foto de Marcos Eifler

"Blog de cotidiano, fofocas, informação e entretenimento"


 

coleguinhas

O CASAMENTO DO MARQUINHOS VILLALOBOS

NOS ANOS 80, CASARAM MARQUINHOS VILLABOS E A COLEGA TANIA CAMPOS AGUILLAR. NO CLUBE DO PROFESSOR GAUCHO FOI O REGABOFE. MAURICIO SOBRINHO FOI COM SUA ESPOSA, DONA IONE PRA PRESTIGIRAR CARLOS NOBRE QUE CASAVA O FILHO. ESTAVAM TODOS NA MESMA MESA, QUANDO A TESTEMUNHA RAMÃO AGUILLAR, TIO DA NOIVA, OUVIO NOBRE DIZER,DEPOIS DE LEVANTAR-SE - MAURICIO VOU-ME JÁ PORQUE JÁ ESTÁ PINGANDO!

de são borja

era prefeito de são borja Salvador Alvarez irmão do juca alvarez....

um dia o diretor comercial da TV Uruguaiana, isto nos anos 70, 80 pediu a Ramão Aguillar que era o correspondente do jornal em são borja ir com ele pra fazer uma visita ao prefeito.

solicitaram uma aUDIENCIA A SECRETÁRIA e o prefeito mandou dizer que não poderia atender o jornal.

- Este ai está cortado da zero hora, disse o diretor. ato contínuo sairam e nunca mais voltaram...

*

quando se deu o centenário do nascimento de Getulio Vargas, em 1982, ramão aguillar foi designado pra fazer parte pela prefeitura - era prefetio salvador alvarez -da comissão instalada pra preparar o centenário, seus festejos. A reunião era numa casa que nem mais existe, foi destruida. Ramão chegou lá e estava lá aparicio silva rillo, poeta e Mauá, um caudilho(foi vereador do MDB muitos anos) da politica local.

- E aí rapaz, disse Mauá dirigindo-se a Ramão, quanto dinheiro tu trouxestes ai

silva rillo interveio:

- Mauá, não é bem assim, não,viu....

outro prefácio

o escritor Marinaldo,daqui de são borja, um falante inveterado, foi convidado pela escritóra ana paula pra fazer o prefacio do seu primeiro livro. ela não sabe até hoje que quem o redigiu foi o poeta Ramão Aguillar.

Vem aí a Odisseia do Carreiro

Uma das paisagens naturais mais fascinantes de Serafina Corrêa certamente é o Camping Carreiro. Um dos pontos turísticos mais visitados do município, especialmente na temporada de verão. Com uma área de aproximadamente 175.000,00m², distante cerca de 7 quilômetros do centro do município, é um local que possui quadras de areia, áreas onde são realizados campeonatos de bochas, Giga's, pista de rodeio, pista de motocross, Ginásio de Esportes, mata, área de camping e lazer, igreja, além de mergulho, natação e esportes aquáticos que são realizados no Rio Carreiro, próximo à represa. A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo estará promovendo, nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2014, a Odisseia do Carreiro. Um dos mais tradicionais eventos do município que reúne uma série de atividades esportivas, culturais e religiosas, proporcionando saúde, lazer, entretenimento e qualidade de vida para a população e visitantes. No domingo, 19 de Janeiro, haverá o primeiro Encontro de Som e Carros Rebaixados. Na terça-feira, 21 de Janeiro, iniciará o Futebol de Areia, Circuito Verão SESC de Esportes. Também em Janeiro, 26, inicia o Campeonato Regional de Bocha Rolada, que acontecerá todos os domingos, encerrando em Fevereiro. No mês de Fevereiro, 02, haverá a tradicional Festa em honra à Nossa Senhora dos Navegantes. No domingo, 09 de Fevereiro, haverá o Torneio de Vôlei de Areia ? Circuito Verão SESC de Esportes ? Etapa Serafina Corrêa. E no dia 16 de Fevereiro, haverá o Grande Prêmio do Lambari. Esporte, diversão, lazer, momentos de tranquilidade junto à natureza, tudo isso e muito mais podem ser encontrados no Camping Carreiro, um espaço aberto à população serafinense e aos visitantes! Mais informações sobre a Odisseia do Carreiro: 54 3444 2166. Realização: Prefeitura de Serafina Corrêa: Departamento de Esportes e da Juventude. Apoio: Conselho Municipal de Esportes. Participe!

Serviços essenciais da prefeitura funcionam no feriado de Ano Novo

DMLU trabalhará normalmente com todas as coletas de lixo na Capital

A prefeitura decretou ponto facultativo na terça-feira, 31, a partir das 12h. Na quarta-feira, 1, feriado de Ano Novo, atividades consideradas de natureza essencial estão em funcionamento. Veja abaixo os serviços e horários.

CEIC - O Centro Integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre (Ceic) opera normalmente no feriado, 24 horas por dia, reunindo técnicos da prefeitura. O videomonitoramento, através de 840 câmeras, acompanha a Mobilidade Urbana e a Segurança Pública, além dos serviços de Saúde e Limpeza Urbana. O Ceic opera principalmente no atendimento a situações de risco e emergência.

FALA PORTO ALEGRE 156 - O sistema Fala Porto Alegre, que unificou o atendimento telefônico de demandas da população pelo número 156, está disponível todos os dias da semana para todos os serviços. Informações turísticas podem ser obtidas diariamente das 8h às 22h (opção 5) – excepcionalmente dias 24, 25 e 31/12 e 1º/01 que atenderá das 10h às 20h. Tributos municipais (opção 4), poderão ser encaminhadas via 156 das 9h às 17h - e nos dias 24 e 31, das 9h às 12h (dias 25 e 1º/01 estarão sem atendimento). Solicitações de serviços como poda de árvores, iluminação pública, pavimentação de ruas, coleta de lixo, esgoto pluvial e outras demandas (opção 9) podem ser encaminhadas diariamente, de segunda a domingo, inclusive feriados, das 7h às 23h. Para serviços de trânsito (opção 1), água, esgoto sanitário (opção 2) e denúncia de vandalismo (opção 3), o atendimento é 24 horas. Também 24 horas para registro - www.falaportoalegre.com.br/solicitacao - e consulta por protocolo - www.falaportoalegre.com.br/consulta.

LIMPEZA URBANA - O DMLU trabalhará normalmente com todas as coletas: domiciliar, seletiva e de lixo público. Todas as seções operacionais trabalharão das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h. O DMLU atende pelo telefone 3289-6999.

ÁGUA E ESGOTOS - O Dmae atende 24 horas no Fala Porto Alegre - Fone 156, "opção 2”, solicitações de serviços, esclarece alguns assuntos da área comercial, recebe denúncias de ligações clandestinas e reclamações relativas a água e esgoto cloacal. O horário dos Postos de Atendimento Comercial será:
Terça-feira, 31 - Os Postos de Atendimento Azenha, Moinhos de Vento, zona Leste (Partenon) e zona Norte (Assis Brasil), não terão expediente neste dia. O Posto de Atendimento Centro, das 8h30 às 12h00.
Quarta-feira, 1- todos os 5 postos fechados; reabrem quinta, 2, em horário normal, das 8h30 as 16h30.
Acesse www.dmae.rs.gov.br e solicite 2ª vias de contas, atualização de cadastro, alterações de vencimento, consulta de dívidas e outros serviços comerciais.

ESGOTOS PLUVIAIS - O plantão do DEP nesta terça-feira, será das 12 h às 17 h, e na quarta-feira, das 8h às 17h , no telefone geral 3289-2200.

TRÂNSITO - Frota de ônibus da Capital circula com tabela horária de feriado. Táxis circulam como bandeira dois. A EPTC atende pelo fone 156 (24 horas) para informações sobre trânsito e transporte. Outras informações de transporte nos sites www.eptc.com.br ou www.poatransporte.com.br.

LINHA TURISMO – Funcionará normalmente, exceto no dia 1º de janeiro (Ano Novo). Roteiro Centro Histórico: saídas às 9h, 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h. O bilhete custa R$ 18 em dias úteis e R$ 20 aos finais de semana e feriados, para ambos os pisos do ônibus. São 57 lugares no piso superior e 15 lugares no inferior. O passeio tem duração aproximada de 2 horas, com possibilidade de embarque/desembarque nos seguintes pontos: Secretaria Municipal de Turismo, Brique da Redenção (aos finais de semana), Moinhos de Vento, Mercado Público e Fundação Iberê Camargo. A compra dos ingressos pode ser efetuada na Central Linha Turismo (Travessa do Carmo 84 – Cidade Baixa) ou em pontos de revenda. Mais informações pelo (51) 3289-0176. Roteiro Zona Sul: O city tour no roteiro Zona Sul, oferecido regularmente de quartas a domingos, também não circulará nos feriados de Natal e Ano Novo. Os passeios dos dias 26 e 27 de dezembro, 2 e 3 de fevereiro, sairão normalmente, às 15h, e aos sábados e domingos, às 10h30 e 15h. O bilhete nos dois roteiros custa R$ 18 em dias úteis e R$ 20 aos finais de semana, para ambos os pisos do ônibus. A compra dos ingressos para o roteiro Centro Histórico pode ser efetuada na Central Linha Turismo (Travessa do Carmo 84 – Cidade Baixa) ou em pontos de revenda. Para o roteiro zona Sul, a venda é feita exclusivamente na Central Linha Turismo. Mais informações pelo telefone (51) 3289-0176.

Centros de Informação Turística (CIT) - CIT Aeroporto Internacional Salgado Filho (diariamente, das 8h às 22h, exceto dia 24 de dezembro em que estará aberto das 8h às 20h, e no dia 25 de dezembro, quando atenderá das 10h às 22h); CIT Linha Turismo (diariamente, das 8h às 18h, exceto no dia 25 de dezembro em que estará fechado); CIT Mercado do Bom Fim (diariamente, das 8h30 às 18h, exceto dia 25 de dezembro em que estará aberto das 13h às 18h; CIT Usina do Gasômetro (de terça a domingo, 09h às 18h, exceto nos dias 24 e 25 de dezembro em que estará fechado); CIT Centro Histórico (de segunda a sábado, das 9h às 18h, exceto dia 24 de dezembro em que fechará às 17h, e dia 25 de dezembro em que estará fechado, assim como o restante do Mercado Público). O CIT disponibiliza também o número 0800-517686 ou 156 (opção 5), com atendimento das 8h às 22h, exceto nos dias 24 e 25 de dezembro, quando estará disponível das 10h às 20h.

SAÚDE - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) funciona unicamente para atendimento nos casos caracterizados como de risco à vida, na rua e em domicílios, que pode ser acionado pelo fone 192.

Unidades de Pronto Atendimento 24 horas:
UPA Zona Norte Moacyr Scliar (rua Jerônimo Velmonovitz, esquina com avenida Assis Brasil - 3368-1619)
PA Cruzeiro do Sul (rua Professor Manoel Lobato, 151, Santa Tereza)
PA Bom Jesus (rua Bom Jesus, 410, Bom Jesus)
PA Lomba do Pinheiro (estrada João de Oliveira Remião, 5120, Parada 12, Lomba do Pinheiro)
PA Restinga (rua Álvaro Diffini, 520, Restinga)
PA de Saúde Mental IAPI (rua Valentim Vicentini, s/nº – fone 3289-3456)

Hospitais:
Hospital de Pronto Socorro
(Largo Teodoro Herzl, s/nº, Bairro Bom Fim) - funcionamento e atendimento plenos
Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas - emergências obstétrica e pediátrica (avenida Independência, 661)

ASSISTÊNCIA SOCIAL - Albergue Municipal (rua Comendador Azevedo, 215, Floresta): 19h às 7h, 3346-3238; Abrigo Municipal Marlene (avenida Getúlio Vargas, 40, Menino Deus): funciona 24h; Abrigo Municipal Bom Jesus (rua São Domingos, 410, Bom Jesus): funciona 24h. Já o Ação Rua, que prevê o monitoramento e o atendimento especializado a crianças e adolescentes em situação de rua, atenderá em regime de plantão, entre 9h e 19h, telefone 3289-4994. Plantão geral da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc):9955-0270.

CONSELHO TUTELAR - Atenderá em regime de Plantão Centralizado, a partir do meio dia de terça-feira, 31, na rua Giordano Bruno, 335 - bairro Rio Branco - Telefone: 3289-8485 ou 3226-5788 (ligações a cobrar).

GABINETE DE DEFESA CIVIL - A Coordenação de Defesa Civil de Porto Alegre faz plantão 24 horas no telefone 3268-9026. Atendimento de urgências e emergências em situação de risco.

MEIO AMBIENTE - A Secretaria Municpal do Meio Ambiente (Smam) informa que o Parque Alemanha (Germânia) terá horários especiais de funcionamento nos feriados de Natal e de Ano Novo. O Parque, inaugurado em 2006, localiza-se na avenida Tulio de Rose, bairro Jardim Europa.

Parque
Dias 31/12 e 01/01/2014
Abertura do Parque - 8h
Fechamento do Parque - 18h

Sanitários Públicos
Dia , 31/12 e 01/01/2014
Abertura dos Sanitários – 9h
Fechamento dos Sanitários - 15h

No dia 31, a Praça Província de Shiga fecha às 13h30min, permanecendo fechado dirante todo o dia 1º de janeiro. Na quinta feira, 02/-1/2014, a abertura da praça retoma seu horário normal de funcionamento que é de terça-feira a domingo, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.

DISQUE PICHAÇÃO - Denúncias contra pichação e vandalismo nos prédios públicos devem ser encaminhadas para o serviço 24 horas da Guarda Municipal, fone 153, e pela Central de Atendimento ao Cidadão - Fala Porto Alegre, fone 156.

GUARDA MUNICIPAL - O Programa Vizinhança Segura estará em parques e praças. A vigilância fixa e motorizada atende escolas, postos de saúde, secretarias e prédios municipais do Centro Histórico, além do plantão na sede com o serviço de telemonitoramento em 340 prédios municipais pelo fone 3289-7031 ou pelo 0800-460153 - serviço 24 horas.

FAZENDA - A Loja de Atendimento da Secretaria da Fazenda terá horário diferenciado nesta terça-feira, 31, das 9h às 11h30. Na quinta-feira, 2, retorna o expediente normal das 9h às 16h, sem fechar ao meio-dia.

INDÚSTRIA E COMÉRCIO - INDÚSTRIA E COMÉRCIO – A Divisão de Fiscalização da Smic funciona em regime de plantão. Denúncias podem ser encaminhadas pelo atendimento ao cidadão Fone 156-Fala Porto Alegre ou e- mail 156@falaportoalegre.com.br. A feira ecológica do bairro Petrópolis não funciona, as Feiras Modelo e os Mercadões do Produtor funcionam em dias e horários especiais. Confira documento em anexo .

PGM - O Posto de Arrecadação Fiscal (PAF) da Procuradoria-Geral do Município estará fechado entre os dias 23 de dezembro deste ano e 03 de janeiro de 2014. O atendimento será suspenso devido ao recesso do Judiciário, previsto pela Resolução n° 980/2013 do Conselho da Magistratura do TJRS (Comag. No período, casos urgentes serão atendidos na Procuradoria da Dívida Ativa - PDA (rua Siqueira Campos, 1300, 11º andar, sala 1102) ou na Loja de Atendimento da SMF.

ILUMINAÇÃO PÚBLICA - Urgências podem ser encaminhadas pelo 156.

EXCLUSIVO!!!!

DIDA X GREMIO!

Giovani Luigi disse a este repórter , esta manhã, que o goleiro DIDA foi contratado porque o GREMIO NÃO O QUIS MAIS....

RECORD MORDIDA COM LUIGI

gIOVANI LUIGI, presidente do Inter, sabe que o pessoal do grupo Record está ' mordido' com ele. Tudo por causa da empresa que ganhou os eventos da reinauguração do Beira-Rio.

- Eu não pude fazer nada. a empresa, ligada a RBS, foi a que apresentou menores custos, me disse luigi, na sexta, dia 27, em meio ao grande movimento que ele comandava da rodoviária.

de walk na mão, luigi esteve toda a sexta, na rodoviária. Não largou seu oficio antigo. sabe que o cargo do inter é passageiro e que na rodoviária está seu ganha-pão.foi ali que construiu seu nome.

Disse a Luigi que o Felipe Vieira, que é da Record, me disse que ele participou como conselheiro do Inter da equipe que escolheu a empresa que fará a reinauguração do Beira-Rio.

O presidente do Inter ficou quieto. apenas disse: pois é...

aos leitores( a nossa razão de ser...)

desejamos um bom 2014, ano de eleições, de copa do mundo e afins. ninguém também previa no fim de 2012 que em junho tivéssemos o que tivemos. assim, devagar com o andor, tem muita gente ai cantando vitória( o editor)

INSS

FUI NO INSS AGORA TENTAR UMA REVISÃO. AINDA BEM QUE ME NEGARAM PORQUE JUREI PELA MINHA MÃE QUE NÃO BOTO MAIS OS PES LÁ.SO NUMA OUTRA ENCARNAÇÃO. BY...BY POSTO DO INSS....CHEGA.

Coleguinhas

Claudia Laytano fez uma cara meio que decepcionada no dia 19/12 dia da entrega do premio ari de jornalismo. acho que ela pensava que paparia também o ari pela sua cronica amarildo. Já conquistara o premio MJDH no quesito cronica.

claudia tem 48 anos e se pode dizer que é a czarina do caderno de cultura da zeaga...foi ela que contratou o juarez jussárico fonseca de volta a zero hora em março do ano passado.

dizem que ela tem um time de apaniguados em termos de espaço dentro do ccultura. o rafaelzinho guimarães seria um deles....

carlos augusto bisson quando lançou seu livro Moinhos de Vento fez de tudo pra sair ali mas necas pau....

talvez tenha levado um registro...

o colega roberto fleck me disse que estes cadernos culturais sempre foram pra dizer uma frase nua e crua' panelinhas'. O do correio,segundo Fleck, também era....

vai ver quem mandava lá era o Mário quintana, será????

ou o Jayme Copstein...na verdade, estes ' clubinhos ' são assim mesmo. pra mim não muda nada.

agora pra quem tem pretensões literárias, deve sim fazer a diferença!

bom, a claudia tá comemorando os 20 anos daquele livro que o carlos reverbel ditou pra ela....bom livro aquele.

BOA MATERIA DO DIARIO DE SANTA MARIA

O DIARIO DE SANTA MARIA, DA RBS, FEZ UM BOM TRABALHO SOBRE COMO OS PAIS DAS VITIMAS DA BOITE KISS ESTÃO ENFRENTANDO SEU LUTO....APOIS 11 MESES DA TRAGEDIA, QUE EM 25 DE JANEIRO VINDOURO COMPLETA UM ANO.


Clique na imagem para ver no tamanho original

diario de santa maria cobre muito bem o11 meses da tragedia...

deram tres paginas internas com depoimentos de familiares e como estão reagindo ao processo do luto. apresentaram fotos e casos de parentes que estão passando pelo luto...da perda.

também deram uma boa explicação sobre o que é o luto...e como ele se processa.

o jornal da RBS da região central do estado está cumprindo muito bem sua função. na razão não vi nenhuma materia sobre os 11 meses - completados dia 27/12 - da tragedia da Kiss.

o DSM enfocou pelo lado dos familaires. faltou, a meu ver, que fizessem um pequeno box mostrando onde estão os que provocaram a tragedia, ou seja a garotada fandangeira e os donos da Kiss, o tal do kiko...

faltou ainda mostrar como anda o processo, quem são os pequenos implicados. mas vi que o objetivo da reportagem era enfocar pelo lado de quem está enfrentando o luto...da perda...

também abordou o dsm o assunto em seu editorial...o dsm que ganhou o primeiro lugar no premio ari com a cobertura do caso kiss foi posto lá pela rbs há 12 anos atrás, depois que os donos do grupo desistiram de comprar a razão já que dona zaira de grandi peremptoriamente disse que não a venderia(olides canton)

De: Rudimar Thomas < rudimarthomas@yahoo.com.br >
Enviada: Sábado, 28 de Dezembro de 2013 16:09
Para: Olides Canton < olidescanton@bol.com.br >
Assunto: SEM PULO - TUNEL DO TEMPO - 28.12.2013

Ola Olides,

Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo deste sabado que escrevo na Folha `Popular de Teutonia.

Abraço e um feliz 2014.

Rudimar Thomas


Clique na imagem para ver no tamanho original


Clique na imagem para ver no tamanho original

sedex

os correios não acharam meu endereço pra entregar um sedex. é o fim da picada....devolveram pro remetente. pode...sim pode nestas estatais que viraram empreguismo do PTB

nova licitação da rodoviária

leio no correio de hoje, sabado, dia 28.12, que o procurador geraldo da camino pediu ao daer que a licitação da rodoviária de porto alegre seja feita em 180 dias...

então também era por isto que o gerente da rodoviária, giovani luigi, comandava de walk talk o funcionamento da rodoviária nesta ultima sexta, dia de grande procura nos guichês.

Coleguinhas

ARTHUR MONTEIRO!

Arthur Tadeu Monteiro deixou dias atrás, depois de visitar um amigo em Bento Gonçalves, Porto Alegre e foi pra SC onde vai veranear alguns dias. Ele está de férias no Sul.

Na época que serviu o quartel,aos 19 anos de idade, como ' refratário" - era assim que se chamavam os que serviam o quartel um ano depois de usa turma"Tadeu Picinha", como se tornou conhecido entre seus coleguinhas,principalmente da Folhinha da Manhá, chegou no quartel um dia depois do prazo. Tinha ' zoado' muito e inventou pro sargento a desculpa de que a avó tinha morrido, de que ele era muito ligado a avó.

O sargento olhou Tadeu de cima abaixo e sentenciou:

- a avó morreu, é, quatro dias de cana pra ti!

O crucifixo....o roubo....

Numa outra feita, durante um carnaval, ele e Beto Canarilho(Adalberto Castilho) foram até o colégio rosário, onde o segundo estudava. como estavam chumbados, adalberto resolveu roubar sabe o que? um crucifixo que estava pendurado na parede. Colocou-o sob a camisa e os dois sairam sambando pelas ruas, em ' plen a manhã de carnaval' postando o crucifixo sobre suas cabeças. Havia um terceiro elemento que estava com eles. Foram prum bar que ficava no começo da Cristovão Colombo. Lá colocaram o crucifixo sobre uma mesa e de repente, não mais de que repente, pintam dois brigadianos pra leva-los os tres em cana. Beto e Tadeu desconfiam até hoje que tenha sido o amigo que fez o papel de ' judas iscariostis".

VIRARAM PEDINTES

Numa noite de pois de beberem todas, Beto Canarinho e Tadeu Monteiro foram pro centro pra continuar a folia. Mas já tavam duros...começaram a pedir aos demais que tavam no mesmo bar, e quando viram tinham juntado uma boa de uma grana...deu pra beber mais um pouco.

INTIMIDADE

o CASAMENTO DE ARTHUR MONTEIRO COM VERA ZILIO - do qual resultou a filha Maria Alice- teve a festa realizada no salão da TV Difusora. Lá trabalhava a vera zilio. Também lá trabalhava a ' memeia' pros intimos, ou sejaq a atual senadora Ana Amélia Lemos, que pode virar gorvernadora em 2014. Quandop ana amélia chegou no casamento de Tadeu, ele largou a noiva e foi pegar no colo sua colega dos tempos de Correio da Manhã, local, onde, aliás, ana amélia conheceu seu futuro marido, Otávio Cardoso, que então ainda era casado....

O CORREIO DO POVO

Coi cai no pau com o distribuidor

Numa madrugada,depois de tomar todas e de tomar uma sopa na tia Dulce - av. Independência - Coi Lopes de Almeida(falecido) e Adalberto Castilho(Beto Canarinho) encontraram o distribuidor do Correio do povo entregando os exemplares, todos assinantes do jornal.

- Me vende ai um Correio, começou Coi Lopes pro distribuidor.

o cara disse que não podia porque todos tinham endereço certo.

Um general que morava no prédio da frente, quando ouviu a gritaria que se estabeleceu na madrugada entre Coi e o distribuidor do Correio, saiu de pijama lá de cima do seu prédio. ele era um dos que recebia aquele calhamaço que era o CORREIÃO DE domingo.

de repente, um taxi parou e com um porrete saiu dando porrada no Beto Canarinho bem no nariz. Beto que nada tinha a ver com a briga, apenas estava junto de Coi, saiu de lá todo machucado...

- apanhei pra caralho aquela madrugada, confessa ele no odeon, um bar da rua Andrade Neves.

Coi,quando bebia, não era mole. E nesta madrugada estava tri chumbado! claro que saiu de lá sem seu exemplar do correião mas tendo armado aquela aruaça com o distribuidor do correião(Olides canton)

Tesourinhas fazem ninho próximo à Prefeitura Municipal de Serafina

Um casal de tesourinhas escolheu uma árvore do passeio público, próxima à Prefeitura Municipal, para fazer seu ninho e criar seus filhotes. Nasceram quatro belas tesourinhas, que logo estarão prontas para voar. A área foi isolada para proteger as aves, pois estas estavam ficando muito estressadas tentando proteger seus filhotinhos dos pedestres que se aproximavam e são considerados por elas como uma ameaça. A medida foi necessária porque os pais podem abandonar o ninho ou até morrer de exaustão, pois já gastam muita energia para ficar se deslocando o dia todo em busca de alimento para a família numerosa. As tesourinhas não são agressivas nem perigosas, estão apenas tentando proteger seus filhotes, portanto não é necessário ficar com medo. O Departamento de Meio Ambiente solicita a colaboração de todos para que evitem passar perto do ninho e ajudem a preservar a natureza nesse momento tão bonito.

ASSALTOS NO MENINO DEUS

QUEM TEM CASA DE LANCHES, COMO O DONO DO AGAPIO, TÁ APAVORADO COM O NUMERO DE ASSALTOS NO MENINO DEUS. A PANVEL FOI ASSALTADA 3 VEZES.

UM BARZINHO NA JOSÉ DE ALENCAR TAMBÉM FOI ASSALTADO. OS HOMI FORA DA L EI TÃO POR CONTA.

*

Segurnaça pública sempre foi um tema sensível....e quando ela tem que mandar policiais pra operação golfinho onde os brigadianos podem faturar umas diarisinhas a mais,então as cidades ficam mais abandonadas..

*

mas esperemos o governo do PP a partir de 2015. vamos ver como fica....

*

e o partido da RBS Lasier-Meméia...será que o povão não fará esta dob radinha?????

*

Serafina Corrêa recebe turistas

No dia 14 de Dezembro de 2013, Serafina Corrêa recebeu a visita de dois grupos de turistas, um pertencente ao 4º Distrito de Pelotas -
Colônia Triunfo e outro de Porto Alegre. O grupo de turistas do 4º Distrito de Pelotas - Colônia Triunfo, com 46 integrantes, acompanhado da servidora Jennyfer R. Z. Scheffer, preferiu explorar as belezas naturais da cidade, aproveitando para conhecer a ponte da Capela Saúde e dois túneis de trem próximos a cidade, além, é claro, de fazer um breve passeio pela Via Gênova e conhecer a riqueza cultural desta terra. Após, o grupo seguiu viagem para o seu destino final, Gramado e Canela. Com cerca de 45 integrantes, o grupo da Terceira Idade Vamos Fazer Amigos, de Porto Alegre, acompanhado pela servidora Ingrid Regina Castro, visitou os pontos turísticos de Serafina Corrêa, iniciando pelo Mausoléu, seguindo pela Via Gênova, Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário e finalizando na Via Sacra e Cristo Redentor. Em seguida, o grupo prosseguiu viagem para Nova Prata/RS.

Calorão

Calorao...de amaciar os miolos.... bah, deixar o rio Carreiro e vir pra capital foi péssimo negócio!!!!

de serafina....

No balneário do rio Carreiro, passei quatro tardes que fiquei em serafina. no ultimo dia fez estas fotos...tava ficando quente. no começo,ainda não era tanto....

Black bloc

a ZH sempre foi BLACK BLOC desde criancinha( o editor) ...Ora bolas, ou voces não sabiam????

De: Renato Kern < rekern@me.com >
Enviada: Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2013 16:33
Para: olidescanton < olidescanton@bol.com.br >
Assunto: A Zero Hora pirou

Viste o editorial de hoje da ZH? A RBS pirou, faz um oba-oba com as manifestações de junho. Parece que se esqueceram que só não tiveram o prédio invadido pela gurizada por que o Tarso Genro mandou a brigada isolar o prédio da Zero Hora. Esqueceram também que a meninada defecou na fachada da RBS TV. Acho que eles vivem em outro mundo!

Rekern

PARENTADA...

MEUS SOBRINHOS RICARDO E FERNANDO CANTON QUE MORAM EM ATIBAIA. O SEGUNDO É UM POSTE DE 1.92 DE ALTURA.... O RICARDO PEGUEI PRA AMIGO SECRETO.DEI UMA CANECA , QUE DEPOIS MINHA IRMÃ ANDA DISSE QUESTAVA RACHADA. MAS ISTO É COISA DE CHINELO DA LOJINHA QUE ME VENDEU...QUE GENTE CHINELO.VENDEM UMA CANECA ESTRAGADA. ESTE PAIS NÃO TOMA JEITO MESMO....

Espetáculo Janelas Sonoras encantou o Natal em Serafina Corrêa!

Com o coração cheio de alegria, com a mensagem da paz, do amor e da fraternidade, a Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa realizou, no domingo, 22 de Dezembro de 2013, a segunda edição do espetáculo Janelas Sonoras. O Centro Administrativo Amantino Lucindo Montanari abriu suas Janelas para a união, para a confraternização, para o espírito natalino que envolve as pessoas num clima de perfeita harmonia, música, luz e paz, com as mais belas canções nas vozes de crianças, jovens, adultos e idosos do Coral Municipal, da Escola de Ensino Médio Rainha d'Paz, da Rádio Odisséia FM, dos Canarinhos de Serafina Corrêa, da Igreja Católica, da Orquestra de Flauta Doce Os Serafins, do CTG Sinuelo da Serra, da Igreja Batista Nacional Monte Moriá, Challenge Idiomas, CTG Galpão da Saudade, Banda Municipal, Rádio Liberdade FM, Igreja do Evangelho Quadrangular, Wizard Idiomas, Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Unisoft Informática, CCAA e da Banda Marcial Municipal.

Mais de 200 vozes entoaram os mais belos cantos natalinos, transmitindo às centenas de pessoas que acompanharam o espetáculo, a mensagem da boa nova, da esperança e da alegria por construirmos, todos juntos, um mundo cada vez melhor! A Administração Pública Municipal agradece a participação e presença de todos que fizeram com que o espetáculo musical fosse um sucesso!

DE SERAFINA

PRAÇA PIO XII NÃO TEVE DECORAÇÃO DE NATAL!!!!

A PRAÇA DA MATRIZ TOTALMENTE SEM BANCOS E SEM ENFEITE DE NATAL...

ALGUNS BANCOS FORAM RETIRADOS E O PESSOAL PODE SENTAR EM APENAS DOIS, PORQUE UM ESTÁ QUEBRADO.
HOUVE TEMPOS QUE A PRAÇA PIO XII ESTEVE MELHOR CUIDADA....



( TAL VEZ TENHA SIDO NO TEMPO DO RAMPANELLI QUE O AMANTINO MONTANARI MANTINHA ALI PRA CUIDAR DOS BANCOS E DAS ARVORES)

TAMBÉM NÃO TINHA UM UNICO ENFEITE DE NATAL A PRAÇA DE SERAFINA. APENAS UM CARTAZ CELEBRAVA O NATAL...SEM NENHUMA DECORAÇÃO

Operação Golfinho 2013/2014

Serafina Corrêa conta com a Operação Golfinho para auxiliar veranistas no Camping Carreiro. Na segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013, o Prefeito Ademir Antônio Presotto recebeu, em seu Gabinete, a apresentação oficial do policiamento, com a presença do Capitão Zdrukoski, da Capitã Helena, do Sargento Quadros e Sargento Parpinelli. A Operação Golfinho de 2013/2014 foi lançada oficialmente no dia 21 de Dezembro e tem um total de 2.444 policiais militares e bombeiros que estão atuando como salva-vidas em praias do litoral Norte e Sul do Estado, além de águas internas, como é o caso do Camping Carreiro, em Serafina Corrêa. O efetivo para este veraneio que vai até o dia 10 de Março de 2

Serafina Corrêa recebe Motoniveladora PAC 2

O Ministério do Desenvolvimento Agrário, responsável pela operacionalização do PAC2 equipamentos, está buscando dotar as administrações municipais de meios para a abertura, recuperação, readequação e conservação de estradas vicinais na zona rural de municípios com predominância de agricultores familiares e para mitigação dos efeitos da seca nas regiões do semiárido. Na 2ª etapa do Programa de Aceleração do Crescimento, 5.061 municípios serão beneficiados com motoniveladora, retroescavadeira e caminhão basculante. Esses equipamentos estão sendo doados aos municípios brasileiros com menos de 50 mil habitantes, selecionados a partir dos critérios estabelecidos pelo Comitê Gestor do PAC2 e MDA. No sábado, 21 de Dezembro de 2013, o Prefeito de Serafina Corrêa, Ademir Antônio Presotto, participou da cerimônia de entrega oficial da motoniveladora, assinando o convênio em Passo Fundo, onde foram entregues aos municípios da região, 50 caminhões-caçamba e 50 motoniveladoras. Serafina Corrêa já foi contemplada com a retroescavadeira e, para 2014, o Governo Federal fará a doação do caminhão basculante ao município.

O evento contou com a presença do Ministro do Desenvolvimento Agrário Pepe Vargas, do Secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo Ivar Pavan, representando o Governador Tarso Genro, Deputados Federais e Estaduais, demais autoridades, além dos cem prefeitos do estado. O investimento superior a R$ 32,5 milhões beneficiará mais de 208 mil pessoas que vivem e trabalham na zona rural do estado, sendo quase 61 mil famílias de agricultores familiares. Mais uma conquista para a comunidade serafinense, com a motoniveladora que irá facilitar a manutenção das estradas do interior, melhorando o escoamento da produção, promovendo desenvolvimento e crescimento do município, incentivando a agricultura familiar.
* Adriana Sabadin ? Assessora de Imprensa Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa/RS

Coleguinhas

O Julinho Pacheco, que já foi apresentador do Jornal Nacional local, voltou a transmitir pra rede vida. e isto ele sabe fazer como inguém. depois no meio dei frati(dos freis) ele se movimenta que é uma beleza.

*

O gazetinha não circulou em serafina neste fim de semana. melhor pra mim que distribuí pelo comercio 1.500 exemplares do LINHA ONZE...te mete patinete...

*

o boletim paroquial é muito bem feito pelo padre clairton....vi a kombi da grafica serafinense entregando ele ao meio dia de terça,dia 24 na casa canonica e pouco depois já tinha no hotel onde me hospedo. isto que é agilidade. a impressao é muito boa, da grafica serafinense.

eptc CADÊ TU????

NESTE DIA DE NATAL, OS ONIBUS ERAM DE GRAÇA. O MOTORA DO 429 LÁ PELAS OITO E POUCO DA NOITE VEIO BOCEJANDO DO CENTRO ATÉ A PRACINHA DA ENCOL. PERGUNTEI O QUE HOUVE? ELE DISSE QUE TAVA DESDE MANHÃ CEDO - TINHA TRABALHADO NA TERÇA TAMBEM - NO SERVIÇO PORQUE MUITA GENTE DA ESCALA 'ADOECEU' E NÃO FOI. MESMO SENDO DIA DE PASSE LIVRE, DE MANHA DE NATAL DEU POUCO MAS DE TARDE TEVE UM MOVIMENTO SIM... BOM, APELAR PRA QUEM, QUEM CONFERE ISTO, A AUSENCIA DE ONBIUS NA RUA? TEORICAMENTE SERIA A eptc, MAS ELA FAZ O QUE QUER MESMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

prezado julio cesar

tou começando a desconfiar da rede vida....fiquei 5 dias em serafina - de quinta a 4 feira de onde voltei agora a pouco com a carona de minhas irmãs- e lá se reuniram uma cantonada braba. muitos vieram de sampa, do interior, viajaram 1.300 km pro natal. descobri que meu irmão mais velho, renato, também ve a rede vida. assim que eu não vejo, porqu esou pou o de tv, mas meus pais veem e meu irmão ve. acho que tenho participação acionarária indireta na rede vida...e por pouco tu não invadistas são broja no recente enterro do jango....(ai sim iam ver o que é b om pra tosse....) - Olides canton, mas pra variar trouxe uma bela reportagem de serafina que é caso pessetti que acho que deves acompanhar pelo meu blog e quem sabe um dia ir lá e filmar aquela situação de 30 anos de uma familia de pequenos produtores de leite passando o gado todo dia de um lado e de outro da estrada pelo simples motivo que não fizeram um viadugto pros bichos. consegui copia do processo judicial da época, mas a familia exstá muito traumatizada e não quer mais mexer no assunto. só que a rodovia principalmmente nesta época tem muitol movimento e qualquer dia alguém vai atropelar aquelas vacas todas lá(oplides canton )

------- Mensagem encaminhada -------
De: julio.pacheco@redevida.com.br
Para: deolhoseouvidos1@terra.com.br
CC:
Assunto: Feliz Natal
Data: 25/12/2013 17h50min17s UTC

Grande Olides.
Feliz Natal. Desejo que tenhas a maior felicidade, muita luz, paz e muito trabalho. Cuida da aposentadoria. Agora, és um aposentado.
Me lembrei muito de ti. Tive a felicidade de estar numa pequena cidade próxima à Serafina Corrêa, no último dia 22. Conheci Doutor Ricardo. Pequeno município de 2.100 habitantes de onde a Rede Vida transmitiu uma missa de ação de graças pelos 50 anos de sacerdócio do Frei Dorvalino Fassini ofm. E, para variar, voltei a ser locutor e realizei a apresentação dos 90 minutos de transmissão. Mas o que quero que saibas é que me emocionei muito durante a apresentação da missa que durou 90 minutos e foi para 540 emissoras em todo o país, 20 milhões de antenas parabólicas e todos os sistemas de TV a cabo existentes, tudo em HD, pela repercussão de estarmos mostrando, dalí, o que é o fim de semana, a missa da região colonial italiana do RS. A repercussão foi instantânea de todo o território nacional. A Missa foi em dialeto vêneto e o coral só apresentou músicas nesse dialeto. Foi um sucesso. No final, ao som de "Merica... Merica..." a Rede Vida encerrou a transmissão com a benção final da missa. Olides temos que fazer muito mais por esta região fabulosa que tu conheces melhor do que eu. O Brasil não nos conhece ainda. Tenho um DVD completo desta missa para ti.
Feliz Natal.
Júlio César

HISTORIAS DE LA UNDEZE

EL GAVEA I PIE STORTI (TINHA OS PES VIRADOS)

Depois que comemos o chester, comprado e mandado cozinhar pela minha irmã ana maria, que veio de Brasília pro Natal - ela sempre vem no natal e na Páscoa, como boa 'politica' que é - na noite do dia 24 e que foi feita a distribuição do amigo secreto, também organizado pela ana maria - saí ganhando dei uma caneca de pilas e ganhei um tenis de primeira linha. na presença do mesmo, minha mãe começoua contar como foi ó nascimento do irmão Paulo, que hoje vive em Rio Claro, instada que foi pela filha do mesmo, a Gabriela...

segundo a velha Ondina,Paulo nasceu com os pés totalmente virados..por incrivel que pareça, o dedão tocava no calcanhar....pode uma coisa destas???!!!!

levaram ele logo pequeno pro dr. Benincá, um médico que trabalhou anos em Serafina e o médico colocou uma tala de gesso,engessando e deixando com as duas pernas totalmente estaqueadas. Mas primeiro virou na marra os ossos..era assim que praticavam a medicina naquele quase fim do mundo quando ele nasceu nos anos 60 do se´culo passado...

havia por lá poucos recursos, o negocio era improvisar.

o guri chorava muito com aquelas pernas engessadas, mas foi levando...só que ele começou a se debater com os pés e tirava fora a ' bota' de gesso que o benincá colocava...ai o benincá mandou fazer uma espécie de ferramenta na oficina mecanica do Zanini pra ver se com aquilo resolveria o problema sem o gesso, porque o guri estava negando o gesso, e o tirava a toda hora...

quando testou a botinha de ferro, uma improvissão que ele mandou fazer, e viu que não dava certo, jogoa-a longe,rebelando-se...ai encontrou outra solução. foi na base do esparadrapo...que ele ia segurando a perna pra que o pé não votlasse a posição original de como nasceu, ou seja, com os pés totalmente tortos...

( se fosse hoje em dia teriam outros recursos, mas naqueles anos, no meio da colonia, não era facil) o renato, irmão do paulo, disse que uma das vezes acompanhou a mãe ao hospital pros exames e como paulo chorasse muito, ouvia os comentários dos que ali estavam que siziam:

- ele ze cuel de canton que el ze nascesto com le gambe storte ( é aquele do canton que nasceu com as pernas tortas)...

Como eu e o renato já eramos crescidos - eu tinha 11 anos e o renato 13 - quem ia ao hospital toda vez que prec isava fazer os curativos, trocar de sparadrapo ou trocar a bota de gessoera o valmor, que hoje também vive no interior de sao paulo.

isto foi indo, até que a dona ondina começou a ela mesmo trocar o esparadrapo em casa...fazendo os curativos. mas começou afazerr ferida, então era um problema. até que um dia o guri saiur correndo desvencilhjando-se da proteção da m~e e indo até a parede...e voltou pra mae, tudo isto sozinho,caminhando, porque até quase um ano não caminhava. assim terminou esta história, um verdadeira ' milagre', uma invenção do dr. benincá, que apenas recentemente foi homenageado em serafina com o seu nome num posto de saude...porque até aquilo a unica homenagem era o bem que ele fizera na população(O.C)

De Serafina!

Calvário dos Pessetti(II)

No próximo dia 1 de janeiro, os Pessetti já sabem que no fim do dia terão uma dificuldade enorme pra fazer suas 12 vacas de leite da raça Jersey passar de um lado e de outro da rodovia VRS-381 Serafina-Balneário Carreiro devido ao grande movimento que neste dia a rodovia vicinal VRS-321 apresenta na volta do feriado que a população passa junto ao balneário do Rio Carreiro. Mas ele já estão acostumados com isto. Afinal,desde 1984 convivem com a situação, depois que a prefeitura municipal, que lhe desapropriou um hectare, não construiu um viaduto pra passagem do gado de um lado a outro.

- Será mais um dia em que muitos carros passarão e ficará dificil pra que passemos as vacas de um lado e de outro, diz Ines Pessetti, que contemporiza com a situação e que acha radicalismos a esta altura do campeonato não levam a nada.

Ela que não mora com a família, e é enfermeira no Balneário Carreiro, junto ao povoado Zanetti, acha que é preciso encontrar uma solução, mas diz que sua mãe, Antônia e sua irmã, Marinês ' sofreram muito no passado' e não querem remexer em feridos do passado.

Já seu cunhado Nadir Rossoni estaria mais disposto a tentar uma saída para a situação. Construir um outro estábulo, do lado dos potreiros onde dormem as 12 vacas leiteiras da raça Jersey para eles seria muito custoso, diz Ines, lembrando que teriam que construir todoa a infraestrutura de energia elétrica também, o que seria muito caro.

E Inês lembra que no potreiro corre um pequeno córrego , uma pequena nascente de um rio. Seria, acha ela, pouco provável que o meio ambiente autorizasse a construção de um estábulo que viria, com certeza, trazer poluição a nascente deste corrego.

Antes da desapropriação do hectare para a passagem da nova rodovia, que ainda não foi feita com asfalto(este veio depois) um funcionário da prefeitura municipal, Alvaro Cervieri, que frequentava muito a casa dos Pessetti (segundo algumas versões ele era pretendente da filha Ines) onde sempre era recebido em jantar e almoços, tentou muito fazer com que o proprietário negociasse uma saída para a desapropriação. Há versões, orais,não documentadas pois não estão no processo judicial de que Alvaro teria levado a oferta da construção de um viaduto para o gado da família passar do potreiro para os estabulos. Mas oficialmente, porém, a prefeitura nunca se dispos a fazer esta construção.Teria ficado só na conversa, como se diz, vulgarmente. Também contam os vizinhos que um dia , o proprietário, Jacob Pessetti, cansando desta lenga lenga do Alvaro Cervieri e desesperado por ver que suas terras seriam cortadas ao meio, o teria posto fora de casa correndo e ameaçando-o de pegar um facão se lá voltasse novamente.

Voltemos,porém, ao histórico da desapropriação. Em 25 de janeiro de 1984, logo após o prefeito municipal ter assinado a desapropriação de um hectare através do decreto 84/83(com data de 22.12.1983)os proprietários do terreno, Jacob e Osvaldo Pessetti,insurgem-se contra a medida e seu procurador, o renomado advogado Alceo Bordin- cuja contração deu-se em 11 de janeiro de 1984 -oficia ao juiz da comarca de Guaporé,onde corre o processo que os proprietários não concordam como valor atribuido ' aos bens desapropriados'.

" Não é justo o valor oferecido,e stando bem distante do valor real',alegam.

E prossegue:

- O autor(no caso a prefeitura de serafina correa) desde que se ' imitiu" na posse fez estragos enormes na propriedade tendo destruido 45 angicos de 30cm de grossura, 100 angicos de 20 cm de grossura, uma ameixeira de 30 cm de grossura, 8 pessegueiros em produção,12 figueiras pequenas,30 figueriros em produção, 9 pinheiros de um metro de altura, um caqueiro em produção,um pe de louro em produção,um pé de romã em produção um limoeiro em produção , cobriu uma fonte de água que servia para bebedouro dos animais e para consumo próprio em época de seca(estiagem)

tendo destruido ainda uma área de de milho e soja de 150 m de comprimento por 26 m de largura com milho já de um metro de altura cuja produção,alegam os colonos, estava estimada em 60 sacas de milho e 25 sacas de soja.

Esta área foi ,segundo os donos, totalmente adubada com a aplicação de uréia cujo gasto chegou a 120 mil cruzeiros .

O advogado dos colonos alega que agora, com a nova situação , os colonos estão sendo obrigados a ter seus animais fechados em estábulo, pela destruição da cerca do potreiro, onde ficavam confinados.E tem que dar um saco de milho por dia sendo que estas despesas,alégam, devem ser arcadas pela prefeitura que os desapropriou.

Alegam também que a área desapropriada sofreu depreciação porque a propriedade com a nova situação ficou com um aterro de mais de nove metros de altura, impedindo o acesso dos animais para o outro lado da estrada, da carroça e de outros veiculos da propreidade. Os agricultores podem ao juiz ' a obrigação de construir um viaduto que permita a passagem para o outro lado da propriedade'.O procurador Alceu Bordin pede ao juiz que seja feita uma avaliação pericial pelo poder judiciário dos bens que estão sendo danificação pela nova rodovia . Pedem também a condenação da prefeitura municipal ao pagamento de despesas processuais,juros,correção monetária e honorários advogatícios.e o autor indica o engenheiro Julio Zanon para assistencia técnica do caso.

O auto de imissão provisória da posse de um hectare do terreno de Jacob e Osvaldo Pessetti foi feita em 9de janeiro de 1984.Segundo o relato do oficial de Justiça que compareceu a propriedade ela se deu de forma ' mansa e pacificadora".Segundo o auto foi desaproprieado um hectare do terreno de Jacob e Osvaldo Pessetti que confrontavam com os vizinhos Selvino de Costa e Alfredo Canton.Em 1 de março seguinte, através da procuradora Maria Cecilia Montanari, o municipio contestaria as alegações dos donos do hectare desapropriado, como veremos no próximo capitulo(Olides canton,de serafina correa)

 

De: lazari viagens ******** lazaritur@hotmail.com
Assunto: BOAS FESTAS
Data: 24/12/2013 14h33min45s UTC

Natal uma época maravilhosa para refletirmos e buscar encontrar a verdadeira felicidade...
...e o maior presente de todos os tempos é Jesus, Ele não é Papai Noel, mas pode dar felicidade verdadeira. Não pode ser confundido com o bom velhinho porque Ele está vivo não só nos corações de quem segue mas independentemente destes.

Jesus nasceu com o objetivo global específico, uma missão clara de vida determinada desde o começo dos tempos.

Ele nasceu para dar uma solução que funcione em relação à separação que existe entre homens e Deus.

Nós insistimos em viver em nossa própria maneira orgulhosa e procurando trazer alívio ao insistente vazio interior. A felicidade é possível desde que nós tenhamos coragem
de nos comprometer com Deus, convidando-O agora mesmo para assumir o controle total de nossa vida e não só de nossos problemas.

Vamos fazer uma nova pessoa de dentro para fora, aí sim a época do Natal terá um real significado.

Feliz Natal e Boas Festas!
A todos os nossos clientes e amigos
Lazaritur Viagens e Turismo

 

De: Carlos Roberto Saraiva da Costa Leite < beto.costaleite@gmail.com >
Enviada: Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013 21:51
Para: olidescanton@bol.com.br
Assunto: Fwd: contato

Desejo muito saúde e paz no teu caminho.
Um Feliz Natal!!



Abraço, Carlos Roberto da Costa Leite ( Beto)

OS DONOS DO CA DEI MONTI

Lucimar( com a mão na saia)) e Nestor Magon, com a mão nas costas são dos donos do hotelzinho onde fico aqui em serafina.

eles começaram de leve e a Lucimar lembra que houve épocas em que o hotel dava muita grana. agora só se mantem porque reduziram os viajantes.

o ca dei monti é um hotel simples, limpo e com um bom café da manhã e tem uma vantagem. fica junto a rodovia RS-que liga Guaporé a Passo Fundo.

O nome do hotel, diz Lucimar, foi escolhido por 'aquela turma do italiano'. Ele se refere a roberto arroque,Bi Cervieri,entre outros que nos anos 80, tentaram fazer um movimento de preservação do dialeto veneto em serafina.

Havia naqueles anos um festival de italiano, de musica, na data da emancipação do municipio, do qual participavam cantores do país todo.

este festival foi morrendo, e a UPF editou um livro sobre estas cantorias.

o festival na verdade era uma forma de resgatar os antigos costumes dos imigrantes, que aos poucos, com a morte dos mesmos, vai se perdendo...

Lucimar e Nestor hoje vivem mais em Palmas, no Tocantins, onde também tem hotel. e estão fazendo outro no PARÁ junto a hidrelétrica de Monte Belo. A filha luiza toca o ca dei monti, de serafina.

de serafina

MEU AMIGO AQUILINO COSTELLA

Me tornei amigo do Aquilino Costella meio sem saber. um dia o vi falando sem parar, contando histórias no restaurante do Giaretta, onde sempre almoça, e gostei de sua trova.

fui me aproximando dele, aos poucos e sempre que o encontro é uma festa.

ele é viúvo, e também almoça no Giaretta,diariamente, onde almoçamos juntos hoje, a seu convite.cada um pagou sua conta, claro que o gringo é munheca pra caralho....

Depois de ficar viúvo, uns 10 ,12 anos atrás, Aquilino, que passou 65 anos trabalhando na colônia, aproximou-se de Lourdes de Villa, viuva do famoso fotografo Artusi.(Nelson de Villa, fotografo famoso daqui, aprendeu tudo com o Artusi, nos anos 60...)

\sobre o falecido fotografo, que é uma das lendas da cidade, correm muitos boatos,algumas verdades. Por exemplo, ele teria extraviado as fotos do casamento de Adelina Montanari e Flávio Soccol. quando eles voltaram da praia, da lua de mel, Flávio, com seu jeito zombeteiro teve que ' casar' novamente com a Adelina pra que o momento ficasse pra sempre.

Há muitos outras do Artusi, mas aqui o personagem é o Aquilino Costela. Seu casamento com Lourdes de Villa foi somente religioso.

- Casamos perante o Cristo, na Igreja, contou-me ele. E o filho de Lourdes, o Chico, foi testemunha do casório.

Foram morar juntos, mas Aquilino não teria gostado muito do jeito ' independente ' da nova esposa.E depois ele andava gastando mais do que tinha pensado que iria gastar na sua nova vida. e isto pra gringo da colonia conta muito. E Aquilino não é homem lá de grandes proventos. deve ter um aposentadoria do INSS.]

Enfim, até que se deu o rompimento entre ele e Lourdes de Villa. Foi numa terça de carnaval, que tiveram uma discussão. Ele a mandou embora e quando voltou da bodega, um costume seu, ela realmente tinha ido...nunca mais voltou, embora ...

Aquilino hoje tem outra namorada, mas não junto as escovas de dente. Gosta de ir dançar e no domingo não foi a Paraí, porque estava fazendo muito calor.

É chegado num jogo de cartas e passa o tempo com um guri muito esperto, filho do Giaretta, dono do restaurante que fica no Salão Paroquial, jogando bisca...

Aquilino também gosta de um baile e vai sempre nos da Terceira idade. Nunca o vi falar em doença, numa o vi se queixar de alguma coisa, é uma pessoa pra frente, como se diz...

Como viúvio aprendeu a viver sozinho. Talvez tenha feito as pazes com a solidão...Aquilino Costela ficou meu amigo porque me contou uma história que esta no meu livro COSI LA ZE STATA...Ele assegura que viu Fioravante Cervieri e Dionísio Assoni, dois maiores comerciantes de Serafina nos anos 40,50,60 ,discutindo por causa de dinheiro dentro do escritório de Fioravante. Ele saiu de fininho pra não ver a briga, mas lembra que ela foi feia e que Dionisio Assoni dizia:

- tanti de mi, tanti del altro, cuanti te ghe ganhi ti al fim de di( tanto de mim, tanto do outro, quanto tu "ganhas" no fim do dia....atenção: ' ganhas' aí é pra suavizar o verbo...

Aquilino Costela um amigo que fiz aqui nesta Serafina, onde os que conheci nos meus tempos de juventude nem me cumprimentam quando cruzam pela rua....

de serafina

JET SKY DERRUBA BARRANCAS DO RIO CARREIRO!

OS JET SKY DOS MORADORES DA BEIRA DO RIO CARREIRO, NA DIVISA ENTRE SERAFINA E NOVA BASSANO, ESTÃO ' CAVANDO' A BARRANCA DO RIO CARREIRO. É QUE ELES FAZEM GRANDES MANOBRAS DENTRO DO RIO - NUMA AREA DELIMITADA - E A ÁGUA FICOU MUITO AGITADA,INDO BATER NA BARRANCA DO RIO E ARRANCANDO AS BEIRADAS. NÃO SEI SE É COISA DO MEIO AMBIENTE LOCAL OU ESTADUAL VER ISTO. MAS A FEPAM PODIA SIM DAR UMA OLHADA NISTO....OU O PODER PUBLICO MUNICIPAL. TEM ATÉ UM VIDEO QUE ACABEI FAZENDO QUE MOSTRA O BARCO CORRENDO E FAZENDO MANOBRAS(OLIDES)

FELIZ NATAL

Antonio Augusto Bandeira

Receba você o meu grande abraço, meu amigo. Aos escritores que tenho a satisfação de conhecer,aos Olides, Daiellos, e paro por aqui para não esquecer nomes, Poetisas cujas belezas das frases encantam minha vida, a você que não conheço pessoalmente mas para quem sou devedor dos belos escritos que recebo, a todos um

FELIZ NATAL!

Muito obrigado pelos presentes que recebo sempre todos os dias, com as mensagens de vocês.

FELIZ NATAL!

FALANDO DE NATAL
Edilson Menezes/Edmen

Já diziam os meus avós, ainda vai chegar um tempo e talvez nós nem estejamos mais aqui neste mundo, em que o comércio será o motivo maior da comemoração do natal. As porcentagens serão calculadas em cima dos lucros maiores que os anos anteriores e a falsa felicidade abre-lhe o sorriso. As indústrias de arranjos natalinos, os comerciantes das guloseimas e enfeites estarão mais felizes. Mas essa felicidade não é decorrente da comemoração do nascimento de Jesus e sim dos lucros financeiros multiplicados. A alegria em seus rostos será visível porque a sua conta bancária estará mais gorda, seus bolsos estarão mais abastecidos e sua segurança maior estará no lucro usufruído. Não se escandalizem quando vir uma criança ser presa porque pegou um pão do comerciante para saciar a sua fome. Não se espantem quando presenciarem presépios serem montados nas praças centrais das cidades, com o objetivo único de angariar fundos para a edificação de obras suntuosas.

Nessas circunstâncias o natal é comemorado e o Cristo entronado torna a dizer: Bem aventurado os humildes de coração por que verão a face do meu Pai e mais fácil será um camelo passar no buraco de uma agulha do que o rico entrar no reino dos céus.

O amor quando paixão

Joe'A

O amor nasce suavemente perfumado

nas fragrâncias dos carinhos e das carícias

que impregna na pele e inebria a alma

com todas as flores de todas as cores

Com tanto perfume que pode lhe embriagar

avassaladoramente te apaixonar

e nesse apaixonar na paixão lhe incendiar

a razão incinerar e o bom senso carbonizar

A paixão completamente te embriagar

e a boemia sem prumo se entregar

sorvendo a poção dessa paixão sem ponderar

e essa bebida por completo te tomar

Somente a ela o sentido se encaminhar

e mais nada na vida considerar

se entregando apenas aos braços do amar

No olhar somente o apaixonar

Embriagues de longa noite de luar

com todas estrelas do firmamento a enfeitar

e o sereno dessa perdida madrugada a vicejar

mais tonturas da embriagues a te tomar

E todos teus sentidos a te enganar

nos braços da ilusão a quimera em realização

juras, promessas a declarar

nos instantes, nos momentos da paixão amar

Momentos em que nada pode se firmar

instantes de químicas alucinantes

que de um momento para outro podem se volatilizar

que a luz do dia podem não se substanciar

O amor embriagado rotulado de paixão

na dependência das sensações e emoções

tonta razões nas vacilantes intuições

enfadado pela longa noite não dormida, sem luz

Desperta nos males das embriagantes poções

golfando a atração, desprezando a paixão

fecundando uma antipatia ou uma simpatia

nos jogos da empatia, no acaso desse amor ter razão

Joe'A

Visite meu site

www.vidasempoesia.com.br

Mamãe Noel
Martha Medeiros

Sabe por que Papai Noel não existe? Porque é homem.
Dá para acreditar que um homem vai se preocupar em escolher o presente de cada pessoa da família,
ele que nem compra as próprias meias? Que vai carregar nas costas um saco pesadíssimo,
ele que reclama até para colocar o lixo no corredor? Que toparia usar vermelho dos pés à cabeça,
ele que só abandonou o marrom depois que conheceu o azul-marinho?
Que andaria num trenó puxado por renas, sem ar-condicionado, direção hidráulica e air-bag?
Que pagaria o mico de descer por uma chaminé para receber em troca o sorriso das criancinhas?
Ele não faria isso nem pelo sorriso da Luana Piovani! Mamãe Noel, sim, existe.

Quem é a melhor amiga do Molocoton, quem sabe a diferença entre a Mulan e a Esmeralda,
quem conhece o nome de todas as Chiquititas, quem merecia ser sócia-majoritária da Superfestas? Não é o bom velhinho.

Quem coloca guirlandas nas portas, velas perfumadas nos castiçais, arranjos e flores vermelhas pela casa?
Quem monta a árvore de Natal, harmonizando bolas, anjos,
fitas e luzinhas, e deixando tudo combinando com o sofá e os tapetes? E quem desmonta essa parafernália toda no dia 6 de janeiro?

Papai Noel ainda está de ressaca no Dia de Reis. Quem enche a geladeira de cerveja, coca-cola e champanhe?
Quem providencia o peru, o arroz à grega, o sarrabulho, as castanhas, o musse de atum,
as lentilhas, os guardanapinhos decorados, os cálices lavadinhos, a toalha bem passada e ainda lembra de deixar algum disco meloso à mão?

Quem lembra de dar uma lembrancinha para o zelador, o porteiro, o carteiro,
o entregador de jornal, o cabeleireiro, a diarista? Quem compra o presente do amigo-secreto do escritório do Papai Noel?
Deveria ser o próprio, tão magnânimo, mas ele não tem tempo para essas coisas. Anda muito requisitado como garoto-propaganda.

Enquanto Papai Noel distribui beijos e pirulitos, bem acomodado em seu trono no shopping,
quem entra em todas as lojas, pesquisa todos os preços,
carrega sacolas, confere listas, lembra da sogra, do sogro, dos cunhados, dos irmãos,
entra no cheque especial, deixa o carro no sol e chega em casa sofrendo porque comprou os mesmos presentes do ano passado?

Por trás do protagonista desse megaevento chamado Natal existe alguém em quem todos deveriam acreditar mais.

enviado por Hilda Rosa

INTEMPÉRIES ...
Maria Luiza Bonini


Era uma chuva tênue e delicada, que invadia a minha tarde
Ofuscando o brilho do sol, de sua clara e alentadora luz
Acinzentando palavras confusas, do que não se traduz
Ao trazer consigo, da melancolia à dor de uma de saudade


O vazio do que jamais se foi, enleado, se abrigava em mim
Teimando, insistente, em permanecer vivo e tão silente
Tal filho, que a mãe gesta, no aconchego de seu ventre
Com a ansiedade da chegada do pressuposto amor sem fim


As janelas d' alma, em sua esperança, abriam-se, acolhedoras
Ao receber, festivas, o calor do sol que ressurgia triunfante
Dissipando as nuvens negras que se esvaiam, por errantes


Após a tempestade, percebi uma trégua, em meus caminhos
Como uma divina prenda, o frescor da brisa, se fez inebriante
Conduzindo-me a recomeços, que ora vislumbro, tão distantes ...


****

"Umas coisas nascem de outras, enroscam-se, desatam-se, confundem-se, perdem-se, e o tempo vai andando sem se perder de si..."

Machado de Assis

São Paulo/Brasil
23.Novembro.2013

Registrado no Recanto das Letras em 22/11/2013
Sob Código:-T4587381

SÃO LINDAS AS CORES DA AMIZADE

Marcial Salaverry

Com sincera amizade vamos nos abraçar,

porque não há nada que dê mais felicidade,

do que um sincero abraço de amizade...

Vamos nos dar as mãos, um círculo formar...
Assim, vamos nossos corações unir...
Com sincera amizade, nossas vidas alegrar,
neste momento, e também no porvir...
Com a alma plena de amizade,
unindo nossos corações,
nesta amizade oferecida com sinceridade,
que é um constante renovar de boas emoções...
Venha... pegue minha mão...
simbolicamente, leve-a até seu coração...
Sinta como ele vai bater...
Mais forte, mais alegre, renovado...
Deixe-o se comover...
Esqueça o passado...
Sinta sua alma plena de amor,
e esqueça qualquer dor...
Aproveitemos esta nossa amizade,
porque ela é sincera, de verdade.
"Amigos para sempre"....
Não é apenas uma frase, quando há sinceridade...
É um sentimento forte, que não pode acabar,

e sempre irá nos proporcionar UM LINDO DIA...

Marcial Salaverry

Socorro Lima Dantas

Papai Noel meu amigo
Mais um ano eu estive contigo !
Quanta felicidade !
O meu coração começou a bater !
Quando o meu sorriso, o teu alcançou
E para mim você acenou,
Convidando-me para pertinho de ti chegar
E ouvir o que eu tinha para te falar.
Acelerei os passos e fui contigo estar,
Convidaste-me para ao teu lado sentar
E sorrindo, com atenção,
Perguntou-me o que neste Natal eu queria ganhar
Timidamente, devolvi o teu sorriso
E baixinho em teu ouvido
Falei de uma só vez:
Eu desejo muito ganhar uma boneca !
Aquela tão sonhada boneca

Que o papai nunca pôde me dar.
Pois, mesmo sendo tão grandinha,
De boneca eu ainda queria brincar
Para os anos áureos recordar.
O meu amigo Papai Noel me escutou,
Pensou... Pensou...
E me prometeu que este ano
O meu presente eu poderia esperar
Pois já havia requisitado aos anjinhos
Para o meu pedido anotar,
E que na noite de Natal eu não esquecesse
Do meu sapatinho na janela colocar,
Sonhar o meu sonho de criança
E nunca a minha esperança acabar.

TRADICIONAL REVEILLON OCUPA PRAINHA DO GASÔMETRO

A Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Secretaria da Cultura 25 anos e da Coordenação de Música, vai realizar mais uma edição do seu tradicional reveillon na prainha do Gasômetro, no dia 31 de dezembro de 2013, a partir das 20h30min, com inúmeras atrações.

A função inicia com o consagrado DJ Claudinho Pereira que vai colocar o som para iniciar a festa. A partir das 21h, teremos a primeira apresentação artística da noite com a banda Nenhum de Nós mostrando seus grandes sucessos. Após mais uma entrada do DJ Claudinho Pereira, outro grupo de sucesso internacional subirá ao palco da Prainha: Papas da Língua. A apresentação do Papas vai encerrar por volta das 23h58min quando será realizada a contagem regressiva para o novo ano. Como sempre, teremos show de fogos de artifícios em pleno Guaíba numa duração média de 12 minutos. Ao final da última entrada do DJ Claudinho Pereira, a Banda da Saldanha vai animar a festa até o seu encerramento.

A apresentação do Reveillon será do radialista Gerson Pont.

RÉVEILLON

NENHUM DE NÓS / PAPAS DA LÍNGUA / BANDA DA SALDANHA

DJ CLAUDINHO PEREIRA

PRAINHA DO GASÔMETRO

31/12/2013 – 20H30

ENTRADA FRANCA

Paulo Moreira

Assessoria de Imprensa

Coordenação de Música

Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos

tel. (51) 3289 8119 – 9995-9729

e-mail: cm@smc.prefpoa.com.br

site: www.portoalegre.rs.gov.br/smc

Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro

Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar

A direção e os funcionários da FIGTF desejam um 2014 repleto de realizações. Rita Escobar Imprensa FIGTF Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore Fone: 51 32281711 / 9327.5434

 

coleguinhas

a ' xinelada' que o goulart me deu faz jus...é que no dia da entrega do premio Ari de jornalismo fiquei mais entretido com uma coleguinha que sempre usa a mesma indumentária. e queria saber como se faz uma vaquinha pra ver se se compra uma roupa nova....pra ela...num brechó....a colega me lembra o leonel brizola que andava sempre com o mesmo casaco.

*

vi na zero que o trezzi é o reporter mais premiado do brasil. cruiz credo....

*

tira o trezi da zero e estes premios dele não valem lhufas....os caras vão virar a esquina pra não se pechar nele....

*

n~qo quero dizer que o trezzi não tenha talento. mas o veículo é que fatura prestigio com seus funciona´rios. senão eles não davam paginas sobre isto no seu jornal.

*

RECEBO DO ANTONIO GOULART, QUE COORDENOU O JURI DO PREMIO ARI DE JORNALISMO...

REALMENTE EU CONFUNDI OUNAO PRESTEI ATENÇÃO,SEI LÁ,JORNALISMO IMPRESSO COM FOTOS. MAS ME IMPRESSIONOU QUE NENHUMA FOTO DO CASO KISS TENHA SIDO INSCRITA NO PREMIO. OU O JORNAL DE SANTA MARIA MOSQUEOU OU O AUTOR NÃO TEM LÁ ESTES APREÇOS PELO PREMIO ARI DE JORNALISMO. NÃO DEVE SER NADA CONTRA PORQUE AFINAL SE TRATA DE UM JORNAL DA RBS E A RBS INSCREVE TUDO NO PREMIO ARI DE JORNALISMO. ALIAS VOU PEGAR A LISTA DOS PREMIADOS E VER QUANTOS PREMIOS A RBS PAPOU DO PREMIO ARI DE JORNALISMO...(OLIDES) EM TEMPO. AGRADEÇO A CORREÇÃO! EM TEMPO. INTERESSANTE QUE A FILIAL TENHA GANHO O PREMIO ARI DE JORNALISMO COM O CASO KISS. FILIAL NO CASO O DSMARIA, PORQUE A MATRIZ É A ZERO. ELES FIZERAM UMA BOA COBERTURA SIM,TANTO QUE O JORNAL NÃO VINHA A PORTO ALEGRE, PROCUREI NAS BANCAS E NÃO HAVIA. ERA TODO ESGOTADO NA CIDADE E NA REGIÃO. NÃO LEMBRO AGORA DE QUANTO FOI A EDIÇÃO DO DIA SEGUINTE, MAS LEMBRO QUE LIGUEI PRA LÁ E O PESSOAL ME DISSE QUE NÃO HAVIA MAIS JORNAL...

Prêmio ARI

Correção necessária
O editor do site devia prestar um pouco mais de atenção naquilo a que assiste. Assim, evitaria de incorrer em erros como o de afirmar que o episódio da boate Kiss não ganhou nada no Prêmio ARI de 2013. Ganhou, isto sim, com o Diário de Santa Maria, a principal premiação: o 1o. lugar em reportagem geral na mídia impressa, junto com a matéria de Zero Hora sobre o caso Rubens Paiva, que também havia ganho recentemente o Prêmio Esso. Outro esclarecimento, nenhuma fotografia da boate Kiss ganhou o ARI, simplesmente porque nenhuma delas foi inscrita. Motivos? Só os autores podem revelar.


Coleguinhas

*O lauro Dieckmann chama os perfis da coletiva de net de ' necrológicos'. ele diz que a companheira(opa, isto é um termo marxista) rosinha lopes os le com avidez....

*tentei acessar o site da ari, nunca consigo. nem pra saber a lista dos premiados do seu proprio premio. então vou ver onde acho isto.

*alguém andou lendo não sei onde que o cara aquela do tijoladas..que apareceu morto teria sido matado e não teria cometido suicidio. apenas lembrar que foi ele que denunciou aquele treco do assédio sexual de um filho de uma familia muito influente na área da comunicação.

diario de serafina

Rui Vivian, que é do PMDB, formouuma filha em Medicina. por isto se ouviu foguetório no sabado de noite por aqui. achei que fosse do papai noel. vi isto sim uma passeata de carros, meio mixa, sobre o natal

*estive no carreiro no sabado de tarde. melhor impossível. mas o que tem lá é muito jet sky que provocam ondas no rio e que estariam derrubando as beiradas do mesmo. assunto pro meio ambiente local ou estadual dar uma olhada. até fiz fotos dos jet sky que pertencem a gente que foi morar na beira do rio.

* o local é muito aprazível, principalmente no verão

De Serafina!

O CALVARIO DOS PESSETTI!(parte I)

Hoje, dia 22 de dezembro de 2013, completam-se 30 anos que começou o inferno da familia Pessetti,- uma familia de agricultores que em 1971 comprou por 20 mil cruzeiros uma colonia de Pedro e Assunta de Costa, localizada no lote Sete da Linha Bento Gonçalves,ou seja, na capela São Pedro. Seu drama vou contar aqui em capitulos, um pouco enxutos....O pai de Pedro,ou ' Pierin" em dialeto veneto, era Luis de Costa , conhecido por "Gigio del Sete " e por ocupar o lote Sete.
Pedro de Costa era um dos poucos eleitores do PTB da localidade e quem intermediou a venda das terras a Jacob Pessetti e o irmão Osvaldo que moravam em Itapuca, municipio de Arvorezinha , foi o advogado Bruno Marocco. Bruno era um ex-arenista, o partido que sempre dominou a politica em Serafina, desde sua emancipação em 1960. Mas passou pro MDB depois de se desentender com Guerino Massolini, o segundo prefeito da cidade.Depois de perder duas eleições pelo MDB ( uma delas por poucos votos) Bruno pegou as malas e se mudou pra Medianeira, no Paraná, onde acabaria assassinado por um cliente.

Pois naquele 22 de dezembro de 1983 o então prefeito de Serafina Correa, Sérgio Antônio Massolini,- que havia assumido pelo falecimento do eleito, Irceu Gasparin - então do PDS,depois passaria pro PFL,atual DEM assinava o decreto 84/83 que declarou de utilidade pública para fins de desapropriação hum hectare de terras para abertura de estrada municipal. O decreto tornava de utlidade pública um hectare da colônia de Jacob e Osvaldo Pessetti. Uma colonia tem mil metros por 250 metros.A desapropriação era pra passar a rodovia vicinal, ou seja, municipal até o balneário do rio Carreiro, que cortaria de fora a fora a propriedadedos irmãos Jacob e Osvaldo Pessetti,deixando os potreiros de um lado e as casas e os estábulos das vacas dos agricultores do outro da nova rodovia que se pretendia abrir.A prefeitura se negaria a construir um viaduto pra passagem do gado, apesar da insistência dos agricultores para que isto fosse feito.
Em consequência da abertura da rodovia até hoje os dias de hoje os agricultores são obrigados a passarem as vacas de leite de um lado e de outro da rodovia VRS-321 que liga Serafina ao Balneário Carreiro, um trecho de apenas 8 km.Sergio era filho do prefeito Guerino Massolini que nos anos 60 havia inaugurado a ponte sobre o rio Carreiro. Aos que conviviam com ele , ouviam:

- Meu pai fez a ponte, eu vou fazer o asfalto!

RAPIDO

Na mesma data,22.12.1983, o exator estadual Irene Bernardes Rocha mandava a prefeitura municipal um comunicado que respondia a solicitação da prefeitura que queria saber o valor de desapropriação do imóvel na área. A Exatoria informou a prefeitura que para fins de ITBI o valor de um hectare era de 190.000,00 cruzeiros por hectares.

A prefeitura deu procuração a advogada Maria Luisa Montanari( que foi a primeira vereadora do MDB da cidade) pra que defendesse o poder público no trâmite da desapropriação.A procuração assinada pelo prefeito Massolini dando poderes a advogada tem data anterior ao decreto da desapropriação, ou seja, dia 20.12.1983.

O decreto 84/83 diz textualmente que é declarada de ' utilidade pública para fins de desapropriação uma área de um hectare de propriedade de Jacob e de Osvaldo Pessetti"
O decreto diz ainda,depois de enumerar a localização do imóvel , que o imóvel ora descrito destina-se à abertura da estrada municipal - Serafina Correa-Balneário Rio Carreiro - e informa que o projeto da rodovia foi feito pelo DAER.

O inferno da Família Pessetti começava 3 dias antes do Natal de 1983. Não se sabe se aquela familia de pequenos agricultores estava a par do que iria lhe suceder, como pretendemos contar...(continua)

HISTORIAS DE LA UNDEZE

A FILHA DE NESTOR SE NEGA A CUMPRIMENTAR SERGIO MASSOLINI

Esta história me foi contada por um cara que estava naquela missa....Nos anos 90, Nestor Magon, que fora candidato a prefeito e que foi vereador em Serafina - hoje está no Norte do país, onde vai muito bem,obrigado - teve uma disputa politica séria com Sergio Massolini,que foi prefeito da cidade, e sempre uma liderança local.
De um episódio em que Nestor Magon deu um tapa num eleitor, ele acabou condenado pela Justiça Eleitoral por compra de votos - quem levou o tapa foi fazer exame de corpo de delito e sabe como é cidade pequena, o irmão do Sérgio Massolini já estava lá pra dar o laudo de que fora sim machucado. Isto acabou condenando a cadeia Nestor Magon, que foi preso em Fortaleza e trazido algemado pra grande vergonha da familia toda.
Saiu uma pagina na zero hora sobre o assunto, imagina isto numa cidade pequena....

A familia sofreu horrores, e as 3 filhas de Nestor, tinhama té vergonha de ir ao colegio.
Num domingo,pouco tempo depois que o pai saira da cadeia as 3 filhas foram a missa na igreja principal. A mãe, com a menor, ficou mais a frente. Mas duas atrás, ficaram um banco atrás de onde estava Sergio massolini. na hora daquela confraternizaçãod e todos se darem as mãos - as vezes acontece, né - a filha do nestor, uma das duas que estava lá, negou-se a cumprimentar o ex-prefeito e ainda disse alto e bom som:

- Porque vou te desejar a paz se vocês nos fez sofrer tanto!!!!

Sergio ficou indignado e foi aquele tititi em volta. Imagina....

ele queria saber quem era aquela guria que se negara a cumprimenta-lo e ainda dissera aquilo.
A mãe das 3, Lucimar Zarpelon, vinha saindo da igreja e nem viu o ex-prefeito que estava por lá querendo saber a identidade da menina
que ainda era muito novinha.

Ficou por isto e agora passados alguns anos, o episódio ainda é contado nas mesas das jogatinas do Paulo VI, enquanto a carpete corre solta.

HISTORIAS DE LA UNDEZE

JOANIN CORSO QUERIA CASAR

FOI PEDIR CONSELHOS AOS AMIGOS


Um comerciante forte de serafina, no passado, Joanin Corso, ficou viuvo.Mas já estava em idade avantajada...

Comia em casa,sozinho, e de vez em quando comia fora...

Um dia reuniu Miguel Soccol, Affonso Martinelli e Fioravante Cervieri porque queria saber deles se casaria ou não. Nem noiva tinha. iria a procura.

Martinelli, que se achava o mais esperto foi o primeiro a falar. O desanconselhou, a um novo matrimonio porque seguramente teria uma mulher mais nova e ele levaria c....

quando tocou a hora de Miguel Soccol e Fioravante falarem, ambos lavaram as mãos.
em sintese disseram:

- faz o que achares bom pra ti.

A reun ião dos quatro foi no escritório da sociedade estrela, assistida pelo Ewaldo Cervieri, o filho mais velho do comerciante.
Fioravante os convidou a comerem pipoca e pinhão. O pinhão já estava quase pronto, apipoca era só fazer.
Era uma noite fria e ficaram até uma e meia da madrugada, contando frotoles(mentiras) relembrou ewaldo cervieri.

Quando a Joanin Corso, casou com uma mulher mais jovem e o que Martinelli predisse acontecia,segundo lembra Ewaldo. Um deles era o ' moliner'- que trabalhava no moinho - dos cervieri.

De serafina
O assalto

ewaldo cervieri mostra cabeça cheia de esparadrapos e de curativos. é o resultado de varias cirurgias que fez no Moinhos em Porto Alegre. decorrencia d eum assalto que sofreu em sua casa, anos atrás. Era um domingo de domingo. tres caras entraram pela garagem e lhe deram uma coronhada na cabeça.
o engraçado e que ele foi socorrido porque a mulher falava com a filha, marina, e quando parou de falar, ela chamou o marido, heitor cadore e lhe disse que algo anormal estava acontecendo.
em cinco segundos os dois foram socorridos.

 


Guarda armado protege vendedores de zero hora. peguei esta foto na rua Caldas Jr. na quinta de tarde, pouco depois do meio dia. os vendedores vão prestar contas eprestam sob o revolver de um guarda...acho que é pra proteger de assaltos.

ERRO MEU, ERRO MEU


A BOITE KISS DEU PREMIO IMPRESSO AO DSANTA MARIA....

O CARA DA FOTO QUE SAIU NO NYTIMES NEM A INSCREVEU NO PREMIO ARI. ESQUECERAM OU ELE NÃO QUIS.

FOI O SEGUINTE. DOIS MATERIAIS GANHARAM O PRIMEIRO LUGAR. DERAM GRANA PROS DOIS. NÃO TEVE SEGUNDO NO PREMIO IMPRESSO.
OUTRA COISA.

O BANRISUAL BAIXOU DE 80 MIL PRA 50 A GRANA DOS PREMIOS. PORTANTO A ARI TEVE QUE MANDAR FAZER AS ESTATUETAS. E SAIU COM PREJUIZO DO PREMIO....
PO,SE ATÉ O PREMIO ARI NÃO DEU UMAS MUFUNDAS PRA NOSSO GLORIOSA ENTIDADE DA AV. BORGES, QUEM DARIA???

HOJE SEXTA, VAI HAVER UM COQUETEL NA ARI. NÃO VOU PORQUE ESTOU EM SERAFINA. BOM REGABONE, GURIZADA...

De Serafina

O CALVÁRIO DA FAMILIA PESSETTI

Cheguei na quinta de noite aqui, por sexta, hoje, tinha trabalho. além de distribuir meu jornal LINHA ONZE, no comercio local,fui a guaporé buscar copia do processo dos Pessetti,aquele em que a prefeitura desapropriou uma área, passando a rodovia pelo seu terreno.

afora passionalismos, foi uma baita de um estrago na terra dos Pessetti. E já na que a advogada da prefeitura, no processo, no caso a doutora Maria Luiza Montanari, argumentou junto ao juiz da comarca, que não havia necessidade de se construir um viaduto(assim eles chamam, e não vacaduto, como se diz hoje em dia)

Portanto, os Pessetti foram muito injustiçados, por que muitos dos vizinhos diziam que foi a teimosia do Jacob Pessetti e de sua mulher Antonia, que não quiseram um viaduto. queriam simplesmente que a estrada não passasse.

Conheço bem a história desta estrada.Liga Serafina ao Balnéario do Rio Carreiro, são apenas 8 km. é uma das tantas rodovias vicinaiis que foram feitas durante o Governo Pedro Simon. Mas no processo que ora tenho em mãoes diz que a rodoviaé municipal, não estadual. Então a desculpa que o prefeito atual, Bico Pranco(PP) está dando de que o municipio nada pode fazer, não é bemassim. se a rodovia é municipal - ela foi feita pelo DAER - deve haver um modo do municipio auxiliar a construção de um vacaduto. Explico ao leitor que não sabe do caso. Desde 1986, quando a estrada foi feita, os colonos da familia Pessetti passam 4 vezes ao dia o gado de um lado e de outro da estrada- que tem asfalto - pra poder tirar o leite do gado. Agora em outubro,quando estive lá,eles tinham 12 vacas de leite jersei e que davam muitos litos de leito por dia. Tiram o gado de manhã bem cedo, depois de tardezinha. são tres pessoas envolvidas na operação de pegar o gado no pot reiro,t raze-lo pro estabulo,tirar o leite e depois passa-lo de novo pro potreiro, onde o gado dorme.
contando isto ao meu amigo Alceo Dallagnoll, que é o dono do bar da rodoviária de Guaporé e que tem experiencia em politica porque trabalhou no gabinete do deputado Alexandre Postal(PMDB) ele me fez a seguinte pergunta:
- porque afamilia não constroi o paiol onde fica o gado no lado onde fica o potreiro. fiz esta pergunta a familia, eles me disseram que tem um corrego e que o meio ambiente não deixaria que o estrume do gado fosse pro corrego.
nos anos que deu a briga, eu acho que até poderiam ter feito isto. mas desconfio que nesta época os Pessetti tenham sido ' usados' pela Oposição local, no caso o MDB, pra embananar a rodovia que daria grande projeção ao prefeito de então Sergio Massolini, do PFL,então agora DEM.

É um drama que não termina mais. O que quero dizer é que em novembro,quando uma das filhas de Jacob Pessetti, marines, que mora na propriedade, é casada com Nadir Rossoni, o Nadi,esteve no foro de guaporé e leu algumas partes do processo sentiu-se tão indignada que chorou de raiva. e quando ela me viu na propriedade, fazendo fotos, disse ao marido:
Não quero estresse, não quero estresse.

a família ficou muito machucada por aqueles acontecimentos todos. Também não é pra menos. Tenho vontade de fazer um pequeno livro disto tudo: assunto é que não falta!

Com um forte e carinhosa abraço

...No te rindas, por favor, no cedas,
Aunque el frío queme,
Aunque el miedo muerda,
Aunque el sol se esconda,
Y se calle el viento,
Aún hay fuego en tu alma
Aún hay vida en tus sueños.
Porque la vida es tuya y tuyo también el deseo ... (Mario Benedetti).


Minha querida companheirada.

Se quisermos o mundo possível que desejamos para isso não podemos silenciar diante da falsidade, da injustiça e da barbárie. Se quisermos o mundo possível é necessário avançar como pessoas solidárias e internacionalistas, pois nossa luta não tem fronteiras. Esses são belos sonhos que guardam os verdadeiros princípios capazes de libertar-nos de uma existência vazia e egoísta e que nos transformam para dignificar nossa passagem por esta vida.

Serafina Corrêa, 20 de Dezembro de 2013.

Boa tarde! A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa encaminha o
Serafina Acontece! com a programação de eventos para os próximos dias.

Participe do espetáculo musical Janelas Sonoras no domingo, 22 de
Dezembro de 2013, às 21h, no Centro Administrativo Amantino Lucindo
Montanari.

Atenciosamente,

Adriana Sabadin - Assessora de Imprensa
Jornalista MTE 15791

MELHOR TERIA SIDO COMPRAR E CALAR
Carlos Chagas
Não dá para entender porque tanta festa, em especial na imprensa, por conta da decisão da presidente Dilma de comprar os caças suecos Saab Gripen NG. Serão apenas 36 aeronaves de combate, para entrega até 2023.
Nossa defasagem é imensa, mesmo diante de países latino-americanos como Chile, Peru e Venezuela, melhor armados do que a Força Aérea Brasileira. Diante dos Estados Unidos, com território equivalente ao nosso, os números nos envergonham. A Marinha de Guerra americana possui 19 porta-aviões, cada um abrigando em torno de 90 caças de última geração. Além de pelo menos 50 bases navais e aéreas em terra, também espalhadas por outros países. Cada uma com mais de 50 aeronaves.
E nós, celebrando 36 caças, incapazes de ter sido adquiridos antes que os velhos Mirage virem sucata, o que acontecerá no próximo dia 31. Dispomos de uma dúzia de F-15, adaptados, com vida útil bastante para aguardar a chegada dos suecos, mas é tão gritante a comparação com outras esquadrilhas que melhor teríamos feito calar, ao anunciar a compra. Ficaríamos menos ridículos.
Nos anos bicudos do regime militar, não houve maior renovação de nosso equipamento bélico, apesar do estímulo a empresas brasileiras de fabricação de carros de combate, metralhadoras e até aviões de porte médio. Muito pior ficou quando os governos seguintes deixaram falir a quase totalidade daquelas empresas, incapazes de evitar a sabotagem promovida por concorrentes estrangeiras. Passamos a depender até da importação de fuzis.
Claro que nossas prioridades devem ser hospitais, escolas, rodovias, ferrovias e portos. Mas negligenciar a defesa nacional, além de burrice, é crime. Colhemos agora as consequências. Não resistiríamos mais do que quinze minutos diante de um ataque ou invasão promovida por nações como Estados Unidos, Rússia ou China, apesar das distâncias. Nossos guerreiros estariam obrigados a transformar-se em guerrilheiros, fator a nós favorável dada a extensão territorial, mas em matéria de conflito convencional, nada haveria a fazer. Por tudo isso, mesmo lembrando que toda grande marcha começa pelo primeiro passo, melhor repetir o refrão inicial: nada temos a comemorar, melhor teria sido calar diante da aquisição dos 36 aviões de caça. E tratar da aquisição de mais 36…
O PULO DOS GATOS
José Serra, Lula e Marina Silva terminam o ano depositando sua confiança em Aécio Neves, Dilma Rousseff e Eduardo Campos. Deixam muitos sinais de que não disputarão a presidência da República em outubro do próximo ano.
Jogo feito, decisões impossíveis de reversão? Nem pensar. Não se suponham inusitados como fator de fazê-los mudar de idéia. Importa ficar, mesmo, na chamada normalidade eleitoral. O que acontecerá, caso as pesquisas do primeiro semestre de 2014 mostrem ampla superioridade de Serra sobre Aécio, de Lula sobre Dilma e de Marina sobre Campos? Algum deles resistirá, senão á voz das ruas, pelo menos à voz de tucanos, companheiros e ambientalistas?
Parece cedo para concluir estarem definidos os candidatos.

SEM PULO - TÚNEL DO TEMPO - 21.12.2013

Rudimar Thomas

Aspectos da entrega do premio ari de jornalismo!

TRAGEDIA DA BOITE QUIS NÃO DÁ

PREMIO ARI DE JORNALISMO!!!!

Buemba...buemba, como diz o Macaco Simão. A tragédia da KISS não deu nenhum prêmio ARI de Jornalismo. Pelo menos de jornalismo impresso e de fotos.Também não vi nada de Teve. só se meus ouvidos tavam cheios de cera...
abaixo alguns tópicos sobre a entrega que foi agora a pouco no Banrisul.

Este ano não teve regabone, nem nada. foi tudo muito espartano. apenas a´gua mineral(suco de laranja) e bolinho de queijo. a entrega foi no salão nobre do banco do estado que é quem paga o premio.

O premio ari tem 55 anos e a ri, hoje, dia 19 de dezembro está completanto 78 anos. Os premios não falavam até um cara, o Barbará, que veio do interior, resolveu botar pra fora as mágoas....disse que é muito dificil vencer na capital pra quem veio do rinterior. Ele ganhou um premio pela Record.


Debora de Oliveira, ganhou um prêmio pelo SBT, ela que foi chutada da RBS TV.

Mas não soltou pra fora nenhuma mágoa.

Ricardo Stricker foi o vencedor em fotografia, uma foto publicada no JC.

Me chamou a atenção o negócio da KISS..
imaginei que a foto do cara do diário de santa maria que foi capa do NYTimes desse pelo menos o Premio ari de jornalismo. Acho que o Juri resolveu inovar...

JC COMPLETA 80 ANOS


A MELHOR DEFINIÇÃO DADA ao jornal do comércio foi feita, surpreendentemente, por um ex-colaborador. O Lauro Dieckmann me disse que o JC é o jornal que todo mundo assina e ninguém lê.

- Observa, me disse ele, o JC e3stá em tujdo que é consultorio, em tudo o que mas ninguém lê. Está ali atiradão,sem que ninguém se estapeia pra ler...

Pensei comigo: é porque não tem futebol, nem polícia. Não é o jornal que se expreme e saí sangue, como dizia da ZH

Continua o X da rodoviária, os congestionamentos, como o desta manha

A GREVE DO METRO AINDA MALTRATAVA OS PASSAGEIROS NA QUARTA PASSADA. PEGUEI NO COMEÇO DA NOITE ESTAS ~FOTOS NA ESTAÇÃO MERCADO, NO CENTRO. A POPULAÇÃO ESTÁ P DA VIDA COM TUDO ISTO.NA BRIGA ENTRE O PSTU E O PT, SOBRA PRA QUEM, PRO POVO....

PREMIO ARI DE JORNALISMO

*BANRISUL, QUE O PATROCINA, REDUZIU DE 80 MIL PRA 50 MIL OS PREMIOS

*ARI QUERIA EXPOR AS FOTOS PREMIADAS. NÃO ARRUMARAM NEM UM MURRAL PRA ISTO...

*NEM PROJEÇÕES, NEM NADA. TUDO NO SECO.

*O QUE PARECE É QUE O BANCO SÓ NÃO QUEBRA O PATROCINIO PORQUE PEGARIA MAL...AFINAL DÃO MILHÕES PRA INTER E GREMIO.

*UMA ESMOLINHA PROS JORNALISTAS NÃO QUEBRA O BANRISUL.

*dENISE MANTOVANI, QUE FOI FORTE NO PALÁCIO NO GOVERNO OLIVIO, ESTÁ NO BANRISUL.

Prêmio ari de jornalismo

antonio goulart que coordena o premio ari, vai largar.

vai se dedicar a um premio brasken de jornalismo.

*eu ainda acho que o premio ari tem prestigio na CATIGORIA....

Tribuna da Imprensa
DA NECESSIDADE DE PROGRAMAS, MAIS DO QUE DE DIRETRIZES
Carlos Chagas
Postado em dezembro 18, 2013 por Tribuna da Internet 5 comentários
Carlos Chagas
Nada a opor às diretrizes divulgadas pelo PSDB como ideais de novo governo, se Aécio Neves ganhar a eleição. O problema é que são enunciados genéricos, sonhos de noite de verão, quando esperava-se um programa de verdade, com um elenco de promessas concretas a respeito das grandes questões nacionais.
Fazer o quê, por exemplo, no “combate intransigente à corrupção”? Mudar o Código Penal para aumentar as penas dos corruptos e corruptores? Extinguir os montes de recursos que fazem os ladrões de colarinho branco passear sua impunidade por restaurantes de luxo?
“Respeito às instituições” é obrigação de todos, mas quais delas estão exigindo reformas e mudanças? O Congresso, por exemplo, precisa permanecer ao abrigo de leis que valem para todo mundo? Deve perder o mandato o parlamentar que for condenado na Justiça, mas em que limites?
O que será “combater a radicalização da democracia”? Coibir manifestações violentas nas ruas, aprimorar as forças de segurança, federalizar a ação contra badernas e depredações? “Segurança pública como responsabilidade nacional”: utilizar as forças armadas no patrulhamento das cidades, duplicar o contingente da Polícia Federal, reforçar o caixa de estados e municípios para aprimoramento de suas polícias?
Outra diretriz prega a construção de um ambiente adequado para investimentos. Mas como? Cerceando as remessas de lucros ou isentando ainda mais de impostos o capital especulativo? Entre os dois extremos, os tucanos deixam definições em aberto.
Dizer que o Estado precisa ser eficiente e estar a serviço dos cidadãos vem sendo dito desde a Grécia Antiga, mas que tipo de Estado pretendem estabelecer? Ausente ou paternalista? A serviço das elites ou voltado para as carências sociais?
Depois vem a exortação por uma educação de qualidade, “para um novo mundo”. Seria importante para o eleitorado saber se vão implantar outra vez os CIEPS do velho mundo de Leonel Brizola, favorecer os estabelecimentos privados ou de que forma estimular o ensino público?
“Superar a pobreza e construir novas oportunidades”. Mais bolsa-família ou cobrar a função social das empresas através da participação dos empregados em seus lucros? Aumentar ou reduzir o número de funcionários públicos?
São genéricas e prestam-se a todo tipo de interpretação as diretrizes ontem divulgadas. Algumas até meio ingênuas, como “reintegrar o Brasil ao mundo”. Por acaso estamos na estratosfera ou, matreiramente, preparam nossa adesão total ao neoliberalismo hoje condenado pelo próprio Papa?
Precisam definir-se. Em especial o candidato Aécio Neves: de que maneira tratará da agropecuária “para alimentar o presente e o futuro”? Reduzindo a carga fiscal no campo ou promovendo a reforma agrária? Ampliando a demarcação de reservas indígenas ou incorporando os índios à civilização? Tabelando o preço de gêneros de primeira necessidade ou favorecendo o chamado mercado?
“Infraestrutura, inovação e competitividade”. Inovar em transportes exprime apoio a dezenas de trens-bala? Ao aumento ou à extinção de pedágios nas estradas? Privatizar ainda mais rodovias ou apresentar um plano de expansão ferroviária que apenas o poder público conseguirá implantar? Competitividade entre os pimpolhos das elites e o menino esfarrapado que ignora quem foi o pai e onde está a mãe? Ou entre São Paulo e o Piauí?
Mais saúde para os brasileiros importando médicos de Cuba ou aplicando recursos em massa na ampliação do número de faculdades de medicina? Melhorando salários, condições de trabalho e aumentando o número de enfermeiros?
Em suma, postulados dignos de ser entoados por qualquer congregado mariano, mas sem efeito prático algum nas dúvidas que cercam o eleitor. Do que precisávamos mesmo seria um programa detalhado de ação. Ficam devendo, os tucanos…

Banrisul repassa recursos para Serafina Corrêa

O município de Serafina Corrêa tem se destacado no cenário estadual e
até nacional, com reconhecimento à excelência na gestão pública de
recursos, sendo classificado em 8º lugar no Rio Grande do Sul e 77º no
Brasil; tem recebido, também, premiação nacional entre as 50 melhores
Secretarias de Assistência Social do país; não menos importante, o
município de Serafina Corrêa foi agraciado com o Prêmio Gestor Público
2013, pela Assembleia Legislativa e Sindifisco, com o projeto social
da Orquestra de Flauta Doce Os Serafins, criado pela Prefeitura
Municipal em 2009.
Na terça-feira, 17 de Dezembro de 2013, aconteceu o cerimonial que
celebrou mais uma conquista da comunidade serafinense: o repasse de
recursos oriundos do Banco do Estado do Rio Grande do Sul, com a
presença do Vice-Presidente Flavio Luiz Lammel, do Diretor de
Consórcios da Central Banrisul, José Scorsatto, além do Gerente da
Agência de Serafina Corrêa, Marco Antonio Catellãn Pereira.
Foram repassados R$ 40 mil para a aquisição de um veículo para a
Escola Especial Gente como a Gente ? APAE de Serafina Corrêa/RS.
Sensibilizados também com as pessoas da melhor idade, o Banrisul
destinou o montante de mais de R$ 68 mil para a reforma do prédio da
antiga Escola Estadual Santa Ana, hoje propriedade do município, que
será transformada num Centro de Convivência do Idoso.
Participaram da cerimônia autoridades locais, representantes da APAE,
do Banrisul e da ACISCO, Conselhos Municipais e a comunidade
serafinense. Mais uma conquista para a população, contribuindo com a
educação, a cultura, o lazer e a qualidade de vida das pessoas.

Os Canarinhos em Farroupilha

No domingo, 15 de Dezembro de 2013, a Prefeitura Municipal de
Serafina Corrêa, através do coral Os Canarinhos, com regência do
Professor Celso Fortes, participou do Grande Concerto de Coros de
Natal, que incluiu Missa Campal celebrada pelo Padre Ezequiel Dal
Pozzo, a apresentação da Banda Municipal Cinquentenário e do Tenor
Dirceu Pastori, em Farroupilha/RS. Cerca de 400 vozes participaram do
Concerto que emocionou os presentes.

PREMONIÇÃO:HISTÓRIAS E LENDAS DA VIDA DE GARDEL

De Buenos Aires
Gelson Farias

Os ídolos, como qualquer ser humano, obviamente também morrem. Dependendo, porém, da idolatria que lhes seja tributada e das circunstâncias em que morreram, assim que ocorre a morte física, “nasce”, simultaneamente, o mito. E esse, por sua vez, sobrevive por séculos, às vezes por milênios, no imaginário popular. Foi o que aconteceu com o cantor, compositor e ator Carlos Gardel.


Carlos Gardel
Os cronistas do longínquo ano de 1935 do século XX narram que, na véspera da morte do celebrado intérprete, ele recebeu a visita de uma garotinha, em Barranquilla, uma das escalas de sua até então vitoriosa turnê, que disse tê-lo visto, em sonhos, envolvido por chamas. Conforme essa versão, a menina teria implorado ao ídolo que não viajasse no dia seguinte, de avião, mas que fosse por terra que era muito mais seguro. O astro teria, apenas, se limitado a sorrir, sem dar maior atenção a aquela suposta premonição.Não se sabe se esse episódio realmente aconteceu e, em caso positivo, se ocorreu da maneira que foi narrado. O provável é que se trate de mais uma das tantas lendas que sempre cercaram a vida (e esta teria cercado também a morte) de Gardel. Acho essa versão fantasiosa demais para ser verídica. Porém... Nunca se sabe.


A primeira sepultura de Gardel foi ao Cemitério de San Pedro, em Medellin, onde seus restos mortais permaneceram por apenas oito meses. Seu velório foi realizado na casa do Monsenhor Enrique Uribe Ospina e foi marcado por cenas de desespero e de histeria popular.

O cantor empreendia, então, vitoriosa turnê pelas Américas e tinha programado visitar as principais cidades da Colômbia, onde o tango, aos poucos, tornava-se popular, e quase tanto quanto na Argentina. Era comum, por exemplo, ouvirem-se os acordes do “Mano a mano”, da “La cumparsita”, do “Por uma cabeza”, do “Mi Buenos Aires querido” ou do “El dia que me queiras”, trauteados por algum transeunte nas ruas de Bogotá, ou assoviados por alguém em Cali ou em Medellin ou em qualquer outra grande localidade colombiana.Nos cafés dos bairros boêmios, o tango já era o ritmo da moda. Mas não só neles, porém igualmente nas residências mais luxuosas, em que as pessoas de maior poder aquisitivo possuíssem vitrola, aparelho que na época estava ao alcance de poucos bolsos, dado seu alto custo. A chegada de Carlos Gardel a Bogotá, em 14 de junho de 1935, havia sido acontecimento marcante, que reunira frenética multidão no campo de pouso da capital colombiana, o Techo, para recepcionar o ídolo. O mesmo entusiasmo se repetiu em outros lugares por onde ele passou naquela excursão. Os fãs não lhe davam trégua, querendo autógrafos ou alguma lembrança qualquer, quando não simplesmente tocá-lo, como se fosse algum santo milagreiro.
Foto de Rafael Scoli( Jornal , Olá Buenos Aires ).


Numa conversa comLuciana Alabarce, jornalista do “Olá Buenos Aires”, um jornal que se dedica a falar somente de coisas da cidade... Principalmente de muita fofoca. Neste dia estávamos, eu e La Chica, quando encontramos a Lu, no cemitério da Chacarita.

Em 24 de junho, dez dias após seu desembarque na Colômbia, Gardel se dirigiu com destino a Cali, mas antes teria que fazer escala obrigatória em Medellin, onde não faria nenhuma apresentação. A aeronave que o transportava era um trimotor Kord F-31, da empresa aérea colombiana Saco. Integrava a comitiva os guitarristas Guillermo Barbieri, Domingo Riverol e José Aguillar, além do compositor e amigo, o paulistano de nascimento Alfredo Le Pera, o tradutor Jose Plaja e o massagista do astro, Alfonso Azaff.A chegada foi tranquila e sem nenhum incidente. A recepção calorosa que Gardel recebeu foi semelhante à recebida em outras tantas cidades pelas quais passou. A turnê começara em Nova York, com passagens pelo Porto Rico, pelas Antilhas e pela Venezuela, e seria completada na Colômbia, com o posterior regresso a Buenos Aires. Pouco antes de chegar a Medellin, Gardel havia feito memorável apresentação no Teatro Apolo, em Barranquilla, num show que marcou época na cidade.


A comitiva: os guitarristas Guillermo Barbieri, Domingo Riverol e José Aguillar, além do compositor e amigo, o paulistano de nascimento Alfredo Le Pera, o tradutor Jose Plaja e o massagista do astro, Alfonso Azaff.

O avião aterrissou por volta do meio dia no antigo Aeroporto de LasPlayas (atualmente denominado de Olaya Herrera) e o astro decidiu almoçar, com os membros da sua comitiva. Antes, conversou com um adolescente, de 15 anos de idade, Enrique Bello (que se estivesse vivo, hoje estaria com 93 anos) que se tornou bem sucedido empresário do ramo cinematográfico na Colômbia. O rapaz perguntou a Gardel qual era sua idade. “El Zorzal” brincou com o moço. Chamando-o para um canto, disse: “Mira, pibe, tengo 44 años, pero no se lovayas a decir a nadie” (“Olha, menino, tenho 44 anos, mas não vá dizer a ninguém”).
Às 15h10, horário colombiano (13h10 hora do Brasil), o grupo embarcou, outra vez, no F-31, que havia sido abastecido com 250 galões de combustível, para dar sequência à turnê. O momento do embarque, todavia, foi o derradeiro de vida do mito. A partir daquele momento, sua lenda viria a ser ampliada, com o acréscimo de fantasias e de exageros, que se somariam aos fatos realmente ocorridos, compondo uma lenda da qual é muito difícil distinguir a verdade histórica da ficção. E dezenas de histórias seriam inventadas, nos anos subsequentes, para destacar ainda mais uma tragédia já por si só chocante, que dispensa acréscimos.O avião começou a taxiar normalmente na pista. Tudo parecia absolutamente normal. Uma multidão estimada em pelo menos duas mil pessoas acompanhava a operação de decolagem. Subitamente, o aparelho guinou para a direita (ninguém jamais soube explicar a razão) e espatifou-se contra outra aeronave, ainda no solo, a “Manizales”, de propriedade da empresa Scadia, que aguardava no acostamento, com os motores ligados, para decolar um pouco depois do avião que conduzia Gardel.


Os destroços do avião de Carlos Gardel e sua comitiva.

O F-31 explodiu, envolto em chamas, diante dos olhos da atônita e aterrorizada multidão, impotente para prestar qualquer tipo de socorro à tripulação e aos passageiros. No acidente, morreram carbonizadas, treze pessoas. O desastre foi atribuído a uma súbita rajada de vento, que teria feito o piloto perder o controle do avião.A primeira sepultura de Gardel foi ao Cemitério de San Pedro, em Medellin, onde seus restos mortais permaneceram por apenas oito meses. Seu velório foi realizado na casa do Monsenhor Enrique Uribe Ospina e foi marcado por cenas de desespero e de histeria popular. Mas seus fãs de Buenos Aires não admitiam ficar distantes do ídolo que veneravam. Providenciaram para que seus restos mortais fossem trasladados para sua pátria de adoção, à qual sempre jurou amor. Hoje eles estão sepultados no Cemitério de La Chacarita, local que se tornou até um dos principais pontos turísticos da capital argentina.Carlos Gardel, homem de muitos amores, que tinha propensão à obesidade quando abandonava seus exercícios de halterofilismo (chegou a pesar 120 quilos), e que era viciado em corridas de cavalo, morreu solteiro. Nunca se casou, apesar de haver conquistado o afeto de tantas pessoas. E ganhou o coração não de apenas uma mulher específica, mas de todo um povo, que o amou extremadamente, enquanto vivo, e que ainda o ama, posto que, agora,apenas à sua memória. Afinal, mitos não morrem. Ou, para ser mais exato, tardam a morrer, não raro séculos ou até milênios.

MEMORIA


DOS REPORTERES POLCIIAIS

COM A MORTE DO GELSON FARIAS, VAO DESAPARECENDO OS GRANDES REPORTERES POLICIAIS.

NESTA FOTO TEM TRES MORTOS: ROBERTO HIRTZ( O BETO BIRONHA),GELSON E MILTON GALDINO

NA FOTO ESTÃO LEOPOLDO RUZICKI,MILTON GALDINO, SÉRGIO LIMA(VULGO SAPATÃO)- BAIXINHO E DE CHAPÉU -IRANI FERREIRA MARTINS. SENTADO O COMANDANTE DA BRIGADA MILITAR CEL. MILTON WEIRICH.
FESTA DO BETO BIRONHA...FOTO ARQUIVOS CALDAS JR.)ARQUIVO PESSOAL DE GELSON FARIAS)

MEMORIA POLITICA

A BANCADA GAUCHA DO PCB


EM 1946,DEPOIS DA REDEMOCRATIZAÇÃO COM O GETULIOV ARGAS NO AUTOEXILIO DO ITU O PARTIDÃO, OU PCB ELEGEU PRA CONSTITUINTE NO RS TRES DEPUTADOS. FORAM OTTO ALCIDES OLWHEILLER, PROPFESSSOR DE BIOQUIMICA NA URGS, ANTONIO PINHEIRO MACHADO, O TONICO, PARENTE DISTANTE DO SENADOR PINHEIRO MACHADO, PRESIDENTE DO CRUZEIRO E.C. E PRESTISTAS DE PRIMEIRA LINHA E DIONELIO MACHADO,QUE ERA DE GUARAI E AUGTOR DE OS RATOS....

OS TRES TIVERAM VIDA CURTA PORQUE EM JANEIRO DE 1948 O GOVERNO DO EURICO GASPAR DUTRA CASSOU O REGISTRO DO PCB POR CONSIDERA-LO DE FORA, OU SEJA, QUE VIVIA DO OURO DE MOSCOU, OU MAIS AINDA NÃO ERA UM PARTIDO BRASILEIRO.PRESTES, O SENADOR DO PCB, ALIÁS O UNICO DISSE UMA GRANDE MERDA NUMA DESTAS ENTREVISTAS QUE FIZERAM COM ELE. PERGUNTARAM SE NUMA GUERRA ENTRE O BRASIL E A URSS ELE FICARIA DE QUE LADO. O VELHO CAUDILHO COMUNA DISSE:
- FICO DO LADO DA URSS.FOI O PRETEXTO TAMBÉM PRA CASSAREM O PARTIDÃO, COMO ERA CHAMADO.
JOSÉ NELSON GONZALES, QUE ERA REPORTER DA TRIBUNA GAÚCHA, JORNAL DO PCB,LEMBRA QUE EM 1948, JANEIRO, QUANDO O PARTIDÃO FOI POSTO NA CLANDESTINADA, OS TRES DEPUTADOS DA BANCADA GAÚCHA FICARAM NUMA ESPECIE DE LIMBO, PORQUE NINGUÉM SABIA SE ELES ESTAVAM CASSADOS OU NÃO, DEVIDO AO FATO QUE FICARAM SEM PARTIDO, JÁ QUE O PCB FOI POSTO NA CLANDESTINIDADE. MAS ACABARAM SEM MANDADO OS TRES PORQUE A REAÇÃO, COMO OS COMUNAS CVHAMAVAM A DIREITA, DERAM UM JEITO DE CASSA-LOS JUNTO AO TSE....

COM A COLABORFAÇÃO DO MEMORIAL DA ALRS.

Clique aqui para ler o arquivo - Antônio Ribas Pinheiro Machado

COLABOROU O MEMORIAL DA ALRS

Clique aqui para ler o arquivo - Dionélio Machado

Clique aqui para ler o arquivo -Julio Teixeira

Os interesseiros...

houve época da vida em que trabalhava na zero e que me mandavam tantos presentes, que me constrangia. eu pensava...algo não está bem...e não estava...hoje vejo isto...não eram amigos, eram interesseiros. mas sejamos condescendentes...

depois da zero, o unico que me mandava tocos era o valter gomes pinto...mandava pelo motora, um champgne um vinho com um cartão escrito por ele. eu lia e relia varias vezes. sabia que era sincero.

neste natal não chegou mais nada dele. era morreu em agosto. das noticias de sua morte no dia de uma grande nevada em caxias, fiz uma pastinha.

seo valter era unico...por isto sentimos tanto sua falta....(Olides)

Atualidade

Coleguinhas

"TADEU PICINHA"

ESTÁ NA CITI

Outrora no tempo da Folhinha(Folha da Manhã, da extinta CJCJ) chamado pelos colegas de Tadeu Picinha- ninguém nunca soube de onde nasceu o apelido - orepórter Arthur Tadeu Monteiro está na cidade. Foi visto ontem no ODEON tomando um
chopp na companhia do fotógrafo Gerson Schirmer.

O Odeon foi um dos tantos bares frequentados pelo Arthur, quando morava na capital dos Pampas.

Depois do Odeon, provavelmente Arthur e Gerson foram visitar o amigo de Tadeu, Bicudo, editor do Jornal JA.

Bicudo e Tadeu foram colegas na Folhinha.

Arthur quando jovem costumava frequentar o bar BRAHM'S nos Moinhos de Vento.
Junto com Adalberto Castilho, o beto Canarinho, os dois tem a maior 'quilometragem' de Esquina Maldita na cidade. Beto mais que Arthur que costumava nos tempos da Folhinha ir no Alaska.
Entre as muitas proezas jornalisticas de Tadeu Monteiro uma é a que ele ajudou a terminar com uma espécie de 'rapinagem' de noticias que alguns coleguinhas faziam dentro da caldas Jr. e passavam pros caras da Rádio Continental que iam pegar telex na redação do jornal do velho Breno, tido como de ' esquerda"..Arthur,Rogério Mendelski, com a ajuda de outros companheiros aprontaram um telex falso, onde se dizia que Jorge Mautner - cantor idolatrada pelas esquerdas, naõ se sabe bem porque - havia morrido num desastre de carro na Rio-Santos.

O ' falso ' telex foi levado pra redação da Continental e lá o redator Emilio Chagas botou toda sua criatividade pra que a noticia fosse lida ao estilo bem Continental, o som nosso de cada dia.

Pior: de noite, a rapaziada foi tomar trago no Alaska pra ' comemorar' a memória do Mautner, o autor de Kaos,entre outros...
( ou dionisio em tarde cinza)

No dia seguinte ao Jornal do Almoço da então TV Gaucha repicou a morte do Mautner que nem se importou. Vivinho da silva, dias depois fez um show no Gigantinho e arrecadou bem.

Tadeu Loko como é também conhecido por outros colegas trabalhou no Correio da Manha(sucursal local), Jornal do Comércio, Folhinha da Manhã,entre outros veículos. Nunca foi da RBS.
Quando cobria o setor primário-sunab de então, diz a lenda que ele visitava um general irmão de um vice-presidente da república que presidia aquela estatal ....e de brincadeira costumava passar mão no derriere do presidente da empres. Bem arthur monteiro, mesmo...

Hoje vive em Brasília, depois de uma passagem por Blumenau e tem um blog.

O MOVIMENTO DE COMPRA DE PASSAGEM JÁ TAVA GRANDINHO NESTA QUARTA NA RODOVIÁRIA!

Esclerose múltipla

li uma materia no dona de domingo,sobre uma cara de pelotas que se cura na india desta doença. pedi auxilio a 'universitária' dotora maria siliprandi. eis o que ela mandou dizer da doença da moça...que se diz curada em função de tratamento com medicina indiana(o editor)


não leio a zero.
Esclerose múltipla é uma condição patológica em que a pessoa começa a ter áreas no sistema nervoso central de perda de uma proteína chamada mielina. I.E., uma doença desmielinizante. A mielina faz com que os impulsos elétricos passem mais rápidos do cérebro até as terminações nervosas. No sistema nervoso central (cérebro, tronco, cerebelo) fica ao redor dos oligodendrócitos, que são umas células pequenas que ficam por ali; quando as fibras nervosas saem do crânio ou da medula, a mielina localiza-se ao redor dos prolongamentos dos neurônios, os axônios. Seria assim como se fosse uma capa plástica ao redor de um fio elétrico, só que além de isolante, no nervo periférico seria condutora do impulso elétrico.
No que toca ao sistema nervoso central, a desmielinização ocorre em áreas, chamadas "placas", que geram uma especie de cicatriz, dura, daí o nome antigo, esclerose em placas. A doença ocorre por surtos, é como uma panela de pipoca, enquanto uma tá começando a explodir outra tá ficando velha e desaparecendo, outra em outra parte, não para nunca. Quando tem uma placa maior, é mais difícil de diminuir, o que faz com que a pessoa fique sempre com alguma deficiência residual ou severa, dependendo do tamanho, do local, da intensidade. Tem placas pequenas, que surgem e desaparecem logo, outras não. Tem tratamentos longos e complicados, dolorosos, carésimos e ao final de uns dez, quinze anos, o prognóstico é complicado, pois chega uma fase em que os tratamentos não melhoram mais. A evolução pode ser numa cadeira de rodas.A própria doença pode causar dor, dependendo da área do SNC atingida, ms não é o mais comum. O mais comum são tremores, falta de força, paralisias, que vão e vem, e depois não somem mais. É uma doença muito trite, limitante, dá certos sintomas que parecem absurdos, mas são reais. É mais comum em mulheres brancas e jovens, mas pode dar em mais velhas, em homens, em pretos. Tem uma certa tendência familiar mas é raro.

Adeus, renato

o renato ficou um vaselina como todo mundo. não gosto mais dele. gostava dele quando quebrava latas de lixo, chutava tudo lá no olimpico. foi aquele renatop que deu o titulo do mundial ao gremio. este de agora SO QUER O DINHEIRO DO GREMIO. QUEM ENTENDEU ISTO FOI O ODONE QUE MANDOU ELE PASTAR.

GABINETE DO PREFEITO: AÇÃO DE NATAL NO BELLA VISTA


Ação de Natal no Bella Vista

Abrangente, calorosa e emocionante, assim foi a Ação de Natal no dia
15 de Dezembro de 2013, no Bairro Bella Vista, a qual envolveu a
todos. O evento é uma promoção da Plena Empreendimentos, em parceria
com a Prefeitura Municipal, Secretarias Municipal de Educação, Saúde,
Turismo e Obras, BRF, LIONS Clube, Rotary Clube, Leo Clube, Associação
dos Amigos Tristes, Associação das Amigas Felizes, Pepinos de Cristo,
Serafina Jeep Club, Piquete Espora de Prata, Bombeiros Voluntários,
Rádio Odisséia e Rádio Rosário. O ponto culminante foi a chegada do
Papai e Mamãe Noel, momento este, o mais aguardado da festa. Centenas
de pessoas estiverem presentes no evento que foi um grande sucesso.

Politica

UMA VICE PRO TARSO!

Fiquei sabendo via Terlera que o PTB vai indicar uma mulher pra vice de Tarso no ano que vem. Zambiazi nem pensar. o radialista é o sonho de consumo do PT.

*Outra coisa do ' veio' Terlera: o PDT lançou candidato pra puxar deputados.

*Terlera já desconfia de quem é a mulher do PTB pra vice. Mas vai divulgar quando tiver mais certeza. O veio fica ali na praça da Matriz seu território e sabe tudo o que acontece nos bastidores do poder.

não tanto quanto o tempo que os deputados se ajoelhavam pra que ele pusesse uma nota na sua coluna. Mas poder é transitório, agora o veioc ruza a praça todos os dias,sozinho, sem puxa-sacos em volta.
a vida é assim....

Publico este tijolaço do Márcio. Pela causa, com o qual concordo muito. Fico impressionado com a chamada ciência: eles acham que os bichos simplesmente não sofrem e que tem que estar a nosso serviço (Olides)

Boletim 17/12/13 Vanguarda Abolicionista
O agradecimento dos animais pelo Natal ou ‘Hoje eu sou uma estrela’

Artigo de Marcio de Almeida Bueno
Esqueça o oba-oba das lojas, os empurrões no trânsito e a expectativa de folga, bebida e comilança. Somente o olhar dos animais não humanos é verdadeiro, dentre o furacão que os engole com mais força, no final de cada ano. Os animais da pecuária encaram o fim de suas vidas – ‘eles nasceram para isso’ – enquanto contemplam o traseiro de um clone seu, nos bretes e corredores de concreto que antecedem a mesa farta preparada com tanto esmero pelas famílias de bom coração.
O olhar de quem não sabe chorar, já que a reza na hora do desespero é exclusividade na lista da racionalidade – essa qualidade que separa a humanidade das bestas-feras. O olhar de quem viu o filhote ser puxado para longe de si pelos funcionários da fazenda, esse lugar bucólico onde os animais são tratados como reis, já que optaram por isso em troca de suas liberdades.
O olhar do frango que está encaixotado, empilhado em um caminhão que passa na nossa frente quando estamos na estrada, rumo às férias. Perdemos um segundo, apenas, pensando nisso. Não há espaço para que ele nos dê um tchauzinho, talvez agradecendo pelo doce toque da morte que o aliviará e abreviará sua existência marcada pela ausência de mãe, confinamento, horários alterados para ditar o ritmo da engorda e opressão no dia a dia.
‘Obrigado, Papai Noel ou menino Jesus, por me tirar de um aviário com outras milhares de aves. Obrigado pela ração e água que mantiveram este corpo vivo, pois ele vale pelo preço que alguém paga. Não tem o valor que minha mãe, animal como eu, instintivamente perceberia, e por isso me defenderia, em condições normais. Aqui sou um entre milhares, e não parece fazer muita diferença se eu morrer agora ou esperar o caminhão dos caixotes. Nasci de uma máquina de ovos, mas espero encontrar minha mãe, ciscando a meu lado, algum dia.
Obrigado, Deus humano, pela corrente que sempre existiu em torno do meu pescoço, que não me permite caminhar até o horizonte. Ou até o ponto onde há sombra, onde a água da chuva não está empoçada. Agradeço pelos dias que lembraram da minha existência, e sobras de comida chegaram até onde esta corrente permitiu alcançar. Obrigado, Papai Noel, por ter sido escolhido como animal de estimação por uma família de humanos.
Obrigado, espírito natalino, por eu ter puxado tanta carroça em meio à fumaça de óleo diesel, fraco, assustado e sedento, que enfim eu tombei no asfalto. A última surra que tomei do carroceiro, para que eu me levantasse, permitiu que enfim meu espírito pudesse cavalgar livre naquelas campos verdes onde quadrúpedes iguais a mim, porém belos e com longas crinas, correm sentindo o vento da natureza. Acho que o esforço que fiz diariamente para tirar meu condutor da miséria, ou pelo menos diminuir sua pobreza, foi menos do que eu poderia, entao eu aceito meu castigo.
Obrigado, família do presépio, por eu ter sido o escolhido para, ainda bebê, estar na mesa de tantas residências, para ter meu pequeno corpo saboreado em uma bonita bandeja, assado e servido à meia-noite. Ainda não entendi por que nasci e morri tão rápido, se fiz algo errado a ponto de não poder crescer um pouco mais em um lugar que, onde vi, havia outros como eu, alguns bem gordos. Mal lembro da minha mãe, mas lembro que ela não podia se virar, cercada em um gradeado enquanto mamávamos. Talvez tenha sido azar, talvez tenha sido sorte.
Obrigado, meu Deus, por eu poder ajudar tanta gente a usar um xampu que não irrite os olhos, uma maquiagem que não cause problemas, um produto qualquer a ser dado de presente neste Natal, que nunca vou saber direito, que atendeu os humanos em suas expectativas mais simples. Estive em um laboratório, cercado de pessoas de jaleco branco, durante tempo suficiente para saber que sou parte importante do progresso, que a Ciência evoluiu graças à minha dor, meu aprisionamento e tudo aquilo que os produtos geraram nos meus olhos e no meu corpo. Fico grato por ter ajudado.
Obrigado, Maria, mãe de todas as mães que, zelosas como eu, dão leite a seus filhos durante anos, mesmo após o fim de sua amamentação natural. Minha vida neste estábulo, com úberes gigantes e doloridos, plugados em uma máquina, é o sacrifício que faço para a saúde humana. Não percebi, ainda, em minha mentalidade abaixo da humana, porque o leite de meus filhos vai para os filhos de outra espécie, e até quando já são adultos. Meu filhote não está mais ao alcance de minha vista, foi retirado cedo de meu lado, mas sei que o papel dele, como vitelo, ocupa espaço de respeito junto aos humanos. É alvo de muitos comentários e elogios. Pelo menos é o que imagino, pois o sacrifício é doloroso o suficiente para, respeitosamente, ousar questionar o porquê de minha existência. Mas agradeço mesmo assim, Papai Noel.
Obrigado pelas palmas cada vez que apareço no picadeiro. O olhar das crianças me faz esquecer a minha vida de tédio e imobilidade, viajando de cidade a cidade. Quem sabe um dia eu e os demais animais cheguemos ao lugar de onde viemos, que deverá ter muitas árvores, rios e espaços para correr. Enquanto isso, eu repito as manobras noite após noite, mostro os mesmos truques que, pela minha teimosia, eu custei a decorar. Quem sabe neste Natal eu ganhe uma última viagem, de volta ao habitat que jamais conheci em vida.
Obrigado, Natal, por eu poder aquecer tanta gente elegante em momentos de frio. Nasci peludo tal como minha mãe, e como ela pude participar da indústria humana, essa coisa que traz tanto progresso, dando de bom grado minha própria pele para que maridos mostrem afeto à esposa, presenteando-as com belos casacos. Muita gente famosa e rica usa a pele que pode ter sido minha. Isso me enche de orgulho e faz valer o tempo que morei em uma gaiola pouco maior que meu próprio corpo. Já estava cansado de andar em círculos, lembrando dos bosques que um dia corri de cima a baixo. Mas um dia veio a dor que, por pior que tenha sido, me libertou finalmente. Ainda relutei alguns minutos, já sem pele, mas vi que a liberdade me abraçava e escurecia minhas vistas. Acho que valeu a pena, pois sou fotografado e até apareço na televisão, durante o inverno – pelo menos acredito que aquelas partes sejam minhas, cobrindo o corpo de pessoas tão bonitas e famosas. Obrigado aos responsáveis.
Obrigado a todos que vieram me assistir nesta arena. Ainda estou zonzo e ofuscado pela luz após dias de escuridão, mas já entendi que, aqui, eu sou a atração. Há um semelhante a mim, porém sem chifres e mais magro, e nele está montado um humano, com roupas garbosas e armas tão afiadas como as que já furaram tantos iguais a mim. Eu espero que tudo isto termine logo, pois o cansaço está vencendo a euforia, há tanto sangue que já não sei se é meu ou de alguém antes de mim, e está difícil fazer levantar a plateia tantas vezes. Que a morte venha me tocar com a mesma doçura da última vez que fui tocado pela minha mãe. Ela deve estar orgulhosa de um filho que resistiu até o fim, cercado de espadas, aplaudido, sangrando ajoelhado, língua de fora mas fazendo questão de participar do show até o fim. Acho que os aplausos são para mim, já que os olhares convergem para onde estou. E eu não sei onde estou.
Obrigado, menino Jesus, por ter nascido e feito seus iguais perceberem a necessidade de haver uma festa em seu nome, para redenção e paz, onde eu seria assado em espeto e saboreado por tantas pessoas felizes, sorridentes e em clima de fraternidade. Jamais imaginei que, sem saber falar, sem ter tido escolhas, seria eu o ponto central dos churrascos de de final de ano de tantas empresas, entidades, famílias e grupos a confraternizar. Aguardei este momento sempre em espaços com arame farpado, tal como a coroa que um dia finalmente lhe puseram na cabeça, e usei argola no nariz para que um filho seu, fiel e devoto, me conduzisse para o lugar certo. Apanhei da vida, mas quem não apanhou? Sempre soube que uma vida de aperto, confinamento, marcação a ferro quente, castração a frio e morte sobre o concreto teriam um sentido maior. Obrigado por dar um norte a minha vida. Hoje, eu sou uma estrela.

Vanguarda Abolicionista realiza ação de Natal
Fotos: VAL

Dentro do projeto Ame O Panfleteiro, a Vanguarda Abolicionista realizou ação alusiva às comemorações do Natal nesta terça-feira, 17 de dezembro. A maciça panfletagem ocorreu no bairro Jardim Botânico, com distribuição de 1500 exemplares do jornal ‘O amor oculto de Jesus pelos animais’. Produzido em português pelo grupo aliado Universelles Lebben, da Alemanha, o material visa sensibilizar os seguidores da fé cristã contra a exploração e abate de animais para consumo. A atividade teve saldo positivo e permitiu que os ativistas levassem uma reflexão a transeuntes, estabelecimentos comerciais e moradores daquele bairro.

www.VanguardaAbolicionista.com.br

Serafina Corrêa recebe mais um Reconhecimento!


Em face do excelente apoio prestado pelo município de Serafina Corrêa
e demais municípios da 8ª Circunscrição de Serviço Militar, o Prefeito
Ademir Antônio Presotto foi agraciado com o Diploma Amigo da CSM. A
cerimônia ocorreu no dia 16 de Dezembro de 2013, no Salão Nobre do
Quartel General do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre/RS. Na
ocasião, por indicação do Capitão Airton, Delegado da 7ª Delegacia de
Serviço Militar, a servidora Marlete Regina Gasparin Pierotto foi
agraciada com o Diploma de Secretária Padrão, em reconhecimento ao
excelente trabalho à frente dessa Junta de Serviço Militar.
A convite do Coronel Schmeikal, Chefe da 8ª CSM participaram do ato
demais autoridades militares, inclusive o General Vasconcelos, General
de Divisão, Comandante da 3ª Região Militar e Capitão Airton, Delegado
da 7ª Delegacia de Serviço Militar.
Participaram da solenidade que também foi alusiva ao Dia do
Reservista, autoridades civis e militares, sendo que foram agraciados
com o Diploma, treze Prefeitos do Rio Grande do Sul e treze
Secretários de Juntas Militares.

Leitores

Os leitores são a minha razão de viver como dizia Samuel Wainer. O jornalismo é uma vocação por isto que eu sempre achei que esta história de diplomna era pura babaquice de sindicato e faculdades. o cara nasce com isto ou não.eu virei jornalista sem saber.....na faculdade não aprendi porra nenhuma e isto que fiz a fabico....da urgs....nunca entrei numa aula de fotografia e fui aprovado. pra ver o nivel de negligencia dos professores que me davam aula. só queriam o salario e nada mais(olides)


Assunto: Boas festas

Prezado Olides um grande 2014 rodeado de saúde,´paz, sucesso e boas pautas.Curtas bem a tua aposentadoria e continues com esse jornalismo contundente e sem papas na línguas que gostamos de ler.PARABÉNS e lute o bom combate e guarde a tua fé.Teu leitor diário de no mínimo OITO dias da semana Luís Felipe dos Santos Fleck.

Essa éO saul,revi o filme estes dias na URGS. que belissimo filme,cheio de conteudo histórico(Olides)

Epitáfio para as pretensões do Galo Mineiro


Raja Casablanca: As time goes by by Atlético!

Saul Odilon Gil Cardoso

Essa é boa

O candidato mineiro a presidência da república vai lançar o Coca para Todos, o Coca Família e o IPI reduzido para toda Linha Branca.

Memória da imprensa

Os repórteres levaram o ingênuo Fetter e o vice de alagoas, Divaldo Suruagy
pro Karandache....
O alemão Edmar Fetter virou vice-governador no começo dos anos 70,por uma pura questão ' geográfica". Por uma sugestão de um general gaúcho, o governador escolhido por Médici, então o todo poderoso milico na presidência,foi o gaúcho-também milico - Euclides Triches.
Triches e Fetter nunca tinham se visto na vida...
Fetter foi morar no Palacinho, na Cristovão Colombo. Lá os repórteres politicos que cobriam o setor na assembléia - João carlos Terlera, Rogério Mendelsky, Cecilio Pereira( que mais tarde, na presidencia da Corag foi ' triturado pela zero hora" ,) Roberto Appel,Felipe Tarta, Segatto,JK - o visitavam com frequência...pra tirar informações é claro, que esta turma de boba nunca teve nada...
Fetter pra agrada-los cozinhava um carreteiro.
até que uma noite,arrascataram o vice pro Karandache,localizado na Berlim com Pernambuco uma casa de putas, . existe até hoje como sauna...Junto com Fetter estava o vice de Pernambuco, Divaldo Suruagy que estava de niver. No palco, com microfone, JK puxou um parabéns ao vice das alagoas.
quando chegaram lá, JK na frente, arrumaram uma mesa pros convidados ilustres. JK foi pro microfone e anunciou a presença do vice no recinto. a gerente da boite tirou o vice pra dançar e tudo. o que aconteceu lá dentro ficou entre eles, mas os astutos reporteres- que de santos nunca tiveram nada - fizeram um pacto de não divulgar nada. pra não se complicarem também...
só que felipe tarta, não se aguentou. colocou a visita na sua coluna do JORNAL DA SEMANA que ficava na Uruguai, sob o titulo de PACTO DO KARANDACHE....
em tempo: Victor faccioni contou-me numa entrevista poucos meses atrás que a briga entre Triches e Fetter foi originária de uma intriga que alguém fez durante uma viagem do caxiense.
( não vou aqui relembrar a história, mas está neste site. acesse o jornal fitness. que está ali contada)

devo esta história a duas memórias do jornalismo: JCTerlera e Mendelsky, que a contou na Guaíba,também.(O.C)

Personagens da crise do AI-5 (ato institucional numero 5 de 13.12.1968)


antonio delfim netto

Hoje está por ai,dando entrevista, todo amiguinho do governo do PT.

Mas era ministro no dia do ato. Olhem o que ele disse 20 anos depois:

"naquela época do AI-5 havia muita tensão,mas nof undo era tudo teatro. Havia as passeatas, havia descontentamento militar, mas havia sobretudo teatro. Era um teatro para levar ao Ato. Aquela reunião foi pura encenação. O Costa e Silva de bobo não tinha nada.Ele sabia a posição do Pedro Aleixo e sabia que ela era inócua.Ele era muito esperto. Toda vez que ia fazer uma coisa dura chamava o Pedro Aleixo para se aconselhar e,depois, fazia o que queria. O discurso do Marcito não teve importância nenhuma. O qaue se preparava era uma ditadura mesmo. Tudo era feito para levar àquilo!


Jarbas Passarinho

Outro ministro que participou da famigerada encenação,como disse o Delfim:

"Sei que a VoSSA Excelencia repugna, como a mim e a todos os memb ros deste conselho, enveredar pelo c aminho da ditadura pura e simples, mas me parece que claramente é esta que está diante de nós...às favas ,senhor presidenete, neste momento, todos os escrupulos de consciência....


Pedro Aleixo

vice presidente da Republica:

segundo elio gaspari,' em nenhum momento Pedro Aleixo disse diretamente que condenava a promulgação do AI-5. O bacharel denunciou a ditadura,mas nela se manteve vice-presidente."
Era da UDN mineira. queriam o que???


Orlando Geisel

General e Ministro, era da linha dura dos milicos. Apoiou o AI-5 inconteste.


clique na imagem para ler
A pagina na capa do JB-Jornal do Brasil, dia 14.12.1968...


O presidente Costa e Silva no dia da decretação do AI-5


Wladimir Palmeira

Líder da rebelião dos estudantes de maio de '1968, comandou a passeata dos 100 mil - protesto contra a morte do estudante do calabouço Edson Luis - e foi exilado. Foi solto num sequestro em troca da soltura do embaixador norte-americano Charles Elbrick.
Wladimir, um nordestino, regressou do exílio ,ajudou a fundar o PT e morreu jovem de um acidente de carro no aterro do Flamengto, no RJ.

Aladino Felix

Carlos Marighella

O principal inimigo da ditadura, junto com seu homonico Carlos Lamarca. Marighella, segundo seu biografo,Mario Magalhães foi um dos 10 homens mais importantes do Brasil no seculo passado,goste-se ou não dele.

Entrou pra luta armada,discordando das posições do ' partidão' de quem foi quadro e quadro importante.

Minelli e o ex-zagueiro do Inter, don Elias Figueiroa

Minelli e o ex-zagueiro do Inter, don Elias Figueiroa estiveram no sala hoje ao meio dia. Falaram algumas coisas, mas Minelli mostrou que ainda tá ligado no futebol brasileiro. Nunca treinou a seleção brasileira.com Tele Santana.

formou uma duplaentre outros de grandes treinadores de futebol dos anos 70.a foto é do sergio arnoud, e foi publicada na Folha da Manhã, quando Minelli treinava o Inter, em 75 ou 76

O laurinho preve voltar ao velho mundo...feliz dele que pode!


Vou mandar material por sedex hoje de manha.
Livro Aflitos ñ interessa agora, tenho outras prioridades de leitura. Meu negócio agora é arte. (Em maio vou a Madrid, para revisitar o Prado e o Reina Sofia (onde esta o Guernica). Botei na minha cabeça q voltaria a Madrid para rever estes dois museus com calma nem q seja a última coisa q faça na vida. Já contratei passagem e hotel (por conta do décimo terceiro). E, no segundo semestre, pretendo voltar a Paris. Tem coisas lá q ainda ñ vi.)

No solar dos camara

Quinta passada, o bebeto alves, matou a pau no solar dos camara. na rua, fez um puta show. cantou até paint in black dos stones....

o garoto de uruguaiana foi leve, não torrou as b olas de ningue´m, cantou. não deu discursos.

Coleguinhas

por fora....
o tal do villa, de livramento, precisa ao menos ler jornal do dia...deu hoje, terça, a sugestão pra o gremio contrate o de leon que mora por lá como treinador do gremio. bah, este cara dormiu sem ler jornal.

Memória da imprensa

Os ' sacanas' levaram o ingênuo Fetter

pro Karandache....

O alemão Edmar Fetter virou vice-governador no começo dos anos 70,por uma pura questão ' geográfica". Por uma sugestão de um general gaúcho, o governador escolhido por Médici, então o todo poderoso milico na presidência,foi o gaúcho-também milico - Euclides Triches.
Triches e Fetter nunca tinham se visto na vida...

Fetter foi morar no Palacinho, na Cristovão Colombo. Lá os repórteres politicos que cobriam o setor na assembléia - João carlos Terlera, Rogério Mendelsky, Cecilio Pereira( que mais tarde, na presidencia da Corag foi ' triturado pela zero hora" ,) Roberto Appel,Felipe Tarta, Segatto,JK - o visitavam com frequência...pra tirar informações é claro, que esta turma de boba nunca teve nada...

Fetter pra agrada-los cozinhava um carreteiro.

até que uma noite,arrascataram o vice pro Karandache, uma casa de putas, na zona do quarto distrito. existe até hoje como sauna...

quando chegaram lá, JK na frente, arrumaram uma mesa pros convidados ilustres. JK foi pro microfone e anunciou a presença do vice no recinto. a gerente da boite tirou o vice pra dançar e tudo. o que aconteceu lá dentro ficou entre eles, mas os astutos reporteres- que de santos nunca tiveram nada - fizeram um pacto de não divulgar nada. pra não se complicarem também...
só que felipe tarta, não se aguentou. colocou a visita na sua coluna do JORNAL DA SEMANA que ficava na Uruguai, sob o titulo de PACTO DO KARANDACHE....

em tempo: Victor faccioni contou-me numa entrevista poucos meses atrás que a briga entre Triches e Fetter foi originária de uma intriga que alguém fez durante uma viagem do caxiense.
( não vou aqui relembrar a história, mas está neste site. acesse o jornal fitness. que está ali contada)

IRMAOS CARUSO

foi um sarro o tempo inteiro,entre inteligencia, deboche, humor e informação. quem perdeu, não viu o programa do ano a meu ver. os irmãos caruso-paulo e chico - no roda viva.

o apresentador, augusto nunes, passou o tempo todo rindo....

uma pena que não tenha interatividade porque senão iria pedir ao chico contar a história de passo fundo,quando ele e outros humoristas,entre eles,edgar vasques, numa semana da literatura, fora ao tumulo do tarso de castro,seu amigo, e passaram a noite bebendo em volta do tumulo onde está enterrado o falecido amigo....

enfim, o roda viva passou num tapa, nem deu pra ver...os irmãos caruso,cantam, falam de politicos, debochando sempre,e dizem algumas verdades, no sarro é claro.

Viva os irmãos caruso!
o engraçado é que um deles militou na politica na juventude. o paulo. o chico é mais digamos alienado....

Algumas palavras a cerca da reeleição partidária*

A reeleição no Brasil é um instrumento republicano, está inserida na Constituição Federal através da emenda nº 16 de 1997. Caracteriza-se em sua essência, pela recondução de certo mandatário, no comando da Nação, consecutivamente.

Por força da Carta maior, desde que veio à luz tal emenda constitucional, tivemos em nosso País a reeleição de dois ex-Presidentes da República, figuras de grande prestígio, embora, distintas em sua trajetória, modo de governar e mesmo, comportamental.

Despretensiosamente, vemos com certa estranheza, figuras carimbadas, mas, sem a bagagem necessária, tão pouco o trabalho prestado em seus órgãos representativos, o qual conduz – leia-se nesse caso, os Partido políticos, procurarem estender seus mandatos, através da reeleição, mesmo que legalizada, através de disposições estatutárias, ou mesmo pela falta delas, em alguns casos.

Cabe a cada um, sabedor e dono de sua própria consciência, ter o discernimento necessário para dizer a seus pares e correligionários, se desempenhou a contento o primeiro mandato lhe conferido, para a partir daí, vislumbrar a possibilidade de uma recondução, mediante a apresentação de um plano de trabalho que venha a condizer com a necessidade da agremiação.

Creio de forma muito convicta, que tal recondução é salutar, desde que venha acompanhada de um trabalho sério, dedicado, mas acima de tudo militante. Porém, infelizmente, o que vemos é a recondução de seres quase que inanimados, totalmente sem vida, verdadeiros fantoches a serviço de grupos “A” ou “B”, sem qualquer comprometimento real, e repito, militante, com sua legenda.

Estas pessoas, que se levam unicamente por vaidades humanas, deveriam antes de tudo, repensar suas posições, sejam dentro da própria sociedade, como também do grupo que “lideram”, pois não possuem a condição moral de o fazê-la. Pessoas que meramente atingem graus superiores de comando por meios talvez não injustos, mas sim por conchavos, ou seja, puro demérito, deveriam ter a humildade e grandeza de rever sua condição de (pseudo)-líder, oportunizando assim a oxigenação da política-partidária e consequentemente o crescimento de sua agremiação.

Letier Vivian
Secretário-Geral da JS PDT do Rio Grande do Sul

Letier Vivian
São Borja/RS

Essa EPTC tá mandando na cidade mais que o ' magrão' que come pela mão deles(olides)

Olides olha essa, tem foto

Hoje, 17 de dezembro, as 3 horas da tarde, fui a uma eletrotécnica buscar um ventilador que tinha mandado concertar. Além de ser uma empresa confiável, em frente a esta eletrotécnica tem uma placa de carga e descarga, que permite que idosos como eu com 65 anos, possam estacionar o carro e não precisem carregar os aparelhos por uma distância muito grande.
Pois ao chegar neste local, Mario Totta, quase esquina com a Wenceslau Escobar, quem estava estacionado na placa era uma veículo da EPTC, seus ocupantes abandonaram-no ali e foram multar carros na Wenceslau Escobar. Tirei uma foto e mostrei a azulzinha que me enterpelou:
– O senhor conhece a legislação de trânsito brasileira. Não falei nada, segui adiante e pensei, posso não conhecer mas não estaciono em lugar destinado a carga e descarga sem ter que executar uma destas tarefas. Multar nada tem a ver com carga e descarga.

Renato Kern

Mazembi day....


esta foto dá erizipela neles...ficam todos ouriçados. Lembro deste dia:tava no agápio, nem sabia que o Inter tava perdendo...de repente o Mazembe faz o segundo gol e aí um gremista botou a bandeira no carro dele, do gremio e saiu como um louco pelas ruas, b uzinando.....

De São Borja

me informam que a prefa local vai demitir e reduziar secretarias. esta eu asso no dedo....se demitirem o capincho vou me inc endiar em praça pública em protesto....

Coleguinhas

o Mendelsky hoje de manhã meio que chamou a Michele Bachellet de '' feia'. claro que ele não disse isto, mas disse que a oponente, se eleita,iria brilhar também pela beleza...ué, tem coisas que não precisa dizer.

*gosto do prograqma do ' magrão' porque quando não é grosseria ele le tudo. mesmo que não concorde com a opinião do cara.

*Uma vez me disseram que ouviram o David Coimbra dizer que criticas e ele ele não le;;;;é que tem uns malas também que escrevem pra xaropear mesmo.

*AC mafalda, fotografo que foi embora daqui há trilhões de anos, saiu em grande destaque no DC da RBS na sexta. Não li mas deve ter contado muitas lorotas..(no bom sentido)

*Capitão mafalda botava os peitos mesmo. foi ele que botou aquele chapéu no papa polônes na entrada do Gigantinho. Factoide era com o Mafa....

*Uma vez o Valdir ,grande amigo dos reporteres da capital que iam pra carazinho, deu uma pauta pro Mafalda. Acompanhar um show deo Roberto Carlos num clube de lá. O que o gringo aprontou não foi mole, mas metia os peitos mesmo.

*Diz o Valdir que de outra feita deu uma pauta pro Mafalda, então um guri...sobre transito. ai viu que o mafalda não era das letrinhas, era da foto mesmo

*Desculpem se estou falando da ' velharia"

Greve

no primeiro dia da greve dos metroviários, o povo puto da vida esperando a estação mercado abrir....o povo tá é de saco cheio de tudo, sabe!!!!

Pracinha da Encol

um placão de concreto...é isto que a nov a' jardinagem' da pracinha da encol tá fazendo. tão botando ' tijolaços ' de concreto dentro do verde. e a babaquice em volta aplaude. é pra botar equipmentos me disse um idiota,destes que justificam tudo...mandei ele pqp e continuei minha caminhada. como esta gente gosta de asfalto, concreto, não podem ver um verde...


a outra foto pelo menos é mais alegre. é a turma da carolina gutierez que no sábado de manhã fez um rescaldão ...a carol é personal e junto a turma pra tradicional foto de papai noel. ela merece,ela merece,ela merece...

Domingo

O tédio do calor de domingo á tarde na carazinho com a av. bagé, em petropolis, foi quebrado por esta violenta pechada entre dois carros. Um foi pro beleleu. nem sei se alguém saiu machucado....sei que fazia um puta calor, era no meio da tarde....


Skatistas dominicais...

todos os domingos, na dom pedro II, eles fazem acrobacias na pista vazia....

MEU DOMINGO FOI SALVO!

TINHA UM DOMINGO COMUM, DE COMO ACONTECE SEMPRE. FUI TOMAR SUCO DE LARANJA NA LANCHERIA DO PARQUE DEPOIS DO CULTO - ONDE NÃO TEVE O ORGÃO, SOMENTE UM CORAL- QUANDO IA CAMINHANDO EM DIREÇÃO A GRAVAÇÃO DO SHOW DA RBS TV...MAS FUI PEGO POR UM CONJUNTINHO DE CRICIUMA QUE TOCAVA JUNTO AO CAFÉ DO BRIQUE. ME DEMOREI POR LÁ PRA VER AS FIGURAS MAIS KITSCH( NÃO SEI SE A PALAVARA ESTÁ ESCRITA CORRETO)...SEI QUE ME MIJEI DE RIR, VENDO A MAESTRINA DANDO PITACOS A TODA HORA NAS GURIAS E O MELHOR FOI QUANDO ELA AS APRESENTOU AO PUBLICO.

SÃO DE CRICIUMA E A MAESTRINA,SILVIA SEU NOME, TIROU SARRO DE QUE AGORA OS CATARINAS TEM 3 TIMES NA PRINCIPAL, O TIGRE, O CHAPECOENSE E O FIGUEIRA. PORRA, PENSEI 3 TIMES CATARINAS NA DIVISÃO A, OU O FUTEBOL CATARINA MELHOROU OU ENTÃO O CAMPEONATO BRASILEIRO ESTÁ UMA MERDA MESMO....
AH, EM TEMPO:

O ' XIMITÃO' NEM DEU B OLA PRO SHOW...FICOU LENDO A REVISTA SEMANAL QUE ELE ACABARA DE COMPRAR.

COMO DIZIA O MILLOR, INTELECTUAL NÃO VAI A PRAIA, INTELECTUAL BEBE.ACHO QUE A FRASE É DO JAGUAR, MESMO.

MAIS FRAGLANTES DO CONCERTO DADO PELO CONJUNTO DE CRICIUMA, A TERRA DO CARVÃO...

FICOU TODO MUNDO AI EM VOLTA. O PAI DE UMA DAS GURIAS VENDI CDSS....E ELAS PROVOCAVAM:

VOCES GAÚCHOS NÃO VÃO COMPRAR MENOS QUE FLORIPA...AI EXPLORANDO A RIVALIDADE, AS GURIAS, VIVAS QUE SÃO.

MAS COITADAS. O SOL QUASE AS DERRETIA. TODAS BEBIAM AGUA A TODA HORA...E CORRIAM NOS FUNDOS PRA TOCAR DE ROUPA.

COMO DIZ O MACACO SIMÃO, NÓIS SOFRA MAS NOIS GOZA.....

De são borja

Estaremos dando um abraço simbólico na Banda Municipal nesta segunda feira dia 16/12/013 as 19hs.
Dentro do espirito natalino convidamos a todos os amigos à participar conosco. Você pode levar se quiser prato de frios e refrigerante, A programação é espontânea e informal e faremos a apresentação dos músicos e o chamamento dos Maestros que passaram por ela.
Localização: Cras junto ao clube fraternidade onde era a oficina da prefeitura. Ou então chegue na praça e grite que algum te responde.

Memória Politica

O ' radical' Reginaldo Pujol

Nos anos 70, era governador nomeado Synval Guazzelli(de saudosa memória).

Ele queria nomear o então jovem vereador Reginaldo Pujol, da Arena,(partido que defendia os milicos)

pruma secretaria do governo municipal de Porto Alegre, onde quem era prefeito era Guilherme Socias Villela, que na juventude tinha flertado com o PCB, mas que aquela altura do campeonato,tinha aderido aos militares, tendo sido nomeado prefeito de Porto Alegre.

O problema d e nomear Pujol era apenas este: ele tinha dado uma entrevista violenta pra repórter Regina, da Folha da Tarde( da cia jornalistica caldas jr., colega já falecida) dando um pau danado no colega Aloisio Filho, um petebista histórico, ligado a Alberto Pasqualini e que era muito bem votado no quarto distrito de Porto Alegre.

Guazzelli se queixava:
- Eu quero botar o Pujol de secretário, mas ele deu um pau no Aloisio que é quem nos defende. Isto não pode...

Pujol, na sua juventude, não queria voltar atrás...

Até que um dia recebeu um ' chamado' pra se apresentar no Diário de Noticias, que ainda tinha uma certa força, embora estivesse camb aleante. Ficava na av. São Pedro e alguns dos coleguinhas que ainda estão por aí trabalharam lá.

Pujol foi chamado por Ernesto Correa, que era diretor lá e com quem tinha relações.

Quando chegou lá no fim da tarde, viu chegar pouco depois Aloisio Filho. Entendeu logo que Correa queria que os dois fizessem as pazes.

Depois de um tempo, foram chamados ao gabinete de Correa e enfim chegou-se a bom termo, mas ainda com algumas rusgas pra serem aparadas.
Pujol desta forma virou secretário da SMIC. Mas também ocupou o Demhab, onde se dizia que fazia muita política construindo casas populares, principalmente na Vila Restinga.

Sua fama no Demhab foi tangta que uma tarde chegando no famigerado Porta Larga, um boteco do lado da Zero Hora, na av. Erico Verissimo, o ' ferino' repórter Melchiades Stricher foi inquirido pelo Pujol pra que bolasse um slogan pra sua campanha. Melchiades, sem pestanejar, soltou:
SE QUERES UMA CASA NO MOL, VOTE NO PUJOL!

SHOW DO MILTON NO PARCÃO!

TB FUI AO SHOW DO MILTON. SO QUE DEPOIS FICOU UM POVO ATÉ ONZE E MEIA ESPERANDO O T9 DA CARRIS. QUANDO CHEGOU PARECIA UMA BOIADA,ESTOURANDO,O ONIBUS FICOU COMO UM NAVIO NEGREIRO DE TÃO LOTADO. OLIDES CANTON. EM TEMPO. A CARRIS PODIA BOTAR MAIS ONIBUS NESTES EVENTOS. MAS O QUE ESPERAR DA CARRIS, SE A EPTC NÃO MANDA NELA....

O SUPREMO E OS ESPAÇOS VAZIOS
Carlos Chagas
Realizando-se ainda este ano ou ficando para fevereiro, já tem resultado certo o julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre doações empresariais em campanhas políticas. Elas serão proibidas. Claro que a decisão não valerá para as eleições de 2014, quando continuará ilimitada a possibilidade de empresas privadas contribuírem para a eleição de seus preferidos, claro que esperando e até exigindo retribuições durante seus mandatos.
Muita gente protesta diante do que parece uma intromissão da mais alta corte nacional de justiça nas atribuições do Congresso, afinal, a quem caberia decidir sobre o processo eleitoral. O diabo é que o Congresso passou anos debruçado na questão e até hoje não conseguiu resolvê-la. Acionado, o Supremo tenta desatar o nó criado pela corrupção, já que nada mais abjeto do que assistir o poder econômico distorcer a vontade popular.
Em política não há espaços vazios. Se o Legislativo cruza os braços, cabe ao Judiciário atuar. Fica então inócua a reação dos presidentes da Câmara e do Senado, protestando contra o que seria a tal intromissão indevida. Tivessem deputados e senadores votado a reforma política em toda sua integralidade e o Supremo se daria por incompetente na análise da ação.
Há tempo até as eleições municipais de 2016 para que a reforma política venha a ser debatida e votada, em especial por um Congresso renovado ano que vem. Esperança sempre haverá, mas os impasses que vem de décadas cobrem a hipótese de duvidas. Nada conseguiram de fundamental, até hoje. Sequer o financiamento público das campanhas foi aprovado. Sendo assim, deverão partidos e candidatos conformar-se com as verbas do fundo partidário e com as doações individuais para as campanhas. Espera-se que a Justiça venha a limitar o montante que cada cidadão poderá doar a seus preferidos.
SONHO DE NOITE DE VERÃO O ANO INTEIRO
Com a Petrobrás envolta em sérias dificuldades financeiras, parece evidente a bobagem que é ficar contando com os recursos do petróleo do pré-sal. Apesar de recursos mais prometidos do que amealhados junto à China e os Estados Unidos, são imensas as dificuldades para se chegar ao produto. Nem em vinte anos o país estará extraindo o petróleo das profundezas, inclusive por carência de equipamento, tanto inexistente quanto não testado.

IX Festival Estadual de Bandas

A Banda Marcial Municipal de Serafina Corrêa participou, no dia 15 de
Dezembro, do IX Festival Estadual de Bandas Marciais, Musicais e
Fanfarras do município de Não-Me-Toque/RS.
A Banda Marcial foi a primeira, das quatro Bandas do evento, a se
apresentar e encantou o público com um belíssimo espetáculo. O
Festival fez parte das comemorações do Natal Étnico, realizado pela
Prefeitura do município de Não-Me-Toque/RS.
Parabenizamos os componentes da Banda Marcial que representaram muito
bem o município de Serafina Corrêa nesse Festival.

Vem aí o Espetáculo Musical Janelas Sonoras!



O evento Janelas Sonoras é um espetáculo realizado para todas as
pessoas de diferentes credos, religiões, culturas, idades e classes. O
objetivo principal é celebrar o Natal com toda a comunidade,
envolvendo todos no espírito típico desta época, cultuando valores do
verdadeiro sentido do Natal. O espetáculo proporcionará a todos uma
noite de magia, alegria, confraternização e amor, através da música de
crianças, jovens e adultos.
As vozes que farão parte desse grande espetáculo musical serão: Coral
Municipal de Serafina Corrêa; Orquestra de Flauta Doce Os Serafins;
CTG Sinuelo da Serra; Banda Marcial Municipal de Serafina Corrêa; Os
Canarinhos de Serafina Corrêa; Challenge Idiomas; Wizard Idiomas;
Banda Municipal de Serafina Corrêa; Escola de Ensino Médio Rainha
D'Paz; CTG Galpão da Saudade; Rádio Odisséia FM; CCAA; Igreja do
Evangelho Quadrangular; Igreja Batista Nacional Monte Moriá; Igreja
Evangélica Assembleia de Deus; Igreja Católica; Unisoft Informática e
Rádio Liberdade FM.
O espetáculo musical Janelas Sonoras acontecerá no domingo, dia 22 de
dezembro de 2013, às 21h, no Centro Administrativo Amantino Lucindo
Montanari, Serafina Corrêa/RS. Participe com sua família e viva um
Feliz 2014!

Serafina Corrêa já prepara o Festipizza 2014!


No dia 10 de Dezembro de 2013, o Prefeito Municipal Ademir Antônio
Presotto recebeu, em seu Gabinete, representantes da Associação
Comercial, Industrial e de Serviços de Serafina Corrêa/ACISCO,
referente aos preparativos para o Festipizza 2014. O Presidente do
evento, Roberto Chiarello, e o Vice-Presidente, Ricardo Rossatto,
escolhidos pela Associação, buscam os apoios e parcerias para a
realização do Festipizza que já tem data marcada, acontecerá em dois
finais de semana: 18, 19 e 20; e 25, 26 e 27 de Julho de 2014.

 

Manuel Castells não viu nem pescou na rede parte da realidade dos movimentos sociais
ADELI SELL

Acabo de comprar "Redes de Indignação e Esperança", livro de Manuel Castells, sobre "os movimentos sociais na era da internet", como ele nomina. E li de cara o posfácio da edição brasileira da Zahar, falando dos movimentos de junho no Brasil. Castells sabidamente é estudioso da sociedade moderna, das questões urbanas e da comunicação, especialmente das novas mídias.
Pegou bem o espírito animador das mobilizações em nosso país, pois detectou que tudo começou com os movimentos pelo Passe Livre! Pegou bem que não foi só isto, mas os problemas de saúde, insegurança, corrupção etc tocam milhares de pessoas com a mesma preocupação cidadã.
Elogia a Presidenta Dilma por reconhecer que é preciso ouvir as vozes das ruas! E corretamente é duro com o Congresso, com os políticos em geral, mas faltou mostrar que "nem todos são farinha do mesmo saco".
Na Introdução deste livro, Castells traça a tese do papel autônomo dos movimentos sociais na era da internet. E acerta ao dizer que as pessoas não creem mais nas suas instituições,não se sentem por elas representadas. E tomam aquilo que lhe tiraram: o espaço público. Ocupam-no. Por isso, Occupy Wall Street. Mas o erro de Castells é somar todas as cidades onde houve ocupações, sem distinguir mobilizações de vulto de atos de uma meia dúzia, sem eira nem beira, sem foco, sem demandas claras, sem programa.
Ocupações,mas que ocupações?
Houve uma "ocupação" na Praça da Matriz, que não tocou e nem mobilizou, pelo contrário teve repúdio de pacatos aposentados do Centro Histórico, dos skatistas e das crianças, que perderam seu espaço de lazer.
Castells nem viu nem pescou os mascarados e baderneiros no centro destes eventos de junho e posteriores. Nenhuma palavra. Falou da oposição tonta, criticou o tucano governador de São Paulo e o petista de Brasília, mas não fez nenhuma menção ao governador do Rio. Não viu nem pescou a cena do governador gaúcho chamando os rebelados ao Palácio. Talvez possa lembrar disto numa reedição, como poderá anotar que aqui o governo estadual deu o Passe Livre. Orgulhosamente componho seu Conselho Gestor.
Insisto nisto, porque a maioria dos intelectuais, das variadas matizes, não querem falar dos nossos mascarados, dos annonymous e ninjas fake daqui, porque para tal teriam que dizer quem financiou, quem patrocinou, quem incentivou. Castells também erra ao dizer que a imprensa não noticia. Não, não, Castells, aqui a imprensa fez questão de mostrar a baderna e incentivar repressão. Deu pouquíssimo espaço a quem reivindicava justa e pacificamente
Ou estou errado?
Tenho lido muitas coisas sobre urbanismo e especialmente sobre espaço urbano, e assim como em Castells tem muita teoria, tem muitas anotações frias sem análise, faltando as reais vozes de rua, pois é fácil convocar um evento,mas é preciso analisar depois o resultado e ver não apenas quantos compareceram. Qual foi o efeito? Qual o resultado?
Nas convocações da Tronco aqui em Porto Alegre havia nove pessoas da comunidade e para outra convocação bombástica compareceram três pessoas.
A vida é mais rica, mais complexa e mais dramática do que aparece nas redes sociais. Para quem mete o pé no barro, conhece as favelas como o centro, fica mais fácil detectar o real.

ADELI SELL é militante do PT.

Dilma: Quebro a Petrobras, mas me reelejo
Hélio Duque

A presidente Dilma Rousseff está atualizando o ensinamento do governador de São Paulo, Orestes Quércia.
Para eleger o seu sucessor, Luiz Fleury, afirmou: “Quebro o Banespa, mas elejo Fleury”, relembrado recentemente pela excelente jornalista Eliana Cantanhêde.
O Banespa quebrou literalmente, sendo recuperado e saneado no governo do saudoso Mário Covas. A Petrobras está sendo estuprada pelo atual governo, em níveis inadmissíveis e atentatórios aos interesses nacionais. Traduzo essa realidade, em números objetivos: no governo Dilma Rousseff, em valores de mercado, a Petrobras teve, até agora, uma desvalorização de 101 bilhões e 500 milhões de dólares. A fonte é a consultoria Economática.
A maior empresa da América Latina está capturada pela anomia, caracterizada pela desintegração das normas que regem a conduta de uma empresa. O seu conselho de administração é presidido pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. Fato inédito na história da companhia. Sempre foi presidido pelo titular das Minas e Energia, hoje ocupado pelo despreparado e jejuno, em matéria de petróleo, Edson Lobão. A mudança ocorreu no governo Lula da Silva, quando assumindo a Casa Civil, a ex-ministra das Minas e Energia, Dilma Rousseff, manteve a presidência do Conselho de Administração. O engenheiro Silvio Sinedino, que foi representante dos trabalhadores no órgão, afirma:
“O conselho não está decidindo os rumos estratégicos da Petrobras. Isso é feito em outro lugar. Uma coisa é usar a empresa para o desenvolvimento do País, outra é usar para atender a baixa política.”
O “outro lugar” onde tudo se decide é o Palácio do Planalto.
O governo por ser controlador majoritário, autoritariamente, ignora ser a Petrobras uma empresa de economia mista, com os acionistas minoritários donos de mais de 45% do seu capital. A desvalorização dos investimentos dos milhares de acionistas, no Brasil e no exterior, vem atingindo números inacreditáveis. O que leva a se enxergar, diante dos desafios que tem de enfrentar para viabilizar o pré-sal, um futuro incerto. Há dez anos o desalinhamento dos preços dos combustíveis, em função da demagogia populista, obriga a empresa importar derivados de petróleo a preços de mercado e vender internamente a preço menor. Afetando o seu caixa e colocando em risco o volume de investimentos de R$ 236,7 bilhões para os próximos quatro anos.
No governo Rousseff, o endividamento bruto da Petrobras deu um salto triplo. Em 2011, era de R$ 115 bilhões, em outubro de 2013, atingiu, oficialmente, R$ 250,9 bilhões. A indefensável política de represamento de preços, para segurar a inflação, está estrangulando o seu futuro. O economista Amir Khair, fundador e militante do PT, com seriedade e competência, em “O Estado de S.Paulo” (4-11-2012) dizia: “É lamentável a política do governo usando a Petrobras como biombo da inflação. Ao segurar o reajuste de preços está ocasionando os péssimos resultados que estão aparecendo. Falhas desse tipo maculam a imagem do governo e da Petrobras. Incompetência ou irresponsabilidade?”
A Diretoria da empresa, presidida pela engenheira Graça Foster, vem desenvolvendo competente trabalho de saneamento das suas finanças, Hoje ela é composta por profissionais sérios e servidores de carreira. Conscientes da realidade elaboraram metodologia de correção dos preços do diesel e da gasolina sintonizados com a evolução das cotações internacionais. Ao divulgar, em ato oficial, a nova metodologia, a Diretoria da Petrobras, foi nocauteada pela presidente da República e o seu ministro da Fazenda. Proibiram o repasse da diferença dos preços finais dos combustíveis. Autorizaram modesto reajuste, insuficiente para impedir o acúmulo de prejuízos que a empresa vem tendo mensalmente.
O uso da Petrobras como instrumento do governo, objetivando sua reeleição, vem sendo a meta de Dilma Rousseff.


Uma constatação

Há poucos meses atrás, tive o desprazer de receber em um caixa eletrônico, uma cédula de R$ 100, com a série DD. Fiquei espantado e, ontem, extremamente preocupado, recebi outra já com a seguinte identificação:
Ou seja, cada cédula é identificada por um par de letras e nove algarismos, cada três respectivamente para as centenas, milhares e milhões; então a tal “DD” findou quando 999.999.999 (novecentos e noventa e nove milhões, novecentos e noventa e nove mil, novecentos e noventa e nove), observando que, quando passou para a “DE” é porque essa primeira representava UM BILHÃO DE NOTAS emitidas!
Mas, o valor nominal de cada uma é de CEM REAIS, então tal deve ser considerado como CEM BILHÕES DE REAIS jogados em circulação, para cada série!!!
Todavia, o pior mesmo é o seguinte: considerando que são 25 as letras de nosso alfabeto, então já passamos pelas séries AA até a AZ, BA até BZ, CA até CZ e “batemos” na DA até a DF...
Então, em poucos meses tivemos a DD, DE e DF, algo próximo de que uma emissão de TREZENTOS BILHÕES DE REAIS!!!
Alguém sabe dizer qual é o PIB anual do Brasil? O que significa ter em circulação moeda em volume maior que ele? E correlacionando com o crescimento demográfico brasileiro?
Ahhh... Sim! Esta é uma consideração apenas para as notas de R$ 100. E as de R$ 50? E as de R$ 20 etc....???
Hoje é comum ter em mãos notas de R$100... Quando aparecerão as de R$ 200, R$ 500???

 

MEMORIA DA IMPRENSA

LOIR SE NEGOU A SER TESTEMUNHA

( mas perdeu toda sua muamba que tinha comprado no Uruguai)


Nos tempos que Figueiredo era presidente, ele fez uma visita a Jaguarão,se não estou enganado. Lá ele tinha servido quando milico.

A Zero mandou pra lá o fotografo Loir Goncalves, o reporter Gustavo Krieger(parente do senador Daniel) e um motora, cujo nome Loir não lembra.

Motorista de jornal naqueles anos, pelo menos, tinha muita a mania de noite ir pro chinaredo.

Este teve azar, encontrou a morte no trajeto de volta.

O motora convidou o Loir e o Gustavo pra irem junto pro festerê(nada contra, né...) Mas os dois alegaram cansaço e não foram. Queriam dormir que no outro dia tinha basquete.
O tal motora foi pro cabaré em Pelotas e na volta, lá pelas 3 da madrugada, levando mais dois caras de carona, se perdeu naquela rodovia diretona e morreram os 3. foi feia a coisa.

Loir estava no hotel - naqueles anos ainda não tinha celular - e de repente foi localizado pela chefe de reportagem, a Dedé Porto:
- Loir, pelo amor de Deus, que bom falar contigo...
- Mas o que houve, disse Loir

- A gente pensava aqui que vocês tavam todos mortos. Houve um acidente com o ' nosso' - cara de empresa costuma usar o nosso - carro e morreram três caras. a gente imaginou aqui que fossem vocês todos.

- Nós não fomos, disse Loir.

O pior veio depois. A familia do motora alegou que ele estava em serviço e morrera em serviço. entraram os ' gravatinha dos advogados no meio querendo tirar uma nota preta dos donos da zero(que voces sabem que sendo da origem que são, não é mole tirar algo dali...são pedreira mesmo...)

E os dois que tavam na carona também tendo morrido os familiares dos mesmos queriam grana.

Loir foi chamado a sala da Vania Weber, a então poderosa da redação da Zero

- Loir, nós queremos que tu vás testemunhar a favor da empresa, dizendo que o cara foi por conta própria, desobedeceu regras da empresa.

- Não ,disse o Loir, não vou dizer na Justiça o que vocês querem que diga. não vou f....uma familia pobre que ficou aí desamparada.

E falou grosso com a Vânia, que tinha a mania de espezinhar todo mundo, humilhando principalmente os mais humildes da redação, como continuos e outros.

Os dois ou tres funcionários que estavam em volta da Vania vibravam com aquela atitude do Loir.

mas hoje, vivendo em Torres, ele aINDA LEMBRA da muamba que tinha comprado na ciddade vizinha de Jaguarão no uruguai e que se perdeu toda com o acidente.

Resultado: ficou com a consciência limpa por não ter f....um colega, ou melhor a familia de um mas munheca como é lembra ainda da muamba que perdeu trazida doUruguai.

Loir não lembra mais como foi o desfecho da ação que os familiares dos mortes teve.


Remindo, agora todos vamos ver o César, na Globo. Tributo ao PT. além do mais, o cara é fundador do teu partido(olides)

Globo na merda
Além de dever mais de um bilhão de reais para a Receita Federal a Globo não paga direito seus funcionários, eles estão insatisfeitos com as condições de trabalho na emissora e reclamam de atrasos nas gravações, horas-extras não pagas e excesso de participações em outros programas da TV. O ator Antônio Fagundes lidera o grupo de rebeldes globais, que estão se reunindo para elaborar uma carta de reivindicações para a direção da emissora.
Remindo Sauim, de Canoas

A freira que tá em tudo....

tenho ido ao mãe de deus falar com o dr. belmar. na entrada, ao lado do Papa,o argentino, tem um quadro da freira veronese, este o sobrenome. ela é fundadora e idealizadora do hospital. o auditório leva o nome dela.no porão onde os médicos vão tomar cafezinho, na parede, tá lá a freira. me lembrei do porão da zero, onde tem fotos do veio mauricio, o outrora mao-mao por todo o canto...nós vamos, ficam as lembranças....

Junto a igreja são sebastião, as obras na parada do corredor da protásio....tá uma esculhambação, mas vai melhorar.

o tunel de maquine. fiz as fotos na volta de torres na segunda passada.

o tunel levou anos pra ser feito, mas encurta 20 km de trajeto da br-101.

tem 1.800 metros de comprimento.

Fui nesta sexta no almoço de fim de ano da fetag. nem toco teve. almoço bom e honesto numa churrascaria do Menino Deus

UM MAGNÍFICO DISCURSO

Carlos Chagas
Existem momentos em que o Congresso se avoluma. Ocupa os espaços normalmente deixados vazios pela rotina e a pasmaceira que tanto levantam a irritação e até a indignação nacional contra sua aparente inocuidade. A extensão da vida tem-me levado a testemunhar alguns deles, sem que nessa consideração se façam juízos de valor a respeito dos conteúdos de cada pronunciamento. Registramos, ao menos, a importância desses raios que quebram as nuvens.
Como velho jornalista, lembro-me do discurso de Afonso Arinos, na Câmara, então no Rio, apelando para que Getúlio Vargas renunciasse à presidência da República, em agosto de 1954, por conta da pressão das elites e dos militares contra sua política nacionalista e voltada para as necessidades sociais da população. Foi uma catilinária inesquecível, mesmo manchada pela virulência de conceitos reacionários. O velho mestre, anos depois, arrependeu-se de seu radicalismo, mas sem poder retornar a roda da Historia, um dos responsáveis pelo suicídio do maior dos presidentes de que o país dispôs.
Em seguida, o reverso da medalha: golpistas tentaram impedir a posse de Juscelino Kubistchek, eleito democraticamente, pelos mesmos motivos elencados antes, de impedir a posse de quem avançaria a redenção econômica e social de todos nós. O instrumento da conspiração era um deputado sério, honesto, mas reacionário, Carlos Luz, elevado à presidência da República apenas para melar o pronunciamento popular. Derrotado pelos militares que àquela época aferravam-se à Constituição, em vez de ser preso concederam-lhe o direito de pronunciar-se pela tribuna da Câmara. Fez um belíssimo discurso, claro que uns acreditaram outros não, mas foi um grande momento do Legislativo nacional.
Não haveria espaço para citar quantas oportunidades elevaram Câmara e Senado a seus ansiados patamares de dignidade institucional, por isso deixamos de referir o discurso de JK na iminência de sua cassação, o necrológio feito por Tancredo Neves quando da morte do amigo, a elegia de Pedro Simon a João Goulart e a Leonel Brizola e quantas outras manifestações tem servido para abafar momentaneamente o vexame que todos os dias nos oferece a performance parlamentar?
Pois esta semana, nova exceção. Um dos discursos mais expressivos do ano coube a João Paulo Cunha, quarta-feira, na Câmara. Não se discute se eivado de verdade ou cheio de enganações, mas a verdade é que o deputado empolgou a casa. Dezenas de companheiros, não só do PT, mas de todos os partidos, aglomeraram-se para ouvi-lo defender-se das acusações do processo do mensalão.
Aplaudido com entusiasmo durante sua fala e abraçado ao final, como um campeão de competições esportivas, o ex-presidente a Câmara refutou, uma a uma, as acusações de haver participado do escândalo da compra de votos que o governo promoveu no Congresso.
Não poupou o ministro Joaquim Barbosa, relator do processo e atual presidente do Supremo Tribunal Federal, mas primou pela oratória e a contestação das acusações formuladas contra ele. Apresentou-se como vítima de uma trama armada por Barbosa. Arrancou palmas em profusão ao aceitar sua prisão imediata e ao sustentar que enfrentará a cadeia sem admitir a culpa.
Vale repetir, sem a emissão de juízos de valor sobre o julgamento da condenação de João Paulo Cunha sobre o escândalo da compra de votos parlamentares, o ainda deputado comportou-se como um dos poucos que ainda merecem o mandato. Aliás, sem muitas possibilidades de ser mantido…

AI-5

HISTÓRIA

nESTA ULTIMA SEXTA, DIA 13, COMPLETARAM-SE 45 ANOS AO ATO INSTITUCIONAL NUMERO CINCO QUE MUDOU A VIDA DE MUITA GENTEAS LIBERDADES INDIVIDUAIS FORAM SUSPENSAS POR ONZE ANOS NO BRASIL.

PRA LEMBRAR O EPISÓDIO, DESCREVO UM PEQUENO RELATO RETIRADO DO LIVRO A DITADURA ENVERGONHADA DO ELIO GASPARI. EIS O TRECHO

- Às dezessete horas da sexta-feira, 13 de dezembro do ano bissexto de 1968, o marechal Arthur da Costa e Silva, com a pressão a 22 por 13, parou de brincar com palavras cruzadas e desceu a escadaria de mármore do Laranjeiras para presidir o Conselho de Segurança Nacional(CSN) reunido à grande mesade jantar do palácio. Começava uma missa negra. Composto por ministros demissíveis ad nutum, o Conselho sempre fora ficção.Suas decisões ,sem a chancela do presidente, nada valiam. Sua competência legal para tratar da matéria levada à suposta consulta era nula.

O marechal dteve-se na porta do salão, conversando baixo com o vice-presidente Pedro Aleixo, que acabara de chegar de Belo Horizonte. Demoraram-se por quase meia hora . Quando Costa e Silva ocupou a cabeceira da mesa,cada ministro tinha uma cópia do Ato Institucional número cinco em frente a seu lugar. Dois microfones, colocados ostensivamente sobre a mesa, gravariam a sessão. A sala estava tomada pelo barulho de sirenes de veículos que circulavam no pátio da mansão.

O presidente abriu a sessão com um discurso em que se denominou ' legitimo representante da Revolução de 3'1 de março de 1964" e lembrou que ' com grande esforço'(....) boa vontade e tolerância" conseguira chegar a ' quase dois anos de governo presumidamente constitucional" Ofereceu ao plenário ' uma decisão optativa: ou a Revolução continua, ou a Revolução se desagrega". Batendo na mesa ,anunciou que " a decis~so está tomada" e pediu que ' cada membro diga o que pensa e sente".
Era o primeiro discurso desconexo daquela sessão presidida pela determinação de proclamar uma ditadura.O marechal suspendeu a sessão por 20 minutos para que cada ministro lesse o texto, e desculpou-se pela pressa.

Com um preâmbulo de seis parágrafos, o Ato tinha doze artigos e cabia em quatro folhas de papel.Sua leitura atenta exigia pouco mais de cinco minutos. Costa e Silva retirou-se debaixo de aplausos.

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Valorizar quem faz cultura, pedem artistas e entidades do setor
A Lei Cultura Viva e as experiências dos Pontos de Cultura foram debatidos em audiência pública da comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia (CECDCT) da Assembleia Legislativa, na quinta-feira (12/12), no Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mário Quintana. A audiência integrou a programação do 8º Fórum dos Pontos de Cultura.


A presidenta da comissão, deputada Ana Affonso (PT) destacou a necessidade de valorizar e fortalecer os Pontos de Cultura, segundo ela um dos programas mais transformafores criados no Brasil nos últimos dez anos. Precisamos trabalhar para desburocratizar as relações entre o Estado, sociedade e entidades que produzem cultura, ajustar esta relação, ampliar a cidadania e os direitos culturais, enfatizou. Temos o desafio de interagir mais com os órgãos de controle e encontrar formas jurídicas que respaldem produtores e entidades para que estes não sejam penalizados, que não tenham seus projetos inviabilizados.
A parlamentar entende que a grande maioria dos produtores e entidades são extremamente sérios em seus propósitos, comprometidos com o fortalecimento e preservação das culturas populares, mas enfrentam dificuldades com a prestação de contas e fiscalização. Precisamos consolidar uma legislação de Estado que ultrapasse programas e ações, que afirme o processo cultural de forma permanente, que contemple nossa riqueza e a diversidade das expressões artísticas.
Críticas
Artistas, produtores e entidades culturais presentes criticaram a burocracia, o engessamento dos projetos e das prestações de contas. Segundo eles, é preciso ?desingessar? as formas de conveniamento e salvaguardar o que realmente importa, que é a preservação do patrimônio cultural e as ações daqueles que realmente valorizam as expressões e manifestações autênticas da cultura popular. O Estado continua vendo a cultura com desconfiança e valorizando a burocracia, disse o representante da Secretaria de Estado da Cultura, João Pontes. Uma legislação de Estado deve ter como diretriz tratar de forma diferente entidades com capacidades econômicas diferentes, opinou Leandro Anton, da Comissão Estadual dos Pontos de Cultura.
Muitos participantes criticaram a onipresença da mídia e valorização do supérfluo, do descartável.
Participaram Margarete Moraes, Coordenadora do Escritório Regional Sul do Ministério da Cultura; Maria Aparecida Tozatti, da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura; Neidmar Alves, presidente do Conselho Estadual de Cultura do RS.
Crédito fotos: Gilmar Eitelwein

Coleguinhas

comprei o valor como sempre faço as sextas. dentro no caderno de findi uma materia da MONICA GUGLIANO, sobre o papai noele. muito boa..

conheci a MON, como a chamávamos, quando um dia ela táva empurrando um fiat que tinha na borges. o fiat tinha estragado e vi uma mignon empurrando sozinha o carro. mas me chamou a atenção aquela parte do corpo da mulher que todo homem aprecia. e a monica era bem fornida, por sinal....

se ela ler isto,vai rir....sempre foi boa reporter.

o antenor ferrari a contratou pra secretaria da saude e ela tomava as materias de lá enlouquecendo o chefe ataides miranda.

um dia ele a sacaneou. deu uma bomba pros demais, sobre o conceição, e ela não foi convidada pra materia. puta da vida, ela chegou no dia seguinte e disse: vais me pagar, ataides....

reporter bom é isto.

agora a monica brilha no valor de são paulo.
abraços a ela, se estiver me lendo(Olides)

Sem Pulo - Túnel do Tempo - 14.12.2013

Rudimar Thomas

O almoço da agricultura familiar


sexta,dia 13 foi o dia do almoço de fim de ano da agricultura familair, numa churrascaria do Menino Deus*(era casarão,agora mudou de nome)

o presidente Elton Webedr, da Fetag, pequenos produtores, mostrou preocupação com a situação da Emater - tiraram a filantropia da entidade e ela pode ir pras cucuias -deve 2 bi e um grupo de advogados, de gravatinhas, pra variar estão tendo acabar com a entidade que leva tecnologia a milhares d epequenos produtores. seria um crime de lesa estado, se fecharem a emater, que vem da antiga ascar.

Elton Weber, oriundo de Nova Petropolis - a zona do agrião do cooperativismo (piá, sicredi) saiu logo após o almoço porque duas e meia tinha outro compromisso.ele acha particularmente que 2014 será um ano dificil pro governo tarso genro, pelo fim da parceria com o pDT,emborfa muita gente achei isto só de brincadeirinha....

elton diz ainda que o secretário da agricultura luiz fernando mainardi sairá pra concorrer a deputado estadual. no seu lugar deve ficar o substituto atual, que dará seguramente conta do recado
( na foto, o presidente é servido durante almoço de fim de ano, na churrascaria)aquele fotografo que aparece, de jaleco, é o maior papa coquetel que tem no gib i. durante a expointer, dizem, seus colegas, ele começa com o café da manhã, vai pro almoço e depois devora na janta...ningujém sabe o que ele faz das fotos, mas é um virador.

BAITA AZARINO
Pois o Jorge, motoqueiro do agápio, é um baita azarino. Já puxou 20 dias de cana por conta de uma Maria da Penha....e vez em quando tem bronca com ele. Mas agora arrumou outra companheira e parece que tá mais calmo.

Dos tempos de suas broncas vale lembrar: uma vez chegou numa entrega, esperou 10 minutos pra que o dono viesse buscar os lanches. Era a casa de uma mulher ligada ao Judiciário. Ele disse desaforos e a mulher ligou umas 10 vezes pro Agápio pra reclamar do motoqueiro desaforado.

Mas uma mais complicada aconteceu tempos atrás. No transito, ele viu uma BWA dirigida por uma mulher, cometer,segundo ele, algumas imprudências e saiu atrás. Bateu boca com a desconhecida e mais adiante lhe quebrou o retrovisor.

Tempos depois apareceu um senhor, educado, no Agapio, e pediu peloCesar, o proprietário. E aí contou tudo o que tinha acontecido. O senhor em questão era simplesmente o delegado Newton Muller, ligado ao movimento de Justiça e Direitos Humanos, ex-chefe de Polícia do RS, no tempo do governo Collares. E junto trazia toda a ficha do Jorge.A mulher do BWA era sua esposa.resultado: o cara pagou o prejuizo que lhe foi descontado no salário e o cesar não mandou ele embora, como não manda nuncca ninguém...
as vezes os funcionários do agapio se pecham ali dentro, sem ter o que fazer...

Olímpico

Os arredores do Olímpico depois de um ano do estádio abandonado. a praça joão antonio, onde o louco do toniolo atacou até nos postes...o local é muito bom e um dia alguém vai explorar comercialmente este oásis de porto alegre hoje ocupado por sem teto.

Emenda aprovada Assembleia

Foi aprovada agora na sessão plenária, emenda de autoria dos deputados Cassiá Carpes (SDD), Marcelo Moraes (PTB) e Maria Helena Sartori (PMDB) que beneficia os estudantes ao passe livre estudantil, tendo em vista que o projeto encaminhado pelo Executivo não garantia a integralidade aos estudantes de regiões com linhas de ônibus fretadas, somente os de linhas regulares .

RS adota modelo da escola de turno integral de Brizola

Assembleia aprovou hoje matéria que introduz o modelo no ensino fundamental

Com a aprovação pela Assembleia Legislativa, na sessão plenária desta quarta-feira (11), do projeto do Executivo 302/13 regulamentando a escola de tempo integral, em dez anos os estudantes gaúchos do ensino fundamental terão a oferta de matrículas nesse novo modelo educacional. A iniciativa da deputada Juliana Brizola, formalizada pelo governador Tarso Genro, torna a escola de tempo integral um Programa de Estado. A matéria foi aprovada por unanimidade.

Com a regulamentação do inciso VI do artigo 199 da Constituição, fica definido que “o Estado proverá os meios para que, progressivamente, seja oferecido horário integral aos alunos do ensino fundamental das escolas da rede pública estadual”. A implementação da carga horário em cada unidade escolar será progressiva a partir das séries iniciais. Aos professores será dada capacitação específica, que poderão ser convocados a desempenhar suas funções em regime de 40 horas. O plano pedagógico curricular da escola de tempo integral será elaborado pela Secretaria de Educação e o planejamento curricular será discutido com a comunidade escolar. Em um ano após a aprovação da lei, a SEC deverá apresentar o plano de implementação da escola de tempo integral.

Prioridade para a educação
Como prioridade do seu mandato parlamentar, a deputado Juliana Brizola aprovou em 2011 emenda constitucional determinando a implantação progressiva da escola de tempo integral. “Com a promulgação da emenda, de imediato protocolei projeto de lei regulamentando a matéria e fixando o prazo de dez anos para que, no mínimo, 50% das matrículas sejam oferecidas em regime de tempo integral para os alunos do ensino fundamental”, explicou a neta de Leonel Brizola, cujo compromisso sempre foi a inclusão educacional.

Além da garantia de pelo menos 50% das matrículas do ensino fundamental para o turno integral, os estudantes terão aulas ministradas em dois turnos, manhã e tarde, com jornada mínima de sete horas e garantia de quatro refeições diárias.

“Para minha alegria, o governo se sensibilizou com esta questão e agora temos a educação integral no Rio Grande do Sul como um Programa de Estado, uma garantia de que o modelo será implantado e assim poderemos mudar os atuais índices negativos da educação”, comemorou Juliana Brizola.
Assessoria de Imprensa do PDT
Jornalista Francis Maia – Reg. Prof. 5.130
Dia 11/12/13

Fim de semana em Arroio do Sal e Torres


igrejinha abandonada em praia seguinte de Arroio do Sal


oferendas de devotos em Torres


oferendas de devotos


oferendas de devotos Torres


acima das pedras de Torres


paisagem de Torres


Neno foi junto e adorou!


paisagem noturna de Arroio do Sal


serra do litoral


serra do litoral


túnel de Maquiné...


detalhes da estrada


detalhes da estrada

fotos de Ellen Augusta

Planalto escolhe o Exército como referência em engenharia e logística
Agilidade na execução, baixo custo e amplo domínio de ferramentas digitais de gestão levaram a decisão

General Joaquim Brandão: empreitada não contabiliza mão de obra

Brasília e São Paulo
A presidente Dilma Rousseff se convenceu de que o Exército tem a melhor experiência e a mais avançada tecnologia para servir de modelo em todas as investidas do setor público na área de infraestrutura. Após liderar e sustentar o ritmo de 16 importantes projetos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), a instituição foi convocada pela “comandante suprema das Forças Armadas” para uma tarefa mais audaciosa. Ela quer que os engenheiros militares estabeleçam o padrão gerencial de planejamento e de execução de obras. Esse esforço estará completo no lançamento de portal na internet dedicado ao tema, até 2015.

A meta é fazer com que todos os empreendimentos federais atinjam o mesmo patamar de eficiência, economia e rapidez obtido pelas tropas nos canteiros, cujos convênios despertam grande interesse. Hoje, 20 projetos estão nas mãos dos 12 batalhões de engenharia espalhados por todo o território nacional, orçadas em R$ 1,2 bilhão. “O nosso desempenho e o nosso custo não podem ser comparados aos das empreiteiras privadas, pois temos muitas diferenças em relação a elas. Os militares encaram as obras não como negócio, mas como missão”, pondera o general Joaquim Brandão, chefe do Departamento de Engenharia e Construção (DEC).

Estas materias do gelson - falecido no sábado - eu tinha guardado na gaveta (Olides)

AERONAUTAS E AEROVIÁRIOS PODEM PARAR DIA 22
Tripulantes e funcionários de aeroportos querem reajuste salarial.

De Buenos Aires
Gelson Farias

Aeronautas e aeroviários podem entrar em greve no dia 22 de dezembro por reajuste salarial, anunciaram os sindicatos das categorias. Os tripulantes de voo e funcionários dos aeroportos reivindicam 16% de aumento salarial e 14% de aumento sobre os pisos.Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac/CUT), houve impasse nas negociações entre trabalhadores e empresas aéreas o que gerou a aprovação de um indicativo de greve nesta sexta-feira (O6). Quarta-feira, da semana que vem, o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) convocou os aeronautas para uma assembleia geral extraordinária para deliberar sobre a deflagração da greve da categoria.
Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aéreos, associada da Força Sindical, estão previstas manifestações dos aeroviários nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro e Salgado Filho, em Porto Alegre. Caso as negociações avancem antes do dia 22, as categorias informaram que devem realizar novas assembleias para avaliar propostas. O Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, não recebeu comunicado oficial sobre a possível paralização. Segundo o Snea, as empresas afirmam que tiveram prejuízo em 2010. Sabe-seque os comandantes de categoria A e C tem prioridade de aumento por tempo de serviço. Hoje, um comandante de Boeing tem um salário de 18.700 reais, sem aumento. A categoria pelo reajuste pode chegar a 22 mil.

Coleguinhas

*Jurema Josefa pediu o boné do Correinho. No seu lugar veio a Carmen Ziebel, de Rio Grande.

*a Jurema, brizolista convicta , agora está na abrajet, também conhecida por ABRAJANTA.

*Dia 19 no Banrisul, será a entrega do premio ari de jornalismo.

*Fui na entrega do premio dos direitos humanos de jornalismo. foi no dia 10 na OAB.

*Tava lá na entrega colegas da antiga, mas muito dos novos. Vi lá o Nobrinho, que é professor, o marquinhos. A ivone Cassol, entre outros colegas.

*a lista deve estar por aí.

Clima de aposentado

Pô, estou no clima de aposentado. ontem,quarta, sai de bermuda pra ir no médico e passei o dia de bermudas.

Pracinha da Encol

*no domingo, no café do super nacional, da av. carazinho, fazem fila pra roubar o caderno donna. a zero devia colocar vários nos jornais que vão pra lá. já vi briga por causa do dona....

*mesmo sendo uma região de ' burgueses da praça da encol" vejo as empregadas domésticas - as antigas ' dosas ' irem toda manjhã buscar o METRO DE GRAÇA NA ESQUINA PRAS SUAS PATROAS...

*de graça até injeção na bunda, como diria o outro..

*O Laurinho dieckmann me pediu pra não botar seu nome no meu livro d anoite que vai sair. e que ele me deu uma mão na escrita do livro....
o laurinho não se mistura com os burgueses da pracinha da encol...

No gabinete do bagre fagundes, onde as vezes ele é encontrado, na secretaria dos prefeitos!

Covil do latifundio....

Muita gente foi hoje ao meio dia no covil do latifundio almoçar de fim de ano...
o presidente atendeu muito simpatico a todos....

sentei numa mesa muito simpatica e não tinha num enxedor de saco, graças a deus. apenas os guris do CanalRural que comeram corrrendo porque tem não sei mais quantas pautas.

eles me disseram que tem que cobrir o mundo, com apenas uma equipe.

como são explorados os coleguinhas que tem que dar duro.

me lembrei dos tempos que fazia ,4,5 pautas por dia pra fdepois um dia levar um pé na bunda como levei. estes capitalistas são todos iguais, adoram explorar quem precisa do ganhã pão.

no covil do latifundio!


O jardim d einverno da farsul


Ieda Risco(outrora especialista em Brigada Militar e segurança pública,agora entrevista plantadores de batatas,cenouras e criadores de gado. dizem que ela nunca viu um bezerro na vida. a coleguinha substitui o roberto tavares que está pela bola sete,segundo dizem....)


coleguinhas no mais prestigiado almoço de fim de ano


cauê nascimento e nelson representaram no convescote do covil do latifundio a salinha JCTerlera, outrora também chamado de ' cyber de luxo'

Os ' veinhos' affonso ritter e danilo ucha também frequentam o covil do latifundio....

sempre atentos, tomam nota dos dados apresentados.

Almoço na farsul

é o melhor almoçod e fim de ano que tem por aí. sem dúvida. o melhor no sentido da comida.

não tem alcool, mas a boia é espetacular....

na fiergs-sem querer comer e virar o coxo - come-se uma comida meio industrial...com o perdão do trocadilho.

O guarda do INSS

fiquei 'amigo' do guardinha do posto do INSS da av.Protásio...ele me arrumava fichas, me dava dicas, porque fui umas ' vinte' vezes lá pra me aposentar. tirei esta foto de recordação.

MELHORIAS NA PRAÇA DA ENCOL

MUDANÇAS NA PRAÇA DA ENCOL. ESTÃO REEJARDINANDO A PRACINHA DA ENCOL. UMA EMPRESA FOI CONTRATADA PARA ISTO.

Tunel da BR-101


Tunel da BR-101 em Morro Alto, Maquiné. ele tem 1.800 metros de comprimento e foi inaugurado pelo presidente Lula da Silva.

95 anos - Federação Gaúcha de Futebol recebe homenagem

Na tarde desta terça-feira (10/12), a Câmara Municipal de Porto Alegre realizou Sessão Solene para prestar homenagem aos 95 anos da Federação Gaúcha de Futebol. Presidida pelo vereador Cássio Trogildo (PTB), a solenidade contou com as presenças de Sebastião Melo, vice-prefeito; José Edgar Meurer, secretário municipal de Esportes, Recreação e Lazer; do secretário extraordinário para a Copa de 2014, João Bosco Vaz, e dos vice-presidentes da entidade homenageada, Luciano Hocsman e Nilo Job.
Proponente da sessão solene, o vereador Alceu Brasinha (PTB) salientou a capacidade mobilizadora que o futebol possui. “O futebol é uma paixão, e a Federação tem feito um trabalho espetacular para nós gaúchos.” Brasinha também elogiou o presidente da FGF, Francisco Noveleto: “Ele conseguiu implantar um campeonato gaúcho reconhecido por sua garra, e uma instituição que contribui e se interessa pela resolução dos problemas do futebol.”
Segundo o vereador, a FGF possui um dinamismo que se reflete na vida dos torcedores. “O futebol é uma grande parceria, a Federação proporciona uma facilidade para que o torcedor do interior possa ver jogos que nunca imaginou que veria. Os Gre-Nais chegam a todos os cantos do Rio Grande do Sul, a todos os torcedores que merecem ver seu time do coração”, destacou Brasinha.
Hocsman ao agradecer a homenagem disse estar lisonjeado em representar a entidade máxima do futebol gaúcho. “Me sinto, hoje, como aquele menino que sai da categoria de base e tem a oportunidade de participar da equipe.” O dirigente chamou a atenção para a função social que o futebol exerce. “Em 2004 assisti um jogo no estádio do Cruzeiro, e, naquele momento, Noveleto me disse que nossa responsabilidade é cuidar dos times pequenos, pois, os grandes bem ou mal seguem seu rumo", revelou. "Fico feliz quando vejo os resultados dos times do interior e constato que eles fortalecem o futebol gaúcho.”
“Esta homenagem é personificada na figura da federação mas o futebol é coletivo”, afirmou ainda Hocsman. Segundo ele, se não fosse o apoio de todos os clubes, a federação não estaria completando seus 95 anos. “Estamos acostumados com a realidade de times grandes, mas as equipes do interior passam por muitas dificuldades", disse a citar a existência de 810 clubes no Rio Grande do Sul. "É preciso que haja bom senso. Precisamos oferecer oportunidades de futuro para que os pequenos um dia se tornem grandes.”

Texto: Thamiriz Amado (estagiária de Jornalismo)
Edição: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)

A morte do colega Gelson

Tá loko Olides!!!!!!!!!! Como foi isso????? E agora, o q será de nós???
Mas q ano maldito hein?

Abraço!

Neuza Penalvo

Capincho

Quero ser enterrado no colo da tua mãe pra mim mamar o resto da vida, viu capincho....

Me dá uma boa notícia....?
é brabo quando tu começa a ir seguido em velório de amigos.... daqui a pouco é tu...
Vai querer que eu te enterre aí???
Letier Vivian

LEITORES CHATOS


Nos dias que estive ' fora do ar',vi como alguns leitores são malas e bem pesadas. alguns perguntavam o que havia acontecido, outros achavam que eu tinha morrido,mas enfim, quem morreu foi o gelson farias.

falar no gelson, ontem já tinha gente ' chupando' meu site e colocando as fotos do gelson no feice,a turma não brinca, podendo dar uma ' chupada' nasmaterias dos outros fazem na maior lata. ainda que tem gente que cita a fonte, mas muitos não fazem nem isto.

o mazzarino ganha o trofeu chato mor...mandava mail de cinco em cinco minutos perguntando pelo site. mas o cara não tem o que fazer?

e ele queria era mais fotos da avani, de graça como sempre, não levará mais...

outro chato foi o fiol del zator, que queria saber do blog....agora sumiu...

o capincho leitor matinal cedo aqui também perguntou muito. depois parou e pelo menos mandou belas fotos do jango, daqule factóide do jango.mas eles são importantes sim, mas são chatos....

são os fanáticos do blog. nada mais chato do que um fanático(olides)

NOTA DE ESCLARESCIMENTO

Estivemos sem atualização do site por alguns dias por problemas técnicos que foram sanados (o editor)

FALECIMENTO DE GELSON FARIAS

lamento informar a morte do colaborador deste site, Gelson cesar nunes Farias. ele teve um infarto na noite de sabado em porto alegre. mas viveu nos ultimos antos entre buenos aires e santiago do chile, onde trabalhava para a aerolineas.

no enterro do cemitério municipal de torres nesta segunda de manha estávamos de colegas eu e o loir gonçalves, com quem o gelsontambém trabalhou no diário de noticias. não eram amigos. eu tinha virado amigo do gelson. quando ele estava em porto alegre, me ligava e trocavamos horas de conversas sobre velhos colegas reporteres policiais. era um dos poucos dos anos 70 que ainda lembrava aqueles tempos. senti muito a morte do gelson. hoje dia lo é a entrega do premio direitos humanos na oAB. vou lá pedir um minuto de silencio pro gelson.


SAN TELMO APRESENTA A CATEDRAL DEL TANGO

publico algumas materias que tinha guardado do gelson porque o site estava interrompido. agora vão sair. em sua memória,também (olides)

Até o final do século, Buenos Aires cresceu com a chegada de imigrantes de muitas partes do mundo que se mesclavam com os crioulos e dessa união, nos subúrbios da cidade, nasce o tango.

De Buenos Aires
Gelson Farias

San Telmo, típico bairro de Buenos Aires, possui como nenhum outro as características mais puras da cidade velha. Transitando por suas ruas é possível comprovar que suas casas e prédios antigos não cedem à passagem do tempo. E assim chegamos à esquina da alma portenha, Balcarce e Independencia, esquina reconhecida internacionalmente por abrigar a mais tradicional das casas de tango, a pioneira e quem sabe a que mais conservou através dos anos a identidade do Tango: EL VIEJO ALMACEN.


Sede atual...EL VIEJO ALMACEN.

Na década de 1840 amplia sua capacidade e se transforma no Hospital Britânico, quando em junho de 1844 Buenos Aires conhece e utiliza, pela primeira vez, o Éter em uma operação cirúrgica realizada pelo Dr. Mackena.Durante os anos 1850 e 1860 funcionou no local a Alfândega Geral da Nação.


O prédio nesta esquina data do final do século XVIII, mais exatamente do ano 1769, em pleno Vice-reinado do Rio da Prata, funcionando nestes seus primeiros anos como um armazém de campanha.

Por aquele período, a esquina de Arce (atualmente Independencia) e Concepción (hoje Balcarce) não era um lugar que podia ser vinculado à cultura e ao espetáculo. Pelo contrário, durante a guerra do Paraguai (1865-1868), o imóvel foi utilizado para refugiar os combatentes feridos ou doentes.No início de 1900, o recinto foi adquirindo sua fisionomia atual. Dirigido pela Senhora Paula Kravnik, de origem russa e a quem apelidaram de “La Volga”, começou a ser frequentado pelas pessoas boêmias que ali se encontravam com a música popular.No ano 1969, Edmundo Leonel Rivero transformou o lugar no “Templo do Tango”, a partir desse instante EL VIEJO ALMACEN foi o lugar de encontro obrigatório das melhores expressões da música cidadã.
Por este local passaram grandes expoentes do Tango como: Aníbal Troilo, Osvaldo Pugliese e Roberto Goyeneche, entre muitos outros que aqui mostraram seus talentos e foram apreciados e aplaudidos por inumeráveis personalidades; entre elas o Rei Juan Carlos e a Rainha Sofia da Espanha, Presidentes de diversas nações do mundo e muitas outras personalidades que fizeram com que a fama do EL VIEJO ALMACEN transcendesse as fronteiras para além do nosso país.


Mercedes Sosa tinha seu dia de apresentação especial.

Segundo seu diretor artístico Hugo RomeroMarcel, a casa mantem atualmente, sua atmosfera autêntica, bem como todos os detalhes de arquitetura que fazem com que local siga conservando o encanto da passagem dos anos e o mesmo tradicionalismo do dia de sua fundação.Entre o elenco de artistas que se destacam noite após noite El VIEJO ALMACEM,oferece a cada dia UM SHOW DE TANGO AUTÊNTICO. Hugo Romero, como é mais conhecido, diz com orgulho que a casa é visitada por turistas de todo o mundo, mas que continua sendo o lugar escolhido pelos argentinos para escutar e vibrar ao compasso de um tango.Este binômio dá a EL VIEJO ALMACEN uma magia única, na qual a barreira cultural entre as diferentes nacionalidades deixa de existir e todos nós nos unimos através de uma das expressões máximas de toda a cultura: a linguagem musical.


No ano 2009, pelos 40 anos de atividade cultural, o Honorável Conselho Deliberante da Cidade de Buenos Aires declarou EL VIEJO ALMACEN como LUGAR DE INTERESSE CULTURAL, através da ordenança Nº 50399, o que reflete a importância cultural desta casa.

EL VIEJO ALMACEN faz presente com seu show e identidade em vários lugares simultaneamente, o qual faz contar não só com elenco estável, mas também com elencos alternativos e rotativos que permitecumprir a meta de que a esquina seja o ponto de partida de EL VIEJO ALMACEN e que possa ter um VIEJO ALMACEN em qualquer lugar do mundo onde se vive um pedacinho dacultura e, consequentemente, do bom tango argentino...

Olides, um forte abraço. gelson

 

Enterro do Jango

Meio tarde, mas ai vão fotos que o capincho enviou do 'reenterro' do jango.

falar nisto, ninguém entendeu o exibicionismo dos netos do jango, Cristopher e marcelo que se ' penduraram' no caminhão dos bombieors que trouxe o esquife do aeroporto joão manoel até a catedral onde ficou exposto...

A morte manda recado (1)

dias atrás o gelson, que estava em buenos aires, me mandou um email assinado junto com a henriqueta solaris, onde manifestava uma situação emocional muito sombria....ele me prestava solidariedade pelo blog estar comproblemas.mandei dizer a ele que era apenas um problema técnico, nada demais

A morte manda recado (2)

meses atrás, o nosso colega agora falecido, esteve visitando o filho na nova zelandia e austrália, com sua familia. parecia mesmo uma despedida. ninguém podia imaginar que quem passaria pro outro lado era ele.

A morte manda recado (3)

os leitores vão sentir falta de suas matérias do cone sul, que passou nos ultimos anos aqui.ficará sua memória.

A morte manda recado (4)

a filha rachel me disse que ele estava aparentemente bem, preparando aquelas coisas do Natal...

e que ai se sentiu mal na noite desabado e acabou morrendo em casa mesmo, mas foi socorrido pela samu e pelos vizinhos.

A morte manda recado (5)
além dos familaires, minha solidariedade a henriqueta solaris, com quem o gelson fez otimas matérias aqui pro site.

Enterro de pobre

Na segunda de manhã, no velório do Gelson, na funerária, me lembrei que enterro de pobre vira festa. tinha lá bolo, café com leite, café preto, e o cantinho onde tava o café éra o mais visitado.

tinha um parente do gelson que eu gostei. quando alguém que não o via a anos ia falar com ele, lhe perguntava se ainda estava vivo, ele dizia.

- fui lá encima não gostei e voltei.
também ficava puto com quem perguntava se tava cuidando dos netos.

- neto porra nenhuma dizia ele. não fiquei velho pra cuidar de neto.

risadas....

Dos leitores!


Tchê, o Gelson possui sobrenome? E foto dele?

Serafino São Borja

CONVENÇÃO DO PDT

A convenção do pdt noultimo sabado que ganhou a candidatura própria. mas nos ultimos dias tinha crescido a campanha de adesão ao PT

 

Vieira da Cunha é o candidato do PDT ao Piratini

Convenção estadual do PDT realizada neste sábado (7), em Porto Alegre, confirmou a pré-candidatura do deputado Vieira da Cunha ao governo do Estado na eleição de 2014. A tese da candidatura própria venceu por 476 votos a posição que defendia coligação com o PT, que obteve 313 votos. Na disputa pela candidatura a governador, Vieira da Cunha venceu com 597 votos Aldo Pinto, que alcançou 192 votos.
O resultado foi proclamado pelo presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan Júnior, que no início da convenção foi aclamado para presidir o partido pelos próximos dois anos. Também o pré-candidato ao Senado, jornalista Lasier Martins, teve a sua indicação aclamada pelos convencionais.
Na disputa pela candidatura própria, os 476 votos representaram 60,32% dos votos, enquanto que a posição que defendia a coligação com o PT obteve 313 votos ou 39,68%. Foi registrado apenas um voto branco e um nulo.
Bolzan enalteceu o clima de unidade da disputa e a honestidade de todo o processo, adiantando que o governo deverá ser comunicado imediatamente da decisão do partido. Agradeceu o trabalho dos pedetistas que estavam ocupando cargos no governo, nas secretarias de Saúde, Prefeitos, Esporte e Lazer, a vice-presidência do Banrisul e outras funções, observando que “estamos tomando a decisão de dar outra direção ao partido, mas sairemos pela porta da frente e sabemos que todos fizeram um bom trabalho”, destacou.
Logo em seguida, Vieira da Cunha e Lasier Martins fizeram seus pronunciamentos aos convencionais.

A íntegra dos discursos

Vieira da Cunha

Gostaria de chamar aqui, para que me acompanhasse, minha companheira, a Luciane, a futura primeira-dama do Rio Grande; se vocês me permitirem que fique conosco também um homem que tem décadas de serviços prestados ao bom jornalismo, que saiu da zona de conforto para vir para a boa politica, porque seu pai sempre foi um trabalhista, Lasier Martins, futuro Senador da República, com sua companheira. Quero ler uma mensagem que diz o seguinte, “tudo é considerado impossível até acontecer,” Nelson Mandela. Nossa homenagem a Mandela. Nossa jornada será dura, mas aqueles que pensam que temos um encontro marcado com a derrota se equivocam, porque vocês estão hoje diante de uma dupla imbatível que vai ganhar a eleição em outubro do ano que vem; até porque o ano de 2014 é um ano de grande significado para nós, trabalhistas, começa no primeiro de abril, 50 anos do golpe militar, em seguida, e o povo brasileiro vai render as justas homenagens ao grande presidente João Goulart, cujo neto está aqui conosco, Christopher, resgatando a memória de um dos maiores políticos que esse Brasil já teve que foi Jango. Ontem, estava junto contigo, teu pai e tua família, em São Borja, a terra dos presidentes, e com que emoção percorremos aquelas ruas vendo a população são-borjense, espontaneamente, com as bandeiras do Brasil, para prestar as homenagens que Jango não pode receber em 6 de dezembro de 1976 quando voltou para o Brasil morto, para ser enterrado na sua querida São Borja sob a ditadura militar. Nós estaremos, Christopher, Lasier e toda a família trabalhista, reafirmando nossos ideais pela democracia, pelo estado democrático de direito e dizer o orgulho que temos de Jango como nosso grande líder. Viva Joao Goulart, viva o presidente do povo. Nós, inclusive, no Congresso Nacional, anulamos aquela sessão golpista do dia 2 de abril, na madrugada, quando Jango ainda estava no território nacional, e depois ele teve que viver no exílio e morreu em circunstâncias que serão definitivamente esclarecidas e não ficaremos surpresos se Jango foi assassinado porque na época estava em vigor a Operação Condor e Jango, por seus ideais, era uma ameaça àqueles que defendiam o autoritarismo. Enquanto a nossa adversária, no 1º. de abril ,provavelmente se esconderá para debaixo da mesa, envergonhada, porque ela é do PP, da Arena, da ditadura. Nós estaremos celebrando aqueles que lutaram bravamente. Certamente ela estará envergonhada e isso nos diferencia, isso nos faz diferentes nessa batalha que vem por aí. Saímos do mês de abril e em 21 de junho, 10 anos sem o nosso líder Leonel Brizola, em pleno período das convenções partidárias. E já pedi para o Romildo, quero que a convenção definitiva seja em São Borja, e a coligação que vai nos dar tempo em rádio e tv, que se realize dia 21 de junho de 2014 em São Borja. Lá vai começar a nossa caminhada. Porque, meus companheiros, podem colocar esculturas do Brizola, como vamos fazer em breve aqui em Porto Aelegre, coloquem o nome de Brizola em escolas, uma das maiores homenagens que podemos fazer para nosso líder, em ruas e praças, ele merece, mas não há homenagem maior a fazer a nossa líder do que no dia que faz 10 anos da sua morte, lá em São Borja, junto a seu túmulo, de Getúlio e Jango, nós fazermos a nossa convenção para que dispute o governo do estado uma cria dele que se chama Vieira da Cunha. Não há homenagem maior para Brizola, do que colocar no Palácio Piratini e bandeira da rosa socialista. Saímos de junho e o “pega pra capar” já estará ocorrendo em agosto, com programa de rádio e televisão, em 24 de agosto teremos os 60 anos do suicídio de Vargas, daquele gesto heroico do nosso grande líder e fundador Getúlio Dorneles Vargas, vamos homenageá-lo, vamos dizer ao povo do Rio Grande que essa é a nossa vertente, nós somos getulistas, janquistas, trabalhistas, pasqualinistas com muito orgulho e assim vamos nos apresentar à população gaúcha, como candidato ao governo e ao Senado. E logo ali adiante, as eleições, que vão ocorrer em 2014 e o último ano que Alceu Collares foi governador foi em 1994, ou seja, 20 anos depois, eu tenho certeza que o povo gaúcho vai novamente dar oportunidade para que um trabalhista governe o estado, porque Lasier, com todo respeito aos nossos adversários, sabemos administrar, está na marca, na ousadia, na criatividade, das realizações. Está mais do que na hora de virarmos esta página da história do Rio Grande que a cada dia que passa, a cada ano que se vai, o Rio Grande cresce como cola de cavalo, perde posições para outras unidades da federação e para nossos vizinhos, Santa Catariana e Paraná. É hora de o Rio Grande voltar a ser referência positiva, voltar a ser vanguarda, retirar o Rio Grande do atoleiro, para o caminho do desenvolvimento e do crescimento. E para isso se faz necessária uma administração trabalhista. Agradecer a todos os convencionais, não só os 600 que me honraram, mas os que votaram em branco ou que optaram pelo Aldo, quero dizer que preciso de todos vocês, que conto com cada um de vocês, para que possamos fazer uma jornada que eu tenho certeza vai ficar marcada para sempre na história do nosso partido. Lá em outubro, Lasier, temos um encontro marcado com a vitória. Tu serás, eu tenho certeza, um grande senador, tem todos os atributos para nos honrar na câmara alta em Brasília e vai me ajudar, porque vou precisar de ti lá em Brasília lutando para reeguer o Rio Grande. Aqui, no Palácio Piratini estaremos realizando uma administração que a exemplo da de Brizola e Collares, tambem haverá de ficar marcada como uma das grandes páginas politico administrativa do Rio Grande do Sul. Vou me dedicar a esta campanha como um leão, vou percorrer o Rio Grande de norte a sul, de leste a oeste, meus adversários podem esperar muito trabalho, vamos palmilhar este Rio Grande, com um programa de governo consistente, responsável, que dê resposta aos grandes problemas e desafios que o nosso estado enfrenta, a começar pela educação, para voltar a ser referência. Muito obrigado, de coração, a esta oportunidade. Durante os 38 encontros as pessoas diziam, parabéns Vieira pela coragem, pelo teu sacrifício. Sacrifício coisa nenhuma, vai ser uma honra andar com esta bandeira tremulando estado a fora, batendo de porta em porta, como disse em meu discurso de abertura, e quero concluir com esta frase, vou me apresentar, vou dizer, muito prazer, dona Maria, seu João, aqui é Vieira da Cunha, candidato a governador do PDT, o partido de Leonel Brizola. Muito obrigado, vamos à luta, vamos à vitória.
Lasier Martins
Companheiros de partido, estamos vivendo um momento significativo, obrigado a reconhecer que estou emocionado, é um momento de muitas emoções. Estou vivendo a arrancada para a eleição de Vieira da Cunha e a cruzada para a recolocação do PDT no lugar que ele merece. O Vieira discorreu sobre um conjunto de datas significativas, datas fechadas, diferença de 10 anos, o que sinaliza que no ano de 2014 está para acontecer alguma coisa especial para o PDT, que vai ser o ano da volta do PDT ao Palácio Piratini. Antes de continuar, quero chamar aqui os meus familiares, porque vivi um momento crucial da minha vida profissional, recebia muitas críticas de telespectadores e eu tinha que dizer a todos que o meu ciclo na comunicação social estava encerrado, muitos me diziam porque você que critica tanto não vai para dentro, é difícil mas não impossível contribuir para mudanças na politica nacional, que tem sido desvirtuada por alguns, não todos. Meus familiares estiveram ao meu lada, minha esposa, Janice, minha filha Marla, meu netinho Lourenço, o João Pedro, meu primo, engenheiro Volnei Amaro, meu filho Lasier Junior, meu genro, Teresa, minha sobra, fiz questão de chamá-los porque nos momentos difíceis de criticas, me incentivaram a sair da comunicação, da zona de conforto que realmente estava muito bem confortável, sob todos os aspectos, mas sempre orientei minha vida, para mais cedo ou mais tarde, ingressar na politica. Vou me esforçar muito, sei que vou me incomodar muito porque tenho discordâncias de muitas coisas que vejo na politica e todos aqui sabem o que são. Daqui para a frente o trabalho será longo, estamos formando importante comissão para formatar o programa de governo, economistas, gestores públicos, sociólogos, administradores, vão nos ajudar a formalizar um projeto de governo viável, convincente, que ajude a tirar do buraco este estado que já foi grande e se apequenou muito, hoje é o estado mais endividado do Brasil, perde espaço para Mato Grosso, Goiás, Santa Catarina, para Pernambuco, que já foi no inicio da década de 70 primeiro lugar em educação, hoje está em oitavo lugar, a educação que é linha mestra do programa partidária, do qual, sendo eleito, Vieira vai se empenhar para reverter esse quadro. Então, com bom programa de governo, com vibração, maturidade, Vieira está pronto para mudar os que não acreditaram ou não acreditam nas coligações, que estão apenas aguardando para ver como se comporta a proposta de Vieira nos próximos meses, temos muita receptividade nos encontros, na semana passada recebemos 6 presidentes de partido, todos prontos para aderirem ao nosso programa. Uma coisa eu quero pedir aos que discordavam da candidatura própria, que a partir de agora não se leia mais nos noticiários que o PDT está rachado, essas manchetes sempre nos entristeceram e precisam desaparecer, até porque, sendo o PDT um partido democrático, ele prega aos seus filiados que deve prevalecer a vontade da maioria, que foi plasmada nas 38 reuniões das coordenadorias, unanimidade, como hoje, nesta convenção, isto significa que a partir de hoje a unidade do partido é importante para que se reconstrua um PDT grande, cada vez maior, porque eu repito o que havia dito antes, alimento esperança de até as eleições de outubro do ano que vem ver o PDT como o maior partido do estado. Então, todos os que não são filiados, filiem-se, ajudem, convidem amigos, parentes, porque um partido com 300 mil filiados, terá respeitabilidade e união porque vamos precisar do trabalho de todos. Só nos, Vieira e eu, os candidatos a deputados, não bastam para garantir esta eleição, precisamos de todos, e todos o que se aproximam de nós com um sorriso, um abraço, precisam dar sua contribuição. Precisamos trabalhar muito a partir de agora, porque os adversários são respeitáveis, mas como disse o Vieira, o partido que está ponteando as pesquisas, é um partido identificado com a Arena, o partido que apoiou a ditadura militar, que prendeu, torturou, matou os trabalhistas. E o partido que está no governo não conseguiu decolar, aquela esperança que todos depositaram no eleito que venceu no primeiro turno é de que haveria um alinhamento das estrelas, mas não aconteceu. Os auxílios ao governo estadual foram insignificantes....temos que atender a saúde que mostra sua precariedade nas emergências dos hospitais, na falta de unidades de tratamento urgente, na segurança publica, que mais chama atenção para a evolução da criminalidade, pela falta de presídios, enquanto que aquele apoio que sustenta o estado, que é a produção primaria de uma sociedade agrária não pode ser apenas o sustentáculo de nossa economia e não tem recebido apoio, apenas de maneira ínfima e vai precisar de apoio. Tudo isso está sendo pensado para o programa de governo de Vieira da Cunha. Além do mais, quando os idealizadores do trabalhismo, GetuÚlio, Pasqualini, Jango, Brizoola, sempre se falou na promoção social, na busca do bem estar social e não tem acontecido, senão minimamente e com muita demagogia, bastaria ver que dizem que o Brasil é a sétima economia do mundo, mas a ONU faz pesquisa e o IDH na qualidade de vida dos brasileiros é 82º., identificando um abismo entre a sétima economia e a pobreza dos brasileiros, um país rico de muita gente pobre, isso só pode ser solucionado por politicas sérias, sem esbanjamento de recursos, por economia de gastos de secretarias, de CCs, de busca de recursos onde estiverem. Será um trabalho árduo, mas como disse o Vieira, o PDT é um partido de produtividade, os seus líderes mostraram ao longo da história soluções que encontram agora um ombro diferente, não mais na época da criação do PTB, na época da locomotiva a vapor, das máquinas, agora vivemos outra época, a conectividade por banda larga que une o mundo o tempo todo, das redes sociais e redes de comércio, este mundo digital, onde precisa ser incorporado um PDT moderno, reescrever os seus compromissos mas nunca esquecendo o trabalhador. Como bem disse Pasqualini, nas suas diretrizes para o partido, “o trabalho é a origem das riquezas”, sem trabalho não teremos um Brasil grande e um estado do Rio Grande do Sul grande. Todos teremos muito trabalho e haveremos de assumir o governo com ponto de partido e exemplo desse trabalho.

Debate antecedeu escolha do PDT

Reeleito por aclamação para mais dois anos na presidência do PDT pelos mais de mil convencionais que lotaram o auditório Dante Barone, na Assembleia Legislativa, Romildo Bolzan Junior conduziu durante uma hora e meia os debates que defenderam a candidatura própria ou a coligação com o PT. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, participou da convenção, ao lado de expressivas lideranças trabalhistas: o ex-governador Alceu Collares, o ex-deputado Aldo Pinto, o neto de Jango, Christopher Goulart, a deputada Juliana Brizola, o prefeito de Giruá, Fabian Tomas, o vice-presidente do Banrisul, Flavio Lammel, os deputados Vinícius Ribeiro, Diógenes Basegio e Décio Franzen.
Na defesa da candidatura própria se revezaram da tribuna o líder da bancada do PDT, deputado Gerson Burmann, o deputado federal Enio Bacci, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, o deputado Gilmar Sossella e o secretário municipal do Trabalho, ex-deputado Pompeo de Mattos. Pela coligação com o PT, o secretário do Gabinete dos Prefeitos, Afonso Motta, o prefeito de Garruchos, Carlos Cardinal, o secretário do Esporte e Lazer, Kalil Sehbe, o prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves, e o secretário da Saúde, Ciro Simoni.
Encerraram a primeira parte da convenção as manifestações dos dois pré-candidatos ao governo, Aldo Pinto e Vieira da Cunha, e também o pré-candidato ao senado, jornalista Lasier Martins.
Um partido histórico, as legendárias figuras que construíram a trajetória trabalhista foram citadas nas argumentações das duas teses políticas. Getúlio, Jango e Brizola inspiraram as manifestações que buscaram o convencimento dos convencionais, mas todos convergindo para a unidade partidária depois de definida a posição do partido em 2014.
Neste momento, os convencionais estão votando pela escolha da candidatura própria ou coligação com o PT e, também, escolhendo entre os dois pré-candidatos ao governo, Vieira da Cunha e Aldo Pinto.

Corrupção inviabiliza PT

Aos 53 anos, o deputado federal Vieira da Cunha, pré-candidato ao governo do Rio Grande do Sul, inicialmente recapitulou os roteiros partidários que durante o ano pavimentaram a tese do protagonismo do PDT na disputa eleitoral de 2014. “Ouvindo as bases do partido, ficamos convencidos de que o PDT queria candidatura própria”, disse o ex-presidente da Assembleia Legislativa que cumpre seu segundo mandato na Câmara Federal. Elogiou a disposição de Aldo Pinto para a disputa e argumentou que os autênticos trabalhistas querem levantar a bandeira do PDT sem constrangimento, “porque constrangido está o PT com toda a sua cúpula nacional atrás das grades, presa por corrupção”. Segundo Vieira, “nessa canoa furada nós não vamos entrar”, mostrando os números de pesquisa do Instituto Methodus onde 77,6% dos gaúchos não têm opção para o governo do Estado e ele aparece com o menor índice de rejeição e com 5% de preferência para o governo do Estado. Revelou que em pesquisa interna do partido, em junho, pontuava 3,5% e agora saltou para 7,5% da preferência. Mas a verdadeira candidatura inviável, garantiu Vieira, é a do governador Tarso Genro que, conforme a pesquisa, 58,6% dos gaúchos não querem que ocupe o Palácio Piratini pelos próximos quatro anos. Criticou a precariedade da educação no Estado e questionou se os professores votarão em Tarso depois do descumprimento do pagamento do piso nacional dos professores. Sobre a escola de tempo integral, disse que será o seu primeiro ato de governo. Falou da falta de competitividade da economia gaúcha, que perde para os estados da região Sul e reafirmou a força do PDT depois das vitórias municipais em 2012, especialmente em Porto Alegre e Caxias do Sul. Pronto para assumir o desafio, Vieira pediu o voto de confiança dos convencionais.

Sete minutos na TV

Na sua manifestação, o pré-candidato ao Senado, jornalista Lasier Martins, disse que o PDT deveria se posicionar por dois caminhos: da subserviência, submissão e dependência, ou o caminho da altivez, independência, autonomia e protagonismo, “que é o caminho da candidatura própria”. Invocando a grandeza do PDT, que conhece desde pequeno pelos vínculos paternos com o trabalhismo, o comunicador fez uma leitura histórica dos compromissos de Getúlio com a classe trabalhadora, referindo-se aos direitos trabalhistas. Da criação do PTB por Getúlio, em 1945, e sua refundação no PDT, por Brizola, em 1980, Lasier destacou a trajetória de coerência da sigla que ele considera “o modelo partidário brasileiro”. Entusiasmado com a dinâmica interna do PDT, o pré-candidato ao Senado lembrou dos senadores Salgado Filho e Alberto Pasqualini, “o doutrinador do trabalhismo” e o último senador que representou a legenda no Senado Federal, na década de 50 do século passado. Segundo Lasier, Brizola foi o “governador da educação”com a construção, num único governo, de 6.302 escolas, destacando ainda Darcy Ribeiro, o ex-governador Alceu Collares e o prefeito José Fortunati, resumindo nessas expressões políticas a vontade da militância em assumir uma candidatura própria. “O partido tem tamanho para isso”, disse aos convencionais, afastando o atrelamento a outra sigla partidária e garantindo que sua pré-candidatura é apenas para a hipótese de candidatura própria. A biografia do deputado Vieira da Cunha, continuou Martins, garante as condições para a disputa eleitoral, especialmente porque, antecipou, as conversações com outras siglas poderão resultar em até sete minutos de tempo de televisão para a exposição do projeto trabalhista de poder no Rio Grande do Sul. O ex-deputado federal e candidato pelo PDT ao governo do Estado em 1986, Aldo Pinto, falou ao lado da deputada mais votada da legenda, Juliana Brizola. Disse que seu sangue é trabalhista e que, por isso, quer continuar sua trajetória pessoal de construção e proposição dentro do partido.
Assessoria de Imprensa do PDT
Jornalista Francis Maia - Reg.Prof. 5.130
Dia 07\12\201

Barnabés
Os barnabés tão putos com o magrão. aqui uma manifestação na frente da prefa dias atrás.

A COPA ESTÁ EM RISCO

CARLOS CHAGAS

Acendeu o sinal vermelho no grande semáforo nacional, por conta da bestialidade verificada em Joinville entre vândalos das torcidas do Vasco e do Atlético-Paraná, seguindo-se às virulentas manifestações dos black-blocs no Rio, São Paulo e outras capitais, semanas atrás. Muitos governos da Europa, América, Ásia e até África recomendarão a seus naturais que evitem vir ao Brasil para assistir os jogos da Copa do Mundo, ano que vem. Isso no mínimo, porque no máximo já tem gente sugerindo o boicote ao certame, ou seja, que suas seleções de futebol deixem de comparecer. É claro que a FIFA se exaspera, perderia caminhões de dinheiro nessa hipótese. Mas a inquietação se generaliza.
Por conta de uma minoria de animais a sociedade inteira é posta em xeque. O que acontecerá quando a bola começar a rolar, sabendo-se que os embates entre torcidas são planejados em detalhes? Some-se os protestos ditos pacíficos de parte da população indignada com os exorbitantes gastos para a construção e reforma dos estádios. Poderão ser evitados distúrbios, depredações, assaltos e invasões?
Seria excelente a mobilização dos órgãos de informação e inteligência para prevenir a baderna. Bem como a preparação das forças policiais para a proteção das multidões previstas para assistir as partidas. O que não dá é pretender que sejam normais essas demonstrações de vandalismo. Muito menos botar a culpa nos comunistas. Eles escoaram pelo ralo, faz algum tempo.
De duas, uma: ou os governos federal, estaduais e municipais tomam providências imediatas a fim de garantir a realização da Copa ou será o fracasso. Imagine-se ainda, em 2016, como o Rio se apresentará como palco das próximas Olimpíadas?
O episódio de Joinville ainda revelou aspecto singular da realidade nacional: a segurança no estádio daquele cidade foi terceirizada. Afastou-se das arquibancadas a Polícia Militar, em favor de uns tantos homens de preto que nem para caçar alienígenas serviram. Certas atividades constituem obrigação do poder público.
COMEÇOU A FESTA
Esta parece a última semana de trabalho no Congresso. A partir de quinta-feira, deputados e senadores tomam o rumo de suas bases ou aproveitam para viajar ao exterior. Nada está previsto para a próxima semana, muito menos para a que celebrará o Natal. Depois, só em fevereiro.
O clima político não apresenta características de congraçamento, paz e amor, às vésperas do acirramento das campanhas para a presidência da República, ano que vem. Mesmo assim, até os candidatos vão dar uma parada. Dilma viaja para a praia, na Bahia, antes do Ano Novo, devendo demorar-se por dez dias. A maioria de seus ministros também aproveita. Até no Judiciário a ordem é refluir, para irritação de Joaquim Barbosa. Mesmo ele, porem, examina a possibilidade de uma esticada nos Estados Unidos.

NA ROTA DO LITORAL

A UNESUL FAZ O TRANSPORTE DOLITORAL NORTE DO ESTADO. OS ONIBUS SÃO CONFORTÁVEIS, SEGUROS E HIGIENIZADOS. ALGUNS PASSAGEIROS É QUE SÃO ' PORCOS' NO SENTIDO DE QUE NÃO CUIDAM DOS BANCOS E AFINS.

NA SEGUNDA NA VOLTA DE TORRES REGISTREI ALGUMAS CENAS DAS RODOVIARIAS ENTRE TORRES E OSÓRIO.

Coletiva da Fiergs

O presidente daFiergs,Heitor Muller, apresentou neste meio dia a perspectiva para 2014 e o que se deu em 2013.

Não fez um cenário assombroso de crise, mas também não deixou um mar de rosas pela frente.

queixou-se do piso regional que está com a assembléia legislativa que segundo ele é uma casa política, não economica.

Disse que o RS está desacelerando....

e pediu que os economistas vistam as ' sandálias da humildade', ou seja, que não façam muitas previsões otimistas por aí.

Mas não fez também previsões catastróficas sobre o cenário de 2014. Disse que a entidade não tem previsões de fechamento de postos de trabalho.previu a criação de 85 mil novos empregos, dos quais 20.600 nas previsões mais pessimistas e nas mais otimistas 90.500 empregos novos postos de trabalho em geral dos quais cerca de 23 mil no setor da indústria.

GARGALOS

Batendo sempre nos gargalos de escoamento, Heitor Muller disse que se a produção primária gaúcha aumentar muito nos próximos anos haverá dificuldades de escoamento. Esta é uma tecla que os industriários tem insistido nos últimos anos.

Mas este é umfato, conforme o líder classista que atinge todo o pais. Estes tempos, disse ele, o tempo de demora de caminhões no porto de Paranagua, no estado do Paraná, estava em dias dias. Os caminhões preferiram ir até Rio Grande, onde a demora era menor, 10 dias.

Este problema com gargalos de escoamento e produção de energia foi um tema debatido por Heitor Muller. Ele lembrou que 70% da energia consumida no RS ' vem de fora",ou seja não éproduzida no Estado:

- Serão construídos mais parques eolicos no Estado, mas os parques eolicos não são suficientes para energia se houver escassez, disse Muller.

O presidente da Fiergs reiterou que 56% dos municipios gaúchos tem apresentado queda no número de habitantes o que é segundo ele prova de que os jovens estão deixando estas comunidades e procurando centros populacionais maiores.

Muller que hoje, dia 10, deveria estar em Brasilia,participando dos debates das negociações entre Brasil e Argentina seguiu pela tarde para a capital federal.

Coleguinhas

anda dura a lei no correinho e afins. hoje na hora do almoço o reporter da guaíba, a reporter do correio e afotografa não comeram porque chegou o carro. quando chega o carro eles tem que interromper tudo e voltar. o carro não pode ficar esperando e tem mais correio e radio guaiba andam gtodos juntinhos. a lei do bispo pegou pesado na caldas. quem te viu, quem te ve.

Coleguinhas

a assessoria de imprensa da federasul reclamou do grupo sinos porque não deram uma linha da coletiva de fim de ano do presidente ricardo russowsky que foi so pauleira no governador e reclamação em geral.

o reporter nem fez materia. disseram pra ele não bater uma linha. o jornal não concordou com o pau no tarso. então é assim: se hay go bierno, estamos ao lado dele.

Coleguinhas

Mazzarino não torra....

Coleguinhas

Mais chato que um blogueiro que gosta de blogs bons pra se inspirar....vai trabalhar vaga bundo, como dizia o filme do hugo carvana....

Coleguinhas

O gelson me reclamava quando um certo jornal se pautava pelo que ele mandava de buenos aires sobre a ditadura. eu dizia: gelson, tu não conhece coleguinha...vivem ' chupando' os outros orgãos de imprensa.


Tuma Jr. descreve indústria de dossiê e acusa Lula de ter sido informante do Dops
da Livraria da Folha

Romeu Tuma Júnior descreve em seu livro, 'Assassinato de Reputações', uma indústria de dossiês encabeçada pelo PT e afirma que Lula, enquanto sindicalista, era colaborador de Romeu Tuma, então delegado do Dops.

Coleguinhas

As três coleguinhas da TVE vão embora do almoço na Fiergs, hoje, dia 10, carregando seus 'tocos' que desta vez foi uma mochila 'carregável'.

Viu Mazzarino, se tu tivesses vindo ao regabofe, terias ganho uma maleta pra autocarregar, porque mala precisa ser carregada!

O DISCRETO CHARME DAS COLEGUINHAS NA COLETIVA DA FIERGS


Balala Campos na coletiva da Fiergs...

Conheço a Balala desde quando era casada com o Sérgio Quintana, nos anos 70...
Quem fez ela fazer televisão foi a Célia Ribeiro, quando estava no Jornal do Almoço, da então TV Gaúcha. Hoje a Balala trabalha com assessoria de imprensa.


Lizemara Prates

Conhecida repórter da Rádio Guaíba foi demitida de lá e foi pra Band, onde está se firmando muito. Tem viajado e está ocupando um espaço que era muito do ' PADRE' Ritter(leia-se Affonso Ritter), mas a Lizemara, a Lize, dos intimos, fica mais na área rural, até porque é filha de produtores e trabalhou na imprensa da Federasul. Mas é muito competente no que faz.

Autor revela como são tratados os desafetos políticos do governo

O autor de 'Assassinato de Reputações' conta que Lula usava codinome Barba para passar informações e foi um 'preso especial' no Departamento de Ordem Política e Social.
Tuma Jr. deixou o governo em 2010, quando seu nome foi ligado à máfia chinesa. O ex-secretário Nacional de Justiça diz que se tornou vítima ao se recusar a pôr em prática métodos de alguns figurões do governo.
'Assassinato de Reputações' reúne provas do grampo telefônico no STF e apresenta um exame sobre o caso Celso Daniel, prefeito de Santo André assassinado em 2002.
O objetivo real de operações como a Trovão, a Chacal e a Satiagraha e a ação de órgãos de segurança institucional, como a Polícia Federal e a ABIN, também são examinados por Tuma Jr.
'Assassinato de Reputações' tem lançamento previsto para o dia 10 deste mês e está em pré-venda na Livraria da Folha.

Tuma Junior revela em livro segredos sórdidos do poder
Entre os assuntos abordados está a conta do mensalão nas Ilhas Cayman

APARELHO CLANDESTINO - Romeu Tuma Junior: 'Recebi ordens para produzir e esquentar dossiês contra uma lista inteira de adversários do governo' (Paulo Vitale)
A Secretaria Nacional de Justiça é um posto estratégico no organograma de poder em Brasília. Os arquivos do órgão guardam informações confidenciais de outros países, listas de contas bancárias de investigados e documentos protegidos por rigorosos acordos internacionais. Cercado por poderosos interesses, esse universo de informações confere ao seu controlador acesso aos mais restritos gabinetes de ministros e a responsabilidade sobre assuntos caros ao próprio presidente da República. Durante três anos, o delegado de polícia Romeu Tuma Junior conviveu diariamente com as pressões de comandar essa estrutura, cuja mais delicada tarefa era coordenar as equipes para rastrear e recuperar no exterior dinheiro desviado por políticos e empresários corruptos. Pela natureza de suas atividades, Tuma ouviu confidências e teve contato com alguns dos segredos mais bem guardados do país, mas também experimentou um outro lado do poder — um lado sem escrúpulos, sem lei, no qual o governo é usado para proteger os amigos e triturar aqueles que são considerados inimigos. Entre 2007 e 2010, período em que comandou a secretaria, o delegado testemunhou o funcionamento desse aparelho clandestino que usava as engrenagens oficiais do Estado para fustigar os adversários.
As revelações de Tuma sobre esse lado escuro do governo estão reunidas no livro Assassinato de Reputações — Um Crime de Estado (Topbooks; 557 páginas; 69,90 reais), que chega às livrarias nesta semana. Idealizado inicialmente para desconstruir a campanha de difamação de que o autor foi vítima (Tuma foi demitido do governo sob a acusação de manter relações com contrabandistas), o livro, escrito em parceria com o jornalista Claudio Tognolli, professor de duas universidades em São Paulo, pescou mais fundo das memórias do autor: "Entrevistei Tuma Junior seis dias por semana durante dois anos. Ele queria uma obra baseada na revelação de fatos, queria que a publicação do livro o levasse ao Congresso para depor nas comissões, onde ele poderia mostrar documentos que não tiveram lugar no livro na sua inteireza". Fica a sugestão.
O senhor diz no livro que descobriu a conta do mensalão no exterior
Eu descobri a conta do mensalão nas Ilhas Cayman, mas o governo e a Polícia Federal não quiseram investigar. Quando entrei no DRCI, encontrei engavetado um pedido de cooperação internacional do governo brasileiro às Ilhas Cayman para apurar a existência de uma conta do José Dirceu no Caribe. Nesse pedido, o governo solicitava informações sobre a conta não para investigar o mensalão, mas para provar que o Dirceu tinha sido vítima de calúnia, porque a VEJA tinha publicado uma lista do Daniel Dantas com contas dos petistas no exterior. O que o governo não esperava é que Cayman respondesse confirmando a possibilidade de existência da conta. Quer dizer: a autoridade de Cayman fala que está disposta a cooperar e aí o governo brasileiro recua? É um absurdo...

Minha neta Helena

Minha neta, Helena, aos cinco anos completos!

 

Dos colegas!

Olides
Estou chocado e lamento a morte do Gelson, grande colega e amigo.
Abraço,
Armando.

O enterro do Gelson nesta segunda no cemitério Campo Bonito, em Torres.


Gelson morreu na noite de sábado, segundo a família, de uma ataque do coração.



Colaborou muito aqui neste site.


 

TONIOLO BUSNELLO REALIZA DIA DA QUALIDADE

A Toniolo Busnello reuniu cerca de 500 colaboradores do Rio Grande do Sul e de outros Estados em que possui canteiros de obras durante a nona edição do Dia da Qualidade. O evento foi realizado no OK Center, em Novo Hamburgo com o objetivo de possibilitar a troca de informações e experiências sobre a Gestão da Qualidade. Neste ano, o tema foi “O que é bom para a TB é bom para você” demonstrando a preocupação da empresa em tratar questões como Segurança, Desempenho e Resultados sob a ótica do seu quadro funcional.

EXCLUSÕES EM VEZ DE PREFERÊNCIAS

por Carlos Chagas

É dever do ser humano ter preferências, jamais exclusões. Sob essa evidência deveria transcorrer a próxima sucessão presidencial, com cada partido, grupo social e até cada eleitor manifestando suas inclinações por este ou aquele candidato, mas certos, todos, do direito de a maioria decidir democraticamente em quem votar, respeitando-se a decisão final. Infelizmente, os ventos parecem soprar no sentido oposto. Apesar dos esforços de Aécio Neves em traçar para a esquadrilha dos tucanos um plano de voo comum, cresce na seção paulista do PSDB a tendência da radicalização. Ou o candidato será José Serra ou eles não brincam mais. Fernando Henrique e Aloísio Nunes Ferreira são exceções, pois aceitam quem as bases nacionais vierem a indicar. Não excluem Aécio, ao contrário do grupo majoritário de desvairados dispostos a não abrir mão da indicação geográfica. No Partido Socialista, encena-se a mesma tragédia. Uns impõem que o candidato tem que ser Eduardo Campos, presidente do partido e lançado bem antes da adesão de Marina Silva, não obstante ela dispor de muito maior potencial de votos. O viés ideológico marca essa divisão que só faz aumentar, levando à conclusão de que a continuarem as coisas como vão, logo o governador tornará pública a exclusão da ex-senadora. E vice-versa. Seria diferente no PT? Nem pensar. A vez é de Dilma, tem repetido o Lula, sem que suas exortações consigam aplacar a ânsia da maioria de companheiros desiludidos com a presidente, ou temerosos de que ela possa ser derrotada num segundo turno. Assim, à maneira do mingau quente que se come pelas beiradas, vão enfiando sua colher no prato e preparando manifestações em torno do “Volta, Lula!”, como acontecerá na próxima semana. Mais uma vez, a prática é da exclusão dos adversários internos, acima e além da manifestação de suas inclinações. Daqui até outubro os ânimos poderão exaltar-se, caso não baixe sobre os partidos aquele espírito conciliatório que em outros idos marcou as disputas presidenciais. Fica difícil saber até onde o “racha” poderá desenvolver-se, certamente alcançando seu clímax nas convenções partidárias previstas para o primeiro semestre de 2014. Persistindo os conflitos dentro de cada legenda, a previsão é de que quem quer que venha a ser eleito encontrará sérias dificuldades para governar, de dentro e de fora de seus partidos. Uma pena, quando as preferências são substituídas pelas exclusões.

Amigo Jornalista Olides Canton:

Quando são exatamente 12 horas e 54 minutos, aterrizou no Aério Porto de São Borja, uma aeronave da Força Aéria Brasileira, conduzindo os restos mortais do Ex-Presidente João Goulart, autoridade e familiares. Jango vai receber as honras militares e depois seu restos mortais serão levados pelos Bombeiros até a Catedral de São Borja, onde haverá uma cerimônia religiosa e ato continuo o sepultamento no jazigo da família Goulart, no Cemitério Jardim da Paz. Grande número de autoridades e populares se preparam para o início das homenagens póstumas na Terra natal de João Goulart.

A Cavalaria da Brigada Militar, ajuda na organização do transito, enquanto as autoridades aproveitam para manter suas relações interpessoais, uma representação do Exército se prepara para o início das solenidades. O esquife do Presidente é conduzido para fora do avião e uma viatura vai se deslocar para carregar o caixão. Inicia uma salva de tiro de Fuzil. Seguido pela tocata da marcha fúnebre pela Banda do Exército e a continência ao Chefe de Estado. A seguir está começando o cortejo em direção ao centro da cidade. Está saindo neste momento o Corpo de Bombeiros e a Cavalaria da Brigada Militar. A população de São Borja que moram ao longo donde vai passar o cortejo saíram para rua para assistir a referida passeata.
Ramão Aguilar.

Roteiro do Findi

A OMISSÃO DE HOJE E A REVOLTA DE AMANHÃ

por Carlos Chagas

Ético é aquele que a qualquer preço vence a competição? Justo, quem impõe sua vontade, seja pela força, seja pela esperteza? O governante que mobilizou maiorias parlamentares ou multidões desavisadas através da corrupção ou de artifícios demagógicos, terá produzido a Lei acorde com os anseios e as necessidades gerais? O Bem-comum deve ceder aos interesses de grupos que se apoderaram das instituições? O Direito nada mais será do que a prevalência do mais forte sobre o mais fraco?

Seria bom encontrar mecanismos para evitar essas distorções, de resto centenárias, para que a nova sucessão presidencial não venha a prestar-se, mais uma vez, a enganar os trouxas que somos nós, a maior parte da população brasileira.

Porque qualquer que venha a ser o vencedor da eleição, parecem todos os candidatos imbuídos da concepção de constituir-se na melhor e até única solução para o país, sem necessidade de ouvir aqueles que, na teoria, seriam os responsáveis pela escolha do vencedor. Soberba, arrogância e egoísmo embotaram e travestiram as definições de Ética, Justiça, Lei, Bem-comum e Direito, que precisavam ser cultivadas pelos pretendentes ao palácio do Planalto. Até agora nenhum deles, da dupla Lula-Dilma ao duo Aécio Neves-José Serra ou Eduardo Campos-Marina Silva, lembraram-se de consultar a nação a respeito de suas carências e inclinações. No máximo, mesmo sem terem até agora apresentado programas de governo, querem conquistar votos. Enfiar goela abaixo do eleitorado seus próprios modelos, tênues definições e pálidas propostas.

Uns prometem continuar tudo como está, na perigosa mistura do assistencialismo com fatias cada vez maiores de neoliberalismo. Outros sustentam a volta aos tempos da prevalência completa do capitalismo selvagem e do desmonte de conquistas até agora pouco claras. Há também os que se dividem entre promessas de prestigiar o ambientalismo da imobilidade ou vir em socorro da parte do empresariado sempre disposta a tirar vantagem da inoperância do poder público. Quem quiser que vista a carapuça, mas a verdade é que ninguém se preocupa em detectar aquilo que a população efetivamente deseja e necessita. Participação não é palavra constante de seus dicionários. Estão disseminando a semente de uma revolta que inevitavelmente virá, mesmo podendo ser-nos negado o prazer de testemunhá-la.

CONSELHOS QUE O VENTO LEVA

O vento e o tempo, acrescente-se:

“Quanto o passado é expulso pela porta, tenta voltar entrando pela janela” (para o deputado Jair Bolsonaro).

“Estamos sempre chegando atrasados aos acontecimentos, mas acabamos chegando” (para o governador José Serra).

“A luz se estende de tal maneira sobre a indignação das pessoas que quando menos se espera haverá uma explosão” (para o senador Randolfo Rodrigues).

“A dúvida não é um agradável estado de espírito, mas a certeza é ridícula” (para o Lula)

“Certos grupos não podem entrar para um partido a não ser como um rebanho bovino entra num estábulo” (para o Solidariedade e outras legendas em formação).

“A Terra só se transformará num paraíso quando o Céu for destruído” (para alguns pastores evangélicos).

Os pensamentos adaptados acima, e outros que buscaremos apresentar em sequência, são todos de Voltaire, leitura sempre oportuna ´para comparações.

BANDA MUNICIPAL E NEI LISBOA FECHAM O ANO COM CONCERTO

O encontro do “Senhor do Bom Fim”, Nei Lisboa, com a Banda Municipal de Porto Alegre vai acontecer no dia 8 de dezembro, domingo, às 18h, no Auditório Araújo Vianna. A entrada é franca, com as senhas trocadas por um brinquedo. A Banda Municipal terá a regência do maestro Gilberto Salvagni.

Roteiro do Findi

BANDA MUNICIPAL E NEI LISBOA FECHAM O ANO COM CONCERTO

O encontro do “Senhor do Bom Fim”, Nei Lisboa, com a Banda Municipal de Porto Alegre vai acontecer no dia 8 de dezembro, domingo, às 18h, no Auditório Araújo Vianna. A entrada é franca, com as senhas trocadas por um brinquedo. A Banda Municipal terá a regência do maestro Gilberto Salvagni.
Este encontro vai resgatar os velhos tempos em que ambos ocupavam o Araújo Vianna. A Banda Municipal ensaiava na Sala Radamés Gnatalli, enquanto Nei fazia seus shows no palco principal do Auditório.
Nascido em Caxias do Sul, mas com uma trajetória musical toda desenvolvida em Porto Alegre, Nei fez seu primeiro show em 1979. Quatro anos depois, lança seu primeiro disco, “Pra Viajar no Cosmos Não Precisa Gasolina”, uma produção independente que foi bancada pelo sistema de venda de bônus. De lá pra cá, foram mais oito discos, além do décimo trabalho, que está sendo lançado agora, chamado “A Vida Inteira”.
No repertório, clássicos da carreira de Nei como “Verão em Calcutá”, “Berlin Bom Fim”, “Baladas” e Por Aí”, entre outras.

SERVIÇO

BANDA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE & NEI LISBOA

DIA 08 DE DEZEMBRO – DOMINGO – 18H

AUDITÓRIO ARAÚJO VIANNA

ENTRADA: UM BRINQUEDO

Paulo Moreira
Assessoria de Imprensa
Coordenação de Música
Secretaria Municipal da Cultura
tel. (51) 3289 8119 – 9995-9729
e-mail: cm@smc.prefpoa.com.br
site: www.portoalegre.rs.gov.br/smc
Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro
Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar.

O BARRANCO PASSADO A LIMPO!


O garção Sadi Oliveira aposentou-se desde março da churrascaria Barranco.

É um dos ' búfalos' mais antigos que trabalhava na casa. Sadi ficou por lá quase 40 anos.

Era dos Correios e começou fazendo bico no Barranco,quando ficou por lá toda sua vida.

Cesar Tasca é outro dos garçãos e churrasqueiros que começou a vida na tradicional churrascaria da Protásio.

Suas histórias vão estar num livro que sairá brevemente


Gerson Oliveira, Cesar Tasca, e Sadi Oliveira, mais um amigo na comemoração de hoje ao meio-dia



Os irmãos Gerson e Sadi

Fotos da Cidade



bluseiro da rua da Praia. ele fica ali onde antigamente chamavam de largo da merda, porque se reuniam os políticos pra falar mal do governo, ou seja, na ladeira com rua da praia. o músico toca seus blues e sempre tem alguém que deixa uns pilas pro cara ali.



A colunista Rosane de Oliveira e sua filha

Serginho Araujo no batente da ALRS.


Serginho sabe muitos histórias de eleições porque acompanhou muitos políticos em campanha.

Abduções por extraterrestres: tudo começou no Brasil

Talvez poucos leitores saibam que o primeiro caso de abdução por seres extraterrestres que ganhou notoriedade internacional tenha ocorrido no Brasil, em 1957. É a história de Antônio Villas Boas, um fazendeiro do oeste de Minas que conta que, na noite de 16 de outubro, enquanto arava o campo, foi sequestrado contra a sua vontade por ETs medindo em torno de 1,5 metro.
A história tem três pontos interessantes: 1) ocorreu antes do famoso caso americano da abdução de Betty e Barney Hill, em 1961; 2) Antônio teve relações sexuais com uma atraente fêmea de cabelos brancos, pelos púbicos vermelhos e olhos azuis no formato dos de um gato, que o seduziu para se reproduzir com um terrestre; 3) Antônio exibiu queimaduras que, ao serem examinadas por um médico, mostraram-se clinicamente semelhantes às provocadas por materiais radioativos.
O que levou muitos, especialmente no exterior, a acreditar na história é que consideravam improvável que um "humilde" fazendeiro fosse capaz de elaborar uma narrativa tão complexa. Na verdade, Antônio não era assim tão humilde: além de a sua família possuir muitas terras, formou-se em advocacia, que praticou até sua morte em 1992.
A maioria dos cientistas nega que abduções sejam relatos reais, considerando-as, quando não pura invenção, produto de estados psicológicos anormais, causados por tendências a fantasiar, estados auto hipnóticos, síndrome de falsa memória, paralisia durante o sono ou algum tipo de psicopatologia.
O pesquisador americano Peter Rogerson questionou a veracidade do relato de Villas Boas, argumentando que um artigo sobre abduções havia sido publicado na popular revista "O Cruzeiro" em novembro de 1957; segundo ele, a história de Villas Boas começou a ganhar impulso apenas no início de 1958. Fora isso, argumentou que Villas Boas havia sido influenciado pelas narrativas sensacionalistas do ufólogo George Adamski, populares nos anos 50. Infelizmente, Adamski foi desmascarado como um farsante.
A maioria das narrativas de abdução tem elementos em comum com a de Villas Boas: sequestro para uma nave alienígena, exames médicos sobre reprodução ou de natureza sexual, marcas misteriosas deixadas no corpo. Existem mitologias datando de milhares de anos, por exemplo, na Suméria, em torno de 2400 a.C., na qual um demônio em forma masculina (incubo) ou feminina (súcubo) seduz um humano durante o sono. Santo Agostinho e São Tomás de Aquino escreveram sobre demônios que seduzem humanos. Exemplos semelhantes ocorrem no folclore de várias partes do mundo.
A estrela mais próxima da Terra está a aproximadamente 4 anos-luz daqui. Nossa espaçonave mais rápida demoraria uns 100 mil anos para chegar lá. Se ETs vieram aqui, teriam que ter tecnologias para fazer viagens interestelares e não serem detectados, visto que relatos de abdução atingem os milhares.
Os ETs parecem ter sérias dificuldade de entender nosso sistema reprodutor, dada a sua insistência nos mesmo experimentos. O paleontólogo J. William Schopf escreveu que "asserções extraordinárias necessitam de provas extraordinárias". No caso das abduções, explicações mais ordinárias dominam a ausência de provas extraordinárias.
Folha de S. Paulo - 24/11/2013 - 01h45
Marcelo Gleiser é professor de física e astronomia do Dartmouth College, em Hanover (EUA). É vencedor de dois prêmios Jabuti e autor, mais recentemente, de "Criação Imperfeita". Escreve aos domingos na versão impressa de "Ciência".

HERDEIROS DE CARAMURU – Percival Puggina – 23/11/2013
"Agora tem o Brasil das mulheres e o Brasil dos homens até nos discursos das autoridades, o Brasil dos negros, o Brasil dos brancos e o Brasil dos pardos, o Brasil dos héteros e o Brasil dos gays, o Brasil dos evangélicos e o Brasil dos católicos, Brasil com bolsa família e Brasil sem bolsa família e nem sei mais quantas categorias, tudo dividido direitinho e entremeado de animosidades, todo mundo agora dispõe de várias categorias para odiar! A depender do caso, o sujeito está mais para uma delas do que para essa conversa de Brasil, esquece esse negócio de Brasil, não tem mais nada disso!" João Ubaldo Ribeiro
O fato é que Cabral não tocou direto para as Índias. Tivesse seguido o riscado, o Brasil de hoje seria o paraíso tropical com que sonham alguns ambientalistas, antropólogos e militantes de qualquer tese que possa gerar encrenca. Os índios do mato continuariam disputando território a flechadas com os do litoral, que índio também gosta de praia, e os portugueses, sem quaisquer remorsos, comeriam seu bacalhau no Campo dos Cebolas. Mas os navegadores lusitanos (assim como os espanhóis) eram abelhudos e iniciaram seu turismo pelos sete mares. Os primeiros descobriram o Brasil e os segundos descobriram tudo ao redor do Brasil.
Bem feito, quem mandou? Agora temos que conviver com leituras da história que nos levaram à situação descrita por João Ubaldo Ribeiro. Segundo elas, até o século 15, o zoneamento era perfeito - brancos na Europa, negros na África, índios na América e amarelos na Ásia. Cada macaco no seu galho. No entanto, graças à bisbilhotice ibérica, estamos nós, herdeiros de Caramuru, com contas imensas a pagar porque os justiceiros da história adoram acertos e indenizações promovidos com os bens alheios. Entre elas, a conta dos índios. Como é fácil fazer justiça expropriando os outros!
O princípio segundo o qual o Brasil era dos índios e deles foi tomado pelos portugueses ganhou sensível impulso com os preceitos do artigo 231 da Constituição de 1988. Mas se o princípio estivesse correto e se quaisquer direitos originais de posse pudessem ser invocados, não sei se alguém, no mundo de hoje, ficaria onde está. Não me refiro sequer aos primeiros fluxos migratórios através dos milênios. Refiro-me às mais recentes e incontáveis invasões e guerras de conquista que marcam a história dos povos. E note-se que as guerras de conquista não geravam indenizações aos vencidos, mas espólios aos vencedores.
Faço estas observações diante do que está em curso em nosso país com os processos de demarcação de terras indígenas. É o próprio Estado brasileiro, através de suas agências, reclamando por extensões mais do que latifundiárias e jogando nas estradas e na miséria legiões de produtores e suas famílias. É o braço do Estado gerando novas hostilidades no ambiente rural do país (como se já não bastassem as estripulias do MST). Índios e não índios merecem ser tratados com igual dignidade. Mas não se pode fazer justiça criando injustiça, nem se pode cuidar do país entregando o país. Não existem outras "nações" dentro da nação brasileira. E é exatamente isso que está em curso, sob pressão de uma difusa mas ativa conspiração internacional, conjugada com o CIMI e a FUNAI, que quer o Brasil e os brasileiros longe da Amazônia, por exemplo.
Índio não é bicho para ser preservado na idade da pedra lascada, como cobaia de antropólogos, num apartheid que desrespeita o natural processo evolutivo. Ou armazenado, como garrafa de vinho, numerado e rotulado, com designação de origem controlada.
* Percival Puggina (68) é arquiteto, empresário, escritor, titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país, autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia e Pombas e Gaviões, membro do grupo Pensar
Como morreu Jango? Faça a sua escolha... (*)
O importante para os embusteiros do Foro de São Paulo é satanizar mais uma vez as Forças Armadas,
taxando-as de assassinas, e enaltecer um falso herói,
que levou o Brasil à anarquia junto com o cunhado carbonário Leonel Brizola.
A exumação do corpo do ex-presidente João Goulart começou como uma comédia: ainda não se sabe se os restos mortais de Jango, que receberam honras de chefe de Estado em Brasília, são dele próprio. Sobre a exumação das ossadas em si - segundo corre na internet -, o grande achado até agora foi um par de guampas dentro do caixão do defunto...
Brincadeiras à parte, o que se pode esperar do resultado da exumação do corpo de Jango, se os médicos peritos são todos esquerdistas a serviço do Foro de São Paulo? Afinal quem são os tais peritos, vindos de Cuba, da Argentina, do Uruguai, além dos brasileiros? Ora, todos eles são legítimos representantes da assassina Cuba comunista dos manos terroristas Fidel e Raúl Castro e seu serviço secreto, do Brasil da VAR-Palmares da terrorista Dilma Rousseff, da Argentina dos montoneros de Cristina Kirchner, do Uruguai dos tupamaros do terrorista José Alberto Mujica Cordano (“Pepe Muica”).
Com esse time exumando o corpo de Jango, a mando de governantes terroristas e simpatizantes do terrorismo de quatro países, o embuste está garantido. Um dos “peritos” de Cuba que ajudou nos trabalhos de exumação das ossadas de Jango já havia também "exumado" o corpo de Che Guevara. Como se sabe, os ossos encontrados na Bolívia não pertencem a Che Guevara, mas quem se importa com isso? Qualquer mentira serve para eternizar o mito cucaracha, como é o caso da falsa ossada levada ao mausoléu de Santa Clara, em Cuba, para a veneração de San Ernesto Guevara de la Serna y Lynch, feita por idiotas do mundo inteiro.
“Segundo a história oficial, divulgada pelo governo cubano, os restos do guerrilheiro foram desenterrados de uma cova na Bolívia em 1997, e levados para um mausoléu na cidade de Santa Clara, em Cuba. O corpo de Che foi encontrado em uma cova com outros seis guerrilheiros e portava a sua jaqueta verde, o que ajudou na identificação” (NARLOCH, 2011: 309). (1)
No entanto, segundo depoimento de militares que acompanharam o enterro de Che em 1967, ele foi enterrado sozinho, ou, no máximo, com mais dois defuntos.
“Gustavo Villoldo, um oficial americano de alta patente que estava em Vallegrande e participou da operação, conta: ‘Eu enterrei Che Guevara. Ele não foi cremado; não o permiti, assim como me opus terminantemente à mutilação de seu corpo. Na madrugada do dia seguinte, transportei um cadáver numa caminhonete, junto com os de mais dois guerrilheiros. Eu estava acompanhado de um motorista boliviano e de um tenente chamado Barrientos, se não me engano. Fomos até o campo de pouso e ali enterramos os corpos” (idem, pg. 309-310).
O episódio dos ossos de Che foi conduzido muito rápido, sem testes de DNA, sem muita explicação, como ocorre com todo embuste esquerdista travestido de resgate histórico. Na época, escrevi um texto sarcástico sobre o assunto, Las viudas de Che.
No final, a respeito da exumação do corpo de Jango, não importa aos “peritos” qual seja a causa mortis, desde que não seja por enfarto do miocárdio ou cirrose hepática. O importante para os embusteiros do Foro de São Paulo é satanizar mais uma vez as Forças Armadas, taxando-as de assassinas, e enaltecer um falso herói, que levou o Brasil à anarquia junto com o cunhado carbonário Leonel Brizola.
Sabe-se, com toda certeza, que Jango tinha sérios problemas cardíacos em seu exílio no Uruguai, agravados por causa de uma alimentação inadequada, com muito churrasco, destilados em excesso e por levar uma vida devassa, como afirmou Márcio Moreira Alves: “Achava-o oportunista, instável, politicamente desonesto... Aparecia bêbado em público, deixava-se manobrar por cupinchas corruptos... e tinha uma grande tendência gaúcha para putas e farras” (ALVES, 1974: 51-52). (2)
Como numa prova do ENEM, a exumação de Jango é uma simples questão de múltipla escolha, direcionada ideologicamente.
Questão única sobre a morte de Jango:
Jango morreu
( ) por envenenamento,
( ) com tiro na nuca,
( ) com tiro no coração,
( ) degolado à moda maragata.
Faça a sua escolha, para checar mais tarde com o resultado do sorteio que será feito pelos embusteiros de jaleco branco, contratados a peso de ouro pela famigerada Comissão Nacional da Vergonha (CNV), erroneamente denominada de Comissão Nacional da Verdade.
Notas:
(1) NARLOCH, Leandro; TEIXEIRA, Duda. Guia politicamente incorreto da América Latina. Leya, São Paulo, 2011.
(2) ALVES, Márcio Moreira. O Despertar da Revolução Brasileira. Seara Nova, Lisboa, 1974.
(*)Usina de Letras - Escrito por Félix Maier | 20 Novembro 2013 – 11:50

Mazzarino

Li,agora,estarrecido a coluna do ' devasso' de encantado....aquela história do motel de santa cruz é de arrepiar. comprem o antena. vale pela coluna do ex-editor de o Guaxo, o jornal mais lido,outrora, do vale do taquari.(olides)

COSTA DO SAUIPE

aPROXIMA-SE O DIA 6 DE DEZEMBRO, SEXTA QUE VEM QUANDO NA COSTA DO SAUIPE SERÃO SORTEADOS OS LOCAIS ONDE CADA SELEÇÃO VAI JOGAR...

E NA PREFA DE PORTO ALEGRE, O COLEGUINHA CLAUDIO DIENSTMANN SE REMOE PORQUE ELE QUE QUERIA IR PELA PREFA PRA ACOMPANHAR JÁ QUE TRABALHA NA SECOPA.

MAS O CHEFÃO FLAVIO DUTRA ESCOLHEU UM ' BRUXINHO' DELE PRA IR.


ESPERA-SE DESDOBRAMENTOS!

 

EPTC apresenta planejamento para acesso de torcedores na Copa
27/11/2013 18:21:00

Também foi apresentado o andamento das obras no Beira-Rio

Foi apresentado durante reunião da Câmara Temática de Infraestrutura Esportiva, o plano de acesso dos torcedores ao Estádio Beira-Rio durante a Copa do Mundo Fifa 2014. O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, explicou como será a chegada no estádio nos dias dos jogos que serão realizados em Porto Alegre.

Como o acesso de carro até o estádio não é permitido, a EPTC está realizando convênios para a utilização dos estacionamentos do Shopping Praia de Belas, Centro Administrativo, Parque Mauricio Sirotsky Sobrinho e PUCRS, o que totalizará 12 mil vagas. A partir deste último, os torcedores terão transporte gratuito até o local onde serão realizados os jogos na Capital. Além disso, o Estacionamento da Orla do Guaíba ficará à disposição de ônibus.

A cidade contará com um centro de informações situado no viaduto Dom Pedro I, e o apoio de 50 voluntários no entorno do Beira-Rio nos dias de jogos.

A gerente de projetos do Inter, Carla Ritter, mostrou os avanços da modernização do Estádio Beira-Rio, que tem previsão de conclusão para dezembro de 2013. Utilizando fotos, a gerente apresentou o desenvolvimento das obras na parte interna do estádio com a instalação de 18 mil cadeiras nas arquibancadas, bem como a construção do edifício garagem. Ela também destacou a evolução da cobertura, lembrando que na última semana os operários da Andrade Gutierrez concluíram o içamento da estrutura metálica e já iniciaram a colocação das membranas, que somam seis. Um dos pontos destacados foi o trabalho minucioso que está sendo feito para a colocação das mesmas.

O gerente do Comitê Organizador Local (COL) em Porto Alegre, Paulo Jukoski (Paulão), esteve na reunião e elogiou a organização de Porto Alegre. “Tenho participado de reuniões com a Fifa e as outras cidades-sede e, Porto Alegre está de parabéns pelo envolvimento inclusive nos pequenos detalhes”, comentou.

Quatro jornalistas prestam depoimento na CPI da Invasão

Vereadores que integram a CPI da Invasão da Câmara Municipal de Porto Alegre colheram o depoimento de quatro jornalistas na manhã desta quinta-feira (28/11). O relator da comissão, Márcio Bins Ely (PDT), questionou a todos acerca das impressões relativas à ofensa à liberdade de imprensa e expressão durante a invasão do Legislativo, ocorrida de 10 a 18 de julho de 2013.

Sul 21
O primeiro a falar foi o fotógrafo Ramiro Furquim, do jornal eletrônico Sul 21. Ele afirmou ter visto vários jornalistas dentro da Câmara. Mesmo assim, reconheceu que alguns veículos de imprensa foram impedidos de entrar. “Sei que a Zero Hora e a RBS não conseguiram entrar. Na verdade, entraram e foram hostilizados, mas ninguém bateu neles. Tentei interceder a respeito de uma repórter do Correio do Povo, mas o pessoal não concordou. Eles fizeram o credenciamento deles.”

Furquim comentou o episódio envolvendo Elson Sempé Pedroso, fotógrafo da Câmara. “Não vi a agressão, mas vi as imagens. Isso foi lamentável, mas acho que foi um fato isolado. Conversei com os ativistas sobre o modo de tratar a imprensa. Disse que isso não era interessante para o bom debate que eles estavam fazendo a respeito do transporte público”, salientou.

Sobre possíveis depredações do patrimônio, Furquim contou que não viu nada pichado ou quebrado. “Vi um pessoal muito organizado e com boa vontade de deixar tudo como estava antes da ocupação. Aproveito para dizer que considero que foi uma ocupação, dado o contexto das manifestações, da luta pelo passe livre e pelos esclarecimentos sobre o valor da passagem de ônibus. Chamo de ocupação porque 30 mil pessoas saíram às ruas de Porto Alegre e esta Casa sequer cogitou convidá-los a entrar aqui.”

ÚLTIMAS

ZE CAIU FORA

DE FONTE SEGURA - O REPORTER POLITICO JCTERLERA - O EX-PREFA DE CAXIAS CAIU FORA DE SER CANDIDATO A GOVERNADOR. ISTO EXPLICARIA SUA NÃO IDA AO ENCONTRO DE MICHEL TEMMER DIAS ATRÁS...

*FOI POR ISTO QUE O EX-DEPUTADO MENDES RIBEIRO DISSE QUE ZE IVO SARTORI AO NÃO IR NO MINIMO ESTAVA DIZENDO QUE NÃO QUERIA SER GOVERNADOR. MENDES RIBEIRO DEVERIA JÁ SABER QUE ZE IVO TINHA DESISITIDO, SE É QUE ALGUMA VEZ ELE FOI CANDIDATO.

LOJAS POMPÉIA

COMEM O MINGAU

PELAS BORDAS


Carmen Ferrão, das Lojas Pompéia e uma coleguinha aos fundos na Federasul esta manhã

- Gente, estou cansada e tenho ainda uma hora pra falar lá encima....

Assim, a diretora das Lojas Pompéia, que no dia 1 próximo completa 60 anos , Carmem Ferrão terminou sua coletiva hoje ao meio dia na Federasul. A ' loira' de olhos azuis, que mais poderia parecer a um ET que descesse ali ser uma atriz de cinema norteamericano,estava falando grosso e sério sobre o extraordinário crescimento das Lojas Poméia, nascidas há 60 anos, como uma simples lojinha em Camaquã - que dizem ser a cidade mais sexy gaúcha -onde a primeira venda não foi propriamente aquilo que as lojas vendem hoje em dia - produtos pra casa e pra mulheres - e sim uma gravata.

- A gravata nós não conseguimos de volta, contou Carmem, sempre bem humorada(na medida do possível)mas fizemos lá no Museu temos uma réplica da primeira venda do meu pai, fundador da empresa,(Lins Ferrão) uma ' sombra' que perdura a toda hora na memória da filha que agora dirige, junto com um irmão que cuida da parte administrativa e financeira, do conglomerado.Quando pergunto a Carmem, que é da segunda geração da empresa, quem ela está preparando pra dirigir as Lojas pompéia, ela desconversa. Mas um observador mais atento poderia achar que é a filha Ana Luiza, a quem ela passou as Lojas Gang, compradas pela Pompéia, pra dirigir e que participou da coletiva de hoje ao meio-dia.

EXPANSÃO

Carmem anunciou a expansão das Lojas Pompéia e também das Lojas Gang - que a Pompéia comprou poucos meses atrás, por um valor não revelado.

- Não revelamos números, somos uma empresa fechada mas posso dizer que nosso crescimento em 2013 sobre o ano passado deverá girar nos 15%,.disse a empresária.

Nascida Casa Pimenta, o nome mudaria depois porque um dia estando em São Paulo, Lins Ferrão viu uma loja de Carros com este nome e gostou. Pesquisou e ficou então sabendo que a marca pra loja de tecidos tinha um registro da São Paulo Alpargatas, de quem ele comprava pra revender Congas(alguém ai ainda lembra das congas??) e calças USTOP.

- Ele escreveu uma carta pra São Paulo Alpargatas que liberou o uso do nome, contou Carmem, lamentando que esta carta foi perdida:
- Esta sim eu quero ter pra por no museu, comentou.

A Pompéia é hoje fruto,segundo Carmem, de muita seriedade:
- Pagamos sempre nossos funcionários em dia, disse ela.

E deu a dica do sucesso das lojas que dirige:
- sangue, suor e paixão!

E acrescentou:

- Muito trabalho e muita dedicação!

Os clientes das Lojas Pompéia são hoje principalmente mulheres na faixa etária dos 25 aos 50 anos, de classes sociais B,C e D.
Ela referiu-se com carinho a Loja lo calizado onde era o antigo Cinema Porno Carlos Gomes, em frente a Igreja do Rosário, na Vigário José Inácio.

- quando nós encontramos aquele ponto aquilo já não era o cinema, era uma igreja evangélica,comentou Carmem.

Revelando ter herdado no DNA os dotes intuitivos de negócios do pai, o fundador, Carmem acrescenta que agora as Lojas Pompéia vão partir pra e-commerce, ou seja, venda pela internet. Eles querem que em oito dias os produtos comprados pelos clientes estejam no local de entrega.

- mesmo que o comprador seja do Mato Grosso, onde a loja parece estar mirando...

BAIRRISTAS

As lojas Pompéia são bairristas, no sentido de que não passaram o rio Mampituba!

No RS existem 70 lojas da Pompéia, totalizando 3.100 funcionários. Já as Lojas Gang, adquiridas recentemente, tem 37 lojas e 325 funcionários.

Sobre a aquisição da Gang, Carmem informou que quem teve a iniciativa foi o ex-dono, Silvio Sibemberg.

- Ele disse que gostaria que suas lojas fossem vendidas pruma empresa que fosse cuidar delas.

A primeira coisa que Carmem fez foi mudar o bordão das Lojas Gang, de A LOJA QUE TE ENTENDE, pra a loja que me entende.

No dia domingo, dia 1 de dezembro, a Pompéia vai comemorar os 60 anos com um evento no Pepsi On Stage, onde tocarão o Rock de Galpão e haverá ainda um show de J QUEST..

Carmem diz que tem confirmados 3.500 clientes.
Da geração que fundou a Loja, ainda resta um irmão do Lins Ferrão, a quem Carmem chama de " Tio Dema". Aos 84 anos, ele ainda está ativo na empresa.

Coleguinhas

Renato Oliveira correspondente da Guaíba em Santa Maria - trabalha também na rádio Guarantã - esteve em Porto Alegre pra receber um prêmio. Passou na salinha JCTerlera da ALRS e contou como foi que ficou sabendo da tragédia da Kiss. Segundo o mesmo, eram 4 e meia da matina daquele domingo de janeiro, quando foi acordado por uma colega de Porto Alegre avisando -o da tragédia. E também um bombeiro que já estava na boite o avisou. Ele viu muitos corpos sendo arrastados pra fora da boite, mortos, quando amanhecia.

Outra grande cobertura da qual participou foi numa invasão do MST em São Sepé. Ele se deslocou pra lá e quando chegou não tinha nada de polícia, a não ser uma viatura da PRF. Ele que alertou pra gravidade da situação. Renato( na foto, o mais velho, está acompanhado do filho)

Justiça absolve Edir Macedo de crime de falsidade ideológica

Publicado em Terça, 26 Novembro 2013 18:33
Escrito por Comunicação - TRF4

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve, em julgamento realizado na tarde desta terça-feira, 26, a absolvição do religioso Edir Macedo Bezerra, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e da TV Record, dos crimes de uso de documento falso e falsidade ideológica. A decisão da 7ª Turma foi unânime.

Edir Macedo responde processo criminal desde 2005, quando foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) e pelo bispo Marcelo Nascentes Pires por falsificação de uma procuração outorgada pelo último. Este alega que Macedo teria inserido informações diversas na procuração, bem como utilizado o documento para alterar o contrato social da TV Vale Itajaí (SC), excluindo-o da sociedade contra sua vontade.

O MPF e Pires recorreram no tribunal após a Justiça Federal de Itajaí absolver Edir Macedo e Honorilton Gonçalves da Costa, também réu na ação, por ausência de provas.
A relatora da ação, juíza federal Salise Monteiro Sanchotene, convocada para atuar no tribunal, afirmou que, embora existam suspeitas, a condenação criminal não pode ser embasada em presunções ou conjecturas sobre a existência da fraude.

“Não se ignora serem suspeitas a inserção de designação de empresa com denominação inexistente à época da outorga de poderes (Televisão Xanxerê Ltda., cujo nome surgiu em 1998, sendo o instrumento de mandato de 1996), a autenticação de firma do outorgante após 6 anos da confecção do documento e a concessão de amplos poderes de gestão em favor de quem assevera dedicar-se somente a questões de natureza espiritual, relacionada à Igreja da qual é fundador e principal liderança”, escreveu Salise.

Entretanto, a juíza ressaltou que não há comprovação de que as cotas transferidas pertenceriam, efetivamente, a Marcelo Nascentes Pires, o qual não teria capacidade econômica para integrar quadro societário de emissora filiada de televisão. “De tal fato se extrai fundada dúvida de que o intuito do mandante, ao repassar procuração com abrangentes poderes de gestão de bens e espaço passível de ser posteriormente preenchido, era mesmo, à época da confecção do documento, o de permitir operações como as que se sucederam, não havendo falar em falso ideológico”, concluiu.

Dura lex, sed lex nele ! A lei é dura, mas é a lei !

Então ele estava só fazendo cena e assumindo a posição de vítima? A falta de pudor e de compostura do ex-presidente do PT
só é comparável à sua covardia moralE é este o homem que a Câmara quer aposentar por invalidez,
pagando-lhe R$ 26,7 mil mensais até o final da vida.

Ao se vitimizar de modo falso, Zé Genoíno induziu muita gente ao erro e incentivou os áulicos conhecidos e desconhecidos a questionar até mesmo a autoridade do STF

A Junta médica formada por cinco professores da Universidade de Brasília emitiu laudo nesta tarde de terça-feira, revelando que a cardiopatia do deputado federal José Genoino (PT-SP) "não se caracteriza como grave".

O laudo foi entregue ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, que pode suspender a concessão temporária de prisão domiciliar dada a Genoino.

O diagnóstico afirma não ser imprescindível "permanência domiciliar fixa do paciente".

Caso siga a lei, Zé Genoíno terá que ser enviado de novo para o cárcere da Papuda.

Dos leitores!

Há sites/blogs que brilham mais.
O povo de São Borja e os bastidores da vida
do saudoso Lauro Schirmer que o digam...

Balaustre Jr

 

Shoppings e eleições no Chile

Antonio Augusto Bandeira

Pois desta feita, Don Antonio passou um domingo de eleições no Chile! Shoppings fechados, comércio não viu nas ruas em que pese poderem abrir´.Caminhou bastante, usufruindo a beleza de Santiago. As duas principais candidatas, uma da esquerda e outra da direita, segundo o guia local ,eram amigas...

Shoppings diversos, Don. Antonio conheceu três: Arauco, com suas lojas de grifes, num parque lindo e Costanera onde foi dois dias. O terceiro era pequeno e quase defronte ao seu hotel.

Almoçou num restaurante italiano excelente no Costanera, quinto andar,e perguntando se haviam cinemas foi informado de que estavam no sexto andar.

-Mas como, se este é o último e o quinto?
-Caminhe nesta direção e o senhor vai encontrar mais andar onde estão as salas de cinema! foi a resposta ouvida.

Pois Antonio caminhou, caminhou, e descobriu o sexto andar...Doze salas de cinema...

No seu hotel, no dia das eleições, estava dando entrevista um dos candidatos (foram dez) para Presidente que ficou em quarto local. Televisão, gente caminhando, fotógrafos...Candidato independente...

Depois Don Antonio ficou sabendo que ele e seu irmão tinham um programa de televisão de bastante audiência.

Carris

tentei falar com um motora do T-7 na terça de noite,dia das demissões. ele não quis papo. estãocom medo de informantes espalhados pelas linhas. mas neste dia a frota do t-7 foi reduzida em 30%;
o motora apenas disse que as demissões foram feitas por outros motivos e não por roubo. quem tem as provas dos roubos???

(carris 1)

Mas que a empresa andava meio na gandaia não tinha dúvidas. vi cada cena dentro dos ônibus entre motora e cobrador que deu pra notar que algo não vinha bem. parecia a casa da mãe joana. nas empresas privadas não é tanto.

Carris 2

sou fão da carris. tem onibus bons, com ar condicionado. fazem de tudo pra acabar com a companhia, mas não conseguem. teve um presidente lá tempos atrás no tempo do fogaça que vou te contar. ele andava com um piquete no ultimo acampamento levando a turma dele pra lá...fazendo oposição ao atual presidente sergio zimmermann

INTENTONA COMUNISTA

sobre este episódio da vida brasileira, no meu livro Getulio Vargas, Depoimento de um filho narro:

- A rebelião de Natal, no rio grande do norte, durou apenas cinco dias e a de recife foi imediatamente sufocada.

na manhã do dia 26 de novembro de 1935, os jornais davam destaque à decretação pelo governo do estado de sítio decretado por 30 dias em todo o país. o motivo deste decreto foi espantar o que se conveniou chama de ' insolência comunista'.

às tres da madrugada do dia 27 de novemb ro(1935) suble varam-se o Terceiro Regimento de Infantaria e a Escola de Aviação Militar. Desta forma estourara a ' primeira revolução comunista no Brasil". Ao amanhecer do dia 27, Getulio(Vargas) percorria os escombros da Escola de Aviação Militar,vitorioso, acompanhado do tenente-coronel Eduardo Gomes, que terminara o confronto ferido numa mão com um tiro de fuzil. O tiro foi desferido em Gomes pelo capitão Agliberto Vieira de Azevedo.

Os revoltosos do Terceiro Regimento de Infantaria resistiram até a uma e meia da tarde. Eram apenas 30 contra 500 oficiais e 1.700 soldados. O comandante da Primeira Região Militar , General Eurico Gaspar Dutra, negociava com o líder dos revoltosos, Agildo Barata Ribeiro. Às 11 horas da manhã, aviões sobrevoavam o Terceiro Regimento de Infantaria provocando os rebeldes que estavam derrotados.
- Quem é o filho da puta do Agildo Barata ?

- O Agildo Barata sou eu! O filho da puta és tu?

Dutra virou-se para o oficial e repreendeu-o.
Um palavrão, 25 mortoes e centenas de presos -depois transferidos à Ilha das
Flores -pôs fim ao movimento conhecido como " Intentona Comunista" - atenção os comunistas nunca gostaram do termo!

Sobre a intentona comunista mandei este recado hoje cedo ao mendelsky, na Guaíba

ola rogério. o teu ouvinte Marco Antõnio Longo sabe pouco da chamada ' intentona comunista'. que é aliás o nome dado pela reação, como diziam os comunas, e esclareço que não sou um deles.
mas admiro a figura histórica do prestes e acho que ele merece sim um memorial.

sobre a intentona tem um livro excelente do william waack...camaradas, mas é dificil de achar. nele o autor prova que houve sim o chamado ouro de moscou pra financiar a revolução no Brasil. abs e perdão que me estendi porque este longo me irritou. olides canton

Victor José Faccioni recebe homenagem outorga da medalha Assembleia Nacional Constituinte

clique aqui para ver

Roda viva

Dom Claudio Hummes que iria na roda viva não foi.

outra coisa: augusto nunes lembrou e perguntou porque o rabino sobel não tinha ido no enterro do wladimir herzog. ele desconversou e disse que tinha um compromisso no rio na OAB. ficou por isto. este rabino é um muçum ensaboado, como se diz lá no interior.

Coleguinhas


*Roberto Tavares da Guaíba teve enfisema e dupla pnemonia. está se recuperando. no seu lugar emplacou a yeda risco, que tá indo bem...

Desempenho dos reporteres no roda viva de segundaquando entrevistaram o rabino

1) Laura Grernhalgh, do Estadão. Foi bem, mas não soube apertar o rabino Sobel. ele já tinha dado uma entrevista pra ela, que acho que foi o gancho pra entrevista no roda viva.

2) Ana Virginia Balloussier- da Folha de são paulo. esta pra mim a melhor da bancada.quase foi escanteada diante da pergunta escabrosa que fez ao rabino sobre o roubo das gravatas.

3) Ricardo Kotcho: foi pra mim uma decepção!

4) José Gregori :
Como fora colega de luta no tempo da ditadura,levou livre o rabino. mas ele não tava lá pra fazer perguntas cabeludas. dá pra entender seu papel.


5) duda teixeira, da Veja: foi bem, perguntou bem. não foi muito incisivo, mas não se comprometeu.

6) augusto nunes o mediador: foi bem, contornou a pergunta cabeluda das gravatas, mas depois entrou no assunto.

não é por nada que é conhecido pelos colegas como ' senador'.

Blues


O ' NEGÃO' QUE MATOU A PAU NO DOMINGO PASSADO NO SANTANDER.
BLUSEIRO FAMOSO, FOI A PRIMEIRA VEZ QUE VEIO AO BRASIL. QUEM VIU, VIU, QUEM NÃO VIU, ACHO QUE ELE NÃO VOLTA. TEM 88 ANOS. AO DESCER, SE SEGURAVA NA ESCADA PRA NÃO CAIR...

Demissões na carris

Olha, que alguma coisa não vinha bem na Carris, há alguns anos que noto. sou usuário dos seus onibus, como muita gente...

Mas que estava neste nivel, ninguém desconfiava.

e se preparem tem rolos no transporte ai pra frente. os empresários querem aumento de tarifa pra dar aumenjto aos empregados. vem paralisões por ai.

demissões na carris(1)

ouvi agora na Guaíba um empregado dizendo que em 25 anos nunca tinha uma falta. agora foi demitido por justa causa....que situação do cara, esta!!!

Brasil 247 chama Paulo Henrique Amorim de 'blogueiro decadente'

Escrito por Redação Comunique-se

A entrevista concedida por Dilma Rousseff ao Brasil 247, cujo conteúdo foi publicado na última sexta, resultou em troca de ofensas entre os jornalistas Leonardo Attuch, que conversou com a presidente, e Paulo Henrique Amorim. O responsável pelo blog Conversa Afiada lamentou o fato de não ter, até o momento, conseguido uma exclusiva com a sucessora de Lula, além de disparar contra o diretor do 247.

Para Paulo Henrique Amorim, Attuch tem forte relação profissional com Daniel Dantas, banqueiro que já enfrentou investigações da Polícia Federal e chegou a ser preso, sendo liberado em duas oportunidades graças a habeas corpus aceitos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O apresentador do ‘Domingo Espetacular’, da Record, chegou a cravar que o empresário é o verdadeiro mantenedor do Brasil 247.

“Dizem que a Presidenta Dilma Rousseff deu uma entrevista EXCLUSIVA a um dos ‘braços’ do Daniel Dantas: é um site na internet que se esconde com a identificação ‘247’. O editor responsável, Leonardo Attuch, foi ou é funcionário de Dantas. O site se especializa em reproduzir textos não autorizados e, como Dantas, dissimula a origem das informações que publica”, criticou Amorim, em texto publicado no sábado, 23.

A postura de Amorim provocou a reação de Attuch, que, na manhã de domingo, destinou a manchete do seu site para chamar o colega de trabalho de “blogueiro decadente”, além de ser uma pessoa “com dor de cotovelo”. O diretor e do Brasil 247 aproveitou para se defender das acusações e garantir que Daniel Dantas não tem quaisquer relações com a página online. “A empresa pertence exclusivamente ao jornalista Leonardo Attuch e todos os documentos societários são públicos”.

“Paulo Henrique Amorim, no seu ‘chororô’, também insiste em outra mentira. Afirma que Leonardo foi ou é empregado de Daniel Dantas, dono do grupo Opportunity. Antes do 247, Attuch trabalhou nas redações de Veja, Exame, Correio Braziliense, Istoé e Istoé Dinheiro. Na cobertura da chamada ‘guerra das teles’, denunciou ilegalidades das operações Chacal e Satiagraha – já confirmadas pela Justiça – e foi duramente atacado por personagens como Amorim”, comentou o diretor do Brasil 247.

O PATINHO FEIO

Coube a uma reporter da FSP, cujo nome não lembro agora, fazer o papel de patinho feio na coletiva do roda viva desta segunda quando entrevistaram o ' seboso' rabino que agora vai pra miami...

Henri Sobel, que teve um papel importante no caso Wladimir Herzog - 1975 foi morto pela ditadura num episódio pra lá de conhecido - envolveu-se em 2007 num roubo de gravatas Armani...nem por isto ele deve ser crucificado.

mas ele não queria falar do assunto no roda viva. Já tinha falado pruma reporter do estadão a quem ele chamava de amiga...

a mulher - bonita por sinal - não tinha nada a ver com isto, mas eu gostei da colega da folha que foi tri séria e ficou querendo que ele falasse sobre o assunto. o mediador, o augusto nunes, chamado em são paulo pelos colegas de ' senador' contemporizou com o entrevistado num primeiro momento, mas depois quis voltar ao assunto.

e me surprrendeu o reporter da record, que foi porta voz do lula, que foi bem contemporizador com o rabino. Já o gregori, que foi ministro da justiça ligado ao dom paulo, desde o começo se mostrou amigo do entrevistado e não estava lá pra fazer saia justa.

de todos os entrevistadores, pra mim quando ganhou o trofeu foi a guria da folha de são paulo, que não brincou em serviço. não quero dizer que os demais brincaram. sempre sou a favor do reporter que banca o papel de patinho feio, daquele que não passa a mão por cima do entrevistado(Olides canton)

em tempo: este era o papel do josé mitchell quando o brizola voltou do exilio e ele ficava sempre nas coletivas querendo saber pra onde tinha ido o um milhão de dólares que fidel havia repassado pra revolução no Brasil. Brizola quase dava no mitchell, mas o colega sempre se manteve digno.

A fila anda(1)

adão oliveira é um dos bons comentaristas de politica atuais. e não digo isto por mim. o cesar tasca também le ele diarimente e tem esta mesma opinião

a fila anda(2)

que cara chato este Fabio Marçal da Guaíba. pra ele o mundo anda sempre terminado. po, de manhã cedo, é meio dose, ou então é qu e aposentado vejo o mundo mais ' colorido'. vai ver tomei um ..... e não tou sabendo...

a fila anda(3)

gosto do jeito que o ex-governador germano rigotto começa suas falas na band am. vou sempre escuitar a band agora as terças. o rigotinho tem um jeito não tão truculento de dar as noticias. existem muitos modos de dizer não, as vezes quems abe dizer um não com jeito sai até agradecido. era isto que o Lula fazia na presidencia.

a fila anda(4)

não convidem pro mesmo evento Cristopher goulart e a deputada Juliana b
Brizola.principalmente depois da exumação, deixou cicatrizes. a deputada largou de lá as l0 da matina do dia da exumação.q uando estava em porto alegre um assessor ligou pra são borja dizendo prum amigo que achavam que teriam que voltar porque não achavam o corpo do jango. vai ver foi o do tio Briza mesmo....

Dos leitores

Não atualiza mais o blog????

Prezado Mazzarino


O teu blog é o unico que ainda leio. gosto de aprender contigo como se puxa o saco dos prefas e afins

agradeço pela 'longa ' carta que tu mandou.

inté. outro momento. e não esqueça que encantado fica nas ' fraldas' de Serafina". Lamento apenas que na prefa de serafina ainda não tenham teu borderaux, porque estes dias me pediram teus contatos. assim que prova que não és tão importante naquela ' laboriosa' comunidade da enconsta superior do Nordeste do estado.

Mandei jornais na segunda.
m

Prezado rekern...pois eu acho que é tio....
também pouco importa, né.(Olides)

Foto do teu blog

Gonçalino de Carvalho, coronel da Brigada Militar e presidente do 14 de julho de Passo Fundo que aparece com o Maurício e o repórter Nelson José Moura em foto no teu blog, é o pai do Marco Aurélio Carvalho, chargista da ZH. Tu já tinhas publicado esta foto.
Renato Kern


 

Coleguinhas

*Sergio zambiazi, comunicador da farroupilha, não sabia da medalha que o colega Pedro Ernesto denardim receberia na assembléia hoje no fim da tarde.

*foi avisado por um coleguinha, mas não foi...

vaidades ou egos maiores????

Coleguinhas

o presidente da ARI, batista filho, esteve no ato da entrega da medalha merito farroupilha a pedro ernesto denardim.

*da gaúcha não tinha ninguém, a não ser um diretor da empresa.

*Os colegas nativistas homenagearam pedro ernesto. que se emocionou, foi às lagrimas e não conseguiu discursar.

*teve coquetel e tudo. o prefeito de caçapava do sul, Otomar vivian veio do municipio pra abraçar o narrador.

*todos sabem. pedro ernesto é gremista...

*joão chagas leite que cantou na homenagem, vestia por baixo uma camiste do gremio.

*quando cantaram querencia amada, as duas serviçais que estavam nos fundos acompanhavam a canção em altos brados.

*a fotografa Dulce hefner fez uma exposição de fotos do pedro ernesto que foi colocada durante a solenidade.

Homenagem a Pedro Ernesto

O narrador da gaúcha foi homenageado agora há pouco na assembléia legislativa. os amigos do nativismo foram,vi o joão de almeida neto, o elton saldanha, uma banda que toca com ele na gaúcha. o pedro ernesto se emocionou tanto que não conseguiu falar na hora que tinha que falar.

o presidente Pedro Whesphalen contou que uma vez tinha estragado o carro na Br-386 e ficou lá parado. de repente parou lá um cara, desceu e o foi socorrer. era o pedro ernesto que ia a Ijui narrar um jogo. são coisas de repórter.

nenhum colega seu do sala apareceu na homenagem...

colegas não são amigos.

Da memória de um repórter


A foto é de Santo Angelo, ou Três Passos. Pertence ao acervo do Assis Hoffmann.

Os dois repórteres da revista Manchete, Sergio Ros, falecido dias atrás, e Assis Hoffmann, que está internado numa clínica geriátrica.

Eles estavam 'perseguindo' - jornalisticamente falando - o coronel Jefferson Cardin, que tinha tomado Três Passos e feito um levante. Seu gesto não deu em nada, a não ser a tomada de uma rádio local - hoje pertencente a deputada Zilá Breitenbach , do PSDB - e posaram pra posteridade.

Memória de repórter


Nelson Moura na redação da Folha da tarde.

Gonçalino de Carvalho, coronel da Brigada Militar e presidente do 14 de julho de Passo Fundo e Maurício Sobrinho, da rádio Gaúcha, visitam o repórter Nelson José Moura na redação da Folha da Tarde. Anos 60.

Colaboração de Alenir Canton

Minha neta

minha neta fez festinha de niver no sábado. Liguei pra ela no domingo e não quis falar ao fone. estava entretida vendo os presentes que tinha ganho.

CHILE: O SEGUNDO TURNO DASELEIÇÕES ENTRE O BEM E O MAL

( a minha modesta opinião aqui de longe é que ganha a Bachelet por uma infima quantidade de votos...pelo simples motivo de que o Chile sempre se divide)

Olides. Aqui chove, temporal de repente... este material estava quase pronto e vi pela TV as duas dando entrevista... Resolvi mandar logo, ok. . Vou mandar outras sobre o que o povo acredita realmente das candidatas.
Gelson

De Santiago do Chile
Gelson Farias

Pela primeira vez na história do Chile, a Presidência do país será disputada por duas mulheres. Ao contrário do que apontavam as pesquisas, que davam vitória no primeiro turno para Michelle Bachelet, a candidata socialista não obteve 50% dos votos, que lhe garantiriam o cargo no palácio La Moneda. Com pouco mais de 46% dos votos, Bachelet terá de enfrentar, no dia 15 de dezembro, a governista Evelyn Matthei, que obteve 25% dos votos válidos. Esta é a segunda vez que Michelle Bachelet tenta comandar o Chile.


Bachelet teve 46,7% dos votos, contra 25% de Evelyn Matthei.
Em 2006 ela foi eleita a primeira mulher a governar o país. Impedida de se reeleger em 2010, ela optou por um segundo mandato para suceder SebastiánPiñera, a quem entregou o cargo nas últimas eleições.

A direita foi a grande derrotada nas eleições legislativas chilenas no domingo. A coalizão Aliança pelo Chile, do presidente SebastiánPiñera, perdeu sete cadeiras na Câmara dos Deputados e manteve o mesmo número de senadores, 16. Mas a União Democrata Independente (UDI), principal força política do bloco e legenda de Evelyn Matthei, que disputará o segundo turno para a Presidência com Michelle Bachelet, não conseguiu eleger alguns dos principais nomes de seus quadros, perdendo espaço para a Renovação Nacional (RN), considerada mais de centro.


Michele Bachelet com eleitores...

Já a oposicionista Nova Maioria, aliança de centro-esquerda de Michelle, aumentou em 11 o número de sua bancada na Câmara. No próximo governo, contará com 68 deputados, contra 48 da Aliança. E aumentou uma cadeira no Senado, passando de 21 para 22 integrantes. “A derrota da direita só não foi pior porque Bachelet não ganhou no primeiro turno, senão seria um cenário horrível para eles”, afirma o analista político PatricioNavia. Para ele, candidatos governistas perderam nas urnas “porque estão representando interesses de poucas pessoas, e não da maioria da população”, numa eleição marcada por agenda que abordou a questão da desigualdade social no país. “Os resultados do domingo mostram que a direita precisa se renovar, ter novos líderes. A força se moveu da UDI para a RN. Se Bachelet ganhar, será mais fácil dialogar com a RN”, afirmou a socióloga Kirsten Sehnbruch, professora da Universidade do Chile.Entre as derrotas da UDI, destaque para a do ex-ministro de Mineração, Laurence Golborne, que coordenou o resgate dos 33 mineiros em Copiapó, em 2010, e a do ex-prefeito de Santiago Pablo Zalaquett.


Evelyn Matthei,em entrevista para rádio TV e jornal El dia de Santiago.

Por sua vez, em entrevista em radio e pela TV, a candidata governista à Presidência do Chile, Evelyn Matthei, afirmou que se está iniciando um novo ciclo para o Chile. Matthei, ex-ministra do Trabalho do presidente SebastiánPiñera, sustentou que sua candidatura representa "um projeto para um país que está acima das ideologias".
"Enquanto eles e seus juízes de esquerda protegem com leis e ditames os direitos das pessoas que cometeram delitos, nós defendemos os direitos dos chilenos que desejam viver tranquilos", afirmou. Também sustentou que a esquerda representa o risco "de perder o progresso e o crescimento" conseguido durante o Governo de Piñera, devido a suas propostas de mudar a Constituição e de impulsionar uma reforma tributária "que prejudicará as pequenas e médias empresas" e de uma educação gratuita "que favorecerá os mais ricos".
Ela pediu, ao mesmo tempo, aos sete candidatos que ficaram fora do segundo turno para se somar a sua campanha.
"As portas desta candidatura estão abertas a todos os que queiram se unir (...), peço a todas as pessoas moderadas que não se silenciem e não deixem de crer que nosso sonho sim é possível", finalizou.

“Sabíamos que ganhar no primeiro turno seria difícil”, disse Bachelet, em discurso no domingo. ”Vamos trabalhar para ganhar com ampla vantagem em dezembro. Não tenho dúvidas de que vamos conseguir.” Matthei, da coalizão de centro direita Aliança, recebeu 25,01% dos votos.
“É um triunfo porque partimos de condições muito adversas”, disse Matthei. ”Os segundos turnos são bons porque ajudam a moderar o discurso e isso é algo que faz bem ao país.”

Aliados de Matthei apontam que o resultado da candidata na urna foi superior ao que mostravam as pesquisas mais recentes. Já o engenheiro Franco Parisi, que aparecia nas pesquisas de opinião como possível rival de Matthei para chegar ao segundo turno, ficou com apenas 10,12% dos votos. Ele acabou ficando em quarto lugar – atrás até mesmo do esquerdista Marco Enríquez-Ominami, que recebeu 10,96% dos votos.

Baixa participação

Cerca de 6,5 milhões de eleitores foram às urnas, o que corresponde à metade das pessoas registradas para votar no país. Este foi o primeiro pleito no Chile onde o voto não era obrigatório. Em 2009, 7,2 milhões de pessoas foram às urnas. O presidente chileno, SebastiánPiñera, disse acreditar que a participação nas eleições vai aumentar no segundo turno.

Os modelos propostos pelas candidatas são bastante opostos. Matthei defende o livre mercado e é conservadora em questões sociais, seguindo a política do atual governo de Piñera. Já Bachelet, que já presidiu o Chile entre 2006 e 2010, tem uma plataforma de esquerda, com propostas de reforma fiscal. Além disso, ela é mais liberal em questões sociais, e se mostra aberta a discutir questões como aborto, casamento gay e descriminalização da maconha.

 

DIREITOS DOS TRABALHADORES ESTÃO
SOB AMEAÇA, ALERTA CNPL

A Confederação Nacional das Profissões Liberais, CNPL, presidida pelo gaúcho Carlos Alberto Schmitt de Azevedo, debate nesta terça-feira (26) em Brasília, dois temas que, segundo o dirigente, atentam gravemente contra as conquistas e direitos adquiridos garantidos tanto pela CLT quanto pela Constituição Federal. O primeiro é a votação do projeto de lei sobre a terceirização e o outro a sanção pela presidente Dilma Rousseff de um Decreto-Lei que normatiza a criação de Cooperativas de Trabalho. ?Em ambos os casos, o que se observa é a tentativa de se precarizar as relações de trabalho no Brasil, enfraquecendo o movimento e a representação sindical, alerta. A CNPL é uma entidade de grau superior, que conta com uma estrutura sindical que abrange 27 federações filiadas, mais de 600 sindicatos representantes de 51 profissões e de cerca de 15 milhões de profissionais em todo o país.
Todt Comunicação

O DIALETO AFRICANO DA PALAVRA 'TANGO': LUGAR FECHADO
Foi comuma grande briga que a dança que conhecemos como Tango surgiu.

Olides. Cheguei hoje pela manhã aqui em Santiago. Estou de folga, no ap, onde terminei de fazer está matéria sobre o tango... Sim. Vou mandar amanhã ou quarta um bom material sobre o que os chilenos estão pensando em votar para o 2 turno, ok. A la chica foi embora no sábado pela manhã. Viajamos juntos... Passei o sábado e o domingo por lá e fizemos um churra. estava ela o filho e a mora... Vou mandar a foto. Tiramos na casa do filho, o Rodrigo. Ok A Enriqueta, Rodrigo e a nora, Isabel Urtado. Um forte abraço...


HENRIQUETA IN SU DOLCE FAR NIENTE....

De Santiago do Chile
Gelson Farias

Estando trabalhando em Santiago do Chile, há tempos que não escrevo algo novode Buenos Aires. Mas, neste fim de semana, dei uma passada por lá, uma breve estadia de reconhecimento à capital argentina, e pude trazer uma breve história da origem do Tango, como estilo musical e dança.Não posso garantir a veracidade dos fatos aqui narrados, até porque eu escutei essa história de umtanguista famoso aqui de Buenos Aires. Não sei quanto de lenda ou de verdade ouvi, mas como eu já tinha feito uma pesquisa sobre o assunto, me fez ver que, pelo menos, existe um grande sentido em tudo.Além disso, contada da forma como foi, a história sobre a origem do Tango se tornou uma das melhores narrativas que já ouvi. Passamos grande parte da madrugada ouvindo o Rafael Moreno, falando sobre a origem do tango, que duas garrafas de vinho, ficaram vazias... Sem dúvida, um exemplo de como a cultura é um reflexo fiel da sociedade, e como sua evolução se dá de forma tão aleatória e, ao mesmo tempo, lógica. Bom, o Tango, como música, nasceu graças a um mosquito... Ponto!


Calle 18 de Julio, em 1850, hoje Rivadavia...

Como jornalista, realizei inúmeras pesquisas sobre a origem do tango aqui em Buenos Aires apenas para meus conhecimentos. Pesquisar as origens do Tango é uma emocionante aventura que nos leva a penetrar no passado, de Buenos Aires, o acesso a um mundo distante, cheio de mistério. Existem por exemplo outros elementos estruturais definidas de Tango, esse gênero teve sua pré-história em 1880, quando a palavra “ Tango” já era utilizada como sinônimo de dança ou encontro festivo das pessoas. Como disse,conheci várias histórias sobre a origem do Tango, e esta é mais uma delas. Por exemplo: história de que o Tango surgiu aqui pelos imigrantes africanos... ( inclusive, uma matéria que igualmente já fiz para este blog ano passado ). De qualquer forma, vamos juntar todos os conhecimentos sobre a bela música e guardar estes elementos da história maravilhosa do “Tango”.

Na década de 1870, Buenos Aires atravessou uma das maiores epidemias de febre amarela de sua história ( matéria que já contei neste blog ). Não era a primeira vez que a capital portenha sofria com esse problema, nem foi a última. Mas para dar uma ideia da gravidade da situação, apenas no ano de 1871 os Argentinos testemunharam a morte de 14.000 pessoas, praticamente 10% da população em sua capital.Nesta época, um dos maiores focos da doença foi o bairro de San Telmo, no sul de Buenos Aires. Este bairro cresceu ao redor da Igreja de São Pedro Telmo.


San Telmo, sua feira de domingo e ao fundo a igreja... Onde tudo começou.

San Telmo é um dos mais antigos bairros da cidade( também matéria já desenvolvida para este blog ) e no início de sua história, prosperou em função do porto da Boca, o primeiro porto de Buenos Aires. Era um bairro habitado por famílias aristocráticas da capital. Contudo, com a epidemia de febre amarela, estas famílias iniciaram um processo de migração para o norte do país, abandonando suas casas, pequenos palacetes na cidade. Praticamente trinta anos se passaram e o bairro de San Telmo já havia se tornado um bairro fantasma. Porém, com o início da imigração dos europeus para a América do Sul, já no início do século XX, o cenário começou a mudar.Atraídos pela facilidade de se conseguir terras e com a propaganda do governo argentino que oferecia moradia gratuita aos imigrantes europeus, diversas famílias de espanhóis, italianos, franceses e ingleses eafricanos aportarem em terras portenhas. E, adivinhe, onde estava a moradia gratuita? Em San Telmo.As casas, que uma vez pertenceram aos aristocratas de Buenos Aires, abandonadas devido à febre amarela, foram doadas pelo governo portenho aos imigrantes. Contudo, onde uma família vivia no passado, entre seis e 10 famílias passaram a viver em torno de 1900.E não eram famílias que se conheciam. Não! Eram famílias que vinham de diferentes países europeus. Em cada quarto das mansões de San Telmo, uma família se abrigava. Espanhóis em um quarto, franceses em outros, italianos ao lado. As áreas comuns, incluindo banheiros e a cozinha, eram compartilhadas e uma grande Babel se formou.


Os casarões transformados em “conventillos” utilizados por vinte famílias ou mais...

Essas habitações convertidas eram conhecidas como "conventillos", e são muito semelhantes aos nossos cortiços. E como em um bom cortiço, duas coisas sempre estão presentes: festas e brigas. E como seria a música que poderia surgir com essa grande mistura? O Tango! A guitarra (violão) vinda da Espanha, o acordeom italiano e o violino francês são os instrumentos básicos do Tango clássico.Não apenas na música, como também na arquitetura, na culinária e nos hábitos portenhos, toda essa influência de diferentes culturas europeias está presente.Porém, um cortiço não seria cortiço sem as brigas, as "pelejas". E eram brigas sérias, brigas de morte. Dois iniciavam, ainda vivos, pelo menos um estaria morto ao final. Brigas de faca. E foi com essas brigas que a dança que conhecemos como Tango surgiu. Dois homens, armados de faca, braços contra braços, tentando jogar um ao outro ao chão para golpear o abdômen do adversário.


Barcarce e Indepenência.

San Telmo, típico bairro de Buenos Aires, possui como nenhum outro as características mais puras da cidade velha. Transitando por suas ruas é possível comprovar que suas casas e prédios antigos não cedem à passagem do tempo. E assim chegamos à esquina da alma portenha, Balcarce e Independência, hoje, a esquina reconhecida internacionalmente por abrigar a mais tradicional das casas de Tango, a pioneira e quem sabe a que mais conservou através dos anos a identidade do Tango: Também foi neste local que as brigas entre homens... Eram travadas. Desta forma, podemos dizer que em sua origem, bem lá no início, o Tango era "dançado" por homens brigões. Bom, como as brigas eram sérias e nunca acabavam bem, resolveram proibi-las. Ou seja, quem fosse pego lutando Tango seria preso. Então, os brigões resolveram armar as brigas em locais fechados. Inclusive, a expressão "tango", em um dialeto africano, significa "lugar fechado" e era utilizada pelos europeus e seus descendentes para marcar as lutas. Se um homem tivesse uma desavença com outro e desejasse resolver a questão, logo chamava o oponente para um "tango" mais tarde. E o lugar preferido dos brigões passou a serem as antessalas dos prostíbulos da região.Lógico que os donos dos prostíbulos ficaram preocupados. Afinal, cada vez que dois machões resolvessem suas diferenças com um tango, alguém saía morto, a polícia chegava e o bordel fechava (pelo menos naquela noite). Então, para evitar o fim trágico e o prejuízo, os donos dos prostíbulos resolveram combinar com suas prostitutas que, cada vez que uma briga de faca se iniciasse, as "damas" deveriam tentar separar os machões.


O clássico Tango argentino...

Imagine a cena: um bordel, o Tango tocando, dois homens começam a discutir e decidem resolver o caso na faca. Levantam-se, vão para o meio do salão e iniciam a briga. Porém, antes que a coisa fique séria, duas "belas donzelas" acodem uma para cada lutador. E seguram os braços dos brigões. E tentam mantê-los separados. E usam suas pernas, suas mãos, sua força e sua sensualidade para manter os dois brigões longe um do outro e, principalmente, acalmá-los. E eis que surge o Tango, por completo. O mais famoso cantor de Tango argentino( também matéria já desenvolvida para este blog ) Carlos Gardel, era francês, nascido em Toulouse, em 11 de dezembro de 1890. Ele chegou à Argentina em 1892 e faleceu em Medellín, em 24 de junho de 1935.Contudo, antes de falecer, conheceu Alfredo Le Pera, um paulistano nascido em 8 de junho de 1900. Le Pera era filho de italianos e em 1902 mudou-se para o Uruguai. Pouco tempo depois, foi para a Argentina, onde trabalhou como jornalista e crítico de teatro.


Gardel e seu inseparável amigo e compositor Alfredo Le Pera, “El Mosquito”.

Em 1932, quando residia em Paris, trabalhava para a Paramount Pictures, empresa que teve interesse em divulgar a carreira de Carlos Gardel internacionalmente. Desta forma, além de se tornar o escritor de diversos scripts de filmes sobre o Tango, foi o criador de letras de Tango de alto nível, todas cantadas por Carlos Gardel.Um dos Tangos de Carlos Gardel e Alfredo Le Pera mais conhecido é chamado "Amargura".Alfredo Le Pera veio a falecer no mesmo trágico acidente aéreo que tirou a vida de Carlos Gardel. Até hoje, um francês e um brasileiro, filho de italianos, são lembrados pelo povo argentino, mantendo suas obras vivas juntamente com o Tango.

OU SAI PARA CANDIDATAR-SE OU NÃO SAI

Carlos Chagas

De duas, sobrará uma: ou o presidente Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal, aposenta-se em março para não conviver com seu desafeto, Ricardo Lawandowski, que o sucederá, candidatando-se em seguida às eleições de outubro; ou Joaquim Barbosa não se aposenta e continua ministro da mais alta corte nacional de Justiça.
Impossível parece a simbiose entre as duas hipóteses, quer dizer, Barbosa pedir aposentadoria em março e não se candidatar a nada, permanecendo ocioso aos 60 anos de idade. Será uma coisa ou outra.
Ganhou corpo, no Supremo, a suposição de ser inviável o convívio entre Barbosa e Lewandowski, gerador de entreveros permanentes durante todo o julgamento do mensalão. O bom senso, porém, manda indagar: o atual vice-presidente não tem conseguido conviver com o presidente, apesar de andarem às turras? Por que a recíproca seria diferente, numa casa onde o protocolo e a educação devem pontificar? Fácil não tem sido o relacionamento entre eles, muitas vezes salpicado de agressões verbais e de discordâncias jurídicas, mas a natureza indica que os ventos que sopram de lá também sopram de cá. Até porque, não será da índole do futuro presidente cultivar revanches e vindictas além de suas concepções funcionais.
É mais profunda, porém, a equação a ser desenvolvida. Não constitui segredo estar sendo o nome de Joaquim Barbosa referido como possível candidato às próximas eleições. De preferência à presidência da República, mas por que não à vice-presidência, cobiçado por todos os candidatos, menos Dilma Rousseff. Aécio Neves adoraria, como também José Serra. Eduardo Campos, nem se fala, excelente alternativa para evitar Marina Silva em sua chapa. A ex-ministra e senadora,da mesma forma gostaria de uma dobradinha acorde com os tempos modernos: uma mulher e um negro.
Sendo assim, e vale repetir, prevalecendo a lógica, ou Joaquim Barbosa sai para candidatar-se, dispondo de prazo até abril, ou não sai, podendo permanecer no Supremo por mais dez anos. Amuos e idiossincrasias costumam ficar de fora das projeções políticas.
NEGÓCIO DA CHINA
Dos quase 20 bilhões que o governo apregoa haver conquistado com a privatização do aeroporto do Galeão,no Rio, 70% serão financiados pelo BNDES e penduricalhos oficiais. Acresce que as parcelas serão pagas ao longo do prazo da concessão, de 30 anos, a juros subsidiados. Haverá melhor negócio para o capital privado?
SENDO POSTO A PROVA
A presidente Dilma despachou Aloísio Mercadante para o Extremo Norte, a fim de inaugurar realizações do programa “Minha Casa-Minha Vida”, que pouco ou nada tem a ver com ministério da Educação. Mas muito com a chefia da Casa Civil, ocupando o ministro a “pole-position” na corrida para suceder Gleise Hoffmann. Se agüentar o tranco, ganha a bandeirada.

Jango(1)

Era só o que faltava: dizem que o caixão que seguiu pra BSB não teria dentro o corpo do Jango. Só falta ser o Brizola, que sem querer teria recebido post mortem as honras de chefe de estado.

mas isto é tudo suposição....

Jango (2)

ao ser informado disto, o presidente da comissão municipal da verdade de são borja, o historiador Ibere Teixeira ligou esta manhã pro neto do presidente deposto, Cristopher Goulart que negou qualquer hipótese de que o caixão não fosse o do seu avo

Jango (3)

Assim, teriámos um verdadeiro filme surrealista, bem ao gosto do realismo magico de GGmarques. um caixão que segue pra exumação e que não conteria propriamente os ossos de jango. Mas exames de DNA já teriam confirmado que seria mesmo o de Jango. Isto dito pela ZH de dias atrás....numa coluna de pagina nobre.

Coleguinhas

Mandei hoje de manhã pro otto bede, produtor do Mendelsky. os caras não leem nem correto o nome de uma rua, num relese da EPTC

otto. pede pro cara ai pelo menos ler correto os releses da eptc é rua furriel não furniel. como ele disse. olidesalias é a rua que mora nosso colega marcelo rech é rua dos chiques da bela vista.olides

Jango(4)

Não imaginaria tanta confusão. O que o blog de BSB divulgou - não tenho o nome dele, mas nas esquerdas dizem que é um 'direitoso'- então deve ser da Veja, por aí- é que o tal blog dizia que os ossos que foram deveriam voltar porque deveria haver nova exumação.

Jango (5)

Esperemos pra ver. o que ficou acordado é que dia 6 que vem seria feriado em SB pela volta de Jango, ou de um novo enterro do falecido presidente.

Jango (6)

João Marcelo, que vem a ser neto de Jango, teria tido um comportamento meio grosseiro no cemitério, no dia da exumação...dizem que se dirigia ao prefeito farelo de almeida bruscamente.

Jango (7)


É tem gente que não aguenta uns holofotes. Este João Marcelo deveria aprender com sua tia Denise, que foi a mais corajosa deles todos mandando fazer um filme sobre o pai,quando os cachorros da rua desviavam caso alguém estivesse falando no falecido presidente. era a ditadura e todos tinham medo.

Bomba! Globo usou esquema igual ao mensalão!

De Remindo Sauim


Documentos do STF, referentes ao inquerito que mais tarde se tornaria a Ação Penal 470, até hoje jamais publicizado pela imprensa, mostram que os empréstimos do Banco Rural, os mesmos que foram destinados ao PT, foram para varias empresas importantes no país, incluindo a Globo.
Onde estaria a apuração disso? Estaria no Inquérito 2474, chamado vulgarmente “Gavetão”?
Segue trecho do documento:

Denúncia do inquerito 2245, que depois virou a Ação Penal 470.
Página 90:
A vistoria realizada pelo Banco Central no Banco Rural demonstrou que essa instituição financeira estava envolvida em uma série de operações ilegítimas, contabilizadas de forma a mascarar a verdadeira natureza da operação, encobrindo a prática de operações vedadas e também de lavagem de dinheiro resultante de crimes contra o sistema financeiro nacional.
Além das operações ilícitas desenvolvidas com as empresas SMP&B e Graffiti, e com o Partido dos Trabalhadores, acima narradas, o PT 0501301503 também revela outras situações caracterizadoras de práticas fraudulentas envolvendo, principalmente, operações com as seguintes pessoas físicas e jurídicas:
Moinho de Trigo Santo André S/A;
Banktrade Agrícola Imp. Exp.;
Tupy Fundições Ltda.;
Globo Comunicações e Participações;
ARG Ltda.;
Securinvest Holdings S/A;
Ademir Martines de Almeida;
Agroindustrial Espírito Santo do Turvo;
Agrícola Rio Turvo;
Cia. Açucareira Usina João de Deus;
Usina Carola S/A;
Viação Cidade de Manaus Ltda.;
Amadeo Rossi S/A;
João Fonseca de Goes Filho;
Enerquímica Empreend. Participações; e
Noroeste Agroindustrial S/A.
Leia mais em http://www.ocafezinho.com/2013/11/22/bomba-globo-usou-esquema-igual-ao-mensalao/#sthash.kZW6Qyv3.dpuf

Tive um rabo d....c.....

Fui agora no fim do domingo no santander sem qualquer esperança de entrar no show do bluseiro...minha meta era ao jogo do inter, que gorou neste domingo.

fui lá e não é que um carinha tava com dois ingressos. sobrando. mas queria 20 c0ntos...depois de um tempo, regatiei e me vendeu por lo pilas.

eu já tinha visto o mesmo show no santander deste mesmo cara. tem 88 anos. anda se agarrando nas escadas...amanha posto as fotos...
acho que o n....viera pro festival de bues que teve em Cazias...muita gente subiu a serra e deu com os burros na água na sexta, porque não tinha mais ingressos.

VALPARAISO e Viña del MAR

Antônio Augusto Bandeira

Saindo de Santiago, um pouco mais de uma hora de carro você chega á Valparaiso, cidade situada no lado do Oceano Pacifico.

Fomos de caminhonete dirigida pelo guia local do Chile. Don Antonio estivera nesta cidade há mais de trinta anos e não se lembrava dela.

Quando se avista a cidade ,a pessoa pensa que se está no Rio de Janeiro, defronte a uma imensa favela com as casas dependuradas no morro. Mas se fica só no imaginativo, em que pese grande quantidade de casas pequenas e pobres.

Na praça encontramos a imponente sede da Armada Chilena. O Congresso também está nesta cidade.

Caminhamos, fomos até um lugar alto com tendas para vendas e aonde se divisa o Oceano.Don Antonio gosta de camisetas que lembrem o pais por onde caminhou. Comprou camiseta para variar...

Passeio, mais passeios e fomos almoçar em Viña del Mar. Lindo lugar e aonde moram os ricos, e aonde passam o verão.
Local do almoço esplendido,depois visita pela praia, casas, edifícios, inclusive uma estatua da ilha da Páscoa ( fica cerca de três
horas de avião)...

No fim de tarde retorno para Santiago.

Visite meu site
www.vidasempoesia.com.br

Germano Rigotto

Nesta quinta-feira, dia 28, recebe o Prêmio Líderes e Vencedores, categoria Mérito Político, concedido pela Assembleia Legislativa do RS e pela Federasul. A entrega ocorre em solenidade no Teatro Dante Barone, da AL/RS, às 19h30min.

UMA VISITA AO PALÁCIO DE LA MONEDA

De Santiago do Chile
Gelson Farias

Ao descer na estação La Moneda e seguir em direção a Av. Libertador Bernardo O'Higgins, você verá uma fila gigante em torno do Palácio de La Moneda. Não se assuste: é a fila para fazer o tour no Palácio, uma das atrações mais importantes de Santiago.Mas é do lado de fora que ocorre sua principal atração: a troca da guarda presidencial. O espetáculo começa pelas ruas próximas ao La Moneda, com desfile da guarda e execução de um repertório pouco tradicional às bandas militares. Não se assuste ao ouvir a canção cubana Guantanamera…

Foto de Gelson Farias.

Palácio de La Moneda.

A guarda do Palácio e seus arredores são de inteira responsabilidade do Exército Chileno, que utiliza uniformes parecidos com os uniformes da Alemanha pré-Nazista, um reflexo da influencia alemã nas forças armadas chilenas ocorridas no início do século XX. O Palácio de laMoneda é destino da maioria das manifestações políticas da população de Santiago.Construído entre 1786 e 1812, o Palácio foi projetado originalmente para abrigar a Casa da Moeda, quando o Chile era uma colônia espanhola. A Casa da Moeda foi inaugurada oficialmente em 1805. Durante a independência do Chile,foi no Palácio, que se cunharam as primeiras moedas do Chile independente. Atualmente o Palácio é a sede da Presidência da República do Chile, do Ministério do Interior, da Secretaria Geral da Presidência e da Secretaria Geral do Governo.

Foto de Gelson Farias

Esta porta na parte lateral norte, era usada pelos presidentes para entrar no Palácio. Foi por está mesma porta, que em 1973, o corpo do presidente Salvador Allende foi retirado do Palácio. A porta foi lacrada por determinação do ditador Augusto Pinochet. Trinta anos depois, a porta foi reconstruída e usada pelo presidente Sebastian Piñera, para entrar no Palácio em ocasiões especiais.

Durante o golpe de estado de 11 de setembro de 1973, em que foi deposto e morto o presidente Salvador Allende (em tempo: ele morreu dentro do Palácio), o edifício foi duramente bombardeado pelos canhões do Exército chileno e por aviões da Força Aérea. O efeito dos explosivos, adicionados ao incêndio que se propagou a seguir, destruiu não só parte do prédio como documentos e tesouros inestimáveis. Por exemplo, a Ata de Independência do Chile, de 1818, foi totalmente perdida.

Foto de Gelson Farias

Homenagem a Salvador Allende.

Há em frente ao Palácio uma praça com todos os presidentes em estátuas e destaque acentuado para a de Allende. No interior do Palácio há um pátio, conhecido como "Patio de losNaranjos", porque há laranjeiras plantadas e carregadas de frutos. No pátio existe uma fonte construída em 1631, que funciona e está conservada como se tivesse sido construída ontem.

Foto de Gelson Farias

No “pátio de losNaranjos”,e a fonte onde os visitantes tiram fotos...

O tour demora pouco mais de 1 hora, e é gratuito. A fila é bem organizada, e a demora deve-se à rígida revista de pessoas e bolsas. Você conhecerá as principais instalações do Palácio, dentre as quais a sala onde o Presidente recebe as autoridades internacionais e despacha com os ministros, o pátio e a fonte, além de muitas obras de arte importantes que contam muito sobre a história do Chile.

Foto de Gelson Farias

Instalações da sala de jantar do Palácio de La Moneda com obras de arte.

Foto de Gelson Farias.

As leis chilenas estão nesta publicação...
AConstitución Política de la República de Chile de 1980 es el texto constitucional actualmente vigente en Chile. Fueaprobadaenun plebiscito el 11 de septiembre de 1980 y entróen vigor, enunrégimentransitorio, el 11 de marzo de 1981 y, en forma plena, el 11 de marzo de 1990. Su texto original contenía 120 artículos, con 29 disposicionestransitorias. Ha sido reformada en 1989, 1991, 1994, 1997, 1999, 2000, 2001, 2003, 2005, 2007, 2008, 2009 y 2010. Al mes de mayo de 2009, posee 131 artículos y 25 disposicionestransitorias.

Importante: As visitas guiadas devem ser agendadas no e-mail visitas@presidencial.cl, com pelo menos uma semana de antecedência. Horários das visitas: Segunda à sexta às 09h30, 10h30, 15hs e 16hs. Leve um documento com foto - identidade ou passaporte.

 

Por Remindo Sauim, o colunista que não perdoa a 'direita' !

Assunto Bomba! Globo usou esquema igual ao mensalão!
Bomba! Globo usou esquema igual ao mensalão!
Documentos do STF, referentes ao inquerito que mais tarde se tornaria a Ação Penal 470, até hoje jamais publicizado pela imprensa, mostram que os empréstimos do Banco Rural, os mesmos que foram destinados ao PT, foram para varias empresas importantes no país, incluindo a Globo.
Onde estaria a apuração disso? Estaria no Inquérito 2474, chamado vulgarmente 'Gavetão'?
Segue trecho do documento

Denúncia do inquerito 2245, que depois virou a Ação Penal 470.
Página 90:
A vistoria realizada pelo Banco Central no Banco Rural demonstrou que essa instituição financeira estava envolvida em uma série de operações ilegítimas, contabilizadas de forma a mascarar a verdadeira natureza da operação, encobrindo a prática de operações vedadas e também de lavagem de dinheiro resultante de crimes contra o sistema financeiro nacional.
Além das operações ilícitas desenvolvidas com as empresas SMP&B e Graffiti, e com o Partido dos Trabalhadores, acima narradas, o PT 0501301503 também revela outras situações caracterizadoras de práticas fraudulentas envolvendo, principalmente, operações com as seguintes pessoas físicas e jurídicas:
Moinho de Trigo Santo André S/A;
Banktrade Agrícola Imp. Exp.;
Tupy Fundições Ltda.;
Globo Comunicações e Participações;
ARG Ltda.;
Securinvest Holdings S/A;
Ademir Martines de Almeida;
Agroindustrial Espírito Santo do Turvo;
Agrícola Rio Turvo;
Cia. Açucareira Usina João de Deus;
Usina Carola S/A;
Viação Cidade de Manaus Ltda.;
Amadeo Rossi S/A;
João Fonseca de Goes Filho;
Enerquímica Empreend. Participações; e
Noroeste Agroindustrial S/A.

Leia mais em http://www.ocafezinho.com/2013/11/22/bomba-globo-usou-esquema-igual-ao-mensalao/#sthash.kZW6Qyv3.dpuf

Pracinha da Encol


Vitório Piffero, depois da caminhada matinal e da sua tragada, na pracinha da encol.



Os bebes se encontram na pracinha da encol...


Pra que serão estes ferros da pracinha da encol?


T apação de buraco na Ijui, com Lavras.

A exumação de Jango


O teatro da exumação. O ' bigodão' do exumador de Jango, que já exumara CHE, dá entrevista no fim da tarde do dia 13.05.2013 junto ao cemitério. Tudo tudo estáva sendo feito. depois se viu que tinham furado 5 caixões antes de achar o de Jango.


Os brigadianos se perfilam no calorão de fim de tarde. que nada, era tudo mais um alarme falso...jango saiu mesmo na madrugada,enquanto os repórteres comiam um monte de pizzas.


Os fotografos em ação. Pai e filho: edison vara pra Reuters e o filho Diego pra zero...

Exumação de Jango



dona Celeste Penalvo,viuva de Percy Penalvo - que dizem que fora chutado por Jango antes mesmo dele morrer - ficou de fora do cemitério na exumação. Eu levei uma cadeira pra ela descansar. Dona Celeste sabe muito daqueles tempos do exilio, mas não quer falar. se mantem calada. às vezes colabora como foi agora com o TVE que foi entrevistá-la sobre Jango.


Neuza Penalvo...outra que não entrou no cemitério. Ficou do lado de fora. é uma das mais completas depositantes ' fiéis' do trabalhismo em SB. quem vai pesquisar a procura.

passou pro lado da Juliana Brizola , na briga entre os ' herdeiros' do trabalhismo


Denise Goulart não deu um piu sobre a morte do pai.Deixou tudo pro João Vicente, seu irmão que dizem é candidato a deputado estadual. duvido muito que se eleja, em todo o caso....

A Denise, pelo menos, tem um crédito muito grande. ela mandou fazer um filme sobre o pai, quando a chamada ' esquerda' não tinha o poder no país. Era ainda no tempo da ditadura. O Silvio Tendler fez um filme que ela patrocinou sobre seu pai. milhões viram aquele filme que hoje em dia ainda é o melhor documentário que tem por ai sobre o ex-presidente e toda sua época conturbada em que viveu.


O FORA LUPI, mandado pintar pela turma da Juliana Brizola, continua perto do cemitério Jardim da Paz, que agora perdeu seu charme. Não tem mais nenhum ex-presidente enterrado lá. só o ex-governador Brizola!

Exumação de Jango


na exumação do Jango, apareceu um gauchão. Era,segundo ele, parente do governador.


Motoristas da Ouro e Prata na hora da troca em Soledade..


O editor deste blog e o leitor. O brigadiano que me prestigia...

Coleguinhas

*Edison Castencio está tirando o segundo número de sua revista.

*Castencio é um lutador.

*Valter Todt sempre anda no Gambrinus. Ali se reune com coleguinhas.

Dos leitores!

Galo, aquela tua série de reportagens sobre a "quebra do Correio do Povo" merece virar livro.
Está muito bem elaborada e trata de um fato pouco explorado da história da imprensa gaúcha.

De Letier

Do capincho de São Borja!
( que nada, eles leem, isto me interessa....pior é quando não repercute!!!)

Tomou uma puteada do neto do Jango!!
Que fase!

 

O primeiro e o mais brizolista(olides)

Que maravilha!
Fico feliz ao ver que a cada dia aumenta o número de leitores são-borjenses do teu blog.
Me orgulho de ser um dos primeiros.
Parabéns!
Abraço!

Letier

Que maravilha!
Fico feliz ao ver que a cada dia aumenta o número de leitores são-borjenses do teu blog.
Me orgulho de ser um dos primeiros.
Parabéns!
Abraço!

Letier

Amanhecendo

fiquei até meia noite lendo o livro do rafael sosbre o crime da lagoa dos patos. já tou quase no fim. me diverti sobre a disputa dos dois velhos repórteres o do DN e do CP. vou fazer uma resenha de cada um deles. vou pesquisar na ARI ou no correião.

A história todo mundo sabe. a jovem foi raptada do baile- dizem que ela não era mais virgem, porque luterana mantinha sexo com o namorado o que pra aquela época não era mole - e foi morta pelo namorado. enfim, um crime na high society....de porto alegre, naqueles anos 40, do século passado.muito bom a forma que foi escrito. parece um filme.


*Ramão Aguilar me manda dizer que está em santa maria ,depois vai a bento....com aquela piralha da neta que ele tem, acho que ele inventa estas viagens pra ter uma folga da guria, que é tri serelepe....

*neste sabado, no cineminha da URGS, tem filme sobre Marques de Sade. Sacanagem todo mundo quer. vai encher a sala...

* Tá saturando está propaganda da dona Eva, que quer grana pro teatro SPedro....

*Pô, esta reforma do TSP virou ' profissão"! Mas se não luta, os empresários fazem corpo mole e não fazem doações.

* Tou dando uma pincelada nos textos do meu livro da noite.Modéstia à parte, os textos tão bons,com muitos detalhes.

* Falei com a Norma, filha do dono do Lourival. O bar, na Auxiliadora,completa 60 anos neste dia 12 de dezembro.

* Este bar tem a história contada no meu livro da noite, também...

*Li a cronica do LFVerissimo sobre os 50 anos da morte de Kenedy. Sei pouco do caso. Lembro que o Cesare Battisti - o "terrorista" que teve refúgio dado pelo governo brasileiro e que gosta de uma 'cachacinha" -

quando andou ainda numa conversa teceu o seguinte comentário:

- O Kennedy foi morto pela Máfia. Ele não vinha cumprindo as promessas que fizera pra eles que o haviam eleito.
Bom, isto é o que o Battisti disse numa conversa informal. Nada mais...

*Comentei com o Beto do Gambrinus como o LFVerissimo escreve bem quando escreve sobre assuntos norteamericanos. Fala com lucidez.

Série Conhecer Para Preservar: Canafístula


Nome científico: Peltophorum dubium (Spreng.) Taub.
Família: Caesalpiniaceae
Origem: nativa do Brasil, ocorre naturalmente no RS.
Onde pode ser encontrada na cidade: Ao lado da quadra de areia da Rua
Ipiranga e no pátio da Prefeitura.
Características: árvore de grande porte, ornamental pela florada de
cor amarelo vivo e folhagem verde escura, parecida com as folhas de
angico. Floresce de dezembro a fevereiro, oferecendo um espetáculo de
encher os olhos. É ótima para sombra, podendo ser usada em parques,
pátios ou canteiros centrais bastante largos.

Findi!

*No cinema da URGS, as 3 e meia de sabado, um filme sobre o Marques de sade. depois com debate

*Ressaca da feira do livro: ler algo do que se comprou

*Talvez pegar o jogo do Inter em Caxias, no domingo de noite!

*ah, domingo de manhã, vou no culto da igreja Martin. Ver o órgão tocado pela anne schneider ou por um colega dela.

 

Acho que os colorados venderam o Reformão para o Juventude, olhem as cores: VERDE e BRANCO!!!!
Remindo Sauim

Sem Pulo - Túnel do Tempo
de Rudimar Thomas


Clique na imagem para aumentar


Clique na imagem para aumentar

OS APELIDOS DOS JOGADORES E TÉCNICOS NA ARGENTINA

De Santiago do Chile
Gelson Farias

Olides.
Eu tinha parte deste material já pronto e resolvi terminar e mandar para publicar. Aqui, em Santiago, chuva e frio. Choveu a noite toda e passou a ficar frio. Não é muito frio, durante o dia, mas a noite a temperatura caia muito. La Chica esta aqui, passeando. Mandou abrazos para usted. Até mais.

Há bastante tempo que venho tentando fazer está matéria sobre os dos apelidos de jogadores da Seleção da argentina. Tudo começou, quando estava assistindopela TV, uma partida da seleção argentina contra o México. Confesso que fiquei surpreso quando vi um repórter de campo falar com os jogadores... “Pupi, uma palavra, por favor,”. “Cuchu, o que achou da partida?”. Para quem não conhece a cobertura dos jogos de futebol da Seleção Argentina --como eu não conhecia --fica rindo da maneiraque os jornalistas locais se dirigem aos jogadores e comissão técnica dos hermanos. Nada de falar os nomes dos jogadores ou até mesmo do técnico, eles usam a maneira de chama-los pelo apelido.


Javier Zanetti, “El Pupi”.

“El Pupi” é o jogador Javier Zanetti, o ex-lateral-esquerdo da Seleção Argentina. Com 34 anos, o jogador tem o apelido de “El Pupi”, devido ao tamanho do nariz.“ Cuchu”, ( sem pelo, em espanhol) é o meio campista da seleção EstebanCambiasso, de 33 anos, por ser considerado o galã de turma.


Esteban Cambiasso,“El Cuchu”.

Eu acredito que este tipo de intimidade somente exista por aqui. Perguntei para o jornalista esportivo e editor da Revista Olé, Marcelo Uanno, se era comum chamar os jogadores ou o técnico pelo apelido. Primeiramente ele deu uma risada. “ Sim. Por aqui é algo comum este tipo de intimidade. A seguir ele quis mostrar como os profissionais da imprensa argentina fazem para falar com os jogadores... Começou gritar... “Coco, Coco, qual é a programação de amanhã?”. Coco é Andres Ventura, assessor de imprensa da AFA. Ou seja, também é chamado pelo apelido. No entanto, os “apodos” (apelido, em castelhano) não são muito depreciativos – como acontece na maioria das vezes no Brasil - e, alguns, não têm nenhum significado. Por aqui, boa partedestes apelidos vem da infância dos jogadores – contou Uanno, citando, como exemplo, o do próprio técnico da seleção Argentina, Sergio Batista, chamado por todos por “Checho”.


Sergio Batista e Mascherano.

Ele comentou também queMessitem o apelido de “Pulga”, por conta dele ser muito minguado quando criança. Mas, pela importância de seu futebol, os jornalistas, não usam deste tipo de adjetivo para chamaro jogador. Preferem chamá-lo de Messi, mesmo. No entanto, alguns, jogadores, não possuem apelido algum. É uma exceção. Exemplo do goleiro reserva Mariano Andujár da seleção argentina... Porém, fãs do arqueiro do Catania,fazem uma campanha na página oficial do ídolo no facebook para escolher uma alcunha carinhosa para ele.
Tem ainda os apelidos de outros jogadores que fazem parte do elenco da seleção argentina:
Burdisso – Nico (de Nicolas, seu primeiro nome)
Gabi Milito – El Mariscal (por causa da semelhança, herdou o apelido do zagueiro Roberto Perfumo, lenda do futebol argentino) Rojo – Não tem apelido Pablo Zabaletta – Zaba (diminutivo do sobrenome) Garay – ElFlaco (por ser magro e esguio) Pareja – El Hacker (o atleta do Spartakde Moscou é fanático por computadores) Gago – Pintita (de “boa pinta”. O jogador do Real é considerado bonito pelas mulheres argentinas) Biglia – Principito (caso similar ao de Gago) Mascherano – Jefe (Chefe, em castelhano. O ex-corintiano é o líder e capitão da seleção albiceleste)Sergio Agüero – Kun (Quando criança, o jogador era fã de um desenho animado japonês chamado “Kum Kum”. Então, seus irmãos passaram a chamá-lo assim de "Kun", pois ele não falava direito o nome do desenho) Di María – Fideo (por ser alto e magro, é como um fideo, um tipo de spaghetti) Ezequiel Lavezzi - Pocho (o jogador é fã de um cantor com o mesmo apelido) Diego Milito – El Principe (por causa da semelhança, herdou do meia, Enzo Francescoli, maior ídolo da história do River Plate)

Coleguinhas

*O mensalão já está indo pras cucuias, em poucos dias a imprensa vai largar de mão...

*Pizzolatto na Itália criou um fato. este é que ficará mais na mídia, como o Battisti, aqui!

*Sai do mãe de Deus agora na quinta, pouco depois do meio dia e vi um fato meio estranho. tres caras na frente do consulado da italia insistiram tanto que um funcionário cedeu que entrassem. em tempo o horário é das 9 ao meio dia.

*Recado pro Cristopher que é leitor deste site: eu não tenho nada pessoal contra ninguém, mas pessoa pública é pessoa pública. e não teci comentários sobre familia, teci comentários sobre pessoas públicas. Não venham invocar o santo nome da família em vão, que ai, tem paciencia....

*Bola pra frente, que o jogo é de campeonato!

*Aliás, fiquei envaidecido no cemitério Jardim da Paz....um policial militar me chamou do lado, perguntou se eu era mesmo e quando achei que ia me engaiolar - a gente sempre com medo de brigadiano, uma herança da ditadura - ele me disse que era leitor do meu site. Nem sempre leio, disse ele. Um abraço a ele, não cito o nome porque não é o caso.

*Fazer jornalismo traz mais incomodação do que elogio. tenho 40 e tantos anos disto. portanto não me surpreendo com mais nada!

De madrugada

*Fui num festival de filmes no sindibancários ontem de noite. gente jovem. e bons filmes da gurizada.

*Ouvindo o Mendelsky aqui. o colega é reaça, mas não tem ninguém melhor. só a liberdade com musica gauderia mesmo

*um coleguinha disse que ' os jovens da zero ' ganharam o premio esso. po, o nilson e o trezzi não são mais jovens. parabens a eles pelo esso.

*eu sempre achei que a fonte que passou aquela matéria pra zero, veio do Palácio Piratini. ninguém me tira isto da cabeça. o ' homi' sabe jogar o jogo politico.

*vou mudar a capa do site. mais soft, como dizem

*tou louco pra me mandar pra são josé do norte, atrás do ' diabão'....vamos ver se axo o ' homi"!

A senhora do andador


Todas as tardes ela vai ao super de andador pra fazer suas compras. atravessa a lavras, subindo pela Ijui,até sua casa.
Fiz estes ' bonecos' hoje de tarde...sempre é ajudada por alguém que ou carregam as compras, ou ajudam a atravessar a lavras...


PERDI 20 PILA NO SUPER....

NO CAIXA ME DEI CONTA QUE CAIRAM MEUS 20 PILAS DO SUPER...SEMPRE QUE ISTO ACONTECE,PENSO: TOMARA QUE QUEM ACHOU TIVESSE PRECISANDO MAIS DO QUE EU....

O QUE É O DINHEIRO????

- UMA INVENÇÃO DOS HOMENS PRA SE REGRAREM NA SOCIEDADE. E FOI ELEVADO A UM DEUS SUPREMO QUE MANDA EM TUDO....DINHEIRO É PODER....POR ISTO CORREM TANTO ATRAS DELE...

MAS É UMA MERA FANTASIA. CONHEÇO GENTE QUE QUANDO ERA POBRE ERA DIVERTIDA,ENGRAÇADA.DEPOIS QU E ENRICOU FICOU UMA GENTE CCHATA,SEM GRAÇA, QUE SÓ POE DEFEITO NAQUILO QUE ELE JÁ FOI. GENTE ENFIM QU E PERDEU A GRAÇA...NÃO DIGO QUE O DINHEIRO É RUIM, DIGO QUE A GENTE NÃO SE ESCRAVIZE NELE.
O VEIO AVELINE SEMPRE DIZIA:

- O PROBLEMA NÃO É GANHAR DINHEIRO, É SER GANHO POR ELE.! CLARO QUE EU TAMBÉM SEI QUE A GENTE PRECISA DELE.MAS OLHO PRA ESTES SEM TETO E AS VEZES OS VEJO FELIZES ALI ONDE ESTÃO!!!!
AGORA DIGA ISTO PRA CLASSE MÉDIA QUE ASCENDEU, QUE FOI POBRE. TE MATAM....NINGUÉM QUE FOI POBRE E QUE SAIU DA POBREZA, QUER VOLTAR A ELA. ISTO EU ENTENDO....

JÁ MOREI EM BOAS CASAS, AGORA MORO NUM APEZINHO E NEM POR ISTO SOU MENOS FELIZ.

 

EM VEZ DE ANULAR, LEMBRAR SEMPRE

Carlos Chagas

Coincidindo com as homenagens prestadas pelo governo à memória de João Goulart, o Congresso decidiu anular a sessão realizada no dia 2 de abril de 1964, quando o senador Auro de Moura Andrade considerou vaga a presidência da República. Tratou-se de uma violência monumental, primeiro porque a Constituição não previa essa figura, depois porque Jango encontrava-se em território brasileiro, no Rio Grande do Sul.
Coisas de um país à época ainda despreparado para a democracia. Ação das elites organizadas em torno de seus privilégios, assustadas com a possibilidade de reformas de base capazes de mudar nosso perfil.
Lavou a alma nacional a cerimônia realizada dias atrás, com as forças armadas batendo continência para os restos mortais do presidente que preferiu o exílio ao derramamento de sangue brasileiro.
Só não dá para entender o exagero fantasioso dos deputados e senadores de hoje, tentando apagar o passado. Deveriam ser distribuídos no Congresso centenas de exemplares do magistral “1984”, de George Orwell. No livro, conta-se o drama de um cidadão inglês cujo trabalho era reescrever a história de seu país de acordo com as conveniências políticas do momento. Mudava-se as edições anteriores do “Times” conforme o Grande Irmão estava em guerra com outras nações. Os inimigos de ontem passavam a aliados de hoje e os textos eram refeitos quase todos os dias.
É preciso recordar para sempre o horror que foi a deposição de um presidente da República através de um golpe militar. Como imaginar que não tenha acontecido aquela sessão do Congresso? Lembrá-la é obrigação de todos para que jamais se repita. Considerá-la nula, uma fantasia. Alguém já escreveu ser o passado o nosso maior tesouro, não porque nos dirá o que fazer, mas precisamente pelo contrário: o passado sempre nos diz o que evitar…
O ESPÍRITO DAS MASSAS
Está para ser desenvolvido um estudo a respeito do espírito das massas, no Brasil. Do povão. Uma análise aprofundada de como e porque formam-se tendências e tomam-se as decisões na maior parcela da sociedade.
Por exemplo: ninguém prestou mais serviços à democracia e ao futuro do país do que o dr. Ulysses Guimarães, o grande artífice da Constituição de 1988. Era aplaudido onde quer que fosse. Um ano depois, candidato à presidência da República pelo então maior partido nacional, o PMDB, chegou em sétimo lugar, atrás até do dr. Enéas.
Se quiserem exemplo mais antigo, inverso, tome-se Getúlio Vargas. Durante o período em que foi ditador, de 1937 a 1945, aconteceram horrores, desde a tortura praticada nas delegacias de ordem política e social até a censura à imprensa, a submissão dos tribunais e a inexistência do Congresso. Pois bem: candidatou-se em 1950 e foi eleito com espetacular votação.
Nos dois casos, o povão decidiu. Rejeitou Ulysses, aclamou Getúlio. Dirão muitos que um perdeu por ser velho, ao menos na aparência, ou porque o bem feito por ele era retórico, no papel. O outro ganhou, é uma explicação, porque havia concretizado reformas sociais ligadas à vida de cada um, do tipo salário mínimo, jornada de oito horas, férias remuneradas, pensões, aposentadorias e muita coisa a mais.
Conclui-se que o sentimento do povão forma-se através de fatos concretos, realizações palpáveis? Pode ser. Nessa hipótese, emerge na relação dos candidatos presidenciais uma figura muitas vezes considerada mas ainda não formalizada: o ministro Joaquim Barbosa. Em sua bagagem ele trás a condenação dos mensaleiros, além da cor da pele. É por aí que o vento sopra, não obstante as realizações da dupla Lula-Dilma.

Dos Leitores!
de Cristopher Goulart

Lí teus comentários sobre a minha família no teu blog.

Muito interessante....

REPÚBLICA DO ROCK ENCERRA O ANO COM TOM BLOCH E MIRANTES ROCK

A última edição do projeto “República do Rock” deste ano de 2013 vai levar ao palco do Teatro de Câmara Túlio Piva as bandas Tom Bloch e Mirantes Rock nesta terça-feira, dia 26 de novembro, a partir das 19h30, com as senhas sendo distribuídas uma hora antes do espetáculo, trocadas por um quilo de alimento não-perecível. A realização do projeto é da Coordenação de Música da Secretaria de Cultura de Porto Alegre e a curadoria é da produtora Andréa Ávila.
A noite começa com a Mirantes Rock, formada por quatro amigos de Uruguaiana. No começo, a banda se especializaria em covers de nomes como Artic Monkeys, Oasis, Kings of Leon, entre outras. Com o tempo, começaram a incluir no repertório composições próprias. O nome do grupo foi criado durante a espera em um estúdio. Em 2012, lançou seu primeiro EP chamado “Oeste”, que contém três faixas inéditas.
Já a grande atração da noite será a volta da Tom Bloch para comemorar os 10 anos de lançamento do seu primeiro álbum, “Tom Bloch”, pelo selo Trama. Com sua formação original – Pedro Verissimo nos vocais, Guilherme Dable no baixo, Iuri Freiberger na bateria, Juliano Faerman e Mike Vontobel nas guitarras -, a Tom Bloch era considerada a mais sombria e urbana das bandas gaúchas do começo da década. Em 2008, lançou mais um disco, “2”, pelo selo Slap / Som Livre Apresenta, com outra formação. A reunião de seus cinco membros originais só acontece em ocasiões muito especiais, como os 10 anos de início da banda, data comemorada em 2009. Este primeiro disco está disponível para ouvir e baixar em www.soundcloud.com/tombloch".

REPÚBLICA DO ROCK
MIRANTES ROCK / TOM BLOCH
TEATRO DE CÂMARA TÚLIO PIVA - 26/11/2013 – 19H30
SENHAS TROCADAS POR UM QUILO DE ALIMENTO NÃO-PERECÍVEL

Paulo Moreira
Assessoria de Imprensa
Coordenação de Música
Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos
tel. (51) 3289 8119 – 9995-9729
e-mail: cm@smc.prefpoa.com.br
site: www.portoalegre.rs.gov.br/smc
Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro
Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar.

Comissão vai resgatar importância dos negros na Revolução Farroupilha

O governador Tarso Genro assinou o decreto que institui a Comissão Estadual Alusiva aos 170 anos da Batalha de Porongos, ocorrida em 14 de novembro de 1844. O objetivo é salientar a importância, o comprometimento e a bravura dos Lanceiros Negros com a causa farroupilha, mostrar a invisibilidade da comunidade negra na história do Estado e valorizar usa contribuição para a construção da identidade gaúcha.
A criação da comissão, que está alinhada ao compromisso do Estado com a diversidade étnico-racial - será coordenada pela Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), vinculada à Secretaria de Estado da Cultura (Sedac). Uma das tarefas será gerenciar a programação alusiva ao tema; recomendar a elaboração de estudos e pesquisas; incentivar a realização de campanhas relacionadas ao melhor entendimento da batalha de Porongos; ressaltar a relevância da comunidade negra na Guerra Farroupilha e do combate ao racismo e a invisibilidade negra na cultura.
A comissão será composta por membros do Gabinete do Governador; Procuradoria Geral do Estado e Secretarias de Educação, Cultura, Segurança Pública, Justiça e dos Direitos Humanos e Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra. Poderão integrar convidados do Movimento Negro Unificado, União de Negros pela Igualdade, Movimento Quilombista e Organização de Mulheres Negras (Maria Mulher).
Porongos Foi palco, no final da Revolução Farroupilha, de um dos mais trágicos acontecimentos da história do Rio Grande do Sul e do Brasil - o massacre dos negros farroupilhas, notabilizados como Lanceiros Negros, que lutaram pela República, na esperança da liberdade prometida e que, ao invés disso, foram barbaramente aniquilados na madrugada de 14 de novembro de 1844, no Cerro de Porongos, atual município de Pinheiro Machado.
Lanceiros Negros - Era negros livres ou libertados pela República com condição de lutarem como soldados pela causa republicana ou por ex-escravos pertencentes aos imperiais. Em sua grande maioria, foram recrutados entre os negros campeiros e domadores das Serras dos Tapes e do Herval (Canguçu, Piratini, Caçapava, Encruzilhada, Arroio Grande), na zona sul do estado. Inicialmente comandados pelo tenente coronel Joaquim Pedro Soares, mais tarde tiveram por chefe o major Joaquim Teixeira Nunes. Participaram da expedição a Laguna, jogando importante papel na constituição da República Juliana. Eram as tropas de choque do exército farroupilha. Foi tão importante o seu papel que, em 31 de agosto de 1838, foi formado o 2º Corpo de Lanceiros Negros, com 426 combatentes.
Rita Escobar
Imprensa FIGTF
Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore
Fone: 51 32281711 / 9327.5434

Mutirão para limpeza de rios em Serafina Corrêa

A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de
Saúde, Vigilância em Saúde e da Secretaria de Agricultura e Meio
Ambiente, realizou, no dia 19 de Novembro, importante reunião na
Câmara de Vereadores, com o objetivo de mobilizar as entidades locais
para o recolhimento de lixo e limpeza de córregos para a aplicação do
inseticida biológico BTI.
A reunião contou com a participação do Poder Executivo e Legislativo,
além de representantes de entidades serafinenses. Durante o encontro,
foi definido o dia para a realização do mutirão para limpeza dos rios
e córregos da cidade: 30 de Novembro, sábado, a partir das 13h, com
saída em frente à Prefeitura Municipal.
A Prefeitura de Serafina Corrêa convida a população a participar
desse mutirão, limpando os rios e córregos da cidade, a fim de que as
equipes possam aplicar o BTI o mais breve possível. Participe,
colabore, no dia 30 de Novembro, sábado, a partir das 13h, em frente à
Prefeitura.

VOOS DIRETOS DE

PORTO ALEGRE A MIAMI

fazem a alegria da ' classe C"!

a alegria da classe média e dos que subiram na vida - a chamada classe C - é ir a Miami...pois agora as coisas tão mais facilitadas. com 1.100 dolares, pagos em 5 vezes, com cartão de credito,sem juros, lá podem ir eles. começa no dia 22, na sexta que vem o primeiro voo direto ligando porto alegre e curitiba a miami. Informações foram dadas ontem por Dilson Verçosa Jr. diretor da american airlines Brasil.

Ele discorreu pros jornalistas antes de sua palestra na federasul.a inauguração do voo pra porto será dia 21 de Miami a porto alegre, pousando antes em curitiba( com o tempo esperam que haja gente pra viajar que saia o voo de porto e um de curitiba).

o voo de porto alegre sai daqui meio dia e 15 minutos e as 18 horas está em Miami, a alegria dos ' farofeiros' ricos do Brasil.

dando uma de politicamente correto ele não criticou os aeroportos brasileiros, nem o de porto.

-não são ruins, sentenciou.

a gigante norteamericana - que tem ações na bolsa - já voa no Brasil pra 9 das 12 cidades da Copa do Mundo. aliás este assunto copa do mundo - se preparem porque vai torrar o saco de todo mundo daqui pra frente, vamos ter um enjoo de ouvir falar de copa - foi bem falado pelo diretor. principalmente porque eles estão esperando o dia 6 de dezembro quando num resort da Bahia serão sorteados os times e onde eles vão jogar. a partir daí se define o turismo no Brasil pro mes da copa.


Verçosa falou muito dos modeles de aeronaves dizendo que a sua empresa empresa as mais modernas do mundo pra v oar entre NY-SP e que agora voará também com elas pra Hong Kong.

a AA é a terceira maior companhia de aviação dos ' gringos'. as outras duas maiores que ela são a United e a Delta, que fizeram grandes fusões.

Mostrando bem o que é o bloqueio dos gringos contra Cuba, a AA naõ tem voos pra Havana.

 

O " Capincho" encheu a Câmara de São Borja das crônicas do Juremir Machado.Um "escandalo"!

O pianista toca órgão na igreja Martim domingo passado!

o COMPOSITOR MÁRIO BARBARA NA FEIRINHA DO LIVRO DE SB!

' LENIN' E ' TROSTKY' OS DOIS CACHORROS DO FERNANDO GOULART

FERNANDO GOULART NA SUA MESA CATIVA DE UM BAR DO LADO DE CASA ONDE SO BEBE VODCA!

O ex-governador Olivio e dona Judith na noite do encerramento da feira do livro de porto alegre.



Filiação de militantes ao solidariedade em são borja na noite do dia 14 passado. Cassia carpes foi lançado a deputado novamente.

ENCHECÃO DE SACO, DIGO DE JANGO!

Po, de novo hoje artigo ddo neto sobre o avo que agora está em BSB..mas que enchechão de saco!!!jango em brasilia, jango isto, jango aquilo. olha o melhor artigo sobre a exumação do jango.dos que li é do augusto nunes na veja esta semana.

e olha que ....bom deixa pra lá...(olides)

MARINA, A MAIS PREJUDICADA


Carlos Chagas


A queda dos percentuais de preferência em Marina Silva, na última versão do Ibope, revela a prevalência da natureza das coisas. Foi antinatural a adesão da ex-ministra ao Partido Socialista e seu candidato, Eduardo Campos. Primeiro porque a sigla nada tem de socialista. Depois, porque o governador de Pernambuco dava demonstrações antes e continua dando depois da adesão: sua meta é agradar o empresariado. O povo não é bobo, rejeita a aliança. Resultado: Marina, que já teve 20 milhões de votos, começou a perdê-los, menos por não ser candidata declarada, mais por haver aderido aos seus contrários.
Fora dessa queda, nada de novo na recente consulta eleitoral. Dilma permanece favorita, até ganhou uns pontinhos. Aécio Neves surge como seu oponente maior, mas a disputa, pelo menos até agora, será decidida no primeiro turno.
Indaga-se da possibilidade de obstáculos surgirem diante da reeleição. Possível é, provável, não. Enquanto seus adversários produzem críticas, a presidente da República gera fatos. Claro que se confundem as realizações de governo com a campanha pelo segundo mandato. Uma distorção dos diabos, criada por Fernando Henrique quando eleito para um período tendo forçado o Congresso a abrir-lhe as portas do segundo, sem necessidade de afastar-se do poder. O Lula não resistiu à tentação e agora chegou a vez de Dilma.
A conclusão é de que eleições livres e democráticas, só teremos em 2018, mesmo assim com a ressalva de que se o candidato vier a ser o Lula, toda a força do governo se desenvolverá em seu favor. A gente fica pensando se o melhor exemplo não vem dos Estados Unidos, onde um presidente mesmo reeleito, quando termina o segundo mandato, fica proibido até a eternidade de disputar outra eleição. Bill Clinton ganharia tranquilo se pudesse ter sido candidato, mas o medo da criação de oligarquias fez o legislador americano estabelecer a restrição.
Assim como o Lula empenha-se pela segunda candidatura de Dilma, esta, quando estiver concluindo o novo mandato, jogará todo o peso de seu governo no retorno do antecessor, a quem, se eleito, a lei facultará o quarto mandato. São amargas essas constatações, mas melhor engoli-las do que imaginar ditadores a prazo fixo, como já aconteceu…
O PRESENTE PARA O FUTURO
O Cardeal Mazzarino dominou a França durante a minoridade de Luis XIV. Seguia os passos do cardeal Richelieu, que mandara no país muito mais do que Luiz XIII, pai do jovem rei. Ambos contribuíram para transformar numa nação aqueles anteriores feudos herdados dos tempos medievais. Centralizaram o poder. Mesmo assim, enriqueceram, mais Mazzarino do que Richelieu, aliás. Ao morrer, hostilizado pela maioria da nobreza, do clero e da burguesia, o segundo cardeal penitenciou-se diante do maior dos Luízes, naquele período emergindo para o mundo. Reconheceu haver utilizado o governo para fins pessoais, mas concluiu que seria perdoado por haver deixado como herança alguém que a França reverenciaria para sempre. Tratava-se de Colbert, que àquela época já recuperava as finanças da nação, impunha seriedade à causa pública e até punia implacavelmente os corruptos.
Por que se conta esse episódio? Porque fica a dúvida sobre que presente Dilma deixará ao sucessor, provavelmente em 2018. Com toda certeza não será Guido Mantega…
O SEXTO CONDENADO
Está por horas a decretação da prisão de mais doze mensaleiros, entre eles Roberto Jefferson. Supondo-se que prevaleça a inflexibilidade do presidente Joaquim Barbosa, o ex-presidente do PTB, ex-deputado e delator do escândalo do mensalão será encaminhado para o Centro de Internamento e Reeducação, no Complexo da Papuda, em Brasília, destinado aos condenados em regime semiaberto.
Terá a regalia de poder transitar pelo estabelecimento, de 9 da manhã às 4 da tarde. Dividirá, para dormir, uma cela com outros condenados. No mínimo, será vizinho de José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares, Romeu Queirós e Jacinto Lamas. Não vai dar certo.

Aniversário da minha mãe

duas fotos do dia do niver da ' velha ' ondina...tá meia ' straca'(fraca) mas vamos levando!

Globo pagava à DNA de Marcos Valério a grana que o STF supostamente inventou como pública para condenar Pizzolato

enviador por Remindo Sauim

Globo pagava à DNA de Marcos Valério a grana que o STF supostamente inventou como pública para condenar Pizzolato
Anexados a série de documentos de um suposto contrato da Rede Globo com Marcos Valério, como tese de erro no julgamento de Henrique Pizzolato na AP 470, pelo STF.
Ele foi condenado a 12 anos e 7 meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato por ter facilitado o pagamento fraudulento de contratos de publicidade feitos entre a DNA Propaganda, de Marcos Valério, e o Banco do Brasil.
Segundo informações do blog, o contrato sigiloso confirma que a Globo pagava à DNA de Marcos Valério o “BV”, o Bônus de Volume, que nunca poderia ser considerado dinheiro público e muito menos ter sido desviado, pois se trata de uma relação particular entre duas empresas privadas, a Rede Globo e a DNA. No entanto o STF condenou Pizzolato por este “crime”.

clique na imagem para ampliar


clique na imagem para ampliar


clique na imagem para ampliar


clique na imagem para ampliar


clique na imagem para ampliar

Dos leitores

por Capincho (vulgo Letier Vivian)

Agora, quando vier para Sao Borja, com tua aposentadoria "GORDA"... quero te apresentar umas amigas...
Muito simpáticas e "acessíveis"...

Dos leitores,
por Rekern!

Aposentadoria,
Isso se chama vagabundagem remunerada!

Direito de Resposta

Olides, quando escreve sobre São Borja e coloca adjetivos, cargos e/ou profissões das pessoas, não o faça mais, pois deveria colocar "DO AMIGO FULANO DE TAL"
Aqui, com todo respeito aos demais, quem é poeta, repórter, ou mesmo cargo em comissão, são teus amigos, antes de tudo.
Abraço!

Letier Vivian

Vida de aposentado

Meu primeiro dia de aposentado foi dia 19 de novembro de 2013. portanto, no dia da bandeira. lembro que mandei um chasque pro mendelski dizendo que o hino da bandeira era o preferido do lider comunista luis carlos prestes.

ele não teceu comentários, mas botaram a tocar.

bom, fiquei por ai zanzando. quase não trabalhei.quase não escrevi. foi uma sensação engraçada...

me vinha a mente todas as madrugadas geladas que acordava aqui dando muro nos meus textos...
não sei bem o que vou fazer com meu tempo ocioso. sei não que não quero mais viver estressado atrás das coisas. me restam alguns anos de vida. quero ir pro interior. tenho listado progresso(quero ver quem ainda se lembra do battisti lá, quero ir a canudos do vale, um pequeno lugarejo no interior de lajeado, quero ir a garruchos, atrás de um cemitério de castelhanos. já montei a logistica pra isto, quero ir a são jose´do norte, atrás do diabão, se é que ainda vive. me disseram que tinha morrido.

o que não vou mais é ficar correndo como um louco atrás dos centavos pra pagar minhas contas.

e olha que batalhei pra me aposentar. aprendi tudo, tou quase querendo abrir uma miniagencia pra aposentar pessoas. tou até pensando sobre isto. fiquei impressionado com as asneiras que me disseram e que nada tinham a ver com o real durante este processo todo.

- ah, este trabalhou no INSS então ele sabe os caminhos...tudo papo furado.
quem me deu a dica certa e fatal foi um adv ogado que me disse que o INSS nunca me daria o tempo rural sem o modelo 15 - meu pai não tem dos anos 60 - se não rfosse via judicial.ai tudo se resolveu.

que bom que tem o judiciário.

e tem mais atrás dos modelos 15 reviverei serafina do avesso. descobri que o prefeito irceu gasparin mandou incendiar todos os blocos que guaporé tinha mandado pra serafina quando esta se emanfcipou nos anos 60. o cara que me contou sabe até o nome da funcionária da prefeitura que ficou uma semana queimando os blocos. gasparin nao queria que aqueles papel velho ficassem tomando espaço dentro da prefeitura. agora muita gente que procura o tal do modelo 15 não tem onde achar. no frigorifico dizem que queimaram tudo. dizem que é mentira, que eles são entragem via justiça.

na cantina do firovante cervieri, onde dizqm que se fazia vinho até de uvas, nem procurei. nem fui atrás, porque sabia que não acharia nada.

foi um longo processo que durou uns 3, ou 4 anos. fui umas v inte vezes no posto do INSS fiquei amigo do guarda que sempre me dava umas dicas de comof azer.

e aprendi uma coisa engraçada. são sempre os mesmos que vcão lá na agencia do INSS. devem ser advogados ou agentes que fazem aposentadorias. tanto que os funcionários e eles se conhecem.

é a rotina de uma agencia do INSS...

ainda tiro uma foto da agencia e posto.

mas vou ficar com copias dos 3 testemunhas do meu tempo rural. tem coisas ai que é histórico até pro municipio. vou depoistar no prefeitura da cidade, porque fala de comoe ra serafina nos anos 60...era outra epoca, outros costumes.
(O.C)

 

Aviação

O Ataides me disse que tinha um voo pro rio de avianca. comecei a rir...porque me lembrei que muitos anos atrás, um sujeito comprou uma passagem pela Lap e no meio do voo pra paris entrou na cabine do comandante e se assustou com o que viu lá....

quando chegou em paris deu graças a deus e ligou pra mãe:

- mãe por favor, me mande uma passagem da Varig pra voltar!

toing!!!!

VOLTA AO CHILE

Antonio Augusto Bandeira

Pois depois de cerca trinta anos, Don Antonio a.t. Banderas, Professor de Salsa y Merengue, voltou ao Chile!.

Saiu de P.Alegre em vôo para Buenos Aires.Depois de uma hora e trinta minutos, aproximadamente, saltou no Aeroparque de
Buenos Aires. Desceu escada, ônibus, chegada no Aeroparque, subida numa escada ( passageiros em trânsito), aguardou que aparecesse pessoas, entrada no shopping, só um bar , aceitavam reais, dólares,caro e sem muitas opções,esperou aproximadamente tres horas , para pegar outro avião e seguir para Santiago ( Chile).

Desta feita Antonio ia com um casal de amigos de sua cidade. Aeroporto de Santiago,burocracia, alfândega, e um guia local esperando, caminhando e em caminhonete indo para o Hotel Diego de Velasques, chegada 11 horas da noite.

Nosso amigo de tantas caminhadas, iniciava outra. Antonio sempre disse " estou sempre começando".

Agora no Chile.

Antonio Gutierrez, o pintor de Maçambará e a visita ao prefeito Juca de S. Borja

Olá Olides

1. Sobre o Antonio Gutierrez, talvez a melhor maneira de buscá-lo seja através de alguma entidade ligada às artes plásticas gaúchas, como o MARGS ou similar. Nessa recente estada aí em POA, como fiquei num apartamentinho que tenho na Joaquim Nabuco, aí na Cidade Baixa, num dos retornos ao domicílio percorri a simpática Travessa dos Venezianos, que liga a Lopo Gonçalves à Joaquim e percebi que há uma entidade de artes plásticas sediada numa das casas da travessa. Pode ser outra pista. Sobre a matéria que já saiu no blog, caso voltes a abordar o assunto, creio que a senhora que também encontrei na visita era a mãe do artista e não a esposa. Outro resgate de memória que fiz depois da conversa contigo, foi quanto à percepção na época de uma boa dose de desconfiança inicial em relação a mim, por parte do pintor. Creio que ele achou que eu era algum marchand de arte tentando me insinuar e não estivesse sendo sincero ao confessar meu baixo conhecimento em artes plásticas, com o interesse mais focado na singularidade da presença de um artista do quilate dele numa comunidade tão modesta e desprovida de recursos urbanos, como a Maçambará de então. Mas, no decorrer da conversa, acabou se tornando bastante cordial, fosse para expressar a queixa a respeito da deficiência na prática artística que a falta de energia elétrica lhe causava, fosse para explicar que a técnica por ele empregada no preparo das tintas tinha raízes flamengas, daí o interesse e necessidade da clara de ovo. O singular nessa história é que hoje me dou conta que nunca vi um quadro do Antonio Gutierrez ao vivo mas, por outro lado, com base no que está nesta fonte (http://emaxilab.com/enciclopedia/article_3775.html), constato que a utilização da clara de ovo é algo concreto, tendo sido praticada pelo renascentista Sandro Botticelli, no quadro O Nascimento de Vênus, mostrado na gravura abaixo.

2. A respeito do "causo" havido com o Juca Alvarez, não há muito mais do que já publicaste. De qualquer forma, vou tentar recontá-lo para avaliares se vale a pena editar alguma coisa, no teu eventual aprofundamento da matéria.
3. Concluindo a mensagem e dada a tua receptividade às minhas singelas histórias, aproveitei para alguns racontos ligados à gastronomia na Fronteira Oeste, nos anos 60.
Abrs.
Saul Gil

A chegada da energia elétrica de Alegrete a São Borja, no final dos anos 60 e outras histórias.
O abastecimento de energia elétrica às cidades da Fronteira Oeste do RS, no decorrer dos anos 60, era pautado pela precariedade. Com exceção de Uruguaiana, onde havia uma pequena usina térmica, nos demais municípios o fornecimento era feito pela CEEE através de Grupos Diesel que eram bastante suscetíveis a apresentar defeitos, determinando racionamentos e "apagões".
A situação começou a mudar quando foi definida pela CEEE, ainda no Governo Brizola, a implantação de uma usina termoelétrica de maior porte (66 MW) em Alegrete para, a partir dali, alimentar os municípios no contorno através de linhas de transmissão partindo da usina considerada. Entretanto, a CEEE vivia na época uma expressiva crise econômica à qual se superpôs um grande problema no abastecimento do Estado como um todo, agravado por estiagem, levando inclusive a uma situação de intervenção do MInistério de Minas e Energia em 1965, para administrar o racionamento.
A conjuntura de restrição econômica acabou levando a atrasos e mesmo interrupção nas obras de construção da usina, a um ponto tal que faltaram recursos até para custear o frete dos equipamentos importados, desde o porto de Rio Grande até Alegrete. Inconformadas, lideranças da região montaram uma operação de arrecadação de recursos privados denominada Plano Hélice, que financiou o referido transporte, permintindo uma certa retomada na construção. No entanto, ante o porte das dificuldades vividas pela CEEE, a solução definitiva encontrada foi a federalização da obra da usina, sendo criada uma estatal ligada à Eletrobrás, denominada Termoelétrica de Alegrete S. A. - Termoale para concluir e colocar em operação o empreendimento.
Além da usina, a Termoale ficou com a incumbência de construir subestações em 14 municípios da região e o correspondente sistema de linhas de transmissão, num total de 1000 km, destinado a interconectar usina e subestações.
A usina em si foi concluída no segundo semestre de 1968, sendo inaugurada em setembro daquele ano com a presença do então Presidente Arthur da Costa e Silva. Essa inauguração, contando com a presença de toda cúpula do Setor Elétrico Brasileiro em Alegrete, possibilitou também articulações finais que levaram à criação da Eletrosul, oficializada em dezembro daquele 1968 e que, na sequência, incorporou a Termoale e a Termochar no RS e a Sotelca em SC.
No início de operação da usina, as obras de linhas e subestações ainda estavam inconclusas, de modo que no começo apenas Alegrete, Livramento e Uruguaiana, seguidas de Quaraí, passaram a ser abastecidas. A etapa seguinte, já em 1969, é que propiciou a energização de Itaqui e São Borja, através de uma linha que ia de Alegrete a Maçambará e ali bifurcava em ramais para cada uma das citadas cidades da costa do Uruguai.
Como é comum na vida de empreendimentos de porte, em paralelo com a concretização das obras em Alegrete e demais municípios, muitas histórias foram escritas pelos acontecimentos. A própria ação envolvendo o financiamento comunitário para o transporte de equipamentos, através do Plano Hélice, produziu grande mobilização por parte do então Conselho de Desenvolvimento de Alegrete - CDA, fazendo emergir lideranças econômicas, políticas e até religiosas. Estas últimas estavam representadas na pessoa do padre Paulo Aripe, um vigário que desenvolvia sua ação pastoral muito baseada no tradicionalismo gaucho, tendo sido o criador da chamada Missa Crioula, na qual elel se paramentava com pilchas gaúchas e usava no culto um cálice feito de guampa. Em retribuição ao esforço que permitiu o transporte e assim ser dada sequência à montagem de equipamentos, o grupo fornecedor italiano da usina proporcionou uma mordomia aos líderes do movimento, traduzida numa viagem à Itália dos principais líderes, patrocinada pelo referido grupo. A própria operação de transporte entre Rio Grande e Alegrete, passando na época por Bagé, foi uma sucessão de peripécias, ainda mais que sua realização coincidiu com tempo de inverno, numa época em que as estradas eram em geral precárias e as pontes no percurso demandavam reforços especiais para suportar as carretas com os pesados equipamentos. Bem mais tarde e quando já fora criada a Termoale, esta ressarciu os gastos havidos na operação, permitindo reembolsar os patrocinadores. Entre os itens integrantes do ressarcimento, estava incluído o gasto com a aquisição de 400 cobertores!
No âmbito do abastecimento a São Borja, também houve um fato interessante, capaz de traduzir a espontaneidade e a franqueza das gentes da fronteira oeste gaucha. Sucedeu que, ao se aproximar a data da interligação da subestação da cidade ao sistema da usina, a direção da Eletrosul, então sediada no Rio de Janeiro, orientou o engenheiro Saul Cardoso, gerente da empresa em Alegrete, para que fosse até S. Borja comunicar a boa nova ao prefeito Juca Alvarez, que então governava o município. Saul se fez acompanhar do arquiteto alegretense José Laydner que, por ter já desenvolvido projetos em S. Borja, conhecia e tinha boas relações com o prefeito Juca. No dia da audiência, no momento em que foram anunciados os visitantes e introduzidos no gabinete, o prefeito estava ao telefone mas cuidou de saber qual o propósito dos recém chegados. Logo nas primeiras palavras do Saul, ao perceber do que se tratava, o prefeito interrompeu-o com a mão espalmada e, enquanto a outra ainda segurava o telefone, passou em altos brados a exclamar: pára, pára, pára..., ao mesmo tempo em que, girando a poltrona em direção à sua secretária executiva, numa mesa próxima, complementou na mesma intensidade de voz: Dona Fulana, convoca já a Rádio diz para trazerem gravador, que estou cansado de mentir sozinho, rsrs... Otimizando o tempo, o prefeito Juca prossegiu no complemento do que tratava ao telefone, até a chegada da equipe de reportagem da emissora. Com tal encaminhamento, Saul, que era bastante avesso a fazer pronunciamentos na mídia, não teve outra alternativa senão gravar uma entrevista para o público da emissora samborjense.
Já em Itaqui, numa visita de inspeção feita pouco tempo depois da subestação energizada, Saul chegou à cidade num final da tarde, tendo vindo pelo DC-3 da Varig que escalava em Alegrete proveniente de P. Alegre e alternava, em dias sucessivos, os pernoites do voo, ou em Itaqui ou S. Borja. Passando nas proximidades da subestação naquele entardecer, no percurso para o hotel, o motorista do taxi foi inquirido pelo passageiro: Como é, esta boa a situação aqui em Itaqui, agora que a energia da usina de Alegrete chegou à cidade? A resposta veio pronta: Mas bah! Tá boa até demais, queima bico! Rsrs... O que estava acontecendo é que, diferentemente da situação com o abastecimento sendo feito pelos grupos diesel, em que o nível da voltagem caia pela sobrecarga e esta situação era ajustada pela CEEE compensando nos transformadores, a condição converteu-se em excesso de tensão elétrica quando a voltagem de entrada foi corrigida, afetando a vida útil dos "bicos" (lâmpadas) até que a CEEE fizesse novos ajustes.
Um capítulo à parte nessa fase pioneira de melhoria da eletrificação da Fronteira Oeste eram as opções de alimentação nos restaurantes da região. Em S. Borja, o point na época era o Restaurante Teiniaguá, em cuja capa do cardápio muito bem impresso estava informado, além do nome, o subtítulo: Atendido por Mestre Surubim, ex-cozinheiro Presidencial, rsrs. Era então possivelmente o único lugar na Fronteira Oeste onde se podia degustar strogonoff, prato meio novidadoso e bastante em voga na época, principalmente pelo espetaculoso quando preparado junto à propria mesa dos comensais, como ocorria no Restaurante Napoleon na Otávio Rocha em POA, onde o fogareu no momento da flambagem com conhaque despertava admiração e uma certa inveja nos demais frequentadores circundantes da mesa protagonista! Tendo percorrido, em razão do trabalho, um incontável número de vezes aqueles percursos, cidades e localidades, Saul virtualmente sabia tudo a respeito de onde comer e onde encontrar especialidades alimentares meio ocultas até pela falta de divulgação. Essas andanças eram de tal intensidade, que a Rural Willys com tração 4X4 que ele usava no trabalho sistematicamente virava os 100 mil quilômetros dentro do prazo de um ano. Numa oportunidade, parte da direção da Termoale veio do Rio para vistoriar a situação das obras em curso. Em Porto Alegre juntou-se à ilustre comitiva o gerente sediado na Capital, que era o chefe imediato do Saul e bastante refinado nas questões envolvendo hospedagem e alimentação. Chegados em Alegrete, Saul juntou-se ao grupo, na condição de responsável principal pelas situações e informações a serem prestadas e passou-se a percorrer os sistemas já em operação ou ainda em implantação. Saul lembra que a visita à subestação de S. Borja, construída bem próximo ao cemitério onde repousam os restos dos presidentes, deu-se já com a tarde avançada e, dali, ainda seguiu-se rumo a Santiago, com o objetivo de pernoitar em Santa Maria, de onde a comitiva visitante demandaria Porto Alegre com Saul regressando a Alegrete. A noite chegou na localidade denominada Puitã, próximo ao arroio de mesmo nome. Como Saul antevia que no horário de chegada em Santiago dificilmente ainda se encontraria local aberto para jantar, sem grande ênfase comenteou para a comitiva: Olha, aqui no Puitã tem junto à estrada uma espécie de pulperia bem modesta, mas que serve uma comida honesta e poderia ser uma opção para a janta. Aceita a sugestão, até pela falta de alternativa, poucos quilômetros adiante chegaram ao local. Saul não pode deixar de perceber a feição preocupada de seu chefe de P. Alegre, quando os farois da caminhonete iluminaram o quase casebre onde iríam comer. Mas, como o presidente da empresa já havia aderido à proposta não houve recuo. Devidamente instalados no pequeno refeitório, sob as luzes de lampiões, ficaram aguardando a comida. Quando esta chegou, foi uma sequência e fartura de iguarias de comida campeira que parecia não mais acabar, entremeada por monossilábicas exclamações de satisfação dos comensais não habitués do modesto local. Quando já praticamente todos estavam com os estômagos locupletados, eis que vem do rumo da cozinha mais uma alentada travessa contendo não menos que um leitão assado recheado, daqueles com couro. Na época e ainda na faixa dos 20 anos, Saul era um glutão respeitável e não se fez de rogado, passando a enfrentar o leitão com entusiasmo, não obstante os olhares um tanto preocupados dos companheiros de viagem com aquele aparente excesso. O fato prático é que o prestígio do Saul como guia alimentar nas sendas da Fronteira Oeste cresceu junto ao grupo, a ponto de que quando eventualmente tinha que ir ao Rio para alguma viagem a trabalho, não cansava de ser prestigiado pela direção da empresa que sempre procurava levá-lo nalgum dos muitos excelentes restaurantes da antiga Corte e ex-Capital. No decorrer dos anos houve oportunidades em que apenas o presidente, também gaucho, retornou em visita às instalações da empresa na região. Na época as obras ainda em andamento já estavam mais atreladas aos municípios entre Alegrete e Santa Maria. Nestas condições e de uma feita, depois de terem andado por São Pedro do Sul e São Vicente, no percurso de retorno a Alegrete a noite os alcançou na passagem por São Francisco de Assis. Foi sugerido ao presidente que a janta fosse feita numa pequena churrascaria que havia num dos cantos da praça principal, uma singela construção de madeira, piso de tijolos e coberta com capim Santa Fé. Além do churrasco, de uma qualidade sempre excelente, outro ponto forte do local era o "feijão mexido" que acompanhava as ótimas carnes. O resultado é que noutrros retornos do presidente à região era usual procurar-se organizar os roteiros de vistoria de modo que se tornasse possível uma escala de churrasco com feijão mexido na modesta porém simpática comuna de São Chico de Assis.

Antonio Gutierrez, o pintor de Maçambará

Olides,
Abaixo referências sobre o pintor de Maçambará. Pelo teor da primeira notícia pode ainda estar vivo e, caso efetivamente more em P. Alegre, poderás entrevistá-lo e, quem sabe, render uma boa matéria para o Blog.
Abrs.
Saul Gil

Fonte: http://www.guion.com.br/arte/agut_bio.htm

ANTONIO GUTIERREZ

Pintor. Maçambará, RS, 1934.

Estudou pintura com Waldeni Elias em 1959. Sua primeira mostra individual aconteceu em 1962, no Instituto Cultural Brasileiro Norte-Americano, em Porto Alegre. A partir da metade dos anos 60, retoma a Maçambará. Participou de poucas exposições coletivas e matem-se avesso a esse sistema de trabalho, basicamente por escolha e temperamento. Desenvolve a técnica da têmpera-ovo. O crítico Walmir Ayala registra-o em seu Dicionário de pintores brasileiros. ?Despojamento e concisão marcam a visão ambígua de sua cenografia, na qual a natureza contracena com os objetos, tecendo um tempo de mistério e reflexão?. Após muitos anos sem realizar exposições, mostrou pinturas na Galeria Graffitti, Uruguaiana, RS, 1994, o MARGS, Porto Alegre, dedica-lhe retrospectiva parcial. Vive em Porto Alegre desde 1994.

Fonte: http://www.margs.rs.gov.br/acervo_sel_gravuras.php#g
Acervo / Seleção de Obras
GUTIERREZ, Antônio (Maçambará/RS, 1934) Sem título, 1995, Serigrafia, 3 / 100, 70 x 50 cm (Doação do artista)

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pintura_no_Rio_Grande_do_Sul
Pintura no Rio Grande do Sul

Clébio Sória e Antônio Gutierrez cultivam o figurativismo regionalista

Fonte: http://www.casadagravura.com.br/index.php?sec=62&artista=292&artistaNome=Ant%F4nio%20Guti%E9rrez%20&art_letra=A

Sem Título AG01
Antônio Gutiérrez
Serigrafia, 39 x 34 cm
Antônio Gutiérrez
Maçambará, 1934.

Pintor. Estudou com Valdeni Ellias. Figurou no Festival de Artes Plásticas Contemporâneas em Porto Alegre em 1960 e nas mostras 14 Artistas Gaúchos na Galeria Macunaíma em 1963 e Arte Hoje no Rio Grande do Sul no MARGS em 1966.
A seu respeito disse Carlos Scarinci, em 1966: (...) colorista sutil que, em composições equilibradas, exprime uma paz e uma nostalgia construídas com a mistura quase inesperada de objetos cotidianos. Reside atualmente em Maçambará onde mantém seu atelier de pintura.

Fonte: http://pampasturismo.com.br/rgsul_pampa.htm
Maçambará
Maçambará foi formado por um pequeno povoado, em 1910, por criadores de gado oriundos do Uruguai. Com isso surgiram várias fazendas na região, entre elas a Fazenda Recreio, a qual deu o nome ao povoado. Mais tarde por vontade dos moradores e por solicitação do proprietário da fazenda, o nome foi trocado para Maçambará nome original de uma erva africana comum na região. O artista plástico Antônio Gutierrez, um dos pioneiros da arte moderna no Rio Grande do Sul, morou na cidade até os 23 anos, e depois no período da ditadura militar e ele voltou a morar em Maçambará.
POPULAÇÃO 5.406 habitantes (Fonte: IBGE)
PONTOS TURÍSTICOS Reserva Biológica de São Donato
DICAS - Participe da Cavalgada Cultural Aníbal Padão. - Visite a Reserva Biológica de São Donato.
COMO CHEGAR A 593 km de POA, RS 529 e RS 566

Agradecimento


Agradecemos sua presença em nossa primeira reunião pública. Damos o pontapé inicial, com força, determinação e propostas. Você faz parte histórica deste inicio, sabemos que temos muito ainda a fazer, crescer e solidificar o SOLIDARIEDADE em São Borja. Informe-se, convide seus amigos, traga mais um para nos ajudar a crescer. O gabinete do Vereador Roque Feltrin – SDD está a disposição para qualquer necessidade!

Um forte abraço

Personagem

No dia da exumação do ex-presidente Jango, em SB, o repórter eduardo Belmonte deu um banho. sozinho sabia mais do assunto que a metade dos repórteres que foram pra lá e que ficavam ' boiando' sem saber quem era quem.

Aposentadoria

Me aposentei esta manhã. aos 62 anos. foi tudo tranquilo, agora.

saí de lá tranquilo. a agonia tinha me dado outro dia.

vou tentar ajudar meus irmãos com as aposentadorias deles, de tanto que aprendi.

não se preocupe:não tenho problemas de onde gastar a ' fortuna' do INSS.

Feira do Livro de São Borja


autoria das fotos Miro Bacin

as fotos são da feira do livro de são borja. publicadas na folha de SB


Comemoração 50 anos formatura engenheiros civis e eletricistas



Reunidos em almoço no G. N. União da Quintino Bocaiúva no último dia 09/11, comemoraram 50 anos de formados os Engenheiros Civis e Eletricistas de 1963 da Escola de Engenharia da então URGS. Dos 15 que concluíram o curso naquele ano, estiveram ausentes no encontro apenas 4 já falecidos.
Essa modalidade (curso duplo) contemplava a formação simultânea em dois dos principais ramos da engenharia, com uma duração de 6 anos em lugar dos 5 usuais de cursos isolados. Foi organizada e oferecida pela Escola entre a segunda metade dos anos 50 e a primeira dos anos 60 período em que, com o acréscimo de um ano na duração total e arranjo meticuloso dos horários de aulas, a tradicional instituição acadêmica possibilitava que todas as cadeiras de cada curso individual pudessem ser cursadas sem conflito de horários, não obstante a compactação que chegava a resultar em cargas de 50 horas semanais em alguns semestres.
Durante o período em que o curso duplo de engenharia civil e elétrica existiu, 51 alunos o concluíram, sendo a turma que ora chega aos 50 anos de início de carreira a mais numerosa, ao longo dos 7 anos em que houve formandos.
Tal modalidade combinada de formação profissional teve uma elevada receptividade pelo mercado de trabalho da época, caracterizado pelo acentuado desenvolvimento industrial e de infraestrutura do Brasil iniciado no final dos anos 50 e acelerado nos 60, notadamente no setor de energia elétrica.

Sem Pulo e Túnel do Tempo

Premio Esso da ZH
Segue abaixo o anúncio dos vencedores do prêmio Esso 2013.

ExxonMobil
Patrocinadora do Prêmio Esso de Jornalismo desde 1955, a ExxonMobil está presente no Brasil há 101 anos. A ligação da companhia norte-americana com o jornalismo brasileiro começou em 1941, ano da primeira transmissão do noticioso radiofônico “Repórter Esso”. A presença do noticiário na vida nacional deixou marcas profundas ao se constituir, durante décadas, em referência para qualquer acontecimento de importância que ocorresse no Brasil e no exterior. Mais tarde, os laços com o jornalismo foram reforçados com a transmissão do “Repórter Esso” também pela televisão. Desde a criação do Prêmio Esso de Jornalismo, há 58 anos, estima-se que mais de 31 mil trabalhos tenham sido submetidos ao julgamento das comissões de julgamento.
PREMIAÇÃO
É a seguinte a relação completa dos vencedores do Prêmio Esso de Jornalismo 2013 - 58 anos:

PRÊMIO ESSO DE JORNALISMO 2013
Diploma e R$ 30.000,00

José Luís Costa, Humberto Trezzi, Marcelo Perrone e Nilson Mariano, com o trabalho OS ARQUIVOS SECRETOS DO CORONEL DO DOI-CODI, publicado na ZERO HORA.
PRÊMIO ESSO DE TELEJORNALISMO 2013
Diploma e R$ 20.000,00

Luiz Carlos Azenha, Márcia Cunha, Ana Haertel, Sheila Fernandes, Edgard Luchetta, André Carvalho, Yoshio Tanaka, Aruan Santos, Igor Arroyo, Elias Rodrigues e Francisco Gomes, com o trabalho AS CRIANÇAS E A TORTURA, transmitido pela REDE RECORD.
PRÊMIO ESSO DE REPORTAGEM
Diploma e R$ 10.000,00

Roberto Kaz, José Casado e Glenn Greenwald, com o trabalho NA MIRA DOS EUA, publicado no jornal O GLOBO.
PRÊMIO ESSO DE FOTOGRAFIA
Diploma e R$ 10.000,00

Victor Dragonetti Tavares, o Drago, com a fotografia PM FERIDO AFASTA AGRESSORES, publicada na FOLHA DE S. PAULO.
PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO ECONÔMICA
Diploma e R$ 5.000,00

Demétrio Weber, com o trabalho UMA DÉCADA DE BOLSA FAMÍLIA, publicado no jornal O GLOBO.
PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA OU AMBIENTAL
Diploma e R$ 5.000,00

Miriam Leitão e Sebastião Salgado, com o trabalho PARAÍSO SITIADO, publicado no jornal O GLOBO.
PRÊMIO ESSO DE EDUCAÇÃO
Diploma e R$ 5.000,00

Érica Fraga, com o trabalho ATRATIVIDADE E RESULTADOS DAS POLÍTICAS DE COTAS NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS, publicado na FOLHA DE S. PAULO.
PRÊMIO ESSO ESPECIAL DE PRIMEIRA PÁGINA
Diploma e R$ 5.000,00

Carlos Marcelo Carvalho, Janey Costa, Álvaro Duarte, Renata Neves, Ney Soares Filho, Rafael Alves, Júlio Moreira, Josemar Gimenez e João Bosco Martins Sales, com o trabalho OSCAR NIEMEYER, publicado no jornal ESTADO DE MINAS.
PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA JORNAL
Diploma e R$ 5.000,00

Amaurício Cortez, Gil Dicelli e Pedro Turano, com o trabalho PLANETA SECA, publicado no jornal O POVO (Fortaleza).
PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA REVISTA
Diploma e R$ 5.000,00

Rafael Quick, Luiz Romero, Alex Silva, Jorge Oliveira e Fabricio Miranda, com o trabalho O QUE COMEM OS ATLETAS, publicado na revista SUPERINTERESSANTE.
PRÊMIO ESSO REGIONAL NORTE/NORDESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Bruno Albertim, com o trabalho IDENTIDADE COMESTÍVEL, publicado no JORNAL DO COMMERCIO (Recife).
PRÊMIO ESSO REGIONAL CENTRO-OESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Ana Maria Campos e Lilian Tahan, com o trabalho O PODER DA TERRA, publicado no CORREIO BRAZILIENSE.
PRÊMIO ESSO REGIONAL SUL
Diploma e R$ 3.000,00

Rogerio Waldrigues Galindo, Bruna Maestri Walter, José Marcos Lopes e Rosana Félix, com o trabalho CRIME SEM CASTIGO, publicado na GAZETA DO POVO.
PRÊMIO ESSO REGIONAL SUDESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Luiza Villaméa, com o trabalho FILHOS DO BRASIL, publicado na revista BRASILEIROS.
MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA
A Comissão de Premiação da Mídia Impressa decidiu atribuir a distinção de MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA à REVISTA DE JORNALISMO ESPM - edição brasileira da Columbia Journalism Review e à FOLHA DE S. PAULO pelo projeto FOLHA TRANSPARÊNCIA.
MELHOR CONTRIBUIÇÃO AO TELEJORNALISMO
A Comissão de Premiação de Telejornalismo concedeu a distinção de MELHOR CONTRIBUIÇÃO AO TELEJORNALISMO ao trabalho PROTESTOS JUNHO 2013, de Fernando Canzian e equipe, da TV FOLHA, exibido na TV CULTURA.

ELEIÇÕES NO CHILE VÃO PARA O SEGUNDO TURNO EM DEZEMBRO
De Santiago
Gelson Farias
As eleições presidenciais do Chile serão decididas no segundo turno, marcado para 15 de dezembro, de acordo o Serviço Eleitoral do Chile (Servel), com mais de 90% das urnas apuradas neste domingo (17).A ex-presidente do Chile Michelle Bachelet, favorita nas eleições, ficou com cerca de 50% dos votos, um pouco menos do que o necessário para vencer no primeiro turno: mais de 50% dos votos. Bachelet, a primeira mulher a ter chegado à presidência do Chile em 2006, enfrentará Evelyn Matthei, deputada e ex-ministra do Trabalho, que teve por volta de 25%. Em seguida está Marco Enriquez-Ominami, com 11% e Franco Parisi, com 10%.


Michelle Bachelet, a candidata do povo.
De acordo com o site chileno Emol, Bachelet reconheceu que irá para o segundo turno, em declarações feitas no Hotel São Francisco, onde acompanhou a votação.
"Não há duas leituras, ganhamos esta eleição e com uma ampla maioria. Sabíamos que era muito difícil ganhar no primeiro turno, mas estivemos muito perto disso", disse. A candidata governista, que disputará o segundo turno com Bachelet, comemorou: "estamos começando o segundo turno: sim, é possível". Evelyn Matthei também disse que "as portas de sua candidatura estão abertas a todos os que quiserem se unir".


Evelyn Matthei, candidata governista.
As duas passaram parte da infância juntas, em um condomínio para membros da Força Aérea no norte do país. Seus pais eram grandes amigos, até que a ditadura os colocou em lados opostos: Alberto Bachelet foi preso, torturado e morto, enquanto Fernando Matthei se aliou à junta militar de Pinochet.


O atual presidente do Chile, SebastiánPiñera, ( foto) considerou as eleições uma "festa da democracia" e disse que garantiria "uma eleição sem intervenções nem recursos públicos e sem utilizar o tempo de funcionários públicos, para que tenham as mesmas oportunidades".De acordo com as informações do Centro Eleitoral do Chile, mais de 12 mil chilenos que moram no exterior votaram, de forma simbólica, rendendo 34,9% para Bachelet, 16% para Marcel Claude e 14,2% para Marco Enríquez-Ominami.

VI Conferência Municipal de Saúde em Serafina Corrêa

A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria de Saúde e do
Conselho Municipal de Saúde, promoverá, no dia 30 de Novembro de 2013,
a VI Conferência Municipal de Saúde que terá, como tema central:
Saúde: uma construção coletiva, direito e responsabilidade de todos. O
objetivo da Conferência é integrar a comunidade e promover reflexão,
propostas e a participação na construção de políticas públicas em
saúde. Serão abordados, durante a Conferência, os seguintes eixos:
- Saúde mental;
- Saúde do idoso;
- Saúde do jovem adolescente;
- Acesso e atenção primária;
- Ações, prevenção, promoção à Saúde.

Participe da VI Conferência Municipal de Saúde no sábado, 30 de
Novembro de 2013, a partir das 8h, na Escola Municipal Leonora
Marchioro Bellenzier, Bairro Gramadinho, Serafina Corrêa.

Dia D Combate à Dengue

Com a chegada do verão e da alta incidência de chuvas, os criadouros
do mosquito da Dengue aumentam. Pensando nisso, a Prefeitura Municipal
de Serafina Corrêa, por meio da Secretaria de Saúde - Vigilância em
Saúde realizará, no dia 23 de Novembro, sábado, o Dia D Mobilização
Contra o Mosquito da Dengue.
A ação que tem a intenção de orientar a comunidade, marca o início
dos trabalhos preventivos de verão, quando há maior proliferação da
larva do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue. Será realizada
entrega de fôlderes educativos, com orientações, e lixeiras para
veículos durante a tarde de sábado, no centro do município.
Para uma Serafina Corrêa livre da Dengue, precisamos do empenho e
conscientização de toda a população, portanto, siga estas dicas e
ajude a eliminar os criadouros do mosquito da dengue:
Coloque areia nos pratinhos de plantas;
Coloque tampas de garrafas, cascas de ovo, latas e outras embalagens
vazias em saco plástico bem fechado;
Mantenha as lixeiras tampadas;
Mantenha ralos fechados e desentupidos;
Guarde os pneus secos e cobertos ou preencha-os com areia;
Mantenha as calhas para água de chuva desentupidas;
Deixe os depósitos para guardar água (tonéis e caixas d'água) sempre tampados;
Trate a água de piscinas com cloro e limpe-as frequentemente;
Evite acumular entulhos, eles podem se tornar locais de foco do
mosquito da dengue;
Guarde as garrafas com o gargalo para baixo.

Faça a sua parte, todos contra a dengue!

Serafina Corrêa receberá Unidade Móvel do SEBRAE

O SEBRAE/RS apresenta para a comunidade gaúcha sua nova estrutura de
atendimento: o Projeto Unidade Móvel Sebrae/RS. É um veículo
especialmente adaptado para atender as demandas das micro e pequenas
empresas do Rio Grande do Sul. O município de Serafina Corrêa terá a
oportunidade de contar com essa estrutura no dia 11 de Dezembro de
2013, quarta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h, no centro do
município.
Empreendedores serafinenses, preparem-se para crescer, vem aí a
Unidade Móvel do SEBRAE/RS, trazendo na bagagem as ferramentas para o
sucesso dos pequenos negócios. Esclareça suas dúvidas sobre a abertura
de empresas, gestão empresarial, como ter acesso ao crédito e muito
mais. Serafina Corrêa receberá a Unidade Móvel do SEBRAE/RS no dia 11
de Dezembro, quarta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 17h, no
Calçadão, centro do município. Mais informações: 3444 2166.

coleguinhas

Marta Gleich é vizinha do ex da zero, Rekern...

ela é a editora chefe da zero. se dão bem os dois vizinhos!

 

ELEIÇÕES NO CHILE VÃO PARA O

SEGUNDO TURNO EM DEZEMBRO

De Santiago

Gelson Farias

As eleições presidenciais do Chile serão decididas no segundo turno,

marcado para 15 de dezembro, de acordo o Serviço Eleitoral do Chile

(Servel), com mais de 90% das urnas apuradas neste domingo (17). A

ex-presidente do Chile Michelle Bachelet, favorita nas eleições, ficou

com cerca de 50% dos votos, um pouco menos do que o necessário para

vencer no primeiro turno: mais de 50% dos votos. Bachelet, a primeira

mulher a ter chegado à presidência do Chile em 2006, enfrentará Evelyn

Matthei, deputada e ex-ministra do Trabalho, que teve por volta de 25%.

Em seguida está Marco Enriquez-Ominami, com 11% e Franco Parisi,

com 10%.

De acordo com o site chileno Emol, Bachelet reconheceu que irá para

o segundo turno, em declarações feitas no Hotel São Francisco, onde

acompanhou a votação.

"Não há duas leituras, ganhamos esta eleição e com uma ampla maioria.

Sabíamos que era muito difícil ganhar no primeiro turno, mas estivemos

muito perto disso", disse. A candidata governista, que disputará o

segundo turno com Bachelet, comemorou: "estamos começando o

segundo turno: sim, é possível". Evelyn Matthei também disse que "as

portas de sua candidatura estão abertas a todos os que quiserem se unir".

As duas passaram parte da infância juntas, em um condomínio para

membros da Força Aérea no norte do país. Seus pais eram grandes

amigos, até que a ditadura os colocou em lados opostos: Alberto Bachelet

foi preso, torturado e morto, enquanto Fernando Matthei se aliou à junta

militar de Pinochet.

O atual presidente do Chile, Sebastián Piñera, ( foto) considerou as

eleições uma "festa da democracia" e disse que garantiria "uma eleição

sem intervenções nem recursos públicos e sem utilizar o tempo de

funcionários públicos, para que tenham as mesmas oportunidades". De

acordo com as informações do Centro Eleitoral do Chile, mais de 12 mil

chilenos que moram no exterior votaram, de forma simbólica, rendendo

34,9% para Bachelet, 16% para Marcel Claude e 14,2% para Marco

Enríquez-Ominami.

 

 

 

MENSALEIROS EM DIFÍCIL CONVÍVIO
Publicado: 18 de novembro de 2013 às 7:48 - Atualizado às 10:41
Razões jurídicas determinaram que Roberto Jefferson não fosse incluído na relação dos mensaleiros que na última sexta-feira tiveram expedidos seus mandatos de prisão. Talvez razões humanitárias também tenham pesado na decisão do presidente Joaquim Barbosa. Porque o ex-deputado passou por séria doença da qual não se recuperou totalmente. Se incluído no grupo transferido para Brasília, certamente nova escala teria sido acrescentada no percurso do avião da Polícia Federal. De São Paulo, a aeronave voaria ao Rio para embarcar o novo passageiro e só depois para Belo Horizonte e a capital federal. Como reagiriam José Dirceu e José Genoíno, até então os dois únicos passageiros recolhidos no aeroporto de Congonhas, quando no Santos Dumont entrasse o ex-presidente do PTB?
Claro que cada condenado viajou com um agente da PF a tiracolo, sentado a seu lado, mas ninguém ficou proibido de falar, apesar da falta de vontade. De falar e de demonstrar por gestos a sua indignação. Entreveros físicos, se tentados, certamente seriam evitados pelos policiais, mas quando os sete mensaleiros mineiros embarcassem, que reação teriam ao ver Roberto Jefferson numa das poltronas?
Depois, no micro-ônibus que transportou a quadrilha do aeroporto de Brasília ao conjunto penitenciário da Papuda, comprimidos em espaço reduzido, qual seria o comportamento verbal da maioria diante do delator de todo o escândalo? E diante da hipótese de dividir um alojamento com outros condenados a prisão semi-aberta? Beliches ou triliches próximos? Refeições e banho de sol isolados?
Está por horas a decretação da prisão de outros mensaleiros, inclusive Roberto Jefferson. Pode ser que o juiz das Execuções Penais decida, antes da passagem do novo grupo pela capital federal, mandar os que já chegaram para estabelecimentos próximos de suas residências, nos estados onde moram. Só que se isso não acontecer, o risco do constrangimento será grande, em meio a um convívio impossível. Na Câmara, pelo menos, sempre havia um corredor para desafetos escaparem…
FALHA TÉCNICA
Será que ninguém no Supremo Tribunal Federal e na Polícia Federal desconfiou de que Henrique Pizzolato pretendia escafeder-se? Nada transpirou durante os meses em que, já condenado, traçava seu roteiro de fuga? O que dizer dele supostamente estar há 45 dias em seu apartamento mas não ser visto sequer pelo porteiro? Nenhum aviso genérico nos postos de fronteira, relativos à quadrilha inteira? O mínimo a supor é que depois de condenados os mensaleiros deveriam estar sendo monitorados. Mesmo com seus passaportes do Brasil e da Itália confiscados, Pizzolato deve ter utilizado documentos falsos. A máfia das falsificações é relativamente pequena, será que nenhum informante deu com a língua nos dentes? Eis aí grave falha técnica.

 

PN hoje de noite.

Segue abaixo o anúncio dos vencedores do prêmio Esso 2013. A Zero Hora ganhou o prêmio principal. 30 mil reais para José Luís Costa, Humberto Trezzi, Marcelo Perrone e Nilson Mariano, os grandes campeões de 2013 dividirem. E ainda tem diploma para botar na parede e mostrar para os netinhos. Parabéns a chefona Marta e aos ganhadores.

Rekern

ExxonMobil

Patrocinadora do Prêmio Esso de Jornalismo desde 1955, a ExxonMobil está presente no Brasil há 101 anos. A ligação da companhia norte-americana com o jornalismo brasileiro começou em 1941, ano da primeira transmissão do noticioso radiofônico “Repórter Esso”. A presença do noticiário na vida nacional deixou marcas profundas ao se constituir, durante décadas, em referência para qualquer acontecimento de importância que ocorresse no Brasil e no exterior. Mais tarde, os laços com o jornalismo foram reforçados com a transmissão do “Repórter Esso” também pela televisão. Desde a criação do Prêmio Esso de Jornalismo, há 58 anos, estima-se que mais de 31 mil trabalhos tenham sido submetidos ao julgamento das comissões de julgamento.

PREMIAÇÃO

É a seguinte a relação completa dos vencedores do Prêmio Esso de Jornalismo 2013 – 58 anos:

PRÊMIO ESSO DE JORNALISMO 2013
Diploma e R$ 30.000,00

José Luís Costa, Humberto Trezzi, Marcelo Perrone e Nilson Mariano, com o trabalho OS ARQUIVOS SECRETOS DO CORONEL DO DOI-CODI, publicado na ZERO HORA.

PRÊMIO ESSO DE TELEJORNALISMO 2013
Diploma e R$ 20.000,00

Luiz Carlos Azenha, Márcia Cunha, Ana Haertel, Sheila Fernandes, Edgard Luchetta, André Carvalho, Yoshio Tanaka, Aruan Santos, Igor Arroyo, Elias Rodrigues e Francisco Gomes, com o trabalho AS CRIANÇAS E A TORTURA, transmitido pela REDE RECORD.

PRÊMIO ESSO DE REPORTAGEM
Diploma e R$ 10.000,00

Roberto Kaz, José Casado e Glenn Greenwald, com o trabalho NA MIRA DOS EUA, publicado no jornal O GLOBO.

PRÊMIO ESSO DE FOTOGRAFIA
Diploma e R$ 10.000,00

Victor Dragonetti Tavares, o Drago, com a fotografia PM FERIDO AFASTA AGRESSORES, publicada na FOLHA DE S. PAULO.

PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO ECONÔMICA
Diploma e R$ 5.000,00

Demétrio Weber, com o trabalho UMA DÉCADA DE BOLSA FAMÍLIA, publicado no jornal O GLOBO.

PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA OU AMBIENTAL
Diploma e R$ 5.000,00

Miriam Leitão e Sebastião Salgado, com o trabalho PARAÍSO SITIADO, publicado no jornal O GLOBO.

PRÊMIO ESSO DE EDUCAÇÃO
Diploma e R$ 5.000,00

Érica Fraga, com o trabalho ATRATIVIDADE E RESULTADOS DAS POLÍTICAS DE COTAS NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS, publicado na FOLHA DE S. PAULO.

PRÊMIO ESSO ESPECIAL DE PRIMEIRA PÁGINA
Diploma e R$ 5.000,00

Carlos Marcelo Carvalho, Janey Costa, Álvaro Duarte, Renata Neves, Ney Soares Filho, Rafael Alves, Júlio Moreira, Josemar Gimenez e João Bosco Martins Sales, com o trabalho OSCAR NIEMEYER, publicado no jornal ESTADO DE MINAS.

PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA JORNAL
Diploma e R$ 5.000,00

Amaurício Cortez, Gil Dicelli e Pedro Turano, com o trabalho PLANETA SECA, publicado no jornal O POVO (Fortaleza).

PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA REVISTA
Diploma e R$ 5.000,00

Rafael Quick, Luiz Romero, Alex Silva, Jorge Oliveira e Fabricio Miranda, com o trabalho O QUE COMEM OS ATLETAS, publicado na revista SUPERINTERESSANTE.

PRÊMIO ESSO REGIONAL NORTE/NORDESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Bruno Albertim, com o trabalho IDENTIDADE COMESTÍVEL, publicado no JORNAL DO COMMERCIO (Recife).

PRÊMIO ESSO REGIONAL CENTRO-OESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Ana Maria Campos e Lilian Tahan, com o trabalho O PODER DA TERRA, publicado no CORREIO BRAZILIENSE.

PRÊMIO ESSO REGIONAL SUL
Diploma e R$ 3.000,00

Rogerio Waldrigues Galindo, Bruna Maestri Walter, José Marcos Lopes e Rosana Félix, com o trabalho CRIME SEM CASTIGO, publicado na GAZETA DO POVO.

PRÊMIO ESSO REGIONAL SUDESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Luiza Villaméa, com o trabalho FILHOS DO BRASIL, publicado na revista BRASILEIROS.

MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA

A Comissão de Premiação da Mídia Impressa decidiu atribuir a distinção de MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA à REVISTA DE JORNALISMO ESPM - edição brasileira da Columbia Journalism Review e à FOLHA DE S. PAULO pelo projeto FOLHA TRANSPARÊNCIA.

MELHOR CONTRIBUIÇÃO AO TELEJORNALISMO

A Comissão de Premiação de Telejornalismo concedeu a distinção de MELHOR CONTRIBUIÇÃO AO TELEJORNALISMO ao trabalho PROTESTOS JUNHO 2013, de Fernando Canzian e equipe, da TV FOLHA, exibido na TV CULTURA.

 

SEGUNDONA

MUTIOS TRICOLORES ESTÃO TORCENDO PRA DEGOLA DO INTER. REKERN É UM DELES. TEM UM CAIXÃOZINHO ONDE ESTÁ A CAMISA DO MAZEMBE, O INGRESDO DO JOGO DO MAZEMBE E AGORA AGUARDA O INTER NA SEGUNDONA. A CAIXINHA É UM PEQUENO CAIXÃO COLORADO, VESTIDO DE VERMELHO!

*

SABADO QUE VEM VAI LOTAR O CINEMINHA DA URGS. O TITULO DO FILME É CONTOS PROIBIDOS DO MARQUE3S DESAQDE. TENDO SACANAGEM O CARA TÁ LA.

*

FOI ASSIM COM IMPÉRIO DOS SENTIDOS, QUE O FILME COMEÇA CALIENTE, COMO SE DIZ.

*

SABADO PASSADO NO CASABLANCA O MÁXIMO QUE SE VIU FOI O JOELHO DA INGRID BERGAMNN. NEM TODOS PERCEBERAM.

*

 

do vereador roque feltrin, do solidariedade!
Bom dia!

Agradecemos sua presença em nossa primeira reunião pública. Damos o pontapé inicial, com força, determinação e propostas. Você faz parte histórica deste inicio, sabemos que temos muito ainda a fazer, crescer e solidificar o SOLIDARIEDADE em São Borja. Informe-se, convide seus amigos, traga mais um para nos ajudar a crescer. O gabinete do Vereador Roque Feltrin – SDD está a disposição para qualquer necessidade!

Um forte abraço

 

FIM DA FEIRA

de forma um pouco burocrática e com pouca emoção terminou agora as 21 horas a 59 feira do livro de porto alegre. algumas barracas como a Nova Roma, colocaram sinetas no teto e tocaram durante a passagem do séquito que iam cantando ' tá chegando a hora....' uma tradição do ultimo dia da feira.

durante o dia muito movimento, com o tempo bom e muita gente comprando de ultima hora.

hoje, segunda, serão dados os numeros oficiais das vendas.

 

exumação de jango

há gente achando que podenão ter estado na sepultura o corpo de jango.

antes dos anos 80, Percy Penalvo, outro ex-exilado, que vivia em são borja, recebeu informações do Uruguai de que o corpo de jango poderia ter sumido do tumulo, numa operação dos militares.

em são borja se diz que maneco bigode, um ex-empregado de jango tem esta certeza. Por que será?

é ver pra crer!

*

elio gaspari em sua coluna de o globo de hoje, domingo, fala em dona mila cauduro, a primeira a atrasar a viagem entre uruguaiana e são broja do corpo de jango pra que pudesse ser velado à noite inteira. foi ela, segundo o jornalista, que estendeu a faixa aqnistia encima do caixão, com a licença da familia.

*

 

SEM BOIA

A CRL CORTOU ATE O ALMOÇOZINHO QUE DAVA NO FIM DA FEIRA DOLIVRO. ESTE ANO O RESULTADO SEERÁ DADO EM COLETVA HOJE SEGUNDA AS 15 HORAS NO MEMORIAL. VAI TER AGUA DE BOLINHA, OU SEM...

NO ANO PASSADO, AINDA TEVE UMA BOIA NO COPACABANA. ESTE ANO COMO CAIRAM AS VENDAS, ATÉ ISTO CORTARAM. OU FARÃO EM PETIT COMITEE....

 

de são borja

O ' prato fino' - belmonte, reporter da cultura - foi testemunha do estrilo que o vereador Celso Lopes, do pDT, deu na minsitra Mária do Rosário, durante a exumação do jango. Celso, conhecido por por os pés na porta, disse pra ministra, ipsis literis:

- voces vão botar o Jango dentro deste caminhãozinho ai que leva roupas pras vilas(referia-se a um caminhão bau que estava esperando o esquife do lado de fora do cemitério)

e se retirou do cemitério. depois na saída do caixão no aeroporto João manoel, a ministra e celso fizeram as ' pazes' .até posaram pra lente do prato fino, que guarda a foto como uma relíquia histórica.

*

aliás o belmonte e o arce, que transmitiram a exumação ao vivo, deram um banho na região.

tinha tanta rádio que entrou em cadeira com a cultura, que até a Jovem Pan, de são paulo, o fez.

belmonte deve ter sido o repórter que mais falou em ´radio aquele dia. entrava ao vivo do cemitério quando queria, tinha prioridade.

perto das 6 e meia da tarde, estava puto da ccara porque o esquife não saía nunca do cemitério e o padre que compra aquele horário não dá nenhuma colher pra ninguém interrompe-lo. pode morrer o papa que o padre continua falando no rádio, como se fosse leonel brizola.

e as sete da noite, entra a voz do brasil. mas belmonte já tinha um plano. se o caixão saísse do cemiterio aquela hora oficial, eles iriam interromper a voz do brasil e entrar ao vivo. dizem eles que podem fazer isto.

não foi preciso porque o caixão saiu só as duas e meia da madrugad,quando os ouytros reporteres, ou tinham ido dormir ou estavam na frente meio que dormindo.já que lá pela meia noite mandaram pedir umas 20 pizzas e se atracaram.

*

foi belmonte com fontes dentro do cemnitério que os avisou que na calada da madrugada finalmente o caixão sairia pra ir dormir num quartel do exercito.
pior. o prefeito farelo, o historiador ibere e o chefe de ganinte charão já estavamna altura de santiago se deslocanddo pra santa maria onde pegariam o avião. foram acionados pelo celular pra que voltassem que o caixão sairia de madrugada direto de são borja. tinha mudado tudo....
a presidenta estava em brasília e não desmarcaria a soleniade que ocupou capa de todos os jornais no dia seguinte. era um ato histórico, resgatar a memória do jango, que morrera meio que desiludido na argentina,sem poder ver seu pais d enovo. e era um ato também pra faturar politicamente.

*
enfim, de madrugada, depois de dormir pouco, as autoridades estavam gtodas no João Manoel - nome de um milico que muito saoborjense quer mudar pra leonel brizola - esperando pra embarcar . a família de jango, seus netos, menos os netos de brizola, que foram meio ' corridos' do cemitério porque as duas familias se ' odeiam', cvomo se odiavam jango e brizola.

 

de são borja, pelo poeta ramão aguilar.
FICO FELIZ PELA EXCELENTE NOTÍCIA DA SESSÃO DE AUTÓGRAFOS DO NOSSO AMIGO EM COMUM ISRAEL LOPES.

BEM FEITO PRA TI, QUE NÃO ACREDITOU E NÃO FOI cEDO PEGAR O TEU LIVRO E, AINDA VAI TER QUE NOS PAGAR UMA JANTA. KKKKKKK
AQUI ESFRIOU NO FINAL DA TARDE, SIM.
ABRAÇO,
RAMÃO AGUILAR.
Daí amigo Olides, foi na sessão de autógrafo do Israel?á ótimo
Claro que vi o teu Blog, está ótimo. Depois te mando a receita.
Ramão

 

 

 

 

PEDRO RAIMUNDO

ESGOTOU AQUI NA FEIRA DO LIVRO OLIVRO DO PEDRO RAIMUNDO DO ISRAEL LOPES. PERDI MINHA APOSTA COM O RAMÃO AGUILAR.

 

 

 

 

CASAL PEGO FAZENDO SEXO ORAL EM VOO DE SÃO PAULO PARA SANTIAGO
Embora não seja o mais confortável ou o mais privado (uma espécie de exibicionismo nesta prática), há casais que se atrevem a fazer sexo em qualquer lugar, e estes, resolveram fazer no banco de trás do avião. Deu vontade, lá estão eles, fazendo o que mais gostam... Se for atrevimento ou não para eles, isso não é nada anormal.

De Santiago
Gelson Farias

Um casal de brasileiros foi pego fazendo sexo oral dentro de um voo de São Paulo para Santiago do Chile. Quem descobriu a “ chupeta” foi uma aeromoça, que comentou o caso para o comissário de bordo que fez igualmente o flagrante e comunicou o caso ao comandante Roberto Salustiano. O fato poderia passar despercebido, se não fosse à situação constrangedora em que o casal foi descoberto. Havia crianças naquele corredor, sentadas nas poltronas anteriores, quase ao fundo da aeronave de prefixo, 3215 da Aerolíneas Argentinas.

Houve um princípio de desconforto logo que a situação foi descoberta. Segundo o que foi apurado, foram três passageiros que, já desconfiados de que o casal estava fazendo algo estranho, por causa da mulher, uma jovem, de cerca de 20 anos, que estava indo e vindo várias vezes do banheiro  do avião, resolveu tirar uma foto do casal numa “ chupeta fora de serie”.  Um voo direto de São Paulo para Santiago tem a duração de 3 horas se meias. O avião saiu do aeroporto de Guarulhos às 23 horas da noite de sexta-feira e estava a 900 quilômetros por hora em velocidade de cruzeiro.  Foi servida a janta e logo depois, com parte da aeronave as escuras, (luzes internas em penumbra) houve a comunicação do incidente com o casal. Ao ser ouvido, pelo comandante no aeroporto de Santiago, o jovem, aparentemente estava calmo, mas admitiu ter cometido muitos erros na vida, mas nenhum é maior do que este, disse ele, o cuja identidade foi mantida em sigilo, assim com a de sua namorada.



 

 

 

 

 

 

 

 

Encerramento e balanço da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre


Entre rosas e músicas, a 59ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre chega ao fim neste domingo (17). A partir das 20h30min, o cortejo de encerramento da Feira partirá da Área Infantil e Juvenil, que neste ano ficou na Avenida Sepúlveda seguindo depois em direção à Praça da Alfândega.
A Câmara Rio-Grandense do Livro convida a todos para trazerem um sino e homenagear o Xerife Feira, Júlio La Porta, que faleceu em outubro último. Por 35 anos, La Porta encerrou a Feira tocando a sineta e, neste ano, os participantes do evento vão lembrá-lo.
Participam do cortejo de despedida da Feira músicos, o patrono da 59ª edição da Feira, professor Luís Augusto Fischer, a diretoria da Câmara Rio-Grandense do Livro, a Comissão organizadora e todas as pessoas que trabalharam no evento.

Os números oficiais de venda e público da Feira serão divulgados em entrevista coletiva à imprensa, na segunda-feira, dia 18, no térreo do Memorial do RS.

Presa, dupla petista conta com apoio de jornalistas

Publicado em Sábado, 16 Novembro 2013 17:12
Escrito por Redação Comunique-se
Condenados pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão, o deputado federal por São Paulo e ex-presidente nacional do Partidos dos Trabalhadores, José Genoino, e o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, tiveram seus mandados de prisão expedidos e se apresentaram à Superintendência da Polícia Federal na capital paulista, nessa sexta, 15. Além de militantes da legenda, jornalistas demonstraram apoio aos dois políticos que já foram levados para Brasília.

Repórter e blogueira da Carta Capital, Cynara Menezes usou o perfil que mantém no Twitter para elogiar a carreira política do deputado que era o presidente do PT no momento em que o escândalo do mensalão surgiu durante o primeiro governo de Lula à frente do Palácio do Planalto. "Genoino continua sendo um homem honrado. Se há uma vítima de injustiça neste caso é ele. Sempre foi um dos melhores parlamentares do Brasil". A jornalista aproveitou o momento para perguntar "quantos serão presos pelo roubo de milhões do metrô de São Paulo?".

Editor do blog 'Escrevinhador' e repórter da TV Record, Rodrigo Vianna afirmou que Dirceu e Genoino foram condenados sem provas e ficaram "sob intenso cerco midiático". No texto, expôs que considera o ex-presidente do PT "um símbolo de injustiça". Em outro trecho, o blogueiro ainda voltou a criticar parte da imprensa, afirmando que, no Brasil, "jornalistas e revistas em concubinato com o Jogo do Bicho seguem a ditar regras" e que "jornais que apoiaram o golpe militar fazem papel de vestais da República".

Ex-assessora de Lula, Maria Inês Nassif também avaliou que o Supremo condenou Dirceu sem a existência de provas. "O STF considerou que a culpa de José Dirceu dispensava provas e que a assinatura de José Genoíno, então presidente do PT, num empréstimo feito pelo partido, que foi quitado ao longo desses anos e considerado legal pelo TSE na prestação de contas do partido, tornava o parlamentar culpado", afirmou a jornalista em artigo publicado pela Carta Maior e reproduzido pelo Viomundo, blog comandado por Luiz Carlos Azenha, repórter da Record.

Diretor editorial do site Opera Mundi, Breno Altman foi além de escrever textos em apoio aos petistas. Ele fez parte do grupo que acompanhou Dirceu até a sede da Polícia Federal. O jornalista chegou a apontar para o local em que o ex-ministro de Lula deveria acenar para os militantes que estavam na rua lhe dando apoio. Antes de se entregar, o políticou usou o blog que mantém na internet para reclamar da condenação. "Ainda que preso, permanecerei lutando para provar minha inocência e anular esta sentença espúria, através da revisão criminal e do apelo às cortes internacionais", anunciou.

O Brasil 247, dirigido por Leonardo Attuch, chegou a colocar na manchete de sua página principal o editorial em apoio a Genoino, no qual foram usados adjetivos para definir o deputado que deverá cumprir pena no regime semi-aberto. "Num dia histórico, em que Joaquim Barbosa pretende inaugurar uma nova república com a prisão de um dos políticos mais honestos, sonhadores e guerreiros que o Brasil já produziu". Em outro texto, o portal afirmou que o parlamentar petista está do lado correto da história.

Fora o demonstrado pós-prisão, outros profissionais da imprensa reforçaram apoio a Genoino. Na internet, há o manifesto "abraço-assinado", em que defende o parlamentar de todas as acusações ao qual foi condenado. Na lista, existe a assinatura virtual de mais de 11 mil pessoas, sendo que 592 se denominam jornalistas. O atual presidente do PT, Rui Falcão, o escritor Fernando Morais, o ator global José de Abreu, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e o cantor Chico Buarque são algumas das personalidades que apoiam a iniciativa.

 

 

 

 

o medico da dor.

Gilberto Schwartsmann conversou com leitores neste sabado no santander, depois da sessão de autografos, em que até tinha bastante gente.

contou várias histórias sobre seus pacientes, todos terminais. Não lembro de uma história que ele tenha contado em que o personagem, cujos nomes foram trocados por exigencia da editora-medo de processo -não tenha morrido no fim.

Ivete brandalise mediou o encontro do autor com os seus leitores. é o primeiro livro do médico do câncer.

Gilberto tem 57 anos. O conheci quando fazia residência médica.era meio aquilo que o Lula chamaria de 'aloprado'.

Dizem seus colegas que o que ele quer mesmo é descobrir a cura do cancer. No bate papo, ele quis contar suas histórias, não quis entrar em questões de tratamento, de medicamento e reclamou no fim do debate quando a coisa tava descanbando pra este lado.

ele fala apaixonadamente de seus personagens. diz que os tinha há muito tempo na cabeça mas que a coisa explodiu quando foi paraninfo de uma turma .ele sabe que formatura é tudo uma chatice e que todos estão ali loucos pra ir embora comemorar com os seus.

então ele contou dois casos, fez duas histórias durante esta formatura e diz que teve booa recepção. por iusto resolveu juntar junto com a editora as 30 histórias que compoem seu livro história de afeto...eu depois que li o livro e me emocionei muito lendo, chamaria de histórias de pacientes terminais.

em todas elas ele quer humanizar a medicina. e acha que mesmo diante de planos de saude que exploram os médicos, do SUS, o cara que realmente gosta de Medicina sempre encontra um tempinho de sentar ao lado do paciente e conversar com ele.

contou o exemplo de quanto - gilberto está toda hora se colocando como exemplo, isto é verdade,mas de uma forma humilde - lutou pra fazer um estágio no memorial do cancer em NY e que lá quando chegou finalmente foi fazer uma visita acompanhando o médico kid do local. Gilberto percebeu que em todos os lociais o médico dava um jeitinho de sentar um pouco e ouvir o paciente. No fim da expedição , dentro do memorial, fizeram um pequeno encontro, onde o médico lhe perguntou a ele o que lhe tinha chamado a atençao. Gilberto matou a pau:
- que o senhor senta ao lado do paciente(pratica que ele aliás, adotou).

Boa, lhe disse o teacher.

E assim se passou o tempo que ficamos ouvindo o médico do cancer falando sobre suas experiências. ele acha que se melhorou e muito - sempre dentro do seu espirito positivo,embora não seja eufórico - o tratamento sobre o cancer, mas não deu nenhum alento de que se vá achar a cura do mal, embora tenha dito que muitos pacientes se curaram da doença.

Gilberto gostou de contar do caso do moleque Tiago, um paciente de leucemia, que ele fazendo uma pequena traquinagem conseguiu que o garoto ganhasse uma bici no dia da corrida pela vida, no Parcão.

também foi comovente ouvi-lo contando a história da paciente, no clinicas, que lhe segredou que tinha um segredo que nem seu companheiro compartilhava.
era um filho que ela abandonara, quando jovem, por pressão da familia.
a mulher abandonou a pequena cidade onde nascera e ficara grávida. nunca mais tinha visto o filho. veio a porto alegre e aqui sobreviv eu a duras penas, tendo até se prostituido pra isto. mas depois encontrou um companheiro digno e levou uma vida normal. até que lhe veio o cancer de colo do utero. ali ela queria ver seu filho. gilberto colocou o serviço social do hospital em campo e atra´ves do rádio acharam o guri, que veio a porto alegre e pode desfrutar da companhia da mãe antes que esta morresse.

Gilberto diz que tem outro livro quase pronto. vai esperar o resultado deste que segundo a editora está vendendo bem.

a mim me chamou a ateñçao que no dia dos autoghrafos a ZH neão tenha dado uma linha sobre o livro. Bom,fazer o que???(O.C.)

 

por que será que a ex primeira dama não pintou em são borja na exumação do marido????


existem as maís variadas versões...

uma da conta que ela poderia passar por constrangimento.

 

exumação de jango

cagadas da folha de são borja, que saiu na quinta, dia 14.

ekles fizeram a materia de adianto como se diz. na materia que saiu saiu tudo errado. dizendo que o corpo viajou no fim da tarde pra santa maria. tudo suposição. tudo difeerente do que aconteceu. o que aconteceu todos sabem, não vou aki dizer de novo.

isto é que da fazer noticia de adianto....podiam esperar e tirar uma edição pra sexta, ou pro sabado, agora sair tudo errado assim´é de doer.

 

VIDA MUNDANA

Foi no ' chinaredo' artemis que alguns que foram a são borja pra exumação do jango terminaram o dia 12 e entraram o dia 13.

Um deles, particularmente, o anfitrião, que vive em SB, foi dormir já com os primeiros clarões do dia....só não foi ao bar do Jango, porque fica muito perto do cemitério e poderia ser confundido com algum dos peritos que estariam chegando pra trabalhar, eis que muitos fotógrafos amanheceram na frente do Jardim da Paz.

 

CHUPANDO O FILME

cHUPANDO, EM LINGUAGEM DE JORNAL, COPIANDO.

LI O ARTIGO HOJE DO NETO DE JANGO,C RISTOPHER, QUE SAIU NO DIA 13.NA ZH. PO O CARA CHUPOU A ULTIMA FRASE DO FILME DE SILVIO TENDLER( VI UMA DEZENA DE VEZES, POR ISTO SEI BEM) QUANDO O NARRADOR, NO CASO O ATOR JOSE WILKER,VAI DESCREVENDO A CHEGADA DO CORPO A SÃO BORJA PRO ENTERRO. A CITAÇÃO DA FRASE DE TENDLER NO ARTIGO DE CRISTOPHER - O NETO DE JANGO, QUE GANHOU PENSÃO DA ANISTIA POR TER SIDO ' PERSEGUIDO' PELA DITADURA NASCIDO EM 1976 - ESTA NAS ULTIMAS LINHAS DO PRIMEIRO PARAGRAFO. SENÃO VEJAM O FILME, IPSIS LITERIS....

 

fofocas da exumação do jango

*

folha de sãoborja conseguiu uma proeza que deve ir pro guines...sim, ela circulou no dia 13,com as notiiias do dia 13,falando de tudo do dia 13, mas não foi pra rua no dia 13. seguraram a edição pra largar no dia seguinte, onde colocaram a pagina com a exumação do jango. o edson arce passou o dia 13 correndo pra redação pra autalizar a edição. só que ela saiu no dia 14 totalmente ' bebada', como se diz em jornalismo. a unica coisa atualizada que tinha era a noticia do jango, porque por exemplo, o jogo do ghremio quem fosse ler achava que ainda não tinha acontecido. isto que é fazer jornalismo nas coxas, ao invés de tirar duas edições, uma na quarta e outra na quinta, o dono poupou e enganou os leitores. durma-se com um barulho destes.

*

tem gente querendo entrar com ações contra quem fez a exumação do jango. dizem que houve violação de caixão dos outros mortos que descansam no tumulo. e houve mesmo.abriram quatro ou cinco caixões antes de achar o jango

*
e isto que estava lá o exumador que exumou o CHE...trazido de cuba pelo filho de João Vicente, o João Marcelo. Todos os netos e demais afins tem João no nome.

*

Rui Noé, filho de Noé, o filho bastardo que ganhou na Justiça ser filho do Jango - na verdade todo mundo diz que ele é irmão do jango - chegou a são borja ainda no sábado retrasado. ficou por lá cuidando da boiada....

Noé o filho bastardo foi o único que guardou a fortuna do pai. os demais filhos botaram uma fortuna que o ex-presidente deixou em vida. vivem agora de mamar no Estado, de CCs, Institutos e afins,enfim, como diz o Elio Gaspari, da ' viuva", ouseja de nós todos que pagamos imposto.E sempre apelando emocionalmente pelo erro histórico do presidente ter sido exilado fato com o qual nós cidadãos de hoje nada temos a ver.

*
Aliás, tem gente que tem uma lista de quatro nomes que ajudaram a torrar a fortuna de Jango....muitos deles já morreram. Um ainda tá vivo e apareceu muito agora na exumação, inclusive,dizendo grosserias no dia da exumação.

*
Na noite em que a Comissão da Verdade fez audiencia pública no CTG Tropilha Criolla, após o evento, Márcio, que assessora a deputada Juliana Brizola, sugeriu que fossem jantar na argentina, ou seja, santo tomé.

levou um ' xixi' da chefe.

- Meus votos não estão na argentina, disse a neta de Brizola, pragmática.

e todos foram pro Aquarela, onde estava também o pessoal da assessoria de Maria do Rosário, dos Direitos Humanos.

*
Aliás. não se viu o Letier Vivian, no cemitério, no dia da exumação. Letier é brizolista, não janguista, a quem sempre achou um ' fujão".

*

nesta briga de jango e brizola,fica aquela coisa tipo meu ódio será tua herança. os netos não se cumprimentam.será disputa da herança 'trabalhista"!

*

Levei umsusto no dia da exumação. Tava na frente do cemitério junto com uma pá de colegas. eis que um policial militar, que estava lá,me chamou pelo nome, querendo saber se era eu mesmo. sim,disse, me borrando todo. pensei:
- o que fiz agora e pensei que tinha falado alto alguma coisa.][

que nada, pra minha glória, o policial, de escalão alto, lê este blog. obrigado pela audiencia.

*

Vi na frente do cemitério muitos colegas da velha guarda: flávio ilha, que está no globo, itamar aguiar, que está numa agtencia internacional, edison vara, da reuters,entre outros.

*
A colunista Denise Nunes, que era do Correinho, disse que no dia que reconhecveram Noé, como filho do Jango, ouviu um motorista de taxi dizer:

- Não deram o nome pra ele, mas deus lhe deu a cara!

Toing....

*

Dizem em sãqo borja que quem manda no PDT é o ex-prefa Mariovane. por isto roque feltrin, desafeto dele, caiu fora. foi pro Sol...e deverá ser candidato na próxima. com cara de padre, é cursilhista, mas é bom de gogo.

*

Nãocontem os Goulart na eleição que vem com o apoio de dona celste penalvo. nem pensar. ela vai de juliana brizola, que a tem visitado em sua casa.

Aliás, nem convidaram a ddona celeste a entrar no cemitério no dia da exumação.e la que conviveu com jango no exilio e que seu falecido marido trabalhava pro ' doutor' como ela chama respeitosamente o falecido ex-presidente.

*
Cristopher Goulart decepcionou a alguns radialistas locais, digo de são borja, quando ele ia lá pedir espaço porque era candidato era mais humilde. é ovelha não é pra mato.holofotes deslsumbram...cuidado que longos dias tem 100 anos, como diz o ditado.

*

 

 

 

 

ainda fotos da exumação do jango em são broja ocorrida dia 13 de novembro. um escritor faria dali um roteiro cinematrográfico que daqui a gerações muitos apreciariam. teve de tudo, de briginhas de ciume entre parentes, de politicos tirando proveito da mídia presente, de bolos de milho entrando no cemitério pras autoridades comerem, de um sol muito forte e abrasador. muitos não aguentaram durante o dia e foram tomar uma ceva no bar do jango que de madrugada é o point das putas em fim de expediente(olides canton)

 

 

 


Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
deste feriadão, que escrevo na Folha Popular de Teutõnia.
Veja em especial a história do Esporte sobre o arbitro artilheiro.
Abraço e bom feriadão.
Rudimar Thomas

 

 

 

 

DE SÃO BORJA

DIA 13.11.2013

- O GOVERNADOR TARSO DÁ COLETIVA NA SAIDA DO JARDIM DA PAZ.ATRAS A MINISTRA MARIA DO ROSÁRIO E O PREFEITO DE SÃO BORJA FARELO DE ALMEIDA.-FOTOS NEUZA PENALVO

COLETIVA DE TARSO(FOTO NEUZA PENALVO)

COLETIVA DO GOVERNADOR TARSO. ATRÁS DEPUTADO OLACIR OLIBONI, DO PT.FOTO DE NEUZA PENALVO.

COLETIVA DO GOVERNADOR. FOTO DE NEUZA PENALVO.

 

 

 

Destaque:2727

Sicredi reinaugura unidade de atendimento em Serafina Corrêa
Solenidade de reinauguração ocorreu no dia 11 de novembro

No dia 11 de novembro, a Sicredi Aliança RS/SC reinaugurou sua
unidade de atendimento em Serafina Corrêa. A cooperativa atua na
cidade desde 1996, quando inaugurou a sua primeira unidade de
atendimento. O prédio está localizado na Avenida Miguel Soccol, número
3034, no centro da cidade, e conta com mais de 600 m². A cooperativa
Sicredi Aliança RS/SC está presente em 13 municípios, sendo 11 no Rio
Grande do Sul e 02 em Santa Catarina, possui 15 unidades de
atendimento e conta com mais de 26 mil associados. ?É com muito
orgulho e satisfação que o Sicredi entrega essa unidade nova, ampla e
moderna para a equipe de colaboradores e para os associados?, afirmou
o gerente da unidade de atendimento, Jairo Roberto Moraes da Silva. ?O
crescimento do Sicredi em Serafina Corrêa é resultado do
desenvolvimento constante da cidade, que cresceu e nos fez crescer
junto com ela?, avaliou o presidente da Sicredi Aliança RS/SC, Ivo
Miri Brugnera. Estiveram presentes na solenidade de reinauguração o
Prefeito Municipal, Ademir Antônio Presotto, o Vice-Prefeito,
Francisco Bernardo Mezzomo, o presidente da Câmara Municipal de
Vereadores, Silmar Roberto Santin, o presidente do Sindicato dos
Trabalhadores Rurais, Lírio Luís Oldoni, o presidente da Cooperlate,
Roberto Tebaldi, o presidente da Sicredi Região dos Vales RS, Ricardo
Cé, diretores, conselheiros, coordenadores de núcleo, colaboradores e
associados da Sicredi Aliança RS/SC, comunidade em geral e imprensa.
Por: Luciano Ottoni
Assessoria de Comunicação e Marketing Sicredi Aliança RS/SC

 

 

 

 

DE SÃO BORJA

A NETA DO RAMÃO E DA KÁTIA, A LAVINIA, VE FILMINHO NO COMPUTADOR.

A GURIA É FOGO. DÁ UM SHOW PRA DORMIR, MAS DE MANHA ACORDA DE MAU HUMOR..

 

 

 

exumação do Jango

 

 

 

 

 

Santa Cruz recebe 28ª edição do Enart

O presidente da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), Rodi Pedro Borghetti, participa da 28ª edição do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart), que inicia nesta sexta-feira (15/11) e vai até domingo (17/11), em Santa Cruz do Sul.

O município receberá cerca de 4 mil competidores nas artes gaúchas. São mais de 20 modalidades artísticas, incluindo gaita de boca, bandoneon, viola e dança tradicional. No total, são 80 grupos disputando 40 vagas para a final de domingo, envolvendo mais de 3 mil pessoas diretamente. O CTG Aldeia dos Anjos, de Gravataí, é o detentor do maior numero de troféus de campeão das danças tradicionais, 10 no total, seguido pelo CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha, com 4. O encontro terá transmissão ao vivo pela internet e TV aberta

O que: ENART – Encontro de Artes e Tradição Gaúcha
Quando: de 15 a 17 de novembro
Onde: Parque da Oktoberfest em Santa Cruz do Sul

 

 

Rita Escobar
Imprensa FIGTF
Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore
Fone: 51 32281711 / 9327.5434

 

diario de são borja

.Cheguei agora,sexta, as 6 de sãoborja onde acompanhei a exumação do Jango. o que se deu lá valeria um filme de realismo fantastico. sabem de uma coisa que disseram muito lá: que o corpo do jango teria sido tirado de lá no tempo da ditadura. então o que mandaram pra brasilia? a mídia foi toda praticamente enrolada pela versão oficial.O que não entendi até agora foi o que fizeram os 4 colchões que entraram lá na quarta lá pelas ll da noite. VÁRIOS FOTOGRAFOS REGISTRARAM O FUNCIONÁRIO PASSANDO OS COLCHÕES POR CIMA DA CERCA DO CEMITÉRIO.

*

O que vale de tudo isto é que parte da história que estava ' borrada' veio à tona novamente.

 

 

 

 

de são borja

 

40graus na sombra, deu pra pegar uma piscininha junto com a Lavinia, neta do ramão e da kátia

 

 

 

tarso foi a coletiva mais concorrida.]

depois de ficar mais de 40minutos dentro do cemite´rio jardim da paz, na quarta,dia 13, o governador tarso genro deu uma coletiva improvisada na saída do cemi´tério. os coleguinhas se exprimiram todos pra alcansar as camaras e os gravadores. tarso disse que foram dar um abraço aos familaires com quem tem relações fraternas.

sobre jango disse que foi derrubado mais pelas virtudes do que pelos defeitos.

FOTOS D ENEUZA PENALVO.

 

 

 

DOIS PRATA DACASA DE SÃO BORJA

O FOTOGRAFO CLAUDIO GOOTFRIED, PARENTE DO EX-PREFA MARIOVANE, E O PRATO FINO, REPORTER DA CULTURA AM.

CLAUDIO É UM FOTOGRAFO FREE LANCER QUE JA FEZ TRABALHOS IMPORTANTES PRO JORNALISMO. UMA CRIA DE MÁRIO AGUIAR, OUTRA LEGENDA DA FOTOGRAFIA DE SÃO BORJA, JUNTO COM GAUDENCIO, FOTOGRAFO QUE ANDA DE BICI NA TERRA DOS PRESIDENTES.

AQUI NESTA FOTO ELES ESTAVAM - CLAUDIO E PRATO FINO(BELMONTE) NA FRENTE DO JARDIM DA PAZ, ESPERANDO PELO ANUNCIO DA SAÍDA DO CAIXÃO DO JANGO QUE SO ACONTECEU NA MADRUGADA DE QUINTA...

SÃO DOIS SIMBOLOS DO JORNALISMO DE SÃO BORJA. ONDE ELES ESTÃO PODE ANOTAR. TEM NOTICIA!

 

 

 

 

DE SÃO BORJA

FLAVIO ILHA DE O GLOBO ESTEVE NA EXUMAÇÃO DE JANGO. OS DEMAIS COLEGAS PASSARAM UM DIA DE MUITO CALOR NA FRENTE DO CEMITÉRIO JARDIM DA PAZ....TOMARAM MUITA AGUA, IMPROVISARAM AGUA E POUCOS COMERAM ALGUMA COISA.

NUM BAR QUE HAVIA NAS PROXIMIDADES, CHAMADO DE BAR DO JANGO, ALGUNS FORAM TOMAR UMA CEVA NA HORA DO MEIO DIA, MAS POUCOS LARGARAM O PLANTÃO NA FRENTE DO CEMITERIO.

 

 

 

 

DE SÃO BORJA

DOIS MOMENTOS NA CASA DO POETA RAMÃO AGUILLLAR ONDE IMPROVISEI MINHA REDAÇÃO.

NA PRIMEIRA FOTO, ISRAEL LOPES, EU, RAMÃO, NA NOITE EM QUE COMEMOS UM CHURRA

NA MANHA DE HOJE, A REDAÇAO IMPROVISADA NA CASA DO RAMÃO.MOMENTO DE SERIEDADE. HORA DE BATER AS MATERIAS!

 

 

 

DE SÃO BORJA

POR OLIDES CANTON

exumação do jango

virou briga de estrelismos.

Cristophr Goulart, neto de Jango, João Vicente, seu pai,e outros familiares disputaram beleza no dia da exumaçãode jango.

- É a ultima vez que eles tem holofotes, disse uma fonte deste site, que conviveu com o dr. Jango no exilio. Seu nome será preservado.

Esta mesma fonte, uma trabalhista histórica, passou para o lado de Juliana Brizola para quem fará campanha a deputada no ano que vem,sabendo que João Vicnte será candidato também.

a disputa do espólio - politico - dos fllhos e netos de Jango e Brizola nunca foi serena. Sempçre foi meio aos tyapas ....

A UNICA familiar de jango que se manteve discreta durante todos os atos da exumação foi sua flha Denise, que nunca deu nenhuma declaração.Maria Tereza, viuva de jango, que pouco bota os pés em são borja, não veio também desta feita. a boca pequena se comentava que que ela não quis passar pelo constrangimento de ser procurada por um oficial de Justiça.

SEU PROBLEMA SERIA COM USUCAPIÃO DE TERRAS QUE FORAM DO EX-PRESIDENTE.

são borja, na verdade, a exumação de jango virou uma disputa via feice entre petistas e pedetistas. Mas os partidários do PP não entraram nesta briga.

A Minsitra mária do rosário, dos direitos humanos, esteve presente na cidade desde a terça, dia 12. e teve grande atuação na mídia, dando entrevistas coletivas. o ministro da justiça, josé eduardo cardozo que esteve na audiencia da comissão da verdade, na noite do dia 12 no ctg Tropilha Criolla teve uma atuação discreta. ninguem quase soube que ele esteved em são borja. deixou que o palco pra brilhar ficasse com a colega maria do rosário, que é candidata ao senado pelo pt.

ou seja, não vão motnar o palco, o palco já está montado e seus atores em evidência.

na noite de quarta, correu um boato em são borja que intrigou a muita gente. dizia-se que o MANECO BIGODE, OU maneco mota, QUE TRABALHO CUM JANGO NO EXILIO, TERIA DECLARO TEMPÇOS ATRAS AO COLUNISTA CLEMAR DIAS, DA FOLHA DE SÃO BORJA, QUE O CORPO DE JANGO NÃO ESTAVA MAIS NO TUMULO. OS MILICOS TERIAM DADO SUMIÇO NELE NO TEMPO DA DITADURA. CLEMAR NÃO DIVULGOU A VERSÃO COM MEDO DE QUE FOSSE UM FACTOIDE. PREFERIU O SILENCIO. QUANDO O BOATO COMEÇOU A CIRCULAR POR SÃO BORJA, NA NOITE DE AQUARTA, DEVIDO A DEMORA DA RETIRADA DO CORPO DE JANGO, CLEMAR ESTAVA ARREPENDIDO DE NAÕ TER ESCRITO A VER~SAO DE MANECO BIGODE. MAS DEPOIS COM A NOVA REALIDADE, QUANDO O CORPO DE JANGO EMBARCOU PRA BRASILIA, ESTE BOATO TAMBÉM AMAINOU.

O AMBIENTE DE QUARTA EM SÃO BORJA ERA DE TRANQUILIDADE,MAS TODO MUJNDO SO FALVA NISTO, COMO DIRIA AQUELE HUMORISTA. ALGUMA VERSÃO DICADEZIA QUE ATÉ INTEGRANTES DO PROGRAMA HUMORISTICO ' PÉ NA COVA' ESTARIAM EM SÃO BORJA. ISTO DEVE SER MESMO BRINCADEIRA MAS O FATO É QUE ESTEVFE AQUI REPRESENTANTES DA IMPRENSA INTERNACIONAL, DA NACIONAL, EMBORA SÃO BORJA ESTEVE ACOSTUMADA COM ISTO. MAS FAZIA TEMPO QUE UM ACONTECIMENTO NÃO TRAZIA PRA CÁ TANTO REPORTER COMO FOI DESTA FEITA.

A VOLTA DO EXILIO DE BRIZOLA EM 7 DE SETGEMBRO DE 1979 TALVEZ TENHA SIDO A ULTIMA VEZ QUE TANTA IMPRENSA NTERNACIONAL TENHA VINDO A SB.

DOS PARENTES DE JANGO, UM QUE MANTEVE A DISCRIÇÃO FOI RUI NOÉ, NETO DE JANGO, FILHO DE NOÉ. ELE FICOU APENAS NA PARTE DA MANHÃ NO CEMITÉRIO,DEPOIS FOI PRO INTERIOR ONDE ' TINHA UM GADO PRA ENTREGAR' OU SEJA, COMPROMISSOS PROFISSIONAIS .

SAO BORJA,ENFIM, SE ACOSTUMOU COM ESTES GRANDES ESPETACULOS. RESTA SABER DEQUEM SERÃO OS DIVIDENDOS ELEITORAIS. CADA QUAL TIRANDO SUA CASQUINHA NESTA HORA, PIRNCIPALEMENTE EM APARECER NA MIDIA.(oC,DE SÃO BORJA)

 

 

 

CENAS DA EXUMAÇÃO

FRISSON, CORRERIA DA IMPRENSA, BOATOS, BRIGA DE ESTRELISMOS E POR AI AFORA. NO MEIO DE TUDO ISTO A GENTILEZA DOS BRIGADIANOS COM A IMPRENSA!

 

 

 

DEMAIS CENAS DA EXUMAÇÃODE JANGO!

 CARLOS rOSSLING REPORTE DA ZERO HORA. FOI DO CORREINHO AGORA ESTÁ NO JORNAL DA AV. IPIRANGA.

 

 

 

 

cenas do interior do cemitério jardim da paz, de são borja, no dia da exumação de jango. aparece o deputado cassiá carpes, do Sol.

 

 

 

CENAS DA EXUMAÇÃO!

Vinicius e colegas seguram a faixa que eles mesmo fizeram.ficaraM FAMOSOS NO BRASIL. SAIU ATÉ NO FOLHÃO DE SAO PAULO!

 

Eduardo Belmonte,o reporter Prato Fino, teve seu dia de gloria. Mandava chamar os caradas da prefa de são borja que tavam dentro do cemitério exigindo exclusivas. bom reporter, não dormiu a noite toda dando noticias até altas horas da madrugada. Depois amanheceu no aeroporto dando a partida dos avioes da FAB levando o corpo de Jango. Coprpo de Jango...será. um boato que corria são borja dizia que o corpo de jango teria sumido do cemitério no tempo dos milicos.

 

interior do cemitério na quarta passada. cadeiras, bolo de milho que entrou de manhã pro lanchinho das autoridades e muita água por causa do calor.

 

 

 

de sao borja

noite deeboatos

circularam nesta noite aqui todo tipo de boato. de que o corpo do jango não foi encontrado como teria dito estes dias um ex-empregado dele MANECO BIGODE AO COLUNISTA CLEMAR DIAS. A SUPOSIÇÃO É DE QUE O CORPO TENHA SIDO DESAPARECIDO NOS TEMPOS DA DITADURA MILITAR.

 

 

 

 

de sborja

Diego Vara, pela ZH e edison, pela Reuters, cobriram a exumação de jango.

filho e pai. Diego não estaria mais dividindo o mesmo teto com taline oppitz, do correinho

 

de são borja

Dizem que a ex-primeira dama nãoveio a são borja pra não ser citada por oficial de Justiça....

 

 

 

Foto: Carlinhos Rodrigues

Shani Boianjiu, uma jovem contadora de histórias

Ao visitar a 59ª Feira do Livro de Porto Alegre, na tarde desta quarta-feira (13), a aclamada escritora israelita Shani Boianjiu disse que se considera uma “contadora de histórias”. “Sou apenas uma garota”, disse a autora de O povo eterno não tem medo, afirmando gostar da cultura pop e enumerando uma série de autores que aprecia tais como Clarice Lispector e Junot Diaz, Jamaica Kincaid, Julien Gracq e Jenny Erpenbeck.

Vestindo uma camiseta com a expressão “Bem capaz”, Shani pareceu estar à vontade na Capital. Quis saber sobre o chimarrão e disse que o dia livre seria dedicado aos passeios. Falou que a cultura americana está presente em todos as partes do mundo e disse gostar muito do ator e cineasta Woody Allen. No entanto, considera que seus filmes retratam a garota judia norte-americana dos anos 1960, o que não tem a ver com a atual geração que vive na Europa.

A escritora de 26 anos veio a Porto Alegre por meio de parceria com o Consulado de Israel, para participar de uma mesa-redonda nesta quinta-feira (14), a partir das 18h30min, no Auditório Barbosa Lessa, do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, e para autografar o livro, em sessão que terá início às 20h. Durante a conversa será abordado o tema do livro: a história de três meninas que crescem juntas em um vilarejo israelense, tendo suas vidas modificadas de maneira drástica quando são recrutadas para o Exército. Irão participar também Yoel Barnea e Marcia Ivana de Lima e Silva.

Em O povo eterno não tem medo, Shani relata a história de três jovens que prestam serviço militar obrigatório. Yael torna-se instrutora de tiro e flerta com rapazes. Avishag passa horas sentada diante de monitores de vigilância, onde assiste, impotente, à morte de refugiados sudaneses. Lea, em um posto de controle, cria histórias imaginárias por trás dos rostos de palestinos que passam por ela todos os dias.

Shani Boianjiu nasceu em 1987 em Jerusalém e cresceu numa pequena cidade na fronteira com o Líbano. Serviu nas Forças de Defesa de Israel durante dois anos e estudou em Harvard. Os seus textos já foram publicados nos jornais The New York Times, The Wall Street Journal e The Guardian e nas revistas Zoetrope e Vice.

Eliane Iensen
(51) 8601-2680

 

 

 

Destaque:1684

Do sonho à realidade: Asfalto na Avenida Arthur Oscar

Na sexta-feira, 08 de Novembro de 2013, a população serafinense
prestigiou a entrega de mais uma obra: a pavimentação asfáltica de
trecho da Avenida Arthur Oscar, entre o trevo São Cristóvão e a Rua
das Hortênsias, no centro de Serafina Corrêa. A obra traz, aos
moradores e serafinenses, progresso e desenvolvimento, contribuindo
assim para a infraestrutura, mobilidade urbana e mudando a história do
município.
Autoridades locais, entidades, associações, servidores e a comunidade
serafinense prestigiou o ato que teve uma homenagem especial, feita
por dois alunos da Escola Municipal Infantil Santa Lúcia. Em seguida,
o Prefeito Municipal, Ademir Antônio Presotto, deixou sua mensagem,
prestando contas de mais essa obra que vai ao encontro da comunidade
serafinense. Houve o descerramento da placa, entregando oficialmente
mais essa conquista ao povo serafinense.

 

 

 

 

Destaque:4426

Soberanas divulgam a FEAGRICS na região.

Em Serafina Corrêa nos dias 14, 15, 16 e 17 de Novembro acontecerá a
FEAGRICS, uma feira completa! Compras, negócios, máquinas agrícolas,
veículos, gastronomia, shows e muita diversão, com entrada gratuita!
Esse foi o convite, estendido a toda a região, onde a Rainha Daniela
Formagini Marangoni e as Princesas Eloah Vidmar e Taiara Vicentin,
acompanhadas pela Chefe de Gabinete Monique Soccol Pavan, visitaram os
Prefeitos, Vice-Prefeitos, Secretariado e Chefias de Gabinete dos
municípios da região, nos dia 06, 07 e 08 de Novembro de 2013.
A comitiva esteve nos Municípios de Marau, Vila Maria, Casca, Santo
Antônio do Palma, São Domingos, Vanini, Paraí, Nova Araçá, Nova
Bassano, Nova Prata, Veranópolis, Bento Gonçalves, Guaporé, Vista
Alegre do Prata, Dois Lajeados, União da Serra e Montauri com o
intuito de divulgar a FEAGRICS, que será realizada em parceria com
ACISCO e patrocinadores.
A Rainha Daniela Formagini Marangoni e as Princesas Eloa Vidmar e
Taiara Vicentin destacaram que se sentiram em casa em cada Município
que estiveram. Relatam que a acolhida de cada Prefeito, Vice-Prefeito
e equipes fez com que se sentissem, ainda mais lisonjeadas em serem a
Rainha e as Princesas do Município de Serafina Corrêa, essa terra que
é tão bem vista, comentada e elogiada por onde passaram.
O Poder Executivo Municipal, em nome do Prefeito Ademir Antônio
Presotto e a ACISCO, em nome do Presidente Cassiano Ricardo Zatti
agradecem às empresas Credeal, Cirurgião Dentista Ricardo Mezzomo e
Vanessa De Villa, Cirurgião Dentista Sinandro Tafarel e Vida Centro
Clínico pelo apoio e compreensão despendidos para esse importante
trabalho de divulgação, que leva o nome de Serafina Corrêa e da
FEAGRICS para a região.

 

 

 

no torro da segunda, dia 11. faltou leitor. o solitário autor não desistiu de dar a sua sessão só que não pintou ng no pedaço.

o editor e o autor

 

- a fã, o editor, o autor e o fotografo Luis Ventura.

 

 

 

Escalrecimento.

a diretora da ari, maria luiza diz que a barraca na feira do livro funcionou no sábado passado até as 18 horas. quando este repórter chegou lá por volta de 19 hs estava fechada. tanto que a fogografei fechada.

OLIDES !

EM TEU BLOG, DATA DE HOJE, 13.11, NOTEI UM EXPRESSÃO ESCRITA POR TI,
TÍPICA DE QUEM É DE ORIGEM ITALIANA; DISSESTE QUE EM POA, DEPOIS
DAQUEL TORRÓ( TORÓ, COM CERTEZA, QUERIAS DIZER).

LEMBREI-ME DE UM EPISÓDIO DA SAUDOSA ROSA PICOLLI( TEU AMOR PLATÔNICO
!!!!!), QUE CERTA VEZ, QUANDO AINDA NAMORAVA O SÉRGIO, REFERIA-SE A
ELE COMO "XARRÁ". NA VERDADE, ELA QUERIA DIZER XARÁ. O SÉRGIO ERA
ASSIM CONHECIDO, POR SER MUITO AMIGO E TER O MESMO NOME DO SERGINHO
SOCCOL, FILHO DO SR. LÚIS, MEU VIZINHO DO TÁXI( À ÉPOCA O ÚNICO).

QUANTO À FEIRA DE SÃO BORJA,PALESTRA ETC...., NÃO REPARES POIS, PARA
TER CASA CHEIA,NESTAS OCASIÕES, OS ESCRITORES TEM QUE TER PASSADO PELA
RBS/GLOBO ETC... AQUI NA LEGENDÁRIA TAMBÉM OCORREM DESTES EPISÓDIOS,
NÃO SÓ COM ESCRITORES, MAS TAMBÉM COM QUEM OUSA ORGANIZAR EVENTOS.

ESTÁS ACIMA DISTO, ENTRETANTO, TENS O DEVER DE PRODUZIR MAIS
LITERATURA SOBRE OS GRANDES VULTOS DA HISTÓRIA DE SÃO BORJA.QUEM SABE
LANÇAS UM LIVRO EM SÃO BORJA ?

UM ABRAÇO.

MAURO ROCHA

NESTA SEXTA-FEIRA E NO DOMINGO, PASSAREI POR SÃO BORJA, RUMA À
URUGUAIANA, PARA UM ENCONTRO DE TURMA. VISITAREI NO DOMINGO O TÚMULO
DO BRIZOLLA, ONDE TAMBÉM ESTAVA O PRESIDENTE JANGO ATÉ A EXUMAÇÃO,
NESTA DATA, E O MEMORIAL DO GETÚL IO. CLARO QUE BUSCAREI CONHECER O
LETIER , TEU AMIGO E MEU CORRELIGIONÁRIO, PARA DIZER-LHE DE TUAS
ORIGENS ARENOSAS EN LA UNDEZE !!!!!!

UM ABRAÇO.

Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

 

----- Final da mensagem encaminhada -----

Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

prezado Mauro

Li este teu recado aqui na casa do amigo Ramão...procure comprar um livro dele aqui em SB( vim pra exumação do Jango)

O Ramão tá aqui preparando um xurra pra noite, sob um sol de rachar...enquanto meus coleguinhas padecem no sol lá no cemitério eu tou aqui escregendo minha materia(Olidfers)

OLIDES !

EM TEU BLOG, DATA DE HOJE, 13.11, NOTEI UM EXPRESSÃO ESCRITA POR TI,
TÍPICA DE QUEM É DE ORIGEM ITALIANA; DISSESTE QUE EM POA, DEPOIS
DAQUEL TORRÓ( TORÓ, COM CERTEZA, QUERIAS DIZER).

LEMBREI-ME DE UM EPISÓDIO DA SAUDOSA ROSA PICOLLI( TEU AMOR PLATÔNICO
!!!!!), QUE CERTA VEZ, QUANDO AINDA NAMORAVA O SÉRGIO, REFERIA-SE A
ELE COMO "XARRÁ". NA VERDADE, ELA QUERIA DIZER XARÁ. O SÉRGIO ERA
ASSIM CONHECIDO, POR SER MUITO AMIGO E TER O MESMO NOME DO SERGINHO
SOCCOL, FILHO DO SR. LÚIS, MEU VIZINHO DO TÁXI( À ÉPOCA O ÚNICO).

QUANTO À FEIRA DE SÃO BORJA,PALESTRA ETC...., NÃO REPARES POIS, PARA
TER CASA CHEIA,NESTAS OCASIÕES, OS ESCRITORES TEM QUE TER PASSADO PELA
RBS/GLOBO ETC... AQUI NA LEGENDÁRIA TAMBÉM OCORREM DESTES EPISÓDIOS,
NÃO SÓ COM ESCRITORES, MAS TAMBÉM COM QUEM OUSA ORGANIZAR EVENTOS.

ESTÁS ACIMA DISTO, ENTRETANTO, TENS O DEVER DE PRODUZIR MAIS
LITERATURA SOBRE OS GRANDES VULTOS DA HISTÓRIA DE SÃO BORJA.QUEM SABE
LANÇAS UM LIVRO EM SÃO BORJA ?

UM ABRAÇO.

MAURO ROCHA

NESTA SEXTA-FEIRA E NO DOMINGO, PASSAREI POR SÃO BORJA, RUMA À
URUGUAIANA, PARA UM ENCONTRO DE TURMA. VISITAREI NO DOMINGO O TÚMULO
DO BRIZOLLA, ONDE TAMBÉM ESTAVA O PRESIDENTE JANGO ATÉ A EXUMAÇÃO,
NESTA DATA, E O MEMORIAL DO GETÚLIO. CLARO QUE BUSCAREI CONHECER O
LETIER , TEU AMIGO E MEU CORRELIGIONÁRIO, PARA DIZER-LHE DE TUAS
ORIGENS ARENOSAS EN LA UNDEZE !!!!!!

UM ABRAÇO.

Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

De São Borja

Vim pra são borja nesta noite. um passageiro roncou a noite toda, não me deixando dormir, nem um pouco:resultado. estou trabalhando hoje ' podre'.

Como pode um sujeito destes atrapalhar a vida dos demais...e o cara não tava nem ai. até os motoristas na frente ouviam o ronco do ' animal' que tava no banco numero três.


*

AQUI TÁ um calor de quase 35 graus. esquentou na fronteira.

*

mas um tempo bom, de primavera.


*

tou pensando em ir a Garruchos hoje. vamos ver se dá.


*

o Mauro Rocha vai passar por aqui.Tem que ir no La Barca que lá acha o amigo dele Odon Rodrigues, se não me engano.

*

Volto hoje de noite, dia 14. Não dá mais pra vir e voltar no mesmo dia.

*

Capincho e mais umas visitas festearam até 4 e meia da madruga no dia da exumação. Não sei se foi com as castelhanas ou em SB mesmo.


*

DE São Borja,


por Olides Canton

PDT SABOTA

EXUMAÇÃO DE JANGO!


Ninguém da direção estadual do PDT se fez presente à exumação de Jango, mesmo ele sendo um ícone do trabalhismo.

Apenas a deputada estadual Juliana Brizola se fez presente nesta manhã, mas ficou pouco tempo.Ela estava na região desde o ultimo sábado.Populares não foram vistos aos redores do Jardim da Paz. Também não compareceram a audiência pública na CTG Tropilha Criolla realizada na noite de terça,dia 12. Na sessão a deputada Juliana nem foi chamada para compor a mesa diretiva dos trabalhos, numa evidente má vontade da comissão com a deputada. Na verdade, todos estão tirando casquinha com a presença maciça da mídia, que acorreu a São Borja para um acontecimento grandioso.As 5 da manha já havia fotografados de agencias internacion

O filho de Jango, João Vicente teria se estressado nesta manhã, tão logo abriram o jazigo onde seu pai,morto no exílio, estava depositado há 37 anos.

-Como é que , porra, vocês estão ai que nem urubu em carniça!

Juliana se retirou em seguida do cemitério Jardim da Paz, em SB.

GOVERNADOR PRESENTE

nAO SE TINHA como certa a vinda a SB do governador Tarso. mas o dirigente petista chegou por volta de 10 da manhã, permanecendo no local por menos de 40 minutos. ao sair deu uma mini entrevista coletiva, antes de embarcar no carro e tomar o rumo do aeroporto João Manoel de onde voou de volta a Porto Alegre.

SB é apenas de retirada dos ossos mas a exumação será mesmo feita em Brasilia.

Tarso saiu do cemitério escoltado pela Brigada Militar embarcando em seu carro rumo ao aeroporto João Manoel, de onde regressou a capital.

A Ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário e o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso permaneceram no Jardim da Paz.

POVO AUSENTE

E o povo não foi a exumação. Não se sabe se foi um boiconte silencioso, porque a maioria da população de SB teme que os restos mortais de Jango não voltem a Terra dos Presidentes.

Mas na audiência de terça, a Ministra Maria do Rosário teria se comprometido,de que os restos mortais retornarão a SB, no dia 6 de dezembro vindouro.

 

de são borja

A ministra maria do rosário, durante uma coletiva das 17 hs, passou mal. foi retirada pra tomar agua. efeito do forte calor e do esttresse.

*

Cristopher gOULART, NETO DE JANGO, FOI ACUSADO POR UM COLEGUINHA, MUITO CORNETA POR SINAL, DE MASCARADO.

- ELE LIGA PRA GENTE PEDINDO PRA ENTRAR NO AR. MAS HOJE NEM DEU BOLA PRA NÓS.

*

nÃO SÃO AS MELHORES NO MOMENTO AS RELAÇÕES ENTRE DONA CELESTE PENALVO E OS FILHOS DE JANGO.

*

DONA CELESTE, A ULTIMA REFERENCIA AQUI DOS TEMPOS DO EXILIO, ESTÁ APOIANDO A NETA DE BRIZOLA, JULIANA BRIZOLA.

*

FARELO ALMEIDA , PREFA DE SÃO BORJA E O ESCRITOR IBERE TEIXEIRA VIAJARAM A BRASILIA ACOMPANHANDO O ESQUIFE COM OS OSSOS DE JANGO.

ELES SE COMPROMETERAM COM A COMUNIDADE DE QUE OS OSSOS VOLTEM PRA SB

*

MUITOS REPORTERES PASSARAM MAL E FORAM ATENDIDOS PELO SAMU POR CAUSA DO FORTE CALOR QUE FEZ EM SB

*

REPORTER BELMONTE AZUCRINOU TODO MUNDO DURANTE A COBERTURA. MAS É FURADOR.


*

DENISE GOULART, FILHA DE JANGO, MANTEVE A COMPOSTURA, NÃO DEU NENHUMA ENTREVISTA.

*

NEUZA PENALVO, FILHA DE PERCY E DONA CELESTE, ACOMPANHOU DE MANHÃ OS EVENTOS DA EXUMAÇÃO. A TARDE FICOU DANDO ENTREVISTAZS EM SUA CASA.

*

CAPINCHO, OU LETIER VIVIAN NEM PINTOU NO CEMITÉRIO,,,,,


*

POVO NÃO PINTOU NO CEMITÉRIO JARDIM DA PAZ

*

ESTE É O ULTIMO GRANDE ACONTECIMENTO DO CEMITÉRIO JARDIM DA PAZ.

NÃO HAVERÁ MAIS TANTO JORNALISTA AQUI. NEM QUE MORRA MARIA TERESA GOULART....

*

JUNTO COM A EXUMAÇÃO DE JANGO, SBPERDE O GLAMOUR DOS GRANDES ENTERROS. POR ISTO QUE O PESSOAL DAQUI DIZ QUE O PDT SE ENCONTRA SEMPRE NO CEMITÉRIO.

*

 

de SB

reporteres que trabalharam na cobertura da exumação de Jango viram uma série de restrições pra trabalhar. assessores da ministra maria do rosário botando banca. depois tiveram que recuar.

*

isto é sempre assim. o pessoal fica nervoso e começa a se achar.

*

ibere teixeira vai lançar um livro dia 1 de março sobre jango. se chamará JANGO,VITIMA DA DITADURA. ELE SUSTENTA A TESE DE QUE JANGO MORREU DE MORTE NATURAL.

IBERE VISITOU JANGO SEIS MESES ANTES DE SUA MORTE.

*

nao chamem pra mesma festa os netos de Jango com os netos de Brizola apesar do parentesco, não se dão. deve ser disputa do espolio eleitoral.

*

 

 

 

 

vitor ramil passeia pela feira o livro. fez pit stop na palmarinca....

 

 

 

Feira do Livro vende 233.598 exemplares em dez dias

Desde a abertura da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre, dia 1º de novembro, até o último domingo (10), foram vendidos 233.598 exemplares, o equivalente a um aumento de 4% em relação aos dez primeiros dias do evento no ano passado.

O maior desempenho vem sendo registrado pela Área Geral, onde foram comercializados 195.328 livros entre 1º e 10 de novembro. Em 2012, foram vendidos pelo setor 171.747 volumes nos primeiros dez dias da Feira, o que revela um crescimento de 14% nesta edição.

Já na Área Internacional e na Área Infantil, houve queda, respectivamente, de 30% e 26% no mesmo período deste ano. O número de vendas na Internacional foi de 7.129 exemplares, contra 10.158 em 2012. Na Infantil, foram vendidos agora 31.142 livros. Em 2012, tinham sido 42.357.

 

 

 

 

Prezado (a) Senhor (a),

Informamos que o corpo do ex-presidente JANGO será exumado no dia 13 de novembro, na cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul.
O objetivo é esclarecer se a causa da morte de João Goulart foi morte natural ou vítima do regime militar na época.
Outrossim, no dia 14 de novembro, os restos mortais do ex-presidente seguirá para esta capital Brasília-DF e irá desembarcar na Base Aérea, por volta das 11 horas, onde haverá uma homenagem ao ex-presidente JANGO.
Neste sentido, gostaríamos de convidar para participar dessa Cerimônia, do dia 14, os membros de Comissões e demais representantes interessados na História do Brasil - durante a Ditadura Militar - que buscam e lutam pela à Memória, à Verdade e Justiça.
Portanto, solicitamos a gentileza desse colegiado, no sentido de nos indicar nomes e endereços eletrônicos para envio de convites individuais.

Atenciosamente,

Gilney Amorim Viana

Jacqueline Silvae
Reg. Prof. SE 4206 DRT/DF
Secretária do Projeto “Direito à Memoria e à Verdade”
Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República
( (+ 55 61) 2025-3820/3579
* jacqueline.ph@sdh.gov.br
sitio: www.direitoshumanos.gov.br

 

 

 

Ebanez Flores e a última máquina de escrever

Iuri Müller
Houve um tempo em que as redações dos grandes jornais de Porto Alegre estiveram repletas de máquinas Olympia, Remington, Olivetti. Só na Zero Hora, eram mais de mil aparelhos, com dezenas delas sempre à disposição nas editorias de Política, Esporte e Polícia. No Centro de Porto Alegre, teclados da mesma espécie abasteciam escritórios de advocacia e de contabilidade, assim como escritores gastavam, em seu ofício solitário, várias e várias fitas por ano. Ebanez Flores conserta e restaura máquinas de escrever desde os an os 1970, e assim permanece fazendo na Rua Espírito Santo, no tempo em que são raras as figuras da cidade que se valem do mesmo método de escritura.
A história do trabalho de Ebanez – “só existem cinco pessoas com esta grafia no Brasil, e só eu no Rio Grande do Sul; pelo menos me disse um gerente de banco há uns anos atrás” – é, como tantas outras, uma crônica de ascensão e queda não individual, mas de algo que a própria tecnologia acabou por deixar para trás. No caso de Flores, o apogeu se deu no final dos anos 1970 e início da década seguinte, e o desmoronamento há cerca de vinte anos, quando os computadores apareceram de maneira definitiva. Os novos eletrônicos anunciaram inovações atrativas, preços minimamente acessíveis e a garantia de poupar tempo, esforço e concentração; o bastante para relegar as máquinas a oficinas que apenas resistem nas grandes cidades.

Foto: Ramiro Furquim/Sul21
“A minha primeira loja ficava na Rua Caldas Jr., número 121. Logo consegui ter três salas e sete funcionários. Trabalhei para a Zero Hora durante mais de vinte anos, e consertava também para outros jornais. Não faltava trabalho”. Hoje, o aposentado Ebanez se diz “peleando” para manter a pequena loja, na qual administra encomendas, consertos pontuais e manutenção de outros aparelhos, como caixas registradoras e copiadoras. Ele aponta para as prateleiras, como que guardando alguns resíduos de incredulidade: “todas estas aí funcionam, todas deste andar, e as do andar de baixo também. Mas estão sem uso, e assim vão ficar”.
Na tarde da última sexta-feira, que Porto Alegre viveu sob incessante chuva, Ebanez adiantava, sem pressa, o serviço da próxima semana. Havia terminado a arrumação de uma máquina elétrica que um escritório de advocacia da Capital ainda utilizava diariamente. “Ficou surpreso que ainda usam por lá? Mas não tem mistério: se é preciso entregar uma peti ção ou algo do tipo até, vamos dizer, umas quatro horas da tarde, e cai o sistema, estraga o computador ou o notebook? Ele precisa de algo que não vai falhar, e a máquina vai funcionar sempre”, argumenta. As demais encomendas eram de interesse estético: a pedido de uma decoradora, Flores reforçava a pintura de uma Olivetti vermelho encarnado.

Foto: Ramiro Furquim/Sul21
“Errei a linha, digo isso com sinceridade. Mas hoje não tenho motivos para lamentar”
Ebanez relembra o início dos anos 1990, tempo em que era preciso optar pela crença ou pelo ceticismo. Qualquer escolha seria arriscada, qualquer alternativa poderia comprometer ou alavancar o seu trabalho e a sua loja. “Eu admito, não acreditei. Achei que computador seria mais uma bobagem, que daqui a pouco aquilo tudo já acabava. Errei a linha, admito isso, porque fiquei para trás, mas hoje não tenho porque ficar lamentando”. Na voz de Ebanez não há traços de derrota e tampouco de resignação. É apenas o relato de quem, com franqueza, anuncia que não pôde prever as transformações do seu tempo.

Foto: Ramiro Furquim/Sul21
A rapidez dos avanços da tecnologia – e todo o ruído presente neste processo – não agradam Ebanez, que chega a se alegrar com uma queda de luz: “nesta semana faltou luz à noite lá no Passo d’Areia, onde eu moro. Foi a coisa mais boa do mundo, tomei café em silêncio com a minha mulher, não tinha mais televisão incomodando, não tinha barulho a não ser o da rua. Dormi e acordei cedo, bem mais disposto”. Mesmo que o uso das máquinas de escrever esteja de fato desaparecendo, Flores divide a atenção com os clientes fieis do presente e a história dos que já passaram por ali – como o caso de um renomado escritor gaúcho.

Foto: Ramiro Furquim/Sul21
“Eu cheguei a consertar a máquina de alguns escritores. O que mais aparecia aqui era o Moacyr Scliar, que vinha regularmente. A ntes de chegar, tomava um café no bar da esquina, que já fechou. Era sempre o mesmo lanche: meio café preto e uma banana, eu achava até engraçado este pedido. Quando ganhou o prêmio da Academia (Brasileira de Letras), falou disso quase sem se importar, ele não dava muita bola para nenhuma premiação. O Moacyr tinha uma Adler portátil que trazia aqui para eu arrumar. Fiquei muito triste quando ele morreu, mas todos se vão…”, conta. Do relato do café preto de Scliar à descrição das próximas encomendas, quase toda a narrativa de Flores tem um tom de saudade.
Ainda que existam lojas como a de Flores, o processo de invisibilidade das máquinas de escrever pode caminhar de fato para a extinção. “Ninguém mais fabrica máquinas, isso é uma verdade, pode anotar aí. Eu assinaria embaixo. Nem Olivetti, nem Remington, nem Olympia. O que ainda têm são máquinas usadas, que a gente vai consertando e continuam circulando, mas quando elas acabarem, não vai sobrar quase nada”.
Ebanez Flores, 74 anos, se fez gremista por conveniência, para agradar uma namorada da juventude. Teve um cavalo no Jockey Clube do Cristal, mas largou o esporte rapidamente. Nasceu em São Pedro do Sul e veio para a Capital em 1959, “quando era um guri bobo”. E consertou máquinas de escrever ao menos por quarenta anos.

 

COLEGUINHAS

MAIS POR FORA

QUE UMBIGO DE VEDETE


REGINA LEMOS CHEGA NA SALINHA jctERLERA. aLGUÉM COMENTA DA FEIRA DOLIVRO. ELA PERGUNTA:
- AINDA TEM A FEIRA AÍ?

EM TEMPO: REGINA ESTÁ VOLTANDO DO FESTIVAL DE TURISMO DE GRAMADO E SÓ PENSA NUM TEXTO!

 

DE SÃO BORJA

AQUARELA É O NOME DO RESTAURANTE ONDE JANTARAM NA SEGUNDA DE NOITE EM SÃO BORJA A DEPUTADA JULIANA BRIZOLA E SEUS ASSESSORES.

DO OUTRO LADO, EM OUTRA MESA, ESTAVAM OS ASSESSORES DA MINISTRA MARIA DO ROSÁRIO!

 

Ossada de jango

Rui Noé, filho de Noé, neto de Jango está em SB desde sábado passado.

Ele vai doar a parte que lhe cabe do museu do Jango pra prefeitura.


*

Juliana brizola disse aos correligionários que é candidata a reeleição. com cassiá fora, ela apostará em votos em sãoborja.

 

ossada de jango

a exumaçãod a ossada de jango é somente hoje, mas a deputada juliana brizola está na região desde o ultimo sa´bado. ela acompanha hoje, na parte dos parentes no cemite´rio jardim da paz a exumação do tio-avo.


*

na segunda de noite, num bar p´roximo da lagoa, juliana e mais alguns assessores foram jantar.

ao mesmo restaurante acorreram os assessores da ministra maria do rosário, dos direitos humanos, também pra jantar.

*

O hotel executivo do vereador do pdt, Celso Lopes, está lotado de assessores de autoridades que foram pra exumação de Jango.Um destes hóspedes se queixou que a água é tãoq uente que é de pelar porco,segundo a expressão de uma sãoborjense.

*

- Porque tu não foi pro Obino, disse a moradora de são borja. Lá não é tão quente.


*

Cassia Carpes partiu na tarde de hoje, terça, rumo a São Borja, assistirá a exumação de Jango e no dia seguinte, vai participar de filiação de pedetistas ao seu partido, o solidareidade.

*

São Borja provavelmente verá um dos maiores movimentos politico-partidários. PDT e PT estão em volta da exumação de Jango.

 

o torró de hoje estragou a feira do livro. seis horas os livreiros fecharam as barracas. não deu nem pro fumo. os livreiros consideraram um dia perdido.

*

pior. tinha gente com sessão de autografo marcad.a não foi ninguém, ou melhor, pouca gente.

*

Mas livreiro costuma ser chorão, mesmo. eles tão vendendo bem e dizem que não!

*

 

memoria da imprensa ZE BETIO, O FEIO QUE NÃO QUERIA FOTOS! Avani Stein ia fazer uma materia sobre ZE BETIO pra revista reporter tres. só sairam 3 numeros. zé betio não queria ser fotografado de forma nenhuma. era muito feio. muitos colegas dela tinham o ze betio na gaveta, ou seja, estavam esperando pra fazer sua foto. ela foi lá com um reporter, ficou de fora da sala, e quando ele pos a mão na maceta, ela clicou. ele foi pra cima dela, ela foi esperta, tirou o filme com a foto,colocou um virgem e quando ele exigiu o filme deu este pro zé betio. depois ficaram amigos. ela fez quantas fotos quis dele.

 

RODA VIVA

ACABO DE VER UMA BOA ENTREVISTA COM O CID BANJAMIN NO RODA VIVA. PERGUNTARAM TUDO,SEMPROVOCAÇÕES. ELE É UM DOS QUE SEQUESTRARAM O EMBAIXADOR NORTEAMERICANDO EM 1969 E ESCREVEU UM LIVRO AGORA. MUITO BOM O LIVRO DELE.

 

 

 

 

olha o ambiente da exumação do jango. ontem de nsoite teve a comissão da verdade.

Estou indo para o Aeroporto agora, para recepcionar quem chega agora...
Vou falar com o Lucas, assessor da imprensa aqui.
Ta uma correria
Abraço!

manda o mail da imprensa dai. que vou pedir pra me credenciar pra amnha de manha na ossada do jango. sb. o aramão vai fazer um capincho. liga pra ele.se quiser.

 

 

 

 

feira do livro de são borja


ramão aguillar, clemar dias e mais um colega na feira do livro

 

 

 

O colega Israel Lopes vai lançar um livro sobre Pedro Raimundo.

Eis as perguntas e respostas dele sobre o livro.

Jornalista Olides Canton Entrevista Israel Lopes

1-Quanto tempo tu levou pra fazer o livro Pedro Raymundo e o Canto Monarca – Uma História da Música Regionalista, Nativista e Missioneira?

- Iniciei a pesquisa em 1983, mas continuando pesquisando... Portanto, concluí este ano. Em pesquisa, um assunto vai puxando outro.

2-Onde tu pesquisou?

-Inicialmente, em 1984, fiz entrevistas com Teixeirinha, Dimas Costa, Honeyde Bertussi, Waldir Rodrigues e outros, que vivenciaram aquela época. Pesquisei no arquivo de Pedro Raymundo, dos programas que apresentava na Rádio Nacional na década de 40, com o visto do DIP (com algumas passagens das letras censuradas com aquele NÃO!)  Numa segunda etapa, mais recente, ampliei as pesquisas em jornais e revistas da época, que são fontes primárias importantíssimas para se situar na linha do tempo. Porém, o livro não é só sobre o trabalho musical de Pedro Raymundo, mas a partir do Capítulo A Expansão da Música Regional Gaúcha, (que começa na página 93 e são 240 páginas), eu menciono o trabalho musical de todos os artistas que foram surgindo e gravando. Na continuidade, no  Capítulo Estilos Regionalista, Missioneiro e Nativista, além de destacar esses três grandes estilos com seus principais representantes, falo em outros estilos, pois existe uma diversidade na Música Regional Gaúcha. Inclusive, no início, tem um Capítulo sobre as músicas que eram tocadas nas rádios de Porto Alegre, na década de 30, que eram urbanas e estrangeiras, até que surgiu o Pedro Raymundo com o seu Quarteto dos Tauras, interpretando o cancioneiro gaúcho. Aí está a grande importância do Pedro Raymundo, nesse pioneirismo já na Era do Rádio. (Antes do rádio, tiveram os discos da Casa A Eléctrica, mas que estavam fora de catálagos.)   

3-Quantos livros tu tens escrito?

-Seis. Três em coautorias. Três individualmente. Tenho quatro, inéditos.

4- Foi difícil tu fazer a pesquisa do Pedro Raymundo?

-É evidente que, uma pesquisa de fôlego, meu livro tem 240 páginas, foi bastante trabalhoso, buscando dados daqui e dali.

5-Como editas teus livros?

-De forma independente. Como fazem a maioria dos autores brasileiros.

6- Quem é teu próximo biografado?

-Olha, eu tenho concluído dois livros: No Tempo de Raul Sotero, Um Trovador Gauchesco e Zé Santana, O Trovador Missioneiro. Pois sou, modestamente, um estudioso da trova gauchesca ou trova galponeira.


 

 

 

 

 

 


Cenas são borjenses

a locutora oficial da feira do livro(nao parava de falar) e o poeta Ramão Aguillar.

 

Ramão e a coordenadora da feira, Viviane

-Helen e o autor deste site.

 

 

 

Na rodoviária de Porto Alegre, por volta das 22 horas encostam os busun que vão pra longe....Sta Rosa, Horizontina e por aí afora. SB parte as 22h30 minutos.


a hora dos ônibus que vão pra longe!

 

- a feira do livro de são borja. faz 28 anos que se mantem funcionando. este ano foi bem movimentada.

 

 

 

 

 

LUIZA HELENA SERÁ A ATRAÇÃO DO “SARAU BAR DO LUPI” NESTA QUARTA



A edição do “Sarau Musical Bar do Lupi” desta semana traz como atração a cantora Luiza Helena. O Sarau acontece às quartas-feiras, a partir das 18h30min, no Bar do Lupi, no Centro Municipal de Cultura (Av. Erico Veríssimo, 307) e é uma realização da Coordenação de Música da Secretaria de Cultura de Porto Alegre 25 anos.
Cantora profissional há 36 anos, Luiza Helena marcou sua atuação em casas noturnas e bandas de baile. Também é diretora do Sindicato dos Músicos Profissionais do Rio Grande do Sul há 16 anos. Se apresentou em países como Argentina, Chile, Uruguai, além de realizar shows na cidade do México, representando a mulher brasileira.
Neste momento, atua no Bar e Restaurante Prato do Dia, como cantora e diretora da banda Cia. Samb@.Com.
As outras datas do projeto serão as seguintes:

27/11 – Sérgio Rojas
04/12 – Cigano


SARAU BAR DO LUPI
LUIZA HELENA
BAR DO LUPI / CENTRO MUNICIPAL DE CULTURA
13/11/2013 – 18H30
ENTRADA FRANCA


Paulo Moreira
Assessoria de Imprensa
Coordenação de Música
Secretaria da Cultura de Porto Alegre 25 anos
tel. (51) 3289 8119 – 9995-9729
e-mail: cm@smc.prefpoa.com.br
site: www.portoalegre.rs.gov.br/smc
Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro
Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar

 

 

 

 

Semana da Consciência Negra de Porto Alegre

A Semana da Consciência Negra inicia oficialmente na próxima quinta-feira (14), às 21h, no galpão do Correio, no Parque Harmonia, em Porto Alegre , com o acendimento da “Chama da Liberdade” e um ato religioso de matriz africana. Durante o período, que vai até 20 de novembro, serão desenvolvidas diversas atividades culturais como roda de samba, domingueira, baile, apresentação de escola de samba e de dança afrobrasileira.

No domingo (17), a partir das 9h30min, será realizada pelo Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos uma cavalgada pelas ruas que compõem o Museu do Percurso do Negro na Capital. O desfile sai do Parque Harmonia em direção ao centro da cidade passando por doze locais que marcaram a história do povo negro em Porto Alegre. Entre eles a Igreja Nossa Senhora das Dores, Mercado Público, Igreja do Rosário, Rua Castro Alves, Parque Redenção, Ilhota e Quilombo Urbano Guaranha. Em cada local os cavaleiros param e ouvem - na voz de Liliana Cardoso - a história que marcou aquele ponto.

Realização: Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Associação dos Amigos da Tradição (AATF), Secretaria Geral de Governo do RS e Ministério da Cultura

Produção Cultural: Mardoce Produções.

Apoio: Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos e Carris

Patrocínio: Sulgás.

Programação

Local: Galpão dos Correios – Parque Estância da Harmonia – Porto Alegre

Entrada Franca

14/11- quinta-feira

21h - Acendimento da “Chama da Liberdade” com ato religioso de matriz africana

21h 45min - Ato de Abertura da Semana Consciência Negra

22h 30min - Apresentação de dança de matriz africana

15 /11 – sexta-feira

22h - Baile da Consciência Negra

16/11- sábado

17h - Roda de Samba com a participação de diversos sambistas gaúchos

17/11- domingo

9h30min - 11ª Cavalgada da Consciência Negra - Homenagem aos Lanceiros Negros

15h – Domingueira

19/11 – terça-feira

20h - Entrega do Troféu Lanceiros Negros Contemporâneos

21h - Apresentação de Escola de Samba

20/11- quarta-feira

17h – Marcha da Consciência Negra

20h – Ato Encerramento do Acampamento da Consciência Negra com a extinção da Chama da Liberdade

Trajeto da Cavalgada dos Lanceiros Negros Contemporâneos

1. Largo da Forca, atual Praça Brigadeiro Sampaio - Local onde eram enforcados escravos e libertos por crimes. Por roubo, um escravo podia ser enforcado. Nessa ocasião os professores tinham que trazer seus alunos para a execução. O povo de maneira geral era chamado e os senhores levavam seus escravos para aprenderem a lição. Após o enforcamento, o corpo ficava pendurado por vários dias.

2. Pelourinho, em frente à Igreja Nossa Senhora das Dores - Para um arraial se transformar em vila, a lei obrigava que fossem tomadas as seguintes providências: inaugurar o Pelourinho e convocar os cidadãos locais para eleger os primeiros vereadores. Erguido na praça principal da vila, o pelourinho era uma espécie de marco ou emblema da administração, servindo também como local de castigo de escravos fugidos ou que cometiam algum ato de rebeldia.

Uma das lendas urbanas da nossa Cidade surgiu da construção da Igreja das Dores, que teve lançada sua pedra fundamental em 1807. Os ilustres senhores ofereciam seus escravos para trabalhar na construção. Em 1832, Domingos José Lopes, grande proprietário de escravos e comerciante, mandou seu escravo Jósimo para o trabalho de construção. Por esse tempo começou a desaparecer materiais da construção. O próprio comerciante se apressou em denunciar Jósimo, que, segundo a lenda, tinha seu especial desafeto. Jósimo foi sumariamente julgado e mandado para a morte no Largo da Forca. No momento do seu enforcamento lançou o seguinte desafio: se realmente eu tiver culpa ele há de ver a conclusão das obras da Igreja, mas, do contrário, ele não verá o seu termo. Só 95 anos depois a Igreja pode ser inaugurada.

3. Mercado Público – lugar de reunião dos negros, onde trabalhavam como vendedores, carregadores, construtores. Esses trabalhadores em geral eram os negros de aluguel, que vendiam sua mão-de-obra no centro da Cidade para diversas tarefas e, no fim do dia, levavam seu rendimento ao Senhor. Até hoje o mercado é referenciado por adeptos de religiões afrobrasileiras. Essa é mais uma construção de trabalhadores negros escravizados.

4. Igreja do Rosário - Em 1786 foi fundada a maior Irmandade Negra da Capital: a do Rosário. As irmandades negras tinham como principal finalidade arrecadar dinheiro para financiar enterros, sustentar crianças órfãs e para apoio as alforrias. Essas irmandades faziam um difícil jogo entre agradar a Igreja Católica (e a classe senhorial) e manter suas tradições e suas religiões. Em função desse jogo, a Irmandade do Rosário mandou construir em 1817 a Igreja dos Pretos de Nossa Senhora do Rosário, que foi inaugurada em 1827. Esse local ficou, então, sendo centro de atração para os negros cativos ou libertos. Sob o manto de cultos católicos sobreviviam os ritos negros.

5. Colônia Africana – Rua Castro Alves - Originariamente, no século XIX, o bairro Rio Branco era conhecido como “Colônia Africana”, abrigando escravos alforriados e, mais tarde, os libertos pela Lei Áurea. Diferenciada da maioria dos bairros, a Colônia Africana não se desenvolveu ao redor de uma igreja. Ali, como em toda parte em que lhe fosse possível, os negros costumavam praticar seus cultos e festas. Os limites da “Colônia” eram demarcados pela rua Castro Alves, Casemiro de Abreu, Venâncio Aires (atual Vasco da Gama), Boa Vista (hoje, Cabral) e Rua Liberdade. A caminhada pelo bairro começa com a rua que leva significativamente o nome do poeta abolicionista Castro Alves.

6. Redenção - Os Campos da Várzea sempre estiveram no caminho da história dos negros da cidade. Durante o período de escravidão, os negros tinham permissão de juntar-se aos domingos à tarde para “brincar”. Nesse momento, celebravam suas tradições, batendo tambores – os Cucumbis, Candombes, Cordões, blocos, batuque e macumba. Um ano antes da alforria, muitos senhores, prevendo a inevitável liberação dos escravos, antecipavam-se ao Império. Em cerimônias públicas, para mostrar sua suposta bondade, os senhores libertavam escravos nos Campos Várzea. Por esse motivo, o lugar foi batizado como “Campos da Redenção”. Esse também foi o primeiro lugar que abrigou esses negros forros, que não tinham para onde ir. É necessário lembrar que esse lugar ficava fora dos murros da cidade na época.

7. Centro Desportivo Tesourinha - Osmar Fortes Barcelos, o famoso Tesourinha, em 1945 foi considerado o melhor ponta direita das Américas. Em 1949 foi para o Vasco da Gama. Em fevereiro de 1952, por ato do Presidente Saturnino Vanzelotti, o Grêmio acabou com um preconceito que já durava 49 anos: o de não aceitar negros em seu time de futebol. Tesourinha quebrou esta tradição germânica ao ser contratado. Em novembro de 1955, Tesourinha encerrou suas atividades no futebol com uma festa promovida pelo Grêmio.

Hoje recebe homenagens da cidade. Seu nome batiza o campo suplementar do Estádio Beira Rio e o Ginásio Municipal leva seu nome. Segundo especialistas da mídia esportiva ele pode ser considerado o maior jogador gaúcho de todos os tempos.

8. Ilhota - Outra localidade habitada pelo povo negro de Porto Alegre após a abolição foi a “Ilhota”. Área distante do centro da cidade, era chamada assim porque ficava entre as margens do riacho Dilúvio e do arroio Cascatinha. A área era alagadiça, sujeita a inundações e, por isso, pouco valorizada. Tornou-se um bairro popular de grande tradição do samba. E ali, na Travessa Vidal, nasceu e viveu por muitos anos o maior compositor gaúcho de todos os tempos: Lupicínio Rodrigues. Conhecido nacionalmente por seus sambas-canções, é também compositor de, pelo menos, dois temas campeiros: Mate Amargo e Felicidade.

9. Quilombo Urbano Guaranha - Areal da Baronesa - Em pleno Areal da Baronesa, outro reduto negro pós-escravidão, situa-se a Comunidade do Areal - Vila Guaranha, que foi considerada “Quilombo Urbano” pela Fundação Palmares em 30 de abril de 2004. Seus moradores são os remanescentes de uma comunidade muito maior. A exemplo da Colônia Africana, muitos moradores da Ilhota foram expulsos de suas terras para lugares distantes do centro de Porto Alegre. Entre outros, Neri Caveira, um dos maiores nomes da história do carnaval de nossa cidade, com passagem por escolas como Areal da Baronesa e Imperadores do Samba, é filho do Areal.

10. Travessa dos Venezianos - A atual Joaquim Nabuco chamava-se Rua dos Venezianos, hoje reduzida a uma Travessa tombada pelo Patrimônio Histórico do Município em 1980. Ali nasceu, em 1873, uma das primeiras agremiações carnavalescas da cidade, que deu origem às modernas escolas de samba de Porto Alegre. Dessa mesma rua, nos anos 1950, um grupo composto por seis guris fundou o Grupo Carnavalesco Imperadores do Samba.

11. Largo Zumbi dos Palmares - Zumbi dos Palmares - Líder do Quilombo dos Palmares (1655-1695). Símbolo da resistência negra contra a escravidão, adotou o nome “Zumbi”, que significa “guerreiro”. Assumiu o comando político e militar de Palmares em 1678. Liderou a resistência contra a escravidão e o sistema monárquico colonial dos portugueses. Palmares era uma multidão de gente, que, além de pôr em xeque o projeto colonial, ameaçava fisicamente a sociedade escravista. Era preciso esmagar Palmares, custasse o que custasse. A tarefa de destruir Palmares foi confiada pelo governador de Pernambuco ao mercenário Domingos Jorge Velho, um bandeirante paulista sem escrúpulos, especialista na caça aos índios e líder de uma tropa de assassinos profissionais. Em 20 de novembro de 1695 era morto Zumbi, o Grande Chefe da "primeira República verdadeiramente livre das Américas".

12. Rua José do Patrocínio - José Carlos do Patrocínio, jornalista e escritor fluminense, filho de escrava, dono do jornal Gazeta da Tarde, escrevia sempre, de maneira impetuosa, a favor da abolição da escravatura e pela República. Seu jornal foi fundamental para a divulgação da propaganda abolicionista e serviu como um veículo poderoso para que a voz de escritores, professores e profissionais negros fosse ouvida.

 

Rita Escobar
Imprensa Igtf
Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore
Fone: 51 32281711 / 9327.5434

 

 

 

 

CENAS DO COTIDIANO


FOTO 110 - NA SALA DE IMPRENSA DA FEIRA DO LIVRO, A CHEFE ISARA MARQUES SE PREPARA PRA IR EMBORA DEPOIS DE UM DIA DE FAINA, NO ULTIMO DOMINGO. ATRÁS RUI FELTEN,VELHO COLEGA DA ZH.

112. NA ESQUINA DA IJUI, COM A AV. LAVRAS, A CHUVARADA ALAGOU TUDO ESTA MANHÃ.

 

 

 

feira do livro


Autógrafos do ex-jogador Falcão

na Feira do Livro de Porto Alegre

Foi no sábado passado. Estiveram presentes,entre outros,a senadora Ana Amélia Lemos, do PP, presidente do TCU, João Augusto Nardes, como mostra a presente foto.

 

 

 

Olides, fiz o que deu, ok. Gelson. Falamos depois.

A PESQUISA QUE PIÑERA TEM MEDO

Resultado de pesquisa será na terça-feira

Por Gelson Farias



É a pesquisa mais esperada e temida no Chile. Já antecipou triunfos e derrotas eleitorais e, queira-se ou não, marca a agenda política toda a vez que é divulgada. Trata-se da sondagem realizada três vezes ao ano pelo liberal Centro de Estudos Públicos (CEP). E, como vinha mostrando nos meses anteriores, golpeou duramente o presidente Sebastián Piñera e seu governo.

Os resultados da pesquisa CEP dão a Piñera uma aprovação por parte da população de apenas 23%, a mais baixa para um mandatário desde o retorno da democracia em 1990, abaixo inclusive dos 28% do democrata-cristão Eduardo Frei, em 1998, em plena crise asiática. Além da baixa aprovação, a pesquisa aponta um nível de rejeição também inédito: 52%. As expressões nos rostos dos ocupantes do Palácio de La Moneda falavam por si. A opinião da população sobre os atributos de Piñera também foi ruim para Piñera. Cerca de 70% disseram que o mandatário atuou com debilidade, 72% que atuou sem destreza, 69% que ele não é de confiança e 77% que ele é distante. A avaliação econômica, tanto elogiada no Palácio, tampouco mostrou bons números, do mesmo modo que a educação, setor em relação ao quais 67% responderam que o governo agiu mal ou muito mal.

Neste cenário, uma velha conhecida, Michelle Bachelet, acendeu ainda mais as luzes de alarme no Palácio de La Moneda. A ex-presidente socialista consolidou, com uma ampla margem, a posição de líder política melhor avaliada, com 82% de aprovação e apenas 5% de avaliação negativa. Bachelet soube atravessar o temporal de críticas à classe política, desde o posto que ocupa, hoje, na ONU em defesa das mulheres, e conseguiu manter o carinho, a proximidade e o respaldo da população, por mais que o governo Piñera tente jogar no seu colo a origem dos problemas na educação e outros. Pela terceira vez consecutiva, a ex-governante se mantém com 38% de indicações como a figura mais importante da oposição, longe dos outros candidatos que alcançam 20% das indicações.


 

 

 

 

Olides. Como te falei, eu tinha este material... Som,ente tu vai dar estas fotos por aqui, podes crer. Gelson.

NA VIDA ATÉ PRESIDENTE CAEM




De Santiago

Gelson Farias



Na semana passada, o presidente do Chile, Sebastián Piñera visitou a demolição de uma habitação social em Bajos de Mena, em Puente Alto, quando, ao subir em um bloco de material escorregou e caiu de cabeça, nos escombros. Por sorte, ele sofreu apenas ferimentos leves. Mas o susto foi grande. Em seguida,  foi socorrido por seguranças e levado para um hospital para exames.  Em entrevista na TV, Germán Codina, o prefeito do município, tentou em vão. Evitar que o presidente caísse.

A sequência de imagens que mostram o momento da queda, do presidente Sebastian Piñera...


 

 

 

 

 

 

Noite de terror e literatura fantástica na Biblioteca Pública

Foto: Leocádia Costa

Em um verão chuvoso do ano de 1816 em Genebra, na Suíça, Lord Byron propôs a um grupo de amigos um passatempo que virou um desafio: produzir, à noite, uma história de terror. Entre os participantes estava a jovem Mary Shelley, autora da novela Frankenstein. Passados 197 anos, a história se repete. Desta vez, Biblioteca Pública do Estado, dentro da programação da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre. Denominado Tu Frankenstein 2, o evento que ocorre entre sábado (9) e domingo (10) tem ainda uma série de atividades como palestras, exibição de filmes, sessão de leitura comentada e oficinas. A programação foi construída pela Câmara Rio-Grandense do Livro em parceria com o Fantaspoa e com a Odisseia de Literatura Fantástica de Porto Alegre.
No fim da tarde de sábado, o grupo de escritores brasileiros e estrangeiros se encontrou no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, onde são realizadas várias atividades do Tu Frankenstein 2, para seguir à Biblioteca Pública –atualmente em reformas e fechada ao público - passar a noite escrevendo contos de terror. A recepção foi feita por ninguém menos que o personagem chave da história de Mary Shelley, o Frankenstein. O patrono da 59ª Feira do Livro, Luís Augusto Fischer, e o vice-presidente da CRL, Marco Cena, prestigiaram o happening literário. A curadoria do projeto é de Jussara Rodrigues, da Câmara Rio-Grandense do Livro, João Pedro Fleck, Duda Falcão e Gustavo Nielsen.
Antes de começar o trabalho em regime de residência literária, o time formado pelos escritores Gustavo Nielsen (Argentina), Alexis Aubenque (França), Sean Branney (EUA), Federico Andahazi (Argentina) e pelos brasileiros Felipe Guerra, João Pedro Fleck, Duda Falcão, Marcelo Amado, Celly Borges, Guilherme Fraga, Cesar Alcázar, Carlos Patati, Bráulio Tavares, Simone Saueressig, Felipe Castilho, Max Mallmann e Carlos André Moreira conheceu os espaços reservados ao trabalho de criação. A diretora da Biblioteca Pública, Morgana Marcon, contou a história do prédio concebido no ano de 1871 e aberta oficialmente ao público em 1922. Localizada na Rua Riachuelo, a edificação tem forte influência positivista.
Com seus notebooks e pelo menos um dos escritores fazendo anotações em um caderno, o trabalho de criação se iniciou efetivamente por volta das 21h, no segundo piso. A iluminação reduzida dava ao ambiente uma atmosfera lúgubre . Ao longo da noite, os escritores puderam circular pelo prédio e interagir. Alguns foram até a escadaria para trocar ideias e depois retomar o trabalho. Na madrugada, eles receberam a visita do pianista uruguaio Roberto Pinheiro. O francês Alexis Aubenque disse que era a primeira vez que participava de uma atividade como essa e elogiou a iniciativa. No começo da atividade, o conto era intitulado “Sete horas em Porto Alegre”.
O resultado da experiência será publicado em 2014 pela Editora Dublinense e deverá também ser reproduzido na Argentina. Segundo Duda Falcão, um dos curadores do projeto, a ideia é que o trabalho coletivo seja lançado na Feira do Livro do ano que vem.

 

 

 

LFV

encontrei ontem o LFV na feira. ele andava atrás do mino carta. estava séerio como sempre. passou o patrono e falou com ele. justamente quando eu estava lhepedindo pra fazer oprefacio do meu livro sobre a noite de poa.

mas o LFV fará, ele é um gentlmann, mas usa sempre seu critério ético.

*

OLFV faz prefácios pra todo mundo. não diz não a ninguém. a lúcia,sua esposa, é que separa os mordedores de prefácio do nosso cronista mor.

*

 

remindo, a unica estrela deste blog, sou eu. vcs colabaoradores são operários(portanto assine sempre seu nome no fim. senão eu tenho que faze-lo e tu sabes que aqui eu assobio e chupo cana ao mesmo tempo.o editor)
A agonia tucana
Com fim do poder dos tucanos na mídia e na Justiça paulista, aparecem a roubalheiras que acompanharam a ascenção do PSDB a prefeitura e ao estado de São Paulo. Acabando o poder cai o dinheiro e o voto do eleitor. O Aécio vai ter que contar com seu eleitorado paulista e nas pesquisas do começo de 2014 já estará atrás do Eduardo Campos (ou da Marina).

Agonia pedetista
Como o Tarso já avisou que se o PDT desembarcar da aliança com o PT, toda a turma indicada pelos pedetistas vai embora junto. Vierinha, que se não for eleito tem o dele garantido como procurador, vai ser torrado pelos que não querem ficar sem o ganha pão.

Agonia colorada
Sem libertadores em 2014 e um passivo assustador, o Inter vai apostar na base. Só com o salário do Hee-Man paga a folha de um time inteirinho, o que para a disputa do gauchão tá mais do que bom. O difícil vai ser se livrar dos marajás contratados em 2012 e 2013.

 

Coleguinhas

Admiro a tenacidade do Mazzarino. Sai do interior e vem pra feira do livro de porto alegre.

*

Muitos coleguinhas daqui, que moram aqui, nem põem os pés na praça da alfandega.

*

ser jornalista nada tem a ver com cultura.Não que tenha a ver.

*

 

CHILE


Antonio Augusto Bandeira



Estou voltando ao Chile. Faz muito tempo que fiz uma gostosa viagem-Buenos Aires- Mendonça-Santiago-Valparaiso- Viña del Mar, Bariloche,Buenos Aires. Agora será uma caminhada curta.

Viajar, para mim, é bom.Cruzar com pessoas desconhecidas, apreciar um pedaço do mundo que não é a tua rua, aprender sempre.

Porto Alegre-Buenos Aires( troca de avião) Santiago-Valparaiso, Viña del Mar, Santiago -Buenos Aires(troca de avião)-P.Alegre.

Estarei no dia das eleições no Chile.

Isto me lembra Olga, de Fernando Morais, livro que acabei de ler,e cada vez mais me convenço , a frase não é minha, " que a democracia não é o melhor regime político do mundo, mas o melhor que conheço."

Chile de Allende e Pinochet...

E também dos chilenos e dos turistas para caminhar.

 

de são borja


a professora adriana manda recado porque não pode ir na palestra, que não saiu. eu não vi aluno nenhum em lugar nenhum. vi o miro,sim que fez foto. se a professora estava com os pais, tinha mais que dar atenção a eles. sem problemas. já fui em lançamento de livro que não pintou ninguém. so um chato me incomodando. isto foi há alguns anos na Univates, em Lajeado.Mas não tou mais ai pra estas indiadas. também não fico esperando multidões. vi ontem na feira do livro de porto alegre que não tinha multidões pra pegar autografo do mino carta. na palestra dele tinha bastante gente sim(O.C.)

Olides, fiquei triste por não ter saído a palestra. Apenas três alunos da Unipampa estiveram prestigiando o evento. Uma lástima. Miro nos representou na sexta à noite, quando tive de dar atenção a meus pais, que partiram de volta a POA no sábado ao meio-dia. Sinto muito não ter podido estar contigo.
Um abraço,
Adriana

 

mino carta, parte dois.

MINO UMA METRALHADORA GIRATÓRIA!



Dificilmente nesta feira do livro haverá outra palestra do nivel que vimos esta tarde com Mino Carta. pode-se não gostar dele, mas que ele é inteligente, isto é.

e depois da palestra, estava sozinho caminhado pela feira, tomando um copo de chopp que ele pegou no margs,apenas acompanhado pelo jovem da feira do livro que botarm pra andar com ele.

LFV o esperava no salão dos aqutografos, mas mino nao tinha apar4ecido.

Mino é um daquelss jornalistas que apArecem de vez em quando. ele é respeitado até pelos patrões, pois agora é um deles.

com FHC não tinha nunca propganda porque ele confessou todo seu horror ao presidente tucano.sua revista,carta capital, padecia os infernos sem propaganda do governo. agora com Lula e com Dilma está enchendo as burras.

- Mino virou petista, disse um dos jornalistas que compareceu ao evento,sem declinar o nome.

por falar em j
jornalistas vários foram ouvi-lo. vi lá o timoteo lopes, o bicudo, a maria wagner, o mazzarino,entre outros.

Mino é um critico do folhão, como os paulsitas chamam a folha, assim ele diz o nome do jornalzão paulista:

-agora eles fizeram uma materia dizendo que o brasil está espionando os estados unidos, disse carta, ironico.

timido

NO COMEÇO DO PAPO, deu pra perceber que é um homem timido. e deu pra ver também que não rolou muita quimica entre ele e ruy ostermann. por vezes achei que ele quase ia perder apaciencia com o chamado professor, que parecia distante de tudo, meio desligado.

quando rui perguntava, parecia que ele não tinha ouvido a resposta anterior do carta, de tão desconexo que saia sua pergunta ao fundador da Veja.

Carta tem uma ojeriza natural a Veja, revista que ele fundou e da qual foi corrido pelos donos, os Civita, essa sua saida nunca ficou muito clara.

de qualquer modo é um elegante, na fala, no modo de dizer as coisas, mas muito ironico. Falou muito bem de getulio vargas, não se sabe se foi pra puxar o saco dos gaúchos, ou o que. disse que foi o unico estadista brasileiro do seculo XX. vai ver queria alfinetar FHC,d e quem tem pavor.

quanto a 1964, ele sempre o chamou de golpe, bem ao gosto do governo do PT atual que assim se refere aquele movimento dos milicos. CaRTA DISSE que os civis tiveram muito mais a ver com aquele golpe do que se imagina. Eles deixaram tudo com os gendarmes, disse ele se referindo aos militares.Carta t

ambém denonstrou saber muito da Itfalia.Disse que lá estão 55% das obras de arte do mundo.

Critico em relação ao ex-presidtente tucano, disse que ele tem desfaçatez,, temhipocrisia e que seu modo de atuar é de um politico ' matreiro".

- Conheço ele desde 1962, ironizou.

Afirmou ainda que FHC comprou sua reeleição, mas não usou o termo MENSALÃO, porque isto vincula muito a imagem do PT.

quem viu o papo de Mino saiu convicto de que ele se não é petista, pelo menos é uma dmirador de Lula da Silva.(O.C)

 

MINO CARTA (parte 1)

DISPARA METRALHADORA

GIRATÓRIA CONTRA FHC

- MINO CARTA TEM HORROR A fhc, O PRESIDENTE DOS TUCANOS. nA PALESTRA QUE DEU AGORA A POUCO AQUI NA FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE CONTOU DETALHES DE QUE O EX-PRESIDENTE ERA GRAMPEADO PELA POLICIA FEDERAL.

- ASSIM FICAMOS SABENDO QUE QUANDO ELE VIAJAVA E VIAJAVA MUITO PELO MUNDO PEDIA SEMPRE PRA QUE NÃO MANDASSEM A MEGERA JUNTO.

nO CASO, SUA EX MULHER, RUTH CARDOSO.

cICERONEADO PELO JORNALISTA RUY OSTEMANN - MEIO DESLIGADO DA ENTREVISTA - MINO CONTOU MUITO DO PAIS DOS ULTIMOS TEMPOS. BOM MEMORIALISTA, ESCREVEU UM LIVRO DE MEMÓRIAS QUE NÃO QUER QUE SEJA DE MEMÓRIA.

- PRA ESCREVER LIVROS DE MEMÓRIAS TEM QUE SER O WINSTON CHURCHILL OU O DE GAULLE, DIZ ELE.

Brasil mal de elite

Mino Carta gosta de falar mal das elites. diz que o Brasil é um país infeliz pelas elites que tem. mas elogia Lula, o presidente, que ele viu nascer no sindicalismo . diz que Lula tirou 25% dos miseráveis da Miséria. e que o Bolsa fam ília já está sendo copiado pelo mundo afora.

no pequeno salonete do santander, mino disse coisas que dificilmente um jornalista do seu naipe, que não é comprometido com a grande mídia, diria. ele que é fundador da revista Veja.

Carta, editor hoje da carta capital, uma revista sua, começou falando sobre uma reportagem que a sua revista traz nesta semana - e que segundo ele os grandes veiculols não vão repercutir porque no Brasil somente se repercute o que sai na Globo e na Veja.

a materia trata de teve. diz que quatro teves, a globo fora disto, estão querendo criar outro instituto pra media audiência no país, porque o IBOPE estaria desacreditado.


dESACREDITADO, NÃO, pela tv globo, a quem favoreceira,segundo Carta.

Carta diz que o único partido de oposição que o Brasil tem é o que ele chama de mídia nativa.

Carta discorreu sobre o golpe de 1964 contando como ele viu a MARCHA DA FAMILIA COM DEUS, em são paulo. Citou toda a elite paulista da qual ele viu participar desta procissão, ou movimento contra o comunismo, que segundo eles, iria se instalar no Brasil, caso Jango continuasse no poder.

- Por cima da marcha,de helicóptero, estava o maior ladrão do país, naqueles anos o Ademnar de Barros. Hoje em dia tem gente que o superou em muito, disse Carta, entre sorrisos ironicos.

 

A construção de 22 km da rodovia BR-448/RS, na Região Metropolitana de Porto Alegre, foi acompanhada por um detalhado trabalho de reassentamento de 599 famílias que residiam na Vila do Dique em Canoas, situada no traçado da rodovia,e foram transferidas para 343 casas e 257 apartamentos. A logística desta delicada operação, que envolveu uma gama de profissionais, como psicólogos, assistentes sócias, entre outros, está relatada no livro Um novo caminho, uma nova vida – Programa de Reassentamento Populacional da Rodovia do Parque – BR-448/RS, que será lançado amanhã, na Feira do Livro de Porto Alegre, juntamente com uma mesa redonda sobre o assunto..

Além do reassentamento das famílias, o projeto incluiu 22 programas de natureza ambiental e social implementados pela equipe de Gestão e Supervisão Ambiental (STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A.).Neste projeto social, o DNIT trabalhou em parceria com a prefeitura local e órgãos da administração federal e estadual.

Mesa redonda UM NOVO CAMINHO, UMA NOVA VIDA

Local: Sala Leste do Santander Cultural – Rua Sete de Setembro, 1028, Centro Histórico/Porto Alegre
Horário: 17h

Participações:
Painelista - Marlova Jovchelovitch Noleto (Diretora Programática da UNESCO no Brasil)
Debatedor - Léo Voigt (Diretor Executivo Instituto Vonpar)
Debatedora - Aline Freitas (Coordenadora da CGMAB)
Debatedora - Joceane Gasparetto (Secretária Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Canoas)
Mediador - Adriano Panazzolo (Coordenador do Setor de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da STE S.A.).

Sessão de Autógrafos do livro UM NOVO CAMINHO, UMA NOVA VIDA – PROGRAMA DE REASSENTAMENTO POPULACIONAL DA RODOVIA DO PARQUE – BR-448/RS

Local: Praça de Autógrafos – Praça da Alfândega, Centro/Porto Alegre
Horário: 19h
Autores: Aline Figueiredo Freitas Pimenta e Adriano Peixoto Panazzolo

 

DE SÃO BORJA

MINHA PALESTRA QUE NÃO DEI, NEM NUNCA MAIS VOU DAR EM SB. IRIA FALAR SOBRE A MATERIA DO CASO RIGOTTO QUE PARTICIPEI. COMO NASCEU A MATERIA QUE DEU PREMIO A UM JORNAL DE BAIRRO. MAS ESTES ALUNOS DE HOJE QUEREM É SABER DE RBS,RECORD E GLOBO. UM DIA TAVA EMSB E UM ALUNO VEIO FALAR DA FOLHA. EU ACHEI QUE FOSSE A FOLHA DE SÃOBORJA, O JORNAL LOCAL. NÃO O FEDELHO QUE NÃO SABE PORRA NENHUMA, NÃO SABE NEM O QUE É UMA PAUTA, FALHAVA DE BOCA CHEIA DA FOLHA DE SÃO PAULO.

TIVE VONTADE DE LHE DIZER:

MAS QUE FOLHA DE SÃO PAULO, O ANIMAL SE TU NÃO LE NEM A DAQUI!

 

DE SÃO BORJA

MINHA PALESTRA NA FEIRA FOI CANCELA. FALTOU PUBLICO

NA SEXTA, NAÕ ESPERAVA MAIS QUE 3 OU 4 ALUNOS NA PALESTRA QUE FARIA SOBRE JORNALISMO NA FEIRA DO LIVRO. APRENDI A LIDAR COM O REAL, NÃO COM A FANTASIA. SE TU NÃO É GLOBAL OU ERREBESSIANO, TU TÁ MORTO.

POIS NÃO FOI NINGUÉM. E TAVA DE SACO CHEIO DE OUVIR AQUELE LOCUTOR ME ANUNCIAR PRA DEPOIS COM O PALCO E AS CADEIRAS VAZIAS. PEDI A ELE QUE PARASSE COM AQUILO QUE TAVA ME TORRANDO. MAS FIQUEI MUITO A VONTADE COM MEUS AMIGOS, O ISRAEL, E O RAMÃO.
A VIVIANE QUE COORDENA A FEIRA FICOU CHATEADA. DISSE A ELA QUE EU NÃO IRIA FAZER PALHAÇADA FALAR PRA CADEIRA VAZIA. TENHO AUTOESTIMA GRAÇAS A DEUS E CONSEGUIDA COM O MEU ESFORÇO, NÃO POR PERTENCER NEM A RBS, NEM A ZH, NEM AO CORREIO....

EU FORA....
QUEM GANHOU FOI O RAMÃO QUE ENQUANTO ESPERAVA MINHA PALESTRA VENDEU NOVE LIVROS. SUCESSO O LIVRO DELE SOBRE O AVO. COMO DIZIA TOLSTOI, FALE DA ALDEIA SE QUERES SER UNIVERSAL.

 

DE SÃO BORJA

NA SEXTA FUI TOMAR UMA MINERAL NO BOTECO DO SEO DINIZ, QUE MORA ALI DO LADO DA CAMARA MUNICIPAL.

PEDI PAPO SOBRE O JANGO QUE SERÁ LEVADO DE SÃO BORJA ESTA SEMANA

ELE DISSE:

- MAS AINDA NÃO LEVARAM. COM TODO O BARULHO QUE JÁ FIZERAM, PENSEI QUE TINHAM LEVADO.

SEO DINIZ DE UMA SINCERIDADE ATROZ DIZ QUE TEM QUE LEVAR A OSSADA DO FORTUNATTO, DO GETULIO TAMBÉM.

- NUNCA FIZERAM NADA POR SÃO BORJA, DIZ ELE PRATICO. MAS RECONHECE QUE GETULIO FOI UM GRANDE ESTADISTA.

 

DE SÃO BORJA

OSSADA DO JANGO

FAÇO, AQUI,SEM NENHUMA PRETENSÃO ALGUMAS DIVAGAÇÕES.

O QUE VAI DAR DISTO TUDO.

1) mARIA TERESA NÃO VAI A SÃO BORJA. NÃO VAI SE SUBMETER A TODO AQUELE FUZUE QUE VAI SER NO CEMITÉRIO. VAI DEIXAR O NETO APARECER, QUE TEM PRETENSÕES POLITICO-ELEITORAIS.

2) VÃO DIZER QUE JANGO FOI MORTO PELA OPERAÇÃO CONDOR.

3) POR CONTA DISTO A FAMILIA DEVE GANHAR ALGUMA INDENIZAÇÃO

4) OS OSSOS FICAM EM BRASILIA.

SE ERRAR, SERÁ DE POUCO. A BOLA VAI BATER NO POSTE.

 

de são borja

FRISSON ENTRE OS VEINHOS

CAUSOU FRISSON ENTRE OS VEINHOS ESCRITORES E POETAS A LOCUTORA DA FEIRA DO LIVR.O. UMA LOIRA, QUE DIZEM NÃO É BURRA, NÃO PARAVA DE FALAR PELO ALTO FALANTE, JÁ SE ACHANDO UMA CELEBRIDADE. A UM DOS VEINHOS MAIS AFOITOS, ELA MANDOU UM RECADO- NÃO PELA VOZ DO POSTE, É CLARO:

- OLHA , SÓ POSSO SER TUA AMIGA. A OUTRA COISA QUE TU TÁ PENSANDO, NEM FALAR.

VAI E FAZ AQUILO SOZINHO!!!!!!

O ESCRITOR, QUE FALA PELOS COTOVELOS, FICOU DECEPCIONADO....NAO ESPERAVA PELA SUGESTÃO.

UM OUTRO QUE GANHOU DELA UM ABRAÇO, CHEGOU A SONHAR COM O ABRAÇO....ORA BOLAS, COMO DIZIA O CID PINHEIRO CABRAL.

 

BARRACA DA ARI

FECHOU NO SABADO

MARIA LUIZA E AYRES NÃO PINTARAM NA FEIRA DO LIVRO. RESULTADO. A BARRACA FICOU FECHADA NO SÁBADO.

*


FILA DO FALCÃO FOI GRANDE NA FEIRA.

*

 

 

 

 

Olá Olides,
Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo
deste sábado que escrevo na Follha Popular de Teutônia.
Abraços
Rudimar Thomas

 

 

 

de são borja

hoteis de são borja também estão esperando um bom moivmento com a exumação do jango.

taxistas e restaurantes esperamf aturar bem.

 

Coleguinhas

a coisa mais criativa que tem ai no rádio são as chamadas da Band pra jornada esportiva. tri legal, mesmo. ouçam

*

Diario

Cheguei agora de manha, sabado de são borja. foi um vapt vupt....tinha uma palestra na feira do livro, mas por falta de público nem precisei falar. otimo pra mim...

*

Mas vendi dois livros na praça mesmo...o amigo Ramão Aguillar autografou ali 9 livros. o livro dele sobre um avo ta fazendo sucesso.

Volto a são borja pra exumação do jango. vai ser um aue com muita gente buscando espaço na mídia. convidfaram até a presidentas mas ele não deve ir,evidente.

*

A minsitra Mária do Rosário pegou esta bandeira com mão firme. dá pra ver. tudo o que trata da exumação ela tá lá.

*

em são borja, o historiador Ibere Teixeira, esperto, acha que a ossada não volta mais.

ele estaria com um livro pronto sobre jango que lançaria so agora depois da exumação.

*

até o museu tá recebendo mais visitas de gente interessada em saber quem foi jango.

*

tem gente lokinha em são borja pra cobrar pra dar entrevistas sobre jango.

*

e tem gente que tem material que guarda. entregharia por grana.

*

Bom, até a casa do Jango onde hoje é o museu foi desapropriada pelo poder publico, né. Nois que paguemo, como diria o outro.

 

 

 

 

RETIRADA DA OSSADA DO JANGO

PROVOCA FRISSON EM SÃO BORJA


DO ENVIADO ESPECIAL OLIDES CANTON


Acostumada aos grandes acontecimentos politicos -Sao Borja - espera um grande dias 12 e 13, da semana que vem com a retirada da ossada doJango que está enterrado desde 1976 em SBorja.Imprensa nacional e internacional deverá acorrer a Terra dos Presidentes, assim como autoridades federais e estaduais.

Hoje, sexta, dia 8 sob um sol abrasador do meio da tarde, o chefe de gabinete do prefeito Farelo Almeida - que se deslocou a Capital onde participou de um encontro na casa civil do governo do estado pra preparar o evento de terça e quarta que vem.]]Enquanto colocava uma placa de Jango e Brizola na frente do túmulo onde ambos estão enterrados no Cemitério Municipal Jardim da Paz.

o CHEFE DE gabinete da prefeitura, Luiz Perdomo,coordenou os trabalhos de colocação de uma placa juntoao mausoleu onde Jango e Brizola .Ele calcula que htaverá grande número de repórter do mundo todo a operação da retirada dos ossos de Jango. A ossada de Jangoserá levada a Brasilia pra analises. de São Borja deverá seguir de helicóptero até santa maria ainda na quarta,dia 13. na quinta de manhã, dia 14, segue em avião da FAB pra Brasília pras análises. A volta da ossada está prevista pra dia 6 de dezembro que vem.

PARENTES

Luiz Perdomo disse que a viuva, maria tereza Goulart e o neto, Cristhopher Goulart estarão presentes. Nãoestá confirmada a vinda dos filhos Denise e João Vicente.Estã confirmada a vinda de outroneto de Jango, Rui Noe filho de Noé que pro vou na Justiça ser filho ' bastardo' de Jango e que fez jus a parte de sua fortuna.
Na terça, dia 12, no CTG Tropilha Criolla a partir das 18 horas a Comissãoda Verdade fará uma audiência publica, onde estão sendo esperadas 400 pessoas. Segundo Luiz Perdomo foram expedidos cerca de 400convites,entre a audiência pública e oevento da retirada dos ossosw de Jangodotumulo.

RUA FECHADA

nAO SERÁ assim tao facil ter acesso ao local no cemiterio.A imprensa te´ra um local de fora do cemitério, o credenciamento será feito junto as autoridades federais. Todo ocredenciamento e a organização da audiencia pública ficou a cargo da prefeitura municipal e a parte docemiterio, da retirada dos ossos ficou com o governofederal, ou seja, com a secretaria dos direitos humanos e com a PF.

OPERAÇÃO MILITAR
A OPERAÇAO DA RETIRADA DOS OSSOS DE JANGO ESTÁ SENDO MONTADA como uma operação miltiar pra dar honras de chefe de estado aounico presidente brasileiro que morreu no exilio.

Jango faleceu de um ataque cardíaco na sua estância em Villa Mercedes, em6 de dezembro de 1976.Sua entrada no país pro enterro provocou um racha entre a linha dura dogoverno e a que queria a abertura politica. Depois de muita negociação conduzida principalmente por Almino
Afonso que fora ministro do trabalho de Jango o corpode jangofoiliberado pra ser enterrado em são borja.
A operação da exumação de Jango fechara a rua onde esta o cemitério a engenheiro Manoel Luiz Fagundes.

Trinta e cinco peritos deverão participar da operação de exumação. Eles virão num onibus que irão busca-los em Santa Maria, onde chegarão de avião, no dia anterior.

A ossada de Jango será retirada do jazigo pra sofrer análises. A Comissãoda Verdade quer saber se Jango foi morto pela Operação Condor.

( uma operaçãomontada pelo aparato de repressãodurante as ditaduras militares)

Os jornais já andam na cidade fazendo enquete sobre oassunto. O jornal ZH entrevistou o poeta Ramão Aguiar sobre se era contra a retirada dos ossos de Jango do mausoleu da familia onde está enterrado.

Outros observadores veem a cena como uma cortina de fumaça destinada a dar mídia a ministra maria do rosário, provavel candidata do PT, o partido situcionista tanto no estado, como no pais, ao senado federal.

A Ministra é uma das pre candidatas ao Senado pelo PT.

AUMENTO DE VISITAS

NO MUSEU

POR CONTA DO QUE A IMPRENSA TEM FALADO SOBRE O ASSUNTOTEM AUMENTADO ATÉ A PROCURA DE visitantes no Museu de Jango, localizado na av. Presidente Vargas, na casa onde ele viveu quandoresidia em Sao Borja.
oS HOTEIS TAMBÉM TEM RECEBIDO MAIOR NUMERO DE RESERVAS PROS DIAS 12 E 13, PRINCIPALMENTE DE CURIOSOS E DE QUEM VEM TRABALHAR NO CASO.

a prefeitura de sãoborja fez da exumação docorpo de jango uma festividade. expediu convites para todos os prefeitos gaúchos e para boa parte da sociedade de são borja.

Acostumada aos eventos de politicos, como enterro de Getulio - 1954 - de Jango e de Brizola, o povo já comenta baixinho o assunto.Mas é um patrimonio da cidade que se autointitula A TERRA DOS PRESIDENTES. aQUI efetivamente nasceram Getulio,jango, Ibsen Pinheiro(presidente interino) e um presidente argentino, que diz a lenda também é de são borja.

Mas apesar de tudo a cidade ainda tem uma marca indelével terra de Getulio Vargas.


 

 

 

na sexta, dia 8.11 operários da prefeitura colocavam placa de jango e brizola no tumulo da familia goulart.

Maria Tereza, viuva de jango, deverá estar presente a exumação do corpo do marido.!

 

 

 

SERGINHO ROS MORTO RECENTEMENTE CUMPRIMENTA O PRESIDENTE GEISEL NO DIA QUE ESTE FEZ A SUA FOTO OFICIAL NO PALÁCIO DO ALVORADA.

A FOTO FOI FEITA POR UM FOTOGRAFO DA MANCHETE QUE FOI CHAMADO AS PRESSAS A BRASILIA, PORQUE GEISEL HAVIA DECIDIDO FAZER A FOTO OFICIAL DA PRESIDENCIA DA REPUBLICA.

 

 

 

Adriana Calcanhotto é atração da Feira do Livro neste sábado à noite

A cantora, compositora e escritora Adriana Calcanhotto participará de um encontro amanhã, 9, para lançar seu novo livro Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira: Para crianças de Qualquer Idade. O evento ocorrerá, às 19h, no Teatro Sancho Pança localizado na Av. Sepúlveda (entre a Av. Mauá e a Rua Siqueira Campos) no Centro Histórico.
“A ideia é bem simples: é abrir janelas para os poetas de diferentes tempos, estilos e vozes no Brasil, preenchendo assim a possível ausência de uma compilação dedicada aos leitores de poesia, menores ou iniciantes, ilustrada pela própria organizadora”, revela Adriana.
Foi a partir dessa "ideia simples" que Adriana Calcanhotto se debruçou por mais de um ano na organização desta antologia. Nela, conseguiu reunir poetas do século XIX ao XXI, canônicos e nem tão conhecidos. De Gonçalves Dias a Gregório Duvivier, passando por Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes, Adélia Prado e Paulo Leminski. Todos aqui reunidos. Nessa convivência, vê-se formar com sutileza, em uma sucessão de ecos e influências, a poesia tão brasileira, tão nossa. Uma poesia que convida todos os leitores. Ou aspirantes a leitores. Enfim, "crianças de qualquer idade", sejam aquelas que estão descobrindo as primeiras palavras ou as que estão sempre (re)descobrindo o sabor da poesia.

Em 2004, lançou um álbum para crianças Adriana Partimpim, nome pelo qual também é conhecida, com o qual obteve grande sucesso em espetáculos e ganhou o prêmio Grammy Latino de melhor álbum infantil.

Saiba mais:
Livro: Antologia Ilustrada da Poesia Brasileira: Para Crianças de Qualquer Idade
Autora: Adriana Calconhotto
Editora: Casa da Palavra

136 páginas

 

 

 

 

Sônia T. Felipe palestra em Porto Alegre sobre ‘Galactolatria’
No final da tarde desta quinta-feira, 7 de novembro, o auditório da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi palco de inédita palestra sobre o leite. A ministrante foi Sônia T. Felipe, autora do já clássico ‘Galactolatria: mau deleite – Implicações éticas, ambientais e nutricionais do consumo de leite bovino’. Em duas horas de exposição e debate com o público, a filósofa apresentou dados constantes no livro, como a relação entre quantidade de água, grãos e forragem utilizados para produção de um quilo de laticínios como manteiga, sorvete, queijo e até o religioso ‘ghee’, em valores preocupantes. “O leite é o sangue branco que a mãe fornece para o filho, até a chegada da arcada dentária”, apontou, reafirmando sua defesa das fêmeas de todas as espécies. “O cálcio que o leite nos dá com uma mão, tira com duas”, advertiu, com a autoridade de quem pesquisa há doze anos sobre o assunto. A atividade ainda contou com sessão de autógrafos, venda das obras ‘Galactolatria’ e ‘Passaporte para o mundo dos leites veganos’, cumprimentos e fotografias. A noite encerrou com jantar de confraternização entre a convidada e ativistas.

 

 

 

De São Borja

A cidade deverá receber muito jornalista pela exumação do corpo de Jango.Será no dia 13 próximo, semana que vem .

*

Memória:

Quando Leonel Brizola voltou do exílio ficou na casa onde residia Percy Penalvo,atual museu do Jango.

Geraldo Canallli veio pela RBS TV pra fazer a cobertura. Quando chegou na casa de Percy, acompanhado do poeta Ramão Aguillar - ligado a antiga Arena ,partido que dava sustento politico a ditadura militar - Percy não gostou de vê-lo lá.Ramão na verdade era ligado a TV Uruguaiana, da RBS. Canalli explicou a Percy que ele estava dando assessoria na fronteira. Ficou tudo na boa.

*

 

 

DE SÃO BORJA

DIZEM POR AQUI QUE TELMO DE LIMA FREITAS ERIA PERTENCIDO....BOM DEIXA PRA LÁ....

*

aSSIM COMO EXISTE O MESTIÇO DE SÃO BORJA, EXISTE AQUI O GALINHA DE SÃO BORJA

*

cAPINCHO ME LIGOU NA HORA QUE EU IA CHEGANDO NA RODOVIARIA. SÓ PRA ME APORRINHAR

*

o POETA RAMÃO AGUILLAR ESTAVA A MINHA ESPERA. AO CONTRÁRIO DO CAPINCHO QUE DEIXOU O JUREMIR ESPERANDO NA RODOVIARIA.

*

cELSO lOPES TAMBÉM ESTAVA ESPERANDO O VILHO. QUE VEIO DE PLANALTO. EU ESTAVA NO LEITO DA OURO E PRATA. CORTESIA DA EMPRESA.

 

De São Borja

Sao Borja se prepara pra retirada da ossada...do Jango

*

Onibus da Ouro e Prata que vim na quinta de noite não pegou na hora de saída....

Saimos meia hora depois. Batemos em São Borja 7 da matina.

*

RAMÃO AGUILLAR LANÇOU LIVRO sobre um parente.SUCESSO TOTAL.VENDEU 40 EX NO DIA DO LANÇAMENTO.O ENGRAÇADO É QUE A GRAFICA DE SÃO LUIZ

MANDOU OS LIVROS ENCIMA DA HORA.

ELE FICOU NA RODOVIÁRIA ESPERANDO OS LIVROS.
FALTARAMLIVROS NA SESSÃO DE AUTOGRAFOS. O LIVRO É BOM, COMECEI A LER.


*

 

 

 

 

mEMÓRIAS DO EXILIO

O advogado Dino Lopes estava exilado em Rivera. Nos anos 60. Também estava lá o atual governador Tarso Genro.

Dino estava num cursinho que foi montado pelos exilados pra ganhar a vida. Mas não se sabe o motivo, foi tirado fora da turma que dava aulas pra ganhar a vida.

 

VE NA FRONTEIR AOESTE

A TVE VAI MANDAR UMA EQUIPE A SÃO BORJA FAZER UM TVE REPORTER SOBRE A OSSADA DO JANGO

 

Coleguinhas

Mede de veto?

Maria Wagner que está fazendo o blog da ARI quer fazer uma matéria sobre jornalismo investigativo.

mas tem medo de veto....


*

Entreouvidos na barraca da ARI agora de tardezinha

Chega o Bicudo*(Elmar Bones) como sempre correndo e pergunta se alguém viu o Severo(José antonio)

Um gaiato que estava do lado responde:
- é teu casamento mais duradouro.
Bicudo tira de letra:
- ja dura 40 anos, diz rindo

( bom humor é outra coisa)

 

A HISTORIAS DO SAUL

encontrei o eng. saul gil cardoso na banca da ari. ele me reconheceu porque causa do blog.

Mora em Flp e é um bom contador de causos.

Me contou dois

1) em 1970, ele engenheiro foi mandado pela empresa de Alegrete, que geria a parte elétrica da região - empresa depois incorporada a Eletrosul - a S Borja. Era 70/71 e o prefeito era Juca Alvarez, o Juca. Prefeito, não interventor.

que lá não se votava.Saul viajou acompanhado de um colega que conhecia o ' Jucão".

Quando adentraram o gabinete do prefeito, ele estava falando ao telefone e ouviu o que os dois tinham ido fazer lá.

Como eles disseram que tinham ido resolver a questão da energia de são borja, Jucão não se aguentou:

deu uns berros, chemou sua secretária e ordenou:

- Fulana, chama a rádio aqui urgente. Tou cansado de mentir sozinho.

Ai Saul teve que dar entrevista dizendo o que o levara a SBorja.

Outra do Saul

Ele havia lido na Veja, no final de 1969, que um pintor muito famoso morava em Maçambara...o pintor era celebre e natural daquele municipio( saul sabe o nome, eu que não recordo agora)

quando passou por lá num fevereiro foi atrás do tal pintor. chegou na casa, era um calor de derreter os ossos, como se diz.
Estava toda a casa fechada e uma senhora, a esposa dele veio atender Saul.

Ele entrou e viu que havia quadros de Xico Stokinger nas paredes.

O pintor lhe explicou que com o calor que fazia não estava pintando. Ele preferia o inverno e deu as explicações técnicas. É que usava ovos pra tal e no forte do calor isto não se podia.

Quando Saul saía um guri veio vender uma cesta de ovos de galinha caipira que eram justamente os ovos que o pintor usava em suas pinturas.

 

 

 

CRÉDITO DAS FOTOS: Carlinhos Rodrigues

Vendas de livros têm aumento de 40% este ano


Os primeiros quatro dias da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre, aberta na última sexta-feira (1º), tiveram 92.832 exemplares vendidos. O movimento é 40% maior que na edição do ano passado, quando foram comercializados 66.205 exemplares no mesmo período.

As vendas que mais cresceram foram as da Área Geral, onde chegaram a 76.372 volumes de sexta-feira (1º) até segunda-feira (4). Esse desempenho representa uma expansão de 48% em relação a 2012, quando tinham sido vendidos pelo setor, nos quatro dias iniciais da Feira, 51.371 livros. Já na Área Internacional, as vendas aumentaram 13%, e na Área Infantil, 10%.

Até o próximo dia 17, estarão na Praça da Alfândega 140 expositores. A programação inclui mais de 700 sessões de autógrafos, 156 eventos em salas (mesas-redondas, palestras, seminários), 31 oficinas ligadas ao livro e à criação literária, 31 eventos artísticos e culturais. Para a área dedicada a crianças e jovens, foram programas em torno de 300 atividades.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

ENDEREÇO: Memorial do Rio Grande do Sul

Rua Sete de Setembro, 1020 – térreo

TELEFONES: (51) 3289-7340 e 3289-7331

Coordenação:

Isara Marques

Jornalistas:

Eliane Iensen
Evaldo Farias Tiburski
Marcelo Santos
Michelle Rolante
Rui Felten

Fotógrafos

Carlinhos Rodrigues
Luís Ventura

 

 

 

 

 

CRÉDITO DAS FOTOS: Carlinhos Rodrigues

Escritores defendem maior integração para

difundir leitura e literatura de língua portuguesa

Os escritores africanos Pepetela, Nelson Saute e Ondjaki defenderam, na tarde desta quinta-feira (7), em entrevista no Hotel Embaixador, a implementação de políticas para promover a leitura e a literatura dos países de língua portuguesa, ampliando a difusão do que vem sendo produzido. “É preciso pegar esse manancial afetivo e transformar em uma política efetiva”, disse Saúte, autor de obras como Antologia da Nova Poesia Moçambicana (co-autoria com Fátima Mendonça, 1993).

Os três participam do V Encontro de Professores de Literaturas Africanas e do I Encontro da Afrolic - I Encontro da Afrolic – identidades africanas e comunitarismo supranacional: aproximações, tensões, fricções, que se encerra nesta sexta-feira (8), na UFRGS e no Hotel Embaixador.

Pepetela, autor de obras como Muana Puó e A geração da utopia, disse que a aproximação se dá também pelo meio acadêmico, por meio de pesquisas e de estudos na área de pós-graduação. Ressaltou o elevado número de estudos que vêm sendo realizados pelas universidades brasileiras. Em contrapartida, nos países africanos, nas universidades de Angola e Moçambique pouco ainda se estuda dos autores do Brasil. “Muito de nosso público vem do meio acadêmico”, ressaltou Ondjaki.

Dentro da programação da Feira do Livro, Pepetela, Saúte e Odete Semedo participam nesta sexta-feira (8) de um encontro onde vão abordar um pouco de sua cultura. A atividade será realizada a partir das 17h30min, no Auditório Barbosa Lessa, do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo. Às 20h, Ondjaki autografa “Escuridão bonita”, “A bicicleta que tinha bigodes” e “Há aprendizagens”.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

ENDEREÇO: Memorial do Rio Grande do Sul

Rua Sete de Setembro, 1020 – térreo

TELEFONES: (51) 3289-7340 e 3289-7331

Coordenação:

Isara Marques

Jornalistas:

Eliane Iensen
Evaldo Farias Tiburski
Marcelo Santos
Michelle Rolante
Rui Felten

Fotógrafos

Carlinhos Rodrigues
Luís Ventura

 

 

 

mais fotos dos pessetti atravessando a VRS-851 entre serafina e o rio Carreiro. Olha o perigo aí!!!!!

 

 

 

GADO DOS PESSETTI ATRAVESSA A 831 ENTRE SERAFINA E O CARREIRO!

fOTOS QUE FIZ TEMPOS ATRÁS NUMA TARDE DE SEXTA. TODOS OS DIAS OS PESSETTI, UMA FAMÍLIA DA CAPELA SÃO PEDRO, TEM QUE LEVAR O GADO DE UM LADO PRO OUTRO QUATRO VEZES AO DIA PRA ORDENHA. SÃO DOZE VACAS.

QUANDO A RODOVIA FOI CONSTRUÍDA, ENTRE 84 E 85 - GOVERNO SIMON - HOUVE UM EMBATE JURIDICO E OS PESSETTI PERDERAM A CAUSA. NÃO FOI CONSTRUIDO PELA PREFEITURA UM VACADUTO.

AINDA DÁ TEMPO???

 

 

 

 

 

FEIRA DO LIVRO

legenda>Ayres Cerrutti, Maria Luiza e Antônio Goulart hoje na barraca da ARI

AYRES PASSOU O BASTÃO PRA MARIA LUIZA


Ayres Cerrutti se mandou ontem pra Gramado, onde tem a festa do turismo. Imagina seo gringo, dono da Programa, ia deixar de ir a Gramado, ele que não perde um convescote.

Tinha até um convite da namorada, Ana, pra ver um filme no sábado. Mas o gringo não se aguentou e se mandou pra gramado. Assim no sabado estou escalado pra ser o livreiro na barraca da ARI

 

 

O engenheiro Saul Gil Cardoso, que trabalhou na Eletrosul, veio pra feira do Livro. Apresentei ele ao presidente da CRL, Santucci Jr.

 

no local onde deverão ser feitos os café das Pr. da Alfândega os pichadores deixaram dito o que acham do país hoje em dia.

 

 

 

 

Coleguinhas

O colega Silvio Lara dava pau nos misturadores do leite agora aqui na salinha. O funcionário que atende os coleguinhas de saco cheio de ouvir a discurseira do Silvio - tipo pastor de igreja evangélica - pergunta:

- quantos ouvintes tem esta rádio dele!

 

 

 

 

CRÉDITO DAS FOTOS: Carlinhos Rodrigues

Escritores reconhecidos produzem
obra literária coletiva para jovens

Os escritores Sergio Napp, Luiz Paulo Faccioli, Carlos Urbim, Lu Thomé, Christina Dias e Airton Ortiz participaram na tarde desta quarta-feira, (6), no Auditório Barbosa Lessa, de um bate-papo sobre o lançamento do livro “O que coube na mochila” - Os desafios da produção literária coletiva”.

Segundo a escritora Cristiane Dias, uma das idealizadoras do projeto, que surgiu em 2007, a ideia central era reunir um grupo de escritores para que, juntos, escrevessem textos diferentes dos já existentes para o público juvenil. “Queríamos criar uma cooperativa literária, onde iríamos escrever os nossos textos, para passarem depois pelo crivo de outros escritores do grupo”, contou.

Os seis integrantes foram unânimes ao afirmar que o projeto nasceu audacioso, pois nenhum escritor gosta que outro escritor modifique ou corte seus textos.

Para o escritor e compositor Sergio Napp, o projeto é muito valoroso. “Somos seis escritores com estilos diferentes, e todos opinam sobre o texto dos outros, o que é um desafio para nós”, ressaltou.

“Fiquei com um pé atrás quando me convidaram para participar, mas hoje vejo que apreendi e estou apreendendo a cada dia com eles, a ponto de agora, depois de escrever, reler umas 40 vezes os meus textos. Tudo graças à rigidez imposta pelo grupo na preservação de um bom texto literário”, disse o patrono da 55ª Feira do Livro, o escritor Carlos Urbim.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

ENDEREÇO: Memorial do Rio Grande do Sul

Rua Sete de Setembro, 1020 – térreo

TELEFONES: (51) 3289-7340 e 3289-7331

Coordenação:

Isara Marques

Jornalistas:

Eliane Iensen
Evaldo Farias Tiburski
Marcelo Santos
Michelle Rolante
Rui Felten

Fotógrafos

Carlinhos Rodrigues
Luís Ventura

 

 

 

CHORAM OS BOTECOS DA LADEIRA

OS BOTECOS DA LADEIRA QUE DURANTE OS 42 DIAS DA GREVE DO BANRISUL VIVIAM CHEIOS DE BANCÁRIOS ESTÃO AS MOSCAS. OS BANCÁRIOS VOLTARAM AO BASQUETE.

RADAR DA FEIRA DO LIVRO.

ATÉ OS
GUARDAS BOTAM BANCA.


Comentário de um vizinho da estante da RBS na praça da alfandega:
- Eles se acham tanto que até os guardas botam banca.