Blog de celebridades, fofocas, opinião e notícias


30 de junho
de 2014

de são borja

QUANDO UM BAILE DE CARNAVAL DECIDE UMA VIDA....



Neste baile de carnaval, realizado num clube sãoborjense, o poeta, que na época era um militante da UGES - que apoiava a nossa gloriosa ' ARENA ' - o Mauro Rocha tem horror do grande partido do Ocidente porque o pai dele levou duas surras lá em Serafina - conheceu a Kátia....

Foi neste baile, que praticamente os dois decidiram se unirem....

Bom, o visual do Ramão aí pra mais pra Evandro Mesquita - um tipo hippie - e a Kátia de uma odara, uma hippie...mas em são borja naqueles anos nem se sabia quem os hippies...senão cagavam eles a laço....

Recuperei esta foto na caixa de memória que a Kátia me mostrou na recente estada que fiz na Terra dos Presidentes(OLides)

IMAGENS DE JANGO



UMA COM A FILHA PEQUENA E OUTRA DA FAIXA DO ENTERRO EM SÃO BORJA...

CASSIÁ....

Falar depois é fácil, mas em SB tinham me dito que uma equipe tinha ido lá filmar a vida dele...isto ainda na semana do corpus cristi,q uando estive lá....

* Eu que segurei a informação porque o Cassiá, com todo o respeito, faz muita jogada ensaiada...pensei que fosse mais uma dele...

* Mas não é certo. é o vice-governador. caiu no colo dele. ou vão me dizer que alguém vai ganhar da ' Meméia". acho pouco provável...

* Assim são borja deixará de ser a terra do governador e será do vice...

* Deus escreve certo por caminhos tortos...

simon larga a política....

No dia do lançamento do livro do Bicudo, cheguei no senador pedro simon(pmdb) e lhe disse:

- senador , quero cumprimentá-lo por não ter concorrido...o senhor ia perder pro lasier e ia ficar feio...

Ele apenas me ouviu...Não disse nada, como é de seu costume. Talvez pra não se comprometer...

* Piadinha maldosa que diziam dele quando governador:

- governador, vai um cafezinho? com ou sem açucar?

- mas até isto eu tenho que decidir, reclamava o então governador.

* outra boa...

Alfredo Fedrizi encontra o pai, Nestor, saindo do gabinete de simon,governador.

- Olha, diz Nestor, que era secretário de simon, ou algo parecido...(alfredo era presidente da TVE).levei 15 assuntos e o simon mandou que eu falasse sobre todos eles com o Koff(então chefe da casa civil de simon)....

* Mais uma do turco:

ele costumava chamar mansueto serafini, prefeito de caxias, de ' soneca'. tudo porque mansueto não é de acordar muito cedo, não é é meio vagal...basquete pesado não é com ele, mais ou menos como o mauro rocha e suas tarefas em palmeira das missões.

Simon: “foi uma longa caminhada, cumpri minha missão”


Emocionado, Simom recebe homenagem das crianças Miguel e Laura, que simbolizam a esperança e o futuro

Em tom de despedida após mais de meio século de “uma longa caminhada” na vida política, o senador Pedro Simon (PMDB) não escondeu a emoção ao participar da convenção do PMDB neste domingo, 29, e repassar momentos marcantes da luta que liderou contra o regime militar. “Posso dizer que foi a página mais bonita da história do Rio Grande e do Brasil. Contra tudo e contra todos, levantamos a bandeira da paz, da democracia, da Constituinte e da liberdade. Lutamos por uma Brasil unido e democrático”, recordou Simon, que recebeu uma homenagem especial do partido através de um vídeo com principais momentos da sua trajetória como líder da oposição, deputado estadual, governador e senador por três mandatos. Ao lembrar que muitos devem estar mais aliviados com a sua saída do Senado a partir de 2015, uma vez que sempre manteve uma postura de combate aos casos de corrupção, comparou sua trajetória à missão do apóstolo Paulo em difundir a mensagem de Cristo: “Posso dizer, com humildade, foi uma longa caminhada. Horas difíceis e dramáticas. Eu e o MDB do RS mantivemos a fé, lutamos, fomos ate o fim e estamos hoje aqui, de mão limpas. Simon voltou a dirigir fortes críticas ao cenário atual da política nacional que “vem desmoralizando o Brasil” por conta da troca de apoio dos partidos por cargos no ministério. “A desgraça é que não se vota por ideal, se vota por troca-troca. Um ministério vale um minuto na propaganda de TV”, apontou. Ele reafirmou sua convicção de que a vitória de Eduardo Campos (PSB) nas eleições presidenciais representará um momento diferente: “ele vai governar com minoria, mas com o povo”.

“Sartori, estarei a serviço teu”

Identificando na candidatura de José Ivo Sartori a “biografia mais preparada” para governar o RS, Simon salientou a extraordinária gestão como prefeito em Caxias do Sul e sua trajetória como homem público. “Sartori significa o que tem de mais honesto e descente na política brasileira”, sintetizou o senador, lembrando que mesmo “indo para casa” quer contribuir como qualquer militante na campanha eleitoral. Ele igualmente manifestou apoio ao candidato a vice-governador José Paulo Cairoli (PSD) e a Beto Albuquerque (PSB), que concorre à cadeira de Simon no Senado.

SHOW

FOI MEIO LONGO O SHOW DE AGORA HÁ POUCO DA OLINDA ALLESSANDRINI NO SANTANDER. COM AQUELAS CADEIRAS DURAS NÃO É MOLE FICAR UMA HORA E MEIA. E TEVE GENTE QUE LEVOU CRIANÇA NUM CONCERTO DE PIANO. E UMA DAS CRIANÇAS FICOU FALANDO ALTO.

PIOR A AVÓ DA CRIANÇA AINDA SE FEZ PORQUE ERA CONHECIDA DA PIANISTA. QUE GENTE MAL EDUCADA!!!!

Coleguinhas

* Uma ex-colunista economica de muitos anos costuma fazer a feira na José Bonifácio aos sábados. Hoje é escriba oficial. antigamente chamávamos de ' chapa branca'...

* Não tem nada de mais ser chapa branca. Trabalhei 9 anos no trensurb e nunca fiz um release. em compensação cumpri sempre meu horário....

até num dia que era feriado porque ser dia do funcionário público eu fui trabalhar. nãot inha serviço

* Vi o Peninha num programa de TV. Sei que ele perdeu do Carlos Simon ação judicial. Me parece que deu 80 mil de danos morais pro Simon, que foi até o fim com a quisilha.

* O assunto do Peninha é que ele chamou Simon, o juiz, não o senador, daquilo....que todo torcedor chama no estádio. mas escrito num livro tem outra dimensão...

* A procura de uma noticia sobre o acidente do fotografo RONI PAGANELLA em alegrete, em 1971, na zero, não encontrei uma linha. o jornal não deu o próprio acidente com um fotografo seu e com vários jogadores do gremio que iam a são borja jogar. roni ficou tetraplético e vive até hoje.

* O Floriano Bortoluzzi sabe bem disto. preciso falar com ele..

A MORTE DE MARIGHELLA DADO PELA ZERO


1969

BELA!

pcfLORES FOI PROCURADO PELA COLEGA MIHAMMES A BELA. DA ZERO. ELA TAVA ATRÁS DE DADOS SOBRE UM HOTEL. CONTINUA NO BATENTE E ESTÁ SE TRATANDO. FAZENDO QUIMIO E RADIO.

Desejamos toda a sorte do mundo pra Bela(Olides)

de um leitor atento deste blog!

A Hammes deve andar dodói. Pelo menos é o que intuí do que li no Face. E quem está fazendo a coluna dela por estes dias é um interino.

Não sei mais detalhes. O comentário que li no Face é na linha do "apesar de tudo, ela está de bom astral".

SAO BORJA E AS ENCHENTES...



São Borja está acostumada com as enchentes....agora tão falando em mais uma....

quando estive lá dias atrás recortei algumas noticias da FSB sobre enchentes.Esta é de 6.6.1990...

MAIS NOTICIAS SOBRE A ENCHENTE DE SÃO BORJA EM OUTROS ANOS NA FOLHA DE SÃO BORJA!!!

da Folha Popular de Teutônia

do JC de sexta passada

coluna do sempre bem informado Flávio Pereira....que outrora dava furos malufistas(olides)

De: letier12
Enviada: Sexta-feira, 27 de Junho de 2014 11:13
Para: olidescanton@bol.com.br
Assunto: RE:

Coluna do Flavio Pereira do JC de hoje

Grandeza de uruguaianense
Prefeito de Uruguaiana, Luiz Augusto Schneider deu uma trégua nas divergências com o seu padrinho e ex-prefeito Sanchotene Felice, indicando-o ao presidente do PSDB, Adilson Troca, como pré-candidato ao Senado nas eleições de outubro. A carta pessoal do prefeito foi revelada ontem pelo blog do desembargador aposentado e advogado Ruy Gessinger

Letier Vivian
São Borja/RS

De um leitor atento

O pobre do prefeito de uruguaiana tá loco que o véio sanchotene vá embora da cidade e pare de palpitar na administração dele... kkkkkkk

do Comunique-se

Justiça acata pedido de Neymar e suspende venda de edição da Playboy

O atacante Neymar Júnior, craque da Seleção Brasileira e do Barcelona, ganhou na Justiça uma ação que movia contra a revista Playboy, da Editora Abril, que usou o nome do atleta na capa da edição deste mês. A 3ª Vara Cível da do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou a suspensão imediata da venda da publicação.


Exemplares deverão ser recolhidos das bancas
(Imagem: Divulgação/Playboy)

Os exemplares de junho da revista, com fotos da modelo Patrícia Jordane e a manchete “A morena que encantou Neymar”, deverão ser recolhidos das bancas. Além disso, a Playboy não poderá veicular a campanha publicitária com a capa da publicação. Caso a decisão não seja cumprida, a Editora Abril está sujeita a multa diária de R$ 10 mil.

Em nota oficial publicada no site do jogador, a revista é acusada de “divulgar uma mentira sobre a vida pessoal do Neymar”, além de ter feito uso indevido de seu nome, sem autorização da NR Sports, empresa administrada pelo pai do atleta, que é detentora dos direitos de exploração da imagem, nome e outros atributos relacionados ao atacante que disputa a Copa do Mundo. Envolvida na polêmica que foi parar na Justiça, Patrícia afirmou ao UOL Esporte que iniciou o relacionamento com o jogador na virada de 2012 para 2013 e que o envolvimento durou até o Carnaval, quando Neymar assumiu o namoro com a atriz Bruna Marquezine. A Playboy ainda não divulgou nenhum comunicado sobre o assunto, já que ainda não foi notificada oficialmente.

De um leitor!

Andou dando um curto-circuito com a G. C. Talvez briga de beleza com a tua "queridinha" Mariana Kalil. Ou então p q ela é ruim de jornalismo (falta de conteúdo, ou seja, "ñ tem berço") no saite, mas é boa de comercial (aqueles jornalistas que se vendem, como tu diz). Deram umas férias forçadas para ela. Agora tão arranjando um jeito de continuar aproveitando a guria no q ela pode render. Detalhe: ela tem público.

De um atento leitor

como assim???

a pergunta é ele quem faz que me mandou a matéria.(olides)

Assunto: como assim???

http://www.sul21.com.br/jornal/pp-diz-que-ana-amelia-nao-doou-heinze-como-pessoa-fisica-nem-deliberou-sobre-doacao/


SE PREPAREM....

a matéria do Sul 21 sobre as doações da Meméia em 2010 - assunto que não domino - apenas abre um ' caloroso' debate que vem...

* Um dos tópicos dos leitores ' a candidta da RBS"..tão querendo de novo o filme do Britto...

* Engraçado: mas a " RBS' é tão ruim assim pra estes leitores???!!!

* Como diz a mãe do Caco Barcellos, todo mundo fala mal da Globo, mas todo mundo queria ter um filho lá...(toing e a velhota tem razão, o resto é hipocrisia...)

Encontro da boa política entre Sartori e Ana Amélia

Ta na cara que isto é uma aliança explicita(olides)

Foto: Luiz Chaves

Durante a posse do novo presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Seger Menegaz, na sede da entidade em Porto Alegre, nesta sexta-feira (27), os candidatos ao governo do Estado José Ivo Sartori (PMDB) e Ana Amélia Lemos (PP) tiveram o primeiro encontro antes da campanha. Em tom cordial, os dois conversaram brevemente e, ao se dirigir a sua futura adversária para lhe desejar boa sorte, o peemedebista preferiu saudá-la com votos de "sucesso na campanha". A gargalhada foi geral. Ao posarem para fotos, Sartori e Ana Amélia comentaram que esse era o encontro da boa política.

do Comunique-se

Post em blog rende a deputado processo por calúnia e difamação

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) abriu nessa quarta-feira, 25, ação penal contra o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) pelo crime de difamação e calúnia. A ação foi movida por Giuliano GIacomo, um dos sócios da empresa GMF, que tem contratos com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) do Rio de Janeiro. Em junho de 2010, o parlamentar escreveu em seu blog que a empresa GMF "tem uma péssima fama" em Mato Grosso e que "está sendo acusada pelo Ministério Público de envolvimento em licitações fraudulentas”. Garotinho também disse que a empresa está na lista das 500 maiores devedoras do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Por maioria de votos, os ministros entenderam que há indícios que justificam a abertura da ação penal. A defesa de Garotinho alegou ao STF que o texto tinha caráter informativo, por repercutir apenas afirmações dos funcionários da empresa. O deputado responde a outro processo no Supremo sobre o mesmo caso. O processo foi movido por outro sócio da empresa, Hiroshi Matsuyama.


Pré-candidato ao governo do RJ, Garotinho responde a dois processos no STF (Imagem: Renato Araújo/ABr)

O GÊNIO FRANCÊS DE CHRIS MARKER

por Eron Duarte Fagundes

L’ambassade (1973) se passa no interior duma embaixada. Não se diz em cena de que embaixada se trata. Mas imagina-se, pelo teor das argumentações que uma voz-over vai desfilando (não há voz-in praticamente), que é uma embaixada numa importante cidade sul-americana depois de um golpe de Estado, talvez o Chile no instante em que Pinochet ascendeu ao poder (estávamos em 1973, ano-chave da história chilena em que o socialismo de Allende foi substituído pelo militarismo de direita de Pinochet). É mais uma notável demonstração das constantes contemporaneidades e atualizações do cinema de Marker.

La sixième face du Pentagone (1968) se insere nas discussões ideológicas do fim dos anos 60, na América e no mundo, especialmente a partir dos protestos da juventude americana, à porta do Pentágono, o sintagma da megalomania administrativa ianque, contra a guerra do Vietnã, então em seu apogeu. Tem co-direção de François Reichenbach. Reichenbach é um antigo documentarista francês, nascido em 1921, como Marker, e falecido em 1993. Fez O amor da vida - Artur Rubinstein (1969) e participou como ator de Verdades e mentiras de Orson Welles (1973). No Pentagone a voz-over é outra vez o recurso-chave, o texto-mente que coordena as múltiplas divagações políticas em cena, tão desencontradas e perversas quanto aquelas dos debatedores de A chinesa (1967), de Jean-Luc Godard. Mas o jeito deste filme de média-metragem (28 minutos) de Marker traz mais relações com Zabriskie Point (1970), do italiano Michelangelo Antonioni: os jovens americanos se rebelam contra o estabelecido da sociedade americana e a corda das discussões se estica. Talvez este mexerico de um intelectual europeu na vida americana pudesse irritar uma velha e grande crítica americana, Pauline Kael, que se agastou com Zabrikskie Point, usando de conceitos como “senso peculiar de deslocamento”, “bajular a juventude”, “esnobe de maneira inconsciente”.

Penso que talvez Kael dissesse o mesmo do filme de Marker. No entanto, as coisas são assim mesmo. Não é possível fechar a visão europeia com a visão americana, mesmo que ambas atraiam e busquem uma à outra. Como terceiro-mundistas, só nos cabe murmurar: ah, bom! E admirar as perspicácias de Kael e a contundência intelectual dos europeus: o exame de Kael sobre Cidadaão Kane só faz inteiro sentido diante do confronto com o exame sobre o mesmo filme pelo francês André Bazin; as diferenças entre os dois textos é que encantam. Voltando a Marker, parece-me que seu melancólico olhar para as mazelas da sociedade americana tem um trejeito que escapa à fúria crítica de Kael. De todo o arrazoado, com dizeres e manifestações, Marker vai terminar seu documentário citando uma jovem americana, de 15 anos; diz ela, sentenciando o que lhe aconteceu após todos os acontecimentos diante do Pentágono: “Eu mudei.” É na mudança de uma pessoa tão jovem ao expor-se violentamente em suas vivências políticas que Marker deposita sua fé: política, cinematográfica, humana. Mesmo que, como escreve Kael, este deslocamento europeu no mundo americano possa parecer esnobe de maneira inconsciente (ingênua). Diz uma francesa, Ginliami de Selfes, sobre o filme: “O que habitualmente amo no cinema de Marker é esta maneira de desviar o sujeito inicial para falar de alguma outra coisa, mais geral, com mais sobriedade, dando então num documentário mais clássico se dirá, ainda que encontremos suas marcas, apesar de tudo, em outros realizadores.”

Une journée d’Andrei Arsenevich (2004) é um dos últimos lampejos cinematográficos de Marker, falecido em 2012. O filme é um bombardeiro do cérebro cinematográfico de Marker sobre as concepções de cinema que lhe vem das imagens dos filmes de seu amigo e grande cineasta, o russo Andrei Tarkovski. É um autêntico modelo de análise de filme pelo próprio processo de cinema. Parece que a proximidade da própria morte de Marker (ele se aproximava dos noventa anos) induziu o cineasta a refletir sobre a trajetória do amigo, para ir ter àquelas reflexões sobre o homem, Tarkovski, que ainda fazia filme quando estava doente e desenganado. Marker, o diretor de cinema, se identifica com Tarkovski, o diretor de cinema. Em seu livro Esculpir o tempo, editado no Brasil em 1998 pela Martins Fontes e que é na verdade uma espécie de cinema escrito, Tarkovski se queixava de que fora acusado na Rússia de ter-se distanciado da realidade, e revelava seu espanto, perplexidade e incompreensão diante deste mal-entendido. No documentário de Marker vemos um diretor de cinema no fim desconsolado diante da impossibilidade de um dia voltar à terra onde viveu sua infância. É o retrato dum artista cuja natureza de filmar é um constante exílio. Estes três filmes curtos de Chris Marker estiveram na sessão de encerramento do 9º Festival Internacional de Cinema do RS. Foi uma sessão ao ar livre no Largo dos Açorianos. Haveria ainda mais um filme curto de Marker e um filme longo cambojano. Fazia muito frio. Meus ossos, velhos e marcados um pouco pela osteoporose, não resistiram e tive de retirar-me, sobrando-me a análise destes três Marker.

Sartori quer estado modernizado para atender a quem mais precisa


3,5 mil correligionários marcaram presença no evento

A manifestação em coro de 3.500 apoiadores da candidatura de José Ivo Sartori (PMDB) ao governo do Estado que estiveram presentes à Convenção Estadual do partido neste domingo (29), no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, demonstrou a adesão de parlamentares e lideranças das 33 coordenadorias regionais da sigla à campanha. Após os pronunciamentos dos candidatos ao Senado Beto Albuquerque (PSB) e a vice-governador José Paulo Cairoli (PSD), Sartori falou por cerca de 25 minutos sobre o projeto de campanha, resultante da unidade de ideias dos partidos que fazem parte da coligação (PSB, PSDC, PSL, PHS, PT do B e Rede Sustentabilidade) e sem conter ataques a adversários. “Há um minuano soprando no Rio Grande, carregando o sentimento de mudança. É possível fazer um novo debate”, disse Sartori.

Diante de uma militância empolgada, entoando o canto partidário e carregando placas estampando os dizeres “trabalho”, “transparência” e “capacidade”, o peemdebista conduziu seu discurso em tom de renovação para o Rio Grande do Sul. “Vamos colocar o Estado no século 21, conectado com o mundo desta era digital. Vamos proporcionar que o serviço público seja modernizado e funcione, principalmente, para as pessoas que mais precisam”, enfatizou. O candidato salientou também que o diálogo com os gaúchos será permanente. As diferenças serão respeitadas, e a unidade será o caminho”, afirmou Sartori. “A política tem que andar para a frente, avançar com novas propostas até a vitória da nossa coligação. Mas também vamos dizer o que precisa ser dito”, avisou. Ao final, nos ombros da militância, o candidato foi ovacionado com bandeiras e chuva de papel picado, ao som do Hino Rio-grandense.

Sartori lança na internet projeto para construção do plano de governo

A construção do plano de governo e a campanha do candidato a governador pelo PMDB, José Ivo Sartori, serão divulgadas nas redes sociais a partir das 11h desta segunda-feira (30), com o lançamento do projeto Conexões RS. Por meio de um chat com internautas, o candidato estará abrindo espaço para a participação dos gaúchos no plano de governo. Pessoas de todas as regiões do Estado poderão colaborar apontando problemas e sugerindo soluções. Desta forma, estarão contribuindo para a elaboração de um projeto de governo verdadeiro para os próximos quatro anos, que contemple as reais necessidades dos gaúchos. Para participar, os internautas deverão acessar o site www.conexoesrs2014 ou enviar e-mail para conexoesrs@conexoesrs2014.com.br. Poderão acessar também o facebook conexoesrs2014, o instagram conexoesrs2014 e o twitter conexoesrs2014.

AGENDA DO CANDIDATO JOSÉ IVO SARTORI - SEGUNDA-FEIRA (30 DE JUNHO)

11 horas - Lançamento do projeto Conexões RS na Internet, para recebimento de propostas da população para o Plano de Governo. Para participar, os internautas deverão acessar o site www.conexoesrs2014 ou enviar e-mail para conexoesrs@conexoesrs2014.com.br. Poderão acessar também o facebook conexoesrs2014, o instagram conexoesrs2014 e o twitter conexoesrs2014.

Domingo no Parque da Harmonia

é MAS A CHUVA VOLTOU A TARDE...(oLIDES)

Foto: Martha Huffel

A chuva deu uma trégua nesta manhã de domingo e cedeu espaço para um tímido e rápido sol em Porto Alegre. O bom humor de São Pedro, que há dias castiga o Estado com temporais, levou brasileiros e estrangeiros que estão na Capital para acompanhar os jogos do Mundial de Futebol a aproveitar o dia para visitar o Acampamento Extraordinário da Copa, no Parque Harmonia. Um dos galpões que chamou a atenção do público foi o da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), vinculada à Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), Além da hospitalidade, um bom chimarrão e a oportunidade de conhecer um pouco da cultura e história do povo gaúcho, os visitantes conheceram o trabalho da invernada mirim do CTG Sentinela do Pago, de Alvorada. O galpão também começou a receber alemães e argelinos, que estão chegando ao Estado para assistir a partida de suas seleções nesta segunda-feira, no Beira-Rio. Circulando pelo Parque, eles ficam surpresos, principalmente, com o hábito local de tomar chimarrão. Curiosos, mas, ao mesmo tempo desconfiados, acabam aceitando sorver um mate. A maioria aprova o sabor, mas não repete a cuia.

GALPÃO FIGTF NO ACAMPAMENTO DA COPA

A tarde cinzenta, com períodos de chuva, não tirou o ânimo do público que foi até o Acampamento Extraordinário da Copa, no Parque Harmonia, em Porto Alegre. No galpão da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), o presidente da entidade, Rodi Pedro Borghetti, e a presidente da Associação dos Amigos da Tradição (AATF), Martha Huffel, receberam estrangeiros e brasileiros de outros Estados e gaúchos do Interior com muitas cuias de chimarrão. Um dos visitantes foi a Corte do Folclore Alemão de Nova Petrópolis e os integrantes da invernada mirim do CTG Sentinela do Pago, de Alvorada.

de Serafina

Legislativo entrega Moção de Apoio na Delegacia de Polícia de Serafina Corrêa

Preocupados com a atual situação da Polícia Civil em nosso Estado e a carência de efetivo para atender as demandas da sociedade, os Vereadores de Serafina Corrêa encaminharam uma Moção de Apoio para as autoridades competentes, com o pedido de que sejam convocados todos os candidatos aprovados no Concurso Público de 2013 para os cargos de Inspetor e Escrivão da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul, para que os mesmos ingressem imediatamente na Academia de Polícia. “Considerando a relevância da segurança pública e a necessidade de uma Polícia Civil estruturada, organizada e com efetivo suficiente para prestar atendimento qualificado e eficaz à população gaúcha, é que os membros do Poder Legislativo Municipal encaminham esta manifestação de apoio”, justificam os Legisladores Serafinenses.

O Presidente da Câmara fez questão de entregar uma cópia desta Moção para o Delegado de Polícia que é responsável pela Delegacia aqui de Serafina Corrêa. Na manhã de sexta-feira (27), o Vereador Nelson Pedro Mezzomo, acompanhado pelo Vice-Presidente, Vereador Silmar Roberto Santin, foram recebidos na Delegacia de Polícia de Serafina Corrêa, pelo Delegado Venícios Ildo Demartini. O Delegado agradeceu o apoio recebido do Poder Legislativo dizendo que a união de esforços em busca de um mesmo objetivo faz toda a diferença. Atuando como Delegado Substituto desde maio deste ano, Venícius que é titular em Tapejara, se colocou à disposição da comunidade Serafinense.

Gincana da Copa do Mundo Escola Leonora Marchioro Bellenzier

Dentro das atividades programadas para a Gincana da Copa, os alunos do 6o ao 9o da Escola Municipal de Ensino Fundamental Leonora Marchioro Bellenzier, apresentaram no dia 26 de junho, a terceira tarefa da Gincana, que consistia em criar um Mascote para a equipe que representam, utilizando as cores do país. As equipes utilizaram materiais recicláveis, reaproveitaram e deram vida ao personagem, através de sua criatividade. Os alunos do 6o ano apresentaram o “Porturex”, representando o país de Portugal, utilizaram as cores verde e vermelho, foi confeccionado com jornal, cola e titnas. O 7o ano apresentou “Ted”, nas cores amarelo e vermelho da Espanha, utilizaram garrafa plástica, tampas de refrigerante e papel colorido. O 8o ano apresentou “Nick”, confeccionado nas cores azul e branco da Grécia, utilizaram lata, arame e TNT. A turma do 9o ano A, apresentou o mascote “Cantália” em nome da Itália, nas cores verde, branco e vermelho, utilizaram lata, EVA e tampas de garrafa. A turma do 9o ano B, apresentou o mascote “Frank” representando a França, nas cores vermelho, branco e azul, utilizaram tecido, fibra e tintas. Mais uma vez, os alunos surpreenderam a comissão julgadora, pois além de confeccionarem o mascote com materiais simples recicláveis e deram-lhe nome, justificando a escolha e seu trabalho.

Poder Legislativo estará em Silva Jardim para uma Sessão Descentralizada


O encontro dos Vereadores com a comunidade do Distrito será em 7 de julho, nas comemorações de aniversário de Serafina Corrêa

As noites de segunda-feira, são de encontro e trabalho para os Vereadores, afinal, é neste momento que acontecem as Sessões da Câmara. Mas a primeira reunião dos Vereadores no mês de julho não será no Plenário como tradicionalmente acontece, sendo que ela será realizada no interior de Serafina Corrêa, na primeira Sessão Descentralizada desta legislatura. Como forma de valorizar ainda mais as contribuições do único Distrito ao desenvolvimento serafinense é que o Poder Legislativo Serafinense estará em Silva Jardim realizando esta Sessão, dentro das comemorações de aniversário do Município. “A última vez que as pessoas tiveram a oportunidade de acompanhar uma Sessão da Câmara em Silva Jardim foi há quatro anos e todos os Vereadores julgam ser de grande importância conhecer, conversar, enfim, nos aproximar ainda mais desta comunidade que é formada por aproximadamente 120 famílias”, destaca o presidente da Câmara, Vereador Nelson Pedro Mezzomo. A comunidade, autoridades, lideranças, imprensa são convidados a participar da reunião da Câmara de Vereadores, em 7 de julho de 2014, no Salão Comunitário, a partir das 19 horas e 30 minutos.

SESSÃO DESCENTRALIZADA NO DISTRITO DE SILVA JARDIM
Data: 07/07/2014, segunda-feira
Horário: 19 horas e 30 minutos
Local: Salão Comunitário de Silva Jardim


27 de junho
de 2014

De Uruguaiana....

Por um leitor!

DESAFETO DE FELICE, prefeito de URUGUAIANA, LANÇA SANCHOTENE FELICE AO SENADO NA COLIGAÇÃO DA "MEMÉIA"

Por um leitor!

O Felice se exibe que teve um milhão de votos pro Senado e que só perdeu por causa das pesquisas. Mentira, Fez 900 mil. E, mesmo que fizesse 1 milhão, não seria isso grande feito, já que o Simon fez 4,5 milhões na mesma eleição, em 90.
Se orgulha de ter sido Conselheiro federal de educaçào, mas esconde que foi nomeado pelo Collor.

Do mesmo leitor...

Vai sair hoje no JC ( o leitor se refere a carta pedindo que o ex-prefeito seja indicado a Senador mandada pelo prefeito de Uruguaiana que estamos dando aqui em primazia.... ) e o leitor prossegue no seu comentários:

-Mostra a sintonia de dois desafetos de Felice: Schneider e Yeda: ambos querem-no na majoritária. Ela já lançou Felice a governador ... hahahah

de um leitor(atento pelo visto!!!)

O próprio Felice é candidato a deputado. Diz que vai fazer 100 mil votos. Mas não, de jeito nenhum ...

O PSDB já decidiu que não vai abrir mão, ontem( da vaga ao senado na coligação da Meméia). O Bogo se inscreveu mas, no dia seguinte, saiu na lista do TCU como inelegível. Sobraram nomes sem a expressão do Felice ...

De um leitor

Nestor Heinz agora está aparecendo num dos programas locais de TV. Vi de relance, numa zapeada. Mas ñ memorizei bem em qual canal.

(Olha, pessoalmente não tenho nada contra o Nestor....nunca me fez nada....ele nem sabe quem eu sou....mas tem muito coleguinha que baba ovo dele por aí porque o cara tem grana....é da vida...Olides)

ROTEIRO DO FINDI

DOMINGO NO SANTANDER TEM OLINDA ALESSANDRINI. JÁ COMPREI MEU INGRESSO...

* E DE MANHA NO DOMINGO TEM O FILME DO NEI MATOGROSSO....

* O FUTEBOL COMEÇA A PERDER FORÇA. TEM SABADO E SEGUNDA. DEPOIS PORTO ALEGRE VOLTA QUASE AO NORMAL.

Convenção Estadual do PMDB

O PMDB/RS realiza no próximo domingo, 29, a sua Convenção Estadual. O evento - que ocorre das 8h30 às 13h no teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa - homologará a candidatura de José Ivo Sartori (PMDB) ao Palácio Piratini, de seu vice, José Paulo Cairoli (PSD), e de Beto Albuquerque (PSB) ao Senado.

Também serão oficializadas as candidaturas do PMDB à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados.

O ato político iniciará às 11h. O evento será transmitido ao vivo pelo site do Diretório Estadual (www.pmdb-rs.org.br).

de Serafina

MORTE NA CAPELA SAN PIERO

Conheci o Sabino Ferronato...(olides)

De: fffgremista
Para: olidescanton@bol.com.br
Assunto: Capela São Pedro

Faleceu Sabino Ferronato, bodegueiro do barracon da capela são pedro éra socio da construtora ferronato e cenci tinha 47 anos, começou a sentir-se mal sentindo enformigamentows pelo corpo, pressão alta foi um dos motivos da morte foi encaminhado a passo fundo e lá morreu no hospital

O GÊNIO FRANCÊS DE CHRIS MARKER

por Eron Duarte Fagundes

L’ambassade (1973) se passa no interior duma embaixada. Não se diz em cena de que embaixada se trata. Mas imagina-se, pelo teor das argumentações que uma voz-over vai desfilando (não há voz-in praticamente), que é uma embaixada numa importante cidade sul-americana depois de um golpe de Estado, talvez o Chile no instante em que Pinochet ascendeu ao poder (estávamos em 1973, ano-chave da história chilena em que o socialismo de Allende foi substituído pelo militarismo de direita de Pinochet). É mais uma notável demonstração das constantes contemporaneidades e atualizações do cinema de Marker. La sixième face du Pentagone (1968) se insere nas discussões ideológicas do fim dos anos 60, na América e no mundo, especialmente a partir dos protestos da juventude americana, à porta do Pentágono, o sintagma da megalomania administrativa ianque, contra a guerra do Vietnã, então em seu apogeu. Tem co-direção de François Reichenbach.

Reichenbach é um antigo documentarista francês, nascido em 1921, como Marker, e falecido em 1993. Fez O amor da vida - Artur Rubinstein (1969) e participou como ator de Verdades e mentiras de Orson Welles (1973). No Pentagone a voz-over é outra vez o recurso-chave, o texto-mente que coordena as múltiplas divagações políticas em cena, tão desencontradas e perversas quanto aquelas dos debatedores de A chinesa (1967), de Jean-Luc Godard. Mas o jeito deste filme de média-metragem (28 minutos) de Marker traz mais relações com Zabriskie Point (1970), do italiano Michelangelo Antonioni: os jovens americanos se rebelam contra o estabelecido da sociedade americana e a corda das discussões se estica. Talvez este mexerico de um intelectual europeu na vida americana pudesse irritar uma velha e grande crítica americana, Pauline Kael, que se agastou com Zabrikskie Point, usando de conceitos como “senso peculiar de deslocamento”, “bajular a juventude”, “esnobe de maneira inconsciente”. Penso que talvez Kael dissesse o mesmo do filme de Marker.

No entanto, as coisas são assim mesmo. Não é possível fechar a visão europeia com a visão americana, mesmo que ambas atraiam e busquem uma à outra. Como terceiro-mundistas, só nos cabe murmurar: ah, bom! E admirar as perspicácias de Kael e a contundência intelectual dos europeus: o exame de Kael sobre Cidadaão Kane só faz inteiro sentido diante do confronto com o exame sobre o mesmo filme pelo francês André Bazin; as diferenças entre os dois textos é que encantam. Voltando a Marker, parece-me que seu melancólico olhar para as mazelas da sociedade americana tem um trejeito que escapa à fúria crítica de Kael. De todo o arrazoado, com dizeres e manifestações, Marker vai terminar seu documentário citando uma jovem americana, de 15 anos; diz ela, sentenciando o que lhe aconteceu após todos os acontecimentos diante do Pentágono: “Eu mudei.” É na mudança de uma pessoa tão jovem ao expor-se violentamente em suas vivências políticas que Marker deposita sua fé: política, cinematográfica, humana. Mesmo que, como escreve Kael, este deslocamento europeu no mundo americano possa parecer esnobe de maneira inconsciente (ingênua).

Diz uma francesa, Ginliami de Selfes, sobre o filme: “O que habitualmente amo no cinema de Marker é esta maneira de desviar o sujeito inicial para falar de alguma outra coisa, mais geral, com mais sobriedade, dando então num documentário mais clássico se dirá, ainda que encontremos suas marcas, apesar de tudo, em outros realizadores.”

Une journée d’Andrei Arsenevich (2004) é um dos últimos lampejos cinematográficos de Marker, falecido em 2012. O filme é um bombardeiro do cérebro cinematográfico de Marker sobre as concepções de cinema que lhe vem das imagens dos filmes de seu amigo e grande cineasta, o russo Andrei Tarkovski. É um autêntico modelo de análise de filme pelo próprio processo de cinema. Parece que a proximidade da própria morte de Marker (ele se aproximava dos noventa anos) induziu o cineasta a refletir sobre a trajetória do amigo, para ir ter àquelas reflexões sobre o homem, Tarkovski, que ainda fazia filme quando estava doente e desenganado. Marker, o diretor de cinema, se identifica com Tarkovski, o diretor de cinema. Em seu livro Esculpir o tempo, editado no Brasil em 1998 pela Martins Fontes e que é na verdade uma espécie de cinema escrito, Tarkovski se queixava de que fora acusado na Rússia de ter-se distanciado da realidade, e revelava seu espanto, perplexidade e incompreensão diante deste mal-entendido. No documentário de Marker vemos um diretor de cinema no fim desconsolado diante da impossibilidade de um dia voltar à terra onde viveu sua infância.

É o retrato dum artista cuja natureza de filmar é um constante exílio. Estes três filmes curtos de Chris Marker estiveram na sessão de encerramento do 9º Festival Internacional de Cinema do RS. Foi uma sessão ao ar livre no Largo dos Açorianos. Haveria ainda mais um filme curto de Marker e um filme longo cambojano. Fazia muito frio. Meus ossos, velhos e marcados um pouco pela osteoporose, não resistiram e tive de retirar-me, sobrando-me a análise destes três Marker.

26 de junho de 2014

Copa

O VIADUTO DA BORGES COM GENTE APRECIANDO AO MEIO DIA DE HOJE E A AV. BORGES TOTALMENTE VAZIA. ME LEMBRA AQUELE FILME DO ETTORE SCOLA, UM DIA ESPECIAL,QUANDO HITLER VISITA ROMA E TODOS VÃO VER O FURHER.....

O FUTEBOL TEM O PODER DE PROVOCAR UMA CATARSE NA POPULAÇÃO, COMO SE NÃO TIVESSE OUTRO MOTIVO PRA SE MOTIVAR TANTO...POBRE PAÍS QUE DEPENDE TANTO DO FUTEBOL....

O PÉ SUJO DO RENATO NA DUQUE CHEIO NA HORA DO ALMOÇO DE HOJE E OS BARES DO MERCADO VAZIOS QUANDO COMEÇOU O JOGO DA ARGENTINA.

HJ AO MEIO DIA A PRAÇA DA MATRIZ FICOU ASSIM NA HORA DO JOGO ARGENTINO...

PAISINHO DO FUTEBOL ESTE ONDE TUDO PARA POR CAUSA DE UM JOGO.

meio dia de hoje no viaduto da borges.....protestos contra OBAMA....

centro de porto alegre.....meio dia no viaduto da borges.....

COLEGUINHAS

Nestor heinz, que é prócer do gremio, não vai mais na Guaíba. ia nas segundas....ouvi dizer que ele teria falado alguma coisa contra a voz do brasil e aí sabe como é os ' pastores' são pastores mas tem seus interesses....como diria o tio Briza que deus guarde lá em SB..enfim, o porta voz dos cabanheiros e plantadores de arroz está fora da Guaíba....

*Outra

Encostaram o JERONIMO PIRES no Mendelsky no bom dia...antes era a ellen que foi embora pra sampa. depois o wladimir oliveira que foi demitido ...era dos antigões...e agora botaram o jeronimo a dar palpites...não se sabe quanto tempo vai durar...mas quem dá palpite mesmo é o otto bede, que é a alma do programa....

* o dico reis, reporter policial da guaíba é fominha por um microfone que vou te contar. mas acho também que é o unico reporter policial que a emissora ainda tem lá.

* por ora era isto....

O REPÓRTER VOLTAIRE PORTO DA RECORD ESTAVA TRANSMITINDO AO VIVO DESDE O VIADUTO DA BORGES...

Sobre Mafalda!

O Mafalda saiu-se bem da cirurgia de transplante de fígado. Já deixou a UTI e foi transferido para o quarto, mas ainda ñ recebe visitas. Só da mulher e das 2 filhas. Os amigos dele no Facebook torcem por sua recuperação.

Fiergs

A rádio corredor da Fiergs dá conta que mudaria a atual atuação de marketing da entidade....

Viria pra assessorar o presidente Heitor Muller um executivo que atuava neste setor na Frangosul, de onde Muller é originário....

* A maior verba publicitária da Fiergs vai hoje pra empresa RBS.

* Um dos filhos do ex-presidente da Fiergs, Paulo Tigre, é executivo na RBS.Recentemente este executivo foi promovido dentro do grupo RBS.

FATURAMENTO DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS TEVE QUEDA DE 2,2% EM MAIO

O faturamento da indústria de máquinas e equipamentos mecânicos do país foi de R$ 5,978 bilhões em maio último, representando uma redução de 2,2% em relação ao mês anterior. Na comparação com maio de 2013, o faturamento registrou queda de 22,7%. De janeiro a maio de 2014, o resultado de R$ 28,588 bilhões foi 13,6% inferior ao do mesmo período de 2013 e só não foi pior graças às exportações, que continuam crescendo.

O balanço foi apresentado hoje (25) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) em entrevista à imprensa realizada na sede da entidade, em São Paulo, com transmissão online para as suas sedes regionais.

Nas vendas para o mercado interno, especificamente, a queda do faturamento este ano chegou a 33,7% em relação a igual período de 2013.

Já o consumo aparente de bens de capital mecânicos, no valor de R$ 8,469 bilhões, registrado em maio último, foi 7,0% inferior ao resultado de igual mês de 2013 e 21,9% inferior ao de abril passado.

No acumulado de 2014, o valor de R$ 45,108 bilhões representou uma queda de 11,0% sobre o mesmo período de 2013 em valores constantes. Entretanto, quando é eliminada a variação cambial, ou seja, quando se utiliza o câmbio médio para o mesmo período de 2013, o consumo aparente cai 18%.

A média anual da participação da importação no consumo brasileiro de máquinas e equipamentos, saltou de 51% em 2008 para 74% em 2014. A produção nacional continua o processo de perda do seu “market share” no consumo brasileiro do setor. Mesmo com a melhora registrada nos últimos três meses de 2014, o nível de participação continua sendo um dos menores da série histórica.

De acordo com a ABIMAQ, após três meses consecutivos de crescimento em 2014, o mês de maio apresentou um comportamento não esperado em relação à média do faturamento. O resultado acumulado aponta para mais um ano de queda, que já havia acusado redução em 2013/2012, com uma diminuição acumulada no ano de 19,7% de 2014 para 2012.

Em 2014, os preços das máquinas e equipamentos passaram a crescer menos do que a variação dos custos, reduzindo ainda mais as margens das empresas do setor. A apreciação do real nos últimos meses e um mercado anêmico ajudam a explicar o comportamento dos preços, destaca a entidade.

Cinema

na terça de noite vi um grande filme na urgs...traduzido por amarga esperança conta a história de um ex-presidiário que quer viver uma vida normal, depois que se apaixona por uma guria...

o filme é cheio de lances poéticos...
no filme, ele morre,claro. ela vive grávida pra continuar a história do pai....

* vi o filme porque não tinha o que fazer e segundo o capincho sou ' gigolo do inss'....

* o cinema da urgs tem fechado muito pro meu gosto. esta copa do mundo é um m* como diz a claudia tajes....

* Nem a camionete da brigada que fica na frente da urgs tá lá nestes dias de copa...os estudantes saem da urgs correndo com medo de assalto porque em volta da urgs é um antro de ladrão....

* é um deus nos acuda.....

* em outubro vamos dar um troco nisto tudo...

PDT

NÃO FIQUEI NA CONVENÇÃO DO PDT DE SÃO BORJA DE SABADO PORQUE TAVA MUITO CANSADO...
E TAMBÉM PORQUE JÁ PERCEBI QUE O PDT SE REDUZIU A MEMORIA DO TRABALHISMO QUE É SÃO BORJA. TAMBÉM FAZER A CONVENÇÃO LÁ FOI UMA FORMA DE LEMBRAR BRIZOLA...

* cOM A ENTRADA DE OLIVIO NA DISPUTA, NEM SEI MAIS SE LASIER VAI LEVAR. TÃO DIZENDO QUE MONICA LEAL SERÁ CANDIDATA AO SENADO. AI EMBOLA O MEIO-DE-CAMPO...

* E TÃO DIZENDOQUE O PDT NÃO FAZ MAIS DO QUE DOIS DEPUTADOS FEDERAIS. TÁ SE REDUZINDO A UM PARTIDO PEQUENO.

* DEPUTADOS ESTADUAIS ESTÃO TREMENDO AS BASES. ALGUNS ACHAM QUE CORREM RISCO DE NÃO SE ELEGER...

* O PDT FOI ENGOLIDO PELO PT, ISTO TODO MUNDO JÁ VIU....

* NEM A JULIANA BRIZOLA VOTOU NO PDT NA ELEIÇÃO MUNICIPAL PRA VEREANÇA. VOTOU NUM EX-COLEGA DO PDT, QUE AGORA ESTÁ NO PSOL...

De Serafina

apenas pra não deixar passar em brancas nuvens....

Liguei pra serafina agora as 10 e pouco e a telefonista atendeu dando risadas...como pega mal....

* depois passou pra secretária do prefeito que não atendeu... chamou... chamou, como se diz.

* liguei pro celular do prefeito que me atendeu....

* segundo mandato parece que cai tudo meio no mole.....

* não é facil aguentar um tranco destes...

A MULTIPLICIDADE ÉTNICA NA ALMA DE UM FILME

por Eron Duarte Fagundes

Avanti popolo (2013), dirigido em São Paulo por Michael Wahrmann, traz em seu bojo uma estranha e original aparência que vem muito das etnias que acabam por encontra-se nas mãos de seu realizador. Wahrmann é uruguaio, tem descendência israelense, mas vive há algum tempo em São Paulo. Podemos descobrir nas opacas imagens que recobrem a narrativa de Avanti popolo (tudo é muito escuro em cena, numa perspectiva de exigir antes a reflexão que os aspectos fáceis do impacto cinematográfico) um pouco deste cinema uruguaio longínquo e desaparecido nos campos solitários de nossa fronteira, outro tanto dos ecos ancestrais do ainda mais remoto e ignorado cinema israelense (o narrador-over, cuja voz é construída pelo próprio diretor, refere um aclamado filme israelense cujo título é também “avanti popolo”) e deságua naturalmente nas curvas do cinema paulista, entre intelectual e subterrâneo, aquele cinema que gerou Walter Hugo Khouri e Carlos Reichenbach, antípodas-irmãos. Khouri já estava morto quando Wahrmann começou a rodar suas cenas, mas Reichenbach ainda respirava.

Em Avanti popolo Reichenbach, numa de suas últimas aparições públicas antes de morrer (faleceu em 2012), interpreta um pai que acolhe em sua casa o filho madurão que vem de separar-se da esposa (há aí uma semelhança de argumento inicial com outro filme brasileiro visto este ano, Quando eu era vivo, 2013, de Marco Dutra); maravilhosamente composto, Reichenbach segue o ritmo reflexivo do filme acompanhando com o brilho de sua presença cênica a contemplatividade daqueles exasperantes longos planos fixos em que Wahrmann se esmera (há alguns destes planos que parecem deter-se preguiçosamente junto ao portão da casa, observando somente a imposição de Reichenbach dentro do plano, criando ali provocações notáveis para o observador). No desempenho de Carlão já se vê a melancólica decrepitude do indivíduo que viria a morrer; Avanti popolo, assim, é um pouco uma radiografia da doença que mataria o cineasta de Extremos do prazer (1983), por sinal um dos mais atrevidos e plenos de êxtase hinos à vida perpetrados pelo cinema brasileiro; a outrora voz poderosa de Carlão (que nos anos 70 e 80 inundava os salões e as rodas cinematográficas do Festival de Cinema Brasileiro de Gramado) em Avanti popolo pronuncia um português murmurado, quase monossilábico e com alguns temores - destas coisas vem muito a contribuição fundamental do intérprete Carlão para o filme de Wahrmann, é aí, nesta peculiar caracterização de ator dum homem de cinema como Reichenbach, que se deposita um dos aludidos legados paulistas para o cinema deste uruguaio e israelense.

Avanti popolo, que está recheado de planos imóveis, o que gera uma certa estaticidade perturbadora e incômoda, abre com um plano móvel, um travelling: a câmara está a bordo dum carro, vai entremostrando as ruas da cidade à noite enquanto um locutor radiofônico (é a voz-over de Wahrmann) conversa com seus ouvintes e, claro, conosco, espectadores do filme que viramos seus ouvintes, como num rádio. André Gatti vive o desajeitado filho, e o ator busca emular em seus gestos a falta de jeito do madurão imaturo. Eduardo Valente, crítico de cinema que brilha nos caminhos da internet e já chegou a fazer filmes, aparece como um motorista de táxi: há algo de Scorsese neste taxista noturno em que embarca a criatura do filho? Há uma cena do filho no estúdio dum diretor em Super-8 cujo diálogo parece remeter ao próprio processo de Avanti popolo. Pergunta o filho ao cineasta sobre o tipo de cinema que faz. O diretor fala numa espécie de cinema solitário. O filho, leiga mas muito justamente, lembra que este adjetivo fere um pouco a natureza habitual do cinema, que é coletiva. Avanti popolo se estrutura nestes paradoxos: parece solitário, mas busca coisas no cinema onde se forma, o cinema paulista, e até em clássicos brasileiros, pois a cadela que acompanha Carlão em cena é nomeada Baleia, como aquela de Vidas secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos. Segundo o realizador de Avanti popolo, o nome do animal foi sugerido por Carlão, que amava o filme de Nelson.

Programação do Clube de Cinema

No próximo Sábado (dia 28/06/2014) não haverá sessão. No próximo Domingo (dia 29/06/2014) as 10h15 min na Sala Norberto Lubisco assistiremos o filme "Olho Nu" (2014). A partir de um vasto material de arquivo, que inclui shows, videoclipes, entrevistas, aparições em programas de televisão e ainda gravações caseiras, é apresentada a vida de Ney Matogrosso, de sua infância até despontar no meio artístico graças à sua voz de timbre raro, passando pela fase em que integrou o grupo Secos & Molhados até alcançar o sucesso em carreira solo.

Na próxima Segunda-feira (dia 30/06/2014) as 20:00 horas na Sociedade Germânia assistiremos o filme "A Época da Inocência" (The Age of Innocence - 1993). A apresentação do filme e a condução do debate serão feitos pela Dra. Danitsa Rodrigues (Psiquiatra). Nova York, 1870. Um advogado (Daniel Day-Lewis) está de casamento marcado com uma jovem (Winona Ryder) da aristocracia local, quando uma condessa (Michelle Pfeiffer), prima de sua noiva, volta da Europa após separar-se do marido. As idéias dela chocam a tradicional sociedade americana e, ao tentar defendê-la, o advogado se apaixona por ela e correspondido. A previsão inicial era que "A Época da Inocência" estreasse nos cinemas americanos no outono de 1992, mas o filme apenas estreou realmente quase um ano depois, para que o diretor Martin Scorsese tivesse mais tempo para editar o filme do jeito que queria. Scorsese aparece em uma participação especial em A Época da Inocência, atuando como um fotógrafo. Entretanto, o nome de Scorsese não aparece nos créditos do filme, como integrante do elenco. Esta a 3ª vez que o livro de Edith Wharton adaptado para as telas de cinema. Além de uma versão muda, lançada em 1924, o livro foi ainda filmado em 1934, tendo recebido no Brasil o título No Tempo da Inocência.

de Serafina

ARRAIÁ DA ESCOLA NOSTRI BAMBINI

Durante o mês de junho os alunos da Escola Nostri Bambini comemoraram as Festividades Juninas e com muita música, delícias caipiras e cores, manifestadas nas roupas e maquiagens, no dia 24/06 tiveram a tão esperada Festa. A direção da Escola agradece a todos os pais que se empenharam em vestir seus filhos com as roupas típicas para que a Festa fosse completa.

Festa Junina Escola Municipal de Ensino Fundamental Leonora Marchioro Bellenzier

No dia 24 de junho, nas dependências da Escola Municipal de Ensino Fundamental Leonora Marchioro Bellenzier, realizou-se a Festa Junina, nos turnos da manhã, tarde e noite, proporcionando aos alunos o espaço para apresentações, quadrilha, desfile caipira, caracterização e confraternização com lanches como pipoca, pivica, cachorro-quente e chocolate quente. A escola foi enfeitada de forma colorida e atrativa para as apresentações, danças e brincadeiras que divertiram
especialmente as crianças.
Tradicionalmente, o mês de junho oferece festividades que a escola
aborda com o objetivo de incentivar a expressão corporal e oral, além da socialização que ocorre de forma intensa entre alunos, professores e funcionários.
A Escola trabalha as datas comemorativas através de projetos, que ressaltam temas como cultura, valores e tradições. Todos participaram, principalmente os alunos, colaboraram e interagiram fazendo sua parte em mais uma atividade da escola!

Escola Professora Estherina Marubin comemora Festa Junina

A Escola, como instituição de ensino, sempre busca promover a cultura e o reconhecimento histórico de costumes ainda hoje cultuados, por isso, além do valor histórico e cultural das festas juninas, as mesmas proporcionam momentos de integração e valorização da amizade. Por isso, no dia 24 de junho, a Escola Municipal Professora Estherina Marubin realizou sua Festa Junina nos dois turnos de aula. As festividades contaram com apresentações dos alunos, através de jograis, músicas e dança de quadrilha, além de comidas típicas e muita alegria. O Brasil é um país de vasta riqueza cultural, por isso é de fundamental importância conhecê-lo, para que possamos compor a identidade de nosso povo.


25 de junho
de 2014

Copa

argentinos hoje num muquifo da julio de castilhos...esperando ver o messi hoje no beira rio....tomara que chova a cantaros....


ARGENTINOS HOJE NA PRAÇA PAROBÉ

Guaiba

Por falta de assunto, de pauta. voces fizeram segunda a melhor programação que ouvi nos ultimos anos. só musica boa. e não tinha um xarope que vai lá todas as segundas falando

BAH O COMENTARISTA DA ' GROBO' ME SAIU AGORA NO JOGO ITALIA X URUGUAI COM UM ' E S T R A T É G I C A '''...

PUTZ..QUE GENTE ANARFA.....

* fICO SABENDO QUE O CAPITÃO MAFALDA TRANSPLANTOU O FIGADO....

TODA A SORTE AO VEIO CAPITÃO ACMAFALDA...AQUELE QUE BOTOU O CHAPÉU NO PAPA NA FRENTE DO GIGANTINHO....

* COMO JORNALISTA ANTIGAMENTE GOSTAVA DE ECONOMIZAR PRO PATRÃO. UM COLEGA ME FALOU QUE FICOU NO ITAIPU EM SÃO BORJA...NAQUELE MUQUIFO, EM 1979...A ZERO PODIA BEM MAIS JÁ NAQUELE TEMPO.

* MAS OS JORNALISTAS DAQUELES ANOS ERAM ASSIM ECONOMIZAVAM PRO PATRÃO....ERA ENGRAÇADO ESTA RELAÇÃO, COMO TODOS TINHAM TRABALHADO COM JORNAIS FALINDO E FICAVAM COM TRAUMA DE NÃO TER ONDE ESCREVER E SUA VAIDADE IR PRAS CUCUIAS ECONOMIZAVAM MAIS QUE O PATRÃO PRA PODER MANTER O JORNAL...

* ERA BEM ASSIM....ECONOMIA PRO JORNAL...E AÍ DO COLEGA QUE QUISESSE GASTAR UM POUCO MAIS ERA EXECRADO...

* DENTRO DA REDÃÇÃO DA ZERO NAQUELES ANOS HAVIA UMA FUNCIONÁRIA QUE CONTROLAVA ATÉ OS CENTAVOS....

* NÃO PRECISO DIZER QUE ELA TINHA MAIS PODER QUE O EDITOR CHEFE E DO DIRETOR EDITOR...

* QUANDO AUGUSTO NUNES ASSUMIU O ZERO HORA EM 1992, CANDIDO NORBERTO VIVIA DIZENDO PRO LAURO SCHIRMER E PRO CARLOS FEHLBERG...
- vOCES FICAVAM ECONOMIZANDO,AGORA ELES PAGAM ESTES SALÁRIOS PROS PAULISTAS....
TOING.....

CNPL

A erradicação do trabalho escravo foi um dos temas em destaque nas discussões durante a 103º Conferência Anual da Organização Internacional do Trabalho - OIT, realizada na última semana em Genebra, na Suíça. Segundo o presidente da Confederação Nacional das Profissões Liberais - CNPL, o gaúcho Carlos Alberto Schmitt de Azevedo, presente ao evento, a entidade considera que o processo de precarização das relações de trabalho, com todas as suas mazelas conhecidas, não deixa de ser uma forma de indução ao trabalho escravo também em relação aos profissionais liberais. O dirigente da CNPL igualmente chamou a atenção para a discussão de outro tema no âmbito da Conferência: a transição das relações de trabalho informais para as formais. “Esta transição vem acontecendo ao redor do mundo e é um movimento extremamente positivo ao oferecer garantias aos trabalhadores”, afirma. “O que nos preocupa é o que vemos acontecer no Brasil, onde com a política de pejotização e o incremento das cooperativas, entre outros maus exemplos, vem-se esboçando um quadro extremamente danoso nas relações de trabalho”, acrescenta. Também em Genebra, Azevedo reuniu-se com o diretor-adjunto do Departamento de Alianças e Apoio aos Programas Exteriores da OIT, Juan Felipe Hunt Ortiz. Na pauta do encontro, o estabelecimento de parceria entre a CNPL e a OIT para a realização de cursos de formação voltados especificamente para os profissionais liberais.

greve na urgs...

quanto tempo dura esta greve?????

Excelente reportagem

De: ramaoaguilar
Para: olidescanton@bol.com.br

Amigo Olides:
Cordiais Saudações!
Excelente reportagem do amigo,digna de um grande jornalista, veiculada no teu consagrado blog, a respeito do meu Ensopado de espinhaço de ovelha, fico feliz que gostaram.
Abraço
Ramão Aguilar

Expointer de cara nova

Fotos: Kiko Coelho

Sem perder o foco dos grandes negócios envolvendo animais, máquinas e implementos, o Subsecretário do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil Adeli Sell planeja realizar uma verdadeira revolução nesta Expointer. Melhorias que irão beneficiar, principalmente, o visitante. A utilização do Pavilhão da Associação dos Suínos, por exemplo, está sendo repensada. Lá, devem ficar alocadas representações de diversos municípios do Estado, Instituições e serviços em geral. A principal inovação - e talvez a que trará maior dor de cabeça à direção do Parque - é a decisão de acabar com o comércio informal que sempre imperou na parte frontal do Parque. Sem dúvida um grande desafio pela frente.

Leia entrevista completa a seguir.

Qual o foco desta 37ª Expointer?

Adeli Sell - O agronegócio como um todo, visando compra e venda de animais, máquinas e implementos. Mas também queremos ir além, buscando evidenciar e dar espaços a tudo o que for espelho de nossa economia. A Expointer será o grande evento, dentro de múltiplas atividades que teremos no Parque o ano todo.

Qual sua expectativa de público? Teremos novidades nesta edição?

Adeli Sell - A meta é superar as 800 mil pessoas, com maior permanência no parque e usufruto total das suas atividades. Os visitantes poderão ver e curtir todos os animais, sem sofrerem os infortúnios provocados pelos camelôs e vendedores ilegais. Priorizaremos acessibilidade e sinalização, com equipes treinadas no bem receber. O visitante da 37ª Expointer encontrará um Parque revitalizado e moderno. Nos últimos dois anos, o Governo do Estado investiu R$ 5,8 milhões em obras que incluem novas baias, sanitários públicos e drenagem. Ainda em execução, está um conjunto de obras, como cercamento e eficiência energética, orçado em R$ 3,5 milhões.

E os problemas de acesso ao Parque?

Adeli Sell - O metrô ampliará horários. Teremos novas possibilidades de acesso via Rodovia do Parque, também conhecida como BR 448, bem como a tradicional entrada pela BR 116. Desta vez, sem estacionamentos irregulares e sem aquele camelódromo que jogava as pessoas para a pista de rolamento. Estamos buscando todos os meios para garantir que as pessoas cheguem a Expointer sem problemas.

E o Parque abre agora aos domingos?

Adeli Sell - Sim. Todos os domingos, com entrada franca, estacionamentos gratuito, com segurança e sem flanelinhas. Tem atividades culturais, brinquedos para crianças, restaurantes abertos, loja de produtos orgânicos, etc. E atividades o ano todo. E só acessar nosso site e acompanhar - www.parqueassisbrasil.rs.gov.br.

de São Borja


convenção do pdt em são borja no sabado passado!

Como foi a convenção do espólio do Brizola, depois de 10 anos de falecido(olides)

A convenção foi histórica, pensei que vc estaria lá...
Mais de 2000 pessoas, mais de 30 ônibus, mais de 200 cidades mandaram delegações...
Empolgante!

Não fiquei pra convenção do PDT no sábado. o local era longe, no Passo. eu não tenho carro, nem verba(oficial) - como alguns coleguinhas que vi em são borja - pra pegar taxi...

mas aí vão algumas fotos da convenção.

PDT

PDT AINDA NÃO LIBEROU A LISTA DOS CANDIDATOS A DEP FEDERAL E ESTADUAL....

cONVENÇÃO SERVIU PRA QUE,ENTÃO????

Torcedores argentinos recebem serviços e hospitalidade

Foto: Cristine Rochol/PMPA

Priscila e Jennifer, de Buenos Aires, compraram ingressos em fevereiro

Eles já estão entre nós. Vindos de Buenos Aires, Córdoba, San Miguel de Tucumán, Salta, Santa Fé e outras cidades, os torcedores argentinos podem ser vistos em diversos pontos da capital gaúcha. As irmãs Jennifer e Priscila Alfaro, de 23 anos, garantiram seus ingressos em fevereiro deste ano. “Somos apaixonadas por futebol e queríamos conhecer Porto Alegre. Hoje estamos aqui”, comemora Jennifer. Elas chegaram domingo, 22, e retornam a Buenos Aires nesta quarta-feira, 25, tão logo termine o jogo entre Argentina e Nigéria. As duas jovens vieram sozinhas e estão hospedadas na Pousada Terra Sul, no bairro Santana. “A cidade é muito linda e o povo muito hospitaleiro e gentil”, acrescenta Priscila antes de embarcar no ônibus da Linha Turismo.

Para o responsável pelo serviço de relações internacionais dos escritórios consulares montados pela Prefeitura de Porto Alegre na Praça Isabel, a Católica, Ricardo Schlomer Gomes, a proximidade com o Brasil e o amor pela sua seleção de futebol motivou a invasão argentina. Segundo ele, nos últimos dois dias, a circulação de turistas cresceu e a expectativa é que o movimento cresça ainda mais. “Recebemos cerca de 30 a 40 pessoas por dia, 95% são homens com idade entre 20 a 40 anos”, afirma, observando que os argentinos que passam pelo escritório consular em busca de informações querem ficar o mais perto possível do Estádio Beira Rio. Além do escritório consular aberto nesta segunda-feira, os argentinos poderão contar também com o microônibus da Assistência Consular Móvel da embaixada, que chegou no final da manhã desta terça-feira na capital.

Torcedores animados - Caracterizada por sua disposição de bem acolher seus visitantes, Porto Alegre deverá ter um mar de azul e branco ao longo do trajeto do Caminho do Gol. Muitos, como Miguel Ruiz, de Tucumán, mesmo sem ingresso, chegam na cidade para vivenciar o clima de Copa do Mundo: “Viemos para ver o jogo”, diz. Outros, optaram pelo camping ou mesmo dormir no próprio automóvel. Bibiana Juarez, que veio de Córdoba num carro popular com o filho, o marido e um amigo, conta que vieram para não perder a chance de ver um jogo da Copa. "Porto Alegre é perto da Argentina e temos tudo o que precisamos no carro, incluindo os ingressos para partida”.

Com espaço limitado para barracas, os visitantes estão sendo acolhidos no Harmonia, próximo ao Acampamento Farroupilha, na área conhecida como “fazendinha”. O patrão do piquete Campeiro de Morungava, Volnei de Farias Araujo, cedeu parte do espaço que tinha para um grupo de portenhos acampar. “Temos esta vontade de acolher. Eles chegaram sem saber onde ficar e eu ofereci o terreno. Eles são divertidos e este é o espírito da Copa e do gaúcho”, comenta.

Para que os torcedores acompanhem a partida entre Argentina e Nigéria, às 13h desta quarta-feira, a prefeitura, com orientação dos órgãos de segurança, confirmou a instalação de um telão na área ao lado da Fan Fest, na avenida Edvaldo Pereira Paiva, em frente à rótula das Cuias. O telão extra garante mais uma opção de espaço para a torcida argentina.

O NEI DE PIZZINI

por Eron Duarte Fagundes

O documentarista brasileiro (nascido no Rio de Janeiro) Joel Pizzini cria seu próprio Ney Matogrosso em Olho nu (2013). Pizzini é um homem de documentário que impõe sua visão de mundo por um estilo de filmar: não se rende à objetividade chapada dos filmes documentais habituais; há na imagem de Pizzini um certo barroquismo um pouco herdado de Papai Glauber Rocha, outro tanto vindo de uma poesia própria. Desde seu trabalho inicial, Caramujo-flor (1988), que reverenciava os versos telúricos do poeta mato-grossense Manoel de Barros, estas coisas se evidenciavam no cinema de Pizzini. Delírios glauberianos e sensações poéticas adaptadas topam na figura do cantor e showman brasileiro Ney Matogrosso o material básico adequado; Pizzini nada perdoa, desde as mutações de Ney, que em seus primeiros movimentos era uma força natural que queria devorar sexualmente a plateia, grosseiramente mexendo em seus órgãos sexuais e lubricamente tornando seu próprio corpo muito curvilíneo, e mais recentemente amainou querendo um como acariciar o público, como reconhece Ney, até a utilização do protótipo da loucura brasileira, o apresentador televisivo Chacrinha “contracenando” com o delirante Ney.

Olho nu desnuda um dos artistas brasileiros pós-tropicalistas. Tem aquela coisa prática de rechamar a atenção para um nome que chegou a estar no apogeu do espetáculo brasileiro, por uma sobrecarga visual que nestes tempos de imagens excessivas, vulgarmente pleonásticas talvez tenham perdido o sentido do público. Mas é mais do que isto: a visão particular de um cineasta em torno dum artista de outra atividade mas correlato.

de Serafina

Festa de São João em Serafina Corrêa

Copa do Mundo 2014 na Escola Fátima

A Copa do Mundo é uma oportunidade não só para a promoção do futebol - esporte favorito do povo brasileiro, mas também a divulgação da diversidade cultural e musical do Brasil, pensando nisso a Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima vem desenvolvendo um projeto intitulado Copa do Mundo 2014, buscando realizar de maneira interdisciplinar o desenvolvimento e o aprimoramento do conhecimento acerca de nosso país e demais países participantes do evento, ressaltando a reunião de vários deles com suas diversidades culturais e sociais. Inicialmente os alunos foram motivados com o filme “Um time show de bola” para dar início as atividades do projeto. A escola e as salas de aula receberam uma decoração especial. Os alunos realizaram diversas pesquisas sobre a temática da Copa e os países participantes dela, além de acompanhar o placar dos jogos, trabalhar com músicas criadas para o evento, conheceram e identificaram no mapa múndi os países participantes, conheceram os estádios dos jogos através de imagens e pesquisas, produziram listas com os nomes dos jogadores e técnicos das seleções, confeccionaram bandeiras dos países, entre outras.


24 de junho
de 2014

POBRE QUANDO RECEBE UM TELEFONEMA...

Tava lavando louça agora há pouco - dando uma de ' dosa ' como se dizia no meu tempo de JUC-5 - quando tocou o celular. Achei que você minha filha Ana, pra combinar o almoço. Era o capincho de SB, cheio de notícias....tudo furado...segundo ele, Vieirinha já tá eleito e ele me garante um grande emprego...Morrerei de fome se esperar por este emprego....

No fim, como é de São Borja, o Capincho não podia deixar de se lembrar o veio Getúlio:
- Faz como o Getúlio, tá dá um tiro no coração....

Bah,com amigos assim, não preciso de inimigos...(OC)

Copa

OS CASTELHANOS ESTÃO AI...

dizem que haverá 200 mil castelhanos quarta em Porto alEgre. acho muito....MAS HOJE SEGUNDO JÁ ANDAVAM PELO CENTRO NA TRAVESSA AAQUELA DA FEDERAL. FAZIA ALARDE...

BATI ESTA FOTO DELES...

TORCEDORES ARGELINOS NO DOMINGO DE MANHÃ NA PRAÇA PAROBÉ....

coleguinhas

Armando Burd está de niver, hoje, 23.6...conheço o Armando desde 1973, quando ele era editor-chefe da Zero...
de madrugada, eu e o Hélvio Schneider, plantonistas da Polícia(editoria) iamos tomar cafezinho e tinhamos que pagar o do burd, porque ele não se coçava....

* agora o ´Burd está no O SUL...

ZERO HORA COPIA O PASQUIM DOS ANOS 70 E REPETE O FAMOSO ASTERISCO NO LUGAR DA PALAVRA MERDA

CLAUDIA TAJES DIZ PALAVRÃO NO CADERNO DONNA...

cONTEI 5 VEZES a palavra MERDA QUE A CLAUDIA TAJES ESCREVEU NA SUA CRONICA DO ULTIMO DOMINGO....SÓ QUE GRAFARAM M* COMO O PASQUIM FEZ COM A FAMOSA ENTREVISTA DE LEILA DINIZ ONDE ELA COMEÇA DIZENDO:
- ninguém tem nada a ver pra quem eu dou minha boceta....aí o Pasquim grafou b*..

Aliás, a história daquela entrevista feita no auge da ditadura militar, em 1970 e que um dia o Antônio Goulart que surrupiou uma cópia no RIO quando trabalhava no Governo Federal apresentou na veneranda ARI para o protesto de algumas véias que disseram ao Alberto André que aquilo era um escárnio contra a casta instituição dos jornalistas - foi assim: Depois dela pronta,se deram conta que a cada duas palavras Leila dizia um palavrão...aí me parece que foi o gênio de Tarso de Castro - pra quem a Leila parece nunca ter dado - que inventou o ASTERISCO...sim deu pra entender quase tudo, quando a desbocada da Leila dizia um palavrão, eles punham o um asterisco....

Mendelski

mandei pro mendelski na 6 passada. gostei do meu tom poético.(olides)

rogerio ainda tem uma estrela a boiadeira aki em são borja no ceu a esta hora....está nascendo o dia...umclarão nos fundos do hotel onde estou aki.
hj concluo parte de minha pesquisa sobre o juca alvarez prefeito daki....
saio depois de uma semana sabendo um pouco da história politica de são broja. saio mais enriquecido.

abs obrigado pela divulgação. olides canton, de são borja.

Brizola

Como foi a convenção do espólio do Brizola, depois de 10 anos de falecido(olides)

A convenção foi histórica, pensei que vc estaria lá...
Mais de 2000 pessoas, mais de 30 ônibus, mais de 200 cidades mandaram delegações...
Empolgante!

de São Borja

O RAMÃO FAZENDO O ESPINHAÇO DE OVELHO TAMBÉM CHAMADO DO OUTRO LADO DA PONTE DE SANTO THOMÉ DE ' PUTCHERO' FOI DE LAMBER A LÍNGUA NO PRATO DE TÃO BOM. EU COMI 4 PRATOS, O ALENCAR 5...COM DOIS LITRON DE COCA COLA PERMEIO...PORQUE NA CASA NINGUÉM BEBE(POUCO...DIRIA UM MALDOSO....) SÉRIO NINGUÉM BEBE MESMO...E A LÁVINIA NETA DO RAMÃO E DA KÁTIA FILHA DA GRAZIELA DIZ PRA TODO MUNDO QUE BARRIGÃO...QUERENDO DIZER QUE TOMA MUITA COCA COLA..É QUE A GURIA É MUITO ESPERTA. ELA QUER QUE SOBRE MAIS PRA ELA...(OLIDES CANTON)

o putchero que comemosna casa do ramão aguilar....vai dar muito ciúme em são borja. o capincho já exige que ponha de novo a foto dele com a ovelha...já dizia o veio carlos bastos: ciúme de homem é pior que ciúme de mulher...


na foto a kátia com os dois cachorrinhos, o ramão com a neta lavínia,...que é uma danada, só quer coca-cola...


depois de comer 4 pratos do putchero que o ramão fez na quinta passada, ainda deu pra tirar esta foto...



o escritor mais famoso de serafina é o que está no meio. o da esquerda é o alencar, que eu desconfio que o nome seja uma homenagem ao mal. humberto de alencar, o nosso ' saudoso' primeiro presidente da ARENA, o maior partido do ocidente...o do boné, é o poeta ramão aguilar, autor de um livro de 100 exemplares e que vendeu todo no dia dos autógrafos.ele não vai fazer outra edição porque é livro de família e isto geralmente termina em broncas.(olides canton)

RAMÃO AGUILAR PREPARANDO O PUTCHERO NA QUINTA PASSADA.....



COMEMOS DE JOELHOS, COMO SE DIZ...NÃO HAVIA VINHO, PORQUE O RAMÃO É EVANGÉLICO E NÃO SE BEBE ALCOOL NA CASA DELE...SÓ SE TROUXEREM....

Espinhaço de Ovelha Ensopado

(*) Ramão Rodrigues Aguilar

Ingredientes Para 8 (oito) pessoas

* 3 Quilos de espinhaço de ovelha serrado em pedaços;

* 3 Quilos de mandioca sem casca (aipim), cortado em tamanho grande

* 2 Cabeças de cebola picada;

* 5 Dentes de alho picado;

* 2 cubos de caldo de galinha Knor;

* Sal a gosto;

* Pimenta vermelha a gosto (separada);

* Tempero verde (salsa e cebolinha) a vontade;

* 5 Colheres de azeite.

Modo de preparo:

*Levar a panela ao fogo com o azeite e a carne ao fogo adicionando meio copo d’água para o cozimento da carne, quando secar vai fritar e depois de frita adicionar a cebola, o alho e os cubos de caldo para uma fritada rápida.

*Adicionar a mandioca e, água fervendo até cobrir bem os ingredientes.

À medida que vai cozinhando vai mexendo a panela com uma colher de pau e provando para não salgar.

*Os temperos verdes somente colocar na panela depois do ensopado estiver pronto.

(*) Pesquisador da culinária de São Borja.

contato de Uruguaiana

olides, o marcelo ribeiro é irmão - temporão - da minha tia laura, casada com meu tio ivan, irmão da minha mae, que moram em veranopolis. recenemente ele esteve em porto alegre lançando seu mais recente livro, na padre chagas. brincamos muito na infancia. foi amigo pessoal, acredite, da dona leda collor.

marcio de almeida bueno

O ESTRANHO CONFUSO

por Eron Duarte Fagundes

A narrativa de No limite do amanhã (Edge of tomorrow; 2014), de Doug Liman, é estranho, isto é, foge ao habitual do cinema feito em Hollywood: é sujo e destemperado em seus ritmos. O que pode atrair o espectador aborrecido com estes tempos de mesmice. Mas é uma narrativa também confusa, que acaba perdendo-se em seus propósitos de misturar alienígenas pós-modernos com evocações históricos de guerra. A linguagem cinematográfica extremamente trêfega de Liman produz choques elétricos inusitados, porém a coisa não chega bem a lugar algum. A presença duma estrela como Tom Cruise pode arrecadar para o filme um público que não se lhe destinaria. Porém é mais curiosa a participação secundária de Emily Blunt, a coadjuvante de Cruise. Entre altos e baixos, No limite do amanhã é uma obra ora promissora, seguidamente fora dos trilhos.

Estrangeiros admiram galpão da FIGTF no Acampamento da Copa

Os torcedores estrangeiros e de outros Estados que estão em Porto Alegre para acompanhar os jogos do Mundial e visitar o Acampamento Extraordinário da Copa, no Parque Harmonia, têm aproveitando para trocar experiências e conhecer melhor a cultura dos gaúchos.

Um dos galpões que tem chamado a atenção do público é o da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF). Por lá já passaram argelinos, bolivianos, argentinos, uruguaios, franceses, canadenses, norte-americanos, italianos, australianos, holandeses, colombianos, hondurenhos, sul-coreanos, nigerianos e russos, além de mineiros, paulistas e cariocas.

O que mais desperta a curiosidade dos visitantes é o chimarrão oferecido pela ervateria Elacy. O sabor, a temperatura e a forma de consumir a bebida (em cuias que circulam por várias mãos) provocam perguntas sobre o mate e aguça ainda mais o interesse pelos hábitos cultivados no Sul do Brasil. No interior do galpão, o público também tem acesso a algumas das vestimentas usadas durante o período Farroupilha. Quem quiser saber ainda mais sobre a história do Rio Grande do Sul pode consultar os paineis dispostos nas paredes e que contam fatos relevantes sobre o Estado.

Na entrada do galpão estão colocadas uma máquina de moer erva-mate (soque) e mudas da planta. Já na parte externa, uma carreta, uma carruagem, mesas e bancos rústicos colocados no pátio atraem crianças e adultos que fazem questão de fotografar os objetos históricos. O local também serve para que os visitantes possam descansar, sorver um mate ou simplesmente conversar e apreciar o movimento do acampamento.

Sons da Cidade com Alabê Ôni e Etnopop



Atrações: Alabê Ôni e Etnopop
Data: 24 de junho (terça-feira)
Horário: 20h
Local: Teatro Renascença (Avenida Erico Verissimo, 307, fone 51 3289-8066)
Ingresso: um quilo de alimento não-perecível. A retirada de senhas, na bilheteria do teatro, começa às 19h

A edição de junho do projeto Sons da Cidade, no Teatro Renascença, terá dois espetáculos em que os tambores têm papel determinante.

Um deles é o projeto Etnopop, dos músicos Sandro Souza e Douglas Gutjahr. O repertório do duo, assinado por Souza, reúne canções influenciadas pela MPB, pela música açoriana e pelo regionalismo gaúcho, entre outros elementos - tudo com o tempero percussivo de Gutjahr. O baixista Gustavo Brodinho acompanha a dupla, que lançou o álbum Etnopop no ano passado.

Outra atração será o quarteto Alabê Ôni. Os instrumentistas e compositores Richard Serraria, Pingo Borel, Mimmo Ferreira e Kako Xavier usam vozes e tambores para interpretar canções tradicionais e contemporâneas que têm a cultura africana como ponto de partida - em iorubá, a expressão "alabê ôni" significa "nobre tamboreiro", ou "grande mestre dos tambores".

O Sons da Cidade - uma realização da Prefeitura, por meio da Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura - foi criado em 2006 e é voltado à diversidade da produção musical porto-alegrense.


23 de junho
de 2014

PODE ?

ASSESSORES DA PRIMEIRA DAMA DO MUNICIPIO DE PORTO ALEGRE ESTAVAM NESTA SEXTA-FEIRA EM SÃO BORJA...

FORAM PRA CONVENÇÃO DO PDT.....

ELA É CANDIDATA A DEPUTADA ESTADUAL.

De SB

Com o ' auxílio' do sempre prestativo poeta Ramão Aguilar , no feriado da quinta passada, enquanto sorvíamos um ' amargo' compusemos uma espécie de bibliografia de alguns personagens folclóricos da ' TERRA DOS PRESIDENTES'...
Não vai aqui nenhuma ' seriedade' na pesquisa....Nomes nem pensar....apenas nos inspiraram este pequeno resumo de cada um, digamos assim, um pequeno perfil do sujeiro lembrado por nós, entre risos e comentários ....O escritor Israel Lopes estava presente, mas não entrou na escolha dos personagens. Preferiu abster-se(OC)

1) Um escritor que quando começa a falar não pára....Tem a pretensão de ser o James Joyce da fronteira, mas o pior é que não publicam nunca suas grandes obras... Um dia chegou com seus escritos na LPM em Porto Alegre e nem o receberam...

2) Um sujeito que anda sempre pela Câmara Municipal,quando tem qualquer evento, cumprimenta o ' sol', mas sabe bem identificar as pessoas.Tanto que na quinta de manhã, enquanto eu caminhava pela Presidente Vargas, me cumprimentou e perguntou como ' vai Porto Alegre". Tive vontade de lhe retrucar: tu só te fazes de louco??mas deixa ele em paz...

3)Um cronista que fala muito dos desvalidos...e suas crônicas são boas. Também é um pesquisador do carnaval local.

4) Um vereador que briga pra caramba....

5) uma mulher que entrava sempre nos eventos da Câmara Municipal quando o lembrado era Jango...gritando a Janga...a Janga faleceu há pouco tempo...

6)Um cidadão que já foi presidente de tudo em SB....atualmente anda também com loja pra vender produtos que lhe mantém a forma e segundo ele fazem bem à saude

7)Um ex-vereador que agora dá consultas ' espirituais'...Eu não vi mas o Ramão jura que ele tem a chave do tal cofre do tesouro jesuíta que os paraguaios não levaram e que estaria enterrado no Passo....

8)Um sujeito que acabaram apelidando de ' frente fria', tal a quantidade de notícias ruins que ele traz pro capincho, este outro venerando cidadão da Terra dos Presidentes.

9)O local mais folclórico e conhecido não poderia deixar de ser o LA BARCA, no centro, onde o Chita controla tudo e todos,menos as línguas ferinas que falam mal de todos ali...enquanto olham os jogos na tevê, de futebol,evidente.

10) E por fim e não menos importante o Capincho...sem ele SB não teria graça....

DE SB

UFA. OS FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA VOLTAM HOJE DE MANHÃ AO TRABALHO DE FOLGA QUE ESTAVAM DESDE A ULTIMA QUARTA-FEIRA, NO FIM DO EXPEDIENTE.

MAS O TRABALHO SÓ VAI ATÉ DEPOIS DO ALMOÇO PORQUE AÍ TODOS SAEM PRA VER O JOGO DO BRASIL...

UFA QUINTA FOI FERIADO DE CORPUS CRISTI, 6 NÃO HOUVE EXPEDIENTE NA PREFA, HAVIA FERIADO, SÁBADO ERA SA´BADO E DOMINGO ERA DOMINGO....

UFA, COMO SE TRABALHA NA TERRA DOS PRESIDENTES. PELO MENOS OS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS NÃO PODEM SE QUEIXAR DO FARELO ALMEIDA..

UMA TRAGEDIA AQUEM DOS TUNEIS....

Fui ver agora há pouco Lobo atrás da Porta...gostei...finalmente uma tragédia que não se passa depois dos tuneis, ou seja esta acontece na zona norte do rio....

personagens do povo....o final é surpreendente!(OC)

contato de Uruguaiana

O Fernando achou que ia estar no sábado em SB ,,,Mas eu já tinha picado a mula...mas fiz uma boa pesquisa sobre o juca pereira....ai na fsb. gostaria de fazer um livro sobre o prefeito que mandou 16 anos em são borja, sendo da' gloriasa' Arena, o partido que nunca perdia eleições segundo Francelino Pereira(Olides)

De: Fernando Alves
Para: deolhoseouvidos1@terra.com.br

Que lástima, Olides! Queria te apresentar o Marcelo Duarte Carvalho Ribeiro, 39 anos, tabeliao e presidente da Fundação Pro-arte e Cultura e do DEM de Uruguaiana e candidato a suplente do Lasier Martins. E queria, de viva voz, saber de cousas apenas insinuadas no teu blog sobre certas lendas da política ...
Me enciumei com Sao Borja: agora preciso que vás a Uruguaiana!
Grande abraço,
Fernando Alves.

FIOL DEL ZATOR....

O FIOL DEL ZATOR GOSTA DE PEGAR NO MEU PÉ...É QUE NO GINÁSIO EU DAVA DE RELHO NELES...SÓ O IRMÃO DO LALO, O FREDDY ME TOCAVA PERTO.OS OUTROS EU OLHAVA LÁ ATRÁS E TAVAM TODOS LÁ ATRAS NAS NOTAS. É SÓ BUSCAR O BOLETIM NO COLEGIO E VER....

E ISTO QUE DE TARDE EU IA PRA ROÇA TRABALHAR. ELES FICAVAM ' PELANDRANDO' PELA CIDADE , OU SEJA, VAGABUNDEANDO, COMO AGORA EU FAÇO DEPOIS DE APOSENTADO. GRAÇAS A DEUS TENHO SAÚDE E VOU APROVEITAR MEUS DIAS DE APOSENTADO SENSA FAR NIENTE(OLIDES)

MAS GOSTO DOS ESCRITOS DO MAURO ROCHA. ELE SEMPRE CONTRIBUI...SÓ NÃO SEI PORQUE NÃO VAI NA CONVENÇÃO DO PDT, ELE QUE SE DIZ PEDETISTA....

lapso

De: m-rocha
Para: deolhoseouvidos1@terra.com.br

OLIDES ! TU ME IMPRESSIONAS DE DUAS FORMAS: UMA PELA INTELIGÊNCIA, PERCEBIDA POR MIM, DESDE OS IDOS DE 1966, QUANDO ESTÁVAMOS NA SEGUNDA SÉRIE GINASIAL, NO COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO( AQUI NA LEGENDÁRIA PERTENÇO À MESMA PARÓQUIA- QUE COINCIDÊNCIA !!!!!!!!), PORQUANTO SEMPRE FOSTES UM TALENTOSO ALUNO, ETC.ETC.ETC.( VOU PARAR PARQUE TE SE ,VAIS FICAR CONVENCIDO QUE É VERO ).

POR OUTRO LADO,POR TUA MEMÓRIA RUIM, OU INCOMPETÊNCIA NÃO SEI, QUE POR VEZES DEIXAS VAZAR EM TEU LIDO E DISPUTADO BLOG. DOU-TE UM EXEMPLO ENTRE TANTOS: NA MATÉRIA DOBRE OS "MALAS DO GAMBRINUS", NÃO REFERISTE NADA SOBRE UM CLIENTE IMPORTANTE QUE ESTÁ NA FOTO; FALO DE , NADA MAIS NADA MENOS DO QUE O "MANGA", GOLEIRO DE PASSAGEM MARCANTE PELO INTER( TU DEVES LEMBRAR BEM, POIS CANSOU QUE GANHAR GRENAL E NOS LEVOU À CONQUISTA DO PRIMEIRO BRASILEIRÃO ). ALIÁS, DEPOIS DE UMA SENDA DE VITÓRIAS NO COLORADO, FOI ACOLHIDO PELO GRÊMIO, NO OCASO DE SUA CARREIRA E, PARA VARIAR, NO TRICOLOR NÃO GANHOU NADA".

GOSTARIA DE DESAFIÁ-LO PARA VIR À PALMEIRA DAS CONTENDAS( CARA ALEGRE E ERVA BOA TEM DE SOBRA!!!) POIS, SÓ VAIS `A SÃO BORJA EXPLORAR O CAPINCHO E O PREFEITO FARELO. O QUE ME DEIXA FELIZ É TEU RALACIONAMENTO COM OS PRÓCERES DO PDT NA TERRA DOS PRESIDENTES. PARA QUEM FOI ARENOSO DE CARTEIRINHA, IN LA UNDEZE, TU EVOLUISTE MUITO. CLARO QUE, TIVESTE UM PERÍODO DE TRANSIÇÃO COM O PESSOAL DO PMDB, VIA SENADOR SIMON ETC....., FALANDO NISSO, APOSTO QUE A PRÓXIMA SECRETÁRIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO SERÁ DE SERAFINA CORRÊA, CASO O GRINGO SARTORI SE ELEJA. PARA O SEGUNDO TURNO VAI E TERÁ MEU APOIO TRABALHISTA. NÃO DIGO NOSSO PORQUE, SE O TARSO VAI PARA O SEGUNDO TURNO, O PDT VAI COM ELE. CLARO QUE TU VAIS COM A TUA COLEGA, NÃO SÓ POR ELA, MAS PELA ARENA TAMBÉM !!!!!.

AO NÍVEL DE PAÍS, TENS QUE IR COM A DILMA QUE TE PAGA, RELIGIOSAMENTE, TUA APOSENTADORIA. PREPARA-TE QUE, SE O AÉCIO VENCER, NÓS APOSENTADOS VAMOS PAGAR O PATO. OS NEOLIBERAIS TEM HORROR À POLÍTICAS SOCIAIS, NÃO QUEREM INCLUSÃO E, COMO BONS CAPITALISTAS, PRECISAM DE GENTE NOVA PARA TRABALHAR( EXÉRCITO DE MAÕ DE OBRA DE RESERVA ) E OS APOSENTADOS QUE, DE PREFERÊNCIA, MORRAM.

UM ABRAÇO. EM TEMPO : E A COPA PARA O BRASIL ?

MAURO ROCHA - FIOL DE ZATOR, QUEL QUE LAURAVA MASSA !!!!!!!!!!!!!!!, DA LEGENDÁRIA, CENTENÁRIA E ESPARTANA PALMEIRA DO JOKYMANN , DO RÚBIS, DO VAZULMIRO, DO LEONEL ROCHA !!!!!!
Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

Convenção conjunta de PHS, PT do B, PSL e PSDC fortalece candidatura de Sartori

A mobilização de lideranças partidárias, neste domingo (22), reforçou a participação e o engajamento da militância na campanha eleitoral 2014, com a realização de uma convenção estadual conjunta do PT do B, PHS, PSL e PSDC, na Câmara Municipal de Porto Alegre. Cerca de 500 correligionários estiveram no evento, que teve as presenças dos pré-candidatos a governadorJosé Ivo Sartori (PMDB), a vice, José Paulo Dornelles Cairoli (PSD), e ao Senado, Beto Albuquerque (PSB). No próximo dia 29, será a vez da Convenção Estadual do PMDB em Porto Alegre, no auditório da Assembleia Legislativa.

Antes do ato na Câmara Municipal, a coordenação da coligação reuniu-se para estabelecer as estratégias de campanha em todo o Estado. Após a convenção, a comitiva da majoritária saiu em roteiro pelo Interior gaúcho, em direção ao município de Lajeado, para compromisso partidário.

A coligação de oito partidos para disputar o governo do Estado e as vagas proporcionais foi enfatizada no encontro em Porto Alegre. José Ivo Sartori enalteceu “o trabalho que está sendo solidificado com atitude, mobilização e representação dos partidos unidos”. "Mesmo diante da diversidade no campo das ideias, com a união dos partidos coligados, é importante reconhecer a pluralidade das nossas opiniões. Vamos estimular nossa militância em um só objetivo. Agora, o que há de mais importante é a caminhada rumo ao Piratini", destacou.

Já o presidente regional do PSD, José Cairoli, ressaltou em seu pronunciamento a construção coletiva capacitada para abrir espaços para novas propostas com os partidos coligados. "Entendo que é fundamental a participação dos partidos unidos em torno de um objetivo para transformar o Rio Grande". Em seu discurso, o presidente estadual do PSB, Beto Albuquerque, mencionou os desafios para quem disputa o Senado. "É necessário ocupar aquela cadeira com renovação, com ideia e motivação, porque o Senado não é lugar para acomodação ou final de carreira", afirmou.

Estiveram presentes também os presidentes do PHS, Isabel Paludo, do PSDC, Luis Carlos Prates, do PT do B, Natalino Sarápio, e do PSL, Caio Flávio - que repassou o cargo para Amadeu Freitas (do mesmo partido). Representando o PMDB, estiveram o vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (PMDB), o coordenador da campanha, Ibsen Pinheiro (PMDB), o presidente estadual do PMDB, Edson Brum, e o ex-deputado Luis Roberto Ponte, além de coordenadores regionais dos partidos coligados e militantes.

Agenda dos pré-candidatos José Sartori, José Paulo Cairoli e Beto Albuquerque

Dia 23 de junho de 2014 - Passo Fundo e Garibaldi

PASSO FUNDO

Manhã - visita a órgãos de comunicação social

12h - Almoço com lideranças da Coligação de Passo Fundo e Região.

Local: Restaurante do Esporte Clube Passo Fundo.

15h30 - Reunião com Vereadores e Presidentes dos Partidos que integram a coligação

Local: Sede Municipal do PSB

17h - Assistem ao jogo da COPA DO MUNDO: Brasil x Camarões

Local: Sede Municipal do PSB

GARIBALDI

20h30 - Reunião com militantes da coligação

Local: Associação dos Veteranos de Garibaldi

Porto Alegre: 200 ativistas protestam após cadela ser jogada de prédio

Foto e texto: Marcio de Almeida Bueno

Manifestantes tomaram as ruas da Capital gaúcha

No dia 13 de junho, a cadela Twid foi agredida e jogada do quarto andar de um prédio localizado na avenida Marechal Floriano, Centro Histórico de Porto Alegre. Nesta sexta-feira, 20 de junho, cerca de 200 ativistas, socorristas, tutores, abolicionistas e simpatizantes da causa animal realizaram protesto em frente ao local, com faixas e cartazes. Houve discursos ao microfone - veja vídeo em http://youtu.be/v8rFskLD4fg, apitaço, palavras de ordem pedindo justiça e o fim da impunidade, e minuto de silêncio - vídeo em http://youtu.be/JAkQ2oLn4bU. Parte dos manifestantes foi até a Prefeitura Municipal e conseguiu ser recebida pelo vice-prefeito Sebastião Melo - autor da Lei das Carroças, quando vereador.

Um abaixo-assinado circulou entre a população, e no começo da noite houve marcha pelas ruas do Centro, fechando o trânsito sob escolta policial. A concentração final foi na Esquina Democrática, com panfletagem e coleta de assinaturas, até o encerramento. Uma galeria de imagens está no Facebook, em https://www.facebook.com/media/set/?set=a.679123325501125.1073741850.145774425502687&type=1.

O São Borja da Oficina

Sim, o sãoborja tinha aquela risada estrondosa no rádio...e se despedia sempre dizendo no programa de domingo. bom dia, meu são francisco de borja, mas acho que era demagogia dele...um dia disse a ela botar um programa de rádio só pra ele, mas aí vi que tava chovendo no molhado. ele queria era estar ao lado do seu grande amigo NICO FAGUNDES...COM QUEM TINHA UMA PARCERIA MARAVILHOSA...

quando terminava o programa, o nico sempre ladino como sempre, dizia ; SÃO BORJA AGORA VAMOS COMER TEUS OVOS ESTALADOS....O SÃO BORJA SOLTAVA AQUELA RISADA DELE E DIZIA, NÃO, NÃO NICO, OS OVOS DAS GALINHAS(OLIDES) LAURO, SÓ NÓS VELHOS PRA NOS LEMBRARMOS DE GENTE HUMILDE COMO O PAULO SÉRGIO MEDEIROS, NASCIDO NUMA VILA DE SÃO BORJA...(OLIDES)

De: Trololo Trilili
Para: Olides

O ¨seu¨ São Borja da Cabo Rocha
Conheci o ¨seu¨ São Borja que tinha uma oficina mecânica na Cabo Rocha. Foi na época final do Monza, que andava, por velhinho, dando problemas. Ele tinha um filho que foi quem primeiro me atendeu. Depois, o rapaz montou a oficina dele. E o ¨seu¨ São Borja teve que botar uns funcionários para consertar os carros. Hoje em dia, como está fácil comprar caro novo ou quase novo, faz tempo que não vou a uma oficina mecânica. Mas o ¨seu¨ São Borja era gente boa mesmo. (Laurinho)

da Folha Popular de Teutônia

de Serafina

Serafina Corrêa receberá a Unidade Móvel do SEBRAE/RS

O SEBRAE/RS apresenta pra a comunidade gaúcha sua nova estrutura de atendimento. O P rojeto Unidade Móvel Sebrae/RS. É um veículo especialmente adaptado para atender as demandas das micro e pequenas empresas do Rio Grande do Sul. Desta forma, informamos que o município de Serafina Corrêa terá a oportunidade de contar com esta estrutura.
Data: 15 e 16 de Julho de 2014
Horário: das 9h às 12h e das 13h às 17h
Local: Calçadão da Praça Matriz - Serafina Corrêa/RS


20 de junho
de 2014

De SB

Lançamento de livro no Galpão Criollo do Piratini...

* Depois de alguns copos de vinho, o poeta Clemar Dias, presente ao evento do livro da professora Maria Isabel Scalco, na terça passada, gritava pro seu amigo Ramão Aguillar:

- Ramão, como dizia FILOGONIO FONTELLA, - um cidadão de SB - já cumpri com minha obrigação agora posso fazer o fiasco....

* Já meio 'alto' com uns copos de vinho, Clemar estava na pankekaria ao lado do Palácio Piratini, onde o livro da professora era vendido a 40 pilas.( no galpão não se podia vender o livro) e berrou pro seu amigo de longa data Ramão Aguillar:

- Ramão posso dizer que te amo....

- Pode, Clemar, respondeu Ramão , de sacanagem...

- Este amor vai continuar aqui ou em São Borja, disse um dos presentes

- Nós somos amigos de muitos anos, brincou Ramão.

* A professora Scalco dava autógrafos do livro dentro do Galpão Criollo do Piratini, mas o livro só era comercializado na pankekaria que tem na av. Duque de Caxias...

* O livro sobre culinária de SB foi feita pela Alcanse....

* A editora tem sede na zona sul de porto alegre e inicialmente apenas editava folhetos...

* Teve um impulso na época da gestão de Olívio Dutra prestando serviços ao Estado.

* Nos prímórdios, um dos que auxiliaram a ela se firmar, foi um sãoborjense....

JORNAIS DE SÃO BORJA

FSB

Existem dois aqui...um é a Folha de São Borja, fundada em 1970, pelo Grisólio, que é de São Luiz Gonzaga...Depois os Andres, de Santo Angelo, compraram o jornal...
No começo, a redação da FSB funcionava na Av. Presidente Vargas, perto de onde está hoje o museu do Getúlio.
Duas mulheres foram muito importantes na história do jornal...Elas eram da redação do jornal.Não tenho o nome agora aqui de cabeça, mas sei que elas levaram o jornal durante anos...

No começo, A FSB saía uma vez por semana, as terças.Agora sai às quartas e aos sábados...

No dia de circulação, a Rose, que comanda a administração chega às 4 da madrugada pra distribuir os jornais pros jornaleiros que vão vender na rua. Mas o jornal tem bastante assinaturas...

Algumas não chegam e aí durante o dia começam os telefonemas....reclamando sobre a não chegada do jornal. eles mandam uma outra copia do mesmo dia.
a FSB está na internet...pode ser lida ali...

Este jornal tem uma coluna social muito lida: a do Deco Almeida....que é funcionário concursado da Prefeitura Municipal.(sobre isto leiam causos da política são borjense: o feitiço quase virou contra o feiticeiro...)

A coluna do DECO traz,além de eventos sociais da cidade, muita informação política. é uma boa coluna prum jornal do interior.

Eu diria que não perde pra nenhum colunista da capital, guardadas as proporções dos jornais, é claro.

Outra coisa que notei na FSB:a pagina policial é muito bem feita pela repórter que a faz...

desculpem que não tenho aqui de memória o nome das pessoas....

O diretor é o Renato Andres, que dá expediente de manhã e de tarde....

O mesmo grupo é dono da rádio Cultura AM e de outra rádio, esta FM.Tem entre os principais anunciantes a prefeitura municipal com verba publicitária e a Câmara Municipal.

Segundo um morador de SB,a FSB é mais ' protocolar', ou seja, não se envolve em grandes polêmicas....

Mas é um jornal que tem o respeito na cidade....é chamada aqui de ' A Folha".

FOLHA REGIONAL

Tenho poucos dados sobre a Folha Reginal. Sei que saí aos sábados é do Newton Falcão, que é conhecido aqui por Falcão...

Ele já trabalhou na FSB, no começo do jornal concorrente...

Muitos gostam mais da regional por ela se envolver em polêmicas, ou seja, tomar partido como se diz....
' cada um cada um, dia o ditado..."

Mas é também m bom jornal. Não tenho a data da sua fundação...apenas vejo por aqui os guris vendendo nas esquinas aos sabados....

Um dos patrocinadores da Regiónal é um posto de gasolina. O anunciante nasceu assim,segundo me contaram>
Falcão passou lá, gostou do atendimento e deu uma nota no jornal sobre isto...
o dono do posto o chamou, fez um anúncio e continuou parceiro do falcão até hoje.

Mas fazer jornalismo no interior não é mole, nao se iludam...
(OLides canton, com observações feitas em SB)

De SB

DEPUTADO DO PT ESCOLHE O HOTEL MAIS CARO DA CIDADE

O deputado federal Henrique Fontana (PT) - que tem base eleitoral na Lompa do Pinheiro, na capital - esteve na noite de quarta, dia 18/06 em São Borja onde veio dar uma palestra na Unipampa...

* Ficou hospedado no hotel mais caro da cidade, o AL MANARA, no centro(av. Presidente Vargas, 1913)...

* A comitiva de Fontana incluiu 3 assessores que ficarm num quarto separado.

* O deputado pegou um quarto só pra si...

* O pernoite da comitiva custou cerca de 700,00 reais....

* Deputado e assessores deixaram o Al Manara perto das 10 horas da manhã, de hoje.

De SB

* O escritor Israel Lopes ,um ex-trabalhista,vai votar em peso no PT nas próximas eleições....

* Outros trabalhistas históricos daqui,que inclusive amargaram o exílio,estão apoiando o PT. Pra fazer "teatro" -isto é, no jogo das aparêrncias - ainda vão na convenção do PDT, mas estão todos com o PT...

* Brizola deve se remexer no túmulo, se soubesse disto...

* SB ficou bem paradinha neste dia de feriado. No Itaipu Hotel, onde estou hospedado, começaram a chegar assessores de deputados que vão participar da convenção do PDT no sábado que vem....

* Israel Lopes não está previsto pra sair na próxima edição do caderno de Cultura da Folha de São Borja, o que já proporciona protestos de alguns dos seus melhores amigos.

Israel durante anos foi colaborador do caderno de cultura do jornal...

* O Caderno de Cultura da Folha vai homenagear Silva Rillo.

* Ainda tem quem crie galinhas caipiras em casa. Comprei 3 dúzias hoje da Kátia, mulher do amigo Ramão. O pai dela é que as cria....eles chamam aqui de ovo criollo, eu chamo de ovo caipira, dá no mesmo....é galinha cisqueira de pátio...não de aviário....a gema é bem amarelinha.

* Almocei na casa do Ramão e da Kátia. O Ramão preparou um mexido onde tinha carne de ovelho, mandioca quase derretida. com uma polenta de lamber os beiços.

* Uma pena que no cardápio não tivesse uma ceva, um vinho. são abstêmios como evangélicos, embora não o seja...

* Israel Lopes passou a tarde depois conoscom chimarreando e contando causos da fronteira....

* Seu pai, um brizolista, deveria estar triste vendo o filho que depois de muito tempo virou petista....

* Ingratidão é o que mais tem no mundo:não prestaram uma homenagem na terra natal do SÃO BORJA, do galpão do nativismo, da rádio Gaúcha que faleceu. Seu nome era Paulo Sérgio Medeiros e foi colaborador do programa durante muitos e muitos anos...Divulgou o município mais do que muita gente...
É que era gente humilde, do povo. tinha uma oficina mecânica do lado da zero hora.

* A Câmara Municipal de SB poderia fazer uma homenagem ao São Borja, como o Nico Fagundes o chamava. Mas esperar o que???

CAUSOS DA POLITICA SÃO BORJENSE...

de são borja, por olides canton

O feitiço contra o feiticeiro!

Na última eleição pra prefeito, quase que o feitiço vira contra o feiticeiro....

Isto porque o colunista Deco Almeida, da FSB e da rádio Cultura, é funcionário concursado da prefeitur municipal há muitos anos.

Ele entrou lá no tempo do prefeito Juca Alvarez, falecido em 4.10.2007.

Mas quando seu irmão Farelo concorreu pelo PDT, o próprio PP, que era o partido do Juca, resolveu usar o fato de Deco ser funcionário da prefeitura contra o irmão que era o candidato contrário a eles.

Botaram um caminhão de som a andar pela cidade, e encima havia um funcionário ' fantasma' simulando ser o Deco...queriam dizer que ele nunca ia a prefeitura(se é verdade ou não, não me interessa, estou contando o fato politico...)

Parece até que houve outros tipos de divulgação de que o irmão do candidato do pDT não compareceria fisicamente ao seu trabalho na prefeitura. e isto foi ' minando' Farelo. Tem gente que acha que mais alguns dias e o PP teria virado a eleição usando o irmão colunista....

É o ´tipico caso do feitiço contra o feiticeiro...

DUAS GRANDES ' MALAS' DO GAMBRINUS, DOIS GRANDES SUJEITOS



Dois dos garçãos das antigas do Gambrinus...Vovo e Zezinho, o josé Tavares..

O nome do vovo não sei, ninguém sabe, todo mundo o chama pelo apelido....

Zezinho é do tempo do Gambrinus, conhece toda a noite de Porto Alegre. Trabalhou em vários locais....na Tia Dulce,entre outros...

Mas os dois não se modernizaram...nem mail tem...

Vovo gosta de cantar músicas de seresta, de dor de cotovelo....é metido a cantor, me disse estes dias, um conhecido dele...

Já teve restaurante, mas faliu....

Com Zezinho tenho menos intimidade, as vezes tomo um chopp lá...(OC)

Programação do Clube de Cinema

No próximo Sábado (dia 21/06/2014) as 10h15min na Sala Eduardo Hirtz assistiremos o filme "O Lobo Atrás da Porta" (2013). O desaparecimento de uma criança faz com que seus pais, Bernardo (Milhem Cortaz) e Sylvia (Fabiula Nascimento), vão até uma delegacia. O caso fica a cargo do delegado (Juliano Cazarré), que resolve interrogá-los separadamente. Logo descobre que Bernardo mantinha uma amante, Rosa (Leandra Leal), que é levada à delegacia para averiguações. A partir de depoimentos do trio, o delegado descobre uma rede de mentiras, amor, vingança e ciúmes envolvendo o trio. O Lobo Atrás da Porta foi selecionado para o Festival de Toronto 2013.

No próximo Domingo (dia 22/06/2014) as 10h15min na Sala Norberto Lubisco assistiremos o filme "Oslo, 31 de Agosto" (Oslo, 31. August-2011). Anders (Anders Danielsen Lie) está se recuperando do vício em drogas numa clínica de reabilitação em Oslo. No dia 30 de agosto ele ganha a permissão para sair da casa de tratamento, visitar seu amigo Thomas (Hans Olav Brenner) e ir em uma entrevista de emprego no centro da cidade. Durante seu dia e noite na cidade, Anders será confrontado com seus erros do passado e irá refletir sobre sua própria existência. O filme é parcialmente baseado no livro francês Le feu follet, romance lançado em 1931 por Pierr Drieu La Rochelle.

O HOMEM TECNOLÓGICO

por Eron Duarte Fagundes

Somos o homem tecnológico. Entre todas as artes, o cinema é a que mais ajudou a criar isto. X-men, dias de um futuro esquecido (X-men; days of future past; 2014), de Bryan Singer, é um bom exemplo desta realidade. O olhar, mesmo este olhar comercial como neste filme, é outro: mistura tempos e espaços, é uma gandaia fantasiosa que acaba muitas vezes por alucinar e transtornar o observador.

Juntando influências clássicas de Ridley Scott e Stanley Kubrick, o novo X-men é uma brincadeira adolescente com um humor que merece alguma consideração. Fala-se no Vietnã, em Kennedy, mas talvez seu ponto alto seja uma sequência bastante infantil até, a transformação das personagens em estátua para diversionismo da única pessoa que se move em cena; a infantilidade do clima cênico foi copiada da cena final de Laranja mecânica (1971), de Kubrick, mas é uma infantilidade divertidíssima.

Pode-se reprovar as facilidades exageradas da narrativa de Singer, mas é inevitável sua criatividade (ainda que comercial).


19 de junho
de 2014

DE SB

CONVESCOTE NO GALPÃO CRIOLLO LEVA COMITIVA DE SÃO BORJA A PORTO ALEGRE

Uma comitiva de connvidiados da autora seguiu de São Borja pra Porto Alegre na madrugada da ultima terça, todos indo prum convescote no galpão criollo do Palácio Piratini, onde foi lançado um livro de culinária da terra dos presidentes...

O início do lançamento do livro, ou do coquetel, foi as 19 horas...

* O poeta Clemar Dias, CONHECIDO PÃO DURO DE SÃO BORJA, comemorava porque além do vinho de graça servido no convescote do lançamento do livro da conterrânea - um vinho de são borja, diga-se de passagem - ele foi citado pela autora, entre os presentes...a autora juntou várias contribuições da culinária de são borja é Maria Isabel Scalco...

* Da Camara Municipal também foram representantes, mas eles foram por conta, ou seja, por conta do erário público....seguiram num carro da própria Câmara Municipal

* Os convidados da autora seguiram numa van na madrugada de terça, chegando em Porto Alegre às 3 da tarde.Os que tinham apartamento ou outro lugar, puderam ir tomar um banho e botar uma roupa mais limpa se preparando pro evento da noite.

* O poeta Ramão Aguillar completou a indiada braba e foi até a fan fest, no teatro por do sol, porque tinha lá um festerê...dia de jogo virou isto....

* Ramão também ficou contente ...teve seu nome citado pela autora no convescote do Piratini, que foi coordenada pela chefona da cozinha Jussara Dutra , que vem a ser cunhada de um deputado federal, com ligações com São Borja....

* LFVerissimo e Luis Fischer estavam no convescote...o governador Tarso não foi ....

* a venda do livro não pode ser no galpão do Palácio Piratini, então foi num bar vizinho a sede do governo estadual

* Os convidados da autora que viajaram numa van tiveram que aturar um "mala" que foi falando de São Borja até Porto Alegre. Na volta ele começou a falar, mas uma mulher pedir pra ele calar a boca...

* Clemar Dias, muito contente, depois de uns copos de vinho, cantava música do José Hilário Retamozo....

* Ele não voltou com a van, ficou mais dias em porto alegre.

* AS 8H30 MINUTOS DE HOJE, QUARTA-FEIRA, A TURMA QUE FOI AO LANÇAMENTO DO LIVRO estava de volta a terra dos presidentes, sãos e salvos...

* São Borja vai fazer um evento pra tentar selecionar qual a culinária que a representa.churrasco não pode ser, porque BAGÉ JÁ PEGOU PRA SI...

De SB

Clair Ribas, que já foi presidente local do PDT, e presidente do São Borja, além de advogar, mantém uma loja de herbalife.

* Clair remoçou, está de filho novo e jogando futebol...

* Mas passa longe da sede local do PDT

* Mais ou menos como Sereno Chaise que quando saiu pela última vez do diretório do PDT em Porto Alegre, esqueceu a pasta mas nem voltou pra pegá-la. Mandou um funcionário no dia seguinte faze-lo por ele.

De SB

Uma deputada estadual, que concorre a reeleição, muito identificada com a educação, votou na última eleição a vereador em Pedro Ruas, do PSOL....

entende-se: Ruas foi muito ligado a LEONEL DE MOURA BRIZOLA.....e mantém boas relações com a deputada que já foi vereadora da capital.

De SB

O deputado federal do PP , Jerônimo Goergen ,esteve em São Borja nesta quarta....

É candidato a reeleição a deputado federal...

Na próxima, vai pleitear a vaga ao Senado, senão não vais mais concorrer.

Ele veio a Terra dos Presidentes pra participar das discussões sobre free shops em fronteiras.

Goergen em SB esteve acompanhado do vereador André Dubal, por onde circulou...

De SB

Começam a chegar os que vão participar da convenção do PDT no sábado...

Muitos se adiantam pra começar a campanha eleitoral na região....

Ontem chegaram assessores da deputada estadual Juliana Brizola....

PMDB intensifica ação para municipalizar campanha


Campanha será municipalizada

O PMDB gaúcho quer menos conversa e mais ações. Em reunião, que durou mais de três horas, na manhã desta quarta-feira, 18, as lideranças estaduais e Coordenadores Regionais alinharam as ações para intensificar a municipalização da campanha. “Nossa primeira aliança foi dentro do partido. Precisamos do empenho de todos, dos presidentes municipais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores. Assim teremos a maior convenção de todos os tempos”, disse o presidente do PMDB-RS Edson Brum.

As prestações de contas e a comunicação nas redes sociais nortearam a pauta do encontro. Os coordenadores de campanha e de comunicação apresentaram algumas estratégias que serão incorporadas a partir da Convenção Estadual, agendada para o dia 29 de junho. “Teremos 497 campanhas e isso passa pelas Coordenadorias. Não existem hierarquias nesse processo, nós temos algo em comum e muito maior do que diferenças, é a condução do nosso candidato ao Piratini”, ressaltou o secretário-geral do partido, João Alberto Machado.

O pré-candidato ao Governo do Estado, José Ivo Sartori, confirmou compromisso e pediu o máximo de mobilizações para a Convenção Estadual. “Cada um de nós seremos comandantes da campanha em nossos municípios. Não vamos esperar, com criatividade, coerência e dentro das possibilidades, iremos conduzir a caminhada”, ressaltou Sartori.

Convenção Estadual

Além das estratégias para a Campanha Municipalizada, as mobilizações para a Convenção Estadual foram acentuadas. A partir desta semana, o partido lança ações específicas para o grande evento, que acontece no domingo, 29, às 8h30, no Anfiteatro Dante Barone (Assembleia Legislativa - Praça Marechal Deodoro, 101)

Presenças

Além da Executiva Estadual e dos Coordenadores Regionais, estavam presentes no encontro, ex-prefeito de Farroupilha Ademir Baretta, o Coordenador de Campanha, Carlos Búrigo, Agência Condão e representantes de núcleos do partido.

A CARA-DE-PAU DA INSENSIBILIDADE

por Eron Duarte Fagundes

Pensava-se que ninguém ganhava do Brasil em matéria de atendimento à saúde da população. Acresce-se: mau atendimento com insensibilidade sem disfarces; no Brasil, por via de regra, geralmente mascaramos a insensibilidade. Até dar com o filme bósnio Um episódio na vida de um catador de ferro-velho (2013), de Danis Tanovic. Então descobrimos: é um fenômeno universal.

Parece um documentário, com as criaturas vivendo diante das câmaras seus próprios dramas, como numa reportagem de televisão, por exemplo: há uma extremada objetividade de anotação dos fatos. Talvez as figuras em cena interpretem suas próprias situações, agora encenadas. Mas a construção narrativa é ficcional mesmo: tem a ordem duma história contada - a doença da mulher que tem um feto morto diante de si, duas tentativas de serem atendidos num hospital que os recusa por não terem dinheiro para pagar a cirurgia da mulher, as intervenções dos movimentos assistenciais, finalmente a cirurgia.

A pobreza europeia não tem os aspectos da pobreza brasileira. É um pouco mais limpa. Mas é igualmente constrangedora. O filme de Tanovic não chega a deslanchar: falta-lhe fugir um pouco de seu acontecimento para não aborrecer tanto seu espectador. Às vezes, como observou Jean-Luc Godard em entrevista recente ao jornal francês Le Monde, é preciso tomar o cinema um pouco como um esquecimento da realidade para, registrando este esquecimento, chegar ao real. O filme de Tanovic é uma realidade forte a que falta um desprendimento (esquecimento?) cinematográfico para melhor materializar, em filme, seu real.

de Serafina

ESCOLA AGRÍCOLA E COPA DO MUNDO

No dia 12 de junho foi dado o pontapé inicial na Copa do Mundo 2014 e a Escola Municipal Agrícola não ficou fora deste evento. Em um período determinado anteriormente foram delegadas aos alunos o cumprimento de tarefas especiais referentes ao tema, tais como: elaboração de poesia, grito de guerra, torcida organizada, criação do mascote e coreografia da música oficial da Copa. Dado o momento atual em que todas as atenções estão direcionadas para este evento, torna-se relevante aproveitar o mesmo para trabalhar e desenvolver competências nas áreas: social, intelectual, política e cultural.Pensando dessa forma, a professora da disciplina de Língua Inglesa solicitou que as turmas da Escola elegessem um país participante do campeonato para desenvolver um trabalho com o objetivo de ampliar o conhecimento, divulgar e valorizar as diversas culturas existentes. Os países selecionados foram: Itália, Espanha, Inglaterra e Brasil. No dia da apresentação do trabalho a comissão julgadora enfrentou grandes dificuldades para eleger o vencedor, pois todas as turmas surpreenderam com tamanho empenho e criatividade. Escola Agrícola e Brasil juntos num só ritmo. Vibrar, torcer e aprender!

E. M. JOÃO CORSO REALIZA VISITA AO LAR SANTA RITA DE GUAPORÉ

No dia 13 de junho de 2014 Direção e Professores da E.M. João Corso realiza visita ao “Lar SANTA RITA” DE GUAPORÉ, culminado com o Projeto “Resgatando Valores”. Durante todo o primeiro trimestre os alunos foram motivados e conscientizados pela direção e professores a valorizar a vida, respeitando-a em todos os momentos: quer na infância, quer na juventude, quer na velhice. Os alunos foram incentivados a respeitar os idosos, os quais já trilharam suas vidas. E como culminância do projeto foram entregues alguns mimos, aos velhinhos que se encontram abrigados no “Lar Santa Rita”, Município de Guaporé, doados pelos alunos da nossa escola. Essa ação humanitária concreta enriqueceu culturalmente nossos alunos e alegrou os velhinhos internos, pois a sabedoria vem com a velhice e viver é envelhecer. Nossa gratidão e carinho a todos os idosos. PARABÉNS A TODOS OS IDOSOS.

ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL JOÃO CORSO INTERAGEM COM A COPA DO MUNDO E FESTA JUNINA

Para interagir com a Copa do Mundo e a festa junina os alunos realizaram atividades inerentes aos temas focados. Para isso os professores organizaram uma “gincana cultural”, onde os alunos interagiram com muita alegria, interesse, participação. Também demonstraram grande entusiasmo em fazer a decoração da escola com as cores da bandeira nacional. Toda a comunidade escolar está muito animada e torcendo para a seleção brasileira conquistar a vitória. No dia 24 de junho haverá a tão esperada “festa junina”, nas dependências da escola, para os dois turnos. Haverá casamento caipira, dança da quadrilha, muita música, “a pesca”, muita pipoca, amendoim, cachorro-quente, pinhão, pivica,... A festa junina será realizada apenas para os alunos da escola. Nossa escola está com um visual interno todo decorado com os motivos da “Copa do Mundo e da Festa Junina”.

18 de junho de 2014

De SB

BASTIDORES DA POLITICA LOCAL

* O porteiro da noite aqui di Itaipu Hotel vai de Ana Amélia e de Aécio Neves....pra ver como a coisa anda....

* Sérgio Guimarães, atual diretor da Câmara Municipal de SB ensaia uma candidatura a vereança local. Já foi vereador aqui. Filho de Florêncio Aquino Guimarães,ex-prefeito local.

* Sérgio é irmão do "Chita" ou o Florencinho, dono do La Barca, amigo deste colunista...O apelido ' chita' vem porque sempre que ele adentrava os bailes de carnaval no clube comercial, imitava uma macaca...CHITA é gente fina pra caramba....

La Barca é o antro da fofoca de politica e de alcova de São Borja....já ouvi muita ' lama' sendo contada lá dentro. Até sobre um ex-prefeito, que deixou o cargo há poucos anos e que tá ou tava cheio de processos.

* A ida de Sérgio Guimarães pra vereança ameaça a reeleição de Celso Lopes, o Celsinho ou o ' camundongo'.

* Celso é rei de se meter em grandes broncas...é pavio curto..Uma grande que se meteu pouco antes da última eleição foi com as enfermeiras do hospital Ivan Goulart a quem num pronunciamento na Camara acusou de....bom deixa pra lá, não quero processos pro meu lado...Celso estava na ocasião indignado com uma criança que morrera por falta de atendimento no hospital num plantão de fim de semana.

Foi processado pelo Sindicato Médico-RS e pelas enfermeiras do hospital. Fez um acordo..e se livrou do pepino...

* Filho do fundador da feira do livro de SB, Celso Lopes raramente comparece a ela. prefere um jogo de futebol....

* Eu ainda acho que o Celso se reelege vereador....Tomou uma surra de laço em 1988 do Juca Alvarez, que fora interventor na cidade. Mais ou menos 20 votos pro Jucão e um pro Celso....isto numa eleição a prefeito. Celso nunca mais se meteu a pato e ganso, como se diz...é o típico cara pra se eleger vereador...ele sempre se elege na prorrogação do segundo tempo, mas acaba se elegendo...numa das últimas vezes quase destruiram o hotel dele, o executivo, do centro, de tanto que a turma dele comemorou a reeleição porque ele entrou por um triz, disputando os ultimos votos com um companheiro, ou companheira, não lembro mais bem quem...

* Celso era brizolista, mas cobrava o hotel do ex-governador quando Brizola ficava nele. Conhecido pão duro, Brizola preferia então a casa do Percy Penalvo, que por sinal ficava bem ao lado do hotel. Éra onde hoje é o museu do jango...

* Aliás a presença de Brizola em SB,depois que voltou do exílio daria um bom livrinho..mas ninguém se mexe..nem PDT, nem UNIPAMPA...preferem coisas mais diletantes, que não dão em nada....

* Neuza Penalvo é incentivada pra ser candidata a vereadora, mas acho que não vai. Sua mãe tentou duas vezes e não se elegeu....

* O deputado federal Henrique Fontana(PT) estará hoje de NOITE NA UNIPAMPA PARTICIPANDO DE UM DEBATE COM ESTUDANTES E DEMAIS INTERESSADOS....

* Mariowane Weis está dando aulas em Santa Maria. Saiu de SB....

Tentou marcar um gol na cidade trazendo uma filial do friboi, mas não deu em nada.....

* Numa das primeiras vezes que vim a SB,ainda lá por 2006,ou 2007 eu estava no ônibus da Ouro e Prata e quando vi ele parou numa certa altura de Canoas. Subiu o então prefeito de SB...Ele vinha de Brasília e combinou do ônibus pegá-lo lá...
Ele não me conhecia....

Uma passageira logo que o viu o peitou:
- Prefeito e o nosso frigorífico..????disse entre revoltada e angustiada...

Mariowani com uma cara de pau que Deus lhe deu, respondeu na bucha:

- PRA SÃO BORJA TUDO É DIFICIL.....

NOSSSSSSSSSSSSSSSSAAAAAAAAAAAAAAAA!!!! como diria aquele comunicador que tá meio fora de combate...

* Fecham-se as cortinas, encerra aqui no nosso espetáculo!!!!!

DE SB

Completou-se no dia 12 passado, um ano que Letier Vivian pediu demissão do gabinete do vereador Celso Lopes...

do PDT.

Ele trabalhara por 8 anos com o vereador.

O imbróglio se deu porque Celso queria que Letier colocasse a turma da juventude do PDT a se hospedar no seu hotel, no executivo...

Haveria um congresso da juventude, marcando a data do aniversário da morte de Brizola. 21.06.

Letier depois de uma forte discussão no hotel lá pelas 10 da noite com o patrão, foi pra casa e resolveu que era hora de pegar o boné...

se sentiu desrespeitado pelo celso...

Entrou de madrugada em contato com um colega da Cãmara, que é conhecido por BIN LADEN, e que está na bancada do PT

- Olha, se tu não entregar a carta de demissão, ele vai te demitir e vai ficar mal pra ti, disse o colega da Câmara.

Letier, depois de comunicar os pais, entregou a carta....

No dia 21 de junho, poucos dias depois, ele já começava a trabalhar na prefeitura municipal onde está muito bem hoje em dia.

E se surpreendeu com um fato...Muitos vão falar mal do Ceslo, seu ex-patrão pra ele...

Ele prefere o silêncio...

De SB

* PDT vai deixar gente de plantão no diretório pra receber os companheiros que chegam do Estado pra convenção do dia 21 , sabado que vem...

* Cardápio não será churrasco no almoço de sábado.tem tudo pra ser um velho carreteiro da vida....a 12 pilas não dá pra fazer muito mesmo...

* Hoje, quarta, estarão em são borja ,assessores da deputada Juliana Brizola...a turma tá se mexendo porque a disputa no sábado vai ser braba, por apoios....

* Marcelo Bisonho de santa maria vai concorrer a deputado estadual...desta feita, não apoiará Juliana Brizola porque ele é candidato....

* Cherini, candidato a deputado federal pelo PDT, tem o apoio explicito do prefeito de são borja, Farelo de almeida...

Com este apoio, 4 anos atrás, pulou de 60 e poucos votos pra 1.600 em são borja....

* Farelo tá fazendo corpo a corpo pedindo apoios a Cherini.....

* O atual prefeito de São Borja tem pretenções maiores....mantém uma casa em Uruguaiana pro pessoal que vai se tratar na cidade....então são pretensões regionais....

* Tem dois ditados que dizem quando falam mal de São Borja:
1) São Borja vive do passado...

2) a saída de São Borja é a estação rodoviária...

* Collares é esperado pra convenção do dia 21 que vem....

* Clair Ribas, ex-presidente do PDT andava todo engravatado hoje no centro de São Borja. está de filho novo....

* Passei o segundo dia pesquisando na FSB....

* Acho que vou levar um material interessante....

* Almocei na casa da minha amiga Neuza Penalvo....tinha feijão,arroz, um tipo de suflê , galeto e carne de gado...

* Não tinha alcool pra beber....

* Só agua da pena....

* A minha amizade com a Neuza passa por turbulências mas se recompõe....

* Ela defende os pontos de vista dela, eu os meus....geralmente discordarmos, mas nos respeitamos...

* A Neuza tem um poster do CHE no seu escritório. Pedi a ela quando ia aposentar aquela coisa demodée...isto eu tive quando era estudante nos anos 70 e morava na JUC...Hoje,depois de Cuba, o CHE tá ultrapassado, como ídolo....

* CHE é apenas um poster na parede..é doloroso mas é a realidade....

* Quando vejo babaquices como juventude socialista, até penso...um dia todos vão ganhar dinheiro e serem burgueses como vejo os meus colegas de sauna....é parte da vida, nada de novo....

* Passei hoje na pesquisa na FSB na parte da presença do Collor aqui em 89 e no comício do Brizola...tudo isto em 1989...

* Mais não escrevo porque prometo a partir da semana que vem trazer bons assuntos da memória politica desta cidade que chamam de TERRA DOS PRESIDENTES....

Causos sãoborjenses

JUCA PERDE CORRIDA DE CANCHA RETA....

Comentei com o João, aqui do Itaipu Hotel, de SB, que estava pesquisando sobre Juca Alvarez....

Ele me contou que seu pai, que também se chamava João, como ele, atou uma corrida com o falecido prefeito....

Seu pai tinha uma propriedade em Bororé, no Itaqui....

Até que um dia depois de muito discutirem, deu-se a tal corrida, mas o João exigiu uma' luz', que é uma vantagem numa corrida de cancha reta( não entendo muito disto, mas vou contando como ele me contou...)

Ai o cavalo do Juca perdeu a corrida...O João, pai do João do hotel onde estou hospedado,ganhou uma boa quantia com a qual comprou uma Rural Williys e não me lembro agora mais o que.....

O comentário do João aqui do hotel é que Juca Alvarez tinha campo, tinha muito mas que ' botou tudo fora'....

- Confiou nos outros,disse apenas....

De São Borja

o prefeito que era obstetra...

Dr. Hildebrando foi prefeito aqui em São Borja que era área de Segurança Nacional no tempo da ditadura....

Em 1982, a mãe do Capincho - Letier Vivian - ia ter filho e baixou o hospital...

Ele chegou cedo de manhã porque tinha que estar na prefeitura às oito horas. era pontual com seus compromissos.

Mas a bolsa da mãe do Letier tinha estourado e então nosso amigo estava pronto pra nascer...

o médico fez o parto e o capincho nasceu com 4 kilos e vai picos...um touro mugindo....

Aconteceu que quando ele era assessor do Celso Lopes dr. Hildebrando veio a falecer...

Como fora prefeito foi velado na Camara Municipal e foi o Capincho que providenciou as cerimônias no legislativo...

As voltas que a vida dá, né...

DESEMPREGADOS...

pelo que ouço por ai,Vieirinha e Ze Sartori estarão desempregados a partir de 2015...

PMDB reúne Coordenadores Regionais na quarta-feira

O PMDB RS reúne os 33 Coordenadores Regionais na quarta-feira, 18, às 10h, na sede do Diretório Estadual (Rua dos Andradas, 1234). O encontro integra o planejamento da pré-campanha e visa engajar todas as regiões do Estado a participarem da Convenção Estadual, no dia 29 de junho. Além de mobilizar a militância, o encontro tem foco nas prioridades regionais, que serão apresentadas no Plano de Governo e apresentadas durante a campanha dos candidatos.

FEE DIVULGA OS DADOS DAS EXPORTAÇÕES DO RS DO MÊS DE MAIO

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) reúne a imprensa, na terça-feira, dia 24, às 10 horas, na Rua Duque de Caxias, 1691 - Sala de Eventos, para divulgar o desempenho das exportações do Rio Grande do Sul do mês de maio de 2014.

O ESTRANHO CONFUSO

por Eron Duarte Fagundes

A narrativa de No limite do amanhã (Edge of tomorrow; 2014), de Doug Liman, é estranho, isto é, foge ao habitual do cinema feito em Hollywood: é sujo e destemperado em seus ritmos. O que pode atrair o espectador aborrecido com estes tempos de mesmice. Mas é uma narrativa também confusa, que acaba perdendo-se em seus propósitos de misturar alienígenas pós-modernos com evocações históricos de guerra. A linguagem cinematográfica extremamente trêfega de Liman produz choques elétricos inusitados, porém a coisa não chega bem a lugar algum. A presença duma estrela como Tom Cruise pode arrecadar para o filme um público que não se lhe destinaria. Porém é mais curiosa a participação secundária de Emily Blunt, a coadjuvante de Cruise. Entre altos e baixos, No limite do amanhã é uma obra ora promissora, seguidamente fora dos trilhos.

de Serafina

Prazo final para o Alistamento Militar 2014 - Classe 1996

A Junta de Serviço Militar de Serafina Corrêa comunica aos jovens do sexo masculino residentes no município, nascidos no ano de 1996 (que completaram ou irão completar 18 anos) que o prazo regular para o Alistamento Militar Obrigatório encerra-se no dia 30 de junho de 2014. O alistamento é realizado na Junta de Serviço Militar situada na Rua Orestes Assoni no 370, sala 5 - Centro; atendimento de 2a a 6a feira, das 08h30min as 11h30min e das 13h30min as l7h30min. Documentação necessária: Certidão de Nascimento original ou Carteira de Identidade; Certidão de Naturalização ou Termo de Opção (para os brasileiros naturalizados ou por opção); CPF (para quem possui); e duas fotos 3x4 recentes

O processo do alistamento é gratuito e após ter-se alistado, o cidadão receberá seu Certificado de Alistamento Militar (CAM), contendo seus dados pessoais e informação do local e data de sua apresentação para Seleção Geral. É muito importante estar em dia com as obrigações militares, uma vez que estas situações são solicitadas para assumir cargos no serviço público, matrículas em universidades, requisição de passaporte, emprego com carteira assinada, obtenção do título de eleitor, financiamentos, etc. Além disso, a norma prevê o pagamento de multa, cujo valor varia de acordo com a quantidade de dias em que o candidato deixou de se alistar.

17 de junho de 2014

De SB

só pra não perder o vicio de falar mal dos outros.....

(é a melhor coisa que tem....)

1) Ramão Aguillar deixou de pintar os cabelos....agora tão brancos, brancos....

2)Sua filha casou novamente, e ele e a Kátia agora estão vivendo a sindrome do ninho vazio...foram todos embora...

3)Capincho vai trabalhar pro Cherini...pra deputado federal...e levará bons votos pra ele. capincho pega no pesado...

4)no encontro do sabado do pdt, vai rolar muita confabulação....

5) Tiago cadó é o candidato preferencial do pdt de são borja....

6) Cristhopher goulart, neto de jango terá aquele apoio sem compromisso...

7) Dizem que o vereador celso lopes não vai se reeleger numa próxima....

8)Hoje uma turma de são borja vai pro lançamento de um livro de receitas no piratini ....o livro é da professora scalco...

9) Ainda não vi nenhum entusiasmo por aqui com a convenção do pdt de sabado que vem.mas tamos aí....

10) o assunto mais comentado aqui hoje foi o acidente da planalto entre santa maria e são sepé.

11)Muitos acham complicada a proxima eleição da deputada Juliana Brizola....

12) Juliana está grávida e vai ter que viajar logo, logo....

13)Estes tempos ela andou no Mato Grosso visitando um companheiro pedetista....

14)Passei o dia pesquisando a FSB...ela foi fundada em 1970, por uma familia de São Luiz Gonzaga, os Grisolio... hojé é dirigida pelo Roque ....irmão do prefeito de santo angelo.

15)Minha pesquisa abrange o governo juca alvarez....

16) a primeira coisa que vi: getulio e jango saiam na FSB no tempo da ditadura. brizola nunca foi mencionado...nem um piu sobre ele...a censura o proibiu terminantemente...

17)eram dois nomes proibidos. Helder Camara e Brizola. Acho que o Prestes também....

18)JUca alvarez foi nomeado prefeito de 66 a 74. depois ganhou duas eleições. uma de celso lopes.

sborja

É Mazzarino mas estou numa outra pesquisa aqui(olides)

De: mazza
Para: olidescanton@bol.com.br
Assunto: sborja

Dromedário!
Não estive na Suinofest, no dia da visita da senadora. Estava em Carazinho.
Meu sonho é te receber. Vou botar gravata colorida e discursar.
Tentando ser útil: Na Piauí, o Lira Neto fala/escreve sobre Getúlio e a Fazenda de São Borja. Penso que uma fotos do local com algumas curiosdade seria interessante ao teu equilibrado blog.
Abraço,
Balaustre Jr.

Chegada

O melhor de tudo é que isto tudo é verdade. mandei um chasque pro mendelsky dizendo que o itaipu era um muquifo como os que eu havia estado na bolivia. uma mulher ligou pro hotel em seguida, queria falar comigo. como eu tava com muito sono da viagem, disse a ela...senhora era uma brincadeira....(olides)

mas é tudo como o capincho contou...

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 16 de Junho de 2014 13:02
Para: olidescanton@bol.com.br
Assunto: Chegada

Pra variar o "amigo" (da onça) Olides Canton já chega em São BOrja fazendo o que mais gosta (e sabe fazer bem) FALAR MAL DOS OUTROS.
Pra começar ao chegar no Hotel, chamou a hospedagem de "muquifo", além disso teve a ousadia de enviar e-mail ao Mendelsky que noticiou a vinda dele e a sua estadia no "muquifo" nas ondas da rádio... não demorou e uma Cidadã de bem, ligou para o referido Hotel e pediu para falar com o escriba, dizendo a ele que se fosse para falar mal de São Borja não precisaria ter vindo à Terra dos Presidentes.
Que barbaridade!!!
Me somo à leal e brava São BOrjense.
Mesmo assim, demonstrando minha galhardia e generosidade, fico à disposição do "amigo" vulgo GIGOLÔ DO INSS, em sua estada na histórica Missão de São Francisco de Borja.
Essa semana promete...
kkkkkkkkkkkkkkk

Letier Vivian
São Borja/RS

ANGELINA, UMA DIVA PÓS-MODERNA

por Eron Duarte Fagundes

Angelina Jolie é uma diva pós-moderna, o tempo do cinema, melhor dito, do pós-cinema. Somente o estofo fantasioso e plasticamente sedutor de Angelina faz com que se suporte uma revisão da história da bela adormecida tão amorfa quanto pretensamente revisionista como esta de Malévola (Maleficent; 2014), filme norte-americano dirigido por Robert Stromberg.

Angelina exibe as duas covas profundas de seu rosto, dois olhos verdes avassaladores e uns lábios pintados de vermelho que parecem querer devorar o espectador. É tudo o que interessa nesta narrativa: a força de uma estrela, uma atualização do sistema de astros de Hollywood. O resto são contornos constrangedoramente infantis duma história interna.

de Serafina

Jogos Típicos Italianos - Torneio de Escova

Sexta-feira, dia 13 de junho, iniciaram os Jogos Típicos Italianos em Comemoração as 54o de Emancipação Político-Administrativa de Serafina Corrêa na comunidade Fátima. O jantar contou com um delicioso cardápio típico e animação do Grupo Speranza. O Torneio de Escova, contou com a participação de 24 duplas, tendo a seguinte classificação:

1º Lugar - Valdemar Costa e Antônio Camargo
2º Lugar - Maria do Carmo Dellazari e Ivanir Mangoni
3º Lugar - Juarez e Gilmas Dalmás
4º Lugar - Odair Marssaro e Adão de Oliveira

CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE - Seja um DOADOR DE SANGUE

Mais que um ato de bondade, doar sangue é praticar cidadania. A doação de sangue é um gesto que representa a esperança de vida para muita gente. Doar sangue é importante e necessário. Têm muitas pessoas precisando de sangue e somente através da doação de uma pessoa para outra é que essas pessoas poderão ser atendidas. Já pensou que sua doação pode salvar vidas? Então participe e seja um DOADOR!
DATA: 28 DE JUNHO DE 2014
HORÁRIO: 9HS ÀS 12HS E 13:30 ÁS 16:30
LOCAL: SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

1. CONDIÇÕES BÁSICAS PARA DOAR SANGUE:

• Trazer documento oficial de identidade com foto

• estar bem de saúde;

• ter entre 18 e 67 anos, 11 meses e 29 dias;

• o limite de idade para a primeira doação é de 60 anos 11 meses e 29 dias;

• podem ser aceitos candidatos à doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos acompanhados dos pais;

• pesar mais de 50 Kg;

• não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação;

• Evite fumar 2 horas antes da doação;

• Faça repouso mínimo de 6 horas;

• Não ingerir bebida alcoólica nas 24h que antecedem a doação.

2. QUEM NÃO PODE DOAR?

* Quem teve gripe ou febre nos últimos dias;

* Quem recebeu transfusão de sangue nos últimos 12 meses;

* Mulheres grávidas ou que estejam amamentando;

* Quem fez tatuagem ou colocou “piercing” nos últimos 12 meses;

* Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;

* Pessoas expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como aids, hepatite, sífilis e doença de chagas.

* Quem fez a vacina da gripe nos últimos 30 dias.

Realização: Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, Vigilância em Saúde e Lions Clube

Coleta de eletrônicos pós-consumo

No sábado, 07/06, foi realizada pela segunda vez em Serafina Corrêa a coleta de sucata eletrônica, no calçadão da praça da Igreja Matriz. Em 2013 foram coletadas 5 toneladas e neste ano, foram recolhidas 4 toneladas. A ação foi realizada em parceria entre a Prefeitura Municipal e o Rotaract Club e teve como objetivo recolher e dar destino correto a eletrônicos pós-consumo, evitando que sejam descartados de forma inadequada, o que poderia causar poluição e contaminação por metais pesados. Todo o equipamento que foi recolhido será desmontado e destinado à reciclagem. Em nome da Prefeitura Municipal, o Departamento de Meio Ambiente parabeniza todos os participantes do concurso e das campanhas e agradece aos parceiros e colaboradores que tornaram as ações possíveis.

16 de junho de 2014

Copa


Os onibus de Viamão dando as boas vindas ao Equador. Fiz a foto no viaduto da Conceição.....


telões no mercado publico!

JUCAO

TANTO DO LADO DO PDT,COMO DA ARENA ANTIGA, HOJE PP, TEMEM QUE SE CONTE A HISTÓRIA DO JUCAÕ PEREIRA....

CLARO QUE NÃO FAREI,SE FIZER, NADA OFICIAL...DETESTO ISTO....

OU ENTÃO NÃO É O JUCAO QUE TEMEM É O QUE EU ESCREVO...SABEM QU ENÃO SOU PENA COMPRADA, COMO A MAIORIA O É POR AI,DE QUALQUER LADO....

MORREREI POBRE, PORÉM LIVRE....

ENÃO FAÇAM AMEAÇAS, PORQUE AÍ EU COMPRO O DESAFIO....

SEI DE MUITAS COISAS SOBRE JUCAÕ QUE NÃO INTERESSA A NINGUÉM QUE SEJA DIVULGADA....INCLUSIVE DE GENTE QUE NA APARENCIA SE DIZ CONTRA ELE...

A POLITICA TEM SEUS MEANDROS....

(OLIDES)

SENTIMENTO ANTI-DILMA...

Há um sentimento anti-PT por aí....

Vi o jogo do Brasil, na estréia, onde havia um graduado funcionário público federal. deve ganhar de 12 paus pra cima...
Mas era visivel como torcia contra o Brasil, digo a Dilma, meio discreto, porque é conhecido no pedaço...

No fim, quando apenas estávamos eu e ele no recinto e viu que eu comemorei o gol da Croacia, fez um leve comentário:
- ganhou a Dilma...

É, ganhou a Dilma, com a ajuda do ' japa'.....

aNIVERSÁRIO

NA SEXTA TRANSCORREU O ANIVERSÁRIO DO ANTONIO OLIVEIRA....

PROGRAMAS "EM COMPOTA" (GRAVADOS)

o Programa do gugu na farroupilha, nos domingos é gravado...no ´sabado...hoje, um dos participantes, mordeu a língua e acabou entregando. foi 'corrigido' na hora pelo apresentador...

* o programa dos caras do bom fim é ao vivo na band, mas são muito fundamentalistas....

* O do Mendelsky, de música, é sempre gravado, nas quintas. e o apresentador às vezes tem o auxílio do Felipe Vieira...na seleção musical.

* o PROGRAMA DO BURD, AOS Sabados, saiu do ar, faz um bom tempo....

Devia dar pouco retorno comercial. era na pampa...O Burd nunca foi ' vendedor'....

Gilbertinho leal

Tenho um papo marcado com o giba, da zh...
ele é o mais antigo funcionário do jornal..
está lá desde maio de 1970...
me disse que por contrato, não pode dar depoimentos longos....

mAS TUDO BEM, VAMOS VER O QUE É POSSÍVEL...

já foi jubilado e ganhou um filme com depoimentos de colegas,amigos e familiares, o que muito o orgulha...

Gosto muito do giba, nos tornamos amigos naquelas coberturas de praia, dos anos 70.....

leitor

TAVA SAINDO NESTE SÁBADO DO CINEMA NO BOURBON, QUANDO ENCONTREI UM LEITOR...

- OI OLIDES SEMPRE TE LEIO....

- OBRIGADO PELO INCENTIVO, RESPONDI.....

GETULIO

vI O FILME GETULIO HOJE DE MANHÃ NO CLUBE DE CINEMA...

GOSTEI DO FILME..SÉRIO, COM DETALHES HISTÓRICOS....

NELE NÃO APARECE O JANGO, APENAS NUMA FOTO NO VELÓRIO, MAS UMA FOTO DE ARQUIVO, QUANDO O CORPO VINHA PRO ENTERRO DE SÃO BORJA.
CHAMA A ATENÇÃO O PAPELO FORTE DO GREGÓRIO FORTUNATTO NO FILME....TAMBÉM ELE DETONOU TODA A CRISE....

SB

falei agora de tarde com o poeta ramão aguillar que estava num sítio comendo carne de porco,ovelha e gado...

estou seguindo agora daqui a poucas horas, via ouro e prata. pra sb...

passei uma otima tarde, vendo jogos e ouvindo opera na rádio da urgs...não quero vida melhor...

espero que meu trabalho em sb seja frutífero e há de ser.

São Borja


Dia 21 próximo completam-se 10 anos da morte de Brizola...

Na foto, ele com a colega Francis Maia, - dando uma entrevista ainda no tempo que celular era um ' cebolão" -no hall de entrada do teatro Dante Barrone, da ALRS.

O PDT vai lançar Vieirinha a governador e Lasier Martins ao senado...num CTG no bairro do Passo em SB.

Espera-se 1000 pessoas no evento já que todos os diretórios do Estado foram convocados a mandar gente pro evento...

Traga toda emoção da copa do mundo para sua vida sexual

qdo vi que era marina silva pensei que era minha senadora. era sacanagem(olides)

De: Marina Silva
Para: contato@deolhoseouvidos.com.br
Assunto: Traga toda emoção da copa do mundo para sua vida sexual

Esta foi uma mensagem enviarda para contato@deolhoseouvidos.com.br, caso não seja você ou queira se descadastrar, clique aqui. Agradecemos!

PSB referenda propostas de partidos coligados na convenção estadual deste sábado na Capital

Foto: Luiz Chaves

Mais de 700 militantes do PSB manifestaram apoio para referendar as candidaturas da majoritária durante a Convenção Estadual 2014 do PSB, na tarde deste sábado (14/06) no auditório Dante Barone na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Os correligionários e lideranças de partidos coligados na aliança, PMDB, PSD, PPS, PSDC, PT do B, PSL, PHS e Rede Solidária, também marcaram presença no evento. Neste domingo, os partidos promovem roteiros de mobilização no Interior, na Zona Sul, em Pelotas e Jaguarão.

Após a manifestação das lideranças partidárias, o pré-candidato José Ivo Sartori (PMDB), fez o desfecho do evento acreditando em uma novo projeto de mudança para o Rio Grande do Sul, com responsabilidade e unidade nas propostas dos partidos coligados. Reafirmou que esta composição com os siglas, vai ter transparência e agregará proposições em diversos âmbitos políticos, mas com a aprovação coletiva. Sobre o Projeto de Governo, é enfático: "Não podemos gastar mais do que se tem. É preciso devolver o controle das finanças ao Estado e controlar a chave do cofre", ponderou.

Como anfitrião, o deputado federal e presidente estadual do PSB, Beto Albuquerque, que concorre a senador, acredita no compromisso e militância dos partidos para reforçar as candidaturas da aliança. E dispara: "O ciclo do PT e do PSDB já se esgotou no país. No Estado não é diferente. É preciso que a mudança ocorra de verdade. E não de promessas do que ainda não aconteceram e que querem que a gente acredite", alfinetou. Também mencionou a influência da Copa do Mundo nas eleições deste ano. "Vai ter Copa, sim, mas não a reeleição".

Em sua participação no evento, o presidente regional do PSD, José Paulo Dornelles Cairoli, que encabeça a candidatura como vice-governador, afirmou que o Rio Grande do Sul precisa de um projeto de transformação, e não de um projeto de partido que visa apenas a reeleição."São os parceiros nesta aliança que vão contribuir para o desenvolvimento do Estado", apontou.

Expoentes da política participaram do evento, como o senador Pedro Simon (PMDB), o ex-prefeito José Fogaça (PMDB), o coordenador da campanha Ibsen Pinheiro (PMDB) o ex-chefe da Casa Civil Luis Roberto Ponte (PMDB), o deputado federal José Stédile (PSB) e os deputados estaduais Miki Breier (PSB) , Heitor Schuch (PSB), Paulo Odone (PPS), Catarina Paladini (PSB), Maria Helena Sartori (PMDB), além de representantes dos partidos coligados, como Sonia Bernardes ( porta-voz da Rede), Natalino Sarapio (PTdoB), Izabel Paludo (PHS), Caio Flávio Quadros dos Santos (PSL) e Luiz Carlos Coelho Prates (PSDC).

AGENDA

15/06- Domingo
19h00 - Reunião partidária - Local: Sede do PMDB/Jaguarão

16/06- Segunda-feira
08h30 - Reunião partidária em Pedro Osório - Local: Câmara de Vereadores
11h30 - Reunião partidária em Canguçu e visitas a Instituições locais
18h00 - Reunião partidária em Piratini

O BRILHO CREPUSCULAR DUMA ESTRELA

por Eron Duarte Fagundes

A atriz francesa Catherine Deneuve certamente põe muito de si mesma na personagem que interpreta em Ela vai (Elle s’en va; 2013), filme dirigido por Emmanuelle Bercot. Trata-se em cena duma mulher em torno de sessenta anos (Catherine tem setenta), viúva, que sofre o choque duma desilusão amorosa e põe o pé na estrada, abandonando um restaurante (especializado em peixes) que ela gerencia num lugarejo perdido no interior da França. Os conflitos da idade que certamente Catherine (uma francesa desejada por vários homens na juventude) ela emprestou à sua criatura; estes conflitos etários recrudescem com o dilema amoroso que lhe vem.

A mulher sai de carro, sozinha, mas um belo dia sua filha, com quem mantém uma relação áspera e difícil, lhe telefona pedindo que leve o filho (neto, pois, da personagem de Catherine) até o avô paterno. A viagem-fuga da criatura adquire novos contornos com a figura do garoto. Também é de sublinhar-se a afeição da protagonista com a velha mãe sempre acamada e tagarela. No fim a narrativa deriva para um drama familiar campestre, ecoando passagem de clássicos como Um sonho de domingo (1984), de Bertrand Tavernier, e Providence (1978), de Alain Resnais.

O título original em francês, “ele s’en va”, poderia ser melhor traduzido por “ela se manda” ou “ela vai-se embora”. Há também nesta utilização pronominal do verbo “aller” uma conotação que escaparia a qualquer tradução: “ela se aposenta”. De fato: a personagem um pouco se aposenta do que viveu até ali, inclusive de seu restaurante, uma atividade profissional. Espera-se somente que isto não se aplique a Catherine.

da Folha Popular de Teutônia

do informativo da senadora Ana Amélia

Ah, quem tava lá recebendo nossa futura governadora é o velho editor daquele jornal apócrifo,panfletário e difamatório chamado de O GUAXO...(OLIDES)

Suinofest, em Encantado, recebe a senadora Ana Amélia

Parlamentar foi acompanhada do prefeito Paulo Costi no evento que destaca a carne suína e seus derivados e as inovações no setor


Suinofest acontece nos dois primeiros finais de semana de junho

A Suinofest, feira realizada em Encantado, foi visitada na tarde deste sábado (7) pela senadora Ana Amélia (PP-RS). A parlamentar foi recepcionada pelo prefeito Paulo Costi (PP) e lideranças locais e percorreu os espaços do evento que ocorre nos dois primeiros finais de semana de junho.

O evento destaca a carne suína e seus derivados e as inovações no setor, além de outros produtos típicos da gastronomia da região. A indústria e o comércio também ganham espaço com o chamado Festival de Compras.

No Senado, Ana Amélia é defensora da suinocultura. Trabalhou intensamente para que, em 2012, numa das maiores crises enfrentadas pelos criadores em todo o País, fossem anunciadas medidas de socorro pelo Ministério da Agricultura. Agora, a parlamentar tem cobrado com frequência a inclusão da carne suína na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM).

Ata do Conselho Deliberativo da ASSOCIAÇÃO RIO-GRANDENSE DE IMPRENSA

ATA no 251

Aos trinta e um (31) dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze (2014), no Salão Nobre da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), esteve reunido seu Conselho Deliberativo, dirigido pelo presidente em exercício José Antonio Vieira da Cunha. Ao saudar os Conselheiros e Associados que participam da reunião e que registraram presença no “Livro de Presenças” explicou que excepcionalmente a reunião fora transferida para este sábado, véspera do dia 1o de junho, em comemoração ao Dia da Imprensa. Ato contínuo cumprimentou o diretor da ARI, jornalista Antonio Goulart, pela publicação do artigo “Uma nova Imprensa”, no jornal Zero Hora de hoje, e citou também a conselheira Martha D’Azevedo, cumprimentando-a como incentivadora da profissão ao desenvolver um blog na Internet sobre comunicação. Seguindo a pauta da reunião, Vieira destacou que as palestras e debates previstos na agenda da reunião mostrariam a preocupação com o futuro da profissão, especialmente como negócio do jornalismo impresso.

Em seguida, o vice-presidente executivo da ARI, Mario Rocha, dissertou sobre as novas diretrizes curriculares estabelecidas pelo MEC, com a implantação de Graduação em Jornalismo nas Faculdades de Comunicação, ressaltando que estas terão até outubro de 2015 para se adaptar a estas novas diretrizes aprovadas há dois anos. Entre as mudanças citou a obrigação de estágio (200 horas) externo com professor orientador. Para tanto, afirmou que será muito importante a vinculação com os sindicatos, que acompanharão os processos. Também citou a importância da aproximação com órgãos públicos e mercado de trabalho. Como professor universitário, Mario disse que tem procurado aproximar seus alunos de profissionais experientes, citando como exemplo mais recente o encontro que promoveu com o editor da Revista Programa, jornalista Ayres Cerutti, que abordou temas como o mercado de trabalho e sua experiência de mais de 40 anos à frente da publicação.

O jornalista Vieira da Cunha pediu mais esclarecimentos sobre como se dará a transição, tendo Mario Rocha explicado que haverá a adaptação curricular, com dois currículos em extinção e implantação de outro, exigindo uma adaptação dos alunos, caso a caso. Logo após, o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais, José Simas, comentou o assunto falando das parcerias com algumas universidades e veículos de comunicação. Detalhou também a atual fase de tentativa de restabelecimento da exigência do diploma para o exercício do Jornalismo, relatando que na última semana esteve em Brasília, numa promoção da FENAJ, quando uma delegação de sindicalistas esteve com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. Este se comprometeu, e cumpriu no dia seguinte, com a assinatura do processo de criação da Comissão Especial do Diploma na Câmara dos Deputados. Esta comissão avaliará o parecer da proposta da Emenda à Constituição 206/2012 conhecida como PEC do Diploma, que já foi aprovada pelo Senado.

Conselheiros presentes deram sugestões para acompanhamento do processo. Vieira da Cunha explicitou a posição da ARI, que apoia integralmente a luta pelo restabelecimento do diploma para jornalistas. Seguindo a pauta do dia, foi dada a palavra ao presidente executivo Batista Filho, que comunicou que a ARI está fechando parceria com a UniRitter para conceder descontos aos associados em seus cursos de pós-graduação. Em relação à UFRGS, Mario Rocha comunicou que a assinatura de convênio foi adiada “sine die”. Vieira da Cunha e Batista Filhos solicitaram que fosse registrado em ata o voto de pesar pelo falecimento do jornalista Rodimar Oliveira. Em seguida, o presidente do Conselho passou ao item seguinte da pauta, pelo qual Luiz Adolfo Lino de Souza, vice-presidente da ARI, foi convidado a falar sobre “Tendências da prática profissional, o papel e o digital”, quando detalhou a reestruturação promovida pelo jornal Zero Hora, que procura estabelecer uma convivência produtiva entre o papel e o digital. Após, todos os presentes se dirigiram para a sala ao lado, a fim de acompanhar e participar ao vivo do Programa Conversa de Jornalistas, transmitido pela Rádio Universidade, sob o comando do jornalista Glei Soares.

Durante uma hora, conselheiros e convidados participaram dos debates sobre o atual momento do Jornalismo em nosso meio. Encerrando a programação do Dia da Imprensa, foi assinado o Termo de Doação do Acervo da ARI para o Museu de Comunicação Hipólito José da Costa. Consta de 633 fitas K7 e 300 fitas VHS, com gravações do Prêmio ARI de Jornalismo. Participaram o diretor do Museu Luiz Antonio Vieira Indo, o jornalista Roberto Fleck, que trabalhou na classificação do material e o jornalista João Borges de Souza, que fez a seleção pela ARI. O diretor Luiz Inda cumprimentou a ARI pela iniciativa, destacando que este acervo será muito importante para pesquisadores e historiadores que frequentam o Museu. Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a sessão, e eu, Maria Luiza A. Moreira, lavrei a presente ata, que após lida e aprovada, será arquivada em pasta própria na Secretaria Administrativa da entidade.

Combate nas Trevas, de Jacob Gorender, há anos esgotado, é reeditado

POR MÁRIO MAESTRI

Para o gáudio dos comerciantes de livros usados, Combate nas trevas: A esquerda brasileira: das ilusões perdidas à luta armada, de Jacob Gorender, encontrava-se há longos anos esgotado. No ensejo do cinquentenário de 31 de março de 1964, mais do que oportuna reedição dessa obra, pelas editoras Expressão Popular e Fundação Perseu Abramo, acaba de recolocar, a preço acessível, o até agora talvez mais célebre trabalho historiográfico sobre o golpe militar e, sobretudo, sobre a resistência armada a ele. Apresentamos aos leitores informativa entrevista concedida pelo autor, em Milão, Itália, em 9 de outubro de 1987, quando do lançamento do livro, ao historiador Mário Maestri, então correspondente naquele país do Diário do Sul, publicação sulina do grupo Gazeta Mercantil.

O lançamento do último livro de Jacob Gorender - Combate nas trevas: A esquerda brasileira: das ilusões perdidas à luta armada - recebeu uma cobertura de imprensa pouco comum no Brasil. A Folha de São Paulo e O Globo publicaram duas longas entrevista com Gorender e a revista Veja acaba de fazer uma reportagem de seis páginas sobre o ensaio. O próprio tratamento dedicado ao livro e ao autor pela Ática escapa ao comum. A editora desdobrou-se para lançar o livro, simultaneamente em todos os estados do Brasil, e adiantou a Jacob Gorender os direitos integrais da primeira edição, quando da assinatura do contrato.

A trajetória política de Gorender, seu status como pensador marxista e o caráter polêmico do livro explicam a movimentação em torno do lançamento. Após dedicar três anos de intenso trabalho ao estudo, Jacob Gorender viajou para a Europa para descansar e rever regiões do Velho Mundo que conhecera como pracinha da FEB, durante a II Guerra Mundial. Jacob Gorender recebeu as primeiras notícias sobre o lançamento de Combate nas trevas na residência do correspondente em Milão, Mário Maestri, onde concedeu uma longa entrevista ao Diário do Sul.

Mário Maestri: Gorender, por que tanta expectativa em torno do lançamento de Combate nas trevas?

Jacob Gorender: O livro foi lançado na segunda-feira e terá possivelmente alguma repercussão. Ele refere-se a um crucial período da história brasileira que não pode ser apagado da memória de nosso povo. O grande protagonista do ensaio é a esquerda. Não se trata de um trabalho memorialístico. Apenas uns 15% referem-se a depoimentos pessoais do autor. E, nessas passagens, me documentei e não me apoiei apenas em minha memória. Não é também um livro sobre a repressão. O Estado repressivo entra como o adversário da esquerda e do movimento popular. Trata-se de um trabalho que resultou de uma pesquisa historiográfica. Neste sentido, é o primeiro livro do gênero publicado no Brasil.

Mário Maestri: Há quanto tempo preparas o trabalho?

Jacob Gorender: Senti a necessidade de intervir neste debate quando começaram a aparecer os primeiros depoimentos de exilados. A partir da anistia, de 1979, comecei a reunir material para escrevê-lo. Foi muito difícil encontrar a documentação. Não há arquivos sobre as organizações clandestinas de esquerda. Boa parte do material foi perdida ou é inacessível. Felizmente, muitos companheiros me forneceram uma abundante documentação, quando souberam que me dedicava a este trabalho. Foi-me de grande valia o acesso permitido pelo bispo dom Evaristo Arns às cópias dos 750 processos do Superior Tribunal Militar, reunidas para a edição do livro Brasil nunca mais. Iniciei a redação há três anos, em 1984.

Mário Maestri: Quais são os grandes temas do livro?

Jacob Gorender: Um terço do livro traz uma condensação historiográfica do processo que resultou no golpe de 1964. Trata-se, de certa forma, de um desenvolvimento das teses que apresentei em meu ensaio A Burguesia Brasileira (São Paulo: Brasiliense, 1981). Neste particular, minha principal tese é que o populismo foi um processo que serviu à burguesia nacional durante um longo período e, depois, foi abandonado pela própria burguesia, quando não servia mais. O golpe de 1964 procurava eliminar da política estatal os resquícios populistas. O mesmo objetivo fora tentado, inutilmente, por via institucional, no período Jânio-Jango. Lançou-se então mão do golpismo.

Mário Maestri: Como definirias o populismo?

Jacob Gorender: O populismo foi uma forma de política burguesa para construir a nação burguesa com o consenso dos operários. Ele tinha, porém, um grande pressuposto: os trabalhadores não podiam ultrapassar certo limite. O populismo não podia dar forças à classe operária. Getúlio e Juscelino praticaram, com o apoio das classes dominantes, a política de industrialização, até que ela entrou em choque com os interesses do imperialismo. Tanto um como o outro tiveram sempre o aval do PTB e do Partidão (PCB). Quando o populismo começa a esgotar-se, a burguesia procura outras alternativas. O golpe farsesco tentado por Jânio foi uma antecipação do golpe de 64. O período de Jango é marcado por esta constante tentativa da burguesia de pôr fim à política populista. Jango tenta responder, organizando o seu golpe.

Mário Maestri: Defendes que Jango organizava um golpe?

Jacob Gorender: Um golpe constitucional. No final do seu governo, Jango preparava um golpe. Apesar de isto nunca ter sido discutido com clareza no PCB, o continuísmo foi apoiado por Giocondo Dias e por Luís Carlos Prestes. Prestes chegou a apoiar publicamente o continuísmo de Jango. Esta política foi negativa para a esquerda. Nas altas esferas, políticos como Brizola e Arraes sentiram-se lesados nas suas expectativas presidenciais. E, neste momento, um empecilho constitucional dificultava a candidatura de Brizola. Era o tempo de “Cunhado não é parente...”

Mário Maestri: Qual foi o papel do Partidão nesta conjuntura?

Jacob Gorender: Os comunistas possuíam um forte movimento sindical, estudantil e camponês, apesar de, desde os anos 50, não possuírem mais monopólio da esquerda. Tínhamos, então, as Ligas Camponesas, a Polop (Política Operária), o brizolismo, os trotskistas, o movimento dos sargentos e marinheiros etc. Havia surgido uma esquerda católica, a Ação Popular (AP). Tinha ocorrido a grande cisão que resultou no PC do B. Mas o PCB era grande força da esquerda. Estes foram anos de ouro do Partidão. Hoje ele tem um significado residual em relação àquela época. É uma sobra.

Mário Maestri: Quais foram as consequências das políticas do PCB?

Jacob Gorender: Defendo que a derrota de 64 deve-se ao fato de o Partidão ter entregado a chefia do movimento a Jango. E Jango não quis lutar. Pior, ordenou que não se lutasse. Em 1964, havia possibilidade de vitória (popular). É certo que havia risco. Poder-se-ia vencer ou perder. Creio que as possibilidades da esquerda e da direita eram as mesmas. A direita e os militares não estavam tão preparados. Castelo apavorou-se quando o (general Olimpo) Mourão (Filho) precipitou o golpe. A força naval norte-americana (a operação Brother San) só chegaria no dia 11, trazendo armas, munição e combustível. Havia um tempo para preparar a resposta militar. Não é verdade que a CGT e os sindicatos não tivessem força. Não aceito a tese de R.A. Dreifuss (1964: a conquista do Estado. Rio de Janeiro: Vozes, 1981) que, usando categorias gramscianas, afirma que, com o golpe, a burguesia teria conquistado um novo consenso. Ela abandonou o consenso populista pela repressão direta. Acredito que 64 foi o auge da nossa luta de classe do século XX. Desde então, não há mais lugar ao populismo.

Mário Maestri: E o Brizola?

Jacob Gorender: Brizola pode chegar ao poder, mas vai ser tão repressivo como qualquer general.

Mário Maestri: A análise de 64 não é o principal objetivo do livro?

Jacob Gorender: Mais de 70% é sobre o pós-64. A vitória do golpe resultou na desagregação do PCB e um importante debate, até 1967. O debate levou a cisões internas e à fundação, com a participação de membros do comitê central, da ALN (de Carlos Marighella e Câmara Ferreira) e do PCBR (de Mário Alves, Apolônio de Carvalho e eu). Surgiu um quadro da esquerda completamente diferente. Prestes e Giocondo [Dias] chefiaram a defesa da linha pacifista e se opuseram a mudanças políticas.

Mário Maestri: Não é muito simpático ao “Cavaleiro da Esperança”.

Jacob Gorender: Só se for a esperança da burguesia! Era um dever meu restabelecer a verdade histórica. Meu livro é a favor da esquerda. Os mitos fazem mal. Prestes tornou-se um herói mitológico. Ele é um homem corajoso, de ideias, desprendido dos bens materiais. Como foram e são inúmeros outros revolucionários. Na realidade, é um homem de pouca cultura, um pensador medíocre. Em todos estes anos, não legou um só trabalho de interpretação marxista da realidade brasileira. Apenas relatórios, informes etc. Nem sempre escritos por ele. Foi sempre um desastre como político. Não teve a capacidade de receber novas ideias ou compreender as conjunturas. Faltou-lhe sempre o contato real com a população brasileira. Como um político foi um desastre.

Mário Maestri: Voltemos à esquerda.

Jacob Gorender: Procuro descrever o importante debate e as influências das experiências externas (Cuba, Argélia, Vietnã etc.) que precederam o lançamento da luta armada a partir de 1968. Falo das tentativas guerrilheiras dos brizolistas, das origens e das ações das três primeiras organizações armadas marxistas (ALN, Colina, VPR). Nesta época, as outras organizações não se dedicavam à luta armada. Em 68, ocorrem os últimos grandes movimentos de massa, sindicais, estudantis e populares. A direita militar preparava-se para golpear os últimos resquícios de direitos democráticos. As ações armadas foram as justificativas. O Ato Institucional nº 5 viria de qualquer maneira. A desculpa foi o caso Moreira Alves. Um discurso quase insignificante... Com o retrocesso do movimento de massa e o regime repressivo, as organizações que não se dedicavam à luta armada (PCBR, AP etc.) viram bloqueadas suas ações. Ocorre então o que chamo uma imersão geral das organizações na luta armada.

Mário Maestri: Esta participação na luta armada foi geral?

Jacob Gorender: O PCB, que era pacifista, logicamente ficou à margem. O PC do B manteve-se, até lançar a guerrilha do Araguaia. O único grupo não-pacifista imune à guerrilha foi o POR (trotskista). Refiro-me a momentos importantes desta conjuntura: os sequestros, o cerco do vale do Ribeira etc. No relativo à morte de Marighella, procurei estabelecer a verdade histórica. Não podia permitir que a interpretação do frei Betto, sobre a CIA e os dominicanos, em seu livro Batismo de Sangue, continuasse sem respostas. Refiro-me a alguns casos não conhecidos pelo público, como o relacionamento mantido por Marighella e (Hermínio) Sacchetta. Este último fora expulso do PCB, há muito, como trotskista, e terminaria sendo duramente atacado por Jorge Amado, em (o romance) Subterrâneos da liberdade.

Mário Maestri: Enfim, o que ensinaria teu livro?

Jacob Gorender: Eu não ensino nada. A esquerda marxista brasileira fez recurso à luta armada em dois momentos da história: em 1935 e 1968. O que não é muito comum na América Latina. Na última experiência, praticou o foquismo e o terrorismo. O milagre econômico e o isolamento do movimento de massas tornavam impossível uma vitória. Uma experiência que deve ser estudada sem preconceitos. Apresento esta ação política como o recurso ao que chamo de violência incondicionada. Ou seja, quando não estão dadas as condições históricas.

(Digitado por Anne E. Durgante - Especial para o Correio da Cidadania)

de Serafina

COPA DO MUNDO ESCOLA ESTHERINA

Nesta quinta-feira (12/06), dia da abertura da Copa do Mundo 2014, a Escola Municipal Professora Estherina Marubin desenvolveu diversas atividades em comemoração a esta data que marca a história do Brasil. A programação iniciou com a execução do Hino Nacional, vídeo Show de Bola, apresentação das bandeiras dos países participantes, confeccionadas pelos alunos, músicas, decoração do ambiente escolar e plantio de árvores. A proposta é ampliar o conhecimento e despertar desde cedo, nos alunos o espírito patriótico.

Turmas da APAE REALIZAM REFORÇO NO TELECENTRO COMUNITÁRIO

Nas segundas­feiras, pela parte da manhã, das 8h30min às 9h30min, as turmas da APAE, Multicicladas e EJA, realizam visitas na Biblioteca Municipal Mario Quintana, onde as professoras trabalham reforço escolar, através de sites educativos, letras, números, leituras e lazer, bem como atividades de coordenação motora e concentração. Os alunos demonstram gostar muito de trabalhar com os computadores, já que os mesmos são novidades para eles.



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

Jun01
Jun02
           



OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 170 - maio 2014
Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99


ESTÃO À VENDA


Cidades vizinhas (A briga entre cidades gaúchas) • R$ 15


Cosi la ze stata (Breves histórias de Serafina Correa/RS) • R$ 20


Getulio Vargas, depoimentos de um filho (Maneco Vargas fala de Getulio) • R$ 20


Estradas do Rio Grande (A história da construção pesada no RS) • R$ 50

Mais a postagem. Procure pelo olidescanton@bol.com.br.


ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog



LINKS QUE RECOMENDAMOS

Correio Do Povo
Claudio Humberto
Diário da Fronteira

DAiário Popular
Enfato
Folha de São Borja
Informativo
RedeCidade
RSUrgente
Jornal A Hora
Jornal do Comércio
Jornal do Mercado
Jornal O Sul
Jornal Panorama Regional
Políbio Braga
Prefeitura de Porto Alegre
Prefeitura Serafina
Correa

Ricardo Noblat
Rosane Oliveira
Sindicato dos Jornalistas
SUL21
Vide Versus

REPORTAGENS ESPECIAIS

Veja em "Memória"