"O brasileiro tem mania de comer
o traseiro mas precisa habituar-se
comer dianteiro" - Mal. Henrique Lott
em 1960, em campanha presidencial



30 de novembro de 2015

aconteceu num sebo

( os fatos são reais, os nomes omitidos)

Uma autora lançou seu livro no meio do ano....

pagou a grafica, montou uma editora pra vender seus livros( o livro já tinha vendido muito numa editora que como sempre repassou pouco a autora)...

a velha rixa autor X editor

esta rixa existe com LFV, com seu paiErico, com todos os autores....com celia ribeira que uma vez se queixou a mim que recebia poucos direitos autorais...

voltando ao começo. um amigo levou alguns livros desta autora prum sebo. ele pesquisou na internet e viu que o mesmo livro era vendido a 20 pilas num sebo bem na frente. a autora quer 35,00 cada um.

diante do fato, a autora foi pesquisar e se deu conta que tinham ' vazado' exemplares da grafica. como, ela não sabe....

uma advogada se apresentou como compradora no sebo, pediu nf( advogado sabe como ter documentos) e a vendedora,inocente, deu....(podia ter dito que não daria nf, que não tinha...e a advogada, ainda por cima, gravou com o celular a conversa das duas, dizendo que os 20,00 pilas eram porque algue´m fornecia pro segbo...)

ai dias depois a advogada - que é filha da autora - chegou lá com uma nofiticição. nem foi na policia, nem em juizo...

o dono do sebo, que eu conheço, se cagou todo....deu lá uma explicação fajuta, e entregou os exemplares que tinha em seu poder....

fim da história....

a autora vai encerrar o caso por ai, mas ela me disse que se quisesse levar adiante poderia fazer o cara do sebo pagar toda a edição que daria 90 mil....

o probelma dos sebos é que as vezes eles compram livros que são roubados. aliás eles sempre me dizem.os caras ganham os livros na feira do livro e correm pra cá pra vender pra nós(OC)

 

DISPUTA

O DONO DE UMA BANCA DE REIVSTA PERTO DA RODOVIÁRIA PEDE 800 MIL REAIS AO HOTEL CONCEIÇÃO POR USUCAPIÃO...

* ENTRE AS TESTEMUNHAS QUE ARROLOU ESTÃO CESAR TASCA E MARNE BARCELLOS.

OS DONOS DO CONCEIÇÃO OFERECERAM 70 MIL NUM ACORDO QUE NÃO FOI ACEITO.

 

' lobo solitário'....

conheço bem o tasca, do agapio....

ele é experto.leva pros funcionários que eu digo que ele mora num muquifo e aí os caras ficam com pena dele...ele usa até isto...,.kkkkk

* quando deixou de morar no conceição(gastava mais de taxi do que de aluguel) o beto,irmão do tasca, arrumou um ape na j.de alencar. mas a imobiliária, sabe-se lá pq vetou o fiador que era sogro do beto e era milico.

ai o tasca ficou com este que mora na mariano de matttos, não é bem ainda a vila cruzeiro, é pertinho.

PAGA 500 PILAS COM TUDO INCLUIDO..
mas apenas a faxin eira frequenta o ape do tasca....

 

GRILOS NO PRÉDIO

NUM PRÉDIO ONDE VIVE UM ESCRITOR DE ORIGEM JUDAICA E FUNCIONÁRIO DA CAMARA MUNICIPAL, UMA MORADORA TÁ TÃO DE SACO CHEIO DE SUAS ' PICUINHAS' QUE VAI COLAR UMA FOTO DO ' BENTO', AQUELE CACHORRO DA ESCRITORA riquinha que largou a zero....

o bent o cachorro da mariana kalil, vai ser colado na portaria do prédio, todo estressado pq a moradora não guenta mais os bilhetinhos do escritor este;

- POR FAVOR FECHEM A PORTA, POR FAVOR FAÇAM ISTO, FAÇAM AQUILO.

na verdade, a moradora tá de saco cheio da vida....(OC)

 

GRILOS NO PRÉDIO

CONHEÇO O ESCRITOR ESTE HÁ MUITO E MUITOS ANOS...MAS NUNCA O ACHEI PENTELHO. PELO CONTRÁRIO...ELE TB COSTUMA CAMINHAR PELA PRACINHA DOS BURGUESES, ATÉ PQ MORA PERTO.

 

bar do antonio lanches na 5 passada....

alunas indo pra aula e

o editor com a carlinha, durante almoço...

 

LULU DA CEASA DORME CEDO

AGORA ELE SAI DO BARRANCO LÁ PELAS DUAS DAMATINA. MAS QUDO ERA MAIS MOÇO, SAIA DE LÁ DIA CLARO, 5, 6 HORAS. POR ISTO QUE OS GARÇÃOS O APELIDARAM DE LULU DA CEASA. ELE SAÍA DE LÁ NA HORA DE IR NA CEASA. ERA A VINGTANÇA DELES.

ALIAS É UMA BOA HISTORINHA PRO MEU LIVRO DA NIGTH....

SEGUNDO ELE ME CONTOU HJ, OS GARÇÃOS TINHAM COMO CASTIGO FICAR ATÉ AHORA QUE ELE DEIXAVA O BARRANCO.

- EU NÃO, EU FIQUEI ONTEM BERRAVA, UM E AI O ELSON FURINI MANDAVA OUTRO FICAR...POBRES GARÇAOS GTENDO QUE AGUENTAR ESTES GAMBAS. OUTRO QUE SAIA PRA COMPRAR CIGARRO E PASSAVA A NOITE NO BARRANCO JOGANDO PALITINHOS COM OS GARÇÃOS ERAM O TAIO PINHEIRO MACHADO, O TASCA QUE MOROU LÁ NO SOTÃO MAL ASSOMBRADO DURANTE ANOS PODE CONTAR ESTES CAUSOS DE QUANDO ELE OUVIA O RUBIS HOFFMEISTER E O NELSON MARCHEZAN CONTANDO SEGREDOS DA REPUBLICA.

-NO OUTRO DIA NO JORNAL NÃO TINHA NADA DO QUE EU OUVIA, ME CONTOU O TASCA ESTES DIAS. CHEGANDO A CONCLUSÃO QUE OS JORNAIS NÃO SABEM LHUFAS. ACHO QUE CONTINUAM IGUAL.(OLIDES CANTON)

 

LULU DA CEASA NÃO APROVOU O PARRILA DEL SUL...

mal atendido segundo ele....

e perto da meia noite mandam todo mundo embora.

 

LULU DA CEASA

notivago acha que a noite de porto alegre morreu....

fecharam box 21,entre outros. e a balada segura segundo ele matou os que saíam pra tomar um vinho.

schullas, ou enio lucas nonnemacker está morando em guaíba. já teve vários bares, inclusive o BUTIKIN, nos anos 70.

 

NOTIVAGOS

aguardam a abertura do novo restaurante-bar ao lado do BARRANCO....

terá pizza, massas e assados. o investimento é de mais de 2 milhões ...no mesmo prédio onde era o PIZZAIOLO.

 

Coleguinhas

tou curioso pra ver o ibope, depois que o zambica foi pra caiçara.....

fui no jogo do timinho aquele da azenha, digo do humaitá. que timeco. afora o guri que fez o 1 gol, não tem ng. so o goleiro que é outro bom goleiro.

no começo do jogo veio o aveline, da gol, me dizer que é candidato a aceg e dizendo que há muita confusão na tal entidade....

* na volta vim conversando com O CUCUT, juarez tosi, que me deu uma aula de MPF,juizes e afins..pq agora é bom saber né.(OC)

UM DOS RESPONSÁVEIS PELO IMPRENSA LIVRE RS ACHA QUE DELCIDIO AMARAL ' EMPAREDOU'. O STF...

É PODE SER.

TAVA NA CARA QUE IAM APRONTAR PRA CIMA DE UM' UBERIANO' DESTES.....

* otto bede na guaiba totalmente NOIA...

- alo quem é, me pediu agora de manhã.

olides, otto.

ah, pq tão dando trotes aqui...

* n chamem pro mesmo almoço, o otto e o rossi, a rejeição é RECIPROCA kkkkk

 

BATOM EM CUECA....

é melhor não comprar briga com o POLIBIO. batom em cueca todo mundo tem um pouquinhoooooo(risos)

 

NAO FUI NO PREMIO PRESS.....

* uma x fui e me barraram pq tem que ter convite.

* nunca me mandaram mas tb não faço questão. esta coisa aí de premios,,,,é não minha praia.

 

premios

o meu primo calixto stefonem ganhou um premio de sua loja de tintas.

- vais receber,perguntei

- sim, me disse, paguei pra isto.

toing......

 

TASCA

o floriano bortoluzzi não conseguiu emplacar um premio da sua revista....

pro agapio.

tirar grana de gringo não é mole....

 

viuva

dizem que a viuva tem mais chances de se casar de novo pq o OBJETO DO DESEJO ESTÁ MORTO. leia-se o PAU DO MARIDO NÃO EXISTE MAIS.o que é a mente humana. so freud mesmo pra interpretar.

o cara que no cinema melhor expressou os relacionamentos é o marido da leila diniz, que agora tá com mal de parkon....

domingos de oliveira é o nome do bicho, que fez belo filme sobre separações.

 

AQUILINO

destes relacionamentos de velhos, me lembro do aquilino costela, de serafina. ele se juntou a uma viuva, mas depois se deu conta que a filharada tava tudo no seu páreo pra ele pagar a boia.

pulou fora. da maneira que conta, sempre me mijo de rir quando o encontro.

meu irmão paulo, ficou viuvo e encontrou uma companheira, mais jovem que ele.

tentaram juntas os trapos. não rolou por causa de filhos de ambos.

agora tão dando certo, cada um no seu canto....

pode ser por aí.

TIVE NOS ANOS 90./20000 UMA NAMORADA QUE LEMBRO COM MUITO CARINHO. não a cito aki pq o marido atual segundo ela tem muito ciume de mim e por isto ela me pediu pra nunca mais procura-la, o que senti, mas fiz.

nossos encontros eram no fim de semana. quando a coisa ficava chata, eu pegava o onibus e voltava a porto alegre.

muitos x tive como parceiro de viagem , nos domingos depois do almoço,dom ivo lorstcheider, a quem muito respeitiva.

* a receita era simples. ela me dizia NÃO MISTURE OS TEUS COM OS MEUS.

ÉVERDADE QUE UMA VEZ ELA MANDOU SEU FILHO SE TRATAR NUM DENTISTA QU EEU INDIQUEI DEPOIS QUERIA QUE EU PAGASSSE. PULEI FORA É CLARO.
- NÃO TENHO FILHOS HOMENS....

MAS A MULHER TRABALHAVA E SE RESPEITVA. VIAJAVA MUITO. NUNCA FUI JUNTO. ELA NUNCA ME CONVIDOU. NOSSA RELAÇÃO NÃO TINHA COMPROMISSO. POR ISTO DUROU TANTO.

NA VERDADE, OS RELACIONAMENTOS TEM UM FUNDAMENTO ECONOMICO...POR ISTO QUEREM TANTO ' ENGATAR' UM NO OUTRO.

POR QUE DAR NOMES AOS RELACIONAMENTOS????

 

relacionamento aberto

enocntrei agora de manha uma 'amiga-namorada' de um coleguinha....
- cade fulano?

- ah, não sei,nós somos amigos e as vezes namoramos, me disse ela.

ele é conhecido por publicar uma revista que circula muito nas boites da farrapos....

e já foi viuvo,separado e não sei mais o que....

 

o oraculo do PARCELAMENTO

um dos assíduos frequntadores do agapio lanches, da j.de alencar, é um PRIMO DO SARTORI. pelo menos o tasca, dono do agapio, garante que ele é....(será que não é carteiraço???)

o fato é que neste domingo tomando seu trago, foi intercepado por pelo menos um frequentador:

- e ai o primeira parcela é amanha(segunda)???

o cara apenas fez sinal de positivo com a cabeça.

 

CLUBE DE CINEMA VETADO NO XOPING MOINHOS

não passam mais filmes pro clube de cinema lá. foi vetado....

* qdo morrer o GOIDA, vai virar outra ARI, apenas sombras doque foi no passado.

 

CLUBE DE CINEMA

so vão umas veinhas e uns veinhos.poucos jovens. as vezes passam filmes bons no santander, na sala muktiuso. no más, é a mesmice.

 

Crise

A CRISE VIAJOU....DIZIA UM POLITICO, ACHO QUE O ULISSES....

* ele se referia a qdo o GEISEL DEIXAVA O PAIS....

 

do mironneto.com

Crise e super oferta faz ocupação de hotéis cair 10%

A ocupação dos hotéis da Região das Hortênsias caiu 10% em novembro, na comparação com igual período do ano passado. A informação é do presidente Sindicato da Hotelaria, Bares, Restaurantes e Similares da Região das Hortênsias – SindTur, Fernando Boscardin, que atribuiu a queda à crise econômica brasileira e à super oferta de leitos, a partir da abertura de novos empreendimentos.
Segundo Boscardin, a queda de ocupação atinge principalmente os hotéis menores. “Os hotéis maiores, que possuem um departamento comercial e não apenas um setor de reservas, estão conseguindo manter os níveis de ocupação de 2014, mas essa não é a realidade dos 96 hotéis associados ao nosso sindicato”, afirma o presidente do SindTur.

 

do Comunique-se

Dono do Diário do Grande ABC é condenado a 10 anos de prisão

A 1ª Vara Criminal de Santo André condenou Ronan Maria Pinto, dono do Diário do Grande ABC, a 10 anos, quatro meses e 12 dias de reclusão. A decisão aponta que o empresário, junto de Sérgio Gomes da Silva e do ex-secretário de Serviços Municipais da cidade, Klinger Luiz de Oliveira Sousa, foram acusados de liderar esquema de cobrança de propina de empresas de transporte contratadas pela prefeitura. As informações são do Tribunal de Justiça de São Paulo.


Maria Pinto é acusado de envolvimento em esquema de corrupção
(Imagem: Diário do Grande ABC)Leia Mais:
Justiça vai investigar lavagem de dinheiro para compra do Diário do Grande ABC

Além da condenação em regime fechado, Ronan terá de pagar multa pelos crimes de concussão e corrupção ativa. A juíza Maria Lucinda da Costa afirmou em sua decisão que ficou comprovado que todos os responsáveis pelas empresas de transportes que atuavam em Santo André contribuíam, na proporção do número de ônibus que possuíam, para organização criminosa instituída. Além de ser dono do jornal, Ronan é proprietário de empresas do setor de transporte e coleta de lixo no ABC paulista.

“É inafastável a condenação de Klinger, Ronan e Sérgio, pois fartas são as provas de recebimento de valores de modo ilícito, bem como a destinação pessoal do proveito da corrupção. Não há tese defensiva que leve à absolvição”, explicou Maria. A condenação de Silva e Sousa é de 15 anos, seis meses e 19 dias de reclusão, também em regime fechado, além de multas pelos crimes.

 

do PMDB

Luto

É com pesar que informamos o falecimento na madrugada desta sexta-feira, 27, de José Miguel David, irmão do senador Pedro Simon. Vítima de câncer de pulmão, ele tinha 82 anos e estava internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O velório ocorre a partir das 13h na Capela Ecumênica do Crematório Metropolitano João José. A cerimônia de cremação será amanhã, às 10h, no mesmo local.

 

Convite

 

da Folhra Popular de Teutônia

 

de Serafina

Novembro Azul: Palestra Show foi um sucesso!

A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância em Saúde, vem realizando uma série de ações que tem o objetivo de prevenir doenças, promover o bem-estar social, saúde e qualidade de vida da população. O movimento Novembro Azul integra a programação mundial para conscientizar o gênero masculino da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e para intensificar as ações para a promoção da saúde do homem. Na noite de 26 de Novembro de 2015, a Prefeitura Municipal realizou uma Palestra Show. Com o título: Sou um Homem Nota 10! Fábio Fiel divertiu as dezenas de homens que participaram do evento, com descontração, humor e energização positiva, abordando os segredos para viver mais e melhor, doenças que o homem tem que conhecer e prevenir. Houve distribuição de brindes e muita alegria.

 

Serafina Corrêa no Blog da Gol

Turistando, Imigrantes no Brasil, Viaje pelo Brasil que ainda fala a língua dos imigrantes. No dia 25 de Novembro de 2015, a Gol divulgou matéria, em seu blog, com as cidades em que são faladas línguas da imigração. Você sabia que existem cidades no Brasil onde a influência da imigração é tão grande que, no dia a dia, a língua portuguesa divide espaço com outros idiomas? No município gaúcho de Serafina Corrêa, por exemplo, o Talian, mistura de português com italiano, virou idioma cooficial. Viaje com a gente por esses municípios tão especiais e conheça as outras línguas do Brasil:
http://blog.voegol.com.br/viaje-pelo-brasil-que-ainda-fala-a-lingua-dos-imigrantes/


27 de novembro de 2015

MUQUIFO

engraçado, como as pessoas perderam a graça do humor. qdo escrevo muquifo aqui é quase como uma brincadeira. e muita gente leva ao pé da letra. vai ver é com medo que desvalorizem o imóvel...tudo é grana na cabeça....

por mim que se lixem se não entendem meu hummor...

tava fazendo acumputura e o tasca me ligou dizendo que tinha gente corneteando ele pq eu disse que ele morava num muquifo.

conheço o prédio do tasca, onde ele mora...vai ver quem é contra não quer que ot asca gaste o dinheiro que ganha com ele, e sim com ELES...empregados não são amigos...(OC)

 

Lua

a lua cheia nascendo em petropolis(Poa)

 

propaganda de motel que ouvi agora na liberdade fm....

'a gente anuncia mas o boca a boca é vc que faz'....

ué, um poko criativa....sem ser apelativa.

 

O ANTONIO LANCHES- cenas do cotidiano....

decoração natalina

carlinha lendo,séria

e o luis tirando aquela pestana de fim de tarde(OC)

 

Conclusionática

prezado laurinho...tu nunca ouvistes falar do poema do drumond....

VAI CARLOS SER GAUCHE NA VIDA....(oc)

Enviada: Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015 10:04

Li, agora de manhã, os últimos dois dias do teu blog.
Conclusão: tu tá sempre do lado errado!
Aquela histórinha dos pescadores argentinos em Garruchos é a ilustração disso.
Idem o comentário sobre o Uber.
O mundo vai para um lado e tu vai para outro (e acha q é autenticidade).
(Laurinho da Venâncio)

 

laurinho

NAO É AUTENTICIDADE. É O QUE EU PENSO....

olha prezado laurinho, quando a coisa fica MUITO SERIA, DEIXA DE ME INTERESSAR...

daqui levarei a vida que levei....

* e tem mais descobri por mero acaso que o novo predio onde moro tem SALÃO DE FESTAS.UFA, NUNCA HAVIA MORADO NUM COM SALAO DE FESTAS...NEM NA QUINTINO ONDE GUARDEI DINHEIRO 18 ANOS PRA COMPRAR E VIVI APENAS 10 MESES....MAS ISTO SÃO COISAS DA VIDA.

SOBRE ESTE APE DA QUINTINO, NUNCA ESQUEÇO DO JOSE GUERREIRO, QUANDO EU TAVA ME SEPARANDO. EU ME QUEIXAVA DO APE QUE HAVIA DEIXADO E O GUERREIRO, HOMEM INTELIGENTE, E QUE ENTENDE DE MULHERES- TEVE UMA NAMORADA QUE ERA O SONHO DE TODOS OS HOMENS DA ZERO -ME DEU NA LATA:

- TU GOSTA DELA OU DO APARTAMENTO????

 

de novo garruchos pra contextualizar....

os pescadores, nãoe ram pescadores. eram competidores de um torneio de pesca, ou seja, gente de classe média argentina, do outro lado do rio de garruchinhos...

não eram como os beirinhos de garruchos que vivem do bolsa familia...sim em garruchos se vive da bolsa familia.

ACHO QUE O LAURINHO NÃO ENTENDEU. EXPLICO DE NOVO...
DE GARRUCHOS EU DISSE QUE VI QUE A ' ESQUERDA' QUE TAVA NO PODER NA ARGENTINA, NÃO TAVA TÃO BEM NA FOTO. EU QUE ACHAVA QUE ELE TAVA PQ NÃO VOU LÁ HÁ 20 ANOS. O QUE SABIA ERA PELOS INFORMES DO FALECIDO GELSON FARIAS, QUE FALAVA MUITO COM A HENRIQUETA QU ETRABALHAVA NO CLARIM, ME PARECE.

QUIS DIZER QUE EU AINDA TINHA NA CABEÇA A IMAGEM DOS HEROIS DO ERP E DOS MONTONEROS, MAS QUE OS ARGENTINOS JÁ TINHAM DESENCANADO DELES PELA EXPERIENCIA DAS ESQUERDAS NO GOVERNO. MAIS OU MENOS COMO CUBA, QUEM GOSTA DE CUBA É QUEM NÃO VIVE LÁ....

 

O CARCEREIRO papagaio de pirata....

ele voltou a ocupar as capas de todos os jornais do pais, nesta 4 feira...

ainda aguardo uma materia sobre ele.....parece que ele foi expulso da PF tempos atrás e depois reintegrado. é carcereiro da PF em Curitiba.

DIANTE DOS FATOS DE BRASILIA DOS ULTIMOS DIAS MAIS ME LEMBRO DA FRASE.



EM POLITICA, A MULHER DE CESAR NÃO BASTA SER HONESTA, TEM QUE PARECER....

 

pelo capincho, de SB

De: letier12
Enviada: Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015 08:56

Chove PTsta na prisão

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Nega Lu

sobre o livro da nega lu, pela maria siliprandi.comentário meu. eu não li e provavelmente nem vá ler. li o da esquina maldita e achei muito atochado.....(olides)

Enviada: Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015 07:00

Mas não tiro o mérito afinal tem muita pesquisa entrevista e trabalho.apenas a crítica que ele fica tergoversando. Tu ficas pensando: mas porque o autor tá contando está coisa?o que tem a ver com a Nega? Até que depois de muito lero surge a ligação. Então fica meio sem rumo e direção, mas também conta muitas outras histórias.

 

revi o filme BOM FIM...

é uma recuperação da história das musicos de porto alegre....

o cara levou 10 anos pra conseguir a grana do filme. vai ver por isto ficou bom....

algumas empresas do ramo imobiliário não devem ter gostado de alguns depoimentos que tão no filme bom fim...

* mas o mais racional é o do BICUDO...
ate pq ele conhece bem o local....

o falecido ISAQUINHO FICOU MEIO MAL NA FOTO....
é que ele comandou A ONDA MORALISTA PRA MANDAR OS MAGROS EMBORA....

alguns MALUCOS no filme bom fim, deixam o filme mais aprazível. contam bastidores daquelas LOUCURAS TODAS.

eu não gostei do cara do ocidente (achei o cara muito sério)..não entendi pq a lancheria do parque não entrou no filme. acho que ela é importante nesta his´toria.

O BOM FIM SERVE TB PRA RECUPERAR A MEMORIA DA CASA DO CINEMA....

ENGRAÇADO NENHUMA MENÇÃO AO SCLIAR QUE É DO BOM FIM...

 

sobre BATALHA DOS AFLITOS...

que completa 10 anos...

LEMBRO QUE NA SEGUNDA FUI NA ARI...UM MOTOBOY BEBADO SUBIU NO ELEVADOR E ME DISSE:

- TOU BEBADO DESDE SABADO.....

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 28/11/2015) as 10h15min na Sala Paulo Amorim assistiremos ao filme "A ilha do milharal" (Simindis Kundzuli-2014). Um velho camponês (Ilyas Salman) se muda, com sua neta (Mariam Buturishvili) para uma pequena e deserta ilha no meio do rio Enguri, para plantar milho. O rio separa a Geórgia da Abkhazia e já foi cenário de sangrentas lutas. Como soldados ainda surgem na região, o clima é de tensão. O rio cria e o rio destrói, em um ciclo eterno do qual ninguém pode escapar. Escolhido para ser o representante da Geórgia na categoria de melhor filme estrangeiro do Oscar.

No próximo Domingo (dia 29/11/2015) não haverá sessão!

 

Painel “25 anos de Mercosul: implicações para além da economia”

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) tem a honra de convidá-lo(a) para o Painel “25 anos de Mercosul: implicações para além da economia”. Confira a programação abaixo e participe!

Palestrantes:

- André Reis (UFRGS): O Mercosul potencializa o Brasil

- Diego Rafael Canabarro (Núcleo de Informação e Coordenação do .br – NIC.br): Governança na internet: cenários e desafios para a integração digital

Mediação: Ricardo Leães (FEE)

Data: 03 de dezembro de 2015 (quinta-feira)

Hora: 14:30

Local: Auditório da FEE (Rua Duque de Caxias, 1691, Centro/POA)


26 de novembro de 2015

taxis

agora virou moda falar mal dos táxis. assim como comer e virar o coxo. é bem da gente humana isto...

* logo logo a LUA DE MEL COM OS UBERIANOS ACABA E AI começam a falar mal do UBER....

eu peguei um taxi pra vir da urgs na 3 e o cara veio direitinho. nem teve chinelagem pra pagar. só pegava antes qdo vinha de sb e na rodoviária fazia muito frio.(OC)

 

DECADENCIA...

FIM DE TARDE DE 3 FEIRA...

SAIO DO GABINETE DO ADELI E VOU A UM RESTAURANTE DO MERCADO...

LÁ UM EX CRONISTA QUER SUBIR PRO BENHEIRO, MAS O DONO LHE GRITA...

- FULANO, VE SE NÃO MIJA NO CHÃO COMO ANTES....

um procurador da prefa que bebe ail fica brabo e vai embora.

o ex-cronista, que está em quarentena, desce do banheiro e vai embora.

O QUE É A DECADENCIA.....

 

O PROCURADOR VOLTOU

hj ao restaurante de onde ele se retirava na noite de terça protestando contra o tratamento dado ao dono a um ex-cronista que mijou fora do vaso no banheiro....

este procurador municipal é amigo do LUISINHO, no feice, do agapio.....

 

Blog

na terça, na frente do adeli, disse a um profissional que mantenho este blog PELO PRAZER DE DIZER O QUE PENSO.

* não sou um produto, não quero ganhar dinheiro com ele( ou seja, este não é o objetivo) e apenas dizer o que penso sobre a vida...

* talvez por isto tenha alguns leitores fieis...

* tb disse a este profissional que não me interessam redes sociais, acho as redes SOCIAS UMA NOVA FORMA DE DITADURA, COMO AS TELES O SÃO.

 

TASCA X TASCA

Cesar Tasca, do agapio, não tirou a pobreza de dentro dele( trabalha muito, mas mora num muquifo, na cruzeiro, de 500 real por mes....)

* já o seu primo chiquinho. tem casa em MIAMI. este tirou a pobreza de dentro dele. poderia ir veranear em CCanoa, ou JURERE, mas vai a MIAMI...

* um dia perguntei a minha filha que mora em PARIS o que ela tinha gostado da EUROPA....numa viagem que fez por lá.

-PAI, ME DISSE, GOSTAR GOSTEI MESMO DE MONACO.

SENTI ORGULHO. E LHE DISSE:

- CASA COM UM XEIQUE...(RISOS)

 

A POBREZA QUE NÃO SAI DE MIM....

o primeiro fonema que recebi no fixo foi do oraldo rodrigues, o LALO, que conheço há tantos anos.

* brinquei( e falei sério ao mesmo tempo) que ele só ligou agora pq o fixo é mais barato.

* ORALDO É UM ADVOGADO DE SUCESSO, MAS A POBREZA NÃO SAIU DELE....

* conheço muita gente assim. ganham diznheiro na vida, mas se comportam como ' pobres', como se a pobreza, em si, fosse umA VIRTUDE.

* qdo vejo uma atitude destas penso; SERAFINA NÃO SAIU DELE,AINDA E PROVAVELMENTE NÃO SAIRÁ NUNCA...(oc)

 

pobreza

OS ITALISNOS EM GERAL TEM UM DITADO.

QUI SPARANHA ,GATA MANHA....traduzindo( poupe que a gata come....)

é, pode ser.

 

Prisão

se o ' chefão' for em cana, imagino o que a PF tá imaginando apelidar a operação:

1. ' o poderoso chefão'

2. ' chegamos nele'

3 ' so faltava ele'....

 

Igrejas e partidos

UM DIA VI ALGUEM DIZER ALGO QUE É MUITO VERDADEIRO. IGREJAS(TODAS) E PARTIDOS POLITICOS GOSTAM DE MANTER O POVO IGNORANTE. ASSIM O DOMINAM MAIS FACILMENTE.

 

BAH,TCHE....

DESCOBRI QUE O NOVO PRÉDIO TEM UM SALÃO DE FESTAS. AGORA SIM VAMOS CONVIDAR O DANIEL PRA FAZER UNS XURRAS AQUI...SE ELE PUDER PQ A PERNA DELA ANDA FEIRA.
QTO NOS PROCURAMOS UM SALÃO DE FESTAS PRO TASCA PAGAR OS XURRAS DELE. FAZIAMOS NO FELIPE. QUE SEPRE QUEBRAVA O GALHO DA TURMA.

AGORA TEM AQUI, VOU ME INFORMAR COMO FUNCIONA A RESERVA.

 

QUEIXA DE LEITOR

O LEITOR ORALDO RODRIGUES ESTÁ COM SEU FONE DA OI MUDO DESDE O ULTIMO TEMPORAL...

FOI NA OI DA SALGADO FILHO - ONDE EU FUI 2 X - E QUASE DEU DE ' UMBRELLA', NUM FUNCIONÁRIO. PORCO DIO, ZO BESTEME, LORA....

O FATO É QUE HÁ DOIS MESES O LEITOR TEM SEU FONE FIXO MUDO.....

PERGUNTEI A ELE SE TINHA GENTE EM CASA PRA ATENDER A OI, ELE DISSE:

- TEM ATÉ DEMAIS(KKKKKK)

 

Solenidade vai marcar os 30 anos do Instituto Cultural Judaico Marc Chagall

Em jantar, a entidade voltada à divulgação e memória da cultura judaica no Rio Grande do Sul fará homenagens a personalidades da comunidade

No próximo dia 30 de novembro o Instituto Cultural Judaico Marc Chagall – entidade criada para a divulgação da cultura judaica, vai celebrar 30 anos de atividades. O encontro será no Theatro São Pedro.
No jantar, duas personalidades da comunidade serão homenageadas pelo trabalho em prol da cultura judaica e do Instituto Marc Chagall, Eva Sopher e Jayme Sirotsky.

Sobre o Marc Chagall

O Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, uma associação sem fins lucrativos, foi criado em Porto Alegre em novembro de 1985, por um grupo de intelectuais e membros da comunidade judaica, para suprir a falta de um organismo/Associação que divulgasse a cultura judaica de uma forma ampla.
Através de seu Departamento de Documentação e Memória , a instituição tem como objetivos favorecer o reconhecimento da identidade e o desenvolvimento de formas de expressão cultural da comunidade judaica brasileira e difundir a contribuição judaica para a cultura. Visa ainda estimular a realização de estudos e pesquisas sobre a comunidade judaica do Rio Grande do Sul e do Brasil, promovendo a preservação e a divulgação deste material documental. Seus princípios norteadores são a preservação da memória da coletividade judaica no Rio Grande do Sul; o registro da sua presença na história deste Estado, em especial a da imigração; a ênfase da contribuição dos judeus para a sociedade brasileira na educação, artes, ciência, esporte, serviços, indústria, serviço público e outras; a promoção do diálogo, propagando as ideias de multiculturalidade, tolerância religiosa e a luta contra o preconceito; e a divulgação dos valores éticos do judaísmo.
Na década de 1980, de forma pioneira no país, a Associação coletou 570 entrevistas de imigrantes judeus e seus descendentes, passando a colecionar uma vasta documentação e a realizar pesquisas com este material. Seu acervo tem sido sistematicamente consultado por pesquisadores nacionais e estrangeiros e constitui um importante arquivo da memória da imigração judaica no país.

 

do Comunique-se

Desafio Comunicar: conheça o trabalho de assessores de imprensa

por Nathália Carvalho

"Portal Comunique-se, bom dia!. Claro, pode falar. Recebi seu e-mail, sim. Obrigado pelas informações e por ter encaminhado a sugestão. Vamos conversar sobre a pauta". Diariamente, redações do Brasil inteiro, inclusive a nossa, mantêm relação próxima com os colegas que estão do outro lado do balcão: a assessoria de imprensa. E não dá para negar a essencialidade desses profissionais no funcionamento da comunicação. Sem eles, muitas vezes o repórter fica sem referência de confiança e a apuração acaba prejudicada. Foi para conhecer o dia a dia da área que conversamos com quatro jornalistas responsáveis por trabalhos feitos em Grupo Paranaense de Comunicação, Grupo O Povo, Rede TV e TV Gazeta. Fernanda Yanaze, Joelma Leal, Rafaela Barbosa e Ricardo Nóbrega, respectivamente, contaram como são os bastidores da profissão, os desafios e como o estudante deve se preparar para assumir tal função. Neste especial, dividido em duas reportagens, você vai entender como os assessores se organizam para atender as demandas.

Mas, antes, vamos conhecer melhor os entrevistados:


l(Arte: Marcio Chang)

O trabalho em um grande grupo de comunicação
Não é à toa que o Grupo Paranaense de Comunicação é considerado o maior do Paraná. Formado por jornais, portal, rádios e emissoras de TVs afiliadas à Rede Globo, o conglomerado tem em sua equipe de comunicação a jornalista Fernanda Yanaze. Ela comenta ser comum ver pessoas se questionando sobre "como fazer assessoria de imprensa para veículos de comunicação”. Durante a conversa com a reportagem do Portal Comunique-se, ela avisou logo de início que se engana quem pensa que só porque todos os veículos fazem parte de um mesmo grupo é que eles simplesmente dão as matérias sugeridas. "Aqui 'vendemos' pautas de um veículo para o outro. Há todo trabalho nosso para convencer as redações internas de que determinado projeto ou evento é importante para o público de cada redação".

A estratégia adotada pela profissional, já sabendo que os concorrentes diretos dificilmente vão cobrir os projetos do GRPCom, é fortalecer a comunicação com blogs, jornais da Região Metropolitana de Curitiba e em colunas sociais dos outros grupos. "Além disso, nosso trabalho está bastante direcionado aos veículos especializados nas áreas de comunicação, jornalismo, marketing e propaganda. São nesses canais que tentamos emplacar os projetos e campanhas de marketing, os processos e iniciativas dos diversos departamentos das unidades de negócio, principalmente das redações".

No Grupo de Comunicação O Povo, sediado em Fortaleza, Joelma Leal também faz trabalho para que as informações circulem tanto nos veículos da casa (rádios, TV O Povo, portal e impresso) como em espaços externos. Por lá, a lista de ações, eventos e produtos é extensa e inclui eventos, seminários, feiras, palestras, revistas, lançamentos de livros e cadernos especiais, programação do espaço cultural e ações institucionais. "A rotina é participar de reuniões periódicas com todos os setores demandantes do grupo a fim de ser informada das novidades, produzir notas para colunistas, fazer a pauta, encaminhar aos veículos internos e externos, fazer acompanhamento e produzir relatórios e clipping do assunto referente ao tema".

Joelma não cuida apenas do trabalho ativo. A jornalista, assim como os outros entrevistados desta pauta, recebe demandas externas com solicitações de fonte para pautas específicas e apura informações para que o repórter tenha o maior número de dados possíveis para fazer o texto. "O leque de assuntos é bem variado: hoje estou assessorando evento ligado às noivas, amanhã será sobre carros e motos, por exemplo", relata.

O jornalista Ricardo Nóbrega prefere pensar a assessoria como uma agência de comunicação já que quatro "clientes" são atendidos por ele: Gazeta Esportiva, TV Gazeta, Faculdade Cásper Líbero e Rádio Gazeta FM e AM – unidades pertencentes à Fundação Cásper Líbero, que conta com prédio imponente na Avenida Paulista, em São Paulo. "Por tratar de diferentes segmentos, o trabalho exige que sejamos no mínimo dinâmicos. Você vai do entretenimento para a educação num estalar de dedos". Ele explica que a atuação para a TV inclui divulgação de programas, novidades, entrevistas, além de acompanhar artistas em outras emissoras. Na faculdade, o trabalho tem como foco sugerir especialistas à imprensa, divulgação e cobertura de eventos, cobertura fotográfica, lançamento de publicações e tudo que envolve o calendário da instituição.

"Nas rádios, atuamos em ações pontuais como o lançamento de um aplicativo ou atualização de um site, por exemplo. Aproveitamos também visitas de artistas. Por exemplo: uma visita da Anitta nos bastidores da rádio rende ótimas matérias em mídias de entretenimento. O trabalho para a Gazeta Esportiva é bem parecido, o que muda é o segmento. Atuamos em ações pontuais e nos grandes eventos esportivos promovidos pelo site, como a Prova Ciclística 9 de Julho e a tradicional corrida de São Silvestre", conta.

À frente da comunicação da Rede TV, Rafaela Barbosa ressalta que o trabalho do assessor de imprensa é desenvolver ações e estratégias de divulgação que promovam a imagem da empresa na mídia, mantendo-a em evidência nos principais veículos de comunicação. Para isso, estreitar o relacionamento com os profissionais é essencial. "Gerar notícias com responsabilidade e credibilidade, atender às solicitações da imprensa e esclarecer questões de forma clara e correta também são fatores importantes deste trabalho, uma vez que somos a fonte oficial de uma instituição e nos pronunciamos em nome dela".

Assim como conta Joelma, as reuniões são constantes para Rafaela. Existe planejamento para discutir ideias, compartilhar sugestões e traçar os melhores caminhos para a disseminação do conteúdo produzido pelos núcleos de entretenimento, jornalismo e esportes do canal. Faz parte da rotina da equipe desenvolver diariamente releases que possam abastecer a imprensa sobre a programação e as novidades da emissora baseada em Osasco, cidade da Grande São Paulo. "Geramos notícias institucionais, articulamos matérias e entrevistas, sugerimos assuntos e fontes para as reportagens, organizamos eventos, lançamentos e coletivas, convidamos a imprensa para acompanhar gravações e pautas nas instalações do canal, monitoramos clippings e resultados".

O relacionamento com a imprensa
Quando questionados sobre como é o relacionamento com a imprensa, todos os profissionais falaram, em primeiro momento, em respeito - de todos os lados. Segundo eles, essa é a base para os bons resultados. Os profissionais contam que o dia a dia aproxima as pessoas e, em muitos casos, a amizade prevalece. "O começo é sempre difícil, mas com o tempo você acaba conhecendo melhor o jornalista e o seu veículo. Hoje, tenho muitos amigos nas redações, mas nem sempre foi assim. É um trabalho longo", conta Ricardo.

O contato presencial é prioridade para Fernanda, que explica as ações da empresa para tornar isso real. "Sempre que possível, convidamos os jornalistas para os eventos promovidos pelos veículos do grupo, aproveitamos para visitar os veículos quando temos viagens para outras cidades. Ou seja, consideramos importante estreitar esse contato".

Os detalhes fazem toda a diferença. É isso que Joelma explica à redação do Portal Comunique-se. "A relação é bastante cordial, procuro ter o cuidado de não enviar 'tudo' ou de 'qualquer jeito'. Procuro identificar qual assunto tem mais ligação com o veículo para que meus e-mails não sejam vistos como spam ou como 'mais um'.

Na Rede TV, Rafaela afirma que a maioria dos profissionais de redação é receptiva ao contato, aos convites e às sugestões de pauta. "Com alguns, falamos com tanta frequência que a relação acabou se tornando uma amizade", diz ela ao confirmar a percepção dos outros colegas de trabalho.

Claro que nem tudo são flores. Nesse mercado, os desafios brotam! Em nossa próxima reportagem, os quatros jornalistas vão revelar quais são as principais dificuldades de apostar na carreira, quais as premissas para trabalhar com comunicação para a imprensa, como são escolhidas as pautas, como é o processo - desde a ideia de reportagem, passando pela veiculação e depois monitoramento, como clipping -, como divulgar notícias negativas e como lidar com as falsas que acabam chegando ao mercado. A segunda reportagem da série "Desafio comunicar" vai ao ar na quarta-feira, 25. Fique de olho!

 

25 de Novembro - Dia de SANTA CATARINA

1.Quem foi Santa Catarina de Alexandria

• Não são muitos os dados históricos que temos a respeito de Santa Catarina de Alexandria.

• Segundo tradições orientais, seria filha de uma família distinta, de posses e instruída; há os que defendem que seria filha de um rei pagão, de nome Costos, de Chipre. Conta-se que foi a vencedora de uma disputa filosófico-teológica com um numeroso grupo de sábios, os quais, tendo se convertido diante de seus argumentos, foram posteriormente martirizados pela fé. A cultura atribuída a Santa Catarina fez dela a patrona dos estudantes, dos filósofos e, também, da Universidade de Paris. A igreja paroquial de Belém, junto à basílica da Natividade, lhe é dedicada.

• Seu martírio, em testemunho de sua fé cristã e em defesa de sua virgindade, é situado no início do século IV (teria ocorrido, provavelmente, no ano 307), na cidade de Alexandria, durante a perseguição de Maximino. Alexandria, na época, pertencia à Província Romana do Egito. Tentaram martirizá-la com uma roda de “dentes” de ferro – roda que deveria dilacerar seu corpo; a roda, contudo, ao passar por seu corpo, teria se quebrado. Por essa razão, comumente ela é apresentada nas imagens ou gravuras com uma roda quebrada a seu lado. Depois disso, teria sido decapitada.

• As relíquias de Santa Catarina se encontram no mosteiro que leva seu nome, no Monte Sinai: Mosteiro de Santa Catarina, no monte Gêbel Musa, a 2.300 metros de altitude.

• O significado mais provável de seu nome, de origem grega, é: sempre pura.

2.Santa Catarina Padroeira

• Santa Catarina de Alexandria, Virgem e Mártir, desde o início de criação da Diocese de Florianópolis (1908) foi venerada como padroeira diocesana. Diante disso, Dom Joaquim Domingues de Oliveira pediu ao Papa que a tornasse, oficialmente, nossa padroeira. Por um decreto de 26.07.1922, o Papa Pio XI a declarou padroeira principal da Diocese de Florianópolis e co-Titular da Igreja Catedral, cujo Título é o do Desterro de Nosso Senhor Jesus Cristo.

• Santa Catarina de Alexandria é, também, padroeira da Ilha de Santa Catarina e do Estado de Santa Catarina.

• O dia de Santa Catarina de Alexandria é 25 de novembro.

(Para maiores informações, consulte: SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA – Padroeira da Arquidiocese de Florianópolis, da Ilha e do Estado de Santa Catarina, do Pe. Ney Brasil Pereira, 2002 - edição própria).

Decreto que constituiu Santa Catarina padroeira principal da Diocese de Florianópolis

Considerando que a Diocese de Florianópolis, criada em 1908, pelo nome da região ou Estado Catarinense, também se chama da Santa Catarina, e que venera a mesma santa Virgem e Mártir como sua principal Padroeira celeste;

considerando que os Fiéis habitantes da cidade de Florianópolis (outrora Desterro), fundada no começo do século dezessete ou, melhor, todo o povo daquela região escolhera e honrara a mesma Santa Catarina como principal Padroeira, faltando apenas os documentos ou confirmação de tal escolha;

considerando que o Exmo.Mons. Joaquim Domingues de Oliveira, Bispo de Florianópolis, por ocasião do primeiro centenário da Independência, que com grande solenidade será celebrado pelo povo Brasileiro no próximo mês de Setembro, expondo os desejos do Clero e das pessoas mais representativas da sua Diocese, com instantes preces rogou ao Santíssimo Padre Pio XI que se dignasse declarar Santa Catarina Virgem Mártir como principal Padroeira de toda a Diocese de Florianópolis e Co-titular da Igreja Catedral (cujo titular é a Fuga de N.S.Jesus Cristo):

Sua Santidade, anuindo de coração a estas preces que lhe foram apresentadas pelo infra-escrito Cardeal Prefeito da Congregação dos Ritos, usando de sua autoridade suprema, declarou e constituiu Santa Catarina Virgem e Mártir Padroeira principal da Diocese de Florianópolis e Co-titular da Igreja Catedral com o mistério da Fuga de N.S. Jesus Cristo, com todos os privilégios e honorificências atribuídos à mesma Padroeira e Co-titular, que por direito competem aos principais Padroeiros de lugares e Titulares de Igrejas.
Revogadas quaisquer disposições em contrário.

26 de Julho de 1922.

+ A. Cardeal Vico, Bispo de Porto (Itália),

Prefeito

Alexandre Verde, S Secret. da S.C.R.

(Tradução: Mons. F. Topp, Vig. Ger.)

Oração de Santa Catarina

Ó Santa Catarina de Alexandria,
Virgem e Mártir,
vossa vida continua a inspirar homens e mulheres no mesmo ideal de viver a fé cristã na vida e na morte.
Vós que estais junto de Deus, sede nosso modelo e intercessora. Inspirai nos adultos e jovens a mesma coragem que vos fez enfrentar o martírio na fidelidade ao Evangelho. Ensinai-nos que não vale a pena viver longe de Jesus, Caminho, Verdade e Vida.
Vós que fostes pura diante de Deus e dos homens, ajudai-nos a enfrentar as seduções do mundo e da moda;
levai-nos a defender a integridade corporal e espiritual de cada pessoa,
templo onde habita Deus.
Santa Catarina,
protetora dos advogados, filósofos e sábios,
intercedei junto a Deus para que busquemos sempre a verdadeira sabedoria.
Dai-nos inteligência e prudência
para sabermos defender a verdade
diante daqueles que colocam a sabedoria do mundo acima da sabedoria de Deus.
Vós que sois protetora desta Ilha e deste Estado, sede nossa advogada junto de Deus:

inspirai os governantes e o povo
para que construam uma sociedade justa e fraterna, onde todos possam sentir-se felizes na paz que é fruto da justiça.
Acompanhai-nos sempre
para que possamos, junto convosco,
habitar na Casa do Pai.
Santa Catarina de Alexandria,
rogai por nós!

Moacir Pereira lança livro sobre Santa Catarina de Alexandria

O jornalista Moacir Pereira esteve com o Arcebispo, Dom Wilson Tadeu Jönck, na manhã de terça-feira, 23 de novembro de 2015, na residência episcopal, em Florianópolis.

O motivo da visita foi o convite para o lançamento do livro do colunista com o título: “Santa Catarina de Alexandria – A origem, o mosteiro e a padroeira”. Será no dia 1º de dezembro, 19h, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

No livro, Moacir Pereira conduz ao Sagrado Monastério, no Oriente Médio, onde estão as relíquias de Santa Catarina de Alexandria.

SERVIÇO:

Lançamento do livro: “Santa Catarina de Alexandria – A origem, o mosteiro e a padroeira”. DSC_2837
1º de dezembro
19h
Centro Integrado de Cultura (CIC), Florianópolis.

 

de Serafina

Entrega do Calendário Ecológico 2016

A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente está realizando a distribuição dos calendários 2016,segunda edição do Projeto Calendário Ecológico. A entrega vem sendo realizada em escolas, repartições públicas municipais, órgãos e entidades parceiras, além de terem sido encaminhados a Deputados Estaduais, Senadores e Deputados Federais gaúchos, municípios vizinhos e órgãos que prestam auxílio nas questões ambientais, imprensa, entre outros. Os calendários também estarão disponíveis à comunidade no Centro Administrativo Municipal. O projeto é desenvolvido desde 2014, nas escolas públicas do município, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, com o auxílio da Secretaria de Educação. O tema deste ano foi “O uso consciente da água” e teve por objetivo estimular o desenvolvimento do pensamento crítico e as boas práticas no uso da água, que é um bem tão precioso.Participaram alunos do 1º ao 9º ano, sendo que foram incentivados pelas escolas o uso da criatividade e a sensibilização para o tema. Osdesenhos selecionados ficaram expostos na recepção do Centro Administrativo Municipal e os alunos vencedores receberam um certificado entregue pelo Prefeito, além de terem feito uma viagem ao Parque Zoológico, em Sapucaia do Sul. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em nome da Prefeitura Municipal, parabeniza os vencedores e agradece a colaboração das escolas e o empenho de todos os participantes. Confira os vencedores:

Amália Aparecida Thiem Escola Estadual 1º de Maio
Vítor Lorenson Bortoloni Escola Estadual 1º de Maio
Guilherme Vivian Escola Municipal Agrícola
Cecília Presotto Salini Escola Estadual Geny Pinto Cadore
Felipe Rossoni Zanella Escola Estadual Geny Pinto Cadore
Ludmila Foletto Escola Municipal João Corso
Alice Souza de Machado Escola Municipal João Corso
Tácila Sofia Sasso Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier
Marlon Eduardo Klug Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier
Karen Cristina Batista Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier
Maria Vitória Vallar Escola Estadual Maria Costa Marocco
Kalléu Nogueira Cordeiro Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima
Amanda Lino Camargo Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima

 

Compartilhando vivências! Vem aí a Bella Festa de Fagundes Varela

De 03 a 06 de Dezembro de 2015 acontece a Feira Industrial, Comercial, Agropecuária e Cultural de Fagundes Varela, a Bella Festa. Na terça-feira, 24 de Novembro, o Prefeito Ademir Antonio Presotto e o Secretário de Fazenda Odeni Castro receberam, na Prefeitura Municipal, a Vice-Prefeita de Fagundes Varela e as Soberanas do município. O objetivo do encontro foi a divulgação da Bella Festa que terá entrada gratuita para a Feira, Show e o Rodeio Country, com César Paraná, dias 04, 05 e 06, às 22h, na Arena com capacidade para 6 mil pessoas. Participe, Bella Festa em Fagundes Varela, de 03 a 06 de Dezembro. Acesse: www.bellafesta-rs.com.br.


25 de novembro
de 2015

AL

ORA SE NÃO IA CASSAR O BASSEGIO...até pra todos se dizerem 'SANTINHOS'......

 

SINAIS DE VIDA NO NOVO PRÉDIO....

fui caminhar cedo pq a OI ficou de vir ligar meu fone....

lá pelas nove, quando abro a porta por acaso, uma mulher está saindo do meu andar:

-TU NÃO É O OLIDES?

levei um choque....

- SOU A TAIS, AMIGA DA AVANI...

ai me lembrei que a avani tinha medito que uma amiga dela morava aki. enfim, sinais de vida no novo prédio.

 

PROFECIA CORVINIANA....

acho que o rafael da mudança acertou que eu ia ter AZAR neste ape,qdo derramei SAL GROSSO....

ontem de tarde, segunda, a OI VEIO mas eu nãot ava. e aki não tem sindico.sugeri que batessem num vizinho, mas ele não quis.

ai marcaram pra terça de manhã. não veio ng. só um fonema de fora....

vou me benzer ou vou PRA GVT....

 

Mudança

Ufa, voltei a ter fone fixo....

A OI FINALMENTE ANDOU AKI HJ DE TARDE....

e demorou mais do que eu imaginava....

 

argentina

quem entendia bem o que se pasava por lá, era o gelson farias, que não está mais entre nós....

nos deixou num dezembro há 2 anos atrás, acho, ou será um????

 

ECOS DE GARRUCHOS

em março, com aquele caloron, qudo estive em Garruchos, havia um concurso de pescaria.

e num restaurante, o beira-rio,os argentinos que participavam almoçavam. conversando com eles, elogiei o ERP,entre outros grupos de guerrilheiros dos anos 70, como os MONTONEROS, principalmente estes.

um dos castelhanos,meio de idade avançada, me olhou meio enviesado e respondeu puto da cara:

- são eles que tão no poder agora, e olha a merda que estamos!!!

domingo comecei a entender os ecos de garruchos(OC)

 

do Centro

cenas do domingo de manha pelo centro.

corredores perto do colégio ....

moradores na pracinha lendo jornal e tomando mate

moradores caminhando pela rua da praia e o ed ouvidor.

turistas caminhando perto do banrisul.

 

Parcelamentos do Sartori

ai REKERN, FINALMENTE TU BOTOU A CARA DE FORA(oc)

De: rekern
Enviada: Terça-feira, 24 de Novembro de 2015 10:13

Os parcelamentos do Sartori tem um parce e muitos lamentos.

Renato Kern

 

De Paris

por apmc

Oi, pai.
Nesta semana, não estou mais vendo jornal para poder seguir adiante.
Mas todos ainda estão com muito medo. E as medidas de segurança aumentaram em vários locais, o que é compreensível.
Hoje não pude chegar no hospital, pois no meio do caminho o metro foi interceptado pela polícia e a linha fechada.
Preferi voltar para casa de ônibus e não arriscar...
O frio chegou com tudo. Nesta manhã, estávamos a 2 graus.
Beijo, Ana.

 

Cinema

O ESPÍRITO DO LUGAR: LICÍNIO DE AZEVEDO, CINEASTA DE MOÇAMBIQUE

1 a 30 de dezembro

“O meu compromisso é com as pessoas, e não com o cinema”. A afirmação de Licínio de Azevedo diz muito do seu entendimento e da sua prática do cinema, a que chegou vindo da escrita e do jornalismo, a partir de meados dos anos oitenta, compondo desde então uma obra profundamente enraizada na realidade moçambicana no rasto da guerra pela independência do país, e efetivamente criando uma linguagem cinematográfica própria. Como “cronista”, como “contador de histórias”, foi apurando o seu território na imbricação de registos, a realidade, os seus fantasmas e delírios, bem como a ficção que ela permite, ou à qual se abre. O cinema documental e o de ficção coexistem nos filmes de Licínio com uma notável originalidade, que em boa medida assenta na importância de um olhar sobre as pessoas, as suas histórias e movimentos individuais no contexto da realidade – moçambicana – em que vivem, dando-lhes, a elas, a voz. Frequentemente também pondo-as a viver as suas próprias experiências, interpretando-se como “personagens” face à câmara, num gesto que convoca a memória e propõe uma possibilidade de catarse. “Estou mais interessado naquilo que as pessoas são no momento em que estão a ser filmadas do que naquilo que podem ser como personagens”, diz também Licínio.

A “intuição” chegou cedo na sua filmografia, logo em A COLHEITA DO DIABO, que apresentando-se como um filme de ficção integra a participação, nos seus próprios papéis, de (não)atores ex-combatentes da FRELIMO. Tornou-se uma evidência no seguinte MARRACUENE, que o cineasta considera como o filme em que começou a desenvolver a sua linguagem documental, pondo as pessoas a dialogar entre si e a viver o seu quotidiano para a câmara, o que numa obra mais tardia como DESOBEDIÊNCIA adquire uma assinalável expressão. O cinema de Licínio (que o próprio tem vindo a produzir na Ebano Multimedia, de que foi um dos fundadores) reflete a guerra pela independência de Moçambique, muito presente nos seus primeiros filmes, mas também a realidade que se lhe seguiu, fazendo ainda eco do passado colonial português. Simultaneamente incide em questões prementes da vivência moçambicana e nas suas “histórias comunitárias”; revela a natureza contemporânea da sociedade moçambicana; centra-se inúmeras vezes em figuras e personagens femininas; vive da ancestralidade da cultura africana. A tragédia, uma certa loucura e o sentido de humor que reconhece como traços moçambicanos enformam os filmes de Licínio onde encontram um forte eco, em conjugação com as influências do jornalismo americano e do realismo mágico latino-americano, decisivas na conjugação de elementos e registos que caraterizam o seu cinema.

SOBRE LICÍNIO DE AZEVEDO

Nascido no Brasil em 1951, cedo interessado pelo jornalismo de investigação na tradição americana, Licínio de Azevedo estudou jornalismo, foi repórter policial, escreveu na revista Folha da Manhã durante a ditadura brasileira e percorreu boa parte da América Latina como repórter especialmente focado em assuntos sociais, tendo ainda trabalhado em Portugal e na Guiné-Bissau. A Moçambique, chegou em 1977 a convite de Ruy Guerra, que então montava o Instituto Nacional de Cinema, em tempos de convicção ideológica e intensa militância. Aí começou por escrever textos para documentários e contactou com Jean Rouch e Jean-Luc Godard, a quem fica a “dever” a descoberta da tecnologia do vídeo. A passagem à realização dá-se em 1986 com as curtas-metragens MELANCÓLICO e O POÇO, logo premiados em festivais internacionais de cinema, o que tem vindo a ser uma recorrência nos filmes de Licínio, que em 1999 recebeu o prémio FUNDAC do Fundo Nacional da Cultura de Moçambique pelo conjunto da sua obra cinematográfica. Da sua obra como escritor – e é como escritor e cineasta que Licínio de Azevedo se apresenta –, refiram-se Diário da Libertação publicado no Brasil e coassinado com Maria da Paz Rodrigues, livro que terá levado Ruy Guerra a desafiá-lo à ida para Moçambique; Relatos do Povo Armado, que esteve na origem do argumento da primeira longa-metragem de ficção moçambicana O TEMPO DOS LEOPARDOS (Zdravko Velimirovic, 1985); ou O Comboio de Sal e Açúcar, ambientado na guerra civil, que está na base do filme que Licínio conclui neste momento em Portugal.

Os filmes a apresentar são em todos os casos primeiras exibições na Cinemateca. Vão ser projetados nos seus formatos originais em vídeo e em ficheiros digitais. Licínio de Azevedo acompanha o programa da retrospetiva da sua obra em Lisboa, apresentando algumas das sessões da retrospetiva.

 

REUNIÃO-ALMOÇO DO CONSELHO DELIBERATIVO DA SERGS

O Conselho Deliberativo da Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (Sergs) realizará sua reunião-almoço mensal às 12h15min desta quarta-feira (25) na sede social da entidade – Av. Coronel Marcos, 163, bairro Pedra Redonda, em Porto Alegre. Na ocasião, será apresentada sinopse pelo conselheiro da Sergs, eng. João Otávio Marques Neto, sobre o seminário internacional “Cidades em Trânsito”, realizado em outubro na Assembleia Legislativa do Estado. Já o também conselheiro da entidade, eng. Dario Lauro Klein, apresentará sinopse sobre o 3º CILASCI – Congresso Latino Americano sobre Segurança contra Incêndio, realizado neste mês no Barra Shopping. Informações – telefone (51) 3224.6133.

 

do Espaço Vital

Condenação da Claro/Net por cobrar indevidamente pela exibição de filmes pornográficos

Uma idosa de 85 anos que faz parte de uma congregação religiosa em Goiânia (GO), e reside no local com três amigas na mesma faixa etária - onde são realizados os cultos – será indenizada moralmente em R$ 10 mil pela Claro/Net S.A., em decorrência de uma cobrança indevida relativa à suposta exibição de filmes pornográficos.

Ao condenar a empresa, o juiz Salomão Afiune, do 3º Juizado Especial Cível de Goiânia, avaliou “o enorme constrangimento e abalo psicológico sofrido pelas lesadas”.

Na ótica do magistrado, embora existam atualmente aparelhos com a finalidade de fraudar esse tipo de serviços, com desvio para outras unidades sem que o cliente tenha ciência, a cobrança indevida somada ao abalo emocional e psicológico sofrido já acarreta dano moral à autora. “O que dizer de imputar a quatro senhoras religiosas e de idade bastante avançada, adeptas do celibato, a prática de assistir a filmes pornográficos, cujos títulos nem merecem ser mencionados nesta decisão, pois são compostos de palavras chulas e vulgares, levando enorme constrangimento e abalo psicológico à autora ao saber estar sendo indicada como usuária dos canais que exibem esse tipo de programação? A tudo isso, acresça-se a peregrinação pela qual passou a requerente, nesta fase avançada da vida, na tentativa de resolver a questão”, ponderou a sentença.

Ao relatar os fatos, a idosa de 85 anos, observou que os valores exigidos pela empresa (uso de tevê, internet e telefone fixo), eram exorbitantes, variando de R$ 212,83 até mais de R$ 700.

Além de fazer uma reclamação formal na empresa, ela procurou a Anatel e o Procon – sem êxito. (Com informações do Comunicação Social do TJ-GO).

O inimigo secreto

Por Mauricio Antonacci Krieger, advogado, OAB-RS nº 73.357 (*)

Final do ano passado, jovens advogados (as) e estagiários (as) de uma grande banca advocatícia gaúcha fazem uma festa particular com direito à entrega de presentes. É o que chamam de “amigo secreto”.

São cerca de 20 pessoas reunidas na bela casa de um deles e, depois de bastante cerveja e churrasco, todos os convidados já ´animados´ começam a troca de presentes.

Após várias adivinhações, chega a vez de o advogado Charles dar as características do seu amigo (a) para que os demais possam tentar adivinhar a quem o presente será entregue.

Charles depois de mais um gole de cerveja inicia seu discurso:

- Diz a lenda que a mulher ou é bonita ou é inteligente! Pois a minha amiga secreta não é nem uma coisa, nem outra. Ela é de meia idade, tratando-se de uma anta feia como o diabo! E etcetera...

Todos caem na risada e apontam para uma estagiária, gritando:

- Só pode ser a Carla, hahahaha!...

Depois de muitas gargalhadas, Charles tenta entregar o presente, que é recusado na hora, o que dá início a uma discussão.

Carla vai embora chorando, desiste de trabalhar no escritório advocatício e um mês após entra com uma ação, pedindo reparação financeira por danos morais “por ter tido sua imagem ferida diante de seus colegas de trabalho e alguns amigos” (...) além do que, qualquer pessoa não deve ser analisada pela eventual falta de leveza nos seus traços faciais, mas sim pelo caráter, pela cultura, pela beleza da alma e outros atributos”.

O juiz designa audiência. Nela, Charles admite os fatos, pede desculpas. E diz que se tratara de uma brincadeira sob o ´efeito orloff´.

Carla não aceita as escusas e o magistrado – dispensando a prova oral, porque os fatos são incontroversos – logo sentencia e condena o jovem advogado a pagar uma reparação moral de R$ 2 mil. Ainda cabe recurso.

No fórum o processo é conhecido como ´o caso do inimigo secreto´.

Segundo o escrivão, “a sinceridade, em alguns casos, pode custar caro”...

(*) Os nomes usados são fictícios.

 

Firmada parceria que disponibilizará aos professores da Rede Estadual mais de 4 mil objetos de aprendizagem

Foto: Roberto Witter

A secretaria estadual da Educação firmou na manhã desta terça-feira (24) uma parceria com a plataforma Escola Digital. A iniciativa disponibilizará gratuitamente mais de 4 mil objetos de aprendizagem que poderão ser utilizados pelos professores no trabalho em sala de aula. O ato ocorreu durante o seminário Saberes Compartilhados: Qualificando a Educação Pública, que ocorreu no auditório do Ministério Público, em Porto Alegre.

Vídeos, animações, games, aulas digitais e infográficos estão entre os conteúdos. Além de fazer buscas de objetos, os professores também poderão disponibilizar recursos de sua autoria, ou compartilhar boas práticas que estão publicadas em sites na internet. Para isto, basta acessar o ícone “Colabore”, no endereço educommais.educacao.rs.gov.br.

O acervo é categorizado por série, disciplina, tema, tipo de mídia, idioma, nível de acessibilidade para pessoas com deficiência, licença de uso, entre outros. O site também indica recursos capazes de apoiar a criação de novos objetos de aprendizagem, o trabalho com temas transversais e a realização de projetos na comunidade. O objetivo principal é promover o uso qualificado das tecnologias para melhorar a educação.

A plataforma Escola Digital é uma iniciativa do Instituto Inspirare, Instituto Natura e Fundação Telefônica Vivo, foi construída com a colaboração do Instituto Educadigital, da TIC Educa e da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, e havia sido apresentada pela gerente do projeto, Maria Slemenson, ao secretário de Educação, Vieira da Cunha, durante reunião no final do mês de setembro.

“É um convênio importante e com custo zero. Trata-se de uma colaboração dos institutos Inspirare, Natura e Fundação telefônica Vivo para a nossa rede. O material já era disponibilizado para as escolas públicas de São Paulo, Paraná e Santa Catarina e agora o Rio Grande do Sul se integra a este pool de secretarias que vão contar com a parceria”, explica Vieira, que salientou a preocupação das instituições com a causa da Educação.

Segundo Maria Slemenson, a parceria com o Rio Grande do Sul está alinhada à estratégia de disseminar um recurso importante para transformar a educação do Brasil.

“Além do acesso a conteúdos multimídia, a Escola Digital amplia as fontes de pesquisa de qualidade, traz o aprendizado com linguagem adequada ao perfil de cada um e permite o avanço dos estudos em ritmos diferentes. Para os professores, traz maior facilidade e dinâmica na preparação das aulas, deixando mais tempo para que possam atuar como mediadores e promotores do debate, direcionando o ensino”, afirma Maria.

O ato contou com a presença do presidente do Instituto Natura, David Saad, do coordenador de projetos da Fundação Telefônica Vivo, Fu Kei Lin, e do diretor da Regional Sul da Telefônica Vivo, Jackson Rodrigues.

Centros de Juventude também foram apresentados

Os Centros de Juventude, projeto desenvolvido pela Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos, também estiveram na pauta do seminário. O chefe do Escritório de Projetos da pasta, Aldo Peres, apresentou detalhes da iniciativa.

O secretário César Faccioli, que também esteve presente na atividade, salientou que o projeto não é de uma área específica do governo, e depende da colaboração de várias pontas, especialmente os educadores.

Os centros integram o Programa de Oportunidades de Direitos (POD), que conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e prevê a construção de seis unidades no Estado, preferencialmente em áreas de maior vulnerabilidade social.

Durante o seminário a Seduc também entregou certificados aos professores que participaram da Formação em Gestão de Conflitos e Combate ao Bullying. Além disso, as Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) apresentam boas práticas desenvolvidas em escolas do interior do Estado.

 

Propaganda partidária do PMDB-RS começa nesta quarta

A partir desta quarta-feira, 25, o PMDB-RS começa a veicular, no Rádio e na TV, sua propaganda partidária gratuita referente ao segundo semestre de 2015. Os programas serão transmitidos nos dias 25, 27, 30 de novembro e 2 de dezembro. Ao todo, são quatro comerciais que abordam a maneira do PMDB fazer política e governar - com trabalho, coragem e a força de todos os gaúchos o Rio Grande vai avançar. Não perca!

 

de Serafina

Audiência Pública com a Deputada Regina Becker Fortunatti

A Câmara de Vereadores de Serafina Corrêa realizou, na noite de segunda-feira, 23 de Novembro de 2015, importante Audiência Pública com o objetivo de debater a causa animal. O encontro contou com a presença da Deputada Estadual Regina Becker Fortunatti, Vereadores, do Prefeito Ademir Antonio Presotto, demais autoridades do Executivo serafinense, integrantes da Associação de Proteção aos Animais de Serafina Corrêa, APASC, e a comunidade. Durante a explanação, a Deputada falou sobre a experiência no município de Porto Alegre, com a criação da Secretaria Especial de Defesa Animal – SEDA. Com esse setor, foram criadas leis e todas asações voltadas à proteção e causa dos animais. O exemplo da Prefeitura de Porto Alegre está repercutindo positivamente em todo continente americano, servindo como referência no combate aos maus tratos e abandono de animais. Os participantes da Audiência também puderam fazer perguntas e anifestações pertinentes ao assunto.

 

Força Saúde contra a Dengue

por Peter Ferronatto, Fiscal Sanitário da Prefeitura de Serafina Corrêa/RS

A dengue é um dos principais problemas de saúde pública do Brasil e para combatê-la é muito importante a participação ativa de todos os setores da sociedade. Para prevenir e controlar essa doença, principalmente em zona urbana – onde vem sendo registrada a maioria dos casos de dengue, a Secretaria de Saúde de Serafina Corrêa, através do Departamento de Vigilância em Saúde está realizando a Campanha de Combate à Dengue: “Força Saúde Contra a Dengue”, através de ações educativas nas escolas, capacitação para os Agentes Comunitários de Saúde e atividades de conscientização para a população em geral. Na última semana, foram realizados vários mutirões de recolhimento de lixo, onde os principais envolvidos foram os alunos do ensino fundamental das escolas municipais e estaduais. Cada escola realizou o mutirão em seu respectivo bairro e o resultado foi muito bom e ao mesmo tempo espantoso, pois a quantidade de lixo recolhido foi muito grande. Com a entrada do verão e a grande quantidade de chuvas que vem ocorrendo, temos de ficar atentos com os locais que podem acumular água, pois essas condições climáticas são favoráveis para o proliferação do mosquito Aedes aegypti – também transmissor da chicungunha e do zika vírus - e o número de casos dessas doenças aumentam drasticamente.

 

Vila Flores realizou a 4ª FestFlor

De 19 a 22 de Novembro de 2015, o município de cerca de 3 mil habitantes, Vila Flores, celebrou a fé, pão e vinho, com a quarta edição da FestFlor. A Feira aconteceu no Centro Municipal de Eventos, reunindo cultura, gastronomia, shows, exposição e muita alegria. A Prefeitura de Serafina Corrêa esteve prestigiando o evento na sexta-feira, 20, com a presença da Primeira Dama, Maria Carmen Montanari Presotto; do Coordenador da Secretaria Municipal de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer, Nelcídio Roberto Alban; da Rainha do município Daniela Formagini Marangoni; e da Princesa Taiara Vicentin. No sábado, 21, prestigiaram a 4ª FestFlor, o Prefeito Ademir Antonio Presotto, o Vice-Prefeito Francisco Bernardo Mezzomo, e o Coordenador da Secretaria Municipal de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer, Nelcídio Roberto Alban, onde foram recebidos pelo Prefeito de Vila Flores Vilmor Carbonera, Presidente da 4ª FestFlor, das Soberanas edemais autoridades locais, num momento de integração e cordialidade.


24 de novembro de 2015

CAMINHO DE SANTIAGO

O LUIS, DO BAR DO ANTONIO, MEU AMIGÃO ME DEVOLVEU O QUATRILHO QUE ELE LEU...

E ME EMPRESTOU O LIVRO DO ANTONIO DO BAR DO ANTONIO SOBRE O CAMINHO DE SANTIAGO....DEPOIS CONTO +

 

ME LIGARAM DA GVT....

que bom, pq sem na próxima semana a OI da qual tenho linha fixa não me der o fone funcionando aqui, vou pra Gvt....

eu sei que uma é pior que a outra, mas fazer o que????

 

laurinho quadros

já vendeu 6 mil livros da edição do olha gente....

domingo ele teve no encontro dos quadros em osório,ou capão e vendeu lá tb.

ele diz que as mulheres de 80 e tantos anos o abraçam comovidas,relembrando os tempos da guaíba.

então o laurinho atingiu em cheio o publico da MELHOR IDADE( meu pai tinha horror deste termo...)

lauro quadros ao sair da RBS fez uma quarentena de 2 anos( não sei como as pessoas se submetem a isto, mas enfim...)

já passou um ano. é por isto que a gente ve o lauro dando entrevistas pra zero, como a de hoje sobre o grenal. tá no contrato de saída dele.

 

Correio do Povo

predio do correio do povo e a caldas jr. vazia neste domingo.....

 

rekerrn

acho que o rekern aderiu ao ' bom parcelamento' do sartoron das massas.
n fala mais mal dele(kkk)

 

TERLERA

ONTEM QDO SAIA DO BEIRA RIO, PASSEI NA FRENTE DO MAE DE DEUS...ME LEMBREI DO ANO PASSADO, QUANDO SAÍA DE UM JOGO, E TENTEI VER O TERLERA NA CTI...NÃO CONSEGUI. ENTÃO SAUDADES DO AMIGO. NUNCA MAIS FUI NA ALRS...ME DISSERAM QUE ATÉ A SALINHA COM O NOME DELE FECHOU. A MIM NEM IMPORTA, IA LÁ PRA CONVERSAR COM O VEIO TERLERA NO FIM DE TARDE.

* A VIDA É ASSIM, PERDAS SÃO PERDAS....

 

Coleguinhas

na zh de domingo,li a CLAUDIA TAJES..ela fala no archote e no floresta negra...

* conheci os dois, mas acho que fui poucas x....

* no archote, por sinal, deu um rebu num jantar que fomos pra comemorar um niver....

 

Causos da pracinha

FAXINEIRA MEXERIQUEIRA....

CONHECI A ROBERTA,ATENDIMENTO DA ESCALA, POR MERO ACASO.

agora era meio dia e tava na pracinha da encol( depois que tive que ouvir que queria morar perto da praça da encol e pagar aluguel de vila prometi a mim mesmo que fou ficar 3 hs por dia na praça desfrutando cada canto dela....)

eu sei, o babaca que disse isto queria apenas dizer que o imóvel perto da praça dá status e portanto o aluguel vale mais....)

mas eu quero é falar da roberta, não do babaca...

a roberta é o seguinte. ela teve o antonio e tá de licença maternidade...ACONTECE que as segundas vai a faxineira que torra o saco da patroa, dando palpites sobre o antonio, o bebe da roberta...

e então pra não ser grosseira, a roberta inventa uma desculpa, pega o carro e o carrinho do filho e sai. as vezes ela fica no terraço do prédio - me disse que mora perto do col anchieta -conversando com as colegas do prédio, só pra não ter que ouvir a faxineira dando seus palpites que a irrita.

bom qdo foi embora a roberta me disse. todas as segundas tou por aqui, dando umas voltas com o filho,antonio....
conversamos sobre o mercado publicitário,sobre jornais, sobre coisas afins....ela nasceu na nilo, e muito brincou quando a avenida era de paralelepipedos...nasceu em 1980, portanto, é mais jovem que minhas 2 filhas.

pensei no destino. uma faxineira metida fez com que eu conhecesse a roberta. espero que a encontre outras vezes pra gente bater mais uns papos interessantes, como o de agora a pouco(olides canton)

 

Mudança

SO AGORA TOU COMEÇANDO A ME ACHAR NO NOVO APE...ENGRAÇADO QUE GOSTO DE FICAR EM CASA.

* N TENHO VONTADE DE SAIR....ANTES VIVIA NA RUA. ME FAZIA MAL AQUELE ENDEREÇO ANTIGO.

 

do Centro

a peq igreja da rua da praia. ali aos domingos sp tem função religiosa. e ao meio dia ouvem-se os sinos dela. geralmente qdo estamos no cinema ainda da casa de cultura. por ai....

 

Xandi

Pô, mas este ' Xandi' era um grande empreendedor...não vão dar uma medalha pós mortem pra ele????

 

Grenal

Tovar centro médio do Inter vai sempre aos jogos de t-5.... aqui na frente do mãe de deus no domingo passado indo a GRENAL....

 

FUTEBOL

N TENHO MAIS RÁDIO PRA LEVAR A ESTÁDIO. DEI PRA FAXINEIRA O QUE TINHA....

* mas em casa, ouço o magraõ da grenal, ou o mário lima na guaiba. não aturo aquele ORESTES DE ANDRADE....

* tb não ouço o zé aldo pinheiro....

gosto do pedro ernesto como pessoa, não como narrador. gosto do pedro quando ele é sua essencia, BAGACCEIRO...SENÃO ELE FICA DIGAMOS BEM COMPORTADO AI VIRA UM CHATO DE GALOCHA....

 

LOCUTORES

O MAGRÃO NA GRENAL DÁ DE REBENQUE ERGUIDO EM TODOS ELES. TAMBÉM ACHO! (Laurinho da Venâncio)

 

dos leitores

leitores opinam sobre nova foto da capa...

da adri,d e serafina!!!!

De: imprensa
Enviada: Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015

achei por demais!!!!!!!!!!!!!!

Te si próprio um scalsa can!!!!!!!!!!!!!!!!

heheheeheheheeheh

 

Blog

da-lhe capincho....

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015

Agora ficou mais autêntica a foto de capa do teu blog

Letier Vivian
São Borja/RS

 

nega lu

n li o livro ainda(OC)

por meri siliprandi

Enviada: Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015 18:33

tu já leste o livro? me mijei de rir!

 

do Comunique-se

A Revista do Homem: o que o maior colecionador de Playboy do mundo tem a contar

por Nathália Carvalho


Estênio Guerra, o Guerrinha, em sua banca com as coleções da Playboy
(Imagem: Nathália Carvalho)

"Elas (as mulheres) que nos perdoem - desta vez a revista é sua, homem brasileiro". Victor Civita, ao escrever esse trecho do editorial da primeira Playboy no país, ainda sob o nome de A Revista do Homem, sabia muito bem o que queria em agosto de 1975: fazer uma publicação para apresentar ao homem moderno o melhor do mundo que o cercava. Lazer, literatura, sofisticação, beleza, vida profissional, viagem e, claro, mulher. A redação tinha comando de Mário Escobar de Andrade e os textos daquela edição foram assinados por nomes como Jorge Amado, Paulinho da Viola, Franco Montoro, Célio Borja e Pelé. A edição - que veiculou 15 anos antes desta repórter que vos escreve nascer - pode ser vista com facilidade em São Paulo, mais precisamente na Banca do Guerrinha, o maior colecionador da marca no Brasil. Do número 01 ao último exemplar, o especial de comemoração dos 40 anos, a revista evoluiu lado a lado com Estênio Guerra. As histórias desse intervalo de tempo foram compartilhadas com a reportagem do Portal Comunique-se em entrevista exclusiva.


Editorial assinado por Victor Civita na primeira edição da revista, em agosto de 1975 (Imagem: Nathália Carvalho)

Guerrinha já é velho conhecido da imprensa, mas na Playboy mesmo ele só apareceu em uma pequena matéria veiculada em 2011. Acostumado a dar entrevistas, ele recebeu a equipe do Portal Comunique-se na manhã de quinta-feira, 27, para mostrar seu acervo e revelar como administra o negócio que virou sua principal renda financeira. A coleção começou de maneira despretensiosa quando ele ainda tinha 11 anos e convencia um senhor a comprar as revistas em seu lugar. "Naquela época, não podia ter Playboy assim exposta na banca. A censura proibia qualquer tipo de pornografia. Quando o jornaleiro ia vender, ele olhava para os lados antes de pegar a edição e repassar ao cliente". Com o impresso em mãos, Guerrinha alugava para os amigos na escola. Ele garante que a ideia rendeu muito dinheiro. "Saía da aula com os bolsos cheio de moedas e comprava tudo que queria".

Quem pensa que, antes de transformar as revistas em uma empresa, Guerrinha comprava as publicações para ver as mulheres, está certo. Mas ele também lia as reportagens e comenta que o conteúdo editorial é "de primeira". "Lia sobre as garotas da capa", diz, ao rir. "Queria mesmo era ver as fotos, mas as reportagens são ótimas. A Playboy tem tratamento diferente para os textos".

Muita coisa na vida de Guerrinha aconteceu por causa da coleção. A começar, claro, pelo ciúme que as revistas causavam em seus relacionamentos. Uma vez, conta, uma namorada mais velha se enfureceu e jogou todas as revistas pela janela do prédio. "Peguei minhas coisas e fui embora. Esse relacionamento durou três anos". Mais tarde, ele teve a chance de conhecer uma "mineirinha muito gente boa". Quando ela descobriu as publicações, foi enfática: "ou as edições, ou eu!". "Gostava muito da Playboy. Então, deixei a mulher e fui embora. Terminei o namoro". A saudade falou mais alto. Guerrinha foi atrás da mineira, fez um acordo para ter a Playboy e o relacionamento. Atualmente, o romance deu vida a três filhas e ao casamento de mais de 30 anos.


(Imagem: Nathália Carvalho)

As brigas, avalia ele, fez com que percebesse a chance de negócio com as revistas. Ao se mudar para São Paulo (o colecionador nasceu no Ceará, mas teve casa no Rio de Janeiro antes de morar na capital paulista), resolveu ter uma banca. A inauguração aconteceu no final da década de 1970. No primeiro local, ele sofreu cinco assaltos. A situação só foi resolvida quando se mudou para o outro lado da rua, em um espaço da empresa Nicom Materiais para Construção. "O dono daqui ajuda todas as pessoas do bairro. Quando chove, ele doa material para arrumarem as casas e quando é preciso até dá dinheiro. Não tem quem não o ame e respeite, por isso ninguém mexe aqui (no depósito e na banca)".

Desde então, o formato de trabalho na banca funciona da seguinte maneira: compra, venda e aluguel. Guerrinha compra edições raras e sempre que sai a revista do mês, 100 exemplares são dele. "Devido a minha experiência, já sei quando a capa vai vender. Então, compro mais que 100, pois sei que no futuro vai vender". Na banca do colecionador, as mais raras podem custar mais de R$ 10 mil. Atualmente, ele tem nove edições da revista 01 da Playboy brasileira. Uma das mais procuradas, a da Xuxa, também aparece mais de uma vez na prateleira. Ao avaliar o trabalho da marca durante as últimas quatro décadas, o profissional explica como vê o trabalho da publicação. "O que não dá certo para a Playboy são essas BBB's. Os homens já viram tudo ali no pay-per-view, vão comprar a revista para quê? Pode ver que são as edições menos vendidas", criticou. Sobre a edição especial de aniversário, ele comenta que a ideia da Playboy foi boa, mas que muitas capas ficaram de fora da seleção que reúne as "40 mulheres fundamentais para a história".

Guerrinha não deixa de falar como a Playboy soube usar a tecnologia para melhorar seus negócios. "Tudo evoluiu e a revista ficou muito boa. A qualidade dos textos e da fotografia, tudo muito mais bonito. Gosto da mudança, até o papel ficou melhor". Falando em papel, questionado sobre a possibilidade do fim do meio impresso, o colecionador expressa um misto de tristeza e felicidade. "Estou torcendo para que isso não chegue até a Playboy. Não quero que eles parem de imprimir a revista! Mas, se um dia acontecer, estarei rico. Vou ser o único a vender Playboy para o Brasil inteiro. Meu acervo não duraria dois anos, pelas contas que já fiz", comenta. De acordo com ele, o mais imporante é ter a coleção. Ele garante que jamais vai vender todas as revistas. "Tenho muito medo de ficar sem as minhas revistas. Até quando chove eu fico sem dormir achando que a água molhou tudo. Cuido bastante do acervo". Guerrinha honra seu sobrenome. Para trabalhar com a coleção, precisou investir em uma batalha rumo ao seu sonho. Hoje, ele conta sua história com sorriso que não deixa mentir: é um vencedor.


Guerrinha com a primeira e a última edição da Playboy (Imagem: Nathália Carvalho)

 

Jornalista perde mulher em ataque terrorista e envia carta ao Estado Islâmico

Hélène Muyal tinha 35 anos quando, na última sexta-feira, 13, entrou no Bataclan e viveu momentos de terror. Ela, que era cabelereira e maquiadora, foi uma das vítimas dos ataques terroristas em Paris. Após o caso, o viúvo de Hélène, o jornalista francês Antoine Leiris, escreveu carta ao Estado Islâmico. No desabafo, ele afirmou que os responsáveis pelas mortes não terão o seu ódio.

"Sexta-feira à noite vocês roubaram a vida de um ser excepcional, o amor da minha vida, a mãe do meu filho, mas vocês não terão o meu ódio. Não sei quem vocês são e não quero saber, vocês são almas mortas. Se esse Deus, por quem vocês mataram cegamente, nos fez à Sua imagem, cada bala no corpo de minha esposa deverá ser mais uma ferida em seu coração", escreveu no início do texto.

O material divulgado pelo Facebook menciona o filho do casal, que tem apenas 17 meses. Para Leiris, responder ao ódio com raiva seria o mesmo que ceder à ignorância dos agressores. "Vocês querem que eu tenha medo, que eu olhe para os meus compatriotas com desconfiança, que eu sacrifique a minha liberdade pela segurança. Perderam". Desde segunda-feira, 16, quando a mensagem foi publicada, mais de 189 mil usuários compartilharam o conteúdo.

Veja, abaixo, a íntegra:
Sexta-feira à noite vocês roubaram a vida de um ser excepcional, o amor da minha vida, a mãe do meu filho, mas vocês não terão o meu ódio. Eu não sei quem vocês são e não quero saber, vocês são almas mortas. Se esse Deus, por quem vocês mataram cegamente, nos fez à Sua imagem, cada bala no corpo de minha esposa deverá ser mais uma ferida em Seu coração.

Então, não, eu não vou dar este presente de odiá-los. Vocês bem o procuraram, mas ainda assim, responder ao ódio com raiva seria ceder à mesma ignorância que fez de vocês o que vocês são. Vocês querem que eu tenha medo, que eu olhe para os meus compatriotas com desconfiança, que eu sacrifique a minha liberdade pela segurança. Perderam.

Eu a vi esta manhã. Finalmente, depois de dias e noites de espera. Ela estava tão bonita como quando ela me deixou naquela sexta à noite, tão bela como quando eu me apaixonei por ela há mais de 12 anos. Claro que estou arrasado pela dor, eu lhes concedo esta pequena vitória, mas ela será de curta duração. Eu sei que ela vai nos acompanhar todos os dias e nós vamos nos encontrar neste paraíso de almas livres que vocês nunca vão entrar.

Nós somos dois, meu filho e eu, mas nós somos mais fortes do que todos os exércitos do mundo. Eu também não tenho mais tempo para vocês, devo me juntar ao Melvil, que acorda de um cochilo. Ele tem apenas 17 meses, vai comer o seu almoço como todos os dias, então nós vamos brincar como todos os dias e por toda a sua vida esse garotinho será uma afronta a vocês por ser feliz e livre. Porque não, vocês não terão o ódio dele também.

 

Prêmio Açorianos de Música 2014/2015



A cerimônia do Prêmio Açorianos de Música 2014/2015 será realizada no próximo dia 1º de dezembro (terça-feira), às 20h30min, no Auditório Araújo Vianna. Será uma grande festa para premiar os destaques entre os álbuns e DVDs lançados em 2014 e no primeiro semestre de 2015 - e também para homenagear alguns dos maiores nomes da cultura gaúcha.

O evento tem ENTRADA FRANCA e todos estão convidados. Haverá distribuição de ingressos na bilheteria do Auditório Araújo Vianna, a partir das 18h30min, no dia do evento. Cada pessoa pode retirar até 2 ingressos.

O tema da festa será o centenário de nascimento do compositor Túlio Piva (1915-1993). Na ocasião, músicos de diferentes estilos - como Hique Gomez, Antonio Villeroy, Fernando Noronha, Bibiana Petek e os netos de Túlio, Rodrigo e Rogério Piva - estarão no palco para revisitar o repertório do autor de Gente da Noite e Pandeiro de Prata.

Dois outros artistas serão os homenageados do ano: o pianista Norberto Baldauf e o gaiteiro Renato Borghetti. Em um encontro musical inédito, os dois músicos irão tocar juntos ao vivo.

Haverá ainda três menções especiais na cerimônia. Uma delas lembra os 30 anos da morte de Teixeirinha, um dos maiores ídolos populares da história do Rio Grande do Sul, que se completam em 4 de dezembro. Na cerimônia, um dos netos de Teixeirinha, Giuliano Teixeira, irá fazer uma performance ao vivo.

Outra menção vai para o projeto Ecarta Musical, que há 10 anos promove espetáculos musicais gratuitos quinzenais em Porto Alegre. A terceira será destinada à Oficina Choro e Samba do Santander Cultural, que nos últimos 11 anos contribuiu para a revitalização desses estilos musicais em Porto Alegre.

Haverá ainda homenagens a artistas falecidos nos últimos meses - incluindo um número musical reunindo o cantor Chico Saratt, o pianista Cristian Sperandir e um grupo de músicos da Orquestra Unisinos.

 

Artigo

MARIANA - NÃO FOI TRAGÉDIA, É UM DRAMA REAL

por Adeli Sell, acadêmico de Direito, escritor e consultor

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”

- Carlos Drummond de Andrade

Creio que foi o Professor Mário Sérgio Cortella que disse que não foi uma tragédia o rompimento da barragem em Mariana. Não, não foi. É um drama real.

Uma tragédia acontece sem a interferência humana. Com os gregos, eram os deuses. Agora, seria tragédia um vendaval, sob o qual ainda não temos domínio.

Mas o rompimento de uma barragem é negligência de quem é responsável por cuidar ela. Sua estrutura foi mal feita. Com o tempo ela pode deteriorar, portanto tem que ser cuidada, consertada, arrumada, refeita.

Nada disto foi feito pelos "empreendedores". Eles empreenderam atividades sem dar atenção aos homens, à natureza, às vidas.

Foi um crime ambiental. E pela nossa Lei Ambiental - 9.605/98 e mais com o que consta de nosso Código Penal, seus donos não tem saída. Devem ser criminalizados e arcar com os danos materiais e morais, tanto do Estado de Minas Gerais, quanto das municipalidades atingidas, como das pessoas que perderam vidas de parentes e seu patrimônio conquistado com tanto sacrifício.

Um dos gestores já conseguiu na Justiça um “habeas corpus” preventivo para não ser preso. Não sei qual a razão ou explicação que o juiz teve e deu para dar este benefício ao sujeito.

Andei lendo, não tenho certeza dos dados, mas deve ser verdadeiro que as multas aplicadas em crimes ambientais quase nunca chegam aos cofres públicos.

A Presidência da República teve que usar um artifício legal para liberar o FGTS aos atingidos. É uma medida paliativa, mas tinha que ser feita. E já teve gente mentindo na Internet sobre o que foi feito de fato, do que é real.

Não bastasse o drama real vivido por centenas de pessoas, a canalhice espalha mentiras. Estas pessoas atingidas pela desgraça praticada pela ganância humana nem água para beber tem e isto que estão às margens do Rio Doce. E o nome não é fortuito: doce. Nunca mais será....

A omissão do Estado na fiscalização é impressionante pela país afora. Todas as esferas governamentais seja a federal, estadual ou municipal tem que zelar pelo ambiente sadio e sustentável.

Drummond de Andrade que era de Itabira - a pedra que brilha - não distante de Mariana, primeira capital do Estado de Minas Gerais, ali o brilho era amarelo, do ouro. Há séculos alimenta poucos, tortura e mata muitos. Mas agora tudo é lodo, tudo é pardo, tudo é marron. Nada mais brilha, nada mais cintila. Só se criou desperdício de vida, só se vê egoísmo que faz sofrer, como nos versos de Drummond acima.

Nossa Constituição favorece a criação de um Estado de Direito Ambiental, mas as garantias são por demais precárias, porque as leis que se seguiram foram tímidas, porque os operadores do direito usam uma prudência egoísta ao demandar e ao julgar.

O causador do dano é o grande criminoso. Mas a omissão injustificável das autoridades é que deveria levar à responsabilização solidária do Estado. Mas isto não seria contraditório com o que foi afirmado de que a empresa deveria pagar ao Estado e às municipalidades pelas danos?

Não! Se houvesse a atenção e não a vergonhosa prudência do Ministério Público, este poderia exigir do Estado de Minas Gerais e das municipalidades omissas uma séria de atitudes ou levá-las às barras do Judiciário. Isto porque se exige que o Estado assuma uma postura mais ativa e de atuação preventiva em relação à tutela ambiental. No caso de Mariana, o Estado de Minas é réu em parte e vítima por outro lado.

O que se vê nos dias atuais é o Executivo, o Legislativo, Ministério Público e um Judiciário teatral.

Há quem advogue para que haja efetiva penalização pelos danos causados, que no caso de Mariana não podem ser negados, aglutinando , sendo um crime ambiental, a ação penal, a questão civil para o mesmo processo, assim diminuindo o número de ações, de demandas, de enrolação, subterfúgios, de prazos infindáveis.

A dor é inevitável diante deste quadro.

Mas o sofrimento é opcional.

Depende de nossas ações.

 

Secretaria Estadual de Obras promove encontro com Coordenadores Regionais

Com a finalidade de apresentar o novo formato da pasta, qualificar, discutir metas e rumos da atual gestão de governo e ajustar o fluxo de trabalho interno, a Secretaria de Estado de Obras, Saneamento e Habitação (SOP), promoveu nos dias 17 e 18 de Novembro, no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), a 1ª Reunião de Trabalho com os coordenadores das 28 Coordenadorias Regionais de Obras do Estado.
Na manhã de terça-feira (17), o Secretário de Estado de Obras, Gerson Burmann fez o pronunciamento de abertura do evento. Burmann destacou a importância dos servidores e do trabalho realizado nas Coordenadorias Regionais de Obras para o desenvolvimento do Estado. “A idéia é manter um diálogo permanente com os servidores e coordenadores regionais, apresentando a funcionalidade e a estrutura da secretaria, assim como oportunizando o treinamento e a qualificação dos gestores, que é de extrema importância para o bom funcionamento da secretaria e para o atendimento das demandas”, destacou o secretário.
A adequação da estrutura, promovida e sancionada pelo governador José Ivo Sartori, diminuiu de 29 para 20 secretarias. A Secretaria de Habitação e Saneamento foi uma das pastas extintas, sendo incorporada à estrutura já existente da Secretaria de Obras.
O Diretor de Obras Públicas, Júlio Cesar Molina Diógenes agradeceu a presença e a participação dos representantes, na primeira reunião de trabalhando abrangendo todas as coordenadorias regionais de obras públicas.
Durante o período da manhã foi apresentada aos gestores regionais, a estrutura administrativa da Secretaria de Obras, assim como as principais ações e funções desenvolvidas por cada departamento.
O Diretor Administrativo, Marcirio Edson Silva da Silva apresentou aos participantes as seis divisões que compõem o DA, a divisão de Recursos Humanos, de Protocolo e Malote, a de Informática, de Orçamento e Finanças, de Materiais e Patrimônio e a divisão de Transportes.
A pauta de trabalho envolveu questões como normas e recomendações para contratos e aditivos, autorização para compras e serviços, diárias, ressarcimentos, férias, nomeações e averbações, PPA, LOA e a prestação de contas.
O Assessor Jurídico da Secretaria de Obras, Augusto Arnould Filho e o Assessor Técnico, Silvério Miranda Neto, explicaram aos gestores os princípios básicos e as recomendações técnicas e jurídicas que devem ser observadas diariamente, a fim de evitar prejuízo ao erário público.
Os Diretores de Saneamento, Carlos Alberto Vigne e o de Habitação, Eduardo Eugenio Fiorin, apresentaram aos coordenadores regionais o corpo técnico dos respectivos departamentos, assim como as suas atribuições e ações desenvolvidas no estado.
No turno da tarde foram apresentadas aos participantes as principais atribuições da Seção de Gerenciamento de Projetos da SOP. A arquiteta Lívia Dantas apresentou o corpo técnico de profissionais que compõem o setor, assim como as atribuições e o trabalho desenvolvido no atendimento as demandas. Compete à Seção de Gerenciamento, definir junto à Diretoria do Departamento de Obras Públicas e os órgãos da administração a estratégia de atendimentos das necessidades no que compete à SOP.
O setor de gerenciamento tem como função acompanhar junto aos coordenadores o andamento das demandas, observando cada fase do processo, visando à identificação de erros que possam comprometer o produto final, assegurando a qualidade dos produtos e a satisfação dos órgãos demandantes.
A Coordenadora da Divisão de Projetos de Arquitetura – DPA, Roberta Campani, fez seu pronunciamento abordando as principais atividades desenvolvidas pelo setor, as seções que compõem o organograma estrutural, destacando ainda os projetos elaborados e supervisionados pelo corpo técnico, como o projeto de construção do IGP, de reforma do Palacinho, do restauro do Instituto de Educação General Flores da Cunha e do Plano de Necessidades de Obras – PNO.
O DPA tem como competência gerenciar e planejar todos os projetos na área da arquitetura, patrimônio histórico, paisagem e desenho urbano inerente às obras públicas.

Encontro reúne Coordenadores Regionais de Obras e de Educação

Na manhã de quarta-feira (19), o Secretário de Estado de Obras, Saneamento e Habitação, Gerson Burmann e o de Educação, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, participaram da solenidade de abertura da reunião de trabalho, reunindo os coordenadores Regionais de Obras Públicas e de Educação.
Em pauta as principais demandas relacionadas às CREs e CROPs, atribuições de cada gestor e o procedimento padrão para a solicitação de demandas emergenciais e autonomia financeira das escolas. Também foram explicados aos gestores os procedimentos padrões para a fiscalização e acompanhamento das obras, assim como as recomendações técnicas para notificação de empresas e o funcionamento do Sistema de Gestão de Obras - SGO.
O Secretário de Obras, Gerson Burmann falou sobre a importância da sintonia e parceria das Coordenadorias Regionais de Obras e de Educação, no processo de fortalecimento da educação pública no estado. Burmann ainda destacou a importância do encontro para a troca de experiências e informações referentes aos trâmites legais para elaboração e andamento das demandas oriundas da Secretaria de Educação.
O Secretário de Educação, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, em seu pronunciamento parabenizou a iniciativa da reunião de trabalho, reunindo os coordenadores regionais das duas pastas, para a qualificação e treinamento dos servidores de ambas as secretarias.
No turno da tarde o Departamento de Obras promoveu a capacitação e o treinamento dos Coordenadores Regionais de Obras, apresentando a estrutura da Coordenadoria Estadual de Obras Públicas – CEOP e as suas atribuições na prestação de suporte as CROPs.
O Coordenador e Arquiteto da CEOP, Vinícius Piccini, apresentou as principais demandas e serviços elaborados pela coordenadoria, na contratação de projetos, procedimentos de dispensa de licitações, autonomia financeira, pedido de aditivo ao contrato, obras paralisadas e processos com OIS.
O Engenheiro da CEOP, Ricardo Todeschini, apresentou aos participantes da reunião as novas funcionalidades do Sistema de Processos da Gestão Pública – SPGP, atualizado e complementado nessa semana. Foram inseridas no sistema novas funcionalidades para qualificar a prestação de serviços e o acompanhamento detalhado dos processos e obras em execução no estado. Todeschini falou sobre a importância da atualização e o abastecimento de informações dentro do SPGP, para supervisão da CEOP caso se faça necessário.
Durante os dois dias de evento uma extensa pauta foi objeto de debate, análise e orientações por parte dos gestores centrais da secretaria, buscando qualificar e sanar as principais dúvidas dos coordenadores decorrentes aos trâmites legais do trabalho diário.

 

Assinado contrato para restauração do Instituto Estadual de Educação General Flores da Cunha

O Governo do Estado assinou na última sexta-feira (20) o contrato com a empresa Porto Novo Empreendimentos & Construções, para as obras de restauro do Instituto Estadual de Educação General Flores da Cunha, localizado no município de Porto Alegre.

A obra de recuperação e de conservação do prédio de 1935, orçada em R$ 22,5 milhões, pretende recuperar e conservar a edificação que faz parte desde o ano de 2006 do patrimônio histórico do Estado.

Em cerimônia realizada no Salão Negrinho do Pastoreio no Palácio Piratini, o Governador do Estado, José Ivo Sartori, os Secretários de Estado de Obras, Saneamento e Habitação, Gerson Burmann e o de Educação, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, assinaram junto aos representantes da empresa vencedora da licitação, o contrato para a execução dos serviços de reforma e restauro do Instituto Estadual de Educação General Flores da Cunha.

O Secretário Estadual de Obras, Gerson Burmann avalia a importância do investimento e o fortalecimento da rede pública de ensino. “Investir na recuperação das nossas instituições de ensino, assim como restaurar e preservar a história de cada uma delas, é ter o compromisso com a educação e o futuro de milhares de jovens gaúchos. Nosso principal compromisso é proporcionar aos alunos condições adequadas para o ensino. Através do corpo técnico de profissionais, a Secretaria de Obras vem trabalhando para auxiliar e promover as transformações e o desenvolvimento do estado, atuando de forma exemplar nas áreas prioritárias como segurança, saúde e educação”, destacou o secretário.  

Restauro

Além do restauro, a estrutura do Instituto será modernizada e adaptada para receber os estudantes e as tecnologias envolvidas no trabalho em sala de aula nos dias atuais. O prédio, que ocupa uma área total 11.021 metros quadrados, atenderá exigências de acessibilidade e prevenção contra incêndio. O projeto da empresa 3C Arquitetura e Urbanismo contempla, ainda, paisagismo, reforma nas redes elétrica e hidráulica, iluminação interna e externa, segurança com a colocação de câmeras de vídeo monitoramento, rede lógica, sonorização e climatização.Além da análise sobre a situação atual da estrutura, a empresa realizou pesquisas históricas e mapeou as peças originais e as modificadas ao longo dos anos. Adaptações do conjunto foram planejadas para qualificar e modernizar a tradicional escola pública.As obras no Instituto de Educação vão iniciar após o término deste ano letivo. O prazo para a conclusão da obra é de 18 meses. Por isto, os 1.673 alunos estudarão nas escolas estaduais Roque Callage e Felipe de Oliveira, onde ficará o Ensino Infantil, durante 2016 e parte de 2017. O colégio tem 155 professores e funcionários.

 

de Serafina

1º de Dezembro: Dia Mundial de Luta contra a AIDS

O que é o Dia Mundial de Luta Contra a Aids? Instituído em 1988 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é uma data simbólica de conscientização para todos os povos sobre a pandemia
de Aids. As atividades desenvolvidas nesse dia visam divulgar mensagens de esperança, solidariedade, prevenção e incentivar novos compromissos com essa luta. A iniciativa foi referendada pelo Sistema das Nações Unidas, por meio da Assembleia Mundial de Saúde e tem o
apoio dos governos e organizações da sociedade civil de todos os países. A cada ano, a OMS elege a população/grupo social que registra o maior crescimento da incidência de casos de HIV/Aids e define para uma campanha com ações de impacto e sensibilização sobre a questão.

Por que o laço vermelho como símbolo? O laço vermelho é visto como símbolo de solidariedade e de
comprometimento na luta contra a Aids. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de New York, que queriam homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo de Aids. O preconceito e a discriminação contra as pessoas vivendo com HIV/Aids são as maiores barreiras no combate à epidemia, ao adequado apoio, à assistência e ao tratamento da Aids e ao seu diagnóstico. Os estigmas são desencadeados por motivos que incluem a falta de conhecimento, mitos e medos. Ao discutir preconceito e discriminação,
o Ministério da Saúde espera aliviar o impacto da Aids no País. O principal objetivo é prevenir, reduzir e eliminar o preconceito e a discriminação associados à Aids. O Brasil já encontrou um modelo de tratamento para a Síndrome de Imunodeficiência Adquirida, que hoje é considerado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) uma referência para o mundo. Agora nós, brasileiros, precisamos encontrar uma forma de quebrarmos os preconceitos contra a doença e seus portadores e sermos mais solidários do que somos por natureza. Acabar com o preconceito e aumentar a prevenção devem se tornar hábitos diários de nossas vidas.

O que é Aids? Uma deficiência no sistema imunológico, associada com a infecção pelo
vírus da imunodeficiência humana HIV – (Human Immunodeficiency Virus), provocando aumento na susceptibilidade a infecções e câncer. Transmissão: - o vírus HIV pode ser transmitido pelo sangue, sêmen, secreção vaginal, leite materno; - relações sexuais homo ou heterossexuais, com penetração vaginal, oral ou anal, sem proteção da camisinha, transmitem a Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis e alguns tipos de hepatite; - compartilhamento de seringas entre usuários de drogas injetáveis;
- transfusão de sangue contaminado; - instrumentos que cortam ou furam, não esterilizados; - da mãe infectada para o filho, durante a gravidez, o parto e a amamentação.

Tratamento: Atualmente a terapia com os chamados antirretrovirais proporciona melhoria da qualidade de vida, redução da ocorrência de infecções, redução da mortalidade e aumento da sobrevida dos pacientes. (Os antirretrovirais são medicamentos que suprimem agressivamente a
replicação do vírus HIV).

Fique sabendo: A Aids não é transmitida pelo beijo, abraço, toque, compartilhando talheres, utilizando o mesmo banheiro, pela tosse ou espirro, praticando esportes, na piscina, praia e, antes de tudo, não se pega Aids dando a mão ao próximo, seja ele ou não soropositivo. Fontes: Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde. Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal
A Secretaria de Saúde de Serafina Corrêa informa que disponibiliza os Testes Rápidos para HIV e Sífilis gratuitamente em todas as suas Unidades de Saúde. Informe-se com o enfermeiro de cada unidade.


23 de novembro
de 2015

Grenal

a galera do beira rio.....

LUCIANINHO PERICLO SENTOU NA MINHA FRENTE NA TORCIDA MISTA....
(aliás torcida mista uma boa, não vi um rolo e tinha muito brigadiano no meio...acho otima esta ideia de PAZ entre torcidas....)
E OLHEM QUE PLANTEL ..UMA DELAS ME PEDIU PELO CAPINCHO E MANDOU UM ABRAÇO PRA ELE...UÉ até pode ser...né, nunca se sabe.....

O PLANTEL REALMENTE ERA DE MATAR O VEIO...ERAM 4 OU 5 NÃO SEI O QUE FAZIAM ALI, DEPOIS SUMIRAM...MAS PRA COMEÇO DE TARDE TAVA BOM DE SE VER....

NO T-5 NA IDA FIZ A FOTO DO ex-CENTROMÉDIO do inter TOVAR QUE TB TAVA NO BUSUN....ele mora ali pela santana pq sempre sobe ali. e é gente fina pra caramba. fala com todo mundo, numa nice.....

COMO DIZIA O COLORADÃO ILDO MENEGHETTI, GRENAL É GRENAL...KKKK(oc)
QUERO VOLTAR PRA ZONA MISTA...KKKKK

achei o grenal fraco. e o gremio não quis jogo..



adorei a torcida mista....vou pedir pra ir sempre pra lá. é que como mistura tudo, mulher e marido, um gremio, outro inter, é tri tranquilo. cada um torce pelo seu time numaboa.

pensie que fosse uma bandeira PALESTINA. não é a ' praga colorada em dia de grenal....vou aprender a conviver com isto,agora. novos vizinhos, estes novos hábitos.

 

GRENAL DE NARRADORES

com a estreia de marco a. pereira, o grenal tb foi dos narradores. a RBS RESOLVEU REQUENTAR O PEDENARDIM, que estaria meio passado.

mas deram 2 paginas na zh de domingo pro pedro contar suas histórias.

E A GUAIBA FICOU INVESTINDO MUITO NA ESTREIA.

É APENAS UMA GUERRINHA DE NARRADORES....

mas acho que O MAGRÃO NA GRENAL DÁ DE REBENQUE ERGUIDO EM TODOS ELES.(oc)

 

O BATUQUE ESTRAGOU O SONO DO LINGUICEIRO

o linguiceiro na sauna deste sabado se queixava de que o BATUQUE DO LADO DE SUA CASA NÃO O DEIXARA DORMIR.

- eles fazem umas batidas que parece musica de bandinha alemã...

?AH, E O LINGUICEIRO IRIA TOMAR UM AZULZINHO PQ DEPOIS IRIA SE ENCONTRAR COM UMA NAMORADA QUE SAI DO SERVIÇO.

 

Coleguinhas

marco aurelio, o CHARGISTA, na sua roda no nacional neste domingo de manhã.

no sindicato do jornalistas apostam que com a morte de dona ione, ele bailará na curva...será???

marco é cheio de ' manias'. ele traz de casa uns tira gosto pra comer no bar do nacional. porém é amigo dos seus amigos.

 

ASSIS

li no jornal (digital) que lançaram um livro do assis...

* engraçado qdo ele andava pela rua da praia e as pessoas evitavam andar perto dele - por constrangimento não digo porque - aí o jornal não ia dar pagina de matéria.Nem ninguém andava lançando livro sobre ele, ou sobre seu trabalho.

* é a hipocrisia eu conheço.... Ou como diria o Briza, os ' interesses'.....

a única pessoa que ouvi dizer algo sincero sobre o assis -até porque ela o conhecia bem e muito trabalho lhe conseguiu quando os outros o haviam abandonado ( não tenho procuração para falar por ela) foi a Dedé porto.
em tempo:fala coM AUTORIDADE SOBRE ESTE ASSUNTO porque em 92, quando os demais o haviam abandonado, eu o convidei prum trabalho no CHILE.
as fotos que ele fez da viagem devem estar na marcopolo....

como diria o claudio cabral, que deus o tenha na santa glória, ESCREVO E ASSINO EMBAIXO.

em tempo. antes que algum ENERGUMENO pense que sou contra o livro sobre o assis, nada disto....

apenas digo que as pessoas tem INTERESSES.....é natural.

 

assis

nunca me considerei amigo do assis....apenas colega.

* mas sempre me dei muito bem. tanto que foi a mim que ele pediu pra qdo fosse a SBorja procurar pelo pai dele, que aquela altura já tinha falecido. publiquei aqui a história do pai dele. e o no asilo onde o velho morreu - depois de ter abandonado a familia quando os filhos eram pequenos, o motivo eu não sei -tem fotos do velho do assis, que lá faleceu alguns anos atrás.

* de qq modo, se estiver em algum lugar(não creio nisto) que descanse em paz....

 

PENSAO DE RICO

BERTRAND KOLECZA ia tão bem arrumado ao colégio que seus colegas o achavam rico.

filho do CAkolecza, sua mãe ganhava 5 sal minimos mensais de pensão. e ainda o pai dava mesadas.

- os colegas me diziam: ai guri rico.

hj o ex dono da FPorto tem loja de quinquilharias.

 

CAkolecza

uma das broncas do Bertrand com o pai dele era que ele ' comunista'...
só rindo mesmo

o BERTRAND ACHAVA DE ESQUERDA ATE O ONIX LORENZONI, COM QUEM TRABALHOU.MAS É UM BOM GURI E UM BOM PAPO.

as X briga com as clientes que lhe enchem o saco.

ESSE PESSOAL que sempre fez charminho de esquerda e na verdade era CONFIANÇA DO PATRÃO a mim nunca me enganou. o FEHLBERG, A NUBIA PELO MENOS NUNCA FIZERAM CHARMINHO DE ESQUERDA.

ENGRAÇADO, MAIS CEDO OU MAIS TARDE, A VERDADE VEM A TONA. POR ISTO EU GOSTAVA DO GAGUINHO. não tinha este negocio de charminho de esquerda. e ele assumia que era amigo do marquinhos dvoskin.outros eram amigos do patrão e se escondiam pra isto.

qdo saiu da zh, o aveline pediu um tempo do cartão saude dele. ele precisava. e a rbs deu.

mas o veio não tinha lá muitas regalias. nao que fosse santo. NAO EXISTEM SANTOS NO PODER, OU ANJOS NO PODER, COMO DIZ IB KERN.

 

celia

a celia ribeiro reclamava ao aveline:

- o lauro nunca me dá aumento...

é pode ser.

(era mulher dele, não podia legislar em causa propria kkkkk)

 

neuza

depois de anos e anos, a neuza penalvo respondeu um mail meu. com apenas uma palavra GRACIAS. COMO ELA É URUGUAIA LEGITIMA, NÃO IMPORTADA, FALA O CASTELHANO.

* A NEUZINHA SABE MUITO DO PRESTES. ESTUDO O LIDER COMUNISTA NA FACULDADE, OU SEJA LÁ O QUE ELA FAZ POR SB...E MILITA NO PDT, MAIS A FAZENDA QUE ELA HERDOU, OU CUIDA,SEI LÁ.

* NA CASA DA NEUZA, SE FALA POLITICA 24 HS POR DIA...SE QUERES SABER FOFOCA DE POLITICA DE SB VAI LÁ.

ESSA DO BASSEGIO PEDIR AS CONTAS NO PROGRAMA DO JUREMIR, É MEIO INFANTILÓIDE. MAS TÁ BEM....

* OCELSO LOPES, DE SB, ME DISSE QDO COMEÇOU O ROLO. VAI SER CASSADO. ELE RENUNCIOU ANTES.

de vez em quando , eles pegam um pra corrinho de piça, como diz o povão....

 

da Jacinto Gomes

o casarão do LUTZ na Jacinto Gomes.....

 

de Paris

por apmc...

Oi, pai.

Aa coisas estão voltando ao normal muito lentamente, também com aumento nas regras de segurança da cidade. As pessoas ainda estão muito assustadas.

Ana

 

MOSQUITAMA....

PREZADO CAPINCHO....

com o frio desta madrugada, nem a mosquitama que habita aki, apareceu. me deram folga , mas eu toquei um boa noite neles...

acho que vou chamar os MATA MOSQUITO POR AKI....na saude, deve ter....
e acho que são borrachudos.mesmo, como o vulgo o chama....

outra coisa, não vi mais a vizinhança tomando banho de sol....

 

Liminar de retirada dos papagaios da BIENAL DE PORTO ALEGRE

3067/2015 20/11/2015
3ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de Porto Alegre Nota de Expediente Nº 3067/2015

001/1.15.0184888-8 (CNJ 0267751-36.2015.8.21.0001) - Maria de Lourdes dos Santos Sprenger (pp. Cintia Rigo) X Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul (pp. Helio Faraco de Azevedo).

"NOTA PARTES: (...)Ante o exposto, JULGO PROCEDENTE o pedido formulado por MARIA DE LOURDES DOS SANTOS em face de FUNDAÇÃO BIENAL DE ARTES VISUAIS DO MERCOSUL, deferindo o pedido para determinar que os papagaios sejam removidos da exposição da obra artística Tropicália e restituídas ao criador, no prazo máximo de 12 (doze) horas, sob pena retirada compulsória e imediato encaminhamento das aves à Fundação Zoobotânica do Estado, com incidência de multa de R$1.000,00 por hora a ser revertida em prol da Secretaria Especial dos Direitos dos Animais do Município de Porto Alegre. A restituição e/ou encaminhamento ocorrerá às expensas do réu. Condeno a ré ao pagamento das custas processuais e honorários advocatícios ao procurador da parte autora, que arbitro em R$ 2.000,00 (dois mil reais), atenta à natureza da causa e ao grau de zelo profissional, com base no art. 20, § 4º do Código de Processo Civil. Cumpra-se, em regime de plantão noturno se for o caso, expedindo-se para tanto o competente mandado. Comunique-se a Fundação Zoobotânica. Publique-se. Registre-se. Intime-se."

 

Cinema

AS TENSÕES DO AMOR INCONVENIENTE

por Eron Duarte Fagundes

O mundo da adolescência feminina francesa se derrama em Respire (Respire; 2014), realizado por Mélanie Laurent. A realizadora tem uma certa sensibilidade para expor as tensões amorosas, existenciais, familiares que surgem entre duas colegiais ao longo dum relacionamento perturbado e perturbador que vai ter a um inevitável fim trágico, contrastando um pouco com o andar de melancolia do cotidiano que até ali envolvia as duas jovens e exasperadas personagens. No coração do enredo, num ambiente ginasiano (é o liceu francês, o que, para este velho articulista, corresponde às lembranças do ginásio dos anos 60 e 70), duas meninas diferentes se envolvem, Charlie e Sarah. Há o sexo, é verdade, mas para além disto há uma amizade de altos e baixos, com verdades, mentiras e algumas mesquinharias de parte a parte. Charlie tem um comportamento mais padrão, uma autenticidade mais burguesa, enquanto Sarah é a provocativa perigosa; a mãe bêbada de Sarah, ocultada, é um alerta para os desfechos. Do confronto das diferenças entre Charlie e Sarah a essência de Respire se vai contrabalançando. O gesto final de Charlie contra Sarah e suas lágrimas que resmungam o nome de Sarah, cujo corpo jaz no andar de cima, são consequências de duas trajetórias que se toparam inconvenientemente.

 

PMDB Mulher reúne lideranças da Grande Passo Fundo em Marau

Com o objetivo de incentivar a maior participação feminina na política, o PMDB Mulher-RS realizou mais uma edição do projeto Diálogos. Desta vez, o encontro ocorreu em Marau na manhã de sábado, 21, município da Coordenadoria da Grande Passo Fundo. A atividade, na sede da OAB, reuniu as principais lideranças femininas da localidade, além das presenças da presidente estadual do PMDB Mulher, Regina Perondi, do deputado estadual Vilmar Zanchin, da diretora da Fundação Ulysses Guimarães, Joseane Toebe, da diretora da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde, Neusa Kempfer, e da presidente do Movimento Negro do PMDB de Porto Alegre, Beatriz Ribeiro dos Santos,

A presidente estadual do PMDB Mulher, Regina Perondi, lembrou que é a única mulher no diretório estadual da sigla e convidou as participantes a refletirem sobre as razões dessa realidade, incentivando maior participação de todas. Regina solicitou que as mulheres se organizem para a realização de uma convenção municipal, o que garante legitimidade do município para a convenção estadual do PMDB Mulher que ocorrerá em 12 de dezembro em Porto Alegre.

A presidente da sigla no município, Denise Poleto Rodigheri, enfatizou a importância do encontro para a sensibilização de todos os líderes político daquela região. O deputado estadual Vilmar Zanchin enfatizou que a participação das mulheres na política é essencial para a discussão das propostas partidárias

Participaram ainda

Odete Alves, representante do Departamento da Mulher da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária (ACIM) de Marau; a vereadora ClaciCansi e Roseli Vinhaga secretária da Habitação de Tapejara, além de Cândida Bertoncello que representou as mulheres do PMDB de Passo Fundo para falar sobre o protagonismo com idosos.

O protagonismo na saúde foi o tema de Raquel Tibolla, vereadora de David Canabarro, município que ainda não conta com o diretório de mulheres. Representante de Marau, Andriela Tonin, relatou as variadas ações do PMDB Mulher no município, como o Promover Marau do Bem. Naura Bordignon, coordenadora regional da legenda, e o Vereador Yura Kurtz observaram a urgente necessidade do crescimento do PMDB.

A diretora da FEPPS, Neusa Kempfer, representou o governo do Estado e transmitiu a mensagem final a respeito da capacidade feminina de organização. O projeto Diálogos em Marau do PMDB Mulher RS contou com o apoio do Diretório do PMDB–RS e da Fundação Ulysses Guimarães-RS.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

de Serafina

Escola 12 Salas em Serafina Corrêa

Cuidar do futuro do município é pensar na educação, em escolas que possibilitem o desenvolvimento de habilidades, o exercício da criatividade e cidadania para os estudantes. A Prefeitura de Serafina Corrêa, em parceria com o Governo Federal, está tornando realidade mais um sonho da comunidade serafinense: a Escola 12 Salas, de tempo integral. A obra está sendo construída no Loteamento Bella Vista, Modelo FNDE, com investimentos que passam de R$ 3,5 milhões, recursos do Ministério da Educação. Mais educação, cultura, conhecimento, pensando no futuro de Serafina Corrêa e na qualidade de vida para todos!


20 de novembro de 2015

Mudança

na LP uma homenagem ao cortiço onde moro hj.....

como tenho um quarto vazio, aqui, me sugeriram laugar. até pode ser.

não tenho nada com isto de chegar na casa de um amigo e ficar. já fiz isto. NO PERU, foi o que mais fiz.

fiquei morando quase dois anos na casa de uma amiga. ela nunca disse nada. e antes que alguém pense alguma coisa, eramos so amigos.

 

do Petrópolis

amanhece nesta quinta em porto..bairro petropolis.

 

emilio ' black boy' chagas

encontrei o emilio no mercado. perguntei onde morava. com uma irmã me disse.

o black teve alguns casamentos. um com uma amiga minha, a helo gobbi. de todos saíu com as calças na mão.

acho que é gato escaldado,,

como muitas mulheres que conheci que chamo de ' sequeladas' de separações. mas as mulheres pelo menos tem mais pé no chão e se não ficam com o gajo, ficam com tudo.

* vou convidar o emilio dia destes pra vir aki pra tomarmos aquela ceva gelada.

 

emilio

morou quase um ano na minha casa na antonio parreiras. ia lá, pegou um quarto vazio que tinha e foi ficando....

mas não enchia o saco de ng. só queria a eletrola pra ele só ouvir os discos que queria.

quem não ia com a cara dele, era minha sogra, ou ex sogra, que o detestava.

tem um lance muito engraçado com o emilio. uma noite, o licinio e o caramez( o classico bundinha) iam entrar pra guerrilha. subiamos a ramiro barcellos,eramos jovens,idealistas e nem sabiamos em que terreno estavamos pisando....
no meio do caminho,quando iamos pruma reunião em que iamos entrar pra LUTA ARMADA , o emilio veio em meu socorro:

- não te preocupa que eu te defendo.

COMO EU LEVAVA TUDO A SERIO,acho que levo até hj demais, achei que aqueles bunda moles,menos o licinio, iam mesmo pra luta armada. olha se o caramez ia pra luta armada. so falava no marighella, mas só de papo.

não tenho problemas em dizer que o emilio é pobre. eu tb sempre fui.

qdo conheci o black morava num casebre no partenom, com a mãe dagmar se não me engano. já falecida.

seu pai morreu cedo em nh de alcoolismo

no começo dos anos 70, eu emprestava meu quarto da juc 5 pro emilio e pra helo golpsban se encontraram. eram namorados, mas não tinham grana pra motel. e as coisas não eram como hj que os filhos levam as namoradas pra casa. o emilio era como diz a nega lu, ppp preto,pobre e a terceira não sei,acho que não é verdade.

* conheci o 'black' no julinho. eramos da mesma turma do classico da noite. ele falava muito de um tio poeta que era da MPM.

* mas virou cachaceiro durante um tempo. sempre teve problema com o alcool.depois se viu livre do ' vicio' está é boa...

* o emilio no fundo é um cristão, como eu. e mal afamado,sem méritos pra isto.

emilio chagas foi chefe do jornalismo ou publicidade da prefa mun no tempo do raul pont.

e tinha que guentaro mau humor de um chargista matinalmente.

 

aposentadora do kolecza

depois de 24 anos na atividade privada, carlos alberto kolecza foi pra ALRS. Lá trabalhou 11 anos e foi superintendente de com social.

( foi nesta época que eu fui pegar umas fotos do getulio e um 'amigo do solar' dos camara queria me cobrar. o kolecza mandou liberar as fotos sem custos.

como funcionário da AlRs,ele contribuiua pro IPE...
mas houve problemas na hora da aposentadoria.

numa solenidade, KOLECZA FALOU DIRETO COM O GOV BRITTO, QUE PEDIU A UM ASSESSOR RESOLVER O ASSUNTO.

* mesmo na zh, kolecza sempre ganhou bem. era homem de confiança de MSS e ocupava um cargo importante.

tanto que pagava 5 sal mínimos de pensão pra mãe do Bertrand, seu primeiro filho.E dava ' mesada' ainda ao filho.(OC)

 

Coleguinhas

tenho encontrado a denise nunes no t7 vai no pão dos pobres

LARGUEI O MENDELSKY, TOUOUVINDO BACUDOS NA LIBERDADE FM.....

acabou a PLAYBOI acabou a revista dos punheteiros. hj tudo é internet....mas os caras levam o micro pro banheiro???

um dia o waldir walter me deu a melhor definição do antonio carlos baldi.

- ele é capacho do poder. se tivesse em cuba seria do fidel.

é pode ser.

intelctual se não vira capacho do PODER, tem tudo pra ficar numa merda.

o goida me disse que o luís carlos maciel, nosso guru nos tempos do pasquim, tá numa merda federal.

tinha lido algo dia destes no ancelmo gois.

 

do Agápio

o dono nem foi a feira do livro. tasca teve que segurar no batente pq seu substituto o Fábio operou a apendicite.

* Fabiane, depois de licença maternidade, voltou ao trabalho no agapio.

* até o daniel foi visto por lá....

vai ter ar condicionado. mas não se alegrem,é na cozinha por exigencia da SSaúde que deu batida lá no começo do ano e fechou a casa.

* Era demais lugar de pobre ter ar condicionado.....

* como dizia CHICO ANISIO, quero que pobre se exploda.....(risos)

 

Clima

com o caloron que fez durante o dia o temporal no fim da tarde.

 

Logotipo do desgoverno Sartori

por Renato Kern

 

Cortiço

é isto capincho, um poko menas, como diria o LULA(OC) como tu é inteligente, tu viu o que quis dizer...a cannabis corre solta por petropolis kkkkk

De: letier12
Enviada: Quinta-feira, 19 de Novembro de 2015 09:08

Mas pelo visto tu ta morando num cortiço agora....kkkkkkkkk

Não dorme de tanto mosquito... quando dorme acorda com os vizinhos chupando droga...

De tarde tu fica de ouvido na conversa das vizinhas tomando banho de sol...

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Cinema

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 21/11/2015) as 10h15min no Espaço Multiuso Santander assistiremos ao filme "O raio verde" (Le Rayon vert-1986). Paris. Delphine (Marie Rivière) é uma secretária que não sabe o que fazer após sua companheira de férias desistir da viagem duas semanas antes da partida. Ela não quer viajar sozinha, mas está sem namorado e não tem facilidade para fazer novas amizades. Uma velha amiga a leva a Cherbourg mas, arrependida, poucos dias depois ela retorna a Paris. Delphine vai aos Alpes, mas logo retorna novamente. Sua última tentativa é para a praia, mas também desanima e resolve tomar o trem para Paris. É quando, já na estação, o olhar de um homem cruza com o seu, o que faz pensar em ficar.

No próximo Domingo (dia 22/11/2015) as 10h15min na Sala Norberto Lubisco assistiremos ao filme "As mil e uma noites: Volume 1 – O inquieto" (2015). Um cineasta foge durante o processo de realização de seu novo filme e, ao ser capturado, não tem outra saída a não ser repetir o que fez Xerazade em "As Mil e Uma Noites", onde precisava contar uma história diferente a cada noite para não ser degolada pelo rei, seu marido - no caso em questão, os algozes são os demais integrantes da equipe de filmagens. Desta forma, ele passa a apresentar narrativas baseadas na crise vivida por Portugal entre os anos de 2013 e 2014, que fez com que a população local vivesse sob forte austeridade econômica. Os contos deste volume são "O Homem de Pau Feito", "A História do Galo e do Fogo" e "O Banho dos Magníficos". Vale lembrar que os Volumes 2 e 3 da trilogia As Mil e Uma Noites serão lançados no mesmo dia no circuito comercial brasileiro, em 19 de novembro.

 

Juventude debaterá violência e inclusão social em Porto Alegre

O projeto #JuventudeNaEstrada realiza a sua 9ª edição no próximo sábado, 21, a partir das 14h, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. No encontro, os jovens das coordenadorias Metropolitana, Vale dos Sinos o Vale do Gravataí debaterão a mortalidade e o extermínio da juventude: violência drogadição e inclusão social.

Com o projeto #JuventudeNaEstrada, a JPMDB-RS, com o apoio da Fundação Ulysses Guimarães do Rio Grande do Sul (FUG-RS), tem percorrido todo o Estado apresentando uma nova proposta para os encontros partidários: reunir a militância em um espaço que proporcione a troca de conhecimento, o debate e a participação de todos como protagonistas. Após o debate, será editada uma carta da Juventude sobre os temas do encontro.

 

de Serafina

Leilão em Serafina Corrêa no dia 23 de Novembro

O PREFEITO MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA, RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal nº 8.666/93, suas alterações e legislação aplicável, torna pública a realização de leilão público, no dia 23 de Novembro de 2015, às 10 horas e 30 minutos, na Secretaria Municipal de Obras Públicas, Trânsito e Desenvolvimento Urbano, localizada na Rua Porto Alegre, nº 262, na cidade de Serafina Corrêa, RS, com o objetivo de alienar sucatas e bens inservíveis de sua propriedade, sendo a licitação do tipo Maior Lance, POR LOTE. O Leiloeiro designado pela Portaria nº 1218/2015, com a Comissão Especial para Reavaliação de Bens Inservíveis e Integrantes do Patrimônio Municipal, nomeados pela Portaria nº 859/2015, receberão documentação e propostas, nas condições do Edital, publicado no site: www.serafinacorrea.rs.gov.br. Constitui objeto do edital, a alienação de bens inservíveis, de propriedade do Município de Serafina Corrêa-RS, a seguir descritos:

Fiat/Palio Fire 04/05 Gasolina Branca ALD-9072 R$ 8.000,00
Fiat/Palio EL 97/98 Gasolina Cinza MBV-6380 R$ 5.500,00
Fiat/Uno Mille Fire Flex 06/07 Flex Branca INN-8682 R$ 10.200,00
Ford/Courier 1.6 L 06/07 Gasolina Branca INL-1151 R$ 8.200,00
GM/Celta 4P Life 09/10 Flex Branca IPZ-1235 R$12.000,00
VW/Gol 1.0 05 Gasolina Branca IML-1950 R$ 9.000,00
VW/Polo Sedan 1.6 05 Flex Prata AMT-9125 R$ 15.000,00
Mercedes Benz Microônibus 17P 82 Diesel Branca IBP-5274 R$ 7.000,00
VW/16.180 CO Ônibus 46 Passageiros 96 Diesel Branca IEP-2877 R$ 12.500,00
VW/16.180 CO Ônibus 39 Passageiros 96 Diesel Branca IFE-6225 R$12.500,00
Mamógrafo Intecal CR MO IV - - - - R$1.000,00

Visitação dos bens de 16 a 20 de Novembro de 2015, das 7h30 às 12h, no Parque de Máquinas da Prefeitura Municipal. Mais informações: 54 3444 1130 – 3444 2408 – www.ferronatoleiloes.com.br


19 de novembro
de 2015

Mudança

neste novo endereço tem mosquito pra c....

tive que tocar um boa noite esta madrugada e dormi....

acho que se criam no pátio aqui do lado....

noape antigo, tinha uns vizinhos que viviam de festas,,,,,

akii já vi que tem um prédio do lado que de manhã cedo deixa um cheiro daquilo no ar...pô de manhã cedo já tão fumando!!!!! não é careta, né.

os vizinhoas aki do lado tomam banho de sol na cadeira de patio no pequeno patio que tem nos fundos de casa. e falam alto, uma baita algazarra.ouve-se tudo....bem diferente lá do end antigo onde ouvia o dia inteiro latidos de cachorros.

qualidade de vida melhor tou tendo aki.tanto que so tenho saído pras coisas que tenho que fazer. não pra zanzar.

o lar doce lar não é apenas uma frasezinha boba que escrevem nas paredes. tem um sentido.

 

Feira do Livro

a feira livro não acabou coisa nenhuma. é só o olhar da Oposição que diz que tá acabando....

e nos debates vai quem quer. alguns são xaropes mesmo...tão ai pra justificar os PAITROCINIOS. mas isto todo mundo faz.é só não ir...

a feira, queria ou não, é uma instituição que anda sozinha. vão ter que fazer muita força pra terminar com ela. mas cuidado que são capazes.alguns erros podem levar a isto.

na barraca da ari, eu vendi muito livro este.

 

1961

tou terminando o 196l. do markun, depois vou ver o que lerei. teve aki não entra.

 

Coleguinhas

encontrei a denise nunes ontem no t-7. ia no pão dos pobres. ela deve estar aposentada pelo visto.

emilio chagas tá morando com uma irmã perto da PUC...

e tem uma coluna no jornal do mercado.

li no ritter que vão abrir sab um bar com ' muita tecnologia'. mas os caras vão beber tecnologia????

 

enterro

o andré barrionuevo sustenta que o carlos bastos não foi ao enterro do brizola...

não sei, disto.

eu sei que o joabel pereira não foi ao enterro do vitor morais. tava viajando.eram muito amigos.

isto é uma coisa muito pessoal.

 

Memória

a turma da fabico indo pro peru. aki em ORURO no dia 2 de fev do ano que viajaram 72 senão me engano. entre eles muitos conhecidos aqui nossos.

a turma da fabico em ORURO.....

 

Cinema

UM SPIELBERG MEIO PESADO

por Eron Duarte Fagundes

Do ponto de vista do bem-feito americano, Steven Spielberg filma bem. Essencialmente, sabe arrecadar o espectador para si. Não é à toa que está rico às custas do cinema. Nada errado: talvez enriquecer com o cinema seja um dos lados mais decentes do capitalismo, em princípio. Tendo iniciado mais afeito às fábulas para crianças, feitas com base em aventuras estimuladas pela linguagem das histórias-em-quadrinhos, depois Spielberg derivou para enredos mais sérios e política e esteticamente empenhados. Creio que tenha perdido muito de seu frescor, ainda que seu frescor em sua época pudesse ser criticável: como tudo no cinema como na vida.

Ponte dos espiões (Bridge of spies; 2015) é uma narrativa pesada e emocionalmente estática, ainda que a marca Spielberg deva seduzir os espectadores de sempre. Roteirizado pelos irmãos Coen e por um terceiro colaborador, Matt Charman, Ponte dos espiões parece uma disforme história do romancista John Le Carré. Ambientado nos anos da Guerra Fria, o filme traz algumas inquietações de época que tardam, ao longo da projeção, a interessar o observador. Quando finalmente chegam a pingar algum interesse na cabeça de quem está assistindo ao filme, estamos preparando-nos para abandonar a poltrona do cinema.

Levemente anacrônico e defasado, Ponte dos espiões é inferior, como espetáculo, a Sicario, terra de ninguém (2015), do canadense Denis Villeneuve, outro filme de ação desenfreada com ideias mais ou menos políticas ou sociais. Tom Hanks no papel-título é outra figura iconográfica do anacronismo de filmar de Spielberg. Com funcionamentos espaçados e irregulares, não me parece que Ponte dos espiões possa ser muito estimado, mesmo pelos admiradores mais ferrenhos do cineasta.

 

Orson Wells

De: André Barrionuevo Rönnau
Data: 18/11/2015 16h18min18s UTC

Amigo,
Não resisti e comprei o DVD do filme "A Dama de Xangai" (1948). Aquilo não é filme - é alimento para os olhos.
Em um filme só você vê Rita Hayworth, Sausalito, São Francisco, Acapulco, Chinatown e mais o Steinhart Aquarium, no Golden Gate Park e em Playland. O maior dos fimes clássicos do cinema "Noir".

 

Paris

por Antonio Augusto Bandeira

A primeira vez que Antonio foi à capital da França, o ano era 1980. Como vocês sabem, ou pelo menos se espera, Antonio desde menino foi um leitor inveterado. Um de autores preferidos era Alexandre Dumas.

História romanceada, mas que retratava um mundo desconhecido que saciava o leitor. O que resta desde escritor está no Panteon em Paris. Antonio admira pessoas que transformam idéias em frases... como Martha Medeiros, que Antonio conheceu quando menina morando na rua Marques do Pombal,Porto Alegre, e no lançamento de seu último livro teve a satisfação de encontrar sua mãe e conhecer seu irmão.

Em Paris gosta muito de um bairro -Montparnasse- bairro que foi caracterizado pelos escritores e artistas que moravam por lá.

Pois este ano, repetindo as muitas vezes que já fizera, Antonio reservou, nesta caminhada.

Dez dias para a cidade luz.

Naturalmente, voltou, estivera em 1980, a Conciergerie. Antigo Palácio de Reis e depois transformada em prisão. Antonio foi mais uma vez rever a cela da Maria Antonieta e de onde ela saiu,numa carroça, para ser guilhotinada na Praça de la Concorde.

A busca do passado ajuda a entender melhor o presente.

( escrito há alguns anos...)

 

do Comunique-se

Desastre em Minas Gerais x Terrorismo em Paris: como a imprensa brasileira cobriu os dois casos?

por Nathália Carvalho*


(Imagem: Agência Brasil e Fotos Públicas)

Quinta-feira, 5 de novembro: duas barragens de rejeitos da Samarco, empresa cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, se romperam e inundaram de lama o distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. Sexta-feira, 13 de novembro: ataques terroristas em Paris, na França, deixaram mais de 120 mortos e centenas de feridos. As duas notícias pautaram a imprensa brasileira, mas em proporções bem diferentes. É isso que mostra o levantamento feito pela reportagem do Portal Comunique-se ao olhar para as mídias TV, jornal e revista. Diante da importância factual de ambas, a reportagem levou o tema a acadêmicos, que avaliaram o comportamento dos veículos de comunicação. Mas antes de abrir o debate, vamos aos dados.

Globo, SBT, Record e Band
A análise feita pelo Portal Comunique-se leva em consideração o comportamento da imprensa no início de cada fato. Ou seja, mostra como foi a cobertura do desastre em Minas Gerais nos dias 5, 6, 7 e 8 de novembro, e as notícias dos ataques em Paris nos dias 13, 14 e 15 do mesmo mês. A começar pelas emissoras de TV, a Globo dedicou, aproximadamente, uma hora e 12 minutos de sua programação, ao longo dos quatro dias analisados, para abordar a pauta nacional. Os programas que entram no estudo são os jornalísticos 'Hora Um', 'Bom Dia Brasil', 'Jornal Hoje', 'Jornal Nacional', 'Jornal da Globo' e 'Fantástico'. No total, 17 reportagens foram apresentadas. Fabiana Almeida, Ricardo Soares, Viviane Possato, Cristiane Leite, Fernando Moreira, Aline Aguiar e Ismar Madeira foram alguns dos jornalistas envolvidos nessas coberturas. O Portal Comunique-se observou que a emissora não criou especiais sobre o tema. Quando o assunto é o ataque em Paris, o canal reservou, aproximadamente, três horas e 54 minutos de sua grade para abordar o tema nos dias 13, 14 e 15. As reportagens foram veiculadas nas mesmas atrações mencionadas, sendo que 'Hora Um' ganhou edição extra no sábado, 14, especialmente para falar do tema. Além disso, 'JN' e 'Fantástico' também tiveram edições dedicadas à pauta. Os correspondentes foram movimentados e nomes como Carolina Cimenti, Cecília Malan, Márcio Gomes, Ilze Scamparini, Pedro Vedova, Roberto Kovalick, Fábio Turci, Alan Severiano, Sandra Coutinho, Tonico Ferreira, Jorge Pontual e Marcos Uchôa reportaram os acontecimentos - diretamente da capital francesa e de outras cidades. No total, 68 reportagens foram apresentadas.

O mesmo acontece com outras duas emissoras. SBT, por exemplo, transmitiu, aproximadamente, 16 minutos de reportagem sobre o desastre em Minas Gerais nos programas 'Jornal do SBT' e 'SBT Brasil'. Fernanda de Andrade e Sid Marcus estão na lista dos repórteres que cuidaram da pauta. No total, oito reportagens foram veiculadas. A notícia sobre os ataques terroristas ganhou espaço de 45 minutos nas mesmas atrações com informações de Elcio Ramalho, Karina Pachiega, Daniel Adjuto, Yula Rocha e Sérgio Utsch. O canal, assim como fez a Globo, entrevistou o especialista Heni Ozir Cukier para falar sobre a violência. No total, 18 matérias foram apresentadas sobre o atentado.

A Record veiculou 40 minutos de conteúdo sobre a pauta nacional nos noticiários 'Balanço Geral Manhã', 'Fala Brasil' e 'Jornal da Record'. Para cuidar da apuração, estavam envolvidos os jornalistas Virgínia Nalon, Sálua Zorkot, Helen Oliveira e Luiz Carlos Azenha. Quinze reportagens foram ao ar. O tema internacional ganhou no canal, aproximadamente, uma hora e sete minutos com matérias de André Tal e Jonathas Mello, jornalista que colaborou com as informações. Ele mora em Paris e falou de maneira especial para a emissora. Foram veiculadas 25 reportagens.

A Band foi a única que apresentou dados distintos. Em seus programas 'Café com Jornal', 'Brasil Urgente', 'Jornal da Band' e 'Jornal da Noite', a emissora usou uma hora e 44 minutos da grade para falar sobre o caso em Minas Gerais com 26 matérias. Para os ataques em Paris, uma hora e dois minutos foi reservada para o tema. No total, o canal colocou no ar 23 reportagens, sendo que o correspondente Milton Blay estava envolvido na cobertura.

CartaCapital, Época, Veja e IstoÉ
Quando os fatos aconteceram, as revistas semanais já tinham definido suas capas. CartaCapital, Época, Veja e IstoÉ tiveram a oportunidade de tratar do desastre em Minas Gerais na capa desta semana, já que o evento foi no dia 5 de novembro. Em todas as publicações, exceto em Veja, o caso ganhou chamadas na capa, mas não como destaque principal. A Época chegou a criar especial sobre o assunto, mas os ataques em Paris fizeram com que o material ficasse em segundo plano. Veja, abaixo, como cada título trabalhou ao longo das duas semanas:
Capas - Revistas Semanais


Correio Braziliense, Diário de Pernambuco, Estadão, Estado de Minas, Folha de S. Paulo, Gazeta do Povo, O Globo, O Tempo e Zero Hora

Quando a análise chega aos impressos diários, é possível ver que as duas pautas ganharam as capas. Correio Braziliense, Diário de Pernambuco, Estadão, Estado de Minas, Folha de S. Paulo, Gazeta do Povo, O Globo, O Tempo e Zero Hora trabalharam a tragédia de Minas Gerais e os ataques em Paris de maneira parecida, com capas destacando o caso brasileiro nos dias 6, 7 e 8 de novembro e a pauta internacional como foco nos dias 14, 15 e 16. A diferença está nas publicações locais. Mesmo diante do terrorismo internacional, Estado de Minas e O Tempo mantiveram o caso nacional em evidência. Veja as capas na galeria abaixo:
Capas Jornais - 6, 7 e 8 de Novembro
Capas Jornais - 14, 15 e 16 de Novembro

Valor notícia?
Quem conversou com a reportagem do Portal Comunique-se foi a coordenadora do curso de jornalismo da Cásper Líbero, Helena Jacob, e o coordenador do curso de jornalismo da PUC do Rio Grande do Sul, Fábian Chelkanoff Thier. Ao terem conhecimento dos dados levantados pela reportagem, eles concordam que as duas notícias são de extrema importância, mas foram enfáticos ao dizer que a imprensa não deu a verdadeira dimensão para o caso de Minas Gerais nos primeiros dias de cobertura. Eles levantam, ainda, alguns motivos para isso ter acontecido.

Segundo Helena, falar em "desastre natural" ao noticiar que as barragens romperam é um erro. Trata-se de desastre tecnológico, avalia. "A cidade estava arrasada, a lama continuava correndo, chegou ao Rio Doce e só depois, motivada pelas redes sociais, a imprensa viu que era muito mais sério. Houve despreparo, mas acredito que agora os veículos estão correndo atrás do prejuízo". Segundo a professora, que acompanhou a cobertura dos dois casos, o trabalho está equilibrado nesta semana.

Ela conta que os ataques em Paris ganharam mais destaque porque existe miopia no jornalismo. "Paris é lugar importante para a cobertura internacional, mas o mundo não é somente isso. O que acontece é que existe espetacularização midiática sobre o tema, já que as pessoas conhecem a França, o público tradicional da imprensa conhece as grandes capitais e isso direciona a cobertura porque tem identificação. Porém, isso não justifica não cobrir fatos nacionais". Helena afirma que a cobertura sobre os ataques terroristas foi positiva, mas ressaltou que se não tivesse pressão das redes sociais, os veículos iriam cobrir a pauta fortemente ao longo desta semana sem dar atenção aos problemas do próprio país.

De acordo com Chelkanoff Thier, pautas internacionais, ainda mais quando se fala em terrorismo, sempre serão muito importantes, no entanto o que se viu na cobertura de Minas Gerais é que a maior tragédia ambiental do Brasil foi colocada em segundo plano por questões econômicas e financeiras. "A impressão que tenho é que os veículos têm medo de falar sobre a Vale. A Samarco cometeu erro gravíssimo contra a população, mexeu com vidas e um distrito inteiro, e ninguém diz nada?", questiona.

Para o acadêmico, a situação ainda tem agravante: pauta ambiental tem menos prestígio e é tratada de maneira secundária no Brasil. "Alguns especialistas defendem que por 100 anos vamos pagar pelo que aconteceu em Mariana. Só que o que vai acontecer no futuro acaba não ganhando espaço na imprensa. Vamos ter problemas de flora e fauna, de água, que já vive crise, e não se fala, pois o que acontece agora é mais importante do que vai acontecer. É um erro do jornalismo de maneira geral. A imprensa é imediatista".

Chelkanoff Thier compara o que aconteceu em Minas Gerais com o caso da boate Kiss, que matou mais de 240 pessoas no interior do Rio Grande do Sul. Ele lembra que os âncoras deixaram as bancadas para apresentarem os jornalísticos no local. "Existe problema grande de critério no jornalismo brasileiro. Por qual motivo o apresentador não foi até o local ver a situação de Minas Gerais? Por que não enviaram mais jornalistas? Esse rompimento foi tão grave quanto o caso do incêndio em Santa Maria. Não há como mensurar a tragédia que foi o caso de Minas e a mídia não fala com proporção sobre o tema". O professor concorda com Helena do ponto de vista das redes sociais. Para ele, as mídias alternativas ajudaram a noticiar e criar comoção diante do caso.

*Colaborou Tácila Rubbo.

 

de Serafina

olha só que chic...o marido da nossa colega ,o alban, adesso no me ricordo mia al nome,ganhando o MERITO TALIAN. seu principal trabalho nos eventos é cuidar da cria enquanto a nossa coleguinha adri, cuela de la santana, faz fotos do bico branco e sua turma(OC)

De: imprensa
Enviada: Quarta-feira, 18 de Novembro de 2015 10:40

sim, o meu marido recebeu o Mérito Talian

 

Palestra Show Sou um Homem Nota 10!

O movimento Novembro Azul integra a programação mundial para conscientizar o gênero masculino da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e para intensificar as ações para a promoção da saúde do homem. O Poder Público Municipal também integra esse movimento através do Novembro Azul em nosso município. A Secretaria de Saúde, através da Vigilância em Saúde, convida toda a população para a Palestra Show Sou um Homem Nota 10! com Fábio Fiel, no dia 26 de Novembro de 2015, quinta-feira, às 20h, na Câmara de Vereadores. Com descontração, humor e energização positiva, Fábio Fiel abordará os segredos para viver mais e melhor, doenças que o homem tem que conhecer e prevenir. Participe! Haverá distribuição de brindes e a entrada é gratuita. Palestra Show Sou um Homem Nota 10! com Fábio Fiel, no dia 26 de Novembro de 2015, quinta-feira, às 20h, na Câmara de Vereadores.

 

Serafina Corrêa: liberado recurso de emenda de Covatti Filho para a saúde

O deputado federal Covatti Filho (PP/RS) recebeu do Ministério da Saúde a confirmação do pagamento de R$ 150 mil para o Hospital Nossa Senhora do Rosário, de Serafina Corrêa, roveniente de emenda parlamentar de sua autoria. Os recursos serão destinados para aquisição de equipamentos a fim de suprir as necessidades hospitalares e proporcionar melhorias no atendimento à comunidade. “Este é um compromisso que assumimos e a confirmação dos recursos nos enche de orgulho”, comemora Covatti Filho. Segundo ele, de todos os serviços públicos, o atendimento em saúde é primordial. “O Estado tem o dever de fornecer a todo paciente o direito de ser tratado dentro de sua comunidade, com hospitais aparelhados e atendimento médico qualificado”, destaca.

 

Vice-Prefeito participa de Missão em Israel

A Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste, AMESNE, realizou, de 06 a 14 de Novembro de 2015, a Missão de Prefeitos e Vice-Prefeitos para o Estado de Israel, onde vivem cerca de oito milhões de habitantes, sendo que um milhão vive em Tel Aviv, cidade que nasceu em 1909. Hoje, o Governo de Israel disponibiliza 60% do orçamento em segurança.

O Vice-Prefeito de Serafina Corrêa, Francisco Bernardo Mezzomo, esteve participando da Missão que reuniu Chefes de Executivos de toda a região. Nesses dias, as autoridades estiveram visitando uma estação de tratamento de água, uma granja com cerca de mil vacas leiteiras e 800 novilhas, com a explanação da história, técnicas de produção e demais informações importantes sobre o setor. A região é um deserto, chove apenas um mês por ano, por isso, todo o Estado de Israel é irrigado com técnicas de tratamento de esgotos e água do mar. Muito interessante o sistema de gotejamento e de sobrevivência da região. Durante a Missão, os Prefeitos e Vice-Prefeitos visitaram também uma estufa de hortigranjeiros, com técnicas de produção de brotos, legumes e verduras para consumo e exportação.

A produção de vinhos também foi um tema que contou com a visita técnica, durante a Missão em Israel. Os Chefes dos Executivos estiveram em um vinícola, uma das maiores do país, que possui 200 hectares de videiras, todas com gotejamento de água e produção de 20 toneladas de uva por hectare e 300 milhões de garrafas de vinho, na qual 27% é exportado e o restante é consumido no próprio estado. Outro importante destaque da viagem de estudos foi a visita ao Ministério da Agricultura de Israel, órgão semelhante à Embrapa do Brasil. Lá, com a explanação de um brasileiro, os Prefeitos e Vice-Prefeitos ficaram conhecendo o trabalho de melhoramento genético de sementes e técnicas de produção.

Para o Vice-Prefeito Francisco Bernardo Mezzomo, a Missão AMESNE em Israel foi de muita importância, o que poderá, no futuro, ser aproveitado o conhecimento obtido em projetos para melhorar a produção e agricultura nos municípios da Serra Gaúcha. São técnicas avançadas, que demandam de muito estudo e investimentos para implantar e adequar a nossa realidade, destaca o Vice-Prefeito.


18 de novembro de 2015

de Paris

por apmc

oi, pai.
normal não. o cotidiano esta voltando aos poucos.
mas a cidade esta realmente de luto e as pessoas com muito medo.
esperamos aue aos poucos as coisas melhorem.
beijos.

 

Feira do Livro

olivio dutra tb participou no dom da sessão de autografos do livro sobre orçamento participativo.

depois a noitada continuou no bar do margs até as 11 hs da noite.

 

61ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre cresce em vendas e público

Foto: Luis Ventura


Foram autografados 741 títulos, em 631 sessões de autógrafos. Na Área Infantil e Juvenil foram mais 22 sessões de escolas

A 61ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre superou as expectativas. Durante os 17 dias de evento foram comercializados cerca 445 mil exemplares, crescimentos de 11,25% em comparação ao ano anterior. No período, cerca de 1,5 milhão de pessoas circularam pela Praça da Alfândega, aumento de 7%. Os números foram divulgados pela direção da Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL) na manhã desta terça-feira (17).
A programação com assuntos atuais e alinhados ao tema da campanha deste ano, que propôs uma reflexão na sociedade com a ideia de que livros ajudam a pensar, os preços convidativos e o tempo seco, que predominou em grande parte do período, foram alguns dos principais fatores que contribuíram para elevar os números.
Do total deste público, o presidente da Câmara do Livro, Marco Cena acredita que a maioria esteja entre os jovens. "Foi perceptível a presença maciça desse público entre 15 e 25 anos." A percepção reflete o cenário nacional, em que essa faixa etária tem impulsionado o mercado editorial. "Eles são economicamente ativos e acompanham seus ídolos," avalia. Sessões de autógrafos de autores para essa faixa etária, com duração acima de 4 horas, são bons exemplos.
Este ano, a Feira do Livro contou com 113 expositores. Foram autografados 741 títulos no período entre 31 de outubro e 15 de novembro, em 631 sessões de autógrafos. 578 sessões ocorreram na Praça de Autógrafos; 53 sessões de autógrafos coletivas ocorreram no andar térreo do Memorial do RS; 1 sessão aconteceu no Teatro Carlos Urbim, com Alceu Valença no dia 1/11, às 21h. Na Área Infantil foram mais 22 sessões de autógrafos de escolas.
A programação para público adulto recebeu 15 mil pessoas e contou com um total de 258 atividades, entre encontros, oficinas, apresentações artísticas e seminários. Na Área Infantil, foram 552 turmas agendadas, além das visitas sem agendamento, que participaram das 463 atividades, desde encontros com autores, ilustradores, seminários, contações de histórias, apresentações de teatro, oficinas até exposições, entre outras.

Acessibilidade

A 61ª Feira do Livro de Porto Alegre proporcionou acesso ao universo da literatura a todo tipo de leitor. Quem não enxerga as letras com os olhos, pôde tocá-las ou ouvi-las: as histórias chegavam às pessoas com deficiência visual através de livros em braile ou audiolivros. Os que têm deficiência auditiva contavam com intérpretes de libras. Pessoas com dificuldades locomotoras podiam pegar emprestadas cadeiras de rodas; rampas de acesso também foram instaladas em toda a Praça da Alfândega. Confira abaixo os serviços de acessibilidade da Feira do Livro:

• Visitas guiadas para deficientes visuais;
• Intérprete de libras para atender deficientes auditivos;
• Livros em braile e audiolivros – é possível viabilizar filmagens dos deficientes visuais interagindo com os livros.
• Os balcões de saldo esse ano já foram adequados para cadeirantes, com altura de 90cm. As abas de barracas, de livreiros e editoras, também foram adaptadas para este público;
• Paradesportistas – o RS Paradesporto, entidade mantida pelo Criança Esperança, também participou.
• Empréstimo de cadeiras de rodas;
• Os ônibus e trens da capital gaúcha destinaram bancos prioritários para o leitor da Feira. Adesivos indicativos sinalizam o espaço para o leitor.

 

andré barrionuevo

segundo o andré barrionuevo, há um dono de spa que ficou viúvo em poa. será????gozador este andré

* andré votaria no jair BOLSANARO. oh, loko, como diz o faustão...

* fissurado por uma coleguinha fotógrafa, andré um dia ia saindo da zh e ela ia subindo com as tetas grudadas na camisete ,sem soutien,pq tinha pego chuva.

- bati muitas punhetas em homenagem a ela, me contou

 

ESQUERDA CAVIAR....

Tadeu esqueceu de visiita seu amigo BETO CANARINHO NO ODEON, onde sp vai qdo vem a poa(mora em BSB).

por isto não teve a faina de ter que trazer de cuba um charuto pro amigo de traquinagens da juventude.

* BICUDO tb procurou por tadeu no odeon, mas ele não pintou no pedaço.

* BETO, nosso informante, ficou sabendo por umamigo comum, que tadeu voara pra Cuba, onde não se sabe se teve um encontro com o BARBUDO, ou com o presidente RAUL CASTRO.

* com todo o respeito ao TADEU, pq ele hospedava PRESTES EM BLUMENAU, qudo isto não era charmezinho, era risco.

 

ESQUERDA CAVIAR, OU QUE GOSTA DE CHARUTO BOM....

depois de fazer um pit stop na feira do livro de poa, o coleguinha TADEU PICINHA- apelido da FOLHINHA - ou ' poste', apelido dos amigos, voou pra HAVANA.

 

Nega Lu

o beto canarinho que conheceu muito bem a nega LU gostou do livro do teixeira sobre o traveco.

 

Direito de resposta do Capincho

De: letier12
Enviada: Terça-feira, 17 de Novembro de 2015 10:05

"Eu, que só tenho voz nesse meio de comunicação através de medidas judiciais... sinto-me alijado do processo perante a face maquiavélica, asquerosa, vendilhona e sem escrúpulos do editor deste blog."

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Sabado

e eu quase fui lá vender livros(OC)

De: letier12
Enviada: Terça-feira, 17 de Novembro de 2015 09:00

E pro teu governo não tinha NADA do PDT sábado aí em POA...

kkkkkkk

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Cinema

bom o ciclo ORSON WELLES NO CINEMA DA URGS

 

MODORRA GAÚCHA

por Eron Duarte Fagundes

Beira-mar (2015), de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, tem a virtude de propor uma visão da juventude gaúcha no século XXI: seus hábitos pós-modernos, seu linguajar, sua forma particular de exercer sua sexualidade (ou sua homossexualidade ou sua bissexualidade), seus vícios cotidianos. Os realizadores ousam dispor em cena, lado a lado com a disponibilidade dos atores, uma cena final de homossexualismo muito próxima do explícito. Os aspectos desgarrados das personagens e uma certa tensão plástica nos corpos nus masculinos que se enovelam nos enquadramentos parece que provocaram por aqui, nestes rincões, destemperos moralistas, coisas de nosso mofo gaúcho. Não é o que acontece na trajetória nacional e internacional do filme, onde as características de uma plaga distante e diferente percorreu a curiosidade de alguns espectadores mais soltos.
O problema do filme de Matzembacher e Reolon é uma certa modorra de filmar, uma inata incapacidade de dar ao cotidiano um relevo fílmico mais forte. A linguagem cinematográfica se afigura frequentemente amorfa. É pena: pois há dentro do filme elementos que poderiam fazer com que esta viagem a uma praia abstrata e quase mítica se transformasse numa aventura prazerosa para o observador.

 

do Comunique-se

Sidney Rezende é demitido da GloboNews depois de 18 anos na emissora

Após completar 18 anos na GloboNews, tendo integrado a primeira equipe do canal de notícias, o âncora Sidney Rezende foi demitido na última sexta-feira, 13. A emissora confirmou, em comunicado, a decisão de não renovar contrato com o apresentador e fez elogios à conduta do profissional, classificado como “um jornalista completo”.


Rezende criticou a postura de colegas que estariam de "má vontade" com o governo (Imagem: Divulgação)

O diretor de jornalismo e esporte da Globo, Ali Kamel, teria dito que “relações profissionais podem ser interrompidas, sem que isso signifique que não possam ser retomadas mais adiante”, conforme noticiado pelo colunista Flávio Ricco, em seu espaço no Uol. Um dia antes da demissão, Rezende publicou em seu perfil no Facebook e blog pessoal o texto “Chega de Notícias Ruins”, em que faz críticas ao olhar seletivo do jornalismo no Brasil e defende que pautas positivas também merecem espaço.

“Há uma má vontade dos colegas que se especializaram em política e economia. A obsessão em ver no Governo o demônio, a materialização do mal, ou o porto da incompetência, está sufocando a sociedade e engessando o setor produtivo”, escreveu Rezende, que acumula 30 anos de carreira, tendo passado pela extinta TV Manchete e Band Rio, além de possuir um site de notícias, o SRZD. A análise ainda passou sobre o que seria o papel dos jornalistas. “Não nos cabe juízo de valor do que seria o certo no cumprimento do dever”.

Há um mês, a GloboNews também demitiu o âncora Eduardo Grillo, profissional que estava na casa desde 1996, tendo participado da primeira transmissão do canal de notícias, ao lado de Renata Vasconcellos, e comandado programas como ‘Em Cima da Hora’, 'Pelo Mundo' e ‘Jornal da GloboNews’.

 

Aniversário

haver´pa transporte para lá???olides

 

do blastingnews.com

Correios apresenta rombo de 900 milhões de reais em 2015

Com tarifas defasadas e rombo no fundo de pensão dos funcionários, a empresa fecha 2015 na UTI.


Em 20 anos, empresa fechará no vermelho

Uma das empresas mais bem conceituadas e mais presentas na rotina dos brasileiros, os Correios, amargam uma caótica situação financeira nos últimos tempos. A empresa enfrenta uma das mais terríveis crises econômicas, saindo de uma situação com o menor lucro da sua existência, até fechar com um prejuízo próximo de 1 bilhão de reais até o final de 2015. Esta será a primeira vez, em um período de vinte anos, que a instituição irá amargar um prejuízo, além disto, com uma cifra tão assustadora. O presidente, recém empossado, sinaliza com medidas, ao mesmo tempo, amargas e emergenciais, para tentar salvar o que resta desta nossa empresa brasileira.

Giovanni Queiroz, presidente dos Correios, assumiu o cargo no último dia 12 de novembro e teve que se deparar com uma situação nada agradável. A crítica situação econômica que os Correios enfrentam nos últimos anos. Não poupando as críticas ao atual governo de Dilma Rousseff, Queiroz herda de seus antecessores uma empresa que enfrenta uma grande desvalorização de suas tarifas de serviços. O último reajuste das tarifas aconteceu em 2014, entretanto, pela análise do presidente, não foi suficiente para cobrir a inflação do mesmo período, da época do reajuste até o ano atual. O governo fez questão de aumentar a gasolina, para cobrir os custos de produção, na Petrobras, com um reajuste superior à inflação, entretanto parece ter esquecido dos Correios.

Outro grave problema, é com relação ao rombo no fundo de pensão dos funcionários da empresa, a Postalis. Os Correios foram obrigados a abater de sua reserva de mais de 1 bilhão de reais, formado ao longo de seis anos, como provisionamento, o prejuízo do fundo. Como resultado, empresa fechou o ano de 2014, com um lucro aproximado de 10 milhões de reais. Este foi considerado o pior lucro de toda a história da empresa.

A crise econômica e a falta de investimento na melhoria de sua infraestrutura logística irão contribuir para que a empresa amargue um prejuízo assustador de quase 1 bilhão de reais ao final de 2015. Os custos com despesas estão crescendo mais que as receitas. Além disto, os Correios enfrentam a concorrência de empresas que estão oferecendo serviços de entregas semelhantes ao seu maior produto, o Sedex.

Para efeito de comparação, uma entrega de alguma encomenda entre o trecho Brasília e a cidade de Redenção, no Pará, leva dez dias para chegar via Sedex. As empresas de entregas realizam o mesmo serviço, entregando a mesma encomenda no dia seguinte. O uso crescente da internet, também, tem contribuído para que a empresa possa se adequar a um fenômeno da diminuição do volume de correspondências, que ainda não tem ocorrido, mas que poderá afetar o seu faturamento em um futuro próximo.

Como medidas para tentar socorrer a empresa, o seu novo presidente propôs um corte nos salários dele mesmo e do vice -presidente . De fato, o conselho votou a favor da redução do salário do mesmo de 46 mil para 27,8 mil reais, assim como do vice que foi reduzido de 40 mil para 24 mil reais por mês.

 

de Serafina

Berçário Industrial grava primeiro programa de TV

Na sexta-feira, 13 de Novembro de 2015, as empresas do Berçário Industrial realizaram a primeira gravação de Programa de TV: Turismo do Sul pela TPC TV, a fim de divulgar os produtos e marcas, além da oportunidade de gravar no próprio Berçário Industrial. Na oportunidade, o Prefeito Ademir Antônio Presotto deu as boas vindas e iniciou as gravações, ressaltando a extrema importância deste incentivo e da excelente oportunidade para as empresas que lá estão instaladas. As empresas tiveram a oportunidade de divulgar seus produtos e demonstrar as atividades diárias de cada um. Além da gravação, garantem um espaço de publicidade em uma revista na qual tem parceria com a TV, que será distribuída em toda região do Sul do país. O Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Silmar Santin, e a Diretora de Departamento de Desenvolvimento Econômico, Francine Rostirolla, finalizaram as gravações, falando sobre o trabalho da Secretaria junto aos empresários, bem como de toda a Administração Pública, buscando o bem-estar da população, o desenvolvimento do município e a qualidade de vida para todos.

 

Mais uma empresa no Berçário Industrial

No mês de Novembro de 2015, a empresa Bellinda Confecções de Lingerie iniciou suas atividades nas dependências do Berçário Industrial, tendo como sócio proprietário Joacir Apolinário. Mais uma empresa beneficiada com os incentivos que o Poder Público de Serafina Corrêa, que proporciona aos empreendedores de nosso município, além do auxílio aluguel, isenção de impostos municipais. Uma oportunidade para desenvolver e garantir um futuro próspero para a empresa, pois empreender é também agregar valor, saber identificar oportunidades e transformá-las em um negócio lucrativo.

 

Reunião com Diretoria do SENAI

Na sexta-feira, dia 06 de Novembro de 2015, em Serafina Corrêa, aconteceu a reunião com a Diretoria do SENAI, através do Gestor Leandro da Costa Leite Menezes e do Coordenador Pablo Balestieri, representantes de algumas empresas de nossa cidade ligadas ao Jovem Aprendiz e a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, através do Secretário Silmar Santin. Na ocasião, foram tratados assuntos referentes ao encerramento do ano e o planejamento para o próximo ano, as ofertas de cursos, unidades móveis e o novo termo de cooperação entre o Poder Público e a Escola do SENAI. É de extrema importância manter esta parceria, pois as empresas estão preocupadas com o futuro dos jovens aprendizes que tem a oportunidade de qualificação desde cedo e ainda inseri-los no mercado de trabalho.

 

Serafina Corrêa recebe mais três unidades móveis do SENAI

Em parceria com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, a comunidade serafinense novamente tem a oportunidade de receber três unidades móveis, ou Carretas do SENAI com diferentes opções de qualificação, infraestrutura completa, equipamentos de última geração, seguindo todos os padrões de segurança no trabalho em máquinas e equipamentos e está preparada para atender, inclusive, pessoas com deficiência. Desenvolver e qualificar profissionais são nosso principal objetivo, proporcionando cursos de qualificação, capacitando para a eficiência e o aumento de produtividade, promovendo a fixação de mão de obra qualificada. Os cursos são oferecidos em diversos segmentos, na área de alimentação, na área automotiva, na área de soldagem, mecânica, entre outros. No mundo atual e globalizado em que vivemos, o mercado de trabalho mostra-se cada vez mais exigente e a busca por uma colocação profissional não é mais uma questão de empenho ou de sorte e sim de qualificação, que deve ser vista como fator determinante para o futuro daqueles que estão buscando uma colocação no mercado de trabalho. Mais informações sobre os cursos, valores e inscrições, com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico: 3444 1113.

 

Bento Gonçalves sediou o 19º Encontro dos Difusores do Talian e V Fórum da Língua Talian

Nos dias 13, 14 e 15 de Novembro de 2015, o município de Bento Gonçalves sediou a 19ª edição do Encontro Nacional dos Difusores do Talian e V Fórum Brasileiro da Língua Talian. Os eventos foram promovidos pela Associação dos Difusores do Talian (ASSODITA) e pela Federação das Associações Ítalo Brasileiras do Rio Grande do Sul (FIBRA/RS) e reuniu entidades italianas, radialistas e difusores do Brasil e Itália. Na sexta-feira, 13, as palestras foram proferidas por Ana Paula Seiffert, do Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística – Florianópolis – SC; e José Clemente Pozenato - da Universidade de Caxias do Sul – RS. O sábado, 14 de Novembro, teve a participação de diversos profissionais, em Mesas Redondas que oportunizaram muito aprendizado e troca de informações. Uma delas contou com a participação da Secretária de Educação de Serafina Corrêa, Morgana Áurea Rech, que falou sobre o Talian Língua Cooficial ao Português – Experiência Municipal. Também tiveram a oportunidade de explanar sobre o tema do Encontro e do Fórum: Darcy Loss Luzzatto; Júlio Posenato; Aladir Ferro; Paulo Massolini; Nedi Locatelli; Roberto Cervo; Alex Eberle; e João Tonus. Ainda no sábado, 14, houve o Jantar Festivo Seconda Note Vèneta, com entrega do Troféu e Diploma Mérito Talian / 140 Anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul e baile com o Musical Giramondo, na Sociedade Educativa Barracão, em Bento Gonçalves. No domingo, dia 15 de Novembro, houve ato religioso e temas livres, participação de Edgar Maróstica, Carta de Bento Gonçalves e assuntos gerais. O encerramento contou com almoço talian na Comunidade Linha Paulina.

 

Escola Municipal Agrícola realiza Mostra do Conhecimento

Nos dias 11 e 12 de Novembro de 2015 ocorreu, na Escola Municipal Agrícola, a Mostra do Conhecimento. Nesse período, a Escola recepcionou os alunos dos 5º e 6º Anos do Ensino Fundamental da rede pública municipal, professores, funcionários e direção das Escolas que prestigiaram os trabalhos desenvolvidos pelos alunos no decorrer do ano letivo. A Mostra teve também a participação especial do Poder Público Municipal, que na tarde da quinta-feira, 12, contou com a presença do Prefeito Municipal Ademir Antônio Presotto e demais representantes. A Escola Municipal Agrícola agradece às Direções das Escolas que gentilmente aceitaram o convite realizado, ao público em geral que prestigiou o evento e, especialmente, aos alunos, funcionários, técnicos e docentes da Escola Municipal Agrícola, os quais asseguraram o sucesso da atividade proposta.


17 de novembro de 2015

do Centro

os sem - teto ocuparam um prédio na Ladeira X Andrade Neves......

tem mais que ocupar mesmo, é minha opinião.....(OC)

ficam estes prédios públicos anos e anos vazios. pelos menos com habitação popular tem uma destinação. não importa que não paguem IPTU...e os capitalistas que especulam com terrenos e não pagam IPTU tb?????ou pagam IPTU baixo..estes podem.....!!!!!

 

de Paris

por apmc

Oi, pai.
Esta mais calmo, mas não esta tranquilo.
As pessoas estão visivelmente com muito medo e muito tristes, o que é compreensivel.
A cidade esta de luto.
Comprei teu jornal ontem, quando pude sair para correr um pouco por perto de casa.
Beijo. Te cuida por ai.
Ana

 

paris

se Voltar a cidade luz quero ir nas ruas ' mal cheirosas' da cidade que o estado islamico comunica....

gostei do adjetivo deles.então PARIS FEDE. SÓ O LAURINHO,DESLUMBRADO, QUE NÃO SENTE O ODOR DOS FRANCESES OPRESSORES DO POVO ISLAMICO.

 

da Rodoviária

a banca MUNDIAL da rodov sendo reformada.....

 

O AMOR E LINDO, MAS A GRANA FALA MAIS ALTO....

Pues sucedeu-se nos anos 80/90;;;;

a viúva rica encantou-se com um elemento jovem,sedutor e além de tudo, ainda lançando livros com enorme filas de mulheres na pr. da alfandega.

não deu outra. foram morar num condominio nos afuera como se diz no castelhano....lá podiam ouvir o canto dos passarinhos,enquanto se amavam ao amanhecer...

será que a viúva tava se vingando do falecido???? sabe-se lá.....

só que o gajo foi filmando tudo, colhendo provas....

e pediu alto pra sair fora do amor eterno....parece que tinham oferecido um milhão e meio de reais///

mas ele puxou o valor pra 4 ou 5 milhões....

feito o acordo, nunca mais se ouviu falar do gajo, em nenhum jornal muito menos na GAZETA DOS PAMPAS....( nome ficticio,claro)

sabe-se que um dos filhos da viúva lamentou muito a quantia que teve que gastar.

é o amor é lindo, mas os interesses falam mais alto

 

MARCO VAI BAILAR....

comentário hj de manha no sind dos jorn sobre a morte da dona ione:

- agora o marco aurelío vai bailar.

feito por um EX ZH.....e ex-presi do sindic

 

alzheimer

glei soares é quem está cuidando da mãe que está com o mal....

* às x ela sai,sozinha, e alguém avisa o glei:

- olha tua mãe tá em tal lugar....

lá corre o glei....

neste dom ela estava na feira do livro, mas vi que não se lembrou de mim....nem de outros(OC)

 

Papagaios

COLEGUINHA GELCIRA TELES SABE TUDO DO PAPAGAIO DA BIENAL. DIZ QUE TEM ATÉ UM BIOLOGO PAGO PRA CUIDAR DO PAPAGAIO ENGAIOLADO NA USINA DO GAZOMETRO.

QUE PALHAÇADA.

 

Memória

silva rillo chega ao céu, na visão do sampaulo

 

feira

vi muitos funcionários da feira usando os banheiros do santander. nãot eve banheiros químicos este ano???

 

Feira do Livro

adeus feira do livro. até o ano que vem !!!!!!!!!

 

feira

depois de 17 dias convivendo, os barraqueiros da ari fecharam a tenda neste domingo. e foram se despedindo dos colegas das barracas ao lado. a sirlei nem esperou o maracatu chegar. deviam estar ' podres' de tanto ficar em pé, ou sentados mesmo.

 

Livro

nubia participa de LIVRO CHAPA BRANCA.....a voltas que a vida dá...vi muito anubia cvhorar pq o felhberg tirava paginas da geral e agora ela VIROU CHAPA BRANCA ASSUMIDA..(oc)

 

PUJOL

ENCONTREI O VEREADOR PUJOL NA FEIRA DO LIVRO.

me lembrei do bordão do melchiades no porta-larga:

' pra ganhar uma casa no mol, vote no PUJOL'.

 

ACABOU ! A Feira da SUPERAÇÃO

o Olivio que sempre aparecia no final da feira do livro, não aparece nestes créditos(OC)

Foto: Otávio Fortes

"Foi a Feira da superação", diz presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro

Foram cerca de 700 sessões de autógrafos, 300 atividades para crianças, jovens e professores e 145 encontros com autores em escolas, na etapa prévia e paralelamente ao evento. Além de mais 220 encontros com autores, 48 programações artísticas e 24 oficinas para o público adulto.

Ao som do gaiteiro Vitor Hugo, o cortejo liderado pelo patrono Dilan Camargo e pelo presidente da Câmara do Livro (CRL), Marco Cena, partiu da Área Infantil e Juvenil, entoando o tradicional canto "Ai, ai, ai ai, tá chegando a hora..". Era o sinal de que chegava ao fim, na noite deste domingo, 15/11, mais uma edição do maior evento literário a céu aberto das Américas: A Feira do Livro de Porto Alegre. No meio do percurso, o encontro com o Maracatu Truvão completou a festa a alegria de todos. Ao entregar as centenas de rosas aos livreiros, os sorrisos estampados em todas as bancas simbolizavam o sentimento de "missão cumprida".

O ano difícil da economia, que impactou de forma significativa diversos eventos culturais pelo país, também refletiu na realização da 61ª Feira do Livro de Porto Alegre. Depois de um longo planejamento e 17 dias de programação, Marco Cena definiu a edição de 2015 como a "Feira da superação".

"Suplantamos muitos obstáculos para realizar esta Feira. Fomos impactados pela crise, mas conseguimos promover um evento com a mesma qualidade dos anos anteriores," destacou o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Marco Cena.

A conclusão é de que a crise trouxe novos desafios e oportunidades. "Fomos mais criteriosos com a programação, para que ela tivesse a ver com o conceito da campanha e, ao mesmo tempo, buscamos temas mais acessíveis e atuais", avalia Cena. O resultado, segundo Marco, foi uma presença maior dos jovens e adolescentes. "Era perceptível a maior participação dos jovens, tanto nas barracas quanto nas mesas e atividades paralelas."

Os livreiros também conseguiram fazer um realinhamento dos preços, tornando-os mais "convidativos" para os consumidores. "São aspectos importantes dessa edição e que contribuíram para atrair o público."

Para o patrono, Dilan Camargo, esta Feira justificou plenamente seu tema "Livros ajudam a pensar". Na avaliação do anfitrião do evento, a própria Feira, diante das dificuldades, tanto de clima quanto financeiras, soube se repensar. "Justamente em momentos de crise e dificuldades, as pessoas se voltam para reflexão. Buscam compreender melhor a situação e os livros são pontos de apoio." Ainda segundo Dilan, isso também se refletiu diretamente na relação dos livreiros com os frequentadores. "Tenho colhido testemunhos satisfatórios de vendas. Alguns, inclusive, afirmando que venderam mais que no ano passado."

Sobre a experiência de ser patrono, Dilan fez uma analogia do caminho que percorreu na Praça da Alfândega com o de Compostela, na cidade de Santiago de Compostela, na região da Galícia, na Espanha. "Além de percorrer as alamedas e ruas da Praça, fiz minha caminhada interna. Foi uma nova descoberta, em que assumi novas responsabilidades e compromissos como escritor e comigo mesmo."

Ele diz que sentiu o valor de ser patrono e o quanto sua representatividade é importante para as pessoas. "Pude sentir o quanto as pessoas valorizam a figura do patrono, mas acima de tudo, a feira e suas adversidades desse ano fortaleceram em mim a convicção de que esse evento faz parte da identidade da cidade, por isso sempre vai existir."

 

Balanço da Feira do Livro será apresentado em coletiva nesta terça-feira

A diretoria da Câmara Rio-Grandense do Livro convida a imprensa para apresentar o balanço da 61ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre. O encontro é nesta terça-feira, 17/11, às 11h, no andar térreo do Memorial do RS, na Praça da Alfândega.
Confirme presença através do e-mail camejo@camejo.com.br ou pelo fone: (51) 3346-4642.

Serviço:

Evento: Coletiva de imprensa para anunciar balanço da Feira do Livro 2015
Data: 17/11 – terça-feira
Horário: 11h
Local: Térreo do Memorial do RS – Rua Sete de Setembro, 1020.

 

PDT

tamal de assessor um dep do pdt ..olha o que ele pergunta diante deumGRANDE EVENTO DO PDT SAB PASSADO EM POA....

TÁ PURFA O HOMI. TB SO VIVE NO TEMIS.

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 16 de Novembro de 2015

O que tinha sábado?

 

Cinema

AS BATATAS DO VENCEDOR

por Eron Duarte Fagundes

Perdido em Marte (The martian; 2015) não deixa de ter as concessões que o inglês Ridley Scott habitualmente sempre fez a Hollywood. Mas também não deixa de apresentar o brilho formal que o realizador apresentou desde seu primeiro filme, Os duelistas (1977), seu mais belo trabalho. É uma reflexão feita com algum tato sobre os interesses do capitalismo, agora em nível estelar: confinado em Marte, onde uma missão americana o abandonou, a personagem de Matt Damon é o símbolo do indivíduo usado pelo sistema e depois vomitado à própria sorte; descobre-se então que ele ainda está vivo, mas os cálculos são cruéis e simples: há tantos dias para armar uma operação de resgate, porém seu estoque de batatas será suficiente para alimentá-lo neste período de preparação espacial do resgate?

Perto do grosso do que se vê nos cinemas por aí, Perdido em Marte é uma narrativa até certo ponto sedutora. Os truques cinematográficos de Scott têm uma forte natureza plástica, embora não cheguem ao engenho da pictoricidade napoleônica de Os duelistas. As ações são mais ou menos triviais, mas funcionam bem em seu encadeamento ou montagem. Não transbordam, mas também não se deslustram: lugares-comuns bem filmados.

Como numa parábola incrustada em Quincas Borba (1891), romance do brasileiro Machado de Assis, as batatas devem estar com o vencedor; diferentemente do que ocorre em Machado, nem só de batas vive a tripulação espacial mas também da solidariedade dos seus iguais. O esforço de resgate contido em Perdido em Marte busca comprovar isto.

 

Da África para o 5º Canoas Jazz

É dia 22 de novembro, domingo, a partir das 19:30, no Parque Capão do Corvo - Getúlio Vargas em Canoas.

 

de Serafina

Serafina Corrêa entre as Melhores Cidades do país!

Conheci uma magon,de serafina, que é casada com o dono da livraria FOGAÇA de caxias. tem cara de gringa mesmo. mas não quis muito papo sobre os magon de la undeze. e não quis muita conversa comigo tb(OC)


Revista Isto É divulga o Ranking das Melhores Cidades do país!

Com o título O papel vital das Cidades, a Revista ISTOÉ e o instituto Austing Rating lançaram, em 2015, o Ranking das Melhores Cidades do Brasil, que será uma chancela e um selo de qualidade das boas administrações do País. O retrato preciso da evolução das cidades brasileiras faz parte do
levantamento nascido da parceria entre a ISTOÉ e Austing Rating, o mais abrangente levantamento do nível de desenvolvimento socioeconômico dos 5.565 municípios brasileiros. O estudo utilizou
mais de 500 indicadores de diferentes fontes para mapear onde estão as melhores práticas de gestão. Como foi concebido a partir de dados oficiais, o prêmio serve como parâmetro e referência de qualidade das boas administrações.

Serafina Corrêa, dentre os 5.565 municípios avaliados, ficou na posição 573, entre as cidades de todo o país. Os critérios para a elaboração do Ranking foram Indicadores Sociais: demografia, habitação, qualidade de vida, saúde, risco juvenil, vulnerabilidade e educação; Indicadores Fiscais; Indicadores Econômicos; e Indicadores Digitais. Segundo o Prefeito Ademir Antonio Presotto, tendo como parâmetros os desafios diários que as administrações públicas vêm enfrentando, a posição do município de Serafina Corrêa é a coroação de um trabalho realizado com seriedade, comprometimento e excelência, sempre pensando no bem-estar e qualidade de vida da população. No cenário nacional, de 5.565 municípios, Serafina Corrêa está na posição 573 no Ranking Geral
e, entre os municípios de pequeno porte, está na posição 173, num esforço de toda a equipe de sempre melhorar e qualificar a gestão pública de recursos.


16 de novembro
de 2015

De Paris

por AMPMC

De: anapinheiromachadocanton
Enviada: Sábado, 14 de Novembro de 2015 01:21

Oi pai
Um terror
Uma onda de ataques terroristas
Aproximadamente 140 mortos
O exército está nas ruas
A cidade está em estado de emergência
E as fronteiras da França fechadas
A ordem da polícia é não sair de casa
Beijo

 

paris

po,lauro, tu que vives em paris. explica esta: ' ruas mal cheirosas de Paris', do comunicado do ESTADO ISLAMICO, ao reivindicar o ataque de 6 passada.

 

Paris

Um cursinho de Photoshop no Senac ensina a fazer montagens deste tipo. (Laurinho da Venâncio)

 

de Paris, por anapmc...

o laurinho vaivibrar com estes termos parisienses de minha filha(OC)

De: anapinheiromachadocanton
Enviada: Sábado, 14 de Novembro de 2015 11:32

Oi pai
Até comprava, mas acredito que não sairei de casa hoje.
Pelo menos é a ordem indicada pela prefecture de police.
Bjo

 

PARIS

SEMPRE QUE DÁ ESTES FURDUNCHO, GOSTO DE LER A HIPOCRISIA NAS DECLARAÇÕES de quem se solidariza com a suposta vítima

 

cais



depois de muita luta consegui entrar no debate do cais...

n podia ficar em pé...

uns ' trogloditas' que vestiam camisas da CRL diziam o que se podia ou não. estupidez e grosserias puras.

* mesmo mostrando minha carteria do sindi do jor tive que ir pedir penico pra bete da ass imp pra poder entrar.

* e mesmo sendo idoso tive que ficar em pé pq um troglodita com camiseta da CRL me me dizer que o lugar que vagou não era pra mim e sim pra alguém que esperava.

grosseria pura. nãof iz barraco pq não tava com saco.

* qto ao debate muito fraco, gente fracote, mal preparada. um profi da urgs, ele dizia qu eera parecia deslumbrado com o grande público a ouvi-lo. so falava em agora....

* um bando de deslumbrados com uma possivel saida na zh...

* om esta gente ai o sinduscon constroi o que quer na beira do cais do porto(OC)

 

Cais

passei uma hora e meio em pé pq um troglodita da crl veio me dizer que a cad era pros convidados não pra imprensa.

acho que foi retaliação pq eu falei com a bete pra entrar no deb...é que não tavammais deixando entrar. não podia ficar de pé.

e a CRL manda e desmanda. dão poder a uns mal preparados.

 

cais



e esta gente não quer ouvri a relaidade. qdo tu dizes as dificuldades que tem pela frente eles começam a te chamar de FASCISTA.

desisto. deixa construir torres e garagens no cais.

* a katia suman qu emora ali na mauá, ou siq c ampos tá com medo que tapem a vista dela.

* um movimento que tem a katia suman como liderança não podia ir longe mesmo.

ela nunca deu certo em lugar nenhum, a não ser com os malucos da ipanema onde ela mandava e desmandava.

 

cais

depois do debate, ou mais um monologo - quem dizia algo contra eles - era xingado, como vi xingarem umvelhote de uns 70 e picos.

* ai foram todos pro cais....é aquele deslumbramento...vamos pro cais que ali pode aparecer o fot da zh pra nos dar visibilidade.

* tropa de deslumbrados.

 

cais

ainda bem que larguei esta turma há tempos.

* n que concorde com o que vão fazer no cais, mas com esta oposição ai, prefiro ficar quietos. além de incompetentes, com algumas exceções, são todos deslumbrados.

* ganharam espaço na rosane e tão se achando.

 

cais

vou contar aki algo inimaginável.

O CAIO LUSTOSA que foi da SMAM no tempo do olivio. foi barrado pra entr5ar no deb . os trogloditas da CRL que nem conhecemele não deixaram o veinho entrar. ele foi embora quieto.

* me lembrei do ODACIR KLEIN na campanha do brito em 1998, quando uma guriazinha ignorante não deixou entrar no comite do brito.

- o que o ser. quer aki, perguntou a guriazinha.

levaram uma tunda do OLIVIO.

 

CAIS

O QUE VI SEX NO DEB DO CAIS É UMA MISTURA DE PRETENSO ESTRELISMO, MISTURA DE DESLUMBRAMENTO COM APARIÇÃO NA MÍDIA, DE GENTE INCOMPETENTE QUE NUNCA SE DESTACARAM EM NADA. CLARO QUE O SINDUSCON DA DE REBENQUE ERGUIDO NESTA GENTE.

SE FOSSEM MAIS HUMILDES, E SE SOUBESSEM OUVIR OS OUTROS PODERIAM SER OPOSIÇÃO SERIA.

ESSA GENTE AI É COMO O PSDB NA CASSAÇÃO DA DILMA. NUNCA QUIS.

AH E TEM UMA NOVA MANIF MARCADA PRA SEPULVEDA, NÃO SEI QDO???

DEIXA ELES FAZEREM FOGUEIRA.

 

cais

era preferivel que sentassem na mesa e negociassem seriamente o assunto.
abrindo mão de alguns principios bucolicos e acrescentando algumas ideias que possuem e que são legais.

* mas tem uma pretensão posição radical que não dá em nada. o sinduscon vai fazer o que quiser no cais.

já deve ter amarrado tudo.

 

cais

n que eu esperasse muito do deb do cais...

* levava fé numa arquieteta mas cheguei qdo ela tava terminando a fala.

* a katia suman sei que é oca....

 

REVERENCIA....

assim acabou sendo chamada entre eu e uma amiga uma conhecida minha de sb...
é que qdo a conheci, ela fez reverencia sobre a foto do seu marido, que não morava com ela...

muito metido, eu lhe perguntei:

- quem é este dafoto ai?
- e meu marido e quando acordo faço isto, me disse a conhecida, que a partir daí passou a se abaixar em referencia, em genoflexão como diante de um santo....

fez isto 3 x seguidas...

nunca tinha visto uma cena , parecia uma peça de teatro. fiquei boquiaberto.

e o engraçado é que quando eu tava na casa dela e o marido tava, ele na ausencia dela - ela ia pra cozinha - me perguntava:

- pq tu oolha tantopra minha mulher????(OC)

 

o linguiceiro

na sauna que frequento um linguicheiro, o joel, leva linguiça pra vender. a sauna é uma sucursal de vendas de linguiças que ele fabrica.

neste sab chegou lá um cara que buscou 5 kg. e o joel deu a nf do produto. foram ver os demais. um bilhetinho manuscrito.
- olha tu aí enganando o sartori, riram os demais com aquela nf fria do linguiceiro, como já é chamado.

segundo ele proprio, fornece linguiça pro barranco. comprei uma x mas achei muito salgada, mesmo....

 

Teletrago

capincho não veio morar em poa e o TELETRAGO fechou....

 

feliz

já fui feliz numa cabana em pachacamac a 50 km ao sul de lima. cuidava coelhos. e fui infeliz numa casa de 500 m quadrados, com piscina, lareira e ar cond.assim que não venham me dizer que conforto dá felicidade. não pra mim.

 

Mudança

na mud aprendi que o basico são água e luz. o resto é tudo perfumaria.até fone. hj falo com imna filha pelo comp internet hj tb conta. fone fixo é bobagem.dispenso

 

do Petrópolis

a casa vizinha aki do lado.tematé um pequ parreiral.

a pista da bicileta da nilopolis tá pronta....

o temporal que não aconteceu nesta 6 aki em petropolis. só caloron e bafo.

este prédio aki é tão silencioso que até parece CEMITÉRIO. CRUIZ CREDO.NÃO TEM NENHUM ARRANCA RAB O AKI MEIO SEM GRAçA. O MUQUIFO TINHA ATÉ BO DE VIOLENCIA DOMEsTTICA. UM DOMINGO ACORDEI E LÁ PELAS 11 PINTOu UMA VIATURA. BAH, BEM DE VILA MESMO. SE BEM QUE ONTEMVI BRIGADA AKI NA CARAZINHO NO PREDIO DO RENATO ROSSI

acordei hj dom....ouvia-se o barulho dos jovens numa conveniencia que tem na esq da carazinho com nilo. faziam alta algazarra. fiz meu xima e ouvi rádio enq amanhecia.(OC)

 

Rosa e Lauro

encontrei a rosa e o lauro aki no ' galinheiro' como os maldosos mot de táxi o chamam...mas fiquei sabendo que o galinheiro é o vizinho de onde comemos um bom sanduíche aberto e eu tomei 3 xopis da brama muito honestos.

fazia anos que não sentava num bar e alguém dizia:
- temos xopi da brama...que xopi bom.

bah, pq na feira do livro botaramaquela porcaria da skin. não presta, não vale nada.

xopi bom é xopi da brama...e ceva boa era a antartica faixa azul de joinville. por causa da água. o segredo é a água.

no nosso encontro casual - estes é que gosto, não os marcados - disse pra rosa pra tirar aquelas sobras que ela tem debaixo dos olhos:
- mais uma cirurgia, comentou o lauro....kkkk

* com a remexida, a rosa vai parecer ' filha' do veio lauro.

 

grudado....

observei que a rosa ' desaparece' as vezes....

desconfio que ela tira ' pequenos momentos de folga ' do lauro....

* é preciso ' respirar' de uma relação(tenho horror a esta palavra , mas uma conhecida vivia usando....)

 

da Ufrgs

foto feita no bar do antonio numa manha de mutio vento num sab

 

Cinema

gostei do filme olmo e a gaivota.

 

Feira do Livro

n fui na feira no sab. imagino que deve ter um publico muito grande.

e dom encerra tudo. com as esperanças de que no ano que vem a coisa melhore.

no fim da feira, lançaram um livro sobre o orçamento participativo.

no ultimo dia da feira, as irmãs curtem os livros

a feira encerrou hoje de noite.

 

Dilma

qdo tive em garruchos, imaginei que a dilma iria cair. foi naquele primeiro grande protesto. hj tudo morreu.....

tou com vontade de voltar a garruchos, mas agora só por sto antonio....

 

LAMEIRA

E ESTA LAMEIRA DE FREDERICO E TRES PASSOS HEIN???
MUITA LAMA AINDA VAI SURGIR DAI...PARECE QUE TEM CORRUPÇÃO NO MEIO AI....QUE DUVIDA.....

esta que acompanhou o bernardo na tragédia que teria sido contratada é a parte mais fraca de todo o elo. vai sobrar pra ela. a sociedade é assim. ela é destituida de covardia. fica sempre do lADO DO MAIS FORTE. DO QUE TEM GRANA. SÃO TODOS HIPOCRITAS. DEPOIS FALAM DO SPOLITICOS.

neste paiseco não vai preso QUEM TEM UM BOM CACHIMBO...kkkkk

pelo que disse a zh a edelvania, a enfermeira teria um caso em frederico. sempre achei estranha a versão da promoção da tev.ora,sair de tres passos pra comprar teve em fredeiroc. que lorota. ela tava era corneando o médico.

o caso de tres passos pode muito bem ter sido o que a edelvania diz....
acontece. mataram o guri com excesso de remédio, doparam e depois tiverem que sumir com o cadaver.

tenho um amigo psiquiatra. o que ele me conta da vida oculta das pessoas não é mole. claro que sem nomes. no consutlrio saem os podres. é como os padres no interior, conhecem as adulteras pq elas confessam. é um poder deter a confissão na maõ.

tinha um padre que desconfio era pedofilo em serafina. ele meio que se achegava nos guris.

agora entendi a história de tres passos...a mulha tinha um caso em frederico....

na ' justa' vale o que está nos autos.....e a enfermeira pelo visto tá com um adv manhoso.

não é mais caso. e relacionamento, é menos, digamos, pecaminoso, mentes sujas pensam assim.

so o renan antunes tem colhões pra ir a tres passos e desnudar esta história. aguardo que o faça pro bicudo. premio esso na certa.

 

Samrig

o goida tem todos os relatórios da samrig. quero ver se me dá pra mim vender.

 

Guaíba

150 mil reais teria retirado a farsul de midia na guaíba anos atrás pr causa de comentários do juremir. mas o mendelsky livrou a cabeça dele junto a solange,então diretora.

o veio breno discursa na inaug da guaiba. que ao fim e ao cabo o afogou em dívidas.

 

Kátia Suman

eu gostaria que a katia suman tivesse umBROG. feice não tenho.

 

Bicudo

bicudo, com camisa solta ao lado da banca da ari que virou uma sucursal de sua editora..não há vácuo no poder.kkkkkk

o matico pintou lá e decretou:

- so tem livro do bicudo aki!!!!

mais ou menos isto.

 

BICUDO X ARI

COM A INCORPORAÇÃO DA BARRACA DA ARI NA FEIRA PELO BICUDO O AYRES QUE ANDA VIVIA DANDO ORDENS SUMIU.....

* NEM O O GOULRT PINTOUU POR LA.....

* MELHOR SOBROU MAIS ESPAÇO PRA NOS...

* O BICUDO SO DAVA ORDENS AO CLEBER VIA CELULAR. FICOU MUITO PUTO QUE TAVAM VENDENDO UM LIVRO DELE A 72,00 QDO ERAM 92,00.

* O PRESIDENTE DA ARI NEM DEU AS CARAS NA BARRACA. IMAGINA OS DEMAIS DIRETORES.

 

ARI

OS FONES DOS ALTO FALANTES FICAVAM BEM NA FRENTE DA BARRACA. O SOM VINHA FORTE E AQUELA XAROPICE O DIA TODO.

* O CHEIRO DO INCENSO DA BARRACA DO LADO ERA FORTE TODO O DIA....

 

joão havelange

uma x assisti um comunicador na TV com quase se ajoelhar e lhe beijar os pés. vcs sabem quem era...apresentava o stduio tv com...mas não foi o tulio millmann é um nome que anda em voga muito ai com um livro...
nunca tinha visto uma babação de ovo tão grande....elogiou o havelage qdo chegou pra entrevista. em seguida chegou o nelsinho....como chamam, o patrão dele.

pra ser justo e não cuspir em prato que comi, o comunicador este da tvcom que babou o ovo do jaoahavelange, foi legal comigo. botou um cliente meu nom programa dele e no momento isto foi muito importante pra mim. eu costumo tentar ser justo...mesmo que isto as vezes me custe. mas quero ser justo com ele tb.

bem aventudados os justos, dizia cristo no sermão da montanha.

é bom as vezes olhar pra trás e não somente no momento, olhar o que uma pessoa fez pra ti no passado.

 

Ione Pacheco Sirotsky

" Ione Pacheco e Maurício Sirotsky chegaram no mesmo ano de 1930 a P.Fundo. Ela, nascida em São Luis Gonzaga, aos 3 anos de idade foi acompanhar o pai, promotor público, transferido de comarca. Mauricio tinha 5 anos quando o pai, José Sirotsky, mudou-se de Erebando para P.Fundo.

Mas Ione e Maurício só vieram a se encontrar 20 anos depois. Antes, Ione chegou a morar em Porto Alegre, onde fez o curso normal do Colégio Americano,mas voltou com o pai viúvo a P.Fundo onde começou a trabalhar como professora muito compenetrada, lecioando inglês e latim no Instituto Educacional.

Nem parecia a adolescente irrequeita que iniciara cantando em programas de calouros , na capital, estimulada pela mãe, que a acompanhava ao piano nos ensaios.
Virou quase menina prodígio,chamada de COTOVIA DA SERRA, e contratata como cantaroa pela Rádio Farroupilha.

Aos 20 anos, em P.Fundo,estava noiva e se preparando pra casar , quando numa tarde, voltando do colégio carregada de liv ros, cruzou na rua com Maurício, que lhe fez um gracejo cantalorando ' venho cansado do trabalho' e arrematando sorrindo:guria, vou casar contio'. Daí até se concretizar o namoro houve um escandalo com o pai, que não admitia a quebra de noivado e advertia que Maurício, judeu,não iria casar com ela.Tentando dissuadir a filha,levou-a para uma temporada nas termas de Iraí.

Não conseguindo obrigou-a a escrever uma carta ao noivo desfazendo o compromisso e depois de examiná-la,assinou em baixo - Ciente: Pedro Santos Pacheco.Ione lembra que acabou achando aquilo maravilhoso,afinal era a liberação paterna para um amor apaixonado que mudaria sua vida.

Vencida a reação do pai,Ione veio a saber que a mãe de Maurício,dona RITA quando soube que o filho andava de namoro com uma gói( não judia),desmaiara. Maurício chegou a propor que casassem apenas no civil, mas Ione achou que que até em função dos filhos que teriam deveria se converter ao judaísmo. Ela que era de família católica tornara-se metodista e fez questão de casar pelo ritual judaico. E guarda a lembrança que em meio à cerimônia viu o pastor metodista,também presente, erguer a mão como se a abençoasse, deixando-a livre de complexos e de culpas. Sua integração à família Sirotsky foi assim tranquila e a relação com a sogra culminou, um ano depois,quando dona Rita, que em cinco partos só tivera filhos homens, acompanhando a nora,exclamou chorando vendo nascer a primeira neta:
- Esperei a vida inteira por ti, Suzana!

Já o nome da segunda filha, Sônia,foi escolha de Ione,em homenagem a uma EX-COLEGA.Nelson e Pedro nasceram em Porto Alegre, quando Maurício começava sua carreira de sucesso no rádio. Curiosamente, Maurício não queria que Ione assistisse aos seus programas de auditório. Os filhos podia, ela não.

Em compensação ela passaria a ter uma participação muito importante na carreira do marido,sempre sempre por ele consultada na tomada de grandes decisões.( Nelson Sirotsky conta que os filhos se acostumaram a ver repetir-se uma cena nas conversas dos pais:Maurício trazia para exame um assunto,Ione ouvia,discutia e terminava propondo uma solução, que ele rechaçava dizendo que ela não entendera nada. E depois , vinha-se a saber , Maurício acabava fazendo o que Ione havia sugerido...)
Nos primeiros anos do PROGRAMA MAURICIO SOBRINHO, quando ainda moravam na rua Santa Terezinha, aos domingos a casa ficava pequena para o almoço com os principais artistas participantes do programa do marido.

Dona de casa e mãe de quatro filhos pequenos ,Ione lembra que nem sempre conseguiu acompanhar Maurício como deveria e se recriminava: " Eu comecei a errar pela minha exagerada preocupação com as crianças. Ficava em casa e deixava de acompanhá-lo em jantares e recepções,acaba estimulando sua vocação para a boemia...."

Mas, à medida que os filhos cresceram , pôde passar a ter uma atuação muito expressiva em projetos assistenciais, ajudando a sensibilicar a RBS para o social, contribuição que acabaria, mais tarde, gerando a Fundação RBS , e depois a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho. Ione começou a trabalhar primeiro como voluntária de uma entidade que atuava na Vila Mato Sampaio, depois como uma das fundadoras do Grupo Maia Rosenberg,mais tarde no Movimento Gaúcho pelo Menor.

Desse tempo guarda uma mágoa que a marcou apos o sucesso de uma campanha através do Rádio e Tv Gaúcha , que se chamou FAÇA SORRIR UMA CRIANÇA, levando fundos para para uma creche projetada pelo Lions Clube. Foi um pedágio memorável ao qual se seguiu um diz-que-diz maldoso,insinuando que parte do dinheiro tinha sido para pagar a nova casa de Maurício e Ione no bairro Três Figueiras. Ione não descansou enquanto não obteve do Lions a publicação de uma prestação de contas completa sobre a arrecadação feita sob exclusiva responsabilidade do clueb de serviços.

Outra mágoa que Ione guarda daqueles tempos foi quando o sucesso do radialista começou a facilitar a ascensão social da família. Maurício já frequentava rodas de gente importante,até que um dia seu nome foi proposta para sócio do aristocrático clube Country Club de Porto Alegre. A aprovação ou não se processava em votação através de bolas brancas e pretas ,bastava uma bola preta para vetar o ingresso do pretendente. E foi o que aconteceu com Maurício apenas não se soube quantas bolas pretas o impediram de se tornar sócio do Country. Impedido por ser judeu? Não, anda que fossem apenas dois ou três judeus então admitidos como sócios do Country. Um deles, irmão de Maurício, Henrique Sirotsky por sinal foi quem apresentou a proposta de novo sócio. Só que Henrique era um madeireiro bem - sucedido que depois se tornou um banqueiro, enquanto Maurício era um simples homem de rádio,sem status social e cacife para frequentar o Country.... Ione recorda que para eles foi um choque muito forte , duro de suportar e de esquecer, tanto que passou várias décadas sem entrar no Country.

Mas as alegrias ao longo da vida foram muito maiores do que as mágoas. Junto com Maurício recebeu a cidadania honorária de Porto Alegre,distinção outorgada ao casal pela Câmara Municipal,em 1969.Duas décadas depois a mesma Câmara tornou-a Cidadã Emérita da capital gaúcha. Entre outras distinções conferidas pela sua atuação comunitária ,mesmo sendo mulher, recebeu, em1990, o destaque de ' Homem do Ano' da ADVB( Associação de Dirigentes de Vendas do Brasil)

Mas o título que mais lhe deu trabalho e a fez resgatar antigo sonho de imitar o pai e os irmãos advogados foi o de bacharel em ciências sociais e jurídicas, conqusitado em 1986 quando, com 59 anos, se formou em Direito na PUC/RS.

Sobre sua particpação na História da RBS,cabe registrar um depoimento que colhi de João Bosco Lodi, prestigiado consultor brasileiro autor de uma série de obras sobre empresas familiares. Lodi, que acompanhou vários momentos desta história, recordando a transição pela morte de Maurício Sirostky, destacou:

"A postura de dona Ione Pacheco Sirotsky, no episódio da sucessão de seu marido, foi exemplar. Ela poderia até,como detentora do capital acionário, ter pretendido assumir a presidência da RBS.

Preferiu entregá-lo ao cunhado,sócio minoritário, até o maior amadurecimento do filho Nelson. Na lista de viúvas que nesse momento delicado souberam desempenhar papel relevante,dona Ione figura certamente com destaque, ao lado de Dirce Navarro de Camargo,viúva de Sebastião Camargo( da Camargo Corrêa) e algumas poucas mulheres do mundo empresarial brasileiro".

Ione Pacheco Sirotsky , pela ativa participação na carreira do marido e pela contribuição pessoal ajudando a criar a preocupação social na empresa e o trabalho desenvolvido à frente da Fundação Maurício Sirostky Sobrinho, merece figurar na galeria dos fundadores da RBS. A Fundação RBS que MAURICIO lançou como ' braço social ' da empresa, em 1987 foi rebatizada por Ione como Fundação Maurício Sirostsky Sobrinho. Durante uma década, sob sua presidência,a Fundação desenvolveu um trabalho pioneiro em vários aspectos.A FMSS foi a primeira fundação empresarial brasileira a compreender a dimensão social do Estatuto da Criança e do Adolescente,tendo criado uma linha programática específica para fortalecer a implementação da nova lei,aprovada em 1990.

Esta é outras iniciativas fizeram com que a Fundação alcançasse reconhecimento e projeção nacional,num trabalho que Ione faz questão de destacar ter sido muito devido à diretora ILSE REICHERT, cuja morte repentina foi um choque para ela.

Tão chocante que apressou sua decisão de deixar a presidência da FMSS, em 1996.

Com 13 netos e 2 bisnetos,Ione passou a elegê-los como razão primeira de sua vida.Com os filhos ela tem a convicção de que sua missão foi cumprida. Sua casa segue sendo a mesma construída com Maurício, cenário de festas familiares de aniversários e de casamentos, mas não mais de eventos da empresa.Ela ainda comparece a festas como a dos jubilidados da RBS, que a cada ano reúne centenas de homenageados e por isso exigem cenários bemmais amplos. Continua, no entanto acompanhando de perto a vida da RBS. Afinal, a RBS é também parte de sua vida.

TEXTO DE LAURO SCHIRMER,publicado em 2002

Esta história se encerrou hoje, dia 15.11.2015 quando dona Ione foi sepultada às 18 hs em Porto Alegre.

 

radio escuta

o veio aveline me diz uma x que o mauricio pagava a sua esposa,dona ione, pra ser radio escuta. ela ficava em casa ouvindo as rádios concorrentes da gaucha.o aveline me disse que as vezes ela ligava pra ele na gaucha e dizia:
- aveline a guaiba deu isto?nós temos????

ela morreu no sab aos 88 anos.

 

dona ione

n a conheci, nunca tive contato direto com ela.

tenho algumas historinhas

1. o aveline foi num convescote na casa do jayme sirostsky, eram os mais chegados os convidados. no meio da reuna, fez-se um silencio. aveline estava conversando com dona ione e de repente ouviu-se a voz do mauricio dizendo alto:

- olha ai o aveline catequisando a minha mulher.

todos sabiam que o veio era do pCBão.

2. esta eu ouvi na rádio gaúcha, nos anos 90, quando morava na perpetua teles. um sab dona ione e jayme sirotsky deram uma entrevbista pra armindo antonio ranzolin.

não sei pq o sdois se juntaram mas foi um depoimento interessante. no meio da conversa, ranzolin, querendo agradar dona ione, perguntou:

- o que a senhora fazia neste ano??

dona ione,prontamente, se irritou:

- olha ranzolin, eu tinh aUM ANO DE IDADE. DEVIA TAR NO COLO DA MINHA MÃE.

DA MESMA ENTREVISTA.

ranzolin dá um ano a mais de dona ione. ela reclama:

- RANZOLIN, EU NÃO TENHO ISTO TENHO MENOS PQ UM ANO NESTA ALTURA DA VIDA VELE MUITO.

3. NUM DIA DAS MÃES, DONA IONE LEVOU A FAMILIA PRA ALMOÇAR NO BARRANCO. TODA PORTO ALEGRE TAVA LÁ. ELA NÃO FOI BEM ATENDIDA. O MARIDO DELA RECLAMOU DO ATENDIMENTO E ELA FEZ QUESTÃO DE PAGAR.

ela comentou com o garção CESAR TASCA:

- eu não dou sorte mesmo!!!!

 

dona ione

qdo foi fazer o liv ro sobre a rbs em 2002, lauro schirmer foi aconselhado pelo nelson sirostsky a ir devagar com as histórias de boemia do mauricio.

- minha mãe ainda está aí, lauro, teria dito nelson,segundo me contou lauro.

 

dona Ione

depois que enviuvou, morou um tempo no Condominio Paragens Verdes Campos, na frente da GM.

* foram seus alunos em P.Fundo,seu cunhado, Jayme e Carlos Bastos, que são do mesmo ano.

A.C. Mafalda também teria sido seu aluno.

 

do laurinho da venancio

Enviada: Sexta-feira, 13 de Novembro de 2015 11:38

O Euclides Torres foi meu colega de turma na Famecos. Nunca me deu importância. Sequer me cumprimentava. Na última reunião da turma, confundi ele com o Camilo Cirilo Simon. Acho q ñ gostou. Era dos três "padres" da turma: ele, o Camilo e o Ritter.

 

Colocando as coisas no lugar

laurinho explicando. eu queria dizer mais ' deboche' do que propriamente maldade.

riponga era a minha colega da zh rosina duarte ( acabou demitida depois por causa de uma materia com o cimenti da fiergs mas ela me disse que ele não pediu a cabeça dela) que faz aquele jornal BOCA DE RUA A mulher do fotografo ABREU....ela foi fazer a primeira materia com o novo trem metropolitano e chamou ele de ' tartarugão'. o pessoal do cloraldino foi direto ao mauricio que mandou demiti-la. mas a NUBIA NÃO ENTREGOU A CABEÇA DELA. SEGUROU...PQ O GOV TINHA POSTO OS TUBOS DE GRANA NA RBS POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO. FIZERAM UM CADERNO ESPECIAL SOBRE O TREM E A GURIA ME COLOCA QUE O TREM ERA CHAMADO DE ' TARTARUGÃO'.PQ ANDAVA MUITO LENTO. ESTA É A CLASSICA RIPONGA. NÃO A VEJo HÁ MUITOS ANOS. QUANDO ME ENCONTRA GRITA AI MALUCO BELEZA KKKK(oc)

Enviada: Sexta-feira, 13 de Novembro de 2015 10:14

Onde tu vê maldade no termo "riponga".?
Era como se designava, nos anos 1960, as mulheres q adotavam um modo anticonvencional, não-conformista, de viver. Eram a correlação feminina dos hippies, dos "magros", "magrinhos", como se dizia em Port'alegre.

Parece q tu tem um trauma com certas palavras, usa mas tem q justificar porque tá usando.
(Laurinho da Venâncio)

 

do Jornal do Comércio

Evocação da guerra civil

por ANTÔNIO HOHLFELDT

A contraditória figura do caudilho Gumercindo Saraiva, depois de ter passado por livros e pelo cinema, chega, enfim, ao teatro. A façanha é de Júlio Zanotta, que escreveu e dirige este A guerra civil de Gumercindo Saraiva, referenciando os acontecimentos de entre 1892 e 1894, quando Gumercindo é morto traiçoeiramente, depois de ter comandado guerrilhas que se insurgiram contra Floriano Peixoto, percorreram milhares de quilômetros de ida e de volta, entre o Rio Grande do Sul e São Paulo, numa série de façanhas até hoje polêmicas. Para muitos, um bandido. Para outros, um destemido herói. Na verdade, um dos últimos caudilhos que perambularam pela pampa, sem se dar conta de que seu tempo havia terminado. O governicho de Júlio de Castilhos não era um acaso: refletia as mudanças sociais, o surgimento das cidades, o processo de urbanização, o fim da política coordenada pelos grandes proprietários rurais. Gumercindo Saraiva ilustra fielmente uma época em que as fronteiras ainda não estavam claramente traçadas, ainda que politicamente elas já tivessem sido fixadas. Herói e facínora, bandido e mocinho, sua figura ainda hoje marca significativamente o final do século XIX na história da província.

Júlio Zanotta deve ter experimentado um fascínio muito grande por esta personagem. A guerra civil de Gumercindo Saraiva não é apenas uma peça de teatro produzida com imenso cuidado e carinho, mas é, evidentemente, um sonho do dramaturgo. A produção, que vem cumprindo temporada na chamada sala de máquinas do Museu do Trabalho, é esmerada, escolhendo intérpretes que nem sempre são atores de acabamento dramático, mas que assumiram com evidente convicção as personagens que representam. Gaio Fontella, por exemplo, incorpora Gumercindo, e é surpreendente sua similitude com a verdadeira figura histórica, conforme algumas imagens que encontrei na internet. É como se o guerrilheiro tivesse se reincorporado. Seu irmão, Aparício, é interpretado por Tito Ravaglia, que tem uma bela estampa, excelente voz e mobilidade muito forte no espaço cênico concretizado para a encenação. O mesmo vale para Pablo Parra, que vive Juca Tigre.

Aliás, a opção de Zanotta pela forma do musical, com as composições assinadas por Henrique Pasqual, que também dirige musicalmente a performance, Henrique Muller e Jonas Dornelles, com música ao vivo, com a participação da cantora Cibele Branco (excelente voz e personalidade na interpretação), é um dos grandes achados da produção. A trilha sonora constrói uma narrativa épica, marcial, que mobiliza a atenção do público. A sala das máquinas, que recebe alguns tablados, funciona como um belo espaço cênico, pois a dificuldade em transitar em meio às máquinas é metáfora da dificuldade de então, de se transitar em meio ao matagal e às tropas do governo. O médico Ângelo Dourado, a quem se deve talvez a narrativa mais fiel e isenta de paixões de todos os acontecimentos, é vivido por Rosa Lima, que se soma ao restante do elenco, Pablo Parra, Fernanda Santhos, Graziela Gallichio (que vive uma bela personagem louca) e Lidi Hoffmann.

A encenação, sabiamente, assume uma multiplicidade de vozes em sua narrativa: assim, também se multiplicam os pontos de vista em torno da personagem; não há nem o bandido, nem o herói. Existe a figura humana, contraditória, mas admirável, que soube deixar sua marca na história.

A destacar-se, ainda, a produção de um belo álbum de imagens, realizadas por Cavalcanti (Cava), sobre o tema, assinando ele, igualmente, painéis que marcam o espaço cênico e lhe dão um clima efetivamente desafiador. Poucas vezes assistimos, em Porto Alegre, a um trabalho autoral tão claramente definido e identificado. Zanotta, que, há muitos anos, assinou a direção de O café, libreto operístico de Mário de Andrade, num teatrinho que se espremia na Ramiro Barcelos, entre a Farrapos e a Cristóvão, volta a seus melhores tempos. Um belo e emocionante espetáculo.

 

SINDIATACADISTAS É CONTRA FERIADO MUNICIPAL EM 20 DE NOVEMBRO

O Sindiatacadistas, que congrega os Sindicatos das empresas do comércio atacadista de Porto Alegre e do Estado, está mobilizado contra a aprovação do projeto de lei do vereador Delegado Cleiton (PDT) que institui o feriado da Consciência Negra na data alusiva à morte do símbolo do movimento negro, Zumbi dos Palmares, em 20 de novembro.
O presidente da entidade, Leonardo Ely Schreiner, lembra que iniciativas similares já haviam sido formuladas anteriormente e não prosperaram tendo em vista os graves problemas que ocasionariam para a atividade comercial nesta época do ano de maior movimentação do comércio, em prejuízo às empresas e aos próprios consumidores.
Destaca que o mês de novembro já conta com os feriados do dia 2 (Finados) e dia 15 (Proclamação da República). Assim, se o projeto fosse aprovado, Porto Alegre passaria a ter três feriados neste mês em que, juntamente com dezembro, ocorre o pico de vendas anuais do setor.
Isto com o agravante de que, a cada sete anos, haveria um “super-feriadão” quando as datas de 15 e 20 de novembro ficassem próximas do fim de semana.
Schreiner alerta que a proposta não poderia vir em pior momento, devido à atual recessão econômica, e aprofundaria a queda de faturamento, a dispensa de trabalhadores e a diminuição de arrecadação de impostos, afetando mais diretamente os pequenos e médios estabelecimentos – o chamado comércio de rua.
“A crise existente é visível: é só observar o elevado número de pontos comerciais à venda ou para locação na cidade”, acrescenta.
O dirigente do Sindiatacadistas considera que as justas homenagens visadas pelo autor do projeto podem ser perfeitamente efetivadas mas sem a necessidade da decretação de feriado e a consequente paralisação do trabalho.

 

Assinada ordem de início para construção de quadra poliesportiva em Osório

Na tarde desta quinta-feira (12), foi assinada na Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação a ordem de início dos serviços, referente à execução de obras de implantação de cobertura de quadra poliesportiva (padrão FNDE), na Escola Estadual de Educação Básica Prudente de Moraes, localizada no município de Osório.
Com área total de 627m² a cobertura da quadra poliesportiva terá o investimento de R$ 437.962,54 (quatrocentos e trinta e sete mil, novecentos e sessenta e dois reais e cinquenta e quatro centavos), obra que será executada pela empresa DAMI CONSTRUÇÕES E SANEAMENTO LTDA, com supervisão da 21ª Coordenadoria Regional de Obras Públicas de Santo Antônio da Patrulha.
O Secretário Estadual de Obras, Gerson Burmann avalia a importância dos investimentos na área da educação. “As Secretarias de Obras e de Educação vem trabalhando de forma conjunta no fortalecimento da educação dos alunos da rede pública estadual. Hoje assinamos a ordem de início para os serviços de construção da cobertura poliesportiva da Escola Prudente de Moraes. Todo o esforço vem sendo feito pelo Governo para melhorar a infraestrutura das nossas escolas, oportunizando aos alunos condições adequadas para o ensino e a prática esportiva”, destacou o secretário.
Participaram da assinatura da ordem de início o Deputado Estadual, Ciro Simoni, o Assessor Parlamentar do Deputado Estadual Gabriel Souza, Michael Di Giacomo, o Assessor de Gabinete da Secretaria da Educação, Ivo dos Santos Lautert, o Chefe de Gabinete, Fábio Rolim Medeiros, o Diretor Geral da SOP, Valmor Krysczun e o Vereador de São Gabriel, Sildo Cabreira.

 

da Folha Popular de Teutônia

de Serafina

Prefeito recebe Gerente da CORSAN

O Prefeito Ademir Antonio Presotto recebeu, em seu Gabinete, o Gerente da Unidade de Saneamento CORSAN de Serafina Corrêa, Sadi Zimmermann. A reunião aconteceu na manhã de quarta-feira, 11 de Novembro de 2015, com a presença do Secretário de Obras Públicas, Valter Maria Benvegnu, e do Engenheiro Reginaldo Gomes. Na oportunidade, foram tratados assuntos de interesse do município, relacionados ao abastecimento de água e o bem-estar da população.

 

Prefeito recebe integrantes da OAB RS

O Prefeito Ademir Antonio Presotto recebeu, em seu Gabinete, no dia 11 de Novembro de 2015, integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil RS: o membro da Comissão Especial de Arbitragem da OAB RS, Lucas Gavronski; e o Presidente da Comissão Especial de Mediação e Práticas Restaurativas da OAB RS e Coordenador da Casa de Mediação OAB RS em parceria com o Ministério da Justiça, Ricardo Cesar Correa Pires Dornelles. Juntamente com a Coordenadora de Controle Interno, Roberta G. Vivian Castro, as autoridades falaram sobre arbitragem, conciliação e mediação, além de informações sobre a cidade de Serafina Corrêa. Os visitantes estiveram palestrando na XII Semana Acadêmica da Faculdade de Direito da UPF – Campus Casca e II Colóquio de temas que transversalizam a formação jurídica, que acontece de 10 a 13 de Novembro, no município de Casca. Na noite de terça-feira, 10, os referidos integrantes da OAB RS proferiram brilhantes palestras sobre Arbitragem comercial no Brasil; e Mediação: novo campo de trabalho para os advogados.

 

Homenagens às Direções das Escolas Municipais

A Secretaria Municipal de Educação realizou, no dia 12 de Novembro de 2015, Dia do Diretor, uma homenagem aos Diretores e Vice-Diretores das Escolas Municipais. Na oportunidade, houve troca de informações, reflexão e integração entre os presentes, com a presença do Prefeito Ademir Antonio Presotto, falando às Direções de Escolas, destacando a importância do trabalho realizado, pois é da educação que depende o futuro da sociedade.



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

2015
Nov01
Nov02
 



OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 183 - outubro 2015
Edição 182 - setembro 2015
Edição 181 - agosto 2015
Edição 180 - julho 2015
Edição 179 - maio 2015
Edição 178 - março 2015
Edição 177 - feverero 2015
Edição 176 - janeiro 2015
Edição 175 - dezembro 2014
Edição 174 - novembro 2014

Edição 173 - outubro 2014

Edição 172 - agosto 2014

Edição 171 - junho 2014

Edição 170 - maio 2014

Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99


ESTÃO À VENDA


Cidades vizinhas (A briga entre cidades gaúchas) • R$ 15


Cosi la ze stata (Breves histórias de Serafina Correa/RS) • R$ 20


Getulio Vargas, depoimentos de um filho (Maneco Vargas fala de Getulio) • R$ 20


Estradas do Rio Grande (A história da construção pesada no RS) • R$ 50

Mais a postagem. Procure pelo olidescanton@bol.com.br.


ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog