"Faz tempo que não consigo arrancar um sorriso
da minha mulher" - Prof. TALEMA, de ioga



30 de outubro de 2015

Feira do Livro

a feira começa nesta 6.

na quarta já havia barracas abertas colocando os livros em ordem....

a ari TERCEIRIZOU a barraca da feira pra JA EDITORES

qdo vi que o cleber ia cuidar da barraca da ari, entendi logo...e me lembrei do veio briza que disse :
- desisto do LULA...

briza disse isto qdo viu que henrique meirelles ia comandar o Bcentral no gov do PT

 

linguiça

com o perdão da redundancia, não leio o david, que pessoalmente me dou muito bem.

mas acho que suas colunas enchem muita ' linguiça'. hj na sauna o linguiceiro oficial que a frequenta disse:

- tá boa a coluna do david hj na zh. só podia ser, né. falou do ganha pão dele.

 

PAUTA

A COLUNA DA CLAUDIA TAJES DE DOM NA DONNA LEVANTOU UMA PUTA MATERIA DE ECONOMIA POPULAR.

MAS OLHA QUEM VAI SE DAR AO TRABALHO?????

DEIXA ASSIM QUE É MELHOR.

claudia tajes fez aquilo que o corpo editorial do ZH nao tem feito. denuncias a favor do consumidor, do leitor.

qdo li a coluna da tajes no dom me impressionei. parecia que era a unica reportagem no jr naquele dia, um domingo.

* a claudia fez ali,talvez sem querer, ou por dna jORNALISMo. nãoe ste que se faz hj em dia...mas jornalismo POPULAR.

* era o que o KOLECZA FAZIA NA DENUNCAI.

OU A ZH NOS TEMPOS QUE NASCEU PRA SE FIRMAR. HJ É TUDO LANTEJOULAS PRA CIMA DE MOI....

COMO DIZIA O JARBAS HAAG, SÃO TODOS REMPLU DE SOI MEME( CHEIOS DE SI MESMO)

DIANTE DO QUE A CLAUDINHA TAJES DENUNCIOU NO DOM NA DONNA, VOU CHAMAR O KOMBEIRO DA VILA DO CACHORRO SENTADO.GARANTO QUE 300 PAUS RESOLVE TUIDO.

O CESAR TASCA DO AGAPIO SEMPRE ME DIZ.
QUE FALTA QUE FAZ O SANTANA. ELE ERA O UNICO QUE DAVA PAU NO CARTEL DA CERVEJA, DA CARNE QUE MEXIA NA ECONOMIA POPULAR.

É PODE SER.

o jornalismo que se faz por aí é que calça o cara veste, que batom a moça usou....

virou tudo a mesmo chose

O JORNALISMO DE HJ É SO FRUKI FRUKI....

coimentarizozinha de fulana de beltrama, ainda bem que tou veio e penderei as chuterias

 

leitores

tenho leitores no JC pelo visto.

as fotos que postei na 2 aqui, do cara do nico no mercado, foram mandadas fazer pro JC e sairam na 4, na pag 3.

tá bom, tão me lendo.

 

gente

ayres cerutti e nelcira nascimento

 

Nubia mandou recado

qdo o pref Alceu Collares tinha como chefe de gabinete sua atual esposa, havia rumores de que ele se separaria da esposa de então, dona Antonia.

Um dia dona Antônia chegou na prefa e não gostou lá de não sei o que.....

Vai ver desconfiava de alguma coisa....que poderia estar rolando....

E deu um pequeno escandalo, que não saiu das paredes da prefeitura, a não ser entre os funcionários.

Núbia silveira ,editora da ZH, usou a repórter Nelcira Nascimento, que cobria a prefeitura pra mandar o seguinte recado a Collares:

- Nós não temos nada com sua vida privada, mas se isto virar público(ou seja se houver algum escandalo por causa de seus envolvimentos afetivos) o sr. e úma pessoa pública e vai pro jornal. mais ou menos nestes termos, claro que não tão explicito.

O recado chegou aos ouvidos de Collares.

Que mandou o seguinte recado a editora:

- Diz que esta situação vai ser resolvida.

E o foi, quando ele formalizou a separação e foi morar com um filho, chamou a Nelcira pra dar oficialmente a notícia(OC)

 

COLLARES

qdo se separou de dona Antonia, Nubia Silveira mandou cumprimentar Alceu Collares pela atitude no entender da Nubia, ' corajosa'.

Dizem que Brizola dizia pro Collares:
- Olha, Collares, uma amantezinha a gente até poder ter, mas nunca se separar da matriz.

Devia estar falando por ele....

 

CASAMENTO

Antes de assumir o PP, Alceu Collares casou formalmente com a dona Neusa Celina Canabarro. com quem está casado até hj.

 

cantor

qdo assumiu o pp , a gaucha queria explorar o lado cantor e poético de collares.

mandou uma repórter ao palácio de canela, onde encontrou o gov. meio ' alegre'...

sua esposa, dona neuza, não deixou que ele cantasse ao vivo....

 

SELETIVA

Sec de Minas do Gov Collares, a atual presidenta da República, DILMA ROUSSEFF-então mais conhecida por LINHARES -aconselhava o colega GABRIEL FADEL, procurador do estado, sobre um convite que ele fizera a NELCIRA NASCIMENTO pra trabalhar com ele:
- TU QUERES O SANGUE SUOR E LAGRIMAS DA NELCIRA OU QUE ELA QUEBRE TEUS PEPINOS????
é que gabriel queria que nelcira ficasse 8 hs na procuradoria e a colega não podia.

 

Historias do Piratini

Ataídes Miranda então poderoso da Guaíba chegou com o cabelo ' meio avermelhado' no PP...ele cobria o palácio...

havia ali uma reunião onde tavam a ema belmonte, a alda souza, a nelcira nascimento,entre outros.

collares, o gov. muito gozador, fez 1 comentário sobre o cabelo do ataídes, que não gostou

- de .....chegou a ....

respondeu ataídes, repetindo um bordão muito usado pela oposição.

collares tirou na esportiva mas disse:

- vou contar pra ela.

 

MARÇAL

o loko que mora na vila santa isabel vai reeditar olivro BANDIDOS NA FRONTEIRA OESTE. PARECE SAI DIA 5 DE NOV NOVA EDIÇÃO.

FALOU EM BANDIDO DA FRON OESTE ESGOTOU A EDIÇÃO . OS PARENTES MANDARAM COMPRAR TODOS.

INCLUSIVE OC APINCHOD E SB

 

Racismo

uma coleguinha tem um desejo secreto: processar por racismo alguém que a ofenda.
pode ser....

 

Capa

a capa obvia. tanto zh como cp deram na 4 esta capa.

o avião viaja no caminhão....capa óbvia....

 

Rosário

os arredores do rosário...
a pr. o cachorro quente que agora é do R, e a velha independencia, hj reformulada.

 

Xiita

o XIITA VOLTOU COM FORÇA TOTAL...

ESTAVA SUMIDÃO.

 

HOUVE UM SONHO

nos anos 80, o sonho era ir MAXU PIXU.....

maio de 1981.

MS, Marcos Cunha( de Campinas) e um colega dele.

 

Cinema

UM VELHO É ALGUÉM QUE VAI MORRER LOGO

por Eron Durate Fagundes

Na velhice, o áspero, megalômano e às vezes cínico filósofo francês Jean-Paul Sartre costumava dizer, em entrevistas, que um velho é, para as pessoas que o olham, alguém que vai morrer logo. Isto inevitavelmente causa alguma piedade nas criaturas que ainda estão exuberantes de vida. O coitadismo no cinema não deixa de ser uma chaga, novelesca e melodramática. É fácil descarrilar ao fazer um filme com o tema da velhice.

O ciclo da vida (Fei yeu iao ren yan; 2012), de Yang Zhang, não chega a perder-se inteiramente neste caminho: chama a atenção para o descaso para com a velhice num mundo em que os indivíduos vivem demais e sua improdutividade na parte final da existência é vista com maus olhos por sociedades cada vez mais utilitaristas e economicistas. Mas, apesar de alguns acertos, não consegue evitar as facilidades melodramáticas, especialmente os tons de apelação emocional vulgar demais. Um bom exemplo de como o filme se desorienta mesmo em seus melhores propósitos é a parábola de pai-e-filho que um avô conta a um neto: a história do pardal na árvore como fenômeno da impaciência que as idades intermediárias têm para com os extremos da infância e da velhice encaminha um olhar certeiro para o mundo, mas o desvio emotivo é tão primário que põe tudo águas abaixo. E assim o filme se enrola em várias outras partes de sua encenação.

Penso que O ciclo da vida procura, em algumas curvas, prestar tributo ao mais belo dos filmes sobre o a velhice, o japonês Era uma vez em Tóquio (1953), de Yasujiro Ozu. Mas é um tributo deformado: se Ozu é austero, Zhang é constrangedoramente lacrimoso. O cinema da velhice tem clássicos memoráveis, como Umberto D (1951), do italiano Vittorio De Sica, ou Chuvas de verão (1978), do brasileiro Carlos Diegues. O sueco Ingmar Bergman fez da velhice um subtema em seu glorioso Morangos silvestres (1958). Embora haja em O ciclo da vida alguns esforços de comunicação, a precariedade estética o impede de chegar a algum lugar mais relevante no mundo do cinema.

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 31/10/2015) as 10h15min na Sala Norberto Lubisco assistiremos ao filme "Obra" (2013). São Paulo. Às vésperas do nascimento de seu primeiro filho, um arquiteto, João Carlos (Irandhir Santos), encontra uma ossada na obra que está prestes a iniciar. A descoberta desestabiliza sua vida, fazendo com que ele questione sua profissão, a cidade em que vive e até mesmo o relacionamento com sua esposa (Lola Peploe). Estreia de Gregório Graziosi como diretor de longa-metragens. Lola Peploe veio pela primeira vez ao Brasil para participar das filmagens do longa-metragem. A atriz esteve no país entre os dias 1º e 10 de fevereiro de 2013. Rodado inteiramente na cidade de São Paulo, em locações como o Copan, a igreja da Consolação, o Edifício Eiffel, a Escola da Cidade e a Estação Pinacoteca. A atriz Lola Peploe conheceu o diretor Gregório Graziosi no Festival de Locarno de 2012, quando ele exibiu o curta-metragem Monumento.

No próximo Domingo (dia 01/11/2015) as 10h15min no Cine Capitólio assistiremos ao filme "Minha irmã" (Sister - 2012). Suíça. Simon (Kacey Mottet Klein) é um garoto de 12 anos que comete pequenos roubos em uma estação de esqui. Ele mora com a irmã, Louise (Léa Seydoux), e vende os produtos roubados para vizinhos do conjunto habitacional em que vive. Quando Louise perde o emprego, ela passa a depender dos ganhos do irmão. Só que o tempo passa e ela, sem perceber, fica cada vez mais dependente dele.

 

SINDIATACADISTAS DESENVOLVE AÇÕES DE CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL

O Sindiatacadistas está buscando disseminar entre os empresários do setor atacadista e de distribuição gaúchos bem como junto a toda a comunidade noções e valores de sustentabilidade ambiental. A afirmação foi feita pelo secretário executivo da entidade, João Felippe, ao participar de debate sobre a Semana Lixo Zero, que está sendo realizada de 23 a 31 de outubro. O debate foi promovido pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara de Vereadores de Porto Alegre no dia 27 passado. Segundo Felippe, o processo educacional é um instrumento essencial para a elevação dos níveis de preservação ambiental. Neste sentido, o Sindiatacadistas instituiu um Conselho de Sustentabilidade com o objetivo de orientar as empresas do setor no cumprimento d as normas legais que regem a matéria. Outra ação da entidade diz respeito ao projeto Cicloatividade, que tem como propósito incentivar a adoção de hábitos sustentáveis e saudáveis junto à população. Além da promoção de passeios ciclísticos, o projeto inclui a instalação de bicicletários em Porto Alegre produzidos com o emprego de plástico reciclado pós-consumo, numa parceria com a Braskem e a Suzuki Recicladora. Conforme Felippe, numa primeira etapa já estão sendo instaladas 60 unidades em diversos pontos da Capital. A Semana Lixo Zero pretende conscientizar a população sobre a necessidade de encontrar caminhos alternativos para o lixo, como a reciclagem e a compostagem, e não apenas o descarte, que direciona os resíduos para aterros sanitários ou para a incineraç&atild e;o.

 

Coleta externa de doação de sangue chega 31 municípios em novembro

A Hemorrede Pública do Estado promove no mês de novembro coleta externa de doação de sangue em 31 municípios. O calendário unificado engloba a agenda de coletas do Hemorgs (Porto Alegre), Hemocruz (Cruz Alta), Hemopalm (Palmeira das Missões), Hemopasso (Passo Fundo), Hemopel (Pelotas), Hemosm (Santa Maria), Hemoeste (Alegrete), Hemocs (Caxias do Sul) e Hemosar (Santa Rosa). Conforme a diretora da Hemorrede, vinculada à Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps), Denise Braga Jornada, o objetivo é intensificar o número de doações para garantir os estoques de sangue em nível adequado.

Confira o calendário unificado das coletas externas de doação de sangue:

03/11. Santo Cristo. Local: Hospital De Caridade de Santo Cristo. Rua Amandau, 157. Horário: 8h às 11h30.

04/11. Bagé. Local: Hospital Universitário URcamp. Rua Flores da Cunha, 169. Horário: 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h.

04/11. Garibaldi. Local: Posto de Saúde Central. Endereço: Rua João Missiaggia, 159. Horário: 9h às 12h e 13h30 às 16h.

04/11. Rosário do Sul. Local: Hospital Nossa Senhora Auxiliadora. Endereço: R. Sete de Setembro, 2257. Horário: das 8h às 12h.

05/11. São Francisco de Paula. Local: Em frente à Prefeitura. Av. Júlio de Castilhos, 444. Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h.

06/11. Boa Vista Do Buricá. Local: Hospital De Caridade Boa Vista. Endereço: Av. São Jose, 866. Horário: 8h às 11h30.

06/11. Erval Seco. Local: ESF I. Avenida do Comércio, 101 Bairro Centro. Horário: 8h às 11h30.

07/11. Júlio de Castilhos. Local: Posto de Saúde, Rua Padre Anchieta, 67, Val de Serra. Horário das 8h às 15h.

10/11. Sapiranga. Local: Em frente ao Hospital Sapiranguense. Rua Getúlio Vargas, 527. Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h.

13/11. Cândido Godói. Local: Hospital Santo Afonso. Rua João Magalhães, 146. Horário: 8h às 11h30.

14/11. Santa Maria. Local: Alameda Santiago do Chile, 35. Horário: 8h às 12h.

14/11. Pinheiro Machado. Local: Associação de Assistência Social de Pinheiro Machado. Rua Dutra de Andrade, 1221. Horário: 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h.

12/11. Esteio. Local: Rua Coberta. Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h.

16 e 17/11. Palmeira das Missões. Local: Rua Nissib Nassif, 503. Céu Azul. Ação Curso de Técnico de Enfermagem. Horário: 19h30 às 21h.

17/11. Feliz. Local: Em frente ao Posto de Saúde Central. Avenida Maurício Cardoso, 175. Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h.

18/11. Bagé. Local: Quartel Exército MEC. Rua General João Teles, 1001. Horário: 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h

19/11. Igrejinha. Local: Rua Coberta/Centro. Horário: 9h às 12h e das 13h30 às 16h.

19/11. Santana do Livramento. Local: Santa Casa de Misericórdia de Santana do Livramento. Endereço: R. Manduca Rodrigues, 295. Horário: 10h às 16h.

20/11. São Martinho. Local: Sociedade Cultural São Gregório. Endereço: Av. Getúlio Vargas, 690. Horário: 8h às 11h30.

20/11. Iraí. Local: ESF I. Rua Torres Gonçalves, 573, Centro. Horário: 8h ás 12h e 13h30 às 17h.

21/11. Palmeira das Missões. Local: Rua Nissib Nassif, 503. Céu Azul. Ação com Secretaria da Saúde de Constantina. Horário: 8h ás 12h e 13h30 às 17h.

21/11. Três de Maio. Local: Hospital São Vicente De Paulo. Endereço: Rua Osvaldo Cruz, 381. Horário: 8h às 11h30.

21/11. Restinga Seca. Local: Rua Edmundo Bischosf, 268 Centro. Horário: 08h30 às 16h.

23/11. Alegrete. Local: no Calçadão. Horário: das 8h às 12h.

25/11. Santa Maria. Local: RU UFSM, Avenida Roraima, 1000. Campus UFSM. Horário: 8h30 às 16h.

25/11. São Gabriel. Local: Hospital Irmandade Santa Casa de Caridade de São Gabriel. Endereço: Rua General Marques, 72. Horário: das 8h às 12h.

27/11. Novo Machado. Local: Posto de Saúde de Novo Machado. Endereço: Rua Independência, 1212. Horário: 8h às 11h30.

28/11. Tupanciretã. Local: Rua Rio Branco, 2, Centro. Horário: 8h30 às 16h.

28/11. São Lourenço do Sul. Local: Hospital de São Lourenço do Sul. Rua Almirante Abreu, 437. Horário: das 9h às 16h.

28/11. Pinhal. Local: ESF I - Rua Honorio Agnolin, 79, Centro. Horário: 8h ás 12h e 13h30 às 17h.

 

Painel “Os desafios do regime próprio de previdência do RS”

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) tem a honra de convidá-lo(a) para o Painel “Os desafios do regime próprio de previdência do RS”. Confira os detalhes abaixo e participe!

Painel “Os desafios do regime próprio de previdência do RS”

Data: 03/11/2015

Hora: 14h30min

Local: Auditório da FEE (Rua Duque de Caxias, 1691, Centro/POA)

Palestrantes:

- Ari Lovera (Diretor de Previdência do Ipergs) – “A previdência do servidor público estadual”

- Thiago Felker Andreis (Pesquisador da FEE) – “Previdência estadual: o Fundoprev como solução?”

- Máris Caroline Gosmann (Professora de Ciências Atuariais da UFRGS) - “Previdência complementar do servidor público: um exame atuarial comparativo, lições do governo federal para o RS”

Mediador: Pedro Zuanazzi (FEE)

A entrada é gratuita e haverá certificado de participação. Acompanhe a cobertura no Twitter e acesse mais informações em nosso Facebook.

 

Reunião debate regularização do Loteamento Morada Nobre no município de Araricá

A Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação, promoveu na última semana uma reunião de trabalho para tratar sobre a Regularização Fundiária do Loteamento Morada Nobre, etapa de legitimação de posse, localizada no município de Araricá.

A Secretaria de Obras através do Departamento de Regularização Fundiária e Reassentamento elaborou um plano de trabalho para organizar os meios e fornecer as matrículas dos lotes do Morada Nobre, oportunizando aos beneficiários das propriedades a legitimação da posse.

De acordo com o Secretário Gerson Burmann o plano de trabalho tem como objetivo acelerar o processo de regularização fundiária em Araricá. “Apresentamos através do DERER o plano de Trabalho para a Regularização Fundiária do Loteamento Morada Nobre, localizado no município de Araricá. Nosso compromisso é oportunizar que as famílias possam legalizar sua situação junto ao município, já que o terreno é do Estado, para posteriormente terem acesso à matrícula das propriedades, seja de forma gratuita ou onerosa. Estamos trabalhando para promover de forma eficiente à regularização dos lotes, garantindo assim segurança e o bem estar das famílias residentes no loteamento Morada Nobre”, destacou o secretário.

No ano de 2002 teve início o processo para Regularização Fundiária do Loteamento, reconhecendo a ocupação irregular em área de propriedade do Estado. Em 2006 foi realizado um cadastro das famílias residentes na área de invasão, posteriormente foi elaborado e aprovado um projeto urbanístico, contendo as diretrizes necessárias para a moradia, respeitando a legislação urbanística e ambiental vigente na época.

Após a licitação e a conclusão das obras de infraestrutura realizadas pelo Estado, foi publicada no ano de 2013 uma lei que autorizava o Estado a alienar de forma gratuita ou onerosa os lotes, de acordo com a renda de cada família.

O DERER para concluir o processo de regularização dos lotes fará juntamente com a Prefeitura de Araricá a atualização cadastral das famílias, para posteriormente efetuar a transferência das matrículas aos proprietários dos lotes gratuitos. O levantamento tem como objetivo identificar os moradores e atualizar os dados cadastrais de cada família,

Participaram da reunião o Prefeito de Araricá, Sérgio Delias Machado, a Secretaria Municipal de Habitação, Lucia de Fátima Alves Oliveira Tolfo, a Arquiteta e Diretora do DERER, Lisiane Manassi Gomes, o representante da Associação de Moradores, Venildo Antonio, o Diretor de Habitação, Eduardo Fiorin, a equipe técnica do DERER e demais autoridades do município.

 

Governo anuncia pagamento integral da folha dos servidores

Foto: Galileu Oldenburg/Casa Civil

Secretário Giovani Feltes, da Fazenda, apresentou situação financeira do Estado a líderes de sindicatos de servidores

Os salários dos servidores vinculados ao Poder Executivo referente ao mês de outubro serão pagos integralmente nesta sexta-feira (30). O anúncio foi feito pelo secretário da Fazenda, Giovani Feltes, em encontro do governo com as lideranças sindicais do funcionalismo, na manhã desta quinta-feira (29), no Palácio Piratini.

Para viabilizar o montante de R$ 1,2 bilhão necessário para a folha deste mês, a Secretaria da Fazenda já confirma novo atraso no pagamento da parcela da dívida com a União e de cerca de R$ 600 milhões de compromissos com prefeituras, hospitais, custeio de órgãos públicos e fornecedores.

É o oitavo mês consecutivo em que o Estado não consegue quitar a dívida com a União até o último dia útil de cada período. Por conta disso, nos últimos três meses, todo o ingresso de receita federal no Estado vem sendo retido até que seja saldado o valor da parcela da dívida, que em outubro é de R$ 268 milhões.

Feltes salienta que a cada mês o governo vem postergando despesas, em especial com o custeio da saúde e de programas sociais, por causa das dificuldades financeiras. A estimativa mais recente indica uma queda próxima a R$ 1,1 bilhão na arrecadação de ICMS ao longo de 2015, em decorrência da estagnação da economia do país. "Significa que o ingresso de R$ 1 bilhão no mês passado, com a elevação para 95% do limite de saque dos depósitos judiciais, servia apenas para compensar esse prejuízo na arrecadação", lamentou o secretário.

O valor líquido da folha dos servidores do Poder Executivo é de R$ 950 milhões. Outros R$ 55 milhões são necessários para a folha dos quadros de autarquias e fundações, R$ 123 mil são para as consignações bancárias e outros R$ 72 milhões referem-se a tributos. Ao todo, são 348 mil vínculos entre servidores ativos, inativos, pensões previdenciárias e pensões alimentícias.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

do leouve.com.br

Diretor do IFRS é encontrado morto em Veranópolis

O diretor do IFRS, Campus Veranópolis, Fábio Augusto Marin, foi encontrado morto dentro de seu apartamento na Rua Flores da Cunha, bairro Palugana, na manhã desta quarta-feira, dia 27.

O homem, de 46 anos, morava sozinho e estava caído ao lado da cama em seu quarto. Segundos as primeiras informações as causas da morte seriam naturais. Marin tinha 46 anos e era natural de Serafina Corrêa.

 

de Serafina

Iluminação na Via Camargo Corrêa

Atendendo um pedido de muitos anos de melhorias na área de iluminação, recentemente, a Prefeitura de Serafina Corrêa entregou oficialmente, a Iluminação da ERS 129. Além dessa obra, foi realizada toda a iluminação nova no Camping Carreiro, que agora é moderna e segura. Mais conhecida como Marginal, a Via Camargo Corrêa, paralela à ERS 129, também recebeu, nos últimos meses, um grande projeto de iluminação. A comunidade já pode usufruir dessa obra, reivindicação dos serafinenses de mais de 30 anos. O Projeto oferece maior segurança, mobilidade e trafegabilidade urbana. Logo mais a Prefeitura Municipal fará a entrega oficial de mais essa importante obra.

 

Centro de Convivência de Idosos na Capela Santa Ana

Situado no interior do município de Serafina Corrêa, o Centro de Convivência de Idosos da Capela Santa Ana está em fase final. Será um espaço acolhedor, onde as pessoas da melhor idade poderão ter mais lazer, alegria, diversão, saúde e qualidade de vida.

 

Unidade de Saúde Central em Serafina Corrêa

Investimentos em saúde, com infraestrutura adequada, profissionais e humanização do atendimento são prioridades para a Administração Pública Municipal. Em Março deste ano, a Prefeitura de Serafina Corrêa deu início a mais uma importante e grandiosa obra: a Unidade Básica de Saúde Central. Situada na Rua Costa e Silva, esquina com a Travessa Senhora Edi Ribeiro, próxima ao Centro de Saúde atual, terá recursos na ordem de mais de R$ 860 mil, provenientes do Governo Federal, Ministério da Saúde, com contrapartida do município. A UBS Central será um espaço completo e que oferecerá à população um atendimento ainda melhor. Mais uma importante conquista para todos, com investimentos em saúde, bem-estar e qualidade de vida da população.

 

Grandes melhorias na Escola Agrícola

A Escola Municipal Agrícola, uma escola técnica, está situada na Capela São João, VRS 851, no acesso do centro do município ao Camping Carreiro. É um espaço educativo muito importante para o município, recebendo estudantes de diversas cidades da região, com turno integral de ensino. Neste ano, a Prefeitura de Serafina Corrêa está realizando importantes obras como as melhorias na rede elétrica, instalando uma subestação para atendimento e abastecimento da Escola Agrícola. Além disso, quatro estufas foram instaladas em novo local, um espaço adequado para o aprendizado e prática de técnicas agrícolas. Para o Prefeito Ademir Antonio Presotto e toda sua equipe, investir em educação é pensar no futuro do município. Estamos dispensando todo o esforço para que nossas escolas sejam espaços de cultura, conhecimento e qualidade de vida.

 

Abertas Inscrições e Atualizações de Cadastros para Lotes Populares em Serafina Corrêa

O Prefeito de Serafina Corrêa, Ademir Antonio Presotto, no uso de suas atribuições legais, comunica aos interessados que estão abertas as inscrições e atualizações de cadastros para lotes populares,
moradia unifamiliar ou apartamentos de condomínios verticais. As inscrições deverão ser feitas na Prefeitura Municipal, junto à Secretaria de Coordenação, Planejamento e Gestão, de 03 a 30 de Novembro de 2015, das 7h às 13h.

 

Visitas Técnicas Programa Jovem Aprendiz SENAI

Na sexta-feira, 23 de Outubro de 2015, os alunos do Programa Jovem Aprendiz da Escola do SENAI de Serafina Corrêa e Guaporé, realizaram duas visitas técnicas na cidade de Lajeado. A primeira foi na fábrica Bebidas Fruki, onde os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o processo de fabricação dos refrigerantes. Na parte da tarde, os alunos visitaram a Univates, Unidade Integrada Vale do Taquari de Ensino Superior, oportunizando aos estudantes, conhecer toda a estrutura administrativa, as pessoas responsáveis pelos setores de RH, Contabilidade, Jurídico explicaram um pouco sobre suas atividades, já que estão estudando esta parte do conteúdo, e todo o campus da Universidade. Na oportunidade, a Diretora de Departamento de Desenvolvimento Econômico, Francine Rostirolla, acompanhou a professora Cláudia Rigo, que levou as turmas de Assistente Administrativo das cidades de Guaporé e Serafina Corrêa. De grande valia as visitas, pois proporcionam aos alunos o aprendizado, o conhecimento, despertando o espírito empreendedor.


29 de outubro de 2015

a esquina maldita

n é+maldita. só tem o veio mariu's funcionando é umbuffet.

atendido pelo genro e pela filha.....

como no campus não tem alcool, os caras da urgs vão lá tomar umas....

 

Coleguinhas

coleguinhas se especializaram em ' cheia do guaiba'. dizem besteiras mas va lá....

encontrei num sebo o marco antonio baggio.

 

HOUVE UMA X UM GREVISTA

O HJ FAMOSO E COLUNÁVEL GILBERTO SCHWARTZAMNN - E TB AUTOR DEUM BOM LIVRO - NA GREVE DO HCPA EM OUT DE 1980.

JUNTO A ELE O PRESIDENTE DA AMERE-HCPA. ASSEMBLÉIA QUE DEU FIM AGREVE NO HCPA.

ACERVO MS,.

nos anos 80,os médicos residentes fazem manifestação em apoio ao projeto de lei substitutivo à Lei de Residencia vigente então . Local na frente do HCPA.

presentes hospitais conceição, ernesto dornelles,lazarotrto e clinicas.em abril de 1980.
acervo MS

 

Xiita

o xiita mergulhou....
na giria quer dizer, sumiu. tava aparecendo muito.deu ciumes no chefe, no mínimo.

 

Livros

um livreiro me disse ontem que em caxias só queriam desconto. quer o que de gringo???

olha o parcelamento ai....

 

dos leitores

nadilce zanatta,de cazias...

"Sito vivo ancora? kkkkkkkkkkkk
Lembrei de ti domingo, pq fui dar uma volta e entrei num lugar chamado 'Caminhos de Pedra', aqui perto. Que lugar gelado. Não fomos propriamente pra visitar, só passamos para algumas fotos, pois o vento já me deixou indisposta.
Tu está bem? Apareceu a viúva?
Estou ajeitando meu apê, desde julho que não fazia faxina de verdade, fiquei doente, lembra.
Ainda estou em função de médico. Mas ele já me disse que se quero melhorar tenho que morar em praia.
Bem, te conto que não fui na Feira do Livro, choveu mto, e eu não quis me expor. Dizem que não perdi mta coisa. Mas semana passada fui no sebo e por R$25,00 comprei 6 livros ótimos, escolhidos à dedo."

 

de São Borja

amanhece em sb pelo capincho...

 

Cinema

AS TRIVIALIDADES DA AÇÃO PURA

por Eron Duarte Fagundes

Sicario, terra de ninguém (Sicario; 2015), do canadense Denis Villeneuve, é antes de tudo um filme de ação primária, onde se valoriza sobremaneira aquele tipo de gesto físico da personagem que serve a promover uma empatia emocional mais ou menos direta do espectador. Neste aspecto o realizador segura bem sua barra narrativa, mantendo o tempo inteiro acesa a atenção do assistente e fazendo com que se aceitem certas coisas mal explicadas do roteiro, certas brechas inevitáveis da lógica de fatos proposta por Villeneuve.

O assunto do filme é o violento mundo do tráfico na fronteira do México com os Estados Unidos e o universo de corrupção que envolve traficantes e agentes da lei neste meio de motivações escusas, mesmo disfarçadas sob traumas familiares, como o policial que teve sua família assassinada pelos chefões e depois vai à casa de um (ou jantar de um) vingar-se. No centro da trama, a correta policial vivida por Emily Blunt vai comer o pão que o diabo amassou para descobrir que a podridão e a violência parecem não ter jeito em certos lugares. Ao lidar com este tema internacional, falta a Villeneuve a dimensão da complexidade.

O que sobra mesmo é sua habilidade como um homem preparado para um típico espetáculo cinematográfico cuja base é o comércio das imagens.

 

de Serafina

Fase final do Salão Comunitário no Alto do Paraíso

A Prefeitura de Serafina Corrêa está investindo em obras que proporcionam bem-estar social, integração e qualidade de vida para todos. No Alto do Paraíso, Bairro Santin, o Salão Comunitário, próximo à Escola Estadual 1º de Maio está em fase final. A obra contempla 154,88m² de área, com calçadas, muro, brinquedos, parque infantil, praça e quadra de esportes. Centenas de moradores comemoram mais essa importante obra, um Salão Comunitário que representa espaço para integração, alegria e muita qualidade de vida para todos.


28 de outubro de 2015

Bancos

acabou a greve, acabou a ' sujeira' nas paredes....

ACABOU A GREVE. TRABALHO PRAS FAXINEIRAS NO PREDIO DO BB DA URUGUAI.

mais greve de banco. acabou e as filas se formaram...

 

CHAGAS, SUA NAMORADA E SUA AMIGA

apelidado pelo licinio de ' black boy', emilio chagas está aqui ainda novinho em floripa. mais precisamente na MOLE.

foi no carnaval de 1986 me garante a dona da foto, MS, que está na foto, junto com ELOISA GOBBI, segundo minhas filhas ' a mulher mais magra do mundo".

atenção pra bruma do fim de tarde. era o que o mar provocava mesmo.(OC)

 

da Ufrgs

no col de aplicação, o profi senta com os alunos na manhã desta ter

 

cartorios

paguei 50 reais por 3 folhas de xerox de um cartório de imóveis. duas verso e anteverso. 5 copias então.
quem estipula preços de cartório????

como faz o pobre diante de uma situação destas???

 

a coleção de canetas da dione frreitas....

 

dos leitores

Nunca disse q "AS MUIE TRABALHAM + QUE OS HOMI HJ EM DIA". A minha percepção é de que hj em dia há muito + oportunidades de trabalho para as mulheres q para os homens. É uma questão de mercado, ñ é uma questão pessoal, de vontade, de opção, de capacidade etc...

Agora, tem um aspecto interessante: onde entra estudo, as mulheres disparam na frente. Vestibular, concurso, é tudo com elas. Pq elas estudam e em estudo o homem ñ é chegado. Homem ñ gosta de estudar, homem gosta de FAZER, de agir... Por isso tem tanta médica, dentista, juíza, promotora, advogada etc etc... Elas tomaram conta destas áreas. Pelo estudo, passando em massa nos vestibas e nos cursinhos. (Laurinho da Venâncio)

 

a redença vista do alto.....

 

Feria do Livro

foi lançada a feira do livro....

os salamaleques de sp....

a novi é que vão pedir IR pra feira. como doação.

vai ver viram que a teta gordo do poder público com LAVA JATOS vai secar.

 

Vai começar a maior Feira do Livro a céu aberto das Américas

Cerimônia de abertura ocorre na sexta-feira, 30/10, às 19h.

Durante 17 dias, a capital gaúcha recebe a maior Feira do Livro a céu aberto das Américas. A cerimônia de abertura do evento, que completa 61 anos, está marcada para sexta-feira, dia 30, às 19h, no Teatro Carlos Urbim (Av. Sepúlveda, entre a Rua Siqueira Campos e a Av. Mauá).geral4 VENTURA web
As barracas da Área Infantil e Juvenil abrem das 9h30 às 21h. Nas áreas Geral e Internacional abrem das 12h30 às 21h, excetuando-se os sábados, quando abrirão às 10h.
São 15 barracas na Área Infantil e Juvenil, 90 na Área Geral e oito estandes na Área Internacional. No total, serão 113 expositores. A Feira abre com atrativa programação cultural, esperando reunir na Praça os leitores gaúchos e visitantes de todo o Brasil.

Serviço da abertura:
9h30 – Abertura das barracas da Área Infantil
12h30 – Abertura das barracas das áreas Geral e Internacional
19h – Cerimônia de abertura
Local: Teatro Carlos Urbim (Av. Sepúlveda, entre a Rua Siqueira Campos e a Av. Mauá).

Roteiro:
– Boas-vindas
– Hino Nacional do Brasil pela Banda Municipal de Porto Alegre
– Palavra do presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Marco Cena
– Patrono da 60º Feira do Livro de Porto Alegre, Airton Ortiz
– Patrono da 61º Feira do Livro de Porto Alegre, Dilan Camargo
– Palavra de autoridades
– Hino do Rio Grande do Sul
– Abertura Oficial
– Cortejo de abertura
– Programação artística.

 

Câmara Rio-Grandense do Livro lança campanha para incentivar doações de Pessoa Física para a Feira do Livro de POA

Novidade foi apresentada na manhã desta terça-feira, 27/10, em coletiva para a imprensa que apresentou a programação da Feira em 2015 e o tema da 61ª edição.
Evento acontece de 30 de outubro a 15 de novembro na Praça da Alfândega, centro da capital gaúcha.

A 61ª Feira do Livro de Porto Alegre, a maior a céu aberto das Américas, começa na próxima sexta-feira, 30/10, fazendo um convite e lançando um desafio à sociedade: além de incentivar o leitor a comparecer na Praça da Alfândega para ler, debater e pensar, a Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL) conclama a população para que ela assuma o protagonismo e faça a Feira acontecer.
"Vivemos um momento de mudança e adaptação. Não podemos mais depender apenas das instituições. Está na hora de a comunidade ajudar," afirmou o presidente da Câmara Marco Cena, sobre a campanha que busca incentivar as pessoas físicas a colaborarem com a Feira, via Lei Rouanet.
Segundo a iniciativa, cada cidadão pode investir em projetos culturais até 6% do Imposto de Renda a recolher, no valor mínimo de R$ 100. No estande do Conselho Regional de Administração do RS, que estará localizado na Praça da Alfândega, nas imediações do Monumento ao General Osório, será possível receber orientação sobre o assunto.
A campanha foi lançada junto com a identidade visual, publicidade, novidades e a programação do evento em coletiva na manhã desta terça-feira, no auditório do Memorial do Rio Grande do Sul.
Neste ano, o tema LIVROS AJUDAM A PENSAR pretende provocar a reflexão do leitor. Para o presidente da CRL, Marco Cena, o livro precisa ser valorizado como ferramenta de conexão entre as pessoas.
A campanha também foi apresentada pelo poeta e um dos diretores da Matriz – agência responsável -, Luiz Coronel, que explicou como ela foi realizada e apresentou vídeos publicitários e fotos.

– Apostamos na valorização do livro, no seu aprofundamento crítico. Ao livro compete a sistematização e o aprofundamento das ideias. Mais do que ajudar a pensar, o livro nos obriga a pensar – destacou Coronel, que foi patrono da 58ª Feira do Livro.

O patrono da 61ª Feira do Livro, Dilan Camargo, lembrou os desafios e as dificuldades enfrentadas para a realização do evento e destacou a importância do livro como bem cultural e objeto civilizatório, que, na forma impressa, tem quase 600 anos, desde a publicação da Bíblia de Gutenberg.

– Não temos que temer o futuro do livro, mas a qualidade da leitura que se faz hoje. E como bem cultural, o livro tem de ser reavaliado. Precisamos colocar o pensamento no centro das decisões. Cabe à sociedade assumir essa responsabilidade – disse o poeta e escritor.

Patrono em 2014, o escritor Airton Ortiz deu uma dica para o sucessor:

– Visite todas as bancas da Feira para motivar os livreiros que estão lá, para que recebam os leitores de maneira afetiva e carinhosa. E prepare-se para gastar os sapatos – brincou, arrancando risos do público.

O site (http://www.feiradolivro-poa.com.br/) é outra novidade da edição deste ano. O vice-presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Eliandro Rocha, falou sobre a renovação da página da Feira na internet, que está mais funcional e fácil de navegar, totalmente integrada às redes sociais e com a programação completa da Feira.

Presentes na coletiva, o secretário municipal de Cultura, Roque Jacoby, o secretário municipal de Obras e Viação, Mauro Zacher, e o secretário estadual de Educação, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, manifestaram suas expectativas em relação ao evento, que começa na próxima sexta-feira, às 19h, no Teatro Carlos Urbim, na Avenida Sepúlveda, entre a Rua Siqueira Campos e a Avenida Mauá.
Durante 17 dias, serão cerca de 700 sessões de autógrafos, 300 atividades para crianças, jovens e professores e outras 145 paralelas à Feira. Estão previstos também 227 encontros com autores, 48 programações artísticas e 24 oficinas.

 

Cinema

A FALTA DE INVENÇÃO À EUROPEIA

por Eron Duarte Fagundes

Secura e aridez, e uma certa rigidez (engessamento), percorrem as imagens de Minha irmã (L’enfant d’en haut; 2012), produção franco-suíça de Ursula Meier. A narrativa estabelece sua pose, bressoniana, meio à maneira dos irmãos Dardenne; mas tudo é opaco em cena, e sua estudada desglamurização, embora curiosa, tropeça num ritmo cinematográfico arrastado.
A realizadora acompanha um casal de falsos irmãos (na verdade eles são mãe e filho), vivendo nas beiradas do capitalismo europeu em ruínas. A picaretagem dos protagonistas se estende um pouco pela própria maneira de ser do filme. As tentativas de ajustes sociais das personagens esbarram em suas tendências ao golpe; assim como as intenções corretas da realização topa com uma forma irregular e divagante.

 

Ibsen Pinheiro fará homenagem a ARI e Aceg nesta quarta-feira

O presidente estadual do PMDB-RS, deputado estadual Ibsen Pinheiro, fará um Grande Expediente nesta quarta-feira, 28 de outubro, em homenagem aos 80 anos da ARI (Associação Riograndense de Imprensa) e 70 anos da Aceg (Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos). A solenidade será realizada às 14h no Plenário 20 de Setembro, na Assembleia Legislativa.

A ARI foi fundada em 19 de dezembro de 1935, reunindo 114 jornalistas de veículos Porto Alegre e atualmente conta com cerca de 500 associados ativos. Já a Aceg foi instituída em 25 de setembro de 1945, com o objetivo de reunir todos aqueles que escreviam sobre esportes nos jornais da capital do Rio Grande do Sul.

 

de Serafina

Serafinense Ari Riboldi lança o 6º livro

Já está nas livrarias o 6º livro do Professor e Escritor Ari Riboldi. Fruto de exaustiva pesquisa, é um verdadeiro presente para os leitores. O BODE EXPIATÓRIO – Edição Especial, Editora AGE, 120 páginas. A mais completa coletânea de expressões com nomes de animais, de A a Z, num único volume. Espírito de porco, tempo de vacas magras, fazer uma vaquinha, tem boi na linha, bicho de sete cabeças, cabeça de bagre, estar com o burro na sombra, idade da loba, boi de piranha, missa do galo, estar com a macaca, deu zebra, matar cachorro a grito, pagar o pato, lágrimas de crocodilo, memória de elefante, papagaio de pirata, soltar a franga, falar cobras e lagartos, ovelha negra, cabra da peste, a cavalo dado não se olha o dente. Mais de 200 expressões com a história de sua origem, o significado literal e original e o sentido atual.

Linguagem simples, em estilo objetivo, direto e de refinado humor. Com certeza, leitura aprazível e fonte de pesquisa e de consulta de uma das vertentes mais ricas e criativas da língua
portuguesa. Livro indicado para pesquisas e trabalhos escolares e para o leitor que busca resgatar a história de tantas expressões com nomes de animais usadas no dia a dia. Paralelamente, a obra torna-se um pano de fundo para uma compreensão mais abrangente da história da humanidade,
por meio da análise de expressões e ditados que refletem o pensamento e os costumes do ser humano. Os animais sempre foram a metáfora perfeita para retratar o comportamento humano. Compreender o sentido original dessas expressões e ditados, portanto, é descobrir e
acompanhar o pensamento do homem ao longo da história. Sessão de autógrafos: a nova obra de Ari Riboldi integra a programação da 61ª Feira do Livro de Porto Alegre, de 30/10 a 15/11,
com sessão de autógrafos às 19 horas do dia 09/11/2015, no Pavilhão de Autógrafos, na Praça da Alfândega.

AUTOR

Ari Riboldi nasceu no distrito de Silva Jardim, na divisa entre os municípios de Serafina Corrêa e Casca – RS, filho dos agricultores Vitório e Ângela Riboldi, quarto filho de uma família de 9 irmãos. Formado em Letras e pós-graduado em Literatura Brasileira, é Técnico em Assuntos Educacionais e professor da rede pública e privada, há mais de 30 anos, em Porto Alegre. Palestrante, articulista, é hoje uma referência nacional em matéria de origem de palavras, expressões, ditos populares e gírias. Colabora com a revista Super Interessante, Portal Terra e mantém coluna em vários jornais, revistas e sites. Integra a relação de autores do projeto Autor Presente, do Instituto Estadual do Livro, que leva escritores gaúchos ao encontro de estudantes de escolas públicas após a leitura e o estudo das obras selecionadas. Dada a repercussão de seus livros, já foi entrevistado pelo programa do Jô, da Rede Globo de Televisão, a convite da produção, quando hipnotizou uma galinha na frente do apresentador e plateia. É requisitado com frequência para entrevistas a programas de rádio, tv, jornais e revistas pela peculiaridade de suas pesquisas de linguagem e também pela forma didática e objetiva de sua exposição, em que combina informação, cultura, descontração e humor.

 

Prefeitura busca solução para lombada eletrônica e operação tapa-buraco junto ao DAER-RS

Na manhã desta terça-feira, 27 de Outubro, o Coordenador Geral da Secretaria de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer, Nelcídio Roberto Alban, juntamente com a Diretora do Departamento de Turismo e Infraestrutura, Ediana Maróstica, estiveram em audiência com o Superintendente Regional 6ª SR – DAER, Engenheiro João Batista Rosa de Almeida, na cidade de Passo Fundo, para tratar da reinstalação da Lombada Eletrônica na ERS 129, próximo ao trevo de acesso ao Bairro Santin, devido ao aumento da incidência de acidentes nesse local após a retirada da mesma. Outro assunto tratado na reunião foi a solicitação de limpeza geral das sarjetas, roçada e operação tapa-buraco na Estrada Vicinal VRS 851, no trecho de Serafina Corrêa ao Balneário Camping Carreiro, que apresenta vários buracos na pista. Os pleitos foram encaminhados e o compromisso firmado por parte do DAER de não medir esforços para o atendimento dentro do menor prazo possível.

 

Prefeito recebe a Banda Municipal

O Prefeito Municipal Ademir Antonio Presotto recebeu, em seu Gabinete, na tarde de segunda-feira, 26 de Outubro de 2015, a Diretora da Secretaria de Cultura, Ingrid Regina Castro, o Professor Adriano Nunes de Souza, além dos integrantes do Projeto Cultural Banda Municipal e do Corpo Coreográfico. Na oportunidade, houve pronunciamentos, onde o Professor do Projeto
agradeceu o Poder Público Municipal pelo incentivo, bem como às crianças e adolescentes que fazem parte do Grupo, valorizando o esforço e dedicação de cada um, destacando: Fizemos um ótimo trabalho, mas não podemos perder a humildade, vamos seguir com muito empenho.
O Prefeito Ademir Antonio Presotto destacou que os integrantes desse Projeto Cultural estão de parabéns, bem como os familiares,

salientando que o sucesso existe quando as pessoas se envolvem. Vocês são o futuro do município, por isso, estudem, obedeçam as famílias e busquem conhecimento. Precisamos de vocês para garantir um futuro melhor, finalizou o Prefeito. Também foram apresentados, na oportunidade, os troféus conquistados no 24° Concurso Estadual de Bandas e Fanfarras da FEBRAGS – Federação
de Bandas do Rio Grande do Sul, no município de Pantano Grande/RS, no dia 17 de Outubro de 2015. Naquela oportunidade, a Banda Municipal de Serafina Corrêa, inscrita na Categoria Banda Musical Infanto Juvenil, conquistou os seguintes prêmios: 1° Lugar – Banda Musical; 1° Lugar –
Corpo Coreográfico e 2° Lugar – Baliza.


27 de outubro
de 2015

Feira do Livro

ja deu pra ver que a feira será bem menos gradiosa este ano.
quem sabe um pouca de garra compensa a falta de grana. pq convenhamos andavam muito atirados nas cordas nos ultimos anos.

tudo no molezinho, e todos se achando grandes ESTRELAS a coemçar pela gente da CRL.

 

a quem interessar

consigo o dicionário do talian por loo,oo reais.

 

AS RUAS DE LA PAZ

final de abril de 1981. frio em la paz. foto de MS.

a bolivia fede a mijo e a bosta. no interior, todos fazem suas necessidades ' a la pampa', como chamam o mato.

 

chorinho....

muito bom o chorinho dosantander no centro.

por seis pilas vê-se um bom show destes.

 

Legenda

sr editor, cade a legenda da foto...quem são estes caras?????

 

do Antônio

2 carne de panela no antonio. mas não é sempre que tem. melhor ligar pra lá.

seo luiz do antonio lanches le o zh enquanto come o rango....

 

SMAM

a arvore dalavras tá sendo levada pela SMAM. isto foi na 6 passada.....

 

zs

em direção a zona sul. a passagem pelo gigante...

?outrora chamado de ' boia cativa'....

 

Zs

indo pra cav no sab pas fiz estas fotos aolongo do trajeto.

era um tipico sabado primaveril dos pampas...nub....ameaçando chuva e ainda um pouco frio(OC)

 

de São Borja

amanhecer em sb foto do CAPINCHO


Foto do amanhecer

 

CAPINCHO RABUDO

ganhou de novo na quadra. mais de mil paus...

separou 400 pras tias que chamam ele de meu amor....

 

Cinema

O GÓTICO PERVERSO DE DEL TORO

por Eron Duarte Fagundes

Guillermo del Toro, realizador mexicano, apresenta resultados cinematográficos irregulares de filme para filme. Isto se deve, essencialmente, a algumas hesitações sobre o que ele próprio quer dos filmes que realiza. Embora mantenha uma coerência em sua opção pela encenação gótica em que os aparatos visuais remetem a um sentimento de perversidade, Del Toro ora parece empenhar-se em aprofundar suas pesquisas estéticas, ora namora um público brutalizado por um cinema massificante e infantiloide. A colina escarlate (Crimson peak; 2015) recupera a inteligência de seu cinema, depois da parafernália de ação desencontrada que foi Círculo de fogo (2013); não chega a ser algo tão agudo quanto O labirinto do fauno (2006), sempre sua obra-prima, mas é uma aula de sensibilidade visual que, por sua claustrofobia aterrorizante e malvadez constante, restaura para a memória do espectador certas atmosferas adormecidas no fundo do cinema, aquela de Repulsa ao sexo (1965), do polonês Roman Polansky, e Almas perdidas (1977), do italiano Dino Risi. Antes que me malhem, devo esclarecer que A colina escarlate, sem embargo de sua relevância atual, está longe da altura atingida por estes tesouros passados; antes que me saia um reacionarismo estético à Bogdanovich, situo a realização de Del Toro na mesma busca destes grandes filmes, com as atualizações devidas ao multiforme século XXI.

Mesmo lidando com a fantasia solta de um universo de fantasmas, é notável a inteireza com que o cineasta dá formas sólidas a seus delírios cinematográficos muito particulares. Esta solidez se alicerça, basicamente, no controle da opulência visual de que se vale Del Toro: as pratarias, os móveis, as máscaras e pinturas e vestes, os rebuscados e atulhados cenários não escondem seu transbordamento onírico mas nota-se a inteligência de filmar por trás de tudo, organizando as coisas. Como ocorre no polonês Polansky, no espanhol Luis Buñuel ou no italiano Risi. Como diz uma personagem, fantasmas são reais. Mas alguém diz em outro momento que estes seres são também metáforas. É desta junção entre o concreto visto na tela e o símbolo deste concreto transformado em real que Del Toro extrai a beleza de seu novo filme, um conto de horror gótico feito com as vísceras, mas que é também capaz de pôr ordem entre estas tripas.

 

LIBRE

Deixa assim, está tudo quites....

(OC)

De: m-rocha
Data: 26/10/2015 16h23min10s UTC

OLIDES !

PARA QUE NÃO INCORRA EM UMA INJUSTICA,E SEJAS PROCESSADO POR CALÚNIA E
DIFAMAÇÃO( TEM JUSRISPRUDÊNCIA ), RETIFICA NO TEU BLOG A INFORMAÇÃO QUE EU NÃO PAGUEI TEUS LIVROS. CLARO QUE O TRANSPORTE ESTAVA INCLUÍDO NO PREÇO, LOGO, NÃO TIVE FRETE A PAGAR.

E PO BASTA !!!!!!!!!!

Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

 

Em coletiva, Câmara do Livro vai apresentar a 61ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre

Evento para imprensa será na nesta terça-feira, 27/10, às 10h, no auditório do Memorial do RS – Rua Sete de Setembro, 1020- 1º andar.

A Feira do Livro de Porto Alegre volta à Praça da Alfândega, no Centro Histórico da capital gaúcha, no final do mês de Outubro. E a Câmara Rio-Grandense do Livro vai apresentar em primeira mão para a imprensa toda a programação oficial do evento e a sua campanha publicitária.
"Este ano, queremos provocar uma reflexão com a campanha da Feira. Será um bom tema para debates," antecipa o presidente da Câmara, Marco Cena.
Confirme presença através do e-mail camejo@camejo.com.br ou pelo fone: (51) 3346-4642.

Serviço:

Evento: Coletiva campanha e programação oficial Feira do Livro 2015 Data: 27 /10 – terça-feira
Horário: 10h
Local: Memorial do RS – Rua Sete de Setembro, 1020 – 1º andar.

 

Defesa do Consumidor é tema de Conferências na capital

Serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro a IV Conferência Estadual e a I Conferência Municipal de Defesa do Consumidor promovidas pelo Procon RS, Procon POA, Conselho Estadual de Defesa do Consumidor (Cedecon), Conselho Municipal de Defesa do Consumidor (Condecon) e Ministério Público do Estado (MP-RS). As inscrições que são gratuitas encontram-se abertas até 30 de outubro no e-mail conferenciadoconsumidor@gmail.com. Os eventos ocorrem no auditório do Ministério Público do RS, avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, nº 80, bairro Centro.

As conferências se constituem em um espaço de debate das diretrizes das políticas estadual e municipal sobre direitos do consumidor, afirma a diretora executiva do Procon RS, Flavia do Canto Pereira. "Será uma oportunidade de integração dos atores da causa consumeirista - Procons, MP-RS, Conselhos de Defesa do Consumidor e população - , destaca o diretor executivo do Procon Porto Alegre, Cauê Vieira,

Programação - A abertura oficial ocorre no dia 5, às 19h. Na programação dos dois dias de palestras estão temas como desafios da política nacional das relações de consumo; resolução de conflitos pela via administrativa, extrajudicial e judicial; agências reguladoras e o direito do consumidor e a proteção do consumidor como Direito e Garantia Fundamental.

Entre os palestrantes encontram-se a titular da Secretaria Nacional do Consumidor, Juliana Pereira da Silva; o vice-presidente do Tribunal de Justiça do RS, Francisco José Moesch; a promotora de justiça do Ministério Público Estadual/RS, Caroline Vaz; o presidente do Brasilcon Nacional, Bruno Miragem; o procurador da Justiça do Ministério Público Estadual, Cláudio Bonatto e o vice-presidente do Conselho Federal da OAB, Cláudio Lamachia.

 

de Serafina

a serafinense que ' enricou'...

ela veio no começo dos anos 70 pra porto. começou como recepcionista numa garagem. ali conheceu seu futuro marido, que já era casado, mas que acabou se separando pra ficar com ela.

do primeiro casamento, o cara, um comerciante, teve 2 filhos( com um genro hj em dia ele nem se dá...)

foram pro rio trabalhar....

ele é alemão, ela gringa.

fizeram fortuna e hj moram na zona sul do rio, pro lado de são conrado.

próximos deles avaliam a fortuna dos dois em 70 milhões de reais.

quem te viu, quem te ve...(OC)
ah,anos atrás, fizeram uma festa no plaza e uma gringaiada de serafina veio comemorar.

a hsitoria da serafinense me lembrou o pozenato. perguntei a ele o que queria com o quatrilho. me disse:

- queria mostrar como uma pessoa que saiu do cabo de uma enxada virou um grande industrial.

não era a traição que me interessava, me disse ele.

 

Ari

agora tudo o que é sobre serafina é com o ari riboldi( que é de silva jardim,portanto nosso 'inimigo') e com o marostica, o edgarr que conta as historias do guerinet de costa, cuel de la san piero, fiol de la porra santina.


Prefeito em reunião com empresários

Na sexta-feira, 23 de Outubro de 2015, o Prefeito Municipal Ademir Antonio Presotto esteve reunido com empresários, em seu Gabinete. Estiveram presentes o empresário Elson Pessetti, o Engenheiro Espanhol Javier Valero e o Pró-Reitor de Administração da UNIVATES de Lajeado, Oto Roberto Moerschbaecher, além da Secretária de Assuntos Especiais de Governo, Inelves Maria Pilotto Carnavalli. Na oportunidade, importantes assuntos empresariais foram discutidos, pensando no futuro do município.

 

Prefeito recebe Diretoria da ACISCO

A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Serafina Corrêa, ACISCO, através do Presidente Luciano Iesbik, do Presidente do Festipizza 2015, Ricardo Rossatto, e demais integrantes da Diretoria, estiveram reunidos com o Prefeito Municipal Ademir Antonio Presotto, na quinta-feira, 22 de Outubro de 2015. O Chefe do Executivo recebeu a Comitiva da ACISCO em seu Gabinete, em importante encontro que tratou da entrega oficial da Prestação de Contas do Festipizza 2015, evento realizado pela entidade, em parceria com a Prefeitura Municipal. Também foram discutidos projetos e ações que a Associação está promovendo, além do planejamento de atividades para 2016.


26 de outubro
de 2015

VILA MARIA

FUI NO VILA MARIA, UM PE SUJO DA DUQUE...O RENATO, ME DISSE QUE ENTROU UM CARA LÁ.

-QUERO UM LÁPIS PRO ENEM.

AQUI EU NÃO VENDO LAPIS,VENDO CACHAÇA, DISSE O VILA MARIA, COMO EU CHAMO O RENATO.E OC ARA NEM SABIA QUE O LAPIS TINHA QUE SER PRETO.

* ME LEMBREI DO SIMON, GOV. ENTROU NA PAPYRUS E PEDIU UM MAÇO DE CIGARRO.

O JOVEM HEBREU DISSE:

-AQUI EU VENDO LIVRO, NÃO CIGARRO.

 

RIO CLARO

MEU IRMÃO PAULO ME LIGOU AGORA DE NOITE. DANDO NEWS DAI. VAI VIAJAR NO FINADOS.

* demos boas risadas sobre assuntos domésticos, digamos.

 

NA PINDAIBA

COM TODO O RESPEITO AO JOINVILLE, MAS O FUT GAUCHO TÁ DE UM JEITO QUE GANHAR DE 1 GOL DO TIME DE STA CATARINA VIRA FINAL DE COPA DO MUNDO....

 

O AMOR É LINDO

CEDO DE MANHÃ AQUI DA MINHA JANELA INDISCRETA VEJO ESTA CENA DOS NAMORADOS INDO PRO TRABALHO. PELO MENOS ELA VAI PRO BASQUETE NA REGIÃO AQUI. ELE ACHO QUE SÓ DÁ CARONA. O LAURINHO TEM UMA TESE. AS MUIE TRABALHAM + QUE OS HOMI HJ EM DIA. NÃO DUVIDO.

 

FIM DE TARDE

COMECEI A LER O MEA CULPA DO DOCK STREET...BOA NARRATIVA.

* VI UM OTIMO SHOW DE CHORO NO SANTANDER.6 PILAS..

 

O SOL NOSSO DE CADA DIA

SEM SER PIEGAS, MAS O SOL DA 6, VEIO BEM E O POR TB.

o por do sol na 6 em porto

por do sol em porto na 6 ultima....

depois da chuva, o bom tempo,enfim....

 

a dança dascadeiras

lauro jardim foi pro globo e vera magalhães pra veja.

assim sobe a grana dos caras....

quando um veiculo tira do outro um profi...é uma promoção.

raramente ganham aumento.só assim mesmo.

no fundo fica tudo igual. a fonte não passa pra vera,ou pro lauro, mas pro veiculo que eles representam. o resto é balela.bota a rosane no correinho pra ver o que ela faz, nada.ou quase nada, como todo respeito que a taline merece. no correio não repercute.

 

Marçal

AI VAI O FONE; 34930943 mora na vila sta isabel em viamão mas dorme das 5 as 2 da tarde.

De: Fernando Alves
Data: 26/10/2015 00h29min55s UTC

Que livro é esse sobre bandidos da fronteira? Tens o email do Marçal?
Abraço,
Fernando Alves.

 

ARI

no evento da ari, numa pracinha, ayres cerutti andou de muletas. e pra variar sabia a história de como tinham nascido.

* tinha bastante gente neste belo evento inventado pelo gringo. ele enche o saco mesmo, mas pelo menos faz alguma coisa.

* o adolar, ex porteiro da ari, mora na bahia. volta e meia vem ai....

* não sei quem espalhou(era alguém que seguramente me queria ver morto) espalhou que eu estive doente, muito doente, internado num hospital.

saravá....

nada disto. tenho boa saude graças a deus.

na ida pra pracinha na zsul encontrei um maluco caminhando com dois papagaios e um cachorro. são os malucos da vida.

achei que fosse o marieto migliavacca pq era a cara dele....

malucos tem em tudo o que é canto....

pracinha ari. tomara que no ano que vem tenha mais....

crianças comeram pipoca e balão doce as pampas. tudo de graça.

evento da ari foi feito pelo ayres e pela maria luiza. parabens aos dois....

festa das crianças na pracinha da ari

evento da ari na pracinha do mesmo nome na z sul

GOULART me disse agora, sab de manha que tinha um veneno no meu blog.

-prez vc sabe tanto quto eu que o pessoal gosta de um veneno.

era o que barrio fazia muito bem.....no meu entender.

agora a coisa tá meio sem sal, meio sem personalidade.

 

ari

no evento este da ari, tavam o pres, batista filho, o coord de ismrpensa da pmpa, carlos bastos, entre outros.

muitos se mandaram cedo, mas a barriga ronca e no sab todos tem seus compromissos.

foi na cavalhada...na ida peguei um VTC e fui contando ao motora e a cobradora toda ahistória da empresa. de seus donos, gregos. eles não me conheciam.
nem me apresentei. muito simples. escrevia a historia da ATP em 1993. sei tudo e mais um pouco, como se dizia.

o grego, dono da vtc, na intevern~ção, esperou os caras de revolver. ia mata-los mas os outroes empresários não deixaram ele fazer este gesto louco.

qdo olivio dutra foi devolver a vtc pros donos,depois, o motora dele subia pra pegar pitangas numa arvore. pedi ao fot pra fazer uma foto. saiu na pag 3 da zh. ele,motora, pegou um ganhco de 15 dias.

 

CONFLITOS MAE X FILHA

sab na volta do evento da ari, peguei carona com o goulart. tinha no carro sua filha e seus netos. e vi que as relações entre mãe e filha são conflituosas(,ou freudianas) em tudo o que é famlia.

-minha mãe acha que meus namorados todos não prestam, disse a filha do goulart.

é, pode ser!

 

NARI

há quem ache que o pinheiro será testemunha da nari -extelefonista, que meteu o sind dos jorn no pau

 

CARLOS BASTOS

1. bastos, ou bastinhos, como é chamado pelos amigos, era chefe de jornalismo na RBSTV. ou na TVE, não tenho certeza,agora. chegou uma colega um dia.
- BASTOS SONHEI QUE TU TINHA MORRIDO...

-ahé, diz ele. mas isto é bom, mas me diz uma coisa..??tinha MUITA VIUVA EM VOLTA CHORANDO????

NO SONHO, É CLARO.

2. LUCIA FONTANIVE editou na RBS TV um material onde BRIZOLA IA NA TEVE.no jornal aquele do cu da madrugada. e apareceu o BASTOS JUNTO AO BRIZOLA.

nod ia seguinte ele deu um gancho nela. achou que fosse sacanagem...

3. uma x comigo aconteceu o que narro. liguei pra carris pra comprar passagem pra minha filha, esta que trabalha num hospital de paris.

a lidece da imprensa acabou me dando um furo, era sobre passagem escolar.

no outro dia, dei meia pagina na zh. sobre isto.
e a lidece que era metida mesmo,ligou pra zh reclamando(ela achava que jornalista choca noticia)o bastos me falou detarde pq a assessora tinha dito que eu havia ligado por um assunto privado.

pra mim não tem privado. noticia é noticia. e quanto a isto sempre soube que tinha o resguardo do FEHLBERG que dava tudo e mais um pouco por uma noticia.

 

BASTOS

QUANDO ASSINAVA UMA BOA COLUNA NO JC, antes de ir assessorar politicos, bastos era muito lido ali.

na campanha de 98, eu tava com o simon,levado pelo xuvisco.

uma di anão deu pra ir num comicio pq o simon tinha medo de que o helicoptero caisse, devido aneve, alguma coisa assim.

o bastos me ligou ou eu liguei pra ele, não lembro. ele perguntou o que tinha e eu disse um comentário que vi o simon fazer.

- fulano,sempre morre um em campanha....

no dia seguinte tava na coluna dele, é claro.
chego pro trabalho, olho pro xubvisco que tá puto da cara comigo.

-foi tu que disse aquilo pro bastos?

- foi

- nunca mais diz nada pra ng sem falar comigo(OC)

 

BASTOS X BRIZOLA

bastos tem uma tese que eu não acho de todo fora de esquadra. ele acha que BRIZOLA, no fundo, não fez tanta força pra ser presidente, com medo de um reverterio e de ter que ir pro asilo de novo.

é pode ser....

 

BASTOS X SANTANA

QDO BRIGAVAM POR CAUSA DO GREMIO, bastos chamava seu colega e amigo, santana de TORTO.....

 

Melchiades

muito maldoso melchiades stricher chegava na redação da zh dizendo que fulano andava sendo enganado pela esposa. e justificava:

-tb ele só quer jogar carpeta.....

 

FINDI

1. ROSSI FOI NA GUAIBA NA 6. ELE SÓ VAI NESTE DIA,AGORA.

2. MENDELSKY ATRIBUIU A SAIDA DO CEL MACIEL DO COMANDO AO TER SE NEGADO A IR AO JA,DA RBS....

3. ELES QUE SÃO BRANCOS QUE SE ENTENDAM.....

 

HISTORIAS DE CAMPANHA

O GIGANTISMO DO ' ANÃO'

por favor, sem preconceito nenhum....
mas esta aconteceu com GERMANO BONOW E SERGIO BECHELLI. não precisa dizer quem são né....

pessoas da HISTORIA DA SAUDE DO RS....

lá pelos anos 90 foram a JAQUIRANA, aquela cidade de cima da Serra.

na ida, encontraram um guri, indo pra escola. deram carona.

o guri não queria pq tinha ordens do profi p/não pegar carona de estranhos. natural,né

era quase meio dia qdo deram carona pro pia, a 5 km da escola. era perto do meio dia. qdo eles tavam indo eram umas ll da manhã.
finda a solenidade em que foram inaugurar um posto de saude, construido na gestão deles, ( e pedir votos, é claro) voltaram. no meio do caminho, deram carona pra 4 guris.

nãoe ram 4, eram 3 pq um era um anão, o profi do piá que tinham carregado de manhã.

o primeiro a descer foi o anão que foi recebido pela mulher, uma alemoa de 1,80 cm....que agarrou o marido pelo colo e fez ele chegar junto do seu rosto.

os pés do anão balançavam no ar enquanto a esposa o abraçava.

e vieram 3 gurias, todas filhas do anão....bem grandinhas e bonitas.

o ultimo a descer foi o piá que tinham caarregado de manhã.

o anão explicou aos dois que ele realmente tinha dito aos alunos não pegarem carona de estranhos(OC)

 

VILA VARGAS

carioca

QUANDO BECHELLI ERA SEC DA SAUDE DO ESTADO, teve que ir até a vila vargas, no morro da cruz, local de barra pesada.anos 80.

tavam quebrando os vidros do posto de saúde....

bechelli disse pro motora vamos lá pro partenon e o motora com medo de ir até o morro.

chegaram lá, bechelli notou que tavam sendo monitorados, logico.

em seguida, fizeram a reunião e bechelli avisou aos moradores que teria que fechar o posto se quebrassem d enovo.

veio um baixinho,sentou do seu lado....

- quem tu é, perguntou o secregario?

- sou o carioca.

e ng aqui vai quebrar um vidro.

acabou a reunião ali.

tempos depois bonow,bechelli e as mulheres foram numa festa num sabado no morro e não teve rolo nenhum(OC)

 

NUMA ESCOLA DE HAVANA

N GOSTEI DO FILME.MUITO LENTO E MEIO CHATÃO,MORALISTA.
CUBA É ISTO,ENTÃO????

PENSEI QUE FOSSEM MAIS LIVRES....

 

HISTORIAS DA C MUNICIPAL

" Amigão" como era chamado CLOVIS, da imprensa, emprestava dinheiro pros coleguinhas apertados, qdo a CMPA ainda era no 'BOLO DE NOIVA' no centro de Poa.
era mais pro final do mês, quando todos tavam apertados.

Melchíades Stricher, baita gozador e aprontão,pensou em aprontar uma pro amigão...mas um coleguinha foi avisa-lo disto.

na hora que amigão foi pro plenário pra anotar o que os vereadores diziam pra fazer matéria, viu, O BAGE, subir na tribuna e dar um puta discurso neste sentido:

-SENHORES TEMOS UM AGIOTA AQUI DENTRO DESTA CASA. ELE TEM UMA GARAGEM NA JULIO DE CASTILHOS(AMIGÃO TINHA SIM) E PAU E PAU NELE.

AMIGÃO AGUENTOU AQUILO NO OSSO DO PEITO. NOS FUNDOS MELCHIADES ME MIJAVA DE RIR...

depois do discurso na tribuna, BAGE -ANTONIO CANDIDO - foi na imprensa e aí os dois puderam conversar numa nice....(OC)

bagé morto, melchiades tb e amigão continua ai aposentado.

 

Historias da C Municipal

SERGIO QUINTANA

Sérgio Quintana trabalhava na imprensa da CMunicipal. Foi pra praia, pinhal, ou quintao, por ai.
Com sua nova companheira,tb funcionária da CM, com quem teve o filho Pedro, hj, na Gaucha. Formado na Famecos.

Sergio voltou doente da praia. internaram no hospital municipal através de uma ajuda do vereador vierinha.

de lá como não reagia levaram pro Clinicas onde acabou falecendo, cedo, este talentoso colega.

o conheci em 1973 na zh, onde era sub chefe da geral. o chefe era canalli fundador do jornal OI MENINO DEUS.

que ganhou um premio ARI, provocando um furioso editoral do lauro shcirmer na zh, dizendo que a ari tava dando premio pra jornal gratuito. hj o metro anda ai pela cidade(OC)

 

historias da cmunicipal

alguns vereadores como o BAGE antes de suir na tribuna iam até o NAVAL, no mpublico, pra se encorajar. depois facavam valentões no plenário.

* teve uma vereadora que se apaixonou por um funcionário do gabinete do jBVaz . os dois andavam pelos corredores de mãos dadas.

mas o romance terminou....

* Sereno Chaise era diretor geral da CMunicipal. chegava, as vezes, ficava na entrada sentado com os pés encima de outra cadeira. os funcionários pulavam por cima pra entrar no serviço.

 

memorias peruanas

porto e ao fundo a cidade de PUNO, no Peru.

data 1.5.1981.
acervo MS.

a 3.800 m de altitude a beira do titicaca. perto da Bolívia.

todos nós mochileiros que recorremos o peru nos anos70/80 passamos por PUNO.....

 

Alfredo

o velho ALFREDO na esq da ram x cc....

ali na 6 tem MONDONGO. que chamam de dobradinha.

o engraçado é que o garção e a garçonete brigam entre si o tempo todo....

local onde o VEIO BRIZA IA MUITO.

 

Homenagem

o popular homenageia NICO FAGUNDES, falecido pouco tempo atrás.

 

dos leiotres

prezado fiol del zator(m rocha)

1. n sei onde vendem o dicionário

2. por isto que agora meus livros somente serão vendidos por livrarias. vcs leitores só respeitam livraria. obrigado pela leitura.

3. não me queira mal, como diziam os veios.

4. o pai do lalo terá uma rua com seu nome? o teu terá sabes de algo?

5. qto aos dois livros que ainda não foram devidamente pagos, fica a teu criterio. sei que lutas com dificulade tb.(OC)

 

RUA DA PRAIA

AOS FUNDOS COM UMA SACOLA ATIRACOLO, O TEATREIRO DECIO ANTUNES.

UMA X FOMOS A PRAIA, EM TRAMANDAI ERA NOV E O DECIO TEVE UMA CRISE DE EREÇÃO EM PLENA PRAIA. NUNCA RI TANTO NA VIDA.....

DR INDIO VARGAS NA RUA DA PRAIA....
o autor de GUERRA É GUERRA, DIZIA O TORTURADOR TÁ APOSENTADO.

NEM PROCUREM ELE PRA ALGUMA ENCRENCA. QUER MAIS É DAR AS CAMINHADAS DELE.

 

CARRIS

ONIBUS ELETRICO ANDANDO PELA CIDADE. SEM BARULHO, MAS ACHEI QUE ELE MEIO QUE ANDA DEVAGAR NA SUBIDA. MAS NÃO POLUI.

É PEQUENO....

 

Chuva

na 4 tinha que levar doc pra imobiliária. peguei aquele torro e na 5 a dona colocou tudo pra secar.

dia pós chuva é isto aí.....

 

do mironneto.com

Preço dos imóveis inviabiliza programa Minha Casa Minha Vida

Pobre do assalariado gramadense que resolver buscar financiamento da Caixa para construir uma casa através do programa Minha Casa Minha Vida. Com o limite máximo de R$ 90 mil para terreno e casa, o programa é uma piada de mau gosto no município povoado por Tristão de Oliveira.É tarefa de gincana encontrar um terreno legalizado por este valor.
Um cidadão que foi em busca do financiamento, ouviu de uma atendente da agência lotérica (local reservado pela Caixa para encaminhamento) que há mais de um ano não é feito contrato através desta linha de crédito. Para este gramadense, o Governo Federal usa uma conversa para inglês ver, do tipo "nós estamos oferecendo o credito, não usa quem não quer".

PARA A HISTÓRIA

BALACA DO COLLARES(oc)

Agraciado com uma dupla homenagem na Assembleia, o ex-governador Alceu Collares reuniu ontem um time de políticos para acompanhar a entrega da medalha do Mérito Farroupilha e o lançamento do projeto O Voto e o Pão, que engloba livro, exposição fotográfica e um documentário sobre a sua vida.

Antes da cerimônia oficial, no Teatro Dante Barone, Collares recebeu cumprimentos na sala da presidência da Assembleia.

Entre os políticos que foram até lá, estavam o ex-governador Jair Soares e o atual, José Ivo Sartori. Ao abraçar Sartori, Collares, ao seu jeito, afirmou:

– Estou torcendo por ti porque sei o que é (governar o Estado).

O pedetista também repetiu para Sartori que o principal caminho para melhorar a situação financeira do Estado é ampliar o combate à sonegação de impostos.

Sartori, que já destacou em outras oportunidades que não perderá o bom humor por conta da crise financeira, elogiou a forma como Collares encarou as dificuldades quando foi governador:

– Mesmo passando por momentos difíceis, nunca perdeu a alegria, nunca deixou de sorrir. É um homem de luta, um exemplo para todos.

 

ECOS DO COLLARES

NÃO TEVE COMES E BEBES....

O LIVRO DELE FOI DADO.....

TUDO FOI PELA LEI ROUANETT, ENTÃO DO NOSSO BOLSO.

 

Palestra “Economia do Crime: teorias, métodos e aplicações"



A Fundação de Economia e Estatística (FEE) tem a honra de convidá-lo(a) para a palestra “Economia do Crime: teorias, métodos e aplicações”. Confira os detalhes abaixo e participe!

Palestra “Economia do Crime: teorias, métodos e aplicações”
Data: 27/10/2015
Hora: 14 horas
Local: Auditório da FEE (Rua Duque de Caxias, 1691, Centro/POA)
Palestrante: Cristiano Aguiar de Oliveira (Professor da Universidade Federal do Rio Grande, Graduado em Ciências Econômicas, Mestre em Economia e Doutor em Economia Aplicada)
Debatedora: Carina Furstenau (FEE)
Mediador: Bruno Caldas (FEE)

A entrada é gratuita e haverá certificado de participação. Acompanhe a cobertura no Twitter e acesse mais informações em nosso Facebook.

 

Em coletiva, Câmara do Livro vai apresentar a 61ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre

Evento para imprensa será na terça-feira, 27/10, às 10h, no auditório do Memorial do RS – Rua Sete de Setembro, 1020- 1º andar.

A Feira do Livro de Porto Alegre volta à Praça da Alfândega, no Centro Histórico da capital gaúcha, no final do mês de Outubro. E a Câmara Rio-Grandense do Livro vai apresentar em primeira mão para a imprensa toda a programação oficial do evento e a sua campanha publicitária.
"Este ano, queremos provocar uma reflexão com a campanha da Feira. Será um bom tema para debates," antecipa o presidente da Câmara, Marco Cena.
Confirme presença através do e-mail camejo@camejo.com.br ou pelo fone: (51) 3346-4642.

Serviço:

Evento: Coletiva campanha e programação oficial Feira do Livro 2015

Data: 27 /10 – terça-feira
Horário: 10h
Local: Memorial do RS – Rua Sete de Setembro, 1020 – 1º andar.

 

Programação Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

Segurança Pública e prefeitura de Canoas acertam detalhes para finalizar presídio


Penitenciária de Canoas

Em reunião nesta sexta-feira (23), o secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, e o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, definiram os últimos detalhes para a inauguração do Presídio Canoas I.

O fornecimento de energia elétrica já foi estabelecido pela empresa concessionária; o Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI) foi homologado e a unidade está equipada e mobiliada. “Queremos que Canoas seja referência em tratamento penal. Estamos realizando a triagem e a definição do perfil dos apenados para termos, com antecedência, o grupo que irá compor a população carcerária”, ressaltou Jacini.

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) aguarda a finalização dos trâmites burocráticos para instalação dos bloqueadores de sinal de telefonia celular. O prefeito Jairo Jorge garantiu o término das obras de acesso dentro do prazo estipulado para a inauguração de Canoas I, que é de 60 dias. "Tudo o que estiver ao nosso alcance será feito. Creio que poderemos cumprir plenamente com os prazos, garantindo aquilo que compete ao município", assegurou o prefeito de Canoas.

Presídio Canoas I

As obras foram realizadas com recursos do governo do Estado. O local possui 393 vagas numa área de 5,1 mil m². O custo total é de R$ 18 milhões. As celas são construídas em módulos pré-fabricados, com concreto especial e à prova de fogo.

Complexo Penitenciário

O Complexo Penitenciário de Canoas foi construído com recursos de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. É formado por três unidades isoladas, além de um complexo administrativo e de serviços. As unidades são independentes entre si; têm acesso controlado e único; e compostas por refeitório e vestiário para agentes penitenciários, setor de recepção e revista para visitantes, ala de inclusão, ambulatório, salas de aula e ala carcerária com pátios internos e espaços para atividades variadas, como oficinas de trabalho.

Ao todo, são 2.808 vagas, sendo 2.352 em celas coletivas, 15 para portadores de necessidades especiais (PNE) e 48 vagas em celas individuais nas alas disciplinares. A área construída é de 30 mil m². O valor total do contrato é de R$ 100.571.495,24.

 

Escolas estaduais recebem 15,3 mil netbooks nesta sexta-feira

O governador José Ivo Sartori e o secretário estadual da Educação, Vieira da Cunha, estiveram na Escola de Educação Básica Monteiro Lobato, em Passo Fundo, na manhã de hoje (23). Na ocasião, foram entregues 1.020 netbooks para 34 instituições pertencentes à 7ª Coordenadoria Regional de Educação. À tarde, a entrega ocorreu em Erechim.

No total, 431 escolas recebem hoje 15,3 mil novos equipamentos, que beneficiam estudantes de Bento Gonçalves, Cachoeira do Sul, Carazinho, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Estrela, Gravataí, Guaíba, Osório, Palmeira das Missões, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Soledade, Três Passos e Vacaria.

O investimento aplicado nesta segunda etapa de compra de equipamentos é de R$ 14,5 milhões. Ao todo, R$ 38 milhões deverão ser investidos em 2015 na área de Tecnologia da Informação, com a aquisição de máquinas e softwares para qualificar e potencializar a cultura digital e a gestão escolar.

Até o fim deste ano, mais de 28 mil netbooks serão entregues para as escolas gaúchas, distribuídos em três etapas – a primeira ocorreu em julho e a próxima está prevista para o mês de novembro. Os recursos são oriundos de empréstimos junto ao Banco Mundial (Bird) e do orçamento do Estado.

PROGRAMAS

Os equipamentos serão utilizados para finalizar dois programas que estão em andamento: Laboratórios Móveis, no qual os netbooks ficam conectados a armários com rodinhas, o que permite que os professores os transportem e utilizem em mais de uma sala de aula, e Um Computador por Aluno.

Ainda este ano, lousas digitais serão adquiridas pelo Governo do Estado. Elas serão destinadas prioritariamente para as cem instituições que fazem parte do Programa Escola em Tempo Integral, que será implantado a partir de 2016. “Apesar da crise financeira que o Estado atravessa, estamos investindo um volume significativo de recursos na compra de equipamentos e na formação de professores para o uso de novas tecnologias. Penso que nós, a partir da execução destes projetos, estamos fazendo a nossa parte para tornar a atividade em sala de aula mais eficiente e prazerosa”, afirma Vieira.

Qualificação dos professores

Até o momento, mais de 10 mil professores participaram de formações para a utilização de novas tecnologias em sala de aula. Além de instruções sobre o uso dos equipamentos, os docentes recebem qualificação para a utilização pedagógica dos objetos de aprendizagem e ferramentas educacionais disponíveis nos netbooks.

As formações são desenvolvidas por meio dos Núcleos de Tecnologia Educacional (NTEs), que funcionam em cada CRE e possuem contato direto com as escolas. São disponibilizados cerca de 2 mil objetos de aprendizagem, que podem ser instalados nos netbooks e utilizados de maneira off-line, ou seja, sem a necessidade de conexão com a internet. As ferramentas incluem jogos, editores de texto, imagem, áudio e vídeo. O trabalho é desenvolvido sob o paradigma da educomunicação, que valoriza o aluno na produção do conhecimento.

Inovação

Uma inovação na área é o portal Educom Tchê, lançado no Palácio Piratini em solenidade comemorativa ao Dia do Professor. O portal é um ambiente virtual onde os docentes podem compartilhar ideias, planos de aula, vídeos, fotos e conteúdos. "O objetivo desta ferramenta é estimular e facilitar a transmissão de práticas exitosas", afirmou Vieira.

Mais de 80 mil usuários, entre eles os 75.764 professores das 2.558 escolas da rede estadual, já estão cadastrados no Educom Tchê. Mais de 10 mil docentes já foram capacitados para utilização da ferramenta, que pode ser acessada pelo educomtche.educacao.rs.gov.br.

 

de Serafina

Encerramento do Projeto Pulando Janelas

A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de Educação, realizou, na noite de 22 de Outubro de 2015, o Seminário Final das Práticas do Projeto Pulando Janelas – Talian: atrimônio Cultural Imaterial. O evento reuniu o Prefeito Municipal, Ademir Antônio Presotto; o Vice-Prefeito, Francisco Bernardo Mezzomo; a Presidente da Câmara de Vereadores, Nega Castro Pizzatto; a Secretária Executiva da ATUASERRA Beatriz Paullus; o Professor e Escritor Darcy Loss Luzzatto; o Presidente da Federação das Associações Ítalo-Gaúchas e Vereador, Paulo José Massolini, o Presidente da Associação dos Difusores do Talian, Edgar Maróstica, Secretários Municipais, Coordenadores, Assessores, demais servidores municipais, Professores, familiares e estudantes serafinenses.

O Projeto Pulando Janelas tem o objetivo de fortalecer ações de preservação e valorização dos patrimônios culturais e naturais, enfocando a interdisciplinaridade. As orientações são propostas pela Associação de Turismo da Serra Nordeste – ATUASERRA e o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), pelas Diretrizes do Programa Regionalização - Roteirização Turística, proposto pelo Ministério do Turismo. Durante a Formação Continuada, realizada ao longo do ano, todas as Escolas Municipais participaram do Projeto, realizando um resgate do Talian, língua cooficial de Serafina Corrêa, a primeira língua de imigração a ser reconhecida pelo Governo Brasileiro. O Seminário foi um belíssimo espetáculo, cheio de cultura, troca de informações, resgate histórico, integração e alegria, encantando todos os participantes. A Formação Continuada, dentro do Projeto Pulando Janelas, foi uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação de Serafina Corrêa e a ATUASERRA.


23 de outubro de 2015

AUSENICAS NOTADAS

UM PERDIGUEIRO DESTA COLUNA INFORMOU QUE NEM INDIO VARGAS NEM TEREZINHA IRIGARAY FORAM AO LANÇ DO LIVRO DO COLLARES.

- ELE NÃO FOI NO MEU, COMENTOU TEREZINHA NO MEIO DA TARDE COM UM CONHECIDO,ENQUANTO DECIDIA NÃO IR.

SABE-SE QUE É ANTIGA A ANTIPATIA DE TEREZINHA COM A PROFESSORA NEUSA CELINA CANABARRO

 

MARIANA KALIL LANÇANDO PRODUTOS ...COMO SAPATOS....

É, QUE PENA. LARGARÁ A PROFISSÃO EM QUE SE FAZ VOTOS DE POBREZA, O JORNALISMO. JORNALISTA RICO, DESCONFIE. OU É PATRÃO ,DONO DE VEICULO, OU SENÃO AI TEM.....

 

ULTIMAS

ZAMBIAZI NA CAIÇARA, É O QUE ME DISSERAM HJ NO CENTRO.

 

SOLIDARIEDADE ESCASSA

NUM PRE´DIO DO M DE VENTO, HA U AVISO QUE UMA FUNCIONÁRIO DO CONDOMINIO PERDEU PARTE DA CASA. PEDE CONTRIBUIÇÕES. DEI 20 PILAS .OLHEI A CAIXINHA E TINHA APENAS UMA NOTA DE 2 REAL. COMO DIZ O MENDELSKY. BAH, MAS DAR 2 REAL É FODA....

TA BEM, NG DISSE QTO ERA. MAS VA LÁ....

 

NEI LISBOA, O MAL HUMORADO

ENQUANTO EU TRATAVA NA IMOBILIÁRIA HJ DE MANHA, NEI LISBOA, O MAL HUMORADO, DESCIA DEVAGAR PELA PROTASIO EM DIREÇÃO AO BOM FIM ....NA ESQUINA DA PROT X LUCAS...ELE MORA POR ALI.

há quem diga que o mal humorado de porto moraria na francisco ferrer...

 

polemica

colega do sind dos jornalistas ficou surpresa negativamente que a NARI ex telefonista tenha posto o sindi no pau.....

 

memoria da imprensa

QUASE TOMARAM A SEDE DO SINDICATO

qdo fiquei sabendo que a narilene - telefonista- que entrou no sind dos jornalistas em 2001,por aí, com a cooperativa do pinheiro, meteu na justa o sindicato, que eu graças a deus não pago mais, me lembrei de um rolo que o TORVES,então pres meteu o sind.

foi o seguinte. um conselheiro do gremio, que vivia no bar ai ao lado do olimpico, o josias, encontrou o FARIDINHO e outro reporter numr restarurante. brigaram, quase sairam no pau.o TORVES ,pres do sindicato, tomou as dores, acho que por demagogia, dos colegas, ou porque era seu dever mesmo. colocou uma nota VIOLENTa NUM JORNAL contra o josias, que adv entrou na justiça por danos morais contra o sind.

quase tomaram a sede do sindicato ali na rua da praia!!!!!

 

Coleguinhas

JBmarçal lançara + livros sobre a fronteira. ele é autor dos bandidos da fronteira oeste(será que o capincho está nesta???)

MENDELSKY HJ SE METEU EM ASSUNTOS INTERNOS DA BM....

* O QUE ELE TEM A VER COM BRIGADIANOS????

 

escracho

coleguinhas que me escrachavam sumiram. graças a deus. não quero isto. não sou mulher de brigadiano pra levar porrada e gosta(OC)

 

PEGUEI TODA A CHUVA

CHEGUEI EM CASA ENCHARCADO NA QUARTA DE NOITE. MAS A NET AQUI TAVA PIFADA. NÃO DEU PRA POSTAR O QUE TINHA FEITO NO CENTRO.

PACIENCIA. AS FOTOS NÃO PERDERAM A ATUALIDADE.( MATERIA QUE SAI FORA DO CONTEXTO).

GOSTO DA FOTO QUE FIZ DO CARA QUE ENXAGUOU A CAMISA ANTES DE ENTRAR NO ONIBUS DA CRUZEIRO NA URUGUAI.

* E DE OUTRAS.

ACONTECEU ASSIM. EU TAVA NA ROD ONDE FUI ENTREGAR LIVROS. E AI FUI PRO CENTRO PRA LER O GLOBO

MAS PEGUEI A CHUVA PELO MEIO. FUI TENTAR MANDAR AS FOTOS. VIERAM PELO MAIL, MAS AQUI NÃO TINHA NET,COMO JÁ DISSE, TOU ME REPETINDO.

FICOU PRA HOJE ENTÃO. DESCULPEM QUE FOI MEIO TARDE.

* O QUE ME IMPRESSIONOU FOI A CHUVA E A QUANTIDADE DE ÁGUA NA RUA. AS PESSOAS FAZIAM PINGUELAS PRA FUGIR PRA NÃO SE ENCHARCAR.MAS AS GURIAS PRINCIPALMENTE CRUZAVAM A ALFANDEGA GRITANDO TENDO QUE ENFRENTAR POÇAS E RIOS DE ÁGUA.

FOI IMPRESSIONANTE. PARECE AQUELES CHUVAS DE NOVEMBRO QUE DÃO DURANTE A FEIRA DO LIVRO. VIERAM ANTES.(oc)

 

VETERANO....

o ex-depu cassado nasceu em 1924 em 25.06.

foi vereador no ano que brizola se elegeu dep estadual em 47.

foi do ptb.

nasceu no 8 dist de soledade, hj barros cassal, que se não me engano foi onde nasceu os colegas grizzotti ou rosane.

depois foi dep estad e fed.quando foi cassado na primeira leva. pq era vice pres da cam federal.

brizola não aceitou em 63 ser presidente da cam federal.

 

memorias peruanas

escrevo apenas o que a dona da foto escreveu:

'ESSA É A FOTO MAIS BONITA.mais linda.aí se usa uma balsa p/cruzar o lago. as cholas-indias -estão tipicamente vestidas(sempre estão,digo eu...)descendo do caminhão ' colectivo'( fui roubado de minha mochila num destes caminhões numa noite que chegamos a uma cidade boliviana que tem quase 5 m de altitude). ao fundo a paisagem é típica das cercanias do lago titicaca.

a dir está o sergio e odaniel, dois argentinos.
e tita uma amiga da maria siliprandi, dona desta foto. feita em 1 de maio de 1981.

obrigado pela foto(OC)

 

Corrigindo

AI VAI O MAURO ROCHA!!!

From: m-rocha
Sent: Qui 22/10/15 19:26

OLIDES !

A GRAFIA CORRETA É: IMPEACHMANT", CARO JORNALISTA DA LINHA SÃO
PIERO, HOJE MORADOR NO NOBRE BAIRRO BELA VISTA EM POA !!!!!!(
ABURGUESOU-SE!!!!!!!)

UM ABRAÇO.

Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

 

Despesas de envio

RECEBO E PUBLICO! IPSIS LITERIS( TÁ CORRETO A GRAFIA???(oc)

From: m-rocha
Sent: Qui 22/10/15 19:07

OLIDES !

DEPOIS DE ALGUM TEMPO(TRÊS ANOS), QUE ME ENVIASTE TEUS LIVROS - O DO
FILHO DO GETÚLIO E O COSI LA SE STATA -, QUE TU APRESENTAS A CONTA,
VIA BLOG AINDA, PARA ME DEIXAR CONSTRANGIDO. POIS FIQUE SABENDO QUE
ADQUIRI TEU ÚLTIMO LIVRO NA CULTURAL, IN LA UNDEZE, E "PAGUEI" O
MESMO, POR TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA PARA O GENRO DO COVER, QUEL QUE
COMANDA A LIVRARIA.

DEVERIA NÃO TE PRESTIGIAR, MAS NUM GESTO DE COLEGUISMO, CONTINUO A TE DESAFIAR
PARA QUE ESCREVAS A BIOGRAFIA DO DR. BRIZOLLA ( TU ÉS MUITO CAGÃO). SÓ
OBEDECE O PESSOAL DE SÃO BORJA( AINDA BEM QUE SÃO TRABALHISTAS). E O
PDT ANUNCIOU, EM ALTO E BOM TOM, QUE É CONTRA O IMPECHMAN( NÃO SEI A
GRAFIA). ANCA MI SOU, PARA QUE NÃO SE QUEBRE O ESTADO DEMOCRÁTICO DE
DIREITO, A MENOS QUE ENCONTREM, NA FORMA DA LEI, PROVAS CONTUNDENTES
DE DELITO ADMINISTRATIVO DA SRA. DILMA. AGORA, COMO INTEGRANTE DO PDT,
E CONSIDERANDO A POSTURA E O QUE PREGAVA O DR. BRIZOLLA, O PDT TEM
QUE, IMEDIATAMENTE, SAIR DESTE (DES)GOVERNO. NÃO SAI POR CONTA DE
FIGURAS QUE NEM O SR. CARLOS LUPI, O QUAL, ESTÁ COMPROMETIDO POR SEUS
ATOS E NÃO QUER PERDER OS CARGOS DISTRIBUÍDOS AO COMPADRIO.

E O CUNHA , DO TEU PMDB, CONTINUA NEGOCIANDO !!!!!!!!!, RECEBE O
PEDIDO DE IMPECHMANN, MAS NÃO DÁ CELERIDADE AO MESMO !!!!!!!E ASSIM SE
MANTÉM NA PRESIDÊNCIA !!!!!!! ESTAMOS PERDIDOS COM POLÍTICOS DESTE
QUILATE !!!!!!

TENHO RECORDADO MUITO DE SERAFINA, POR CONTA DAS POSTAGENS DE FOTOS E
TEXTOS DE SERAFINENSES NO GRUPO "AMIGOS DE SERAFINA". CONSEGUI
DESCREVER O TIME DO GAÚCHO DE 1966, QUASE SEM ERRO. APROVEITEI PARA
AFIRMAR QUE ASSISTI TRÊS GRANDES ZAGUEIROS ATUAREM, PELA ORDEM :
AIRTON( APESAR DE PERTENCER A TRICOLAGEM), FIGUEIROA( TERROR DA
TRICOLAGEM) E EUGÊNIO TAPPARO FILHO (MINHA HOMENAGEM AO FUTEBOL DE LA
UNDEZE ).

CERTAMENTE NA CULTURAL ENCONTRAREI O DICIONÁRIO
TALIAN-PORTUGUÊS......PARA COMPRAR, CLARO !!!!!!!!

Prof. Mauro Santos Rocha
UPF PALMEIRA - DIRETOR

 

noticias de sb

De: "Letier Vivian"
Enviada: 2015/10/22 06:58:01

Nublado.
Santiago está com mais de 800 casas destelhadas...Estado de emergência decretado.

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 24/10/2015) não haverá sessão !

No próximo Domingo (dia 25/10/2015) as 10h15min no Cinebancários assistiremos ao filme "Numa escola de Havana" (Conducta - 2014). Chala (Armando Valdes Freire), um garoto de onze anos, vive com sua mãe viciada em drogas, Sonia (Yuliet Cruz). Para sustentar a casa, ele treina cães de briga, indiretamente ajudado por um homem que pode ser ou não seu pai biológico. As dificuldades de sua vida refletem na escola, onde é aluno de Carmela (Alina Rodriguez), por quem ele tem um grande respeito. Mas quando ela fica doente e tem que se afastar, Chala não se adapta à nova professora, que sugere que ele seja transferido para um internato. Quando Carmela retorna, não aceita essa medida e outras imposições que aconteceram durante sua ausência. Enquanto a relação entre professora e aluno se intensifica, os dois passam a ser perseguidos na escola, levando a um conflito que reflete o complexo sistema contemporâneo de Cuba. Nomeação oficial de Cuba para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2015.

Na próxima 2ª feira (dia 26/10/2015) as 20h00 na Sociedade Germânia assistiremos ao filme "Da terra nascem os homens" (The Big Country - 1958). A apresentação do filme e a condução dos debates (após a exibição do filme) será feita pelo Goida. Lembro que esta será a última sessão de Cinema de 2015 na Sociedade Germânia. Retornaremos em abril de 2016. James McKay (Gregory Peck), um rico e aposentado capitão da marinha, chega ao Texas para se casar com Pat Terrill (Carroll Baker), sua noiva. McKay é um homem cujos valores e estilo de vida são um mistério para os rancheiros e Steve Leech (Charlton Heston), o capataz da fazenda, imediatamente sente antipatia por James. Pat é controlada por Henry Terrill (Charles Bickford), seu rico pai, que está envolvido em luta cruel sobre os direitos de água para o gado. Queem se opõe a ele é Rufus Hannassey (Burl Ives), sendo que tanto Terrill quanto Hannassey ambicionam a mesma terra, cuja dona, Julie Maragon (Jean Simmons), acaba vendendo-a para McKay, que a dá de presente de casamento para sua noiva. Porém, o comportamento detestável de Pat o leva a cancelar o casamento. Quando Julie é seqüestrada pelos Hannassey, McKay vai resgatá-la para evitar um banho de sangue entre os clãs rivais de Terrill e Hannassey.

Livro sobre Manoelito de Ornellas no Museu Hipólito

Neste sábado, haverá o lançamento do livro “Manoelito de Ornellas: vida e obra de um ex-presidente da ARI”, de autoria da professora Maria Alice da Silva Braga, doutora em Letras. Será no Museu de Comunicação Hipólito José da Costa, no dia 24 de outubro, sábado, às 15h, em Porto Alegre-RS, com palestra da autora e a participação de convidados especiais. Manoelito de Ornellas (1903-1969) foi escritor, jornalista, historiador, poeta, romancista, conferencista, crítico literário, administrador e ativista cultural. Uma de suas obras mais importantes é “Gaúchos e Beduínos”, que resgata a contribuição moura na formação do gaúcho. Divulgue, compareça, compartilhe. Contatos pelo fone (51) 4100-0040 e e-mail landrooviedo@uol.com.br.

 

“Novos Ventos” é o tema dos Diálogos deste sábado no litoral

Os Diálogos do PMDB Mulher RS chegam neste sábado, 24 de outubro, a Osório, no litoral norte do Estado. Com o tema “Novos Ventos”, promovido pelo núcleo feminino do PMDB em parceria com o diretório estadual e a Fundação Ulysses Guimarães no RS (FUG-RS), e com o apoio da coordenaria regional do Litoral Norte, o encontro será realizado no Salão Paroquial da Borússia (Estrada Geral da Borússia, 420), das 8h30 às 13 horas.

Entre os temas que serão abordados nesta edição dos Diálogos, estão as eleições municipais de 2016 e as conexões municipais com o projeto Mulher em Ação. Além disso, a partir das 11h40, será realizada a Roda de Conversa, sob a coordenada da companheira Salma Valencio, onde os líderes partidários presentes poderão falar sobre o papel das mulheres na agenda política do PMDB. Após o encontro será realizado um almoço, por adesão, no Dodô Restaurante.

 

Três municípios serão beneficiados com a perfuração de poços artesianos

Na quarta-feira (21), foram assinados na Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação seis acordos operacionais para a perfuração de poços artesianos em três municípios gaúchos.

Serão contemplados com a perfuração de poços artesianos os municípios de Santo Antônio do Palma, Nova Alvorada e Vila Maria, beneficiando as comunidades Santa Ana e Cristo Rei (Santo Antônio do Palma), Linha Salete e Santa Lúcia (Nova Alvorada) e as comunidades de Santo Isidoro e Linha 18 Aparecida (Vila Maria).

O Secretário de Obras, Gerson Burmann destaca a importância do programa. “O Programa de perfuração de poços artesianos desenvolvido pela Secretaria em parceria com a Corsan e os municípios gaúchos, tem como objetivo garantir e proporcionar as famílias o abastecimento de água potável, própria para o consumo humano em suas comunidades”, destacou o secretário.

O Programa de Perfuração de Poços Artesianos conta com a parceria da Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN), beneficiando desde o início do ano mais de três mil famílias gaúchas com o abastecimento de água.

Participaram da solenidade de assinatura os Prefeitos de Santo Antônio do Palma, Gerson Luiz Richato, de Nova Alvorada, Edilson Antônio Romanini, o Vice-Prefeito de Vila Maria, Maico Serafini Betto, o Diretor de Saneamento, Carlos Alberto Vigne, o Diretor Geral, Valmor Krysczun, o geólogo responsável pelo PAP, Tovar Dellegrave e o Assessor Parlamentar do Deputado Estadual, Gilmar Sossella, Vitor Hugo Scartazzini.

 

Assinada ordem de serviço para construção de cobertura de quadra poliesportiva

A ordem de início para os serviços de construção da cobertura de uma quadra poliesportiva no município de Arroio do Meio foi assinada na manhã desta quinta-feira (22), no gabinete da Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação, pelo Secretário Gerson Burmann.

Será beneficiada com a construção da cobertura de quadra poliesportiva (padrão FNDE), a Escola Estadual de Ensino Médio Guararapes, localizada no município de Arroio do Meio.

A empresa vencedora do processo licitatório é a Dami Construções e Saneamento LTDA, com o investimento de R$ 416.839,00 (quatrocentos e dezesseis mil, oitocentos e trinta e nove reais). A fiscalização da obra estará a cargo da 3ª CROP, com sede no município de Estrela.

Participaram da solenidade de assinatura da ordem de início dos serviços o Coordenador Regional de Educação da 3ª CRE - Estrela, Nelson Paulo Backes, o Engenheiro Civil da 3ªCROP, Rui Voldinei Pires e o diretor geral da Secretaria de Obras, Valmor Krysczun.

 

Assinado convênio para cedência de escavadeira hidráulica ao município de Nova Bréscia


 
O Governo do Estado através da Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação, assinou, nesta quinta-feira (22), o convênio de cedência de uso de uma máquina escavadeira hidráulica com a Prefeitura Municipal de Nova Bréscia.
 
A solicitação encaminhada pela administração municipal ao Governo do Estado deve-se a necessidade da execução de serviços de recuperação e manutenção das estradas vicinais, nas localidades de Linha Trigrinho, Pinheiros, Jacarezinho e Arroio das Pedras Altas, assim como na melhoria do acesso ao Parque Poliesportivo, totalizando a recuperação de mais de 24 km de estradas vicinais no município.
 
O Secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Gerson Burmann destaca a importância da ação aos municípios gaúchos. “A Secretaria está atenta às necessidades dos municípios gaúchos, buscando atender as demandas e trabalhando de forma conjunta com as prefeituras. O termo de cedência de equipamentos faz parte de uma ação que oferece o suporte aos municípios para a manutenção e recuperação das estradas vicinais, garantindo a segurança e o acesso da população aos serviços essenciais nas áreas da saúde e educação, assim como no escoamento da produção local”, destacou o secretário.
 
Participaram da assinatura do convênio o Prefeito de Nova Bréscia, Gilnei Agostini, o servidor público, Jair Lorenzon e o diretor geral da Secretaria, Valmor Krysczun.

 

de Serafina

Prefeito assina Documentação para o Passe Livre Estudantil

O Passe Livre Estudantil é um programa criado pelo Governo Estadual com o objetivo de subvencionar o transporte intermunicipal dos estudantes de cursos técnicos e de graduação. É um subsídio aos alunos que comprovem renda per capita de até um salário mínimo e meio regional, que residam em uma cidade, mas estudem em outra e que comprovem frequência nas instituições de ensino.

Os 129 estudantes serafinenses que entregaram a documentação no início do ano de 2015 estarão recebendo, nos próximos dias, o valor repassado referente aos meses de março, abril, maio e junho de 2015.

Foi depositado, ao município de Serafina Corrêa, mais de R$ 31 mil, referente ao primeiro semestre.

O valor do recurso do Programa Passe Livre Estudantil a ser repassado a cada município observou a disponibilidade de recursos do Fundo Estadual do Programa Passe Livre Estudantil, levando em conta os seguintes parâmetros: número de estudantes beneficiados, média de distância percorrida e dias de aula, sendo assim, o valor individual é calculado e definido pela METROPLAN. Na manhã de 19 de Outubro de 2015, o Prefeito Municipal Ademir Antonio Presotto esteve assinando a documentação que destina os Recursos para o Programa Passe Livre Estudantil do município, benefício muito importante, incentivando 129 estudantes serafinenses. Também participaram da reunião, a Secretária Morgana Áurea Rech e demais servidoras da Secretaria Municipal de Educação.

 

Prefeito recebe representantes do SENAI

Na manhã de quarta-feira, 21 de Outubro de 2015, aconteceu importante reunião no Gabinete do Prefeito Ademir Antonio Presotto, com o Gerente Regional do SENAI Leandro Leite Menezes. Também participaram da audiência, o Coordenador da entidade, Pablo Marcelo Balestieri, a Secretária de Assuntos Especiais de Governo Inelves Maria Pilotto Carnavalli e o Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico Silmar Roberto Santin. Dentre os assuntos, importantes projetos para o município de Serafina Corrêa, beneficiando quem busca conhecimento e aperfeiçoamento profissional, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem
Industrial, o SENAI.


22 de outubro
de 2015

dia louco

que história é esta do dia louco do dep adão villa???

andré pereira mande cópia do projeto pra nós....

 

NOTICIAS DE GRANDE INTERESSE PUBLICO DO BOL

' GRACY REVELA QUE BELO ' SOLATA MUITO PUM' NA HORA DO SEXO....

BAH, QUE COISA,DIGO EU......

 

LITIGIO

um coleguinha que foi CNPJ do sindi nosso não botou no pau....

e a colega que saiu e botou no pau o convidou pra ser sua testemunha. ele n quis.....

meus perdeigueiros, os tenho como o Hilário Honório tinha os dele na falecida FT.(OC)

"informações em off pra voce:

a narilene, telefonista do sindicato jornalistas rs demitida recenemente, coloclou ação contra a entidade. referente a congressos e eventos externos onde teria trabalhado, noite adentro".

 

VETERANO

ex deputado federal cassado, que foi exilado na europa - frança e iugoslávia - hj vive na Bela vista e foi reintegrado a Camara Federal. Percebe,segundo ele, ' parcos' 20 mil reais mensais de aposentadoria. os que estão na atividade, segundo ele, ganham em torno de 150 mil mensais.

durma-se com um barulho destes...

Trabalhe brasileiro!!!!

 

bb x postal

SEGUNDO ME CONTOU JOÃO ARROQUE, ELES , OS DE GUAPORÉ, QUERIAM INDENIZAÇÃO PELA SUBPREFEITURA QUE SERIA DE GUAPORÉ.

- NÓS NUNCA PAGAMOS, CONTOU ARROQUE QUE FOI O PRIMEIRO VICE-PREFEITO.

ARROQUE ERA MUITO AMIGO DO MEU FALECIDO PAI....QUE GOSTAVA MUITO DELE.

E ELES IAM SEMPRE COMPRAR FIGOS NA ÉPOCA PRA FAZER FIGADA. AS VEZES QDO EU IA AVISA-LOS DE QUE OS FIGOS TAVAM PRONTOS, PEGAVA UMA CARONA PRA VOLTAR PRA CASA COM O CARRO QUE TINHAM. ERA UMA GRANDE NOVIDADE. PQ A GENTE SÓ ANDAVA NO CAVALO CHAMADO DE ' CURVA', DEPOIS TIVEMOS O ' PANGARÉ.

SEGUNDO ESTÁ NO LIVRO DA BIOGRAFIA DO CACO BARCELLOS, EU SOU DE UMA FAMILIA MUITO POBRE. NÃO É BEM POBRE, ERAM PEQUENOS AGRICULTORES SE ISTO É SER POBRE, ENTÃO NASCI NUMA FAMILIA POBRE.
E CONTINUO SENDO.

MAS UM LEMBRETE:OS ARROQUE SEMPRE PAGAVAM OS FIGOS....COMO MEU PAI PAGAVA O QUE COMPRAVA NO FIORAVANTE CERVIERI, AQUELE QUE SEGUNDO SEU DITADO OS OUTROS NÃO PRECISAVAM DE DINHEIRO ELE TINHA TUDO LÁ. ERA SÓ COMPRAR DELE OS MANTIMENTOS E DEIXAR LÁ O QUE SE PRODUZIA. ELE FAZIA A MEDIAÇÃO. SVELTO, FIORAVANTE(oc)

 

BB X POSTAL

NA FOTO QUE TÁ AQUI, SARTORI MEDIA O PAGAMENTO DA CASA ONDE FUNCIONAVA EM 1960 A SUBPREFEITURA EM SERAFINA. ERA ALI ONDE ESTÁ A APAE HJ. CONTO ISTO NO MEULIVRO A EMANCIAPÇÃO DE SERAFINA QUE ESTÁ NA LIVRARIA CULTURA. COMPREM MAS PAGUEM. NÃO FAÇAM COMO UM CERTO SUJEITO DE PALMEIRA QUE ALÉM DO LIVRO, MARCHEI COM O CORREIO TB.(oc)

 

Professor vegano é proibido de lecionar em MG por defender direitos animais

No dia 20 de outubro, o educador vegano e colunista da ANDA Leon Denis foi chamado a comparecer na escola que lecionava, na cidade de São João Evangelista, Minas Gerais, para ser informado que estava oficialmente dispensado de sua função.

A ordem de dispensa foi dada pela superintendência de ensino localizada na cidade mineira de Guanhães no dia 15 de outubro. Ironicamente, o dia do professor.

O educador Leon Denis é internacionalmente conhecido como pioneiro no ensino de direitos animais, ética animal e veganismo em escolas públicas no Brasil. Para tratar dessa temática em sala de aula, o educador usa uma abordagem filosófica, lógica, histórica e científica. Os temas apresentados e trabalhados em sala de aula questionam as tradições e os costumes e mexem com o status quo sexista, racista, especista, e muitos outros preconceitos legados como naturais.

Justamente por questionar as tradições econômicas, religiosas, culturais, políticas e científicas em aula, de modo crítico, o educador começou a receber no final do segundo bimestre letivo muitas reclamações dos pais dos alunos. Reclamações que foram registradas na escola na forma de BO (boletins de ocorrência) e se estenderam até o mês de agosto. Segundo o educador, no mês de julho, em umas das reuniões em que foi chamado para ter ciência dos BOs feitos contra suas aulas, ele pediu uma reunião com os pais dos alunos para que pudesse ouvir pessoalmente as reclamações e assim poder explicar o teor das aulas, o que ele fala e o que ele não fala, a importância dos filmes e documentários indicados aos alunos, como A carne é fraca e Não matarás. A reunião pedida pelo educador para esclarecer os pais, mesmo sendo registrada em ata, nunca ocorreu. Os pais se recusaram a ouvir o docente.

O educador, que leciona a disciplina de filosofia, sabe que apresentar uma visão crítica do mundo, exigindo de seus alunos que pensem e reflitam sobre seus costumes é algo que gera desconforto nos familiares, na comunidade escolar como um todo e, por incrível que pareça, em muitos professores, colegas de profissão. Após ler as reclamações e denúncias registradas nos BOs, Leon levanta dois questionamentos: primeiro, como alguns pais, que se recusam dialogar com o docente, têm poder sobre uma entidade representativa da Secretaria Estadual de Educação, como a superintendência, decidindo a vida funcional de um profissional? Simplesmente porque não concordam com o que o professor fala em sala de aula. Segundo o educador, os BOs estão repletos de argumentum ad hominem (argumento contra a pessoa). E o segundo questionamento do educador é sobre seu direito de resposta, de defesa. Onde foi parar um direito constitucional?

Nas palavras do educador e escritor:

“Fui informado pelo inspetor escolar que estou impedido legalmente de lecionar durante os próximos três anos no Estado de Minas Gerais. Está na resolução SEE n. 2741/15. No dia do professor, 15 de outubro, deixei de ser professor. Quanta ironia e injustiça. Sou um espírito livre, e incomodo por isso. A filosofia crítica incomoda. A verdade dos fatos incomoda. E estou pagando o preço por ser adepto da veracidade como virtude. Por defender em aula todos aqueles que estão em constante estado de vulnerabilidade. Os grandes pensadores, aqueles que são minha fonte de inspiração, na filosofia, na literatura, nas ciências, nunca foram bem vistos pela teocracia, pela oligarquia, pelos mantenedores do status quo; pelo contrário, sempre incomodaram e foram caçados pelas ideias que defendiam.”

Para registrar indignação pela dispensa / expulsão do educador acesse https://www.tag.ouvidoriageral.mg.gov.br/tag/taghub231014.dll/EXEC e manifeste sua opinião.

 

de São Borja

De: "Letier Vivian"
Enviada: 2015/10/21

O VOTO E O PÃO

Será na quinta-feira, às 19h, no Teatro Dante Barone (e não amanhã, como publicado no domingo), o lançamento do projeto O Voto e o Pão, que conta a história política e de vida do ex-governador Alceu Collares em documentário, livro e exposição fotográfica. Familiares, amigos e companheiros lembram momentos difíceis da infância pobre em Bagé, o esforço para se formar em Direito na UFRGS e a trajetória de vereador, deputado federal, prefeito e governador.

Na cabeça do projeto, estão os jornalistas Gilberto Lima e Celina Canabarro, enteada de Collares. Realizado por meio da Lei Rouanet, O Voto e o Pão é um projeto da Fato Singular Projetos Culturais e Eventos. A produção do documentário, o livro e a exposição fotográfica são da Casa de Criação.

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Documentário, livro e fotos contam história de Alceu Collares

por Agnese Schifino

A trajetória política e a vida de Alceu Collares estão registradas no projeto “O Voto e o Pão” - documentário, livro e exposição fotográfica - que será lançado no dia 22 de outubro às 19 horas, no teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa.

Um dos mais importantes personagens da história dos últimos 50 anos no Rio Grande do Sul, o menino pobre nascido no interior de Bagé foi vereador, deputado federal, prefeito de Porto Alegre e o primeiro negro eleito para o Governo do Estado.

Relatos emocionados lembram momentos difíceis de sua vida, a infância humilde, o esforço para se formar em Direito na UFRGS e a identificação com a ideologia trabalhista na defesa dos mais necessitados e princípios de solidariedade. As dificuldades na campanha a vereador, a eleição para a Câmara Federal, onde consolidou sua imagem como um dos principais líderes políticos do país na luta contra a ditadura e defensor dos trabalhadores também estão presentes nos depoimentos dele, familiares, amigos, companheiros de partido e assessores.

Alceu Collares recorda ainda o período em que esteve à frente da Prefeitura e do Governo, onde reergueu as finanças do Estado e alcançou um dos maiores índices de desenvolvimento da economia gaúcha, conforme estudo de técnicos do setor. A obstinação em implantar uma forma de participação da sociedade nas decisões relativas à aplicação do orçamento e a coragem de ser o primeiro governador do país a abrir os arquivos da ditadura militar também estão nas obras que retratam a história de Collares.

Realizado através da Lei Rouanet, o Voto e o Pão é um projeto da Fato Singular Projetos Culturais e Eventos. A produção do documentário, o livro e exposição fotográfica é da Casa de Criação.

Mérito Farroupilha

Na mesma ocasião do lançamento do projeto O Voto e o Pão, o ex-governador Alceu Collares recebe a Medalha do Mérito Farroupilha. A homenagem foi proposta pelo deputado Ciro Simoni do PDT. O deputado, que exerce o sexto mandato, faz pela primeira vez uma indicação para a distinção máxima da Assembleia Legislativa. A Medalha do Mérito Farroupilha é destinada a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento econômico, social e cultural do estado.

 

do capincho!

De: "Letier Vivian"
Enviada: 2015/10/21

Como ficou bonito teu blog com matéria do Loureiro.

:)

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Segunda edição do livro 365 dias com erva-mate é lançado em Porto Alegre

A 7ª Turismate, que ocorre de 13 a 15 de novembro, será lançada a nível estadual na ocasião
Em parceria com a Companhia Riograndense de Artes Gráficas (Corag), a Turismate lança no próximo dia 22 de outubro, às 17h, a segunda edição do livro 365 dias com erva-mate.A fim de atingir entidades e autoridades estaduais, o evento será realizado no espaço literário da Corag, em Porto Alegre. A obra é um trabalho conjunto entre a Emater, Secretaria de Educação e Secretaria de Turismo de Ilópolis e tem como foco a gastronomia da erva-mate.Assim como na primeira edição, lançada na última Turismate, o livro conta com diversas receitas a base de erva-mate.
“Fizemos o primeiro e as pessoas pediram novamente, queriam mais. Agora consultamos pessoas com mais experiência na gastronomia”, conta a secretária de Turismo de Ilópolis, Ariana Helena Maia Cittolin.

Na ocasião, ainda será apresentada a 7ª edição da Turismate, que será realizada entre os dias 13 e 15 de novembro, no Parque do Ibama. “Lançaremos dentro e fora da cidade, para que mais pessoas possam se antecipar e planejar a participação”, cita. Neste ano, a feira terá um foco mais técnico, com o2º Congresso Estadual de Sustentabilidade da Cadeia da Erva-mate, além da realização do Circuito da Erva-mate.

Neste link você terá acesso as imagens de receitas gastronômicas com erva-mate: https://drive.google.com/drive/folders/0B9TGMsc4Ppc9LVNJZGZ0NEk3WGs

Neste link você terá acesso as imagens das rainhas e princesas:
https://drive.google.com/drive/folders/0B9TGMsc4Ppc9RC1ZcTY2MmV1NzQ

Rota Cicloturística das ervateiras acontece neste domingo

Durante o percurso, cicloturistas e atletas poderão visitar ervateiras e consumir produtos a base de erva-mate  No próximo dia 25 de outubro, às 9h, ocorre o lançamento da Rota Cicloturística das Ervateiras. O evento integra a programação da Turismate 2015, e terá como ponto de partida o Parque do Ibama, no Centro da cidade. O principal objetivo da ação será aliar o turismo ecológico à erva mate e à saúde. “A planta tem muitos benefícios, e nada melhor do que o esporte para fazer esse elo. Através dela também queremos mostrar as belezas naturais de Ilópolis, e a importância da erva-mate para o município”, explica o presidente da feira, Clovis Roman.

O trajeto possui aproximadamente 40 quilômetros de extensão, e tem o Lago Verde como uma das atrações do primeiro trecho. Depois, segundo o coordenador técnico do evento Jean Carlo Finkler, o percurso segue por caminhos do interior e trilhas com diferentes vegetações, além dos ervais e das 12 ervateiras apoiadoras do evento. Em cada uma delas, os amantes da bicicleta poderão parar para descansar, e consumir produtos provenientes dela, como o tradicional chimarrão, o suco e até o bolo. O processo de produção da erva-mate estará a todo o vapor, e também poderá ser assistido pelos visitantes. Ainda haverá sorteio de brindes nestes locais.

A Secretaria de Turismo, Desporto e Lazer e a Comissão Organizadora da Turismate agem em conjunto, para que os visitantes saíam satisfeitos do passeio. A titular da pasta, Ariana Helena Maia Citollin, está coordenando os trabalhos. “Queremos que os cliclistas além de verem nossas belezas naturais, sintam-se acolhidos e conheçam um pouco mais da nossa cultura, da história da erva-mate e das nossas ervateiras. Estamos trabalhando inclusive para garantir a segurança de todos”, ressalta.
Ela afirma que a equipe está otimista em relação ao evento.  “É uma novidade, mas os ervateiros gostaram muito, por aliar esta ideia do chimarrão a algo saudável. Espero que os ciclistas bebam bastante da bebida, que é algo revigorante ao natural.”

Serviço
Todo o caminho será balizado com placas sinalizadoras, que remetem aos ramos da erva-mate. A comunidade também estará engajada e vai prestigiar os ciclistas durante o percurso. A participação é gratuita e irá integrar desde crianças até atletas profissionais e amadores. Inscrições poderão ser feitas a partir de quinta-feira, 15 de outubro, pelo site.
Mapa da rota
A rota ficará disponível para a comunidade, que quiser conhece-la também após o evento. O trajeto contempla as ervateiras Canta Sul | Roda do Mate, Ecomate, Diamantina, Fonte do Mate, Franzon, Lago Verde, Marsango, Safra, Serena, Seiva do Mate, Rei Verde, Ximango.

 

Hemocentro solicita doações de sangue de todos os tipos

O Hemocentro do Estado do RS (Hemorgs) precisa de sangue de todos os tipos. Os estoques estão em níveis baixos. O alerta busca evitar problemas de fornecimento de sangue e hemocomponentes para os leitos do SUS de 52 hospitais conveniados da Região Metropolitana e do Litoral Norte do RS.

O Hemorgs funciona de segundas a sextas, das 8h às 18h, na Avenida Bento Gonçalves, 3722, no bairro Partenon, em Porto Alegre. O telefone de contato para informações é (51) 3336-6755.

Doar sangue é simples, rápido e não dói. Todo ser humano em boas condições de saúde pode doar sem qualquer risco ou prejuízo à saúde. Se cada pessoa saudável doasse sangue pelo menos duas vezes por ano, não seriam necessárias campanhas emergenciais para coletas de reposição de estoques. O sangue não tem substituto e por isso a doação voluntária é fundamental. Os intervalos para doação são de 60 dias para homens e de 90 dias para mulheres.

Algumas exigências para doar sangue:

· Estar em boas condições de saúde e levar documento oficial de identidade com foto

· Ter idade entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos precisam de autorização de pais ou responsáveis legais

· Pesar 50 Kg ou mais

· Não estar em jejum, mas com alimentação não gordurosa

· Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação

· Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação

 

Secretário Vieira da Cunha visita escolas de Santa Maria

Foto: Evandro Oliveira/Seduc RS

O secretário estadual de Educação, Vieira da Cunha, esteve durante toda a quarta-feira (21) em Santa Maria. O roteiro incluiu visita à 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) e a quatro escolas estaduais da cidade.

A primeira reunião do dia ocorreu às 8h, com representantes do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual para tratar do programa Ministério Público pela Educação (MPEduc). Através de audiências públicas, questionários e visitas às escolas, procuradores e promotores de Justiça vão obter um diagnóstico das condições das escolas estaduais e municipais de ensino básico.

Em seguida, Vieira se reuniu com a coordenadora Iara Druzian e a equipe diretiva da 8ª CRE. No encontro, foram debatidas as principais necessidades dos estabelecimentos de ensino da região.

Após a passagem pela coordenadoria, o grupo seguiu para o Instituto de Educação Olavo Bilac, onde Vieira anunciou que a escola é um dos cerca de 70 estabelecimentos de ensino cujos contratos com as empresas responsáveis pela elaboração dos Planos de Necessidades de Obras (PNOs) puderam ser recuperados.

“Por uma série de razões, antes do final da gestão anterior, os contratos com as empresas que iriam elaborar os projetos do PNO foram unilateralmente rescindidos. Por insistência nossa, conseguimos salvar cerca de 70 processos, e um deles é o do Instituto de Educação Olavo Bilac. Portanto, em breve teremos um projeto de reforma geral pronto e em condições para que possamos fazer a licitação. A partir daí, vamos tratar de colocar no nosso orçamento os recursos necessários para que essa obra possa ser realizada no prazo mais curto possível”, disse Vieira.

Após a visita, o secretário esteve reunido com mais de cem professores e diretores de escolas da região, quando falou sobre a recém instituída força-tarefa para a execução de obras escolares. A medida, descrita em decreto assinado na semana passada pelo governador José Ivo Sartori, determina que as secretarias da Educação e de Obras, Habitação e Saneamento coordenem e providenciem a avaliação das condições físicas, a elaboração de projetos e a reforma das escolas estaduais.

Ao meio-dia, um almoço reuniu prefeitos, vice-prefeitos e secretários municipais de educação em uma galeteria no centro da cidade. A vereadora Marta Zanella e o vereador Marcelo Zappe Bisogno – que esteve em todos os compromissos – acompanharem a atividade.

ROTEIRO

No início da tarde, Vieira esteve na Escola Aberta Paulo Freire, onde foi assinado o termo de cessão de uso de máquinas de costura da Fundação Educacional e Cultural para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação e Cultura (Fundae). Os equipamentos serão disponibilizados, a partir de agora, aos alunos e à comunidade do bairro Passo D’Areia.

O segundo compromisso da tarde foi na Escola Augusto Ruschi. O secretário conheceu o trabalho desenvolvido pela instituição, que venceu nos anos de 2009 e 2013 o Prêmio Gestão Escolar, promovido pelo Ministério da Educação e pelo Conselho de Secretários de Estado da Educação (Consed).

A última agenda do dia ocorreu no CIEP Dr. Paulo Lauda, localizado na Cohab Tancredo Neves. A escola atende cerca de mil estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

 

Fotógrafo homenageia Encantado com Exposição

Foto: Gisele A. Feraboli

A comunidade encantadense e regional lotou o Auditório do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias da Alimentação de Encantado na tarde do sábado, dia 17 de outubro, para prestigiar a abertura da exposição intitulada “Um Centenário de Encantos e Belezas” do fotógrafo Juremir Versetti. A exposição que conta com 145 imagens no formato 30x45, registradas ao longo de anos de profissão, mostram o cotidiano do Vale do Taquari, sendo uma homenagem de Versetti aos 100 anos de Encantado.

Na ocasião, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias da Alimentação de Encantado, Maria Inês Lorenzi Vian, enalteceu o trabalho do fotógrafo, parabenizando-o pela exposição, destacando que a entidade ficou agraciada em poder sediar o evento em
homenagem ao Centenário do município. A secretária municipal da Educação e Cultura, Roseli Mottin Soares, enfatizou a bela iniciativa de Versetti. “A arte de fotografar é um dom que exige paciência, sutileza, perspicácia para captar a essência do fato e eternizar aquele

momento. No dia do seu aniversário Juremir, você presenteia o município de Encantado com um acervo de mais de 100 fotos”, lendo o que estava escrito no cartão entregue ao fotógrafo. O vice-prefeito e coordenador dos festejos do Centenário, José Calvi, também parabenizou o fotógrafo elogiando o trabalho realizado e a iniciativa. Da mesma forma, o presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Deves, parabenizou Versetti pela realização da exposição. O prefeito Paulo Costi falou da importância do olhar que o fotógrafo tem que dar a cada imagem elogiando o anfitrião bela homenagem a Encantado. Emocionado, Juremir Versetti agradeceu a todos que apoiaram e o ajudaram tanto para a realização da exposição como em sua trajetória. “Como todos sabem sou natural da vizinha Muçum. Encantado foi uma decisão profissional, e na caminhada não fiz apenas clientes, fiz também amigos, família, encontros que oportunizaram um desenvolvimento pessoal muito grande.

Na profissão que adotei fui testemunha de dezenas e centenas de fatos e fotos que retratam o cotidiano de Encantado e região. Portanto, esta exposição é uma homenagem ao povo encantado de uma cidade centenária que me ajudou. Com esta exposição espero estar fortalecendo a importância da fotografia na vida de Encantado e do Vale do Taquari”, disse.

Ao final da cerimônia de abertura, o fotógrafo foi agraciado com mimos e uma medalha do Centenário que contém impresso de um lado o selo comemorativo e de outro o brasão do município.

As imagens ficarão expostas até o dia 31 de outubro, das 8h30min às 11h30min, e das 13h às 18h. A programação faz parte dos eventos do Centenário de Encantado e conta com a parceria da Associação Cultural Encantado e com o apoio do Sicredi, Dália Alimentos, Gruta Azul, Indústria Têxtil Ipê e Administração Municipal de Encantado. O ingresso para a atração é 1kg de alimento não perecível, que será doado ao Grupo de Inclusão Social e Tratamento de Drogas e Álcool
(GISEDA), de Bom Retiro do Sul, que atende, também, pessoas de Encantado.

 

de Serafina

MEMORIAS DO MEU PAI....

O dinheiro não era deixado pelos colonos no banco. nem tinha naqueles anos ems erafina. deixavam tudo com o fioravante cervieri. ele tinha lá uma subagencia de um banco que agora não lembro qual era....sei apenas que fioravante manipulava a grana dos colonos, sempre a seu favor, claro.não ia ser diferente. manda quem pode, obedece quem tem juizo.

um dia um parente, casado com uma prima do meu pai, que ainda vive,pediu uma grana emprestada....meupai ficou na dúvida. ele foi falar com o fioravente até pq o dinheiro tava lá.

- olha, o dinheiro é teu,faz o que queres, mas eu não emprestava....

meu pai emprestou. nunca + viu a cor. os dois personagens estão mortos.....

ele me contou isto alguns anos atrás, nunca sabia disto(OC)

 

Serafina Corrêa receberá, mais uma vez, o Prêmio Gestor Público!

O Sindifisco realiza, todos os anos, um trabalho de reconhecimento aos Gestores Públicos Municipais, destacando Projetos que beneficiam as comunidades e mudam a vida das pessoas. Neste ano, o Prêmio Gestor Público terá como Prêmio Destaque Proteção à Infância e à Adolescência, investir em sonhos é mudar a realidade. Serafina Corrêa está participando com importantes e destacados Projetos, sendo um dos municípios vencedores, conforme anúncio de quarta-feira, 20 de Outubro de 2015, pelo Sindifisco. No dia 10 de Novembro, às 19h, o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do RS (Sindifisco-RS) e a Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais do RS (Afisvec) realizarão, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do RS, a solenidade de premiação do Prêmio Gestor Público 2015. Na ocasião, serão revelados os nomes dos Projetos Vencedores. Neste ano, 84 municípios gaúchos inscreveram 170 projetos.

Confira os municípios vencedores: Canoas, Picada Café, Farroupilha, Santo Antônio da Patrulha, Bento Gonçalves, São Lourenço do Sul, São Leopoldo, Santiago, Harmonia, Passo Fundo, Encantado, Porto Alegre, Tapera, Três Arroios, Guaporé, Erechim, Osório, Bom Princípio, Marau, Alecrim, Três Passos, Cachoeirinha, Giruá, Arroio do Meio, Nova Santa Rita, Charrua, Estrela, Cacique Doble, Ivoti, Rio Pardo, Vila Flores, Vale Real, Água Santa, Barão, Camaquã, Campo Bom, Carazinho, Caxias do Sul, Chapada, Fagundes Varela, Feliz, Flores da Cunha, Garibaldi, Garruchos, Glorinha, Gramado, Itatiba do Sul, Jaguari, Lajeado, Morro Redondo, Muitos Capões, Não-Me-Toque, Panambi, Porto Vera Cruz, Rolante, São Paulo das Missões, Senador Salgado Filho, Serafina Corrêa, Tio Hugo, Uruguaiana e Venâncio Aires.

 

Serafina Corrêa recebe Prêmio Boas Práticas de Transparência na Internet

A Prefeitura Municipal e a Câmara de Vereadores, na presença do Prefeito Ademir Antonio Presotto e da Presidente Eleni Castro Pizzatto, participaram, na tarde de terça-feira, 20 de Outubro de 2015, no Ministério Público, em Porto Alegre, da Cerimônia de entrega do Prêmio Boas Práticas de Transparência na Internet. “O objetivo desta iniciativa é estimular os gestores a cumprir as exigências ligadas à transparência e a aperfeiçoar os seus processos de comunicação com a sociedade, além de assegurar ao cidadão a possibilidade de participação ativa no controle da administração pública”, disse o presidente do TCE-RS, Cezar Miola, na abertura da cerimônia.

Dados do Tribunal de Contas do Estado, divulgados nesta quarta-feira, 21, apontam que a Transparência atinge somente 15% das cidades do Rio Grande do Sul. A lei que obriga administrações municipais a publicar na internet dados é respeitada por apenas 76 Executivos e 60 Câmaras Municipais. Em Serafina Corrêa, tanto a Prefeitura quanto a Câmara de Vereadores
receberam ótima pontuação, segundo os critérios do TCE, sendo agraciados com o selo digital e um diploma, conferidos pelo Tribunal de Contas, valorizando a ação de disponibilizar as informações sobre o ambiente governamental na internet. Os dados foram coletados entre os dias 1º de julho e 14 de agosto de 2015. Acesse o resumo do resultado dos Executivos:
(http://portal.tce.rs.gov.br/portal/page/portal/noticias_internet/Relatorios/Executivo.pdf)
e dos Legislativos:
(http://portal.tce.rs.gov.br/portal/page/portal/noticias_internet/Relatorios/Legislativo.pdf).


21 de outubro
de 2015

indios

Como diz o ditado, depois da tragédia, todos correm....
agora o MP obrigou a prefa de estrela pegar dentro da aldeia as crianças.

precisou a tragédia antes.

 

INDIAS

SP QUE IA A SERAFINA, OLHAVA AQUELE ACAMPAMENTO DE INDIOS EM ESTRELA. NG NUNCA DEU BOLA...agora tão vendo que ali tinha indios...que pegavam onibus pra ir a aula.

* qq um pode morrer esperando um onibus.

* agora a hipocrisia fala alto..antes ng deu bola.

 

DA PREFA NOSSA

houve uma festa na prefeitura de poa. ali todo mundo confraternizou e t c e tal. no fim deixaram uma senhora já aposentada sozinha.

no dia seguinte, comentaram:

- po deixamos a fulana sozinha, que chato.

um dos presentes, que conhece os contrachques, não se condoeu da velha senhora, aposentada, mas ainda na antiva.

- sabes quanto ela ganha?

- 30 mil por mes

toing e nóis aqui pagando ISSQN!

em nóis o......(OC)

 

Chuva

A IMAGEM DO RIO GRANDE NOS ULTIMOS TEMPOS. CHUVA, MAIS CHUVA E MAIS CHUVA

A PR DA ALFANDEGA EM DIA DE CHUVA...

VEM A FEIRA POR AÍ.....

 

O BARRANCO NO DIA DA CHUVARADA....

as arvores nem cairam. e tem mais uma coisa. eles querem desbastar a barba que tem em volta delas, mas a smam não estaria autorizando.

 

TEMPORAL...

raios agora virou descargas elétricas...
o o ritter explicando que TEMPORAL É O ENCONTRO DA MASSA FRIA X QUENTE.
BAH,ACHEI QUE O PADRE SO ENTENDIIA DE ECONOMIA E DE VINHOS...TOING.....

 

MEDIÇÃO DO GUAIBA

a falecida sue duarte inventou o tempo no AEROPORTO. foi invenção dela.

agora temos MEDIÇÃO DO GUAIBA....

é só do que se fala...toing.....

 

LINGUA AFIADA

PUTA QUI PARIU. NÃO GUENTO MAIS COLEGUINHA ENTENDIDO DE TEMPO. IMAGINEI QUE APENAS O CASCATINHA ATIRAVA PRA TUDO QUE ERA LADO. ERA O SENHOR DO RAIO E DO TROVÃO...MAS HOJE VI O AFFONSO FALANDO NA BIBLIA QUE ESTAMOS NAS VACAS MAGRAS BIBLICAS. O RIGOTTO FALANDO DO TEMPO. O ANDRE MACHADO QUE AGORA ENTENDE TUDO DE MEDIÇÃO DO GUAIBA.

QTA CHUTAÇÃO.....

A GUAIBA NÃO OUÇO MAIS. SUMIU DO DIAL.HÁ DIAS. COM A ENCHENTE.
ALIAS SE ALGUM SITE ESPECIALIZADO AI FOSSE SÉRIO MESMO FARIA UMA MATERIA SOBRE O DIA QUE A GUAIBA SUMIU DO AM...MAS NÃO FAZEM. TODOS SÃO MEIOS VAGAIS. ISTO DÁ TRABALHO.

 

HOUVE UMA X UM VERÃO...

maria siliprandi, com amiga, na praia de bombas no carnaval de 83.

os gaúchos se mandavam pra lá nos anos 80. hj até pedágio tão cobrando lá.

 

torcida de Pelotas em Estrela

o mazza mandou isto pra gente. ouvi tudo. a maior balaca. vão a estrela como eu fui e ouçam o que dizem daquele dia.o livreiro bolivar tava lá naquele dia porque tinha ido a uma festa do xucrute com uma namorada. ele tá aqui pra contar o que viu lá. é engraçado como estes cartolas fazem de uma turma de arruaceiros torna-los suaves e apenas torcedores.

e a midia muito demagoga vai na onda....

 

ARGENTINA

PELO MENOS NA GUAIBA -FM, QUE É ONDE DÁ, O MENDELSKY -SEMPRE BAJULADO PELO ALEMÃO AQUELE DE TURUSSU - FALOU SOBRE A ARGENTINA. SOBRE A POLITICA DE LÁ.ALGO QUE PRESTE,ENFIM.

* SE O GELSON ESTIVESSE AQUI ELE MANDARIA BELAS MATÉRIAS SOBRE ISTO. MAS QUE DESCANSE EM PAZ.!

 

VARAL

NILSON MARIANO FOI CORRENDO PRA CAS AHJ PRA TIRAR A ROUPA DO VARAL. PQ IA CHOVER.

DEPOIS DIZEM QUE OS HOMI NÃO MUDARAM,????

FICO SABENDO QUE MAURO CESAR SILVEIRA, POPULAR CERVEJINHA, TEVE FILHO....

CASOU DE NOVO,ENTONCES. FELICIDADES PRA ELE.

AH, O ANDRE PEREIRA QUE TAVA NA FAMOSA PARTIDA DO PROTASIO QDO UM MURO FOI DERRUBADO ESPALHOU POR AI QUE QUEM O DERRUBOU FUI EU...

PODE SER, PODE SER....

NADA A CONTESTAR,ENTONCES.

 

PREGUIÇA DO CAPISTA

na zh, o da capa chupou a manchete interna.

 

BIOGRAFIA

ALGUNS MESES ATRÁS INDIQUEI AO PC FLORES o LAURINHO DA VENANCIO PRA FAZER A BIOGRAFIA DO ANTON KARL BIEDERMANN...

diz o pc, que o laurinho não o procurou. sabe como é egos....

* ele escolheu a susana naidich pra fazer a biografia do Anton.

 

FALCÃO POR JBSCALCO

NA FOTO DO SCALCO,A FAMOSA FOTO DO FALCÃO EMPATANDO O JOGO COM A ITALIA EM 1982.

 

MORTE NÃO RECLAMADA....

cada um enterra os seus.....

 

Obras da OAS inconclusas

Estão como estavam meses atrás, quase concluídas. Quase!

LAURINHO SAIU QDO GREMIO AINDA GANHAVA.

LAURINHO DA VENANCIO SAIU QDO O GREMINHO GANHAVA NO DOM.DEPOIS A CHAPECOENSE VIROU...TOING....

 

Artigo

Quando a mediocridade impera

por Christopher Goulart, advogado, primeiro suplente de Senador (PDT-RS)

Difícil missão colocada na prática da agenda política do país. Parto deste raciocínio, visando fugir da banalidade com que se debatem questões que dizem respeito às aspirações comuns de uma população de mais de duzentos milhões de cidadãos. Da irresponsabilidade dos que detêm postos de comando e se envolvem em um tipo de vaidade peculiar, a bem da verdade, completamente ridícula.

Incompreensível lógica esta da retórica perante câmaras e microfones, da enganação permanente, no momento em que são abordados conceitos exemplares – moral, Republicanismo, justiça, enquanto relegamos a um segundo plano a compreensão da palavra “respeito”. Perdeu-se o respeito! Francamente, quem acredita no exercício pleno de democracia sem o mínimo de respeito?
Os recentes trinta anos de redemocratização brasileira, após a superação do triste período ditatorial, parecem ainda não ser suficientes para afirmar que deixamos de ser uma republiqueta. Por aqui, a grande contradição é assimilar que mesmo com tanto sacrifício, nosso forte não reside na manutenção da estabilidade democrática.

Quando a mediocridade impera, quando se perde a credibilidade nos agentes políticos em razão de seus próprios mandos e desmandos, não há avanços. O círculo vicioso deste grande esquemão corrupto nos empurra para o abismo. A falta de visão nos mantém confinados no fundo do poço. O resultado disso é a grande crise de valores morais que a cada dia desmotiva ao povo brasileiro. Como amar a pátria enquanto somos obrigados a aplaudir um circo decadente?

Eis o compromisso. Retomar a confiança, através de uma nova atitude. Jamais foi tão evidente a necessidade de quebra de paradigmas. De iniciar uma nova forma de comunicação entre representantes e representados. Esses dias, ouvi em uma música um trecho que diz, “se o país não for pra cada um, pode estar certo não vai ser pra nenhum”. Que assim seja, pois enquanto perdurar a injustiça, a mentira, a irresponsabilidade política e o jogo de faz de contas, enquanto a mediocridade de espíritos destrutivos falar mais alto, duvido que sejamos a grande potência que podemos ser.

 

Catástrofes: AL vai debater situação da Defesa Civil

enviado pela capincho de sb.


Assembleia vai debater as condições da defesa civil diante das catástrofes

A Assembleia Legislativa vai avaliar e discutir as condições dos órgãos de defesa civil no Estado no enfrentamento das catástrofes. Por sugestão do deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT), a Comissão de Assuntos Municipais realiza na próxima terça-feira, dia 27, às 9h30, uma audiência pública sobre o tema.

Para o debate, estão sendo convidados representantes dos ministérios da Integração Nacional e das Cidades, da Secretaria Nacional da Defesa Civil e dos coordenadores regionais aqui no Estado, da Famurs e Uvergs, além especialistas como o professor Bulhões Mendes, do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Ufrgs.

Entidades que atuam na previsão meteorológica e na assistência social, como a Cruz Vermelha, também estão sendo chamadas ao debate, que vai ocorrer no Plenarinho (3º andar do Palácio Farroupilha).

 

Cais do Porto não será utilizado

A Câmara Rio-Grandense do Livro informa que não irá mais utilizar os espaços do Cais do Porto para a realização de atividades da 61ª Feira do Livro de Porto Alegre. A decisão foi tomada devido ao risco de transbordamento do Guaíba em função da chuvas previstas para o período da feira.

Para a segurança de todos, a diretoria da Câmara decidiu transferir o Teatro Carlos Urbim para a Avenida Sepúlveda, entre a Rua Siqueira Campos e a Avenida Mauá, e a Casa do Pensamento, para a Praça da Alfândega, diante do Memorial do RS.

No Armazém B do Cais do Porto, serão exibidas as mostras literárias Millôr e Paulo Leminski, sob a coordenação do Sesc/RS.

 

FESTIVAL DE DANÇA FOLCLÓRICA DE ISRAEL CHEGA A SUA 9º EDIÇÃO

O IX festival Darom vai reunir os principais grupos de dança israeli de Porto Alegre em uma grande Integração pela Dança.

Acontece no próximo domingo, dia 25 de Outubro, a nona edição do Festival Darom de Dança Folclórica Israeli, tradicional evento de danças do calendário cultural de Porto Alegre realizado a cada dois anos pela Fundação Kadima.

O espetáculo reúne mais de 400 dançarinos entre 6 a 25 anos que irão mostrar a "Integração pela Dança", tema desta edição que vai encher de cores, música, alegria e muita emoção o palco da Pucrs. "Nada mais oportuno e atual do que "levantar a bandeira" da integração em uma época tão marcada por conflitos em todo o mundo. Queremos mostrar, através da dança, que a união de grupos, de povos, de nações tem força e poder para realizar mudanças, para promover a paz", comenta Gina Schvartz Saffer, presidente da Fundação Kadima.
O show começa às 20 horas no teatro do prédio 40, no Centro de Eventos da Pucrs.

Serviço:
IX Festival Darom de Dança Folclórica Israeli
Dia -25/10/2015
Horário: 20H
Local- Centro de Eventos Pucrs –Teatro do Prédio 40
Ingressos –na Fundação Kadima - Rua João Teles 329, 3º andar em horário comercial ou tele-entrega (com custo adicional) pelo fone 3311-8238
Valor - RS 50,00

 

Comunicado

 

Cinema

UM CINEASTA DA ESTRANHEZA NA DEMÊNCIA

por Eron Duarte Fagundes

O sul-coreano Joon-ho Bong propõe sempre um jogo mais ou menos oculto de estranhezas das personagens diante dum mundo muitas vezes incógnito para o indivíduo. Ora ingênuo, ora esdrúxulo, talvez Mother, a busca pela verdade (Mother; 2009) tenha atingido uma certa complexidade que faltava a seus outros filmes conhecidos por aqui. Ainda não chega a ser a plenitude do excêntrico, pois os aspectos truncados do cinema de Bong permanecem. Mas é inevitável o fascínio de encenação duma realização como Mother, em sua lentidão profundamente plástica.

No centro da trama um homem madurão (está próximo dos 30 anos), mas cujo comportamento o recua para a primeira adolescência, vive com a mãe e um belo dia é acusado de matar uma garota. Sua vadiagem idiota o leva à prisão, mas o crime contra a adolescente permanece nebuloso e mesmo no final, quando um foragido do sanatório é incriminado em seu lugar, o realizador lida de maneira sinuosa com uma ambiguidade de intenções em sua proposta de narrativa policial.
Belo, às vezes delirante, Mother, a busca pela verdade não é algo de fácil digestão para o público de sempre, mas tem uma hipnose cinematográfica que o credencia.

 

de Serafina

Ratão-do-banhado é resgatado e devolvido à natureza

dizem que até a banda da BM foi chamada pra tocar na hora que o ratão de banhado foi devolvido.....

* isto me faz lembrar uma piadinha muito boa....mas conto outro dia. go affari adesso(tenho o que fazer,agora)

A equipe da Secretaria de Meio Ambiente de Serafina Corrêa deslocou-se à Rua Orestes Assoni, no dia 09 de Outubro de 2015, para atender ao chamado de uma moradora que encontrou um ratão-do-banhado em sua casa. A espécie é nativa do Rio Grande do Sul, vive em locais úmidos, próximos a rios e banhados, alimentando-se principalmente de gramíneas, raízes e plantas aquáticas. O animal estava assustado, encolhido em um canto e, embora não oferecesse nenhum tipo de perigo às pessoas, foi necessário fazer resgate para protegê-lo, pois poderia deslocar-se para a rua, onde havia o risco de ser atropelado ou de entrar em outros terrenos e ser atacado por algum cachorro.

Desse modo, foi acionado o Corpo de Bombeiros Voluntários de Serafina Corrêa, que possui equipamentos adequados e pessoal treinado para agir nesse tipo de situação. Após o resgate, o ratão-do-banhado foi devolvido à natureza, em local com as características de seu ambiente natural. Sempre que algum animal silvestre for encontrado em casas ou terrenos, deve-se evitar tentar capturá-lo, mexer nele ou gritar, pois essas ações podem machucá-lo, causar muito estresse ou alguma reação agressiva, que nada mais é que uma tentativa de defesa, pois ele pensará que está sendo atacado. Na maioria das vezes, o bicho seguirá seu caminho sozinho, pois está apenas de passagem. Caso ele não consiga sair ou esteja ferido ou em situação de perigo, a Secretaria de Meio Ambiente deverá ser chamada para avaliar a situação.

A Secretaria de Meio Ambiente, em nome da Prefeitura Municipal, agradece a os todos envolvidos no resgate, em especial aos Bombeiros Voluntários, que prontamente se dispuseram a ajudar nessa importante ação em defesa da natureza.

 

Prefeito em Audiência com o Governador

O SARTORI FICOU MEDIANDO ALI A BRIGA DE SERAFINA X GUAPORÉ....BB X POSTAL(oc)

Prefeito participa de Audiência com o Governador do Estado

O Governador José Ivo Sartori recebeu, na quarta-feira, 14 de Outubro de 2015, convite para participar do Encontro dos Difusores do Talian que acontecerá em Novembro, no município de Bento Gonçalves. O convite foi feito pelo Presidente da ASSODITA, Edgar Maróstica, juntamente com o Prefeito de Serafina Corrêa Ademir Antonio Presotto, demais autoridades locais, bem como de uma comitiva de Bento Gonçalves, com a presença do Secretário de Cultura, Jovino Nolasco de Souza, do Presidente da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves, Valdecir Rubbo, do Escritor Darcy Loss Luzzatto e Ademir Antônio Bacca, e demais integrantes de entidades italianas.

 

Alegria e diversão para toda a família

Depois de vários dias de chuva, o domingo, 18 de outubro de 2015, amanheceu com temperatura amena e com pouca nebulosidade. À tarde, o sol brilhava o que favoreceu para que centenas de pessoas participassem de mais uma edição da Caminhada das Vitoriosas e da I Mateada Rosa, eventos promovidos pela Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, através do Gabinete da Primeira Dama, Secretaria de Saúde/Vigilância em Saúde e Secretaria de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer. No Calçadão da Praça da Matriz houve a concentração, entrega dos brindes, homenagem aos médicos pela passagem do Dia do Médico e alongamento para o início da Caminhada, já contagiando os participantes, que caminharam com alegria e entusiasmo, colorindo as
ruas da cidade de rosa.

No retorno ao Calçadão, todos ouviram com atenção a mensagem do Deputado Estadual Gilmar Sossella, que mesmo impossibilitado de estar presente, fez questão de deixar sua mensagem de otimismo e coragem às mulheres serafinenses. O Deputado Estadual Edegar Pretto parabenizou as mulheres serafinenses por aproveitarem a oportunidade de realizar seus exames preventivos e surpreendeu os participantes cantando várias canções, todas elas enaltecendo as mulheres. Em seguida, aconteceu a I Mateada Rosa, patrocinada pela Ervateira Ponche verde e a apresentação de conjunto musical, alegrando o público que dançou com alegria e descontração, pelo variado repertório. As crianças também tiveram a oportunidade de se divertir nos brinquedos infláveis, patrocinados pelo projeto Criança Dália e, com a parceria firmada entre o Grupo de Voluntários da BRF, saborearam deliciosas pipocas.

 

Prefeito recebe Novos Conselheiros Tutelares

Os Conselheiros Tutelares cuidam dos direitos das crianças e adolescentes do Brasil. Em Serafina Corrêa, foram eleitos no dia 04 de Outubro de 2015, cinco titulares e 5 suplentes. Na manhã de 19 de Outubro, o Prefeito Ademir Antonio Presotto, juntamente com a Coordenadora dos Conselhos Municipais Fernanda Castelli Fedrigo, recebeu, em seu Gabinete, os Conselheiros Titulares e Suplentes eleitos que assumirão em 2016. Na oportunidade, foram tratados assuntos importantes em relação às ações do Conselho Tutelar do município, como o bom relacionamento Administração Pública e o Conselho. O Prefeito solicitou comprometimento de todos para que o trabalho continue sendo desenvolvido da melhor maneira, beneficiando nossas crianças e adolescentes.


20 de outubro de 2015

LINGUA AFIADA

um linguarudo que teve no lançamento do filo no PP me comentou:

- bah, tche, mas vcs de serafina tem dois craques em aparecer!!!

- quem o Bico?

- não, a inelves e o ademir!

toing....

 

ZH FAZ LOAS A TORCIDA XAVANTE

mas que de xavante não tem nada...tem mesmo é de arruaceira....

em ESTRELA,ainda hj, os mais antigos se lembram de um jogo do BRASIL numa disputa com o ESTRELA FC....a torcida chegou lá, invadiu tudo, comeu e bebeu e não pagou nada.
pior como não havia banheiros na cidade, fazias suas necessidades em predios, derrubando tudo.....

no restaurante LAGUINHO, não querem nem ouvir falar da tal torcida xavante.

 

BOX 21

continua fechado....

a espera da derrubada do prédio.....

 

Coleguinhas

ESTE V ELHOTE CORCUNDA É O COLEGA RAUL RUBINICH...ao lado seu esposa.

 

OUVINTES XAROPES

um dia fui observar algo ao PADRE RITTER e ele me deu na lata:

- ouvintes são muito chatos.

 

LEITORES XERETAS

FERNANDO DE URUGUAIANA PERGUNTA ONDE ANDARÁ O PINTO, DO PMDB E O CITA COMO ' COMUNA'.

ORA CARA LEITOR.NÃO SABIA QUE O PINTO ERA COMUNA....
COMUNAS PRA MINHAS RELAÇÕES SÃO OS PINHEIRO MACHADO.
O PINTO NÃO PASSAVA DE UM FOFOQUEIRO DO PODER E BOM VIVANT. SEMPRE DE CACHIMBO.COMO SEU LIDER PEDRO JORGE.

 

LEITORES XERETAS

tem leitores como um deuruguaiana que quer saber mais detalhes do que conto aqui.

ora bolas, como diria cid pinheiro cabral.
detalhes só com preço mais alto rsrsrs....

 

A BRIGA FALCÃO X LAURO

' o Falcão era treinador do Inter.Foi numa 2.Posterir à eliminação do inter do campeonato brasileiro. O inter tinha que vencer o cruzeiro e o corintians e não podia perder para o flamengo. O corintians entrou em campo com os reservas e fez a parte dele. o inter foi lá e levou 4 a 1.a partir daí o lauro foi lá e levantou a lebre de que o djair estava descumprindo as ordens do falcão.o lauro falou isto na jornada e no sala.foi ai que o falcão entrou no ar e espinafrou o lauro.foi uma briga feia.o falcão destratou muito o lauro.

sobre a briga, lauro disse:

incrivel, não lembro disto. mas foi muito desagradável aos dois.

 

A NOITE DE PORTO ALEGRE

' porto alegre, como sempre, ia aos extremos.ou os clubes de sociedade,ou os cabarés.o AMERICAN BOITE -na volunta -com mulheres e bebidas importadas era o principal salao de convenções dos industriais de passagem. Os menos aquinhoados ficavam mais perto da cidade, no Maipu, na julio onde cubanita de bronze recebia. Era era o rodapé do CORREIO DO POVO diariamente durante muito tempo.Ora veja, o jornal da família riograndense veiculando propaganda de cabaré. mas aqui na cidade tudo foi possível inclusive a evolução dos costumes noturnos( tatata pimentel.)

 

Árvore

arvore sofre poda na mercopan da ijui

podaram uma arvore encima da mercopan, na ijui

 

Sala Redenção

vai no santander. larga a porcaria(OC)

From: André Barrionuevo Rönnau
Sent: Sex 16/10/15 16:59

No cinema da UFRGS desde o início deste ano só passa porcaria. Estou esperando a Sala Redenção melhorar a programação - mas desconfio que vou morrer sentado.

 

SOGIPA LOTADA

como já disse aqui, a sogipa esteve lotadona no domingo por conta da okoberfest e de uma jogo de não sei o que um jogo de alemon.

* os terceirizados não podiam abrir naquele dia.

mas o freitas da sauna abriu, meio escondido.

por isto que na portaria não deixavam ninguém entrar, dizendo que tava fechado.
mas tava aberto.

eu furei a fial

 

lançamento

O lançamento do livro A Caminho do Ouro – Norte-americanos na Ilha de Santa Catarina vai ser no dia 5 de novembro de 2015, às 19 horas, na Fundação Badesc (Rua Visc. de Ouro Preto, 216 - centro – Florianopolis).

“Esta pequena ilha tem muitas atrações: suas frutas não têm rivais; sua paisagem é selvagem e pitoresca; seus habitantes são amáveis e calmos. O clima embora cálido é influenciado por uma brisa marinha que faz com que o calor nunca seja opressivo. Os pássaros desta ilha são fora do comum pela doçura e brilho de sua música. A fertilidade do solo é vista na rica vegetação que oscila numa massa verdejante sobre vales estreitos e escarpados. Parece que o Éden saiu do leste no formato de uma ilha”.

A encantadora descrição de Santa Catarina foi feita por um norte-americano no meio do século 19. Ele e outros milhares de conterrâneos passaram por aqui rumo a Califórnia onde iam a busca de ouro. E é esta a história que conta o livro “A Caminho do Ouro – norte-americanos em Santa Catarina” de Jeff Franco e Marli Cristina Scomazzon baseada em dezenas de manuscritos dos viajantes daquela época. Uma história ainda inédita na História de Santa Catarina.

Os viajantes sem exceção ficavam encantados com tudo: com a comida (sobretudo o café e frutas exóticas), com a beleza da paisagem, com a hospitalidade dos nativos e ouve até aqueles que apaixonados por alguma mocinha desistiram da busca ao ouro e ficaram por aqui definitivamente. O contato com os catarinenses foi idílico na maioria dos casos mas também aconteceram conflitos e até mortos e a polícia local teve muito trabalho inclusive para repatriar viajantes que desistiam da jornada. É que viajar em pequenos barcos, por tantos quilômetros não era fácil. As queixas dos navegantes eram muitas e a falta de costume com o mar um grande empecilho.

Todos estes norte-americanos viviam na costa leste dos Estados Unidos pais que recém anexara a Califórnia após uma breve guerra com o México. Logo após o fim da guerra foram descobertas enormes jazidas de ouro na terra recém conquistada. Mas, não haviam estradas que cruzassem o país e o caminho era difícil e perigoso por causa dos índios ferozes, das imensas montanhas e vales cortados por caudalosos rios. Não havia ainda o canal do Panamá e a rota que consistia em contornar a América do Sul era a mais conhecida por todos. Este caminho era usado há muito tempo pelos baleeiros e viajantes dos EUA e Europa que comerciavam com o oriente.

O livro também dedica um capítulo a contar como os catarinenses viveram estes anos de invasão norte-americana. Existiam aqueles que se esforçaram ao máximo em ser bons anfitriões, outros viram no episódio uma boa oportunidade de lucro e teve quem se exasperou com a avalanche de homens ruidosos e ávidos por aventuras. Contrabando incontrolável pelas autoridades, caça a desertores e alforria de escravos foram episódios corriqueiros daquela época.

A atuação do consulado norte-americano em Desterro encerra o livro. Foram mais de 50 anos de atividade, alguns muito agitados e outros mais calmos. Os cônsules durante a febre do ouro fizeram o possível para que a invasão fosse mais suave possível, mas nem sempre tiveram êxito. Na correspondência oficial que ficou até nossos dias é possível observar também a influência que alguns deles tiveram na comunidade.

Em resumo, “A Caminho do Ouro” resgata um período da história de Santa Catarina do qual não se tinha notícia e que foi esquecido pela memória popular.

Mais informações em acaminhodoouro@hotmail.com

(48) 8809-6761 com Marli Cristina Scomazzon

Ou Editora Insular www.insular.com.br

 

do La Nacion

Arte de tapa: la puerta de entrada a la literatura

Un recorrido por las memorables portadas de clásicos de Bradbury o Fitzgerald, pasando por las ilustraciones de colecciones míticas como Minotauro o El Séptimo Círculo y llegando a uno de sus mejores exponentes locales, Javier Barilaro, cuyas tapas para la editorial Mansalva están expuestas en la galería Otero

Walter Lezcano
PARA LA NACION

Ilustración de Jorge Alvarez

Las tapas siempre han representado una parte vital y trascendente de ese objeto invencible y analógico llamado libro. Ya sea como primera impresión, puerta de entrada, herramienta que despierta interés, amplifica significado o anzuelo de venta, las cubiertas contienen ese aire anfibio de objeto artístico que despega por su belleza y, a la vez, es un panfleto informativo del contenido de un texto. Es por eso que las editoriales buscan innovar en sus diseños para volverse atractivas para los potenciales compradores y, si es posible, quedar impregnada en las retinas como imágenes inolvidables. Así ocurrió con las tapas que diseñaron S. Neil Fujita para El padrino, de Mario Puzo; las de Joe Pernaciaro y Joseph Mugnaini para Fahrenheit 451, de Ray Bradbury; la icónica cubierta que hizo Francis Cugat para El gran Gatsby, de F. Scott Fitzgerald o la realizada por David Pelham para La naranja mecánica, de Anthony Burgess.


Burgess por David Pelham

También en nuestro país existen cubiertas memorables y clásicas como la que hizo Jorge Álvarez para La traición de Rita Hayworth, donde se lo ve a Manuel Puig detrás de una cámara, la de ¿Quién mató a Rosendo? de Rodolfo Walsh en Ediciones De la Flor, la primera impresión de La invención de Morel, de Adolfo Bioy Casares, para Losada o la de Chichoni para El juego de la rata y el dragón, de Cordwainer Smith en Minotauro, un extraordinario sello editorial que también tuvo tapas creadas por el gran trazo de artistas notables como Carlos Nine y Luis Scafati.
De Joe Pernaciaro y Joseph Mugnaini, para la primera edición del clásico de Bradbury
De Joe Pernaciaro y Joseph Mugnaini, para la primera edición del clásico de Bradbury.

En estos momentos, el diseñador de tapas más reconocido del mundo tal vez sea el carismático Chipp Kid, quién dejó su huella reconocible en esta rama del arte con la portada de Jurassic Park de Michael Crichton, entre otros.
¿Pero qué pasa en la actualidad con el arte de tapa en nuestro país?

Es un detalle menor que pasa desapercibido para la mayoría de los lectores, sin embargo tiene un gran valor para el responsable de todas las tapas de la editorial Mansalva. En la sección de información interna del libro -el llamado colofón- no dice "diseño de cubierta" ni nada parecido, dice lo siguiente: "Arte: Javier Barilaro". Con ese pequeño gesto, el artista plástico da cuenta de forma pública cómo encara su trabajo a la hora de pensar una tapa: como si fuera un cuadro para una estructura móvil y portátil.


De Javier Barilaro

Estas son cualidades que se pueden apreciar en la muestra La industria gráfica produce cultura, que estará en la galería Otero (Scalabrini Ortiz 1693) hasta el 15 de noviembre, donde Javier Barilaro exhibe "sus caprichos": "Empezó como una retrospectiva gráfica más que de mis obras. Porque tengo una doble vida de pintor y diseñador gráfico, aunque siempre dije que era artista. Esta muestra trata de contar toda mi carrera en el diseño pero como una obra nueva y en nuevos soportes", explica.

Barilaro comenzó con el diseño de tapas de manera autodidacta, confeccionando las imágenes que ilustraban los cassettes en los que hacía compilados musicales cuando era joven. Luego estudió en Bellas Artes y con unos amigos estudiantes de Letras decidieron comenzar una editorial. Por ese entonces, Barilaro ya tenía encima las influencias que luego lo harían conocido en el medio: "Ya me había metido en el arte y me llamaban la atención los que incluían textos en sus cuadros, tipo Jaspers Johns o Robert Rauschenberg que hacía unos collages increíbles. También ya conocía los afichistas franceses de los sesenta, el Nouveau réalisme. Además me gustaba mucho Jackson Pollock y en vez de tirar trazos de pintura yo escribía cosas ilegibles. No puedo separar pintura y literatura. Y el diseño gráfico, para mí, es una resultante de eso. Así apareció el hecho de hacer tapas de libros."

Primero trabajó en el proyecto Elisa Cartonera y luego continuó con Mansalva. En los dos casos, las tapas lograron destacarse como formas relevantes de crear entradas a universos nuevos y que pueden, además, considerarse como obras en sí mismas, con peso propio. Desde ese espacio, Barilaro dejó una marca a partir de la incorrección: "Somos buscadores de imágenes raras que tengan una cierta onda. Inclusive si son apaisadas y la ponemos en vertical la gente lo valora porque no se hizo mucho. La tipografía es mi capricho absoluto. Hago lo que se me canta y es lo que considero la marca estilística de Mansalva. A veces pongo ensaladas de tipografías, algo que en diseño gráfico no se recomienda. Si hubiera un departamento de marketing en la editorial ya me hubieran despedido. Por eso es un proyecto artístico."


Las puertas de la percepción


Francis Cugat imaginó así la obra maestra de F. Scott Fitzgerald

Las editoriales independientes que buscan posicionarse en ese campo de batalla que es la mesa de novedades, tienen en los diseños de cubierta una herramienta para llamar la atención. Así como los grandes sellos tienen los nombres de escritores reconocidos, las editoriales independientes apuestan a una estética a la que recurrir para construir una identidad y un territorio de pertenencia. En ese sentido, la editorial Nudista de Córdoba tiene cubiertas que se destacan por varias cuestiones: son imágenes propias, los autores siempre aparecen y tienen una factura moderna. Explica Juan Cruz Sánchez Delgado, el responsable de idear y llevar a cabo estas producciones de tapa: "Nuestro lema es la literatura es nuestro punto de partida y esto aplica para las tapas de nuestros libros. Para las portadas realizamos producciones fotográficas específicas, inspiradas en el libro, donde involucramos al autor, no solo en la toma de decisiones si no también físicamente ya que en la foto de portada
intentamos recrear una escena o atmósfera del libro en la cual está presente el autor. De esta manera la foto de tapa también se convierte es un especie de retrato. La mayoría de las editoriales ponen en la solapa la típica foto solemne, a nosotros se nos ocurrió sacarlo de allí y llevarlo a la tapa o contratapa del libro, protagonizando un fotograma de su propia obra."

Por su parte, Gustavo López, curador de arte y editor de la histórica editorial de poesía Vox, cuenta cómo aborda el trabajo de las tapas de sus libros: "Tratamos que la cubierta sea un lugar destacado. Como una decisión estética central utilizamos casi siempre obras de artistas visuales argentinos contemporáneos que comparten el mismo campo cultural y estético con los poetas, y con quienes en nuestras cabezas encontramos múltiples lazos de conexión, a pesar de que cuidamos muy bien que la imagen de tapa no funcione como una ilustración del texto sino más bien como un trabajo que proviene del mismo universo de experiencia sensible. Los artistas que elegimos están en una órbita de interés para nosotros similar al de los poetas que editamos."

Pablo Mambo Rivas se encarga de la estética de tapas de las editoriales Conejos y Paisanita. Y dice al respecto: "Cuando me hacen llegar el libro con el que vamos a laburar, al leerlo, al ver el tenor o la atmósfera que me sugiere la lectura, ya me pongo a pensar a qué ilustrador convocar. Las editoriales me dejan trabajar como yo quiera y no me gusta ejercer ninguna presión sobre los ilustradores. Trato de llamar a gente que admiro por su trabajo, aunque no los conozca o tenga poco recorrido en el mundo editorial."

El trabajo de las dos casas editoriales más grandes del país tiene una dinámica diferente a la de los editores independientes por cuestiones de mercado. Dice Mario Blanco, jefe de arte de Planeta: "Se les da un lugar preponderante a las cubiertas. Los libros suelen ocupar un lugar destacado en las mesas de las librerías y para nosotros la tapa debe funcionar como una especie de amor a primera vista. El primer contacto se establece entre el editor y el director de arte: el editor hace una sinopsis de la obra, pensamos algunas ideas posibles en función del contenido, de las características del autor y del presunto mercado adonde va dirigido, luego hablamos con el director editorial y definimos la orientación. Desde ya que paralelamente intercambiamos opiniones con los autores. Recién entonces se designa el diseñador a cargo y comenzamos a bocetar, ya con una idea más afinada." Lucrecia Rampoldi, coordinadora de arte de Penguin Random House, comparte la importancia de la tapa a la hora de vender un libro: "Le damos un lugar especial, y espero que cada vez más importante. Creo que es un elemento esencial a nivel comercial, es lo primero que ve el potencial comprador, lector, librero o periodista. Se trabaja mucho en encontrar el tono de comunicación adecuado, que "suene" como la voz del autor. Leemos el libro, hablamos con el editor, escuchamos al autor, buscamos el registro que queremos plasmar y trabajamos varias series de bocetos hasta dar con lo que nos convenza."

 

84 trabalhos serão expostos na 9ª Fecitep, que inicia amanhã

A 9ª Fecitep (Feira Estadual de Ciência e Tecnologia da Educação Profissional, Ensino Médio Politécnico e Curso Normal) começará nesta terça-feira (20). A abertura oficial ocorrerá às 14h, no CTG Aldeia dos Anjos, em Gravataí.

A feira é resultado das MEPs (Mostra da Educação Profissional), realizadas no mês de agosto em sete núcleos regionais. A temática dos trabalhos é Novas Tecnologias: Conexão entre educação, trabalho e desenvolvimento, e envolverá 202 estudantes e 83 professores orientadores.

A Fecitep apresentará 84 trabalhos, divididos nos seguintes eixos tecnológicos: Ambiente e saúde, Segurança, Desenvolvimento Educacional e Social, Controle e Processos Industriais, Gestão e Negócios, Turismo, Hospitalidade e Lazer, Informação e Comunicação, Infraestrutura, Produção Alimentícia, Produção Cultural e Design, Produção Industrial, Recursos Naturais, Pesquisa no Ensino Médio Politécnico e Curso Normal.

A Feira é realizada pela Secretaria Estadual da Educação, através da Suepro (Superintendência da Educação Profissional do Estado), em parceria com o SENAI, SENAC, Pão dos Pobres, Rede Sinodal e Instituto Federal Farroupilha.

Os trabalhos serão expostos até a quarta-feira, 21, das 8h às 20h. A feira é aberta ao público.

Aberto o período de rematrículas e inscrições para ingresso nos primeiros anos na Rede Estadual

Começa nesta segunda-feira (19) o processo de rematrícula em todas as escolas da Rede Estadual. Alunos maiores de 18 anos e pais e responsáveis dos menores de idade devem procurar a secretaria do estabelecimento de ensino onde o estudante está matriculado até o dia 18 de novembro.

Entre os dias 19 de outubro e 18 de novembro também está aberto o período para a inscrição daqueles que desejam ingressar nos primeiros anos do Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Profissional, Curso Normal (magistério) e aproveitamento de estudos para o Curso Normal. Nestes casos, a inscrição deve ser feita através do site www.educacao.rs.gov.br, na área Serviços e Informações. As cidades que contam com Centrais de Matrícula possuem este mesmo calendário para a Rede Municipal.

Cada candidato deve preencher apenas uma ficha de inscrição on-line, a não ser que o estudante efetue a inscrição para o Ensino Médio em um município e o Curso Normal, ou Educação Profissional integrada, em outro. As vagas serão distribuídas de acordo com a disponibilidade de cada escola. Caso não exista vaga no estabelecimento de ensino que o estudante deseja, será assegurada a matrícula em outra escola pública.

“É importante ressaltar que o estudante ou responsável que efetuar agora a inscrição para ingresso nos primeiros anos não encerrou o processo. A matrícula deve ser confirmada em janeiro”, explica a diretora de Planejamento da Secretaria da Educação, Iara Wortmann.

Para isso, a pré-matrícula online deve ser efetuada no site www.educacao.rs.gov.br entre os dias 6 e 15 de janeiro de 2016. Neste mesmo período deve ser entregue a documentação na escola, para finalizar o processo.

O período de inscrições para o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) inicia em 6 de janeiro e se estende até 15 de janeiro de 2016. Este período também vale para os pedidos de transferência, reingresso daqueles que estão atualmente fora das salas de aula e desejam retomar os estudos, e para a Educação Infantil Nível B.

A Portaria Nº 258/2015, publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (19), detalha o processo em todos estes níveis. Outras informações no site www.educacao.rs.gov.br, na área Serviços e Informações.

 

de Serafina

Banda Municipal vence Concurso Estadual

No dia 17 de Outubro de 2015, a Banda Municipal de Serafina Corrêa participou do 24° Concurso Estadual de Bandas e Fanfarras da FEBRAGS – Federação de Bandas do Rio Grande do Sul, no município de Pantano Grande/RS. Participaram do Concurso 18 Bandas e Fanfarras, inscritas nas categorias, Mirim; Infantil; Infanto – Juvenil e Juvenil, dos municípios de: Camaquã, Alegrete, Viamão, Vacaria, Capão do Leão,
Bagé, Erechim, Alvorada, Santa Vitória do Palmar, Serafina Corrêa, Guaíba, Dois Irmãos, São Lourenço do Sul e Uruguaiana.
A Banda Municipal de Serafina Corrêa, inscrita na Categoria Banda Musical Infanto Juvenil, conquistou os seguintes prêmios: 1° Lugar –
Banda Musical; 1° Lugar – Corpo Coreográfico e 2° Lugar – Baliza. Projeto Cultural da Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, através
da Secretaria Municipal de Cultura, a Banda Municipal, teve início em 2012. Oportunizando o contato com música de forma gratuita para
crianças e jovens, a Banda tem como objetivos desenvolver habilidades musicais e instrumentais, promover a autoestima, ampliar o poder de
concentração, melhorar a disciplina e organização, além de resgatar o civismo e respeito à pátria. O Poder Público Municipal parabeniza a todos os integrantes da Banda
Municipal pela conquista destes títulos inéditos para o município. Nosso agradecimento ao trabalho, dedicação e empenho do Professor de
Música Adriano Nunes de Souza, à Professora de Dança Leila Nervis e, em especial, a todos os alunos da Banda Municipal de Serafina Corrêa.

 

Solidariedade não é dar o que sobra, é dar o que falta!

Seja Solidário!

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Serafina Corrêa – COMDEC está arrecadando materiais para as famílias prejudicadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Estes, serão enviados para a Central Regional de Defesa Civil, em Lajeado, onde serão encaminhados aos municípios atingidos pelas chuvas. O que doar? Água mineral, fraldas infantis, alimentos não perecíveis,
materiais de limpeza e higiene. Os pontos de coleta estão distribuídos pelas Escolas Municipais, Estaduais e Particulares, na Prefeitura
Municipal, na Biblioteca Mário Quintana, bem como em mercados e farmácias do município. Faça sua parte!

 

Projeto Criança Feliz na Escola Municipal Agrícola

Para comemorar o Dia das Crianças, a Escola Municipal Agrícola preparou uma programação especial para receber os alunos da rede municipal de Educação Infantil. O projeto Criança Feliz foi elaborado para proporcionar uma tarde
diferente às crianças das Escolas participantes, com o objetivo principal de oferecer às mesmas a oportunidade de exercer seu direito
fundamental de brincar e também passar uma tarde em contato com a natureza, o que é essencial para uma infância saudável e feliz.
Nos dias 05 e 06 de Outubro de 2015, a Escola Municipal Agrícola recebeu as crianças das Escolas Infantis Nostri Bambini, Proinfância e
Santa Lúcia, alunos das turmas de Maternal I e II, Jardim A e B, totalizando um público de aproximadamente 200 pessoas, entre alunos,
professoras e funcionárias. Na oportunidade, as crianças assistiram à peça teatral infantil Buááá, sob responsabilidade dos alunos do 6º Ano do Ensino Fundamental
e coordenação da Orientadora Educacional Edinara Ferreira. Em seguida, os visitantes foram conhecer a Escola, enfatizando a área externa da
mesma, sendo guiados e orientados pelos alunos formandos de nossa Escola. É valido ressaltar que a culminância do passeio ocorreu com o
contato entre as crianças e os animais existentes na Escola Agrícola. Ao término do passeio, realizaram um delicioso piquenique e a tarde
encerrou com muita brincadeira e diversão.

Devido ao mau tempo, o projeto foi interrompido, adiando-se a participação das Escolas Jeito de Criança, Pedacinho de Céu, Estherina
Marubin e Pré-Escolar Castelinho do Saber; no entanto, a Escola Municipal Agrícola renova o convite às mesmas e reafirma a enorme
satisfação e alegria que terá em recebê-las.

19 de outubro de 2015

XERIFONA DO SARTORON

na audiencia da 4 passada, vi que o gov tem uma xerifona:

- tu é de onde,me perguntou

- de serafina,disse.

- então entra lá faz a foto e te mandda!

toing!!!!

 

AMADORISMO QUE CERCA SARTORI.

impressionante ao ouvir or elato do avila sobre a foto que fez do chuchu dançando e o sartori tb. depois que ele fez a foto que seria usada na mídia local ng do gov do estado se preocucupou em ir falar com ele, em fazer uma pressão....

deixaram o fotografo livre, pra chutar em gol. não no sentido de não fazer a foto, mas da distribuição.

a rosane da zh ainda perguntou se ele iria cobrar pela foto.
- não posso, tou fazendo um frila progovernador alckminn disse avila,segundo me relatou

e a profissinal do piratini que tava lá com sartori nem tendeu o que se passava que a foto dele dançando no dia anterior ao que iria anunciar o parcelamento...iria ser malevolamente aproveitada e jornalisticamente aproveitada. ou eles no piratini acham que a mídia é amiguinha. sabe o que pensei. essa gente ai tá com mentalidade de prefeitura do interior.

não sei nem conheço curriculo de quem cerca sartori, mas que falta de profissionalismo....

que AMADORISMO..(Olides canton)

 

AMADORISMO QUE CERCA SARTORI

aliás notei isto um dia que fui na fazenda ouvir o secretario XIITA. falar sobre o assunto parcelamento, que agora virou meio que maldito.

* ng se entendia muito. esta a impressão que me passou. um desgoverno.

 

LANÇAMENTO DE LIVRO FAZ DO PIRATINI UM FILO ITALIANO

COMO ANTIGAMENTE HAVIAM FILÓS NO INTERIOR, O GALPÃO DO PP SE TRANSFORMOU NUM FILO NA NOITE DA CHUVARADA EM PORTO ALEGRE.
FOTOS DE ADRIANA SABADIN.

 

BALACA DO COLLARES

O negrão, ou melhor dr. negrão, como se autointitula balaqueou muito na zh de hj....

 

ZAFFARI

IVETE SANGALO TOCOU SAB DE NOITE NUMA FESTA DO ZAFFARI NA CASA NTX.....

 

Grêmio

E O GREMINHO, EU NÃO DISSE!!!!!!!

 

SOGIPA

DOIS EVENTOS ENTUPIRAM A SOGIPA HJ DE TARDE.

OKTOBER FEST E OUTRO JOGO.

NÃO HAVIA LUGAR PRA NG. E A SEGURANÇA SE ATRAPALHOU NO INGRESSOS.

BARRAVAM, FAZIAM DE TUDO. MUITA CONFUSÃO.

 

BRONCA DE LIVREIRO

um cliente foi na nova roma.

lá no computador viram que o livro só tinha na ladeira, emfrente.

o cara vai pra lá....

-aqui tem o livro que quero,disse o cara.

- quem sabe o que tem aqui sou eu, não os outros, diz o mauro,dono da livraria. e o cara se manda.

separação

andré e marcos ficaram com uma nova livraria.na independencia. e caarlinhos e um empregado ficaram na ladeira.

carlinhos e marcos são irmãos. todos eram da nova roma

 

LUCIANA TOMASI

conheci a luciana neste sab no santander durante uma maratona do filme BERKELEY. se bem que uma pessoa a gente conhece lendo um livro. li o spa na india e ri muito durante a leitura.

ela me disse que tem outro lançado. vou procurar na feira dolivro.

* o filme diura 4 hs. vale a pena. é sobre berkely,claro.

* estranhei que na famosa universidade - a maior pública do mundo - não se queimasse unzinho.

- é nos arredores, me disse a luciana.
e acrescentou:

aquilo é um paraiso.

entendi que ela quis dizer que é LIVRE,LEVE E SOLTA.

DEPOIS DE BERLELEY PASSOU UM FILME SOBRE PUC E OUTRO SOBRE URGS.

GOSTEI MAIS DO DA URGS, A URGS ÉMEIO ESTA ESCULHAMBAÇÃO ORGANIZADA QUE O FILME MOSTRA.

E TUDO ACABA DANDO CERTO.UNIVERSIDADE PUBLICA É ISTO MESMO.

DURANTE O BERKELEY UMA GURIA SENTADA DO MEU LADO PERGUNTOU.
- ONDE ELES QUEREM CHEGAR?

POUCO DEPOIS ELA FOI EMBORA. ACHO QUE NÃO TAVA ENTENDENDO NADA. NÃO ÉRA A PRAIA DELA.

TALVEZ TENHA ENTRADO LÁ COM OUTRO INTUITO.

* houve coquetel no entremio do filme e no final. assim que sabado que vem tem mais.

bom o filme frances que vi agora de manhá. uma mulher francesa resolver chutar o balde e daí....bom daí e pra ver o filme....uma hora e meia vale a pena vi no itau

 

A NOITE DE PORTO ALEGRE

'Moça chic só ia ao Clube do Comércio ,mas se fosse descendente de alemães poderia ,eventualmente, bailar no LEOPOLDINA JUVENIL. Mas havia aquelas um pouco mais sapecas que , à sorrelfa, namoravam alguns desquitados,entenda-se os bons partidos desquitados, porque separados não tinham vez.

Frequentemente a sociedade era sacudida por um casamento no Uruguai(N.R.: desquitados só casavam fora, porque o Brasil não tinha divórcio)

Para este tipo de namoro, somente a Cote D'Azur( N.R:ficava ali no alto da lucas, onde hj a estação da CEEE,se não me engano)
do OLIMAR oferecia abrigo e por vezes o CLUBE DA CHAVE( TATATA PIMENTEL)

 

A FUNDAÇÃO DO BUTIKIN

' entre os rapazes solteiros, disponíveis,havia um chegando de Montenegro,formando-se em DIREITO. começando uma bela carreira de advogado.RUI SOMMER.

Frequentávamos eu e ele,todos os locais noturnos da cidade. Fazendo as contas,propus: em vez de gastarmos tanto dinheiro com os outros poderiamos ter a nossa casa.

Rui, retido em seu escritorio,não queria envolver-se na escolha do local ou na procura de funcionários. Propôs então que ele entrasse com o dinheiro e eu com o know how da noite.

A casa não possuía nome nem localização(TATATA PIMENTEL)

 

BOSCOLI X MIELE

POR RONALDO BOSCOLI

' 'certa x chamei miele pra briga.estava puto nem sei com o quê.só que ele era muito maior do que eu,mais forte, mais gordo. mas eu machão,mandei:

- a gente vai decidir isto lá fora.

peguei uma garrafa, saí e fiquei esperando apavorado, com medo danado de ter que dar uma garrafada naquele gigante.o miele, com aquele jeito dele incrivelmente engraçado,saiu do bar com os dedos apontando para mim como se fossem dois revolveres.
- prepare-se Ronnie, vc vai levar a maior surra de sua vida!
começamos a rir e nos abraçamos.

 

MENINO DEUS

NESTA 6 ESTIVE POR LÁ...

RASTROS DE DESTRUIÇÃO NA GET VARGAS.

GARIS VARRENDO RUAS..

E TODO MUNDO SEM LUZ E SEM NET. E SEM FONE.

VI NO MENINO DEUS O RAUL RUBENICH QUE NÃO VIA DESDE UM ENTERRO.

* TÁ VEINHO E CORCUNDA COMO O DE NOTRE DAME...

 

do Clarín

"Tata" Yofre: "Perón no era millonario, vivía como un leproso en el exilio"

Le adjudicaban 700 millones de dólares. "Puerta de Hierro" revela documentos inéditos sobre el ex presidente durante el período 1955-1972. El ex director de la Side en el 89 derriba los mitos que se construyeron en su ausencia, a 60 años de la proscripción.


Juan Domingo Perón en su casa en Puerta de Hierro con uno de sus perros y sus canarios (Gentileza PRHGE).

Juan Domingo Perón en su casa en Puerta de Hierro con uno de sus perros y sus canarios (Gentileza PRHGE).

Juan Brodersen

"Detrás mío vendra el que bueno me hará"
Juan Domingo Perón, Caracas, 15 de febrero de 1957

El exilio de Juan Domingo Perón fue una de las marcas de fuego de la Argentina. No sólo para el peronismo, más vivo que nunca durante los años de la proscripción, sino también para el tablero de la política doméstica del país. La Revolución Libertadora construyó la imagen de un ex presidente millonario y alejado de los trabajadores en el exterior del país. Pero un nuevo libro derriba este y otros mitos: "Perón vivía en un estado de leprosidad en los primeros años del exilio", aseguró a Clarín Juan Bautista "Tata" Yofre.

El periodista, experto en desclasificación de documentos -fue director de la SIDE en 1989-, ordenó en Puerta de Hierro (Sudamericana, 544 páginas, 340 pesos) una cantidad de información apabullante: correspondencia, telegramas, comunicados y archivos personales. Por supuesto, empezando por el del mismo Perón, el "cuarto de cocodrilos": un subsuelo en el que estaba el archivo del ex presidente, apodado así porque "allí podía aparecer cualquier cosa, hasta un cocodrilo", según sus propias palabras.

Los destinos de Perón fueron variando. Luego del golpe de la Revolución Libertadora su nombre pasó a ser un tabú, y el fundador del Partido Justicialista comenzaría su itinerario por latinoamérica, hasta llegar a España.

Panamá, Caracas, Puerta de Hierro: ¿qué fue aprendiendo Perón en estas ciudades? El exilio, válvula de escape para una expresión que a pesar de los intentos de Aramburu seguiría muy viva en la Argentina, ofició de escuela para el ex presidente: "Perón modernizó y actualizó su pensamiento en el exilio", cuenta Yofre. Autor de otros libros sobre el tema, esta vez se dedicó de lleno a este convulsionado período de la historia argentina, signado por los golpes de estado y la inestabilidad institucional de los gobiernos democráticos. El resultado es una serie de documentos hasta ahora inéditos, ordenados según una interpretación que saca a la luz aspectos hasta ahora desconocidos del ex Presidente que más bibliografía ha generado en la historia argentina.

- ¿Cuál diría que es la revelación más importante de "Puerta de hierro"?

- Hay varias revelaciones, pero para el gran público, el estado de leprosidad en el que vivía Perón en los momentos iniciales de su exilio. Vivía como un leproso. Esa palabra no es mía, es del diputado Raúl Justo Fierro, un hombre que estuvo con Perón en el exilio, lo visita en Panamá, ve como vive en Caracas, y después están los papeles de Perón, en donde se prueba que él se lleva 70 mil dólares. Y eso lo va a administrar (Ricardo) Gayol, lo que le va a permitir a Perón, con esos 70 mil dólares, más otros miles de pesos, que no eran muchos, recibir 500 dólares por mes.

- ¿Y cómo vivía con eso?

- Muy mal. Lo va a decir Emilio Perina en su libro "Detrás de la crisis", cuando visita en Colón, Panamá, a Perón. Lo vio a Perón cocinando sus fideos en una cacerolita. Y además yo ví cómo vivía, como embajador en Panamá, visitando el departamento donde él había vivido en la ciudad de Panamá. Era muy modesto de dos ambientes.


Los generales Lagos, Lonardi y Videla Balaguer tras los combates en Córdoba (Gentileza PRHGE)

- Esto va en contra de lo que decía la Revolución Libertadora: que Perón era millonario.

- Claro, va en contra de los que decían que tenía cientos de millones de dólares, que se había llevado valijas con cientos de miles. También se decía que habían encontrado un cofre con 20 millones de dólares en el Palacio Unzué de Avenida Libertador, donde él vivía (actual biblioteca nacional). También los panameños pensaban eso: el entonces presidente de Panamá pensaba que Perón tenía no menos de 700 millones de dólares. Lo cierto es que Perón no tenía plata, y eso lo va a decir Paladino frente al General Lanusse y Ricardo Balbín: que Perón no tenía un peso. Pero no le creían.

"Cuando recién se exilió, Perón tenía `apenas para los puchos`"

- ¿A qué se debió este estado de austeridad, según pudo reconstruir con tu trabajo?

- Bueno, a que Perón no era un hombre que gozara del dinero. Y que vivía muy modestamente: comía un bifecito con una papa hervida y un vaso de vino. No era un gozador de la vida, era un tipo simple. Un gran lector, escribía mucho: se dedicaba a la política, pero no se dedicaba a juntar plata. Él va a tener dinero recién cuando llega a República Dominicana. El general Trujillo le va a adelantar, allí, 25 mil dólares, y puede vivir un poco más cómodamente. Pero cuando recién se exilió, Perón tenía "apenas para los puchos", como decía él.

- ¿Cuáles fueron los grandes mojones de su estadía en el exterior?

- Los inicios, de Asunción del Paraguay a República Dominicana. La segunda parte sería su vida en España en 1960, y la tercera es la presencia permanente de Perón en la historia argentina desde afuera, a partir del Cordobazo de 1969.


Perón en su casa de Puerta de Hierro atendiendo su primera máquina de télex (Gentileza PRHGE)

- De los "encuentros secretos de Perón en el exilio", ¿cuál diría que es el más relevante del libro y por qué?

- Se sostiene, en algunas biografías, que Perón estaba abandonado en Madrid en los años 60, y no es cierto, porque la gente lo visitaba. Yo te diría que los encuentros más importantes van a ser cuando recibe al enviado del General Levingston, al de Lanusse, al embajador mismo de Lanusse: ahí hay una serie de entendimientos que van a ser importantes para su actividad política. Y otro va a ser cuando Perón recibe a los integrantes de las organizaciones especiales.

- Mientras Perón estuvo en el exilio, hubo figuras importantes como la de John W. Cooke, declarado "heredero" por el mismo Perón. Sin embargo, después la relación se quiebra, como usted documenta en el libro. ¿Que pasó entre ellos?

-Cooke era un hombre de mucha fuerza política y vitalidad. Sí, estando preso, Perón lo nombra como su representante y heredero. A través de Cooke, Perón empieza la negociación con Frigerio por el pacto de Caracas. Después hay un cambio en Cooke, que es a partir de enero de 1959, con la Revolución Cubana: Cooke va para La Habana el 25 de marzo de 1959 y va a establecer una relación con los cubanos. Va a llegar incluso a decirle a Perón que Fidel Castro lo invita a vivir en la isla. Y Perón dice que no. Le va a recriminar que "no vive en occidente, porque vive en España y eso no es occidente", y le reprocha no tener diálogo con los líderes del tercer mundo. Y ahora voy a decir algo muy delicado: para esa época, John William Cooke ya era un agente cubano. No lo digo yo, lo dicen los testimonios y las fotos donde él viste uniforme cubano. Dice pelear en Playa Girón, dice combatir en las sierras de Cuba, pero lo cierto que él se había convertido en un dependiente de los cubanos. Perón va a recibir a los cubanos en Madrid, pero no va a viajar en La Habana, y eso crea una polémica y una correspondencia muy densa entre Cooke y Perón, pero no una conversación. Perón no lo va a recibir a Cooke.

Lee más: Raanan Rein: "Perón no era nazi, catapultó a los judíos a la vida pública argentina"

- Ya no era el heredero.

- No, lo va a reemplazar por Campos, que después va a ser intendente de San Martín. Y después por un colegiado: ya Cooke estaba afuera.

- En el libro usted habla de una "maceración" del pensamiento de Perón. ¿Qué diría que aprendió en el exilio?

- Él le va a decir a su médico que aprendió mucho en esos años, que había estudiado mucho, que entendió que había cometido errores en su primer período, y que estaba dispuesto a no repetirlos en su vuelta a la Argentina. Cuando él regresa pronuncia un discurso el 21 de junio de 1973 muy particular: paz, tranquilidad, convivencia y unidad nacional. Diría que le llama la atención a todos aquellos que dicen vestir la camiseta peronista y que no lo son. Si uno está en Madrid y lee otros diarios como hacía Perón (españoles, franceses -porque leía francés-), a partir de ahí se va creando en él una modernización de su pensamiento. Lo actualiza. Eso va a ser muy importante, y cuando él recibe a los que vienen de Argentina, donde reinaba un profundo desorden, él se agarraba la cabeza: no podía creer que esas cosas estuviesen sucediendo, cuando en Europa se vivía otro clima (a pesar de la presencia de Franco en España).


"Tata" Yofre, autor de "Puerta de Hierro": "Se ha inventado mucho en la Argentina, por eso tiene un valor este libro" (Alejandra López)

- El exilio suele verse como un paréntesis en la historia del peronismo. ¿Cómo lo lee usted?

- El exilio es de Perón, que no es el del peronismo. El que le impide volver y hacer política, cuyo nombre está prohibido de pronunciar, su figura está vedada, no se puede cantar la marcha, hay un decreto para ello. Pero no es el exilio del peronismo: desde su dirección en Madrid, sigue participando en la vida política argentina a pesar de estar prohibido. Cuando hay elecciones, muchas veces el peronismo marcha con sus banderas, y otras veces también recibe la orden de Perón de votar en blanco. Y va a ocurrir que el voto en blanco va a ser superior al de la Unión Cívica Radical del Pueblo, o de la UCRI. El peronismo nunca estuvo en el exilio: siempre estuvo en la vida política argentina. Se expresaba como podía, surfeaba entre ese proceso político que se venía desarrollando. Pero el peronismo se expresó. Y esto tiene que ver también porque nunca nació en Argentina algo que pudiese suplantar al peronismo.

Lee más: Los montoneros que "se quedaron" con Perón y le dijeron que no a las armas

- Entonces el rol de la oposición tiene mucho que ver también con el protagonismo de Perón, ¿no?

- Claro, desde el comienzo: cuando asume Lonardi, el mismo día hay un almuerzo y Pedro Eugenio Aramburu va a decir que es una revolución sin jefe. Y había un jefe, que era Lonardi. Pero Aramburu dijo que no, y 50 días después lo echaron a Lonardi.

"Yo también tengo un `cuarto de cocodrilos`, con miles de papeles"

- Aniversario: ¿Qué lugar ocupa el 17 de octubre de 1945 en su libro, que está en la introducción?

- El 17 de octubre tiene un lugar privilegiado en la historia argentina del siglo XX, porque ese día la gente sale a reclamar por un Coronel que los representaba. Mientras eso sucedía, el procurador de la Justicia, el Doctor Álvarez, llevaba una lista de candidatos para consolidar un nuevo gobierno. Representaban a una Argentina superada, que había sido pasada por arriba por la Revolución del 43, que cierra una puerta, guste o no. Y a su vez desata una corriente liderada por Perón y el sindicalismo que va a crear el peronismo un par de años después, para cambiar para siempre la historia argentina.

 

Projeto prevê incentivo fiscal para empresas que atuarem na região do 4º Distrito

FREDY VIEIRA/JC

Piqué apresentou a experiência de Barcelona na renovação de áreas

Adriana Lampert

Empresas que se instalarem no 4º Distrito da Capital podem vir a receber incentivo fiscal da Prefeitura de Porto Alegre. Foi encaminhado, nesta quinta-feira à Câmara de Vereadores, um projeto de lei que concede redução do ISS para os serviços de Pesquisa e Desenvolvimento nas áreas de tecnologia e saúde, em todas as regiões da cidade, além de isenção de IPTU e ITBI, por tempo determinado, aos imóveis utilizados por negócios inovadores ou de base tecnológica que passarem a atuar nos bairros Floresta, São Geraldo, Navegantes, Humaitá e Farrapos.

"Estamos na contramão do restante do País, buscando realizar um ato contra a recessão, dentro de uma estratégia de desenvolvimento da inovação na cidade", diz o secretário municipal da Fazenda, Jorge Tonetto, que coordena o Grupo de Trabalho (GT) Estratégico e Executivo do 4º Distrito. Ele ressalta que a revitalização urbana da região (que deixou de ser industrial há mais de 30 anos, mas possui potencial urbanístico e de empreendedorismo e inovação) além de estar consubstanciada no Plano Diretor de Porto Alegre, é um "anseio e objeto de estudos acadêmicos e iniciativas de universidades, poder público e da comunidade".

O Projeto de Incentivos para o 4º Distrito foi desenvolvido pelo Gabinete de Inovação e Tecnologia (Inovapoa) do município. De acordo com Tonetto, a redução do ISS e a isenção de IPTU e ITBI valerá não somente para as empresas que forem investir, mas também para aquelas que locarem um imóvel na região. Em três anos, o aporte de renúncia de receita do município ficaria em R$ 2 milhões, calcula o secretário da Fazenda.

Conforme o projeto, o benefício valeria por cinco anos a partir da instalação dos empreendimentos. A proposta está alinhada às diretrizes da Lei Complementar Municipal de Incentivo à Inovação nº 721, de 2013, e é parte das iniciativas que objetivam promover a reestruturação urbana e econômica do 4º Distrito de Porto Alegre.

Atualmente, a prefeitura da Capital negocia com cerca de 20 empresas interessadas em atuar no 4º Distrito, muitas de fora do Estado. "A ideia é finalizar o master plan da região até o fim do ano", afirma Tonetto. O secretário comenta que outras ações, como a criação de 100 novos leitos (anunciada recentemente) no Hospital Moinhos de Vento, são estratégicas para o cluster médico da Capital que deve se formar naquele entorno. "Fazem parte de toda esta visão de compartilhamento, uma vez que existem outros empreendimentos de saúde que pretendemos atrair para a região."
Na manhã desta quinta-feira, Tonetto acompanhou palestra ministrada pelo engenheiro de telecomunicações e vice-presidente da Associação Internacional de Parques Científicos e Áreas de Inovação (Iasp), Josep Piqué. O espanhol apresentou a experiência de Barcelona (implementada para a renovação de áreas urbanas degradadas) aos secretários municipais, representantes de universidades e de entidades empresariais. Segundo Piqué, em Barcelona, o projeto atraiu 4,5 mil empresas (como Microsoft, Sanofi-Aventis, Groupalia, Capgemini, Schneider Electric, Indra, Cisco e diversas startups), gerando mais de 90 mil empregos.

 

do Espaço Vital

Ex-prefeito chamado de ´ladrão´ não obtém indenização

Arte EV / Foto: Meu Guia Tur (reprodução)

Um processo original na comarca de Canela (RS): ali, o ex-prefeito Constantino Orsolin (PMDB) ajuizou ação indenizatória em desfavor da munícipe Rosane Margarete de Brito. Em síntese, relatou que, em 8 e 9 de dezembro de 2013, enquanto fazia suas caminhadas rotineiras, foi abordado pela ré, que teria lhe proferido ofensas, chamando-o de “ladrão” e outras, além de fazer gestos que significariam grades ou prisão.

A cidadã contestou. Lembrou ser “o autor ex-prefeito do Município de Canela, tendo sido foco da mídia por indícios de fraudes”. Disse que apenas fez “questionamentos relacionados à situação, não tendo proferido os termos alegados”.

As testemunhas ouvidas não prestaram compromissos.

Para o juiz Vancarlo André Anacleto, a matéria é delicada, porquanto há uma linha tênue que separa dois conceitos:

a) livre manifestação do pensamento;

b) direito de resposta, proporcional ao agravo, além de indenização por dano moral.

Para o magistrado, ao sentenciar, ”além de a manifestação do pensamento ser protegida constitucionalmente, apenas o dano moral deve ser indenizado, e não a simples ofensa moral, não bastando nesse caso que seja provada a ofensa, mas sim o dano”.

O julgado monocrático ainda avalia que “pessoas com vida pública deveriam ter uma tolerância maior às manifestações de terceiro do que a do ser humano médio”. Assim, “as críticas, ainda que mais fortes e incisivas, fazem parte da vida daquele que se dispõe a trabalhar em cargos públicos e, ainda, mais, políticos”.

A sentença considerou também, o momento em que se deu o ocorrido: “houve investigações de fraude ocorrida no Executivo Municipal no período em que Constantino Orsolin era prefeito, tendo sido este denunciado pelo Ministério Público; tais notícias foram veiculadas pela imprensa; verdadeiras ou não, qualquer divulgação dá margem, ao cidadão comum, a interpretações e pré-julgamentos, equivocados ou não”.

Não há trânsito em julgado; o autor já interpôs recurso de apelação. Na defesa da ré da ação, atuam os advogados Victor Berti Spier e Jair da Veiga Filho.
(Proc. nº 11400004619).

A propósito

O ex-prefeito Constantino Orsolin foi condenado, em 11 de agosto deste ano, pela 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado, a ressarcir o Município de Canela em R$ 1.787.014,52.

O valor corresponde à desaprovação das contas referentes a 2011, por “pagamento de gratificações sem previsão legal, concessão de apoios financeiros sem prestação de contas, despesas de publicidade sem caráter educativo (...)”.

Cabe recurso – já interposto - ao Pleno do TCE-RS.

Cópia do julgado foi encaminhada à 3ª Vara Federal de Caxias do Sul para juntada aos autos de uma ação civil pública, contra Orsolin, que lá tramita.

 

Clínica de Hematologia da FEPPS recebe pacientes e familiares em evento do Dia das Crianças



Na manhã desta sexta-feira (16), a Clínica de Hematologia da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (FEPPS), realizou um evento em comemoração ao Dia das Crianças no Galpão do Sanatório Partenon. A celebração foi realizada em parceria com a Associação dos Hemofílicos da Região Nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Para receber os pequenos, piscina de bolinhas e um escorregador inflável, em forma de leão, além de presentes e dois recreacionistas da equipe A Turma do Babinho, que animou a festa. As crianças também receberam balões em formas personalizadas – entre elas espadas, corações e cachorrinhos modelados na hora, e pinturas no rosto, conforme os personagens de preferência, do Olaf, do filme Frozen, ao super herói Homem Aranha.

Também foi oferecido um café da manhã cheio de pães, bolos, doces e salgados, preparado pela Confeitaria Maomé. Lucimar, mãe da Milena 4 anos, conta que o atendimento da Clínica a ajudou a entender a doença e agora consegue atender melhor as necessidades da filha. Ao descobrir a doença, ela diz que se sentiu desesperada, por não saber como agir, mas com o apoio da equipe, a hemofilia deixou de ser um “bicho de sete cabeças”. A mãe ficou aliviada ao encontrar o atendimento necessário para a filha pelo SUS, pois não poderia arcar com os custos do tratamento particular.
Além disso, Lucimar ainda conta que “hoje, com o apoio da Clínica, estou conseguindo tirar de letra. No início eu não me via fazendo o treinamento para poder aplicar medicação e agora já penso totalmente diferente. (...) Agora eu também consigo passar tranquilidade a ela [Milena], e isso ajuda muito.”.

A Clínica, que funciona junto ao Hemocentro do Rio Grande do Sul, possui 90 pacientes com idade de até 06 anos, daí surgiu a iniciativa de realizar eventos como estes. Entre as autoridades presentes, a presidente da Federação Brasileira de Hemofilia (FBH), a gaúcha Tânia Pietrobelli, que também é mãe de um hemofílico.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

PT de Porto Alegre inaugura nova sede

Nesta segunda-feira - 19 de outubro - o Partido dos Trabalhadores de Porto Alegre (PT/PoA) inaugura a sua nova sede municipal. O evento será às 18h na Rua Lima e Silva, 140 - Cidade Baixa.


16 de outubro
de 2015

Chuva

lavras com ijui....arvore caída....temporal de 4 feira.

estragos em petropolis

arvores do barranco não cairam

ruas interrompidas em petropolis

estragos do temporal

cicatrizes do temporal da 4

 

Comunicado

Concurso Público Prefeitura de Rio Pardo
Em virtude de inundações e chuvas com granizo, conforme os Decreto 061, de 13 de outubro de 2015 e o Decreto 063, de 15 de outubro de 2015, ficam suspensas as Provas para os Concursos Públicos da Prefeitura Municipal de Rio Pardo previstas para o dia 18 de outubro de 2015.

Aguarde publicação de novo Edital de Convocação para Provas Objetivas.

Atenciosamente,

Comissão de Concursos Públicos
FDRH

 

chuvarada

a rosa minha faxineira ficou ilhada em alvorada. não virá hj.

* no centro hj não havia ng. tudo assustado.

 

TEMPORAL....

GUAIBA FICOU FORA DO AR , NO AM....

* OUVI A BAND....ENTROU O RITTER AS SEIS DA MANHA E O RIGOTTO DO AEROPORTO...

* peguei a guaiba só no fm..depois das 7

COLEGUINHAS DA RECORD FORA DO AR. PARECIAM CUSCO PERDIDO EM PROCISSAO

* VAIDADES....

COLEGUINHA ME PEDE SE DEVE CONCORRER AO PREMIO PRESS?/

QUE PREMIO É ESTE MESMO????

ANDRE MACHADO FOI MUITO BEM NA BAND....hj 5 feira.

* botou no ar gente importante na hora certa. sem grandes esquemas. sozinho BRILHOU.sem grandes correspondentes.

 

CP

dia histórico do CP. não circulou em poalegre devido a enchente nas oficinas. nunca tinha acontecido isto em 120 anos.

 

Foto do Sartori dançando na expointer

LUIS AVILA CONCORRE AO PREMIO ARI COM FOTO DE SARTORI NO BAILÃO....
O fotografo free lancer LUIS AVILA QUE FEZ ESTA FOTO DIA 31 DE AGOSTO, UM DOM INSCREVEU-A NO PREMIO ARI DE JORNALISMO.eLE TEM FÉ DE GANHAR PELA REPERCUSSÃO DA FOTO QUE TEM UMA ESTRANHA CONDUTA. OU SEJA, LUIS TAVA LÁ FAZENDO UM FRILA PRA ASSESSORIA DE CHUCHU, COMO É CHAMADO O CHUCHU DE PICOLÉ....

QDO SE DEU CONTA PINTOU O LANCE.

NENHUM OUTRO FOTOGRAFO, NEM DA ZH, NEM DO PIRATINI TINHA A FOTO. FOI TUDO MUITO RÁPIDO ME DISSE HJ ELE

- BATI SO 3 CHAPAS DE TÃO RAPIDO QUE FOI.

ELE PEDIU LICENÇA PRA LU, NÃO A ESPOSA DO PICOLE, MAS A ASSESSORIA DO CHUCHUE MANDOU AS FOTOS PROS JORNAIS. EM SEGUIDA ROSANE DA ZH LHE LIGOU:
- VOU VENDER ESTA FOTO PRA CAPA....
E DEU CAPA MESMO E TODA A REPERCUSSÃO QUE SE SABE(oc)

 

GRINGADA NO PIRATINI

tavam lá o ADEMIR BACCA, que é nascido na DECIMA EM SERAFINA. NA CAPELA SÃO JOSÉ.

* ele andou por serafina no gov. do massolini.

* e o prof. LUZZATTO que fez o dicionário do TALIAN...

* bacca tb foi um dos primeiros a fazer livros sobre gozações de serafina.

* da comitiva de serafina, tava o maróstica que conta muitas histórias do GUERINET DE LA SANTINA.

* não fiquei pro regabofe. mas vi que tinha cestos de vinho e queijo. eu quero e um exemplar do dicionário.

* de serafina tb tava a inelves, que é um coringa do BB

* psotal se fez presente no encontro. ele planta votos em bento e serafina.

 

ADEMIR BACCA

NA 4, O ADEMIR BACCA NO PIRATINI DEU UMA DE REPORTER. ME DISSE QUE TINHAM PEGADO A TEMPESTADE DE SAPUCAIA E QUE A TURMA DE SERAFINA QUE DESCIA PRO EVENTO TINHA PEGO UMA TEMPESTADE NO MEIO DA ESTRADA.

* PREFA BICO BRANCO....chegou correndo e queria saber onde tava a turma de bento. já tavam dentro da sala do sartori.

 

AS Pensões de nossa vida!


Moradores da JUC entre eles DARCI TROMBETTA,no parque da Redenção.

Quando vim morar em Porto Alegre - como alguns colegas de ginásio de Serafina Corrêa - foi encaminhado pelo Irceu Gasparin, um conterrâneo que morava na capital , para a JUC-5 na Venâncio,esquina Santa Terezinha. O número tenho dúvidas até hoje:1016 ,ou 1022.Não ficou nenhum registro das cartas que eu mandava pros meus pais, pra confirmar o número.

Mas estas pensões eram as JUC.(Juventude Universitária Católica) que me parece foram fundados por Dom Urbano Algayer, ainda hoje vivo e morando se não me engano, em P.Fundo(RS).
Elas acolhiam estudantes que vinham do interior e foram fundamentais nos anos 60/70 do século passado para estudantes pobres poderem continuar seus estudos. Eram pagas.Pagávamos uma mensalidade, geralmente advinda do nosso trabalho . Todos seus moradores trabalhavam de dia e estudavam à noite, ou no JULINHO, no caso perto da JUC-5, ou então no Rui Barbosa, na Oswaldo Aranha, na frente do Instituto Estadual Flores da Cunha.


Na frente da JUC-5

No meu caso, morei de 1969 até 1974,quando a casa da Venâncio Aires - havia uma outra JUC na Venâncio, que não lembro agora seu número -foi pedida de volta pelo dono, um médico que morava ao lado.

No começo, quando cheguei, o sistema era bem rígido. Café da manhã, era uma taça de café com leite, pão e manteiga. Lembro bem de um episódio.

O Kide Fedatto, que hoje vive no Mato Grosso, me defendeu no caso, porque eu, muito comilão, pedia bis no café da manhã. E como o Corbelini, o colega digamos 'gerente' por nós eleito controlava cada migalha de pão que se comia, não permitia repetição, o Kide dizia:
- Mas o Olides saiu da roça dias atrás, lá estava acostumado a comer muito.


MORADORES DA JUC -5

Havia alguns moradores, no caso da JUC-5, que eram folclóricos. Não sei se ainda vive, mas o AMARO, que era de DOM PEDRITO, não fazia nada o dia todo, ao contrário de nós na colônia italiana, que tínhamos que nos sustentar( no meu caso, o dinheiro que meu falecido pai me deu, serviu pra pagar o primeiro mês de pensão).A esmagadora maioria dos moradores trabalhava em bancos.Eu, por exemplo, trabalhava na compensação do UNIBANCO, ali na Sete de Setembro,aquela agência que tinha duas saídas uma pra rua da Praia também.Era um tempo bom de ser bancário. AOlga era minha colega e ríamos muito. Seo Sarmento era o gerente, o sub era um cara muito legal de Garibaldi e um outro colega que volta e meio encontro ainda na rua. Hj ele está magérimo. Era o tempo que eu usava uma corrente de hippie, do qual por sinal muito me orgulho.Tinha comprado dos hippies que faziam couro, como se dizia na rua...E seo Sarmento, ou na sua ignorância, ou pra implicar comigo dizia que aquilo era o símbolo da WOLKSWAGEN.
O AMARO, grande sujeiro, passava a manhã dormindo. De tarde ia pra ENGENHARIA da UFRGS, onde estudava e à noite ficava zoando....

Pegava de tardezinha sua cuia e ficava na frente da casa da JUC-5 vendo as ' dosas' ( este era o apelido que dávamos para as empregadas domésticas, com todo o respeito que elas merecem) desfilando na sua hora de folga pra cima e pra baixo da Venâncio Aires,então uma avenida bucólica, como era a Porto Alegre, daqueles anos.

Havia ainda em 1969 o bonde circulando pela Venâncio Aires e um inferninho localizado bem ali na frente do HPS- ainda menor do que o de hoje - de onde muitos dos moradores tiravam algumas namoradas pra afogar as mágoas, ou espantar o tempo.

Aos domingos, não havia refeições na JUC-5.Por isto cada se virava como podia. Muitos compravam pacotes e pacotes de bolachas na padaria Cestari, na Protásio e faziam ' clubinhos' dentro da casa, tomando com PEPSI cola. Havia uma turma de CRICIUMA, que estudava MEDICINA NA CATÓLICA, OU NA UFRGS. Um destes estudantes o Salvador, hoje é sócio da PREVENCOR, mas ele é de Sto. Antônio da Patrulha e é um dos sujeitos mais mão de vaca que conheci na vida.

Particularmente tenho muitas lembranças da JUC-5, boas e algumas ruins.
Como na noite que tive apendicite aguda e fui levado ao HPS,depois de lá pro CRISTO REDENTOR, onde me operaram de emergência. Meus pais ficaram sabendo muito depois, porque poucas comunicações mantínhamos.Pra ser justo, neste tempo que fiquei internado pós-operação, recebi a visita da mulher do meu patrão da época, sr. EDDO MALLMANN. A empresa ficava na av. Benjamin Constant, e eles eram de Carazinho e de Lajeado. Trabalhei lá uns tempos, até que deixei e fui pra TREVO,de onde saí pra cumprir um roteiro de bancos, que incluíram 3, com certeza. Tudo isto eu tive que rever alguns anos atrás quando fui fazer minha aposentadoria.

Sou grato a este tempo e pouco vejo os colegas que passaram aqueles anos de juventude naquele casarão, onde na frente havia abacateiros. Como já disse, havia um outro clima na Venâncio em Porto Alegre, naqueles anos.Entrevistando a filha do fundador do BB-Bar do Beto - revivi memorialmente aquele tempo alguns anos atrás.

Outro episódio interessante foi quando sem os demais moradores saberem dois MONTONEROS ficaram alguns dias conosco. Eles estavam me parece de passagem para fugir da Argentina. Ninguém sabia ali quem eram....depois é que se ouviu os cochiços...de quem seriam.

Guardo um grande amigo daqueles anos: o arquiteto MARIETO MIGLIAVACCA que mora em Serafina e sempre que vou pra lá, recordamos nossos tempos que eu chamo de JUQUIANOS.

Tem muitos engenheiro, médico,advogado por aí que morou em JUCs em Porto Alegre. mas os serafinenses quando chegavam iam primeiro pra pensão da dona ODILA ZANATTA ,na av.Independência, em frente ao ENCOURAÇADO BUTIKIN. Depois é que iam pras JUCs da vida.

também moravam na JUC-5 muitos estudantes de Guaporé,de Ilopolis, de Anta Gorda e se não me engano de Nova Bréscia.Famoso foi o quartel ali do lado na Vieira de Castro que teve uma explosão com algumas mortes se não me engano em 1973, em plena ditadura militar.

Ah, claro que na JUC-5 como não podia deixar de ser, havia muitas discussões sobre política.

 

HISTORIAS DA NOITE

' certa noite, nas temporadas dos vernissagens,Ivan Viana e Emília Marvão,convidam-me para uma exposição na Galeria Lakar, situada na Av. Independência,936.

A galeria de arte fica no porão e os convidados entravam por uma minúscula porta. Ao fundo, um tapume de madeira delimitava a sala.Depois de vários coquetéis e premido por uma necessidade fisiológica urgente, pergunto a Emilinha onde era o xixi. Ela responde que passando os tapumes.Abro a porta enjambrada e me deparo com um porão mais romano que as termas de Calacalla.
Arcos de tijolos antigos reforçavam as paredes e os três patamares conduziam a um imenso espaço, na época usado para secar a roupa dos habitantes do cortiço. Estava descoberto o Encouraçado BUTIKIN ( TATATA PIMENTAL)

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 17/10/2015) as 10h15min no Espaço Itaú assistiremos ao filme "Lulu, nua e crua" (Lulu femme nue-2013). Após uma entrevista de emprego mal sucedida, Lulu (Karin Viard) decide não voltar para casa, deixando o marido e os filhos à sua espera. Ela não tem nada planejado e se dá alguns dias de liberdade, aproveitando plenamente o que vier em seu caminho. Neste caminho, ela acaba encontrando pessoas que também estão na beira do mundo e alguém que perdeu de vista há muito tempo: ela mesma. "Lulu, Nua e Crua" é o quinto filme da cineasta Solveig Anspach. Ela fez o seu primeiro longa em 1999. Em "Lulu, Nua e Crua", a cineasta Solveig Anspach reencontra a atriz Karin Viard. Elas já trabalharam juntas no primeiro longa dirigido por Solveig em 1999, "Haut les coeurs!", o qual rendeu à Karin o prêmio César de melhor atriz em 2000. Tendo passado um longo período dirigindo documentários, Solveig Anspach tende a deixar os atores jogarem sozinhos sem sua intervenção. Ela diz não acreditar na direção de atores e confia que desta forma, eles podem se sentir mais livres e transmitir mais sinceridade.

No próximo Domingo (dia 18/10/2015) as 10h15min na Sala Eduardo Hirtz assistiremos ao filme "O ciclo da vida" (Fei yue lao ren yuan-2012). Um grupo de velhinhos decide fugir de uma casa de repouso na China. Eles pegam um ônibus, atravessando o país para participar de um show de variedades televisivo. Apesar da saúde frágil, a alegria da viagem e dos ensaios os enchem novamente de vida. Ao longo do percurso, os idosos começam a ver que seus sonhos podem se tornar realidade e encontram a paz e a felicidade que há muito haviam sido deixadas para trás.

 

A travessia literária das filhas do capitão Klink na 61ª Feira do Livro de Porto Alegre



Bate-papo com as filhas do navegador Amyr Klink sobre a obra Férias na Antártica. O livro, lançado em 2010 pela Editora Peirópolis, está na oitava edição, já vendeu mais de 35 mil exemplares e foi adotado por 62 escolas da rede pública de São Paulo.

De tanto verem o pai sair para navegar, um dia mãe e filhas resolveram ir também. E não pararam mais. Dessa experiência, repetida várias vezes, nasceu uma obra de sucesso. O livro Férias na Antártica, que será tema de bate-papo com as autoras, no dia 11 de novembro, na 61ª Feira do Livro de Porto Alegre foi escrito pelas gêmeas Laura e Tamara e por Marininha, filhas do navegador e escritor Amyr Klink e da fotógrafa Marina Bandeira Klink.

Nos relatos de viagem estão lembranças de cinco expedições da família ao continente gelado, onde focas, baleias, albatrozes e pinguins passam o verão. O livro, lançado em 2010 pelo selo Grão da editora Peirópolis, está na oitava edição, vendeu mais de 35 mil exemplares e foi adotado por 62 escolas da rede pública de São Paulo. Segundo a mãe, as três irmãs já deram cerca de 150 palestras contando detalhes da aventura em instituições de ensino.klinks Georgia morena filmando-baixa

– O resultado do trabalho é uma experiência singular, dedicada a crianças e adultos. Esperamos que muitos aprendam com elas a se emocionem com suas experiências – revela a mãe, orgulhosa.

Gêmeas querem passear de barco no Guaíba

Marina Bandeira Klink virá à Feira do Livro com as gêmeas Tamara e Laura, 18 anos. A caçula Marina Helena, a Marininha, com 15, ficará em São Paulo com o pai por causa do período de provas escolares. Laura é estudante de arquitetura e urbanismo, Tamara faz o curso de design gráfico. As gêmeas estão entusiasmadas com a oportunidade e revelam um desejo.
- A gente sabe que é um evento muito importante. Espero que as pessoas consigam aproveitar a nossa experiência. Elas leem o livro e se sentem incentivadas a fazer outras coisas. Gostaríamos de passear de barco no Guaíba. Acho que seria legal – revela Tamara.

Livro nasceu de um trabalho escolar

A origem dessa aventura é curiosa. Segundo a fotógrafa Marina Bandeira Klink, a repercussão de um trabalho escolar feito pelas filhas numa das viagens foi o embrião do livro que nasceria depois, juntando relatos de experiências anteriores.

Em 2009, ano da quinta expedição da família à Antártica, as gêmeas Laura e Tamara estavam com oito anos. Marininha tinha apenas seis. E não eram marinheiras de primeira viagem, mas navegadoras "experientes", pois desde 2005 passeavam de barco com os pais naquele cenário formado por geleiras e icebergs.

- A Baía Margarida, na Antártica, é bem complicada. O acesso é dificultado e até arriscado por causa das geleiras e dos icebergs. Um dia estávamos na cozinha quando ouvimos barulhos e o barco sacudir. Saímos para fora e vimos que havia encalhado numa geleira. Com calma, conseguimos sair – lembra Laura.
Quando retornaram da expedição, as três contaram a experiência aos colegas e professores. O depoimento fez tanto sucesso que elas passaram a ser requisitadas para dar palestras em outras escolas até receberem o convite para publicar um livro. A mãe explica que coube à poeta e arte-educadora Selma Maria e ao professor João Vilhena essa longa tarefa.

- Eles conversaram bastante com as meninas, abriram seus diários e vasculharam seus desenhos, registros e gavetas. Elas relataram suas melhores lembranças acumuladas em cinco viagens à Antártica e, juntos, conseguiram organizar os capítulos deste livro.

O pai como inspiração

Como diz o ditado popular, a fruta não cai longe do pé e as filhas de Amyr Klink sabem disso. Com a inspiração dentro de casa, elas tinham motivos de sobra para ir tão longe. Amyr nasceu em São Paulo, em 1955. Tem 60 anos. Apesar de ser formado em economia e administração, é conhecido pelas viagens que fez ao redor do mundo como navegador. Suas aventuras por mares revoltos e continentes inóspitos têm alguns feitos: o navegador fez mais de 40 expedições à Antártica e, há 30 anos, cruzou sozinho, à remo, o Atlântico Sul. É autor de vários livros de sucesso, entre eles Cem Dias Entre o Céu e o Mar, Parati entre Dois Polos, Mar Sem fim, entre outros.

Agende-se!
11/11 14h – Auditório da Inspetoria da Receita Federal (Av. Sepúlveda, 53, Centro).
- Férias na Antártica, bate-papo com as autoras do livro, Laura e Tamara, filhas do navegador Amyr Klink.

 

SERGS HOMENAGEIA EX-PRESIDENTE

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul – Sergs – realizou no dia 14 de outubro o descerramento da fotografia do eng. Hilário Pires na galeria dos ex-presidentes da entidade, na sua sede central, no Centro Histórico de Porto Alegre. O atual presidente, eng. Nelson Kalil Moussalle, destacou, na oportunidade, o histórico de dedicação do homenageado à entidade ao longo de 40 anos, culminando com o cargo de presidente, cumprido no biênio 2013/2015. Ao agradecer a homenagem, Hilário Pires destacou o apoio recebido dos demais dirigentes da entidade bem como dos associados e parceiros em sua gestão. O evento contou com a presença de dirigentes da SERGS e de entidades da área tecnológica gaúcha.

 

de Serafina

Lançada a 2ª Edição do Dicionário Talian

No dia 14 de Outubro de 2015, o Gabinete do Governador do Estado do Rio Grande do Sul e a CORAG realizaram solenidade para o lançamento da 2ª Edição do Dicionário Português Talian do Professor Darcy Loss Luzzatto, em Porto Alegre. Na oportunidade, o Prefeito Ademir Antonio Presotto deixou sua mensagem, falando da Cidade Simpatia, Capital Nacional do Talian, destacando a importância da língua na preservação de nossa identidade cultural. O Prefeito de Vila Flores, Vilmor Carbonera falou sobre o Filó que acontece no município, bem como da imigração italiana na formação e desenvolvimento das cidades. O Governador do Estado, José Ivo Sartori, em seu pronunciamento, falou sobre os 140 anos da imigração italiana no Rio Grande do Sul, destacando Serafina Corrêa como a cidade onde tudo começou, salientando o grande trabalho realizado em prol da preservação do Talian.

Em seguida, houve o Lançamento Oficial da 2ª Edição do Dicionário Português Talian, onde o Autor Darcy Loss Luzzatto fez a entrega ao Governador José Ivo Sartori, e o Presidente da CORAG, Vinícius Ribeiro, à Primeira Dama do Estado. O Filó de Vila Flores também fez sua apresentação, encantando os presentes com cultura, alegria, falando sobre os costumes e hábitos dos imigrantes italianos, finalizando com um jantar regado à comidas típicas e muita música



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

2015
Mar01
Mar02
Abr01
Abr02
Mai01
Mai02
Jul01
Jul02
Ago01
Ago02
Out01
Out02
   



OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 182 - setembro 2015
Edição 181 - agosto 2015
Edição 180 - julho 2015
Edição 179 - maio 2015
Edição 178 - março 2015
Edição 177 - feverero 2015
Edição 176 - janeiro 2015
Edição 175 - dezembro 2014
Edição 174 - novembro 2014

Edição 173 - outubro 2014

Edição 172 - agosto 2014

Edição 171 - junho 2014

Edição 170 - maio 2014

Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99


ESTÃO À VENDA


Cidades vizinhas (A briga entre cidades gaúchas) • R$ 15


Cosi la ze stata (Breves histórias de Serafina Correa/RS) • R$ 20


Getulio Vargas, depoimentos de um filho (Maneco Vargas fala de Getulio) • R$ 20


Estradas do Rio Grande (A história da construção pesada no RS) • R$ 50

Mais a postagem. Procure pelo olidescanton@bol.com.br.


ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog