de um gringo.


Coleguinhas

Rogério Mendelski fez a festa ontem de manhã ao ler a morte do ditador coreano(ditador no sentido dele...)Kim jong - il morreu dentro de um trem.

Mas o nosso radialista detratou o que pode a imagem do líder nortecoreano. E que um dia ele foi de "esquerda"!!!!


*Estou desconfiando que o Otto Bede , o produtor do Mendelski na Guaíba , é apenas LINHA AUXILIAR. quem peitava ele, ele deu um jeito de escantear. que foi a Ellen Braun.


*Não que eu morresse de amores pela Ellen. A achava até bem fraquinha. Disse isto ao Vicente Romano seu amigo, algumas vezes.

Mais paisagens do Delta do Jacuí, ou como chamam de Lago Guaíba


Olha uma imagem de como a travessia na zona sul de Porto Alegre pra Guaiba.

“ARGENTINA SÓ SE CONFESSA DIANTE DE DEUS”


Um período de medo e esperança, na Argentina sombria
Parte I


Gelson Farias
Jornalista

Olides. Eu mandei um material para publicar, na sexta, sobre as fotos em poder que a justiça argentina recebeu sobre os voo da morte. Hoje começo a azer uma série de matérias sobre a ditadura militar argentina inéditas... O material faz parte de um acervo que consegui para a elaboração de um livro.. Um abraço gelson.

Olides.
Este núcleo de matérias subseqüentes sobre a ditadura na argentina compõe um acervo jornalístico (um livro em breve ) que consegui formar sobre atos de torturas que eram realizados contra homens, mulheres e crianças, sob a ordem direta de cinco presidentes militares. Na realidade estou fazendo uma retrospectiva sobe estes acontecimentos, de matérias já publicadas no teu blog durante todo este ano. A frase emblemática de uma chamada de capa do Lá Nación ficou na história... “A Argentina só se confessa diante de deus”.

Este parágrafo é parte do livro que se encontra em adiantado número de páginas prontas...
Na medida em que o vértice do poder militar, encarnado nesta etapa por Jorge Rafael Videla, não pode resolver esses dilemas dando resposta aos dissensos e às incertezas que surgiram na frente militar e no campo político, lhe resultaria praticamente impossível avançar na estratégica de convergência...


Em 1979, em plena ditadura argentina, durante quinze dias, seis funcionários da OEA estiveram em Buenos Aires para ouvir denúncias e depoimentos sobre a situação dos direitos humanos no país. A visita resultou num vasto e minucioso relatório, que ficou pronto em abril de 1980 e que foi proibido de circular na Argentina. Agora, um juiz que trabalha no processo sobre a ESMA conseguiu a liberação do conteúdo das 65 caixas com os arquivos da missão da OEA.


Jorge Rafael Videla.


Foram dias de tensão, medo e esperança, na Argentina sombria daquele setembro de 1979. Quando tudo começou, na segunda-feira dia 6, havia lua cheia no céu. Quanto terminou, dia 20, havia lua minguante. Durante esses quinze dias, seis funcionários da OEA estiveram em Buenos Aires para ouvir denúncias e depoimentos sobre a situação no país. Tinham esperado quase um ano – de dezembro de 1978, ano do Mundial disputado na Argentina, a setembro de 1979 – para que a visita de inspeção da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA, devidamente autorizada pela ditadura, se concretizasse. Sempre havia alguma pendência a ser resolvida, e quando essa pendência se resolvia, surgia outra. Foi uma visita tumultuada: desde antes da chegada dos membros da Comissão, a ditadura militar lançou uma campanha contra o que chamava de “uma clara intromissão nos assuntos internos do país”. Figuras de proa da Igreja Católica, de cumplicidade total com os militares, criticaram a visita. Monsenhor Guillermo Bolati, arcebispo de Rosário, lembrou que “não devem ser estrangeiros quem nos venha indicar o que devemos fazer”. Ao saber que a Comissão Interamericana de Direitos Humanos iria conversar com os generais, brigadeiros e almirantes que haviam desatado o terrorismo de Estado, para ouvir suas versões, o jornal La Nación foi mais direto: “A Argentina só se confessa diante de Deus”.
Na realidade, esta frase teria sido dita durante um encontro de militares com membros da igreja Argentina, onde um número de sacerdotes – muitos deles assassinados pelo regime, e participaram da reunião – estavam descontentes com o andamento das negociações dos militares com o movimento argentino de Direitos Humanos. Houve mais tarde, outro encontro, desta vez dos militares com jornalistas – onde somente alguns jornais tiveram o privilégio de participar. Um dia depois o jornal La Nación estampa em sua edição a frase “ A Argentina só se confessa diante de deus”. O curioso é que o jornal, na reportagem não fala de quem teria sido a frase. Por outro lado, fontes ligadas à igreja Argentina, disseram, anos mais tarde que a frase fora dita por cinco ou mais presidentes militares argentinos, cujo nome ficou em segrego. Imune a tudo isso, na porta do prédio onde funcionava a representação da OEA, na Avenida de Mayo, havia filas de gente disposta a falar, apesar dos riscos, apesar do medo. Na verdade, desde 1975 a OEA recebia denúncias de violações dos direitos fundamentais. Mas depois do golpe de março de 1976, essas denúncias viraram uma torrente. E a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, a mesma que em 2010 condenou o Brasil a julgar torturadores e assassinos da nossa ditadura militar, resolveu investigar. Foi preciso negociar duro até ser possível mandar a missão a Buenos Aires. Durante aqueles quinze dias, aquelas duas luas, os visitantes ouviram de tudo. Estão lá, por exemplo, os depoimentos dos responsáveis pelo terror: os generais Jorge Rafael Videla, Roberto Viola, Albano Harguindey, Luciano Benjamin Menéndez e o então presidente da Corte Suprema, Adolfo Gabrieli. São palavras de um cinismo, de uma frieza escabrosa, em claro contraste com as denúncias daquilo que os militares negavam com ênfase olímpica. As pessoas das filas na porta da OEA mencionaram centros clandestinos de suplício, descreveram métodos de tortura, contaram como aconteceram seqüestros, falaram os nomes de mais de mil vítimas. Tudo isso resultou num vasto e minucioso relatório, que ficou pronto em abril de 1980. E que foi proibido de circular na Argentina. Houve quem, nas organizações de defesa dos direitos humanos, tentasse imprimir cópias. Nenhuma gráfica se atreveu.
Com a volta da democracia, vários juízes e advogados argentinos pediram à OEA que liberasse o material. A OEA se recusou sempre. Mas agora, um juiz chamado Sergio Torres, que trabalha no processo sobre a ESMA – a Escola Superior de Mecânica da Armada, o maior e mais emblemático campo de tortura da ditadura militar argentina – conseguiu. E o conteúdo das 65 caixas com os arquivos daquela missão da OEA, cada uma delas contendo cem pastas com registro de entrevistas e depoimentos, foi digitalizado e despachado para a Argentina. Passam a fazer parte do processo. Além de ampliar vastamente as provas de acusação, esse material serve para determinar a verdade, principalmente sobre mortos e desaparecidos. É que há denúncias minuciosas de seqüestros, de prisões ilegais, de pessoas que depois sumiram para sempre. Há testemunhos de como elas sumiram, contando quem foi que desapareceu com elas. Dez das caixas abrigam os depoimentos dos responsáveis pelo terrorismo de Estado. Desde aquele abril de 1980 o passado permaneceu adormecido nessas caixas. Agora, o passado se torna presente, com todos os seus detalhes de horror, medo e esperança. Horror pelo que acontecia, medo de que aquilo tudo se prolongasse, esperança de que nunca mais torne a acontecer.

Para isso, a verdade precisa ser conhecida, e o passado teve ser revisito e trazido para o dia de hoje. E os culpados devem ser julgados pela mesma Justiça que eles negaram às suas vítimas. Por enquanto, o conteúdo das caixas está disponível apenas para juízes, promotores e advogados. Eles saberão o que fazer com essa informação durante o julgamento dos torturadores e dos responsáveis pelo terrorismo de Estado. Um dia, essa informação chegará a todos. Da mesma forma que esperamos que a Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA um dia entregue, a todos os países da América Latina, suas respectivas caixas, contendo a verdade e a memória de cada país.


A temida ESMA.

O principal edifício da ESMA chamava-se "Casino de Oficiales", também conhecido pelo GT como "Selenio", "El Dorado" ou "Casa de Oficiales". Nele, encontrava-se o alojamento dos prisioneiros e o dormitório dos oficiais. Suas instalações sofreram várias mudanças durante o período 1976/1983, sobretudo quando a Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) anunciou em 1979 uma visita ao local, após receber inúmeras denúncias de tortura e maus tratos aos prisioneiros. Temendo uma desaprovação internacional, paredes foram derrubadas e outras erguidas. Elevadores foram desativados e habitações remodeladas, tudo para esconder dos representantes da CIDH as violações aos direitos humanos. Neste edifício de três andares, funcionavam ainda o sótão e o porão, respectivamente chamados de "Capucha" y "Capuchita", uma referência clara ao "capuz" que cobriam a cabeça dos presos. Nestes dois espaços ocorreram torturas, interrogatórios e trabalhos forçados. Para os militares da ESMA, entretanto, conforme anunciavam a imprensa nacional e estrangeira, o local não passava de um centro de reabilitação de subversivos, os quais se apresentavam voluntariamente a ESMA para que ali pudessem ser “curados” de sua subversão. Neste sentido, o regime militar, por humor negro ou mesmo por uma deturpada ideologia, via os seus adversários e críticos como corpos doentes.

Prédio do centro de tortura, no pátio da ESMA

A ESMA também contava com outros espaços, além do "Casino de Oficiales". Eram eles: o "Pavilhão Coy" (dormitório dos aspirantes a suboficiais e centro de operações do GT), a Enfermaria e a Garagem (encarregada de reparar e modificar carros do GT). Mas um dos prédios que mais impressiona é o da "Imprenta". Neste prédio, funcionava um grande escritório de falsificação de documentos. Com máquinas modernas de impressão, e laboratórios fotográficos de alta tecnologia, eram forjados carteiras de motoristas, identidades, passaporte e todo tipo de papel que pudesse servir aos militares para aumentar os “crimes” dos detidos.

Aqui era a entrada principal para o horror.


Neste prédio, os militantes eram também obrigados a editarem falsos jornais de esquerda, divulgados para a imprensa como prova dos alegados crimes de subversão. Segundo testemunhas que trabalharam neste setor, a falsificação era levada tão a sério pelos militares que os jornais produzidos ali eram mais marxistas do que qualquer outro fora da ESMA. Toda esta estrutura surpreende não só pela infra-estrutura de que lançava mão, mas porque se tratava do próprio governo falsificando seus documentos oficiais. Nos sete anos de regime autoritário, quase todo homem ou mulher seqüestrado pelos militares em Buenos Aires e adjacências passou pela ESMA. Era tal a quantidade de bens e imóveis saqueados e tomados pelo regime, que em 1978 foi criada uma imobiliária para vender as casas dos seqüestrados.

Este era o local (conhecido por Capucha) de torturas com choques elétricos.

Logo nas primeiras horas de cativeiro, levados às salas de tortura, os seqüestrados sofriam vários tipos de agressão enquanto eram interrogados. Os métodos mais comuns eram choques (usando a picana, o equipamento sobre a mesa), o “submarino seco” (asfixia com saco plástico), o “submarino molhado” (asfixia com imersão), tapas, socos, chutes e pauladas, além de simulações de fuzilamento. A vítima era mantida encapuzada ou de olhos vendados. Batizado pelos repressores como “Avenida da Felicidade”, o corredor fazia a comunicação de todos os ambientes do porão. Amarrados ou algemados e encapuzados, os cativos aguardavam ali antes de serem levados às salas de tortura.

Direitos do consumidor

Ok, vereador adeli sell, mas na rodoviária de serafina descontam 5 ou 10 por cento. não tenho agora certeza. já aconteceu comigo que fui devolver a passagem bem antes da viagem. Eles alegam que é lei. E onde está a Agergs, o DAER????

DIREITOS DO CONSUMIDOR


Cancelamento de viagem – Em caso de desistência, a empresa deverá devolver a importância paga ou revalidar a passagem para outra data e horário, desde que o usuário se manifeste com antecedência mínima de 3 horas em relação ao horário de partida.

Adeli Sell

De Serafina

Quando vejo esta modernidade toda em La Undeze, fico a imaginar aqueles dois colonon que eu vi meses atrás, numa primavera, parados conversando perto da prefeitura. Eles se conheciam, mas pela conversa, toda em talian, nãos e viam e não se falavam há muito tempo. Tanto que um perguntava pro outro:

- Gheto ancora bestie ti?(tens ainda animais,tu)

- Si, ghe no ancora, disse ele, querendo dizer que ainda tinha vacas, porcos,galinhas e afins.


Enfim, a modernidade está presente em La Undeze. E também não deixo de me lembrar dos anos em que tínhamos pouca idade e que ficavamos, inocentemente, varrendo a casa pra que o jumento do Menino Jesus viesse trazer os brinquedos. No dia seguinte ao Natal, qualquer carrinho de madeira era motivo pruma grande festa. Não sei se as crianças ainda hoje dão tanta importância a um presente, pode ser que sim. Tomara que seja assim!

Janelas Sonoras encantam em Serafina Corrêa


As janelas do Centro Administrativo Amantino Lucindo Montanari, em Serafina Corrêa, abriram-se mais uma vez para o show musical Janelas Sonoras. Com emoção e alegria, vozes de crianças, jovens, adultos e idosos encantaram os serafinenses e visitantes na noite de domingo, 18 de dezembro de 2011. O Sonho de Natal 2011 teve esse evento inédito que proporcionou momentos de muita alegria, vivenciando o espírito natalino e valorizando os talentos locais. As janelas da Prefeitura Municipal estiveram repletas de anjos com a participação dos estudantes das escolas e centenas de vozes entoando as mais belas canções natalinas.
A aguardada chegada do Papai Noel aconteceu ao final do espetáculo, sendo que o personagem apareceu num dos principais monumentos do município: La Nave Degli Immigranti. A imaginação e a magia do Natal estiveram completas, com a canção Então é Natal cantada por todos os grupos e presentes e mais o show de fogos de artifício. Momentos que ficarão na memória das milhares de pessoas que prestigiaram o evento.

Por: Adriana Sabadin – Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.

CANTOR DANIEL RECEBE DOIS NOVOS ÔNIBUS MARCOPOLO GERAÇÃO 7

Veículos são dos modelos Paradiso 1800 Double Decker
e Paradiso 1600 Low Driver
Caxias do Sul (RS), 19 de dezembro de 2011 - A Marcopolo fez a entrega, recentemente, de dois novos ônibus rodoviários para o cantor Daniel. Os veículos, dos modelos Paradiso 1800 Double Decker e Paradiso 1600 Low Driver, incorporam as mais recentes tecnologias desenvolvidas pela fabricante e serão utilizados pela equipe do cantor nas turnês de shows pela Brasil.

Com diferenciada pintura na cor vermelha, os veículos destacam-se pelo visual arrojado e alegre e são facilmente identificados pela assinatura do cantor nas laterais. No interior, os dois modelos contam com detalhes desenvolvidos exclusivamente para o cantor. O Paradiso 1800 DD possui salão inferior com poltronas semileito, com revestimento em espuma viscoelástica, que se molda ao formato do corpo do passageiro e proporciona maior conforto e menor desgaste durante as viagens, além de monitores de LCD e sistemas de áudio e vídeo e de climatização individual em cada poltrona. No salão superior, conta com sala reservada na parte traseira e poltronas semileito.

Externamente, o Paradiso 1600 Low Driver tem a mesma identidade visual do 1800 DD. No interior, o modelo também conta com poltronas semileito, sistemas de climatização, áudio e vídeo. O diferencial está no amplo bagageiro, com cerca de 15 m3 de volume para transportar equipamentos e bagagens de todos os integrantes da equipe.


Crédito da foto: Júlio Soares

ESPECIAL : NATAL DOS INTERNAUTAS

Hoje a ARI, a veterana ARI está de niver. Não pintarei no pedaço.!

clique aqui para ler.

Li o que o vagal do fiol del zator gha scrito. Tenho que lhe dar algumas respostas:

1) sim vou passar o Natal em La Undeze

2) E pelo que sei ele só irá quando for prum enterro de gente importante, porque pra enterro de pé rapado ele não deixa espartana Palmeira
3) Quanto a não ter dado presente a minha neta, é que a coisa aqui tá rosca...poqui soldi, caro fiol del zator.

4) E minha neta está bem na parada.A mãe e o pai dela trabalham, gracie dio.

5) Sobre o fato do fiol del zator ser candidato a vereador, desfilo nu por toda a Palmeira, se ele se eleger.

6) Caro de dio, como dizia meu avo, Giuseppe: bom principio del ano! Gracie altrotanto!
7) Sabes que tem uma pessoa em Serafina que la ze pi cativa que le brespe in tel di que va gaver temporal. Mas eu não tenho medo. Pego meu pedaço de pau e vou caminhando tranquilo asta la capela San Piero.Se vem me fazer algo, ghe do bastonadi, porco Dio!

Catarinas e suas águas

enquanto nós gaúchos ainda sofremos aqui pelo Sul, os catarinas estão se deliciando com estas águas. DEpois ainda não sabem porque os argentinos passam por aqui correndo rumo a santa??? Me disse o Gelson Farias que os castelhanos virão sim em grande número pra cá. Então o Barranco que se salve, porque vão lá comer e muitos deles saem correndo sem pagar la adicion...a fama de ladrão dos argentinos rompe fronteiras...

eis as praias de floripa, ontem, cuja temperatura ficou em 32 graus....Com esta paisagem aí, não dava nem tempo de se distrair olhando pra aquele azulzão do mar. E dizem que nesta praia, aí, onde foi feita esta foto, tinha magro mais interessado em queimar um fuminho do que observar a paisagem que os rodeavam. Os magros queimam aquele fumo e se desligam até da realidade. Bom, com isto tudo não podendo fazer nada, é melhor mesmo(ah,ah...ah)

 

Ponte do Guaiba

Há muitas controvérsias sobre a Ponte do Guaíba. Uns dizem que o nome oficial seria Regis Biitencourt( diretor geral do Dner quando ela foi construida em 1958) mas outros afirmam que o governador da época,Leonel Brizola,determinou que seu nome fosse Travessia Getulio Varga.s

Esta travessia de 15,9 km tem uma importância fundamental para a economia gaúcha e brasileira.Ela era a única ligação entre o Norte e o Sul do Estado até a inauguração da ponte Lauro Rodrigues, em 20.12.1993.

A ponte do Guaíba tem um vão móvel de 55,82 km e o canal por onde passam os navios tem uma largura de 53 metros.

Sua inauguração foi em 28 de dezembro de 1958, um dia de muito calor em Porto Alegre.A ponte do Guaíba nasceu da necessidade de uma ligação a seco entre as duas margens do rio Guaíba. Durante muito tempo esta ligação foi feita por meio de barcas que saíam da vila Assunção em Porto Alegre. Em 1948 , o Brasil comprou dos USA as barcaças ,sobres de guerra, que após a recuperação e adaptação, num EStaleiro de Charqueadas, passaram a operar, situação que perdurou até o fim da década de 50.Na década de 50, dada a saturação da travessia, surgiu um movimento liderado pela Sociedade de Engenharia, juntamente com a prefeitura de Porto Alegre e o Governo do Estado, com apoio da população para estudo e projeto de uma ligação a seco entre as duas margens, entre as duas possíveis soluções, ou túnel ou pontes, vencendo esta última opção, que aproveitou as ilhas existentes no delta. Após a realização do projeto, foi realizada a licitação vencida pela empresa gaúcha Bastian Castilhos e consturídas as pontes já na época estabelecendo-se um marco da engenharia nacional, principalmente pelo seu vão móvel. É de se salientar que durante sua construção houve a queda de um vão inteiro da ponte do Jacuí, com consequências que perduram até hoje, devido ao bloqueio da nevegação de barcos maiores. Tempos atrás, quando a ponte passou para a concessão da iniciativa privada, a empresa Concepa, que a assumiu, retirou este vão inteiro e a navegação ficou facilitada.

( com a colaboração do livro Estrdas do Rio Grande, deste repórter)



Coleguinhas


Carlos Alberto Fruet me cedeu lugar no sofá da casa ontem de manhã pra ver o jogo do Barça...que trator pra cima do pobre santos f.c.
O Fruet não é de muita fofoca, mas vi que anda lendo meu blog. O irmão dele em sampa, o Luis Alberto, também.

Então tamos combinados.

*Valdir dos Santos me contou ontem pelo telefone boas histórias de sampa. Na medida do possível, vou repassando aos leitores.

A Valdir que cobria o Lula sindicalista no ABC pelo Estadão tem um livro dentro dela sobre este período. Mas asso um dedo: jamais irá escreve-lo. É muito ética.


*A Valdir me disse que o Lula parou de beber, até onde ela saiba. Desde 2007 Lula não fuma e não bebe. No tempo que era sindicalista e morava em São Bernardo, os jornalistas que cobriam as greves iam na casa do líder sindical e lá viam um garrafão de cinco litros, de bico bem grande. Lula se servia e oferecia a todos os coleguinhas.

*Então a cachacinha é uma doença(infantil ) do PT( como dizia o lenin) porque outros do PARTIDO também gostam. Aqui no Sul Clóvis Ilgenfritz da Silva era companheiro de cachacinhas do líder sindical que virou presidente. E um outro líder sindical, bigodudo que virou governador, que todos sabemos quem é..Também dizem que parou de um traguinho, embora na ultima feira do Livro, ao passar pela banca da ARI, Olívio Dutra perguntou se nao tinha mais aquela cachacinha das edições anteriores. Diga-se de passagem que quem a providencia é o Antônio Goulart.

*sOBRE O lULA GOSTAR DE UMA CACHACINHA NO PASSADO, dizem que quando o presidente vinha e se hospedava no Plaza convidava o Clovis Ilgenfritz pra ser parceiro de trago.

MP de Brasília já tem ação contra a quadrilha Tucana


O Ministério Público já tem uma ação de improbidade administrativa contra o esquema Serra. Com os novos dados, basta retomar a ação.

por Remindo Sauim


De Odorico Nilo


AÇÃO CAUTELAR
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA PROMOVIDA PELO MPF (MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL) CONTRA 18 ACUSADOS ENTRE ELES O TESOUREIRO (ARRECADADOR) DAS CAMPANHAS DE SERRA E FHC EM ELEIÇÕES ANTERIORES, PRIMO, AMIGOS, SÓCIOS E EMPRESAS DE JOSÉ SERRA.
4a. VARA FEDERAL DE BRASÍLIA
PROCESSO NÚMERO: 2002.34.00.029731-6
PODE SER CONSULTADO NO SITE OFICIAL DA JUSTIÇA FEDERAL DE BRASÍLIA:
ABAIXO EXTRATOS DA PETIÇÃO INICIAL (são mais de 200 páginas) DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL - 1a. PARTE:
Réus:
1- RICARDO SÉRGIO DE OLIVEIRA – ex-diretor da Área Internacional do BB de1995-1999
2- GREGÓRIO MARIN PRECIADO – empresário, casado com a prima irmã do Serra
3- VLADIMIR ANTÔNIO RIOLI – empresário, ex-diretor do Banespa e sócio deSerra
4- PAULO CESAS XIMENES ALVES FERREIRA – presidente do BB de 1995-1999
5- CLÁUDIO NESS MAUCH – ex-diretor de Fiscalização do Banco Central
6- JO’SE PINTO DOS SANTOS NETO – ex-chefe da Audit – Auditoria Interna do BB de 1995-1999
7- ÉDSON SOARES FERREIRA – ex-diretor de Crédito Geral do BB
8- LUIZ FERNANDO DE AZEVEDO BONFIM – chefe de Auditoria Interna do BB
9- RONALDO DE SOUZA – empresário
10- GREMAFER COMERCIAL E IMPORTADORA LTDA - de Marin (primo do Serra)
11- ACETO VIDROS E CRISTAIS LTDA - de Marin (primo do Serra)
12- RIVOLI PARTICIPAÇÕES S/A, incorporada pelo Grupo LA FONTE PARTICIPAÇÕES S/A – de Carlos Jereissati
13- LA FONTE TELECOM (GRUPO LA FONTE)
14- PLANEFIN – SERVIÇOS, ASSESSORIAS, PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S/C LTDA
15- CONSULTATUM S/C LTDA
16- ANTARES PARTICIPAÇÕES LTDA – de Ronaldo de Souza
17- ANTAR VENTURES INVESTIMENTOS LTDA – Ilhas Virgens Britânicas – Caribe (de Ronaldo de Souza)
18- I141 PARTICIPAÇÕES – de Carlos Jeressati
1
“Vale a pena frisar que cada afirmativa nesta ação é fundada num documento anexado. A fonte dos documentos do MPF foi principalmente Varas Judiciais (especialmente a 8ª. Vara Cível de São Bernardo do Campo, SP); Cartórios de Notas, de Registro Civil dePessoas Jurídicas e de Registro de Imóveis e ainda Juntas Comerciais. A descrição dos fatos tem amparo em amplas provas documentais.
(…)
Os réus são suspeitos de atos gravíssimos de improbidade administrativa.
(…)
Os fatos suspeitos principais envolvem principalmente a atuação do Sr. RICARDO SÉRGIO DE OLIVEIRA, como agente público federal no Banco do Brasil, como beneficiário de atos ilícitos e como suspeito de enriquecimento ilícito e mesmo depropina
(…)
Vejamos um apanhado geral dos fatos desta ação:
a) há sinais de enriquecimento ilícito, em total desproporção ao rendimento normal, ou seja, de locupletamento de empresários graças a atos ilícitos praticados por Diretores que também apresentam sinais claros de enriquecimento ilícito;
b) dentre os atos ilícitos cometidos pelos agentes públicos federais que ocupavam cargos no Banco do Brasil e controlavam a PREVI, existe uma sériede novações ( rolagens de dívidas) e de perdões que beneficiaram pessoas ligadas politicamente ao Sr. RICARDO SÉRGIO, sendo que os benesses ilícitas podem chegar a mais de cem milhões de reais;
c) envolvendo os mesmos agentes públicos federais, houve a ajuda do Banco do Brasil e do Fundo de Pensão controlado pelo Banco do Brasil (PREVI) emvárias privatizações suspeitas (VALE DO RIO DOCE, SISTEMA TELEBRÁS e Companhias de Eletricidade, como a COELBA, a CELPA e a COSERN). Estas ajudam totalizam vários bilhões de reais; e
d) há ainda suspeitas de propina, que também é considerada ato de improbidade.Estas suspeitas decorrem de um conjunto de indícios veementes (evidências probatórias), inclusive a declaração pública de Ministros de Estado. Somente podem ser elucidadas com os pedidos de liminares desta ação. Esta é uma ação decaráter investigatória, que visa obter provas para o ajuizamento das ações deimprobidade definitivas.
Para não tumultuar a ação com um número muito grande de réus, somente foram incluídos no pólo passivo as pessoas objeto de liminares ou sobre as quais o MPF já tem provas robustas sobre o cometimento de atos ilícitos (…).
As suspeitas de improbidade mais documentadas desta ação seguem descritas a seguir, de forma resumida. Os outros atos serão descritos em capítulos próprios, mais adiante.
Em 1993, as empresas ACETO VIDROS LTDA e GREMAFER COMERCIAL E IMPORTADORA LTDA - de propriedade do Sr. GREGÓRIO MARIN - realizaram empréstimos na agência Rudge Ramos, do Banco do Brasil, em São Bernardo do Campo/SP.
O Sr. GREGÓRIO MARIN PRECIADO era sócio destas empresas e foi também o avalista da operação. O empréstimo não foi pago: houve rolagens indevidas. Juridicamente, estas rolagens são novações equivalentes a novos empréstimos. Foram novos empréstimos ilícitos, pois não é possível obter novos recursos para pagar juros de empréstimos anteriores, sem amortizá-los e sem garantias suficientes. Além das novações ilícitas, houve dois perdões indevidos, totalizando cerca de R$ 73.719 milhões de reais. E houve também desídia por permitirem a venda de bens com ações de arresto já ajuizadas e desídia por não ajuizarem ação pauliana para recuperar o imóvel.
Os R$ 73.719.000,00 decorrem da soma de U$ 17 milhões de dólares em 1995 e R$ 57 milhões em 1998. Estas somas, atualizadas (nota: até 2002) - ou corrigidas pelo dólar -, ultrapassam em muito o valor de R$ 100 milhões de reais.
Em nota à imprensa, o Sr. GREGÓRIO MARIN PRECIADO chega a dizer que a dívida tinha alcançado o valor de U$ 140 milhões (cento e quarenta milhões de dólares), depois reduzida a R$ 4,114 milhões ( quatro milhões, cento e catorze mil reais).
(…)
Eis um resumo cronológico dos fatos, com base nas reportagens do jornal Folha deSão Paulo (não de agora), que descreve as operações financeiras ímprobas e ilícitas:
1993 - O início do empréstimo
As firmas GREMAFER e ACETO, empresas de GREGÓRIO MARIN PRECIADO , tomam um empréstimo no valor equivalente a US$ 2,5 milhões do Banco do Brasil, na agência de Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo (SP).
Quando houve a liberação, a GREMAFER já devia um valor maior.
“Houve considerável saldo remanescente, que passou a ser renovado sem nenhuma amortização”, como foi noticiado.
1994 - A primeira renegociação
Como a GREMAFER e a ACETO não conseguiam pagar as dívidas, foi feita uma composição. Isso ocorreu em maio de 94, com as empresas dando imóveis como garantia. Apesar da recomposição, a única parcela paga do acordo ocorreu em outubro de 94, referente à dívida da ACETO.
A GREMAFER não pagou nada. Não fez desembolsos.
Não pagavam a dívida ao Banco do Brasil, mas, mesmo endividadas na praça e inadimplentes com o Banco do Brasil, estas duas firmas de GREGÓRIO MARIN PRECIADO - a GREMAFER e a ACETO - encontraram fôlego para um gasto extra: juntas, fizeram uma doação de R$ 62.442,82 à campanha do Sr. JOSÉ SERRA ao Senado, m 1994.

Da mesma forma, permitiram que o Sr. JOSÉ SERRA usasse o prédio da GREMAFER como comitê de campanha nas eleições de 1994 e 1996.

1995 - A venda do terreno
Em 25 de julho de 1995, o Banco do Brasil entra na Justiça pedindo o arresto dealguns bens do Sr. GREGÓRIO MARIN PRECIADO , inclusive o terreno no Morumbi que o empresário possuía com o Sr. SERRA, desde 13.fev.81.

O BANCO DO BRASIL ajuizou ação de arresto datada de 17 de julho e protocolada em 25 de julho de 1995.

A informação vazou e, nesse meio tempo, os senhores MARIN e SERRA venderam o terreno por R$ 140 mil em 19 de setembro de 1995.

A escritura de compra e venda foi lavrada no dia 1º de setembro de 1995 no 4º Tabelião de Notas de Osasco.

A transferência foi registrada no 15 º Cartório de Registro de Imóveis de São Paulo no dia 19 de setembro de 1995. Somente a data do registro no Cartóriode Imóveis tem importância jurídica, pois é o ato que transfere a propriedade do imóvel.

O Banco do Brasil demorou a promover o arresto, o auto do arresto somente foi realizado em outubro de 1995. Então, já era tarde, pois o SR. GREGORIO alegou ter feito uma venda, sem registro no Cartório de Registro de Imóveis, em abril de 1995.

No entanto, de forma suspeitíssima, somente teria registrado a venda no Cartório deRegistro de Imóveis no dia 19 de setembro de 1995.

Também chama a atenção o fato de a escritura ter sido lavrada no dia 1º desetembro de 1995.

Em resposta enviada ao jornal Folha de S. Paulo, o Sr. José Serra justifica que a escritura fora lavrada somente em setembro porque a venda tinha sido parcelada em quatro vezes mais um sinal e o pagamento só teria terminado em agosto de 1995 e que há ``um instrumento de compra e venda´´, apenas com firma reconhecida.

Ora, a se considerar como verdadeiras as alegações do SR. JOSÉ SERRA, estamos diante de uma operação esdrúxula.

Nas operações normais de venda de imóveis, mesmo quando o pagamento é parcelado, é lavrada escritura assim que o negócio é fechado, mesmo que não tenham sido pagas todas as parcelas. Para isso foi criado o instituto da hipoteca, ou seja, a venda a prazo ocorre com a transferência do domínio e sobre o imóvel fica incidindo uma hipoteca. É assim que as partes resguardam seus direitos.

O comprador do terreno foi uma empresa, a Alfons Gehling & Cia.

Esta empresa é uma pequena imobiliária, sem sequer um site na Internet, com sede em Diadema, pelo que foi possível levantar na lista telefônica.

Outro ponto que chama atenção na explicação do SR. JOSÉ SERRA é o fato desustentar que vendeu um terreno no luxuoso bairro do Morumbi, onde está sendo planejada a construção de um prédio de 12 andares, com dois subsolos, por R$ 140 mil, com um sinal e quatro prestações.

Um documento que consta do processo de número 1.162,95, o processo da execução das dívidas das empresas do Sr. Gregório MARIN , que tramita na 8º Vara cível de São Bernardo do Campo, revela um fato grave.

No dia 11 de setembro de 1995, portanto, oito dias antes do Sr. Gregório MARIN e o Sr. José Serra registrarem o contrato de venda, datado de 01 desetembro de 1995, que foi registrado no dia 19 de setembro, o Banco do Brasil pediu prazo de 15 dias ao Juiz para que fosse cumprido o mandato de arresto, porque os executados estavam fugindo.

O fato é que GREGORIO MARIN só foi notificado em outubro, tarde demais.Com o terreno já vendido, o Banco do Brasil então vai à Justiça, tentando fazer, de forma inócua, o arresto em outubro de 95. Já era tarde, pois o Sr. GREGÓRIO alegou ter feito uma venda, sem registro no Cartório de Registro deImóveis, em abril de 1995.

Uma importante garantia foi assim levantada, beneficiando o Sr. GREGÓRIO e o Sr. SERRA. Este ponto foi tratado nas auditorias - serão especificadas adiante - e, com as mesmas, será possível verificar se há responsabilidade do Sr. SERRA. Ficando melhor esclarecido, o mesmo poderá inclusive ser objeto da açãoprincipal.
1995 - Recomposição e dinheiro novo (nota: novo empréstimo)
Apesar do péssimo histórico das duas empresas, em 08 de novembro de 1995, a Diretoria do Banco do Brasil em Brasília aprova uma nova recomposição de dívidas para MARIN .

O economista RICARDO SÉRGIO fazia parte da Diretoria. Sendo o Diretor de Relação Internacional, e sendo as operações realizadas com base em recursos captados no exterior, sua pasta tinha a primazia na decisão.

- Segundo o jornal Folha de São Paulo, “antes de a diretoria do BANCO DO BRASIL receber a documentação sobre o caso de MARIN , a equipe do banco em São Paulo é freqüentemente informada de que o caso interessava a RICARDO SÉRGIO”.

A GREMAFER devia R$ 28.248.911,78.
A ACETO, R$ 8.823.780,53.
Pelo acordo firmado, a dívida de ambas caiu para R$ 15.917.233,24 e R$ 4.702.052,65.

A REDUÇÃO FOI DE R$ 16.453.406,01

Além disso, houve dinheiro novo (nota: novo empréstimo).

A Gremager ganhou o equivalente a US$ 2 milhões.
A ACETO, o equivalente a US$ 800 mil

Além da redução, as duas empresas de GREGORIO MARIN foram contempladas com um novo empréstimo no total de US$ 2,8 milhões.

1995 - Anuência da Diretoria do BANCO DO BRASIL
- O caráter inusitado da operação e a anuência da Diretoria foi constatado pelo então superintendente estadual do BANCO DO BRASIL em São Paulo, Wolney B. Ferreira.
Este assinou, em 27 de novembro de 95, uma carta para a presidência do banco, em Brasília.
Começa com o seguinte titulo sugestivo: “OPERAÇÕES EM CURSO ANORMAL GREMAFER Com. Imp. Ltda. E ACETO Vidros e Cristais Ltda.”
Este texto, por informações obtidas, consta nas auditorias que serão especificadas.

1998 - Mais uma recomposição.
- A “Súmula de Operações Anormais Unidade de Recuperação de Crédito (URC) de SBC SP 98/0 13”, de 28.out.98 e o “Recup PT 98/908”, de 06.nov.98 afirmam que a divida total da GREMAFER e da ACETO com o Banco do Brasil já havia atingido R$ 61,380 milhões, por conta da capitalização dos juros e inadimplência.

NOVO PERDÃO É CONCEDIDO: R$ 57,266 MILHÕES.
A DIVIDA CAI DE R$ 61,380 MILHÕES PARA R$ 4,114 MILHÕES

2002 - Valor atual (nota: 2002 data da propositura desta ação cautelar)

O último valor disponível para a GREMAFER é de 25.abr.2002:
R$ 3.142.937,30.

A empresa está contestando o valor na Justiça e não paga - Não há valor disponível para a dívida atualizada da ACETO.

Como será visto adiante, há um conjunto de fatos indiciários que tornam os perdões mencionados ainda mais suspeitos.

Por exemplo, a empresa GREMAFER foi também agraciada por empréstimos devários milhões junto ao BANESPA, quando o Sr. RIOLI controlava tais operações no Banco do Brasil. No Banespa, operava o Sr. VLADIMIR ANTÔNIO RIOLI, que foi sócio do Sr. SERRA numa firma de consultoria, como vice-presidente de operações. E, novamente, um sócio do Sr. SERRA beneficiou a firma GREMAFER.

A firma do Sr. SERRA e do Sr. VLADIMIR RIOLI, denominada CONSULTORIA ECONÔMICA, não foi declarada à Justiça Eleitoral, em 1994, pelo Sr. SERRA. Da mesma forma, o Sr. SERRA não declarou à Justiça Eleitoral, em 1994, em 1996 e neste ano (nota 2002), a empresa ACP Ltda, que funcionava no prédio do Sr. GREGÓRIO MARIN PRECIADO .

Ocultar estas empresas também implicava em ocultar as relações entre o Sr. JOSÉ SERRA com o Sr. GREGÓRIO MARIN PRECIADO e com o Sr. VLADIMIR ANTÔNIO RIOLI.

Existiam ligações políticas, de parentesco e de negócios entre o Sr. RICARDO SÉRGIO (então Diretor de Relações Internacionais no Banco do Brasil), o Sr. JOSÉ SERRA (então Ministro do Planejamento), o Sr. VLADIMIR ANTÔNIO RIOLI (Vice-Presidente e Diretor de Operações no BANESPA) e ainda com o Sr. GREGÓRIO MARIN PRECIADO . Estas ligações tornam bastante suspeitas estas operações. Além de ilícitas, teriam como fonte o favorecimento político. Os fatos indiciários seguem narrados, com mais detalhes, mais adiante.

primogenita Olides !

Eu sei o que motivou o Mauro, el fiol del zator a scriberme: é que ele viu o BARÇA em campo e se lembrou daquela epopéia que nunca mais verá na vida. Agora ele temsó o MAZEMBE EM SUAS LEMBRANÇAS E PESADELOS. MAS AGRADEÇO A CARTA( O EDITOR)

AH, E NÃO CONTEI DA EMINENCIA PARDA DA FARSUL, AQUELE QUE É AMIGUINHO DOS COLEGUINHAS. UM DIA CONTO MAIS.

primogenita Olides !


De domenega, dopo mes di, é mail fáciol que tenha algumas lembranças
ou inspirações, para te escrever mal traçadas linha.

Deves ter te sentido mal no COVIL, como chamas a FARSUl, mas fizeste
uma boquinha lá e ainda criticaste o CARRETEIRO (com dois ere) , como
dizia o MIRE !!!!nosso promotor público).

Aliás, em 1988, o Mire veio transferido para a legendária , centenária
e espartana Palmeira das Missões, tendo sua filha primogenita, aqui
nascido.E pelo que sei, ela gostaria muito de ver sua terra natal.

Falando nisso, gostaria de te informar( jornalista sempre pensa que
está bem in formado !!!!!), que o presidente da FARSUL, que tanto
admiras pela postura transparente e franca, é cria da Palmeira. Nasceu
no local que hoje abriga um campus da UFSM, sendo que o parto,
segundo ele, foi feito pelo pai do ex-deputado e presidente da
Assembléia, ALDO PINTO DA SILVA( grande companheiro trabalhista),
saudoso DR. Pinto, como era conhecido aqui na legendária. Aliás, aí
está mais um que tu deverias entrevistar( move-te, por co zio!!!!!!).

Assim que, a espartana Palmeira, continua a produzir talentos para
várias áreas no RS.

O Carlos Sperotto, cujo apelido é TUTA, é fazendeiro em Santo
Augusto-antigamente distrito de Palmeira, de onde saiu para presidir a
FARSUL, por quatro mandatos, se não me engano.

Para que te mantenhas atualizado em relaç~]ao ao fiol de zator, renovo
minha intenção de concorrer à vereança em 2012-ano do PDT-, e passei a
colaborar, novamente, com a Rádio Difusora das Missões-FM, na qual
trabalhei em 1987, ano de sua fundação. Sou debatedor do proghrama -
SALA DE VISITAS-, todas as quartas-feira, das 10h30min, às 12horas(
quando termina nohorário. Também, prolixo deste jeito, só poderia ser
debatedor. Atualmente, estamos fazendo um painel com todos os partidos
organizados, visando a sucessão municipal no próximo ano.

Como tendência,haverá um frentão contra o PT. PDT e PP, disputam a
vaga para prefeito. O PP, é fracamente apoiado pele FARSUL( seu
pré-candidato é presidente do Sindicato Rural de palmeira e diretor da
FARSUL, para a cultura do trigo.

A propósito, tu gostas de uma encrenca, divulgando em detalhes os
"casos" in la undeze. Menos mal que omites os nomes, do contrário,
estarias colocando tua vida em jogo.

E vê se compra um presente para tua neta, seu pão duro. Que tu sejas o
único italiano na face da terra a não ter apego ao "soldi", tudo bem,
vai para o GUINEES, mas daí ao não dar presente para neta é um
absurdo. Não devias nem colocar no teu blog, afinal a menina não tem
culpa do avô que tem !!!!!!!!

Um abraço e se não falarmos até o Natal( que deves passar na undeze,
sem dúvida)
desejo que o faças na companhia de teus abençoados pais, porquanto
este, ao meu ver , é o melhor presente que podemos receber. Valorize
teus velhos enquanto estão nesta dimensão e felizes aqueles que,como
tu,ainda podem conviver com eles.

Feliz Natal, bona fine e Bom princípio !!!!!!!!!, são os votos del
fiol de zator, da Chica e do Maurinho.


Prof. Mauro Santos Rocha
Diretor - UPF Sarandi


Nantra volta parlemo de Sarandi e del gadanhe Nicola.

Depois do MAZEMBE, RECORDAR É VIVER( O EDITOR)


FELIZ PAPAI NOEL VERMELHO
NÃO BASTA SER BRASILEIRO
TEM QUE SER COLORADO, GAÚCHO E BRASILEIRO


Por Luiz Oscar Matzenbacher


Para ganhar do Barcelona é preciso ser colorado, gaúcho e brasileiro.
O Internacional continua sendo o clube brasileiro e americano detentor atual do título Mundial de Clubes da FIFA - Inter 1 X 0 Barça - em 2006 no Japão. Nenhum clube é mais que o INTER dos Pampas em todo o continente americano.
Neymar, nos veremos na Libertadores/2012.
Te cuida Barça, o Inter já está rumo ao JAPÃO/2012!

 

Top Blog 2011


Hoje é dia de festa no Urbanascidades. A Arquiteta Sílvia Terbeck Gatti, autora do blog arquiteturadoimovelarq.blogspot.com foi a vencedora do Top Blog 2011, na categoria Casa e Decoração/Profissional/Jurí acadêmico. Colega de colégio e de faculdade, namorada e esposa, sócia de escritório, mãe do Nicolas, a Sílvia é uma companheira da vida toda, além de ótima profissional e pessoa. Mas isso os que tiveram a felicidade de a conhecerem e conviverem com ela já sabem (por isso o título da postagem). Parabéns Sílvia pela tua conquista, o merecimento é teu, e eu que acompanhei o nascimento e desenvolvimento do blog sei do teu esforço em produzir um blog de qualidade que refletisse as tuas ideias e conceitos de arquitetura e decoração, com teu jeito particular de expressar teus conhecimentos. Especialmente pela perda recente de tua (nossa) mãe, este premio e reconhecimento demonstra que sempre estivesses no caminho certo, apesar dos percalços da vida e a incompreensão de alguns poucos clientes.
Um grande beijo no teu coração, do teu fã número um,
Paulo Bettanin.

Histórias de la Undeze


da esq para direita esposa de João Arroque,Anita,o próprio, Dr. Giacobbo, presidente do Banco da EXpensão Economica , Armando A. de Negri e TherezaMariade Negri.

Acervo de Armando de Negri.


DA ESQ PARA direita Dr. Luiz Giacobbo,presidente do Banco da Expansão Economica,Armando de Negri, gerente da agencia do banco em Serafina e sua esposa Thereza Maria de Negri e o filho Armando Antônio no colo. Na frente dos mesmos, o menino deve ser o atual dr. Roberto Arroque ou seu irmão, o promotor Altamir) e o padre vigário FranciscoLolatto,o padre Chico. Acervo de Armando de Negri.

Observem SErafina: não tem banco privado lá.só tem o Banrisul, a CEF e o BB.Agora, parece que o Bradesco estaria por colocar uma agencia.

Mas o primeiro banco de Serafina funcionou na antiga av.dr. Julio Campos- hoje chama-se Miguel Soccol - e foi inaugurada em dezembro de 1963.

Durou apenas dois anos.depois foi fechada.

As fotos foram deum churrasco da inauguração realziado no restaurante do salão paroquial. Quem identificou a foto,o dr. Oraldo Rodrigues, reconheceu o local por causa da pintura da flor na parede.

Coleguinhas


Nubia Salete Marques Silveira


A SARGENTONA QUE PROVOCA

PANICO NOS FUNCIONARIOS PUBLICOS


CHAMADA Pelo prefeito José Fortunatti, Nubia Salete Marques Silveira, nascida a 19.11.1946 em Minas de Butiá- filha de Ayr Azambuja e Naura Silveira- assumiu o jornalismo da prefeitura de porto Alegre. Consequencias imediatas é que alguns jornalistas que só assinavam o ponto e passavam as horas no mol, agora tão pegando pautas e serviço.

Em todas as assessorias públicas onde Núbia chefiou, o pessoal quase entra em pânico.

- A Núbia inventava pautas de como foi meu pior ou melhor Natal na Agência da Assembléia comenta um ex-colega referindo-se a passagem da jornalista quando ela chefiou o jornalismo da Assembléia Legislativa.Uma colega concursada da Assembleia Legislativa negou-se a fazer alguns trabalhos dados pela chefe e lhe respondeu:
- Isto aqui não é a redação da zero hora. Eu não fiz concurso pra fazer tudo isto.Núbia se nega a falar deste assunto, quando a procurei pra confirmar o fato.Ele disse que prefere esquecer o passado.

A Núbia quando não tem serviço, ela inventa, diz um outro, que trabalhou com ela na assessoria de imprensa da Câmara Municipal.

Alguns colegas que a Núbia não é esta Brastemp toda e que encima de sua fama de durona,ela vai empilhando chefias em órgãos públicos.

Mas ver a duração na prefeitura.

Quando passou em redações de jornais, ela deixou uma leva de admiradores - alguns subordinados - mas outros não guardam muitas boas lembranças dela pelo seu jeito exigente e durão de ser.

Umdos que tinham especial afeto pela ex-chefe era o repórter Carlos Wagner que depois que ela se transferiu pro Diário Catarinense ia sempre visitá-la em Floripa.

Fumacê


Golden Boys
Hê! Hê! Hê! fumacê!
Ah! Ah! Ah! fumaçá!...(2x)
Êh fumaceira
Tá saindo do lado de lá
Tem alguém queimando coisa
Tá botando prá quebrar...
Ou será que é o Zé Bento?
Tá roçando prá plantar
Ou então é a Zefinha
Que prepara o meu jantar?
Se não for o João da Nêga
Que fugiu para fumar...
Hê! Hê! Hê! fumacê!
Ah! Ah! Ah! fumaçá!...(2x)
Eu não saio mais de casa
Se começa a trovejar
De relampo tenho mêdo
Eu não quero me queimar
Se o relampo cai no mato
Mato vai incendiar
Tem mais fogo que a Zefinha
Quando quer me agarrar...
Hê! Hê! Hê! fumacê!
Ah! Ah! Ah! fumaçá!...(2x)
Êh fumaceira
Tá saindo do lado de lá
Tem alguém

TUTTI GIORNI NO VIADUTO DA BORGES

NAO ABRE MAIS NAS TERÇAS....


Pois a fumacê foi tanta e os vizinhos começaram a reclamar tanto da bagunça que o bar TUTTI GIORNI, no viaduto da Borges que nos últimos meses tinha virado cult nas noites de terças, não abriu mais. Muita gente deu de cara com o bar fechado. O Gringo, que é dono, e é de Muçum( terra do comendador Balaustre) resolveu atender os reclamos da vizinhança e não mais atendeu a piazada que vinha lotando o bar na calçada.

O sucesso começou porque ali se reunia a GRAFAR e as guriazinhas,estudantes de jornalismo, queriam ir lá tietar o SANTIAGO, o FRAGA, o EDGAR VASQUES( BOM COM SEU TRADICIONAL MAU HUMOR NÃO É FACIL CHEGAR PERTO DO CRIADOR DO RANGO)- um dia conto aqui a história da namoradinha do Mossmann, a Jane, que o Edgar " roubou " do alemão dentro da redação da Folha da Manhã,nos anos em que lá trabalhamos- . Pois entao a Grafar durante um bom tempo se encontrava lá. As vezes ia o CORVO, e raramente ele, sim a maior celebridade de Porto Alegre, quiça do RS, que igual ao Wody Allen em Nova Iorque nunca se sabe quando vai ou não pintar, o LFVerissimo( o algoz do Juremir Machado na ZH em 1995)...

pOIS O tUTTI gIORNI tornou-se tão célebre que contam no bar do Renato que fica a meia quadra de lá que de madrugada lá pelas cinco d a manhã engradados e mais engradados de garrafas vazias de cerveja eram retirados da calçada e postos dentro do bar.

As vezes faltava patricias e outras preferidas e galera saía desesperada pelos bares da volta a procura.

mas parece que os rolos, as confusões, fizeram o Tutti Giorni não abrir mais as terças.

E também há um outro relato: a GRAFAR teria vazado de lá,, porque viram que digamos elementos não desejados vindos da Cidade Baixa estavam tomando conta do pedaço. E os cartunistas vazaram antes que o ponto queimasse de vez.

REGABOFE em sigilo na TEDESCO ACABOU DESCOBERTO

POR ESPERTINHO que levou 3 acompanhantes!

Esta é muito boa, aconteceu dias atrás e mostra a cara dura de alguns coleguinhas...


Um coleguinha pintou num regabofe dias atras na construtora Tedesco que era pra ser em petit comitê.Estavam me parece comemorando a construção do teatro da FEEVALe.E o coleguinha cara de pau ainda levou três acompanhantes. Nao se sabe se eram também coleguinhas ou não. Isto o assessor de imprensa da Tedesco não soube precisar.

O que vazou é que depois de um choque - quando viram o cara de pau na maior alegria, se apresentando inclusive pro assessor de imprensa e dizendo ah, eu te conheço - natural porque todo mundo pensou que ele obtivera a informação dentro da ARI foi de que os veinhos de lá que gostam de um regabofe e não perdem um iriam em comitiva pra la.


O assessor de imprensa começou a se preocupar e pensar como sairia desta saia justa....

Não precisou porque não pintou ninguém mais lá de jornalista, a não ser quem tinha que estar lá mesmo.


DEpois de descartar a hipótese de que o vazamento da notícia tivesse acontecido dentro da ARI(meu deus, seria lá uma sucursal dos famosos PAPA COQUETEIS DA CIDADE??? PORQUE UM DELES TINHA ATÉ A CARTEIRINHA DA ENTIDADE DADA PELO ALBERTO ANDRE) o assessor de imprensa da Tedesco concluiu que o cara dura tinha visto mesmo anúncio do regabofe nacoluna intitulada agenda do danilo ucha no JC

Bah, vamos morrer e não vamos ver tudo, seguramente!

O defunto que morreu duas vezes

Já houvera um tempo, há quase três décadas atrás, que a maioria dos setores pertencentes à Secretaria da Segurança Pública do Estado de Sergipe, trabalhava precariamente com equipamentos e viaturas velhas, totalmente sucateados, embora tivesse uma boa mão de obra pertinente com excelentes e dedicados profissionais. Dentro deste patamar laborativo o Instituto Médico Legal não ficava para trás, tendo um único Rabecão em péssimas condições de conservação para arrecadar os corpos oriundos de mortes violentas em todo o Estado de Sergipe.

O velho e obsoleto Rabecão tinha como seu ponto de problema central a “junta”, ou seja, era unânime todos afirmarem: “Junta tudo e joga fora”.

Dentro deste conceito, a tranca da porta do fundo daquele veículo também não funcionava a contento, estava com defeito e quase sempre se abria quando dos tombos nas estradas esburacadas.

Certo dia, mais de perto, em uma madrugada, quando a equipe retornava do interior do Estado após recolher um andarilho morto na estrada vitima de homicídio, estando já próximo do IML em Aracaju, mais de perto, na passagem de um canal de esgoto a céu aberto, havia uma alta lombada em que os motoristas tinham que ser cautelosos para não causarem acidentes, daí o condutor do Rabecão se esqueceu do fato, talvez até pelo cansaço do trabalho exaustivo daquele dia, ou talvez pela pressa para chegar à repartição a fim de tirar um breve descanso, passou pela tal lombada na velocidade que vinha em uma cidade adormecida e sem transito algum. Quando o pesado veículo bateu na lombada, subiu e desceu ao solo, a porta do fundo se abriu e o defunto saiu voando com bacia e tudo mais para se estatelar nas proximidades, oportunidade que o morto caiu de cabeça na quina de um meio-fio vindo a sofrer um forte traumatismo craniano encefálico, espalhando até partes dos seus miolos pelo chão e, para piorar ainda mais a situação rolou para dentro do fétido esgoto, defunto esse que se vivo estivesse fatalmente teria morrido.

Foi aquela confusão dos diabos com os funcionários desorientados com aquela situação cômica se não fosse trágica que por sorte não juntou gente, pois além de tudo dava uma leve garoa de chuva fina e gelada nessa madrugada em que eu estava como Delegado de Plantão de Aracaju. Logo os maqueiros e perito que estavam no Rabecão decidiram recolher novamente o defunto e, após o exame cadavérico já no Instituto Médico Legal resolveram abafar o caso sem o conhecimento da imprensa.

E assim, o defunto que morreu duas vezes, uma por homicídio proveniente de arma branca e outra proveniente de acidente de trânsito, foi enterrado como indigente sem ser identificado nem tampouco reclamado por alguém por ser um andarilho sem qualquer familiar ou documento de identificação.


Autor: Archimedes Marques (Delegado de Policia no Estado de Sergipe. Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Segurança Pública pela Universidade Federal de Sergipe) archimedes-marques@bol.com.br

Os Novos Torquemadas

Zapeando sobre coisas minhas postadas na internet dei com o teu blog. Mas, Bah! Que bela surpresa. Antes, obrigado pela canja. Nele está meu artigo "Os Novos Torquemadas". Quando comecei a ler o teu blog senti vergonha do que eu fiz. Isto é que é um blog cuiudo. Aberto a todos e a tudo, variado, fotos e artigos ombream o mesmo espaço. Uma diversidade agradavel de assuntos sendo abordados de uma forma inteligente e bem humorada. Não estou dizendo um pleonasmo porque conheço muita gente inteligente que é um porre. Meus parabens! Desde já sou mais um leitor teu.

Jorge Alberto Benitz

Coleguinha

*Na TV Assembléia é proibido chamar Dilma de presidente. Só presidenta. Então tem gente torcendo que acabe a atual gestão deo Villa pra que possam chamar a Dilma de presidente.

*Eduardo Quadros, o Bola, fotógrafo do presidenteda Assembléia Legislativa, Adão Villaverde, estaria ou esteve acompanhando em horário de expediente na Assembléia o deputado quando este esteve na Cãmara Municipal como candidato a prefeito. E mandou fotos pras colunas. Uma saiu até na Pagina 10 da ZH...


*Ana Amélia Lemos não veio receber o premio Lideres e Vencedores, entregue dias atrás no legislativo estadual.

Ela prometeu na campanha que não se ausentaria do Senado nas terças, quartas e quintas.


*A Meméia mandou um video pro evento da entrega do troféu que lhe deram!

*Deputado José Sperotto(PTB) - da base aliada - integrante da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa queixou-se da pouca participação de deputados no projeto denominado de GRANDES DEBATES, um dos tantos eventos da atual gestão do Villa.

*Não convidem pro mesmo jantar Daniel Bordignon (PT) e o Giovane Feltes(PMDB).

*Noticias que começam a pulular em sites parecem indicar quea apresente administração do legislativo estadual estaria começando a viver seu inferno astral ...POrém, isto é comum em fim de gestões. Tanto as críticas, como os probelmas.


*Alguns debates na TV Assembléia ao vivo não foram totalmente ao ar. Um câmara que lá trabalha confessou a um conhecido:
- Se eu ponho no ar, dá problema, se não ponho também dá. E se mostrou conformado.

 

Coleguinhas

FIM DA AGENDA???

DEpois que descobriram que a agenda do Danilo Ucha no JC serve pros filadores de regabofes pintarem lá, tem gente achando que alguns releases só serão publicados pós evento

Coleguinhas

CARA DE PAU LEVOU 3 ACOMPANHANTES!


Um coleguinha se esmerou(sem nome, por favor) Descobriu um evento na Tedesco, cujo assessor de imprensa é o Valter Todt e foi pra lá. Levou 3 acompanhantes.

- Até que ele amenizou a noite, porque só tinha homens lá, comentou ainda um dos promotores do regabofe,que prefere manter o nome em sigilo.


Pois o dono do tal site, na maior cara de pau - bom, isto nunca lhe faltou - ainda dava ares de grandes coisas.

Muita gente achou que ele, por ter frequentado a ARI no passado tivesse ficado sabendo do tal evento na vetusta entidade.

Que nada. Ele viu mesmo na agenda do Danilo Ucha, no JC.

O engraçado que quem pagou o pato foi o Antônio Goulart, porque o Mário Santarosa, chegou no grupo que se encontra diariamente e cobrou dele o espalhamento do coquetel e do regabofe.

Goulart alegou que não sabia de nada.

A VERDADE É A ÚNICA MANEIRA POSSÍVEL DE ESQUECER


De Buenos Aires
Gelson Farias


A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) entregou hoje à justiça argentina um arquivo com mais de 130 fotografias de corpos encontrados nas costas uruguaias, e que corresponderiam a vítimas da ditadura militar argentina lançadas ao mar nos denominados “voos da morte”. O arquivo, que permaneceu confidencial durante 32 anos, é parte de um dossiê com imagens e informes redigidos por serviços de inteligência uruguaios que dão conta da descoberta de corpos na zona de Laguna de Rocha e que, presumivelmente, foram arrastados pelas correntes marinhas até a costa uruguaia. Para a justiça argentina, dada a magnitude da evidência, trata-se de uma das provas mais claras da existência dos voos da morte.


Mais quatro mulheres foram jogadas para foram da aeronave, entre elas, a fundadora das Mães da Praça de Maio na Argentina (ultima a direita da foto)

Esta informação está registrada no documento com mais de cinco mil páginas enviado á justiça Argentina, entre 6 e 20 de setembro de 1979. Os documentos redigidos na ocasião deram conta de modo contundente do plano de extermínio executado pelos militares argentinos – aglutinados na Escola de Mecânica da Armada (Esma) – e cujo ato bárbaro culminante foi à desaparição de presos políticos lançados vivos ao mar. O informe também relata de maneira direta o drama que a Argentina vivia durante a ditadura em função da “ação das autoridades públicas e de seus agentes, e das numerosas e graves violações dos direitos humanos que ocorriam no país”.
As fotografias dão conta da crueldade com que atuavam os agentes da ditadura: corpos com os pés e mãos amarradas, cordas feitas com cortinas de persianas, queimaduras de cigarros, feridas, evidências de torturas e orifícios de balas. Um corpo de mulher que parecia ter passado muito tempo na água ainda mantinha as unhas de seus pés pintadas.


Freira francesa Léonie Duquet (direita), foi jogada viva do avião

Em alguns casos, estão inteiros, mas comidos pela fauna marinha; inchados, putrefatos, sem cabelos nem olhos. Em outros, parecia que o dano tinha sido feito previamente.



O avião Ficheiro: Shorts SC.7 Skyvan.jpg, usado para jogar as vítimas no oceano.

Segundo os informes da inteligência uruguaia, a maioria dos corpos apareceu com ataduras rústicas, ou com traços delas. Isso demonstraria que as vítimas tiveram os pés e mãos imobilizados e, assim, não tiveram possibilidade alguma de nadar e salvar-se após serem jogadas vivas nas águas. Estas fotos são mostradas pela primeira vez ao mundo. Elas estavam arquivadas e fazia parte do volumoso processo sob re à participação de militares no fatídico vôo da morte. Muitos dos mortos encontradas na costa das praias da Argentina e do Uruguai não puderam ser identificados em virtude da putrefação geral.


Estes são partes dos corpos das vítimas do voo da morte jogadas ao mar.

Um informe apócrifo sobre a descoberta de um corpo feminino, feito em abril de 1976, assinala: “O corpo apresentava indícios externos de violência: sinal de violação, provavelmente com objetos perfurantes, fraturas múltiplas. Não há nenhum possível elemento de identificação. O corpo foi extraído desnudo das águas e as impressões digitais obtidas não trouxeram respostas positivas”.


Santiago Cantón (ao fundo) com o juiz Sergio Torres,


Os primeiros informes datam de 1975. Entre os papéis se encontram mapas com os ciclos das correntes e indica Buenos Aires como ponto de partida. Estes dados permitem inferir que os corpos pertencem a desaparecidos argentinos. Também se encontraram moedas e cédulas argentinas e uma carteira de Santa Fé. Os documentos foram entregues pelo secretário executivo da CIDH, o argentino Santiago Cantón, ao juiz Sergio Torres, encarregado da mega-causa ESMA, que investiga os voos da morte. A comissão desconhece a origem dos documentos. Só sabem que alguém os entregou em 1979. É possível pensar que seja resultado das imagens feitas por um ex-marinheiro uruguaio, Daniel Rey Piuma, que desertou da força, pediu refúgio no Brasil e difundiu as imagens por meio de uma organização civil no início dos anos 80. Parte desta informação apareceu no livro “Um marinheiro acusa”, publicado em 1988. A entrega destes arquivos para a justiça argentina representa uma mudança de paradigma no funcionamento da CIDH, já que é a primeira vez que ela abre seus arquivos confidenciais para um processo judicial. Embora esses documentos ainda não tenham sido corroborados, a justiça argentina os considera fundamentais não só para o caso dos voos da morte, mas também porque pode embasar um pedido para que o Estado uruguaio desclassifique todos os documentos relacionados com a descoberta de corpos na mesma época. “Estes documentos podem servir para identificar pessoas e mostram a existência das torturas, das violações, das ataduras. Estes documentos não são os primeiros que a CIDH entrega à justiça argentina. Este ano, o juiz Torres viajou a Washington e revisou 60 caixas com documentos sobre denúncias recebidas pela Comissão durante a última ditadura. Grande parte desse material foi escameada e já faz parte do processo. Cantón explicou que, dado o tempo transcorrido, a democracia na Argentina e a firme determinação da Comissão em colaborar com as causas de direitos humanos, “é possível abrir muito mais documentos”.


Aero parque Jorge Newberry. Deste aeroporto - que na época da ditadura era utilizado como aeroporto militar na Argentina -- partiu o vôo da morte.

Por Gerson Anzzulin!


A prefeitura de Porto Alegre ampliou o contrato com o Instituto de Cardiologia. O valor anual do convênio passará de R$ 52 para R$ 60 milhões. Isto permitirá um acréscimo de 1.500 consultas por mês as 3.500 mil que já são realizadas. Também ocorrerá um acréscimo de 12 mil exames de laboratório. O diretor do Instituto de Cardiologia, Alberto Beltrame, informou que também será implantado um centro de reabilitação cardíaca que beneficiará os pacientes do pós-operatório. O subsecretário municipal da saúde, Marcelo Bosio, ressaltou que esta nova etapa permitirá a qualificação dos serviços prestados aos usuários do SUS da capital e região metropolitana.

VAI DAR QUEM???

A IMPRENSA ACHOU QUE A PRESIDENTA DILMA ESTAVA DANDO NOS DEDOS DOS COLEGUINHAS QUE FORAM NA SEXTA PASSADA PRO CAFÉ DA MANHÃ ONDE TERIA PERGUNTAS.

OUVI PARTE DA COLETIVA REPRODUZIDA NA GAUCHA , DE TARDE.


NÃO ACHEI QUE A PRESIDENTA ESTIVESSE PROPRIAMENTE MAL HUMORADA. ATÉ QUE NÃO.


EM TEMPO

DIZEM POR AÍ QUE OS 3 QUE ESTÃO NO PÁREO PRA OCUPAR A PASTA DO TRABALHO- DEIXADA PELO LUPI - SÃO O DEPUTADO FEDERAL BRIZOLA NETO, O DEPUTADO FEDERAL, VIEIRA DA CUNHA E O SUB MINISTRO ANDRÉ FIGUEIREDO. ESTE, PORÉM, TEM UM PROBLEMA: ELE ESTAVA NAQUELE AVIÃO MALDITO QUE PEGARAM O LUPI.

Deu na Veja

Pois o nosso "eterno" presidente campeão do mundo pelo Grêmio, o desembargador Fábio André Koff ganha no CLUBE DOS 13 só a bagatela de 72.000,00 mensais...Muito pouco.!!!!..afora a outra aposentadoria.

DEU NA VEJA

NA EDIÇÃO QUE CIRCULOU NA SEMANA PASSADA, A VEJA FEZ UMA DAQUELAS SUAS MATÉRIAS TRI ELABORADAS....

OPODER POR TRAS DAS COXIAS.

COISAS DE BASTIDORES DOS QUE TIVERAM PODER NESTE PAIS. ACONSELHO A LEITURA QUE A FIZ COM MUITO PRAZER!UMA PENA QUE A EXPOSIÇÃO ESTEJA SENDO DADA NO RIO DE JANEIRO. TOMARA QUE VIAJE O PAIS. E NA FGV E TORÇO PRA QUE SEJA LEVADO A OUTROS ESTADOS TAMBÉM.

MARCOPOLO PREVÊ CRESCER 7,5 % EM 2012
E ATINGIR RECEITA LÍQUIDA DE R$ 3,6 BILHÕES

Empresa divulga guidance para 2012 com produção de 32,5 mil
unidades em todo o mundo
Caxias do Sul (RS), 16 de dezembro de 2011 - A Marcopolo S.A., amparada na “Política de Divulgação de Informações”, Capítulo II, Artigos 17 a 20, que trata das expectativas de desempenho futuro, informa que as expectativas para 2012, são de atingir receita líquida consolidada de R$ 3,6 bilhões, com crescimento de 7,5% em relação a este ano. A produção global também deverá ser maior, com a fabricação de 32,5 mil unidades.

Segundo a direção da empresa, mantidas as condições atuais de mercado e do desempenho econômico do País, a produção em suas unidades no Brasil deverá atingir 20 mil unidades e as 12,5 mil restantes provenientes das fábricas no exterior. Para isso, a companhia pretende aplicar investimentos no montante de R$ 140 milhões, incluindo nesse valor, o investimento recentemente anunciado na Austrália.

Desta forma, a Marcopolo dá continuidade à sua estratégia de crescimento global, com forte atuação nos principais mercados do segmento de ônibus do mundo. Este ano, a empresa anunciou um programa de investimentos de R$ 350 milhões para o período de 2011 a 2015, sobretudo na modernização de suas fábricas, aumento de capacidade e produtividade, formação e qualificação de mão de obra e para desenvolvimento de novos produtos.

Secco Consultoria de Comunicação
Tel. 11 5641-7407 | secco@secco.com.br

RESCALDO DO ALMOÇO DA FARSUL


80 rádios transmitiram a entrevista coletiva do presidente, Carlos Sperotto. Todas do interior e mais 6 da capital. Não se sabe se é pago ou não. Perguntei mas não me afirmaram peremptoriamente se sim ou não.


*Roberto Tavares, pela Rádio Guaíba e Lizemara Prates, pela Farsul, foram os dois que comandaram a coletiva do Sperotto( que é bem pavão, sim senhor)


*O ceguinho das coletivas também pintou na Farsul. Não há boca que ele não vá. Não é o único, aliás.


*O Roberto Tavares, do Correio e da Guaíba, quando transmitia ao vivo, se esmerou em elogios ao careca presidente da Farsul( que eu chamo de COVIL DO LATIFUNDIO)

- o presidente Sperotto, explica agora, COM A SOBRIEDADE QUE LHE É NATURAL, dizia o gordo Tavares...Menos, Tavares, menos


*Vicente Romano, colega da bancada do PP, da Assembléia Legislativa, sustenta que a Farsul não é mais o covil dos latifundiários...

Tá bom, Romano, tá bom.

Vai ver que o covil é no MST!

PDT,discretamente,

faz sua campanha!


Embora 2012 ainda não tenha chegado,muito espertamente, o gabinete da deputada Juliana Brizola distribui este adesivo que faz uma propaganda subliminar do partido.

Segundo entendidos, campanhas políticas só podem ser feitas após as convenções dos partidos que são realizadas no meio do ano.

Será que o TRE vai tomar alguma medida contra o adesivo?

DE SÃO BORJA

dIZEM A BOCA PEQUENA QUE O VEREADOR FELTRIN SERIA O CAVALO DO COMISSÁRIO, OU SEJA, O PREFERIDO DO PREFEITO MARIOVANE WEIS. MAS TEM OUTROS VEREADORES TAMBÉM QUERENDO SER CANDIDATOS A PREFEITO. CELSO LOPES, EMBORA DIGA QUE QUER MESMO SER DEPUTADO, TÁ LOUCO PRA SENTAR NAQUELA CADEIRA DO PALÁCIO JOÃO GOULART. E O QUE MAIS TEM MUFUNDA NA PARADA, OU SEJA, VOTOS, É O FARELO ALMEIDA MESMO. VAMOS VER O QUE VAI DAR!

O Jornal do Mercado

noticiou a reabertura no dia 8/12 do bar Naval. Ficou meio encima do muro. Elogiou o boteco que era antigamente, mas não deixou de elogiar também o novo Naval, super moderno.

Um paulista que andou por aí foi no Naval e se apavorou com o novo bar. Acho que simplesmente nada a ver.

Muitos dirão isto, mas agora é assim que é e pronto. Os novos donos são do Marco Zero.


Mazzarino

O Terlera me disse que vai te cobrar direitos autorais já que está usando o nome criado por eles. O editor.

 

Ô esperto, só te mandei o material pelo fato da profissional enfocada ser de
Estrela, cidades que razões que desconheço, admiras. Balaustre jr.

Mazzarino

A explicação


Já que não mudaram o nome da rua, podiam ao menos mudar o texto explicativo. Veja embaixo como ficaria bonitinha a placa.


Remindo Sauim

Notas

A prefeitura de Porto Alegre inaugurou 47 novos leitos no hospital Vila Nova, que passa a ter agora um total de 346 leitos, todos destinados aos pacientes do Sistema Único de Saúde. O subsecretário municipal da saúde Marcelo Bosio disse que em janeiro o município contará com mais 32 leitos no hospital Luterano, localizado na rua Alvaro Alvim, no bairro Rio Branco. Ressaltou ainda que mais 100 leitos estarão à disposição dos usuários do Sistema no hospital Independência entre os meses de maio e junho.

O prefeito José Fortunati assinou o edital de manifestação de interesse para apresentação de estudos de viabilidade e propostas de operação de transporte hidroviário de passageiros. O município também abrirá a possibilidade para que uma empresa preste o serviço pelo período experimental de um ano. A previsão é de que o edital de licitação do serviço seja lançado até o final de 2012. O diretor-presidente da EPTC Vanderlei Cappellari acredita que diante dos bons resultados surgidos com o transporte Porto Alegre-Guaíba deverão surgir empresas interessadas em executar o serviço. A proposta é de que a linha sai da região central ou da zona norte em direção à zona sul da capital.

GERSON ANZZULIN

CATAMARÃ VIROU ATRAÇÃO EM BUENOS AIRES

SEGUNDO INFORMA GELSON NUNES O CATAMARÃ QUE LIGA PORTO ALEGRE A GUAÍBA ESTÁ SENDO DIVULGADO NOS DOIS AEROPORTOS DE BUENOS AIRES,NO DE EZEIZA E NO AEROPARQUE. COMO ATRAÇÃO NA PORTO ALEGRE DOS GAUCHOS. tAMBÉM NÃO ERA PRA TANTO....

Do site espaço vital


Natal em família, o melhor Natal do mundo


Por Marco Antonio Birnfeld,
criador do Espaço Vital

Quem é da velha guarda certamente recorda que, nos 70 a 90, era gostoso, todos os meses de dezembro, ficar esperando e, depois, cantarolar os versos dos comerciais natalinos da Varig. Ano a ano, a "pioneira" abusava - no bom sentido - do mesmo jingle, remontado em novas versões. Cantada ora por crianças, ora por artistas – como Xuxa e Jorge Benjor - as estrofes marcaram gerações:

"Estrela brasileira no céu azul
Iluminando de norte a sul.
Mensagem de amor e paz,
Nasceu Jesus,
Chegou o Natal.
Papai Noel voando a jato pelo céu,
Trazendo o Natal de felicidade
E um ano novo cheio de prosperidade.
Varig, Varig, Varig".

As últimas imagens e áudios disponíveis trazem versões que, comparadas com a propaganda do século atual - não eram de rica elaboração, em decorrência da falta de recursos técnicos. Mas o estribilho da Varig era gostoso.

Do ano 2000 para cá vimos também alguns lugares-comuns: crianças sorrindo, famílias em volta da mesa, luzes em abundância, jingles pegajosos, e até famosos ganhando uma bolada em grandes campanhas.

Agora em 2011, o grande sucesso - talvez o melhor comercial natalino do país - é da rede gaúcha Zaffari, com o seu "Natal em família, o melhor Natal do mundo", criação da Agência Matriz e realização final da Midia Effects. Cerca de 60 pessoas participaram da realização, que teve cuidados preciosos, desde a concepção da ideia. A produção foi longe (até Madrid) para emocionar gaúchos e paulistas, com o enredo do jovem gaúcho que foi estudar e trabalhar no exterior e deixou, por aqui, a mãe saudosa. O final é emocionante e o comercial é gostoso de se ver uma, duas, três vezes.

A música “No dia em que eu saí de casa”, de Zezé Di Camargo e Luciano - sem ser uma unanimidade - também agradou a maioria das pessoas com quem o editor comentou: houve aprovação no desafio que era transformar uma composição sertaneja conhecida em uma melodia mais sofisticada.

No limiar deste novo Natal, o Espaço Vital sai um pouco fora de sua habitual linha jurídica para cumprimentar a empresa patrocinadora e todos os envolvidos na obra que une sentimentos familiares e natalinos.

Parabéns!

Mais uma capa do livro do Amaury

Remindo Sauim

Tucano defende CPI da Privataria: "É nosso dever investigar"


Os deputados Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS), Antônio Imbassahy (PSDB-BA) e Fernando Francischini (PSDB-PR) surpreenderam o tucanato ao assinarem aCPI da Privataria, proposta por Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) para investigar supostos esquemas de desvio de dinheiro durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O burburinho é fruto da publicação do livro "A privataria tucana", que acusa o ex-governador de São Paulo, José Serra, de integrar um intrincado esquema de lavagem de dinheiro em paraísos fiscais.
Informe JB

Remindo Sauim

Caro Remindo

Em alguns assuntos, sou um túmulo!Abs do editor.

 

Faltou a foto da placa que estava anexada.
O que que eu espero sentado, a criação da CPI do Tucanato ou o nome do maridão do táxi.
O Juremir foi bem na Privataria Tucana.
A Zero Hora também deu matéria, mas contra o Amaury, eles estão no rolo da privatização das teles, dizem que devem uma banana em imposto da venda de sua parte em uma tele.

AEROLINEAS ARGENTINAS FAZ FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO PELO NATAL

De Buenos Aires
Gelson Farias


O Natal é festa nas empresas, instituições e outros organismos e os dirigentes costumam oferecer para seus funcionários um encontro de confraternização, durante a quadra natalícia.

Em jantar, realizado na última terça-feira, em Buenos Aires a companhia aérea argentina ofereceu a seus parceiros comerciais – agentes de viagens do Brasil e funcionários um jantar de confraternização pela passagem do Natal. A festa, que contou com a apresentação de um casal de dançarinos de tango, foi um momento de confraternização. Segundo Juan Pablo Lafosse, vice-diretor de assuntos de Marketing, trata-se do “reconhecimento ao esforço desse importante elo da cadeia do turismo, responsável por 90% das vendas de bilhete”. O encontro finalizou dia de atividade intensa, iniciado com visita dos executivos da companhia aérea, acompanhados dos agentes premiados.


Juan Pablo Lafosse.

De acordo com Lafosse, a compra dos aviões Embraer é o reflexo do quanto o mercado brasileiro é importante para a companhia. "O Brasil é nosso principal mercado estratégico. Crescemos muito no último ano e até 2011 esperamos dobrar nosso voos entre os países", anunciou. Em março a companhia teve um incremento de quase 50% na oferta de voos no Brasil. Além disso, novos voos em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre e mais dois destinos (que os diretores não quiseram revelar) estão nos planos de expansão das rotas da Aerolíneas. Atualmente, são 65 freqüências entre Brasil e Buenos Aires que registram ocupação média de 75%.

Durante a festa, 17 agentes argentinos e nove brasileiros foram agraciados com um troféu pelo volume de vendas. Confira os premiados do interior da Argentina: Lozada, Ola, Chasma Tours, Lua Viajes, Delfos; em Buenos Aires: BCD Travel, Swan Turismo, Longueira y Longueira, Action Travel, Ricale, TTS Viajes, Furlong Fox, Byblos, American Express, Tucano Tours, Rotamun e Despegar; no Brasil: Esferatur, Tia Iara, Skyteam, Advance Turismo, Submarino, Decolar, Gapnet Turismo, CVC e Flytour.


Local da festa de confraternização da Aerolineas Argentinas.



Todos os funcionários da aerolineas Argentinas, no final da festa.

Roteiro do findi!


ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O

CURSO DE VERÃO

INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DA ÁFRICA

Com Bolivar Gomes de Almeida

Dias 04, 11, 18 e 25 de janeiro de 2012,
quartas-feiras, das 19 às 21h
naPalavraria


Apresentação, em 4 'atos', da História da África. O objetivo é fornecer aos interessados, elementos para posterior aprofundamento, temporal, regional ou temático.
Nos poucos cursos de História que oferecem, no Brasil, algumas cadeiras de África em geral se limitam ao período posterior à partilha colonial. Por isso, a abrangência maior, de forma a possibilitar uma diferenciação entre os diversos povos componentes do multifacetado continente.

Que civilizações houve antes do domínio europeu?
Que características teve a relação entre europeus e africanos antes da tomada de Ceuta? E no período que vai de 1415 a 1885?
A escravidão existente era igual à que conheceu nosso continente?
Como o colonialismo afetou a economia africana?
Qual o efeito da Primeira Guerra Mundial em África?
O mais pobre continente tem futuro?

São algumas das questões cujas respostas procuraremos encontrar.

Programa:
04 - Pré-História; Antigas Civilizações; Estados Medievais
11 - Da Queda de Ceuta até a Partilha Colonial
18 - Século XX
25 - África Hoje

Custo: R$ 200,00

Bolívar Gomes de Almeida se graduou em História pela FAPA, onde também fez Especialização em História Contemporânea.

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h



Em clima de Natal, Ospa se apresenta domingo em Encantado

Encantado - A Administração Municipal traz para o município domingo,
dia 18, o Concerto Natalino da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre
(Ospa), na Igreja Matriz São Pedro. O espetáculo terá início às
20h30min, sob a regência diretor artístico da Ospa, maestro Tiago
Flores. A entrada é franca.

A Ospa executará obras de Rossini, Puccini, Bizet, Ravel, Tchaikovsky e
do maestro Alfred Hülsberg, entre outros. O concerto terá a
participação da soprano Elisa Machado. Ao escolher um repertório
variado, Tiago Flores pretende destacar as várias nuances da orquestra,
suas possibilidades timbrísticas e estilos diferentes. "Também pensei
em um programa mais adequado para o fim de ano, com obras populares, não
muito longas, que também privilegiasse o canto solista", comenta.

De acordo com o secretário da Administração, Luciano Moresco, um dos
idealizadores do evento, "o evento oportunizará para a comunidade
apreciar boa música, apresentada por uma das melhores orquestras do
Brasil. A vinda da Ospa valoriza o município, além de incrementar a
programação natalina e alegrar o espírito de toda comunidade".

A apresentação da Ospa é uma promoção da Administração Municipal e
integra a programação do Natal Mais Encantado.

Foto: Ospa se apresenta pela primeira vez em Encantado

Soprano Elisa Machado

Graduada pela UFRGS, foi integrante e preparadora vocal do Coro
Sinfônico da OSPA. Apresentou-se com várias orquestras no Estado e,
entre as obras executadas, estão as óperas Bastien und Bastienne, A
Flauta Mágica e Boiúna - A Lenda da Noite. Atualmente é preparadora
vocal do Coral EmCanto dos Correios e do Coro do SESC/RS. Trabalha
técnica e repertório com o barítono Carlos Rodriguez.

Maestro Manfredo Schmiedt

Fez mestrado em Regência pela Universidade da Geórgia (EUA) e
graduação em Regência pela UFRGS, além de participar de cursos de
regência na Alemanha, Holanda, Argentina, Estados Unidos e Brasil.
Estudou com renomados maestros. Foi regente assistente da Orquestra
Sinfônica da Universidade da Geórgia (EUA) por dois anos e, durante
quatro, assistente do Maestro Isaac Karabtchevsky na OSPA. Regeu
importantes orquestras brasileiras e do Exterior. Atualmente é o regente
titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica da UCS (Caxias do
Sul) e regente do Coro Sinfônico da OSPA.

Maestro Tiago Flores

Graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul sob a
orientação de Arlindo Teixeira, especializou-se em regência orquestral
em São Petersburgo (Rússia) com Victor Fedotov. Participou de cursos,
oficinas e festivais com Kurt Redel (Alemanha) e Lutero Rodrigues e
venceu o concurso Jovens Regentes promovido pela Orquestra Sinfônica de
Porto Alegre (OSPA). Tendo atuado à frente de orquestras do Brasil,
Venezuela, Uruguai, México, Itália e Áustria. Foi diretor artístico
da OSPA entre 1999 e 2001. Regente da Orquestra de Câmara da ULBRA desde
sua fundação, vem recebendo inúmeros elogios da crítica
especializada, destacando-se como grande incentivador da nova música e
tendo contribuído, em muito, para o reconhecimento do conjunto como um
dos melhores do gênero no país.

Serviço

Dia: 18 de dezembro - domingo

Hora: 20h30min

Local: Igreja Matriz São Pedro

ENTRADA FRANCA

PROGRAMA

Gioachino Rossini - La Gazza Ladra

Georges Bizet - Suíte Nº 1 da ópera Carmen

Maurice Ravel - Bolero

Giacomo Puccini - O Mio Babbino Caro

Solo: Elisa Machado (soprano)

Giacomo Puccini - Ária da Muzeta - da ópera La Bohème

Solo: Elisa Machado (soprano)

Pyotr Ilyich Tchaikovsky - Valsa das Flores da Suíte Quebra-nozes

Cesar Frank - Panis Angelicus

Solo: Elisa Machado (soprano)

Adolphe Adam - Ó Noite Santa

Solo: Elisa Machado (soprano)

A. Hülsberg: Canções de Natal de todo o mundo

Glória - Adeste fideles - Boas festas - Noite Feliz

Solo: Elisa Machado (soprano)

Regência: Maestro Tiago Flores


Eliane Arbusti Fachinetto
Jornalista DRT/RS 11.324

 

Atividades de encerramento 2011 do Tablado Andaluz Espetáculo FEDERICO e Festa FLAMENCURA - PRA SAIR DA CASINHA


O TABLADO ANDALUZ encerra o ano de 2011 com dois eventos com a Banda FLAMENCURA: o Espetáculo FEDERICO e a Festa de encerramento do ano e despedida da sede da Osvaldo Aranha. Aguarde as novidades para março!

Espetáculo FEDERICO
FEDERICO narra os últimos momentos da vida do poeta Espanhol , FEDERCIO GARCIA LORCA. Apesar de muito famoso por sua arte e manifestação cultural, e principalmente pelo legado deixado ao flamenco em forma de versos, sua história de vida é pouco conhecida.
Esse espetáculo retrata a busca de Lorca pela liberdade de expressão em uma Espanha sob regime militar do ditador Franco, passando pelo seu sofrimento na prisão, até sua desonrosa execução, devido sua opção sexual.
O repertório traz o Flamenco como base para as coreografias e música, e o mescla com o contemporâneo e o jazz, gerando nova estética e sonoridades, resgatando o melhor de cada gênero.
A montagem, sob direção de Pedro Fernandez, conta com Michel Dorfman nos teclados, Renata Bernardino no violino, Edu Saffi no baixo, Rafael Melo no cajón e Gustavo Rosa na percussão. Na guitarra flamenca conta com o convidado Especial Davi Caldeira.

Dia 17 de dezembro, sábado, às 20h
Teatro de Câmara Tulio Piva - Rua de República, 575
Ingressos a R$ 20,00 - Já a venda no Tablado Andaluz (Av. Osvaldo Aranha, 418 / Fone: 951) 3311.0336

FLAMENCURA - PRA SAIR DA CASINHA !
Após 20 anos vividos na Casinha situada na Av. Osvaldo Aranha, 418, onde o TABLADO ANDALUZ ficou conhecido e tornou-se o referencial de Flamenco do RS e do Brasil, está deixando esta querida sede. A última atividade da casinha será a FESTA FLAMENCA ao som da BANDA FLAMENCURA, encerrando 2011 e este ciclo de 20 anos. Momentos inesquecíveis, grandes projetos, nova geração de artistas, famílias, grandes pessoas, amizades, sons, sapateados, braços, cante, o inicio e ... muito Flamenco no coração de Porto Alegre.

Dia 22/dezembro, quinta-feira, às 22h
Tablado Andaluz - Av. Osvaldo Aranha, 418
Ingressos a R$ 15,00 - Já a venda no Tablado Andaluz

PROMOÇÃO - VENDA CASADA
Ingressso do Espetáculo FEDERICO + Ingresso FLAMENCURA + Copo de Sangria (na festa) = R$ 30,00

De Paris ao Boqueirão, Basileu Ribeiro, um fotógrafo Alegretense da Belle Époque


O fotógrafo amador, autor de um verdadeiro tesouro fotográfico, é Basileu, filho do Sr. Demétrio Nunes Ribeiro, primeiro Ministro da Agricultura da República do Brasil, engenheiro, bacharel em ciências físicas e matemáticas, primeiro engenheiro a implantar no Brasil linhas telegráficas e depois estrada de ferro. Adepto ao positivismo um dos fundadores do Partido Republicano Rio-grandense, e Dep. Federal na Constituinte de 1891. Além de outros requisitos como: empresário, pecuarista, humanista, homem que teve idéias além de seu tempo.
O filho não seguiu o mesmo viés do pai, o mundo de Basileu era aventura, um voyageur. Através de seus negativos de vidro comprados no início do séc.XX, na: “Au Gélatino Bromure d´Argent”: 82 Rue de Rivoli, Paris, podemos traçar um verdadeiro roteiro de suas viagens através do mundo, “As Aventuras de Basileu”. Com sua máquina fotográfica Verascope Richard no ombro, e uma sensibilidade de verdadeiro artista, ele fotografava com uma suavidade como os mais célebres dos fotógrafos de sua época, suas fotos nos dão uma “impressão de nascer do sol” uma suavidade ímpar, tinha técnica, percepção e preocupação com o equilíbrio estético da imagem suficiente para fazê-lo figurar no panteão dos raros fotógrafos. Deixando uma valiosa herança às gerações futuras, suas fotos são testemunhas de nunca mais repetir-se existencialmente. Suas fotos documentam precisos ângulos urbanos de Paris, Lisboa, Montevidéu, Porto Alegre e a vida no campo em Alegrete, entre 1912 a 1926 (datas que constam nos negativos).
Um séc. depois tive acesso aos negativos (placas do mais puro cristal), deste fotógrafo do séc. passado. com um trabalho meticuloso de quatro meses digitalizando, restaurando as imagens, que apesar de terem permanecido num lugar inadequado durante muito tempo, encontravam-se num estado relativo de conservação, graças ao material de ótima fabricação. As imagens que serão expostas no dia 20 do corrente mês em Alegrete é apenas uma pequena parte do acervo do artista. Foi uma verdadeira descoberta arqueológica do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul.

Fotógrafo: Alfonso Abraham
Produtor Cultural do Projeto


roteiro do findi

começou a epoca das vacas magras...culturalmente falando.

Porto alegre já está bem mais vazia...

Vou pegar uma cadeira de praia e vou ler na pracinha da Encol meu livro sobre a vida do Ronaldo Boscoli.

Turma da Agência da Assembléia comemoram final de ano no Chalé da Praça XV de Novembro.

Festinha foi ontem de noite.

*Volmer Jardim, que ontem esteve no COVIL DO LATIFUNDIO no almoço de fim de ano, volta pra fronteira na semana que vem.

*Vou mandar pelo Volmer um livro do BRIZOLA pro capincho...Ele me mandou 5 exemplares daquela bomba que um escritor vendeu lá na época da Legalidade!

ULTIMAS

A prefeitura de Porto Alegre inaugurou 47 novos leitos no hospital Vila Nova, que passa a ter agora um total de 346 leitos, todos destinados aos pacientes do Sistema Único de Saúde. O subsecretário municipal da saúde Marcelo Bosio disse que em janeiro o município contará com mais 32 leitos no hospital Luterano, localizado na rua Alvaro Alvim, no bairro Rio Branco. Ressaltou ainda que mais 100 leitos estarão à disposição dos usuários do Sistema no hospital Independência entre os meses de maio e junho.
O prefeito José Fortunati assinou o edital de manifestação de interesse para apresentação de estudos de viabilidade e propostas de operação de transporte hidroviário de passageiros. O município também abrirá a possibilidade para que uma empresa preste o serviço pelo período experimental de um ano. A previsão é de que o edital de licitação do serviço seja lançado até o final de 2012. O diretor-presidente da EPTC Vanderlei Cappellari acredita que diante dos bons resultados surgidos com o transporte Porto Alegre-Guaíba deverão surgir empresas interessadas em executar o serviço. A proposta é de que a linha sai da região central ou da zona norte em direção à zona sul da capital.

Coleguinhas


Fotógrafo Guerreiro é leitor deste blog.

*Este blog está me deixado famoso. Era tudo o que não queria.


*Pau nelles!


* Coleguinha BAIANO NA PREFEITURA DE PORTO ALEGRE está cumprindo pautas especiais que irão pro site da prefa. Com a Núbia lá, é hora de ler o site da prefa.


*Foi o próprio prefeito Fortunatti que levou a Núbia pra prefa.

*Quando esteve na Cãmara Municipal, a Nùbia não foi esta unanimidade toda. Teve gente que queria sair correndo diante de tanto trabalho. Aí ela inventou de fazer um livro e deixou o Sebastião Mello, presidente da Camara, na mão.


*Baiano já tá se conformando. Boteco agora só depois do expediente. Ontem chegou as 20 horas noboteco do Renato, na Duque. Foi ovacionado.

Ministro da Saúde visita obras do Hospital da Restinga

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esteve visitando as obras do Hospital da Restinga. O vereador Comassetto, junto ao Prefeito José Fortunati e ao presidente da Assembléia Legislativa, deputado Adão Villaverde, acompanhou a visita, apresentando as obras ao ministro. Padilha falou da importância desta realização, que proporciona uma nova visão sobre o papel de hospitais Filantrópicos de excelência.

O Hospital Moinhos de Vento será o responsável pelo programa de saúde integral da Restinga e Extremo Sul, com uma rede de 16 equipes de saúde da família e oito de saúde bucal, somadas ao Hospital da Restinga. Na nova modelagem de filantropia, este projeto é o mais avançado.

O Ministro confere esta experiência e modelagem como um exemplo a ser seguido. O vereador Comassetto afirmou que “Esta é uma conquista da comunidade junto com o Poder Público do qual, com muito prazer e orgulho, faço parte”.

Feltes participa de audiência que debate extensão do metrô ao longo da RS 239


Ainda vivendo a expectativa da conclusão das obras da linha do trensurb até Novo Hamburgo no próximo ano, lideranças políticas e representantes da região do Vale do Sinos já se mobilizam para levar o metrô até as cidades de Campo Bom, Sapiranga e até mesmo Taquara, no Vale do Paranhana.O líder da bancada do PMDB, o deputado Giovani Feltes participou de um primeiro encontro para discutir a proposta, organizado pela Comissão de Serviços Públicos da Assembleia. A primeira etapa desta nova expansão do trem metropolitano seria através da interligação com o Campus 2 da Feevale, com a alternativa de utilização do aeromóvel para atender este trajeto.


Dos leitores!

Antonio Augusto Bandeira


Como sou teu leitor, vi com surpresa e alegria, "envelhecer",escrito por mim que nem me lembrava
Só posso dizer -muito obrigado pela honra!

coleguinhas

Começou a comparação entre os tocos que as entidades dão no fim de ano. Um coleguinha comentou que a Enir Grigol, da Fiergs, tinha comentado em novembro que ela convencera o alemão( presidente da entidade) a abrir a mão . O presente lá uma baixela da tramantina, segundo avaliações do mercado, chega a mais ou menos 100,00 reais.


E na Farsul deram um kit de sobreviventes. Oleo, cereais e comida.


Mas tamos todos agradecidos, simsenhor.


Eu gosto dos vinhos que o Valter Gomes mande me entregar em casa.

Justiça condena gravadora Sony a pagar mais de R$ 1,2 milhão por racismo em música de Tiririca

Fabrício Calado e Fábio Luís de Paula
Do UOL Notícias, em São Paulo
O Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) determinou ontem (14) que a gravadora Sony Music pague mais de R$ 1,2 milhão por entender que há racismo na música "Veja Os Cabelos Dela", escrita pelo cantor e deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP). A canção foi lançada originalmente no CD "Florentina", de 1996.
O cálculo do valor é do advogado Humberto Adami, e se refere a ação movida por ele contra a gravadora por causa da música (leia a letra abaixo). Adami representou ONGs que combatem o racismo, encabeçadas pela ONG Criola, de defesa das mulheres negras. "Essa música trouxe uma série de problemas para as mulheres negras, expostas ao ridículo", diz o representante legal da ONG.
Em 2004, a Sony Music foi condenada ao pagamento de R$ 300 mi de indenização, mas recorreu. A decisão de ontem, segundo o advogado, manteve o valor e aplicou a correção monetária; por isso, o advogado diz que a indenização deve passar de R$ 1,2 milhão. O valor foi calculado com base nos lucros obtidos pela venda do disco de Tiririca à época. O álbum vendeu em torno de 250 mil cópias.
A decisão não afeta Tiririca, autor da música, já que ele não foi arrolado como parte do processo, apenas a Sony. "Na época do início do processo, em 1997, ele era uma pessoa sem posses. A sentença vale para quem tem o porte econômico", explica Adami. O advogado das ONGs descarta abrir novo processo contra o agora parlamentar. Cabe à Sony decidir se acionará Tiririca para "rachar" a indenização. A gravadora já depositou parte do dinheiro em juízo.
Para o advogado, ainda que demorada, a decisão é um marco na luta contra o racismo. "Da mesma forma que a comunidade judaica nos ensina que não dá para ter paciência com neonazistas, é importante estar alerta para esse tipo de conduta de quem discrimina."
O UOL Notícias entrou em contato com a Sony Music para comentar a decisão, e aguarda retorno da gravadora.
Confira a letra da música "Veja os cabelos dela"
(Alô gente, aqui quem fala é Tiririca
Eu também estou na onda do axé music
Quero vê os meus colegas tudo dançando)
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Parece bom-bril, de ariá panela
Parece bom-bril, de ariá panela
Quando ela passa, me chama atenção
Mas os seus cabelos, não tem jeito não
A sua catinga quase me desmaiou
Olha eu não aguento, é grande o seu fedor
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Veja veja veja veja veja os cabelos dela
Parece bom-bril, de ariá panela
Parece bom-bril, de ariá panela
Eu já mandei, ela se lavar
Mas ela teimo, e não quis me escutar
Essa nega fede, fede de lascar
Bicha fedorenta, fede mais que gambá
(Vamo todo mundo agitando, com Tiririca)
Veja veja veja veja veja os cabelos dela (12x)

O Santos terá que repetir o Inter de 2006

Depois que sai da Farsul,ontemm( o covil do latifundio) me dirigi junto com o colega Volmer Jardim até a parada do onibus na Osvaldo. E comentamos sobre o Matz...que chefiou o Volmer na zero, na central do interior. Pois aí chegou mais este comentário dele.!

O Santos terá que repetir o Inter de 2006


Por Luiz Oscar Matzenbacher


Os gremistas ainda comemoram, um ano depois, somente a derrota do Internacional para o Mazembe. Mas aplaudiram a contratação do mesmo técnico Celso Roth que deixou Oscar, Damião e Giulliano no banco e perdeu nas semifinais em 2010 a chance de disputar o título mundial da Fifa com o Inter brasileiro contra o Inter italiano.
É verdade, o Inter perdeu para o Mazembe, mas depois ganhou o Gauchão e a Recopa Americana de 2011. E ainda se classificou para a Pré-Libertadores 2012. E o Grêmio ganhou em 365 dias apenas os pulinhos do Kidiaba. Pelo modo como comemoram, o prazer único dos gremistas é o trenzinho do goleiro do Mazembe.
Espero que o Santos repita o feito do Internacional de 2006, derrotando o Barcelona. Até o domingo, pelo menos, o Internacional ainda continuará sendo o atual detentor brasileiro do título de Campeão Mundial de Clubes da FIFA. É o único clube gaúcho detentor do título oficial da FIFA, conforme atesta o próprio memorial da FIFA afixado no estádio do Japão.
O Santos tem time para repetir tal façanha colorada e derrotar o Barcelona no Mundial da FIFA. Mas não tem Messi e Guardiola. Tudo depende da superação do jogador Neymar edo técnico Muricy Ramalho

NO COVIL DO LATIFUNDIO

1) POIS FIQUEI LÁ SABENDO QUE O RIO GRANDE TCHE TEM QUASE 14 MILHÕES DE CABEÇAS DE GADO. E QUE DE OVELHAS SÃO 5 MILHÕES


2) O GORDO CARECA, QUE É PRESIDENTE DA ENTIDADE, - SPEROTTO - É GENTE BOA E FRANCA. CHEGOU A DIZER QUE A MELHOR HORA PRA ASSALTAR UMA PROPRIEDADE É ENTRE 9 E 11 E DAS 14 AS 18 HS, QUANDO OS HOMENS ESTÃO NO CAMPO E AS MULHERES FAZENDO COMIDA. DEPOIS SE ARREPENDEU E PEDIU PR ANÃO PUBLICAR ISTO

3)O SPEROTTO,DIANTE DE UMA PERGUNTA CAPCIOSA MINHA CONFESSOU QUE VOLTOU EM DILMA ROUSSEFF. DEPOIS VOLTOU ATRÁS E DISSE QUE VOTARIA NOVAMENTE....

4) O PONTO CRITICO ME CUMPRIMENTOU PELA PERGUNTA MATREIRA QUE FIZ AO SPEROTTO. REPÓRTER TEM QUE SER LIGEIRO E PEGAR O ENTREVISTADO NA CONTRAMÃO...

5) NA HORA DO ALMOÇO, SPEROTTO PASSOU NA MESA ONDE ESTAVA, - NA MINHA FRENTE O VOLMER JARDIM, AO LADO A SMIDT - E ME DISSE QUE EU FORA MALANDRO. QUE NADA PRESIDENTE, APENAS VI QUE O SENHOR TINHA CONFESSADO QUE VOTARA NA DILMA. O SPEROTTO ME LEMBROU O FIGUEIREDO, A QUEM NUNCA ENTREVISTEI, MAS QUE TEM O JEITO ABERTO E FRANCO. GOSTO DE GENTE ASSIM...

6) nO COVIL DO LATIFUNDIO, OS COLEGUINHAS FICAM TODOS SORRIDENTES. nÃO SEI PORQUE JORNALISTA GOSTAM TANTO DE GENTE RICA.

7) SE FOSSE UMA COLETIVA DO MST, NÃO IRIA NINGUÉM. AH, JÁ SEI É PELO BANNER DO SENAR, MAS ISTO POUCOS TEM

8)O SETOR DEVE TER GANHO MUITO ESTE ANO, PORQUE NÃO VI QUEIXAS. NEM DA SECA QUE ASSOLA O RIO GRANDE. TÃO RINDO FACEIROS.

9) A BOIA FOI UM SIMPLES CARRETEIRO. nEM PARECCIA CASA DE FAZENDEIRO. JURO QUE FUI LÁ PENSAMDO EM COMER UM CHURRA DA MELHOR QUALIDADE.

10 - DEPOIS ENCONTREI O VALTER TODT COMENDO NO GAMBRINUS UM EXCELENTE CARRETEIRO E LHE DISSE; O TEU É MELHOR DO QUE COMEMOS NA FARSUL....

NO COVIL DO LATIFUNDIO

aLMOCEI ONTEM NO COVIL DO LATIFUNDIO. QUASE FUI LÁ COM O BONÉ DO MST MAS O COLEGA ROBERTO TAVARES, DO CORREIO DO POVO, QUE CONHECE BEM AQUELE POVO( REACIONÁRIO , DONO DE TERRA É MUITO APEGADO A SUA PROPRIEDADE) ME ACONSELHOU A NÃO IR...

- AQUI NÃO É O CHULA( REFERIA-SE AO EMPRESÁRIO ANTONIO CHULA, DONO DO EXPRESSO CAMBARÁ, QUE DURANTE MUITOS ANOS FOI PRESIDENTE DO SINDICATO DOS ONIBUS DA CAPITAL) ONDE TU DIZIA PALAVRÃO E NINGUÉM DIZIA NADA, ME COMENTOU O TAVARES.

PROMETI AO COLEGA, QUE CONHEÇO HÁ TANTOS ANOS E COM QUEM SEMPRE TIVE BOAS RELAÇÕES QUE VOU CONTAR A HISTÓRIA DO DIA EM QUE POR UM TRIZ ELE NÃO FOI PRESO NA FERRAGEM PETROPOLIS...ELE ME ACONSELHOU A NÃO FAZE-LO PORQUE ENVOLVE A MAIS MISTERIOSA DE TODAS AS ORGANIZAÇÕES OCULTAS( VOCES JÁ SABEM DO QUE ESTOU FALANDO,E AQUELA QUE NASCEU ENTRE OS PEDREIROS DA IDADE MÉDIA)

 

A SENADORA ANA AMÉLIA LEMOS(PP)

Que tem tudo pra ser candidata ao governo do Estado) - ainda nos anos 70, ao lado da repórter da RBS Regina Lemos. Eram então apenas colegas de empresa, que possuem o mesmo sobrenome.


Ana Amélia Lemos e Regina Lemos( não são nem parentes)


O acervo é da Regina, a Lemos!

REMINDO, O REVANCHISTA!!!!!

 

A explicação
Já que não mudaram o nome da rua, podiam ao menos mudar o texto explicativo. Veja embaixo como ficaria bonitinha a placa.
Remindo Sauim

A POPULARIDADE DE MINHA NETA

hOJE, QUANDO FUI PEGAR O ELEVADOR DA FARSUL DEPOIS DE PEGAR MEU TOCO, UM COLEGA COMENTOU: TEM COISAS AÍ PRA HELENA. PENSEI. ESTE AÍ LE MEU BLOG, PORQUE FALO DA NETA SEMPRE AQUI. DISSE AO LEITOR, QUE É UM COLEGUINHA, EVIDENTE( PERDÃO QUE NÃO SEI O NOME DELE)>
- vOU AO RIO E VOU LEVAR ALGO PRA ELA.

PURA DEMAGOGIA...NÃO VOU NEM AO RIO, NEM VOU LEVAR NADA...FICA PRA QUANDO TERMINAR MINHA DIETA...AH...AH..AH...

Historias de la Undeze


NO SITIO, NINGUÉM ENTENDE

O MOTIVO PELO QUAL LHE ERA EMPRESTADO!


Há uma história deliciosa em Serafina, mas que não se pode dar os nomes....Pois um cara casado andava transando( andava de caso, como quiserem) com uma mulher casada. Tudo gente do mesmo extrato social.

Acontece que a mulher traída( não a que traía) descobriu direitinho onde os dois pombinhos se encontravam. Num sítio de lazer perto do rio Carreiro.

Um dia ela ficou na campanha e bateu lá na hora H...Não é preciso dizer que rolou a maior baixaria....

Como são digamos gente de famílias distintas, toda esta história rolou na boca do povo, que nestas horas se vinga de uma forma medíocre, contando as mazelas que eles pobres, não tem nem como viver, ou então se vivem, não tem o menor glamour quando descobertos...

Nesta caso, - a rolação da baixaria...- a mulher traída deu um sopapo na amante do seu marido - todo mundo ficou sabendo. Eles pensam que ninguém sabe. A boca do povo é mais maligna do que se pensa.

Em tempo: não se sabe se a mulher que andava dando ( pulando a cerca,dizem no interior) também apanhou do marido. Acha-se que não porque todo mundo o chamava de corno manso...

Estão separados...mas a mulher traída ficou com o marido.Talvez ficou com medo de não arrumar outro.

do espaço vital.

Redução da indenização a mulher apontada, na televisão, como prostituta


O STJ reduziu o montante de reparação moral devido pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) a uma mulher apontada como prostituta em programa exibido pela rede em agosto de 1998. A 3ª Turma fixou o valor em R$ 60 mil, diferentemente do que havia sido estabelecido pelo TJ de São Paulo (TJSP), que vinculou o montante devido ao valor de 180 salários mínimos.

A 3ª Turma decidiu que "não é possível indexar a indenização ao salário mínimo, pois isso geraria aumento desproporcional, tendo em vista a política governamental de valorização do mínimo". A condenação foi fixada sem conversão em moeda corrente para posterior correção, o que, segundo a relatora, ministra Nancy Andrighi, gera "situação inusitada, na qual se corrige além da inflação".

Na reportagem que gerou a indenização, a rede abordou a vida de mulheres supostamente casadas que se prostituíam durante o dia e cuidariam do lar à noite, levando vida dupla. O SBT sustentou que a reportagem seria verídica e opôs exceção da verdade, o que não evitou a condenação.

De acordo com a relatora, a acusação de prostituição feita sem a autorização ou conhecimento da parte atingida, em programa de tevê em rede nacional, justifica a condenação do responsável a reparar o dano moral causado.

À época em que a sentença foi proferida, abril de 2000, a indenização foi fixada em 500 salários mínimos, o que equivaleria, então, a R$ 75.500. Hoje 500 salários seriam R$ 272.500,00, mais os juros legais. No julgamento da apelação pelo TJ-SP, a indenização foi reduzida para 180 salários mínimos.

Na data do julgamento do recurso pelo STJ, com o salário mínimo no valor de R$ 545, a indenização teria novamente se elevado, dessa vez para um montante de R$ 98.100 - sem computar os juros. “É uma situação que claramente não pode se sustentar”, analisou a ministra. “O fundamento da indenização tem de ser exclusivamente relacionado ao motivo do gravame, o que torna inconveniente qualquer indexação vinculada a salário mínimo”, disse ela.

Além de afastar a indexação pelo salário mínimo, a 3ª Turma, seguindo o voto da relatora, optou por fixar a condenação no valor médio de outras reparações por dano moral concedidas a pessoas que se sentiram ofendidas nas mesmas condições, pela mesma reportagem do SBT.

Segundo a relatora, a fixação do valor conforme a média das indenizações concedidas a outras mulheres que também recorreram à Justiça contra a emissora atende ao princípio da segurança jurídica. A indenização foi estabelecida em R$ 60 mil, corrigidos monetariamente a partir da decisão do STJ, incidindo juros a partir da citação.

O SBT defendia que os juros incidissem a partir do acórdão proferido pelo TJ-SP no julgamento da apelação, mas a relatora lembrou que, segundo a Súmula nº 54 do STJ, os juros de mora em casos de responsabilidade civil extracontratual devem ser contados da data do evento danoso.

No entanto, a ministra Nancy Andrighi deixou de aplicar a Súmula nº 54 porque o TJ-SP havia fixado o início da incidência dos juros na data da citação e a parte contrária não recorreu contra esse ponto. Assim, para não haver reforma em prejuízo do SBT, a relatora manteve a incidência dos juros conforme decidido pelo tribunal paulista.

OSCAR NIEMEYER


Niemeyer completa hoje 104 anos de vida. Esse gênio da arquitetura desafia tanto leis de longevidade como as impostas pelo trabalho de arquiteto. Saúde e paz ao idealizador dos prédios de Brasília e de diversas outras obras notáveis!

do blog do Adeli Sell


Histórias de La Undeze


BEY GANHOU NA LOTO


Maria Isabel Santin(Bey) quando era namorada do médico Enio Massolini , nos anos 80, do século passado - hoje ela tem mais ou menos 50 anos, não devo ter errado de um, se é que errei)jogou na Loteria Esportiva e não é que acabou ganhando....

Pois, honesta e correta , ela deu a grana pro Enio. Em troca, ganhou um fusca, sei que foi um carro...

No Rio de Janeiro, onde seu cunhado Valcir Segundo Reginatto morava e trabalhava na Credeal, a notícia chegou com muita rapidez. Um dia tomando mate com um colega de empresa, outro serafinense, ele comentou o assunto e demonstrava estar brabo com a atitude da cunhada.

Aí seu colega serafinense pegou do telefone e ligou pra Bey...falando numa mistura de português com dialeto vêneto(sim a Bey ainda entende como se parla el talian) mas não se identificou. E deu uma ralhada nela, pela sua atitude de dar a grana a quem a tinha mandado jogar na loto.

Dizem que até hoje Bey não sabe quem teria sido o autor daquele telefonema.

Espaço de Convergência da Assembleia Legislativa recebe o nome do deputado Adão Pretto


Eduardo Quadros


Emoção e saudade marcaram a solenidade de descerramento da placa que denominou o Espaço de Convergência do Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa com o nome do deputado Adão Pretto, falecido em 2009. O ato que ocorreu na noite de quarta-feira (14) na Assembleia Legislativa reuniu amigos, familiares e colegas em homenagem ao camponês que atuou durante 23 anos como deputado em nome da reforma agrária, direitos humanos e justiça social.
Em nome da família, o deputado Edegar Pretto (PT) agradeceu todas as bancadas da Casa por terem decidido em decisão de Mesa, que a homenagem ao ex-integrante do Legislativo gaúcho seria um ato de todo o Parlamento. ?Sei que, mesmo os que eram opositores aos ideais do meu pai o respeitavam por sua postura firme e por seus fundamentos, por isso acredito que a decisão foi unânime?, destacou. O parlamentar também falou da honra que é passar pela sala e ver o retrato de um agricultor que largou a enxada para lutar pelos trabalhadores do campo e pelo direto à terra. ?Meu saudoso pai deixa um grande legado de luta e bravura. Era a mesma pessoa com agricultores e na tribuna do parlamento. Adão foi um grande brasileiro que nunca vacilou na defesa da classe trabalhadora e se hoje fosse nos pedir algo, é que continuássemos sua luta ao lado dos mais fracos. E isso eu te garanto meu pai, fique tranquilo que a luta não vai parar?, disse Edegar emocionado.
A atividade fez parte da I Semana Adão Pretto, iniciada nesta terça-feira (13), com a abertura da exposição fotográfica ?Um pé na luta, outro no parlamento?. Esse que sempre foi a marca dos mandatos de Adão Pretto, foi referido pelos participantes da homenagem como um dos principais legados deixados pelo parlamentar.
O local que passa a levar o nome de Adão Pretto é constituído por salas de reuniões e salas anexas e situa-se no pavimento térreo da Assembleia Legislativa. A denominação foi dada pela Resolução 3076/2011, proposta pela Mesa Diretora da Casa. O ex-deputado Adão Pretto foi sindicalista e um dos fundadores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no Estado.
Depoimentos
Durante a solenidade, entre canções e declamações, amigos, familiares e colegas de Adão Pretto prestaram sua homenagem ao homem que foi exemplo de determinação e coragem. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adão Villaverde (PT), disse que o gesto de nomear um espaço com o nome de Adão talvez pudesse não ser um gesto com a dimensão e a importância que ele merecia, mas que nesta sala sua imagem estará imortalizada. O representante do MST, Ivori Moraes, enfatizou que a sala deputado Adão Pretto é um espaço onde a classe trabalhadora se enxerga, porque ele sempre foi referência na luta pela democracia e reforma agrária. O presidente de honra do PT, Olívio Dutra, salientou que Adão sempre fez da política a construção do bem comum com o protagonismo das pessoas. Já o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Estilac Xavier, também falou sobre o companheiro e relembrou a alegria, a disposição de ouvir, o espírito acolhedor e a humildade de Adão Pretto.
Presenças
Participaram da solenidade familiares, o secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, o secretário adjunto de Desenvolvimento Rural, Ronaldo Franco, o secretário de Segurança, Airton Michels, o advogado Jacques Alfonsin, o presidente do IRGA, Claudio Pereira, deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, pequenos agricultores, assentados, representantes do MST, da Via Campesina, da Procuradoria Nacional da Fazenda, da Polícia Civil, do BRDE, da Secretaria de Educação e da Secretaria de Política para Mulheres.

Informações: Vanessa Massmann


Leandro Molina - Jornalista MTb 14614

De Serafina

Encontro de Vigilâncias em Saúde do RS

A equipe da Vigilância em Saúde de Serafina Corrêa esteve participando do 7º Encontro Regional de Vigilância Sanitária e 3º Encontro Regional de Vigilância em Saúde. O evento aconteceu em Marau, no dia 9 de dezembro de 2011. Estiveram presentes autoridades locais, como o Prefeito Municipal, o presidente da Câmara de Vereadores e o Secretário de Saúde de Marau, bem como o Coordenador da Vigilância em Saúde da 6ª Coordenadoria Regional de Saúde e secretários municipais de saúde de vários outros municípios.
Representando o Centro Estadual de Vigilância em Saúde, CEVS, de Porto Alegre, a médica veterinária Susete L. Saar Almeida. Nesse evento, estiveram presentes mais de cem profissionais das Vigilâncias dos municípios pertencentes à 6ª Coordenadoria Regional de Saúde – CRS. O encontro, que já se tornou uma tradição, é um momento de troca de experiências e de confraternização entre os presentes. Pela manhã, houve apresentação da Vigilância em Saúde Regional (Sanitária, Epidemiológica, Ambiental e do Trabalhador) e visitação à 1ª Mostra de Experiências em Vigilância em Saúde.
À tarde, houve a escolha dos Fiscais Sanitários 2011, onde foram eleitos os fiscais Patricia Betineli de Serafina Corrêa e Julvan Hemerich de Marau. Para finalizar o encontro, houve apresentação teatral “Profissionais de Vigilância no Futuro”, interpretada por Fiscais da 6ª CRS.
O município de Serafina Corrêa teve a honra de ser convidado a participar desse importante encontro, apresentando o Projeto Pequenos Vigilantes para os representantes dos diversos municípios. A servidora Patricia Betinelli explanou as atividades realizadas em Serafina Corrêa, falando do sucesso e da realização ao executar esse projeto.

CPI do tucanato


O deputado federal Protógenes Queiroz, em associação com o deputado Brizola Neto, completou 172 assinaturas e, assim, criou a CPI da Privataria. Ele precisava de 171.
O 171º foi o deputado Juliano Rabelo, do PSB do Mato Grosso. Como se diz na bandidagem, a casa caiu!
Do bog Conversa Afiada.

Remindo Sauim

de Serafina


Eis o Rio Carreiro, como está hoje. 50 anos atrás, era puro mato, habitado por uns negros que dizem eram fugitivos da Guerra do Paraguai. Quem contou esta história pra rádio Guaíba, anos atrás, foi o dr. Roberto Arroque. Ele sabe bem como estes negros( por favor, não vou chamar de quilombolas) chegaram lá e se estabeleceram.

Hoje o rio Carreiro virou um grande centro de lazer, que aos fins de semana, no verão, recebe milhares de turistas!

coluna A Hora/Lajeado - hoje

O Mazza ainda vai ser famoso. Hoje ele pensa que é....apenas( não passa de um informante do Pedro Ernesto Denardim) agora te dou um conselho Mazza. Depois que tu fores famoso essa gente nem mais vai te cumprimentar. Eles gostam é de cupincha que dá boas notas pra eles. Falo de experiencia pessoal Um fdp destes nem mais me cumprimenta, mas quando eu passava notas tipo dossiê do Barranco, aí ele gostava.

www.jornalahora.inf.br

 

Privataria tucana


Já que não sai nada na Zero Hora, nem no Correio e nem no Sul, o negócio é aproveitar esta matéria da Agência Brasil, para que teus leitores saibam mais sobre a grande roubalheira dos governos tucanos, estes anjinhos.


Da Agência Brasil


Protógenes quer apresentar ainda hoje pedido de criação da CPI da Privataria
O deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-RJ) pretende apresentar ainda hoje (14) à Mesa Diretora da Câmara o pedido de criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar o esquema de lavagem de dinheiro apontado pelo livro Privataria Tucana, do jornalista mineiro Amaury Ribeiro Júnior. Protógenes, que iniciou ontem (13) a coleta de assinaturas, tinha na tarde de hoje, a adesão de mais de 100 deputados ao pedido. Para que a CPI seja criada, são necessárias pelo menos 175 assinaturas.
"Espero entregar hoje o pedido, com mais de 200 assinaturas colhidas em tempo recorde", disse o deputado que se surpreendeu com colegas ligando para seu gabinete para assinar o documento. "Geralmente, quando se começa a colher assinaturas para uma CPI, há muito debate, muita briga, o que não está ocorrendo. Deputados tucanos e de outros partidos da oposição assinaram o pedido", disse Protógenes. Ele citou, entre os apoiadores do pedido de criação da CPI, os deputados Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS), Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Fernando Francischini (PSDB-PR) e Onyx Lorenzoni (DEM-RS).
É a primeira vez que um livro provoca esse tipo de reação na Câmara dos Deputados. Com 343 páginas, o livro, que chegou às bancas no dia 9 deste mês, apresenta documentos de fontes públicas como a CPMI do Banestado, que foi arquivada em 2004. "Não é uma nova CPI do Banestado. O nosso foco é bem específico. Queremos investigar se as informações contidas no livro são mesmo verdadeiras", disse Protógenes.
O requerimento pede investigação em profundidade das denúncias contidas no livro, que vão de irregularidades no processo de privatização de estatais na década de 1990 até casos de lavagem de dinheiro que envolveriam políticos e pessoas ligadas ao PSDB. Entre os citados na publicação estão pessoas ligadas ao ex-governador de São Paulo José Serra, como sua filha, Verônica Serra, o genro, Alexandre Bourgeois, e um sócio e marido de uma prima, Gregório Marín Preciado.
O livro aponta ainda o ex-diretor da Área Internacional do Banco do Brasil Ricardo Sérgio de Oliveira como operador de um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo empresas offshore em paraísos fiscais e doleiros, com o objetivo de esconder os recursos desviados da privatização.
"O livro é um lixo", disse ontem (13) o ex-governador José Serra, em entrevista à TV Brasil. Recém-escolhido líder do PSDB na Câmara, o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) disse que o partido "não perde nem uma noite de sono" com as denúncias contidas no livro. Para ele, é estranho que as denúncias venham à tona no momento em que se questionam as escolhas feitas pela presidenta Dilma Rousseff para os ministérios.
"Estranho isso vir à tona neste momento, 15 anos depois, sem nenhum questionamento feito por nenhum órgão de controle, sem que nenhuma dúvida fosse levantada pelo Tribunal de Contas de União, por exemplo, sobre o processo de privatização da década de 1990. É estranho que isso apareça em um momento em que se questiona a formação do ministério do governo do PT. Não podemos esquecer que a caneta que demite é a mesma que nomeou", enfatizou o líder.
Bruno Araújo defendeu o ex-governador, a quem considera um exemplo de espírito público. "[José Serra] é uma referência moral e ética dentro do nosso partido. É também estranho que essas denúncias ocorram justamente no momento em que ele está sem mandato."
O líder tucano disse que ainda não teve tempo de conversar com a bancada do PSDB sobre o que o partido fará em relação à CPI, nem informou se haverá punição para os integrantes do partido que assinaram o pedido de criação da comissão parlamentar. "Ainda não tratei desse assunto com a bancada, mas acho que devemos conduzir isso de forma conjunta."

Espera sentado, Remindo

 

Me manda por e-mail o nome do marido do táxi e também por que o tal de Previdi não paga teu chapa Terleira. Só conheço estes personagens e assuntos por teu blog, mas estou morrendo de curiosidade.

Recebi do Bandeira



Está excelente. Meus cumprimentos.Antonio Augusto Bandeira

 

43 anos de AI-5

No dia 13/12 passado, no Bom Dia a Guaíba fez umbom trabalho e botou no ar, as falas de 4 personagens na decretação do AI-5. Um deles foi de Jarbas Passarinho, que fez a célebre frase:
- Presidente, às favas os escrupulos!

Outro que falou defendendo o ato foi Delfim Netto, hoje todo conselheiro do Lula.

43 anos de AI-5

Costa e Silva, o presidente que assinou o AI-5

AS FAVAS OS ESCRUPULOS


Fez dia 13 passado, 43 anos da decretação do AI-5, que duraria 10 anos( só foi abolido em 1978) e que deixou o país praticamente às escuras, sem Constituição.

Como todos lembram ou deveriam lembrar o AI-5 foi decretado fechando o Congresso Nacional durante um ano. Ele foi provocado pela não concessão que o Congresso deu pra processar o deputado Márcio Moreira Alves, até então um obscuro deputado do MDB carioca. Moreira Alves havia feito um discurso no Congresso meses antes pedindo para que as moças não dançassem no 7 de setembro com os cadetes, com os militares. Este discurso que poderia ter passado despercebido, desencadeou uma enorme reação dentro das chamadas forças duras do regime, comandados pelo General Jayme Portella, da linha dura da ditadura militar que exigiram a cabeça do deputado. Como o Congresso não deu a licença pra processar, o presidente, sofrendo pressão de toda ordem, reuniu-se no Palácio das Laranjeiras, na sexta feira dia 13.12. 1968 e assinou o decreto que foi o mais conhecido dos Atos Institucionais das Forças Armadas.

Pouco tempo depois, Costa e Silva teve uma trombose e saiu do ar, literalmente. Foi substituído por uma Junta Militar e o pais entraria num regime de trevas, com o começo da luta armada e com os sequestros de embaixadores.

43 anos do AI-5

Personagens do ato que mudou a vida do país!

43 anos de AI-5

Coleguihas

A demissão de Rogério na Gaúcha

Em 1998, quando Olívio venceu a eleição de Britto, Mendelski comentou com colegas na rádio Gaúcha:
- Vou passar os 4 anos batendo.

E todos os dias era aquela pauleira.

A Gaúcha o segurou. Ainda era ogoverno FHC...a nível nacional. Mas em 2002, com a eleição de Lula, Rogério foi mandado embora. O plano era mandá-lo em 2003, mas um comentário dele sobre a TIM antecipou tudo.

COLETIVA na Farsul

eSTAREI HOJE NA COLETIVA DA FARSUL, QUE O MST CHAMA DE COVIL DO LATIFUNDIO.

vAMOS VER SE TEM COLEGUINHAS QUE SE DIZEM CASADOS COM FAZENDEIRAS POR LÁ....

Coleguinhas

Outro coleguinha, um fotógrafo, também da prefeitura municipal, costuma ir muito no TUIM. Não se sabe se no expediente, ou fora dele.

Coleguinhas

ADEUS MOLEZA

O ESTILO NUBIA PEGOU NA PREFEITURA!

Acabou a moleza dentro da prefeitura municipal. O estilo Nubia Silveria tá pegando. O funcionário Paulo Ricardo Moraes que passava de manhã no boteco do Renato,de tarde, ia no expediente e só assinava o ponto pra depois continuar nos botecos, há 3 dias que tem que trabalhar das 13horas 30 minutos até as 18 horas. Ontem por exemplo, teve que fazer uma pauta longe do centro.

Paulo Ricardo, conhecido como Baiano, só depois do expediente deu uma passadinha no Renato e depois foi pra cas. Agora acabou a moleza na prefeitura de Porto Alegre, no jornalismo.

Tava muito mole no tempo do Flávio Dutra. Os caras passavam os dias nos botecos e só assinavam o ponto.

Histórias de la Undeze


Tou me segurando pra não contar a história de como começou a historia de uma empresa que ganhou dinheiro " com trabalho e dignidade"
Sei de todos os detalhes. Um advogado serafinense que trabalhou na Credeal e que morou 19 anos no Rio de Janeiro contou-me como funcionava o esquema. Passava por Caxias do Sul....

Por falar em livros...

Antonio Augusto Bandeira


Estava vindo na minha rua (que não é mais a Esperança e sim á Miguel Tostes),quando um senhor me abordou.
Era um médico vizinho do edifício onde moro que havia lhe dado um livro meu-Crônicas em Folhas Brancas.
Agradeceu, disse que triste é que lia as crônicas e elas desapareciam... o mesmo que acontecia quando buscava Rubem Fonseca.Pláf!
Um aperto de mão e ele foi embora.
Não entendi ou talvez não queira ter compreendido.
Será que ele estava dizendo que não havia conteúdo?
Gente sempre escrevi por gostar, nunca por pretender ser escritor.
Mas crítica é critica.
Quem se mete a rabiscar palavras, está sujeito a ouvir observações.
Mas continuamos.


DEMAGOGIA DE RUAS É DERROTADA

Pelo menos uma vez na vida a Câmara Municipal teve bom senso e não fez a loucura de cobrar dos moradores da Castelo Branco o preço de ter que mudar tudo. Tudo pra satisfazer o ego do Pedro Ruas,que está fazendo pura demagogia pra se eleger no ano que vem. Que Legalidade, que, Ruas se tu largou o PDT e agora estás no PSOL?

Porque, caro vereador, não fostes pesquisar o assunto da Av. Ipiranga, quando um vereador, acho que o Paulo Santana, ou outro, queria que se chamasse Mauricio Sirotsky?

Vai ver, vai!!!


O plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre rejeitou, por 16 votos a 12, o projeto do vereador Pedro Ruas, do PSOL, propondo a alteração do nome da avenida Castelo Branco para avenida da Legalidade. Na justificativa, Ruas ressaltou que era incompatível a cidade manter homenagem a uma pessoa ligada ao período da ditadura militar. Os debates duraram mais de três horas.

O vereador João Carlos Nedel, do PP, afirmou que não seria por iniciativa deste porte que a história do País seria apagada. Nedel também destacou as realizações do governo Castelo Banco. O vereador Sebastião Melo, do PMDB, disse que a discussão sobre bem e mal não levaria a lugar nenhum e não colabora com a democracia.

O trecho Centro-bairro do Túnel da Conceição, em Porto Alegre, vai ser liberado ao trânsito no próximo sábado. O prefeito José Fortunati vai ao local para fazer a entrega da obra.

Com mais esta etapa, a reestruturação do túnel fica praticamente concluída, faltando apenas a reforma da escadaria, com previsão para ser entregue no fim de janeiro. Conforme o secretário municipal de Obras e Viação, Cássio Trogildo, a entrega do projeto foi antecipada em quatro meses. Trogildo destacou que a obra é uma garantia para mais de 20 anos.

Coleguinhas


Denise Nunes no dia que recebeu o troféu doCorecon-RS

Denise Nunes deveria voltar esta semana ao Correio do Povo, como repórter.A coluna lhe foi cortada. Justificaram que os grandes jornais do país não tem mais isto de coluna econômica.

Denise estava se informando com colegas sobre a possibildiade de abrir um processo contra a empresa, mesmo permanecendo nela. Não se sabe se o fará.

De Serafina


Depois de 12 anos no poder, algumas pessoas fizeram aquilo que se diz " o uso do cachimbo entorta a boca"!

Falam como se fossem os donos da cidade.

Eu não me assusto com isto.


Só acho uma pena que tenham perdido o melhor de si, que era a simplicidade.

Uma pena, o dinheiro realmente estraga muita gente. Já vi muito disto e a mim o dinheiro nunca me importou.

TENHO DITO

( como resposta a uma carta que uma leitora me mandou ontem sobre post colocado aqui no HISTORIAS DE LA UNDEZE)

De Serafina

Recebo e publico!

Quando li este post( isto é mais moderninho, dizer carta é coisa de vagabundo,sei lá do que mais) me lembrei sempre do ex-colega da zero, carlos wagner. Quando alguém sai dizendo improprérios, ele se levantava e naquele seu jeito gago gritava:

- OLHA AI O SINDICATO DO ODIO

Acho que a prima BEI tem todas as qualidades pra se filiar a este sindicato.

DO INTERIOR - SOBRE A POÍNA

MELHOR SER POBRE NA INFÂNCIA, CRESCER, ESTUDAR NO INTERIOR, GANHAR DINHEIRO COM TRABALHO E DIGNIDADE E SER UM ADULTO COM UMA ESTABILIDADE ECONÔMICA “INVEJÁVEL”, DO QUE DEIXAR A COLÔNIA NA ADOLESCÊNCIA, IR PRA CAPITAL ESTUDAR, SE ACHAR UM INTELECTUAL, UM INCENDIÁRIO, NÃO DAR EM NADA , VAGABUNDEAR O TEMPO TODO E SER UM MENDIGO ADULTO!
OLHA, CARA, TU DEVIAS TER FICADO UM POUCO MAIS NO INTERIOR, TER COMIDO UM POUCO MAIS DE POÍNA (risos...), QUEM SABE O TEU CÉREBRO “TRABALHARIA” UM POUCO MELHOR HOJE.
TU ÉS O LEGÍTIMO CARA QUE SE PERDEU NA VIDA, NÃO SABE NEM SE COMEU O SUFICIENTE E TENS O TOPETE DE FALAR MAL DOS OUTROS!!!
QUANTO AO GOLPE DO BAÚ, FALAS DE EXPERIÊNCIA PRÓPRIA, DO PÉ-NA-BUNDA QUE LEVASTE?
PENSA BEM “ESCRITOR”, QUEM FOI QUE SE METEU COM FAMÍLIA RENOMADA DA CAPITAL, QUEBROU TOTALMENTE A CARA E VIROU UM ZÉ NINGUÉM?

Serafina Corrêa, 14 de Dezembro de 2012.


Maria Isabel(Bey)

P.S.:Quanto aquela delícia de POÍNA – créditos para a tia Ondina --, ela era COMPRADA, a preço maior que o de mercado, e NÃO DOADA ao pobrezinhos.

Coleguinhas

Nunca imaginei que a curiosidade do Remindo fosse sobre quem será o marido da editora que usa táxi com convênio RBS. Eu fora Remindo, eles que são brancos que se entendam...

Coleguinhas

ESperava do Chagas um artigo de memória sobre o AI-5!

*Não do Serginho Ros, porque ele era ligado ao Geisel, da abertura lenta, gradual e segura.

 

Prezado Remindo

Quanto ao marido é muito fácil concluir! Não sabes ainda?

Caro Olides
Minha curiosidade se aguça perante dois assuntos recorrentes em teu blog. Quem é o marido da colunista e quando é que o Previde vai se coçar e pagar o teu amigo Terleira.
Remindo Sauim

JORNALISTAS DE INTERNET


Quando Barack Obama tomou posse a rádio Guaíba quis mandá-lo fazer a cobertura mas o repórter enviado pra lá, Rodrigo Rodenbuch, teve que se comprometer em ir pra rua, entrevistar gente, brasileiros que moram lá, negros que conheciam o novo presidente. Enfim, Rodrigo fez um bom trabalho. Foi até a cidade natal de Obama, que depois de tomar posse andoupor lá pra falar com seus conhecidos.


Também foi pra lá cobrir o evento Daniel Scola, pela rádio Gaúcha.Scola, por falar bem o inglês, ficou no hotel e transmitiu o que via nas tevês.

Coleguinhas

Homenagem


Este blog homenageia a memória do blogueiro do TIJOLADAS DO MOSQUITO, que foi encontrado morto e enterrado ontem em Floripa.

Ana Maria Braga


Dassler Marques


A assessoria de imprensa da Rede Globo explicou a opção em exibir o programa da Ana Maria Braga, o Mais Você, em detrimento ao duelo entre Santos x Kashiwa Reysol, na manhã desta quarta-feira, pelo Mundial de Clubes. Apenas o Estado de São Paulo acompanhou a partida pela emissora na televisão aberta, o que provocou demonstrações de revolta de santistas nas redes sociais.
» Veja linha do tempo e relembre todos os campeões mundiais
"Como era uma semifinal e a maioria dos torcedores do Santos está em São Paulo, houve o entendimento de passar só para São Paulo, porque não é um jogo decisivo. Sempre a final foi cogitada caso tivesse um time do Brasil", informou a emissora.
A assessoria de comunicação da Rede Globo ainda confirmou que a final do Mundial de Clubes será transmitida para todo o Brasil na manhã de domingo. "Atualizamos a grade de programação nesta tarde porque dependia da confirmação da vitória do Santos", acrescentou.

Caro Remindo

Tens que perguntar a ele....!!!!!

Personagens da tua coluna

Caro Olides
Minha curiosidade se aguça perante dois assuntos recorrentes em teu blog. Quem é o marido da colunista e quando é que o Previde vai se coçar e pagar o teu amigo Terleira.
Remindo Sauim

Blogueiro que denunciou estupro envolvendo filho do diretor da RBS é encontrado morto
Pragmatismo Político com Altamiro Borges

Mosquito foi o blogueiro mais incisivo nas denúncias sobre o caso de estupro envolvendo o filho do dono da poderosa RBS, afiliada da TV Globo

A quem interessava a morte de Mosquito?
Comentário do Site: A morte de Mosquito, que jamais se calou diante da operação abafa implementada por um grupo poderoso e pelos seus cúmplices, é um alívio para quem não estava nem um pouco acostumado a ter o calcanhar pisoteado. Agora já podem retomar tranquilamente a rotina. Caberá novamente às mídias alternativas fazer um pouco de barulho em meio ao silêncio conveniente; um silêncio que nem sequer esboça sinal de partida.

O blogueiro Amilton Alexandre, o Mosquito, foi encontrado morto em seu apartamento, em Palhoça, Santa Catarina, na tarde de ontem (13). Segundo a polícia, tratou-se de "suicídio por enforcamento". A rápida conclusão, porém, não convenceu seus amigos e familiares, que exigem rigorosa apuração do caso.

Com suas "tijoladas" na internet, Mosquito fez inúmeros inimigos. Nos últimos tempos, ele alertou que estava sendo ameaçado. Na semana retrasada, ele anunciou o fim da sua página: "O blog Tijoladas acabou para eu continuar vivo. Não é uma capitulação. Não mudei meu modo de pensar. Não mudei minhas convicções".

Leia também:

Estudante brutalmente espancada por PM na USP pediu ajuda a repórter da Globo e foi desprezada
Bolsa Estupro? Deputado evangélico luta por aprovação de lei estúpida e polêmica
Absurdo: Bispo afirma que mulheres só são estupradas quando querem
O dia em que Wagner Moura humilhou a Revista Veja


Um amigo pessoal de Mosquito, que pediu para ter o seu anonimato por ora preservado, revelou a Pragmatismo Político suas importantes impressões sobre a misteriosa morte do blogueiro. As informações seguem caminho completamente contrário às versões oficiais.

"Quem conheceu Mosquito sabe que não se suicidaria", disse, enumerando as diversas razões que indicam a impossibilidade de suicídio. "Ele era alvo de várias ameaças de morte. Era defensor da sustentabilidade, modo de vida saudável, andava de bicicleta, trocava frutas e verduras do quintal com seus vizinhos. Era defensor da transparência e combatia os poderosos. Era pai de uma adolescente. Filho querido de uma mãe ainda viva por quem tinha muito carinho. Um cidadão com esse perfil não se suicida. A porta da sua casa estava aberta. Sua casa é de esquina, de um lado os fundos, do outro, um terreno baldio. Foi encontrado com lençol enrolado no pescoço, quem se suicida de forma tão cruel, correndo risco de morte lenta e dolorosa? Sendo morador solitário, não seria mais fácil entupir-se de comprimidos?

Mosquito ganhou fama nacional ao denunciar um caso de estupro em Florianópolis, envolvendo o filho de um diretor da poderosa RBS, afiliada da TV Globo. A mídia corporativa abafou o escândalo, só noticiado pela TV Record (vídeo abaixo).


A morte de Mosquito não pode ser abafada. O que se exige é que o caso, bastante estranho, seja apurado com rigor!

SC: com 30 ações na Justiça, blogueiro polêmico é achado morto

Será enterrado às 15h desta quarta-feira, no cemitério do bairro Itacorubi, em Florianópolis, o corpo do blogueiro Amilton Alexandre, titular do blog Tijoladas do Mosquito, como era chamado. Mosquito foi encontrado morto em sua casa em Palhoça, na Grande Florianópolis, no fim da tarde de terça-feira. A polícia investiga o caso, mas há indícios de que ele tenha cometido suicídio.
Mosquito era um dos movimentadores da opinião pública na região e ganhou inimigos devido às críticas e denúncias postadas em seu blog. Era parte em mais de 30 ações que correm na Justiça catarinense e em pelo menos 13 delas aparece como réu. A maior parte dos processos aos quais ele respondia eram por calúnia, difamação ou pedidos de indenização por danos morais. Entre as vítimas aparecem empresários e políticos influentes, como a ministra das Relações Institucionais Ideli Salvatti.
Um de seus alvos no blog era o prefeito de Florianópolis, Dário Berger, que movia uma ação penal privada contra o comunicador. Em audiência desse caso no mês passado, Mosquito foi advertido com um termo de prisão em flagrante por proferir ofensas ao prefeito durante a sessão. Entre as polêmicas, ele também denunciou um caso de estupro envolvendo adolescentes de famílias tradicionais da capital catarinense, um deles o filho de um empresário da comunicação.
Na semana passada o Tijoladas do Mosquito saiu do ar por determinação judicial. "Tanta dedicação ao blog levou-me a um isolamento familiar, com oposição a minha atividade, problemas de saúde e outras dificuldades. Nas últimas semanas acusei o nocaute. Não tenho mais como enfrentar as ameaças e retaliações pelo que publico. É sensato dar um tempo", escreveu Amilton.
Admitindo que passou dos limites em algumas situações, o blogueiro disse que tentaria reestruturar sua vida partindo para uma "atividade menos tensa" e começaria a dar mais atenção a si mesmo. Deixou o link do Canga Blog para que seus leitores pudessem continuar acompanhando o "arsenal de maldades dos políticos".
O jornalista Sérgio Rubim, responsável pelo Canga Blog, foi um dos primeiros a postar informações sobre a morte de Amilton. Nesta quarta-feira, Rubim escreveu que Mosquito era uma pessoa solitária e seu contato com a maioria das pessoas era virtual. "Ele já vinha há dias mandando sinais de que pretendia dar cabo da vida. Sozinho, sem dinheiro, com o seu blog fechado pela Justiça, estava deprimido e parecia não encontrar saída para o fosso em que se meteu."
Rubim ainda mencionou que em uma mensagem a um amigo em comum, Mosquito teria postado no Twitter: "O circulo está se fechando. Não vejo mais saída. Acho que vou me matar!". "O Mosquito foi um fenômeno incrível em termos de mobilização de opiniões, se transformou em porta-voz da grande maioria das pessoas revoltadas com os crime cometidos por políticos, desembargadores, agentes do Ministério Público, juízes e conselheiros do Tribunal de Contas que eram incessantemente denunciados e escrachados no Tijoladas do Mosquito", escreveu.
Além de defini-lo como "agitador cultural", em sua nota de pesar, o Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina lembrou que Mosquito atuou na Novembrada, durante a ditadura militar e mencionou que "a sociedade perde um defensor da democracia e da cidade e fica mais pobre com a saída de cena de um importante personagem da sua história".
Investigação
O secretário de Segurança Pública do Estado, César Grubba, solicitou que a morte do blogueiro seja investigada. Mas a polícia está convicta de que Mosquito se matou. Quando a perícia e os investigadores chegaram à sua casa, num bairro nobre de Palhoça, não havia sinais de que outra pessoa tivesse estado ali.
De acordo com o investigador Rangel Truppel, tudo indica que Amilton Alexandre usou uma corda feita com lençóis, conhecida como Tereza, para se enforcar. Em prendeu uma das extremidades no teto da casa, a outra no pescoço, subiu numa cadeira e pulou dela. Apesar disso, as investigações continuam até que seja expedido o laudo cadavérico, que apontará a causa da morte.

O Mazzarino não aguenta que eu fale em São Borja

Mas oq ue tem de mal nisto? É a Terra dos Presidentes, quatro Mazzarino, quatro( e um argentino: 3 brasileiros, Ibsen,Jango e Getulio) O que tu quer mais??? Tu umpobre coitado do vale, te meter com São Borja?

Demorou! De novo São Borja!
Cita Bossoroca, Cidreira, Putinga.
o que tens lá? Fazenda? Namorada?
Paixão por Brizola e Jango?
Cita o Terlera, o Vitório Gheno?
O Cláudio Humberto? O Carlos Chagas?

B.Jr.

Vale do Taquari tem 22 escritores imortais

DO NOSSO CORRESPONDENTE DO VALE VIA EMAIL.

Lajeado - A Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat) realizou dia
12 de dezembro solenidade de instalação das cadeiras dos escritores e
patronos, que passam a ser os imortais da literatura do Vale do Taquari.
O evento aconteceu no Espaço Cultural da Clínica Dr. Wilsos Dewes, a
Casa de Bach e contou com a presença de diversas autoridades entre as
quais o prefeito de Arroio do Meio Sidnei Eckert, o prefeito em
exercício de Encantado José Calvi os secretários de Lajeado, de
Cultura e Turismo (Secultur) Gerson Texeira e de Educação Rejane Ewald,
a coordenadora do Núcleo de Cultura da Univates Ana Lúcia Pretto, a
secretária de Educação de Arroio do Meio Eluise Hammes, entre outros.

A posse dos escritores aconteceu de forma individual com a nomeação do
patrono escolhido entre os escritores falecidos com destacada atuação
no Vale do Taquari. Cada um dos 22 escritores recebeu um paramento de
identificação. A ocupante da cadeira número um, a escritora Ana
Cecília Togni, que é a presidente fundadora da Academia, falou em nome
dos laureados. "A Alivat é uma entidade regional, por ser integrada por
escritores de diversos municípios do Vale do Taquari", observou a
escritora. Ela disse que a escolha dos patronos foi uma forma de
homenagear aqueles escritores que deixaram sua marca na literatura
regional.


Vale do Taquari tem 22 escritores imortais

O secretário da Secultur, Gerson Teixeira destacou a atuação da
Alivat que busca ocupar o seu espaço na cultura regional. "A Academia é
uma entidade que orgulha Lajeado e o Vale do Taquari", afirmou ele.

O prefeito de Arroio do Meio Sidnei Eckert considerou a solenidade um
fato marcante para o Vale do Taquari. "Arroio do Meio está muito bem
representada na Academia com dois escritores ( Ivete Kist e Deolí
Gräff) e um patrono (Walmor Franke) que merece este reconhecimento".

O prefeito em exercício de Encantado, José Calvi disse que é uma honra
ter tantas pessoas que se dedicam em escrever livros e com isto perpetuar
a história do Vale do Taquari. Ele disse que Encantado está muito bem
representado na Academia passando a ter quatro imortais: Gino Ferri,
Jorge Moreira. Pedro Silveira e Carlos Alberto Schäffer, além de
diversos patronos.

O presidente da Alivat, Deolí Gräff, lembrou que a academia foi fundada
em 4 de outubro de 2005 e com este evento passa a existir em toda sua
plenitude. "Percorremos seis anos para chegar neste momento para escrever
uma das páginas mais bonitas na história da literatura do Vale do
Taquari", afirmou Gräff. Ele anunciou que a próxima meta da entidade
será conseguir uma sede na área central da cidade de Lajeado para
servir de casa dos escritores e como local de referência para a
literatura regional.

Conforme definido em estatuto da entidade, o número de cadeiras será de
quarenta, porém, neste primeiro momento foram empossados 22 escritores.
As outras vagas serão preenchidas gradativamente. Nesta primeira etapa
estão sendo contemplados aqueles escritores que participam das
atividades da Academia. "A região tem muitos escritores em plenas
condições de assumir uma cadeira, que poderão ser admitidos em etapa
seguinte", explicou o presidente.

Relação dos Acadêmicos e seus Patronos

1 - Ana Cecília Togni - Atos Prinz Falkenbach

2 - Jorge Moreira - Lino Stefano de Nes

3 - Deolí Gräff - Walmor Franke

4 - Nara Teresinha Knaack - Francisco Reckziegel (Assis Sampaio)

5 - José Alfredo Schierholt - Lothar Francisco Hessel

6 - Osmar Agostini - João Mendes

7 - Genuíno Antônio Ferri - Agenor Peretti

8 - Voní T. Loposzinski - Cláudio Affonso Heisler

9 - Marcos Franck - Erni Sthalschmidt

10 - Edson Kober - Alfredo Ludwig

11 - Márcio Marquetto Caye - Aloysio Menz

12 - Werner Schinke - Frietholt Altmann

13 - Balduíno Goerck - Riograndino da Costa e Silva

14 - Alício de Assunção - Jandira Inês Zenatti Cavalin

15 - Ivete Kist - Decio Freitas

16 - Ampere Giordani - Lauro Nélson Fornari Thomé

17 - Carlos Alberto Schäffer - Zeferino Brasil

18 - Rudimar Hauenstein - Armindo Frederico Haetinger

19 - Pedro Silveira - Sérgio Daminato

20 - Adriano Spezia - Padre Teodoro Amstad

21 - Ney Arruda Filho - Daniel Faraco

22 - Astrid Lenhart - Rodolfo Walter Schreiner

Eliane Arbusti Fachinetto
Jornalista DRT/RS 11.324

Estrelense Maria Helena Mallmann toma posse como presidente do TRT-RS

DA NOSSA SUCURSAL DO VALE DO TAQUARI, VIA MAIL, POR ADRIANO MAZZARINO( CORRESPONDENTE INFORMAL DESTE SITE NO VALE)

*PORTO ALEGRE* - Em solenidade realizada ao final da tarde desta
sexta-feira (9/12), tomou posse a Administração que comandará o
Tribunal
Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (TRT-RS) no biênio 2012/2013.
É
primeira vez na história da Justiça do Trabalho gaúcha que a
liderança da
Instituição é composta toda por mulheres: as desembargadoras Maria
Helena
Mallmann (presidente), Rosane Serafini Casa Nova (vice-presidente),
Cleusa
Regina Halfen (corregedora) e Ana Rosa Pereira Zago Sagrilo
(vice-corregedora).

A cerimônia ocorreu na Sala de Sessões Carlos Alberto Barata Silva, do
Pleno do TRT-RS, em Porto Alegre, e foi inicialmente conduzida pelo até
então presidente do Tribunal, desembargador Carlos Alberto Robinson.
Além
de magistrados, servidores e familiares das empossadas, estiveram
presentes
diversas autoridades, dentre as quais o presidente do Tribunal Superior
do
Trabalho, ministro João Oreste Dalazen, o presidente da Assembleia
Legislativa gaúcha, deputado Adão Villaverde, e o prefeito de Porto
Alegre,
José Fortunatti.

Ao pronunciar-se, a presidente Maria Helena registrou que ela e suas
companheiras de Administração ingressaram na magistratura pelo mesmo
concurso, “dando os mesmos passos para a construção de nossas
carreiras”.
Afirmou estarem “inseridas em um processo que hoje se tornou
definitivo,
mas que nem sempre foi imune a sequelas: o da igualdade profissional em
razão da condição feminina”.

A nova presidente do TRT-RS entende que o Judiciário também está
atento aos
novos tempos trazidos pela “Revolução Tecnológica”. Nesse sentido,
avalia
que o processo judicial eletrônico, que começa a ser implementado pela
Justiça do Trabalho
gaúcha, é ferramenta para “garantir o clamor da sociedade atual: a
racionalidade, a
celeridade e a efetividade na prestação jurisdicional”.

Vice-presidente do Tribunal durante a gestão que se encerrou, Maria
Helena
disse ter tido oportunidade de conviver com uma metodologia nova,
eficiente
e eficaz trazida pelo des. Robinson. E anunciou ser um “indissociável
propósito” da nova gestão do Tribunal “o efetivo entendimento e
comprometimento de todos para com os novos processos de administração
do
trabalho no Judiciário em favor da sociedade e no aprimoramento da
democracia”.

Dentre as autoridades presentes à solenidade, também estiveram a
presidente
do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargadora Marga Inge
Barth
Tessler; o 1º vice-presidente do Tribunal de Justiça do RS,
desembargador
José Aquino Flôres de Camargo; o procurador-geral do Estado, Carlos
Henrique Kaipper; o procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho
da 4ª Região, Ivan Sérgio Camargo dos Santos; o vice-presidente da
Seção
Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil, Jorge Fernando Estevão
Maciel; e
o chefe do Estado-Maior do 5º Comando Aéreo Regional, coronel-aviador
Jefson Borges.

*Maria Helena Mallmann (presidente)*

Natural de Estrela (RS), ingressou na magistratura do Trabalho em outubro
de 1981 e foi promovida a juíza titular em agosto de 1986. Atuou como
juíza
convocada no Tribunal em 1994 e de 1997 a 2001, sendo promovida a
desembargadora em julho de 2001. Foi vice-presidente da Associação dos
Magistrados do Trabalho da IV Região (Amatra IV) de junho 1990 a junho
de
1992; presidente da mesma Associação de junho de 1992 a junho de 1994;
vice-presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do
Trabalho (Anamatra) de maio de 1993 a maio de 1995 e presidente da mesma
entidade de maio de 1995 a maio de 1997. Entre agosto de 2006 e dezembro
de
2009, foi presidente da 3ª Turma do TRT-RS. Atualmente, é
vice-presidente
do Tribunal e vice-presidente da Seção de Dissídios Coletivos (SDC).


Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Estrela

Coleguinhas


NO COVIL DO LATIFUNDIO


hOJE A TURMA VAI TODA PEGAR UM REGABOFE NA FARSUL.

Um coleguinha me advertiu: chega lá pelas 11 da manhã, que é a melhor hora.

Pô, eu vou lá pra pegar notícia.


Depois conto o que o covil do latifundio tem a dizer. Procurei hoje um boné do MST pra chegar lá com ele. Mas não achei!

REPÓRTERES

NÃO

SAEM MAIS ÁS RUAS

Como se faz rádio hoje em dia, AO VIVO( tudo pela Internet)

oS REPÓRTERES HOJE EM DIA raramente saem pra rua...ficam dentro das redações, lendo na Internet, pegando notícias,dizendo que é ao vivo.

É assim que Fernanda Coiro faz sua agenda cultural na Guaíba.

Estes dias ela não sabia dizer onde ficava a rua Comendador Caminha(fica no Parcão)
Vladimir Oliveira quando lê os problemas de trânsito no BOM DIA o faz lendo o site da EPTC...

Já os demais repórteres quando vão cobrir trânsito na capital vão pruma salinha da EPTC onde se monitora o trânsito na cidade. Ali, nos telões dos computadores, ficam fazendo seus boletins " ao vivo"!!!

Não difere com o movimento que você leitor ouve sempre pelas rádios Gaucha, Band e Guaiba que você pensa que estão ao longo da rodovia. Eles estão numa sala da num prédio que tem na saída da Castelo Branco( opa o Pedro Ruas quer que se chama agora Legalidade, num grande lance de demagogia) e lá com água fresquinha e cafezinho e com telões no computador lêem ao vivo toda a situação do trafego na freeway. Alguns, mais ousados, se dão ao trabalho de ir até a Polícia Rodoviária Federal, ontem também ficam lendo num telão do computador a situação da autoestrada.

Aovivo, mesmo hoje em dia tem pouca coisa. Leem na internet e o ouvinte fica pensando que o repórter está vendo o fato. Ele está apenas lendo da Internet.

E depois de tudo isto, ainda, relembra um colega, acusam o Flávio Alcaraz Gomes de ter sido o primeiro radialista a cobrar guerra botando ao fundo um som de tiros, quando ele estava fazendo a transmissão de dentro de um hotel cinco estrelas no Cairo.

No caso, esta lenda sobre o Flávio, que perdura até hoje, teria sido sobre a cobertura que ele fez da Guerra dos seis dias, entre Israel e o Egito.

O DIA QUE O MAZEMBE

FEZ O CRIME!!!

cARA mATZEMBACKER. Você falou no jogo do Santos. Eu achei que você iria relembrar o dia terrível de 14/12 do ano passado. Mas não o fez. Pois eu vou te refrescar a memória.

Eu estava indo no Belmar Andrade, no dia em que o crime perfeito foi cometido pelo Mazenbe quando cheguei no Agápio do Tasca, em plena José de Alencar.

Quando cheguei no Agapio, o Inter perdia por um a zero, e todos tinham sumido do bar principalmente o dono que é fanático do Inter. Só lembro de um gremista, que quando o Mazembe fez o segundo gol, saiu correndo como um louco, parou de tomar sua cerveja no Agapio e botou a bandeira do Gremio encima do seu carro e saiu como um aloprado pela avenida José de Alencar.

Depois fui caminhando até o Mãe de Deus e o que vi de colorado triste saindo do Beira-Rio não me sai da memória até hoje. Que cena mais deliciosa para um gremista. Um grande abraça Matz, e me parecia que falarias do niver do Mazembe, mas tu preferiu ficar na calada da noite e falar apenas do Santos FC.

A REDAÇÃO DA ZH

NO TEMPO DO BOY HELINHO

eSTAS FOTOS caracterizam bem o que era a redação de ZH quando lá trabalhava o boy Helinho.

O BOY HELINHO

CAIU NA MARGINALIDADE

Na foto, Regina Lemos e o boy da ZH, Helinho....O editor José Antônio Ribeiro, o Gaguinho, costumava chamá-lo de GURI DE MERDA, sempre que precisava seus préstimos e o chamava.

Já o velho JBAveline, chefe da Geral do Jornal, deu-lhe um apelido cruel; RABO PRETO, QUE PEGOU PRA CARAMBA.

A história do helinho é triste: ao que se sabe caiu na marginalidade e foi morto.

Muitos dos que trabalharam na ZH na segunda metade dos anos 70, lembram-se do boy Helinho.

A VIDA COMO ELA É....


Os fatos aqui narrados nada tem a ver com a realidade. Qualquer coincidência com fatos reais, é mera casualidade.

O ARREIO NO OVO

DEU CAIXA DOIS

PRO EXECUTIVO!


Comenta-se a boca pequena que num estado sulino um descendente de japonês foi mandado para uma província situada ao Sul do Brasil e que ali como executivo de uma grande corporação que tinha como seu carro-chefe o ARREIO NO OVO, um jornal pra lá de tradicional e centenário, teria sido expelido da corporação por caixa dois.

- Naquela empresa ,ou igreja, quem rouba é mandado pra Sibéria com um cordão de ferro pra carregar no pé durantes anos e anos, comentou um radialista muito conhecido integrado na corporação.

Não foi pra Sibéria que o executivo foi mandado, mas foi expelido da corporação. Dizem que voltou prum sítio que tem em Brasília.

Não se sabe quanto ele teria feito de caixa dois, mas alguns maledicentes comentam em algo em torno de 3 milhões de reais.

SAIU NO JORNAL

DILMA ANUNCIA NOVA PONTE DO GUAIBA( O SUL)

PROMESSA DE DILMA PROJETA NOVA PONTE DO GUAÍBA ATÉ 2017(zh)

dilma anuncia nova ponte sobre guaíba(JC)

MAS A MELHOR CAPA DOS JORNAIS DE ONTEM, DOS PAGOS, FOI MESMO DO CORREINHO. A FOTO DO MAURO SCHAFFER DE DILMA COM O NETO DA CASA DO EX-MARIDO DE DILMA,CARLOS ARAUJO, FOI ESPECIAL.

TODOS OS DEMAIS JORNAIS FICARAM APENAS NA FOTO COM A PRESIDENTA FALANDO DURNATE SOLENIDADE.

MAS A MANCHETE DA ZH FOI MEIO LONGA DEMAIS! PODERIAM TER FEITO MAIS SINTÉTICO. TÁ FALTANDO LÁ UM CARA BOM EM TITULOS.

DE Serafina


O Bico Branco não para de fazer obras!

2012 vem aí....

Acho dificil alguém derrubar o Bico, mesmo sendo o famoso POLI!

Ginásio do Bairro Santin

A comunidade serafinense, especialmente os moradores do Bairro Santin podem comemorar mais uma conquista: o Ginásio Municipal. Situada na Rua José Franciosi, a obra antes compreendia uma quadra de esportes coberta. Durante o ano de 2011, a Prefeitura Municipal elaborou um projeto de complementação para transformá-la em Ginásio, sendo que os investimentos passam de R$120 mil. A obra compreendeu a execução das esquadrias, pintura de paredes e de elementos estruturais como pilares e vigas. Foram colocadas janelas, um portão de contrapeso na entrada principal, outro portão de contrapeso secundário, vidraçaria, pintura, instalações elétricas e instalação de equipamentos esportivos como redes de proteção, postes metálicos e redes móveis de vôlei, tabelas de basquete móvel, goleiras metálicas e goleiras com redes. Com área de 880 metros quadrados, a prática esportiva, o lazer e a diversão estão à disposição da comunidade.
Promover atividades que priorizem a saúde, a integração das pessoas, a educação, que a população tenha acesso a espaços amplos, com conforto, segurança e tranquilidade são prioridades da Administração Municipal. A reivindicação da comunidade do Bairro Santin através do Orçamento Participativo foi atendida, com a execução do projeto de complementação, transformando a quadra de esportes num Ginásio Poliesportivo.

Por: Adriana Sabadin – Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.

 

DIREITOS DO CONSUMIDOR


Viajando de ônibus – No Brasil, o DNER (Departamento Nacional de Estradas de Rodagem) disciplina e fiscaliza a prestação de serviços de transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros. Nos estados, cabe ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) a regulamentação e fiscalização do transporte intermunicipal de passageiros.

do blog do Adeli Sell

 

EMENDAS INDIVIDUAIS FAZEM PARTE DO JOGO

Por Carlos Chagas

O Congresso tem dado inúmeros motivos para ser criticado, mas, de quando em quando, vê-se injustamente atingido. Tome-se a questão das emendas individuais ao orçamento. Virou moda apontar como sinecura a iniciativa de deputados e senadores de levar recursos para suas bases, geralmente para obras em municípios de sua influência política. Parte da imprensa exagera ao misturar com a corrupção o aumento dos empenhos de verbas, quer dizer, a concordância do governo em assegurar dinheiro para determinadas emendas individuais não significa enriquecimento ilícito dos autores.

Ainda agora apresenta-se o pulo de 40 milhões liberados em setembro para 653 milhões em novembro. Dá-se a impressão de que essas quantias vão para o bolso dos que apresentaram as emendas quando, na realidade, na maior parte das vezes, servirão para as prefeituras asfaltarem estradas, construírem pontes, implantarem escolas e postos de saúde e dedicarem-se a uma infinidade de melhorias em seus municípios. Sempre haverá o risco de malfeitos, ou seja, da destinação de recursos para ONGs fajutas ou para empreiteiros safados, sem esquecer a sociedade de maus parlamentares com prefeitos corruptos. Mas trata-se de exceção, quando comparada com o grosso da destinação das emendas individuais.

Argumenta-se que os autores se beneficiarão politicamente das obras, em especial em anos eleitorais, mas esse jogo faz parte da política. O povo vota em quem apresenta realizações. Da mesma forma, lembra-se que a maioria dos senadores e deputados que apóiam o governo federal barganham seus votos favoráveis a projetos oficiais pela liberação de verbas. Essa prática cheira a chantagem, mas eles costumam ceder sempre que o palácio do Planalto engrossa e exige a votação de propostas importantes, mesmo sem confirmar o dinheiro liberado.

Em suma, é preciso separar a ação política, de um lado, e a corrupção, de outro. Elas não andam necessariamente de braços dados. As emendas individuais ao orçamento jamais exprimiram assalto aos cofres públicos ou desvio dos recursos aprovados para as contas bancárias de seus autores. Apesar de lamentáveis exceções...
XEQUE-MATE
As declarações do prefeito Gilberto Kassab não deixam dúvidas: seu novo partido apoiará integralmente a candidatura de José Serra à prefeitura de São Paulo, se ela for lançada. O PSD deixaria de apresentar candidato próprio.


Mais claro não poderia ser o alcaide paulistano ao oferecer estruturas políticas razoáveis, valendo não esquecer que o PSD dispõe de 45 deputados federais.



De lance em lance, Serra vai sendo levado ao xeque-mate, ou seja, a acabar aceitando sua candidatura, apesar da indiferença do Alto Tucanato, contrabalançada pelo entusiasmo do senador Aécio Neves, ávido de dispor de ampla avenida de mão única para a sucessão presidencial de 2014.
SEM CORTES NEM REDUÇÕES
Deixa poucas dúvidas a definição da presidente Dilma Rousseff de manter o ministério das Mulheres, desmentindo sua extinção ou fusão, na reforma prevista para janeiro ou fevereiro. Tudo indica que nenhuma outra secretaria será extinta. Nem ministérios. Quem vai sair serão ministros, ainda que se ignore o número. Pelo jeito, mais da metade da equipe será confirmada.
MARINHA SUFOCADA
Ontem foi Dia do Marinheiro, com almirantes perfilados, engolindo sapos em posição de sentido, assim como generais e brigadeiros. A totalidade deles sequer era aspirante ou segundo tenente, em 1964. Não tiveram responsabilidade nos desmandos e exageros de maus chefes, quando da instalação regime militar. É claro que mantém o sentimento corporativo, mas desde a Nova República que praticam conduta exemplar. Não se envolvem em política e cumprem à risca os preceitos constitucionais. O diabo é que comandam forças cada vez mais carentes de equipamento, sem que os últimos governos tenham dedicado a devida atenção às suas necessidades.

No caso da Marinha, só três submarinos são operacionais, movidos a diesel, já que o projeto do submarino nuclear desenvolve-se a passo de tartaruga. O porta-aviões “São Paulo” faz jus ao apelido do anterior, o “Minas Gerais”: é o Belo Antônio, que há anos não deixa o porto. Indaga-se como serão protegidas as plataformas cada vez mais numerosas de extração de petróleo em alto mar.

Audiência Pública Saúde

A Prefeitura Municipal convida a população a participar de importante Audiência Pública para apresentação do Relatório de Gestão Municipal de Saúde – Anexo Financeiro 3º Trimestre/2011. Toda a comunidade serafinense está convidada a participar da Audiência Pública que será realizada no dia 20 de dezembro de 2011, terça-feira, às 19:30, na Câmara Municipal de Vereadores. É muito importante a participação de toda a população a fim de que sejam esclarecidos os gastos com a saúde.

Adriana Sabadin

Audiência PLHIS

A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de Coordenação e Planejamento, convida a comunidade a participar da Conferência Municipal para apresentação do Plano Local da Habitação de Interesse Social, PLHIS, e deliberação sobre os itens de inclusão, supressão, complementação ou alteração da proposta de apresentação que será realizada na Câmara de Vereadores, no dia 16 de dezembro de 2011, sexta-feira, às 14h.

Por: Adriana Sabadin – Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.

Mensagem de fim de ano Libretos

O Bicudo tá com cara de quem comeu e não gostou!!ah...ah...ah.

Parabéns a Libretos também.

EM PLENO SÉCULO XXI, PROFESSORES QUEIMAM LIVROS!

'Onde se queimam livros ainda se queimarão pessoas.'


Por Elenilson Nascimento


A frase abaixo do título é do Heine (1797-1856), poeta alemão de origem judaica. E teve um caráter, como se sabe, premonitório. No dia 10 de maio de 1933, foram queimadas em praça pública, em várias cidades da Alemanha, as obras de escritores alemães inconvenientes ao regime. Essa atitude marcou o auge da perseguição dos nazistas aos intelectuais, principalmente aos escritores.
Em toda a Alemanha, principalmente nas cidades universitárias, montanhas de livros ou suas cinzas se acumulavam nas praças. O paranóico do Hitler e seus comparsas pretendiam fazer uma "limpeza" da literatura. Agora, em pleno século XXI, a coisa se repete. Dessa vez protagonizada por professores que queimaram na semana passada, durante assembleia do sindicato dos professores da rede estadual (Apeoesp), apostilas e livros enviados pelo governo de São Paulo a escolas.
Uma festa, não? Mas queimar livros é um dos símbolos da barbárie. Professores fazendo isso é a negação das coisas que pregam nas salas e a si mesmos. E as atitudes dos membros do sindicato dos professores não são diferentes das atitudes dos colegas da UFRGS que agrediram conselheiros da universidade na votação das Ações Afirmativas em 2007.
São os mesmos canalhas sempre com os mesmos modos de Operação Ribanceira. No olhar a certeza de alguma verdade que só eles descobriram e que, por conta disso, estão legitimados a conduzir a sociedade. Professores se regozijam queimando livros. E aqueles que exigiam, nos anos 30, a máxima democracia quando chegaram ao poder realizaram a absoluta ditadura. Mas o sindicato dos professores se disse contra a queima de livros e afirmou que o ato foi isolado, mas também reprova o material. ?O governo determinou conteúdo programático?, diz a entidade ao jornal Estado de S. Paulo. E qual a diferença das imagens dos nazistas queimando livros, num estado de verdadeira euforia, com a foto dos professores fazendo a mesma coisa? O que os distingue?

O SINDICATO, CUJA PRESIDENTE ERA (OU É) A BEBEL, DO PT, QUEIMOU APOSTILAS. ALGUM PETISTA SE INDIGNOU COM ISTO?

AQUI, AGORA, O PT ESTÁ INDIGNADO COM A QUEIMA DE CARTILHAS EXPLICATIVAS DE UMA MUDANÇA NO ENSINO MÉDIO, NÃO DE APOSTILAS, DESTINADAS À APRENDIZAGEM DOS ALUNOS

Na última quinta-feira, Rejane incendiou uma pilha de cartilhas elaboradas pelo governo do Estado para esclarecer as mudanças no ensino médio. Por considerar "inaceitável" a postura da dirigente, Adeli decidiu tomar a frente no movimento que defende a exclusão de Rejane dos quadros do PT.

Segundo o vereador, não é tolerável uma professora queimar livros. Já Rejane de Oliveira afirma não ter queimado um livro, e sim uma proposta do governo que o CPERS é contra. Além disso, há dias atrás ela mandou uma coroa de flores para o Secretário da Educação Jose Clóvis de Azevedo, natural de São Sebastião do Caí (12.12.2011).

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

QUEIMA DE LIVROS - II

Lá em São Paulo, quando queimaram apostilas, tudo bem para os petistas, pois o GOVERNO NÃO ERA DO PT.
Agora, aqui, foram queimadas cartilhas explicativas de uma mudança no ensino médio, elaboradas pelo GOVERNO DO PT. Aí temos a indignação de petistas.
Claro que, se agora o GOVERNO NÃO FOSSE DO PT, ninguém do PT ficaria indignado pela queima das cartilhas.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

CAMPANHA DESTACA OS BENEFÍCIOS
DO VINHO PARA A SAÚDE


Ibravin e Sindivinho RS promovem campanha sobre os benefícios do vinho para a saúde.
A parceria busca ambientar os caminhões mostrando que o consumo moderado de vinhos faz bem para as pessoas.
Quem consome vinho tem muito mais razão em gritar ?saúde?. É isto que a parceria do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) com o Sindicato da Indústria do Vinho do Estado do Rio Grande do Sul (Sindivinho RS) procura informar por meio de uma ação de marketing direcionada aos filiados, associados do sindicato e demais interessados.
A campanha ?Saúde, viva melhor, beba vinhos, espumantes e suco de uva do Brasil?, desenvolvida pela agência Escala, estará presente em caminhões que quiserem levar para todo o Brasil a mensagem de que o vinho e os derivados da uva fazem bem para a saúde.

Todt Comunicação


NOTA AVENIDA

A Câmara de Porto Alegre vota nesta quarta-feira o projeto do vereador Pedro Ruas do PSOL que propõe a mudança do nome da avenida Castelo Branco para avenida da Legalidade. Segundo Ruas, não é possível que a entrada da capital do Estado ainda continue com o nome de uma pessoa ligada à ditadura militar. Ressaltou ainda que a Legalidade completou 50 anos em 2011 e é um marco do movimento de resistência democrática do país. Outra justificativa de Ruas para a troca de nome é o fato de organismos internacionais cobrarem do Brasil a divulgação e punição dos responsáveis pelos atos de violência e repressão que ocorreram neste período. A colega de bancada de Pedro Ruas não está otimista em relação a aprovação da matéria. Segundo Fernanda Melchiona, muitas lideranças partidárias ainda não se posicionaram sobre a iniciativa e tendem a rejeitá-la no momento da votação.

O SANTOS FOI O BRASIL COM OS TITULARES


Por Luiz Oscar Matzenbacher


A diferença entre o sucesso brasileiro de Santos 3 x 1 K Reysol e o fracasso de Internacional 0 x 2 TP Mazembe, nas estréias no Mundial de Clubes da Fifa está no banco.
O Internacional deixou no ano passado os três melhores jogadores no banco: Leandro Damião, Oscar e Giulliano.
Ao contrário, no jogo do Santos contra o K Reysol, o Neymar, o Borges e o Ganso fizeram a diferença. E pode-se dizer sem exagero - bota diferença nisso. É a diferença de ter Muricy ou Roth no banco.
Mas, será suficiente contra o Barcelona de Messi e Guardiola?

 

Inicia semana de homenagens à Adão Pretto


Ocorreu nesta terça-feira (13) a abertura da I Semana Adão Pretto, com a exposição fotográfica ?Um pé na luta, outro no parlamento?. A atividade realizada na Assembleia Legislativa, tem como intuito homenagear o camponês que atuou durante 23 anos como deputado em nome da reforma agrária, direitos humanos e justiça social.
Entre canções e poesias, familiares, antigos amigos e colegas de Adão Pretto prestaram suas homenagens àquele homem, que segundo eles, teve sua trajetória marcada pela humildade e firmeza com que defendia suas posições.
Na ocasião o deputado Edegar Pretto (PT), filho de Adão, lembrou que o pai foi primeiro pequeno agricultor a ocupar uma cadeira no parlamento. ?Meu pai tinha o carinho, admiração e o respeito de amigos e adversários. Era a mesma pessoa com agricultores e na tribuna do parlamento. Nossa família e milhares de companheiros e companheiras que o acompanharam sentem-se honrados. Adão foi um grande brasileiro que nunca vacilou na defesa da classe trabalhadora?, disse emocionado.
O parlamentar agradeceu ainda as diversas homenagens que Adão Pretto recebeu em todo o país, onde praças, ruas e salas receberam seu nome. ?É a homenagem de um povo trabalhador para com um brasileiro que dedicou sua vida pela luta de direitos e justiça social?, destacou.
Participaram da abertura o primeiro chefe de gabinete de Adão Pretto, David Stival, representante da Secretaria de Habitação e Saneamento, Guilherme Barbosa, deputados estaduais Raul Pont, Adão Villaverde, Jeferson Fernandes, Valdeci Oliveira e Luis Lauermann, amigos e familiares.
Os Cantadores do Povo, que acompanharam Adão Pretto em toda sua trajetória política, também prestaram a sua homenagem com canções e declamações.
A programação prossegue nesta quarta-feira (14) com o Descerramento da Placa que denomina o Espaço de Convergência do Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional Deputado Adão Pretto, às 18h30min na Assembleia Legislativa. A organização desta atividade ocorre em parceria com os movimentos sociais, que se farão representar através de caravanas de todo o estado. Após o ato será servido coquetel com produtos da Reforma Agrária.

*Com informações de Vanessa Massmann


Leandro Molina - Jornalista MTb 14614

ATENÇÃO FILADORES

DE ALMOÇOS DE FIM DE ANO

O almoço de quinta, no COVIL DO LATIFUNDIO só entra com convite.


Assim, os tradicionais papa almoço de fim de ano, como ocorreu ontem na Fetag, não entrarão!

Toing!!!!

*Também ONTEM DE na entrega do Lideres e Vencedores, na Assembléia Legislativa, o coquetel era pra apenas 60 pessoas, os convidados! Adeus, papa coquetéis!

SAIU NO JORNAL


FINALMENTE PORTO ALEGRE terá um trecho do aeromóvel. Não só aquela jeringonça que fica na av. Loureiro da Silva e que serviu durante muitos anos como local de testes do invento do Oskar Coester, que nunca foi engenheiro como a nossa imprensa costuma chamá-lo. Coester foi técnico de aviação e acompanhou muito Ruben Berta, quando este comprava aviões pelo mundo.

MAIS CARTAS DE PARIS


Minha filha Renata também me escreveu quando morava em Paris. Guardo sua cartinha com carinho!


Laryssa Borges

Direto de Brasília


Após pressão da bancada evangélica, a Câmara dos Deputados comunicou nesta terça-feira o adiamento da votação do projeto de lei que proíbe a aplicação de palmadas ou castigos físicos em crianças e adolescentes. A chamada Lei da Palmada, que seria votada em uma comissão especial da Casa, prevê, por exemplo, que professores, médicos ou funcionários públicos que souberem ou suspeitarem de agressões ou tratamento degradante contra pessoas com menos de 18 anos, incluindo xingamentos, e não denunciarem às autoridades, poderão ser multados em até R$ 11,2 mil (20 salários mínimos).
"Na educação de crianças e adolescentes, nem suaves 'palmadinhas', nem beliscões, nem xingamentos, nem qualquer forma de agressão, tenha ela a natureza e a intensidade que tiver, pode ser admitida", afirmou a relatora do projeto, Teresa Surita (PMDB-RR).
De acordo com a vice-presidente da comissão especial, Lilian Sá (PSD-RJ), ao pressionarem contra o projeto, os evangélicos argumentaram que o texto, se transformado em lei, poderia "trazer danos à família", uma vez que pequenos castigos não causariam dor nem teriam consequências perversas para a vida da criança. "Eles disseram que o projeto iria mudar a vida dos pais, que a 'palmadinha pedagógica' poderia trazer danos à família", afirmou.
Para a relatora do projeto, no entanto, o adiamento da votação não pode ser atribuído à pressão dos religiosos. "De forma alguma houve pressão da bancada evangélica. Houve uma dificuldade de entendimento sobre o que é a lei da palmada porque pensaram que seria preso o pai que dá palmada. Agora houve um avanço e todos concordaram. Os evangélicos estão nos ajudando muito", disse.
Conforme o projeto, que deverá voltar a ser debatido nesta quarta, "a criança e o adolescente têm o direito de serem educados e cuidados sem o uso de castigo corporal ou de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro pretexto, pelos pais, pelos integrantes da família ampliada, pelos responsáveis, pelos agentes públicos executores de medidas socioeducativas ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar, tratar, educar ou proteger".
"Existe uma razão primeira para proibir e eliminar o uso da força física como forma de educação de crianças e adolescentes: é o reconhecimento de seus direitos humanos", disse Surita, em seu relatório.
Para a presidente da comissão especial, Erika Kokay (PT-DF), o projeto que deveria ser votado nesta terça tem caráter "pedagógico", e não punitivo, contra a família. "A percepção (de se o castigo é violência ou não) não pode ser do adulto porque a criança perde o espaço da fala. Quem dá uma palmada de quando em quando pode deixar de dar", afirmou.

Coleguinhas

Rogério Mendelski esteve no lançamento do livro - 200 piadas - lançado na última segunda, n o restaurante Tapas, na rua da República, pelo seu colega José Luis Prévidi.

*Um coleguinha que comanda um programa de rádio de muita audiencia matinalcriticou ontem de manhã um " chinelo" que casou com a princesa da Espanha." Ele deu um bragetaço"!!!! Ué, logo quem falando!!! Cadê os demais????

PERDOADO!

O advogado Mário Wundermuch, que conseguiu reduzir a dívida de 115 mil reais para 30.161,09 reais que João Carlos Casarotto Terlera pagou na última sexta como avalista de um cheque forte da Caixa Econômica Estadual que tinha como titular José Luis Gulart Previdi, informou a seu cliente que agora que ele liquidou a dívida poderia entrar na Justiça contra Previdi,mas avisou a seu advogado que não o fará.

PREMIO DIREITOS HUMANOS

REFRESCANDO A MEMORIA!


Um dos protagonistas - NÃO FOI GANHADOR, ESTAVA SENTADO NA MESA DAS AUTORIDADES - da cena na noite da entrega do 28 Premio Direitos Humanos - que tem meio o sentido de ser de " esquerda" - foi assessor do diretor geral da Assembléia Legislativa, Maciel, do PP e também trabalhou com Onyx Lorenzoni, do PFL.

UMA ROSA NO ESPINHEIRO


Por Carlos Chagas


Com a aprovação de seu nome, hoje, no plenário do Senado, como a décima-primeira ministra do Supremo Tribunal Federal, apenas a partir de fevereiro a jurista Rosa Weber terá sua prova de fogo na mais alta corte nacional de justiça. Porque mesmo se empossada este mês, coisa de que muita gente duvida, por conta do recesso natalino, não haverá tempo para que se pronuncie sobre a validade da lei ficha limpa, sob análise dos demais ministros. Em especial porque, segundo especulações, o placar está dando empate de 5 a 5. Caberia à nova ministra o desempate, não com relação à validade da lei para as eleições do ano que vem, com a qual a maioria da casa concorda, mas a respeito de nuanças envolvendo a reintegração de Jader Barbalho. O ex-presidente do Senado foi o mais votado no Pará, nas eleições do ano passado, mas teve sua diplomação impugnada por conta da ficha suja. O problema é que na Paraíba, no Espírito Santo e no Amapá registraram-se casos idênticos e os três mais votados e impugnados acabaram tomando posse. No Senado, salvo exceções, o PMDB sustenta o direito de Jader retornar, mas no Supremo, as opiniões se dividem. Problema para Rosa Weber decidir...
EMBATE PAULISTANO
Como rescaldo da pesquisa divulgada domingo pelo Datafolha a respeito da disputa pela prefeitura de São Paulo, discute-se a respeito da polarização em torno de duas candidaturas, apenas desconhecendo-se uma delas. Porque lugar garantido, apesar dos índices ainda modestos, terá Fernando Haddad. Melhor dizendo, terá o Lula, seu patrocinador. Dificilmente a multidão organizada em torno do ex-presidente deixará de atender seu apelo em favor do ainda ministro da Educação. Sobra a outra perna que pisará no segundo turno. A lógica indicaria José Serra, se os tucanos tivessem lógica e plano de vôo, além da capacidade de convencer o ex-governador. Na hipótese, porém, de Serra manter-se intransigente, abre-se o leque para o imponderável. Hoje, seria Celso Russomano, pelo menos conforme a pesquisa referida. Na gangorra que começa a movimentar-se, só uma certeza: nenhum dos cinco candidatos alternativos do PSDB teria chance.
A OPÇÃO EMPURRADA COM A BARRIGA
Sinais existem de que a presidente Dilma Rousseff não decidirá, em 2012, se a Força Aérea receberá caças franceses, americanos ou russos. Poderá empurrar a decisão com a barriga, não apenas pela falta de recursos para a aquisição das minguadas 36 novas aeronaves, mas porque entre os Rafale, os F-15 e os Sukoi, dividem-se as opiniões civís e militares.

O problema é que a FAB vem sendo cada vez mais sucateada. Metade de seus aviões encontra-se em solo, sem condições de voar. Os caças de que dispomos completarão seu ciclo de vida antes de 2015. Venezuela, Colômbia, Peru e Chile já dispõem de frota aérea de guerra superior à nossa. Dirão os ingênuos que não há guerra, mas se houver, como acontece há pelo menos quatro mil anos?
AURELIANO NÃO PRENDEU GOLBERY...
João Figueiredo encontrava-se em Cleveland, para uma operação de ponte safena, e Aureliano Chaves ficou mais de 40 dias na presidência da República. Em vez de apenas guardar o lugar, decidiu governar, desdobrando-se em cobranças aos ministros, reuniões que se estendiam pela noite e audiências a adversários que o titular jamais concedera. Demonstrava que poderia ser o sucessor, mas a intriga acabou com suas chances. Todos os dias o SNI mandava relatórios maldosos, que o


general Octávio Medeiros se encarregava de transmitir ao chefe. Acabaram rompidos, o presidente e seu vice, mas alguém de bom senso indagou de Figueiredo, depois de sua volta, o porque daquela implicância. Sem querer reconhecer que era simples ressentimento e inveja, ele deu o argumento final: “É que o Aureliano não mandou prender o Golbery...”

O general Golbery havia deixado a chefia do Gabinete Civil como desafeto do presidente, por conta da inação diante do Riocentro, e não perdia oportunidade de criticá-lo. Numa entrevista publicada pelo Correio Braziliense, havia chamado Figueiredo de incompetente, indolente e coisas piores. Como militar da reserva, estava sujeito às restrições do regulamento disciplinar. Réplica para a qual o presidente não teve tréplica: “E por que você não manda prender o Golbery agora?”

A historinha se conta a propósito da crise envolvendo o ministro Fernando Pimentel. Por que o vice Michel Temer não aproveitou para demiti-lo, quando Dilma viajou para a Argentina, semana passada?

Iluminação Pública no Interior

A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa está implantando importante projeto para iluminação pública na área rural. Segundo levantamento realizado, mais de 350 pontos de luz são necessários para que as capelas tenham iluminação pública. Cerca de R$20 mil foram investidos para a compra dos materiais, sendo que neste mês foi iniciada a instalação.
Durante o ano de 2012, todo o material será instalado, a fim de que os moradores do interior do município tenham iluminação pública nas estradas, segurança e qualidade de vida.

Por: Adriana Sabadin – Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.


Após vencer o Açorianos, Coojornal ganha lançamento em São Paulo

O LIVRO DA COOJORNAL, QUE NA VERDADE NÃO É NENHUM LIVRO - É A COLETANEA DOS ARTIGOS JUNTADOS NUM LIVRO - FOI VENCEDOR DO PREMIO AÇORIANOS. ISTO PROVA QUE HÁ UMA CULPA DOS ATUAIS OCUPANTES DA SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA EM RELAÇÃO A COOJORNAL. NA EPOCA DA DITADURA, QUANDO O COOJORNAL ERA ESTRANGULADO, ELES ESTAVAM BEM QUIETINHOS, DANDO AULAS EM SEUS CURSINHOS. HOJE, OCUPANDO SECRETARIAS, A PEDIDO DO AMIGO E EX-PREFEITO, ELES PREMIAM O LIVRO, COMO FORMA DE SE REDIMIR E FICAR BEM COM SUAS PROPRIAS CONSCIENCIAS E TAMBÉM PORQUE AGORA ISTO É BONITINHO. A MIM ESTA GENTE NÃO ME ENGANA!

SOBRE O CASO REJANE


Como sou presidente do PT-POA, cabe a mim preservar o partido. Eu pedi apenas, sim, apenas, uma Comissão de Ética para analisar o caso da filiada Rejane de Oliveira, para saber se queimar livros é compatível com um partido que defende a democracia como valor universal.

do boletim do Adeli Sell


SEM TRAGO

O ALMOÇO DA IMPRENSA, ONTEM, DA FETAG, REALIZADO NO RESTAURANTE KASARÃO NA GETULIO FOI SEM TRAGO. SÓ COCA COLA, GUARANÁ E AGUA MINERAL. QUEM PEDIA CEVA, O GARÇÃO AVISAVA QUE TINHA QUE SE COÇAR, PORQUE A FETAG NÃO LIBERAVA.


*e um dos coleguinhas que foram ao evento(boca livre de fim de ano) passou mal. O cara se engasgou todo, foi pro banheiro, e um colega o socorreu. Saiu do engasgamento e passa bem.

O COVIL

DO LATIFUNDIO!

Será nesta quinta a reunião almoço com a imprensa do fim de ano na Farsul, que o pessoal do MST conhece também por covil do latifúndio( uma grande injustiça, diga-se de passagem)
Quem conhece o regab ofe aconselha chegar cedo, lá pelas 11 da manhã.

Nesta foto ,feita em 1985, o então presidente Ary Marimon, os colegas Heron Vidal(de pé), Marcelo Rech, Roberto Azevedo, e Priscila Lemos.( acervo de Antônio Goulart)

Coleguinhas

SE ESQUECERAM DO OLIVIO


Ontem, no almoço da Fetag, um dos tocos era uma cachacinha de Santo Antônio, com bom aroma. Um dos maldosos presentes comentou:

- Se esqueceram de convidar o ex-goverandor. Ele também iria apreciar.

MARCOPOLO AMPLIA ATUAÇÃO INTERNACIONAL COM AQUISIÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NO MAIOR FABRICANTE AUSTRALIANO DE ÔNIBUS

Volgren Australia Pty. Limited é líder no mercado local
com 40% de market share

Caxias do Sul (RS), 13 de dezembro de 2011 - A Marcopolo, empresa brasileira líder na produção de carrocerias para ônibus, anuncia que assinou, ontem, 12 de dezembro, contrato para a aquisição de 75% de participação na empresa Volgren Australia Pty. Limited, sediada em Melbourne, Austrália. Com o negócio, a companhia dá prosseguimento ao plano de expansão de suas atividades no mercado internacional, com ingresso na Oceania.

A Volgren é a maior encarroçadora de ônibus da Austrália e conta com mais de 560 funcionários. A empresa tem presença em todo o território australiano com mais de 40% de participação de mercado. No ano fiscal de julho/10 a junho/11, registrou vendas de 698 unidades, com receita de A$ 207,1 milhões (dólares australianos), correspondente a cerca de R$ 383 milhões.

O valor a ser desembolsado pela participação de 75% da Volgren consistirá de uma antecipação de A$ 52,5 milhões de dólares australianos (aproximadamente R$ 96 milhões) e ajustes relativos ao desempenho da companhia com base no EBITDA dos próximos três anos. A Marcopolo detém o direito de exercer os demais 25% de participação ao final de três anos.

Segundo José Rubens de la Rosa, CEO da Marcopolo, a Austrália ainda possui um mercado pequeno se comparado com o brasileiro – cerca de 2.000 unidades/ano. A Volgren é especializada na produção de ônibus urbanos e detém tecnologia de carrocerias integralmente de alumínio, que proporciona a redução de peso e é totalmente reciclável.

Apesar de pequeno, o mercado tem crescido à média de 12% ao ano e uma oportunidade a ser estudada no futuro é o desenvolvimento e fornecimento para outros segmentos de mercado, como ônibus rodoviários, fretamento e turismo receptivo, bem como a exportação para os países vizinhos.

Secco Consultoria de Comunicação
Tel. 11 5641-7407 | secco@secco.com.br

HISTORIAS DE LA UNDEZE

"EL MASSAROL"


Fui caminhar hoje de manhã na pracinha da Encol me lembrando de um episódio de muitos e muitos anos atrás,quando morávamos na colônia. Chamavam de EL MASSAROL, Era o "diabo" que judiava do nosso cavalo pangaré, que tinhamos comprado do Balduino Fedato.O pangaré chegou gordo e bem alimentado ao contrário do anterior que tínhamos, o Curva, um cavalo velho, manso e magro.
O caso é que o Pangaré passava a noite indo e vindo pelo potreiro. El sufiava( assoprava toda a noite, como fazem os cavalos, quando são judiados.

Dizia-se que era o Massarol que andava encima do cavalo e que como um diabinho não caía nunca mesmo com o cavalo em pelo.

O fato é que o cavalo corria como um alucinado a noite toda. Hoje em dia eu imagino que um veterinário resolveria isto aí com um repelente, porque imagino que o que judiava o Pangaré eram os morcegos que se grudavam no pescoço do bicho e lhe chupavam o sangue.


No dia seguinte a que o Pangaré tinha corrido a noite toda, encontrávamos suas crinas trançadas como se fosse uma obra de arte.E aí o medo e a imaginação deixava atodos ainda mais assustados... com aquele fenômeno que não conseguíamos explicar.

Pois não lembro mais como foi o fim do Pangaré, porque com 16 anos deixei a colônia rumo a capital.

Do Pangaré, nunca mais tive notícias. Neste Natal, que estarei ao que tudo indica,em Serafina, vou ver se me lembro de perguntar ao meu pai o que foi feito daquele cavalo bonito, de pelo reluzente, gordo que compramos do Balduíno Fedatto( o primeiro colono da capela São Pedro a comprar um jipe). Seguramente está morto.

 

De Serafina


Mais eventos no rio Carreiro de abertura da temporada.


de Serafina


BICO BRANCO, FELIZ DA VIDA, ABRE O NATAL SERAFINENSE


Infraestrutura para as ruas centrais

Garantir infraestrutura básica, sanar deficiências na área e promover qualidade de vida aos serafinenses são ações que a Secretaria Municipal de Obras desenvolve diariamente no município. Durante o mês de dezembro, foi instalada nova tubulação em trechos da Rua Castelo Branco, buscando proporcionar infraestrutura, conforto e qualidade à vida dos serafinenses.

Por: Adriana Sabadin – Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa – RS.


7ª Minimaratona em Serafina

Cinquenta e seis atletas representando 5 municípios da região participaram da 7ª edição da Minimaratona no domingo, 11 de dezembro de 2011, em Serafina Corrêa. Com a coordenação da Prefeitura Municipal e do Rotary Clube, o evento foi novamente um sucesso. Segundo os organizadores, a tendência é que a minimaratona se torne cada vez mais popular, sendo que houve um aumento de 27% na participação de atletas, comparando os anos de 2010 para 2011. Confira os vencedores de cada categoria:

10 A 13 Anos Masculino 10 A 13 Anos Feminino
1º Lugar: Pedro Henrique Pierdoná – S. Corrêa 1º Lugar: Denise Ranzan – N. Bassano
2º Lugar: Vinícius Pavan – S. Corrêa 2º Lugar: Gabriela Ferronato – S. Corrêa
3º Lugar: Juliano Giacomini – S. Corrêa

14 A 17 Anos Masculino 14 A 17 Anos Feminino
1º Lugar: Tiago Reolon – S. Corrêa 1º Lugar: Débora P. Pacassa – S. Corrêa
2º Lugar: Jefferson Brustulin – S. Corrêa 2º Lugar: Daniela Conte – S. Corrêa
3º Lugar: Luis G. Fin – S. Corrêa 3º Lugar: Débora I. Guedes – S. Corrêa


18 A 35 Anos Masculino 18 A 35 Anos Feminino
1º Lugar: Rudinei Martin de Mello - Marau 1º Lugar: Marlene Trento - Marau
2º Lugar: Guilherme Strapazzon - Guaporé 2º Lugar: Deise C. Meneguzzi – S. Corrêa
3º Lugar: Izaías dos Santos Ribeiro – S. Corrêa 3º Lugar: Luana Vivian – S. Corrêa


36 A 49 Anos Masculino 36 A 49 Anos Feminino
1º Lugar: Edemar Conteratto – Casca 1º Lugar: Marlene Duarte – S. Corrêa
2º Lugar: Denilson C. Jorge – S. Corrêa 2º Lugar: Marli Bottega – Marau
3º Lugar: Bruno M. Dias – Marau


50 A 59 Anos Masculino 50 A 59 Anos Feminino
1º Lugar: Zaudir Ranzan – N. Bassano 1º Lugar: Deonilse Passarin – S. Corrêa
2º Lugar: Ivanir Mangoni – S. Corrêa


60 Anos em diante Feminino
1º Lugar: Teresinha Dalmás – S. Corrêa
2º Lugar: Dulce Paludo – S. Corrêa

Serafina Corrêa é selecionada para obras de saneamento

Nesta quinta-feira, 08 de dezembro de 2011, a Fundação Nacional de Saúde, FUNASA, divulgou a lista dos municípios que foram selecionados para investimentos em obras de rede de água e/ou esgotamento sanitário, dentro do PAC 2 Saneamento, em todo o país.
No Rio Grande do Sul, 55 municípios foram selecionados, somando o montante de R$150 milhões em novos investimentos. O município de Serafina Corrêa foi selecionado para obras de saneamento, com investimentos de R$ 8 milhões.
O Presidente Marco Maia parabeniza a Presidenta Dilma pelos investimentos nessa área. São fundamentais os investimentos em obras de saneamento, seja na prevenção na área da saúde, bem como na preservação do meio ambiente, afirmou Marco Maia, ainda comemorando o grande número de municípios do Rio Grande do Sul que serão contemplados, como exemplo: Barra do Ribeiro, Benjamim Constant do Sul, Candiota, Caçapava do Sul, Constantina, Erval Seco, Pinhal Grande, Rolante, Santiago, São Lourenço do Sul, São Valentim, Serafina Corrêa, Vera Cruz e Viadutos.
Os recursos para a realização dessas obras são a Fundo Perdido e todos os municípios que apresentaram Carta Consulta para elaboração do projeto também serão contemplados. A lista dos municípios foi publicada no Diário Oficial da União, número 235, em 8 de dezembro de 2011.

Por: Assessoria de Comunicação
Deputado Federal Marco Maia

O Mazza mandou este convite.

Embora seja a terra do JCTerlera, estou até pensando em fazer esta indiada. Se o Mazzarino me der suporte logistico, ele que mora a 12 km de Muçum.

Do teu correspondente
no Vale do Taquari.

Memória


NOVOS TEMPOS NO PIRATINI


Este foi o titulo que João Carlos Terlera deu a um tópico na sua coluna Bastidores, quando assinava na ZH. O que queria dizer era o seguinte: ele fora procurado pelo filho do Governador Pedro Simon, Tiago- o mais velho dos 3 que teve com Tania Chanam - que queria lhe passar uma pequena informação: faria uma festa nos salões do Palácio Piratini.

Terlera tinha guardado a notícia, mas antes queria falar com Pedro Simon. Quando foi ao gabinete pegar notícias, como sempre fazia e disse isto a Simon, o governador quase enlouqueceu. Mandou sua assessoria procurar o filho e o chamou até o gabinete pra saber que história ela aquela.

Tiago lhe disse então que realmente faria a festa mas que só comunicaria ao pai um dia antes..

Simon mandou desmarcar tudo isto, porque não queria rolos maiores dentro do Piratini.

E Terlera, com seu habitual veneno deu a notinha!

DE SÃO BORJA


CLAIR RIBAS RECEBE

HONRARIA DA CAMARA MUNICIPAL

O ex-presidente do PDT de São Borja - crítico do governo de Mariovane Weis, do mesmo partido - recebeu na sexta passada, dia 9/12 o título de cidadão sãoborjense. Honraria muito grande pra ele, que é nascido em Cruzinha(mesmo local onde nasceu Leonel Brizola) e se mudou para São Borja anos depois onde milita na política e na advogacia.

Clair está prometendo aos amigos um livro. Já chegou a fazer um escopo de como quer o livro, mas até agora nada andou.

O título que Clair recebeu foi uma proposição do vereador Celso Lopes.

Antes de Clair, a militante do PDT, a advogada Neuza Pinto Penalvo fora indicada para receber o título, mas como ela não entregou a documentação a tempo, a assessoria de Celso Lopes convidou Clair Ribas.

Neuza é integrante do Diretório do PDT de São Borja.

Nos meios da Câmara Municipal, o fato de Neuza não ter entregue a documentação solicitada dentro do prazo para ela ser agraciada com a honraria( ela é nascida em Rivera, no Uruguai) foi interpretado como um gesto de que ela já saberia que Celso Lopes quer atrair para si a simpatia dos integrantes do diretório pedetista, pois postula a ser o indicado do partido a prefeito no ano que vem.A conhecidos, Neuza alegou que não o fez por problemas de saúde.

CONTA MENOS GORDA


Já migraram da conta bancária de João Carlos Casarotto Terlera os 30.161,09 reais e desde sexta passada foram pra conta da Procuradoria Geral do EStado na agencia do Banrisul do foro central de Porto Alegre.

Terlera,nos anos 90, foi fiador de um cheque forte que o colega José Luis Gulart Previdi abriu junto a Caixa Economica Estadual na agência da Assembléia Legislativa. O cheque forte deixou uma dívida que tinha ido em 115 mil reais, mas como nada foi pago, Terlera, que como fiador teve que arcar com a dívida, conseguiu,através do seu advogado Mário Wunderluch a redução para o valor pago.


O processo de cobrança judicial começou em 2004.

 

EXCLUSIVO

o Zé, não!


oNTEM DENOITE, DIA 12.12, A DEPUTADA ESTADUAL MARIA HELENA SARTORI GARANTIU AO REPORTER JOÃO CARLOS TERLERA QUE SEU MARIDO, O PREFEITO DE CAXIAS, JOSÉ IVO SARTORI -PMDB - NÃO SERA O PROXIMO PRESIDENTE DO PARTIDO, COMO ANDAM DIZENDO POR AI..

Ibsen Pinheiro, atual presidente, vai largar abatata quente em março vindouro.

Sobre o Código de Ética

Por Volmer Jardim!

Quem conhece – e o Rio Grande inteiro conhece – a forma como a RBS historicamente se comporta na questão ética, o tal Código agora lançado com pompa e circunstância é a legítima “conversação amorfa para semovente bovino dormitar”, pura conversa pra boi dormir. Ou se quiserem, apologia do “façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço”. Trata-se, na verdade, de um blefe, um engodo para aplacar na opinião opinião pública a crescente sensação de estar sendo ludibriada sempre que lê uma matéria com meias verdades, o que frequentemente ocorre.
Acerca de seu conteúdo, ZH seleciona e publica duas opiniões de leitores, invariavelmente uma a favor e outra contra. Acha que assim é capaz de passar a impressão de ser crítica em relação a si mesma. Nada mais falso, por não informar quantas opiniões foram a favor, nem quantas foram contra para que assim se dimensione o nível de agrado ou de repúdio a determinado comentário ou informação. Ainda que esse dado quantitativo pudesse ser manipulado, mesmo assim ficaria melhor do que utilizar-se da opinião do leitor para fazer esse joguinho ardiloso e maniqueísta.

O livro que acaba com os tucanos

O livro que acaba com os tucanos
Para não dizerem que é maluquice de petista, vai aqui um post do deputado Brizola Neto, do PDT sobre o livro que se este país for um pouquinho sério vai botar miuito tucano na cadeia. Aproveitem, pois o que está aqui, vocês não vão ler nem nos jornais, nem na Veja

A reportagem de Amaury é um processo penal
O livro de Amaury Ribeiro Júnior são dois, que me consumiram a noite e a manhã, numa escandalizada leitura.
Um dos livros, com 200 páginas, conta a histórias de um time de lavadores de dinheiro, todos girando em volta de José Serra, durante e depois do criminoso processo de privatizações.
Há os “amicci” – Ricardo Sérgio, Vladimir Rioli e Daniel Dantas – e a “famiglia” – a filha, Verônica, o genro, Alexandre Bourgeois e o “primo” Gregório Marín Preciado – com suas contas e contratos na Ilhas Virgens, na paradisíaca cidade de Tortola.
Ou, mais precisamente, em caixas postais, como a P.O. Box 662.
A Caixa Postal 662 é o endereço predileto do crime financeiro organizado. Muito mais perigosa e criminosa que qualquer fortaleza do tráfico.
É lá, por exemplo, que “fica” a AES Holdings, braço criado pela AES americana, talvez para não conspurcar o Cemitério Nacional de Arlington, cidade da Virgínia onde fica sua sede, onde repousam os herois da democracia americana. E outra caixa postal vizinha, a PO Box 31106, ficam a AES Cemig, a AES Tietê, a AES Brazilian Holdings e uma dúzia de outras, de nomes muito interessantes, como a AES Treasure Cove, ou “Buraco do Tesouro”…
Voltemos aos livros do Amaury.
O “segundo livro”, de 120 páginas, é uma fantástica coleção de provas. Os registros, transferências de dinheiro, as operações, a entrada de dinheiro com capitalizações fajutas de empresas, o tráfico de influência, a gestão temerária, a advocacia administrativa, a corrupção estão retratadas, em inglês e português, nos seus mínimos detalhes, no que deve ter sido uma longa e penosa missão de reportagem.
Reportagem? Não, “os livros” de Amaury não são uma reportagem.
Deveriam ser olhados como a instrução de um processo criminal.
É a ísso que o Ministério Público está desafiado.
Amaury Ribeiro já “instruiu os autos”.
É com os senhores, senhores promotores.

Campanha a favor do Odone

Caro Olides
Não acho muito simpática tua campanha FORA ODONE, prefiro uma mais assertiva: ODONE NO INTER.
Matamos dois coelhos com uma só cajadada.


Remindo Sauim

NAS ASAS DA RBS(II)


o MARIDO DA COLEGUINHA QUE QUANDO CHAMA UM TÁXI NUMA SAUNA TEM A PREOCUPAÇÃO DE DIZER AO TAXISTA QUE VAI PAGAR COM CONVENIO RBS É ......ah, já teve importantes cargos públicos no governo passado!

Angélica Rizzi no Diversidade da Ulbra TV nesta terça-feira (13.12), 16h10min

A cantora, compositora, jornalista e escritora Angélica Rizzi participa nesta terça-feira 13 de dezembro, 16h10min, do Diversidade (Ulbra TV canais 48 e 98 UHF Porto Alegre, e canal 21 da NET), programa de variedades conduzido por Glei Soares, Cristina Mazzei e Adriana Marques. Acompanhada do músico Davi Moreira, Angélica irá desfilar um repertório de canções próprias que estão no seu 1º CD "Águas de Chuva" (2008), novas composições e uma amostra do novo trabalho "Angélica Rizzi à italiana". Confere!

Você também pode assistir ao programa Diversidade via http://www.tvi.com.br

Na manhã de domingo (11.12), Angélica teve seu CD "Angélica Rizzi à italiana" veiculado no programa "Canzoni d´Italia" de Pedro Russo Neto na Rede Boa Nova AM 1450 (São Paulo).


Mais infos acesse: www.angelicarizzi.com

http://issuu.com/gutovillanova/docs/ang_lica_rizzi_news_4_thats_all_right
O primeiro romance de Angélica Rizzi "O poeta mais velho do mundo" (VCS Editora) está disponível para compra na
Palavraria (Vasco da Gama, 165), e via site www.angelicarizzi.com

Agendar apresentações e entrevistas com Angélica Rizzi entrar em contato com

Guto Villanova
Jornalista
Dimensão Cosmopolita Assessoria de Comunicação
http://www.issuu.com/gutovillanov

Coleguinhas


Assis Hoffmann, colega fotógrafo, está num asilo, que fica na mesma rua onde sempre morou, na zona sul da cidade. SEgundo rumores que circularam na entrega do Prêmio de Direitos Humanos, Assis estaria com o Mal de Alzheimer.

*Armindo Ranzolin também está com o Mal de Alzheimer.


*O pai do Caco Barcellos, seo Nércio, morreu alguns anos atrás, também de Mal de Alzheimer.

Coleguinhas

A Ana Maria Smidt que está na foto deste blog é sobrinha do ex-todo poderoso diretor da Varig, Hélio Smidt. Mas ele nunca deu colher pra ela. Ela começou a vida no Rabisco, da ZH, um jornal interno que circulou nos anos 70.

Hoje ela trabalha no Sindicato dos Veterinários, depois de ter ficado anos na Associação do Gado Holandês.


*Hedy Gerhard, coleguinha nossa que está na Ulbra TV - já foi da RBS, TVE - conheceu seu esposo na Igreja. Ela era crente.Heidy é de Horizontina,se não estou enganado, ou Santa Rosa.

Pitacos

Wolmer Jardim

FELICE NA BERLINDA

Além de Mariovane Weis, de São Borja, outro prefeito fronteiriço passa por maus bocados frente ao Judiciário. O Pleno do Tribunal de Contas do Estado determinou a instauração de Inspeção Extraordinária na Prefeitura de Uruguaiana, para examinar a desapropriação de bens móveis e imóveis do município, no período de 2005 a 2012, coincidente ao tempo dos dois mandatos de José Francisco Sanchotene Felice.
A decisão acata representação do Ministério Público de Contas, que entendeu necessária a verificação de regularidade das desapropriações, pois, de acordo com denúncias e documentos, as ações podem estar atendendo a interesses privados, em detrimento do interesse público. O prefeito Felice está subindo pelas paredes, bufando de brabo. E diz nas rádios locais que o promotor público de Contas Geraldo da Camino, que pediu a verificação, “é um inimigo de Uruguaiana”.

CONCORRENTES

O Prêmio Jabuti, o maior da literatura nacional, já tem dois fortes concorrentes no ano que vem, na categoria ficção. Um deles é a proposta de Orçamento de Tarso Genro para 2012. O outro é o Guia de Ética do grupo RBS.

TRIO DE CÁGADOS

Se o novo técnico gremista Caio Júnior levar adiante a ideia de fazer da velocidade a característica principal de seu time, já se sabe que três dos atuais titulares do meio campo terão de ir para o banco. Rochembach, Douglas e Marquinhos podem ser tudo na vida, menos velocistas. São bons jogadores, mas de retenção de bola, passe para o lado, para trás, com tempo para se dedicarem a elucubrações metafísicas e outros quetais. Constituem um trio de cágados.

Cartas


Em tempos de email recebo uma carta. Muita emoção. Adoro os carteiros e as carteiras do Brasil. Esses abnegados que torram no verão e pegam gripe no inverno. Pelo menos aqui no sul. Mas recebi uma carta como aquelas de antigamente. Não era de banco oferecendo cartão de crédito. Não era do Detran cobrando multa. Não era convite para inauguração de loja ou degustação de vinho. Era uma carta - quase - de verdade. Poderia ser uma carta anônima. Poderia ser uma carta-bomba. Até quem sabe uma carta-testamento. Mas era apenas uma carta que conta a história da Irmã Terezinha Morandi, de Serafina Correa, relatando a vida de evangelista nos anos 80, nos garimpos de Porto Velho, em Rondônia. Ah, se não fosse essa carta eu não saberia que os garimpeiros morriam dia a dia e eram enterrados em valas comuns, um ao lado do outro... Todos jovens. Quando terminei a leitura pensei que este país também sabe como ser ingrato.
Agora vou responder ao Olides que também gosto muito das "fofocas da noite"... Deixam Porto Alegre mais provinciana e menos capital.

Prezados leitores

Olha só que coisa bonita a Laura Peixoto escreveu em seu Varal sobre o boletim Fitness que lhe mandei. se alguém se interessar pela materia da freira, acesse meu blog e leia no boletim fitness que está lá.

Me deu trabalho esta matéria. um dia conto a história dela.(matéria)

Recado enigmático

Chega um recado enigmático do maior informante do Pedro Ernesto do Vale do Taquari. Meu Deus, terei jornais pr aler.!!!!

Quando receber avise.
mazzarino


CARTAS DE PARIS

dias atrás, almoçando com minha filha Ana e com a neta, Helena, ouvi a Ana dizer pra sua afilhada que o anel que ela tinha tirado do dedo pra dar pra ela brincar ganhara da " mana" - assim ela se refere a mãe da Helena - 12 anos atrás em Paris. Aí me lembrei uma carta que ela mandou de la. Ei-la:

E no envelope teve o cuidado de mandar dizer como eu deveria lhe endereçar cartas, se fosse escrever!

 

Já que estamos falando em cartas, registro a chegada, semana passada, de um envelope com dois tocos dentro mandados pelo Valter G. Pinto, meu paitrocinador, diretor da Marcopolo( o Valter já tá meio que fora da execução, mas ainda é um dos donos lá)

O Valter sempre me manda um toco de fim de ano, acompanhado de um bilhettinho. Ainda é melhor que internet....mas o que vale sempre é a intenção!

Um bom filme para entender a crise global

Um bom filme para entender uma das causas desta nova crise global que estamos vivendo é “Marging Call – O Dia Antes do Fim”. Dirigido por J.C. Chandor e estrelado por Demi Moore e Kevin Spacey, o filme mostra a história dos primeiros a constatar a eclosão da crise econômica de 2008 e se passa nas 24 horas que antecederam a quebra do Lehman Brothers (mesmo sem citar o banco). Ao lado do documentário “Inside Job” (vencedor do Oscar de melhor documentário de 2011), que mostra os bastidores dos bancos por trás da crise, Marging Call é outro filme que merece ser assistido por quem quer entender melhor as razões da crise econômica.

do site do Rigotinho!

Prefeito assina Termo de Adesão

O Prefeito Municipal, Ademir Antônio Presotto, assinou o Termo de Adesão ao Convênio Operacional e de Cooperação Técnica para implementação de troca de informações com fins de fiscalização da incidência de alíquota do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISSQN, incidentes sobre as atividades e operações de arrendamento mercantil, leasing, registradas junto ao Departamento Estadual de Trânsito e os Centros de Registro de Veículos Automotores, CRVAS.
O Convênio tem como fundamento legal as disposições aplicáveis na Lei Complementar 116/2003, que dispõe sobre o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, de competência municipal, especialmente o contido em seu artigo 6º. Portanto, ao assinar o Termo de Adesão, constitui-se em importante instrumento para a fiscalização e arrecadação do ISSQN devido pelas instituições financeiras. A assinatura ocorreu na FAMURS, área de Trânsito, no dia 05 de dezembro de 2011.

Adriana Sabadin

Coleguinhas na Fiergs


Vi ainda no almoço de ontem,segunda, na Fiergs, o Danilo Ucha( me disse que a edição do JN está atrasada) o Bortolon, do Correio do Povo,Gládis Berlatto,( que tem uma agencia de assessoria)a assessora de imprensa da Fiergs, a Sirley, também da Fiergs,entre outros.

Churra de ovelha


É nesta quinta o churrasco de meio dia de fim de ano na Farsul. Um colega me deu a dica. Vou lá que apesar de estar de dieta, um táio nesta carne quero dar.

Estarei, eu , um filho de pequenos colonos, no seio do latifundio gaúcho onde muitos coleguinhas gostam de pontificar. Qualquer dia dou os nomes dos coleguinhas e suas vinculações farsulianas,digamos.

GRANDE IMPRENSA GANHA

PREMIO DIREITOS HUMANOS

MAS boicota divulgação!

Foram entregues na sexta passada OS PREMIOS MJDH na OAB. Mas durante o findi todo acompanhei se algum jornal noticiava. Apenas na segunda, o Correinho deu a foto dos dois repórteres da Guaíba que venceram. No más, não vi uma linha!

É tudo contigo barbudo do MJDH!

Almoço na Fiergs

Coleguinhas


Foi bem tranquilo este ano o almoço de fim de ano na Fiergs, como sempre ocorre. Este almoço nasceu há muitos anos atrás bolado pelo Julio Cesar Magalhães( cuja carteira do trabalho mantém uma parte queimada pelo fogo no incêndio da zero hora de 1973).

Coleguinhas que passam o ano inteiro sem se verem, acabam se encontrando neste evento.

Vi lá o Prévidi, que na noite de segunda, lançou seu sétimo livro, a |se Mara Silveira, o Affonso(padre) Ritter, a Isara Marques, a Beti Corbetta( que ficou famosa porque foi a última pessoa que jantou com o Daudt, antes de ser assassinado) e uma turma que já não conheço.

Como sempre, o Rogério Mendelski não foi.

O Jurandir( defensor do Odone, no Gremio) Soares estava lá. Mas o Jurandi defende o Odone porque sua filha é casada com o Sebastião Ribeiro e então tudo a ver.

Vai nascer agora seu segundo netinho.

Das perguntas na coletiva, nenhuma se destacou. Todas foram pobres.


*A Denise Nunes, que está de luto no Correio do Povo - lhe tiraram a coluna- foi mas saiu antes do almoço. Pegou seu toco e foi embora.

Meu palpite é que a Denis eestá com os dias contados no Correio.

*Sobre o Metrô pra Fiergs, nem o presidente da entidade, Heitor Muller, acredita que saia logo. Quando lhe perguntei se ele gostaria de usá-lo ele disse que seu mandato é de 3 anos, mas que acha que até lá não terá este transporte até a sede da entidade.


*Em volta da Fiergs, a grama seca mostra a seca que assola o Rio Grande do Sul. Que por sinal foi uma das perguntas que fizeram na coletiva.
Muller acha que a safra do milho já está sofrendo mas que a soja ainda não foi atingida muito pela seca. E todos torcem pela chuva.


*O site Ponto Critico, site do Simões Pires, foi o primeiro a perguntar foi crítico como sempre.

 

FILME RETRATARÁ HISTÓRIA DE AMOR DE CRISTINA E NÉSTOR


Dirigido pelo jovem Pablo Yotich, o filme pretende retratar a vida de dois jovens apaixonados com as mesmas convicções e ideais políticos. Balada de um povo será o título original do filme.

De Buenos Aires
Gelson Farias

Apenas um chiquitito comentário: esta Cristina é uma " artista", no sentido aquele que a palavra quer dizer!( o editor)


Olá Olides, como esta, bien... Aqui, tempo bom com a temperatura de 17 graus... Um abraço gelson.

(Em tempo)

Hoje a noite, ás 22 horas, vou na companhia da Enriqueta numa festa de Natal e fim de Ano, para aos funcionários e amigos do Grupo Clarín que será em Puerto Madero. Vou mandar fotos, ok. Na Aerolíneas a festa é na terça feira.

Vou de dar aqui a notícia. Recebi o convite de Plablo del Valle, um editor do grupo Clarin, para escrever para os jornais do grupo. ( um estrangeiro em Buenos Aires) este será o título da página... Parece que a proposta ( ela estava amadurecendo desde março último) e pela conversa que tive ontem com a Enriqueta, tudo indica ( nada ainda acertado pois não fui ainda contratado ) que vai dar certo. La Chiquyita falou para eles sobre meus prêmios de jornalismo (matéria escrita) que ganhei aí, em Porto Alegre, ( na zero e Correio do Povo e mais este útimo dos Direitos Humanos-RS)e o Pablo ficou contente. Vamos torcerpara ver o que acontece. Se der certo, vou ficar trabalhando nas Aerolíneas sem problema. A coluna, será mensal.

Um forte abraço Olides. Na quinta feira, vou estar por ai, ok. gelson.

Gelson Farias

Assim como o romance de Evita e Juan Domingo Perón, a presidente argentina Cristina Kirchner será homenageada com um filme sobre sua história amorosa com seu falecido marido e antecessor, Néstor Kirchner, com o título de 'Balada de un Pueblo' ('Balada de um Povo', na tradução literal). Yotich admitiu que seu projeto sobre Néstor e Cristina ainda está no início e não tem atores selecionados, mas gostaria de contar com Dalma Maradona, filha do jogador Diego Maradona, para o papel principal.

Um amor eterno...
Foi à própria presidente argentina que, em setembro, durante a estréia do filme 'Juan y Eva', sobre o romance de Evita e Perón, sugeriu a possibilidade de um filme sobre sua história com Kirchner. 'Talvez no futuro façam um filme com minha história. Também foi uma grande história de amor', comentou ao lembrar-se de seu marido, falecido em outubro de 2010.

NA POSSE, CRISTINA KIRCHNER RECEBE A FAIXA PRESIDENCIAL DA FILHA FLORENCIA


A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, rompeu o protocolo e afastou da cerimônia seu vice-presidente, e rival político, Julio Cobos.
De Buenos Aires
Gelson Farias

Cristina Kirchner rompeu neste sábado (10) com o protocolo da cerimônia de posse de seu segundo mandato presidencial na Argentina. Ela evocou seu marido e antecessor, Néstor Kirchner, no juramento e recebeu a faixa presidencial das mãos de sua filha mais nova, Florencia. Vestida de rigoroso luto, Cristina jurou sobre a Bíblia desempenhar com lealdade e patriotismo o cargo de presidente e acrescentou: "se assim não fizer, que Deus, a Pátria e ele (Kirchner) me demandem".

No juramento e recebeu a faixa presidencial das mãos de sua filha.
Desde a morte de Kirchner, em outubro do ano passado, a presidente costuma se referir a seu marido em atos públicos como "ele". Cristina recebeu a faixa presidencial das mãos de sua filha mais nova e ela mesma tomou o bastão de comando, perante o olhar do vice-presidente em fim de mandato, Julio Cobos, que vive conflito com o governo.

As Autoridades convidadas para a posse de Cristina Kirchner.

Com esta fórmula, a presidente evitou dar uma função a Cobos, que de acordo com o protocolo deveria ter sido encarregado de dirigir a cerimônia de juramento de Cristina. Emocionada, Cristina Kirchner abraçou sua filha enquanto no Parlamento retumbavam os aplausos e as aclamações. Presidentes convidados, delegações estrangeiras, legisladores, funcionários, dirigentes peronistas e representantes de organizações de direitos humanos, abarrotaram o Congresso argentino. A presidente brasileira, Dilma Roussef, também esteve presente.

ARGENTINOS LOTARAM AS RUAS DE BUENOS AIRES PARA A POSSE DE CRISTINA

De Buenos Aires
Gelson Farias



Milhares de militantes e membros de organizações governistas lotaram sábado as ruas de Buenos Aires, com as principais avenidas interditadas, para participar da posse do segundo mandato da presidente argentina, Cristina Kirchner. Com bandeiras e cartazes na mão, integrantes de sindicatos, organizações sociais e diversos grupos que apóiam a líder se encontram em frente ao Parlamento argentino, com cânticos como "eu sou peronista, sou soldado de Cristina".

Milhares lotam ruas de Buenos Aires em posse de Cristina
A presidente partiu neste sábado em helicóptero de sua residência oficial de Olivos, nos arredores de Buenos Aires, acompanhada de seus dois filhos, Florencia e Máximo, e da namorada de seu filho, para dirigir-se à Casa Rosada. Dali, Cristina se transferiu em carro oficial até o Congresso para a cerimônia de posse, e depois voltou para a sede do Governo para tomar juramento a seus ministros.
As imagens de Cristina e de seu falecido marido, o ex-presidente Néstor Kirchner - que morreu em 27 de outubro de 2010 – eram vistas em bandeiras e cartazes dos militantes portenhos e de outras cidades argentinas. A Praça de Maio, situada em frente à sede do governo, ficou pequena para a multidão que se formou desde as primeiras horas da manhã, graças a determinação da gratuidade nas passagens de trem e metrô na capital argentina, buscando facilitar a participação das pessoas nos eventos.
A governante percorreu de carro as ruas que separam o Congresso da sede do governo para saudar os militantes. Durante a noite de sábado, foi montado um palco, onde várias bandas fizeram suas apresentações. O governo determinou a gratuidade nas passagens de trem e metrô na capital argentina para este sábado, buscando facilitar a participação das pessoas nos eventos. Dezenas de policiais vigiavam as principais avenidas de Buenos Aires, por onde passou a presidente Dilma Rousseff, o príncipe das Astúrias, Felipe de Bourbon, e os presidentes Evo Morales (Bolívia), José Mujica (Uruguai) e Fernando Lugo (Paraguai), Sebastián Piñera (Chile), Álvaro Colom (Guatemala) e Porfirio Lobo (Honduras). Cristina, a primeira mulher das Américas a ser reeleita nas urnas, assume um novo mandato após ganhar as eleições gerais de outubro passado com mais de 54% dos votos.


Coleguinhas

MiltonGerson que era do JC está agora com o vereador Mauro Zacher, do PDT!

*Depois de um zorra que armou dias atrás, quando parou na superintendência de comunição com o estagiário que cuida da salinha JCTerlera, o fotógrafo Edison Castencio, o paparazzo,segundo o próprio, sumiu da Assembleia. Acho que bateu de frente com o Antônio de Oliveira, que não é mole.É dureza desde os tempos da ZH.

Quando ia sair uma greve, nos anos 70, Antônio queria pichar asparedes da Zh. Imagina isto nos anos da ditadura....

Ausencias

Moises Mendes não foi receber seu prêmio nos Direitos Humanos. Não tinha ido receber nem no da ARI. Moises está se tratando de um câncer e tem mais é que cuidar disto mesmo


*Outra âusência notada é de um velho papador de prêmios de Direitos hUmanos, o Nilson Mariano. Ele ganhou sim desta vez sobre a Legalidade, mas não o vi lá.


*Humberto Trezzi, popular radici, ganhou desta vez por fazer cobertura pra rádio Gaucha.

*Estes - Trezzi, Mariano, Wagner, são os sobrevientes da era Augusto Nunes dentro da ZH.

O restante é tudo gurizada...

*Carlos Wagner também não pintou no pedaço e me parece que desta vez não ganhou nenhum prêmio.


*Uma que ganhou foi a Ivone Cassol, orientando alunos na pUC. Jair, o barbudo do MJDH , disse que a Ivone foi quem fez o regulamento do premio em 1984. " Ela ajudou a escrever o regulamento",lembrou ele. Ivone disse que nunca imaginou que um dia estaria ai recebendo o premio.

*Opremio direitos humanos não tem grana. Por isto o Santiago nunca ganha....

*O presidente da oAB,anfitriã do evento, não estava. Tinha ido a São Gabriel. Lamachia mandou o colega Ricardo Breer em seu lugar.

*Depois do término da entrega, houve coquetel. Por isto quando estava na rua, esperando o onibus TV pra ir no niver do meu amigo Felipe, perto do Olimpico, vi um papacoquetel se dirigindo faceiro em direção a OAB. O Telmo, seu colega, já estava lá há tempos...

*Mario Marcos de Souza ganhou o premio com uma cronica sobre o livro Hitler Ganhou a Guerra. e recomendou o livro pra nós comuns lermos.

Direitos Humanos


No evento da entrega dos prêmios em si na OAB, na sexta passada, que foi muito legal fiquei lá um bom tempo - fui embora quando o Itamar , presidente da Arfoc,começou com um longo discurso, porque não tenho mais saco pra isto( todos temos nossos problemas)e revi alguns colegas que não via há anos como a Daniela XU, fotógrafa, que está ano Pioneiro. A Daniela sempre ia visitar seu conterrâneo, o Torves( acho até que foram namorados em alguma passagem da vida, se não for verdade me perdoem)quando era presidente do sindicato dos jornalistas.

Revi aindao Valdir Friolin de ZH, que ganhou vários prêmios, o popular Marimbombo( porque é brabo mesmo quando toma uns tragos)

O Friolin fez uma viagem nos anos 80 pro Chile pra fazer aquelas matérias de fronteiras e dizem que rolou um romance na viagem com a coleguinha. Eu não acredito não...

Friolin é um velho papador de prêmios jornalisticos.

Direitos Humanos

Dediquei o premio direitos humanos que o Gelson Farias ganhou ao colega Assis Hoffmann internado numa clínica geriátrica.

Premio Direitos Humanos


Fui na sexta passada receber o prêmio Direitos Humanos na oAB pelo Gelson Farias que está em Buenos Aires.

O barbudo do Jair Kristche, perguntou onde andava ele:

- EStá em Buenos Aires e ja mandou matéria sobre a Cristina, disse a ele.


Como editor do site, me interessa isto, não lantejoulas.
Aliás, vi um sujeito naquela noite de entrega de prêmios numa posição de autodestaque,que só não fui embora porque fui lá fazer um favor para o Gelson.Mehavia comprometido com ele que iria buscar o seu prêmio.


Eu aprendo a conhecer as pessoas uma vez. Depois não precisa mais me dizerem que são. Eu já sei.


Nas asas da RBS!


Pois o marido de uma coleguinha,editora da ZH, sempre que chama um táxi pra que o transporte quando vai fazer sauna num determinado local da capital, trata de avisar na chamada: convênio RBS!

Censura na TV Assembléia???!!!


Pois é o que me chegou aos ouvidos. ( como diria o finado Teixeirinha são noticias que estão correndo por aí...)

Aconteceu o seguinte. Na terça passada, dia 6.12 a TV Assembléia estava transmitindo ao vivo a sessão e teria havido, ou houve um pequeno protesto de presentes a sessão que estavam interessados no assunto em pauta(sinceramente, confesso que deveria saber do que se tratava mas não tenho aqui no momento) Bom, como a apresença não gostava do que estava sendo aprovado e protestava, algumas destas cenas do público foram suprimidas da TV Assembléia por ordem da diretora Carme.

Censura dois(2)

No dia seguinte 7/12 o deputado Giovane Feltes, do PMDB, que está sendo considerado o líder da Oposição estrilou em público na sessão e o presidente do poder legislativo, deputado Villaverde, chamou até o Diretor Superintendente ao plenário para esclarecimentos.

Protestaram pela supressão das cenas de protesto não veiculadas na TV Assembléia o deputado Pozzobom, do PSDB e a deputada Maria Helena Sartori, do PMDB

Nova Mesa da Câmara

Municipal de Porto Alegre!

Depois de ter protagonizado aquele rebu com a colega Juliana Brizola Mauro Zacher, do PDT, assume nesta segunda, dia 12, a presidencia da Camara Municipal da capital do estado.

Quanto ao rebu com a colega, agora deputada estadual, tudo ficou meio que no abafa.

Nada como o tempo pra acabar com qualquer ferida.

 

TÚNEL DO TEMPO - SEM PULO

Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
deste sábado que escrevo na Folha Popular de Teutônia.
Agradeço ao amigo por colocar as matérias no Blog.
Abraço e bom findi.


Rudimar Thomas


13º SALÁRIO

A internet é utilizada para, entre outras coisas, difundir mensagens apócrifas, mentirosas, enganadoras. Circula na rede um cálculo contestando o 13º salário; que ele, na verdade, seria o pagamento dos 29 dias que não foram pagos aos empregados durante o ano; quem fez o cálculo utilizou um estratagema para enformar sua opinião: todos os meses teriam 4 semanas de 7 dias, ou seja, 28 dias no total; multiplicando os 28 dias por 12 meses temos 336 dias (365 ? 336 = 29).
Só que, ao acertarmos um ?salário mensal? com um determinado empregador , não importa se o mês tem 28 (ou 29), 30 ou 31 dias.
Digamos, por exemplo, que o salário mensal seja de R$ 3.100,00. Num mês de 31 dias isto corresponderá a R$ 100,00 por dia. O empregador poderia alegar isto: o salário de R$ 3.100,00 é só nos 7 meses de 31 dias;quando os meses forem de 30 dias (4), o salário será R$ 3.000,00, ao passo que em fevereiro será de R$ 2.800,00 (28 dias) ou R$ 2.900,00 (29 dias no ano bissexto).
Usando o exemplo dos R$ 3.100,00, considerando todos os meses de 28 dias, concluiremos que em 7 deles, os de 31 dias, o empregado recebeu no total R$ 2.100,00 a mais, enquanto que nos 4 meses de 30 dias a soma a maior foi de R$ 800,00; somando os dois valores temos R$ 2.900,00, ou seja, os 29 dias da diferença (365-336) multiplicados por R$ 100,00.
A mensagem, a meu ver, salvo melhor juízo, é uma rigorosa bobagem.


SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

O livro que acaba com os tucanos


Para não dizerem que é maluquice de petista, vai aqui um post do deputado Brizola Neto, do PDT sobre o livro que se este país for um pouquinho sério vai botar miuito tucano na cadeia. Aproveitem, pois o que está aqui, vocês não vão ler nem nos jornais, nem na Veja

A reportagem de Amaury é um processo penal
O livro de Amaury Ribeiro Júnior são dois, que me consumiram a noite e a manhã, numa escandalizada leitura.
Um dos livros, com 200 páginas, conta a histórias de um time de lavadores de dinheiro, todos girando em volta de José Serra, durante e depois do criminoso processo de privatizações.
Há os “amicci” – Ricardo Sérgio, Vladimir Rioli e Daniel Dantas – e a “famiglia” – a filha, Verônica, o genro, Alexandre Bourgeois e o “primo” Gregório Marín Preciado – com suas contas e contratos na Ilhas Virgens, na paradisíaca cidade de Tortola.
Ou, mais precisamente, em caixas postais, como a P.O. Box 662.
A Caixa Postal 662 é o endereço predileto do crime financeiro organizado. Muito mais perigosa e criminosa que qualquer fortaleza do tráfico.
É lá, por exemplo, que “fica” a AES Holdings, braço criado pela AES americana, talvez para não conspurcar o Cemitério Nacional de Arlington, cidade da Virgínia onde fica sua sede, onde repousam os herois da democracia americana. E outra caixa postal vizinha, a PO Box 31106, ficam a AES Cemig, a AES Tietê, a AES Brazilian Holdings e uma dúzia de outras, de nomes muito interessantes, como a AES Treasure Cove, ou “Buraco do Tesouro”…
Voltemos aos livros do Amaury.
O “segundo livro”, de 120 páginas, é uma fantástica coleção de provas. Os registros, transferências de dinheiro, as operações, a entrada de dinheiro com capitalizações fajutas de empresas, o tráfico de influência, a gestão temerária, a advocacia administrativa, a corrupção estão retratadas, em inglês e português, nos seus mínimos detalhes, no que deve ter sido uma longa e penosa missão de reportagem.
Reportagem? Não, “os livros” de Amaury não são uma reportagem.
Deveriam ser olhados como a instrução de um processo criminal.
É a ísso que o Ministério Público está desafiado.
Amaury Ribeiro já “instruiu os autos”.
É com os senhores, senhores promotores.

Campanha a favor do Odone

Caro Olides
Não acho muito simpática tua campanha FORA ODONE, prefiro uma mais assertiva: ODONE NO INTER.
Matamos dois coelhos com uma só cajadada.


Remindo Sauim

Olha o livro do Amaury aí, gente!!!!

O Rio Carreiro

quando poucos

o conheciam


Vendo a foto do Balneário Carreiro que a prefeitura mandou, olhei para estes primeiros tempos dor io Carreiro...era um rio idílico...

Hoje, uma usina acabou com o local denominado de " foge", uma pequena cascata, onde muita gente morreu afogada tomando banho nos fins de semana de verão.

Meu pai sempre me conta que ele ia pescar no Carreiro,e pra matar os peixes eles batiam com uma marreta numa laje e os peixes saltavam pra fora mortos.

Ia-se pro Carreiro de camionete...e nos primeiros anos de camping, havia famílias que acampavam e passavam lá todo o verão, como meu primo Olvindo Canton e sua esposa.

Hoje o camping do Carreiro virou um grande formigueiro nos finais de semana.

COLEGUINHAS

TERLERA LARGOU

O TRAGO E O CIGARRO!

Há quatro anos que João Carlos Terlera não fuma. E há 30 anos que não toma uma gota de álcool. Até os vinhos e champagne
que ganha no fim do ano, ele os dá para os amigos, porque não bebe.

 

ASSIS ESTÁ

NUMA CASA

RESIDENCIAL

Falei na quinta com o Espanhol que me deu notícias do colega Assis Hoffmann. Disse o Espanhol que o Assis foi colocado pelo filho Leonardo numa casa residencial, onde está sob os cuidados de que precisa. Espanhol contou que advertiu ao filho que tirasse a chave do carro do pai, porque ele andava subindo nas calçadas.

Aqui uma foto de Assis nos anos dourados da Revista Manchete:da esquerda para a direita Alan Kardec Guedes, que era o motorista da sucursal, Assis Hoffmann,fotógrafo, Isaac Shermann, Carlos Camargo, diretor da Sucursal( ele era paulista e fazia novela também na Tevê Piratini), fotógrafo Sérgio Ros, Flávio Carneiro( da revista do Globo. Era o grande galã de Porto Alegre. Carneiro namorou por muito tempo a Miss Universo Yeda Maria Vargas), não identificado.
Acervo Sérgio Ros. foto de Jairo Brasdembursk. ano 1963 . comemoração do primeiro aniversário da instalação da sucursal da revista Manchete em Porto Alegre.

Esta foto foi feita no Club Cotillon,que ficava na av. Salgado Filho.

DEU NA IMPRENSA

UM bom relato do preguiçoso do Clemar Dias na FSB...o dia que o Jango foi enterrado. Foi simples: contou sua experiência pessoal. Porque em SBorja algum professor não pega os alunos e vai fazer uma pesquisa reconstituindo o dia do enterro do Jango. Seguramente teria muita coisa interessante pra recapitular.

Não, eles não fazem isto...Preferem indicar pros alunos o Manuel de Redação da Folha de São Paulo!

DEU NA FSB

BOA CRONICA DO CLEMAR DIAS RELEMBRANDO O DIA EM QUE JANGO FOI ENTERRADO!

 

TUNEL DO TEMPO!

Regina Lemos,que hoje tem um site de bichos, nos tempos que reporteava na redação da ZH.

Depois, na outra foto, com o Gilberto Gil e com o Pedrinho Sirotsky.


PIMENTEL ENTREGOU O CARGO, DILMA NÃO ACEITOU


Por Carlos Chagas

À margem da versão oficial de que só trataram de assuntos ligados ao desenvolvimento, à indústria e ao comércio exterior, como terá sido, na realidade, o despacho de ontem entre a presidente Dilma e o ministro Fernando Pimentel?

Há quem imagine que o ministro, mesmo negando qualquer malfeito em seu anterior papel de consultor de empresas, e em função de sua longa amizade com a presidente, teria colocado o cargo à disposição. Claro que Dilma não aceitou, nem quer ouvir falar da hipótese de dispensar mais um auxiliar, especialmente esse ao qual está ligada por fortes laços de companheirismo. Militaram juntos na resistência ao regime militar, sendo Pimentel um dos poucos auxiliares escolhidos por Dilma sem interferência do Lula ou do PT.

Se verdadeira a versão, tratou-se de uma demonstração de caráter por parte do ministro. E de uma espécie de “basta” da presidente diante da cascata de demissões que vem marcando seu governo. Tudo no condicional, é óbvio, porque se fatos novos surgirem deixando pior ainda a já combalida P-21 Consultoria, a conversa terá de ser outra.

Parece injusta a comparação de situações entre o ex-ministro Antônio Palocci e Fernando Pimentel. Afinal, como chefe da Casa Civil, Palocci negou-se a dar os nomes de seus clientes, preferindo exonerar-se. Devem ter sido clientes explosivos, daqueles que manipulam milhões às custas dos cofres públicos. Com Pimentel, ao menos até agora, tem sido diferente: ele forneceu o que chamou de lista completa de seus fregueses.

Em suma, o palácio do Planalto quer ver encerrado o episódio das denúncias contra o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Se vai conseguir, convém aguardar.

SOBRE A ÉTICA
Mil correntes filosóficas tentaram explicar a ética, desde os pré-socráticos, passando por Aristóteles, Bacon e Maquiavel até Kant, Nietsche e Marx. Discute-se até hoje se a ética existe separada do indivíduo, ou se este nasce com o senso ético ou o adquire pela experiência.

O problema é que de uns tempos para cá, no Brasil, ética passou a produto em falta nas prateleiras dos governos. Cada vez com mais intensidade, em especial a partir da Nova República, ministros confundem o público com o privado. Julgam-se no direito de traficar influência, depois que deixam de ser ministros, ou até durante suas gestões. Centenas de malfeitos escaparam da vigilância da imprensa, ainda que ultimamente se torne mais difícil escondê-los.



Ministros fizeram suas festas particulares de enriquecimento com as privatizações, assim como ministros foram flagrados recebendo propina, favorecendo empresas de correligionários, celebrando contratos fajutos, prestando consultorias duvidosas e sucedâneos. Para eles, a ética não existe como forma de utilização da liberdade individual para chegar a um objetivo último, seja sentir-se bem consigo mesmo, fazer o mundo funcionar melhor, ganhar o Reino dos Céus ou obrigar o vizinho do lado a também ser ético.
DESVIARAM O DESVIO
Deputados visitaram recentemente as obras, ou o que seriam as obras, de desvio das águas do rio São Francisco. Voltaram estarrecidos. Na maioria das frentes de trabalho não se trabalha. Máquinas enferrujam nos canteiros, os tais milhares de empregos foram para o espaço e o Velho Chico continua caindo no mar sem sequer respingar nos estados onde deveria correr. O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, pouco pode fazer. O projeto deixou de ser prioritário, na prática. Virou uma espécie de trem-bala, ou será o trem-bala que está virando o desvio do São Francisco?
NOVA MOEDA DE TROCA
Os últimos embaixadores do Brasil escolhidos fora da carreira diplomática foram Itamar Franco, em Roma, e Paes de Andrade, em Lisboa, no primeiro mandato do presidente Lula. Depois, o governo cedeu à pressão do Itamaraty e veio a decisão de que nossos embaixadores teriam obrigatoriamente de pertencer aos quadros do ministério das Relações Exteriores. Há quem discorde, até hoje, do não aproveitamento de cidadãos capazes de prestar bons e até melhores serviços ao país do que os diplomatas, mas trata-se de uma decisão de estado.

Pois não é que na singular base parlamentar do governo tem gente prestes a colocar diante da presidente Dilma uma espécie de compensação pelos ministérios não conseguidos, as diretorias de estatais não preenchidas e até as emendas ao orçamento não liberadas? Se determinados ministros foram apresentados aos assuntos de seus ministérios apenas no dia da posse, não fariam pior dirigentes partidários se ocupassem determinadas embaixadas sem muita expressão, mas com mordomias garantidas. Melhor esperar para ver se pega esse novo tipo de pressão, ou nova moeda de troca política.

DEU NA VEJA

clique nas imagens para ler

NA VEJA DA SEMANA PASSADA, UMA DAQUELAS MATERIAS QUE VALEM POR MIL.


É O QUE SE SE DIZ MATA A COBRA E MATA O PAU!

I Semana Adão Pretto



Prezado colega jornalista, nos dias 13 e 14 de dezembro ocorrerá na Assembleia Legislativa a I Semana Adão Pretto. As atividades tem como intuito homenagear o camponês que atuou durante 23 anos como deputado em nome da reforma agrária, direitos humanos e justiça social.

Programação
Dia 13/12? Terça-feira ? 12h
Local - Hall de entrada da Assembleia Legislativa
Abertura da Semana Adão Preto: Exposição Fotográfica ?Um pé na luta, outro no parlamento?.
Dia 14/12? Quarta-feira ? 18h30min
Térreo da Assembleia Legislativa
Inauguração da Sala Deputado Adão Pretto: Descerramento da Placa que denomina o Espaço de Convergência do Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional Deputado Adão Pretto.
A organização desta atividade ocorre em parceria com os movimentos sociais, que se farão representar através de caravanas de todo o estado.
Após o ato será servido coquetel com produtos da Reforma Agrária.

Dados
O Projeto de Resolução 12/2011 que concede ao Espaço de Convergência do Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional o nome do deputado Adão Pretto já havia sido aprovado por unanimidade em agosto deste ano. A sala do Fórum foi inaugurada em dezembro de 2008 e fica no andar térreo do prédio do Legislativo.
Adão Pretto iniciou sua militância política nas Comunidades Eclesiais de Base e na Comissão Pastoral da Terra. Foi sindicalista e ajudou a fundar o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no RS.
No Brasil, existem vários locais que levam o nome do parlamentar, falecido em 2009. Um dos exemplos é o plenário 9 da Câmara dos Deputados, onde funciona a Comissão de Direitos Humanos e Minorias, em Brasília.

Atenciosamente,

Leandro Molina - Jornalista MTb 14614
Assessor de Imprensa Gabinete Deputado Edegar Pretto - PT

Coleguinhas


Meus agradecimentos ao Gerson Anzulin, da rádio Guaíba, que na sexta passada, dia 9/12 deuno programa do Juremir,aquele depois do almoço( O juremir estava de luto eis que morreu sua sogra) e o Gerson apresentou ...ele deu o premio que este site receberia à noite do MJDH na OAB. A matéria premiada é do GELSON FARIAS, sobre a ilha presídio,aquela que tanto deu o que falar.

INSCRIÇÕES DO AÇORIANOS DE MÚSICA
ESTÃO ABERTAS ATÉ 16 DE JANEIRO



As inscrições para o Prêmio Açorianos de Música, referente ao ano de 2011, estão abertas até o dia 16 de janeiro de 2012, na Coordenação de Música da SMC (Usina do Gasômetro, Avenida João Goulart, 551, 6º andar, sala 606), de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Pode concorrer toda a produção musical gaúcha lançada e/ou divulgada em Porto Alegre, durante o ano de 2011. Nesta edição, o regulamento foi modificado em relação aos gêneros que serão avaliados pela comissão julgadora. A categoria “Música Pop” abrange agora os gêneros Rock, Rap, Blues, Jazz e Reggae. As outras categorias são “Regional”, “MPB”, “Erudito” e “Instrumental”.

Os candidatos devem preencher a ficha de inscrição e escolher o gênero em que preferem ser avaliados. No momento da inscrição, devem ser entregues 3 (três) exemplares do disco que não serão devolvidos, integrando o acervo da Secretaria Municipal da Cultura e sendo utilizados para a primeira fase da seleção. Confirmada a participação, o inscrito deverá fornecer por empréstimo à comissão julgadora tantos discos quanto sejam seus integrantes. Este material será devolvido até 30 dias após a realização da cerimônia de entrega do prêmio, que deverá acontecer em abril do próximo ano.

Maiores informações e a íntegra do regulamento podem ser conferidas no site da Prefeitura Municipal de Porto Alegre: www.portoalegre.rs.gov.br ou no blog da Coordenação de Música: www.coordenacaodemusicasmc.wordpress.com.


Caso você não queira receber nossos informativos, responda este e-mail com REMOVER.



Paulo Moreira
Assessoria de Imprensa
Coordenação de Música
Raisa Torterola

Alo São Borja

O ESpanhol quer fazer uma exposição aí sobre o Jango. Diz que tem bom material.

Agora é tudo com vocês. Eu divulguei o recado dele!

Exposição fotográfica do Jango em São Boja caia bem né??

Tenho garantido umas 20 boas fotos exclusivas do jango no arquivo do pai. Nunca foram expostas, daria inclusive se fazer um memorialzinho, com uns banners(banner é baratinho e aparece pra caralho meu) etc....
Tenho as certidões de nascimento, de obito do uruguai enfim tenho um monte coisa aproximadamente além das fotos mais 40 documentos e fotos da família que peguei com o colares...
Vou tentar falar com o presidente do PDT Bolzan ou com o Vieira da Cunha, alguma coisa eu vou arrancar .
Espanha


www.espanholfotos.blogspot.com

LUPI

Jamais defendi a ida de Lupi para o Ministério do Trabalho;sempre critiquei isto; acho ele muito fraco e o PDT NÃO, NUNCA, JAMAIS deveria estar em Governos do PT. Lá e aqui. Ou acolá.
Nos episódios que culminaram com sua saída, até o momento, ele não foi acusado de enriquecimento, como uns e outros.
Ocorreu muita desorganização no Ministério.
Ele foi acusado de receber diárias indevidas.
Leiam:


Lupi recebe pagamento de diárias de volta

O Ministério do Trabalho e Emprego restituiu ao ex-ministro Carlos Lupi o valor de R$ 1.736,90, referente ao pagamento das 3,5 diárias que foram devolvidas por ele quando foi acusado de receber a quantia de forma ilegal por viagem ao Maranhão, feita em jatinho cedido por uma ong com interesses na pasta.
Segundo o Contas Abertas, a Controladoria Geral da União considerou o pagamento legal. A CGU encaminhou ao site nota técnica relativa à restituição, na qual afirma que a agenda oficial do então ministro estava devidamente registrada na motivação da viagem e, conforme pesquisa nos portais de agências de notícias, Lupi participou de todos os atos programados.
Nesta ele estava certo. Espero que nada seja provado contra ele, para o bem do PDT.
Já outros......


SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

Coleguinhas


A CONCURSADA

DA ASSEMBLÉIA PEDIU

O CPF DO SUBSECRETÁRIO


aCONTECEU RECENTEMENTE NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO: o subsecretário da fazenda do Estado veio até a casa para dar uma entrevista para a rádio web.

A repórter que ia entrevistá-lo, jornalista concursada da casa, pediu seu CPF. Teira alegado:

- Como posso entrevistá-lo sem saber que é o senhor mesmo???

Ele negou-se e voltou pra secretaria da Fazenda.

O titular ligou para o superintendente de Comunicação, Andrè Pereira, que mandou chamar a coleguinha.

Na frente do chefe, ela não se fez de rogada e confirmou que havia pedido sim o CPF

Mandaram ela para outro local de trabalho, que não a rádio web.


O CHAPEU POR TESTEMUNHA


Na quinta de tarde fui na Câmara Municipal procurar pelo vereador Adeli Sell. Olhei no plenário e vi seu chapéu literalmente pendurado no microfone.

Pensei: o Adeli está no gabinete.

Não, ele tinha ido na Band dar entrevista.

Mas o chapéu ficou por testemunha

Como os antigos funcionários públicos que sempre deixavam o casaco na cadeira pra dizer que o dono estava lá.

Toing!!!!!

Mandei pra laura

e olha o que veio

O VARAL DE FERIAS.

NO MINIMO A LAURA SE MANDOU PRA SANTA CATARINA!


http://lauramertenpeixoto.blogspot.com/2011/12/do-meu-bloquinho.html

Blog Varal da Laura em recesso...
Materias suspensas por um tempo.

Grata pela compreensão
att.
laura

HISTORIAS DE LA UNDEZE


EL DI QUE


TOLI GHE GHA PASSA I SPEI

A ENIO MASSOLINI


Traduzindo( o dia que Toli deu de espeto no Enio Massolini)


Já ouvi várias versões desta história, bem interiorana e bem humana.

Minha prima BEI SANTIN(mARIA iSABEL SANTIN) FOI SE METER A NAMORAR GENTE "GRANFA", ela que é filha de um pedreiro e que muita poina( um tipo de requeijão) comeu na infância porque nós levávamos lá de casa para eles comerem( com toda dignidade, não vai nisto nenhum desprezo pela sua condição humilde) e se deu mal. Era namorada do Enio Massolini, filho de um ex-prefeito(Guerino Massolini) irmão de um prefeito(Sergio Massolini) e cujas enfim, de uma família ilustre da cidade. Tinha tudo pra não dar certo e não deu, como contarei a seguir.

Uma pena que vou contar esta história apenas de ouvidos, porque eu já não morava na cidade e também estava me lixando pros assuntos sentimentais de minhas primas com quem não tive nenhum convivio, até porque elas são 10 anos mais moças do que eu.


Sucedeu que estava quase de casamento marcado - se é que não havia trocado alianças - eles detalhes tão pequenos eu não sei( a mim também me importam lhufas porque nunca troquei alianças com ninguém e acho tudo isto uma babaquice sem a menor importância ...) eo Enio parece que pulou fora. Não sei de detalhes digamos mais intimos. Se já tinham transado ou não. Também isto não tem a menor importância.

O que sei é que a separação deles deu o que falar. Pelo que meu irmão Paulo sempre me conta, a Bei sofreu muito nesta história, porque estava apostando todas as fichas num cara que era mais velho do que ela no mínimo 10 anos e que vinha de outro extrato social( isto raramente dá certo)

E tem mais : se não me engano, a Bei Santin ERA SECRETÁRIA do Enio que é medico muito conceituado em La Undeze e agora dono de muitas propriedades e de criação de frangos.

O que sempre ouvi dizer é que o irmão da Bei, o Toli( Nestor) hoje dono da Toli Distribuidora teria passado os espetos( ou seja, surrrado) o Enio com espetos aqueles espetos antigos, de lenha que se usavam pra assar aqueles maravilhosos churrascos do interior.

Até onde isto é verdade, digamos factuamente, não sei.

Mas é uma das tanta slendas que se falam a boca pequena em Serafina, assim como quando o diabo apareceu pro Fioravante Cervieri, ou outra digamos ainda mais sutil e clandestina, a de um padre que foi mandado embora pelo envolvimento sexual com uma professora.

AINDA O PREMIO ARI DE JORNALISMO


Antônio Goulart, do júri do Premio ARI informa que o Grupo Pampa não registrou nenhuma matéria, nem do rádio, nem do jornal o Sul no Prêmio.

SOLERTE MANOBRA DO DR. SILVANA
Por Carlos Chagas
A partir da denúncia formulada pelo Globo, no fim de semana, a imprensa inteira começou a investigar e a divulgar supostos malfeitos praticados pelo ministro Fernando Pimentel. Além das notas explicativas que pouco explicam, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior saiu-se com os dois clássicos chavões a que apelaram seis ex-ministros acusados de corrupção: trata-se de um complô da mídia contra o governo Dilma, além de fogo-amigo, ou seja, denúncias inventadas por companheiros empenhados em conflitos políticos.

Assim como Antônio Palocci, Alfredo Nascimento, Wagner Rossi, Pedro Novais, Orlando Silva e Carlos Lupi, agora é a vez de Fernando Pimentel tentar sair pela tangente, evitando pronunciar-se sobre o conteúdo das acusações. Houve ou não tráfico de influência em suas atividades de consultor de empresas? Foram celebrados contratos de consultoria com entidades e empresas beneficiadas durante seu período de prefeito de Belo Horizonte, configurando retribuição pouco ética, que lhe rendeu pelo menos dois milhões de reais em dois anos?

Noves fora a economia interna do PT mineiro, em luta de foice em quarto escuro por conta das eleições para prefeito da capital, em 2012, a defesa do ministro visa o mesmo alvo de sempre, a imprensa.

Estaria o governo sofrendo os efeitos de pérfida e solerte manobra do dr. Silvana? O inimigo número 1 da Humanidade teria outra vez montado seu laboratório secreto nos porões da Esplanada dos Ministérios, para atormentar a presidente Dilma e deixar em frangalhos as instituições nacionais? Dele partiu o desmonte do ministério e a desmoralização dos partidos políticos? Ao investir contra mais um ministro do PT, depois ver arcabuzado um do PDT, pretenderia esse cientista louco acabar com o pouco que resta do trabalhismo brasileiro?

Essa parece a conclusão não só de Pimentel, mas de quantos deixam de perceber que tudo acontece porque a natureza das coisas é implacável. Denúncias de corrupção devem ser apuradas como imperativo da liberdade de informação e de expressão do pensamento. Fosse na ditadura e nada seria publicado. Só falta botarem a culpa na democracia.
1984 EM 2011
A ninguém será dado esquecer o magnífico “1984”, escrito por George Orwell em 1937, mostrando como regimes ditatoriais podem mudar o passado, fazendo de amigos, inimigos, além de apagar fatos e pessoas em prol da preservação do poder.

O Brasil continua dando lições para o mundo, pois antes do fatídico ano retratado no livro, já praticávamos a arte de alterar a memória nacional. No período mais bicudo do regime militar, por exemplo, era proibido divulgar qualquer informação sobre Juscelino Kubitschek. D. Helder


Câmara, nada, nem contra nem a favor. Na extinta União Soviética, Stalin mandou tirar Trotski até das enciclopédias. Na China, Mao baniu Teng Xiauping por duas décadas.

Pois não é que um rescaldo desse deletério comportamento chegou até nós? No Congresso, vem dos tempos da ditadura a autorização para que as mesas da Câmara e do Senado possam censurar expressões e pronunciamentos candentes, como se não tivessem existido. Basta não incluí-los nos anais, proibindo sua publicação no Diário Oficial, para imaginar que ninguém ouviu nem percebeu.

Terça-feira, no aceso das paixões parlamentares, o senador Demóstenes Torres acusou o senador José Sarney de haver adotado uma atitude torpe ao inverter a ordem do dia, numa votação de interesse do governo. O ex-presidente da República, contrariando seus hábitos, partiu para a briga, só não agredindo o colega por interferência do ex-presidente Fernando Collor. Mas como presidente do Senado agiu em seguida, determinando a supressão da palavra “torpe” das notas taquigráficas da sessão. Foi pronunciada, mas não foi, para os registros históricos.

Em defesa da memória nacional, vale registrar o que diz o Aurélio. “Torpe: desonesto, impudico, infame, vil, abjeto, ignóbil, repugnante, nojento, asqueroso, ascoso, obsceno, indecente, manchado, enodoado, maculado.”

Se um senador destemperou-se, mesmo depois pedindo desculpas, outro senador mandou apagar o passado...
ESCORREGOU
A gente fica pensando como estaria o Brasil se, em 2002, Ciro Gomes tivesse sido eleito presidente da República. Durante certo período ele liderou as pesquisas, depois prevalecendo o Lula. Faz-se a indagação por conta das declarações prestadas esta semana pelo ex-governador do Ceará, um amontoado de aleivosias gratuitamente atiradas sobre a presidente Dilma Roussef. Falta-lhe ponderação. Ele declarou que Dilma não tinha mérito político para disputar a presidência da República, nem estatura ou merecimento para exercer o cargo.

Imagine-se Ciro presidente em meio a uma crise qualquer. Já estaríamos em guerra ou em meio a uma revolução.
MARCAÇÃO
Não dá para entender como durou tanto tempo a sabatina a que os senadores da Comissão de Constituição e Justiça submeteram a nova ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber. Foram mais de seis horas, entre perguntas e perorações desimportantes, mas, em paralelo, questionamentos tão detalhados que nem Rui Barbosa se sentiria à vontade para respondê-los. Em especial os senadores Pedro Taques e Demóstenes Torres esmeraram-se em botar cascas de banana diante da então indicada pela presidência da República, com inquirições que nem a Ordem dos Advogados ousa colocar em suas provas de habilitação para os jovens saídos das Faculdades de Direito.

Por que esse comportamento inusitado? Há quem suponha um capítulo a mais na tertúlia entre o Senado e o Supremo, enquanto este não se pronuncia sobre a validade da lei da Ficha Limpa.

A última vizita de Brizola ao seu estado



Brizola março de 2004 fez a última vizita ao Legislativo gaúcho, onde ganhou um quadro de um companheiro da época de 61 legalidade, logo 21 de junho do mesmo ano veio a falecer.
Foto de : Alfonso Abraham

Este blog volta a ser atualizado na segunda, dia 12 de dezembro de 2011.

Roteiro do Findi

A BILHA QUEBRADA: ÚLTIMO FINAL DE SEMANA


Recentemente indicada em quatro categorias ao Prêmio Açorianos de Teatro 2011, sucesso de público e crítica "A bilha quebrada" chega ao final de sua temporada de apresentações no Teatro de Arena de Porto Alegre (Borges de Medeiro, 835, altos do viaduto Otávio Rocha). As derradeiras três encenações do texto clássico do alemão Heinrich Von Kleist (1777-1811), serão nesta sexta (09/12), sábado (10/12) e domingo (11/12), sempre às 20 horas.

Montagem do coletivo Confúcios & Confusos com direção de Clóvis Massa, e que há 50 anos não era encenada por uma companhia teatral de Porto Alegre, "A bilha quebrada" é resultado do prêmio de incentivo à pesquisa teatral no Teatro de Arena. Ingressos a 20 reais (inteira) e R$ 10 (classe artística, idosos e estudantes). 30% de desconto para sócio Clube ZH.

Informações sobre elenco, diretor, a ficha técnica do espetáculo, curiosidades e muito mais você pode acessar lendo o especial "A bilha quebrada News" no link abaixo.

http://issuu.com/gutovillanova/docs/a_bilha_quebrada_news_vers_o_pra_aprova__o_cl_vis_


A bilha quebrada 4 indicações no PRÊMIO AÇORIANOS DE ARTES CÊNICAS 2011

Melhor atriz - indicada Claudia Lewis

Melhor atriz coadjuvante - indicada Larissa Tavares

Melhor ator - indicado Luis Franke

Melhor figurino - indicada Rô Cortinhas

A bilha quebrada
Quando: sexta, sábado e domingo (09,10 e 11 de dezembro)
Horário: 20 horas
Onde: Teatro de Arena (Borges de Medeiros, 835)
Quanto: R$ 20 (inteira), R$ 10 (estudantes, idosos e classe artística). 30% de desconto Clube ZH


Agendar entrevistas com diretor e elenco

Dimensão Cosmopolita Assessoria de Comunicação:
Guto Villanova 51 92748609 |3061.84 64|30242409 (MS2 Produtora)
gutovillanova@gmail.com ou imprensa.ms2@gmail.com ou ainda dimensaocosmopolita@gmail.com

Memória da imprensa


OS 200 MARAJAS DO ESTADO


jOÃO cARLOS tERLERA ESTAVA EM Muçum num dia e entrou no unico boteco aberto de noite. Dois caras tomavam um trago e um deles comentou:

- Só nós ficamos aqui. Os marajás estão todos em Porto Alegre.

Terlera sentiu a puada em sua direção. E voltou a retrucar:

- Você deve estar lembrado de quem assinou a matéria, né. Pois foi este mesmo aqui que tu queres ofender.


A história foi a seguinte:

Na direçaõ da ZH queriam que Terlera conseguisse os 200 maiores salários do EStado. Era a época em que surgiu o caçador dos marajás, Fernando Collor de Mello que depois virou presidente da República.

Era governador do EStado Pedro Simon. E secretário da Fazenda: Cesar Schirmer.

Terlera conseguiu os 200 nomes: 40 da Assembléia, 40 do Judiciário, 40 do Executivo, 40 da Brigada Militar, e mais gente de estatais e da Polícia Civil.

O problema é que ele estava nestes 200, porque é funcionário da Assembléia Legislativa.

Ele propôs a direção da ZH que ele daria os dados mas que outro repórter assinasse. E na secretária da Fazenda Tadeu Viapiana e Zeca Martins, dois assessores, queriam que ele não publicasse os valores corretos. Ele disse que isto não poderia.

E então a matéria saiu( hoje não se pode mais dar nome de quem ganha....)

com os nomes. Foi muito grande arepercussão, tanto que pouco tempo depois a repórter daTV Globo Ilze Scamparini veio do Rio especialmente pra entrevistar Terlera porque era o caso de um jornalista que publicava que ele próprio era marajá.

Coleguinhas


TERLERA JÁ PAGOU

DIVIDA CONTRAÍDA POR

SER AVALISTA DE PREVIDI!


sAIU ONTEM DA CONTA DO BANCO DO BRASIL o valor de 30.141,09 -cheque número 85.04.25 para pagamento de uma fiança que João Carlos Casarotto Terlera deu para um cheque forte contraído junto a Caixa Economia Estadual em 1988 pelo então colega de ZH, José Luis Gulart Previdi, hoje editor de um site.


A dívida depois do fechamento da CEE - Caixa Economica Estadual -deixada por Previdi não foi paga e Terlera, que fora seu avalista no cheque forte, teve que pagá-la.Em 1998 quando a CEE foi fechada no governo Britto, o assunto passou para a Procuradoria Geral do Estado.

A cobrança rodou anos e a conta tinha chegado a 115 mil reais. Terlera contratou os serviços do advogado Mário Wunderlich que conseguiu reduzi-la junto ao Poder Judiciário no montante de 30.141,90.reais.

Terlera já estava sendo executado, mas ele preferiu pagar temendo um fechamento de suas contas correntes, ou poupança.


O veterano repórter hoje escreve uma coluna dominical no jornal ABC do grupo Sinos. Terlera foi nos anos 80 o mais importante colunista político do EStado,quando assinava a coluna BASTIDORES NA ZERO HORA. Hoje sua coluna tomou outro nome: Pagina 10.


HISTORIAS DE LA UNDEZE

o PESSETI,

quando era magro


O cara mais magro da foto é o Valdo Pessetti. Ele é o padrinho de crisma do meu irmão Paulo.

Valdo,que hoje está aposentado e com una pança( com uma barriga grande) FOI AGRIcultour durante muito tempo. Depois foi guarda de aviários em Encantado,a té se aposentar.

Hoje, além de suas caminhadas, faz pouca coisa.

Mas já tomou muitos porres na vida....


Largou a cachaça e continua um solteirão convicto.

 

Niver do Faraco!

Alegrete estará em festa, hoje, dia 8.

Seu ex-prefa e cidadão ímpar do município, Adão Faraco, está completando mais um ano. Por isto se chama também Conceição.


E lembrar que hoje é também o dia da padroeira de Porto Alegre. Nossa Senhora da Conceição. Quando cheguei em Porto Alegre, em 1969, este dia era feriado religioso.

CONCERTO DA OSPA

OS PRIVILEGIADOS


ESTOUROU A LOTAÇÃO NA NOITE DE TERÇA NO TEATRO DA UFRGS. NÃO HAVIA MAIS INGRESSOS. aI ENTROU O FAMOSO CARTEIRAÇO.

eNTRE OS QUE CHEGARAM E CONSEGUIRAM INGRESSOS VI O EX-PREFEITO VILLELA E SUA COMPANHEIRA A ATUAL SECRETÁRIA MUNICIPAL, ANNA PELINI.( de Bento)


Não que Villela tenha forçado a barra, mas é sempre dificil o diretor da Ospa lhe negar um ingresso. Outros , como repórteres de ZH, tinham os convites guardados pra eles.


Isto me fez lembrar duas coisas:

1) em Praga, no comunismo, que tanto detrataram, vi que só os dirigentes do pCB local e os diplomatas tinham acesso a algum tipo de restaurante

2) Nunca mais fui procurar ingressos do Em Cena, depois que me dei conta que os companheiros levavam sempre os ingressos das melhores peças.

E por último:

Todos entramos no concerto da OSPA. Deram espaço pra todos e os que não tinham,entraram sem pagar.

DEU NA IMPRENSA


O CORREINHO deu boa matéria com a exposição do fotógrafo Octacílio Dias....Também o cara trabalhou lá um tempão. Agora tá aposentado e as vezes frequenta as línguas afiadas do " serpentário" da rua Uruguai.

o balaqueiro do 'TUPAMARO"


o garção Juan Arturo, do café da Tribuna, na Assembléia Legislativa, servindo uma aniversariante de 15 anos.

Ele vai visitar a família no interior do Uruguai(se não me engano é Taquarembó) no fim do ano, mas volta porque agora seu patrão o Germano vai abrir um bistrau na esquina da rua Espirito Santo com Duque de Caxias. Segundo o Arturo, que também fará bicos lá de noite, será servido uísque, chopp e espumantes.

Eu apelidei o garção do café de Tupamaro. Estes dias ele me brindou com uma cópia do último discurso do Salvador Allende o que vou guardar porque é um elemento histórico.(data 13 de setembro de 1973)

OSPA LOTADA

OUVE ANUNCIO DE VERBA


Na noite da última terça, com a apresentação de Carmine Burana, a OSpa encerrou o ciclo de concertos fechados do ano. Fará outra apresentação, dia 20, ao vivo, na Praça da Matriz.

E o secretário da Cultura, Assis Brasil, aproveitou a superlotação do teatro da UFRGS pra anunciar que no dia 13 próximo a presidenta Dilma Rousseff fará o lançamento da pedra fundamental do futuro teatro da Ospa.

Por enquanto será aberta a carta que dirá qual empresa fará as fundações da futura sala de concertos(localizada no Parque da Marinha, ao lado da Camara Municipal).Já foram liberados 20 milhões de reais de verbas federais Também o Governo do Estado entrará com uma verba.

SEgundo Ivo Nesralla, presidenta da Ospa, esta verba - 35 milhões - representa 80% do custo da sala sinfônica, como está sendo chamado o novo teatro.

Ele não disse quando ficará pronto.

O DEBATE ANOS DEPOIS EM PORTO ALEGRE


Esta foto é de Brizola, durante um debate com Pedro Simon, num programa coordenado por Rogério Mendelski, chamado de Távola Redonda.

Brizola fumou o tempo todo e Simon não largou o cachimbo.

Um dizia que o outro tinha mentido e vice-versa.

Teve grande audiência na tevê naquela noite, mas ajudou a distanciar ainda mais as duas grandes lideranças.

Se não me falha a memória, Simon nem foi no enterro de Brizola. Deve ter ido apenas no velório.

BRIZOLA E SIMON


APENAS CORDIALIDADE EM NOVA IORQUE

Nem Tancredo Neves, acostumado a lidar com crises - vide a morte de Getúlio,1961, 1964 e outros- conseguiu que Simon e Brizola acertassem os ponteiros em 1977, em Nova Iorque. Estes encontros deixaram cicatrizes que levou anos para sararem...

DEU NO JORNAL


Todas as manchetes dos jornais ontem, dia 7.12 eram sobre a parada que a economia brasileira deu. Mas O SUL - que os maldosos dizem não ter " norte" - não se atirou no pessimismo em geral.
´´E PASSAGEIRA A CRISE,

GADRET não quer desagradar a turma de Brasília.


Isto me lembra o "radical da prudência" um senador gaúcho que nunca se referiu a ditadura como tal, mas sim como arbitrio...

Não querem briga com os " homi"!

JANGO

35 anos depois


O REENCONTRO COM O CUNHADO

DEPOIS DE 12 ANOS DE SEPARAÇÃO!


Quem afinal foi o responsável pela reaproximação dos cunhados que não se falavam há 12 anos no exílio?


Segundo narra Jorge Escosteguy, numa reportagem da revista Playboy, Jango tinha decidido que voltaria ao Brasil. E mandara emissários ao país para " apalpar" a situação.

Mas antes viajaria a Europa para fazer exames e contatos com líderes internacionais.Precisava de respaldo internacional para descer no Galeão( e não ser preso).
Foi na véspera desta viagem que acabou se reencontrando com o cunhado, com que estava rompido.Percy Penalvo narrou esta história:

- Nós vínhamos de carro de Punta del Este para Montevideo.Na frente, o Claudio Braga, também exilado, a Eva,uma amante de Jango. Atrás vinha Percy e Jango.

Eram umas 11 da noite e chovia muito, relembrou Percy.

Quando chegaram perto da rambla( uma espécie de avenida) Armenia , perto de onde morava o Brizola, eu disse:
- Doutor, a sua família é tão pequena nós somos tão poucos no exílio.
Divididos, nós nunca vamos voltar. Vamos conversar com o doutor Brizola. Aí ele falou:
- Claudio deixa a Eva no hotel que eu e o Percy vamos ficar aqui.

E nós ,diz Percy, descemos, no meio da chuva e fomos até a casa do Brizola.


Quem abriu a porta do apê do casal - segundo Percy - foi Neusa Goulart. E se emocionou com a chegada do seu irmão.

No fundo da sala, Brizola conversava com outros pessoas(entre elas estaria o escritor Josué Guimarães que depois passou a versão de que foi ele que aproximou os cunhados rompidos e ficou meio que como a versão oficial desta história)
Neusa e o irmão Jango foram para uma outra sala e Percy deixou os irmãos a vontade.


- Nós já tinhamos tomado uns uísques quando de repente a dona Neusa falou: Janguinho, eu vou buscar o Leonel para te cumprimentar. Foi pegou Brizola pelo braço e disse:
- Leonal, vamos lá cumprimentar o Jango.


Brizola disse:
- Neusa, não faz isto com o Jango, tu não sabes se ele quer conversar comigo. Ele veio aqui para falar contigo.
Neste momento, Jango se levantou e disse:
- Vem cá, tchê, então espera eu vou aí te cumprimentar.]
E foi. Os dois se abraçaram, se retiraram para um canto e ficaram mais de uma hora, sozinhos, conversando.


No dia seguinte, Jango viajou.

Na volta mandou o seguinte recado ao cunhado, com quem se reconciliara.

Políticos europeus estavam preocupados com a segurança de Brizola no Uruguai. Mário Soares mandara um recado de que tinha trabalho para ele em Portugual.

Foi o último contato entre os dois.

Goulart,dizem, já tinha decidido regressar ao Brasil.

Preferia a proposta do governo brasileiro, que era um confinamento do que continuar a ter que se apresentar nos quartéis uruguaios.

Mas nada disto foi necessário: um enfarte o matou em 6 de dezembro de 1976.

PRIMEIRA DAMA

Em entrevista a Pedro Ernesto Dernardim na TV, a ex-primeira dama do país, Maria Tereza Goulart disse que seu marido e Brizola não tinha relações de amizade.

Tinha apenas relações políticas.

É sabido que Maria Thereza não gostava de Brizola, que quando era primeira dama, falava mal dela pra quem quisesse ouvir.

JANGO, 35 ANOS DEPOIS


Quem dilapidou a fortuna deixada

pelo ex-presidente?!


João Vicente, um dos herdeiros da fortuna de Jango chora no enterro do pai em 7.12.1976


Esta é uma pergunta que todos se fazem: consegui com o contador Luthero Fagundes, que trabalhava para Jango,uma lista dos bens que o ex-presidente tinha quando morreu.

Onde tudo isto foi parar?

Olha, daria uma boa tese de doutorado. Devem ter sido muito competentes pra terminar a lista de bens que o contador de Jango me passou.

Jango tinha terras no Mato Grosso, em São Borja, em São Luiz Gonzaga, em Itaqui

Embora se comente a boca pequena, entre os parentes e conhecidos de Jango, de que o dinheiro era gosto sem o menor controle.


Jango também tinha terras em Santa Catarina e no Rio de Janeiro


Grande quantidade de terras que o falecido presidente deixou


Jango deixou propriedades, algumas com nomes históricos, como a fazenda Cinamomos, em Itaqui(teria sido o local de onde ele decolou rumo ao exílio para apenas voltar morto)

- O Dr. Maneco Leães, que era o piloto do Jango, vivia aconselhando João Vicente(filho de Jango): filho de presidente da República não pode estar aí andando num teco teco brabo destes.Tem que comprar um avião do último tipo.

E lá foi João Vicente comprar avião novo.

Maneco Leães faleceu há alguns anos atrás.

Depois houve toda a história do filho NOé, que se apresentou como filho do ex-presidente( esta é outra lenda: muitos dizem que na verdade Noé era filho do velho Vicente Goulart, com uma empregada, mas que o Jango nunca quis tornar esta história pública pra preservar o nome do pai. Uma irmã de Jango, diz ainda a lenda " Noé" teria declarado que iria até ao Papa se precisasse provar que Noé não era seu " irmão"). O fato é que Noé também herdou depois de anos de disputa judicial parte da herança do falecido presidente.

BENS DE JANGO

No relatório que consegui com o contador Luthero Fagundes
consta como bens do ex-presidente

1) Fazenda em Mato Grosso(Barra do Garças) 83.426 ha.

São Borja

Fazenda Rancho Grande 5.157 ha

Fazenda Santa Luiza 5.096 ha

Granja São Vicente: 730 ha

Fazenda São José 435 ha

Fazenda Palermo: 160 ha

Chácara Santa Vicentina 53 ha

Pesqueiro(Passo 37 ha.

São Luiz Gonzaga

Fazenda Piraju: 250 ha.

Itaqui:

Fazenda Cinamomo 4.034 ha

Santiago do Boqueirão

2.501 ha

Total: 101.874 ha.

Os relatórios do contador apontam ainda

Bens arrolados no inventário de João Goulart

No Mato Grosso Fazenda Três Marias 48.598 ha e Barra do Garças 34.827( metade pertencente a viúva Maria Thereza Fontella)

Total no Mato Grosso 83.426 ha.

No Rio de Janeiro, Jango tinha um sítio em Jacarepaguá de 43.665 metros quadrados.

Em Camboriu, Santa Catarina, o ex-presidente era dono de um sítio de veraneio de 2.067 metros quadrados.

Alguns bens que o contador arrolou naquela data:

Em São Borja, tinha mais de 20 casas e chácaras.

Em Santiago do Boqueirão um relatório do PDT local aponta que o ex-presidente foi lá proprietário de uma fazenda de 100 quadras de campo.32 quadras de uma invernada. Tinha mil bois na invernada de Taruman. Jango criava 600 novilhos de 2,6 anos. Na invernada do Coqueiro, Jango criava 500 novilhas de 2,6 anos. Na invernada da Palma, Jango tinha 600 vacas de invernar.

na do Xibica, Jango tinha 900 reses de cria. Na da Timbaúva, Jango tinha 800 reses de cria. Na fazenda tinha 13 mil ovelhas, 200 cavalos machos sendo todos da raça crioulo. O capataz de Jango era Sebastião Cardoso Nunes,q ue trabalhou 29 anos com o ex-presidente.

E ainda o chamavam de " pai dos pobres"!!!!

Tinha ainda o ex-presidente em Santiago gado de cria e reprodução 11.472 cabeças, ovinos de cria e reprodução 2.500 e cavalos de reprodução 450.

Imóveis no Rio

Jango também tinha um apartamento na av. Rainha Elizabeth, 95,, outro na rua Riachuelo,126 e outro num outro endereço.

Em Porto Alegre, Jango tinha um apartamento na Borges de Medeiros( no centro da cidade)

OS QUATRO QUE AJUDARAM

A DEMOLIR ESTA FORTUNA


Depois da morte de Jango, sua fortuna começou a ir pelo ralo.

O filho João Vicente, deputado, pouco ia ao trabalho( nisto imitou o pai que quando era deputado estadual, passa va mais tempo em suas fazendas de São Borja do que no parlamento)

João Vicente, depois, teria comprado terras no Maranhão. Mas quem as lhe vendeu, não disse que eram alagadiças.


Coleguinhas


Caminhando na pracinha da Encol encontrei ontem de manhã a colega Denise Nunes que está de férias do Correio do Povo.

Conformada, ela me disse que na semana que vem volta de férias.

- A coluna terminou, agora vou ser repórter, me disse.


Uma das alegações que lhe deram quando terminaram com a coluna era de que os grandes jornais já não mantém o costume de fazer colunas econômicas.

Minha intuição me diz que a intenção dos caras é outra.....

Vamos ver o fim deste história.

Programa de Fátima Bernardes será matutino em 2012

do site Espaço Vital http://www.espacovital.com.br

O espaço da TV Globo que será comandada por Fátima Bernardes a partir de 2012 já tem período definido. O programa da jornalista será exibido nas manhãs de segunda a sexta-feira, ocupando o espaço em que atualmente é transmitido o infantil “TV Globinho”, que passará a ser apresentado apenas aos sábados.

Com a intenção de desfazer os boatos de que a atração de Fátima poderia tirar do ar o ‘Mais Você’, apresentado por Ana Maria Braga, ou o ‘Bem Estar’, comandado pelos jornalistas Fernando Rocha e Mariana Ferrão, a Central Globo de Comunicação informou ontem (6) a alteração em sua grade matinal para o ano que vem: com as mudanças, vai priorizar o público adulto.

“Haverá quatro blocos de programação distintos – telejornalismo, Mais Você, Bem-Estar e o novo programa a ser conduzido pela jornalista Fátima Bernardes”. Sobre o formato da atração que terá à frente a esposa de William Bonner, a emissora não revelou detalhes e afirmou que o projeto está em “fase de elaboração sem data certa para estrear”. As informações são do saite Comunique-se.

Se ocupar exatamente a faixa da ‘TV Globinho’, o programa de Fátima será exibido das 10h ao meio-dia. A respeito do horário do programa da jornalista, a crítica de TV e editora da coluna ‘Outro Canal’, da Folha de São Paulo, Keila Jimenez, não considera o período de antes do almoço um dos melhores para a televisão brasileira. “Essa faixa das 11 é uma das mais ingratas devido à troca de público”, avalia.

A jornalista da Folha, entretanto, analisa que o novo projeto da Globo tem tudo para dar certo. “Fizeram um infantil - ‘TV Globinho’ - e não deu muito certo. É um período em que tem mais mulheres do que crianças assistindo televisão. Fazer um programa com mix de feminino e jornalismo é uma boa; cresce o público, aumenta a gama de anunciantes e abre espaço para merchandising”, afirma Keila.

MÚSICA


Apresentação Musical de Nei Van Soria & Samalea (Argentina) no sábado, 10/12, às 20h, no Teatro Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665 – 2º andar). http://www.sesc-rs.com.br/artesesc/

do blog do Adeli Sell


PRESS RELEASE

Na oportunidade que cumprimentamos Vossa Senhoria, informamos que estes são atualmente, os colaboradores da Assessoria de Comunicação da Companhia Rio-grandense de Artes Gráficas – Corag, com sede na Avenida Aparício Borges, 2199, bairro Partenon, Porto Alegre, RS, CEP: 90680-570.

A Corag é uma empresa S/A com capital estatal e 38 anos de existência, que zela não só pela impressão do Diário Oficial do Estado, como também pelas necessidades de trabalhos impressos no que concerne aos melhores avanços tecnológicos e também na divulgação do Rio Grande do Sul para o Estado e particulares. É uma empresa autossustentável, que preza o bom serviço, a qualidade e o atendimento a todos os gaúchos.

Diante desta breve exposição, gostaríamos de colocar-nos a vossa disposição firmando uma parceria que objetive a informação e a divulgação.

CORAG – Uma empresa pública, moderna e eficiente, comprometida com ações sociais na busca da sustentabilidade e da democratização da informação.

Atenciosamente,

ASCOM

JUNTOS E MISTURADOS

O carinha continua achando que o partido dele é puro, julgando-se no direito de cobrar a pureza de outros.
PP, torturas, etc. e tal.
Quem é o Ministro das Cidades? Negromonte.
Partido dele? PP
E o Sarney? Não apoiou a ditadura? Hoje é da tchurma dele.
E o Collor?
E o líder do governo Lula/Dilma no Senado? Romero Jucá ( também foi líder do FHC ).
Também da tuchrma da ditadura e do carinha.

SERGIO OLIVEIRA
CHARQUEADAS - RS

Dia M colorado

Remindo, Remindo, nós não tamos com muita moral pra falar! Fora Odone, este site inicia a campanha!

Olides, dia 14 de dezembro será o dia M dos colorados. Vai fazer um ano que o Todo Poderoso Manzembe faturou eles direitinho.


Remindo Sauim

Prêmio ARI - Correio não gostou de Menção Honrosa

O diretor de redação do Correio do Povo, Telmo Flor, ao final da cerimônia de entrega do Prêmio ARI, se dirigiu de forma áspera ao coordenador do concurso, Antônio Goulart. Estava irritado pelo fato da série sobre os 50 anos da Legalidade, publicada pelo seu jornal, não ter sido considerda como reportagem, merecendo assim apemas uma Menção Honrosa Especial, junto com outras matérias que trataram do nesmo assunto.
Acontece que, dois dias depois, no Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, a mesma série, assinada por Danton Júnior e Daniel Soares, foi classificada como Resgate Histórico e recebeu também uma menção honrosa.

SEM A DEPURAÇÃO DOS PARTIDOS, NADA FEITO


Por Carlos Chagas


Pode ser por ironia, mas a cascata de corrupção que inunda o governo começou com o PT e agora atinge novamente o partido dos companheiros, depois de haver escorrido sobre o PR, o PMDB, o PC do B e o PDT. De Antônio Palocci a Alfredo Nascimento, Wagner Rossi, Pedro Novais, Orlando Silva e Carlos Lupi, todos ministros demitidos sob a acusação de malfeitos, a bola da vez agora é Fernando Pimentel. Como o ex-chefe da Casa Civil, o atual ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior enfrenta denúncias de haver recebido milhões pela prestação de consultorias a empresas com as quais trabalhou e até privilegiou quando prefeito de Belo Horizonte.

Fica claro que ninguém escapa da perfídia desse modelo que divide o governo em feudos partidários, nos quais seus condutores fazem de tudo para irrigar as respectivas legendas com recursos públicos e privados obtidos de forma irregular. É bem verdade que até agora não foram atingidos o PTB, o PP e o PSB, mas, pelo jeito, foi apenas porque ainda não afloraram evidências já detectadas nos outros. Ou por falta de oportunidade.

Tanto faz se Fernando Pimentel escapará ou não da suspeita de haver tornado privado o que deveria ser público, mas a verdade é que a experiência esgotou-se. Não dá mais para Dilma Rousseff continuar dividindo sua administração em condomínios privados, como fez o ex-presidente Lula. A desfaçatez dos partidos da base aliada aumentou com a atual presidente, menos por ser mulher, mais por caracterizar-se como produto sem liderança própria até sua eleição. É agora a oportunidade dela se afirmar e demonstrar-se capaz de um vôo solo e com rota definida. Para isso será necessário acabar com a ditadura dos partidos. Mesmo continuando a fazer parte do governo, eles precisam ter interrompida a lambança a que tem se dedicado, sem limitações. O primeiro passo seria encontrar nos quadros partidários ou fora deles ministros de reputação ilibada e competência óbvia. Fala-se muito da reforma do ministério, prevista para janeiro. Sem a depuração e o enquadramento dos partidos, nada feito...
JUSTIÇA, AINDA QUE TARDE
Transcorreu ontem mais um aniversário da morte do ex-presidente João Goulart, uma das figuras mais injustiçadas na crônica da República. Foi deposto em 1964 por suas qualidades, não por seus defeitos. Pregava reformas de base, algumas promovidas ironicamente por seus algozes e por seus sucessores, outras ainda por realizar. Seu destino foi chegar à História antes do tempo. Quis repetir a trajetória de seu patrono político, Getúlio Vargas, mas por via pacífica. As reformas trabalhistas de Vargas só puderem ser implementadas porque ele foi ditador. Jango, apesar das acusações fajutas dos adversários, negou valer-se de outras forças senão as populares. Jamais imaginou proclamar a República Sindicalista do Brasil, como denunciaram matreiramente. Imaginou apenas que o povo nas ruas forçaria o Congresso a votar as mudanças necessárias à implantação da justiça social. Quando a reação conseguiu conquistar a maior parte das forças armadas, recusou preservar seus direitos com a guerra civil e o sangue da população. Preferiu o exílio, de onde só retornou morto.


QUASE NO PONTO
Contra a natureza das coisas ninguém investe impunemente. Todos os dias surgem novos sinais de que José Serra começa a admitir sua candidatura a prefeito de São Paulo. De uma posição irredutível passa ao dialogo com as forças tucanas, mais as bases do que os caciques. Firma-se a evidência de que o PSDB perderá a eleição com qualquer dos quatro postulantes atuais. Só com Serra os tucanos poderiam alçar vôo e chegar à vitória. Sua aceitação implicaria na renúncia a uma nova disputa pela presidência da República, em 2014? Na teoria, sim. Na prática, ninguém sabe.
AFIRMAÇÃO OBRIGATÓRIA
Consolida-se no Supremo Tribunal Federal a certeza de que o julgamento dos réus do mensalão deve obrigatoriamente realizar-se no primeiro semestre do próximo ano. Qualquer adiamento resultará na desmoralização não apenas das estruturas do Poder Judiciário, mas das instituições democráticas. É preciso uma resposta a respeito dos mensaleiros, seja para absolvê-los, seja para condená-los. Completada a composição da mais alta corte nacional de Justiça, não haverá como protelar a decisão a respeito de cada um dos 39 implicados. Caso, por razoes de saúde, ao ministro-relator Joaquim Barbosa faltem condições de trabalho, deveria o presidente do Supremo, César Peluzo, designar um relator-adjunto.

TRINTA E CINCO ANOS
DA MORTE DE JANGO


PERCY PENALVO

PODERIA TER DEIXADO UM LIVRO ESCLARECEDOR


Percy Quartieri Penalvo levou pro túmulo segredos sobre a morte de Jango


Administrador da Fazenda El Rincon, de Taquarembó, Percy Quartieri Penalvo foi acordado com um telefonema da Argentina comunicando-o da morte de Jango Goulart.

A El Rincón era uma das propriedades de Jango, no Uruguai, que Percy ajudava a administrar.

- Muito se disse e muito se mentiu sobre a vida do Dr. Jango

declarou Percy antes de morrer.


a face doente do ex-presidente: a amargura no rosto!

Ele prometeu que daria sua smemórias a Danilo Ucha, mas o livro nunca saiu.

Muito tempo depois daquela madrugada em que foi acordado em Taquarembó, Percy havia prometido que contaria o que sabia doe xílio de Jango.


a FT, da conservadora Cia Caldas Jr. noticia a morte de Jango, com muita cautela...( naqueles anos a imprensa local, leia-se do RS, usava a seguinte estratégia: esperava primeiro os jornais do centro do país darem a notícia e depois davam aqui, com mais cuidado.

- Havia uma pressão muito grande contra nós no Uruguai, declarou antes de morrer. Ele também era um dos exilados.

Natural de Itaqui, Percy e a família se exilaram em Rivera em 1964.

Percy contou mais:

- Viviamos entre dois fogos. Os tupamaros( guerrilheiros de extrema-esquerda que praticavam sequestros e assaltos a bancos) nos consideravam burgureses. Os milicos achavam que éramos perigosos comunistas. Os filhos do doutor(Jango)eram ameaçados de sequestro. Uma vez os soldados foram buscar o João Vicente na escola e cortaram o cabelo dele no quartel. Durante um período de restrição ao consumo de carne a dona Maria Thereza foi presa e levada para uma delegacia porque carregava uns bifes que fora buscar num abatedouro que o doutor mantinha em Maldonada, revelou ainda Percy.

Em junho de 1976, Percy entrou clandestino no Brasil e teve contatos com o coronel Solon D'Avila, chefe da Polícia Federal. O coronel disse a Percy que o ex-presidente poderia voltar mas depois das eleições de novembro daquele ano(1976). Mantinha-se porém, a exigência do confinamento nas fazendas de São Borja e Mato Grosso.

Diante do relato de Percy sobre assassinatos no Uruguai e na Argentina, o coronel disse que o único local seguro para Jango era o Brasil.
( amanhã: como foi o reatamento das relações entre Jango e Brizola, rompidas no exílio durante 10 anos)!

Entregues imagens dos ex-presidentes Getúlio Vargas e João Goulart

Uma solenidade na manhã desta terça-feira (6/12) marcou a entrega de quadros dos presidentes Getúlio Vargas e João Goulart para as repartições públicas municipais. A entrega atende a uma determinação da lei municipal nº 1.047 de junho de 1981, sancionada pelo presidente da Câmara e prefeito em exercício na época, Gastão Dorneles da Fonseca. Todas as secretarias, unidades de saúde e escolas municipais receberam os quadros.
Na época da criação da lei a Administração possuía cerca de 20 repartições e atualmente são mais de 80. “Com esta entrega damos continuidade a uma lei criada há 30 anos. A história de Jango e Getúlio honram todos os brasileiros e principalmente nós são-borjenses”, destacou o prefeito Mariovane Weis.
O vereador Jeovane Contreira, que representou a presidência da Câmara, também enfatizou a história dos presidentes, “que devem servir de exemplo para as atuais e futuras gerações, pois doaram suas vidas para um país melhor”.
Conforme o artigo primeiro da lei, as fotografias serão colocadas nas repartições públicas e nos estabelecimentos de ensino municipais, nos salões nobres ou salas principais e em lugar de destaque.
Prestigiaram o ato o vice prefeito e secretário da Saúde, Jefferson Olea Homrich e todos os secretários municipais; os vereadores Farelo Almeida, Jeovane Contreira, Roque Feltrin e Valerio Cassafuz; o presidente da Acisb, Guaraci Pletsch; o gerente administrativo do Sindilojas, Lucio Bender; o tenente do Corpo de Bombeiros, Adilson Araujo.

Programação lembra 35 anos sem Jango

O Memorial João Goulart está com programação especial para marcar os 35 anos de falecimento do ex-presidente Jango. Até 13 de dezembro estão previstas visitas monitoradas, exibição de documentários, exposição e comercialização de obras de arte em ferro, madeira, argila e cerâmica dos artistas Julio Aquino, Magal, Celina Fonseca e Rossini, além de música no museu com Ricardo Fraga, Paulo Frank, Cecílio Costa, Sibele Kucera Chaves e alunos. O público também pode conferir a mostra fotográfica “Movimentos Artísticos/Culturais da Cidade de São Borja”, organizada pelo curso de Relações Públicas da Unipampa.
O horário de funcionamento do museu é de terça a sábado, das 9h às 12h e das 14h às 17h e aos domingos das 9h às 12h. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3431-5730 ou pelo e-mail casajoaogoulart@saoborja.rs.gov.br. Agendamentos para escolas e excursões, devem ser realizados com antecedência, com número máximo de 30 pessoas por visita monitorada.


Coleguinhas

.Gustavo Motto confirmou que está sim processando a Rede Record, onde trabalhava há 31 anos na Guaíba. Diz ele que o processo é movido porque ninguém que tem 31 anos de casa vai pedir demissão, como foi seu caso. O processo leva em conta o constrangimento que lhe propuseram e que o levou a pedir demissão da Guaíba.

Gustavo estava na rádio desde 1979.

Os Novos Torquemadas


Jorge Alberto Benitz
Engenheiro e consultor


Esta sanha punitiva não tem nada de racional. É pura emocionalidade. Alias, muitas metas, pretensamente cientificas, adotadas, são arbitrárias e calcadas em preconceitos e achômetros senão - Ainda relativo a cultura do automóvel- como explicar, por exemplo, que em estradas federais com pista dupla de São Paulo é permitido trafegar com velocidade de até 120 km/hora e nas estradas federais similares do Rio Grande do Sul a velocidade máxima é 100 km/hora? São trechos de estradas em tudo iguais. Alias, se se exigisse um maior rigor no critério, a velocidade máxima nas estradas paulistas deveria ser menor porque mais congestionadas. Suponho que, na hora de determinar um valor jogam- se fora cálculos e chuta- se um valor intermediário, às vezes, baseado na sensatez, outras vezes em puro arbítrio ou, pior, visando atender interesses escusos.
No caso especifico do uso de álcool por motoristas instaurou- se um modelo que faria a alegria do inquisidor- mor, Tomás de Torquemada, organizador da santo ofício espanhol, e que em nada atende a preceitos científicos. Não sou estudioso do assunto, mas sei que em alguns estados americanos vigora uma lei baseada em testes psicomotores como caminhar sob uma linha reta imaginaria, abrir os braços e tocar o nariz com as duas mãos e fazer o velho e manjado quatro. Parece prosaico, mas considero mais cientifico do que prender um pobre coitado que tomou um ou dois chopes ou comeu uma refeição regada a vinagre de álcool.
Não estou dizendo que o motorista bêbado não deve ser punido. O que acho é que os limites não estão sendo determinados cientificamente. Menos que isso: Não está havendo critérios sensatos. Impera apenas o desejo punitivo cego e vingativo.
Meus cumprimentos a Fernando Costa Mattos que, em artigo na FSP de 19/11/2011, acertou em cheio com suas ponderações equilibradas e racionais que levam em conta um amplo leque de causas ( Dirigir com sono, dirigir falando ao celular, dirigir mal, dirigir carro com defeito) que concorrem em maior ou menor grau para que ocorram acidentes de transito. Diz mais, aparentemente, dirigir a 250 km/h é menos grave, aos olhos do legislador pátrio, do que dirigir cautelosamente, para percorrer um trajeto curto, tendo tomado um ou dois chopes. Estas questões, segundo ele, só não são levadas em conta porque não levam a chancela do neomoralismo da saúde, novo tutelador- mor dos hábitos e costumes da republica. Permito- me um acréscimo: fumar crack, cocaín a, maconha e usar rebite está liberado para o motorista?
Aproveitando esta onde neomoralista e emocional que levou a mais alta corte a proferir uma decisão extremamente discutível, um vereador de São Paulo criou uma lei proibindo a carona do motoqueiro. A razão, melhor, a desrazão invocada foi que os assaltos se dão sempre em dupla de motoqueiros. Tudo isso passa batido pelos humoristas da hora que não tem um mínimo de senso critico, alienados que são, para ver o ridículo, o absurdo destas historias que fariam a gloria de gente da estirpe de um Stanislaw Ponte Preta e do Barão de Itararé.

PPS com Fortunatti?

Ontem, no Tribuna Café, da Assembléia Legislativa, o deputado Paulo Odone, do PPS, estava sentado numa mesa conversando com a primeira dama do município Regina Becker, que é do quadro dos servidos da instituição, além de ser titular da secretaria que cuida dos bichos na capital.

 

VILLA é o candidato da RBS???

Que estranho!!! Ouvi pelo menos um ex-integrante do Batalhão de Choque do Olívio Dutra dizer que a candidatura do deputado Villaverde a prefeito da capital tem o apoio da empresa de comunicação RBS!!! Será isto, ou e a velha e boa noia!!!!

Carlos Correa, que ganhou premio ARI de Jornalismo, é tido em alguns coleguinhas como " puxa-saco" do Hiltor Mombach, que no caso é quem manda no ESporte do Correinho.

TERLERA JÁ ASSINOU

O CHEQUE PAGANDO A DÍVIDA

DA FIANÇA QUE TINHA FEITO


Depois de rolar na Justiça desde 2004, o jornalista do Grupo Sinos( faz uma coluna politica aos domingos no ABC)João Carlos Terlera assinou na ultima sexta-feira um cheque do Banco do Brasil no valor dfe 30.141,00 para pagamento de uma dívida que tinha com a Procuradoria Geral do Estado que o está executando. A dívida na verdade fora a 115 mil reais, com juros encima de juros, mas o advogado de Terlera Mário Wunderlich( que foi chefe de Gabinete do Secretário da Agricultura Balthazar de Bem e Canto no tempo do governo Amaral de Souza) conseguiu a redução da dívida.

A dívida de Terlera surgiu da seguinte maneira. Em 1998, ele foi avalista de um cheque forte do colega José Luis Gulart Previdi junto a agência da Caixa Economica Estadual(CEE) que funcionava na Assembléia Legislativa.

A CEE veio a ser fechada, ou extinta, no governo de Antônio Britto e como o tomador do cheque forte nunca pagou nem judicialmente o que lhe cobravam, o juiz cobrou do avalista.

- Eu avalista nunca mais de ninguém, confessou Terlera a um conhecido.

ALMOÇO NO OCIDENTE

Almocei,ontem com minha filha e a neta, Helena, que hoje embarca com o pai pro Rio. Vai voltar a sua rotina de ir a escolinha, o Pirilampos....como ela pronuncia com sotaque chiado do carioca.

Não fiz nenhum drama ao me despedir dela, até porque as crianças sentem muito isto.

O almoço foi tri maneiro,até porque ela já tinha almoçado em casa. Mas agitou o tempo todo, se exibindo num pequeno palquinho que tinha na saída.

E também foi cortar o cabelo...

No domingo último falou com a mamãe pelo skipe....Diz minha filha que ela mandava beijos na tela do computador e que beijava a tela, pensando que estivesse dando beijos na mamãe.

A mamãe que a recebe hoje seguramente vai pagar o pato pela ausência de oito dias...Vai ficar num grudi terrível...parece que tou vendo.

A foto é dela com um boné que eu uso feita pela " dinda"!

A "punição exemplar"

do site http://www.espacovital.com.br/

Charge de Gerson Kauer


Por Roberto Wofchuk,
advogado (OAB-RS nº 6.527)

O diretor de uma empresa que meu escritório atendia telefonou preocupado, narrando haver ocorrido "algo grave“ com seu filho, jovem de apenas 18 anos.

Chamados ambos ao escritório, o rapaz contou havia ido a uma “festa do chope” em município gaúcho, não muito distante de Porto Alegre.

Durante as comemorações, ele se envolveu em um briga com outro jovem, causada por - digamos - "detalhes de uma namorada comum". Provocaram-se alfinetando-se versos de Roberto Carlos:

"Eu sei que esses detalhes
Vão sumir na longa estrada
Do tempo que transforma
Todo amor em quase nada".

Em seguida, engalfinharam-se, chegaram às vias de fato e o filho de nosso cliente bateu com uma caneca na cabeça do outro jovem, quebrando o objeto e ferindo o adversário. A vítima buscou apoio na DP local e o assunto acabou no Juizado Especial Criminal. Em decorrência, ele fora citado para comparecer à audiência de tentativa de conciliação.

Naquele momento tranquilizei nosso cliente e seu filho:

- Está aqui a nossa colega, doutora H...., que os irá acompanhar na audiência”.

Expliquei que, nesses juizados, há a possibilidade de acordo, mediante o pagamento de algumas poucas cestas básicas e pronto, o assunto ficaria encerrado.

Dito e feito. Após a audiência nosso cliente telefonou, satisfeito:

- Tudo resolvido. Aceitamos comprar cinco cupons de uma rifa da paróquia local - que faz um belo trabalho comunitário - e o assunto terminou.

Deu para perceber que ele ficara feliz.

Passou cerca de uma semana e meia, quando - numa segunda-feira - o telefonou tocou e, do outro lado da linha, o cliente falou :

- Acabam de me ligar lá de onde fizemos a audiência...

Preocupado, perguntei:

- Oh, meu Deus, o que foi que houve agora?...

- Bem, nos avisaram que um dos números comprados pelo meu filho ganhou o sorteio da rifa e, assim, ele vai receber uma moto CB 125, zero km!

"Exemplarmente” punido, o jovem de 18 anos tomou o telefone da mão do pai e complementou:

- Comprometo-me a não me meter mais em confusões, ainda mais que reatei com a namorada que eu estava disputando com o outro cara.

E arrematou:

- Estou cada vez mais feliz!...

Muito além da bancada do Jornal Nacional


Divulgação/Tv Globo


Por Eliakim Araújo,
editor do saite Direto da Redação, editado em Miami.

Na Globo, nem sempre as coisas são como parecem. Quem conhece as entranhas do Jardim Botânico tem fortes razões para desconfiar que há outra motivação por trás da troca de apresentadoras na bancada do Jornal Nacional. Razões profissionais e políticas.

Para começar, a pergunta que não foi feita por nenhum dos jornalistas presentes à coletiva que comunicou a mudança: “o que leva uma apresentadora a deixar espontaneamente uma posição de prestígio, como é a bancada do principal – apesar de tudo – telejornal da televisão brasileira em troca da promessa de um programa que só vai entrar no ar depois da metade de 2012?”. Se tudo ocorrer como, dizem, está planejado.

Não é estranho? A gente sabe que “novos projetos” muitas vezes não saem do papel e, quando saem, podem redundar em fracasso e, em consequência, retirados rapidamente da grade de programação. Já vimos esse filme várias vezes. E se isso acontecer, qual será o destino de Fátima Bernardes?

Certamente um longo período sabático, como aconteceu com Gloria Maria quando foi despachada da apresentação do Fantástico.

Estranho também que Fátima, que já foi a musa da Copa (ou de várias Copas), abandone a cadeira ao lado do maridão para entregá-la de mão beijada à concorrente, mais jovem e, talvez, mais bonita.

Por isso mesmo, quando vi hoje um video em que Fátima leva Patricia para conhecer o estúdio do JN, tudo me pareceu falso e parte de uma grande encenação para que todo mundo saia bem na foto. A posição de cada câmera no estúdio é algo que qualquer apresentador com o mínimo de experiência sabe como funciona.