foto de Marcos Eifler


"Blog de cotidiano, fofocas, informação e entretenimento"


 

 

 

 

 

outra foto da Avani Stein no livro Revolução das Crianças

 

 

 

 

a autora da foto do governador Tarso - Avani Stein - é autora também das fotos do livro A Revolução das Crianças, sobre a Guerra dos Sandinistas, no final dos anos 70.

 

Ela acompanhava o então companheiro Caco Barcellos que foi lá como repórter. Da incursão, nasceu o livro, editado pela Mercado Aberto( fui que ajudei a encontrar a editora)

 

 

 

 

o menino é empacotador, alegre, solto, disse que gostaria de fazer uma foto com o Tarso, 8h30 Nacional da Lucas
sabado(avani stein)autora da foto.

TARSO BEM NA FOTO!



Como sempre faço - às vezes - vou tomar um cafezinho legal de manhã com a avani stein, uma craque da fotografia.
Sempre conversamos sobre alguns temas, nossos passados - conheço a avani desde 1974 , quando ela era alegre,solta e vinha da PUC, onde endoidecia as aulas do professor Brossard com suas perguntas irreverentes(avani lia Nietzche)Hoje,segundo, não foi diferente. No domingo, eu tinha batido na casa dela, mas ninguém respondeu. Pensei: saiu com os cachorros peguei minha trilha e fui caminhar na carlos gomes, como sempre faço quando estou em porto.

Mas na segunda dei sorte. ela me comentou: fiz umas fotos do tarso...

eu tinha acabado de OUVIR o resultado de uma pesquisa IBOPE onde dá tarso empatado com ana amélia e pensei que a foto se tornara jornalistica, como penso que se tornou.

Tarso no sábado, cedo, pelo visto, estava solto. Já devia saber, com certeza o resultado da pesquisa que sairia na segunda...pra isto eles tem assessoria.

Falou com os funcionários do Nacional( da Lucas) ele mora nas redondezas - tirou fotos e levou suas compras.

Como um cidadão comum, a la Ildo Meneghetti. Mas discretamente, havia um segurança que por obrigação acompanhava o governador.

 

 

 

Homem forte de todos os governos tucanos, passando por Mario Covas, José Serra, Geraldo Alckmin e Fernando Henrique Cardoso, Andrea Matarazzo, vereador em São Paulo pelo PSDB, teve seu sigilo bancário e fiscal quebrado por determinação da Justiça. É suspeito de ter arrecadado propinas de US$ 20 milhões junto à Alstom para o caixa dois da campanha à reeleição de FHC.

A senadora Ana Amélia Ramos é a aposta da RBS e da direita para enfrentar o Tarso no ano que vem. Ganha quem tiver o maior número de apoios. Tarso aprendeu com Lula como articular politicamente uma boa base eleitoral. Já a Meméia cria divergências em seu próprio partido, como podemos comprovar no pleito de 2010. Além do governador e da senadora do PP, outras candidaturas não se sustentam, podem até se lançar mas não vão sobreviver ao 1º turno.

Os colorados acreditaram no canto da sereia do Gauchão, entraram no brasileiro se achando e agora se perdem no limbo do meio da tabela. Com o Grêmio ocupando uma das vagas para a Libertadores, a desgraça colorada é ampliada ao extremo. Quem vai pagar o pato é o Dunga.
Remindo Sauim

 

CANDIDATOS EM BUSCA DE UMA DEFINIÇÃO PARA 2014

Décadas atrás, discuta-se nas sucessões presidenciais se o país necessitava mais de ordem, liberdade ou progresso. Os rótulos mudaram, os debates passaram a girar em torno de segurança, democracia ou desenvolvimento. Mas sempre foi a mesma coisa, ainda que nem por prometer um, dois ou três desses valores, os candidatos apresentassem vontade ou condições para realizá-los.Com as exceções de sempre, é claro, pois tivemos presidentes capazes, entre outro tanto de sofríveis.
Hoje, as cartas estão embaralhadas, assim como os candidatos. Qual a proposta de Dilma? A continuidade de seu governo e do governo do Lula, com a preservação do bolsa-família e demais programas assistencialistas, além de uma pitada de tolerância para com as manifestações de rua verificadas desde junho. No item do progresso ou desenvolvimento, destacam-se os obstáculos à abertura da economia, os impasses ao Plano de Aceleração do Crescimento e às dificuldades da iniciativa privada em integrar-se às ditas oportunidades abertas pelo governo. Se há um objetivo na conquista do segundo mandato, é o de deixar as coisas como estão, sem qualquer novidade. Ao eleitorado será dado concordar ou descobrir, nos outros candidatos, propostas capazes de empolgar um pouco mais. Só que o vazio permanece entre eles.

Aécio Neves oscila entre as dificuldades de demonstrar que os tucanos, quando no governo, muito realizaram no plano social, e a defesa de uma política econômica indefensável praticada por Fernando Henrique, favorável às elites e indiferente às massas. O ex-governador de Minas não se encontrou, até agora. Falta-lhe uma característica maior. O avô já apresentou o restabelecimento da democracia e da liberdade, não dá para repetir.

Na hipótese hoje improvável de José Serra vir a ser o candidato do PSDB, de que forma empolgará a população? Até agora, ignora-se, como ignoraram os paulistanos que deixaram de votar nele para prefeito. Aparecer como um segundo Fernando Henrique não dá, mais pelo desgaste do ex-presidente, menos pela deterioração do modelo neoliberal.

Marina Silva dispõe de mensagem própria, muito parecida com o samba de uma nota só, identificada pelo cidadão comum como ambientalista. Muito pouco se resolverá, no Brasil, pela preservação das florestas, a interrupção de projetos em condições de prejudicar o meio-ambiente e, se quiserem, um combate mais acirrado à corrupção e à impunidade. A pré-candidata tem poucos dias, uma semana no máximo, para conseguir o registro de seu novo partido junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Não parece fácil, mas ainda que consiga, suas armas são fracas para um desempenho eficaz. Também ela necessita ampliar sua marca registrada.

Eduardo Campos, até prova em contrário, inscreve-se para atuar no ensaio-geral de 2014, mas de olho na apresentação da peça em 2018, quando enfrentaria outros atores sob um novo script. Sua proposta até agora não surgiu, exceção de ser um bom governador, em Pernambuco, e de andar tentando seduzir as forças conservadoras do Sudeste. Apesar de presidir o Partido Socialista, foge da ideologia, ironicamente também ao contrário do avô. Dele não se ouvem sugestões para agilização da combalida reforma agrária. Nem para outras reformas de base.

Em suma, são todos candidatos em busca de uma definição e um programa.

 

bALACA

MAS QUE BALACA TEM ESTE GENERAL DO DNIT QUE DÁ ENTREVISTA AGORA NO GAUCHA ATUALIDADE???
É NORTISTA....

NAO SEI O NOME DELE, MAS QUE BALACA...ENROLOU DIREITINHO O DANIEL SCOLA. A ROSANE,MAS CANCHEIRA, FICOU NA DEFENSIVA.

JORGE ERNESTO, É O NOME DO GENERAL, QUE DEU UMA ENROLADA BONITAÇA NESTES GURIS DA GAUCHA....

 

general, meu deus, pesadelo!!!

estou ouvindo agora no gaucha atualidade, um gerneral falando sobre rodovias. meu deus, será quee voltei no tempo...me dá orizipela somente em ouvir estas vozes...deus no slivres deles por mais 100 anos. viva a democracia!

 

. estou indo aos jogos do inter no vale. e observei algo que nunca tinha visto. as estações do trem não tem identificação. pelo volume do trem não se ouve qual a estação. só tem sinalização na do aeroporto. o que achas pra copa desta modernidade?abs ouvinte de sempre. olides canton

 

- Antonio, mais uma vez, volta a Paris.



Antonio Augusto Bandeira


Depois de passar dez dias ente Croácia,Bósnia e Eslovênia, Antonio retornou para Paris.
Mais ainda voltou pra seu bairro preferido-Montparnasse- Hotel Tim Montparnasse,rue de la Gaité, bom e reservado de Porto Alegre pela agente de turismo sem problemas.

Tanto na ida para Paris como no aeroporto Charles de Gaulle, Antonio foi recepcionado com cadeira de rodas e carregado pelo pessoal do aeroporto.Fica muito mais fácil o deslocamento,
apesar de Antonio ( isto é que dizem os seus amigos e amigas) aparentar ter somente vinte e nove anos...Acredite se quiser...

No aeroporto apanhou a caminhonete da Air France e saltou na Tour de Montparnasse.
Ai veio a tradicional luta por um taxi(motoristas não gostam de fazer corridas curtas), para ir até o Hotel.
Sete euros foi o que pagou pelo deslocamento.

Para sua surpresa o hotel ficava na rua dos teatros ( possui quatro) e seguindo, atravessando á av.Edgar Quinet, estava a rua Delambre...
Antonio, novamente, estava em Paris e no seu bairro preferido.

 

 

 

Porto Alegre marca presença no 269

Exploração animal foi denunciada por veganos e vegetarianos

Neste domingo, 29 de setembro, a Capital gaúcha tomou parte nos protestos internacionais do movimento 269, que denuncia a exploração animal pela pecuária. Junto ao Arco da Redenção, entidades como Vanguarda Abolicionista, Gatos & Amigos e Mural dos Bichos, além de ativistas independentes da Região Metropolitana e de cidades como Lajeado e Estrela, fizeram concentração. Com banners, locução e panfletagem, manifestaram-se contra a escravidão animal e o especismo, em ato simbólico repetido em diversas partes do mundo. A ação culminou com uma marcha pelo Parque Farroupilha. Um pequeno vídeo está em http://youtu.be/log2VRKA3PA e uma galeria de fotos está em https://www.facebook.com/media/set/?set=a.539279592818833.1073741838.145774425502687&type=3.

 

 

Olides. Ficamos 18 dias na Nicarágua. Não foi fácil nestes dias passar por lá. Muito trabalho. Fiz este material, ontem, depois que retornei para BA. Tenho outras matérias para mandar... No meu livro, tem uma parte que fala sobre a revolução Sandinista na Nicarágua. Foi aí que lembrei de fazer este material, ok. Um forte abraço. Gelson.

NICARÁGUA: ANTES E DEPOIS DE AUGUSTO CESAR SANDINO
“(...) meu coração de patriota (...) minha espada defenderá a honra nacional e que será redenção para os oprimidos (...). Poderá morrer o último dos meus soldados, mas, antes, mais de um batalhão de vossos, invasor loiro, terá mordido o pó das minhas agrestes montanhas (..). Pátria e Liberdade”

General Augusto Cesar Sandino.

Da Nicarágua
Gelson Farias

A Frente Sandinista de Libertação Nacional/FSLN foi fundada em 1960, tentando reacender a chama da guerrilha camponesa de Sandino, mobilizando reorganizando todos os que lutavam contra o imperialismo e seus aliados nicaraguenses (os Somoza), agregando diversas tendências ao longo do tempo. Surge claramente influenciada pela Revolução Cubana de 1959, defendendo a luta armada, apoiada pelas massas populares. Seria preciso deter a “força capitalista de oposição” (Partido Conservador), também apoiado no imperialismo estadunidense e que, no caso de uma forte luta guerrilheira, poderia tentar chegar ao poder. Neste sentido, a FSLN afirma-se como uma instituição de caráter político, militar e ideológico, querendo representar as verdadeiras intenções do povo nicaraguense, cansado da exploração perpetrada pelo “Império do dólar”.

Em 1923,  Augusto Cesar Sandino foi ao México. O país se encontrava em efervescência social na luta contra oimperialismo estadunidense e greves de cunho nacionalista aconteciam. Tudo aquilo, entre outros fatores, contribuiu para ensiná-lo sobre o que é defender uma Nação. Além disso, os mexicanos o lembravam de que o governo da Nicarágua colaborava com os EUA. A estratégica posição geográfica de seu país fê-lo tornar-se alvo de conflitos políticos, sobretudo envolvendo os EUA, por propiciar a construção de um canal que permitia a passagem de embarcações comerciais do Atlântico para o Pacífico, mesmo depois de aberto o canal do Panamá em 1914. Ele voltou em 1926 para seu país e foi trabalhar na mina de ouro San Albino – propriedade de uma família estadunidense. Foi lá que ele começou a reunir companheiros para planejar uma revolta. Hoje, a Nicarágua eleva o nome de seu herói nacional. Por toda a Nicarágua, o nome de Sandino está escrito em diversos lugares. O aeroporto Internacional da Nicarágua, leva o nome do herói nacional, Augusto Cesar Sandino.

Entre a criação da Frente e 1967, o trabalho interno das vanguardas esteve voltado para a criação de estruturas clandestinas político-militares, obtendo um contato direto com setores populares, promovendo-se a criação de Comitês Cívicos Populares e a Frente Estudantil Revolucionária. Formularam-se ainda um programa reivindicativo, os estatutos da organização de vanguarda, e um conjunto de documentos políticos e estratégicos, além de estudos sobre a realidade nicaraguense. Grupos de estudo, folhas soltas, volantes e a propaganda armada, tanto no campo quanto nas cidades, divulgavam os principais pontos,
defendidos pela FSLN que consideraria ainda “o político e militar como uma unidade, no qual o militar se subordina ao político” . Em 1967, a Frente se tornou o principal canal do povo na luta armada contra o somozismo.

Em 1975, houve uma divisão da FSLN em três tendências: Tendência Proletária, que considerava primordial concentrar o trabalho na classe operária, considerada a força social hegemônica na luta revolucionária; Guerra Popular Prolongada (GPP), adaptando a teoria política e militar maoísta às propostas de Sandino; Tendência Insurrecional ou Terceirista, comandada pelos irmãos Ortega Saavedrae majoritária na Frente, que via como ameaçador o projeto reformista proposto pela ditadura e procurava manter constante diálogo com o povo, recrutando-o para a alternativa da luta armada contra as forças da ditadura.




Em 1978, estas tendências se unificaram ao mesmo tempo em que o movimento popular se intensificava. Vale dizer que a Revolução contou com amplo apoio de setores da Igreja Progressista participando, inclusive, da luta armada. Foi então criada uma plataforma comum destas tendências: o Movimento Povo Unido. Ações como a invasão do Palácio Nacional, sob a liderança do Comandante Zero, são exemplos desta unidade de luta. O governo Somoza enfraquecia-se progressivamente. Com o tempo, seu principal apoio era mesmo a força da potência estadunidense. Quando, em 1978, o jornalista liberal Pedro Chamorro, que comandava o maior jornal de oposição ao regime, La Prensa, foi assassinado, gerou-se grande polêmica nacional e internacional, obrigando os EUA a retirarem seu apoio. Neste ínterim, deu-se início a uma insurreição popular que levou uma Junta.

Provisória ao poder, contando com a participação, além dos sandinistas, de Violeta Chamorro, viúva do jornalista assassinado, e que, em 1990, venceria a FSLN nas eleições, e Alfonso Robelo, representante do Conselho Superior de Empresa Privada (Cosep), isto é, a burguesia antisomozista. Em 1984 foram feitas as primeiras eleições livres depois da vitória da revolução, vencendo Daniel Ortega, líder da FSLN. Entretanto, os diferentes grupos ideológicos e sociais que até então estavam unidos contra um inimigo comum, quando, finalmente, conseguiram derrubar o regime, tenderam a evidenciar diferenças que, anteriormente, eram deixadas num segundo plano, e agora, passaram a incomodar. A Nicarágua no fim da guerra revolucionária estava completamente devastada. Recuperá-la seria tarefa difícil, sobretudo quando se considera o bloqueio econômico dos EUA e uma administração Reagan que motivou, a partir de 1983, a guerra contra-revolucionária (os Contras) “que com suas sequelas de 17 bilhões de dólares em perdas – o custo de 50 anos de exportações na Nicarágua naquele momento – e mais de 50 mil vítimas, desgastou o sandinismo e o conduziu à derrota eleitoral 11 anos depois do triunfo”em 1990.



 


 

 

 

 

 

SEM PULO - TÚNEL DO TEMPO - 28.09.2013
Ólá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo deste
sábado que escrevo na Folha Popular de Teutônia.
Abraços
Rudimar Thomas

 

 

 

 

Santinho tucano para 2014 anexado

 

 

 

Niver nas oropas!


minha filha ana completa hoje, domingo, dia 29, 36 anos. quando nasceu era tão feia que assustava. depois foi ficando bonita.

na noite que sua mãe foi pro hospital ernesto dornelles, estávamos eu, meu cunhado caco, que ficou em casa com a maninha de 11 meses- dormindo como um condenado - e a denise, minha cunhada.

chegamos no hospital e a angela pariu em seguida.

quando veio as enfermeiras perguntar pelos familiares da angela, me assustei.mas não era nada.

a denise entrou no quarto e viu a ana. na volta, me disse:
é tão feinha....

mas ela tinha nascido com os cabelos colados. depois isto passou.

uma noite a ana fugiu de casa, durante uma festa de casamento. mas isto eu contarei num livro que vou editar sobre memórias!

Oi, pai.

Estou bem, mas tendo de fazer tudo devagar e com calma, porque estou usando uma imobilização no pé machucado.
Hoje saio de Roma e vou para Barcelona.
Obrigada.

 

candidatos da mídia.
aposto um dedo( deus que me perdoe) que o colega andré mnachado não passa dos 5 mil votos...

nem o pinheirinho se elege deputado federal. dizem queé candidato pelo pdt.

confundem mídia com politica. o s antana nunca se elegeu deputado, ai caiu fora.!

 

 

 

 

MUTUCA A FUZEU

Foi mesmo um puta show do mutuca no teatro de camara na terça -passada. encontrei agora na sexta de tardezinha no mercado publico a katia suman que lamentou não por ter ido.

- ele só faz show de anos em anos, reclamou ela.

realmente o mutuca eu o tinha visto uns 10 anos atras no araujo,acho antes deste ser privatizado.

e se tornar mais um espaço das ' elites', ou seja, de quem tem dinheiro.

Mutuca mandou ver, e so parou porque o cara que zela pelo teatro disse que depois das 10 da night fica complicado porque os vizinhos não permitem mais som a fuzeu no local....

que bom cara este mutuca.

O showzaço dele poderia ter acontecido em qualquer teatro de NYC e não faria feio...com certeza. Manda ver Mutuca....

ah, tinha uns veinhos com gurias novas que adoraram o show....e desta feita não choveu dentro do teatro de camara mas eles pra economizar não ligaram o ar condicionado. quem sabe na próxima poupe uma passagem pra europa do prefa e liga o ar condicionado pros viventes daqui da capital..

 

 

 

 

antes do show principal - ou um puta show como disse a cantora que o antecedeu - a Janis Joplin de Santa Maria, do conjunto Voluntários, roqueiros de cepa, uns guris, - assistimos na terça passada no teatro de camara um bom show da gurizada da boca do monte.

a guria leva jeito....a nossa janis joplin, será???

 

 

 

 

 

FILAS E MAIS FILAS NO TERMINAL DO T-9

Todo Santo Cristo é uma fila no terminal da Praça Dom Feliciano pra pegar Onibus...no fim do dia...eis ai as pessoas esperando numa noite desta semana!

 

 

 

 

CASSIA NÃO SABE PRA ONDE VAI...

O deputado Cassia Carpes, que vai sair do PTB semana entrante,- ele tem que ir pra outro partido - não sabia ainda pra onde ia..

Cassia esteve na salinha JCTerlera esta semana e mostrou preocupação. Acho que ele leva medo de ir pro Sustentabilidade, porque a Marina vem caindo...mas o Cassia diz que não concorre mais.( o cassia é o da direita, o outro é o colega Vilnei, que tem um site)

 

 

 

 

BANHEIROS NÃO MIJAM...

Nada de mijar nos banheiros do teatro de Camara....estão lacrados com plástico de lixo...

Enquanto o prefa viaja as Europas pra visitar fundações de proteção aos animais - nada contra - dois modestos banheiros de um teatro municipal estão ai atirados. que descaso!

 

 

 

 


Historias de la Undeze.


As ' freirinhas' eram terríveis...mas

educaram muita gente!

eis ai a formatura de uma turma!

 

 

Cinema e música ao vivo na CCMQ

A exibição do filme “A Revolução no Rio Grande”, neste sábado, 28, às 19h, na Sala Eduardo Hirtz, faz parte das comemorações de 23 anos de fundação da Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ).
A sessão da película será acompanhada de música ao vivo executada pelo grupo Dimensão Experimental. Logo após, o pesquisador da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), historiador Giovanni Mesquita, conversará com o público sobre o filme de Benjamin Camozato, feito em 1923, em preto e branco, 60 minutos.

Serviço
Sessão de cinema musicada ao vivo
Filme: A Revolução no Rio Grande
Quando: 28/09 – Sábado
Horário: 19h
Local: Sala Eduardo Hirtz – CCMQ
Entrada: Franca
Palestrante: Giovanni Mesquita – pesquisador FIGTF
Participação musical: Grupo Dimensão Experimental
Apoio: Secretaria Estadual de Cultura (Sedac), FIGTF, CCMQ, Associação de Amigos da CCMQ, IECINE, MUSECOM, MARS, IEM, DNPN, Cinemateca Paulo Amorim e E o Vídeo Levou.

Rita Escobar – Imprensa FIGTF – 51 3228.1711 / 9327.5434 – imprensa-igtf@sedac.rs.gov.br

 

Nominata Pré-Candidatos a Deputado Estadual PDT

Juliana Brizola
Gilmar Sossela
Gerson Burmann
Décio Franzen
Vinicius Ribeiro
Dr. Bassegio
Marlon Santos
Ciro Simoni
Kalil Sehbe
Tiago Cadó
Eduardo Loureiro
Dr. Tiago
Paulo Azeredo
Lammel
Márcio Bins Ely
Miguelina Vechio

 

 

 

NOTA DE PESAR
Bancada do PMDB lamenta falecimento da ex-vereadora Geni Peteffi



Os parlamentares que integram a Bancada do PMDB na Assembleia Legislativa manifestam pesar pelo falecimento da ex-vereadora de Caxias do Sul, Geni Peteffi, ocorrido na madrugada desta quinta-feira (26), no Hospital Unimed onde estava internada nas últimas três semanas. Vereadora por 24 anos em seis mandatos consecutivos, Geni tinha 69 anos de idade e atualmente era presidente do Diretório Municipal do PMDB de Caxias.

Ao longo de sua trajetória pública, a ex-vereadora assumiu diversas vezes a condição de líder da Bancada do PMDB na Câmara caxiense e por sete anos foi líder do Governo José Ivo Sartori. No passado, como presidente da Câmara Municipal, assumiu a Prefeitura de Caxias do Sul como prefeita em exercício. Por sua forte atuação comunitária e protagonismo da participação das mulheres na política, o falecimento de Geni Peteffi deixará legado importante para a população caxiense.

O velório está ocorrendo na Capela A do memorial São José e o sepultamento está previsto para as 17 horas, no cemitério do mesmo bairro.

 

 

 

 

Destaque:6736

Tenente Terres deixa o município de Serafina Corrêa

O comandante da Brigada Militar de Serafina Corrêa, Primeiro Tenente
Ademir Ferreira Terres deixa o município, após quase dois anos de
intenso trabalho e de valiosa contribuição com a segurança de toda a
comunidade.
Tenente Terres realizou um encontro de confraternização, no dia 17 de
Setembro de 2013, onde pôde falar de sua satisfação e de estar saindo
do município com a sensação de dever cumprido. Estiveram presentes o
Tenente Coronel Comandante Interino do Comando da Serra, Leonel da
Silva Bueno, demais autoridades da Brigada Militar, o Prefeito do
município de Serafina Corrêa, Ademir Antônio Presotto, o Presidente da
Câmara de Vereadores, Silmar Roberto Santin, demais autoridades
municipais e brigadianos de toda a região. Terres salientou que os
resultados alcançados nesse período foram muito positivos e comemora,
junto à Corporação, o fato de que, nesse período, Serafina Corrêa
ficou 1 ano e 3 meses sem roubo, entre outras atividades e projetos
implantados.
Serafina Corrêa conta com um batalhão de 17 brigadianos para, da
melhor forma, dar à comunidade condições de viver com qualidade de
vida e segurança. Hoje, o Tenente Terres deixa o município com um bom
planejamento de segurança e com policiais capacitados para trabalhar
pelo combate ao crime.

 

 

 

 

MORTE NO PMDB

FOI ENTERRADA, HOJE, QUINTA EM CAXIAS, A GENI PETEFFI LIGADA AO PMDB LOCAL

 

 

 

Atenção os fatos aqui narrados são todos verdadeiros. os nomes e os locais é que foram omitidos pra evitar constrangimentos.

 

Historias daquela cidade....

 

Chameme el dotor,chameme el dotor era o grito de guerra no domingo em que estourou a bomba que os dois pombinhos haviam sido filmados por um detetive de Passo Fundo( de onde era posso dizer,né....)

 

aquela cidade quase no Norte do Estado onde o dialeto vêneto ainda é falado - vira pra lá boca maldita porque se eu der a pista de um dos dois pombinhos, vão logo entender a história que quero contar....

 

Na capital, um dos amigos, comentou:

 

- bem feito pro sicrano, ele sempre foi ' formigão"!( quer dizer em linguagem interiorana comedor, na linguagem dos jovens de hoje pegador....)

 

Mas quem diria com aquela cara de santo homem....

 

Bom, ela, deixemos pra lá....cada qual está sujeito a se apaixonar por quem quer....

 

o engraçado, ou o triste, é que o marido traído queria dar uma tunda de laço no cara que pegou sua esposa(agora ex) mas argumentou:

- não bato em idoso...

 

Foi sua ultima e derradeira vingança.

 

 

 




SINDIVINHO RS É HOMENAGEADO PELA CÂMARA
DE VEREADORES DE CAXIAS DO SUL
O Sindicato da Indústria do Vinho do Estado do Rio Grande do Sul – SINDIVINHO RS foi homenageado na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, nesta quarta-feira, (25), pelos seus 65 anos de existência. A solenidade foi de iniciativa da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Fiscalização e Controle Orçamentário da casa e contou com a presença dos vereadores, membros do sindicato, autoridades e demais representantes do setor.
O vereador Guila Sebben (PP), como presidente da comissão proponente da homenagem, falou em nome do Legislativo e ressaltou a importância das empresas produtoras de vinho para o desenvolvimento econômico do Estado e da região da serra gaúcha. Através de uma cronologia sobre a história do vinho no Brasil, o vereador contou a trajetória do setor vinícola, desde a imigração italiana, até a modernização de equipamentos nas últimas décadas.
“Apesar das dificuldades enfrentadas pelas empresas produtoras de vinho, percebe-se o papel importantíssimo do SINDIVINHO na facilitação das relações de negócios, seja entre produtores, comerciantes e empresários”, destaca o vereador. Guila também lembrou a importância do sindicato no aumento da visibilidade do produto local para o resto do país.
Após a entrega da placa comemorativa aos 65 anos do sindicato, o Vice-Presidente da entidade, Gilberto Pedrucci, e o Secretário Municipal da Agricultura, Araí Horn, também ocuparam a tribuna para pronunciamentos dedicados à homenagem.
Foto: Luciane Modena
EM: 26.9.13

 

 


 

 

Destaque:6867

Talentos locais na Semana Farroupilha

O Acampamento Farroupilha teve muita alegria, cultura e a
participação de diversos artistas serafinenses e visitantes,
abrilhantando a Semana Farroupilha 2013.
Os Talentos Locais foram um show à parte, com a transmissão, ao vivo,
das emissoras locais: Rádio Rosário AM, Rádio Odisséia FM e da Rádio
Comunitária Liberdade FM. Foram momentos de música, poesia, trova e a
oportunidade de divulgar os talentos serafinenses através da grande
audiência dessas rádios.

 

 

 

Peguei esta charge genial do cartunista Tiago Silva, ela é um exemplo gritante de como age a direita em suas manchetes e colunas de jornais.

 

 

 

 

André Machado, o comunista da Rádio Gaúcha

Sempre que a Gaúcha botava no ar uma pauta mais "direitona" o ouvinte sentia que que o André Machado ficava desconfortável. Enquanto a sanha do mensalão e outras denúncias armadas pelo consórcio Globo/Veja/Folha corriam solto nas ondas da rádio da Avenida Ipiranga, a voz do André saia meio que sufocada. Não sei quanto tempo o filho do falecido político e radialista Dilamar Machado agüentou aquelas pautas, mas, entre o jornalismo e a política, deve ter achado a segunda mais honesta e mais merecedoura de sua convivência diária. Como velho ouvinte, desde os tempos do saudoso Vovô Guerra, a gente percebe a seriedade do radialista, André Machado nunca se aliou aos saudosos da ditadura nem aos inimigos férreos do PT. Enquanto alguns jornalistas e radialistas entram na política como uma aposentadoria bem remunerada, parece que o André está fazendo uma opção de vida.

 

 

 

De Serafina

 


O show do encerramento da semana farroupilha foi com Joca Martins na noite do dia 20 de setembro!

 

 

 

Memória.

Foi na metade do ano passado, que a ACEG levou os jornalistas a conhecer as obras do Arena. Hoje é tudo passado,porque o estádio está a pleno, funcionando!

 

 

 

 

 

MELODY E MIDIAN ALMEIDA FAZEM MAIS UM “SONS DA CIDADE”


A Banda Melody e a cantora Midian Almeida fazem mais uma edição do projeto “Sons da Cidade” na próxima terça-feira, dia 1º de outubro, às 20h, no Teatro Renascença (Av. Erico Veríssimo, 307) com senhas sendo trocadas por um quilo de alimento não-perecível na bilheteria do teatro, uma hora antes do espetáculo. O projeto é uma realização da Coordenação de Música da Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos e tem curadoria do jornalista e radialista Paulo Moreira.
A Banda Melody foi formada em 2010 pelas irmãs Taisi, Maitê e Alina Cunha (vocais) se juntaram aos amigos Guiza Ribeiro (guitarra), Bilo (baixo) e Cacá Lazzari (bateria) para formar um grupo com músicas próprias e referências de vários estilos, sempre no pop-rock. A Melody foi premiada em dois concursos promovidos pela RBS (chance etapa Rock/Pop 2010 e Empurrão Nova Schin 2011), além de vencer o primeiro Palco PUC 2012. Também foi convidada a participar do Planeta Atlântida nas edições de 2012 e 2013. O grupo lançou 2 EPs com músicas inéditas e os singles “Welcome to the Party” e “Broeknhearted”.
Oriunda de uma família de músicos, Midian Almeida começou sua trajetória em 1993, cantando em bares do Vale dos Sinos. Dois anos depois, ingressou na área de produção executiva. Em 1999, iniciou seu trabalho na gravação de jingles e comerciais. Trabalhou ainda com Oswaldo Montenegro, foi morar na França e se apresentou em inúmeros shows e festas pelo interior do estado. Gravou seu primeiro disco em 2009 com músicas próprias. Desde o início do ano, tem trabalhado também como radialista na União FM.


SONS DA CIDADE
BANDA MELODY / MIDIAN ALMEIDA
TEATRO RENASCENÇA - 01/10/2013 – 20H
UM QUILO DE ALIMENTO NÃO-PERECÍVEL


Paulo Moreira
Assessoria de Imprensa
Coordenação de Música
Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos
tel. (51) 3289 8119 – 9995-9729
e-mail: cm@smc.prefpoa.com.br
site: www.portoalegre.rs.gov.br/smc
Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro
Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar.

 

 

 

 

serginho ta na uti novamente.
jeane
Saudade das reformas de base
Carlos Chagas

Dez anos no poder mudaram a face do PT. Foram para o espaço os compromissos do partido de mudar o Brasil, promovendo reformas antes prometidas pelo PTB de João Goulart e Leonel Brizola. Onde anda, por exemplo, a reforma agrária? Alguém lembra, sequer, do nome dos ministros do setor, no governo Lula? Ou, mesmo, no governo Dilma? Até o MST sumiu. Não se tem notícia de qualquer plano ou programa. O máximo que se relaciona com a terra refere-se ao agronegócio, que vai muito bem, obrigado, cada vez mecanizando mais a agricultura e desempregado o agricultor.

Da participação dos empregados no lucro das empresas, nem o Partido Comunista do Brasil, aliado do PT, trabalha em algum projeto. Sonho de noite de verão, assim como o salário-família, que devia ser universal e viu-se reduzido ao bolsa-família, restrito e insuficiente. A ilusão de remédios populares, produzidos por laboratórios estatais a preços módicos, terminou na farsa dos “genéricos”, cada vez mais caros. Pior a tentativa de organizar o sistema financeiro em torno de instrumentos estatais. Aconteceu o contrário, ou seja, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica é que aderiram ao modelo dos bancos privados, visando acima de tudo o lucro e esquecendo o financiamento aos pequenos comerciantes, prestadores de serviços ou profissionais de toda espécie.

Co-gestão? Nem pensar. O empregado preocupa-se em manter o emprego, ao sabor dos humores do patrão, sem saber que um dia, no passado, estaria garantido depois de trabalhar dez anos na mesma empresa, quando adquiria estabilidade.

Dar poder aos sindicatos já foi objetivo social e político de importância, mas bastou os companheiros ocuparem o palácio do Planalto para esvaziarem a representatividade dos organismos de classe. Onde anda a CUT, por exemplo? Os metalúrgicos do ABC dispõem de que espaços para reivindicar melhoria salarial?

Ensino gratuito e de qualidade em todos os níveis, prestado pelo estado, seria alternativa capaz de dar dignidade e remuneração compatível aos professores, mas aí está a prevalência das custosas escolas privadas. Bem como a deterioração das públicas.

Transportes populares eficientes faziam parte das reformas de base, bem como serviços baratos de água, saneamento e energia. Hoje custam os olhos da cara, quando não faltam.

Em suma, e ainda que as populações menos favorecidas tenham em parte alçado de patamar, o programa das reformas de base empacou, apesar da propaganda. Viu-se substituído pelos benefícios concedidos às elites.

 

 

 

 

 

 

Coleguinhas


Chovia na segunda ultima em serafina mas fui no Gazetinha, como é chamado o jornal local. Havia uma redação de ' duas pessoas' trabalhando no meio da manhã.

- Tem mais gente que trabalha aqui, me disse a guria.

O Gazetinha vai completar 7 anos..
Tenho orgulho de ter sido seu editor durante um tempo, sem ganhar um tostão por isto.

Foi um pedido do Fiorin...tudo pela causa. até que me dei conta que se houvesse um processo seria eu que pagaria o pato. pulei fora. mas sempre leio o jornal,quando vou a serafina. a coluna do Roberto Arroque tem muitos leitores na cidade.

 

 

 

De Serafina!


Morto também vende. esta funerária de serafina não perde tempo.deixa seu recado: plantão funerário é com ela....me parece que é a Bom Jesus!

 

 

 

 

de Serafina


nA SEGUNDA FIZ ESTA FOTO DO PREFEITO BICO BRANCO que estava feliz com o sucesso do ' campamento farroupilha" que este ano mudou de local!
O nativista de serafina.


o prefeito Bico branco é um fã do nativismo. no seu gabinete, sempre tem uma musica gaudéria,toccando..

que nada de talian, nada! é nativismo mesmo!(olides canton)

 

 

 

 

de serafina


O LIXO SE ACUMULAVA NA SEGUNDA AO MEIO DIA NO JARDIM ITALIA. EFEITO DE 3 DIAS SEM RECOLHIMENTO!

ESTAS FOTOS FORAM FEITAS AO MEIO DIA DE SEGUNDA!

 

 

 

 

MAIS LIXO ACUMULADO NO JARDIM ITALIA EM SERAFINA NA SEGUNDA AO MEIO DIA.

 

 

 

PP e pSB

esta coligação, ou casamento, aí, em serafina já fizeram. o bico é do PP e o vice do PSB.

 

ACACIAS

FUI VER O FILME DAS ACACIAS NO SINDIBANCÁRIOS. MUITO BOM. ME LEMBREI DO TEMPO QUE EU VIAJAVA NOS CAMINHÕES PELAS ESTRADAS DA ARGENTINA. NO FINAL QUANDO ELE FALA DE CATAMARCA,Q UE TEM LINDAS PAISAGENS ME DEU SAUDADES, PORQUE TEM MESMO!

 

achaque continua solto...

sair de carro é uma temeridade. flanelinhas acham em tudo o que é lugar. parar pra comer um cachorro quente e lá vem achaque...

e brigam entre eles, por causa do carro que parou....

que desastre este pais.

 

 

 

ventania de hoje reduz movimento no catamarã, tamb ém chamdo de " o barco do Hugo" uma referencia ao seu dono, Hugo Fleck.

 

 

 

 

VENTO E CHUVA REDUZEM


 
PASSAGEIROS DO CATAMARÃ
 
COM O mau tempo - e o vento -  reduziu muito hoje terça, o movimento do catamarã,entre Porto Alegre-Guaíba.
 
Um funcionário explicou que o catamarã é seguro mas que mesmo assim só o usa quem precisa se locomover pro trabalho ou outros compromissos. quem vem apenas a Porto Alegre pra fazer compras, como ir ao Mercado,não usa este transporte.
 
 
movimento reduzido no terminal do catamarã de Porto Alegre. 



 

 

 

Sepé Tiaraju: o Guerreiro da Lua Crescente

A Programação da Semana Farroupilha de Serafina Corrêa esteve repleta
de cultura, cultivo às tradições, alegria, dança, música, gastronomia,
amizade e integração. Na terça-feira, dia 17 de Setembro de 2013, o
Grupo Luz e Cena apresentou a peça teatral Sepé Tiaraju: o Guerreiro
da Lua Crescente. As sessões aconteceram na parte da manhã e noite,
com centenas de expectadores das mais diversas idades.
O teatro contou a história do bravo guerreiro guarani, um valente e
destemido líder que comandou uma das mais heroicas resistências à
dominação branca neste extremo sul da América do Sul. Quando visitamos
as ruínas da redução Jesuítica de São Miguel Arcanjo, podemos ter uma
noção da grandiosidade do projeto que se construiu ali há mais de
duzentos anos. Uma verdadeira epopeia que envolvia religiosidade e
poder, pois todos sabemos que as missões Jesuíticas tinham como
objetivo catequizar e cristianizar os nativos do novo mundo, mas
também de estabelecer os marcos de dominação e afirmação de posse das
novas terras.
Sepé tombou em uma das sangrentas batalhas travadas contra os
exércitos de Espanha e Portugal, mas seu grito ainda hoje ecoa pelos
campos e se transformou em um símbolo de resistência e afirmação de
alteridade ?Esta terra tem dono?. Pela tradição de valentia e de
defesa da terra que forjou nossa determinação à luta, podemos afirmar
que é Sepé a gênese deste passado heroico, o exemplo que inspirou
outras gerações de bravos gaúchos que sempre defenderam a ferro e fogo
as fronteiras deste pampa.


 

 

 

 


O pessoal do PMDB e do PDT do Centro-Oeste jura que a gostosona é uma inovação tucana para enrolar os políticos adversários do PSDB.

 

 

 

 

 

O ' nosso' erudito na ZH de hj!

 

 

 

Prefeito assina Convênio na AGERGS

Na sexta-feira, 13 de Setembro de 2013, o Prefeito Municipal, Ademir
Antônio Presotto, o Secretário de Administração, Genoir Comunello, e o
Procurador da Prefeitura Municipal, José Dick, estiveram em Porto
Alegre, para tratar de importantes projetos e assinatura de Convênio.
A comitiva serafinense esteve na Agência Estadual de Regulação dos
Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul, a fim de firmar
Convênio com a AGERGS, a qual passará a executar a regulação dos
serviços públicos delegados de abastecimento de água potável e de
esgotamento sanitário.
Os representantes do Executivo Municipal estiveram também na CORSAN,
com o objetivo de tratar importantes assuntos referentes à água e
esgoto sanitário em Serafina Corrêa.
A viagem de trabalho também foi de agilização de projetos e busca de
parcerias na capital do Estado.

 

 

 

 

Melhorias nas estradas do interior

A Secretaria Municipal de Obras e Trânsito e a Secretaria de
Agricultura e Meio Ambiente estão realizando importante projeto de
melhoria nas estradas do interior do município de Serafina Corrêa/RS.
Nos últimos dias, foram realizadas melhorias nas vias das Capelas São
Paulo, Saúde até a Capela São Carlos, Capela São João, Capela Monte
Bérico até a Capela Caravaggio, Linha Bento Gonçalves, Balneário
Carreiro e Capela Santa Ana com cascalhamento, patrolagem, rogo,
britagem e pedrisco, atendendo as necessidades da população serafinense.
As próximas localidades serão linha Moreira Cesar, sentido União da
Serra e Capela São Luis e São Caetano, em breve Morro do Zilioto até o
Lajeadinho, Capela Fátima.

 

 

 

 

 

 


'Night Club, o musical'


"Night Club, o musical", espetáculo da Ditirambo Cia Cênica, aposta desta vez no suspense, no mistério e humor, a produção realiza curta temporada no Teatro de Arena, de 05 a 20/10, sábados e domingos, sempre às 20h.
Vencedora do Prêmio de Incentivo à Pesquisa em Artes Cênicas do Teatro de Arena em 2012, a peça investe na versatilidade de três premiados artistas gaúchos, reconhecidos por seus talentos como atores-cantores: Letícia Alves, Glau Barros e Pablo Capalonga.
O espetáculo conta a história de duas irmãs gêmeas, Lilly (Letícia Alves) e Milly (Glau Barros), moças pobres que sonham em conquistar o sucesso como artistas. A trama se passa nos bastidores de uma famosa casa noturna paulista nos anos 30, o Night Club, de propriedade de Estevan Carron (Pablo Capalonga) e oferece os elementos tradicionalmente presentes neste gênero, como suspense, mistério, intriga, números musicais, humor e muita ação.
A formação de um triângulo amoroso entre as irmãs e Estevan Carron resulta no assassinato do empresário, o que desencadeia toda ação. A narrativa costurada por números musicais cantados ao vivo pelos atores se dá de forma não linear, em que passado e presente se intercambiam, como em um quebra-cabeça, permitindo ao espectador reconstruir a história o tempo todo.

Ficha Técnica:
Texto e direção: Claudio Benevenga
Assuistência de direção: Suzi Martinez
Elenco: Letícia Alves, Glau Barros e Pablo Capalonga
Iluminação: Anilton Souza
Trilha Sonora: Everton Rodrigues
Preparação Vocal: Francis Padilha
Coreografias e preparação corporal: Saionara Sosa
Figurinos: Daniel Lion
Cenário: Claudio Benevenga
Fotos: Gerson de Oliveira
Cenotécnico: Miguel Lima
Costureira: Naray Pereira
Projeto Gráfico: Sandro Ka
Produção Executiva:Claudio Benevenga
Realização: Ditirambo Cia. Cênica

Serviço:
O quê: “Night Club, O Musical”, espetáculo teatral com Letícia Alves, Glau Barros e Pablo Capalonga. Direção de Claudio Benevenga.
Onde: Teatro Arena (Avenida Borges de Medeiros, 835 - Telefone: (51)32260242 - http://www.teatrodearena.com
Quando: De 05 a 20/10/2013 Sábados e domingos às 20h.
Quanto: R$25,00 (no local) com 50% de desconto para estudantes, idosos, e Clube do Assinante ZH. E 40% para professores associados do SINPRORS.
Censura: 12 anos
Duração: 1h20min
Convênio com Estacionamento Safe-Park na Duque de Caxias

 


 

 

 

Série Conhecer Para Preservar: Ipê-amarelo, ipê-cascudo

Nome científico: Handroanthus chrysotrichus
Família: Bignoniaceae
Origem: nativa do Brasil, sem ocorrência originalmente natural no RS.
Alguns locais onde pode ser encontrada na cidade: Rua Castelo Branco,
Avenida Arthur Oscar (canteiro central), Praça da Igreja Matriz, Rua
Ipiranga (pórtico), Rua Cristo Redentor, Trevo São Cristóvão.
Características: árvore de pequeno porte, com copa pouco fechada. No
final do inverno, ainda sem folhas, cobre-se de flores de um amarelo
intenso, de grande beleza.
O florescimento é parecido com o do ipê-da-serra (Handroanthus albus),
espécie nativa do RS e de grande porte. No entanto, as duas são bem
diferentes, tanto na altura, quanto na forma das folhas, da copa e do
agrupamento das flores.

 

 

 

Semana Nacional de Trânsito 2013

O Denatran e Conselho Nacional de Trânsito definiram como tema para a
Semana Nacional de Trânsito 2013, que ocorre entre os dias 18 e 25 de
Setembro: Álcool, Outras Drogas e a Segurança no Trânsito Efeitos,
Responsabilidades e Escolhas. É mais uma ação da Década Mundial de
Ações para a Segurança do Trânsito ? 2011/2020, que tem como objetivo
reduzir em 50% o número de mortes por acidente de trânsito.
Nesse sentido, a Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, através do
Divisão de Trânsito, tem promovido campanhas de conscientização junto
aos estudantes e à sociedade como um todo, com orientações, promovendo
a reflexão e chamando a atenção para os cuidados com o trânsito,
responsabilidade de todos.
Complementando essas ações que ocorrem durante o ano todo, a
Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância em Saúde, estará
promovendo um Espetáculo Teatral Exército de Sonhos, da Fundação
Thiago de Moraes Gonzaga, que acontecerá no dia 27 de Setembro de
2013, às 20:00, no Ginásio Municipal Irceu Antônio Gasparin, em
Serafina Corrêa. O evento faz parte do Projeto de Vigilância,
Prevenção, Redução das Violências/Acidentes e Cultura da Paz e tem o
objetivo de oferecer, através do teatro, orientações e conscientização
aos jovens e adultos em relação às questões ligadas aos acidentes de
trânsito. ?Sonhar pode mudar o mundo...e se for com um exército, pode
salvar vidas!?Participe!

 

 

 

Luciane Hoepers, ex-contratada da Globo e Abril para aparecer pelada, foi usada para corromper políticos. A gostosona, tem 1,75 metro de altura, olhos verdes e 33 anos de idade. Vista em revistas masculinas, sites de ensaios sensuais e programas de TV, ela também era uma das armas da quadrilha acusada de desviar R$ 50 milhões de fundos de pensão de servidores de prefeituras e governos estaduais.

 

 

 

Não se enganem, a sacada do Barbosa do Domínio do Fato não foi feita para enquadrar o Zé Dirceu, o alvo era o Lula, mas temendo uma revolta popular contra o STF , a invenção do STF sobrou para o exchefe da Casa Civil. Estava tudo bem armado, só que bateu o medinho nos velhacos.

O manqueteiro do Aécio Neves se deu conta que a discussão do Mensalão elimina a oposição do quadro político e jura que este não será usado na campanha tucano em 2014. Mas a imprensa que é a verdadeira oposição ao PT não está nem aí para o PSDB, quer é fustigar o Partido dos Trabalhadores.

Bateu um medo na elite, se a moda do Domínio do Fato pega vai dar muito bacana em cana. Para o professor Ives Gandra Martins, 78 anos, um dos mais respeitados juristas brasileiros, conhecido por suas posições ultraconservadoras já avisa que esta invenção cria uma insegurança jurídica monumental.

A oposição gaúcha chora o PIB de 15% do estado. Os adesistas do PMDB pressionam para o partido apoiar o Tarso em 2014, o PDT não vai mais sair da base aliada e o PSB começa a fazer as contas se as pretensões do Eduardo Campos e do Beto Albuquerque são mesmo as dos demais membros do partido.

O crescimento pessoal do Beto Albuquerque só se deve aos cargos a que foi alavancado pelo PT, o moço de Passo Fundo quer alçar vôos maiores. Sem os cargos do PT, o PSB some do noticiário e adeus palanque para 2014.

Remindo Sauim


 

 

 

A MTV, que sai do ar na TV aberta dia 30 de setembro, passa em 1º de outubro a fazer parte da NET e concorrência. A Abril, a última proprietária, que capengueia com sua opção ser a todo custo contra o governo, entregou a emissora a sua anterior proprietária, a Viacom, que já possui diversos canais de música na TV fechada.

Aos poucos a Abril vai seguindo o mesmo caminho já trilhado pelos Diários e Emissoras Associadas, perdendo um dedo aqui, um dente ali e assim rumando ao vácuo da comunicação brasileira.

Muda tudo na emissora, a programação e os profissionais serão outros.

 

 

 

?Quando alimentamos mais a nossa coragem do que os nossos medos,
passamos a derrubar muros e a construir pontes!?

A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa tem a honra de promover
mais uma entrega oficial de obra à comunidade serafinense: a Ponte
Benjamin Zanini, Via Vivaldi, centro do município. Mais uma conquista
da comunidade serafinense, do sonho à realidade, transformando
Serafina Corrêa com infraestrutura, mobilidade urbana, bem-estar e
qualidade de vida!

O Poder Executivo Municipal tem a honra de promover a cerimônia de
entrega oficial da Ponte Benjamin Zanini e do calçamento, realizado em
parceria com os moradores, no dia 27 de Setembro de 2013, sexta-feira,
às 15h30, na Via Vivaldi, centro, Serafina Corrêa/RS.

Contamos com a presença de toda a comunidade nesse ato que fará parte
da história do município!

Atenciosamente,

Ademir Antônio Presotto,
Prefeito do município de Serafina Corrêa/RS.

 

 

 

De Serafina

Bico Branco vai mexer na equipe...

O prefeito Bico Branco me disse agora há pouco que até o fim do ano mexerá em sua equipe colaboradora pra oxigenar a máquina administrativa.
Ele chegou pouco depois das oito e meia na prefeitura, a pé, vindo de sua casa. sua assessora de imprensa e outros funcionários já estavam trabalhando.

O prefeito na conversa com este reporter mostrou satisfeito com a semana farroupilha feita em serafina. Disse que o novo local no bairro Santin foi aprovado.

Também falou sobre o hospital paroquial que aqui anda sendo muito comentado por ser o unico da cidade. O Hospital está tendo toda sua equipe trocada, em função de troca de diretoria.
O prefeito disse que a prefeitur arepassa ao hospital, por contratos de prestação de serviços e compra de serviços, em torno de 150 mil reais por mes.

Também conversei com o prefeito sobre politica estadual. Ele me mostrou convicção de que a senadora Ana Amélia é candidata ao governo pelo PP, que é o partido do Bico Branco.O prefeito entende que se o governador tarso Genro não pelar a coruja no primeiro turno, corre o risco de tomar uma surra no segundo turno. é bom lembrfar que tarso ganhou no primeiro mandato de governador no primeiro turno.

O prefeito que já aprendeu na primeira adminsitração os ' atalhos' pra conseguir verbas federais me disse que no mes que vem irá a Brasília, mas que tem procurado o escritório dos Ministéiros em Porto Alegre.

Mais cancheiro do que no primeiro mandato, Bico branco também sabe jogar melhor as cartas com a Oposição local, onde uma vereadora lhe larga puadas a toda hora...

O prefeito gosta muito de nativismo e por isto esta manhã de segunda, embora ainda muito nublada aqui em Serafina,ele se mostrou contente com tudo o que foi feito pela semana farroupilha.

Antes de mim, estava no gabinete um médico que acabara de ser contratado pela prefeitura. Assim que Bico Branco me garantiu que não há falta de médicos no SUS local como se tem dito por aí.

- Tem médico 24 horas por dia, garantiu ele.

O prefeito se mostrou bastante descontraído na conversa que tive com ele, e que sempre faço quando veio passar o fim de semana em Serafina. Desta vez ele não perguntou pela ' voz do alto taaquari" o jornalista Mazzarino,mas eu o informei que o blog do colega é bom,recheado de fofocas tanto da vida pública, como da vida mundana dos politicos.

Terminei a conversa com Bico Branco, desejando-lhe uma boa semana de trabalho.E lá me fui a procura de uma gráfica, nesta manhã nebulosa em que é o quarto dia que estou aqui e ainda não vi a cor do sol(Olides canton)

 

Mais uma edição do Blog, antecipando a Avaliação Nacional de Vinhos do Brasil, que será no próximo sábado. Mas, também, outras notícias interessantes. Acho que ainda não comentei com meus leitores que, mais uma vez, perdi meu mailing. Portanto, muitos que recebiam esta menagem sobre o Blog deixarão de recebê-la (talvez até gostem disso). Os que sentirem falta, que reclamem, pois estou redazendo o mailing com minhas velhas anotações.
Boa leitura:
Mensagens
Chegou a hora da avaliação nacional de vinhos
Certamente, depois de um Bordeaux...
Seminário na FGV discute mercado de vinhos no Bras...
Beleza do Lote 48 da Weber Haus é reconhecida no P...
Grand Cru lançou confraria de vantagens
Salton Prosecco chega ao mercado com novo rótulo
Domno levou produtos ícones ao Brinda Brasil 2013
Casa Madeira também esteve no Brinda Brasil 2013
Não há Pinot Noir fora da Borgonha
Cabernet Sauvignon, um ícone na taça
Vinhos catarinenses marcam presença no Gastronômad...
Para acessar, é só clicar no último endereço abaixo do meu nome.
Ucha

 

DE sEARFINA

" O SANTO HOMEM"!!!!

Pois a onda meio que passou por aqui, depois que aprofessora aquela do Carneiro de Campos foi pega vendendo merenda escolar.

mas antes a coisa foi preta, por aqui. não se falava de outra coisa a não ser do santo homem,modelo de pai de familia, que pegou uma mulher casada, o marido traido mandou um detetive de passo fundo filmar tudo e deu tudo em fraglante.

pois o que mais me surpreendeu foi o santo homem. eu sempre o tive por boboca. que nada, boboca sou eu...[

dizem aqui que quando a mulher traida, ou seja, a esposa, passou pela 'amante' - cujo marido pediu separação depois do affair - ela teria desferido pra rival:

- tu és a segunda vitima.

eu sincerameente, como não entendo nada destas coisas de estar casado e andar traindo companheiro -acho isto de ultima -não entendi a frase.

mas deixa que no andar da carruagem as aboboras se acomodam.

a mãe da que pulou a cerca pelo menos ganhou uma companhia. morava sozinha.

eta vida que imita a arte, esta!

 

De Serafina

OVOS CAIPIRAS, DE GEMA AMARELA!

Estava até há pouco na capela são pedro,onde os gajos todos ficaram vidrados no futebol, via Teve...a teve igualou tudo,não tem mais futebol nos campinhos do interior. a piazada fica torcendo pros clubes do rio ,sp,bh e poa.

- deve ser gol do gordo do goiás, disse o bodegueiro,na pequena capela, enquanto os colegas ficavam com os olhos vidrados na teve.

o bodegueiro é meu parente, um canton, que mora perto da capela.

na volta pra cidade peguei uma carona que me deixou no hotel.estava carregado de ovos caipiras. que ainda tem em abundancia no interior. não ovos de granja, ovos de galinha cisqueira.tem a gema bem amarela.

 

 

 

Convite para a Plenária Estadual dos Movimentos Sociais, na próxima quinta-feira (26), às 18h, no Sindbancários, na rua General Câmara,424, no centro de Porto Alegre. A Plenária vai debater e encaminhar a proposta de construção do Plebiscito Popular pela Constituinte, Exclusiva e Soberana e para a Reforma Política no RS, já em construção em nível nacional. Divulgar e convidar a militância e suas entidades.

No último final de semana (14 e 15 de setembro), a CUT Nacional e representantes dos movimentos sociais definiram em plenária uma agenda de lutas para colocar nas ruas um plebiscito em defesa da reforma política.

A campanha será lançada no dia 15 de novembro, em Brasília, e coletará assinaturas até setembro de 2014.

O diretor Executivo da CUT, Júlio Turra, destacou que "o plebiscito é a única saída para furar o bloqueio do Congresso, interessado em manter o cenário como está. “Os atuais parlamentares não farão a reforma como desejamos, com restrição ao financiamento privado de campanha, com o voto em lista, respeitando paridade entre homens e mulheres. No máximo, será uma reforma eleitoral. E uma reforma verdadeira deve mexer com todas as instituições, inclusive o STF (Supremo Tribunal Federal), único poder sem qualquer controle institucional. A onda de protestos em junho revelou a insatisfação com as instituições como existem hoje, a começar pelo próprio Congresso”

 

 

 

ATRIZES DA REDE GLOBO VESTEM PRETO CONTRA DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

Atrizes da novela "Amor à Vida", da Rede Globo, foram trabalhar de preto em protesto pela decisão do Supremo Tribunal Federal de realizar novo julgamento para parte dos crimes dos réus do mensalão.
A atriz Bárbara Paz postou fotos no seu Instagram: "Atrizes em luto pelo Brasil", diz a legenda. Ao lado de Bárbara, Carol Castro, Rosamaria Murtinho, Nathalia Timberg e Susana Vieira. A equipe de Amor à Vida gravava cenas da festa de casamento da personagem Paloma, na tarde de quarta-feira.
Coube a Ary Fontoura, num intervalo das gravações, atualizar o elenco sobre o voto do ministro Celso de Mello. "Quando ele voltou, ficamos todos tão estupefatos. Combinamos algumas pessoas de vir de luto. O que eu sinto é indignação", reagiu Rosamaria Murtinho. "O que seria impossível, aconteceu. O STF é um poder que, quando decide uma coisa, ao fim só se faz uma coisa: cumpre-se. É a última instância. Ter um novo julgamento por quê? Por que é um julgamento político?", indagou Rosamaria.
Ela criticou alguns ministros. "O Celso de Mello precisava falar duas horas, como se pedisse desculpas pelo voto dele? O Toffoli, que foi subordinado ao Dirceu, deveria ter um pouco menos de cara de pau e ter se declarado impedido", disse, referindo-se ao fato de o ministro Dias Toffoli ter sido advogado do PT. "O Joaquim Barbosa estudou o processo por seis anos. E tem gente que entrou agora e está dando palpite; o Luís Barroso, que entrou outro dia". A foto de Bárbara Paz foi reproduzida nas redes sociais.
cid:image002.png@01CEB704.DEF98610
http://4.bp.blogspot.com/-GHiYWbhRmBg/Uj0F2ZswMCI/AAAAAAAAMss/J6HJrj6InsM/s1600/atrixzes_contra_celso_de_melo.jpg
Videversus – Google - Posted: 20 Sep 2013 07:35 PM PDT
---ooOoo---
O governo cleptocrata do PT produz outro assessor preso em Brasília. Desta vez o ladrão é da quota do ministro da Previdência.
http://2.bp.blogspot.com/-pL6x1ByhScI/Uj37m50Op0I/AAAAAAAAcmM/dxVN85JEoqM/s200/arindo.jpg
Neste sábado, a montagem acima circula nas redes sociais.
Este é o conceito que a cleptocracia petista passou a alimentar.

A cleptocracia que se instalou no governo federal do PT registrou nova vítima neste final de semana, porque o assessor do ministro da Previdência, Garibaldi Alves (PMDB-RN), Alberto Soares Filho, auditor da Receita Federal, que trabalha como assessor da Diretoria do Departamento dos Serviços de Previdência no Serviço Público, foi demitido em Brasília. Ele é acusado pela PF de envolvimento com a quadrilha suspeita de pagar propina a prefeitos para captar investimentos de fundos de pensão municipais. O assessor do ministro mantinha contatos com a organização investigada e frequentava uma das empresas apontadas no esquema.

. A Polícia Federal já pediu a prisão temporária dele; pedido de exoneração será publicado no Diário Oficial desta segunda.



 

 

 


De São Borja

Neuza Penalvo comprou 700 fotos do Gaudêncio sobre Leonel brizola. bela aquisição. A Neuzinha pagou 2.500 reais, mas ficará com um acervo histórico.

o Gaudêncio dna pela citi de bici fazendo seu trabalho. Fez muita foto na cidade principalmente das visitas do Briza a são borja.

Sugeri a escritora adriana duval que fizesse uma história dele....tomara que o faça.

 

De SBorja

Quem irá herdar os 10 mil votos do Cassiá no ano que vem?

Boa pergunta:

existem muitas probabilidades:

Juliana Brizola,- que fez mil votos na eleição passada, tem ido a cidade, Gerson Burmann também vai lá...Vieira da Cunha se vier a estadual...

Mas mariovane weis se concorrer levará grande parte dos votos, pelo que imagino...pelo menos da ultima vez que este reporter esteve lá - fazia um frio de cão - no la Barca ouviu elogios ao Mariovane Weis. Tavam debochando por causa dos ossos do Jango, mas alguém saiu na defesa da gestão do filho de Mário Weis.

-

Corre na cidade uma versão de que um vereador situcionista teria solicitado que a prefeitura pagasse uma cuidadora pra um irmão seu que está enfermo.( com todo o respeito a familia que sofre com a doença).

*

Márcio, que representa a deputada Juliana Brizola em SBorja, fez 300 e poucos votos na ultima eleição a vereador pelo PDT.

*

E não se pode descartar também que o filho de Jango, João Vicente, se for candidato a deputado estadual, como está se dizendo, tenha votos em SB!

 

de Serafina

Chove ainda nesta manhã de domingo. mas já tá mais frio...

aproveitei pra tirar a fita dos Irmãos Pedrini, pro meu livro da noite de Porto....

*

No almoço do Rossattto, no sabado do meio-dia a vereadora Salete Cadore(PMDB) com dois sobrinhos.

*

ORossatto serve muita vianda....foi assim que se tornou conhecido aqui. Fica na saída pra Marau...

*

A Fórmula Truck em outubro deve tirar os hoteis daqui da escassez. Lota sempre...

*

 

Olá João,
Será que poderia me remeter a foto
do seu Basílio Mezzacas de 1976(está no site), quando foi
destaque estadual no bolão?
Abraços
Rudimar

 

por remindo sauim!
Não adianta a direita espernear, como o julgamento do Mensalão se transformou num tribunal de exceção com a suprema invenção do DOMÍNIO DO FATO, o heróico José Dirceu vai mesmo recorrer ao Pacto de São José da Costa Rica, pois este defende o duplo grau de jurisdição, o que lhe está sendo negado em diversas condenações e este pacto é lei no Brasil, decreto número 678, de 6 de novembro de 1992. Com esta possibilidade, o julgamento de Dirceu deve ir até 2020 quando todas as acusações contra ele estarão extintas por força de lei. As forças do mal e do atraso estarão assim vencidas e José Dirceu será nome de avenidas, parques e prédios públicos no Brasil.

Presidência da República

Casa Civil

Subchefia para Assuntos Jurídicos
DECRETO No 678, DE 6 DE NOVEMBRO DE 1992

Promulga a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), de 22 de novembro de 1969.

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA , no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA , no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VIII, da Constituição, e Considerando que a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), adotada no âmbito da Organização dos Estados Americanos, em São José da Costa Rica, em 22 de novembro de 1969, entrou em vigor internacional em 18 de julho de 1978, na forma do segundo parágrafo de seu art. 74;
Considerando que o Governo brasileiro depositou a carta de adesão a essa convenção em 25 de setembro de 1992; Considerando que a Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica) entrou em vigor, para o Brasil, em 25 de setembro de 1992 , de conformidade com o disposto no segundo parágrafo de seu art. 74;

DECRETA:
Art. 1° A Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), celebrada em São José da Costa Rica, em 22 de novembro de 1969, apensa por cópia ao presente decreto, deverá ser cumprida tão inteiramente como nela se contém.
Art. 2° Ao depositar a carta de adesão a esse ato internacional, em 25 de setembro de 1992, o Governo brasileiro fez a seguinte declaração interpretativa: "O Governo do Brasil entende que os arts. 43 e 48, alínea d , não incluem o direito automático de visitas e inspeções in loco da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, as quais dependerão da anuência expressa do Estado".
Art. 3° O presente decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 6 de novembro de 1992; 171° da Independência e 104° da República.

ITAMAR FRANCO
Fernando Henrique Cardoso

 

Desfile tradicional da Semana Farroupilha


Para o secretário Assis Brasil, a Revolução Farroupilha representa a fundação da nossa identidade

O desfile de 20 de Setembro, na avenida Edvaldo Pereira Paiva, em Porto Alegre, começou às 9h da manhã desta sexta-feira, 20, quando o vice-governador Beto Grill realizou a revista nas tropas da segurança do Estado e a banda da Brigada Militar fez a saudação. Logo após, representantes da Brigada Militar e Polícia Civil, cavalarianos e carros tradicionalistas começaram a cruzar a avenida.

Para o secretário Estadual de Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil, a data que se comemora a Revolução Farroupilha siginifica um épico fundador da nossa identidade. “Simboliza toda a cultura que não é institucional ou conservadora, pois surgiu na contestação ao Império”, argumenta. Para Assis Brasil, surgiu da da necessidade de lutar pelo que o Rio Grande do Sul deveria ter.

No palanque oficial, além do vice-governador estavam o Prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti; o secretário estadual da Segurança, Airton Michels, lideranças do Exército, ex-governador do Estado e esposa, Olívio e Judith Dutra, presidente do MTG, Erival Bertolini e representantes dos tradicionalistas. O presidente da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Rodi Pedro Borghetti, desfilou com os Cavaleiros da Paz. Já na quinta-feira,19, à noite, representou o governador Tarso Genro e o Secretário Assis Brasil no desfile temático.

 

Fotos de Rita Escobar no facebook
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.228538657308766.1073741844.195152447314054&type=1

 

 

Reizinhos presunçosos
http://imguol.com/c/noticias/2013/09/18/18set2013---meu-voto-e-apenas-mais-um-que-se-somara-a-um-grupo-de-cinco-outras-manifestacoes-afirmou-o-ministro-do-stf-supremo-tribunal-federal-celso-de-mello-ao-iniciar-seu-voto-sobre-o-1379530907149_956x500.jpg
Carlos Chagas

Não foi acatar a legitimidade dos embargos infringentes o mais grave e mais perigoso no voto do ministro Celso de Mello. Admita-se que ele aplicou a lei, mesmo em se tratando de um regulamento. Pelo menos pálidos argumentos emergirão de sua sentença. O que ela tem de tenebrosa veio antes do anúncio da decisão em favor dos mensaleiros, quando como decano dos juízes do Supremo Tribunal Federal declarou que a mais alta corte nacional de Justiça “não pode expor-se a pressões externas como as resultantes do clamor popular e pressões das multidões, sob pena de completa subversão do regime constitucional de direitos e garantias individuais”.

Por quem sois, Meritíssimo? Quer dizer que o sentimento nacional, a opinião pública, não vale nada? Ao longo de nossa História, as grandes modificações institucionais foram feitas com apoio popular. Mesmo a República, de que Aristides Lobo falou ter sido proclamada com o povo bestificado, não foi bem assim. Exército, donos da terra e Igreja deram suporte à queda do Império.

Acresce uma evidência que seria cômica se não fosse trágica, caso a opinião de Celso Mello não estivesse desmentida pelos fatos: o que é uma eleição, especialmente a presidencial, senão um clamor popular, a manifestação da maioria da população em favor de uma pessoa, uma idéia ou um protesto. Contestar a presença das massas na orientação de sentenças judiciais é o mesmo que negar à opinião pública e ao sentimento nacional a sua prevalência nos destinos do país. Equivale a isolar a Justiça da realidade nacional. A transformar juízes em reizinhos presunçosos e desligados da comunidade que lhes cabe julgar, sempre que necessário.

Dá confusão toda vez em que o povo é excluído de suas prerrogativas, constituindo-se a maior delas a de definir os rumos da nação. As sentenças judiciais deveriam ser um prolongamento das necessidades sociais. Muitas vezes são, mas de quando em quando assiste-se a inversão da lógica, como demonstraram Luis Roberto Barroso,na semana passada, e Celso de Mello, agora.

Ou será outro o anseio nacional de ver na cadeia, o mais breve possível, os mensaleiros já condenados por participação num dos maiores escândalos na crônica dos governos do país? Pela escassa maioria de 6 votos a 5, o Supremo acaba de protelar no mínimo por mais um ano o desejo amplo, geral e irrestrito de ver os bandidos atrás das grades. Por encontrar apoio num regimento contestado? Ou por tratar-se de réus poderosos, capazes de contratar custosos advogados, ou por terem o respaldo do partido no poder, quer dizer, do próprio poder?

Felizmente não se fez ouvir a violenta voz das ruas que nos últimos meses tem dado o ar de sua graça. Uns poucos manifestantes atiraram pedaços de pizza no pátio fronteiriço ao Supremo, mas sem pontaria para atingir a estátua da Justiça. Talvez um sinal da existência de reclamos bem superiores aos do comportamento do Judiciário. Tanto faz.

EFEITOS DO DEGELO

No Senado, ontem, foi aprovado por unanimidade o embaixador Pedro Bretas para chefe da missão diplomática brasileira no Canadá. E surpreendeu os senadores ao informar que por conta do aquecimento global o degelo no Pólo Ártico está mudando a economia mundial, com profundas vantagens para o Canadá. Porque embaixo daquela imensidão gelada e inacessível vão aparecendo imensas reservas minerais, do ferro aos mais nobres. Isso significa sensível mudança na pauta das exportações e importações.

Já foi tempo em que se falava da Light como o “polvo canadense”, tendo em vista a situação, hoje, dos investimentos deles aqui e dos nossos lá. A Ambev acaba de comprar a maior cervejaria canadense. O grupo Gerdau explora minérios no Canadá. Eles estão trazendo tecnologia de petróleo e investem 25 bilhões de dólares em atividades brasileiras variadas.

Amanhece nesta segunda aqui em Serafina!

Po foi chuva os 3 dias com uma pequena amainada no domingo!

QUE FERIADÃO CHUVOSO,E STE!

deu pra dormir e descansar....

 

 

 

 

Extinção da Chama Crioula encerra oficialmente Semana Farroupilha

A cerimônia de extinção da Chama Crioula, no Palácio Piratini, em Porto Alegre, no final da tarde desta sexta-feira, 20, encerrou os festejos da Semana Farroupilha 2013, que teve início oficial no dia 14 de setembro. O ato contou com a presença do presidente da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Rodi Pedro Borghetti, representantes da Brigada Militar, tradicionalistas e o Piquete Lanceiros Negros.
Em seu discurso, Borghetti ressaltou a importância da Chama Crioula para os gaúchos. “O acendimento da Chama é um dos atos mais simbólicos da Revolução Farroupilha. No dia sete de setembro de 1947 - antes mesmo da criação do primeiro CTG no Estado, em 1948- foi realizada a retirada da centelha do fogo simbólico para que fosse transformada em Chama Crioula, que até hoje está viva em todos os CTGs do Rio Grande do Sul, do Brasil e exterior”, explica.
Quanto às festividades relacionadas à data, Borghetti acredita que estejam melhorando a cada ano. O presidente da FIGTF também elogiou o desfile temático realizado na noite de quinta-feira, 19. Para ele, a qualidade dos carros alegóricos que cruzaram a avenida e a presença do público, apesar do frio, devem ser enaltecidos.
“Já a organização e o número de pessoas que visitaram o acampamento no Parque da Harmonia, superaram a edição passada, que recebeu um público de mais de um milhão”. Em 2014, também espera o envolvimento de todos, pois teremos dois acampamentos farroupilhas na Capital. “Teremos o trabalho extra de organizar um acampamento em junho, por ocasião da Copa e o de setembro”.
O encerramento desta Semana Farroupilha, segundo Borghetti, também trouxe uma boa notícia para todos que participam dos festejos. O governador Tarso Genro anunciou que o recurso financeiro para comemorar a data mais importante para os gaúchos estará incluído no orçamento do Estado.

Foto de Rita Escobar no facebook https://www.facebook.com/photo.php?fbid=228654900630475&set=a.195156913980274.1073741826.195152447314054&type=1&theater

Rita Escobar
Imprensa FIGTF
9327.5434

 

sobre flores raras, o filme! pela silvia scipioni!


O filme “flores raras”, dirigido por Bruno Barreto, tendo como protagonistas os atores Glória Pires, Miranda Otto, Tracy Middendorf, Airoldi Miranda e Treat Williams. Relata o relacionamento amoroso entre Elizabeth Bishop, poetisa inglesa e a arquiteta brasileira lota de Macedo Soares. Elisabeth, com sua sexualidade lésbica reprimida pela moralidade da época da metade do século XX, que a tornou solitária, angustiada e insegura, procura sua antiga colega de colégio, Mary, com a qual quase tivera um afair no colégio, e que tem um relacionamento estável com Lota, rica e ligada a altos políticos. A partir daí, a vida das três sofre profunda reviravolta. Apesar de críticas quanto à superficialidade do enredo, por apenas pincelar o início do relacionamento entre Lota e Elisabeth, a rápida menção à situação política da época, o filme, quase todo inserido no belíssimo sítio de Lota no Rio de Janeiro, também é elogiado pelos críticos, pela fotografia, direção e atuação dos personagens, brilhantemente representados. O tempo determinado ao filme não a mostra progressiva evolução do relacionamento , mas permite bem o seu entendimento. Desde a manifestação da paixão de lota por Elisabeth, e a evolução psicológica desta, que se auto-afirma com o premio Pulitzer por suas poesias e o convite para ensinar numa universidade, ao mesmo tempo em que Lota, de autoritária e possessiva, se torna temerosa e insegura, a ponto de entrar em profunda depressão quando Mary retoma sua vida, em novos patamares. O que proporciona o dramático final é o fato de que Lota não se desliga de sua antiga companheira, Mary, papel de suporte do ingrediente que separa Elisabeth e Lota, e que, segundo Rodrigo Torres de Souza, dá profundidade ao filme. Não há como não se perceber a ponta do contexto político na época, entendido diversamente por Elisabeth e Lota, que é também mostrado pela indiferença da riqueza em relação à pobreza extrema, que leva uma mãe de família numerosa, a entregar sua filha mais nova para adoção, para satisfazer a vontade de Mary, que desejava ter um filho. Emblemático o argumento da empregada de Lota, de que, ao tirar a filha da miserável mulher, “ até vai lhe fazer um favor.”

 

 

Dia chuvoso

Por enquanto o feriado está chuvoso, por aqui em Serafina!

Nesta sexta, pouca coisa se viu por aqui,embora fiquei no hotel tirando uma entrevista.

Acordei tri cansado....Ressaca do lançamento da feira do livro de porto!

 

de serafina

Ficando aki no ca dei monti fico sabendo também coisas dos hotéis. tão tudo meio em crise. tão cortando até assinatura de jornal.

pelo menos o pioneiro foi cortado aqui no hotelzinho ca dei monti.

o que sustenta este hotel - graças a deus - são os inquilinos da perdigão e da credeal e da grafica serafinense.

eles tem peças alugadas....

muita gente não gostava disto quando caminhava na frente pela via camargo, porque os caras são negros....mas fazer o que é a mão de obra que se tem.

a hipocrisia campeia solta na nossa sociedade....

aki tem o cadeimonti, o hotel do massolini, o marrucus e agora o rossato vai abrir mais um. com a internet caiu muito o movimento. se antes os viajantes ficavam fora uma semana, agora ficam dois dias.

o que dá grana em serafina são os restaurantes, que vivem lotados. o pessoal come na rua, ao invés de comer em casa.

é mais prático e dá menos trabalho.

(Olides canton, nestamanha chuvosa de 20 de setembro...não vi até agora nenhum cavalariano desfilando por aki)


 

 

 


NOTA OFICIAL DA JUVENTUDE DO PT
SOBRE EXPULSÃO DO PT E SEUS MILITANTES DO BLOCO DE LUTAS PELO TRANSPORTE PÚBLICO

Dia 17/09, participamos da nossa última “Assembleia do Bloco de Lutas pelo Transporte Público”, uma organização criada no início de cada ano para tentar barrar o aumento das passagens de ônibus, da qual a militância do Partido dos Trabalhadores sempre participou. No entanto, este ano o processo foi diferente. Fortes mobilizações se avolumaram no final de 2012, formando protestos com unidade real, que criaram um novo cenário para as discussões e organização do Bloco. Convém salientar que os rodoviários Cutistas, foram os percursores e propulsores deste crescente movimento, articulado inclusive lutas em outros municípios e estados, iniciamos ainda no ano passado (Dezembro) encontros sistemáticos com o bloco, em espaços como: - Utopia e Luta, SIMPA, entre outros espaços.

Quando surgiram as jornadas de Junho, em Porto Alegre já estávamos nas ruas há mais tempo e tínhamos conquistado vitórias, barrando o aumento da passagem e dando projeção à luta a partir de uma unidade de ação, com a participação efetiva de militantes da JPT e rodoviários petistas.

As mobilizações mostraram a efervescência de uma juventude que quer participar da política, mas que não se sente representada pelas estruturas tradicionais de poder. Neste período de avanços, o Bloco de Lutas tinha como princípio, e na sua essência, um espaço de unidade de ação, uma estrutura aberta, democrática, participativa e horizontal, com a qual aprendemos muito.

Ao mesmo tempo outros movimentos sociais também se reanimaram a sair às ruas e assim foram organizadas as paralisações nacionais das centrais sindicais dos dias 11 de julho e 30 de agosto. A Juventude do PT, pela relação histórica com a CUT, também obteve tarefas nessas mobilizações, quando estivemos nas garagens de ônibus junto com a oposição dos rodoviários, fortalecendo a luta da classe trabalhadora.

A JPT sempre esteve na construção do Bloco de várias formas, através da militância em espaços como sindicatos, movimentos sociais etc. Na luta pelo transporte 100% público, articulamos forças e construímos unidade de ação para pressionar todos os governos, inclusive os nossos, e fazer com que os ricos pagassem a conta. A Bancada de Vereadores e o PT, fomentados pela sua Juventude, realizaram nesse período inúmeros debates, tendo como resultado um projeto de lei em tramitação, que prevê Transporte 100% Público.

Construímos a vitoriosa Ocupação da Câmara de Porto Alegre, dialogando com nossa ampla rede de apoiadores para o suporte necessário, desde alimentação, estrutura e assessoria jurídica do movimento, contando também com apoio político e estratégico de nossa bancada de vereadores na realização do diálogo. Participamos da construção dos projetos de lei do Bloco, mesmo avaliando que eram limitados comparados ao projeto da nossa Bancada de Vereadores e, pela valorização da construção coletiva, apoiamos!

Com independência e sem amarras, não medimos esforços para realizar assembleias e atos democráticos, plurais e combativos, disputando a consciência e adesão da sociedade para a pauta do transporte público e para a importância de ir às ruas construir uma democracia verdadeira e participativa.

Jamais nos furtamos de marchar em frente ao Palácio, onde construímos um grande ato e inclusive fizemos a relação com outros movimentos sociais que também tinham ato marcado para se somar e apoiar o Bloco. Tampouco fizemos falas individuais ou coletivas no sentido de “frear o ímpeto combativo” do movimento.

Estávamos na Praça da Matriz no dia da violenta agressão aos indígenas, totalmente descabida e injustificável. Emitimos nota pública condenando estas ações, reivindicando a desmilitarização da polícia e exigindo que o governo fizesse a opção política pela demarcação das terras dos povos tradicionais. Não foi a primeira vez que a Brigada Militar agiu com truculência e arbitrariedade. Desde o primeiro momento em que isso aconteceu pautamos o problema internamente no partido e publicamente, pelo dever de disputar os rumos dos nossos governos.

Ressaltamos que a cultura política do autoritarismo é incompatível com a democracia, que a instituição Brigada Militar age com autonomia tendo grande disputa com setores da direita, ao mesmo tempo não se pode atribuir a um único governo a responsabilidade pela postura de uma instituição militar nacionalmente organizada, que ainda comemora a “Revolução de 64” todo o dia 31 de março, também não podemos aceitar qualquer grau de conivência com tais posturas. Essa é uma luta permanente e orgulha-nos o enfrentamento feito no Governo Olívio Dutra aos excessos da BM, quando foram inseridos novos conceitos de policiamento cidadão, unificação das polícias e a alteração no Regimento Disciplinar da Brigada Militar, além do projeto de Lei que prevê o fim da Justiça Militar.

Ficou nítido o esvaziamento político do Bloco, abandonaram a pauta do transporte e do Passe Livre. Vínhamos propondo a retomada da pauta do Transporte 100% público, pois diante de tantos temas o Bloco foi instrumentalizado pelo oportunismo de forças políticas como PSOL e PSTU, simplesmente para criar o símbolo do anti-petismo internamente. Havia a proposta de um seminário para definição da plataforma política, temos dois projetos protocolados na Câmara, tem uma CPI que criminaliza o movimento, e cadê o Bloco? Há tempos estas forças esvaziaram os espaços de elaboração política. Antes de proporem a expulsão somente dos petistas, o Bloco tentou expulsar outros movimentos sociais como o MST e o Levante Popular da Juventude, usando como argumento a relação de diálogo que eles possuem com o governo, coisa que o próprio Bloco realizou. Não obstante as nossas contribuições, até então sempre bem-vindas, construídas, sem exceção, de forma democrática e horizontal, houve um argumento instransponível nas falas de expulsão mais indignadas.

Agora começa uma infeliz batalha de versões sobre o episódio da nossa expulsão. A “Nota Oficial do Bloco de Lutas sobre a Expulsão do PT” mente ao denunciar supostas “manobras internas” dos petistas que sempre construíram o movimento.

O pretexto para a expulsão dos petistas foi a utilização de uma imagem na qual aparecem integrantes do Bloco de Lutas durante uma reunião oficial com o governador Tarso Genro em um vídeo institucional do PT. Nunca foi discutida, porém, a utilização de imagens das mobilizações do Bloco de Lutas por outras forças políticas e partidos.

A “Nota Oficial do Bloco de Lutas sobre a Expulsão do PT” mente ao afirmar que não temos posturas críticas. Sobre o vídeo, a JPT propôs nessa mesma assembleia que, caso alguém se sentisse lesado, seria o caso de discutir uma nota pública de repúdio ao uso da imagem e, juridicamente, uma ação questionando sua utilização.

Fomos expulsos do Bloco por sermos radicalmente democráticos, já que enfrentamos a contradição de ser governo e cobrar do próprio governo maiores avanços. Fomos expulsos por aqueles que dizem que são libertários, mas usaram do autoritarismo para se sobrepor à política. Nos condenaram e nos expulsaram por sermos filiados e construtores do Partido dos Trabalhadores.
Em nada mudaram os motivos que nos fizeram construir a unidade de ação pelo transporte 100% público e pelo Passe Livre (pauta que o próprio Bloco esqueceu). Lembramos que, inclusive, foi aprovado o Passe Livre Estadual para estudantes gaúchos no mesmo dia em que resolveram nos expulsar.

Não aceitamos que o Bloco tenha se transformado, pela vontade de algumas personalidades mais sectárias, em espaço para julgamento de acertos e equívocos do PT. Não aceitamos a demonização do PT. Acreditamos que o Partido dos Trabalhadores ainda é a principal ferramenta da classe trabalhadora. Não perdemos a perspectiva da crítica, mas sabemos enxergar os avanços que tivemos nesses 10 anos de governo, e temos claro que as mobilizações de junho foram fruto desses avanços, pois entendemos que a população e os jovens querem mais.

Os Rodoviários Cutistas (RodoCUT), que sempre foram a favor da democratização do bloco e pelo verdadeiro apoio social assinamos conjuntamente este documento, pois nos inserimos dentro deste espaço com a finalidade de buscar o bem comum a toda a nação. Compreendemos que não existe luta de um soldado só se existem falhas é porque existe espaço para o crescimento.

A militância petista seguirá nas ruas, de onde nunca saiu, construindo espaços democráticos e ferramentas de articulação de lutas sociais e de unidade de ação verdadeira, sem hipocrisia e sectarismo. Criando espaços para aqueles que querem construir uma sociedade mais justa e igualitária, que lutam contra todas as formas de opressão, por uma sociedade socialista, feminista e democrática! Viva o PT, Viva a classe trabalhadora!

Juventude do Partido das/dos Trabalhadores
Rodoviários Cutistas / RodoCUT

 

 

 

 

CARLOS CHAGAS
NEM O NEW YORK TIMES FARIA TRABALHO MELHOR
Publicado: 18 de setembro de 2013 às 17:46
Tivesse a presidente Dilma Rousseff confirmado a visita aos Estados Unidos, em outubro, seria veementemente criticada por não reagir como devia em defesa da soberania nacional, dados os lamentáveis episódios da espionagem permanente praticada por aquele país contra o Brasil. Como cancelou, ou melhor, adiou sua ida a Washington, recebeu ontem outro tanto de violentas críticas por haver suspendido a viagem onde seria homenageada como uma das duas chefes de governo que anualmente se hospedam na Casa Branca.
Quer dizer: Dilma seria condenada por ter cachorro e por não ter cachorro, como na fábula popular. No reverso da medalha, o PT e as esquerdas a aplaudem pelo gesto de reação à impertinência dos gendarmes do planeta, aqueles que se julgam no direito de conduzir os destinos da Humanidade, até espionando seus aliados. Mas os setores conservadores, incluindo-se neles as oposições, botaram a boca no trombone como se tivéssemos, além de perder a oportunidade de tirar vantagem das relações com os americanos, interrompido uma via de relacionamento capaz de favorecer nossos interesses.
Desse labirinto, não há saída. Nem o Lula teria condições de estender um fio de Ariadne para fazer o Brasil entrar nas cavernas do Minotauro, acabar com ele e sair ileso. Traduzindo: prejuízo teríamos e teremos nas duas hipóteses. Em especial porque os Estados Unidos não pedirão desculpas por intrometer-se em nossas comunicações e em nossos segredos, e nem se comprometerão em interromper a bisbilhotagem. Tem sido assim desde que logo depois da Independência um tenente da Marinha americana subiu o rio Amazonas sem licença do Império, percebeu o potencial econômico da exploração e sugeriu a seu governo a importância de dividir o Brasil em quatro ou cinco países, facilitando a exploração e o domínio de nosso território conforme seus interesses. Felizmente não deu certo, para eles, mas nem por isso se imagine que desistiram. A definição de “nações” indígenas na Amazônia, do esbulho chamado “Raposa-Serra do Sol”, em Roraima, até a ampla região da tribo dos Ianomani na fronteira com a Venezuela e a Guiana, demonstram o perigo que ainda sofre nossa soberania. Montes de ONGs estrangeiras e até brasileiras transformaram esses territórios em enclaves internacionais onde a entrada de cidadãos brasileiros é proibida, em nome de uma trama que logo se transformará num conflito onde as Nações Unidas reconhecerão a independência de territórios governados por um bugre-presidente da República, com PHD na Holanda e ávido de celebrar acordos de cooperação econômica e militar com quem? Ora, com os Estados Unidos…
A defesa da soberania nacional passar por diversos caminhos. Um deles foi o adiamento da visita de Dilma aos nossos irmãos do Norte, mas mil outros terão de ser trilhados. Tome-se a Amazônia, por exemplo. Voltou a conversa de que ela não pertence ao Brasil, mas “à Humanidade”, devendo ser administrada pelas comunidades internacionais, mero engodo para significar o predomínio da super-potência mundial. Jamais se supõe uma invasão armada, desnecessária por conta da prevalência econômica. Também, não resistiríamos quinze minutos, com ou sem os 36 caças que não podemos comprar. No máximo, transformaríamos nossos guerreiros em guerrilheiros, mas sem a certeza de sucesso, porque desde o Viet-Nam que eles terão aprendido alguma coisa.
O confronto é cruel e inevitável, exceção para aquela forte parcela de brasileiros ávidos de aderir aos interesses externos em nome do enriquecimento fácil. Com os meios de comunicação à frente. Basta ver o que estão publicando desde ontem, a respeito do adiamento da visita de Dilma aos Estados Unidos. Nem o New York Times faria melhor…

 

 

 

 

Olides,

Estava pesquisando algo sobre o frigorífico Ideal para fazer a minha segunda “coluna” e achei esse decreto. Olha que interessante. Pelo menos eu não sabia que era o próprio frigorífico que produzia sua própria energia elétrica. Devia repassar para alguns moradores mais ilustres.

Abraço

Ana




http://legis.senado.gov.br/legislacao/img/brasao.gif
Senado Federal
Subsecretaria de Informações
Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial.

DECRETO Nº 45.855, DE 22 DE ABRIL DE 1959.

Transfere da firma Frigorífica Ideal Sociedade Anônima para a Comissão Estadual de Energia Elétrica a concessão para produção e fornecimento de energia elétrica no distrito de Serafina Corrêa, município de Guaporé, Estado do Rio Grande do Sul.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, usando da atribuição que lhe confere o artigo 87, inciso I, da Constituição, e nos têrmos do art. 150 do Código de Águas (Decreto nº 24.643, de 10 de julho de 1934),

CONSIDERANDO que pela Resolução nº 1.261, de 22 de fevereiro de 1957, o Conselho Nacional de Águas e Energia Elétrica autorizou a transferência dos bens e instalações da firma Frigorífica Ideal S.A. para a Comissão Estadual de Energia Elétrica,

decreta:

Art. 1º Fica transferida para a Comissão Estadual de Energia Elétrica a concessão para a produção e fornecimento de Energia Elétrica no distrito de Serafina Corrêa, município de Guaporé Estado do Rio Grande do Sul, de que era titular a firma Frigorífica Ideal S.A.

Art. 2º Caducará o presente título, independente de ato declaratório, se a concessionária não assinar o contrato disciplinar da concessão, dentro do prazo determinado pelo Ministério da Agricultura.

Art. 3º As tarifas de fornecimento de energia elétrica serão fixadas e trienalmente revistas pelo Ministério da Agricultura.

Art. 4º Êste Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário

Rio de Janeiro, 22 de abril de 1959; 138º da Independência e 71º da República.

JUSCELINO KUBITSCHEK

Mário Meneghetti

Olides, o Studio D mandou as fotos anexas. Devem ser da época da
emancipação, pois são similares a do processo
A Rosa Maria disse que o irmão da Elide ia mandar algumas mais antigas. Logo
que receber, repasso.
Você sabe mais ou menos o ano da foto que você mandou ? O crédito é para o
Nelson Assoni ?
Um abraço Maria Luiza

Eis a serafina e o Frigorifico(a chaminé) que a autora fala!

 

 

 

feira do livro

Um batalhão de fotografos atrás do novo patronod a feira do livro!

 

 

 

DAVID COIMBRA

 

CONCORRE A PATRONO E NÃO LEVA!

 

O ' nosso ' cronista do amor e da patifaria também concorreu a patrono. Mas não levou, pelo menos desta vez.

 

 

 

o professor como modelo

nas conversas que teve com os reporteres, Fischer disse que vai se espelhar no professor Ostermann que quando foi patrono do livro ouvia todo mundo. ouvia os b ibliotecários, todas as categorias.

*

Fischer disse ainda que não ve com bons olhos a segmentação da feira, ou seja, criar uma alameda pra casa assunto.

*

Rafael Guimarães irá lançar um livro na feira do livro: a dama da lagoa, que é sobre aquele famoso crime que nasceu dentro do clube germania.

 

ENFIM UM ESCRITOR

ENFIM UM ESCRITOR DE PATRONO DA FEIRA DO LIVRO

TIVEMOS O PAIXÃO CORTES- UM PESQUISADOR DE OVELHAS - UM LUIS CORONEL - UM BOM CONTADOR DE CAUSOS, SEM DUVIDA E AGORA ENFIM UM ESCRITOR.

O FISCHER QUE É COLORADO É DO RAMO...UFA, VIBREMOS!

 

EXCLUSIVO

 

 

DE SÃO BORJA

 

 

O DEPUTADO CASSIA CARPES JÁ TEM UM CANDIDATO QUE IRÁ SUBSTITUI-LO EM 2014. É DE SÃO BORJA MAS NÃO DIZ O NOME NEM SOB TORTURA.

 

ADIANTO AQUI: NÃO É NEM OJEFFERSON(VICE), NEM O CADÓ...DO pdt...QUEM VIVER, VERÁ...

 

( EU NÃO SEI CASSIÁ NÃO ME ADIANTOU O NOME) ( oLIDES CANTON)

 

ELE APENAS ME DISSE NESTA VESPERA DE FERIADO QUE O LANÇAMENTO DESTE CANDIDATO VAI FAZER UMA REVOLUÇÃO NA CIDADE. AGUARDEMOS!

 

FOFOQUINHNAS DO LANÇAMENTO DA FEIRA

 

ESTA É A 58 FEIRA DO LIVRO. COMEÇA DIA 1 DE NOVEMBRO, VAI ATÉ 17 DE NOVEMBRO.SÃO TRES SEMANAS DE LIVROS.

 

*

 

eLEONORA RIZZO, DONA DO MOEDA, ONDE FOI O CAFÉ DA MANHA DA FEIRA AGORA HÁ POUCO, VOLTOU DE FÉRIAS JUSTAMENTE PRA ISTO.

 

*

 

ISARA LINDEMBAUM ASSUMIU A ASSESSORIA DE IMPRENSA DA FEIRA...OREMOS PORQUE COMPETENCIA ELA TEM

 

*

 

NINGUÉM PARA NAQUELA ASSESSORIA A NÃO SER O FOTOGRAFO O VENTURA QUE É O MESMO HÁ MUITOS ANOS.

 

 

*

 

DIZEM QUE NA CRL NINGUE´M ASSUME NADA. UM EMPURRA PRO OUTRO...TAMBÉM QUEM QUER PERDER UM EMPREGO DESTES? ISTO É COMO O BB ANTIGAMENTE....

 

*

 

Cintia moscovith, uma das que disputavam a patronesse da feira do livro, comentava com um colega:

- quemé a figura? quem é a figura???
queria saber quem era alguém que estava no lançamento na feria e que ela não conhecia. grande Africa porque ela tem que conhecer todo mundo???!!!

 

*

 

Luis Coronel, meio sem querer, se despediu do cargo de patrono. agora ele é ex...

 

*

Valter Galvani, que andou pela bola sete, tyambém foi ao lançamento. Mas ninguém deu muita bola pro veio....

 

*

 

Márcio Pinheiro esteve pela editora da Cidade. O secretário de cultura Roque Jacoby também esteve no evento.

 

*

 

O café froi muito bom, bem servido e principalmente a gente se sente em casa na lanchera da Noia!

 

 

 

Mensaleiros 5 x Sociedade brasileira 4

O ministro Celso de Mello, do STF, disse nesta quarta-feira (18), ao votar chancelando a validade de novo julgamento, via embargos infringentes, que "a Corte não pode ceder ao clamor popular e à pressão das multidões". O placar de 5 x 4 - desempatado por Celso de Mello - possibilitará novo julgamento para 12 dos 25 condenados no processo do mensalão.

Segundo Mello, o Supremo "não pode se expor a pressões externas, como aquelas resultantes do clamor popular e da pressão das multidões, sob pena de abalar direitos e garantias individuais e levar à aniquilação de inestimáveis prerrogativas que a norma jurídica permite a qualquer réu diante da instauração em juizo do devido processo penal".

Durante o voto, Celso de Mello disse ainda que é dever do Supremo garantir a todos os acusados "um julgamento justo, imparcial e independente".
Ele ponderou que "juízes não podem deixar contaminar-se por juízos paralelos resultantes de manifestações da opinião pública que objetivem condicionar a manifestação de juízes e tribunais. Estar-se-ia a negar a acusados o direito fundamental a um julgamento justo. Constituiria manifesta ofensa ao que proclama a Constituição e ao que garantem os tratados internacionais".

Os embargos infringentes são recursos previstos no artigo 333 do Regimento Interno do Supremo, mas que não constam na Lei nº 8.038/1990, que regula as ações no STF.

Até a semana passada, cinco ministros entenderam que a lei de 1990 revogou tacitamente (quando não há anulação explícita de um artigo) a existência dos infringentes (Joaquim Barbosa, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello).

Outros cinco ministros consideraram que a lei simplesmeste não tratou do recurso e que, por isso, o regimento do Supremo é válido para definir sua existência (Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski) - confira a argumentação de cada um.

A aceitação pelo Supremo dos embargos infringentes poderá levar, com o novo julgamento de mérito, à mudança do regime de prisão de três réus do fechado para o semiaberto (José Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo Cunha), caso eles sejam absolvidos.

Pelo Código Penal, penas entre 4 a 8 anos são cumpridas no semiaberto (quando se pode deixar o presídio para trabalhar e voltar somente para dormir). Penas maiores que 8 anos são cumpridas no fechado, em presídio de segurança média ou máxima.

Mesmo que os condenados não consigam absolvições, mas obtenham diminuição das penas, isso pode levar à prescrição. Para dois dos 12 condenados (Breno Fischberg e João Cláudio Genu), que têm apenas uma condenação, há chance de que a punição se reverta para absolvição.

Ao analisar, futuramente o mérito sos infringentes, porém pode acontecer que o Supremo decida manter as penas de todos os condenados.

A situação pessoal de cada um - Maior pena é de Marcos Valério.

* Breno Fischberg - O ex-sócio da corretora Bônus Banval foi um dos que já conseguiram redução de pena. A maioria dos ministros havia entendido que Fischberg deveria ter a pena de 5 anos e 10 meses pelo crime de lavagem de dinheiro reduzida para 3 anos e 6 meses. Dessa forma, ele teve direito a substituir a pena privativa de liberdade por prestação de serviços. Inicialmente, ele teria de cumprir a condenação em regime semiaberto, sistema em que a pessoa pode trabalhar de dia e dormir na prisão.

* Cristiano Paz - Um dos sócios de Valério foi condenado a 25 anos, 11 meses e 20 dias por corrupção ativa, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e peculato. A pena por formação de quadrilha (2 anos e 3 meses) poderá ser revista, como os embargos infringentes sejam aceitos. Isso apenas poderá reduzir o tempo ao qual Paz ficará no regime fechado.

* Delúbio Soares - Condenado a um total de 8 anos e 11 meses por dois crimes - corrupção ativa e formação de quadrilha -, o ex-tesoureiro do PT deve cumprir 1/6 da pena em regime fechado. Se, num novo julgamento, houver redução de pena para menos de 8 anos, Delúbio se beneficiará com o cumprimento de pena em regime semiaberto.

* João Cláudio Genu - Na fase de julgamento dos embargos de declaração, o STF aceitou os recursos do ex-assessor do PP, condenado a quatro anos por lavagem de dinheiro, e alterou o tipo de pena aplicada a ele: de regime fechado para prestação de serviços comunitários. Como Genu, na fase inicial do julgamento, obteve quatro votos pela absolvição, a pena aplicada a ele pode ser revista.

* João Paulo Cunha - Condenado pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato a penas que, somadas, chegam a 9 anos e 4 meses de prisão e pagamento de multa (R$ 370 mil), o petista deve cumprir pena inicialmente em regime fechado. Com o acolhimento dos embargos infringentes, a pena pelo crime de lavagem de dinheiro, de 3 anos, pode ser revista e, caso seja reduzida, Cunha pode se beneficiar com o cumprimento de pena em regime semiaberto.

* José Dirceu - O ex-ministro foi condenado a 7 anos e 11 meses por corrupção ativa e 2 anos e 11 meses por formação de quadrilha. As penas, somadas, chegam a 10 anos e 10 meses. No crime de formação de quadrilha, Dirceu teve quatro votos pela absolvição, o que lhe dá direito a um novo julgamento caso os embargos infringentes sejam aceitos. Com isso a pena de 10 anos e 10 meses pode ser reduzida a menos de 8 anos, o que lhe daria o direito de cumpri-la (1/6 dela) em regime semiaberto.

* José Genoino - O deputado foi condenado a 6 anos e 11 meses por corrupção ativa e formação de quadrilha. Isso impõe a ele o dever de cumprir a pena em regime semiaberto. Mas Genoino foi condenado por maioria "fraca" (quatro ministros votaram pela sua absolvição), o que lhe dá direito um novo julgamento caso os embargos infringentes sejam aceitos. Caso a pena por formação de quadrilha seja revista, o deputado se livra do regime semiaberto e pode requerer substituição por prestação de serviços.

* José Roberto Salgado - O ex-diretor do Banco Rural foi condenado a um total de 16 anos e 8 meses de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta e evasão de divisas. No novo julgamento, a pena total pode vir a ser reduzida em 2 anos e 3 meses. Mas isso não muda o regime (fechado) imposto a ele.

* Kátia Rabello - A presidente do Banco Rural também foi condenada por formação de quadrilha, crime ao qual todos os condenados tiveram quatro votos pela absolvição. A pena para este crime (de 2 anos e 3 meses) poderá ser revista e a condenação total imposta a ela (de 16 anos e 8 meses, por quatro crimes) seria reduzida, mas não o suficiente para livrá-la de cumprir 1/6 dela em regime fechado.

* Marcos Valério - Apontado como figura central do esquema do mensalão, o publicitário foi condenado, por cinco crimes, a 40 anos 4 meses e 6 dias, a maior pena aplicada aos condenados. Ele deverá cumprir 1/6 da pena em regime fechado. No crime de formação de quadrilha, para o qual foi condenado a 2 anos e 11 meses, Valério teve quatro votos a seu favor. Mas mesmo que a pena para este crime seja extinta a redução do total da pena não será suficiente para livrá-lo da prisão em regime fechado.

* Ramon Hollerbach - O ex-sócio de Marcos Valério nas empresas SMP&B e DNA Propaganda foi condenado a 29 anos e 7 meses de prisão, que ele deve cumprir (1/6 deste período) em regime fechado. Os crimes atribuídos a ele foram corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A condenação por formação de quadrilha, para o qual foi condenado a 2 anos e 3 meses, pode ser revista. Isso não muda o regime (fechado) ao qual ele foi condenado.

* Simone Vasconcelos - A ex-diretora da SMPB, uma das empresas de Marcos Valério, foi condenada a 12 anos e 7 meses. Poderia solicitar o recurso contra condenação de formação de quadrilha, mas essa pena já prescreveu e ela não pode mais pagar pelo crime. De qualquer forma, pode recorrer da decisão para tentar eventual redução.

 

 

 

 

CLAUDINHA É NOSSA LIDER

 

 

tORCI PRA QUE DESSE A CLAUDINHA TAJES. NÃO DEU...QUE PENINHA. GOSTO TANTO DELA, DO SEU HUMOR DE SUA VERVE, DE SUA INTELIGENCIA. E ACHO ELA MUITO SENSUAL.....

 

ELA ERA UMA DAS CANDIDATAS...QUEREMOS A CLAUDINHA, QUEREMOS A CLAUDINHA ELA É BONITA E INTELIGENTE!

 

FILHO DO TITO TAJES E SOBRINHO DO SEM-VERGONHA DO TABAJARA TAJES....

 

 

 

 

FISCHER É O NOVO PATRONO

 

LUIS AUGUSTO FISCHER, ESCRITOR, PROFESSOR, PESQUISADOR FOI ELEITO O NOVO PATRONO DA 58 FEIRA DOLIVRO DE PORTO ALEGRE. AQUI ELE FOI LEVADO PELOS COLEGUINHAS PRA PRAÇA DA ALFANDEGA PRA BATER UNS BONECOS DIFERENTES....

 

A MANHÃ TAVA MUITO PROPÍCIA PRA ISTO..

 

UM POPULAR ME PERGUNTOU:

- QUEM É ESTE MOÇO AI?

 

- EU DISSE:

 

- E O NOVO TREINADOR DO INTER.

 

ELE ACREDITOU!

 

 

 

 

Memória da Imprensa

O REPORTER DOS

SOBREVIVENTES DOS ANDES

Em 1972 o então jovem repórter Antônio Hohlfeldt saía tarde do Correio do Povo, onde trabalhava no setor de artes.Era ele que fechava a edição da editoria, mas não era o editor. o editor era o PFGastal,hoje nome de cinema.

 

Mas mesmo assim, tinha o costume de chegar cedo ao jornal, no dia seguinte. Por sorte ou por azar - no caso do repórter é sorte - ele chegou cedo no dia 23 de dezembro de 1972, véspera de Natal.

 

- As 9 e meia da manhã eu já estava na redação.

 

O mundo tomava conhecimento então que os 16 jovens sobreviventes da Tragédia dos Andes - como ficou conhecido o vôo da Força Aérea Uruguaia número 571 que caíu na Cordilheira em 13 de outubro daquele ano - chegariam a MOntevideo naquele dia,resgatados dos Andes, numa situação que comoveu o mundo. Todos queriam saber como eles haviam sobrevivido naquelesdias todos.

 

- Mandaram a mim, ao fotógrafo Assisw Hoffmann( que era meio escuro e que teria mais facilidades pra circular na coletiva e na entrada no aeroporto) e outro jovem repórter, cujo nome não lemb ro mais que eu havia trazido de Bagé, contou-me Antônio esta manhã pouco antes do anúncio do novo patrono da 58 feira do livro de Porto Alegre.

 

A tragédia também conhecida por " El Milagro de los Andes" deu a luz uma bomba do ponto de vista jornalistico: os jovens confessaram que haivam comido os semelhantes, trazendo uma onda de indignação no mundo.

 

- Voltamos no aviãozinho que a Caldas Jr. havia fretado naquele mesmo dia, disse Antônio

 

A matéria dele ocupou a ultima pagina do Correio do Povo num relato muito dramático do dia seguinte.

 

Olyar Zavaschi, colega já falecido, também estava em Montevido naquele dia, mas ele voltav a de férias.

Hohlfeldt aos fundos no lançamento da feira do livro hoje de manhã!

 

 

 

UMA LENDA

O FLORESTA NEGRA, restaurante do MOinhos de Vento, foi uma lenda na história de Porto Alegre. Ali comia a fina flor da nata da sociedade, pela exigência do seu dono, o mestre Fredolino Schirmer.

Consegui encontrar um ex-garção de lá, o João Pedro Baumbach, que hoje é ecônomo do Lindóia Tenis Clube.Ele me deu um bom depoimento pro meu livro da noite....

Ai está o ex-garção na frente da casa onde vivia o Fredolino, na rua Comandante Kramer, 59. Hoje ali vive a filha do dono do Floresta Negra.


 

 

 

Semana Farroupilha 2013: dança e música no domingo

O domingo, 15 de Setembro de 2013, foi de cultivo às tradições
gaúchas, música, dança e alegria. A Semana Farroupilha de Serafina
Corrêa contou com show de talentos locais, além da brilhante
apresentação das invernadas dos dois Centros de Tradições Gaúchas
locais: CTG Galpão da Saudade e CTG Sinuelo da Serra. Centenas de
pessoas acompanharam as apresentações e ficaram encantadas com a
expressão e desenvoltura dos grupos, cujos integrantes são das mais
diversas idades.
Após as apresentações, houve show com o Grupo Eco do Pampa.

 

 

 

Memórias de campanhas politicas

Tarso ganha dois jantares

de Valduga!

Na CJCJ- Companhia Jornalistica Caldas Jr.- atual Record - nos anos 70, cobria-se poltiica partidária como gente grande.

Em 1976, or epórter Tarso Riccordi foi deslocado da Folha da Tarde pra Folha da Manhã pra cobrir as eleições municipais. Era a primeira vez que havia eleição de gente grande.Ele ia a Caxias, Pelotas e Santa Maria.

Em Caxias, lembra que houve uma richa muito grande no final da eleição disputada entre Victor Faccioni, pela Arena - partido que defendia o governo da ditadura - e o MDB, uma Oposição consentida, vamos dizer assim.( Ironicamente muitos diziam que havia o partido do ' sim' (arena) e do "sim senhor"(MDB). Pedro Simon determinou que os irmãos Regis(falecido) e Edgar Ferretti fossem ajudar Mansueto Serafini, um cara vindo de fora, um radialista e muito popular em Caxias.

Edgar - responsável pelo setor de mídia eletronica da MPM e que tinha feito uma propaganda para o presidente Médici na agencia - instruiu Mansueto pra que não desse o nome de Faccioni nos discursos e que apenas se referisse a ele como o candidato ' arenista".
Mansueto obedeceu, na era que ainda os marqueteiros não eram moda.

O atento repórter Tarso que acompanhava os dois candidatos viu que Faccioni estava meio que sozinho, na base de fazer as coisas no roldão...enquanto que Serafini tinh auma equipe e ele cumpria rigorosamente o que ela dizia pra ele fazer.

Houve uma ' cascata" nesta eleição. Chegou ao ouvido de Regis Ferretti da equipe de Serafini que nos ultimos dias milhares de impressos contra Serafini seriam distribuidos nas vilas. Ferretti chamou o Bruno Segalla, um militante comunista e o mandou ao Bar Treze, o centro da fofoca politica de Caxias, dizer que o Mansueto iria distribuir na calada da noite um monte de panfletos dizendo cobras e lagartos de Faccioni.

Quando chegou na equipe de Faccioni, os caras foram procurar o Regis pedindo penico. Na calada da noite, fizeram um encontro dentro de um carro:
- Vocês não distribuem os panfletos de Faccioni e nós não distribuimos os de Mansueto(claro que os panfletos eram anonimos e altamente difamatórios).

Regis Ferretti tinha ganho na blefada....

Tarso acha que Mansueto ganharia a eleição de qualquer modo, mas Faccioni atribui a derrota - pelo menos disse a mim isto - a uma provocação de um estudante radical que cutucou com vara curta o presidente Geisel, num almoço no CTG Rincão da Lealdade.O estudante ' radical' queria saber se Geisel federalizaria a UCS. Geisel, cutucado, e não protegido por Faccioci - que se ausentara pra dar uma entrevista a uma tevê - disse:
- Não federalizo!

A candidatura de Faccioni foi por água abaixo.

Em Pelotas, lembra Tarso, o candidato do MDB Irajá Andara Rodrigues foi levado pelo braço por Getulio Dias até o café Aquarios onde o apresentava aos seus eleitores e acabou elegendo praticamente um ' poste"

Em Santa Maria, ganhou Osvaldo Nascimento.

Tarso lembra que depois manteve uma certa amizade com Mansueto.Uma vez passandopor Caxias, precisava trocar as fraldas da filha e foi na casa do então já prefeito fazê-lo.(Olides Canton)

 

 

 

 

O CASO RIGOTTO

vOLTA E MEIA ME DEPARO com esta polêmica da reportagem do Jornal Ja sobre o Caso Rigotto.Levei esta pauta ao Bicudo um bom tempo antes que a matéria saísse.Ele publicava o jornal JA, e eu precisava fazer frilas.

Tempos depois ele me chamou pra participar da pauta. Trabalhei eu, o Cleber Dioni, a Adriana Lampert e o Paulo Santa Fé..
Não conhecia nenhum dos colegas, a não ser o Bicudo. Trabalhei em condições muito precárias. Como tudo o que envolve o Bicudo, é sempre tudo ' esculhambado" sem organização, com poucas condições. Mas tudo pelo jornalismo....

Fui à praia duas vezes com o Cleber atrás da reportagem. Falei com o Rigotto - que depois virou governador - que me disse na lata que a mãe dele processaria todo mundo que falaria da morte do irmão...

E parece que processaram mesmo...
Na Justiça, o Bicudo tentou tirar o dele fora. Ele assinou a matéria como sendo dele - é verdade que isto é quase um costume dentro do jornalismo - já que fez um resumo do que os repórteres tinham apurado.A reportagem ganhou um premio ARI de menção honrosa( eu acho que nas condições que foi feita mereceria muito mais...) e deu muito polêmica. De minha parte considero este assunto encerrado.

Fiz a matéria porque precisava trabalhar. O Bicudo lançou recentemente um livro onde estão reproduzidos os depoimentos que nós damos na Justiça.
Não fui consultado para usar o meu.

o repórter entrevista taxistas que viram o Teti Rigotto sair atrás de quem o havia assaltado na boite do irmão em Atlântida!

 

 

 

 

Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
do último sábado que escrevo na Folha Popular de Teutônia.
Abraços
Rudimar Thomas

 

 

 

 

MEMORIA


42 ANOS D AMORTE DE LAMARCA!

O ' desertor' do Exército brasileiro, capitão Carlos Lamarca, foi morto no sertão baiano, em 17 de setembro de 1971.

A desersão dele do Exército o fez o cara mais odiado da ditadura, depois de Marighella( que também é Carlos).

A seguir um pequeno trecho da narrativa de Elio Gaspari, em seus livros sobre a ditadura, sobre o cerco final a Lamarca:

"

Eram 3 da tarde quando o major Cerqueira dividiu seus homens - a equipe Cão- e marchou atrás da pista.O barulho de um galho estalado acordou ' Zequinha": " Capitão, os homens estão ai!"

Correu para o mato e foi varrido. ' Cirilo" ergueu-se e levou sete tiros. Um atravessou-lhe o tórax, transfixando o coração e os dois pulmões.

Debaixo da baraúna de Pintada não houve gesta.

Amarraram-no a um pau e levaram-no para a beira da estrada, onde uma camionete transferiu os cadáveres para Brotas. Lá foram chutados pelos oficiais,soldados e meganhas bêbados. Embarcaram-nos para Salvador e no aeroporto jogaram-nos ao chão para que fossem fotografados.. No dia seguinte, o presidente Médici conferia a fisionomia do morto em dus mesa no Planalto. Lamarca tinha os olhos abertos.

Sepultado no Campo Santo de Salvador em cova com número , mas sem nome,Cirilo(codinome de Lamarca) ainda metia medo:" Por determinação do presidente da República qualquer publicação sobre Carlos Lamarca fica encerrada a partir do presente, em todo o país. Esclareço que qualquer referência favocerá a criação do mito ou deturpação, propiciando imagem de mártir que prejudicará interesses da segurança nacional."

Embora Médici e sua turma não quisesse, Lamarca é hoje um mito!

 

 


HISTORIAS DE BARES!


O VELHO PEDRINI, DA VENANCIO, QUE TODOS NÓS CONHECEMOS E FREQUENTAMOS, NOS ANOS 70 E 80,ALGUNS ATÉ NOS 90, COM UMA FOTO ORIGINAL QUE O DONO ANTIGO, O ALCIDES PEDRINI ME PASSOU.

ELES,DEPOIS QUE VENDERAM O BAR HÁ SEIS ANOS COMPLETOS EM OUTUBRO SE DESFIZERAM DE TUDO O QUE LEMBRAVA O LOCAL. MAS SOBRARAM ALGUMAS FOTOS, COMO RELIQUIAS.

ALCIDES AGORA QUER MAIS IR PRA PINHAL ONDE TEM CASA E DE NOITE APENAS OUVIR O BARULHO DAS ONDAS DO MAR QUE ELE OUVE DISTANTE 4 QUADRAS DO OCEANO.

FICARAM PRA TRÁS OS TEMPOS DE ESTRESSE COM LONGAS FILAS PRA ATENDER, COM AMANTES QUE TINHAM QUE SE ESCONDER DAS ESPOSAS - QUANDO AS DUAS SE ENCONTRAVAM NO MESMO BAR EM BUSCA DO MESMO HOMEM - DAS INCOMODAÇÕES GERAIS.

AGORA É A APOSENTADORIA.

ALCIDES ANDA TÃO ' FROUXO' NA PARADA QUE NEM O ALUGUEL TINHA IDO BUSCAR DIAS ATRÁS,SEGUNDO ME DISSE O GERENTE ATUAL DO PEDRINI, O CELSO.

MAS A POLENTA DOS IRMÃOS PEDRINI CONTINUA UMA MARAVILHA. NA HORA QUE ME DESPEDI DELES, DEPOIS DE TER PEGO NA SEGUNDA UM GRANDE DEPOIMENTO, O ANTONIO, IRMÃO MAIS VELHO DELES, OFERECEU UMA POLENTA PRO ALCIDES. COMO ELE NÃO QUIS, EU PEGUEI E NÃO ME ARREPENDI. QUE POLENTA! ESTOU ME DELICIANDO HÁ DOIS DIAS!!(OLIDES CANTON)

LEGENDA DA FOTO: DA ESQUERDA PRA DIREITA. OS GARÇÃOS PAULINO E ' SECO' NOS ANOS 70. ATENÇÃO PRAS CADEIRAS DE PALHA, TUDO MUITO SIMPLES.

 

 

 

 

AS LONGAS

ESTÓRIAS DOS IRMÃOS PEDRINI

Fui nesta segunda entrevistar os irmãos Antônio e Alcides Pedrini. São são os fundadores do bar Pedrini, que em outubro completam-se 6 anos que foi vendido pro Oneri Luiz Buffet.

Claro que foi uma conversa muito divertida, as vezes triste....

Mas me deliciei com o bar, que eu tanto conheci.

Em tempo: o frequentador mais assiduo e que mais tempo foi visto no Pedrini original foi mesmo o Pilla Vares!

Alcides e Antônio Pedrini, ex-donos do famoso bar!

 

 

AMIGOS DE BOTECO

O GARÇÃO VOVO E O JORNALISTA VALTER TODD NO GAMBRINUS. TODOS OS DIAS VOVO CHEGA NA MESA E CANTA MUSICAS DE SERESTA QUE É PRA ALEGRAR A VIDA DE TODOS NÓS. GRANDE VOVO!!!!

 

 

 

Coleguinhas

 

 

Neusa Nunes vai diariamente ao Sindicato dosJornalistas, de tarde, passar um tempinho. Ela se recupera de um AVC que teve no final do ano passado. Já está bem, caminha sozinha, embora ainda precise de uma bengala!

 

 

 

Destaque: São Cristóvão

 

 

 

Caro editor, boa tarde.
Segue em anexo novo artigo do Dr. Arnaldo Rizzardo Filho.
Grande abraço,

Vinte anos da lei de licitações:

ainda há o que ser interpretado


A Constituição Federal determinou que as obras, serviços, compras e alienações realizadas pela Administração Pública devem ser contratadas mediante processo de licitação pública, devido ao caráter imparcial e não corrupto desse instituto. Desenvolvendo essa determinação constitucional, nossos legisladores criaram a Lei 8.666/93, há 20 anos.

A licitação é um processo administrativo que visa assegurar igualdade de condições a todos que queiram realizar um contrato com o Poder Público por meio do estabelecimento de critérios objetivos de seleção das propostas de contratação mais vantajosas para o interesse público.

Um dos mais marcantes princípios da administração pública, esculpido em nossa própria Carta Magna, é o da impessoalidade. Este é um desdobramento do princípio da igualdade, de forma a impedir que o administrador público beneficie indevidamente amigos e parentes em detrimento de outras pessoas. Segundo o jurista Celso Antônio Bandeira de Mello, a impessoalidade fundamenta-se no postulado da isonomia e também estabelece que o exercício de administrar o Estado não deve conter a marca pessoal do administrador, ou seja, os atos públicos não são praticados pelo servidor, e sim pelo abstrato denominado de Administração Pública.

A lei de licitações também se volta para os concorrentes, regulamentando de que forma irão participar do processo licitatório, quais seus direitos e obrigações quando concorrem. Referente à responsabilidade, caso o concorrente vencedor do certame não execute o contrato, a Administração poderá, garantida a prévia defesa, aplicar ao contratado as sanções de advertência, multa, suspensão temporária de participação em licitação, impedimento de contratar com a Administração, declaração de inidoneidade para licitar, ou declaração de inidoneidade para contratar com a Administração Pública.

Referente à penalidade de suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, temos um novo tema para debate. Em jurisprudência recente, a Primeira Seção do STJ decidiu, unanimemente, que uma punição no âmbito licitatório não se restringe ao ente federativo licitante.

Imaginemos que haja uma licitação municipal ou estadual e que o concorrente vencedor não cumpra com o contrato assinado decorrente desse procedimento licitatório. Uma das penalidades que podem ser impostas, no âmbito administrativo, ou seja, sem processo judicial, é a suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração. Mas essa suspensão temporária possui limite espacial? Essa é a questão. Segundo o STJ, não há esse limite, e uma quando uma empresa é penalizada por um município ou um estado, por exemplo, fica com seus direitos de participar de outras licitações suspensos em todo o país, ou seja, perante todos os Municípios, Estados, Distrito Federal e União.

É importante destacar que temos, no âmbito federal, um Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas (CEIS), criado pela Portaria n° 516/2010, cujo artigo 1º o preceitua como sendo um banco de dados que tem por finalidade consolidar e divulgar a relação de empresas ou profissionais que sofreram sanções que tenham como efeito restrição ao direito de participar em licitações ou de celebrar contratos com a Administração Pública. A gestão do CEIS compete à Corregedoria-Geral da União, que adotará as medidas que se fizerem necessárias à regulamentação, à operacionalização, à coordenação e à divulgação do Cadastro.

Portanto, essa aproximação e operação conjunta das Administrações Públicas da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal é uma faceta interessante da organização político-administrativa da República Federativa do Brasil, que compreende todos esses entes, autônomos, segundo o art. 18 da Constituição Federal, mas unidos indissoluvelmente, segundo o art. 1º da mesma Carta.

Por fim, além da questão orgânica existe também a moral. Será que uma empresa que causa vários problemas para diversos municípios em processos licitatórios pode continuar livremente participando de licitações de outros entes da nossa República?


Arnaldo Rizzardo Filho – Advogado.

contato@rizzardoadvogados.com.br

http://www.rizzardoadvogados.com.br


 

 

 

 

 

Coleguinhas

*

SECOPA acomoda várias coleguinhas. Dois deles não se bicam muito...

*

Um destes da SECOPA viaja uma vez ao mes pra SB, onde a mulher, sobrinha do Jango, tem uma grande estância ..Vai na 5 e volta geralmente na terça....

*

Bão, o que tem pra fazer na SECOPA, a não ser ler jornal???

*

Mas tudo que é assessoria de imprensa é isto mesmo...

*

 

GRAÇA GARCIA ESTREIA “SARAU BAR DO LUPI” NESTA QUARTA



A Coordenação de Música da Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos apresenta mais um projeto que abre espaço para os artistas locais. È o “Sarau Bar do Lupi”, que vai acontecer todas as quartas-feiras, ás 18h30, no Bar do Lupi, localizado no Centro Municipal de Cultura (Rua Erico Veríssimo, 307), com entrada franca.
Para estrear o projeto nesta quarta-feira, dia 25 de setembro, foi convidada a cantora e compositora Graça Garcia, que lançou em 2012 dois discos: “Graça Gata” e “Maria da Graça por Graça Garcia”. Nesta apresentação de estréia, Graça estará acompanhada por Silfarnei Alves no violão.
As atrações deste projeto até o final do ano serão as seguintes:

25/09 – Graça Garcia
02/10 – Lourdes Rodrigues
09/10 - José Carlos
16/10 – Norminha Duval
23/10 – Karine Cunha
30/10 – Telmo Martins
06/11 – Rafael Brasil
13/11 – Luiza Helena
20/11 – Cigano
27/11 – Sérgio Rojas


SARAU BAR DO LUPI
GRAÇA GARCIA
BAR DO LUPI / CENTRO MUNICIPAL DE CULTURA
Av. ERICO VERISSIMO, 307
25/09/2013 – 18H30
ENTRADA FRANCA


Paulo Moreira
Assessoria de Imprensa
Coordenação de Música
Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos
tel. (51) 3289 8119 – 9995-9729
e-mail: cm@smc.prefpoa.com.br
site: www.portoalegre.rs.gov.br/smc
Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro
Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar

 

 

 

Serafina Corrêa recebe a 21ª Cavalgada da Amizade

Iniciando as comemorações da Semana Farroupilha 2013, a Prefeitura
Municipal de Serafina Corrêa, juntamente com as entidades locais,
receberam no sábado, 14 de Setembro de 2013, a 21ª edição da Cavalgada
da Amizade.
O movimento passa por Passo Fundo, Marau, Vila Maria, Casca, Serafina
Corrêa e Guaporé, com o objetivo de demonstrar amor ao Rio Grande do
Sul, de preservar nossa cultura e celebrar a amizade.
Às 15h, a Cavalgada foi recepcionada no Trevo de acesso à Montauri,
no Capitel. Na ocasião, o Prefeito do município de Serafina Corrêa,
Ademir Antônio Presotto, passou às mãos do Coordenador da Cavalgada,
Amon Barreto Refosco, a Chave da cidade, como forma de acolhida aos
cavalarianos que pernoitaram no município.
A 21ª Cavalgada da Amizade também fez uma homenagem especial a Santo
Ferreira Muniz, mais conhecido como Gaúcho, por sua contribuição em
promover o fogo de chão no Galpão 20 de Setembro, durante muitos anos,
onde servia chimarrão durante toda a Semana Farroupilha. Uma pessoa
que sempre vestiu a pilcha e transmite a cultura do estado do Rio
Grande do Sul.

 

 

 

 

CORTES...

ESTOU TENDO QUE CORTAR ALGUNS COLABORADORES. LAMENTO MAS O SAITEIRO RECLAMA DE MUITO MATERIAL. ME LEMBREI DO VELHO ARCOLINO CERVIERI QUE QUANDO SE ENCHEU O SACO QUE O IRMÃO DELE, O FIORAVANTE O EXPLORAVA PAGANDO POUCO PELAS UVAS, CHEGOU EM CASA, PEGOU A MACHADINHA - UMA FOICE - E FOI CORTAR OS DOIS PARREIRAS QUE TINHA. AS VEZES A GENTE TEM QUE CORTAR!

 

MUTUCA e VOLUNTÁRIOS FAZEM “REPÚBLICA DO ROCK” DESTE MÊS



O projeto “República do Rock” deste mês de setembro traz ao palco do Teatro de Câmara Túlio Piva (Rua da República, 575) uma banda estreante e uma lenda do rock gaúcho: o grupo Voluntários e o roqueiro Mutuca Weyrauch. Com realização da Coordenação de Música da Secretaria de Cultura de Porto Alegre 25 anos e curadoria da produtora Andréa Ávila, o “República do Rock” ocupa o teatro uma terça-feira de cada mês, sempre buscando mapear a produção roqueira da cidade. A entrada é um quilo de alimento não-perecível destinado às entidades assistenciais do município.
A banda Voluntários foi formada em 2009 em Santa Maria e estreou em julho de 2010 dentro da programação do Dia Mundial do Rock realizada pela Rádio Itapema daquela cidade. Em fevereiro de 2012, o grupo gravou a música “Andarilho”, que se transformou em vídeo-clipe. Neste ano, a Voluntários está focada na gravação de seu primeiro álbum com 13 músicas autorais, que tem lançamento previsto para 2014.
O grupo é formado por Juliane Bortolotto nos vocais; César Marqueri no baixo; Rafael Berlezi na bateria e Alex da Rosa na guitarra e vocais.
Mutuca Weyrauch é um dos principais nomes do rock gaúcho e recebeu este ano, uma premiação pela conjunto de sua obra, dentro do Açorianos de Música. Esta saga começou toda em 1967 quando integrou o Alphagroup, passando pelo Succo em 69 e pela Barra do Porto, durante os anos 70. Participou de diversas realizações teatrais e, na década de 80, fez muito sucesso nos bares da cidade com o grupo Irmãos Brothers. Nos anos 90, montou o grupo Mutuca e os Animais, que gravou seu único disco “Hot Club”, que tem o mesmo nome do programa de rádio que conduz na Rádio Ipanema FM há mais de 20 anos.
Neste show do “República do Rock”, Mutuca vai apresentar sua nova banda, Kommando, formada por ele (voz, guitarra base e harmônica); Fast James (backing vocal e guitarra solo); Eze (baixo); Lessa (bateria) e Paulinho Supekóvia (guitarra solo).

 

Rede Globo perde recurso no caso de sonegação de impostos
Globo é acusada de sonegar R$ 713 milhões ao Fisco federal, por mudanças suspeitas na formação societária das empresas do grupo
brasil247.com 17 Setembro de 2013 - 08:58
As organizações Globo perderam recurso administrativo contra uma cobrança de R$ 713 milhões do Fisco federal. O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais do Ministério da Fazenda, que julga contestações a punições fiscais, rejeitou argumentos contra autuação da Receita Federal sobre aproveitamento de ágio formado em mudanças societárias entre as empresas do grupo.
Em uma delas, a Globo Comunicação e Participações S.A. (Globopar) foi condenada por amortização indevida no cálculo do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). A amortização dos tributos usou o chamado ágio, valor embutido no preço de uma companhia vendida equivalente à estimativa de sua rentabilidade futura. De acordo com a lei, a empresa que compra outra tem direito de abater da base de cálculo de seus tributos o valor que desembolsou a título de ágio. Mas a Receita Federal alega que o valor da Globopar é artificial. A empresa espera análise de Embargos interpostos e ainda pode recorrer à última instância do Carf.
O desfecho do julgamento é esperado pela advocacia tributária por ser uma das primeiras vezes que o Carf se debruça sobre a existência de efeito fiscal do conceito contábil de patrimônio líquido negativo — origem da maior parte do ágio em discussão no processo da Globo. A autuação se refere aos anos de 2005 a 2008, nos quais a empresa usou o ágio para pagar menos tributos. A Receita Federal lavrou o auto de infração em dezembro de 2009, no valor de R$ 713.164.070,48.
Foram os advogados Carlos Alberto Alvahydo de Ulhôa Canto e Christian Clarke de Ulhôa Canto, sócios do escritório Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Advogados, os responsáveis por defender a transação. Na impugnação, eles destacaram o uso do patrimônio líquido negativo — chamado de “passivo a descoberto” — na construção do ágio que gerou as deduções. Ou seja, a empresa compradora “adquiriu” o prejuízo da comprada, assumindo sua dívida, e contabilizou essa aquisição como investimento. “Não há norma, de natureza fiscal ou contábil, que determine o expurgo do valor negativo do PL da investida na quantificação do ágio”, diz o recurso dos advogados.
A cobrança teve origem no Mandado de Procedimento Fiscal 0719000.2006.01200-5, que entendeu como receita não informada o perdão de uma dívida de US$ 65 milhões (R$ 153 milhões, à época) concedido pelo banco americano JP Morgan, em 2005, à Globopar. A dívida total com instituições financeiras no exterior, gerida pelo JP Morgan e avaliada em US$ 213,1 milhões (R$ 504,6 milhões, à época), foi “adquirida” pela TV Globo, outra empresa do grupo, por 30% menos que o valor original. O perdão foi considerado deságio. A TV Globo, então, passou a ser credora e sócia da Globopar, por meio da compra das cotas de uma terceira empresa, a Globo Rio Participações e Serviços Ltda., então controladora da Globopar. A compra, por sua vez, se deu por meio do desconto de uma dívida que a Globo Rio tinha com a TV Globo, fechando o círculo.
Construção circular
Adquirir a Globopar era interessante por causa de seu prejuízo acumulado. O passivo a descoberto da empresa, que em 2005 era de R$ 2,34 bilhões, poderia ser usado para abater impostos de quem a comprasse. Em uma só tacada, ao comprar a Globo Rio por R$ 65,5 milhões e assumir a dívida de R$ 2,34 bilhões da Globopar, a TV Globo somou R$ 2,4 bilhões em ágio a amortizar. Em sua contabilidade, a TV Globo lançou R$ 152 milhões, referentes ao perdão, como ágio a deduzir no pagamento de impostos, atribuindo à quantia o título de “valor de mercado da Globopar” — ou seja, um investimento. A compra da Globo Rio pela TV Globo e a conversão do valor em ágio para a compradora foi auditada e confirmada em 2005 por laudo da Consef (Consultoria Econômico-Financeira), terceirizada.
Um mês depois, a Globopar, antes endividada, agora recomeçava o ciclo, ao comprar sua controladora, a TV Globo, em um negócio conhecido como “incorporação às avessas”. A triangulação dava à Globopar um patrimônio líquido novamente positivo, e agora com ágio a amortizar — já que o direito de abater impostos adquirido pela TV Globo agora passava à sua compradora. A contabilização parcelada dessa incorporação culminou, em outubro de 2010, no valor de R$ 2,28 bilhões em ágio a amortizar. Mas segundo o Fisco, esse ágio era formado nada menos que pela aquisição, pela Globopar, de forma indireta, de suas próprias ações.
Para a Receita, embora os lançamentos tenham se baseado em “eventos reais”, foram “operações legais apenas no seu aspecto formal”, o que configuraria um planejamento tributário indevido. Isso porque, embora empresas diferentes tenham uma adquirido a outra, todas pertenciam às mesmas pessoas. Roberto Irineu Marinho, João Roberto Marinho e José Roberto Marinho eram sócios das quatro empresas envolvidas no negócio: Globopar, TV Globo, Globo Rio e Cardeiros Participações S.A. Assim, para a Receita, o crédito dedutível criado pela transação foi artificial. “Como podemos perceber, operou-se um milagre dentro da Globopar, que teve um PL [patrimônio líquido] negativo de R$ 2,34 bilhões transformado em PL positivo, de R$ 318 milhões, tudo isso no exíguo prazo de 30 dias”, apontou a fiscalização. “A Globopar passou a desfrutar de um ágio a amortizar que nada mais é que seu próprio patrimônio líquido negativo.”
Além disso, a chamada “incorporação às avessas” é, para a Receita, abuso de direito, como entendeu, em 2006, a Delegacia da Receita Federal de Julgamento no Rio de Janeiro, conforme acórdão 10.007, que tratou de caso semelhante. A decisão diz ser indedutível o “ágio de si própria” gerado em incorporações dessa natureza. “Inúmeras decisões do Carf têm considerado que a operação realizada pelo contribuinte precisa ter propósito negocial, ou seja, não é lícito realizar operação de ‘incorporação às avessas’, com a consequente transferência do ágio, simplesmente com o intuito de redução da carga tributária”, citou a fiscalização ao analisar recurso da Globopar. “Todas as aquisições foram efetivadas por intermédio de acertos de passivo existentes entre as empresas, ou seja, não ocorreu transferência de numerário.”
A empresa rebateu dizendo que o propósito não foi meramente evitar tributação. “O longo processo de reestruturação da dívida da recorrente, que culminou com as operações realizadas em 2005, ora em discussão, teve sempre um objetivo: reunir, em uma única pessoa jurídica, o endividamento da recorrente e a capacidade financeira da TV Globo”, defendeu-se. E criticou o assombro do Fisco com a rapidez da transação. “A celeridade com que os atos societários foram elaborados e os contratos celebrados é inteiramente neutra em termos fiscais. Tivessem as operações societárias acontecido em um único dia ou ao longo de dez anos, os efeitos fiscais seriam rigorosamente os mesmos. Por isso, tal fato jamais deveria ter sido levado em conta pela fiscalização.”
Em 2007, foi a vez de a TV Globo ser intimada a justificar o ágio de R$ 2,4 bilhões. À Receita, a empresa respondeu que o valor se referia à “rentabilidade futura da Globopar”, devido a “projeção dos resultados da sociedade para o período de 2006 a 2014”.
Mas o Fisco desconsiderou as deduções e exigiu o recolhimento da diferença de IR e CSLL. A Receita entendeu como omissão de receita a realização do deságio de R$ 152 milhões referente ao perdão da dívida bancária internacional. “Quando há extinção de um passivo (obrigação), sem o desaparecimento concomitante de um ativo, de igual ou superior valor, é inegável a ocorrência de um acréscimo patrimonial. Portanto, o perdão (remissão) da dívida há de ser reconhecido como receita, o que repercute no lucro líquido positivamente”, diz decisão da Turma Julgadora na Delegacia de Julgamento da Receita no Rio.
O Fisco também glosou a amortização do ágio com base na rentabilidade futura da Globopar. “O ágio pago efetivamente equivale apenas a R$ 65 milhões, não sendo, portanto, lícito considerar o valor do passivo a descoberto, isto é, R$ 2,4 bilhões”, diz a decisão.
Bem negativo
Ao analisar o recurso da Globopar, a relatora na Turma, conselheira Edeli Pereira Bessa, observou que, embora alegasse que o ágio tenha sido gerado por transações sucessivas por meio de empresas dos mesmos sócios, o Fisco não negou a existência do ágio, mas apenas contestou sua amortização na base de cálculo dos tributos. No entanto, ela negou que haja a possibilidade de existir patrimônio líquido negativo que dê origem a ágio aproveitável por empresa que compra outra no vermelho.
Edeli lembrou que as leis que disciplinam o assunto — a Lei 6.404/1976 (a Lei das S.A.), o Decreto 3.000/1999 (o regulamento do Imposto de Renda) e o Decreto-lei 1.598/1977 — não tratam de patrimônio líquido com saldo devedor ou de ativo de valor negativo. “Os dispositivos legais sempre adotam como referencial para avaliação de investimentos os valores de patrimônio líquido, e nada mencionam acerca dos procedimentos a serem adotados em caso de passivo a descoberto”, mencionou. “É possível concluir que não existe, conceitualmente, patrimônio líquido negativo. (…) É possível, portanto, interpretar que as leis, ao se reportarem ao valor de patrimônio líquido como referência para cálculo da equivalência patrimonial, tinham em conta, apenas, situações nas quais o investimento apresenta um valor patrimonial positivo.”
Por fim, a relatora arrematou com argumento lógico: “Admitir que um investimento apresente valor contábil negativo significa reconhecer a responsabilidade da investidora pelas dívidas da investida para além do capital nela aplicado.” O entendimento é compartilhado pelo especialista em Direito Societário Modesto Carvalhosa, citado no voto de Edeli. No livro Comentários à lei das sociedades anônimas (4ª edição, editora Saraiva), o advogado e professor afirma que “se a empresa investida tiver prejuízos que transformem seu patrimônio líquido em número negativo (passivo a descoberto), a conta de equivalência na sociedade investidora pode, na pior das hipóteses, assumir o valor zero”. Em sua opinião, se houver ágio ainda não amortizado, ele deverá ser baixado e contabilizado como prejuízo. “Isso porque ativo negativo não existe.”
Na prática, para a conselheira, não há ágio — direito utilizável pela empresa compradora — enquanto a sociedade comprada está com passivo a descoberto, salvo o equivalente ao valor do investimento feito, o efetivamente pago pela aquisição. A situação muda se a investida tiver patrimônio positivo novamente.
Fundamentos do recurso
Ao contrário do que afirmou o Fisco, para a defesa do grupo Globo, ao assumir a responsabilidade pelo passivo a descoberto da Globopar, a TV Globo ganhou direito ao um “ágio indireto” equivalente ao passivo a descoberto da companhia adquirida, que deveria ser somado ao ágio direto — custo da aquisição de sua participação na sociedade comprada.
Quanto à possibilidade contábil de existência do patrimônio líquido negativo, a empresa citou a Resolução 847/1999 do Conselho Federal de Contabilidade, que trata de nomenclaturas contábeis e diz, em seu item 3.2.2.1: “No caso em que o valor do patrimônio líquido for negativo, [o patrimônio líquido] é também denominado de passivo a descoberto”. O texto, que reconhecia a possibilidade de existência de PL negativo, foi alterado posteriormente pela Resolução 1.049/2005 do CFC, que excluiu essa possibilidade. A nova norma, porém, só veio depois que as operações societárias na Globo foram registradas.
A empresa protestou ainda contra a incidência de juros sobre a multa de ofício aplicada na autuação.
Contábil x Fiscal
O conselheiro Carlos Eduardo de Almeida Guerreiro, que declarou voto no acórdão do Carf, também não aceitou os argumentos da empresa. Segundo ele, não existe o tal “ágio indireto”. “A pretensão do contribuinte de considerar como ágio indireto o valor correspondente ao ‘passivo a descoberto’ é uma criação do contribuinte sem amparo na lei”, afirmou em seu voto. “O fato de a adquirente assumir responsabilidade pelo ’passivo a descoberto’ da adquirida pode implicar apenas registro contábil de provisão (que inclusive será não dedutível). Mas nunca implicará registro de ágio, nem mesmo sob criativa a denominação de ‘ágio indireto’.”
Guerreiro ainda refutou o argumento que se baseou no reconhecimento da existência de PL negativo pelo órgão contábil máximo do país. “As regras de contabilização ou as formas de contabilização admitidas ou sugeridas pela CVM ou CFC são corretas, ou adequadas, apenas para fins contábeis. Porém, elas não podem determinar os efeitos fiscais. Isso porque, salvo menção expressa da legislação tributária, as regras de contabilização e as formas de contabilização são totalmente irrelevantes para determinar efeitos fiscais.” E desafiou a lógica do argumento da empresa, ao afirmar que “se acaso a adquirente pode perder algo além de sua participação acionária é porque assumiu dívidas da adquirida. Mas isso nada tem ha ver com a aquisição do investimento”.
O voto do conselheiro Benedicto Celso Benício Junior divergiu parcialmente dos anteriores. Ele concordou que não pode haver ágio sobre passivo a descoberto, mas entendeu que outros aportes além dos feitos diretamente pela sociedade investidora — no valor de R$ 65,5 milhões — deveriam entrar na conta do ágio.
“Há muito tempo, existia o entendimento de que o ágio e o deságio somente surgiam quando havia uma aquisição das ações de uma determinada empresa (transação direta entre vendedor e comprador). Com a evolução dos conceitos, tornou-se consenso de que o ágio ou o deságio também podem surgir em decorrência de uma subscrição de capital”, afirmou. Os outros aportes seriam, para o conselheiro, R$ 1,3 bilhão referentes a subscrição de capital e absorção de prejuízos de R$ 463 milhões. Assim, o ágio utilizável para dedução de impostos seria de R$ 1,8 bilhão.
Por fim, os argumentos da Globopar foram rejeitados por maioria de votos. Os conselheiros acrescentaram ainda que multa e tributo compõem a obrigação principal devida pelo contribuinte e, portanto, podem ambos sofrer acréscimo de juros. Essa decisão se deu apenas pelo voto de qualidade do presidente da Turma, já que houve empate.
Participaram da votação os conselheiros Valmar Fonseca de Menezes, presidente da Turma, José Ricardo da Silva (vice-presidente), Edeli Pereira Bessa (relatora), Benedicto Celso Benício Júnior, Carlos Eduardo de Almeida Guerreiro e Nara Cristina Takeda Taga.
Falta de regras
Para a tributarista Mary Elbe Queiroz, presidente do Instituto Pernambucano de Estudos Tributários, é necessário que uma lei esclareça as regras para o aproveitamento do ágio, uma vez que no Brasil ainda não existe uma norma antibuso como há em outros países.
Atualmente, está em discussão no Poder Executivo texto a ser proposto ao Congresso para disciplinar a matéria. Mas a intenção do Fisco federal é acabar com a possibilidade de se deduzir ágio.
FONTE: http://www.tribunahoje.com/noticia/75807/economia/2013/09/17/rede-globo-perde-recurso-no-caso-de-sonegaco-de-impostos.html

 

SERGS DEBATE PERSPECTIVAS

DE GERAÇÃO EÓLICA NO ESTADO

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul reiniciou hoje (16) a programação de debates de temas relacionados com a área de infraestrutura e logística e os investimentos previstos para o setor. Na abertura do evento, realizado na sede central da SERGS, sobre energia eólica, o presidente da entidade, eng. Hilário Pires, destacou que a iniciativa objetiva resgatar o protagonismo da Sociedade como fórum de discussão dos grandes temas de interesse do Estado, que ocupou ao longo de sua trajetória de mais de 80 anos de atuação.

O diretor cultural da SERGS e coordenador do encontro, eng. Edgar Bortolini, lembrou que a geração eólica foi escolhida para inaugurar o ciclo de debates devido à sua crescente importância na chamada nova economia do RS, juntamente com a indústria naval. Outro propósito é a necessidade de serem equacionados os gargalos que muitas vezes retardam ou até afastam os novos investimentos, como por exemplo na área de liberação dos projetos pelas autoridades ambientais.

O primeiro palestrante do evento foi o diretor de Engenharia da Eletrosul, eng. Ronaldo Custódio, que chamou a atenção para o grande potencial gaúcho na geração eólica especialmente no Litoral e na Metade Sul, observando que além de o RS ser importador de energia, o investimento nesta alternativa energética também constitui-se em fator de desenvolvimento de regiões economicamente deprimidas. Na ocasião houve sessão de autógrafos do seu livro Energia Eólica para Produção de Energia Limpa.

Também proferiu palestra sobre o tema o coordenador de Energias e Comunicações da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento – AGDI, eng. Eberson José Thimmig Silveira, que apresentou um panorama da energia eólica no RS. Salientou que além do aumento da geração de energia através desta fonte para atender a economia gaúcha, este programa também contempla a instalação de uma cadeia produtiva de fornecedores locais para os parques eólicos.


 

i veci posti

assim chamavam os colonos da san piero, em la undeze, quando queriam se referir a lugares antigos.

pois minha filha médica viaja hoje pra milão.dei a ela os fones de gino e severino, parentes do nono canton, que veio em fins do seculo xix pro Brasil.

a ana vai ver se liga. mas minha mãe me disse que ela não vai entender nada porque falam como el viejo meneghell-era um vizinho nosso da capela sanpiero, pai do pierin de costa .ele tinha vindo direto da italia pra serafina e quando velhote ia de madrugada pregar in te la cieza...mas a porta tava sempre fechada. o velho jogava cartas com el organo( como ele chamava um sujeito que ele inventava pra lhe fazer companhia)..é a paciencia que jogam hoje em dia, eu acho.

enfim, minha filha embarca hoje de manha pela air france...vai de sampa a milão...

é a unica da familia que está aprovetiando a cidadania italiana. os outros sao fizeram o passaporte pra votar pros italianos e nada mais...

(olides canton)

 

 

 


Semana Farroupilha 2013: Grupo Festança

No sábado, 14 de Setembro de 2013, a programação da Semana
Farroupilha em Serafina Corrêa contou com jantar por adesão e show
gratuito com o Grupo Festança, no Ginásio Municipal Santin, Bairro
Santin, em Serafina Corrêa. O evento contou com a participação de
centenas de pessoas, com muita gastronomia, alegria, música e dança.

 

 

 

 

O Globo passa a cobrar pelo conteúdo online

Publicado em Segunda, 16 Setembro 2013 12:14
Escrito por Redação Comunique-se
0-a-a-a-a-globo-capa-paywallSite de O Globo passa a adotar o sistema paywall (Imagem: Reprodução/OGlobo.com)

A partir desta segunda-feira, 16, o conteúdo da versão online de O Globo ficará restrito. O site passa a adotar o sistema paywall (barreira paga), cobrando do internauta que desejar ter acesso a mais de 30 matérias por mês. Para navegar de forma irrestrita no portal será necessário fazer a assinatura digital, com custo mensal de R$ 29,90.

O Globo salienta, ao informar o novo modelo de cobrança da produção na web, que os assinantes da edição impressa (apenas o que recebem o jornal todos os dias da semana) e os da versão digital não serão impactados pelo novo formato e, com as contas atuais, seguirão navegando sem restrições. Todos assinantes – novos e antigos – terão acesso ao acervo online da marca e terão acesso ao ‘O Globo A Mais’, revista exclusiva para tablets.

No texto em que anuncia a chegada do formato pago a seu site, O Globo explica que o formato estava sendo estudado desde o ano passado e que algumas ações já realizadas foram ao encontro da ação, como a solicitação de cadastro gratuito para o internauta que lia mais de 20 matérias no portal num período de 30 dias – e que estava em vigor desde janeiro de 2013.

Diretor geral da Infoglobo, empresa que gere o jornal, Marcello Moraes observa que com a cobrança no digital, a equipe trabalha para aumentar a produção. “Nunca tivemos tanta audiência e nossa oferta de produtos precisa atender às demandas dos clientes atuais e dos novos, que buscam conteúdo de qualidade a qualquer hora e em qualquer lugar. Estamos caminhando nessa direção, ampliando e diversificando nossa oferta de conteúdo, com um modelo que privilegia o assinante”.

Para a diretora executiva de O Globo, Sandra Sanchez, a adoção do paywall “acompanha a tendência mundial”, sendo “importante para assegurar um modelo de negócio sustentável, que mantenha a oferta de conteúdo de qualidade a nossos assinantes”. Com a assinatura do internauta, ela argumenta que ficará mais fácil entender os “hábitos de navegação”.

 

 

 

 

Iniciam os festejos da Semana Farroupilha serafinense!

No sábado, 14 de Setembro de 2013, a Prefeitura Municipal de Serafina
Corrêa, juntamente com o CTG Galpão da Saudade, CTG Sinuelo da Serra e
Piquete Espora de Prata, promoveram a cerimônia de abertura da Semana
Farroupilha de Serafina Corrêa/RS.
O Prefeito Municipal recebeu, das mãos do Coordenador da 21ª
Cavalgada da Amizade, o Fogo Simbólico da Pátria que transformou-se em
Chama Crioula, representando o amor ao Rio Grande do Sul, o culto às
tradições gaúchas e abrindo oficialmente os festejos da Semana
Farroupilha em Serafina Corrêa. Em seguida, houve hasteamento das
Bandeiras, além do pronunciamento das autoridades.
A programação da Semana Farroupilha segue até sexta-feira, 20 de
Setembro, no acampamento e no Ginásio Municipal Santin, Bairro Santin,
em Serafina Corrêa. Programação completa, shows e mais informações:
www.serafinacorrea.rs.gov.br.

 

 

 

 

MEMORIAS DE CAMPANHA


O PAPEL DA ZERO HORA!

JOÃO LUIZ VARGAS, DEPUTADO APOSENTADO, ELEGEU-SE DEPUTADO ESTADUAL PELO PDT PELA PRIMEIRA VEZ EM 1990. a CAMPANHA era pobre, não havia tanta grana rolando. Mas a equipe que o apoiava teve sorte...numa das rodovias gaúchas, um caminhão transportando bobinas de papel pro jornal ZH, tombou e várias bobinas viraram propaganda eleitoral do candidato.

 

 

 

ENERGIA DOS VENTOS

OS DOIS LOCAIS DO RS ONDE HÁ A MAIOR CHANCE DE SE APROVEITAR A ENERGIA DOS VENTOS - EOLICA - SÃO A METADE SUL DO ESTADO ( SANTA VITÓRIA DO PALMAR E CHUI) E SANTANA DO LIVRAMENTO( CERRO CHATO).

OUTRO LOCAL É O LITORAL NORTE DO ESTADO, POR CAUSA DOS VENTOS DO MAR.

OSÓRIO JÁ TEM UM PARQUE EOLICO.

ESTES DADOS FORAM DEBATIDOS EM EVENTO HOJE DE MANHA - 16 DE SETEMBRO - NA SERGS.

 

 

 

a CARINA, EFICENTE COMO SEMPRE, COMEÇA A SEMANA NO REI DA COPIA!

 

 

 

 

CONGESTIONAMENTO NO CONCEIÇÃO!

 

 

NO VIADUTO CONCEIÇÃO ESTA MANHA DE SEGUNDA, O CONGESTIONAMENTO ERA GRANDE. LÁ PELAS NOVE DA MANHÃ!

 

 

 

tumra de serafina no jogo.

Por um acaso,quando ia chegando no Arena, ia chegando o Arnaldo Pacassa e uma turma de serafina!

disse a eles:
- o ronaldinho vai fazer dois gols!

não fez mais o gremio -perdeu o jogo.

 

 

 

 

 


coleguinhas

 

O PESSOAL DA ACEG CREDENCIAMENDO PRO JOGO DO GREMIO . eSTÁ MUITO BEM ORGANIZADA A aceg...OS COLEGUINHAS TÃO TRABALHANDO LEGAL!

 

 

 

TUDO ERA FESTA ANTES DO JOGO DO GREMIO E ATLETICO MINEIRO. DEPOIS É QUE FOI ELAS!!!!

 

 

 

 

 

obras do beira rio!

 

 

 

Companheiras e companheiros

A Comissão Estadual da Verdade convida para a Audiência Pública, na próxima quinta-feira (19), às 15h, no salão Alberto Pasqualini, do Palácio Piratini, para o depoimento do historiador e escritor baiano e militante na resistência à ditadura, na década de 60, Araken Vaz Galvão, que vem ao Estado para falar sobre o Sargento Manoel Raimundo Soares, “o mártir do Caso das Mãos Amarradas”.

Araken Galvão e Raimundo Soares foram companheiros de farda e de militância política, desde antes do golpe, e ambos foram cassados e entraram na clandestinidade. Embora tenha sido preso antes de Manoel Raimundo Soares, depois de libertado Araken exilou-se no Uruguai, voltando ao Brasil após a anistia.

Os resultados do depoimento integrarão um dossiê específico sobre a prisão, tortura e assassinato do Sargento Manoel Raimundo Soares.

O horário da Audiência não está 100% confirmado. Caso ocorra alguma alteração vamos comunicar.

Abraços

Vânia Barbosa P/ CPMVJ

 

 

 

 

MAIS REFORMAS DO BEIRA RIO!
Estrutura sendo preparada na área externa do estádio para receber o revestimento.

em vermelho é onde ficava a antiga arquibancada inferior. À direita é possível visualizar que a nova arquibancada passa por cima do fosso.

e o privado se mesclam, inclusive com a calçada da Padre Cacique passando por baixo da cobertura do estádio.

 

 

Caro editor, bom dia.
Seguem em anexo dois artigos: Drs Daniel Moreira e Sabrina Oliveira Fernandes.
Grande abraço,

Empresas conseguem economia mensal de 60% de ICMS

Diante de uma carga tributária massacrante e um sistema tributário altamente complexo, uma das alternativas, cada vez  mais utilizadas  pelos empresários brasileiros, é o pagamento mensal do ICMS com precatório do Estado.

Atualmente, todos os Estados da Federação, principalmente o RS e SP, possuem bilhões em dividas, sendo praticamente um “calote oficial”. Todas as ações movidas contra o Estado por uma pessoa física ou jurídica, com ganho de causa, recebem um precatório e ficam anos e anos aguardando, sob a alegação de que não existe dinheiro para pagar. Nesse contexto, essas pessoas estão vendendo esses precatórios por 30% do valor original e o empresário que os adquire com auxilio jurídico, se beneficia dos meios legais e, assim, consegue uma excelente solução para se manter vivo e competitivo no mercado.

Essa forma de pagamento, por meio de compensação, tem gerado uma economia de 60% no pagamento desse imposto, trazendo muito mais competitividade às empresas, pois os reflexos atingem diretamente a capacidade de vender suas mercadorias a preços melhores do que a concorrência.

A solução para intermediar a compra desse precatório no mercado é impetrando uma ação judicial com pedido de compensação de ICMS, que é forma de extinção de credito tributário em que os sujeitos da relação obrigacional são, ao mesmo tempo, credores e devedores para pagamentos do tributo.

No caso de execução fiscal, os precatórios são oferecidos à penhora/garantia do processo de execução de ICMS, com extinção do débito tributário por meio do pagamento indireto. O verbo subrogar  exprime o significado de trocar, permutar, devido ao precatório ser equiparado a dinheiro e não poder ir à praça ou leilão. Dessa forma, ocorre a subrogação e a quitação, alcançando os superiores tribunais STF e STJ - com farta jurisprudência favorável.

A quitação de tributos via compensação com precatórios vencidos e não pagos

está autorizada nos artigos 78 da ADCT (Atos das Disposições Constitucionais Transitórias.) e no 170 do CTN. Realizada a compensação, conforme estabelecido no inciso II do art. 156 do CTN (Código Tributário Nacional), o débito do contribuinte é extinto em razão do consequente encontro de contas. Assim, uma empresa pode pagar seu ICMS mensal ou resolver pendências fiscais com a Receita Estadual com descontos de 60%, utilizando precatórios judiciais.


Daniel Moreira   

www.nageladvocacia.com.br

daniel@nageladvocacia.com.br


 

 

 

 

 

serginho ros

falei com o serginho pelo telefone. está bem o gajo apesar de trocentos problemas. esteve com o pé na jaca duas vezes. me disse que a marlene galeazi é aunica que lhe temtelefonado. é assim, longe do poder somem os amigos.

o resto é conversa fiada.

mas o serginho vai se guentar ainda uns tempos, tá com a voz meia fudida mas dá pra entender bem o que dia.

também com duasw UTIs que a gente vai querer mais dele.

 

derrota gremista

estou chegando do arena agora...

no t2 que voltei muita gente conformada.

na descida do 6 andar onde fico no arena, as gurias na entrada nem sabiam que o atletico estava ganhando o jogo e isto que elas estavam noe stádio...

o arena é um pouco impessoal....

muito diferente do Olimpico.

mas enfim tamos ai, como diria. prontos pr aoutro!!!

 

 

 

Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
do dia 07.09.2013, que escrevo na Folha Popular de
Teutônia. Estou remetendo somente hoje, em virtude
de viagem em férias.
Abraços
Rudimar Thomas

 

 

 

 

almocei neste domingo num lugar tri popular. 15 pilas o almoço e dá pra levar pra casa com dois pilas de custo.

acabo comendo duas x com este valor.

é um local que fica na santana com domingos crescencio....

 

 

 

Nilce Azevedo Cardoso

Companheiras e companheiros

Segue o convite para a outorga da Medalha Mérito Farroupilha concedida à companheira Nilce Azevedo Cardoso, brava militante social e pelos direitos humanos e vítima da truculenta ditadura civil -militar no Brasil. A outorga - iniciativa do Dep. Raul Carrion (PC do B) - ocorre no próximo dia 17 de setembro (terça-feira), às 18h30, no Salão Júlio de Castilhos, da Assembleia Legislativa do RS.
Um abraço

Vânia

 

 

 

Estimadas e estimados comp@s

Solicitamos o fundamental apoio de vocês para que gestionem, com urgência, junto às suas entidades, para que assinem o manifesto abaixo, no sentido de evitar que sejam aprovadas no Congresso Nacional as propostas que estabelecem punição para o "crime de terrorismo", dispostas na Lei antiterrorismo, que segue as coordenadas impostas pelos Estados Unidos, o país mais terrorista do mundo, visando a criminalizar os movimentos e ativistas sociais.

Para a adesão da entidade ao Manifesto solicitamos que confirmem a apoio ao companheiro Silvio Mota, e-mail: silviomota31@yahoo.com.br, do Grupo Comitês Nacionais pela Verdade.


Um forte abraço

Vânia Barbosa, P/ CPMVJ/RS e ACJM/RS

 

Manifesto de repúdio às propostas de tipificação do crime de Terrorismo

Pelo presente manifesto, as organizações e movimentos subscritos vêm repudiar as propostas para a tipificação do crime de Terrorismo que estão sendo debatidas no Congresso Nacional, através da comissão mista, com propostas do Senador Romero Jucá e Deputado Miro Teixeira.

Primeiramente, é necessário destacar que tal tipificação surge num momento crítico em relação ao avanço da tutela penal frente aos direitos e garantias conquistados pelos diversos movimentos democráticos.

Nos últimos anos, houve intensificação da criminalização de grupos e movimentos reivindicatórios, sobretudo pelas instituições e agentes do sistema de justiça e segurança pública. Inúmeros militantes de movimentos sociais foram e estão sendo, através de suas lutas cotidianas, injustamente enquadrados em tipos penais

como desobediência, quadrilha, esbulho, dano, desacato, dentre outros, em total desacordo com o princípio democrático proposto pela Constituição de 1988.

Neste limiar, a aprovação pelo Congresso Nacional de uma proposta que tipifique o crime de Terrorismo irá incrementar ainda mais o já tão aclamado Estado Penal segregacionista, que funciona, na prática, como mecanismo de contenção das lutas sociais democráticas e eliminação seletiva de uma classe da população brasileira.

Nesta linha, o inimigo que se busca combater para determinados setores conservadores brasileiros, que permanecem influindo nos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, é interno, concentrando-se, sobretudo, nos movimentos populares que reivindicam mudanças profundas na sociedade brasileira.

Dentre as várias propostas, destaca-se o Projeto de Lei de relatoria do Senador Romero Jucá, que em seu art. 2º define o que seria considerado como Terrorismo: “Art. 2º – Provocar ou infundir terror ou pânico generalizado mediante ofensa à vida, à integridade física ou à saúde ou à privação da liberdade de pessoa, por motivo ideológico, religioso, político ou de preconceito racial ou étnico: Pena – Reclusão de 15 a 30 anos”.

Trata-se, inicialmente, de uma definição deveras abstrata, pois os dois verbos provocar e infundir são complementados pelos substantivos terror e pânico. Quem definiria o que seria terror e pânico? Como seria a classificação do terror e pânico generalizado? Ora, esta enorme abstração traz uma margem de liberdade muito grande para quem vai apurar e julgar o crime. Além disso, esse terror ou pânico generalizado, já de

difícil conceituação, poderia ser causado, segundo a proposta, por motivos ideológicos e políticos, o que amplia ainda mais o grau de abstração e inconstitucionalidade da proposta.

É sabido que as lutas e manifestações de diversos movimentos sociais são causadas por motivos ideológicos

e políticos, o que, certamente, é amplamente resguardado pela nossa Constituição. Assim, fica claro que este dispositivo, caso seja aprovado, será utilizado pelos setores conservadores contra manifestações legítimas dos diversos movimentos sociais, já que tais lutas são realmente capazes de trazer indignação para quem há muito sobrevive de privilégios sociais.

Também a proposta do Deputado Miro Teixeira revela o caráter repressivo contra manifestações sociais, evidenciada em um dos oito incisos que tipifica a conduta criminosa: “Incendiar, depredar, saquear, destruir ou explodir meios de transporte ou qualquer bem público ou privado”. Verifica-se, portanto, que as propostas são construídas sobre verdadeiros equívocos políticos e jurídicos, passando ao largo de qualquer fundamento ou motivação de legitimidade.

Agregue-se, ainda, o cenário de repressão e legislação de exceção paulatinamente instituídos pela agenda internacional dos grandes eventos esportivos, solapando a soberania política, econômica, social e cultural do povo brasileiro, e a fórmula dos fundamentos e motivações da tipificação do crime de terrorismo se completa, revelando a sua dimensão de fascismo de estado, incompatível com os anseios de uma sociedade livre, justa e solidária.

Já contamos quase 50 anos desde o Golpe de 64 e exatamente 25 anos desde a promulgação da ‘Constituição Cidadã’. Nesse momento, diante da efervescência política e da bem-vinda retomada dos espaços públicos pela juventude, cumpre ao Congresso Nacional defender a jovem democracia brasileira e rechaçar projetos de lei cujo conteúdo tangencia medidas de exceção abomináveis como o ‘AI-5’.

Desta maneira, repudiamos veementemente estas propostas de tipificação do crime que, sobretudo, tendem muito mais a reprimir e controlar manifestações de grupos organizados, diante de um cenário já absolutamente desfavorável às lutas sociais como estamos vendo em todo o Brasil.

Assinam:

Conectas

Mães de Maio

Pastoral Carcerária

Instituto de Defensores de Direitos Humanos - DDH

Instituto Práxis de Direitos Humanos

Instituto Terra, Trabalho e Cidadania - ITTC

Rede 2 de Outubro

Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares – RENAP

Tribunal Popular

União de Núcleos de Educação Popular para Negras/os da Classe Trabalhadora – UNEAFRO

Associação Juízes para a Democracia

Instituto Frei Tito

Comitê Memória, Verdade e Justiça do Ceará

Serviço de Paz e Justiça - SERPAJ, América Latina

Comitê Popular Memória, Verdade, Justiça do RS

Associação Cultural José Martí/RS

 

 

 

Fotos Beira Rio

drenagem que escorre no fosso.

 

 

FACCIONI NO SEU ' BUNKDER'

ESTOU CHEGANDO DE UMA LONGA ENTREVISTA COM O FACCIONI. ME CONTOU COISAS BOAS, COMO A ESCOLHA DE TRICHES PRA GOVERNADOR. SÓ DOU UMA PALINHA...ELE FOI ESCOLHIDO NA PRAIA DA CAL...O RESTO LEIAM NO FITENSS QUANDO SAIR...

AQ CHARGE É DE3 QUANDO FACCIONI FOI CANDIDATO A PREFEITO DE PORTO ALEGRE EM 1984.

 

 

 

NA AGENCIA DO INSS

 

Fui me aposentar, a Rosa lopes era minh aprocuradora, a moça não quis falar com ela. Mas agora a coisa anda....

 

 

 

 

CAROS AMIGOS

ESTAMOS DANDO ANDAMENTO AOS PREPARATIVOS PARA O NATALE INSIEME DESTE ANO, QUE SERÁ REALIZADO NO DIA 15 DE DEZEMBRO. COMO SEMPRE, CONTAMOS COM A SUA PRESENÇA E COLABORAÇÃO PARA DIVULGAR E CONVIDAR ASSOCIADOS E DEMAIS INTERESSADOS EM PARTICIPAR DESTA SIGNIFICATIVA OCASIÃO.
PARA A ALEGRIA DE TODOS NÓS, SE APROXIMA A REALIZAÇÃO DE MAIS UM NATALE INSIEME, QUANDO REPETIMOS O RITUAL DE NOSSOS ANTEPASSADOS, CONFRATERNIZANDO E FESTEJANDO JUNTOS A SIGNIFICATIVA DATA, INSTITUÍDA PELO COMITE DA ETNIA ITALIANA.
ESTE ANO O EVENTO CELEBRA O 138º ANIVERSÁRIO DA COLONIZAÇÃO ITALIANA NO RS.
MAIS UMA VEZ, TEREMOS MESA FARTA, DE BOA COMIDA, MAS TAMBÉM DE AMIZADE, AGRADÁVEL DE CONVÍVIO E CARAS LEMBRANÇAS. CORAIS E MÚSICA ITALIANA CONTRIBUIRÃO PARA A ALEGRIA DO ENCONTRO, QUE TAMBÉM CONTARÁ COM O SORTEIO DE BRINDES, ENTRE OS QUAIS UMA PASSAGEM PARA A ITÁLIA OFERECIDA PELA ALITÁLIA POR INTERMÉDIO DA UNITUR AGÊNCIA DE TURISMO E PRODUTOS ODERACH.
PARTICIPE!
MUITO OBRIGADO.

DATA E HORÁRIO: DOMINGO, 15 DE DEZEMBRO, ÀS 12H30MIN
LOCAL: PANORAMA RESTAURANTE EXECUTIVO DA PUCRS (AV. IPIRANGA, 6681 – PRÉDIO 40).
VALOR: R$ 55,00 POR PESSOA, COM BEBIDAS INCLUÍDA

COMISSÃO ORGANIZADORA

PROMOTORAS: MASSOLIN DE FIORI SOCIETÁ TALIANA E SOCIEDADE ITALIANA DO RS.
IDEALIZADORES: SRS. ANTONIO ALBERTI, CARLO BICCHIERI E PAULO MASSOLINI E FREI ROVÍLIO COSTA ( IN MEMÓRIA)

TENDO INTERESSE EM CONVITES, PODEM CONTATAR AS ASSOCIAÇÃO ABAIXO:.

1- MASSOLIN DE FIORI SOCIETÀ TALIANA - secretaria@massolindefiori.com.br
TEL. 51 32172356 AT. SR. IVO ZAN

2-SOCIEDADE ITALIANA RS - claudio@sociedadeitaliana-rs.com.br
TEL.51 33115833 AT.SR. MORELLI

3-SOBRACEX – ALBERTI@SOBRACEX.CO,BR
TEL.51 3330112 AT. SR ALBERTI

4-ROSALINA ZORZI - rosalinazorzi@hotmail.com
TEL. 51 33813744

5-FIBRA RS comercial@odisseia.com.br
TEL.54 99747668 – MASSOLINI PAULO

6- ASSOCIAÇÃO SANTA MARIA – isadalcin@hotmail.com –
55 3223310

7-CIDADANIA ITALIANA citalia@terra.com.br = claudia.antonini@terra.com.br
TEL.51 32321149 CLAUDIA ANTONINI – DANIELA

8- ASSOCIAZIONE TREVISANI - marino.bardini@terra,com.br
Tel.51 33403084 – 99953132 SR.PARDINI

9- CARLO BICCHIERI -51 30135462 - carlobicchieri@terra.com.br

10-EST EDIZIONI 51 33361166 MARI - giornalistamari@gmail.com

Serafina Corrêa, 14 de Setembro de 201

 

 

 


almoço

tou saindo pra ir no brique e depois filar uma boia no tasca....

 

caminahda dominical

fui caminhar na carlos gomes. encontrei o deputado postal também caminhando. e um principio de incendio numa churrascaria que foi apagado pelos funciona´rios.

este é o domingão nublado.

 

 

 

ari

pelo que vi foram poucos ao lançamento do premio ari.

spo veinhos...não tem jovem indo na ari.

aquilo é melhor começar tudo do zero, antes que feche de uma vez, a não ser que seja isto que querem quem está l. se é isto, vão conseguir. é spo mais um tempinho.

 

Vi o filme sobre as mulheres que tem um romance. olha é bonito, bemfeito, mas não achei lá assim com tanta dramaticidade. a poetisa era bebada, só...

agora a atuação da gloria pires é perfeita, como sempre.

interessante: a arquiteta apoia o golpe militar, a amante não....

 

abandono da CCMQ

fui neste sabado ver um filme na CCMQ....está em obras, atravancada, caiu o movimento do bar que tem lá.

e pasmem não havia funcionários atendendo no terreo. tinham sumido o dia todo...

só estavam os dos filmes que atendem e são pagos por terceiros, via CLT..
o pessoal ia na portaria e não havia ninguém pra dar qualquer informação

e isto que tava cheio de estrangeiros que estão ai por causa do em cena....

que desleixo com a cultura...acorda Assis Brasil...

 

LA VAI O VEIO DE NOVO

EM 1998 QUANDO CONCORREU AO SENADO, OS CARAS PASSAVAM NA FRENTE DA CASA DO SIMON, NA PROTASIO E GRITAVAM:

- COMO É QUE É VAIS MORRER NO SENADO??

PARECE VERDADE.

RIGOTTO ME DISSE NA TERÇA PASSADA QUE SIMON É O CANDIDATO DO PMDB AO SENADO.NEM ELE, NEM FOGAÇA1

E DIZEM QUE O FILHO SERÁ SEU SUPLENTE.

EIS A VESTAL DO PMDB!

 

 

 

 

dois momentos da vida de JArroque que foi enterrado sexta em serafina.

no primeiro dia de sua posse como vice-prefeito.

na segunda foto, sua filha maria amélia rainha em serafina!

 

 

 

SUGESTÃO DE PAUTA:

SOCIEDADE DE ENGENHARIA DEBATE AS

PERSPECTIVAS DE GERAÇÃO EÓLICA NO RS

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (SERGS) promoverá na próxima segunda-feira (16) debate sobre o tema Situação Atual e Perspectivas de Geração de Energia Eólica no RS. O evento terá início às 9h, com palestra do diretor de Engenharia da Eletrosul, eng. Ronaldo Custódio, que falará sobre Energia Eólica - Uma Visão Geral. Às 10h15min, o coordenador de Energias e Comunicações da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), eng. Eberson José Thimmig Silveira, fará palestra sobre Panorama da Energia Eólica no RS. Às 11h30min, haverá sessão de autógrafos do livro Energia Eólica para Produção de Energia Elétrica, de autoria do eng. Ronaldo Custódio. O debate será realizado na sede central da SERGS – Trav. Eng. Acylino de Carvalho, 33 – 8º andar, em Porto Alegre.

ATENÇÃO IMPRENSA: FAVOR CONFIRMAR PRESENÇA COM A TODT COMUNICAÇÃO – FONES (51) 3228.7270/3228.7261 OU E-MAIL todtcom@terra.com.br

EM: 13.9.13

 

 

Teori e Barroso, dois patronos inesperados
Carlos Chagas

Décadas atrás, em Minas, um caso agitou os tribunais e prendeu as atenções da opinião pública, tendo sido condenados a trinta anos de cadeia os irmãos Naves, acusados do assassinato de um desafeto. O processo durava anos quando se completou, só que o juiz que o instruíra aposentou-se, entrando o substituto em seu lugar, a quem coube apenas dar a sentença condenatória, toda baseada nos autos. Mais tarde o verdadeiro assassino apareceu e confessou. Um dos irmãos Naves havia morrido na prisão, o outro ganhou a liberdade. Entrou em discussão tema ainda hoje polêmico, a respeito de poder um juiz completamente à margem de um demorado julgamento ser convocado apenas para exarar a condenação. Não foi culpa daquele jovem juiz se grave erro judiciário aconteceu, já que caiu de paraquedas em terreno desconhecido.

Guardadas as proporções, e com todo o respeito, situação análoga verifica-se no Supremo Tribunal Federal, no processo do mensalão. De repente, já com as condenações dos réus discutidas, debatidas, analisadas e exaradas, dois novos ministros são indicados e tomam posse. De nada participaram do julgamento, sequer acompanharam depoimentos, argumentação do Ministério Público e dos advogados de defesa. Como o juiz mineiro, chegaram depois.

Deveriam Teori Zavaski e Luís Roberto Barroso ter-se dado por impedidos? Seria mais lógico que não participassem da fase finalíssima do julgamento, dado não terem acompanhado o longo período de instrução, elucidação e definição do escândalo. Mesmo assim, por obrigação ou por vaidade, consideraram-se aptos a julgar o último recurso dos já sentenciados mensaleiros. Em especial porque os ministros que vieram a substituir já tinham participado e votado.

Cada cabeça uma sentença, diz o Bom Direito. Não se emitem juízos de valor a respeito das decisões dos dois novos ministros, que tiveram todas as prerrogativas para aceitar os embargos infringentes, à luz de suas concepções jurídicas. Mas estariam preparados para tanto, apesar do brilho e da erudição de seus votos?

Numa fase em que se fala tanto do Regimento Interno do Supremo, não seria o caso de se estabelecer que novos ministros deveriam ater-se apenas a novos processos? Haveria, é claro, que resolver primeiro o problema da herança dos ministros que se forem. Muitos deixam mais de 500 processos para os sucessores. Mecanismos inexistem para obrigá-los a limpar a mesa e os armários, mas levar os que chegam a participar de causas tão intrincadas como a do mensalão geralmente leva a inversões de vulto.

O tema, porém, é meramente retórico. Os irmãos Naves sofreram injustamente. Quanto aos mensaleiros, ganharam dois patronos inesperados.

INSUFICIÊNCIA DELIBERADA

O palácio do Planalto julgou insuficientes as explicações da Conselheira de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Susan Rice, a respeito da espionagem promovida pelo seu país nas comunicações do governo brasileiro e de empresas como a Petrobrás. Não era esse texto pífio que a presidente Dilma esperava, depois de seu encontro com o presidente Obama, na Rússia. Outras conversas com assessores americanos terá o chanceler Luiz Alberto Figueiredo, em Washington, mas pelo jeito não chegarão ao desejado pedido de desculpa que merecemos dos nossos irmãos do Norte. Por enquanto, a tendência da presidente Dilma continua de suspender a visita que faria em outubro à capital dos EUA, mantendo também a disposição de denunciar a arapongagem pela tribuna das Nações Unidas.

Moda tão comum aqui no Brasil acaba de pegar lá em cima, apresentada na nota de dona Susan Rice: a culpa de tudo é da imprensa, que distorceu as atividades da Nasa…

SAUDADES DO ITAMAR

É sempre bom lembrar o saudoso presidente Itamar Franco, que diante de qualquer acusação de irregularidade envolvendo algum auxiliar seu, ministro ou não, demitia o acusado e mandava que fosse defender-se fora do governo. Se conseguisse demonstrar inocência, voltaria com tapete vermelho e banda de musica. Caso contrário, ficaria mesmo de fora.

Já se passou uma semana das denúncias sobre roubalheira no ministério do Trabalho, feudo do PDT que não é mais de Leonel Brizola. Ignora-se qual a instrução da presidente Dilma ao ministro Manoel Dias. Mas ele continua em seu gabinete, despachando como se nada tivesse acontecido.

 

collares nos enganou a todos. todo mundo sempre achava que ele fazia niver em 7 de setembro. que nada. faz mesmo em dia 12 de novembro. mas ele sempre comemorou em dia 7 de setembro e por isto todo mundo se confundiu. o Sul tá certo, é mesmo dia 12. confirmei isto com a mara, do pdt.

*

Flávio Pereira só acompanha o governador nos giros pro interior do Estado. pro exterior, vai o PSPinto, mesmo

*

 

veinhos dominam o rádio...

eu que ouço rádio sei.

vamos lá

de mamnhã

1) Guaiba - rogerio mendelski
2) gaucha_ macedão, passou dos 50 há muito tempo

3) farroupilha- zambica

4) band bancada de velhotes: yeda, rigotto, ritter e cascatinha. osirios também não cozinha na primeira fervera

5)pampa - tambémv elhotes...beatriz faqgundes, armando burd.

pergunts
quando é que as rádios tradicionais vão dar espaço aos jovens???

fica esta velharia ' gaga' trocando datas, horas etc e tal.

 

 

 

 

lançamento do premio ari na quinta passada.

 

 

 

Olá,

Segue em anexo informações sobre o luto oficial de 3 dias decretado pelo presidente da Câmara, Vereador Silmar Roberto Santin.
Também segue foto de João Arroque Filho, em 23 de fevereiro, quando recebeu o título de Cidadão Honorário do Município de Serafina Corrêa.
Att,

Deise Cristina

 

 

 

 

APRESENTAMOS AS REFORMAS DO BEIRA RIO!

DIZEM ATÉ QUE UM FUNCIONÁRIO TERIA SIDO DEMITIDO POR TER ESPALHADO FOTOS DO NOVO ESTÁDIO....SEI LÁ...

AQUI ESTÃO AS FOTOS!

fosso que fazia a separação entre a torcida e o gramado permanece. Porém agora está escondido embaixo da arquibancada inferior

arquibancada superior, equivalente a categoria 1 dos ingressos da Copa

 

 

 

Exposição mostra o legado de Gildo de Freitas

Visitantes do acampamento farroupilha podem conhecer a vida e obra do trovador no galpão FIGTF

A exposição “Trova, gauchismo e valentia: Me chamam de Gildo de Freitas” está aberta ao público desde esta quinta-feira, 12/09, no galpão da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), no acampamento farroupilha, no Parque da Harmonia. A mostra, organizada pelo Comitê de Transversalidade SEDUC/SEDAC – FIGTF, faz uma homenagem ao músico gaúcho Leogevildo José de Freitas, mais conhecido como Gildo de Freitas. Através de painéis são apresentadas as obras e a vida do artista, com destaque a sua participação política, parcerias e o seu jeito de viver e ver o mundo. Gildo de Freitas nasceu em 1919, no bairro Passo D’areia, em Porto Alegre e, desde cedo, tornou-se um músico popular e grande trovador.
Na abertura da mostra, o presidente da FIGTF, Rodi Pedro Borghetti, ressaltou a importância de Gildo e sua capacidade de batalhar pelo Rio Grande do Sul. Já o diretor técnico da instituição, Claudio Knierim, lembrou que junto a Pedro Raimundo e Teixeirinha, Gildo foi pioneiro na construção da nossa música regional.De acordo com o curador da exposição, historiador Giovanni Mesquita, mesmo após seu falecimento, ocorrido em dezembro de 1982, o trovador conserva uma legião de fãs e admiradores de seu trabalho. Através de cada um dos dez painéis é possível ter acesso a parte da vida do músico. “No primeiro banner é o próprio Gildo, através de sua arte, quem conta a sua trajetória. Nos demais paines podemos conhecer a biografia, a participação na política e a proximidade com Leonel Brizola e Jango, as brigas com Teixerinha, as homenagens, fotos e documentos fornecidos pela família, amigos e admiradores”, explica Giovanni.
Participaram da homenagem ao trovador diversos fãs, além dos músicos Marco Aurélio de Deos, mais conhecido como o Repentista; Ademo Rieffel; Jucelino, o Cancioneiro; e João Carlos Suris, afilhado e representante da famíia na abertura da exposição.

A mostra está aberta ao público, com entrada franca das 9h às 21h durante o acampamento. Após a Semana Farroupilha, “Trova, gauchismo e valentia: Me chamam de Gildo de Freitas” percorrerá o interior do Estado.

 

 

Minha aposentadoria não saiu

1) não tinha chegado a averbação ao INSS da decisão judicial que me dá o tempo rural

2) os postos do INSS atendem muito bem, pela minha experiencia desde 2010 que ando dentro de postos deo INSS

3) espero que este tempo me seja pago. senão fazer o que? ingressar via judicial?

4) já pedi pra minha faxineira não deixar de pagar o seu INSS. ela vai ver o que é se aposentar,depois. Me aconteceu quando estava na merda de parar de pagar o INSS

5) aprendi muito neste episódio. muigta gente só diz merda sobre aposentadoria e não entendem nada. tudo chutação

6) estascoisaws sempre tem complicações.eu acho que o iNSS faz de tudo pra não deixar mais 'vagabundos', como o FHC chgamou seus compadres. porque ele também deve ter ujnsquantas aposentadorias

7) Jair soares nega que tenha várias em seu livro de memórias

8) tem gente que passou a vida toda atrás de aposentadoria. não foi meu caso.

 

 

 

 

estive agor ano dentista e o que falamos com o guigon montanari foi sobre o joão arroque. ele diz que seu pai é do 14 e o joão arroque é mais ou menos deste tempo...

os dois formaram uma grande dupla. amantino na cabeça e joão de vice. tinha um grande relacionamento com os colonos porque negociava com eles no frigorifico ideal.

joanin arroque era ujma referencia em serafina.

ovi algumas vezes em sua casa e sempre me recebeu bem. elke é dos tempos dos figos, quando eu ia avisar que os figos estavam maduros eles iam no auto que tinham buscar os figos que minha mãe aprontava em grandes cestos. os figos derramvam mel de tão maduros....

fuimuito amigo do filho altamir que é promotor do ministerio publico. mais que colega,amigo...foi uma das pessoas mais inteligentes com quem privei, mas era muito vagabundo, enrolava até o padre ciotolla...dizem que todo grande talentosos é vagabundo....

engraçado é que é uma familia de musicos também...porque a maria amelia é musica, o betão arroque é musico, sãoleigas as artes, as letras a cultura.

serainfa perdeuma grande referencia...(alguns vão dizer que já era hora..mas farghen que...) eu gostava de ir conversar com o velho joaoi porque ele só falava no dialeto....

e era muito bem informado...contava causos de sua época, de quabndo governavam o municipio, foi ele que me contou que o cesar picoli foi quem começou com este negocio do carreiro de fazer um camping lá....

uma das ultimas reclamações que o joão arroque me fez formalmente era quanto a um muro que o seu vizinho o vereador paulo massolini fez entre as casas deles. tudo porque a maria amelia, filha dele é do dpmdb e o paulo do PFL

- maq varda que parece o muro de Berlim,me reclamou. nunca toquei neste assunto com o apulo massolini, proque é assunto deles paroquiais de serafina.

joão arroque sabia muito coisa do firgorifico. não sei se deixou altumdepoiimento testemunhal oral. se não fizeram isto perderm uma grande chance. era a memória vivaa do municipio.

engraçado que acho que nunca foi muito um baza banqui, um carola, daqueles de viver ajoelhado dentro da igreja, como fazia o velho miguel soccol, seu patrão(vai ver tinha muita culpa no cartório)

morre joão arroque, estes tempos andaram fazendo uma festa pra ele, mas ficou apenas no ambito familiar.

ele era uma pessoa muito discreta e muito simples.desde os tempos que eu ia avisa-los de que os figos estavam maduros eu sempre os achei gente muito simples, igual a gente...i zera mia squifosi( não era exibidos, numa tradução brutal que faço aagora aki).talvez este fato fez com que eles se relacione tão bem com os colonos que precisavam de dinheiro pra pagar o hospital e iam morde-lo antes mesmo de entreghar a chiqueirada de porcos gordos pro abate.

(olides canton)

 

 

 

Luto Oficial no município de Serafina Corrêa

O Prefeito Municipal, Ademir Antônio Presotto, decretou Luto Oficial
por três dias no município de Serafina Corrêa pelo falecimento do
ex-Vice-Prefeito João Arroque Filho, em 12 de Setembro de 2013.
João Arroque Filho foi Vice-Prefeito de 1961 a 1963; e de 1969 a
1973. Durante os três dias de Luto Oficial as Bandeiras, em sinal de
pesar, ficarão hasteadas a meio mastro, em frente ao Centro
Administrativo Amantino Lucindo Montanari, no monumento La Nave Degli
Immigranti, no Pórtico e na Praça da Emancipação.

 

 

 

DE SERAFINA

MORRE UM SIMBOLO DA CIDADE
faleceu o joão arroque 12 de setembro de tarde
foto joão e a esposa anita tosi

 

 

SARGENT PEPPER'S

 

JÁ ERA!VAI VIRAR EDIFICIO!

 

Mudou-se da Dona Laura, 329, onde funcionou durante mais de 20 anos e agora está na esquina da Marques do Herval com Bordini.

 

No local onde funcionava o Sargent, como era chamado, hoje há um prédio em construção que ficará pronto até 2015.

 

Serão 60 conjuntos comerciais, informa o corretor que atende no local.

 

 

 

cOLEGUINHAS

BETO NO BATENTE

SEGUNDA DE MANHÃ FUI NO BETO BOTEGA ...DEZ DA MATINA JÁ TAVA NO BATENTE...

OLHA O NOSSO COLEGUINHA AI FINGINDO QUE TRABALHA NO COMPUTADOR!

 

 

 

 

 

Bairro Aparecida também terá Academia da Saúde

Mais uma importante obra teve início no mês de Julho de 2013: a
Academia da Saúde do Bairro Aparecida. Situada na Rua Pompeia, esquina
com a Rua Belluno, ao lado da Unidade Básica de Saúde Aparecida, a
construção de 350,20m² terá investimentos de mais de R$ 110 mil, da
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa e do Ministério da Saúde.
O projeto promoverá saúde, com o objetivo também de fortalecer e
potencializar as ações nos âmbitos da Atenção Primária em Saúde, da
Vigilância em Saúde e da Promoção da Saúde; além de contribuir para a
ampliação e valorização da utilização dos espaços públicos de lazer
como proposta de inclusão social, enfrentamento das violências e
melhoria das condições de saúde e qualidade de vida da população.

Por: Adriana Sabadin ? Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa/RS.

 

 

 

 

olha, tou antevendo a manchete da veja

STF PIPOCOU OU JUSTIÇA PIPOCOU. VOU VER O QUE VAI DAR!!!!

 

coleguinhas

fui tomar uma café com a avani stein, que mora aki do lado....

sempre que vejo a avani me dá um misto de tristeza pela profissão. ela anda completamente desiludida do jornalismo.

e isto que largou o direito pra ser fotografa.

hoje pinta umas fotos, nem sei bem que tipo de arte é esta.

mas a avani voltou pra cá achando que iriam espera-la de baldaquim( um santuário) no aeroporto. quando voltou alguns anos átras ninguém aki da profissão sabia dela. e ela não quis recomeçar. está de saco cheio pra isto.

todos os dias me fala de um sitio que procura pra ir viver ou ficar apenas temporadas.

tentou uma praia de sc, mas lá não deu certo.

sei que ela não tem muitos amigos, está velha e quando se fica velho, todo mundo foge de perto da gente.

mas eu acho que a nossa coleguinha sempre se manteve integra...e olha que precisa de coragem pra dizer uma coisa destas(Olides canton)

 

SEM APOSENTADORIA!

Não saiu minha aposnetadoria. Os ' papel' como dizem os grossos não tavam ok. esperemos mais um tempo!

 

de serafina

 

MORREU JOÃO ARROQUE FILHO

 

 

Uma das legendas de serafina. Foi duas vezes vice prefeito, mas sempre negou a se sentar na cadeira de prefeito. quando vagou a prefeitura, ele não assumiu. deixou para evaldo carlos cervieri, que éra presidente do legislativo municipal.

João arroque era gerente do frigorifico Ideal e como tal tinha grande prestigio entre os colonos que eram umbilicamente ligados a ele.

 

quando precisavam iam nele pedir um ' emprestimo' pra pagar quando entregassem os porcos.

 

João Arroque tinha mais de 90 anos.

 

Deixa os filhos Beto Arroque, Altamir,Silvana, Maria Amélia e Rui.

 

Vinha adoentado há tempos. mas se manteve lúcido sempre.

 

Lembro dele que tinha uma carro,quando ninguém tinha carro em serafina!

 

 

Semana Farroupilha em Serafina Corrêa

Comemorar o dia do Gaúcho, reviver e cultuar as tradições, promover a
integração e a amizade são alguns dos objetivos da Semana Farroupilha
que acontece em todo o Rio Grande do Sul, no mês de Setembro.
O tema deste ano é O Rio Grande do Sul no imaginário social e a
música tema é Eu Sou Rio Grande, de Gujo Teixeira.
Em Serafina Corrêa, a vasta programação da Semana Farroupilha 2013
espera receber centenas de visitantes para as comemorações que
acontecerão no Ginásio Municipal Santin ? Bairro Santin. No sábado, 14
de Setembro, o município recebe 21ª Cavalgada da Amizade, que percorre
os municípios de Passo Fundo, Marau, Vila Maria, Casca, Serafina
Corrêa e Guaporé. Às 16h, haverá a abertura oficial da Semana
Farroupilha no município. Ainda no sábado haverá jantar por adesão e
às 22h, show gratuito com o Grupo Festança.
Domingo, 15 de Setembro, às 14h, haverá apresentação das Invernadas
do CTG Galpão da Saudade e do CTG Sinuelo da Serra e, às 17h, show
gratuito com Eco do Pampa. Na segunda, 16, segue a programação com
atividades culturais, durante o dia e, à noite, jantar por adesão. Às
22h, show gratuito com Origem Fandangueira.
Na terça-feira, 17 de Setembro de 2013, às 8h, acontecerá a primeira
sessão da Peça Teatral Sepé Tiaraju: O Guerreiro da Lua Crescente. Às
9h30min, haverá a segunda sessão da peça teatral. Na parte da tarde,
das 14h às 16h, atividades culturais com as escolas e a comunidade. À
noite, às 19h, acontecerá a última sessão da peça teatral Sepé
Tiaraju: O Guerreiro da Lua Crescente e às 20h30min, jantar por adesão.
Na quarta-feira, 18 de Setembro de 2013, das 8h às 10h e das 14h às
16h, haverá atividades culturais com as escolas e a comunidade. Às
17h30min, show com talentos locais e transmissão, ao vivo, do Programa
Valores do Rio Grande, da Rádio Odisséia FM. Após, às 20h30min, jantar
por adesão e em seguida, apresentação do Grupo Caripaiguarás, entrada
franca.
Na quinta-feira, 19 de Setembro de 2013, das 14h às 16h haverá
atividades culturais com as escolas e comunidade. Às 20h30min, jantar
por adesão e, após, show gratuito com o Grupo Rastro do Pampa. Na
sexta-feira, 20 de Setembro de 2013, feriado estadual, haverá a Missa
Crioula, às 10h e às 17h acontecerá o Desfile de Cavalos, saindo do
Pórtico do município, seguindo pela Avenida Miguel Soccol, Rua Otávio
Rocha e, após, chegada ao Ginásio Municipal Santin para o
encerramento. Às 19h, haverá show gratuito com o Grupo Silhueta
Campeira e, em seguida, show gratuito com Joca Martins.
De 16 a 19 de Setembro de 2013, das 17h às 18h, haverá transmissão,
ao vivo, do Programa Caminhos do Sul, da Rádio Rosário AM.
Participe da Semana Farroupilha 2013 em Serafina Corrêa! Informações:
www.serafinacorrea.rs.gov.br; 3444 2860 ou 3444 2166.

Realização: Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, CTG Galpão da
Saudade, CTG Sinuelo da Serra e Piquete Espora de Prata.

Apoio: Rádio Odisseia FM, Rádio Rosário AM, Rádio Liberdade FM, Jornal
Gazeta Regional, Clube de Mães Jardim Itália, Associação dos Artesãos
Amigos da Linha Onze e Erva Mate Ponche Verde.

 


placa escrito errada.

 

está na entrada de serafina corrêa, na RS-129.

 

Grafado errado....

 

Po, DAER, te toca, assim é feio, é antieducativo!

 

 

 

 

 

hoje deve entrar pro time dos vagabundos do FHC...tomara!

durmo como um trabalhador e vou acordar como um vagal.até que enfim!

 

 

 


MINHA APOSENTADORIA
HOJE VOU PRAS CUCUIAS!

Será ao meio dia minha audiência no INSS pra me aposentar. Aos 61 anos é tudo o que quero. Desde 2010 luto no INSS. Me negaram tudo. até que entrei com uma ação judicial pro tempo rural e pruma empresa, a Trevo, que no INSS não reconheceu no processo inicial. A Justiça me deu.

Hoje espero me aposentar.

depois eu conto como foi.

reprodução da minha carteira profissional

 

 

 

 

GALA DO PMDB

 

AO CHEGAR PRO ALMOÇO DO FOGAÇA NA TERÇA AO MEIO DIA NO CONTINENTAL, GERMANO RIGOTTO FOI RECEPCIONADO PELA GURIA DO PMDB

 

- TÁ CHEGANDO NOSSO GOVERNADOR GALÃ....

 

o meu 11 de setembro...

 

hoje me lembrei que faz 40 anos que estou nesta. até mais...porque no 11/9/1973 estava no telex da zh junto com o joão batista aveline, a marilene( uma gringa alta que nunca mais vi) esperando o telex do general Pratts, no chile, que iria reagir contra Pinochet.

 

Que nada. se passou 40 anos e tamos aki nesta..ainda.

 

já o 11 de setemb ro de 2001 foi diferente. Morava na Perpétua Teles, quando o zelador me avisou que tinham demolido uma torre. a Outra eu vi o avião demolir pela teve.

 

 

 

 

DEPUTADO CASSIÁ NÃO CONCORRERÁ À REELEIÇÃO EM 2014

“Utilizando o Período de Comunicações da Assembleia Legislativa no dia de hoje (11/09), reafirmei, registrei, o que já expressava pela imprensa. De que estarei me retirando da vida política, não voltando a concorrer a deputado estadual em 2014.”

Depois de dois mandatos como vereador, secretário de obras da Capital e agora, no segundo mandato como deputado estadual, o Deputado Cassiá Carpes entende que o quadro político vigente, com a corrupção campeando por este país e a impunidade crescente, não concordando com o estado “das coisas na política”, decide se retirar, na esperança de mudanças, através da mobilização popular. “Entendo que este sistema político está falido”, concluiu Cassiá.

Cassiá lembrou que em todos os partidos existem pessoas sérias, respeitáveis, mas que, infelizmente, hoje, a política está em um momento no qual ele não se sente “à vontade” para continuar lutando pelos ideias que acredita. Tem ainda um ano e meio de mandato pela frente, o qual cumprirá com seriedade, honestidade e convicções que sempre pautaram sua vida pública.


 

 

 

 

 

SAN TELMO: O BAIRRO TRADICIONAL DO TANGO

Patrimônio Cultural, pela UNESCO, o tango é o símbolo de Buenos Aires.


 De Buenos Aires

 Gelson Farias


Falar de Buenos Aires (ou da Argentina como todo) e não falar do Tango seria uma heresia. Com três milhões de habitantes, a maior cidade argentina tem 48 bairros para percorrer. Em cada um deles uma história. Buenos Aires respira tango...  Aqui se formou aqui se toca aqui se canta aqui se dança. O Tango é a manifestação cultural e popular, mais relevante de Buenos Aires. As suas letras e sons refletem a paixão, a melancolia, a sensualidade, dos portenhos,  às vezes o drama, às vezes o pranto, a alegria, a emoção do que foi, do que podia ter sido; ou do que é, do que não é, ou do que será. O tango, glorificado por Carlos Gardel,  adiciona dia após dia cada vez mais e mais aficionado, fanáticos, e admiradores nos quatro cantos do mundo.

Em que lugar do mundo um brasileiro come e bebe tão bem e ouve boa música? Tudo isso é mais que um convite aos prazeres da vida. Um dos mais tradicionais bairros da capital Argentina, San Telmo é considerada a zona boêmia da cidade, conserva os traços e os ares da antiga Buenos Aires. San Telmo foi o primeiro bairro de ricos da cidade com seus  edifícios coloniais. Cafés, casas de tango, antiquários se alinham com as ruas de paralelepípedos. Você também vai encontrar um mercado uma das melhores feiras de antiguidades.


O bairro oferece uma infinidade de casas de shows, voltadas principalmente para os estrangeiros. Os estilos variam bastante. É  possível ver visitantes do Japão, Chile, Estados Unidos, Alemanha e, claro, Brasil. Cercada de bares, cafés tradicionais e clubes de tango, a região se enche de vida aos finais de semana, onde as pessoas se sentem à vontade para dançar tango em plena praça pública, só poderia mesmo exalar tanto romantismo e encantamento. São apresentadas quase todas as músicas mais manjadas do público, como "La Cumparsita" (executada pelos músicos veteranos ) e "Por una cabeza", tema do filme "Perfume de Mulher".


 San Telmo, o tango a noite.


Sua origem encontra-se na área de Rio da Prata na América do Sul, nas cidades de Buenos Aires e Montevidéu. A música do tango não tem uma origem muito clara. De acordo com estudos que não dispõem de numerosa documentação, o tango descenderia da habanera e se interpretava nos prostíbulos de Bueno Aires e Montevidéu nas duas últimas décadas do século XIX, com violino, flauta e guitarra (violão). Nessa época inicial era dançado por dois homens, daí o fato dos rostos virados, sem se fitar. Depois, já nos anos 1910, como o sucesso em Paris foi aceito pela aristocracia platina.  O escritor argentino Jorge Luis Borges afirmou que por suas características o tango só poderia ter nascido em Montevidéu ou Buenos Aires.



O bandoneón, que atualmente caracteriza o tango, chegou à região do Rio da Prata por volta do ano 1900, nas maletas de imigrantes alemães. Não existem muitas partituras da época, pois os músicos de tango não sabiam escrever a música e provavelmente interpretavam sobre a base de melodias já existentes, tanto de habaneras como de polcas. 20, cantores como Carlos Gardel, Ignacio Corsili e Agustín Magaldi, e cantoras como Rosita Quiroga e Azucena Maizani , venderam muitos discos na florescente indústria discográfica argentina e difundiram o tango para fora da Argentina. Os anos 40 marcam a segunda época de ouro do tango , quando novos valores do tango como Aníbal Troilo , Astor Piazzolla , Armando Pontier se juntam a nomes consagrados como Francisco Canaro e Carlos di Sarli , isso sem contar o fenômeno de popularidade que foi a típica de Juan D'Arienzo.

O Tango foi considerado um Patrimônio Cultural da Humanidade da Unesco em 30 de setembro de 2009.


 

 

 

 

 

 

LIVRO DO MEDICO DO CANCER

cOMECEI A LER OLIVRO DO MEDICO DO CANCER. A PRIMEIRA CRONICA MUITO BOA

O SONHO DO GILBERTO É DESCOBRIR A CURA DO CANCER!
O CONHEÇO FAZ UNS 35 ANOS!

 

ULISSES NENE DE NIVER

CHEGOU AKI NA SALINHA JCTERLERA UM RAMALHANTE DE FLORES PRO ULISSES MANDADO POR UMA FÃ. ME FIZERAM ABRIR AS FLORES PORQUE DISSERAM QUE ERA PRA MIM. LOGO DEDUZI. É PRO ULISSES NENÊ . FUI COLEGA DELE NA ZERO. ULISSES É PETISTA, DE SÃO BORJA. FEZ 51 ANOS HOJE.

 

 

 

Exposição sobre a vida de Gildo de Freitas

Painéis mostram o trabalho do trovador gaúcho falecido há 30 anos e que ainda hoje atrai fãs

A exposição “Trova, gauchismo e valentia: Me chamam de Gildo de Freitas” será aberta nesta quinta-feira, 12/09, às 18h, no galpão da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), no acampamento farroupilha, no Parque da Harmonia. A mostra, organizada pelo Comitê de Transversalidade SEDUC/SEDAC – FIGTF, pretende fazer uma homenagem ao músico gaúcho Leogevildo José de Freitas, mais conhecido como Gildo de Freitas.

Através de painéis são apresentadas as obras e a vida do artista, com destaque a sua participação política, parcerias e o seu jeito de viver e ver o mundo. Gildo de Freitas nasceu em 1919, no bairro Passo D’areia, em Porto Alegre e, desde cedo, tornou-se um músico popular e grande trovador.

De acordo com o curador da exposição, historiador Giovanni Mesquita, mesmo após seu falecimento, ocorrido em dezembro de 1982, o trovador conserva uma legião de fãs e admiradores de seu trabalho.

A mostra está aberta ao público, com entrada franca das 9h às 21h durante acampamento. Após a Semana Farroupilha, “Trova, gauchismo e valentia: Me chamam de Gildo de Freitas” percorrerá o interior do Estado.


 

Rita Escobar
Imprensa FIGTF
Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore
Fone: 51 32281711 / 9327.5434

 

Tribuna da Imprensa
QUARTA-FEIRA 11 de setembro de 2013
Barack Obama continua na mesma
Carlos Chagas

Vence nesta quarta-feira o prazo dado pela presidente Dilma Rousseff ao presidente Barack Obama para explicar as acusações de espionagem dos Estados Unidos contra o Brasil. Ela havia até exigido respostas por escrito, mas como não depende de nós a iniciativa americana, o risco é de a data passar em branco.
Sem as explicações da Casa Branca, porém, começarão a funcionar certas reações brasileiras; Dilma fará contundente denúncia nas Nações Unidas, no final do mês, quando da abertura dos trabalhos da Assembleia Geral, podendo anunciar também o cancelamento de sua visita de estado a Washington, marcada para outubro. Quanto à criação de dificuldades a empresas americanas atuando no Brasil, é pouco provável, porque a moeda, nesse caso, tem duas faces. Eles poderiam fazer o mesmo lá.
Nesse bate-cabeça fica claro que o presidente dos Estados Unidos está onde sempre esteve, ou seja, jamais se desculpou da arapongagem cibernética nem anunciou que essa atividade vá ser interrompida. Insiste em que age assim para defender o planeta do terrorismo e que os países espionados levam vantagem com sua ação. Em momento algum reconhece a coleta de informações econômicas e empresariais, apesar da denúncia de invasão nas comunicações da Petrobras.
Milagres às vezes acontecem, n ão estando afastada a hipótese de a presidente Dilma receber uma comunicação do chefe doi governo americano, mas será preciso ver primeiro para crer depois. Ao longo da História não há notícia de algum inquilino da Casa Branca haver pedido desculpas a algum país. Pelo contrário, de lá tem partido ameaças, provocações e atos de guerra.
DIA CARREGADO
Hoje é mesmo um daqueles dias carregados de eletricidade. O Supremo Tribunal Federal deverá decidir se aceita ou não os embargos infringentes de onze mensaleiros empenhados em ver reduzidas suas penas. Qualquer prognóstico será precipitado, encontrando-se aquela corte dividida. Voltam-se as atenções para o presidente Joaquim Barbosa.

 

a faxineira

tem uma musica acho que do nei lisboa que fala na faxineira. estou me acostumando com a mari,aki.

já veio umas 3 vezes. hoje ela jogou fora um pão caseiro que trouxe de serafina. foi lá no lixo recolehr de volta.

mas pelo menos a casa ficou limpa.

 

 

 

Bandas Escolares recebem homenagem da Câmara

Na terça-feira (10/09), a Câmara Municipal de Vereadores realizou sessão de homenagem às escolas da cidade e do interior, instrutores, balizas e mor mestres das bandas marciais, pelo desempenho no XII Festival de Bandas Escolares. O evento foi proposto pelo vereador Tiago Cadó como forma de reconhecimento do Poder Legislativo pelo trabalho de todos. Na solenidade as diretoras das escolas, instrutores, balizas e mor mestres receberam certificados entregues pelos vereadores.
Em seu pronunciamento Cadó parabenizou a todos pelo empenho voluntário a fim de garantir um belíssimo espetáculo no Festival de Bandas e nos desfiles cívicos. O vereador também enfatizou o show que as bandas têm proporcionado à comunidade.
Durante seu discurso o parlamentar lembrou que essa homenagem acontece como um meio da Câmara de Vereadores valorizar a educação e as ações que incentivam os alunos à práticas culturais.
“É mérito dos homenageados o patamar que São Borja alcançou no Festival de Bandas Escolares. Todos são merecedores desse reconhecimento. Parabéns!” disse o vereador.
A diretora Nadir Carvalho, da Escola Municipal Ubaldo Sorrilha da Costa, falou em nome de todos e agradeceu pela homenagem que, segundo ela, demostra o respeito e o carinho da Câmara pelo trabalho realizado nas instituições de ensino. Ela afirmou ainda, que existe envolvimento e apoio da comunidade escolar às bandas marciais.
Nadir explicou que o festival é uma data significativa para os alunos, pois é uma oportunidade de apresentar seus dons, os valores transmitidos na escola e o orgulho em fazer parte de um grupo.
“É possível ver no dia a dia a mudança no aluno em virtude da banda. Ele passa a ser mais responsável, pontual, caprichoso, etc.”, disse a diretora.
Ao finalizar, a professora sugeriu que o Poder Público oportunize a interação das bandas de São Borja com bandas de outras cidades, através da participação em concursos regionais.
Estiveram presentes na sessão os vereadores João Luiz Dornelles, Eugênio Dutra e Fátima da Rocha.


--
-
Atenciosamente,
-

Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de São Borja
Rua Olinto Arami Silva nº 1043 - 1º andar
São Borja/RS - CEP: 97670-000

Tel.: (55) 3431-8620 / (55) 3431 4150 - ramal 207
www.camarasaoborja.com.br
Twitter: @LegislativoSB

 

 

 

Almoço de Fogaça no Continental.

 

 

Foi muito prestigiado o almoço hoje ,dia 10/9 - dia em que José Fogaça mostrou o futuro do partido.

 

Várias autoridades estiveram presentes, entre eles o prefeito JFortunatti

 

 

 

DODOI CICATRIZADO

 

No almoço prato feito de hoje, 10/09 do PMDB, os que disputaram em 2010 a chance de ser candidato ao governo, Germano Rigotto e José Fogaça mostraram que o dodói daquela disputa interna - Rigotto perdeu - estão cicatrizadas. Posaram juntos.

 

 

 

 

mAIS ' INVASÃO' DO CPRGS AGORA HÁ POUCO NO PREDIO DA ASSEMBLEIA.

NÃO HOUVE NADA DE MAIS..OS GUARDAS FIZERAM OLHO BRANCO, COMO SE DIZIA ANTIGAMENTE. MAS SEM QUALQUER INCIDENTE!

 

 

 

 

' TARIDOS' PROFESSORES QUE VOTARAM EM TARSO

SE JOGAM NO ' COLO' DO PP

aCONTECEU ONTEM...DEPOIS DE UMA PASSEATA NO CENTRO, DE UM PROTESTO NA FRENTE DO PIRATINI, OS PROFESSORES E O CPERS, SENTINDO-SE PELO PARTIDO QUE SEMPRE APOIARAM , O PT E CUJO GOVERNADOR JÁ FOI ATÉ ADVOGADO DA ENTIDADE, ' INVADIRAM' A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SENDO RECEBIDOS NO ANDAR DA PRESIDENCIA.

EM TEMPO.

NÃO HOUVE, NA INVASÃO,QUALQUER TUMULTO. PARECIA ATÉ COMBINADO!

É DA DEMOCRACIA!

 

 

 

 

 

almoço do pmdb

1)

idenir cechim, vereador, disse que sofreu vendo os outros comendo e eles só olhando

2) fogaça disse o mesmo. os dois ficaram num palco no continental.

3)uma dietasinha não faz mail a ninguém.

4) este almoço prato do dia, é pra arrecadar fundos. parece que o de hoje era 100 mangos pra cada comensal. e todos pagaram. eu vi o rigotto pagando dois.

 

 

 

 

Memória da Imprensa

RIGOTTO FOI PRA BOMBINHAS

E O SULBRASILEIRO PEGANDO FOGO!
Nos anos 80,quando houve a intevenção no banco Sulbrasileiro -era Sarney - Germano Rigotto era deputado estadual.

 

Mas perto do verão tinha que levar a esposa e a família pra veranear em Bombinhas(SC).

 

Num fim de semana se mandou pra lá levando a familia, com o plano de ficar 10 dias.

 

Aqui os funcionários do Sulbrasileiro ficaram esperando pela solução do banco.

 

João Carlos Terlera colocou uma nota na sua coluna de ZH:

 

' Ferias em Bombinhas"

 

E ai contava a história do projeto de Rigotto que dormia nas gavetas.

 

Lá pelas 10 da noite recebeu ainda na Assembleia um telefonema de um orelhão de um posto de gasolina. Era o rigotto que já fora informado pelo Julinho, seu irmão , do seu gabinete, informando da nota.

 

Voltou de jipe correndo pra apresentar o projeto que lhe deu uns 5 mil votos em Porto Alegre, na eleição seguinte!

 

 

 

do almoço do pmdb hoje no continental.
1) nem simon, nem sartori foram. um é candidato ao senado o segundo ao governo do estado.

2) fogaça lançou se3bastião mello pra 2016 a prefeitura. dobradinha com o pdt.

3) o lfzachia estava no almoço

4) cristiano tasch, que é secretário municipal estava lá

5) Beti corbetta idem. os dois são personagens da morte de jadaudt.

6)fogaça desconversou. disse que sartori precisa aceitar a candidatura ao governo do estado.

7)criticou,ainda fogaça, levemente o tarso

8)poucos coleguinhas presentes. desprestigio do pmdb

9)jcterlera havia me antecipado que simon seria novamente candidato do pmdb ao senado. o turco vai morrer no senado.
10) em 1998,quando acompanhei simon na eleição, o tarso genro poderia ter tirado o turco do senado. mas não quis. alegou que o turco tinha tirado seu pai da cadeia na ditadura.

11) politica é enxergar lá longe

12)aqueles professorinhas hoje despentelhadas, com o perdão do termo chulo,invadindo a assembléia parecia tudo muito infantil. primeiro quebraram a yeda- que eu não morro de amores também - elegeram o tarso e agora o estão odiando. o que querem da vida mesmo

13) olha no ano que vem, veremos uma eleição que pode ter surpresa. com o pT torrada, via mensalão, podem piintar surpresas ai, tipo o cara do psol, pedro ruas.

14) diante de uma pergunta minha, fogaça disse que acha muito dificil marina chegar lá. acha que a maquina federal moi tudo.

15) 60% do que é arrecadado no pais, fica na esfera federal. e tome lá pra dar aqui.

 

 

 

 

Novo julgamento do Mensalão pode virar Barbosa presidente
Publicado: 10 de setembro de 2013 às 7:42


 



Imagine-se a maioria dos onze ministros do Supremo Tribunal Federal, tanto faz se por 8 a 3, 7 a 4 ou mesmo 6 a 5, decidindo amanhã pela apreciação dos embargos infringentes de pelo menos onze mensaleiros. Não apenas o julgamento se estenderá pelo ano que vem, pois todos os processos serão revistos.
Poderá haver outra conseqüência: a renúncia do presidente Joaquim Barbosa, não apenas da direção dos trabalhos da mais alta corte nacional de Justiça, mas de sua própria cadeira de juiz.
Será o escândalo dos escândalos, com a transformação de Barbosa em mártir da impunidade e patrono da ética, sem dúvidas passando a forte candidato à Presidência da República no ano que vem. Além, é claro, da desmoralização do Supremo. Indaga-se como ficarão os ministros Celso de Mello, Gilmar Mendes e talvez Marco Aurélio Mello, votos prováveis contra os embargos infringentes. É claro que são apenas conjecturas, já que a ninguém será dado afirmar com certeza como se pronunciarão os demais ministros. À exceção de Teori Zavascki e Luis Roberto barroso, que não participaram do julgamento por chegarem recentemente ao Supremo, apenas Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli tem deixado clara sua tendência em aceitar os novos recursos. Os demais são uma incógnita.
A conclusão a tirar é de que amanhã tudo pode acontece. Mas se vencer a corrente da protelação, seguirá o Judiciário no rumo do Legislativo, ou seja, da frustração por parte da opinião pública. Importam menos possíveis argumentos jurídicos em favor do novo julgamento ou até do princípio de que os tribunais devem julgar com a lei, jamais pressionados pela voz das ruas. Porque as ruas fazem parte do processo político. Nenhuma instituição judiciária é uma ilha, blindada contra o que se passa ao seu redor, na sociedade. Nem na primeira, nem na última instância. Imagem negativa registrada no fim de semana de manifestações foi a estátua da Justiça aparecer cercada de grades, no pátio fronteiriço ao Supremo. Teve-se a impressão de que ao invés dos mensaleiros, era ela a condenada à cadeia.
Apesar de tudo, resta aguardar algumas horas. Ou esperar o próximo movimento popular capaz de chegar à Praça dos Três Poderes.
Como garantir o pré-sal
Comprovada a espionagem dos Estados Unidos sobre o mundo, segue-se do geral para o particular. A Petrobras era, e continua sendo, objeto da arapongagem da agência Nacional de Informações americana, com ênfase para o pré-sal. Cada passo da empresa brasileira nos trabalhos de extração de petróleo em águas profundas é monitorado pelos gringos. Junte-se a essa cobiça a presença, já se vão dois anos, de uma nova frota da maior potência bélica do planeta singrando o Atlântico Cul. Com porta-aviões, caças e bombardeiros de última geração, mísseis, submarinos nucleares e montes de destróiers e navios auxiliares. Claro que não é para vigiar as costas africanas. Qualquer tentativa deles se apoderarem da nova riqueza descoberta próximo do nosso litoral será sustentada por toda essa parafernália naval.
E nós, como defenderemos o que é nosso? A Marinha de Guerra nacional carece de meios. O submarino nuclear brasileiro levará vinte anos para ficar pronto, mesmo assim na dependência de tecnologia francesa. A Força Aérea voa com aeronaves na maior parte sucateadas. Fica difícil imaginar quinze minutos de resistência.
Enxugamento
Tem gente achando que o número de ministérios será reduzido quando a presidente Dilma dispensar os ministros que serão candidatos às eleições do próximo ano, provavelmente lá para dezembro ou janeiro. Seria boa oportunidade para o governo livrar-se de penduricalhos incômodos, desnecessário e fisiológicos, criados apenas para satisfazer o apetite de partidos da base oficial. Uma administração enxuta e preparada para o segundo mandato significaria mais do que economia de recursos. Ensejaria a agilização de planos e programas de desenvolvimento nos diversos setores de ação governamental. A perspectiva é do aproveitamento de pessoal mais técnico do que político, dada a disputa para o Congresso e os governos estaduais.

 

 

 

Olides. 

 Fiz a matéria sobre o crime no  edifício Kavanagh. Gostaria que colocasse esta matéria não junto com  as que mandei hoje. Deixa passar um dois dias, 0k. Se posso escrever o livro do seelig, contigo, pode contar, ok. Um abraço Gelson.

 

BUENOS AIRES: O CASO RAWSON
A morte de uma adolescente está mexendo com os brios, imaginação e paranoias de muitos portenhos.

De Buenos Aires
Gelson Farias

Muitas vezes vemos um edifício muito elegante e não imaginamos quanta história se esconde ali. Quem passa pelo edifício Kavanagh, seus 31 andares e 15 elevadores, em frente à Praça San Martín em Buenos Aires se impressiona por sua imponência, mas você talvez não repare nada de diferente, mas o local foi palco de uma história de amor que não terminou muito feliz. A culpa é do porteiro? Pelo menos é o que especulam os jornais e parecem respaldar as evidências forenses. O assassinato virou noticia nas últimas semanas em Buenos Aires, depois que o corpo de uma jovem de 16 anos, de Palermo, apareceu em um lixão. Quando Angeles Rawson apareceu morta, ninguém imaginava que o assassino estaria dentro de seu próprio edifício. Menos ainda que a faceta lúgubre de um personagem tão comum em Buenos Aires viesse à tona. O caso Rawson está mexendo com os brios, imaginação e paranoias de muitos portenhos. Até agora, segundo a polícia de Buenos Aires, todas as pistas levam a um único suspeito: Jorge Mangeri, porteiro do Edifício Kavanagh.

Ele sabe a que horas você chegou, quando saiu, acompanhado de quem, se fez ruído e que ruído fez. Sabe das infidelidades, quem são seus amigos, onde você compra seu lixo, suas contas. Se você tem problemas em casa, acredite, ele sabe. Se você bebeu demais, discutiu com a mulher, comprou um cachorro, recebeu visitas ou viajou, ele vê. Pela manhã, bem cedinho, você os vê lavando as calçadas ou jogando, uma cantada para a moça que passa, tirando o lixo, ou varrendo as folhas caídas do outono. Estou falando do encarregado geral do edifício Kavanagh. Ele acumula as funções de um porteiro com o poder de um síndico, os “encargados” como são chamados por aqui, costumam ganhar bem, têm sindicato forte e possuem poder de decisão sobre as diretrizes do condomínio.

Conta- se por aqui, que os porteiros – á maiorias deles -  tem salários superando 20 mil pesos (algo como 8 mil reais). O sindicato Suterh (dos trabalhadores de edifícios) tem  emissora de rádio e canal de TV. Possui centro cultural de prestígio, clubes, agência de viagens, plano de saúde, academias, escolas e centros de formação, consolidando-se como um dos grêmios mais fortes do país. A sede, por exemplo, é um moderno edifício de sete andares em uma zona central da capital. Entre os benefícios dos associados está até funeral, com direito a velório, cortejo e quatro coroas de flores. São eles os inquestionáveis reis de elegantes edifícios na Recoleta e Palermo Chico, estendendo seu reinado pelos clássicos edifícios da refinada Av. Libertador e mais além.

Segundo o que foi descoberto pela polícia, na madrugada do dia 28 de junho último, o porteiro Jorge Mangeri, teria encontrado a jovem  Angeles Rawson em um corredor do edifício. Angeles, que estudava em um colégio nas proximidades do aeroporto Jorge Newbery, ( aeroparque) visitava seus colegas de escola no edifício seguidamente e  ficou amiga do porteiro. Era  meia noite e trinta minutos, quando os dois conversaram.  Depois de algum tempo, o porteiro teria dito para  Angeles, que havia comprado um presente para ela – queria cumprir a promessa  --  e que deveriam subir até ao primeiro andar. A polícia ouviu muitas vezes o porteiro, mas ele não conta nada com muita clareza. Estes detalhes são deduções que os investigadores retiraram de parte do depoimento.


Pelo que se sabe até agora, porteiro, no caminho, resolve dizer para Angeles que, esquecera a chave do armário em seu apartamento no sexto andar. Algumas testemunhas ouvidas pela polícia, disseram terem visto a jovem Angeles, - ela era muito bonita – na entrada do edifício. Eram 23 horas do dia 28 de junho. Ela estava tranquila, alegre como sempre andava.  Para a polícia, tudo indica que o porteiro, um homem de 58 anos, estivesse loucamente apaixonado pela jovem Angeles, ao encontra-la na garagem, sorrindo. 78 horas depois do sumiço da jovem, seu corpo é encontrado por catadores, num lixão, em  José León Suárez,... Ele contou que fez tudo sozinho, mas não revelou se tivesse preparado matar a linda Angeles naquela noite. O certo é que, ela teria desconfiado da atitude do porteiro, tentado fugir, mas acabou sendo agarrada a força e estuprada. Logo a seguir, ele a matou com esganadura. Esperou pela madrugada e levou o corpo enrolado num lençol branco para o lixão. Ela foi enterrada no cemitério de Olívos.



 

 

 

 

FAMURS RECLAMA DE FALTA DE VERBAS



EM VISITA A SALINHA JCTERLERA O PRESIDENTE DA FAMURS, VALDIR ANDRESS,- já foi deputado estadual,diretor do Banrisul, secretário estadual de mInas e energia, e atual prefeito de Santo Angelo - DISSE QUE NOS ULTIMOS 30 ANOS NUNCA OS MUNICIPIOS FORAM TÃO ESTRANGULADOS PELA FALTA DE VERBAS.
Neste segunda, ele deu entrevista ao jornalista Vilnei Herbistrit, do Brasil Imprensa Livre!

 

 

 

Patronal diz que conceder triênio, ticket e cesta-alimentação não valoriza os jornalistas

 

"Por que todas as cláusulas que estamos discutindo envolvem dinheiro?” A pergunta, feita por um dos representantes do sindicato patronal, quase no fim da negociação desta segunda-feira, dia 9, deixou evidente que os donos de veículos de comunicação ainda não entenderam a situação vivenciada pelos jornalistas.

Mesmo se comprometendo em analisar as reivindicações, o sindicato patronal se mostrou contra apresentar uma proposta que contemple triênio, ticket e cesta-alimentação, com a justificativa de que não valorizam os profissionais.

 

 

 

 

TURMA DA RENATA SORRAH SE DESPEDE DO TSP...

depois de 4 apresentaçãoes no São pédro, os atores ficaram emocionados no domingo de noite e agradeceram a aporto alegre. não via a atria há mai sde 25 anos!

 

 

 

OS VELHOTES DO BARRANCO....

na praça João antonio, no sábado de sol, dia 7/9 cesar tasca e raulino felipe batem um papo, enquanto tasca beberica uma ceva(embora esteja de dieta).

os dois são ex-barranco, hoje cada um com sua tenda negocial.!

 

 

 

 

dona EDith resiste a uma trombose...

depois de passar 3 meses no estaleiro em consquencia de uma trombose,dona Edith Travi, que inventou o iogurte em Gramado e o trouze pra Porto alegre, voltou a sua lojinha da dr. Timoteo. Esta manhã estava lá conversando com todo mundo!

 

 

 

 

Encerramento da Semana da Pátria 2013

Um grande ato de patriotismo e civismo aconteceu em Serafina Corrêa
no sábado, 07 de Setembro de 2013. Poder público, escolas, entidades,
associações e a comunidade serafinense participaram da Caminhada
Cívica, saindo da Gruta Nossa Senhora de Lourdes, passando pela
Avenida Miguel Soccol, até a Praça Papa Pio XII, no centro do
município. Participaram da Caminhada a Escola Municipal Infantil Santa
Lúcia; Pré-Escolar Castelinho do Saber; Escola Municipal Infantil
Nostri Bambini; Escola Municipal Infantil Jeito de
Criança/Proinfância; Escola Municipal Pedacinho de Céu; Escola
Infantil Cheirinho de Mel; Escola Infantil Raio de Luz; APAE; Escola
Municipal Nossa Senhora de Fátima; Escola Municipal Professora
Estherina Marubin; Escola Estadual Maria Costa Marocco; Universidade
Aberta do Brasil ? Polo de Serafina Corrêa; Escola Municipal Leonora
Marchioro Bellenzier; Escola Municipal João Corso; Escola Municipal
Agrícola; Escola Estadual 1º de Maio; Pré-Escolar Criança Feliz;
Escola Estadual Marcos Rampi; Escola Estadual Geny Pinto Cadore;
Escola de Ensino Médio Rainha D?Paz; Colégio Estadual Carneiro de
Campos; Grupo de Escoteiros ROAMA; CTG Galpão da Saudade; CTG Sinuelo
da Serra; Maçonaria; Associação Amigos Tristes; Associação Amigas
Felizes; Rádio Odisseia FM; Lions e Leo Clube; Rotary, Rotaract e
Interact, além de integrantes dos Projetos Sociais do município.
Após a Caminhada Cívica, houve apresentação dos Projetos Sociais
realizados no município, um importante serviço socioassistencial
desenvolvido pela Prefeitura Municipal, através das Secretarias
Municipais de Assistência Social, de Educação e Secretaria Municipal
de Saúde. Esses Projetos atendem aproximadamente 220 crianças e
adolescentes, no turno inverso ao da Escola, que participam de aulas
gratuitas de dança, música, violão, orquestra de flautas, taekwondo,
capoeira, futsal e culinária. A Prefeitura Municipal promove, também,
Oficinas de Educação Física, Dança e Música para Idosos, Grupo de
Mulheres e familiares, que acontecem semanalmente. São atividades que
proporcionam o fortalecimento de vínculos com a comunidade e trazem
benefícios como: prevenção de riscos sociais, desenvolvimento da
coordenação motora, relaxamento muscular, melhoria na autoestima,
equilíbrio do corpo, humor e relações interpessoais, também traz
alegria, bem-estar e qualidade de vida.
Durante o evento, houve a apresentação oficial da Banda Marcial
Municipal, composta por 40 integrantes, vestindo os uniformes
oficiais. Aconteceu, também, o III Encontro do Bolsa Família.
Ao final do evento, houve encerramento da Semana da Pátria, com
arriamento das bandeiras e o Prefeito Municipal entregou o Fogo
Simbólico a um grupo de cavalarianos serafinenses, que o conduziram
até a Brigada Militar e lá permanecerá até o início da Semana
Farroupilha, quando se transformará em Chama Crioula.

 

 

 

 

Não é so de trabalho que serafina é feita. também de bele tose(bonitas gurias) Olides canton

Soberanas de Serafina Corrêa em viagem cultural

Nos dias 30 e 31 de Agosto e 1º de Setembro de 2013, as Soberanas do
município de Serafina Corrêa estiveram participando de um encantador
passeio em Bento Gonçalves/RS, viagem cultural oferecida pela
Atuaserra, Hotel Dall'Onder e ACISCO.
No sábado, foi realizado o passeio turístico de trem a vapor,
memorável atração na Serra Gaúcha, Região Uva e Vinho, a Rainha
Daniela Formagini Marangoni e as Princesas Eloah Vidmar e Taiara
Vicentin foram acompanhadas pela Diretora Executiva da Atuaserra,
Beatriz Paulus. Durante o passeio, puderam assistir às atrações e
apresentações típicas italianas, além de degustação de vinhos e
espumantes, finalizando em Carlos Barbosa, com show de música italiana.
Durante o dia, puderam conhecer, também, o belíssimo Caminhos de
Pedra que busca o resgate e a preservação da cultura dos imigrantes
italianos na serra gaúcha. As Soberanas serafinenses conheceram também
o parque temático Epopeia Italiana, que retrata as diversas etapas da
colonização. Um passeio cultural e muito interessante, contribuindo
com o conhecimento e o resgate da história de toda a região da serra
gaúcha.

 

 

 

 

ornalistas da ESPN provocam ira de gremistas no Twitter; Flavio Gomes é demitido

Diretor da ESPN, João Palomino pediu desculpas no Twitter pelos comentários de Flavio Gomes e Arnaldo Ribeiro após o duelo Grêmio x Portuguesa
IFrame

A rodada do final de semana no Campeonato Brasileiro provocou uma situação desconfortável fora de campo - mais especificamente, na imprensa esportiva. Comentaristas dos canais ESPN Brasil, Flávio Gomes e Arnaldo Ribeiro se desentenderam com torcida e cúpula do Grêmio. O incidente rendeu uma nota de repúdio do clube e um pedido de desculpas da direção do canal de TV por assinatura, além da demissão de Flávio e o afastamento de Arnaldo.

 

Tudo começou no sábado no jogo Grêmio 3 x 2 Portuguesa, pela 19ª rodada do Brasileiro. A partida se encaminhava para um empate por 2 a 2 quando, aos 35min, o árbitro Jaílson Macedo Freitas assinalou um pênalti duvidoso sobre Kleber. Na confusão, a equipe paulistana perdeu dois jogadores por expulsão: Bruninho e Valdomiro. O pênalti foi convertido e os gremistas venceram.

Torcedor da Portuguesa, o jornalista Flávio Gomes perdeu a calma no Twitter e passou a fazer comentários em tom agressivo a respeito do Grêmio. Reclamou do árbitro, chamou o clube de "timinho escroto", e publicou várias ofensas.

 

ESTANDARTE DE OURO

O ESTANDARTE DE OURO DESTA SEMANA VAI PRO PREFEITO DE SANTO ANGELO, VALDIR ANDRES E ATUAL PRESIDENTE DA FAMURS. DANDO ENTREVISTA AO COLEGA VILNEI, DO SITE BRASIL IMPRENSA LIVRE, PERGUNTADO
SOBRE O QUE FARIA CASO HOUVESSE UMA VERBA, O PREFEITO BRINCANDO SAIU-SE COM ESTA:

 

- VAMOS PRA ZONA( NO INTERIOR, A EXPRESSÃO QUER DIZER CHINAREDO, CABARÉ....)

 

ATO CONTINUO VALDIR VIU QUE NA SALINHA TINHA UMA REP[ÓRTER E PEDIU DESCULPAS....

 

EXONERAÇÃO

LUCAS BATISTA FOI EXONERADO DO GABINETE DO DEPUTADO CASSIÁ CARPES(ptb).

 

ESTE É DO INTERIOR!

Esta o presidente da Famurs tirou ontem na salinha JCTerlera.

- Se nós consegirmos dinheiro vamos colocar na ' zona"!!!!

ai se deu conta que tinha uma coleguinha na salinha e pediu desculpas. mas todos riram! ficou legal.

 

Quesilhas da salinhaJCTerlera!

 

 

Uma cena hilária...uma autoridade passou por aqui e um coleguinha se atracou a pedir anuncios...

 

pegou mal.....

 

a PRESENÇA DO PRESIDENTE DA FAMURS VALDIR ANDRES - NA SALINHA JCTERLERA, ONDE PREDOMINA O ' MACHARIO' , ELE NÃO SE DEU CONTA QUE TINHA UMA COLEGA E SAIU COM UMA TÍPICA EXPRESSÃO DO INTERIOR.

- NÃO NA ZONA....

TOPOS RIRAM!

 

 

 

Pedi pro Gelson que me falou na ida lá pro Vilmo Medeirosque fizesse uma matéria sobre o aeromóvel deles. ele me comentou que viu lá. eu já vi isto em Miami, mas isto não tira o mérito do Coester(Olides canton)

Olides. Fiz uma material sobre o trem suspenso, lá de Sydney... Sobre o telefone do delegado do Dops, sim, pode ser que tenha na ASDEP. Não sei se vão de dar o número? Gostei do material do Vilmo... Já estou aqui em Buenos Aires. Um abraço da Enriqueta. Gelson.


SYDNEY: UMA CIDADE DIFERENTE
É estranho pensar que quando o inglês chegou à Austrália, a minha cidade já tinha 50 anos, ou seja, Rio Grande já existia como cidade e na Austrália só existia índios.

De Buenos Aires
Gelson Farias

 

O australiano tem um estilo de vida invejável e com certeza é o que mais me fez gostar do lugar nesses 10 dias em Sydney, me dando a nítida impressão de que “nascemos no lugar errado”. A fartura de parques, totalmente adaptado para o lazer, o trânsito completamente diferente de tudo que eu já tinha visto. E pra quem fica o dia inteiro na rua é fácil encontrar espalhados pela cidade bebedouros e fontes de água potável para encher as garrafinhas da bike. E “e se precisar ir ao banheiro?” Todos os banheiros públicos têm papel, água quente, sabonete líquido e cheiram bem. Uma grande diferença que se percebe é a organização do trânsito em Sydney, e a facilidade para se locomover, mesmo com os traçados das ruas sendo um pouco desordenados.


O povo de Sydney se desloca das seguintes maneiras: caminhando, pedalando, de carro, moto, ônibus, trem, barco (tanto as balsas grandes quanto “táxis aquáticos” para poucas pessoas) ou de Monorail que é um trenzinho aéreo silencioso, que não polui e que nos faz perguntar por que  este sistema , depois de anos, somente agora foi implantado no aeroporto salgado Filho. Este trem existe há bastante tempo em Sydney. Todo o sistema é sustentado por postes de concreto a cada quadra, não incomoda ninguém e ainda é bonito, dando um ar futurista ao visual urbano.

Muito engraçado é quando se fala com brasileiro que está morando na Austrália e comentamos: "cara, isso aqui é um paraíso" e eles nos asseguram que realmente é. A gente vê bikes encostadas em postes, cachorros de raça com a coleira somente enrolada um banco enquanto o dono entra numa loja. As revistas que o morador assina, o carteiro deixa no muro da casa e ninguém pega.  Essa impressão que o turista tem, e que na maioria dos lugares desaparece com a rotina, parece que lá é a realidade.




 

 

 

 

Olides... Mandei este material como preâmbulo de uma boa matéria que foi fazer sobre o kavamagh. Neste local, um grande edifico, uma moradora, jovem, muito bonita foi morta pelo síndico. É uma boa história, ok.

OS 10 EDIFICIOS QUE MAIS CONSIDERO EM BUENOS AIRES

De Buenos Aires
Gelson Farias

Buenos Aires tem uma arquitetura com prédios interessantes que chega quase ser um perigo. Afinal, podemos acabar caindo, tropeçando ou trombando em alguém distraído por olhar para os detalhes de algum edifício. Fiz este apanhado de dez prédios que considero mais elegantes aqui da cidade de Buenos Aires. Todos tem uma história. Mas o caso mais horripilante aconteceu no edifico Kavanagh... Este detalhe fica para mais tarde, ok.

pelo seu formato que mais parece um castelo, suas cores marcantes, e principalmente a sua utilidade, ele abriga 12 gigantescos tanques de água que tem capacidade para mais de 72 milhões de litros de água, o Palácio das Águas Corrientes( foto), ganha o primeiro lugar entre os prédios mais bonitos de Buenos Aires. Calle Riobamba 750, esquina Av. Córdoba.

Este prédio que abriga o Shopping Abasto ( foto), é simplesmente um dos maiores shoppings da cidade de Buenos Aires.  Localizado no bairro que eternizou Gardel, sua enorme estrutura de estilo art deco continua igual do lado de fora,  e  tem cerca de 200 lojas com várias marcas. Antes era um mercado municipal de abastecimento. Morei muito tempo com vista para esse shopping e nunca cansei de olhar pra ele. Endereço: Av Corrientes 3247, bem em cima da Estação Carlos Gardel da linha B do subte (metrô)

Construído em 1919, o Palácio Barolo( foto ) possui várias referências a Dante Alighieri e a Divina Comédia, com a divisão em três partes: Inferno, Purgatório e Céu. Com estilo neo-romântico, neo-gótico, existe uma cúpula que simboliza a união tântrica de Dante e Beatriz, protagonistas da história. Hoje ele  tem vários escritórios de contabilidade e advocacia, mas mesmo assim mantém aberta a visitação ao público, inclusive com visitas guiadas.. Avenida de Mayo 1370.

  Fruto do desamor e rancor de uma moça da antiga sociedade -- que foi assassinada pelo síndico, que a amava, mas que não era correspondido -- esse prédio o Kavanagh ( foto), não só pela sua história surreal, mas como por sua arquitetura é muito bonito.  Está no Bairro do Retiro, numa parte da Calle Florida que muitos nem visitam. Possui um dos metros quadrados mais valorizados de Buenos Aires, sendo residência de vários ricaços e personalidades portenhas. Calle Florida 1065.




Localizado do lado da Plaza Lezama em San Telmo, o Edifício de los Ingleses ( foto), foi construído no início do século passado. Nele moravam os britânicos que trabalhavam na companhia de Trens. A localização era perfeita para os ingleses, já que seguindo pela Av. Caseros ele chegava rapidinho na Plaza Constitución, onde trabalhavam. Está muito bem conservado e atualmente tem vários bons restaurantes no seu piso térreo. Av Caseros, esquina Calle Defensa.

São 42 andares de muito concreto e um ar de Gotan City( foto),  com suas estruturas todas quadradonas. Sua construção começou em 1951 e originalmente ele era chamado ATLAS, sigla de Agrupación de Trabajadores Latino americanos Sindicalizados S.A, que eram os responsáveis por ele. Como o presidente dessa associação era funcionário do então Presidente Perón, o edifício conta com umas surpresinhas. Uma delas é um bunker antinuclear no seu subsolo. Av Leandro Alem, esquina com Av. Córdoba.

Confesso que a presença desse prédio na lista é bastante pessoal. Durante um ano e meio trabalhei no 13º andar do Comega ( foto),  escritório da Brsakem, que é um dos marcos do Microcentro portenho. Tem inúmeros escritórios de empresas e alguns restaurantes nos seus últimos andares, que possuem uma bela vista do Rio de la Plata. Foi até cenário do filme Medianeras, famosa comédia romântica argentina. Construído em 1931, seu nome é culpa da empresa que o fez: Companhia Mercantil y Ganadera. Av Corrientes 222, esquina Av. Leandro Alem.

Podia estar na Coreia do Norte, mas esse prédio está em plena Recoleta. A Biblioteca Nacional ( foto), mais parece um disco voador que acabou de aterrissar em Buenos Aires, já que chama muito a atenção na paisagem da cidade. Construída por Clorindo Tesla, mestra do movimento brutalista, o edifício foi inaugurado em 1992.


  Localizado ao lado do Congresso Argentino, o edifício da Confitería del Molino( foto),  hoje está fechado e abandonado, uma tristeza só. Foi inaugurado em 1917 e possui um tipo de hélice de um moinho em seu topo, homenagem ao comércio que havia no local antes da construção do prédio. Em 1996, durante uma folga da gravação do filme Evita, Madonna usou a instalação da Confitería del Molino para gravar o clip da música “Love don’t live here anymore”. No ano seguinte o prédio fechou e iniciou sua decadência. Esquina das avenidas Callao e Rivadavia, perto do edifico que moro hoje.



Alguns dizem que esse edifício ( foto), foi a inspiração para um famoso tango “ 70 balcones e ninguna flor”, já que ele tem trocentas janelas e sacadas, mas nenhuma rosa. Recentemente ele foi reformado, ressaltando ainda mais sua beleza. O que impressiona é o tamanho do prédio, inaugurado em 1908: ele ocupa praticamente um quarto do quarteirão. Seus andares mais altos possuem apartamentos gigantes com mais de 10 cômodos. Esquina Av Corrientes e Pueyrredón.

 



 

 

 

 

de São Borja


Por Letier Vivian!
Emplaquei um requerimento com a Deputada Juliana.
Pedi a ela semana passada que requeresse a criação de uma comissão externa da AL para acompanhar a exumação do Jango.
Ela protocolou e amanhã estará na pauta de votações em plenário.
Abaixo cópia do mesmo.
Abraço!

Requerimento de Comissão de Representação Externa nº 5 /2013
Deputado(a) Juliana Brizola + 31 Dep(s)
Excelentíssimo Senhor,
Deputado Pedro Westphalen
Presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul
Senhor Presidente:
A Deputada que este subscreve requer, perante Vossa Excelência, nos termos dos
artigos 75, 89, 89-A e 90 do Regimento Interno desta Casa Legislativa, a instalação de COMISSÃO DE
REPRESENTAÇÃO EXTERNA tendo por objeto “ACOMPANHAR A EXUMAÇÃO DO CORPO DO
EX PRESIDENTE JOÃO GOULART”, garantindo os interesses do Município de São Borja e do Estado do
Rio Grande do Sul.
Ante a alta relevância do tema, consubstanciada pela necessidade de averiguação
das circunstâncias da morte do ex-presidente, ocorrida em 1976, além da comoção interna que o deslocamento de
seu corpo de São Borja para a capital federal vem causando nos moradores daquele município, haja vista o receio
de que seus restos mortais jamais retornem a sua cidade natal, extremamente relevante que este parlamento
participe das atividades e acompanhe os procedimentos que serão adotados para apuração dos fatos.
Termos em que pede deferimento.
Sala das Sessões, em 04 de setembro de 2013
Deputado(a) Juliana Brizola
Deputado(a) Adão Villaverde Deputado(a) João Fischer
Deputado(a) Adolfo Brito Deputado(a) Marcelo Moraes
Deputado(a) Aldacir Oliboni Deputado(a) Maria Helena Sartori
Deputado(a) Alexandre Postal Deputado(a) Marisa Formolo
Deputado(a) Aloísio Classmann Deputado(a) Marlon Santos
Deputado(a) Altemir Tortelli Deputado(a) Miki Breier
Deputado(a) Ana Affonso Deputado(a) Miriam Marroni
Deputado(a) Cassiá Carpes Deputado(a) Nelsinho Metalúrgico
Deputado(a) Catarina Paladini Deputado(a) Paulo Borges
Deputado(a) Decio Franzen Deputado(a) Paulo Odone
Deputado(a) Edegar Pretto Deputado(a) Raul Carrion
Deputado(a) Frederico Antunes Deputado(a) Raul Pont
Deputado(a) Gerson Burmann Deputado(a) Ronaldo Santini
Deputado(a) Gilmar Sossella Deputado(a) Valdeci Oliveira
Deputado(a) Heitor Schuch Deputado(a) Vinicius Ribeiro
Deputado(a) Jeferson Fernandes

 

desempenho

Estou saindo agora d euma peça da Renata Sorrah, no SPedro. N~]ao a via no palco há mais de 25 anos. continua explendorosa na sua madureza e que atriz.

fizeram 4 apresentações do Em Cena de seua peça cujo nome não vem ao caso e lotado,sempre.


Tamb ém fui ver um filme pernanbucano em p e b, mas não achei o bicho!

 

 

 

 

O Futuro do PT
Lúcia Hippólito
“Nascimento” do PT:
O PT nasceu de cesariana, há 33 anos. O pai foi o movimento sindical, e a mãe, a Igreja Católica, através das Comunidades Eclesiais de Base.
Outros orgulhosos padrinhos foram os intelectuais, basicamente paulistas e cariocas, felizes de poder participar do crescimento e um partido puro, nascido na mais nobre das classes sociais, segundo eles: o proletariado.
“Crescimento” do PT:
O PT cresceu como criança mimada, manhosa, voluntariosa e birrenta. Não gostava do capitalismo, preferia o socialismo. Era revolucionário. Dizia que não queria chegar ao poder, mas denunciar os erros das elites brasileiras.
O PT lançava e elegia candidatos, mas não "dançava conforme a música". Não fazia acordos, não participava de coalizões, não gostava de alianças. Era uma gente pura, ética, que não se misturava com picaretas.
O PT entrou na juventude como muitos outros jovens: mimado, chato e brigando com o mundo adulto.
Mas nos estados, o partido começava a ganhar prefeituras e governos, fruto de alianças, conversas e conchavos. E assim os petistas passaram a se relacionar com empresários, empreiteiros, banqueiros.
Tudo muito chique, conforme o figurino.
“Maioridade” do PT:
E em 2002 o PT ingressou finalmente na maioridade. Ganhou a presidência da República. Para isso, teve que se livrar de antigos companheiros, amizades problemáticas. Teve que abrir mão de convicções, amigos de fé, irmãos camaradas.
Pessoas honestas e de princípios se afastam do PT.
A primeira desilusão se deu entre intelectuais. Gente da mais alta estirpe, como Francisco de Oliveira, Leandro Konder e Carlos Nelson Coutinho se afastou do partido, seguida de um grupo liderado por Plínio de Arruda Sampaio Junior.
Em seguida, foi a vez da esquerda. A expulsão de Heloisa Helena em 2004 levou junto Luciana Genro e Chico Alencar, entre outros, que fundaram o PSOL.
Os militantes ligados a Igreja Católica também começaram a se afastar, primeiro aqueles ligados ao deputado Chico Alencar, em seguida, Frei Betto.
E agora, bem mais recentemente, o senador Flávio Arns, de fortíssimas ligações familiares com a Igreja Católica.
Os ambientalistas, por sua vez, começam a se retirar a partir do desligamento da senadora Marina Silva do partido.
Quem ficou no PT?
Afinal, quem do grupo fundador ficará no PT? Os sindicalistas.
Por isso é que se diz que o PT está cada vez mais parecido com o velho PTB de antes de 64.
Controlado pelos pelegos, todos aboletados nos ministérios, nas diretorias e nos conselhos das estatais, sempre nas proximidades do presidente da República.
Recebendo polpudos salários, mantendo relações delicadas com o empresariado. Cavando benefícios para os seus. Aliando-se ao coronelismo mais arcaico, o novo PT não vai desaparecer, porque está fortemente enraizado na administração pública dos estados e municípios. Além do governo federal, naturalmente.
É o triunfo da pelegada.
O PERIGO É O SILÊNCIO

Eu pediria a todos que receberem esse e-mail o favor de ler o texto por inteiro, com calma e atenção e, se puder e entender que seja pertinente, gastar um tempinho, para reenviá-lo a todos da sua lista.

Diamantina, Interior de Minas Gerais, 1914.
O jovem 'Juscelino Kubitschek', de 12 anos, ganha seu primeiro par de sapatos.
Passou fome. Jurou estudar e ser alguém. Com inúmeras dificuldades, concluiu o curso de Medicina e se especializou em Paris.
Como Presidente, modernizou o Brasil.
Legou um rol impressionante de obras e; humilde e obstinado, era (E AINDA É) querido por todos.

Brasília, 2003.
Lula assume a presidência. Arrogante, se vangloria de não haver estudado.
Acha bobagem falar inglês. 'Tenho diploma da vida', afirma. E para ele basta.
Meses depois, diz que 'ler é um hábito chato'.
Quando era 'sindicalista', percebeu que poderia ganhar sem estudar e sem trabalhar - sua meta até hoje.

Londres, 1940.
Os bombardeios são diários, e uma invasão aeronaval nazista é iminente.
O primeiro-ministro W. Churchill pede ao rei George VI que vá para o Canadá.
Tranquilo, o rei avisa que não vai.
Churchill insiste: então que, ao menos, vá a rainha com as filhas. Elas não aceitam e a filha entra no exército britânico; como 'Tenente-Enfermeira', e, sua função é recolher feridos nos bombardeios.
Hoje ela é a 'Rainha Elizabeth II'.
Brasília, 2005.
A primeira-dama (? que nada faz para justificar o título) Marisa Letícia, requer 'cidadania italiana' - e consegue.
Explica, candidamente, que quer 'um futuro melhor para seus filhos'.
E O FUTURO DOS NOSSOS FILHOS, CIDADÃOS E TRABALHADORES BRASILEIROS?

Washington, 1974.
A imprensa americana descobre que o presidente Richard Nixon está envolvido até o pescoço no caso Watergate. Ele nega, mas jornais e o Congresso o encostam contra a parede, e ele acaba confessando.
Renuncia nesse mesmo ano, pedindo desculpas ao povo.
Brasília, 2005.
Flagrado no maior escândalo de corrupção da história do País, e tentando disfarçar o desvio de dinheiro público em caixa 2, Lula é instado a se explicar.
Ante as muitas provas, Lula repete o 'eu não sabia de nada', e ainda acusa a imprensa de persegui-lo.
Disse que foi 'traído', mas não conta por quem.

Londres, 2001.
O filho mais velho do primeiro-ministro Tony Blair é detido, embriagado, pela polícia.
Sem saber quem ele é, avisam que vão ligar para seu pai buscá-lo.
Com medo de envolver o pai num escândalo, o adolescente dá um nome falso.
A polícia descobre e chama Blair,' que vai sozinho à delegacia buscar o filho'.
Pediu desculpas ao povo pelos erros do filho.
Brasília, 2005.
O filho mais velho de Lula é descoberto recebendo R$ 5 milhões de uma empresa, financiada com dinheiro público. Alega que recebeu a fortuna vendendo sua empresa, de fundo de quintal, que não valia nem um décimo disso.
O pai, raivoso, o defende e diz que não admite que envolvam seu 'filhinho nessa sujeira'? ? ?

Nova Délhi, 2003.
O primeiro-ministro indiano pretende comprar um avião novo para suas viagens.
Adquire um excelente, brasileiríssimo 'EMB-195', da 'Embraer', por US$ 10 milhões.
Brasília, 2003.
Lula quer um avião novo para a presidência. Fabricado no Brasil não serve.
Quer um dos caros, de um consórcio franco-alemão. Gasta US$ 57 milhões e,
AINDA, manda decorar a aeronave de luxo nos EUA. 'DO BRASIL NÃO SERVE'.
E você, já decidiu o que vai fazer nos próximos minutos?
Vamos repassar esse e-mail para nossos contatos!
Vamos dar ao BRASIL uma nova chance!
Ele precisa voltar para o caminho da dignidade.
Nós não merecemos o desgoverno que se instalou em nosso País e temos a OBRIGAÇÃO de acordar e lutar antes que seja tarde.
'O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética.
O que mais preocupa é o silêncio dos bons.'
Martin Luther King

 

 

 

GOSTAR DE VIAJAR


Antonio Augusto Bandeira



Antonio sempre gostou de viajar.Conhecer outros locais,pessoas estranhas, hábitos diferentes, conviver com imprevistos,somar surpresas.

Este ano já estivera no Rio de Janeiro durante um mês, fora ao México (Cancun) e ao Panamá que não conhecia e do qual muito gostou.Agora queria ir antiga Iugoslávia e voltar á Paris.

Assim embarcou de Porto Alegre para o Rio (Galeão), de lá para Paris onde turbulências fez o vôo atrasar, chegar em Paris correndo e se mandar para Zagreb(Capital da Croácia).

Até agora Antonio seguiu um roteiro.Para ele foi fundamental pedir uma cadeira de roda, para os aeroportos, quando programou a excursão. O aeroporto Charles de Gaulle (Paris) é muito grande. Se não fosse assim, uma moça empurrando, Antonio teria perdido o avião para a capital da Croácia, pois levaria tempo buscando caminhos...Mesmo assim foi o último a entrar...

Aprendeu uma lição.Deveria ter ido um dia mais cedo...

Vivendo e aprendendo.

 

 

 

 

15 ANOS DE INJUSTIÇA!

ImprimirE-mail
Publicado em Quinta, 05 Setembro 2013 20:58

 

Há 15 anos Cinco antiterroristas cubanos foram sequestrados pelo FBI e mantidos em cárceres privados nos Estados Unidos. Diante da inflexibilidade do governo estadunidense e das irregularidades cometidas pela Justiça daquele País, durante e após os julgamentos foi deflagrada uma campanha internacional para pressionar Barak Obama a libertá-los.

Por Vânia Barbosa

No próximo dia 12 de setembro a Associação Cultural Rose Martí do Rio Grande do Sul vai realizar um ato para denunciar a prisão dos Cinco antiterroristas cubanos, presos, em setembro de 1998, em território estadunidense pelo FBI, medida considerada em Cuba e pela comunidade internacional como uma das maiores violações e farsas jurídicas da atualidade, inclusive, à própria Constituição norte – americana.

O evento corre às 19h, no Espaço da Convergência Deputado Adão Pretto, térreo da Assembleia Legislativa do RS, centro de Porto Alegre.

Antônio Guerrero, Fernando Gonzalez, Geraldo Hernandez, Ramon Labañino e René González faziam parte da Rede Vespa - um grupo de doze homens e duas mulheres, criada por Cuba no início da década de 1990 -, que foram enviados aos Estados Unidos para monitorar alguns dos 47 grupos terroristas - anticastristas sediados na Flórida e obter informações para evitar novos ataques ao território cubano.

Desde o Sul da Florida Cuba foi alvo de mais ataques terroristas do que qualquer outro país no mundo, e que resultaram na morte de 3.478 pessoas e deixaram 2.099 feridas. Com o consentimento de Washington em cinco anos foram realizados, entre outros, 127 ataques e a introdução da dengue hemorrágica no País.

Em 1976 duas bombas explodiram a bordo de um avião da Cubana de Aviação, causando a morte de 73 pessoas, a maioria integrante da equipe juvenil cubana de esgrima, que retornava da Venezuela após receber a maioria de medalhas de ouro em um campeonato naquele País. As bombas foram colocadas em Barbados pelos terroristas de origem cubana, Orlando Bosch (já falecido) e Luis Posada Carriles, ligados a Agencia Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos. Carriles – também eenvolvido em atentados contra países da América – Latina - mora em Miami, não pagou pelos seus crimes e até hoje é protegido e mantido financeiramente pelos sucessivos governos estadunidenses.

Em trinta ocasiões Havana formalizou protestos à Washington, e como resposta em 12 de setembro de 1998 o FBI prendeu os Cinco. Teve inicio a mais longa e cruel farsa judicial que impressionou, inclusive, grandes juristas dos EE.UU, além de organismos como a Anistia Internacional e o Grupo de Trabalho das Nações Unidas sobre Detenções Arbitrárias.

Após a prisão os Cinco foram mantidos em isolamento durante 17 meses antes de serem condenados. Declarados culpados e sem nenhuma prova, Gerardo Hernández Nordelo foi condenado a duas prisões perpétuas e 15 anos de prisão; Ramón Labañino Salazar, a uma prisão perpétua e 18 anos; Antonio Guerrero Rodríguez, uma prisão perpétua e 10 anos; Fernando González Llort, 19 anos e René González Sehwerert, 15 anos.

Os processos de condenação são repletos de inconsistência, uma vez que os conceitos legais dentro do direito penal internacional não permitiam o enquadramento dos cubanos. Os Cinco não estavam em conluio para atingir uma comunidade determinada, mas buscavam evitar que fossem atingidos inocentes em Cuba. Outra justificativa para a condenação diz respeito às provas que deveriam constar no processo sobre o crime alegado, ou seja, o de conspirar contra o estado norte- americano. Mais uma vez ficou evidente a farsa, pois sabiam que os Cinco estavam ali para prevenir ações terroristas contra a Nação cubana, portanto neste caso também não havia provas que justificassem tal acusação.

Além das penas a que foram submetidos, os cubanos têm ainda um castigo adicional e que fere a própria legislação norte - americana: as dificuldades para a concessão de vistos e a permissão das visitas dos familiares nos Estados Unidos.

Recentemente e após ter cumprido toda a pena, o cubano René González foi condenado a permanecer nos Estados Unidos por mais três anos, em regime de liberdade supervisada, sob a alegação de também possuir cidadania estadunidense. Por meio de uma permissão judicial viajou a Cuba em razão da morte do pai, e dali entrou com o pedido de renuncia à sua cidadania estadunidense para modificar as condições da sua liberdade e garantir o seu retorno e a sua permanência em Cuba.

O caso dos Cinco consta, ainda, como denúncia no livro Os últimos soldados da Guerra Fria - A história dos agentes secretos infiltrados por Cuba em organizações de extrema direita dos Estados Unidos, do escritor Fernando Morais. A obra narra a presença dos agentes cubanos em território estadunidense e revela os tentáculos de uma rede terrorista com sede na Flórida e suas ramificações na América Central, e que tem o apoio nos EE.UU de membros dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, inclusive do próprio presidente Barak Obama. (ver vídeohttp://www.youtube.com/watch?v=KP6Wd7-8xxY).

Fernando Morais afirma que “as agressões sofridas por Cuba, não só após o fim da União Soviética, mas desde que a Revolução triunfou em 1959, foram planejadas e financiadas por grupos de extrema direita de Miami”. Segundo o escritor “o governo norte – americano depende da grande influência dos cubanos dissidentes e residentes na Flórida, e que para isso forjou um processo absolutamente inconsistente do ponto de vista formal, desconhecido da maioria dos estadunidenses. Assim trata de punir os Cinco de maneira autoritária e ilegal”.

Diante da inflexibilidade do governo estadunidense e das irregularidades cometidas pela Justiça daquele País, durante e após os julgamentos foi deflagrada uma campanha internacional para denunciar que o caso dos Cinco é um processo político e requer a solidariedade mundial para pressionar Barak Obama a libertá-los. Milhares de intelectuais em todo o mundo- entre eles 10 Prêmios Nobel -, militantes políticos e sociais e chefes de Estado e de Governo já se manifestaram publicamente ao presidente Nobel da Paz e defensor do antiterrorismo para que utilize as prerrogativas do seu cargo, previstas e garantidas pela Constituição do seu País, e liberte os antiterroristas.

Associação Cultural José Martí/RS apresenta novo site que integra outras mídias

ImprimirE-mail
Publicado em Quinta, 05 Setembro 2013 22:12
ACJM/RS, em 05 de setembro de 2013.

Por Vânia Barbosa

Além do ato pela libertação dos Cinco antiterroristas cubanos, presos há 15 anos nos Estados Unidos, no próximo dia 12 de setembro, às 19h, no Espaço da Convergência Deputado Adão Pretto, a Associação Cultural José Marti/RS vai apresentar o seu novo site desenvolvido com tecnologia livre.

O site permitirá aos internautas acessar e pesquisar diversos conteúdos e estar conectado com outros portais de notícias de sindicatos e instituições apoiadoras da ACJM/RS, e demais portais com informações de grande importância na América Latina e no mundo.

Priorizando categorias para publicações sobre o governo e a sociedade cubanos, a Associação também destaca espaços para notícia, eventos, vídeos, reportagens e artigos de caráter sócio/político e de interesse estadual, nacional e internacional.

Elaborado pela Eagle Tecnologia & Design, durante todo o projeto e desde a concepção do layout até o desenvolvimento do sistema, a empresa teve a preocupação em compreender e acompanhar com bastante profundidade as características essenciais que não poderiam faltar num web site comprometido com as causas sociais e que também dialogasse com as expectativas de todos os Associados e simpatizantes da José Marti.

A integração com as redes sociais para maior divulgação e acesso às informações também merece ser lembrada com um ponto muito positivo do novo sistema.

 

 

 

 

 

11ª Cavalgada Farroupilha passou por Serafina Corrêa

A 11ª edição da Cavalgada Farroupilha teve o objetivo de resgatar a
cultura do Rio Grande do Sul, além de valorizar todas as pessoas que
levam nossa história adiante. Cerca de 20 cavalarianos do Grupo Última
Tropeada de Marau realizaram, neste ano, 11ª edição da Cavalgada
Farroupilha. A Cavalgada acontece de 1º a 08 de Setembro de 2013,
passando pelos municípios de Passo Fundo, Camargo, Nova Alvorada,
Montauri, Serafina Corrêa, Paraí, São Domingos do Sul, Casca, Santo
Antônio do Palma e Gentil, num total de 240 quilômetros.
O município de Serafina Corrêa recebeu a 11ª Cavalgada Farroupilha no
dia 04 de Setembro de 2013. A recepção aconteceu no Giga's Camping
Carreiro, com a presença de autoridades municipais, tradicionalistas e
convidados. Durante o evento, o Prefeito Municipal, Ademir Antônio
Presotto, entregou a Chave do município de Serafina Corrêa, símbolo da
hospitalidade e acolhida aos cavalarianos. Também houve entrega do
Diploma de Reconhecimento, enaltecendo a 11ª Cavalgada Farroupilha,
pelo seu valor cultural e histórico. O homenageado foi José Vitório
Damarén, de Marau, e de Serafina Corrêa, foi Santo Ferreira Muniz,
mais conhecido como Gaúcho. Seu destaque para o fogo de chão que fazia
há anos no Galpão 20 de Setembro, onde servia chimarrão durante toda a
Semana Farroupilha. Uma pessoa que sempre vestiu a pilcha e transmitiu
a cultura do estado do Rio Grande do Sul. Foi um momento de
valorização da cultura gaúcha, além de homenagear as pessoas que
contribuem para sua preservação e cultuam nossas raízes.

 

 

 

 

 

O CABEÇÃO ANDA BEM DE MEMÓRIA


NA CONVERSA DE DUAS HORAS QUE TIVEMOS COM O CABEÇÃO - VILMO MEDEIROS - NA SUA CASA EM CANOAS, O COLEGA MENCIONOU ALGUNS NOMES DE OUTROS COLEGAS.

FIZ UMA ESPECIE DE RETROSPECTIVA, UM RESUMI NHO DO QUE O CABEÇÃO FALOU

- nELSÃO fERRÃO, O MOLA

ERA O EDITOR DE POLICIA, DA ZERO, NO FINAL DOS ANOS 70. vILMO ESTAVA DE CHEFE D AIMPRENSA DA CAMARA MUNICIPAL E RECEBEU UMA VISITA INESPERADA, DO MOTORISTA CAFURINGA(ERCIO DE NOME, NATURAL DE DOM PEDRITO)

- o lAURO MANDOU AQUI TE BUSCAR. lAURO SCHIRMER, ERA O EDITOR CHEFE DO ZERO HORA.

VILMO FOI LÁ. TINHA MAIS GENTE NA SALA E ENTÃO O LAURO PEDIU ARREGLO. QUERIA QUE O VILMO ASSUMISSE A COBERTURA DO CASO DOS 6 GURIS SEQUESTRADOS PELO SANTINO FERREIRA DA SILVA, POIS A FOLHA DA TARDE ESTAVA LAVANDO A ÉGUA. ( COM UM EDITOR DAQUELES, O FOLHA DA TARDE SÓ PODIA LAVAR A ÉGUA MESMO...)

vILMO MEIO QUE IMPOS CONDIÇÕES. DE UNS 40 REPORTERES QUE CUIDAVAM DO CASO, ELE PEDIU AO LAURO QUE FICASSE APENAS ELE, BETINHO HIRTZ(BETO BIRONHOA) O jUCA PARANGA(jUAREZ hASSE) mILTON gALDINO E PARECE QUE SERGIO LIMA. vILMO NÃO TEM TANTA CERTEZA SOBRE O ULTIMO NOME.

PRIMEIRO COISA QUE O VILMO FEZ APOS O LAURO CAPITULAR E DEIXAR ELE MANDAR NA HISTÓRIA.

LIGOU PRO PEDRO SEELIG, DO DOPS E DISSE...TENHO ISTO,ISTO,...ISTO...COMO É O NEGÓCIO.

PEDRO, QUE VILMO CHAMA DE PEDRÃO, DISSE:
- VOU TE DIZER TUDO, MAS NÃO PODE REVELAR.

AI ENTROU EM CAMPO O BETINHO HIRTZ QUE TERIA DADO UM PONTAPÉ NA PORTA DA CASA DA MÃE DO SANTINO PRA SABER ONBDE O FILHO ANDAVA. QUANDO O BETINHO HIRTZ CHEGOU LÁ ELE A RECEM TINHA PICADO A MULA COM O DINHEIRO DO RESGATE. FOI PRESO DEPOIS PELO CAPITÃO KELETER DO COMANDO DA POLICIA RODOVIARIA ESTADUAL, NA TA BAI.JUNTO A UM RESTAURANTE, CAMINHANDO A BEIRA DO CAMINHO.

VILMO DIZ QUE POR O PE´NA PORTA DA MAE DO SANTINO É DO JOGO DO REPORTER POLICIAL. E A ZERO PASSOU A FURAR A FOLHA DA TARDE, DEPOIS QUE ELE ASSUMIU O CASO.

 

lEOPOLDO rUZICKI.

VILMO PERGUNTOU POR ELE, MAS NÃO SEI BEM O MOTIVO. O LEOPOLDO ESTÁ VIVO.

armando burd

bURD FOI QUEM LEVOU O VILMO MEDEIROS, O BETINHO HIRTZ E O AUGE FERREIRA PRO DIÁRIO CATARINENSE.
FOI COM ELE QUE O VILMO ARMOU A DEMISSÃO DE 120 JORNALISTAS E A TROCA POR OUTROS SELECIONADOS NO SUL. OS COLEGAS DE LÁ NEM SABIAM QUE OUTROS ESTAVAM SENDO TREINADOS. FORAM POSTOS NO OLHO DA RUA DO DIA PRA NOITE,QUANDO SE APRESENTAVAM PRA TRABALHAR.

NÃO PODIAM VOLTAR NEM PRA PEGAR SUAS COISAS NA REDAÇÃO. TINHAM QUE PEGAR NO DEPTO PESSOAL E RPONTO.
A TURMA QUE FOI IMPLANTAR O DC FICOU SURPRESA PORQUE OS COLEGUINHAS ESTAVAM TODOS FAZENDO CAMPANHA PRO PT, MAS TRABALHANBDO POUCO NO DC. UNS IAM A PRAIA DE MANHÃ, OUTRO ESTUDAVA E A MANHA FICAVA DESCOBERTA NO JORNAL. SÓ IAM DAS 3 DA TARDE AS 11 DA NOITE.

bRUNO fERREIRA -

tRABALHOU NO dc NO MESMO TEMPO QUE O VILMO MEDEIROS.


MAS VILMO NÃO ENTROU EM DETALHES SOBRE O COLEGA. APENAS DISSE QUE FORAM COLEGAS. O BRUNO ERA SECRETÁRIO GRAFICO DO DC.

aldo ferreira gomes

Não tem nada a ver com o DC.

Tem a ver com aradio Gaúcha, em 1963/1964 quando Vilmo entrou lá. Em1 964, quando o Dilmar Machado foi trabalhar com o Sereno Chaise na prefeitura - do PTB - Aldo passou a ser o chefe do jornalismo da Gaucha.
E como a Gaúcha era tida por rádio ' trabalhsita' ligado ao Jango e ao Brizola - ninguém queria ir entrevistar o Ildo Menheghetti, governador, quando voltou de Passo Fundo, vitorioso pra capital(ele tinha fugido pra lá,quando arrebentou o golpe de 64) . Ninguém queria ir entrevistar pela gaucha o governo da Redentora e Vilmo pegou seu Geloso e foi(geloso era um gravador,grande que havia na época.)


 

 

 

 

espolio de cassia carpes

Como o Cassia carpes(PTB) vai largar a politica - pelo menos ele diz isto - já tem gente de olho no seu espolio de são borja. Não é nada, são 10 mil eleitores que votaram nele na ultima eleição.

O Jorge Possebon(de santa maria) tá de olho naquele espólio...

e outra é a deputada Juliana Brizola, que tem ido toda hora a são borja.

 

 

 

 

Morte de peixes preocupa Administração Municipal

A Prefeitura Municipal foi comunicada, através da secretaria do Meio Ambiente, no dia 02 de setembro, sobre um fenômeno atípico que levou centenas de peixes à morte. O comunicado foi feito pela Corsan e logo se iniciou um processo conjunto para evitar a propagação dos riscos e danos na barragem localizada aos fundos do aeroporto de São Borja, em um espaço de propriedade militar.
Na ocasião foi feita uma análise prévia pelo serviço técnico da unidade local da Corsan, onde se constatou que a oxigenação da água não estava comprometida, não sendo causa morte dos animais. Por isso, uma amostra da água foi coletada e enviada para o laboratório da Corsan em Porto Alegre, de onde deverá ser expedido um laudo com informações precisas dentro dos próximos dias.
Devido o risco de uma maior contaminação, a secretaria do Meio Ambiente, a Corsan, o 2ª RC Mec, a Companhia de Engenharia e a Patram entraram em consenso sobre a realização de um mutirão de limpeza na barragem. A ação iniciou no dia 03 de setembro, comandada pelo tenente Rosito da 1ª Companhia de Engenharia Souza Docca.
Os peixes retirados da barragem, foram aterrados para diminuir o impacto ambiental. Apesar disso, segue a preocupação das autoridades envolvidas que devem continuar monitorando a área. Com a chegada do laudo da análise feita pela Corsan, uma reunião deve ser feita para discutir com as entidades, as providencias que devem ser tomadas.
O prefeito Farelo Almeida determinou que a equipe da prefeitura acompanhe todas as fases do processo de identificação e solução das causas desse incidente. Ele ainda afirmou que é muito importante que todos os cuidados necessários sejam tomados para que isso não ocorra novamente e pôs a Administração Municipal a disposição das demais instituições no que for necessário para garantir a eficácia das ações.





 

 

 

 

o cabeção anda faceiro...

 

Pra quem como eu que achava que ia encontrar o colega - foi meu chefe na policia da zero - empertigado encima de uma cadeira de rodas - o achei sem dentes,sem cabelos, barriguado e segundo ele brocha - não é nada...porque nos esperou na rua...

quando eu e o Gelson nos perdemos no bairro dele em canoas, ele dizia pelo celular...estou aqui na rua esperando voces. ai fiquei pensando na melhor das hipoteses..

enfim,quando chegamos ele estava realmente nos esperando.

 

Pra mim seus rompantes não foi nada de novo. O Vilmo é assim mesmo..nós que o conhecemos sabemos de suas reações.

 

ele contou poucas e boas que passou no DC na época da implantação do jornal da RBS. O Vilmo é do time da linha de frente, missão pra cumprir ele cumpre.

 

Hoje de manhã encontreio Nilson Mariano que o conheceu na pracinha da Encol e falei nele. O Nilson só disse:

- O Vilmo é amigo dos amigos deles.

 

Que bom...

eu sofri nas mãos dele. Tinha que estar as sete horas no café do hotel em Tramandaí pra depois cumprir as pautas que ele dava. Mas sei que ele quando chefiou o HOJE da RBS dáva tanta putiada nas guriazinhas que elas iam chorar no banheiro..

 

 

 

 

NO FIM DA VIDA, VILMO - 2 CASAMENTOS - FICOU MORANDO COM UMA CACHORRADA. ELE CONVERSA COM OS BICHOS, PARECE QUE SÃO SUA GRANDE COMPANHIA....

 

 

 

 

o pai de vilmo numa foto colocada colocada na parede. O pai do colega aparece numa praia de Floripa,segundo o Vilmo é armação ,ou campeche, são as praias do sul de Ilha de Floripa, onde Vilmo morou 12 anos!

 

 

 

o RETRATO DA FILHA DE VILMO GUARDADO COM CARINHO ENCIMA DO ARMÁRIO! ELA É GINECOLOGISTA E RESIDE EM PORTO ALEGRE!

 

 

 

 

MAIS FOTOS DO ' CABEÇAO" COMO ERA CHAMADO O VILMO NAS REDAÇÕES

 

 

 

 

O ' cabeção' em sua casa em Canoas

 

Vilmo Medeiros descansa no seu sofá de sua casa. Peguei umas fotos diferentes.

 

Pra era considerado ' morto' está muito bem!

 

 

 

 

CASARTELLI FOI DESCOBERTO PELO ' GARGANTA PROFUNDA"

A maracutaia do vereador Casartelli com seu 1 milhão de reais em livros foi descoberta pelo ' garganta profunda" que andam sempre pelos corredores de políticos.

Ele pautou a mídia hoje, dia 6/09

Parabens ao GARGANT A PROFUNDA!

 

 

 

 

CARROCEIROS VÃO SAIR MESMO DE NOSSAS VIDAS???

 

Sou simpatico aos carroceiros. Agora pra cidade ficar ' bonitinha' e ' preparada pra copa' vão tirar os carroceiros. mas ouvi falar que eles vão quebrar carros, incendiar e fazer baderna. sempre tem um carroceiro que passa na madrugada de domingo pra segunda na av. lavras pra recolher o nosso lixo...

então viva os carroceiros.

 

Estas fotos são desta semana que eles fizeram protesto na frente d aprefa do novo riquinho Fortunatti....(quem te viu, quem te ve....prefeito)

 

 

 

 

O CARRO DA CALÇADA DA LAVRAS...

 

Um ' azulzinho' ficou na manhã da quinta campanando o dono deste carro que dorme sempre na calçado do prédio onde mora.

 

Eu campanei ele e fiz esta foto...

 

Ninguém respeita mesmo esta EPTC!

 

 

 

 

Coleguinhas

VILMO MEDEIROS NÃO MORREU:

VIVE EM CANOAS

- O "mangona, a baleia assassina" está morta, diziam no café a Brasileira, na Uruguai onde as jararacas mais antigas do jornalismo se reunem todos os dias pra falar mal de todo mundo.

Mangona, era o apelido que deram ao Vilmo Medeiros na Zero Hora, nos anos 70, só pra irrita-lo. Ele tinha outros apelidos: cabeção,entre tantos.

Tempos atrás recebi um mail do seu filho - que muitos também diziam estar morto mas que sofreu na verdade um acidente e hoje vive ou em Alvorada,ouCachoeirinha(não tenho certeza).

O mail do filho do Vilmo falava no ' saudoso' pai, o que me fez crer também que ele não tivesse mais entre nós.

Mas no enterro do Milton Galdino, o Aryzinho dos Santos me falou que o Vilmo lhe ligara falando que queria estar no enterro do colega mas que os médicos o proibiram ( ele teve ' apenas' 6 AVCs, ou derrames, como o Vilmo os chama e convive bem com eles.

Aryzinho me passou os contatos e eu fui falando com o Vilmo, amansando a fera, porque não nós víamos há seguramente 30 anos.

Ele fora meu chefe na ZH,depois nunca mais nos cruzamos. Porque ele foi nos anos 80 embora pra Floripa e eu fiquei aqui.(agora soube que ele ficou 12 anos em Floripa, morando em vários bairros, como Itaguassu, São José,entre outros.)

A MESMA VERBE

Quando cheguei na tarde desta quinta5/9 - levado pelo colega Gelson até a rua onde reside Vilmo, ele estava na rua nos esperando. Erramos muito o caminho, mas enfim chegamos lá. Vilmo, que está morando sozinho, numa rua bem quieta num bairro de Canoas. Ele nos esperouna rua embora esteja bem baleado. Sua cuidadora nos levou até dentro de casa e fiquei surpreso como está bem. Imaginei achar um cara todo caquetico, em cadeira de rodas. Que nada. O Vilmo só está brocha, foi ele mesmo que nos disse. E está sem testosterona, que o fez perder os pelos do corpo.

Uma das mãos a esquerda está prejudicada pelos derrames. Mas a direita ainda escreve na maquina.

- Faço catação demilho,diz-me Vilmo.

A todo hora , ele tem seus rompantes de ' policial".

- Então eu disse pro Derli( diretor comerical do Diário Catarinense) e aí vem um palavrão...

Quem conhece o Vilmo - que é uma pessoa ou que gostam, ou que detestam, sabe que aquilo é muito da boca pra fora. Mas tem muita gente que não entende o seu jeito tosco de ser....(e sincero de ser.) Acho que o Vilmo junto com o presidente Figueiredo iria ser uma boa dupla...imagina só as grossuras que iriam sair daí.

MEMORIA

Vilmo recordou pra mim e pro gelson toda a implantação do DC(diario catarinense) onde ele foi chamado pelo Armando Burd pra . Lembra tão bem dos detalhes e até de que o prédio do jornal - o Vilmo é uma apaixonado de jornal - era de um shoppingt center que não saiu e que a RBS botou lá o DC. Tinha uma forma de espirral pra se subir.

Lembrou também com grande detalhes a operação que ele comandou pra demitir 120 funciona´rios do DC-jornalistas - porque faziam o que queriam:

- Chegavam as 3 e as 11 da noite já iam embora.

(jornalistas como Vilmo acham que repórter tem que estar no jornal 24 hs por dia....)

Sobre sua situação atual, ele se define como ' um gato de armazém deitado encima de um saco" ou seja, não faz nada, mas continua observando o mundo e tudo o que acontece em volta.

Vilmo tem dois filhos: uma mulher que é médica ginecologista e um filho que é militar( e que se acidentou e está aposentado).

A operação aquela da demissão dos 120 colegas do DC foi feita por ele, mas a pedido do Armando Burd, que era o editor-chefe do jornal. Vilmo sempre foi uma porta de entrada pra fazer as coisas. Ele bota a cara e faz mesmo....

Não há como não ser assim. Em Floirpa, pelo DC viajava pras seis sucursais do jornal no interior. Lages, Criciuma,Joinville, Blumenau,entre outras com seu próprio carro. As sete da matina estava na frente da sucursal e dava um esporro nos jornalistas que chegavam as 11 da manhã.

Vilmo é um Gregório Fortunatto do jornalismo. Sempre foi assim....

Tomara que faça um livro de suas memórias. Ele é polêmico, é bem verdade, mas vai dar a sua versão de muita coisa que tem por ai....

MEDO DE MORRER

“Se eu tivesse medo de morrer pelo que eu escrevo, eu não seria jornalista”. A frase, é do polemico jornalista VilmoMedeiros. Era assim que ele respondia para quem perguntava se ele não tinha medo de ser morto por causa dos segredos que tinha da polícia gaúcha e das reportagens que escrevia.




 Na trajetória do jornalismo policial em Porto Alegre dois profissionais fizeram história. Os crimes sempre despertaram o apetite editorial dos jornais diários da cidade  que tinham equipes próprias para apurar as ocorrências noticiosas verificadas nas delegacias de polícia. Os dois jornalistas responsáveis por toda essa transformação Roberto Hirtz e Vilmo Medeiros  ultrapassaram a linha divisória entre a investigação dos fatos policiais para fazer verdadeiras investigações policialescas. Em alguns casos de grande repercussão, deixavam de ser narradores das investigações feitas pelos agentes policiais para se colocar no lugar deles.

         Cada repórter policial tinha uma área específica de atuação. Em casos mais cabeludos, o Betinho, que era o chefe de reportagem,  determinava que um repórter teria de cobrir tal acontecimento. Era neste ponto que o repórter utilizava seus métodos de trabalho investigativo para desenvolver a matéria.  Claro que havia por parte de VilmoxBetinho a preocupação de proteção aos seus comandados. Esse tipo de jornalismo investigativo tinha lá seus riscos, quando expõe o profissional ao confronto, muitas vezes inesperados, uma vez que, esse segmento de reportagem cobre assassinatos, assaltos, furtos, sequestros, esquemas criminosos, tráfico de drogas e de crianças, armas e apreensões. As fontes são: policiais, criminosos, suspeitos, delegados, juízes, secretários, juristas, testemunhas e vítima. Creio que  VilmoxBetinho ( já falecido) cometeram uma infração de natureza profissional, dando aparência jornalística a muitos episódios de menor importância.

Os editores de polícia dos jornais concorrentes se irritavam pelo tratamento que era dispensado as profissionais chefiados por VilmoxBetinho. Diziam que havia disparidades da Polícia no tratamento com a imprensa.  Preferência com aquele profissional etc, e tal...  “Você trata a polícia com tanta honestidade e veja o que acontece”. Diziam os menos favorecidos pela sorte.  Para quem ainda não sabe, Vilmo Medeiros e Roberto Hirtz eram sim as estrelas no jornalismo policial do Rio Grande do Sul. E de fato era o que acontecia. Muitas vezes, a busca pelo “furo” jornalístico não era garantia de que a notícia publicada em primeira mão seria verdadeira. Havia outras. Nestes casos, a imaginação do repórter era responsável pela maior parte dos detalhes da notícia.  Deste modo, a atuação do profissional fazia a diferença no momento da apuração dos fatos. O “faro” para descobrir o fato e transformá-lo em notícia, no entanto, era o que mais importava na elaboração de textos inteiramente fiéis.  Na Editoria de Polícia, os jornalistas não tinham pauta específica para tal assunto a não ser um caso especial. De outra parte, ele mesmo fazia sua a própria pauta.  Além dos acontecimentos da madrugada e do dia o repórter recebia as informações por meio das suas fontes. Esse processo não parava nunca, era 24h.


            Por razões obvias, VilmoxBetinho,  foram alvo de inúmeras ameaças de morte, por matérias que escreveram ou por outros  fatos divulgados que não eram para serem noticiados no jornal. Não somente receberam ameaçadas de morte como muitas sugestas (...). Dizia o Beto que era acender vela pra mal defundo. Era por causa destes acontecimentos que VilmoxBetinho tinham autorização da polícia para andar armados. Posso dizer sem errar que os dois não tinham nenhum medo das intimidações. Investiga daqui e dali e aparece uma informação de que os telefonemas partiram de “gente” de dentro da própria Organização Policial. Havia a suspeita que as ameaçadas estariam ligadas a fatos envolvendo policiais civis que tiveram seus nomes noticiados a casos de roubos e extorsão.  

Por outro lado, VilmoxBetinho  tinham motivos de sobra para ter em suas mãos, um número grande de agentes da polícia civil que formavam uma desonesta onda de “homens da lei, fora da lei”.  Por causa disso, havia murmúrios de profissionais da imprensa que diziam, que VilmoxBetinho sabiam de muitos casos envolvendo, não somente inspetores ou comissários, mas delegados na corporação policial civil do Estado e não noticiaram tais irregularidades nos jornais que trabalharam. Por essa razão, havia uma parte na imprensa que criticava o trabalho dos jornalistas que usavam o trabalho jornalístico para se locupletarem e, que não tinham ética profissional. Havia um número expressivo de delegados de quarta classe da Polícia Civil, o núcleo maçônico, que tinha o nome de VilmoxBetinho de pessoas que a Polícia confiava. Por estas e outras razões especiais de ambos os lados os dois tinham o privilégio de receber informações fontes da organização policial civil, assim como da Brigada Militar. O único receio das fontes era de não revelar a identidade. Esse dispositivo é garantido por lei...

“A prerrogativa jornalística em utilizar” o sigilo da fonte foi uma inovação trazida pela Lei de Imprensa, nos seus artigos 7º, caput e 71, ao disporem que será assegurado e respeitado o sigilo quanto às fontes ou origem de informações recebidas ou recolhidas por jornalistas. De certa maneira, VilmoxBetinho tinham a maneira de colocar ou, se assim precisasse  tirar do poder, delegados da Chefia da polícia Civil. Por outro lado, havia motivos de sobra, para que VilmoxBetinho tivessem em suas mãos, um número de policiais que formavam uma desonesta onda de “homens da lei, fora da lei”.  Por causa disso, havia murmúrios de outros profissionais da imprensa que diziam, que VilmoxBetinho  sabiam de muitos casos cabeludos envolvendo, não somente inspetores ou comissários, mas delegados na corporação policial civil do Estado e não  divulgaram tais irregularidades nos jornais que trabalharam. Por essa razão, parte na imprensa criticava o trabalho dos jornalistas.

gelson farias.

 

 

 

 

UM ANO DE PRAÇA DA MATRIZ.


FAZ UM ANO QUE CINCO FUNCIONÁRIOS DO PDT TIVERAM QUE SE MUDAR DA SEDE DO PARTIDO PRA ASSEMBLEIA PORQUE SÃO FUNCIONÁRIOS DA CASA. ESTAVAM DESLOCADOS.

É BEM VERDADE QUE O MOTORISTA DE UM SENADOR TAMBÉM É FUNCIONA´RIO DA CASA, MAS ESTE O GIOVANI GRIZOTTI DA GAUCHA, NÃO QUIS DENUNCIAR. SABE-SE LÁ PORQUE MOTIVOS.

Escreva " AQUI TEMOS pequena parte da competência do PDT Estadual .! Um Abraço Luizinho.

 

 

 

 

CARLOS CHAGAS
NINGUÉM SABE O QUE SE PASSA NA CABEÇA DOS DEPUTADOS, NEM ELES MESMOS
Publicado: 5 de setembro de 2013 às 7:34
Legislativo, Judiciário e Executivo batem cabeça como se estivessem perdidos, desarvorados no exercício de suas funções, não apenas no relacionamento entre eles, mas dentro de suas próprias atribuições. Com todo o respeito, parecem na situação daquelas vacas que não conhecem os próprio bezerros. Senão vejamos:
A Câmara não conseguiu, na última semana de agosto, número suficiente para cassar o mandato de Natan Donadon. Eram necessários 257 votos, 233 votaram pela cassação. Em favor da absolvição, 131, sendo que 41 se abstiveram e 108 faltaram. Como explicar, assim, que na noite de anteontem 452 deputados tenham se pronunciado pelo fim do voto secreto, declaradamente redimindo-se da decisão anterior, considerada pelo presidente da casa o ponto mais baixo na história da instituição. Demonstraram que no voto aberto condenariam o indigitado parlamentar. Mudaram de opinião por medo da opinião pública? Falta de convicções? Mas tem mais. O presidente Henrique Eduardo Alves, que marcou a sessão onde a cassação foi apreciada, logo depois deu posse ao suplente, Amir Lando. Demonstrou que Donadon não era mais deputado, até mandou cortar seus vencimentos, ou seja, cassou o colega. Por que, então, antes submeteu seu mandato ao plenário? Para culminar, a Câmara aprovou a emenda constitucional do voto aberto que necessita ir para o Senado, quando poderia ter aprovado outra proposta igual já votada pelos senadores. Resultado: no Congresso, o voto ainda é secreto.
Não menos grave é a confusão no Supremo Tribunal Federal. Durante o processo do mensalão decidiram os ministros que a condenação penal de parlamentares determinaria a perda automática de seus mandatos, já que perderiam os direitos políticos. Assim manifestou-se o presidente Joaquim Barbosa. Com o ingresso de mais dois integrantes naquela corte, mudou tudo: os meritíssimos entenderam que só a Câmara poderia cassar deputados. Em seguida, nova alteração: o ministro Luís Roberto Barroso suspendeu os efeitos da sessão onde Donadon escapou da cassação. Além de haver criado singular figura de Direito, no caso a anulação de decisões tomadas em outro poder, de acordo com a Constituição, o mais jovem integrante daquela corte embaralhou as cartas ao admitir que um deputado continue deputado pela metade. Se tiver sido condenado a regime semi-aberto, poderá exercer seu mandato de dia e, à noite, ficará obrigado a recolher-se à cadeia. Por conta disso ignora-se até agora quem dá a última palavra sobre a condição funcional dos parlamentares.
No governo, a mesma balbúrdia. Há um mês surgiu a denúncia de estarem os Estados Unidos espionando o mundo inteiro através de sofisticados sistemas que invadem telefones, e-mails e demais mecanismos de comunicação abertos pela avançada tecnologia. Como não havia vítimas personalizadas, o palácio do Planalto omitiu-se, apesar de saber da óbvia existência de um ser humano atrás de cada computador. Foi necessário que novas denúncias indicassem a presidente Dilma como alvo identificado, espionado e fotografado. Reunião especial de parte do ministério levou apenas à decisão de pedirem contas a Washington, além da convocação do embaixador americano ao Itamaraty. Hipóteses foram aventadas mas não concretizadas, como o cancelamento da visita da presidente da República aos Estados Unidos, a retirada temporária de nosso embaixador da capital dos Estados Unidos e uma veemente denúncia junto às Nações Unidas. Continua tudo em suspense, ao tempo em que o Secretário de Estado, John Kerry, confirmou que a espionagem continuará, até em defesa “dos interesses do Brasil”.
Convenhamos, são três poderes perturbados, em estado de perplexidade e tumulto, sem conhecer os próprios bezerros.

 

 

 

De Serafian

 

O ABANDONO DA SÃO JOSÉ.

 

La decima, como a chamam os mais antigos, como meu pai, está praticamente dizimada. Os colonos foram todos embora, sobraram alguns poucos, umas 10,12 familias. Uma bem forte, por sinal, o Ziliotto qu efoi secretário municipal da agricultu8ra e que é da direção da Cosuel, de Encan tando.

 

Mas neste domingo a são josé estará de festa. Gostaria tanto de estar lá pra ir....

 

No sabado passado, alguns poucos colonos jogavam carta e tomavam uma cachaça pura.

 

Em fevereiro quando estive lá a capela e o c emitério estavam totalmente cheios de capim, abandonas. Agora ela foi limpa,se preprando pra festa!

 

 

 

 

dE sERAFINA

o tio do escritor!

a PIE, FUI ATÉ A CAPELA SÃO JOSÉ, NO INTERIOR. APENAS 3 KM DE CAMINHADA. ESTAVA UM SÁBADO BOM.mEU PAI CHAMA AQUELAS PARAGENS DE ' LA DECIMA' E SENTIMENTALMENTE LHE SÃO MUITO CARAS. fOI POR LÁ QUE ELE CONHECEU HÁ QUASE 60 ANOS MINHA MÃE - E DOS OUTROS IRMÃOS.
OS SE CASARAM EM 1950, PRA VER COMO FAZ TEMPO....63 ANOS.

ELES NÃO FALAM MUITO DISTO, MAS COMEÇARAM A DISCUTIR SOBRE QUANTO QUILOMETROS TINHA DE SERAFINA ATÉ AQUELAS BANDAS...

Mas lá naquele sábado passado,31.08 - conheci um tio do Bacca, o escritor.

Ele não me disse o nome mas vi que conhecia muito bem meu avó( Rico Sgnaolin) e até contou uma pequena história.

Disse que ele visitava muito meu tio Luis porque numa casa havia pinhão e na outra bergamota. quando era safra de um eles iam comer na casa de um, quando era safra do outro,eles na casa do outro. Assim se revezavam . E sobre meu avó Rico, ele disse:
- ELE ERA CAMANGUEIRO!

Tá certo, então ele conheceu mesmo o velho Rico Sgnaolin!

 

 

 

 

UM ANO DE PRAÇA DA MATRIZ.


FAZ UM ANO QUE CINCO FUNCIONÁRIOS DO PDT TIVERAM QUE SE MUDAR DA SEDE DO PARTIDO PRA ASSEMBLEIA PORQUE SÃO FUNCIONÁRIOS DA CASA. ESTAVAM DESLOCADOS.

É BEM VERDADE QUE O MOTORISTA DE UM SENADOR TAMBÉM É FUNCIONA´RIO DA CASA, MAS ESTE O GIOVANI GRIZOTTI DA GAUCHA, NÃO QUIS DENUNCIAR. SABE-SE LÁ PORQUE MOTIVOS.

 

 

 

 

CARLOS CHAGAS
NINGUÉM SABE O QUE SE PASSA NA CABEÇA DOS DEPUTADOS, NEM ELES MESMOS
Publicado: 5 de setembro de 2013 às 7:34
Legislativo, Judiciário e Executivo batem cabeça como se estivessem perdidos, desarvorados no exercício de suas funções, não apenas no relacionamento entre eles, mas dentro de suas próprias atribuições. Com todo o respeito, parecem na situação daquelas vacas que não conhecem os próprio bezerros. Senão vejamos:
A Câmara não conseguiu, na última semana de agosto, número suficiente para cassar o mandato de Natan Donadon. Eram necessários 257 votos, 233 votaram pela cassação. Em favor da absolvição, 131, sendo que 41 se abstiveram e 108 faltaram. Como explicar, assim, que na noite de anteontem 452 deputados tenham se pronunciado pelo fim do voto secreto, declaradamente redimindo-se da decisão anterior, considerada pelo presidente da casa o ponto mais baixo na história da instituição. Demonstraram que no voto aberto condenariam o indigitado parlamentar. Mudaram de opinião por medo da opinião pública? Falta de convicções? Mas tem mais. O presidente Henrique Eduardo Alves, que marcou a sessão onde a cassação foi apreciada, logo depois deu posse ao suplente, Amir Lando. Demonstrou que Donadon não era mais deputado, até mandou cortar seus vencimentos, ou seja, cassou o colega. Por que, então, antes submeteu seu mandato ao plenário? Para culminar, a Câmara aprovou a emenda constitucional do voto aberto que necessita ir para o Senado, quando poderia ter aprovado outra proposta igual já votada pelos senadores. Resultado: no Congresso, o voto ainda é secreto.
Não menos grave é a confusão no Supremo Tribunal Federal. Durante o processo do mensalão decidiram os ministros que a condenação penal de parlamentares determinaria a perda automática de seus mandatos, já que perderiam os direitos políticos. Assim manifestou-se o presidente Joaquim Barbosa. Com o ingresso de mais dois integrantes naquela corte, mudou tudo: os meritíssimos entenderam que só a Câmara poderia cassar deputados. Em seguida, nova alteração: o ministro Luís Roberto Barroso suspendeu os efeitos da sessão onde Donadon escapou da cassação. Além de haver criado singular figura de Direito, no caso a anulação de decisões tomadas em outro poder, de acordo com a Constituição, o mais jovem integrante daquela corte embaralhou as cartas ao admitir que um deputado continue deputado pela metade. Se tiver sido condenado a regime semi-aberto, poderá exercer seu mandato de dia e, à noite, ficará obrigado a recolher-se à cadeia. Por conta disso ignora-se até agora quem dá a última palavra sobre a condição funcional dos parlamentares.
No governo, a mesma balbúrdia. Há um mês surgiu a denúncia de estarem os Estados Unidos espionando o mundo inteiro através de sofisticados sistemas que invadem telefones, e-mails e demais mecanismos de comunicação abertos pela avançada tecnologia. Como não havia vítimas personalizadas, o palácio do Planalto omitiu-se, apesar de saber da óbvia existência de um ser humano atrás de cada computador. Foi necessário que novas denúncias indicassem a presidente Dilma como alvo identificado, espionado e fotografado. Reunião especial de parte do ministério levou apenas à decisão de pedirem contas a Washington, além da convocação do embaixador americano ao Itamaraty. Hipóteses foram aventadas mas não concretizadas, como o cancelamento da visita da presidente da República aos Estados Unidos, a retirada temporária de nosso embaixador da capital dos Estados Unidos e uma veemente denúncia junto às Nações Unidas. Continua tudo em suspense, ao tempo em que o Secretário de Estado, John Kerry, confirmou que a espionagem continuará, até em defesa “dos interesses do Brasil”.
Convenhamos, são três poderes perturbados, em estado de perplexidade e tumulto, sem conhecer os próprios bezerros.

 

 

 

 

DE SERAFINA

NOS CAMINHOS DA CAPELA SÃO JOSÉ FOTOGRAFEI SERAFINA, DE LONGE. COMO CRESCEU LA CITY!

 

 

 

 

Noticia triste de Brasília

 

Serginho Ros piorou e voltou pra UTI do hospital. Rezemos!

 

 

 

ricardo rossato na frente do seu restaurante!

 

Ricardo Rossatto está cuidando como poucos do seu novo restaurante localizado na saída da cidade. Perto do pórtico. Tem ido muita gente lá comer!

 

 

 

de serafina

 

cAMINHANDO PELA VIA SIENA, PEGUEI ALGUNS PACOTES DE LIXO DERRUBADOS NA CALÇADA. MAS MELHOROU A COLETA DO LIXO NA CIDADE.

 

 

 

Social

 

Na segunda passada, dia 2/09, o radialista Claudio Britto, da rádio Gaúcha, esteve na salinha JCTerlera.

 

Foi recepcionado pelos colegas Nelson e Vilnei.

 

Britto veio participar de um encontro da Ajuris.

 

 

 

 

 

de são borja
Morte de peixes preocupa Administração Municipal

A Prefeitura Municipal foi comunicada, através da secretaria do Meio Ambiente, no dia 02 de setembro, sobre um fenômeno atípico que levou centenas de peixes à morte. O comunicado foi feito pela Corsan e logo se iniciou um processo conjunto para evitar a propagação dos riscos e danos na barragem localizada aos fundos do aeroporto de São Borja, em um espaço de propriedade militar.
Na ocasião foi feita uma análise prévia pelo serviço técnico da unidade local da Corsan, onde se constatou que a oxigenação da água não estava comprometida, não sendo causa morte dos animais. Por isso, uma amostra da água foi coletada e enviada para o laboratório da Corsan em Porto Alegre, de onde deverá ser expedido um laudo com informações precisas dentro dos próximos dias.
Devido o risco de uma maior contaminação, a secretaria do Meio Ambiente, a Corsan, o 2ª RC Mec, a Companhia de Engenharia e a Patram entraram em consenso sobre a realização de um mutirão de limpeza na barragem. A ação iniciou no dia 03 de setembro, comandada pelo tenente Rosito da 1ª Companhia de Engenharia Souza Docca.
Os peixes retirados da barragem, foram aterrados para diminuir o impacto ambiental. Apesar disso, segue a preocupação das autoridades envolvidas que devem continuar monitorando a área. Com a chegada do laudo da análise feita pela Corsan, uma reunião deve ser feita para discutir com as entidades, as providencias que devem ser tomadas.
O prefeito Farelo Almeida determinou que a equipe da prefeitura acompanhe todas as fases do processo de identificação e solução das causas desse incidente. Ele ainda afirmou que é muito importante que todos os cuidados necessários sejam tomados para que isso não ocorra novamente e pôs a Administração Municipal a disposição das demais instituições no que for necessário para garantir a eficácia das ações.

 

 

 

 

Assassino de jornalista, Pimenta Neves ganha direito ao regime semiaberto

Publicado em Quarta, 04 Setembro 2013 21:56
Escrito por Comunicação Social - TJSP
A Vara de Execuções Criminais de Taubaté (SP) concedeu progressão de regime prisional semiaberto ao jornalista Antonio Marcos Pimenta Neves. De acordo com a decisão da juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, "o sentenciado tem contra si uma condenação de 14 anos, dez meses e três dias de reclusão, por homicídio doloso; já implementou o requisito temporal para a progressão de regime prisional e mantém bom comportamento carcerário, consoante atestado pela Administração Penitenciária".

0-a-a-pimentaneves-assassino-neves-pimenta

Pimenta Neves estava preso desde maio de 2011
(Imagem: Reprodução/TV Globo)

Leia Mais:
Poder, imprensa e morte: jornalista escreve livro do caso Pimenta Neves
Pimenta Neves pedirá para cumprir pena no semiaberto
Caso Pimenta Neves: jornalista lança livro sobre o crime que abalou a imprensa
Advogada quer Pimenta Neves em regime semiaberto a partir de maio de 2013
Pimenta Neves preferia ser preso antes. "Só assim teria voltado a ser um homem normal"
"Eu estava esperando", diz Pimenta Neves ao se entregar à polícia
11 anos depois do crime: Pimenta Neves tem recurso negado pelo STF

Ainda consta na decisão que, "a teor do que dispõe o art. 112 e seus parágrafos da L.E.P., a transferência para regime menos gravoso de cumprimento de pena deve ser deferido quando o preso tiver cumprido pelo menos 1/6 da reprimenda no regime anterior e revelar bom comportamento carcerário, este comprovado por simples declaração do diretor da unidade prisional. Uma vez presentes estes dois requisitos, é o quanto basta para a concessão do benefício, e no caso em questão ambos vêm comprovados nos autos".

O caso
O jornalista Antonio Marcos Pimenta Neves foi condenado a 19 anos, 2 meses e 12 dias de prisão em maio de 2006, pelo homicídio da também jornalista Sandra Gomide em agosto de 2000, em um haras em Ibiúna (SP). Em setembro de 2008, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou recurso que buscava a anulação da condenação, manteve a decisão, mas com redução da pena.

 

 

 

 

OS INDIOS ANDAM POR AQUI!

 

Faz uma semana que os índios andam acampados na Praça da Matriz. Vão e voltam. Ninguém nunca prestou muito a atenção ao que querem!

 

 

 

 

Jornalistas e sindicato patronal definem calendário de negociações

 

Jornalistas e sindicato patronal retomaram, nesta quarta-feira, dia 4, as negociações pela Campanha Salarial de 2013. Na reunião, que aconteceu no SindJor/RS, foi definido um calendário para as próximas semanas e realizado um debate prévio sobre a situação nas redações. Os próximos encontros acontecem nos dias 9 e 18 de setembro.

 

 

 

OURO E DOLARES!!!!

 

Esta informação circula por aí: no recente ' ocupação" ou ' invasão' da Câmara, um ex-presidente , que agora é funcionário da casa, estava preocupado por outra coisa: tinha,ou tem dois quilos de ouro no cofre e mais uma porção de dólares!

Parece que os guris não mexeram nisto!

 

 

 

Coleguinhas

 

Hoje de manha, dia 4.9 - chamaram o OTTO BEDE , produtor do Mendesky, de ' macarão"! o próprio ficou quieto. Quem o chamou foi o Vladimir Oliveira.

 

 

 

QUADRILHAS DE MELIANTES QUEREM ESTRAGAR A FESTA DA INDEPENDÊNCIA
Publicado: 4 de setembro de 2013 às 7:42



Através das redes sociais, anônimos baderneiros estão se aproveitando dos naturais movimentos de protesto programados para o Sete de Setembro para estimular o confronto entre os manifestantes e as forças armadas, que na manhã de sábado, estarão desfilando pelas avenidas das capitais do país. Uma coisa serão as passeatas de quantos não se sentem contemplados com serviços públicos de qualidade e que, em nome da nação, exigem reformas institucionais e mudanças profundas no estado e no governo. Outra bem diferente são as quadrilhas de meliantes vestidos de preto e com a cara encoberta, ávidos de depredar patrimônio público e particular e, mais grave ainda, invadir e roubar estabelecimentos comerciais dispostos ao longo de suas trajetórias ainda desconhecidas.

Na medida em que as autoridades públicas consigam separar a minoria da maioria, respeitando uns, mas reprimindo outros, a data passará como algo incômodo mas aceitável. Trata-se, porém, de missão quase impossível. Agentes provocadores contam com o inconformismo da juventude para misturar protestos com vandalismo.

Esses animais já programaram as manifestações para a parte da manhã em três cidades tidas como chamariz para as demais: Brasília, Rio e São Paulo. Nessas três capitais concentram-se as preocupações do governo federal e dos dois estaduais. Estão mobilizadas a Polícia Federal e as Polícias Militares e Civis para ocuparem os principais pontos de concentração popular. Os serviços de segurança da presidência da República e dos governos estaduais distribuirão seus servidores em torno dos palanques e no meio da multidão, se é que o cidadão comum se arriscará sair às ruas em número semelhante a anos anteriores. Quem comparecer com mochilas, sacolas e sucedâneos será revistado nos locais de entrada.

As forças armadas estarão atentas para o entorno dos desfiles, ainda que nada possam fazer os soldados escalados para marchar.

Em suma, há tensão no país inteiro. Como, sem a menor dúvida, há estrategistas do lado da baderna traçando planos para perturbar a festa.

BALÃO DE ENSAIO?

Ousará a presidente Dilma cancelar a visita de estado a Washington, marcada para outubro? Há quem suponha tratar-se de simples balão de ensaio o rumor de que caso os Estados Unidos não se expliquem a contento a respeito da espionagem praticada contra o governo brasileiro, a presidente suspenderá a viagem. Seria precipitação, ainda que movida por justa indignação. Afinal, a quem interessa a ruptura em nossas relações? Não mais aos comunistas, que saíram pelo ralo. Muito menos aos americanos, certos de que no Brasil inexistem focos terroristas iguais aos estabelecidos no Oriente Médio e alhures. Existem outros meios para lavar a honra nacional que se presume atingida pela arapongagem dirigida por nossos irmãos do Norte. Teremos mais a perder do que eles, em termos econômicos e políticos. Bastaria, nesse bate-cabeça inesperado, que a presidente Dilma denunciasse o abuso americano em foros internacionais, a começar pelas Nações Unidas, cuja abertura da Assembléia Geral já se aproxima. E, de tabela, celebrar com a Suécia, a França ou a Rússia a compra dos tão decantados e jamais concretizados 36 aviões de caça de que tanto necessitamos.

“MISTER, PONHA-SE DAQUI PARA FORA!”

Nos últimos meses de 1966 o marechal Costa e Silva havia sido indicado pelos militares para suceder o marechal Castello Branco. Mesmo depois de o Congresso referendar a escolha, seus auxiliares viviam em permanente tensão. O antecessor não queria o sucessor e tentou aprontar diversas vezes contra ele. Assim, com o título de “presidente eleito”, Costa e Silva decidiu não passar recibo na disputa e empreender prolongada viagem pelo mundo, sob o pretexto de partilhar experiências de governos distantes. O périplo encerrou-se em Washington, a poucos dias da posse. Hospedado na Blair House, defronte à Casa Branca, o marechal recebeu inúmeras figuras do governo americano, depois de demorado encontro com o presidente Lyndon Jonhson. Um dos visitantes foi o ex-embaixador dos EUA no Brasil, Lincoln Gordon, então subsecretário de Estado para Assuntos Latino-Americanos. Arrogante por haver sido um dos artífices do golpe militar de 1964, o outrora professor universitário começou a dar lições a Costa e Silva sobre como deveria governar o Brasil. Quase que exigiu que a política econômica de Roberto Campos fosse mantida, se possível com a permanência do próprio ministro do Planejamento. Sua desfaçatez foi tão grande que o anfitrião, em determinado momento, esticou o indicador e finalizou: “olha aqui, seu mister, do meu governo cuido eu e ponha-se daqui para fora!” Um escândalo, que os principais jornais brasileiros preferiram não publicar ou, no máximo, em notinhas nas últimas páginas.

Essa historia se conta a propósito da viagem anunciada e ainda não adiada da presidente Dilma aos Estados Unidos. Não será por encontrar-se em território americano que ela abrirá mão de nossa soberania e independência.

 

 

 

 

Audiência pública para debater a educação


A deputada Juliana Brizola protocolou ontem (3) na Comissão de Educação da Assembleia, solicitação de audiência pública para debater a situação da educação no Estado.
A matéria foi debatida na reunião da bancada e o requerimento carrega a assinatura de todos os deputados do PDT. A greve do magistério, o pagamento do piso e as carências
educacionais estão a exigir um novo posicionamento, justifica a deputada.


Em outro requerimento a deputada Juliana Brizola colhe assinaturas dos deputados para a formação de uma Comissão de Representação Externa para acompanhar a exumação do
corpo do presidente João Goulart. O tema preocupa a comunidade de São Borja, que quer o retorno do corpo para o Cemitério Jardim da Paz, depois do trabalho dos peritos
internacionais autorizados pela Secretaria Nacional dos Direitos Humanos. O requerimento ainda depende de aprovação em plenário.

 

 

 

Serafina Corrêa recebe a 11ª Cavalgada Farroupilha

Com o objetivo de resgatar e cultivar a cultura do Rio Grande do Sul
e valorizar todas as pessoas que levam nossa história adiante, cerca
de 20 cavalarianos do CTG Última Tropeada de Marau realizam, neste
ano, 11ª edição da Cavalgada Farroupilha. A Cavalgada acontece de 1º a
08 de Setembro de 2013, passando pelos municípios de Passo Fundo,
Camargo, Nova Alvorada, Montauri, Serafina Corrêa, Paraí, São Domingos
do Sul, Casca, Santo Antônio do Palma e Gentil, num total de 240
quilômetros.
Por onde passa, a Cavalgada Farroupilha realiza homenagens às pessoas
que levam a história adiante, valorizando suas ações e
comprometimento. Em Serafina Corrêa, o homenageado será Santos
Ferreira Muniz, mais conhecido como Gaúcho. Seu destaque para o fogo
de chão que fazia há anos no Galpão 20 de Setembro, onde servia
chimarrão durante toda a Semana Farroupilha. Uma pessoa que sempre
vestiu a pilcha e transmitiu a cultura do estado do Rio Grande do Sul.
A 11ª Cavalgada Farroupilha chega em Serafina Corrêa hoje, 04 de
Setembro, por volta das 16h30, passando pelo Bairro Planalto, Avenida
Miguel Soccol e Avenida Arthur Oscar, em direção ao Bairro Aparecida,
Capela Santa Ana, seguindo até o Camping Carreiro, onde haverá a
cerimônia de recepção com jantar. Participe!

 

 

 

 

 

 

OHARLEM É AQUI

FUI VER O SHOW DESTA CARINHA AI. GOSTEI DO SHOW DELA.

O AUDITÓRIO DO RENASCENÇA ESTAVA TOMADO PELO BLACK POWER....

A ANTIGA ILHOTA DO LUPISCINIO PRESTIGOU A CANTORA.

O PROJETO É SONS DA CIDADE

 

 

 

 

A Globo pediu água
Primeiro foi um encontro de João Roberto Marinho com o ex-presidente Lula e, agora é um editorial, reconhece que apoiou a ditadura de 1964. Mas o conglomerado da família Marinho não está fazendo estas coisas por amor a democracia, mas porque foi pega em diversas fraudes fiscais e de concorrência desleal no mercado de jornais do Rio de Janeiro.

Choro do deputado Gilberto Capoani
O peemedebista discursou sobre o péssimo estado das estradas do interior gaúcho, mas certamente não confessou que isto se deve a 8 anos de governo de seu partido e mais 4 dos tucanos, ao qual seu partido apoiava.

Obama de olho na Dilma
Descobriram que os americanos espionavam o gabinete da presidenta. O Fernando Henrique nunca teve este privilégio, contava tudo ele mesmo aos seus patrões do hemisfério norte.

Madame desistiu da Maria da Penha
Conhecida senhora da sociedade desistiu de entregar o marido covarde a Lei de Proteção as Mulheres, as amigas disseram que não era chique. Vai continuar apanhando em sua mansão ajardinada, mas mantém a linha.

Remindo Sauim

 

 

 


DOSLEITRES

DA FRANCIS MAIA.

OQ UE SERA A MALDIÇÃO DE SÃO BORJA?

A MORTE DO GETULIO, A MORTE DO JANGO?OU TEM GATO ENTERRADO NAQUELA TERRA. ELA DIZ QUE SE BENZE SEMPRE QUE ENTRA E SAI DA CIDADE. CRUIZ CREDO. VOU FAZER O MESMO QUANDO FOR PRA LÁ..

NAO SABIA QUE SÃO BROJA ERA TERRA MALDITA!!!!

 

 

 

 

 

salinha jct, quando?
vamos ver o q tenho de tempo aberto:quarta tarde e noite - pessoal da fiocruz do projeto haiti; quinta dou aula de noite; sexta livre após 20h; sábado (tarde e noite).
pode ser um buteco fulero de por aí. lanchera não pq é muito barulhenta, sono sorda i no escolto niente.
mas vc (jornalista e da fabico) deve ter o mapa todo dos botecos da cidade.
é isso.
estou em dúvida da tua filiação partidária: tens milhões de informações no teu blogue, do jango e brizola aos atuais passando por uma legião. levei um susto com a declaração do PL, mas era do brossard.
adorei a vinda dos caras que comeram carne humana no acidente dos andes. levaste eles onde tchó?
tuas crônicas do cotidiano. viste um filme de um diretor patagão que chama "histórias mínimas" ? é um doce.fiz associação.
bem, é isso
notte

 

 

 

 

João Dib, vereador por 40 anos, é Cidadão de Porto Alegre
Com as galerias do Plenário Otávio Rocha lotadas, a Câmara Municipal de Porto Alegre concedeu, nesta terça-feira (3/9), o título de Cidadão de Porto Alegre ao engenheiro, ex-prefeito e ex-vereador João Antônio Dib. Proposta pela Mesa Diretora, a homenagem foi presidida pelo vereador Dr. Thiago Duarte (PDT), que destacou ser uma satisfação homenagear Dib na semana de comemoração dos 240 anos da Casa.

Bernardino Vendruscolo (PSD), que vestia um lenço vermelho ao redor do pescoço, disse que seu traje era uma homenagem à cidade natal de João Dib, Vacaria. O vereador, que representou a Mesa, destacou alguns cargos ocupados por Dib durante seus mais de 40 anos de vida pública, como o de prefeito, de secretário de Transportes, de diretor do Dmae e de vereador por mais de dez legislaturas. “Este homem marcou profundamente um período neste parlamento. Sempre com algo a dizer, sendo elogio ou crítica, fazia com carinho e amor”, enfatizou.

Segundo Bernardino, o ex-vereador ainda presta serviço à comunidade. “Quando erramos aqui, ele pede um aparte lá de sua casa e nos corrige ligando para nossos celulares quase que instantaneamente”, brincou. O vereador ressaltou que poderia seguir lendo o vasto currículo de Dib, entretanto preferiu retribuir “da mesma maneira que ele”: com palavras vindas do coração. “Estou muito feliz por ter a chance de falar em nome da Casa nesta homenagem ao meu grande amigo João Dib, mas, infelizmente, paro por aqui, pois se continuar vou chorar”, afirmou emocionado.

Ao agradecer a homenagem, Dib disse que está vivendo um momento muito singular e feliz em sua vida, o qual o faz “encontrar forças para continuar vencendo”. “Se tenho algum mérito para receber esta homenagem hoje é porque sempre fui simples e profundamente respeitoso. Jamais agredi por palavras e atos os meus semelhantes, independente da posição que ocupavam”, exclama. O ex-vereador contou que procurou “ser menino” durante toda a vida e que foi em 1º de setembro de 1956 que definiu o que queria ser: sua vocação era ser servidor municipal. “Em suma, o momento é feliz porque estou sendo integrado a um quadro extraordinário de pessoas. Neste momento renasce um menino que deseja a todos saúde e paz”, afirma.

Os vereadores Reginaldo Pujol (DEM), Tarciso Flecha Negra (PSD), Jussara Cony (PCdoB), Engenheiro Comassetto (PT), Mário Fraga (PDT), Márcio Bins Ely (PDT), Luiza Neves (PDT), Professor Garcia (PMDB), Valter Nagelstein (PMDB), Mônica Leal (PP), João Carlos Nedel (PP) e Airto Ferronato (PSB) utilizaram o microfone de aparte durante a sessão para saudar e homenagear João Dib.

Também estavam presentes na sessão solene: o prefeito municipal de Porto Alegre, José Fortunati; o vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Mello; o representante do Governo do Estado e assessor superior da Secretaria do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, Adeli Sell; o representante do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Francisco José Moesch; o representante da Procuradoria-Geral de Justiça, subprocurador-geral Dr. Ivory Coelho Neto; o ex-governador do Estado, Jair Soares; o representante do Conselho de Cidadãos Honorários de Porto Alegre, ex-prefeito e vereador Guilherme Socias Villela (PP) e a esposa do homenageado, Mariur Tedesco.

Texto: Luciano Victorino (estagiário de Jornalismo)
Edição: Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)

 

 

 

PREFEITO DE SÃO BORJA

ROE A CORDA:

A ausência do prefeito de São Borja, no encontro do pDT em que ficou decidido que a OSSADA DE JANGO VAI PRA SER EXUMADA FORA DA CIDADE -SP OU BRASILIA, POUCO IMPORTA - DEMONSTRA QUE ELE JÁ SABE QUE OS OSSOS NÃO RETORNARAM A TERRA DOS PRESIDENTES

ME COBREM DAQUI HÁ ALGUNS ANOS,OU MESES.

TEM MAIS ESTÁ ESCRITO NESTE BLOG QUE O JANGO SAIRIA DE SB. PROCUREM

FALEI E ASSINO EMBAIXO!

( UM DIA EU CONTO COMO TUDO ISTO SE DEU.AGORA AINDA NÃO DÁ....)

 

 

 

PERITOS ARGENTINOS: ERROS NA IDENTIFICAÇÃO DE OSSADAS

Relatório dos argentinos atesta que houve classificação errada de restos mortais em encontradas em Perus e Dom Bosco em São Paulo


De Buenos Aires

Gelson Farias


Uma equipe de peritos forenses da Argentina convidada pela Associação Brasileira de Anistiados Políticos e pelo Ministério Público Federal para investigar as ossadas da “Vala de Perus”, apresentou relatório denunciando erros grosseiros cometidos por peritos de São Paulo, afirmando que houve uma classificação equivocada dos restos mortais. Em 1990, a descoberta de uma vala clandestina com 1.564 ossadas no cemitério Dom Bosco, zona oeste de São Paulo, levou a instalação da Comissão de Especial de Investigação das Ossadas de Perus na Câmara Municipal de São Paulo. A suspeita era que na vala estivessem enterrados os corpos de presos políticos desaparecidos durante a ditadura militar no Brasil.

Além dos desaparecidos, as ossadas seriam também de pessoas assassinadas pelo “Esquadrão da Morte” e enterradas como indigentes sem identificação em valas que não constava das plantas do cemitério. Pelo menos 500 eram de crianças de menos de 10 anos e deterioram ao ponto impossibilitar a identificação. A Prefeitura de São Paulo assinou um convênio com a Unicamp (Universidade de Campinas) para a investigação das 1.049 ossadas restantes. A Unicamp enviou fragmentos e amostras genéticas para a Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, que mais tarde abandonou a investigação. Depois foi a vez da Unicamp desistir da pesquisa. A Universidade Federal de Minas Gerais não identificou nenhum corpo. Após estes fracassos, o Ministério Público Federal entrou com Ação Civil Pública e repatriou as ossadas a São Paulo.

Foi quando entrou em cena a Polícia Técnico-Científica de São Paulo que, para dar continuidade à investigação, solicitou a compra de um equipamento destinado à identificação de DNA em restos mortais. Além do dinheiro gasto no laboratório, profissionais foram enviados ao exterior para estudar técnicas de manipulação de DNA. O fato é que após outra década, o laboratório nunca identificou nada e o equipamento acabou incorporado ao uso cotidiano da perícia paulista. A sucessão de negligências foi documentada pelo Ministério Público Federal, que em 2009 apresentou ação civil  pública contra universidades, instituições e peritos. Das universidades, o MPF requer um pedido de desculpas aos familiares e a construção de um memorial para os desaparecidos. Os profissionais acusados de negligência poderão responder com até 5% do seu patrimônio para indenizar familiares

Entre os acusados pelo Ministério Público Federal, estão Celso Perioli, na época diretor superintendente da Polícia Técnico-Científica do Estado de SP e os peritos criminais Badan Palhares, Daniel Munhoz e Norma Bonaccorso, que apesar de responder a processo na Justiça Federal, se tornou a nova superintendente da Polícia Técnico-Científica de São Paulo em  2013. Em março deste ano, antes da apresentação do relatório de forenses argentinos, o MPF tinha fechado acordo para suspender temporariamente a ação pública desde que os acusados se comprometessem a apresentar um plano de trabalho que identifique os 10 ou 12 possíveis corpos de desaparecidos políticos até final de 2014.



 


 

 

 

 

 

Boa tarde! Estamos encaminhando release e fotos sobre a II Tropeada
Cultural que iniciou nesta manhã em São Domingos do Sul.

Atenciosamente,
Adriana Sabadin - Assessora de Imprensa
Jornalista MTE 15791
54 3444 1166
54 9134 6411
www.serafinacorrea.rs.gov.br

Emoção, alegria e resgate cultural na II Tropeada

Teve início na terça-feira, 03 de Setembro de 2013, a II Tropeada
Cultural de São Domingos do Sul. A recepção e abertura oficial
aconteceu na residência da Família Cipriani, centenária no município
de São Domingos do Sul, residente na Capela Santuário Rainha da Paz. A
capela foi fundada em 02 de Abril de 1945, por ocasião da 2ª Guerra
Mundial.
A II Tropeada é um resgate cultural da história do tropeirismo e das
tropeadas, o movimento é símbolo de tradição, integrando os municípios
de São Domingos do Sul, Vanini, Santo Antônio do Palma, Casca,
Montauri, Serafina Corrêa e Paraí. Durante a abertura do evento, a
emoção tomou conta dos presentes e o sentimento era de que a ação não
é uma aventura, mas sim um ato de bravura. Nas palavras de um dos
tropeiros, é preciso dedicação, paciência e a certeza de que saiam
amigos e que voltem muito mais amigos.
Estiveram presentes os Prefeitos de São Domingos do Sul, de Vanini,
de Montauri, de Casca, a Coordenadora da 7ª Região Tradicionalista do
MTG, Gilda Galeazzi, além de representantes da Prefeitura de Serafina
Corrêa, demais autoridades, tropeiros, professores, estudantes,
imprensa e a comunidade.
Durante seu pronunciamento, a Coordenadora da 7ª Região
Tradicionalista Gilda Galeazzi salientou que a formação do Rio Grande
do Sul deu-se através das missões, com a introdução do gado através
das tropeadas e que a região tem a oportunidade de estar revivendo um
momento histórico. Destacou, ainda, que está orgulhosa por ser a
Coordenadora da 7ª Região e ter um ato de resgate cultural como a II
Tropeada, porque tradicionalismo é a transposição de geração para
geração, mas para ficar permanentemente na nossa visão.
Cerca de 130 cabeças de gado fazem parte da II Tropeada Cultural que
estará, de 03 a 07 de Setembro, percorrendo os municípios de Vanini,
Santo Antônio do Palma, Casca, Montauri, Serafina Corrêa, Paraí, Nova
Bassano e Nova Araçá.
A II Tropeada Cultural será recepcionada em Serafina Corrêa na
quinta-feira, 05 de Setembro, às 16h30, no Camping Carreiro.

 

 

 

 

ESTRADAS EM PANDARECOS

 

 

O deputado Gilberto Capoani fez um pronunciamento hoje, 3.09, dizendo que fez roteiro pelo interior do Estado no fim de semana e que encontrou as rodovias em situaçõa de pandareco.

 

E DE-LHE DISCURSO OTIMISTA NO PALACIO PIRATINI.....

 

João Antônio Dib é homenageado como Cidadão de Porto Alegre

Em sessão solene na Câmara Municipal, o ex-vereador e ex-prefeito da Capital João Antônio Dib recebeu o título de Cidadão de Porto Alegre. O prefeito José Fortunati participou da homenagem na tarde desta terça-feira, 3, proposta pela Mesa Diretora do Legislativo e aprovada em 29 de maio deste ano.

Natural de Vacaria, Dib nasceu em 24 de julho de 1929. Engenheiro, atuou como servidor público municipal a partir de 1952. A trajetória política incluiu a prefeitura, dez mandatos como vereador e passagens pela administração municipal como secretário de Obras e Viação e dos Transportes e diretor-geral do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae).

No Legislativo, Dib atuou como líder da base do governo Fortunati de 2010 a 2012. Para o prefeito, a homenagem reconhece o compromisso do ex-vereador com a cidade. “Esse ato reconhece uma vida inteira dedicada a Porto Alegre. Dib é um homem público que orgulha a boa política”, manifestou o prefeito.

Dib deixou a Câmara Municipal em 2012, aos 82 anos, após 41 anos de vida política. “Estou vivendo um momento muito feliz, passando a integrar um quadro extraordinário de pessoas que têm representatividade aqui e fora”, afirmou o homenageado.

 

 

 

 

Revista Talian Brasil em Serafina Corrêa

A Cidade Simpatia, como é conhecida Serafina Corrêa, tem como língua
co-oficial o Talian, herança linguística e cultural que compõe o
patrimônio imaterial da comunidade serafinense. Parlar talian, falar
italiano, preservar e valorizar a herança cultural dos pioneiros
imigrantes italianos é escrever a história de Serafina Corrêa e
destacar nossa identidade.
Existem, no Brasil, mais de 30 milhões de descendentes de italianos.
Em todos os estados do país há pessoas que entendem o Talian. Em
Antônio Prado nasceu, em Fevereiro de 2013, a Revista Talian Brasil,
uma forma de mostrar o amor à língua trazida pelos imigrantes
italianos e também de mantê-la viva. A publicação mensal tem
percorrido diversas cidades, fortalecendo a preservação cultural,
mostrando os costumes, os eventos, acontecimentos, entretenimento e as
histórias, uma importante fonte de informação, integrando as
comunidades e preservando a herança cultural dos imigrantes italianos.
La cultura de cada comunità...la so gente, la so stòria, la so
vita... Essa frase resume o objetivo da Revista Talian Brasil: a
cultura de cada comunidade, sua gente, sua história, sua vida...
A Administração Pública de Serafina Corrêa, buscando contribuir e
preservar a língua Talian, bem como relembrar e difundir a cultura
trazida pela imigração, está disponibilizando a Revista Talian Brasil
para as escolas da Rede Municipal de Ensino. Os exemplares foram
entregues aos Diretores e Vice-Diretores, em reunião realizada no
Centro Administrativo Amantino Lucindo Montanari, na quinta-feira, 29
de Agosto de 2013. Cerca de 1500 estudantes serafinenses terão acesso
às importantes informações da Revista Talian Brasil e terão contato a
língua co-oficial do município, uma forma de preservar a cultura e a
história de Serafina Corrêa.

 

 

 

 

 

 

Ministra anuncia honras de Estado para Jango na apuração das causas da sua morte
Presidente do Brasil, morto em circunstâncias suspeitas no exílio, em 1976, foi deposto em 1964

A ministra da Secretaria dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, anunciou hoje (2) na sede do PDT, em Porto Alegre, que o presidente João Goulart terá honras de chefe de Estado em todos os procedimentos que serão adotados para as investigações oficiais sobre as circunstâncias de sua morte, em 1976, na Argentina. O deslocamento até Brasília para a exumação do corpo, que está sepultado em São Borja, será com as honras de um presidente, assim como o seu retorno, “pois temos consciência que ele está no solo abençoado onde nasceu e procurou refúgio no apoio daquele povo”, disse a ministra.

Ao lado do presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan Júnior, do neto de Jango, Christopher Goulart e da socióloga Lícia Peres, que liderou a luta pela anistia, a ministra Maria do Rosário fez uma exposição detalhada de todos os procedimentos que estão sendo adotados para buscar a verdade sobre a morte do presidente João Goulart. Conforme Maria do Rosário, a sua pasta trabalha com evidências de que Jango foi investigado “sem trégua” nos locais em que esteve durante o seu exílio. “Hoje temos acesso a documentos que mostram que Jango era investigado em sua própria casa”, informou a ministra, detalhando os procedimentos para a exumação que envolvem familiares, técnicos do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal e peritos argentinos, uruguaios e cubanos, credenciados pela Secretaria Nacional dos Direitos Humanos. Também será utilizada a logística da Comissão Internacional da Cruz Vermelha. O contexto histórico da morte de João Goulart e um inquérito na Argentina que apura a possibilidade de morte criminosa servirão de base para o trabalho da pasta, que não pretende judicializar a questão. Com base na Comissão Nacional da Verdade, na família e no Ministério Público Federal, o governo quer o resgate da memória e da verdade sobre a morte do presidente João Goulart, revelou Maria do Rosário. Em 2011, os familiares de João Goulart formalizaram à secretaria dos Direitos Humanos através de documentação o pedido para a apuração das causas da sua morte. Segundo a ministra, a exumação seguirá alguns dos procedimentos adotados pelo Chile, recentemente, com o corpo do ex-presidente Salvador Allende e também do poeta Pablo Neruda. Mesmo que o trabalho não identifique as causas da morte por envenenamento, as amostras colhidas permitirão que em três ou cinco anos o caso seja apurado. “As indicações históricas são de que foi morto e temos que saber plenamente a verdade”, afirmou. Durante o mês de setembro, uma audiência pública em São Borja vai definir a data do início do trabalho pericial.

Gilles Gomes, assessor do ministério e coordenador da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos, Márcio Tavares dos Santos, diretor do Museu de Direitos Humanos do Mercosul e do Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul, e Thiago Braga também participaram do encontro, que reuniu o 1o. Vice-presidente do PDT, Pompeo de Mattos; o dirigente da Juventude Socialista, João Cella; das Mulheres, Salete Roszkowski; dos Negros, Eni Canarin; o ex-deputado João Luiz Vargas; Jesus Brizola, irmão de Leonel Brizola; o vereador Márcio Bins Ely; Antônio Gomes, diretor da Corsan; Gabriel Fadel, pela Fundação Alberto Pasqualini/Leonel Brizola; e representante da Força Sindical.

Trabalhismo histórico
Ao justificar a visita, ela disse que a tradição política do Rio Grande do Sul está representada no PDT, através da liderança de Leonel Brizola. “Não há gaúcho que não se sinta herdeiro da luta de Getúlio, Jango e Brizola, todos temos um pouco do trabalhismo no Rio Grande do Sul, que dá frutos em todos os partidos”, resumiu. A ministra Maria do Rosário lembrou que em 2014 se completam os 50 anos do golpe militar e a data será emblemática para “a recuperação histórica de Jango, das reformas de base e a apuração da perseguição no exílio, sem trégua, pela ditadura”. Os atos praticados pela ditadura civil e militar, continuou Rosário, da violação dos direitos humanos e dos atos de corrupção que praticaram ainda não foram devidamente explicados ao povo brasileiro.

Presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan Júnior disse que o patrimônio político do partido está expresso nos seus líderes e que o partido se sente honrado com a disposição da ministra em tratar aqui, no Rio Grande do Sul, da exumação do corpo do presidente morto no exílio. “Está clara a intenção do governo em buscar a verdade, e o partido se sente confortado e confia nas ações que o governo vem fazendo nesse sentido”, afirmou. Neto de Jango, o suplente de vereador Christopher Goulart observou que “o tempo foi duro com a memória de João Goulart e por isso não vamos desistir de retomar a força política e os valores dele, que foi sepultado pelo silêncio até agora”.

Ao encerrar, a ministra Maria do Rosário adiantou que o partido será informado de todos os procedimentos que envolvem a apuração das causas da morte de Jango.

A Ministra Maria do Rosário , dos Direitos Humanos, o presidente do PDT/RS, Romildo Bolzan Jr e dois assessores

Da esq pra dir / Maria do Rosário, Pompeo de Mattos, Romildo Bolzan Jr e Christopher Goulart. Atrás, de pé, o funcionário do PDT, ' sapinho" e o repórter Flávio Ilha, do GLOBO.

Licia Peres,Christopher Goulart,Maria do Rosário,Romildo Bolzan Jr. e Pompeo de Mattos.

- A Secretária  dos Direitos Humanos, Maria do Rosário se despede do presidente regional do PDT/RS, Romildo Bolzan Jr. 

 


 

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA CICLO DE PALESTRAS "MANIFESTAÇÕES AFRO-GAÚCHAS E A DINAMIZAÇÃO DAS CULTURAS NEGRAS"

Interessados já podem se inscrever no ciclo de palestras ““Manifestações afro-gaúchas e a dinamização das culturas negras”, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS em parceria com a Fundação Cultural Palmares. O evento tem vagas limitadas e acontece no dia 25 de setembro, no auditório da Faculdade Monteiro Lobato (Rua dos Andradas, 1180, Porto Alegre), das 14h às 18h.

Para se inscrever, basta enviar um e-mail à secretaria do Sindicato (secretaria@jornalistasrs.org). O evento é aberto a jornalistas, universitários, estudantes, professores, pesquisadores, gestores públicos, agentes culturais e demais interessados nas culturas negras. Mais informações pelos fones (51) 3228-8146; 3226-0669 ou 3226-1735, com Mara Santos.

A atividade, que integra as comemorações dos 71 anos do SindJor/RS e 25 da Fundação Cultura Palmares, objetiva divulgar a riqueza e a diversidade da cultura da população negra, destacando os aspectos culturais do Estatuto da Igualdade Racial, criado através da Lei nº 12.288, de 20 de julho de 2010.

A programação também visa chamar a atenção para o cumprimento da Lei 10.639/2003, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas redes públicas e particulares da educação. O ciclo de palestras, além de Porto Alegre, se estende por Brasília, Maranhão, Pernambuco e Espírito Santo e culminará com uma publicação.

O Ciclo será executado pelo Núcleo de Jornalistas Afrobrasileiros, que discute as questões étnico-raciais e a invisibilidade da população negra na mídia. “A escolha do sindicato para promover o Ciclo no Rio Grande do Sul nos deixa muito orgulhosos. Entendemos que é um reconhecimento ao trabalho árduo que o Núcleo de Jornalistas Afrobrasileiros faz, há mais de dez anos, no Estado”, explica Jeanice Dias Ramos, uma das coordenadoras do Núcleo.

Na realização do evento, o Sindicato dos Jornalistas/RS conta com o apoio da FATO (Faculdades Monteiro Lobato), CODENE (Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Rio Grande do Sul), Conselho Municipal do Povo Negro, COPIR (Coordenadoria de Políticas de Igualdade Racial do RS), Sempre Mulher – Instituto de Pesquisa e Intervenção sobre Relações Raciais, Grupo de Ação Afirmativa Afrodescendente (GAAA) e CEPPIR–GHC (Comissão Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Grupo Hospitalar Conceição).

Palestrante

O palestrante das “Manifestações afro-gaúchas e a dinamização das culturas negras” será Jessé Oliveira, fundador e diretor do Grupo Caixa-Preta, mestrando em Teatro e formado em Direção Teatral pelo Departamento de Arte Dramática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Ufrgs. Ele é professor e coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Produção Cênica, na Faculdade Monteiro Lobato – FATO. Desde 2006 produz e coordena o “Encontro de Arte de Matriz Africana que anualmente traz espetáculos e painelistas de todo o Brasil e América Latina. Atualmente integra o Conselho Gestor do Centro Cultural Companhia de Arte. E tem em seu currículo, a direção de mais de 40 espetáculos de teatro, dança e música.


Programação

14h - Mesa de abertura

14h30min - Palestra de Jessé Oliveira

15h30min- Debate

16h30min- Coffee-breack

 

REAÇÃO DO GOVERNO BRASILEIRO É TARDIA E INSUFICIENTE
Publicado: 3 de setembro de 2013 às 7:42
Precisou sair no “Fantástico” aquilo que todo mundo no governo já sabia: os Estados Unidos espionaram, e ainda espionam, os telefonemas e os e-mails enviados e recebidos pela presidente Dilma Rousseff. Pois só agora, decorrido mais de um mês depois da denúncia do ex-espião Edward Snowden, diante da exposição de domingo nas telinhas, é que o ministro da Justiça anuncia denúncia às Nações Unidas. Isso depois que o Secretário de Estado americano, aqui no Brasil, teve a desfaçatez de confirmar a continuação da espionagem.
Convenhamos, nossa reação, além de atrasada, é insuficiente. Seria o caso de iniciativas bem mais firmes para demonstrar nossa indignação. Quais?
O cancelamento da visita de estado que Dilma fará em outubro a Washington poderia ser uma delas. Ou sua presença na abertura dos trabalhos da Assembleia Geral da ONU, denunciando a intromissão e pedindo apoio e condenação ao menos retórica das demais nações. A chamada do embaixador brasileiro nos Estados Unidos, para consultas demoradas, também exprimiria a importância dada a prática tão execrável. E outras propostas capazes de exprimir um verdadeiro protesto.
Nada disso acontecerá, salvo engano. Mais uma vez pesará na balança o prejuízo que nossos irmãos do Norte poderão causar à nossa economia. Como sempre, a lei do mais forte prevalecerá.
Indaga-se sobre o que conversarão Dilma e Barack Obama, quando a presidente brasileira estiver hospedada na Casa Branca. Abobrinhas, provavelmente. Juras de amizade. Antes disso, já terão se encontrado em Moscou, pela realização de mais um encontro do G-20. Com a situação na Síria pegando fogo, fica difícil aceitar mais do que uma troca de cumprimentos protocolares nos salões do Kremlin.
Dirão os conformados que política externa é assim mesmo. Reage quem pode, estrila quem consegue. O espírito do marechal Floriano Peixoto não paira sobre Brasília.
MAIS INOCENTES SOFRERÃO
Para ficar na política externa, deveríamos refletir sobre a ameaça que paira sobre a Síria. Um ditador monárquico há anos inferniza aquele país, seguindo o exemplo de seu pai, outro ditador. Uma oposição armada, sabe-se por quem, contribui para a morte de milhares de inocentes, tanto quando o governo em números ainda maiores.
Pois não é que os Estados Unidos encontram-se em vias de aumentar o quota de cadáveres? Barack Obama está a um passo de bombardear Damasco e adjacências com mísseis de última geração. Anuncia que serão atingidos apenas alvos militares, como quartéis, fábricas de munição e outros estabelecimentos bélicos, infelizmente situados em bairros diversos e populosos. A tecnologia ainda não conseguiu produzir bombas especializadas em matar apenas criminosos, poupando inocentes. E nem a pontaria dos americanos é tão absoluta assim. Resultado: morrerão crianças, velhos e famílias sem a menor parcela de culpa sobre a guerra civil, como já tem acontecido. Pergunta-se, para quê? Para satisfazer o complexo industrial-militar?
POUPAR OS TRANSPORTES COLETIVOS
Parece inexorável o aumento nos preços dos combustíveis, em especial a gasolina. Caso contrário a Petrobrás irá à falência, ao tempo em que fica evidente o descompasso entre a economia e a demagogia. Mesmo assim, bem que o governo poderia estabelecer a separação: aumentaria menos, ou nem aumentaria, o preço do óleo diesel destinado aos transportes coletivos. Não seria difícil, com a contrapartida do congelamento das tarifas.

 

Dos Leitores!

muito bom! me fez rir muito a la matina (humor mio a la matina é zero). caramba! adorei teu blogue bem humorado: o hospital dos 3 padres q deram no pé. o prefeito e tre scolari basso la piova a la domenica matina i nessuno piu. o jornalista q tem q vender avon mesmo. o radicci coti de la mama.

ah! urussanga. tutti compagni gli italini. me lembrou um livro muito reacionario q deliciou minha adolescencia e não posso deixar de curtir: peppone i don camilo - serafina! esqueci o nome do jornalista.

bem, escreve menos codificado q não sou do grupo.
salutti

 

 

 

 

Ontem falei com o Bolzan, para que ele como Presidente do Partido solicite aos deputados estaduais do PDT que criem uma Comissão Externa para acompanhar esse caso do Jango.
Ele gostou da idéia.
Abraço, vou trabalhar.

nao era os argerntinos????


vem ca´o vai lá na guria aquela e pergunta como ficou meu negocio no juridico. mandei mail e ela nao respondeu. pede pra ela que eu mandei perguntar.

aki tudo bem....a francis é fã de vcs os guris da opdt. os outros tão todos en vendidos. me avisa ai quando vão buscar a ossada. tem agenda pro conjunto este dos bandidos de são borja???

onde andas???abs

 

 

 

 

Jorge Leão e Adriana Franciosi vencem concurso de fotos
Data: 02/09/2013 22h00min26s UTC

Foto: Adriana Franciosi

Obra vencedora em Fotografia Digital
Foto: Jorge Leão

1º lugar Foto Convencional

Sioma Breitman
Jorge Leão e Adriana Franciosi vencem concurso de fotos
O Memorial da Câmara Municipal da Capital divulgou, nesta segunda-feira (2/9), o resultado do XIII Concurso Sioma Breitman de Fotografia, que, na edição 2013, teve como tema Porto Alegre: Corpo e Alma da Cidade. O 1º lugar na categoria Foto Convencional foi conquistado por Jorge Leão, autor de imagem do campanário da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes. Na categoria Foto Digital, o 1º lugar ficou com Adriana Franciosi, que retratou uma estátua viva na Rua da Praia. Os dois fotógrafos receberão prêmios de R$ 2,5 mil e diplomas e participarão de exposição na Câmara.

VENCEDORES

Foto Convencional

1º lugar - Jorge Leão - Campanário da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes
2º lugar - Alexandre Davi Borges - Ponte sobre o Guaíba
3º lugar - Daniel Sasso de Morais - Catedral Metropolitana

Foto Digital

1º lugar - Adriana Franciosi - Estátua Viva na Rua da Praia
2º lugar - Heloísa da Costa Medeiros - Escadaria da Rua 24 de Maio
3º lugar - Gutemberg Rodrigues Ostemberg - Prefeitura

MENÇÕES HONROSAS

Foto Convencional: Alexandre Davi Borges (Aduana), Domingos de Almeida Martins Costa (Prefeitura, Marco Zero e Mercado Público) e Jorge Leão (Redenção e Lago dos Pedalinhos).

Foto Digital: Alfonso Abraham Lhereux (Interior do Mercado Público), Cristiano Wurdig Soares (Cais do Porto) e Ricardo Corrêa Fabrello (Avenida Borges de Medeiros).

Prêmios

Os fotógrafos que conquistaram os 2º e 3º lugares nas duas categorias também receberão prêmios em dinheiro: de R$ 2 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente, além de diplomas. Às menções honrosas serão concedidos diplomas. Todos os premiados, as menções e outros 48 trabalhos selecionados (ver listas completas) irão compor a mostra do concurso, que será aberta em solenidade no dia 13 de setembro, com visitação até 6 de outubro, em horário a ser divulgado.

Compuseram a Comissão Julgadora: Ayres Cerutti (Associação Riograndense de Imprensa), Élson Sempé Pedroso (Fotografia/Câmara Municipale Itamar Aguiar (Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do RS/Arfoc).

Texto: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)

 

 

 

Abertura da Semana da Pátria 2013

A Semana da Pátria consiste num momento de demonstração de
patriotismo, mas, principalmente, de valorização e reconhecimento ao
povo brasileiro. Todos os anos, os temas Nacional, Estadual e
Municipal elegem valores, feitos e pessoas para que tenham destaque e
sejam homenageados.
No ano de 2013, o Tema Nacional é José Plácido de Castro. Como Tema
Estadual, a homenagem aos 100 anos do Movimento Escoteiro no Rio
Grande do Sul. O Tema Municipal, escolhido por representações do
município, é Juventude e Patriotismo.
Em 1º de Setembro, a Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa realizou
a abertura da Semana da Pátria 2013. O Fogo Simbólico, proveniente da
76ª Corrida da Liga da Defesa Nacional, foi conduzido até a Piazetta
San Marco pelo Grupo de Escoteiros ROAMA e entregue ao Prefeito
Municipal que acendeu a Pira da Pátria. Após o hasteamento das
bandeiras, houve uma homenagem ao Grupo de Escoteiros ROAMA, Leo
Clube, Rotaract, Interact e Pepinos de Cristo, com canções de dois
estudantes serafinenses.

 

 

 

 

Olides, Tem outras matérias, ok. Ligo a noite para a sua casa. Gelson

PADRE ARGENTINO ABANDONA O CELIBATO POR SER GAY



De Buenos Aires

Gelson Farias

 

    

Aos 17 anos de idade, o argentino Andrés Gioeni entrava no seminário para virar padre. Hoje, aos 38 anos, ele deixava a batina e o celibato para sair do armário e viver como leigo. Conta que teve coragem de escrever uma carta ao papa Francisco, depois que o pontífice – durante sua estadia no Brasil -- declarou em coletiva a jornalistas que os homossexuais devem ser incluídos na sociedade. Pediu na carta que a igreja se adapte “aos novos paradigmas do mundo contemporâneo”.

“Escrevi pedindo com sinceridade e humildade ao Papa para que ele fomente a teologia de forma mais coerente ao novo tempo que vivemos”, diz em entrevista ao canal 26 na noite de domingo último. Segundo ele, se deu conta que era homossexual logo depois que deixou a vida religiosa como padre. “Assim que comecei a viver a vida comum e trabalhando diariamente, percebi que parte de mim estava vazia e comecei a me perguntar o que estava se passando comigo, foi quando descobri que sou gay.”


 Papa Francisco.


O  jornalista Luciano Ponce, fez a celebre pergunta ao ex-padre? Hoje ( ...) estas só?  Sem rodeios, o padre André, disse que  tem um relacionamento de nove anos com um rapaz, mas que antes já foi casado com uma mulher, que hoje é amiga dele e, que reside na Espanha e fazem contatos pelo Facebook. Revelou que enquanto estava no seminário sabia que existiam outros padres gays, mas não tinha uma posição sobre isso. “Foi muito complicado eu me assumir, pois eu acreditava que isso era coisa do demônio. Mas depois superei.” Contou.
Sobre o atual cenário LGBT da Argentina o ex-padre gay afirma que a grande maioria dos políticos é favorável aos direitos dos homossexuais no país. “Aqueles que não são a minoria, acabam votando em leis favoráveis para ficarem com sua imagem limpa perante a sociedade. A sociedade argentina avança em questões relacionadas às políticas pró-LGBT, uma delas era o matrimônio.”

Um pequeno texto da carta do ex-padre André que enviou ao papa Francisco.   

Quando questionado se o Papa Francisco mudou seu pensamento quanto aos gays, já que na ocasião da aprovação do casamento igualitário na Argentina ele foi contra, Andrés diz que o Papa sempre foi a favor da inserção da comunidade LGBT na sociedade. “Ele sempre apoiou os gays, desde quando era bispo de Buenos Aires, aquela declaração contra o casamento foi dada, pois ele devia seguir a teologia aplicada pela igreja. Agora que ele está em outro nível ele pode dizer de forma mais livre o que pensa. Na época em que Francisco vivia na Argentina ele até tinha programas dentro da igreja que ajudava homossexuais.”


Explicamos o atual cenário político brasileiro relacionado à comunidade LGBT e sobre a organizada Frente Parlamentar Evangélica, que ocupa cadeiras no Poder Legislativo em Brasília. Quando explicamos o projeto de cura gay, ele chamou o  deputado Marco Feliciano que criou a proposta de “Cura Gay”, de um homem despreparado para viver em uma sociedade livre, de “ homofóbico e de um cabeça quadrada”, assim como todos aqueles que tentam barrar o avanço de políticas igualitárias. Se no Brasil temos o padre Fabio de Melo que chama atenção por sua beleza, sem dúvida, quem ocupa este cadeira na Argentina é o ex-padre Andrés. E para a felicidade de todos do babado, o argentino saiu do armário e deixou o celibato para quem mantém o sacerdócio. Atualmente ele é ator, escritor e diretor de televisão.

 

 

 

Caros editores,
Segue em anexo novo artigo do Dr. Edson Luís Kossmann sobre o programa Mais Médicos.
Grande abraço,

Saúde censitária e racista


Na Grécia antiga, só os homens (ser humano, animal bípede, do sexo masculino) não escravos, portanto, possuidores, eram cidadãos e podiam participar livremente da Ágora, exercendo a democracia. Nos Estados Unidos, século XIX, a guerra da secessão matou quase um milhão de americanos em um sangrento conflito entre os abolicionistas e os escravagistas. No Brasil, um dos últimos países do mundo a abolir a escravidão, praticou o voto censitário (só votava quem conseguia comprovar determinada renda) até o final do século XIX, e o direito às mulheres votarem somente foi conquistado em meados do século XX. Esses são alguns dos exemplos da árdua luta que a humanidade praticou frente às barreiras econômicas, sexuais e raciais que ela mesma sempre impôs a seus “semelhantes”. Tais barreiras sempre tiveram como questão de fundo a luta pelo (e pela manutenção) do poder - pois quando se restringe direitos se mantêm o poder de concedê-los ou negá-los, sobre quem não os possui – a custo, sempre, dos mais básicos direitos humanos e fundamentais.

Hoje, quando se vê o ferrenho enfrentamento à política de saúde do Governo Federal, principalmente ao programa Mais Médicos, se tem a impressão de que a questão vai bem além das discussões salariais dos médicos e suas condições de trabalho, até porque a remuneração de dez mil reais oferecida, mais todos os demais incentivos como moradia etc, não é pouca coisa para a maioria desses profissionais que está em início de carreira e é egressa de universidades públicas (portanto da educação financiada com recursos do conjunto da população). E, na falta de outras condições de trabalho (se fosse esse o caso), um médico inteligente, com seu estetoscópio e uma boa conversa com o paciente, é muito, mas muito mais do que nada.

Ocorre que o combate a essa política já vinha crescendo nos últimos tempos, principalmente pelos representantes das corporações da classe médica (é necessário que se diga sempre, a bem da verdade, que não são todos os médicos que são contra essa política pública e, principalmente, a vinda de médicos de outros países), porém, esse enfrentamento se intensificou com a chegada dos médicos oriundos da ilha cubana.

Todos os insultos e adjetivações dirigidas a esses profissionais, além de representar a ignorância, o preconceito e o corporativismo tacanho dessas pessoas, parece não ser um fim em si mesmo, mas, sim, um instrumento tático para bloquear o enfrentamento da questão de fundo, qual seja, se esses brasileiros que vivem em locais mais desprotegidos (regiões mais periféricas das grandes cidades ou nos vilarejos mais distantes do interior do Brasil) têm ou não direito à saúde; da mesma forma como já se discutiu se os negros, os pobres e as mulheres teriam ou não direito à cidadania.

A negativa de direitos sempre foi uma poderosa arma das elites. A eficácia de seu uso consiste no constante jogo entre a necessidade e a promessa de atendimento a essa necessidade. Basta lembrar, como exemplo, a histórica relação de nossas elites com a questão da absoluta miséria em que viviam (alguns ainda vivem) milhões de brasileiros e o efetivo combate a qualquer programa governamental que procure erradicá-la ou minimizá-la.

Em relação aos médicos estrangeiros, entendo ser emblemática a cena que registra a raivosidade quase canina demonstrada por alguns “profissionais” na chegada daqueles médicos-negros-escravos-cubanos. Também, convenhamos, esses médicos “negros e pobres” ousam enfrentar nossos médicos brancos, ou quase todos brancos, ou quase brancos, mas todos de alma branca, com seus jalecos brancos, representantes da elite branca desse nosso país sem preconceitos. E mais, esses negros que agora vêm ao Brasil, não mais na condição de escravos dos brancos, mas para cuidar dos pobres e negros brasileiros que ainda ousam sobreviver renegados à condição de habitantes das senzalas.

Agora só falta querer fazer com que os médicos brasileiros contratados para trabalhar nos serviços públicos realmente cumpram as cargas horárias contratadas; afinal se chegamos até aqui, o que custa sonhar com o impossível.


Edson Luís Kossmann

Dallagnol Advogados Associados

edsonlk@hotmail.com

www.advogadosdallagnol.com.br


 

 

 

 

 

OSSADA DE JANGO

 

 

Não estive na reunião de hoje de manhã no PDT, mas tiro minhas conclusões

 

 

1) Na reunião, o prefeito de SAO BORJA, farelo almeida, não foi ....lá está meio que provado que os ossos do jango não voltaram ao tumulo original, apesar de todos os desmentidos das autoridades

 

2)Foram ao encontro o repórter de O Globo, Flávio Ilha. de tarde o site TERRA e o VALOR ECONOMICO ESTAVAM FAZENDO MATERIAS DO ENCONTRO.

 

3)a retirada da ossada do Jango não tem data. Minha intuição de repórter me diz que será feita na calada da noite, sem o menor alarde.

 

4) e como já disse alguns anos atrás no meu blog, não voltarão a SB!

 

 

 

Boa tarde! Estamos encaminhando Artigo escrito pelo Prefeito do
município de Serafina Corrêa, Ademir Antônio Presotto, referente à
Semana da Pátria.

Agradecemos a atenção e divulgação.
Adriana Sabadin - Assessora de Imprensa
Jornalista MTE 15791
54 9134 6411

Patriotismo

Em todas as cidades brasileiras, de 1º a 7 de Setembro, acontecem
homenagens à Pátria. Justas e merecidas, pois com elas demonstramos
nosso amor e nosso reconhecimento. É também ocasião propicia falar
sobre cidadania.
Como podemos exercer nossa cidadania?
Conhecendo nossos direitos e deveres, participando da vida política
do nosso país, respeitando as pessoas e suas distintas culturas,
cuidando do meio ambiente, abandonando preconceitos e
fundamentalismos... Todas essas atitudes fazem com que nos tornemos
cidadãos de verdade, pessoas merecedoras de respeito, afinal ?Pátria é
vida com dignidade?.
Contudo, todas essas demonstrações não completam os sentimentos que
os filhos de uma Pátria devem trazer gravados na memória, ou seja,
conhecer sua história e vivê-la dia-a-dia. Isso deve ser cultuado
especialmente na família e na escola, que é onde inicia a formação do
caráter da criança e do adolescente.
Ao longo do tempo, conceitos importantes foram perdendo-se pelo
caminho em nome de um modernismo que, a par de muita coisa boa, influi
também para a desfiguração do patriotismo e uma quase inércia,
impedindo de mantê-lo aceso e vibrante, com o que se faria jorrar nas
veias os sentimentos que devem acompanhar todas as gerações.
Quantos de nós se recordam dos desfiles da Semana da Pátria,
organizados pela Escola Rosário, em Serafina Corrêa? Com quanto
entusiasmo eram realizados os ensaios, quanta ansiedade para que
chegasse o dia da apresentação? E com que orgulho se desfilava pela
avenida sob os olhares de admiração dos presentes!
Consideramos, porém, que a história não é feita só de passado. A
história tem também presente. O segredo está em saber percebê-la em
todos os seus ângulos. Por falar nisso, é preciso, e até
imprescindível, destacar que a Pátria sou eu, é você, somos nós,
irmanados, e que todos temos a responsabilidade e o compromisso de
respeitá-la, honrá-la e defendê-la.
A Pátria que temos é resultado de nossas atitudes. As atitudes geram
hábitos. Hábitos geram um estilo de vida. Estilo de vida é o reflexo
do caráter. O caráter de um povo é o reflexo daquilo que ele pensa.
Nós somos o que pensamos e não o que pensamos que somos.
Enfim, para que sejamos tomados de justo orgulho ao celebrar mais uma
Semana da Pátria, honrando os mártires do passado, os heróis da nossa
independência e um Brasil mais justo para com seu povo, o façamos com
um sentimento do dever cumprido, um sentimento à flor da pele, que só
os bravos o têm, denominado patriotismo.

Ademir Antônio Presotto,
Prefeito do Município de Serafina Corrêa/RS. 01/09/2013

 

 

 

 

de serafina

' BICO BRANCO'

DÁ UNS ESPORROS POR TER IDO POUCA GENTE

NA ABERTURA DA SEMANA DA PATRIA!

Estava indo pro hotel pega minhas tralhas e ir pra rodoviária no chuvoso domingo passado. vinha da casa dos meus pais onde almocei radici coti, mandioca e uma carninha maravilhosa. só minha mãe pra fazer aquilo...até trouxe num pote pra porto.

eram lá pelas cinco quando avistei meia duzia de crianças no palco da praça. chovia a cantaros. no meio delas estava o p0refeito. era uma homenagem ao dia da pátria.

sei que de manha foram poucaos pra aberutra da semana. O BICO BRANCO DEU umas ' esporradas ' nos assessores. é que com a chuva táva bom de ficar na caminha(

 

 

 

VC. já viu isto?

http://youtu.be/kr5BbHotajQ

 

 

dE sERAFINA

AFINAL, DE QUEM É O HOSPITAL LOCAL?

nESTA TARDE CHUVOSA DE DOMINGO, 1.09 em que a cidade praticamente não saiu de casa - havia umas bandas que sairiam hoje mas o tempo ruim não permitiu - muita gente deve ter ficado em casa pensando NO QUE VAI acontecer a partir de amnha, seegunda quando o diretor do corpo clinico do hospital local , médico enio massolini, deu prazo fatal para que sejam solucionadas as questões que envolvem o hospital nos ultimos tempos.

senão vejamos

1) o hospital vive praticamente de uma farmácia que está dentro do prédio. a farmácia rende 15 mil por mês que é o que sustenta o hospital. só que a farmácia estava no nome de 3 padres, que tiveram que repassa-la a nova entidade que assumiu o hospital, que é uma associação de moradores

2) os padres se livraram do hospital algum tempo atrás.não quiseram mais que fosse paroquial. agora o hospital é da comunidade, mas a politica partidária está metida njisto. a atual presidente, é do PMDB.

3) a farmácia foi repassada pra entidade que cuida do hospital porque na verdade ela não poderia funcionar dentro do prédio do hospital
4) o ex-administrador, anos atrás, construiu um prédio do lado do SUS - posto médico - porque queria vender os remédios pros caras que saíam das consultas. mas como o PT começou a dar remédio de Graça, leia-se Lula, a farmácia do administrador foi meio que pro saco. o pre´dio do hospital está lá.

4) não estóu dizendo que há irregularidades. fala-se muito disto, mas ninguém prova nada.

5) a verdade é que um membro da turma que dirige o hospital, o marieto migliavacca se ofereceu pra ser presidente da entidade que o dirige. Mas o ex-presidente, o Maccari( que é o representabnte do correio do povo local) não concordou que o Marieto assumisse o posto.

5) Arnaldo Pacassa, dono do posto Ipiranga, tam bém ex-seminarista(embora não seja um ' basa basnqui") foi colocado meio que como intermediário pra solucionar os problemas enfrenados pelo hospital.

6)Há 3 médicos que trabalham no hospital, que são os mais conhecidos da comunicade. Enio massolini, diretor do corpo clínico, Paulo Massolini, obstetra e irmão de Enio e ERoberto Arroque, que é anestesista e geriatra.

7) os 3 tem uma clinica bem perto do hospital, a são lucas.

8)Enio Massolini é um excelente cirurgião,segundo falam na comunidade. O assunto do hospital é tão premente que até durante as festividades do municipio, no dia da festa da Massa - um almoço tipico daqui em julho - o enio colou no prefeito Bico Branco durante o almoço e ficou tratando este asssunto.

9) a comunidade pelo que ouvi está meio atonita olhando tudo. Mas como o hospital sempre foi dos padres, o pessoal vai levando,achando que tudo se resolve.

10)Hoje,segunda,deverá ser pago por um dos integrantes da diretoria, o ziliotto, 140 mil reais ao ex-adminstrador, Argelio que foi demitido dias atrás.

11)Teria sido um acordo judicial feito entre as partes.

Divulgo aqui a nota lida nas tres rádios de serafina - Odisseia, Comunitária e Rosário no dia 28 passado pelo médico Enio Massolini.

Ei-la:

"MANIFESTO MEDICO.

oS MEDICOS DO CORPO CLINICO DO HOSPITAL NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO VEM A PUBLICO MANIFESTAR PREOCUPAÇÃO FRENTE A REALIDADE QUE SE ENCONTRA NOSSO HOSPITAL.

1- fALTA DE REFERENCIA ADMINISTRATIVA . HOJE NÃO TEMOS ADMINISTRADOR COM PODERES PARA TOMADA DE DECISÕES,TANTO DE PARTE DA ENFERMAGEM COMO DA PARTE MÉDICA.

2 - NÃO TEM MÉDICOS CONTRATADOS PARA ATENDER AS ENFERMARIAS DO HOSPITAL DO SERVIÇO UNICO DE SAUDE -SUS EM TEMPO INTEGRAL( 24 HS) SENDO QUE O UNICO MEDICO CONTRATADO TRABALHA SEIS HORAS POR DIA DAS 07 HORAS ÁS 13 HOTRAS E O MESMO NÃO RESIDE NO MUNICIPIO,FICANDO O RESTANTE DO DIA SEM COBERTURA MÉDICA.

COMO FICA NOS CASOS DE URGENCIA MÉDICA?

3 - QUANDO SOLICITAMOS POR PARTE DA ATUAL DIRETORIA PARA RESOLVER ASSUNTOS MÉDICOS, DIGO, ATENDIMENTO SUS- SISTEMA UNICO DE SAUDE - DE URGENCIA A DIREÇÃO DIZ QUE O RESPONSÁVEL PRA RESOLVER OS PROBLEMAS MÉDICOS É O DIRETOR CLINICO PORTANTO, COMO DIRETOR CLINICO NAO TEM PODERES PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATENDIMENTO DO HOSPITAL ,ESTÁ AFASTAN DO-SE DO CARGO DE DIRETOR CLINICO ATÉ QUE TENHAM SIDO SOLUCIONADOS OS PROBLEMAS GRAVES DO NOSSO HOSPITAL.

OS MÉDICOS DO CORPO CLÍNICO DÃO PRAZO ATÉ O DIA 02.09.2013 PARA QUE SEJAM TOMADAS AS PROVIDENCIAS NECESSÁRIAS. CASO NÃO SEJAMOS ATENDIDOS, SOLICITAREMOS AVALIAÇÃO DOS ÓRGÃOS COMPETENTES.

OS MÉDICOS ESCLARECEM QUE ESTÃO A DISPOSIÇÃO DA DIRETORIA E INFORMAM A POPULAÇÃO SERAFINENSE E DA REGIÃO QUE AS DECISÕES TOMADAS SÃO A FAVOR DE GARANTIAS AO ATENDIMENTO DE TODOS.

POR ISSO, SOLICITAM A COMPREENSÃO E PEDEM A COMUNIDADE PARA QUE SE UNA AOS PROFISSIONAIS MÉDICOS PARA QUE EM CONJUNTO TOMARMOS A MELHOR DECISÃO.

sERAFINA cORREA, 28 DE AGOSTO DE 2013

REPRESENTANTE DOS MÉDICOS.

ASSINA ENIO LUIS MASSOLINI

CRM /RS

7072"

Em tempo.

Integrantes da atual direção do hospital entenderam anota ' precipitada', mas não quiserem vir a público pra evitar de colocar mais gasolina no incendio,segundo me disse um deles, neste domingo,dia 1.09 dia de muito temporal em serafina.

 

Saúde recebe 13 profissionais do Programa Mais Médicos

 

Formados no Brasil, médicos irão participar de dinâmica de integração
Formados no Brasil, médicos irão participar de dinâmica de integração

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) receberá os primeiros profissionais do Programa Mais Médicos nesta segunda-feira, 2, às 10h, no auditório do Edel Trade Center, no 2º andar (avenida Loureiro da Silva, 2001). Serão 13 médicos formados no Brasil, selecionados no Programa Mais Médicos. Os profissionais deverão estar presentes às 9h para conferência de documentação e assinatura de contrato. Durante a solenidade, os médicos serão acolhidos e participaram de uma dinâmica de integração. No dia seguinte, os novos médicos se apresentam nas Gerências Distritais onde serão encaminhados para as Unidades de Saúde onde irão trabalhar.

Mais Médicos - O Programa Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê investimento em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde há escassez ou não existem profissionais. As vagas são oferecidas prioritariamente a médicos brasileiros, interessados em atuar nas regiões onde faltam profissionais. No caso do não preenchimento de todas as vagas, o Brasil esta aceitando candidaturas de estrangeiros, com a intenção de resolver esse problema, que é emergencial para o país.

 

Alo Rosane de oliveira, escreva o livro sobre assistencia média (a falta ) e as mortes que provoca. esperamos pra ler.

*

De Serafina

Adriana Sabadin vai vender cosméticos depois que deixar a prefa, quando terminar o mandato do Bico Branco.

*

É jornalista tem mais que vender cosmético mesmo...

*

Tem uma fofoca boa aki: o radialista,ou locutor da Odisséia FM é de Parai, municipio aqui do lado, mas um c....de pequeno(desculpem o palavrão, me saiu....) [é conhecido pelo basalto.

Pois o locutor da Odisseia é bairrista. aki em Serafina lê mais as noticias de Parai do que da rádio onde ele trabalha. Alguém quer dar queixa ao Bico Branco da sabotagtem do cara, mas tem medo que o prefa dê uns coices muito fortes...

*

Estas rivalidades entre municipios do interior são um sarro. O cara vai pra rádio do municipio vizinho e mesmo assim fica puxando o saco de onde ele nasceu. é assim mesmo.

*

Vi uma publicação no restaurante Rossatto, sobre a Mostra Guaporé, muito boa. MUito bem feita. Fui olhar onde tinha sido impressa. Em ASerafina, ora bolas.

*

Aki eu sempre digo: serafina laora e guaporé guadanha( serafina trablha e guaporé lucra...)

 

DE SERAFINA

FaLTA LUZ AQUI DESDE AS OITO DA MATINA NESTE DOMINGO INVERNOSO. É POSSIVEL QUE UMA CIDADE DE 15 MIL HABITANTES FIQUE SEM LUZ DUAS HORAS???

aQUI A LUZ É DA rge

 

De Serafina

Nesta segunda,dia 02.09 o hospital de serafina vai pagar 140 mil reais acordados na Justiça ao ex-adminsitrador Argelio que estava a frente do hospital há 30 anos.

o acordo foi costurado por Arnaldo Pacassa e Zilioto, um forte colono, que já foi secretário da agricultura do munbicipio.

Rumores na cidade dizem que se Argélio pedir danos morais levaria 400 mil reais. Mas é tudo suposição. de barriga de mulher e de cabeça de juiz nunca se sabe o que pode sair.

 

Convite para quem luta pela qualificação da saúde no Brasil

As reações raivosas e saturadas de xenofobia e racismo das entidades representativas e de centenas de médicos e estudantes de medicina brasileiros contra a chegada de médicos estrangeiros – principalmente os cubanos – ao Brasil têm despertado constrangimento e repulsa aos demais ativistas do país e do exterior que lutam pela integração e a solidariedade entre os povos.

Neste sentido a Associação Cultural José Marti do RS vem registrar publicamente o seu repúdio ao comportamento daquelas e daqueles profissionais que de forma imatura e desprovida de qualquer ética só contribuem para escancarar o nível de desumanização e reforçar a vergonhosa mercantilização da saúde no Brasil.

Sem considerar a urgência no atendimento em saúde de milhões de brasileiras e brasileiras desassistidos estes profissionais adotam referências que lhes convêm para justificar a hipocrisia dos seus discursos e manipular os reais interesses corporativos que envolvem a defesa da qualidade do serviço médico para a população brasileira.

Para nós, militantes da Associação Cultural José Martí e as centenas de entidades e ativistas que nos apoiam, será um orgulho receber em nosso Estado estes médicos “sem fronteiras”, que trazem na bagagem o desejo de ver o Brasil melhor e de minimizar o sofrimento de um povo que por muito tempo esteve alijado dos direitos sociais. E certamente é isso que preocupa: a vinda de humanistas, de pessoas que são leais aos princípios que norteiam a sua profissão.

Que venham 10, cem, mil médicos e os receberemos de braços abertos. Que venham os médicos cubanos, assim reforçaremos a nossa fé de que “outro mundo é possível”! Que venham os médicos cubanos com a sua força internacionalista, com a sua vontade de mudar, com o seu sorriso e a sua ternura. “Que venham aos milhares”!

Quem luta pela saúde e pelos avanços na qualidade de vida do povo brasileiro está convidado para comparecer, na próxima segunda-feira, às 18h, em frente ao Palácio Piratini, para receber os primeiros 44 médicos estrangeiros e brasileiros - muitos formados em Cuba -, que chegam ao Rio Grande do Sul e serão recebidos e homenageados pelo Governador do Estado. E que a participação nesta homenagem não seja impulsionada por decisões ou impedimentos ideológicos ou partidários, e sim pelo respeito que estes jovens médicos e os desprovidos em saúde merecem de nós. Compareçam!
Associação Cultural José Martí/RS


 

 

 

Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
deste sábado que escrevo na Folha Popular de Teutônia.
Abraços
Rudimar Thomas

 

 

 

 

A Presidenta já está reeleita. Com o crescimento da economia no segundo trimestre de 1,4%, só superado em nível mundial pela China, a oposição e a mídia tucano/democrata perdem a última bandeira para a campanha de 2014.

Com programa Mais Médicos, Dilma se equipara a Lula na mente dos brasileiros e vai pavimentando o caminho para seu segundo mandato. As oposições ficarão mais quatro anos afastadas do poder, inclusive podendo perder estados que hoje dominam para a base aliada do governo federal.

Ao abrirem os jornais aliados do último sábado, Aécio Neves, Eduardo Campos e Marina devem ter sentido um frio na espinha, ali estava escancarada em manchetes números, a continuidade do PT no comando do País.

Remindo Sauim

 

BICO BRANCO

AINDA NÃO SABE SE CONCORRE A DEPUTADO FEDERAL!

Numa entrevista que fiz na sexta de manhã, dia 30.08 na sede da prefeitura, o prefeito Bico Branco falou de vários temas...a sucessão estadual que ele acompanha pari a passo, porque define seu futuro politico, novo parque de máquinas que estará fazendo,e o ritmo que imprime ao segundo mandato na prefeitura. O Bico Branco adquiriu respeito até dos seus adversários, que embora o critiquem pelos esporros e pelos coices que dá sabem que o Ademir não está ai brincando de ser prefeito. tem pretensões a entrar pra história do municipio. poderá ser o primeiro deputado federal daki porque os demais foram sempre de guapore´.

p - prefeito como foi o encontro do PP municipal realizado na semana em serafina?

r - No primeiro momento era um encontro municipal.com liderançasuma reunião de trabalho.tomou uma dimensão maior,e no segundo momento convidamos municipios da região.se fizeram presentes vários municipios, tivemos a presença de do deputado federal Covatti(Vilson)do suplente da senado ana amélia,marcio turra,e tivemos também alguns pré-candidatosque é o caso do filho do covatti,o filho do Turra,todos candidatos a deputado estadual.foi uma reunião de trabalho. as lideranças locais expuseram o que pensam, as lideranças de fora colocaram a situação a nivel de estado,esclarecendo pra nós todos,e acreidto que é uma maneira de voce motivar diria a voce olides que foi uma grande reunião.Tiveram mais ou menos 400 pessoas,com uma organização fantástica aqui vão os méritos para oVilmar Castro que foi quem organizou,o Gringo, né,foi uma reunião de trabalho.Precisa de vez em quando colocar um gás nesta turma ai pra dar uma chacoalhada, não tem a menor dúvida.

p- com of ato do deputado covatti ser o coordenador da campnha da senadora ana amélia a governador,abre-se a possibilidade de que ele não concorra a reeleição.Há uma chance da região de serafina, não digo serafina,ter um candidato do PP a deputado federal?

R - eu acredito que neste momento não.Aqui da região, não.( o repórter sentiu que a resposta foi afirmativa, convicta).

Ter candidato a deputado estadual,sim.está se definindo entre o filho do Turra que é o Sergio Turra e o filho do ex-ministro, e o antoninho spiller, de guaporé.

que é ex-prefeito de Guaporé.Os dois nomes sondados neste momento.Então está se procurando chegar a um entendimento No momento tem que definir, um dos dois.Pra que de fato haja possibilidade que ele se eleja.que é de extrema importância pra nossa região.Ter um representante nosso.mas a nivel federal o PP neste momento eu acredito que não,ainda.Há poucos dias eu recebi aqui( o prefeito fala do seu gabinete) o Jeronimo Goergen(dep.federal do PP, de santo augusto,ligado ao agronegocio) nós estávamos conversando e a gente sabe que não é tão simples assim eleger um deputado federal.Então o PP está se preocupando neste momento está se preocupando em divulgar muito o nome da senadora Ana Amélia colocando nos municipios pra ver a receptividade. O fato do Covatti estar coordenando a campanha da senadora Ana Amélia pra nós aqui nos surpreendeu da maneira que foi colocada( o prefeito se refere a pergunta do reporter). Eu estive numa reunião regional do PP em Bento Gonçalves, onde estava presente o presidente nacional do PP e a gente sentiu e acredito que a propria senadora está fazendo uma avaliação se vai ou não. Eu acredito que ela seja candidata mas esta avaliação está sendo feita. Porque a hora é agora precisa ver os ciclos de apoio do que vai acontecer.Ontem a noite(quinta, dia 29.8) nós tivemos aqui a presença do vice-presidente do Banrisul,Flávio Lamel,que é um pré-candidato a deputado estadual e durante a janta eu falei com ele o que ele sente o que ele vê o que ele não vê.Acredito que a esta altura existe definição em vários partidos.O candidato que a gente sabe com certeza é o governador TARSO gENRO, do PT e os outros todos estão ali, PMDB diz que vai de Ivo Sartori(ex-prefeito de Caxias do Sul)PP de ana amélia,PDT acredito que pela conversa que seja o Vkieira da Cunha,então vamos ver o que vai acontecer, né.

p - O unico assumido é o governador Tarso?

R - Com certeza.Os outros estão só avaliando, né.

P-O PDT vai apoiar o PT?

R - No primeiro turno, não. Particularmentesim o Lammel apoia o Tarso, mas ele acha que o PDT vai ter candidatura própria.

P - E as obras?

R - Nós estamos concluindo a industria do conhecimento proximo a escola Leonora(Bellenzier) estamos dando sequencia a academias de ginástica com toda a estrutura que custam mais de 100 mil reais uma destas academias. Esta obnra da industria do conhecimento é investimento na ordem de 300mil reais que foi feito parceria com Fiergs , municipio praticamente não desenbolsou e nos temos uma grande obra em andamento que é a revitalização de uma praça no gina´sio valdomiro castro no valor de 550 mil reais.ali onde era o parque das máquinas.o parque foi transferido numa pavilhão que alugamos no antigo clube 11 foi pra lá.nossa idéia é adquririr um terreno pra construir um parque de máquinas pro municipio.até porque hj o municipio tem uma frota de um pouco grande então precisamos de dois pavilhões pra educação onde vão todos os onibus da educação(transporte escolar)e um pras máquinas pra parte de secretaria de obras .

P - E o transporte municipal?

R- Temos um projeto de lei na camara e irá ser implantado.

vai ser implantado o transporte urbano .durante o ano que vem,acredito.

P - e o 20 de setembrfo que está ai?

R - Vai ter um acampamento abertura dia 14 de setem,bro este ano será no bairro santinnum ginásio lá, num local adequado pra isto, né.

Todas as noites haverá shows. O acampamento será lá e não mais no portico, onde havia perigo de atropelamentos.


 

e o mazzarino não veio...

como eu imaginei o mazza não pintou em serafina.

é que a banda marcial não podia recebe-lo no portico.

povo de encantado e arredores, uni-vos!

 

 

 


POSTE DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA 100% ALIMENTADO POR ENERGIA EÓLICA E SOLAR
Empresário cearense desenvolve o primeiro poste de iluminação pública 100% alimentado por energia eólica e solar

Não tem mais volta

As tecnologias limpas – aquelas que não queimam combustível fóssil – serão o futuro do planeta quando o assunto for geração de energia elétrica. E, nessa onda, a produção eólica e solar sai na frente, representando importantes fatias na matriz energética de vários países europeus, como Espanha, Alemanha e Portugal, além dos Estados Unidos. Também está na dianteira quem conseguiu vislumbrar essa realidade, quando havia apenas teorias, e preparou-se para produzir energia sem agredir o meio ambiente. No Ceará, um dos locais no mundo com maior potencial energético (limpo), um ‘cabeça chata’ pretende mostrar que o estado, além de abençoado pela natureza, é capaz de desenvolver tecnologia de ponta.

O professor Pardal cearense é o engenheiro mecânico Fernandes Ximenes, proprietário da Gram-Eollic, empresa que lançou no mercado o primeiro poste de iluminação pública 100% alimentado por energias eólica e solar. Com modelos de 12 e 18 metros de altura (feitos em aço), o que mais chama a atenção no invento, tecnicamente denominado de Produtor Independente de Energia (PIE), é a presença de um avião no topo do poste.

Feito em fibra de carbono e alumínio especial – mesmo material usado em aeronaves comerciais –, a peça tem três metros de comprimento e, na realidade, é a peça-chave do poste híbrido. Ximenes diz que o formato de avião não foi escolhido por acaso. A escolha se deve à sua aerodinâmica, que facilita a captura de raios solares e de vento. "Além disso, em forma de avião, o poste fica mais seguro. São duas fontes de energia alimentando-se ao mesmo tempo, podendo ser instalado em qualquer região e localidade do Brasil e do mundo", esclarece.

Tecnicamente, as asas do avião abrigam células solares que captam raios ultravioletas e infravermelhos por meio do silício (elemento químico que é o principal componente do vidro, cimento, cerâmica, da maioria dos componentes semicondutores e dos silicones), transformando-os em energia elétrica (até 400 watts), que é armazenada em uma bateria afixada alguns metros abaixo. Cumprindo a mesma tarefa de gerar energia, estão as hélices do avião. Assim como as naceles (pás) dos grandes cata-ventos espalhados pelo litoral cearense, a energia (até 1.000 watts) é gerada a partir do giro dessas pás.

Cada poste é capaz de abastecer outros três ao mesmo o tempo. Ou seja, um poste com um "avião" – na verdade um gerador – é capaz de produzir energia para outros dois sem gerador e com seis lâmpadas LEDs (mais eficientes e mais ecológicas, uma vez que não utilizam mercúrio, como as fluorescentes compactas) de 50.000 horas de vida útil dia e noite (cerca de 50 vezes mais que as lâmpadas em operação atualmente; quanto à luminosidade, as LEDs são oito vezes mais potentes que as convencionais). A captação (da luz e do vento) pelo avião é feita em um eixo com giro de 360 graus, de acordo com a direção do vento.

À prova de apagão

Por meio dessas duas fontes, funcionando paralelamente, o poste tem autonomia de até sete dias, ou seja, é à prova de apagão. Ximenes brinca dizendo que sua tecnologia é mais resistente que o homem: "As baterias do poste híbrido têm autonomia para 70 horas, ou seja, se faltarem vento e sol 70 horas, ou sete noites seguidas, as lâmpadas continuarão ligadas, enquanto a humanidade seria extinta porque não se consegue viver sete dias sem a luz solar".


O inventor explica que a idéia nasceu em 2001, durante o apagão. Naquela época, suas pesquisas mostraram que era possível oferecer alternativas ao caos energético. Ele conta que a caminhada foi difícil, em função da falta de incentivo – o trabalho foi desenvolvido com recursos próprios. Além disso, teve que superar o pessimismo de quem não acreditava que fosse possível desenvolver o invento. "Algumas pessoas acham que só copiamos e adaptamos descobertas de outros. Nossa tecnologia, no entanto, prova que esse pensamento está errado. Somos, sim, capazes de planejar, executar e levar ao mercado um produto feito 100% no Ceará. Precisamos, na verdade, é de pessoas que acreditem em nosso potencial", diz.

Mas esse não parece ser um problema para o inventor. Ele até arranjou um padrinho forte, que apostou na idéia: o governo do estado. O projeto, gestado durante sete anos, pode ser visto no Palácio Iracema, onde passa por testes. De acordo com Ximenes, nos próximos meses deve haver um entendimento entre as partes. Sua intenção é colocar a descoberta em praças, avenidas e rodovias.

O empresário garante que só há benefícios econômicos para o (possível) investidor. Mesmo não divulgando o valor necessário à instalação do equipamento, Ximenes afirma que a economia é de cerca de R$ 21.000 por quilômetro/mês, considerando-se a fatura cheia da energia elétrica. Além disso, o custo de instalação de cada poste é cerca de 10% menor que o convencional, isso porque economiza transmissão, subestação e cabeamento. A alternativa teria, também, um forte impacto no consumo da iluminação pública, que atualmente representa 7% da energia no estado. "Com os novos postes, esse consumo passaria para próximo de 3%", garante, ressaltando que, além das vantagens econômicas, existe ainda o apelo ambiental. "Uma vez que não haverá contaminação do solo, nem refugo de materiais radioativos, não há impacto ambiental", finaliza Fernandes Ximenes.

Vento e sol

Com a inauguração, em agosto do ano passado, do parque eólico Praias de Parajuru, em Beberibe, o Ceará passou a ser o estado brasileiro com maior capacidade instalada em geração de energia elétrica por meio dos ventos, com mais de 150 megawatts (MW). Instalada em uma área de 325 hectares, localizada a pouco mais de cem quilômetros de Fortaleza, a nova usina passou a funcionar com 19 aerogeradores, capazes de gerar 28,8 MW. O empreendimento é resultado de uma parceria entre a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a empresa Impsa, fabricante de aerogeradores. Além dessa, a parceria prevê a construção de dois outros parques eólicos – Praia do Morgado, com uma capacidade também de 28,8 MW, e Volta do Rio, com 28 aerogeradores produzindo, em conjunto, 42 MW de eletricidade. Os dois parques serão instalados no município de Acaraú, a 240 quilômetros de Fortaleza.Se no litoral cearense não falta vento, no interior o que tem muito são raios solares. O calor, que racha a terra e enche de apreensão o agricultor em tempos de estiagem, traz como consolo a possibilidade de criação de emprego e renda a partir da geração de energia elétrica. Na região dos Inhamuns, por exemplo, onde há a maior radiação solar de todo o país, o potencial é que sejam produzidos, durante o dia, até 16 megajoules (MJ – unidade de medida da energia obtida pelo calor) por metro quadrado.

Essa característica levou investidores a escolher a região, especificamente o município de Tauá, para abrigar a primeira usina solar brasileira. O projeto está pronto e a previsão é que as obras comecem no final deste mês (abr10). O empreendimento contará com aporte do Fundo de Investimento em Energia Solar (FIES), iniciativa que dá benefícios fiscais para viabilizar a produção e comercialização desse tipo de energia, cujo custo ainda é elevado em relação a outras fontes, como hidrelétricas, térmicas e eólicas.

A usina de Tauá será construída pela MPX – empresa do grupo EBX, de Eike Batista – e inicialmente foi anunciada com uma capacidade de produção de 50 MW, o que demandaria investimentos superiores a US$ 400 milhões. Dessa forma, seria a segunda maior do mundo, perdendo apenas para um projeto em Portugal. No entanto, os novos planos da empresa apontam para uma produção inicial de apenas 1 MW, para em seguida ser ampliada, até alcançar os 5 MW já autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os equipamentos foram fornecidos pela empresa chinesa Yingli.

Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Antônio Balhmann, essa ampliação dependerá da capacidade de financiamento do FIES. Aprovado em 2009 e pioneiro no Brasil, o fundo pagaria ao investidor a diferença entre a tarifa de referência normal e a da solar, ainda mais cara. "A energia solar hoje é inviável financeiramente, e só se torna possível agora por meio desse instrumento", esclarece. Ao todo, estima-se que o Ceará tem potencial de geração fotovoltaica de até 60.000 MW.

Também aproveitando o potencial do estado para a energia solar, uma empresa espanhola realiza estudos para definir a instalação de duas térmicas movidas a esse tipo de energia. Caso se confirme o interesse espanhol, as terras cearenses abrigariam as primeiras termossolares do Brasil. A dimensão e a capacidade de geração do investimento ainda não estão definidas, mas se acredita que as unidades poderão começar com capacidade entre 2 MW a 5 MW.

Bola da vez

De fato, em todas as partes do mundo, há esforços cada vez maiores e mais rápidos para transformar as energias limpas na bola da vez. E, nesse sentido, números positivos não faltam para alimentar tal expectativa. Organismos internacionais apontam que o mundo precisará de 37 milhões de profissionais para atuar no setor de energia renovável até 2030, e boa parte deles deverá estar presente no Brasil. Isso se o país souber aproveitar seu gigantesco potencial, especialmente para gerar energias eólica e solar. Segundo o Estudo Prospectivo para Energia Fotovoltaica, desenvolvido pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), o dever de casa no país passa, em termos de energia solar, por exemplo, pela modernização de laboratórios, integração de centros de referência e investimento em desenvolvimento de tecnologia para obter energia fotovoltaica a baixo custo. Também precisará estabelecer um programa de distribuição de energia com sistemas que conectem casas, empresas, indústria e prédios públicos.

"Um dos objetivos do estudo, em fase de conclusão, é identificar as oportunidades e desafios para a participação brasileira no mercado doméstico e internacional de energia solar fotovoltaica", diz o assessor técnico do CGEE, Elyas Ferreira de Medeiros. Por intermédio desse trabalho, será possível construir e recomendar ações estratégicas aos órgãos de governo, universidades e empresas, sempre articuladas com a sociedade, para inserir o país nesse segmento. Ele explica que as vantagens da energia solar são muitas e os números astronômicos. Elyas cita um exemplo: em um ano, a Terra recebe pelos raios solares o equivalente a 10.000 vezes o consumo mundial de energia no mesmo período.

O CGEE destaca, em seu trabalho, a necessidade de que sejam instituídas políticas de desenvolvimento tecnológico, com investimentos em pesquisa sobre o silício e sistemas fotovoltaicos. Há a necessidade de fomentar o desenvolvimento de uma indústria nacional de equipamentos de sistemas produtivos com alta integração, além de incentivar a implantação de um programa de desenvolvimento industrial e a necessidade de formação de profissionais para instalar, operar e manter os sistemas fotovoltaicos.

Fonte: Revista Fiec - Por GEVAN OLIVEIRA

 

 

 

de serafina

pedragal é onde dá mais lio aki

não é o morro dos macacos, não é no pedregal que os lios entre marido e mulher mais acontecem, me contaramdois brigadianos daki.

mesmo com todo o frio que fez dias atrás eles tiveram que ia separar casais que estavam se pegando. e o fato mais ocorrido em serafina nao é toxico, como disz o grosso, é maria da penha mesmo...

- elas quando veem a gente algemando os caras começam a pedir que não se prenda...que foi só pra dar um susto, me disse o brigaidano.

e assim caminha serafina!

atenção então xega de injustiça com o morro dos macacos. o lio aki é no pedragal, que fica perto de sutro bairro barra pesada, o santa lucia,tudo no gramadinho.

agora entendi porque o bico branco demoliu o parque das máquina e lá tá fazendo escolas. é que lá mora uma ponchada de votos. o bico não é bobo, não...

 

fofocas de serafina!

*

Ai do funcionário publico na prefa que fique tratando de assuntos particulare spelo telefone. leva esporro do bico branco.

*

A Linamar alban mezzono( que é filha do bodegueiro lino alban,lembram que tinha uma bodega perto do gaucho) ainda está enroscada como negócio da merenda escolar.foi noticia estadual.

*

Não nevou em serafina. os gringos daqui tão enciumados que nevou em nova prata, não aki.

*

Segundo me disse o Bico branco numa entrevista hoje, não é tão certo assim que a senadora ana amélia seja candidata ao governo do estado. ele sabe das coisas porque tem participado do PP, seu partido, por sinal.

*

É chocante a expulsão do presidente da emater regional, oa gronomo Breda, do PT. expulsaram oc ara, como se fazia na russia comunista. tem algum xiiieta do PT em serafina. eu desconfio quem é mas não posso provar.

*

O presidente municipal do PT local é o Jacir Salvi. mas não acredito que a expulsão do Breda seja coisa do Salvi.

*

O PP reuniu 400 pessoas no clube gaucho numa reunião dias atrás com presença de gent eimportante da região e do estado.


*

O pizzzaria grão de bico, segundo seu atual dono, está sentido a queda no movimento. o pessoal não tá assim com a grana solta, não.

*

O PMDB está quieto aqui em serfina. com o taquaraço que levaram na última, sei não quando vão se levantar.

*

Lucimar magon que está morando no Norte está de passeio pela terra natal.

*

O Mazzarino prometeu vir a serafina. mas ele quer uma banda marcial esprando ele no portico de entrada.assim não da....meu cvamarada..

*

Este ano os gaudérios vão comemorar a data farroupilha no bairro sanbtin. não será mais na entrada da cidade. tem medo de

algum atropelamento porque circula muita gente.




*
Nadir Fedatto, da capela são pedro, anda aqui,vai embora no sabado. foi homenageada com uma passarinha no carreito pelos amigos beto e calixto stefenon. foram pintores junto no passado.


*

Juscelino dallanhol, meu primo, mandou rezar i sicueri( uma devoação de santo antonio) e achou a carteira que tinha perdido.

*

O boletim da paroquia aqui é muito bem feito. a diagramação é do pessoal da gazetinha

*

O gazetinha é praticamente feito pela assessoria de imprnesa da prefeitura municipal. pessoal vamos trabalhar mais. senão fica muito oficial.

*

Adriana sabadin conseguiu que o flavio lamel, do banrisul., b otasse um centro de idosos na capela santana. agora ela vai levar o asfalto pra lá. dal=lhe guria.

 

 

 

 

 

Ana Amélia apresenta voto de pesar pela morte de Valter Gomes Pinto, diretor da Marcopolo

Senador Acir Gurgacz também apresentou requerimento em homenagem a um dos controladores da empresa de Caxias do Sul

Com o requerimento de um voto de pesar, nesta quarta-feira (28), a senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou a importância de Valter Gomes Pinto, diretor da fabricante de carrocerias de ônibus Marcopolo, que morreu na terça-feira (29). O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) também apresentou requerimento de pesar ao empresário gaúcho, que tinha 81 anos. Em discurso, a progressista gaúcha destacou que Valter Gomes Pinto era um líder na Marcopolo, com sede em Caxias do Sul (RS), e hoje multinacional com unidades em diferentes continentes. Além disso, destacou a progressista, ele era um benemérito, pois nas festas de aniversário, em vez de pedir presentes, solicitava doações para hospitais comunitários. — Ele também tinha um envolvimento com todos os temas da comunidade, em…

Leia mais...

 

Cássio Trogildo perde mandato por decisão judicial
Em reunião no salão Dilamar Machado, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Porto Alegre avaliou nesta sexta-feira (30/8) a decisão judicial do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul, de perda de mandato do vereador Cássio Trogildo (PTB). O parlamentar foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MP-RS) no final de 2012 por suspeita de compra de votos e de abuso da máquina administrativa. A Mesa determinou que sejam adotadas as providências cabíveis no âmbito administrativo da Câmara Municipal, fazendo cumprir a sentença proferida.

A juíza eleitoral da 160ª Zona Eleitoral de Porto Alegre, Maria Inês Claraz de Souza Linck, comunicou a cassação do registro e do diploma de Cássio Trogildo na noite de ontem (29/8) e informou a exclusão do nome do vereador da lista oficial de resultados das eleições proporcionais de 2012 no município de Porto Alegre, em decorrência da anulação de seus votos. Com isso, a Câmara aguardará agora que a Justiça faça o recálculo dos votos para então divulgar o nome do vereador que assumirá a vaga deixada por Trogildo.

Os integrantes que compõem a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Porto Alegre são os seguintes vereadores: Dr. Thiago Duarte (PDT) presidente, Bernardino Vendruscolo (PSD), 1º vice-presidente, Waldir Canal (PRB), 2º vice-presidente, Mario Manfro (PSDB), 1o secretário, Sofia Cavedon (PT), 2ª secretária, e João Carlos Nedel (PP), 3º secretário.

Texto: Guga Stefanello (reg.prof. 12.315)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)

 

fofocas de serafina!

*

Ai do funcionário publico na prefa que fique tratando de assuntos particulare spelo telefone. leva esporro do bico branco.

*

A Linamar alban mezzono( que é filha do bodegueiro lino alban,lembram que tinha uma bodega perto do gaucho) ainda está enroscada como negócio da merenda escolar.foi noticia estadual.

*

Não nevou em serafina. os gringos daqui tão enciumados que nevou em nova prata, não aki.

*

Segundo me disse o Bico branco numa entrevista hoje, não é tão certo assim que a senadora ana amélia seja candidata ao governo do estado. ele sabe das coisas porque tem participado do PP, seu partido, por sinal.

*

É chocante a expulsão do presidente da emater regional, oa gronomo Breda, do PT. expulsaram oc ara, como se fazia na russia comunista. tem algum xiiieta do PT em serafina. eu desconfio quem é mas não posso provar.

*

O presidente municipal do PT local é o Jacir Salvi. mas não acredito que a expulsão do Breda seja coisa do Salvi.

*

O PP reuniu 400 pessoas no clube gaucho numa reunião dias atrás com presença de gent eimportante da região e do estado.


*

O pizzzaria grão de bico, segundo seu atual dono, está sentido a queda no movimento. o pessoal não tá assim com a grana solta, não.

*

O PMDB está quieto aqui em serfina. com o taquaraço que levaram na última, sei não quando vão se levantar.

*

Lucimar magon que está morando no Norte está de passeio pela terra natal.

*

O Mazzarino prometeu vir a serafina. mas ele quer uma banda marcial esprando ele no portico de entrada.assim não da....meu cvamarada..

*

Este ano os gaudérios vão comemorar a data farroupilha no bairro sanbtin. não será mais na entrada da cidade. tem medo de

algum atropelamento porque circula muita gente.




*
Nadir Fedatto, da capela são pedro, anda aqui,vai embora no sabado. foi homenageada com uma passarinha no carreito pelos amigos beto e calixto stefenon. foram pintores junto no passado.


*

Juscelino dallanhol, meu primo, mandou rezar i sicueri( uma devoação de santo antonio) e achou a carteira que tinha perdido.

*

O boletim da paroquia aqui é muito bem feito. a diagramação é do pessoal da gazetinha

*

O gazetinha é praticamente feito pela assessoria de imprnesa da prefeitura municipal. pessoal vamos trabalhar mais. senão fica muito oficial.

*

Adriana sabadin conseguiu que o flavio lamel, do banrisul., b otasse um centro de idosos na capela santana. agora ela vai levar o asfalto pra lá. dal=lhe guria.

 

HOSPITAL PODE PARAR


Uma nota awsinada pelo diretor do corpo clinico do hospital paroquail - lida nbas 3 radios daqui - está deixando o pessoal em polvorosa.

a nota, assinada pelo Enio Massolini, diz que dão prazo até dia 2 /9 ,ou seja, segunda botarem em dia as coidas no hospital.

como é um hospital filantropicol - não paga impostos - a associação mantenedora chefiada pela Selma Fincato - ex-vereadora, ex-prefeita da cidade - ainda não veio a publico dizer nada...

e há um oba oba na cidade de que os médicos vão parar no SUS, no posto de saude que tem na cidade.

durma-se com um barulho destes...

em tempo: as encrencas e as versões contraditórias há tempo tomaram conta do hospital.

parece que o ex-adminsitrador, argelio, teria sido afastado. pelo menos ele fazia a coisa andar. o padre anterior tirou o dele fora, disse que os padres cuidam da vida depois da mortee, não desta. como fez o Papa com o José Sarney,quando este foi pedir sua proteção pra referoma agrária. o papa,aquele que agora vair virar santo ,di sse:

- a igreja cuida da vida eterna, não da terrena, comos empre eles tiram o deles fora. mas a graninha dos fieis eles querem. tem razão o claucir piccoli que diz que os padres gostam mais de dinheiro que ele.

 

 

 

 

 

de serafina

casos maior3sw são da maria dda pe4nha

Os casos mais complicados aki de serafina são de maria da penha. as mulheres dão queixa dos companheiros depois quando os veem indo presos se arreependem.

mas onde a porca torce o rabo mesmo é no pedregal, um bairro populoso perto do gramadinho. é vizinho do santa lucia, que é tudo gente de fora.

o morro dos macacos tem fama de violento não é assim tão mais violento, como me disse um membro da BM de serafina.

e atenção

não há nem delegado, nem comissão de polica.

o delegado foi mandado pra pelotas e não colcoaram outro.

 

mudanças em em todo o hospital
agora tem um conselho que assumiu a direção. selma fincato, que foi vereadora pelo pmdb é a presidente desse conselho,
agelio zadra, que foi administador por mais de 30 anos foi destituido,
colocaram uma moça no lugar dele e, problemas , muitos problemas
enio massolini era o diretor clinico do hospital exonero-se, falta de medicos.

OI OLIDES, SÁBADO VOU A CAXIAS E DOMINGO A PORTO ALEGRE, NÃO TO EM CASA FIM DE SEMANA

DEIXAMOS PRA UMA PROXIMA, ME AVISA QUANDO TU VEM AINDA

JUDICIO

não tem carona pois vai lotado,
te devo essa

OI OLIDES, SÁBADO VOU A CAXIAS E DOMINGO A PORTO ALEGRE, NÃO TO EM CASA FIM DE SEMANA

DEIXAMOS PRA UMA PROXIMA, ME AVISA QUANDO TU VEM AINDA

JUDICIO

esatrei em serafina. quando bamos tomar um mate???

 

CARLOS CHAGAS
CÂMARA RESOLVEU ABSOLVER DONADON POR MAIORIA ABSOLUTA
Publicado: 30 de agosto de 2013 às 7:42
Razão mesmo tem mestre Helio Fernandes, que há mais de 50 anos sustenta ser o dia seguinte, no Brasil, sempre um pouquinho pior do que a véspera. Basta fazer as contas: são 513 deputados, dos quais 233 votaram pela cassação do presidiário Natan Donadon. Eram necessários 257 votos para a perda do mandato, mas 131 votaram contra, 41 se abstiveram e 108 faltaram. Resultado: 280 optaram por manter o mandato do colega. Maioria absoluta…
É de vergonha o primeiro sentimento diante desse absurdo de um deputado estar na cadeia preservando seu mandato, quer dizer, sua representatividade. Logo, porém, surge raciocínio mais linear: a Câmara dos Deputados declarou guerra ao Supremo Tribunal Federal. Porque se a mais alta corte nacional de justiça condenou um indivíduo a 13 anos de cadeia, sem dúvida suspendeu seus direitos políticos, inclusive o de exercer mandatos populares, impossibilidade física flagrante. Como a Constituição estabelece que apenas o Congresso pode cassar mandatos, Suas Excelências ignoraram o Direito, a lógica e o bom senso, deixando de cassá-lo.
O presidente Henrique Eduardo Alves botou panos quentes, considerando Donadon afastado de suas atividades e convocando o suplente. Adiantará pouco ou nada. Solução eficaz para a contradição seria apenas a aprovação de emenda constitucional considerando automaticamente cassado o parlamentar que for condenado. É isso o que a maioria dos deputados não quer. Afinal, o voto estaria subordinado a uma sentença judicial, mas num regime de independência entre os três poderes, não poderia ser diferente, a menos que o Legislativo se pretenda acima do Judiciário.
Entram em pauta as consequências desse desatino. Em termos de opinião pública, o Congresso não poderia ficar pior. Revela a tendência para deixar as coisas como estão, sem reforma alguma. Mais do que votarem, ou não votarem, com o coração, a solidariedade e o corporativismo, por maioria os deputados apresentaram-se ao repúdio popular. Demonstraram pretender-se como ente isolado, acima do bem e do mal. E o pior é que boa parte deles voltará, após as eleições do ano que vem.
VEXAME
Podem dar quantas explicações quiserem: incêndio no mato abaixo das torres de transmissão, raios e tempestades, urubus voando baixo, vingança dos deuses. Adianta pouco lembrar ser assim no resto do mundo, mas justificativa não há para o nono apagão verificado no governo Dilma. Apesar dos 17 bilhões injetados este ano nas concessionárias de energia elétrica a luz continua sendo cortada nas diversas regiões do país, com ênfase para o Nordeste.
Os açodados reclamam contra o congelamento das tarifas e até diante da mágica feita pouco tempo atrás pela redução nos preços das contas, artifício apregoado como em favor do consumidor comum, mas, na verdade, manobra para premiar as empresas privadas. Só que não adiantou nada.
Na verdade, o sistema elétrico nacional entrou em parafuso desde que Fernando Henrique Cardoso começou a privatizar usinas e linhas de transmissão e distribuição de energia. Certas atividades públicas não podem existir para dar lucro, mas para servir à população, mesmo com prejuízo. Se faltam recursos, que se tribute mais o lucro dos bancos ou das empreiteiras. Diante do desgaste político que seria o aumento de tarifas, mas obrigado a atender as concessionárias privadas, ao governo resta aceitar os apagões. Não há coragem para reestatizar o sistema.
VÃO INVADIR?
O presidente Evo Morales, da Bolívia, insiste em que o governo brasileiro deve devolver o senador Roger Pinto Molina, contrabandeado para o Brasil em rocambolesca aventura diplomática. Seria descermos ao fundo poço caso atendêssemos à exigência. Resta então imaginar o próximo passo: vão nos invadir?
NÃO SE EMENDA
O ministro Ricardo Lewandowski continua o mesmo. Quer ganhar tempo nos julgamentos dos embargos dos mensaleiros. Esta semana ocupou 40 minutos na defesa de uma tese já vencida pela maioria de seus colegas. Depois, argumenta o desejo de apenas fazer justiça.

 

Direito de resposta.


co capincho manda dizer desde a terra dos presidentes(falar nisto até aqui em serafina falam na ossada do jango...pqp...que assunto que vai dar pano pra manga...será que ' venderam' estes ossos????

Olides, corrige no teu blog, o Juremir não me ligou, quem entrou em contato comigo foi o pessoal do Correio do Povo, a pedido dele.
Abraço!

Letier

 




 

 

Arquivo do Blog

2007
             Set  Out
2008
2009
2010
2011
2012
Out Nov Dez
2013        
                         
                         
                         



Espaço dos Leitores

 


Olides Canton - Jornalista e Escritor

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.

IR PARA O ALTO DA PÁGINA

charge do HOF


 
 



EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 163
Edição 162
Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99



ANUNCIE NO SITE!

Entre em contato conosco


Edições Anteriores do Blog



LINKS QUE RECOMENDAMOS



Aceg
Agência Edison Castêncio
Assembéia Legislativa
RS

BlogdoPlanalto
Cloaca News
Comuniquese
Correio Do Povo
Claudio Humberto
Diário da Fronteira

DAiário Popular
Ecoagencia.com.br
Enfato
Folha de São Borja
Governo do Estado do RS
Informativo
RedeCidade
RSUrgente
RenePT
KaduNew
Jornal A Hora
Jornal do Comércio
Jornal do Mercado
Jornal O Sul
Jornal Panorama Regional
José Luiz Prévidi

Laura Peixoto
Lauro Dieckmann
Políbio Braga
Política para Políticos
Prefeitura de P.Alegre
Prefeitura Serafina
Correa

Ricardo Noblat
Rogério Mendelski
Rosane Oliveira
Sindicato dos Jornalistas
SUL21
Tijolaço
Transparência na copa
TijoladasDoMosquito

Via Política
VidaSustentável
Vide Versus
Zero Hora

REPORTAGENS
ESPECIAIS


Veja em "Memória"