"Se você não pode falar bem de alguém, não precisa falar mal" - José Ivo Sartori



15 de janeiro de 2016

Crise

ta feia a coisa. poa tá cheia....

tava na cara que na primeira crise mais aguda, esta fantasia consumista ia pro brejo.

é oficial: cinema na URGS só em março...não há grana....eta pindaíba braba

 

O AMANHECER DE HJ EM PETROPOLIS!!!!!!

 

Aniversário

sab completo 64 ...kkkkk

 

Coleguinhas

os jornais tão amaciando a noticia da execução do eng na zona sul....

 

HISTORIAS PRAIEIRAS...

' Elias, olha o que ele faz comigo....'

Nos anos 70, Paulo Raimundo GASPAROTTO, costumava pega o fotógrafo Antonio Pacheco e ia a Torres e Atlantida - onde veraneavam os patrões - pra fazer fotos dos chics e sair na coluna social de segunda(nada a ver com a rede social de hj em dia....)

Eram sempre os mesmos que apareciam...Nilda Maisonave, Roberto Maisonave, entre outros tantos das praias de Torres...

mas muito profissional voltava ainda no domingo logo após o almoço pra baixar sua coluna.

E neste domingo quando estavam ali por Osório, Gasparotto começou a inquirir o Pacheco sobre que fotos tinha feito na praia da Guarita das suas colunáveis....

- Fizeste foto da fulana, da sicrana...

até que Pacheco perdeu as estribeiras:

- O...e ai disse um palavrão que não vou repetir aqui, tu não sabes que eu sempre faço fotos delas????

Gasparotto que vinha numa boa, começou a ficar gago e a berrar:

- ELIAS, ( NOME DO MOTORA, UM TURCO QUE TEM OUTRA BOA HISTORIA...) olha o que ele faz comigo, olha só....

e gaguejava muito....(OC)

 

HISTORIAS PRAIEIRAS...

é, havia uma coleguinha que num determinado hotel, faziam fila......poderosa, ela....

A COISA ANDAVA TÃO,DIGAMOS, QUE MAURICIO MAO MAO, HAVIA DECIDIDO FECHAR A SUCURSAL NO BEIRA MAR.

pediu ao AVELINE MORALIZAR AQUILO LÁ, COMO ELE DIZIA. MANDOU O FLORIANÃO CORREA CUIDAR DA TV E O VILMO MEDEIROS DO JORNAL.

o vilmo transformou aquilo NUM QUARTEL. AS 7 HS ERA AHORA DO CAFÉ.

 

HISTORIAS PRAIEIRAS

a troca de turma, como se dizia, era sempre uma liturgia. havia um churrasquinho feito pelo MIRO WERBER, DO HOTEL BEIRA MAR, pra marcar a despedida de quem ia e pra receber quem chegava.

* as contas eram acertadas depois da temporada no jornal em porto alegre.

 

HISTORIAS DA PRAIA

o que havia era muito ' derrame' de carteirinhas em carnavais e em show do roberto carlos. o que mandavam fazer de carteirinha não era mole.

* havia um reporter da gaúcha que só chupava nossas materias. o claudio monteiro. pegava as pautas e lia na gaucha tudo o que a gente tinha feito pra zero.

nao era pautas que o claudio monteiro lia, eram as laudas com as magterias mesmo. e o chefe fazia OLHO BRANCO,SEMPRE.

não tenho a menor saudade daqueles tempos. os banhyeiros davam choque. eram uma porcaria..

uma x fiquei direto 40 dias trabalhando na praia....minhas gurias eram levadas pra lá pra me visitarem....

a boia pelo menos no MIRO era muito boa. camarão a vontade, quem diria????

carlos nobre não saía de lá. ia com a familia. morava no BEIRA MAR E NUNCA IA A PRAIA. SO NA TABERNA DO WILLI.

 

do Centro

os indios na esquina da rua da praia.....

 

Michels

A FAMILIA MICHELS SE ENCONTRA NESTE DOMINGO, DIA 17 EM ERVAL SECO.NO PAVILHÃO DA COMUNIDADE EVANGÉLICA.

DE POA, VÃO 15 PESSOAS NUM BUSUN.

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 16/01/2015) as 10h15min no Espaço Itaú assistiremos ao filme "Spotlight: Segredos revelados" (Spotlight - 2015) . Este foi foi um dos filmes indicados ao prêmio de Melhor Roteiro no Globo de Outo 2016. Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região, ao invés de puni-los pelo caso. A investigação jornalística retratada em Spotlight, sobre os casos de pedofilia na Igreja, realmente aconteceu no começo dos anos 2000, levando o grupo de jornalistas do Boston Globe a vencer o Prêmio Pulitzer.

No próximo Domingo (dia 17/01/2015) as 10h15min na Sala Eduardo Hirtz assistiremos ao filme "Eu sou Ingrid Bergman" (Jag är Ingrid - 2015). Usando os diários íntimos de Ingrid Bergman, além das cartaz enviadas às suas amigas, o documentário traça todo o percurso pessoal e profissional da atriz, incluindo seus diversos casamentos, a relação controversa com os filhos, o escândalo de adultério, as mudanças para os Estados Unidos, França e Inglaterra os principais filmes e prêmios recebidos na carreira.

 

As crônicas do Adeli

Laurinho, tu tá das muita autoridade, tu não é a barbara heliodoro....kkkk(OC)

Enviada: Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2016 09:18

Boas - bom ñ quer dizer nem ótimo, muito menos excelente, q fique bem entendido) - as crônicas do Adeli. Portanto: boas, as crônicas do Adeli. Mas, estas são as verdadeiras crônicas. Tratam de assuntos intemporais, caros ao autor e perpassadas por um evidente lirismo. São o momento em q o Jornalismo abre espaço para a Literatura (pelo menos era assim antes de aparecer o tal de "New Journalism"). Ñ são como estas "crônicas" do jornalismo atual, q tratam de assuntos do dia, do momento, e muitas x são pautatas pelos editores (Dia dos Pais, todos vão escrever sobre o Dia Dos Pais, Dia da Criança, idem, e assim por diante). São textos, enfim, sinceros e agradáveis de ler.
Em tempo: como ninguém é perfeito, ainda mais os iniciantes no "métier", na última, sobre a Riachuelo, ele desafinou à certa altura, fazendo referência a "peristilos", qdo na verdade queria dizer "pilotis" (uma bossa inventada por Le Corbusier nos primórdios da arquitetura moderna e muito copiada por aqui nos anos 1960/70). "Pas plus de grave", mas para quem se pressupõe conhecedor da arquitetura e do urbanismo da cidade ñ pega bem. (by Laurinho da Venâncio)

 

de São Borja

De: letier12
Enviada: Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2016 09:08

Aqui também não está aqueele abafamento dos ultimos dias...

Letier Vivian
São Borja/RS

 

O que rola pelas redes sociais

amigar eu gostei..a leila diniz disse que ela nunca casou ela se amigou.

 

Hemocentro chama doadores para garantir sangue no Carnaval

O Hemocentro do Estado do Rio Grande do Sul (Hemorgs) e demais hemocentros regionais que formam a Hemorrede Pública do Estado estão chamando antecipadamente doadores para garantir os estoques de sangue durante o Carnaval. O chamamento é para que as pessoas doem sangue durante o mês de janeiro e na primeira semana de fevereiro. Os estoques estão muito baixos, o que é preocupante. A necessidade do Hemocentro diz respeito a todos os tipos sanguíneos.

Conforme a coordenadora do Hemocentro, Maristela Westphal Teixeira, a baixa dos estoques ocorre devido à queda nas doações em função do período de férias e do aumento da demanda devido às necessidades geradas por emergências, que se intensificaram desde o Natal. O Hemorgs atende ao HPS de Porto Alegre além de outros 45 estabelecimentos hospitalares da região Metropolitana e Litoral Norte.

Para doar sangue é preciso estar em boas condições de saúde, portar documento oficial de identidade com foto, ter entre 18 e 65 anos, pesar 50 quilos ou mais e não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação.

O Hemorgs funciona na avenida Bento Gonçalves, 3722, no bairro Partenon, em Porto Alegre, das 8h às 18h, de segunda a sexta–feira. Mais informações sobre as doações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3336-6755, ou, na Internet, pelo sitewww.hemocentro.rs.gov.br.

 

Diretor do Lafergs reúne-se para definir ações estratégicas com o ministro da Saúde

O diretor do Lafergs, Paulo Mayorga, reuniu-se hoje, dia 14, com o ministro da Saúde, Marcelo Castro. Foi a primeira reunião no ministério como presidente da Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais do Brasil (Alfob). Na pauta, a apresentação do plano de trabalho para o biênio 2016 e 2017 que tem como objetivo reafirmar compromisso em relação à defesa dos laboratórios oficiais e de seu papel estratégico diante das políticas de saúde e de desenvolvimento sócio-econômico.

Conforme Paulo Mayorga, o encontro foi importante para acordar ações conjuntas e formalizar uma parceria em torno de uma pauta estratégica que beneficie e fortaleça o complexo industrial da saúde e o conjunto dos laboratórios oficiais do país. “Entre as prioridades está a desburocratização das relações do Ministério da Saúde com os laboratórios oficiais”, destacou. “Ouvimos do ministro que devem ser priorizadas ações a curto prazo de enfrentamento do Dengue, do Zika Vírus e da Febre Chikungunya”, comentou.

Estiveram presentes, além do ministro, o secretário da Ciência Tecnologia e Insumos Estratégicos Eduardo Costa, Marco Aurélio Pereira do departamento de Assistência farmacêutica da Alfob, Maurício Neves do Lifesa (Paraíba), José Fernando Ochoa do Lafepe (Pernambuco), Ronald Dias do Bahiafarma (Bahia) e Pedro Batista do Iquego (Goiás).

 

CURSO ENSINA TÉCNICAS PARA SER UM BOM GARÇOM

Atender com presteza e eficiência, mostrando disponibilidade e simpatia a todos os clientes, assim deve ser um bom garçom. "Além de ser simpático e atencioso, o profissional que atende em bares e restaurantes precisa estar focado, para não errar pedidos, principalmente nos dias de maior movimento", afirma o maître Edison Dias, formado em Tecnologia em Hotelaria.

Pensando na qualificação desses profissionais, o Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região (Sindha) promove de 18 a 21 de janeiro o curso "Commis e Garçom – Habilidades e Conhecimentos". O objetivo é oferecer oportunidade de aprimoramento e reciclagem aos profissionais durante essa época do ano, que costuma ser de baixa temporada na capital gaúcha.

O cliente que vai a um bar e restaurante está em busca de um profissional que atenda com qualidade. Além do garçom, todo bar e restaurante precisa ter uma boa equipe de commis, auxiliar que ajuda a recepcionar clientes, na montagem do salão e a servir as mesas. É importante cativá-lo fazer com que ele se sinta à vontade no ambiente, com liberdade para tirar suas dúvidas sobre o cardápio.

Além das habilidades técnicas, os profissionais que atendem os clientes em um bar ou restaurante devem também ter uma boa postura e cuidar com a apresentação pessoal.

Os cursos do Sindha são realizados no Centro de Qualificação Sindha (Rua Dr. Barros Cassal, 180 conj. 801), em Porto Alegre. As inscrições podem ser feitas pelo site www.sindha.org.br. Mais informações pelo fone (51) 3073.4822.

 

de Serafina

Atividade de Hidroginástica para Idosos

Pensando na qualidade de vida dos idosos do município de Serafina Corrêa, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Assistência Social, está realizando, novamente, nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2016, a Atividade de Hidroginástica para os 08 Grupos de Convivência de Idosos do município. Neste ano, além das aulas de Hidroginástica com o Professor de Educação Física Gean Grisa e a coordenação da Orientadora de Atividades da 3ª Idade, Gabriela Assoni Grechi, os participantes contam ainda com a presença da Psicóloga Nathália Amaro, que veio somar aos demais profissionais para melhor atender aos idosos.

A Atividade de Hidroginástica é realizada todas as segundas-feiras dos meses de Janeiro e Fevereiro, na Sede Campestre do Clube Social e Cultural Gaúcho, na parte da tarde, de forma gratuita. Nessa atividade participam 130 idosos que residem no centro e interior do município, com acesso ao transporte gratuito até o local. Essa integração entre os idosos de diferentes grupos é muito importante para a socialização e bem-estar, sendo uma atividade completa, onde os mesmos podem realizar os exercícios físicos na piscina, ou participar de outras atividades ao ar livre, através de rodas de conversa, brincadeiras e dinâmicas, com orientação de profissionais da equipe do CRAS. Mais informações no Centro de Referência de Assistência Social - CRAS – 3444 3814.

 

Abertas as Inscrições e Atualizações de Cadastros para Lotes Populares em Serafina Corrêa

O Prefeito Ademir Antonio Presotto, no uso de suas atribuições legais, comunica aos interessados que estão abertas as inscrições para lotes populares, moradia unifamiliar e atualizações de cadastros para quem já está inscrito. As inscrições deverão ser feitas na Prefeitura Municipal, junto à Secretaria de Coordenação, Planejamento e Gestão, de 18 de Janeiro a
19 de Fevereiro de 2016, das 8h30 às 11h30 e da 13h30 às 17h30.

 

Administração Pública Investindo em Obras

 

CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES - ETAPA SERAFINA CORRÊA - 7ª EDIÇÃO

CAMPEONATO REGIONAL DE FUTEBOL DE AREIA
VERÃO 2016 - ODISSEIA DO CARREIRO

Em reunião realizada terça-feira, dia 12 de Janeiro, na Secretaria de Turismo, com a presença dos representantes das equipes que
participarão do Campeonato Regional de Futebol de Areia, Circuito Verão SESC de Esportes, foi realizado o sorteio da primeira rodada, apresentado o regulamento e definido o início do campeonato, dia 14
de Janeiro, quinta-feira a partir das 19h15minutos, no Camping Carreiro.

1ª RODADA DIA 14 DE JANEIRO
INÍCIO:19h15minutos
( A ) SÉRVIS X BILLY TUR
( B ) ÁGUA SUJA X SERIG. ARTE DINÂMICA
( B ) JABAQUARA X UNIÃO DA VILA
( C ) SÃO PAULO X VILLA
( D ) COOPERLATE X 7 CAMPOS


14 de janeiro de 2016

UBER

MUITA GENTE NÃO PEGA O UBER COM MEDO DE REPRESÁLIA DOS TAXISTAS COMUNS....

 

Ônibus

sempre dá rolo nesta curva ai,quando vai entrar na lucas....um busun amassou o carro e depois se mandou....foi 2 la pelas ioto da noite.

 

HISTORIAS DO RENATO ROSSI

1. Uma vez estava em DETROIT visitando a casa do HENRI FORD..que virou museu. tinha lá um guia....

RR snetou no sofá que era da avó do Ford e o guia começou gritar que não podia fazer aquilo e xinga-lo....ele saiu de fininho.

2. Numa recepção em NYC, emntre os quais o RR, o maitre explicava até como os estrujões se criam e de onde vinha. o valor por cabeça era hum mil dólares.

LIBERADAS FOTOS EXCLUSIVAS...KKKK

DEPOIS DE UMA NOITE D ENEGOCIAÇÃO - 3 ULTIMA - RENATO ROSSI, O DOS CARROS, LIBEROU AS FOTOS QUE FIZEMOS NO SABADO DO SEU GTRIPLEX NA CARAZINHO.



NE-LAS PODE-SE VER QUE UM JORNALISTA QUE SE DIZ A FAVOR DOS INVALIDOS E DOS DESVALIDOS GOSTA DE UM TRIPLEZ, COMO TODO BOM BURGUES.O CARA COM CARA DE ROQUEIRO INGLES PROSPERO É O DONO DO TRIPLEX QUE TÁ NA CASA DOS 1 MI E 400....ELE PAGOU 300 E POUCO 15 ANOS ATRAS.



MAS NÃO É BESTA,MESMO MORANDO ALI. NETO DO FUNDADOR DA ROSSI, SO NÃO PODIA SER BESTA. BESTA É NOVO RICO....(OLIDES CANTON)

 

Comedores populares

os ' comedores populares' como eram chamados no Peru. estes aqui são do rio que estão em crise. No Peru foi cosntruídos por el APRA, um partido que fazia muito populismo.

 

de São Borja

O ' rabo' do capincho. sempre ganha neste jogo do bicho aí...depois vai pras putas ou bebe em trago.

De: letier12
Enviada: Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2016 09:33

ontem bateu 36

se te contar... ontem fui no barbeiro fazer um jogo de bicho pra hoje, na federal.. coloquei 227, a placa de um carro estacionado na frente do barbeiro. Ai olhei tinha mais 6 reais na carteira trocado, disse, joga mais esses 6 pilas pra hoje (ontem)... não é que deu no quinto... fiz 300,00.

:)

Letier Vivian
São Borja/RS

 

O que rola pelas redes sociais

 

do Comunique-se

Um anúncio de emprego para jornalistas supersincero

por Duda Rangel (*)

Cargo: Jornalista faz-tudo.

Exigências:

Agilidade para trabalhar por três jornalistas com o salário de um.

Importante não ter vida social.

Experiência em apuração jornalística pelo Google.

Suportar a dureza diária sem reclamar o tempo todo é diferencial.

Imprescindível ter estômago resistente a porcarias e café.

Equilíbrio para lidar com frustrações.

Bons conhecimentos de sobrevivência em redação.

Diploma de jornalista é interessante. Se não tiver, foda-se.

Benefícios:

Chachá para dar cateirada em eventos.

Oportunidade de ir a pautas com boca-livre e jabás.

Tapinha nas costas (se exceder as metas).

Salário: Incompatível com o mercado e seus gastos pessoais.

(*) Personagem criado pelos gêmeos Anderson e Emerson Couto, o jornalista Duda Rangel é autor do blog Desilusões perdidas e da fan page Jornalismo com bom humor no Facebook. O blog originou o livro “A vida de jornalista como ela é”, à venda pela web em https://www.facebook.com/blogdesilusoesperdidas/app/310184625673941/.

 

do Pioneiro

Rádio Caxias 70 anos: "Venha pra Cancha, Amigo"

por Rodrigo Lopes

Ícone absoluto: Nestor Gollo em ação no primeiro estúdio da Rádio Caxias, junto à sede do Recreio Guarani. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Há 70 anos, Caxias do Sul testemunhava o surgimento de um de seus veículos de comunicação mais longevos. Fundada em 27 de abril de 1946, a Rádio Caxias celebrizou-se não apenas por traduzir o cotidiano da cidade.

Sintonizar na ZYF-3 Rádio Caxias do Sul naqueles tempos pré-televisão significava estar atualizado com tudo o que de mais importante acontecia nas ruas, estádios de futebol, clubes, escolas, bailes, igrejas, repartições, órgãos públicos, delegacias e aonde mais o jornalismo pudesse ser exercido com paixão.

Além de dispor de banda e equipe de radioteatro e promover eventos com celebridades nacionais, como Hebe Camargo, Emilinha Borba e Luiz Gonzaga, a emissora também foi laboratório de apredizagem – e consagração – para quase todos os profissionais da imprensa que surgiram no município nos anos 1940, 1950 e 1960.

Entram aí nomes como Nestor Rizzo, Joaquim Pedro Lisboa, Luiz Napolitano, Jimmy Rodrigues, Milton Rossarolla, Nestor Gollo, Mário Gardelin, Walter Marchioro, Clóvis Pinheiro, Firmo Carneiro, Dante Andreis, Eloy Fritsch e tantos outros.

Rádio Caxias: para recordar de Jimmy Rodrigues.

Luiz Napolitano: um ícone da Rádio Caxias.

TV Caxias e Rádio Caxias nos tempos de Nestor Rizzo.

Wilson Marchioro, um dos tantos profissionais que marcaram época nos microfones da Rádio Caxias. Foto: Ary Cavalcanti, acervo Rádio Caxias, divulgação

Trajetória em livro

Boa parte da trajetória da Rádio Caxias será passada a limpo pelo jornalista e colunista do Pioneiro Marcos Fernando Kirst, autor de um livro a ser lançado no decorrer deste ano. Enquanto a obra não sai do forno, vamos recordando de alguns momentos emblemáticos das últimas sete décadas.

Entre eles, o primeiro programa tradicionalista de rádio, o “Venha Pra Cancha, Amigo”, surgido em meados dos anos 1950 e atração imperdível dos domingos. Foi por lá que passaram os jovens gaiteiros Honeyde e Adelar Bertussi (foto abaixo), cuja dupla Irmãos Bertussi havia sido formada ainda em 1948.

Irmãs Bertussi: Adelar e Honeyde eram presenças constantes no auditório da emissora nos anos 1950. Foto: Ary Cavalcanti, acervo Rádio Caxias, divulgação

Trajetória e curiosidades

* A Rádio Caxias foi inaugurada em 27 de abril de 1946, com estúdio na sede do clube Recreio Guarany, na Avenida Júlio de Castilhos.

* Em 1950, o estúdio foi transferido para o 1 º andar do Edifício Kalil Sehbe, na esquina da Avenida Júlio de Castilhos com a Rua Borges de Medeiros, onde está localizado o City Hotel.

* Em 28 de agosto de 1972, a rádio foi transferida para o lugar que ocupa até hoje, o 21 º andar do Edifício Estrela.

* O programa mais antigo da Rádio Caxias é o ‘Esportes na Onda’. Ele foi criado em 15 de novembro de 1946, dia em que foi fundado o Departamento de Esportes da emissora, e permanece no ar até hoje

* Além da primeira atração de rádio tradicionalista, o “Venha Pra Cancha, Amigo”, a Caxias teve ainda um programa chamado ‘Ave-Maria’, que ia ao ar diariamente às 18h e durava cerca de cinco minutos, nos quais era lida uma mensagem religiosa. Já as notas fúnebres surgiram para que as pessoas ficassem sabendo das mortes que ocorriam na cidade, visto que as comunicações da época eram bastante precárias.

* Em 29 de agosto de 1961 a Rádio Caxias entrou em cadeia com a Rádio Guaíba de Porto Alegre para participar da grande Cadeia da Legalidade. O movimento, liderado pelo então governador gaúcho Leonel Brizola, envolveu diversas rádios do Estado, que eram usadas para conclamar o povo a defender a legalidade e garantir a posse do vice-presidente João Goulart, depois da renúncia de Jânio Quadros.

Os jovens Nestor Gollo e Jimmy Rodrigues (ao fundo) em 1947, durante uma transmissão esportiva. Foto: acervo de família, divulgação

Futebol é bola na rede

O Departamento de Esportes da Rádio Caxias foi fundado em 15 de novembro de 1946 para dar destaque ao esporte caxiense. Esse envolvimento era tão grande que durante as décadas 1950 e 1960, a emissora realiza anualmente a Parada dos Esportes, um desfile realizado no Centro da cidade, sempre em 15 de novembro, com a participação de todas as equipes locais.

O principal responsável por essa mentalidade era o coordenador do departamento esportivo, o radialista Dante Andreis, falecido em 2003 e autor do lendário bordão “futebol é bola na rede”.

Em 1967: Dante Andreis (com o microfone), Décio Bombassaro e Octávio José Caldart durante a cerimônia de inauguração das Lojas Caldart, na esquina das ruas Sinimbu e Borges de Mederios. Foto: acervo de Rosane Caldart, divulgação

Radialista até debaixo d´água: Dante Andreis durante uma transmissão esportiva da Rádio Caxias nos anos 1990. Foto: acervo jornal Pioneiro

 

Agenda de tango: Janeiro 2016 - Porto Alegre - Grupo 8 Adelante

Para organizar nossos encontros tangueros em Janeiro:

Todas as quartas feiras aulas gratuitas de tango na Ciranda dos Ritmos
Horário: 14.30 horas.
Endereço: Av. Cristovão Colombo, 378. Frente ao shopping Total
Bairro Floresta - Porto Alegre
Venha e faça parte do grupo 8 Adelante.
Entrem no facebook da nossa Oficina Comunitária de tango e aprenda a dançar tango!

https://www.facebook.com/groups/8adelante/

Tango no Café do MARGS:
Dia 21 de Janeiro, quinta feira 16.30 horas.
E a partir de Março todas as sextas feiras Tangueando no Café do MARGS.
Museu de Arte do Rio Grande do Sul
Praça da Matriz s/n. Reservas de mesa: (51) 8904-0887

 

Artigo

MINHA RUA

por ADELI SELL, escritor e consultor

A Rua Riachuelo, no Centro Histórico de Porto Alegre, é a minha rua. Quando aqui cheguei em 1972 fui morar na Pensão La Maravilha, bem na frente do Cultural Norte Americano.
Atualmente, moro um pouco mais adiante, atrás do Teatro São Pedro.
Minha rua já foi a Rua da Ponte, mas ela não existe mais, muito menos palmeiras imperiais como a da Azenha.
A rua onde moro é uma das mais antigas do centro de Porto Alegre. Ela foi traçada no primeiro Plano da Vila, elaborado pelo Capitão Alexandre Montanha, ainda no governo do Brigadeiro José Marcelino de Figueiredo, na segunda metade do século 18.
Também já se chamou Rua do Cotovelo. E tinha sentido, porque o cotovelo existe até hoje, ainda guarda a sinuosidade das ruelas da formação de nossa capital.
A Rua Riachuelo abrigou algumas residências nobres, entre elas a primeira casa de Porto Alegre a ter vidraças, motivo de grande inquietação da população, acostumada a resguardar o interior de suas casas.
Moro na rua cultural da cidade, onde temos a Biblioteca Pública do Estado, recém restaurada e devolvida à cidade, o maior número de livrarias - apesar de algumas perdas - o Arquivo Público do Rio Grande do Sul - imaginem os tesouros que existem ali.
O Cultural Norte Americano que foi o local em que mais se ensinou inglês da cidade está terceirizado; a Fadergs, a Faculdade do Desenvolvimento do RS, tem vários cursos ali e mantem o auditório que era do velho Cultural.
A minha pensão La Maravilha não existe mais, botaram abaixo, como fizeram com vários prédios antigos. Mas resistem alguns. A Confeitaria Rocco foi restaurada, mas a desgraça ainda se abate sobre ela, continua fechada. Um dos maiores absurdos não só da minha rua, mas de toda a nossa cidade.
É verdade que perdemos o Pelotense, a Churrasquita, o Devon, três paraísos da gastronomia da cidade. Mas temos a melhor casa de massas da capital, o Atelier das Massas, que nosso artista plástico Radaelli mantem como um primor. Como não poderia deixar de ser os tempos de comida japonesa nos deu o Kantô que não faz feio diante dos outros.
Além de ser a rua dos livros e da cultura, é também da rua da beleza, pois ostenta dezenas de lojas de embelezamento, cosmeteria e artigos para estéticas e salões de beleza.
Os fundos do Teatro São Pedro, sua garagem subterrânea, os fundos do Tribunal de Justiça também ficam na Riachuelo.
Temos vários restaurantes, pubs, botecos, pequenos armazéns, e a fruteira mais cara da cidade, mas que tem o que nenhuma outra tem. Tem a Confeitaria Paris, que teima em ficar ali (quase) sempre aberta. Além é claro de um Zaffari, na esquina com a Marechal.
Os inferninhos ficam na Marechal, mas o "espalha chumbo", as facadas, os gritos, carros desabalados, até os mortos acabam ficando também na minha rua. Afinal, não há rua perfeita.
E uma das coisas que mais me dói é o fechamento da Casa do Estudante, CEUACA. Por sinal, o que está fazendo o poder público para responder ao descaso em que ela está e às demandas por moradia reivindicada pelos nossos estudantes?
Da janela do meu apartamento consigo ver as torres da Igreja das Dores que começa na Rua da Praia, mas termina na minha rua. Tem também o Colégio Lasalle-Dores. O Instituto dos Arquitetos - seccional do RS, está ali no velho casario ainda nem todo restaurado. Tem uma Delegacia de Polícia também.
E o que mais tem? Ah, a entrada dos fundos para o Rua da Praia Shopping. Tem edifícios com aquelas passagens abertas embaixo, chamadas de peristilo. Ainda não conseguiram fechar como aconteceu na vizinha Jerônimo Coelho.
Não sei se na minha rua moram pessoas famosas. Só sei que ali moram pessoas que ainda conversam entre si, param nas esquinas, se abrigam da chuva nos (poucos) peristilos.
Talvez a sua rua tenha muitos encantos, seria bom pensar neles, para poder curtir mais e mais suas potencialidades.
A minha eu curto, eu cuido, brigo por ela.
Só me chateia o lixo espalhado por ela, os contêineres fedorentos, as calçadas mal cuidadas.
Mas a gente vai batalhando para que ela mude para melhor.
Minha rua não tem palmeiras imperiais, mas os pássaros gorjeiam nas várias outras espécies que a gente teima em manter em pé.

 

do mironneto.com

Dura escolha: no Litoral, pernilongos; aqui, borrachudos

Gramadense que passou 15 dias no Litoral Norte no final de ano voltou à cidade e aproveitou que estava embalado com as caminhadas diárias à beira mar. Fez vários trajetos em meio ao bairro Planalto, mas teve que correr pra casa porque os borrachudos literalmente o cercaram. As doloridas picadas doeram mais do que as dos pernilongos que o atacaram na praia.

Preso na Várzea homem que integrava a quadrilha de Seco

A Polícia Civil de Gramado prendeu na manhã de segunda-feira (11) um homem, de 41 anos, acusado de participar de roubos a carro-forte e explosões de caixas eletrônicos. Gustavo Roennau, o Bomba, tinha um mandado de prisão expedido pela Comarca de Palhoça (SC). Ele é acusado de participar da quadrilha de José Carlos dos Santos, o Seco, lenda da crônica policial gaúcha.
A prisão de Bomba ocorreu no bairro Várzea Grande, quando os policiais abordaram um veiculo Santana tripulado pelo criminoso. Ele possui antecedentes criminais por roubo a 36 postos bancários, 18 roubos a carro-forte, nove praças de pedágio, porte de arma de uso restrito e posse de explosivos.

Criminosos criam nova modalidade: o Golpe do Guincho

Nos últimos dias de 2015, duas ocorrências de estelionato em uma nova modalidade ocorreram em Gramado e Canela: o Golpe do Guincho.
Em Canela, a vítima informou que recebeu uma ligação telefônica no último dia do ano, na qual diziam que seu filho estaria com o carro estragado em uma rua próxima de Nova Petrópolis. O criminoso informou que ela teria que ligar para um número de celular (de fora do Estado) e falar com dono de um guincho. A mulher então ligou e o "proprietário" do guincho atendeu, e disse que o custo do serviço seria de R$1.480, que deveriam ser depositados em conta em banco. Desconfiada, ela não realizou o depósito e ligou para o filho, que desmentiu a versão.
Em Gramado, o golpe foi bem parecido. No final da tarde de 29 de dezembro, a vítima, que tem familiares fora do Estado, recebeu uma ligação de um homem se passando por seu primo. Ele informou que estaria vindo para Gramado de carro e que tivera um problema mecânico em Farroupilha. O “primo” disse que já havia chamado o guincho e que estava demorando, pedindo que a vítima agilizasse o resgate. Ao ligar para a suposta empresa de guincho, o homem disse que precisaria de R$ 1,5 mil para o conserto do carro e mais R$ 1 mil para que alugasse outro veículo. A vítima depositou os valores, porém, no outro dia o mesmo sujeito ligou, solicitando mais R$ 2 mil, o que provocou desconfiança.

 

Escola de Governo prevê 19 cursos a partir de março

A Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), por meio da Escola de Governo, em parceria com a Secretaria Estadual da Modernização Administrativa e de Recursos Humanos (SMARH) realizam estudo para a Reserva de Vagas nos Cursos da Escola de Governo/FDRH para 2016. A pesquisa enviada aos departamentos de Recursos Humanos de cada órgão do Rio Grande do Sul prevê a execução de 19 cursos a partir de março.

De acordo com os técnicos da Escola de Governo e SMARH, reunidos na terça-feira, 12, o calendário de atividades será oficializado após a análise da pesquisa. Os órgãos públicos têm até o dia 15 de fevereiro para entregar os questionários.

Confira a programação inicial (*o calendário pode alterar conforme as demandas):

*Curso de Extensão em Elaboração de Editais e Termo de Referência

*Curso de Extensão em Gestão e Fiscalização de Contratos

*Curso de Extensão em Gerenciamento de Projetos

*Curso de Extensão em Gerenciamento de Projetos Avançado (Uso de Software Livre)

*Curso de Extensão em Português e Redação Oficial

*Curso de Extensão Básico de Finanças Públicas

*Curso de Extensão em Gestão de Pessoas

*Curso de Extensão em Elaboração de Indicadores

*Curso de Extensão em Liderança e Gestão de Conflitos

*Curso de Extensão em Elaboração de Projetos Sociais e SICONV

*Curso de Extensão em Gestão Pública voltada à Excelência -EAD

*Curso de Extensão em Cerimonial de Eventos - EAD

*Curso de Extensão em Libre Office

*Curso de Extensão em Comunicação na Administração Pública

*Curso de Extensão em Gestão de Materiais e Patrimônio Público

*Curso de Extensão em PROA- Processos Administrativos

*Curso de Extensão em RDC- Regime Diferenciado de Contratação

*Curso de Extensão em Formação de Pregoeiros

*Curso de Extensão em Implantação de Centros de Documentação e/ou Memória.

 

Centro de Referência e Acolhida aos Imigrantes e Refugiados será implantado no Vida Centro Humanístico


O governo do Estado, representado pela FGTAS, cederá o imóvel para implementação dos serviços - Foto: Luciano Lanes/PMPA

O Centro de Referência e Acolhida aos Imigrantes e Refugiados no Município de Porto Alegre (Crai/POA) será implantado no Vida Centro Humanístico, no bairro Rubem Berta, Zona Norte da capital. O espaço, cedido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), contará com recursos do Ministério da Justiça para aquisição de mobiliário, bens de consumo e contratação de recursos humanos. O convênio foi assinado nesta quarta-feira (13), na prefeitura de Porto Alegre.

A implantação do centro visa oferecer espaço adequado para abrigar, emergencialmente, refugiados, imigrantes e solicitantes de refúgio, além de promover a integração social e garantir direito à alimentação, acesso à saúde, proteção social, intermediação para o trabalho e capacitação profissional, ensino de língua portuguesa, orientação jurídica sobre direitos e obrigações no país, entre outras ações.

As atividades do convênio e os recursos serão geridos pela prefeitura de Porto Alegre. O governo do Estado, representado pela FGTAS, cederá o imóvel para implementação dos serviços. O convênio foi assinado pelo secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Social, Miki Breier, representando o governador José Ivo Sartori; o secretário nacional de Justiça, Beto Vasconcelos; e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati. O ato de celebração de parceria também contou com a presença dos diretores presidente, Juarez Santinon, e técnico da FGTAS, Pedro Francisco da Silva Filho.

O secretário Miki Breier destacou a importância da iniciativa para a luta contra o preconceito e a discriminação: “O nosso estado é formado, em sua ampla maioria, por imigrantes. Isso é o que nos enriquece e nos torna um povo acolhedor e diferente. Queremos continuar sendo um estado que respeita todas as etnias e origens e que possamos construir tantas outras parcerias em prol da dignidade humana”.

O secretário nacional de Justiça, Beto Vasconcelos, agradeceu ao governo gaúcho pela implementação da parceria e parabenizou as equipes de atendimento aos imigrantes da prefeitura de Porto Alegre e do Estado.

“A ONU indica que ultrapassamos mais de 200 milhões de imigrantes. É a maior crise humanitária. São mais de 60 milhões de pessoas que deixaram suas casas e mais de 20 milhões que deixaram seu país. Temos feito o nosso papel, mas ainda há muito a ser feito”, disse, citando que é "preciso mudar a autoritária, obscura e burocrática lei de imigrações".

Já o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, disse que a formatação do centro significa assumir a vontade política da capital gaúcha de que haitianos e senegaleses sejam irmãos dos porto-alegrenses: “Que cada vez mais os imigrantes sintam-se em casa e façam aqui o seu segundo lar”, completa.

O convênio prevê abrigo emergencial de 50 imigrantes. O Vida já atendeu 90 imigrantes desde maio de 2015. Além do acolhimento, a FGTAS realizou o encaminhamento da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e a intermediação de mão de obra estrangeira. A ação é fruto de uma parceria entre a FGTAS, a Secretaria Estadual da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Porto Alegre (SMDH).

Localizado na Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 2132, o Vida Centro Humanístico é um espaço de cidadania que reúne ações de saúde, trabalho, lazer, educação, esporte e cultura. Inaugurado em 1990 e situado em uma área de 120 mil m², atende usuários de Porto Alegre e da Região Metropolitana. A FGTAS é uma instituição vinculada à Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social.

 

Câmara Municipal tem novo diretor-geral

O novo diretor-geral da Câmara Municipal de Porto Alegre é Roberto Kraid Pereira. Ele foi apresentado aos demais diretores pelo presidente do Legislativo, vereador Cassio Trogildo (PTB), durante reunião nesta quarta-feira (13/1). Há três anos, Kraid exercia o cargo de coordenador de Crédito Imobiliário no Departamento Municipal de Habitação (Demhab), onde foi premiado pela Associação Brasileira de Cohabs pela redução na inadimplência dos mutuários.
Coronel da reserva, Kraid atuou por 34 anos na Brigada Militar, onde coordenou os departamentos de Administração, de Finanças e de Pessoal. Pós-graduado em gestão pública, é bacharel em Direito. Demonstrando entusiasmo com a função, o novo diretor-geral foi elogiado pelo presidente Cassio Trogildo, que o classificou como "um homem sério, qualificado e experiente".
Após a reunião, Kraid foi apresentado às equipes com quem trabalhará. Sua nomeação será oficializada a partir da entrega de documentações junto ao setor de Recursos Humanos da Câmara. Ele assume a função deixada por Atidor da Cruz, que pediu exoneração do cargo nesta terça-feira.

 

de Serafina

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA INVESTINDO EM OBRAS

Serafina Corrêa, através de sua Administração Municipal inicia o ano de 2016, investindo fortemente na realização de obras. Como é de praxe, o Prefeito Ademir Antonio Presotto, acompanhado pela Assessoria de Imprensa do Município realizou diversas visitas à obras no interior, e na cidade de Serafina Corrêa. Desta vez, esteve no Balneário do Carreiro para acompanhar de perto, a restauração da pista de MotoCross, que brevemente sediará uma Etapa Estadual desta modalidade.
É uma obra também importante para o desenvolvimento esportivo do Município, uma vez que esta reivindicação estava nos planos deste governo, por acreditar que o benefício do investimento, se reflita numa melhor qualidade de vida, pois, o lazer, a saúde, a educação e a segurança são pilares significativos para uma população próspera, como é o caso de Serafina Corrêa, comenta o Prefeito Presotto.
E diz mais – Mesmo com a grave crise no País e no Estado, nós não paramos de trabalhar: priorizamos as necessidades, economizamos de todas as formas, e fomos em busca de alternativas para enfrentá-la.
Também visitou as obras de Construção do Centro de Eventos situado na Av. Arthur Oscar nº 4554 – Bairro Gramadinho – Fátima Sul, onde estão sendo aplicados recursos federais, oriundos de uma Emenda Parlamentar do Deputado Federal Ronaldo Nogueira, com o apoio financeiro, também do Município.
É mais uma antiga reivindicação dos serafinenses, que até o final de nosso 2º mandato, será entregue à Comunidade. Ela vem atender a grande demanda de um local próprio para abrigar grandes eventos no Município como: feiras, exposições, rodeios, cursos, festivais, seminários, festas, reuniões, encontros e uma infinidade de realizações socioculturais.
O Prefeito Presotto destacou a importância desta obra salientando que, além de ostentarmos o Título de Cidade Simpatia fomos, há poucos meses também reconhecidos como “Capital Nacional do Talian” e isso somado às nossas identidades culturais gera aumento de turistas, maior renda, e melhoria na distribuição, transformando e progredindo a nossa querida Serafina Corrêa.

 

Circuito Verão SESC de esportes inicia amanhã

Na noite de terça-feira, 12 de janeiro de 2016 foi realizado congresso técnico entre as 20 equipes inscritas para participar do Circuito Verão SESC de esportes – Futebol de areia, que inicia na próxima quinta-feira, dia 14 de janeiro às 19h15min no Camping Carreiro e se estende provavelmente até o dia 18 de fevereiro.A reunião que contou com a presença do Diretor de Esportes do SESC Nestor Vitor Mugnol, do Diretor do Departamento de esportes da Prefeitura Municipal Sandro Roberto Ferreira Marques e do Coordenador Geral da Secretaria de Turismo, Juventude, Esporte e lazer Nelcidio Roberto Alban definiu como será o andamento do campeonato, tirando dúvidas das equipes e estabelecendo critérios que serão seguidos pela arbitragem.
O campeão representará Serafina Corrêa na Final do Circuito Verão SESC em Torres, nos dias 27 e 28 de fevereiro.Contamos com a colaboração de todas as equipes da região para realizar um campeonato disputado, mas que prevaleça o espírito esportivo.
Convidamos a comunidade que faça presente às terças e quintas-feiras, a partir das 19h15min no Camping Carreiro.


13 de janeiro de 2016

Verão

PORTO ALEGRE TÁ MUITO CHEIA PRO MEU GOSTO PRA ESTA EPOCA. TÃO TODOS SEM GRANA.

 

sindi

1. a nary ex telefonista que foi despachada, arrumou outro emprego. mas tocou o sindi na justa....vai pedir principalmente qdo ela tinha que ir dar expediente em congressos.

2. o torves(JC) ex presidente apareceu na 6 feira. sua mãe mora em porto agora pq teve um acidente em livramento. seu irmão que vivia lá no sindi tomando mate com o torve agora casou e voltou pra livramento.

3. o torves me tratou tão bem durante uma época que eu já tava morando no sindicato. fazia uma sesta na sacada da aceg, com uns colchonetes que tinham comprado pro FSM. e ouvia o barulho lá debaixo da rua da praia.

4. um funcionário,acho que é arley onome dele, atendia seu rocco spina que me ligava pra lá.

- OLIDES, UM ARABE ANDOU ATRAS DE TI...
não era arabe era o Rocco que falava italiano do sul da italia, de morano calabro.(OC)

 

Coleguinhas

encontrei o HELVIO SCHNEIDER NO BUSUN HJ. ele vai pro rio na semana que vem e só volta em março.

* o hélvio até cancelou a assinatura da ZH

Estive tomando uma coca com o RR e sua esposa Gisela....

muito calor mas muitas boas histórias do RR que amanhã eu conto.

MUITO VULGAR A PRESENÇA DO R. BOELKE NO PROGRAMA DO ROGERIO MENDELSKI. PREFERIA A BENITEZ. TEM MAIS GABARITO.

 

FERNANDO E A VODCA....

fernando goulart sobebe vodca. fica num boteco perto de sua casa na jeronimo de ornellas.

TEVE UM ACIDENTE ANOS ATRÁS DO QUAL SE RECUPEROU MUITO BEM. ESTÁ APOSENTADO. BOM REPORTER.

do primeiro casamento cvom a colega OLTILIA RIET, teve o filho guilherme, que ele chama de SUJO.tb jornalista.

fernando dá suas voltinha de manha e de tarde fica em casa.
os 2 cachrros são o LENIN E O STALIN....

trabalhou na zh, no estadão, na cmpa,do estadão ganhou uma causa trabalhista com a qual compreu o atual ape onde vive.

 

do Comunique-se

Equipe de afiliada da Rede TV é agredida por presidiários

A semana começou tensa para a equipe de reportagem do 'Plantão de Polícia', programa exibido pela Rede TV Rondônia, emissora mantida pelo Sistema Gurgacz de Comunicação (SGC). Na manhã desta segunda-feira, 11, repórter e cinegrafista do veículo de comunicação foram agredidos durante cobertura de uma rebelião na Colônia Agrícola Penal Ênio Pinheiro, em Porto Velho.

De acordo com as informações publicadas pelo site de notícias do grupo de mídia, o Portal SGC, os alvos foram o repórter Rosinaldo Guedes e o cinegrafista Joás Ferreira. A dupla foi atingida por pedradas e socos. O microfone da equipe chegou a ser tomado pelo grupo de detentos, que usou o objeto como arma para atingir os comunicadores. Com o braço inchado e dolorido, Guedes chegou a ir ao hospital.

Os jornalistas foram ao local do motim porque souberam de ataques a agentes penitenciários e briga entre presidiários, além de fogo ateado em colchões na celas. A alegação para o início da confusão seria, segundo a página online, a falta de tornozeleiras eletrônicas - impedindo, assim, o trabalho externo. Além de ter os dois funcionários agredidos, a Rede TV Rondônia teve o carro de reportagem apedrejado.


Repórter mostra que teve o braço atingido (Imagem: Divulgação/Portal SGC)

Procurado pela Interpol, acusado de matar jornalista paraguaio é preso no interior do Paraná

Procurado desde outubro de 2014 pela Interpol, o paraguaio Flavio Acosta Riveiros foi preso no centro de Pato Branco, no Paraná, acusado pelas mortes do jornalista Pablo Medina, do jornal ABC Color, e da assistente dele, Antonia Almada. A prisão aconteceu no sábado, 9, após uma denúncia anônima, que informou a polícia onde o suspeito vivia na cidade.


Suspeito foi detido após denúncia anônima
(Imagem: Reprodução/RPC)Segundo o delegado Getúlio de Moraes Vargas, o homem apresentou documentos falsos ao ser abordado por policiais. “Na delegacia, ao verificarmos os dados descobrimos que esse homem é procurado pela Justiça paraguaia por homicídio doloso”, declarou, em contato com a RPC, emissora afiliada da Globo na região.

O assassinato de Medina, repórter do diário paraguaio, aconteceu em outubro de 2014, quando o profissional voltava de um trabalho no departamento de Canindeyú, no Paraguai. A assistente de 19 anos também foi morta a tiros.

O jornalista era conhecido por sua atuação na fronteira com o Mato Grosso do Sul, onde apurava o esquema de narcotráfico e investigava a participação de Vilmar Acosta, um ex-prefeito da cidade de Ypejhú, em crimes. Preso em março de 2015 após ser apontado como mandante dos homicídios, o ex-político é tio do homem detido em Pato Branco.

De acordo com a Polícia Civil do Paraná, Riveiros responderá na Justiça brasileira pelo uso de documento falso e por tentativa de homicídio. “Ficamos sabendo que ele tentou matar a mulher dele e também é suspeito de ter matado um intendente paraguaio e um policial civil no Mato Grosso”, explicou o delegado. Ele ficará em Pato Branco até o pedido de extradição.

 

Artigo

ERA DOS SIMULACROS

por Christopher Goulart, Advogado, primeiro suplente de Senador (PDT-RS)

Nestes últimos dias procurei algum livro que me despertasse atenção, uma espécie de ajuste de sintonia entre minha consciência irrequieta e a forma com que percebo o mundo ao meu redor. Nem sei se preciso confessar do perfil crítico, talvez extremo em alguns momentos, que paira atrás de meus olhos, razão pela qual os mesmos fixaram-se imediatamente num exemplar de Mario Vargas Llossa, intitulado “A Civilização do Espetáculo”.
Tal episódio ocorreu em uma livraria, sob margem de uma rua muito concorrida de uma cidade litoral do nosso querido Rio Grande. Vou reservar o anonimato, tanto do nome da livraria, quanto da cidade. Relato com alguma discrição o tema proposto, muito diferente dos carros que na mesma rua, na frente da livraria em comento, passavam com o volume ensurdecedor, ouvindo “Wesley Safadão”, Anitta”, ou sabe-se lá qual Funk do momento, incitando uma absurda inversão de valores, o que Mario Vargas Llosa descreve em sua obra como “Frivolidade”.
Segundo ele, “Frivolidade”, no sentido de dar muito mais importância para o banal, fútil, e “esquecer de coisas sérias, profundas, inquietantes e difíceis. Entregar-se a um devaneio ligeiro, ameno, superficial, alegre e sinceramente estúpido”. Obviamente, nossos tempos remetem à uma permitida especulação sobra a possível “ausência de cultura”, não apenas no cenário musical, mas na diversidade do campo cultural. Este gravíssimo problema está atingindo a toda uma geração!
Há quem diga, como o professor Frances Jean Baudrillard, também citado na obra, que “símbolos têm mais peso e mais força do que a própria realidade”. Receio ser esta uma conclusão pessimista, com o mérito da provocação. Seria esta a “era dos simulacros”? Baudrillard afirma que sim.
Fato é que vivemos numa sociedade onde, via de regra, a quantidade prevalece sobre a qualidade. Onde o imediatismo ligado ao consumo, é muito mais valorizado do que a necessidade de transcendermos através da cultura. Superficialidade ou profundidade? A sugestão é não aceitarmos passivamente a vitória iminente das imagens e símbolos, frágeis por essência, sobre a força irrefutável da palavra.

 

do Pioneiro

CTG Rincão da Lealdade visita a Bahia em 1961

por Rodrigo Lopes

Clóvis Pinheiro discursa no Departamento de Turismo de Salvador, acompanhado por integrantes do Rincão da Lealdade e pelo diretor da Sociedade Vinícola Rio Grandense, Luiz Mandelli e sua esposa, Maria Koboldt (ao fundo, à direita). Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Um encontro entre as tradições gaúchas e baianas. Assim pode ser definida a viagem da diretoria da Sociedade Vinícola Rio Grandense e do CTG Rincão da Lealdade a Salvador, em junho de 1961. O roteiro integrava as comemorações do jubileu de prata da instalação da filial da empresa na capital baiana, em 1936.

A programação daquele 3 de junho de 1961 incluiu a visita da caravana gaúcha à sucursal da vinícola, situada à Rua Barão de Cotegipe, 262. Foi quando o grupo presenciou uma missa solene e o casamento coletivo de diversos operários, seguido de churrasco típico com vinhos da Granja União e uma apresentação de danças folclóricas gaúchas.

O dia reservou ainda a abertura de uma exposição de fotos no salão do Departamento de Turismo, no Belvedere da Sé. De autoria do Studio Geremia, as imagens destacavam aspectos regionais do sul do Brasil e o desenvolvimento da indústria do vinho na Serra.

Participaram das atividades comemorativas o diretor da sociedade vinícola em Caxias, Luiz Mandelli, o funcionário Ariovaldo Krug, o diretor da filial, Mario Bestete, e dezenas de jornalistas da imprensa baiana.

Confraternização em Salvador: Joaquim Pedro Lisboa, Clóvis Pinheiro e o governador em exercício da Bahia Orlando Moscozo. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Almoço no Yate Clube de Salvador reuniu a comitiva caxiense, formada por integrantes do Rincão da Lealdade e por Joaquim Pedro Lisboa (de óculos), e o governador Orlando Moscozo. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Joaquim Pedro Lisboa declama para a comitiva do governador em exercício da Bahia Orlando Moscozo. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Joaquim Pedro Lisboa, Clóvis Pinheiro e o governador em exercício da Bahia Orlando Moscozo em junho de 1961. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Repercussão na imprensa

Por aqui, toda a cobertura da viagem foi noticiada, em textos e fotos, por Clóvis Pradel Pinheiro, patrono do Rincão da Lealdade, e pelo historiador, fundador do CTG e idealizador da Festa da Uva Joaquim Pedro Lisboa – além de integrar a comitiva, eles eram os titulares da Página Tradicionalista, publicada semanalmente pelo Pioneiro.

Na foto maior abaixo vemos Pinheiro (à esquerda, com o microfone), Lisboa e o tradicionalista Ary Cavalcanti (à direita) homenageando os radialistas baianos por meio da entrega de flâmulas comemorativas e de uma medalha ao locutor Renato Mendonça. A cerimônia ocorreu após a apresentação dos integrantes do Rincão da Lealdade na Concha Acústica do Teatro Castro Alves.

Eles mostraram o espetáculo típico Do Rio Grande do Passado para o Rio Grande do Futuro para um público aproximado de 5 mil pessoas.

O Rio Grande na Bahia: Clóvis Pradel Pinheiro, Joaquim Pedro Lisboa, o locutor baiano Renato Mendonça e o tradicionalista Ary Cavalcanti. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Foto: reprodução jornal Pioneiro, acervo Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

Foto: reprodução jornal Pioneiro, acervo Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

Roteiro em imagens

Nas imagens a seguir, disponibilizadas pelo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, alguns flagrantes da visita, como a confraternização após o almoço oferecido pelo governo baiano aos gaúchos no Yate Clube de Salvador.

Clóvis Pinheiro entrega ao governador em exercício Orlando Moscozo presentes enviados pelo governador Leonel Brizola e pelo prefeito Armando Biazus – entre eles peças de temática gaúcha desenvolvidas pela Metalúrgica Abramo Eberle, como facas, cuias e bombas de chimarrão.

Clóvis Pinheiro entrega os presentes e lembranças do Sul ao governador da Bahia. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Cuia e bomba de chimarrão integraram a lista de presentes oferecidos durante a visita. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Lendárias facas de gaúcho produzidas pea Metalúrgica Abramo Eberle foram entregues por Clóvis Pinheiro (E) ao governador Orlando Moscozo. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Passos de dança

Além de artigos típicos do Sul, a caravana levou mensagens do governador do Estado, Leonel Brizola, do prefeito de Caxias do Sul, Armando Biazus, e da Associação Riograndende de Imprensa ao prefeito de Salvador, Heitor Dias.

Dias, inclusive, aproveitou para dançar – ou aprender a dançar – com as prendas do Rincão da Lealdade. Entre elas, a jovem Suzana Dallegrave, trajada de vindimadora, conforme vemos na imagem abaixo, reproduzida do Pioneiro de 17 de junho de 1961.

Foto: reprodução jornal Pioneiro, acervo Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

A trupe

A Invernada Artística do Rincão da Lealdade em 1961 era composta por nove pares de dança, uma dupla, dois trios, dois solistas de violão e quatro declamadores.

Os integrantes do Rincão da Lealdade durante a visita aos campos petrolíferos da Refinaria de Mataripe, no Recôncavo Baiano, um dos roteiros integrantes da comemoração dos 25 anos da filial Salvador da Vinícola Rio Grandense. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Parceria

Parte das informações e fotos desta coluna são uma colaboração do Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami.

 

Fortunati celebra convênio para acolhida de refugiados

O prefeito José Fortunati e o secretário municipal de Direitos Humanos, Luciano Marcantônio, participam na manhã desta quarta-feira, 13, do ato de celebração de parceria e repasse de recursos, decorrentes do convênio que constitui a estruturação do Centro de Referência e Acolhida aos Imigrantes e Refugiados do Município de Porto Alegre (Crai - POA).

O evento será realizado às 10h, no Salão Nobre do Paço Municipal, e contará, ainda, com as presenças do secretário nacional de Justiça, Beto Vasconcelos, e da secretária adjunta dos Direitos Humanos do Estado do Rio Grande do Sul, Maria Elizabeth Rosa Pereira.

 

Estado quita parcela da dívida com a União e desbloqueia contas

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 12.01.2016: Fachada do Palácio Piratini. Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Foto: Leandro Osório/ Especial Palácio Piratini
Ingresso de ICMS possibilitou ao governo saldar parcela da dívida referente ao mês de dezembro - Foto: Leandro Osório/Especial Palácio Piratini - Download HD (3,27 MB)

A parcela de R$ 272 milhões da dívida do Estado com a União, atrasada desde a virada do ano, foi paga nesta terça-feira (12) e pôs fim ao bloqueio das contas determinado pelo governo federal na véspera. O ingresso de R$ 188 milhões do ICMS dos setores de energia elétrica, telecomunicações e combustíveis ajudou a Secretaria da Fazenda a quitar a prestação referente ao mês de dezembro.

Ainda na segunda-feira (11), tão logo houve o comunicado da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) sobre o bloqueio das contas, a Fazenda já havia transferido para uma conta específica do Banco do Brasil cerca de R$ 84 milhões.

É a sexta vez que a União determina restrições na gestão das finanças por atraso no pagamento da parcela da dívida. Por conta das dificuldades financeiras, desde abril de 2015 que o governo do Estado vem atrasando o repasse dos serviços do contrato com a União. Ao longo deste período, o governo federal já havia determinado o bloqueio entre os meses de julho e novembro.

 

de Serafina

PREFEITO RECEBE VISITA ILUSTRE

Na tarde do dia 11 de janeiro de 2016, o Prefeito Municipal, Sr. Ademir Antonio Presotto recebeu em seu gabinete a Visita do Ex-Delegado de Polícia de Serafina Corrêa, Dr. Carmelo Santalucia.
Dr. Carmelo, hoje exercendo as funções de Delegado da Polícia Civil, na Cidade de Macaé no Rio de Janeiro, atuou por um longo período em nosso Município, deixando marcas fortes e o registro de um trabalho sério, competente e de grande valor para a comunidade serafinense, conforme declarações do Prefeito Presotto.
Além da competência, Dr. Carmelo também foi grande parceiro em todos os acontecimentos da administração, especialmente no que tange à segurança, posição esta que é mantida também pelo Prefeito Municipal, uma vez que a nossa qualidade de vida, seguramente necessita de um olhar especial, nesta área da sociedade civil.
Juntamente com os desejos de uma boa estada em Serafina Corrêa, a Cidade Simpatia e Capital Nacional do Talian, o Prefeito Presotto fez a entrega de uma lembrança, concretizando o reconhecimento pelos bons serviços por ele aqui prestados

OBRAS EM SILVA JARDIM....


12 de janeiro de 2016

OS TANQUES NA RUA

FOI SAB PASSADO, NA DOM PEDRO, EM FRENTE A SOGIPA.....

 

cena constrangedora

aconteceu sab ultimo. o casal saía lá pelas 11 e pouco com o bebe do clinicas, mas o marido foi cobrando a mulher durante um bom tempo:

- não vou te perdoar daquela noite, dizia...

ela, com o bebe, caminhava quieta.

 

porto verão alegre.....

bateu sono no T-9

 

da Ufrgs

LIVRO DIGITAL FOI TEMA DE REDAÇÃO DA URGS.DEVE TER MATADO MUITA GENTE....

 

sucessão na urgs

só se fala disto.

RUI OPPERMANN ATUAL VICE REITOR DEU A LARGADA, MAS AINDA NÃO DESOCUPOU A CADEIRA QUE OCUPA.JA O CANDIDATO DA OPOSIÇÃO, ou o outro candidato, professor ROBERTO FRANCO, LARGOU A PROGRAD, ONDE OCUPAVA UM CARGO JUSTAMENTE PRA CONCORRER.

professores tem 75% do peso, alunos 15% e funcionários 10%. as eleições são em março proximo.

 

AINDA RR

1. umodor forte de incenso impregna seu triplex.

2. modesto, pai do RR, teve umabriga violenta com o pai do VINOGROM, o médico, por causa de um ape...

3. pelas paredes do triplex do RR, stones, beatles, motivos de rock....

vem do comercial. pq apenas como repórter, não faturaria o que fatura com seu trabalho. embora ele seja competente no que faz.

 

da ZH

na zh de hj a dura luta diária das profis....

 

Feira

mãe e filha vêm do interior no sab pra vender frutas na feira do Olimpico.

 

A Polícia Federal do PT

olha o japones da federal(OC)

De: rekern
Enviada: Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016 11:09

A Polícia Federal do PT está a mil, já botou alguns do PT, PMDB, muitos do PP e das empreiteiras em cana, agora parte para cima dos tucanos. Os jornais anunciam que o Aécio foi entregue por um delator premiado por propina de 300 milhões (li na Folha de SP), o falecido presidente do PSDB também é acusado de receber altas granas para o seu partido. Mas quem está sendo acusado agora é o governo FHC por ter sido uma empresa argentina comprada pela Petrobras, por centenas de milhões de dólares acima de seu valor. Negócio de governo tucano é só em dólares. E eu que achei que eles eram intocáveis, volto a acreditar na polícia de nosso país. Agora a bola está com a Justiça.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern.blogspot.com.br

 

COMEÇAMOS BEM 2016

de uma leitora

Enviada: Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016 09:48

Bom diaaaaaaa!!!!

ICMS passou para 18%, único "trabalho" que o Sartori, fez, agora recebi a notícia que aço para construção mecânica aumenta hoje 10%, assim, sem mais nem menos.

FELIZZZZZ 2016

 

ICMS

O EFEITO DO ICMS SO AGORA ESTÁ SE FAZENDO SENTIR. QDO VEM A CONTA. É SEMPRE ASSIM....

 

de São Borja

capincho no batente.....

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016 10:20

To trabalhando que nem um animal.
Quase toda a secretaria de férias e só eu correndo atrás pra coisa andar aqui.
Cansa!

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Artigo

O Rio Grande que não conhecemos

por Adeli Sell, escritor e consultor

Todo mundo quer ir a Gramado. A cidade é campeã em "city marketing". O que é um mérito.
No entanto, Gramado não é o espaço turístico e cultural mais importante do Rio Grande do Sul.
A capital gaúcha - Porto Alegre - tem (quase) de tudo para ser apreciado. Nem as pessoas daqui a conhecem, porque suas administrações não sabem "vender " a cidade e seus encantos.
Os dois passeios no ônibus turismo e os passeios de barco no Guaíba por si só já comprovariam minha tese.
Hoje, quero mostrar que é preciso conhecer a outra parte da Serra, não as Hortênsias, mas Garibaldi e Bento Goncalves, pois é um programa mais encantador e autêntico.
Não despreze Gramado e Canela, mas também conheça algo mais.
Se você subiu a Gramado no Dia de Reis perdeu na passagem por Taquara uma festa tradicional que você não pode morrer sem conhecer: o Terno de Reis!
Se na volta vai descer por Nova Petrópolis pare em Picada Café para conhecer os orgânicos, o vinho e a cerveja artesanal da Coopernatural, do Ricardo e seus parceiros.
De quebra em Dois Irmãos conheca a cerveja artesanal Hunsrücker.
E em Campo Bom, a Imigração.
No Vale do Taquari,a negócio ou a passeio, conheça no caminho o autêntico café colonial da Casa do Mel.
Em Estrela, além do Porto, em recuperação, passe na Prefeitura e pegue a lista das mais de 20 fábricas de cervejas artesanais.
Em Lajeado, tem o Barbera Café e a Confeitaria Suíça.
Suba por Conventos e conheça a mais alemã das cidades do RS, Forquetinha. Além disso, abasteça-se de lingerie direto na fábrica.
Vá a Sério e na prefeitura tem os roteiros de turismo rural e ecológico.
Curta as cascatas e as trilhas de Sério, Boqueirão do Leão e Progresso. Na volta vá pela estrada de chão para ver os encantos naturais de Canudos do Vale.
Na volta a Porto Alegre dê mais uma rodada e visite Colinas e Imigrante.
Passe por Teotônia.
Aí escolha voltar pela Rota do Sol ou pela 386 - Tabaí-Csnoas.
Se voltar por Garibaldi, pare em São Vendelino para conhecer a cervejaria Uhrwald.
Para quem quiser saber mais - adeli13601@gmail.com.

 

do Comunique-se

Universidade de Oxford abre inscrições para bolsas de estudo no Reuters Institute of Journalism

A Universidade de Oxford, na Inglaterra, está com as inscrições abertas para a bolsa de estudos do Reuters Institute of Journalism. O prazo de inscrição é até o dia 31 de janeiro.

universidadedeoxfordUniversidade de Oxford é a segunda mais antiga da Europa (Imagem: Reprodução)Ao todo serão 25 bolsistas, que podem participar dos programas de pesquisa por 3, 6 ou 9 meses. O programa visa a pesquisa e exploração em tópicos como jornalismo e negócios, o futuro do jornalismo e a relação entre jornalismo e accountability.

Interessados devem ser fluentes e inglês e ter, no mínimo, 5 anos de carreira.

Para mais informações (em inglês), https://reutersinstitute.politics.ox.ac.uk/page/how-apply.

*Texto publicado originalmente no site da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

 

União bloqueia as contas do Estado pelo atraso da parcela da dívida

Por conta do atraso no pagamento da dívida desde a virada do ano, a União voltou a bloquear as contas do Estado nesta segunda-feira (11). Um comunicado da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) determina que a Secretaria da Fazenda repasse todos recursos de recolhimento de impostos para uma conta específica do Banco do Brasil até atingir o valor de R$ 272 milhões, referentes à parcela de dezembro.

Com dificuldades financeiras, o governo do Estado vem atrasando o pagamento dos serviços do contrato com a União desde abril de 2015. Ao longo deste período, o governo federal bloqueou as contas do Rio Grande do Sul entre os meses de julho e novembro.

O subsecretário do Tesouro, Leonardo Busatto, estima que até esta terça-feira (12) será possível quitar a parcela atrasada e levantar o bloqueio das contas, a partir da arrecadação de ICMS de Substituição Tributária e da primeira parcela do imposto cobrado sobres combustíveis, energia elétrica e telecomunicações.

Ainda na parte da manhã, a União chegou a fazer os repasses de R$ 53,2 milhões referentes à cota do FPE e de outros R$ 23,1 milhões do IPI-Exportação. Estes recursos foram utilizados para transferências feitas ao longo da segunda-feira.

R$ 90 milhões liberados antes do bloqueio
Antes de ter as contas bloqueadas, o Estado liberou R$ 90 milhões para setores prioritários como saúde, sistema prisional e investimentos da Consulta Popular. Para o custeio de hospitais e convênios com as prefeituras, foram repassados R$ 81,5 milhões. O setor penitenciário recebeu mais de R$ 4,1 milhões: R$ 3,2 milhões para alimentação dos presos e outros R$ 930 mil para o projeto de construção do novo Complexo Penitenciário de Canoas.

Foram repassados ainda R$ 2,5 milhões para as prioridades definidas no processo da Consulta Popular, incluindo pendências de 2015 e anos anteriores. As prefeituras receberão, ainda, R$ 941 mil do Fundo Estadual de Assistência Social.

 

de Serafina

DISTRITO DE SILVA JARDIM RECEBE ATENÇÃO DO MUNICÍPIO

O Poder Público de Serafina Corrêa, sob a chefia do Prefeito Municipal, Ademir Antonio Presotto e do Vice, Francisco Bernardo Mezzomo vem promovendo o desenvolvimento ordenado de todas as áreas da Administração e, neste momento fazendo manutenção especial no Distrito de Silva Jardim, o qual abriga importantes Empresas e fortes empreendedores no setor agrícola. Através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Agronegócio e sua equipe, está sendo feito um grande mutirão na recuperação das estradas de Silva Jardim, o que facilita o escoamento da produção e, permite uma melhor qualidade de vida aos seus cidadãos. A situação das estradas ficou comprometida devido às intensas chuvas que atingiram toda a Região.
O Secretário da Agricultura José Barp destaca o grande potencial agrícola da comunidade e, a necessidade de deixar as estradas vicinais em perfeitas condições, lembrando que, há pouco tempo foram feitas melhorias, também na rede elétrica. Em companhia do Prefeito Presotto, do Vice – Chico Mezzomo e de lideranças locais, planejaram uma recuperação geral das mesmas, incluindo roçadas e limpezas diversas. O trabalho de recuperação está sendo feito com uma roçadeira articulada, com um trator de esteiras e uma Escavadeira Hidráulica. A colocação de cascalho brita e pedrisco, com rolo compactador e, tubos onde for necessário, dando uma melhor e maior visibilidade aos que por ali transitam.
Foi disponibilizado um rompedor para abertura das sarjetas, às margens das estradas, com o intuito de mantê-las em melhores condições pois, segundo as declarações do Prefeito “ele está comprometido, com as necessidades de todas as áreas do Município mas, sua administração também tem dado atenção especial ao Distrito de Silva Jardim e seus moradores.”


11 de janeiro de 2016

EXCLUSIVO

RUI OPPERMANN LANÇA CANDIDATURA A REITOR DA URGS EM ALMOÇO NO ANTONIO LANCHES...

FOI HJ DIA 8.1 - COMEÇOU CEDO - A CAMPANHA DO ATUAL VICE REITOR RUI OPPERMANN A REITOR...ALMOÇOU COM 12 APOIADORES. COMERAM UM TRI FINO BACALHAU PREPARADO PELA ANTONIO, DO ANTONIO LANCHES. PAGARAM 45 PAUS CADA UM POR UMA LAUTO ALMOÇO.

A ELEIÇÃO É NESTE ANO. TEM OUTRO CONCORRENTE , DE OPOSIÇÃO.

votam PROFIS, FUNCIONÁRIOS E ALUNOS. MAS É A DILMA QUEM DECIDE.O ATUAL REITOR NÃO PODE MAIS CONCORRER.

NÃO HOUVE DISCURSO NO ALMOÇO DE HOJE AO MEIO DIA...RUI É O QUE ESTÁ DE GRAVATA SENTADO NO MEIO DA MESA.

ALMOÇO DE LANÇAMENTO DE RUI OPPERMANN A REITOR DA URGS

FOI NA 6, NO ANTONIO LANCHES, UMA BAITA BACALHOADA PREPARADA PELA EXCELENTE COZINHA DO ANTONIO LANCHES....

E SAIU APENA S45 PAUS PRA CADA UM. SEM ALCOOL QUE ALI DESDE QUE A WRANA PANIZZI PROIBIU NÃO SE SERVE MAIS ALCOOL, O QUE EU APOIO(oc)

FOI A REITORA WRANA PANIZZI QUE PROIBIU VENDA DE ALCOOL NO ANTONIO LANCHES. É QUE UMA ALUNA DO APLICAÇÃO TOMOU UM FOGO TÃO GRANDE NO BAR DO CAMPUS ENTROU EM COMA ALCOOLICA, A FAMILIA PROCESSOU A URGS E A PARTIR DAI NÃO SE PODE MAIS VENDER ALCOOL NA URGS.

o BAR DO ANTONIO LANCHES, ANTIGO BAR DA FILO, SERVINDO AQUELE BACALHAU HJ DIA 8.1....

TURMA DE 12 PROFESSORES ALMOÇARAM LÁ.

EM 1027 O BAR COMPLETA 50 ANOS E O DONO VAI EDITAR UM LIVRO. (OLIDES CANTON) O GARÇÃO É WILLIAM....GENTE FINA PRA CARAMBA QUE OS COLEGAS CHAMAM DE ' GERENTE DO MACDONALDS...."

WILLIAM FOI FARDADO PRA SERVIR O BACALHAU DOS 12 COMENSAIS DO CANDIDATOa reitor da URGS prof. RUI OPPERMANN NA 6 DIA 8.1

 

HISTORIAS DO ANTONIO LANCHES

OS IRMÃOS GONZAGA...


1. No começo, isto é, 48 anos atrás, em 1967, ali se realizavam bailes ....como ali tinha só mulher - letras, filosofia, jornalismo - vinham os caras da engenharia, medicina nos sabados à noite...

Os irmãso GONZAGA - Sergius e Régis - hoje donos do UNIFICADO , não dançavam.... ficavam sentados numas mesinhas que havia por ali. mais o SERJÃO, que é falecido....

Um dia houve um entrevero com os visitantes, digamos assim, que tinham ido dançar lá foram pra cima do ANTONIO, o dono dalancheria. REGIS E SERGIUS ENTRARAM NO recinto do bar e deram uns gritos com os caras que foram embora.

2. ' Caju' era funcionário da Reitoria. Ia muito no Antonio Lanches pedir pro dono assinar documentação que a reitoria mandava.:

- Assina aqui, dizia o funcionário.

Antônio só pra encher o saco do cara, não assinava....

Este " caju' arrumou uma namorada digamos fogosa. e ficava contando pra deus e todo mundo....foi e comentou com uns colegas espertos, que lhe venderam um viagra ' vagabundo ' que não custyava mais que dois pilas, por digamos 50. Da próxima vez que se viram, ele contou que deu conta do recado muito bem...

3. Nascimento era um bedel de uma faculdade. Um dia ele ouvi um professor que falava meio alemon contar pruma colega que sua filha não desincalhava...

quando a professora foi embora, ele que havia escutado todo o papo, chegou no alemon e lhe disse:

- essa sua filha precisa de um trabalho, porque fizeram um pra ela, por isto está encalhada.

eu preciso de digamos mil reais pra fazer isto....

ai o professor deu a grana e ele chegou correndo no antonio lanches:

- manda ai várias chuletas, cervbejas(naquele tempo podia) e contou que tinha tirado uma bgrana boa do bocó do professor. foi no mercado e comprou lá o que precisava pro batuque mas nãos e sabe se ela desencalhou ou não.

4. A PROFESSORA GRACIEMA PACHECO, fundadora do APLICAÇÃO, ia buscar seus alunos no Bar do Antonio Lanches que entravam por uma porta lateral que haiva:

- Meus alunos não ficam NESTE BAR SUBVERSIVO DIZIA PRO DONO DO MESMO....

 

RENATO ROSSI

estive num jantar na casa do RRossi. Não sabia que era da familia das espingardas.


a coberturra do RR na carazinho....tem piscina e tudo....mas tem principalmente o afeto dos donos.

* Ele foi demitido da Ftarde pelo Valter Galvani nos anos 70.

* depois é que foi escrever sobre carros....

qto ao jantar em si,tudo muito simples, sem grandes sofisticações....

ele mora na Carazinho, numa cobertura com sua companheira ...ela é legal, não compete com ele, e talvez por isto juntaram as escovas de dentes.

Ele falou a noite toda.

o renato não tem filhos. seu pai morreu aos 47 anos. era um dos herdeiros dos Rossi que faliram por brigas internas. ele contou alguns detalhes...

era a grande fábrica de espingardas em são leo. e me disse que tinha dentro da fabrica ambulancias de plantão pq volta e meia nas experiencias havia acidentes com armas.

a taurus não era nada naquela epoca.

RRossi é dos carros sim. ele tem programas sobre carros. acho uma chatisse não sei dirigir, não tenho carros.

* mas gosto da ligação do rr com o rock. viu muitos shows, viu mick jagger em floripa, com 20 seguranças em volta.

* e é um homem viajado, mas nunca perdeu a simplicidade. não é besta.

quando o pai do RR morreu, num acidente dentro de um onibus - ele tinha dois carros que pra época era muito, foi na av. Farrapos, pegou um onibus e houve um acidente e foi ejetado( como o velho costumava sumir dias aq mae do renato nem foi atrás com seu sumiçpo e somente depois de 3,4 dias vieram lhe dizer que o modestinho(Modesto era seu nome) estava no necrote´rio.

ela disse pro renato:

- não tem preocupes quenos ficamos bem..
tinham mais de 30 apes alugados.

rossi não tem filhos mas é fixado na memoria do seo modesto, seu pai.

ele morou com a mãe na nilo peçanha durante anos.

e émuito lutador.

 

DETROIT FORA.

pela primeira x em muitos anos a GM não o convidou pra ir a Detroit no salão. sinal de perda de prestigio da Record onde ele tem programa.

já disse pro renato montar u programa de rock numa rádio. ele entende disto.

E NÃO VAI NO SHOW DOS STONES NO B RIO. JÁ VIU VÁRIOS SHOWS DELES QUANDO ERAM MAIS JOVENS.

na casa dele tem 3 cachorros. todos simpáticos.

n venham me dizer que fiz invasão de privacidade. agora virei ' colunista social' em grande estilo. kkkk

e o renato levou no jantar sua secretaria a Yeda negra bonita e discreta....ela fez as fotos. isto é sinal de prestigio pros convidados. pra mim não importa mas o pessoal gosta.

tinha lá um casal de judeus, amigos dele que gostei. a mulher tinha um papo interessante. falou das ilhas gregas, de mikonos(praia de gay, olha ai pra ti laurinho)e de santorini, onde minha ex namorada de santa maria ia muito.

e o engraçado é que o filho desta mulher ligou a uma e disse pra mãe:

- o que uma velha como tua faz na rua esta hora???

kkkkkk

 

RR

como dizia o MAuRO ROCHA sou um ser anti social. tava loko pra vir pra minha casa. áqui é meu cantinho. não quero mais nada do mundo, nem conhecer novas pessoas. me vou pra GARRUCHOS.

OS ROSSI DAS ARMAS FALIRAM DEVIDO A DISPUTAS DE HERDEIROS. COMO SEMPRE. PELO MENOS É O QUE DISSE O RENATO.

E ELE TEM EM CASA AINDA ALGUMAS ESPINGADAS RECORDAÇÃO DO PAI.

ELE DISSE QUE SEU PAI, O MODESTO, LEVAVA PRA CASA SEMPRE UMAS VINTE ESPINGADAS E DEIXAVA ENCIMA DA MESA PRA IR VENDO.

O RENATO ROSSI CONHECEU UMA COREANA E DEULIGAÇÃO NUMA VIAGEM. FORAM PRA FLOREST ANEGRA NA ALEMANHA...

ele disse que iria ve-la em tóquio, mas nunca foi.

tempos depois se encontraram num hotel de NYC e ela já tinha um namorado. ele nunca mais a viu.

se comeu, ele diz que sim....

 

RR

perguntei ao rr se tinha passado saia justa nas viages.
- sim uma vez em detroit um taxista ia me matar. mas consegui ser ouvido pelo rádio e fui salvo.

apesar de ser malucão e gostar de rock, rr nunca puxou um fumo nem bebe....é comportado e caminha....mas está gordo como uma porca.tem 65 anos.

umax levei o rr na mercúrio. ele fez uma grande materia lá prum programa que tinha na TV gauíba

se eu entendi o RR ele vai dar prioridade ao programa dele na RECORD.

 

ARCHIMES FORTINI

NAO ERA SÓ DEVOTO DE STO ANTONIO

eu sou um dos poucos que leu toda a carta que ele escreveu pro BRENO CALDAS QUANDO SAIU DA EMPRESA. é um verdadeiro atestado de fidelidade ao patrão e as raizes da CJCJ,bem do tipo capataz de estancia.

dizem que o velho era gente boa..virou lenda...

mas o ' maldoso' do goulart me contou que nas gavetas do velho tinha digamos peças eróticas....os fetiches do veio. e os sacanas iam lá abriam a gaveta só pra aparecer tudo aquilo..

 

O GOLPE

O GOLPE PARAGUAIO já tem seu general, o FHC. Morre de mágoa e inveja do Lula. Babão, comprou o Congresso para sua reeleição, nas hora vagas se dedica a fomentar o golpe contra a Democracia.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern.blogspot.com.br

 

O q rola pelas redes sociais

 

o drmaa de uma leitora....

Enviada: Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2016 20:21

Ah, estou bem chateada, mas te conto.
Fomos na médica indicada pelo médico que fez o diagnóstico por procedimento, pois ele disse que em Caxias havia todos os recursos para ele iniciar tratamento.
A tal médica, ficou então com os exames, para estudos com um oncologista, colega dela para discutir novo procedimento, e dia 11 voltaríamos lá para ver este resultado.
Bem, a dita profissional, também se queixando do IPE, que não repassa e dinheiro, e que eles têm, etc. Mas veja bem, ela já foi falando que o tratamento dele teria diferenças, que o procedimento cirúrgico não seria barato, ou seja, para ela o assunto era R$.
O médico que nos atendeu na ULBRA, falou que em Caxias do Sul, temos um dos melhores hospitais aparelhados que atende pelo SUS, hoje na verdade são dois, o outro é o Pompéia, onde ele atua somente com tratamento para o câncer, também atende pelo SUS, com ótimos profissionais e aparelhagens, suporte físico e humano ótimos. Fiquei até em dúvida. é o INCAN, no hospital Pompéia.
Bom, eu tenho a neura de fazer cópias de tudo, tinha no PC as cópias do laudo dos exames dele.
3ª feira fiquei na fila da nossa UBS das 5hs30 até às 7hs30min para fazer cadastro, pois ele não tinha, e às 14 hs ele foi atendido.
Veja, Olides, que eu tive duas surpresas: o atendimento da médica foi excepcional, há muitos anos eu não era atendida como fomos, ela foi quem nos explicou realmente o problema dele, de posse das cópias dos laudos, já fez encaminhamento para o INCAN, ou seja, ele já vai para os profissionais certos e não haverá necessidade de se deslocar, porque tudo é feito lá.
Bem o que ele tem não é muito simples. Tumor no pulmão que não dá para mexer porque não é periférico, e gânglios no mediastino. Vai para as quimioterapias de certeza.
Lá no INCAN, eles têm tudo, como já mencionei, inclusive nutricionista, psicólogos, psiquiatras, pneumologistas, cirurgiões torácicos (que não é o caso dele fazer cirurgia). Atendimento de primeira. E pelo SUS.
A outra surpresa, é que a médica da UBS (SUS) que nos atendeu disse que a médica que fomos levar os exames também atende pelo SUS, inclusive foi dirigente não sei de que do Hospital Geral, me diz então o que se passa na cabeça de uma profissional desta? Era só ela dizer: 'eu tb atendo pelo SUS e faço o encaminhamento. Vaca!!
Mas segunda feira ela só terá o trabalho de me devolver os exames.
Sei, Olides que passaremos maus bocados daqui para frente.
Tenho certeza que ninguém merece isto. Mas são provações. Estou tendo apoio e esclarecimento de pessoas que passaram por isto, conviveram com que passou e que trabalhou com tudo isto. Mas o que me dói é que é meu marido quem vai passar por isto. A ficha já caiu.
Me ergui e estou com ele nas costas e bem amparado, já entrei com todos os cuidados. Já tudo preparado de antemão.
Ele está sabendo de tudo e disse que vai sair dessa, e vai mesmo, pois tudo está no início.
Tu que é meio ateu não entenderia o que se passa no coração de quem ora.
Não. Não, não vou em igrejas. Deus não está lá, podes crer. Na verdade Ele está sim, é em nossa consciência, e deixamos Ele de lado sempre que sabemos que estamos errados em qualquer situação de nossa vida, desde nos alimentar até o mais banal dos atos. Depois temos que responder. No caso do meu marido, fazia tempinho que tinha que parar de fumar, e ele tosse.
Qdo deixou de fumar a coisa se manifestou, porque não sei se tu sabe, depois que uma pessoa deixa de fumar ela tem tosse, e neste meio tempo entre a tosse do cigarro e a tosse da falta do mesmo, se manifestou tudo isto. Testa de mui, adesso...
Aqui parece inverno. Garoa todo o dia. Cheiro de mofo em pleno janeiro.
Desculpe o 'jornal', é que hoje estou um pouco mais animada.
Abraço.

 

da Folha de S.Paulo

Gigantesco, restaurante São Judas não mudou como o resto do país

Marcio Capovilla/Folhapress

JOSIMAR MELO

O restaurante São Judas Tadeu, ou Demarchi (a família de proprietários), há muito tempo era mais folclórico que gastronômico, mas sempre dono de um grande poder simbólico.

Gigantesco, cresceu em paralelo com a intensa industrialização do ABC. Virou um programa "refinado" para as famílias dos que já foram os operários mais bem pagos do país, os da indústria automobilística de São Bernardo e região. Mais tarde passou também a sediar a elite política que teve ali seu nascedouro.

Ao anunciar seu fechamento depois de quase 60 anos de história, seus proprietários apontam para a crise econômica como uma das causas.

Não duvido que isso tenha ocorrido. Mas nas últimas décadas esta não é a primeira crise –o Brasil já passou por momentos de descontrole total da economia, e ainda de uma inflação galopante que corroía o poder de compra dos assalariados, como aqueles que são a base da economia da região.
Reprodução/Facebook/saobernardodocampo.info
Inaugurado em 1949, o prédio onde funcionava o tradicional Restaurante São Judas foi vendido pela família Demarchi. Em razão dos prejuízos acumulados, o mais antigo estabelecimento da Rota do Frango com Polenta fechou as portas para o público e tem destino incerto.
O restaurante São Judas Tadeu, inaugurado em 1949, fechou as portas neste mês

E o São Judas continuava firme, pronto a se beneficiar de uma era –os anos Lula– que nasceu justamente ali ao redor, com as greves metalúrgicas de 1979. Vinte anos depois, estando um desses metalúrgicos no poder, o país veria a emergência de um novo mercado consumidor, e setores como os serviços e a alimentação sendo irrigados por um novo sangue financeiro.

Mas se o país mudou, o São Judas talvez não tenha feito o mesmo, para acompanhar o novo momento. Curiosamente, se o mesmo não ocorreu em todas as áreas da cultura, na gastronomia a era Lula correspondeu a um novo tipo de sofisticação no ramo dos restaurantes –mais no conteúdo (a cozinha) que na forma (luxo).

A crescente autoestima do país incentivou a pesquisa de ingredientes nacionais (mais baratos que os importados), a procura por sabores autóctones, feitos por uma entusiasmada nova geração de chefs.

Brotaram restaurantes mais informais baratos –adequados inclusive a momentos de crise– que se aproximam mais do artesanato e na cultura local.

Isso é muito diferente de um modelo popularesco que mais se assemelha às gigantescas linhas de montagem da indústria automobilística. Para os novos tempos, muitos se reinventaram; o São Judas não se moveu. E acabou. Já o Mocotó, de origens tão populares quanto, e o Esquina Mocotó, vão muito bem, obrigado.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

do Comunique-se

Com fan page excluída, jornal acusa Facebook de censura

Vítima de censura. É desta forma que o jornal ABCD Maior se vê. Na tarde desta quinta-feira, 7, a equipe do veículo de comunicação divulgou que a fan page da marca foi “arbitrariamente excluída” no dia 26 de dezembro. Para a equipe do impresso, o Facebook agiu “sem qualquer motivo, explicação ou possibilidade de defesa”.

Diretor do jornal sediado em São Bernardo do Campo (SP), Walter Venturini afirma que até o momento não sabe o que levou a rede social a excluir a página. “Estamos sem saber os motivos pelos quais fomos bloqueados. Queremos, ao menos, o direito de nos defender. Esperamos o restabelecimento de nossa página para levarmos informação de qualidade para os três milhões de moradores do ABCD”.

Promovendo o termo #CensuraABCDMAIOR, o periódico paulista ainda acusa o Facebook de fornecer “respostas genéricas, com informações vagas”, além de, supostamente, ter acatado unilateralmente uma “denúncia” contra o jornal. A pessoa física ou empresa responsável pela solicitação em questão não teve o nome comentado pelo veículo que está com a fan page inativa há mais de uma semana.

Fora as reclamações diretas contra o Facebook, o jornal enfatiza o fato de se considerar parte da mídia alternativa e, em razão disso, ser alvo de ações difamatórias. “Não foram poucas as ameaças sofridas nas redes sociais. Por diversas vezes, campanhas para realização de denúncias em massa foram sugeridas contra o ABCD Maior; o fato ocorreu em coberturas jornalísticas distintas e recentes, como as ocupações das escolas estaduais de São Paulo e durante a votação dos Planos Municipais de Educação pelas câmaras do ABCD, que abordaram o debate da igualdade de gênero e diversidade nas escolas”.

Com milhares de fãs no Facebook até a data em que o espaço foi vetado pela rede social, a equipe do jornal encerra o editorial reforçando a crença de que tudo será resolvido o quanto antes. “O jornal ABCD Maior lamenta o ocorrido e espera o restabelecimento da comunicação no Facebook, onde tinha até o fim de dezembro mais de 113 mil seguidores, para que os leitores do ABCD tenham a oportunidade de ter acesso a novas alternativas de informação na Região”.

 

Equipes do Detran aumentam em 54% abordagens na Balada Segura


Foram 23,8 mil abordagens em 407 blitze efetuadas em Porto Alegre e Litoral

Com aumento das equipes de fiscalização, utilização do talonário eletrônico de multas, mudanças na logística das blitze e integração com outros órgãos, o DetranRS aumentou em 54% as abordagens na Balada Segura no ano de 2015. Foram 23,8 mil abordagens em 407 blitze efetuadas em Porto Alegre e Litoral. No ano de 2014, foram 15,4 mil em 305 blitze.

Os dados referem-se somente às equipes de fiscalização do DetranRS, que atuam em Porto Alegre e no Litoral no período de veraneio. A Balada Segura ocorre também em outros 27 municípios, através dos órgãos de trânsito municipais, sempre com apoio da Brigada Militar. Em todo o estado, os dados parciais da Balada Segura também apontam um crescimento de 49% nas abordagens, passando de 54,3 mil em 2014 para 81,2 mil em 2015.

Com o aumento no número de abordagens das equipes do DetranRS, cresceram também as autuações (79%), o número de CNHs (79%) e veículos recolhidos (283%). Foram mais de 8 mil autuações registradas pelos agentes da Autarquia nas blitze da Balada Segura no ano passado, sendo 649 por dirigir sob o efeito de álcool e 1,8 mil por recusa ao teste do etilômetro. O número de autuações por embriaguez é 74% maior do que em 2014, quando foram registradas 373 infrações pelo artigo 165, e o número de recusas 78% maior do que as 1.018 de 2014.

Pessoal, tecnologia, logística e integração

O resultado foi atribuído a quatro fatores: o aumento do número de agentes, a utilização do talonário eletrônico de multas, a mudança na logística das blitze, permitindo fiscalização em dias de chuva, por exemplo, e a sinergia com os outros órgãos envolvidos nas operações: EPTC, Brigada Militar e Polícia Civil.

Em julho de 2015, o Detran/RS formou a sua terceira turma de agentes de trânsito, reforçando o time que entrou em atividade em dezembro de 2013. A primeira equipe de fiscalização do Detran/RS tinha oito servidores e assumia, após 16 anos de história, a competência já prevista no Código de Trânsito Brasileiro. Na Copa do Mundo, mais 12 agentes do DetranRS entraram em atividade. Hoje, são 22 agentes atuando exclusivamente na Balada Segura e outras operações especiais, como a Operação Hermanos, feita em parceria com a Polícia Rodoviária Federal.

O Talonário Eletrônico de Multas já era utilizado pelo DetranRS desde junho de 2014, mas em 2015 todos os agentes foram equipados com um tablet, o que permite maior agilidade nas consultas e no registro das infrações. O treinamento do pessoal e a avaliação constante da logística das blitze também influenciou o resultado, assim como a aproximação com os outros órgãos e as operações integradas.

 

de Serafina

qdo ia a serafina, ' puxava' uns galões de tinta na loja dos brimos....



8 de janeiro de 2016

ENXERGANDO OS FATOS

1. O ENCONTRO DE SARTORI DE 4 FOI COM OS VEICULOS.NÃO COM QUEM TAVA LÁ. NISTO SOU PUTA VEIA. CONHEÇO OS INTERESSES DOS GOVERNANTES E DOS VEICULOS.ALIAS ALGUNS DOS COMUNICADORES DITOS ASSIM VOCIFEREJAM NO AR, NA FRENTE DO HOMI SAO CORDEIRINHOS....SABEM QUE SENÃO TOMAM UM PE NA BUNDA, COMO O QUE FALOU MAL DA TIM.

2. SUGIRO AOS ASSESSORES DE SARTORI QUE ELE FAÇA UMENCONTRO COM OS BLOGUEIROS QUE NÃO REPRESENTAM OS VEICULOS, ONDE TANTO SARTORI,QUANTO OS DONOS TEM INTERESES. JÁ SEI DE ANTEMÃO QUE NÃO SEREI OUVIDO.

3. e sartori neste quisito tem sido igual aos outros governadores. mas isto a mim não me surpreende.Luciana genro será também assim.(OC)

 

almoço com sartori

o que eu quis dizer é que quem almoçou com ele foi o ' crachá', como se diz.!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

onde anda BARRIO...???

a presença dele no almoço do gov com colunistas quer dizer que ele foi CONTRATADO PELO MESMO PRA MELHORAR SUA IMAGEM????é pode ser.....

 

da Ufrgs

funcionarios almoçando no antonio lanches. o bar funciona neste sab e domingo por causa do vestibular da URGS...

 

LIBEROU GERAL???

comentário desta funcionária do Santander agora de tarde na biblioteca:

- aqui pode tudo,dizia ela pruma novata ,ou era cliente, que foi pela primeira vez lá...

Ué, naõ sabia que tava assim..(OC)

 

CAPITOLIO

A CINEMATECA CAPITOLIO É O RETRATO NESTE MOMENTO DE COMO ANDA A CULTURA DA CAPITAL. 3 PROJETISTAS - QUE PROJETAM OS FILMES - NÃO TIVERAM OS CONTRATOS RENOVADOS E ELA NÃO SABE QDO VOLTA. ENQUANTO ISTO OS DEMAIS COÇAM O DIA TODO. PELO MENOS TEM AR CONDICIONADO....KKK SO RINDO MESMO

 

O q rola pelas redes sociais

 

ESTREIA CABRESTEADA..

goulart começou sua interinidade no almanaque com uma encomenda. morte de mello.e ouvi quem pouco sabe da noite....ou melhor, quem ouviu de ouviu de ouviu....(OC)

o azedo do metro....leonardo meneghetti continua azedo com os cartolas de inter e gremio...

talvez seja um dos poucos comentaritas que não tá aqui com esta cartolagem...

 

do Comunique-se

Mário Lago: do ‘Presídio de Mulheres’ à demissão da Rádio Nacional na ditadura

por ‘Todas as Vozes’ - MEC AM (*)

Quadro ‘O rádio faz história’ mostra os diferentes talentos do autor de “Ai, que saudades da Amélia”

Na segunda-feira, 4, com colaboração da jornalista e professora da PUC-RJ Rose Esquenazi, o programa ‘Todas as Vozes’ contou a história de Mário Lago e mostrou trechos de grandes sucessos do compositor.

Mário Lago nasceu em 26 de novembro de 1911, no Rio de Janeiro e morreu em 30 de maio de 2002. Filho do maestro Antônio Lago e de Francisca Maria Vicencia Croccia Lago, herdou a rebeldia no sangue. Era neto de um anarquista, o flautista italiano Giuseppe Croccia. Filho único, tornou-se marxista e chegou a ser preso seis vezes. Depois do casamento com Zeli, abandonou a noite e a boemia para cuidar dos cinco filhos.


Radialista, compositor e ator, Mário Lago morreu em 2002 (Imagem: Divulgação/TV Brasil)

A profissão de advogado — para a qual estudara — não lhe atraiu muito. Largou a carreira para trabalhar como responsável pelas letras das músicas no teatro de revista. A Rádio Panamericana, em São Paulo, foi a primeira emissora em que Mário atuou. Depois, trabalhou na Mayrink Veiga e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Estava na lista dos demitidos da Nacional no início do regime militar.

Em sua principal fase como compositor, nos anos 1940 e 1950, contou com um grande parceiro: Ataulfo Alves. A música “Ai, que saudades da Amélia”, escrita em 1942, fazia uma ode à mulher submissa. As feministas reclamaram, mas Mário explicou que a música era para elogiar a mulher companheira, que estava ao lado do homem em todas as situações. Mais tarde, Mário chamaria outra canção ("Menina, seu sei de uma coisa", composta em parceria com Custódio Mesquita) de um equívoco e de “uma grande calhordice”. “Atire a primeira pedra”, de 1944, foi resultado de outra parceira de sucesso de Mário — considerado um dos compositores mais cultos da MPB — e Ataulfo Alves.

A colaboradora das segundas-feiras do quadro ‘O rádio faz história’, Rose Esquenazi também conta como Mário brilhou nas funções de ator e roteirista e por que entrou na lista dos demitidos da Rádio Nacional no início do período da ditadura militar.

Acompanhe, no player, trechos de sucessos musicais, histórias, depoimentos de Mário Lago e saiba mais sobre a história do artista. Ouça, ainda, parte da abertura do dramático programa radiofônico ‘Presídio de Mulheres’, dirigido por Mário na Rádio Nacional.

O áudio completo do quadro ‘O rádio faz história’ está disponível na íntegra no site de rádios da EBC.

(*) O programa ‘Todas as Vozes’ vai ao ar de segunda a sexta-feira, de 7h05 às 10h, na Rádio MEC AM do Rio de Janeiro - 800 kHz -, com apresentação do jornalista e radialista Marco Aurélio Carvalho.

 

Verão

De: nadi.beaze
Enviada: Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2016 15:37

Céu de Caxias às 11hs30min.
Jan/2016
E eu esperando o verão...

 

Campanha do Detran convida a colaborar contra o roubo de veículos

Uma mensagem para orientar a compra de peças usadas com procedência garantida e colaborar na luta contra o furto e roubo de veículos está impressa nos mais de 2,5 milhões de envelopes que levam documentos de veículos para os proprietários e os de habilitação para os condutores.

A campanha também estará em outros canais de comunicação do Detran, como site, redes sociais e cartazes para centros credenciados. A consulta a peças usadas está disponível no link www.detran.rs.gov.br/consulta-pecas.

A ideia é conscientizar a população de que a compra de peças usadas de veículos em ferros-velhos que desmancham carros roubados estimula cada vez mais os roubos, que muitas vezes incluem violência contra motorista e passageiros.

Esse círculo vicioso foi rompido pelo governo do Estado através do Detran com a criação dos Centros de Desmanche de Veículos. Os CDVs, que já são mais de 200 em todo o Rio Grande do Sul, são empresas credenciadas e que seguem normas rígidas quanto à procedência do veículo desmanchado e à segurança da peça, para que ela possa ser reutilizada sem problemas.

Para o diretor-geral do Detran, Ildo Szinvelski, a população tem muito poder em suas mãos: "Sabendo que pode, com toda tranquilidade, acessar de casa a informação de onde comprar peças revisadas por engenheiros e de origem comprovada, não há porque arriscar-se comprando peças de procedência duvidosa. Se o ladrão de veículos não tiver mais para quem vender o produto de seu roubo, certamente esses crimes vão diminuir em muito. É a população exercendo a cidadania".

Nos CDVs, todas as peças recebem etiqueta com código de barras para sua identificação, são lançadas no sistema informatizado do Detran e podem ser localizadas pelo cidadão através do site. As peças podem ser compradas no CDV pelo proprietário do veículo ou qualquer outra pessoa. Por isso, é importante exigir da oficina mecânica, quando ela for a compradora da peça, a Nota Fiscal Eletrônica. "Com essa garantia, o cidadão evitará atuar como receptador de objeto roubado", conclui Szinvelski.


7 de janeiro de 2016

FORNO ALEGRE

ALMOCEI E FIQUEI NO A LANCHES PQ A RUA TAVA INSUPORTÁVEL....

poa é assim no verão.

 

MEMORIA DA IMPRENSA

PERDI O ROTEIRO, ME MANDARAM PRO COMITE

olha até foi bom mas em 98, quando acompanhava o simon como assessor, mandado lá pelo Xuvisco, encontrei a MIRELA POYASTRO - que agora está no piratini e que no correinho fazia boas materias - em santo angelo, num roteiro....a mirella me levou prum bar pq queria desabafar. estava lá representando a campanha do BRITTO....(sim tinha até isto, reporteres contratados pela campanha espalhados pelo interior pra mandar informes, foi 'poderosa' esta campanha, hein....até hj tem muita lenda sobre o que nela se gastou, mas os personagens, dela,digamos estão hoje todos em SP)...

e me perdi do senador que foi levado pruma cooperativa com os apoiadores locaisl....

no dia seguinte, um sábado, XUVISCO ASSUMIU A CAMPANHA e depois o carlos sávio, que era o sonho do senador...a toda hora ele perguntava:

-MAS VCS NÃO IAM ME DAR UM ASSESSOR???ele queria o savio em quem sempre confiou....

escrevi um livrinho sobre aquela campanha e na inauguração do mesmo, não foi ninguém. mal sabia eu que escrever bastidores de campanha queima, e como....

mas fiz chegar ao senador os originais antes de publicar. ele mandou um recado, bem simoniano, digamos;
- PODE PUBLICAR, MAS EU NÃO VI....(OC)

o livro que escrevi sobre a campanha de 98, nãov endeu nada. mais ou menos como o MACACO DO AVELINE QUE ESTÁ ENCALHADO ATÉ HJ.

 

rekern

1. o petista ´tá muito folgado. não redige nem 5 linhas

so tá no feice....

e é o PRIMEIRO MOTORO ....

 

so tem dois blogs que eu lenho...

pólibio(pq é informativo) e IMPRENSA LIVRE RS PQ TEM OPINIÃO E TB INFORMAÇÃO. OR ESTO É TUDO IGUAL OU FOFOQUINHA CHUPADA UM DO OUTRO.

As x dou uma olhada no ritter. mas raro.o blog do MENDELSKY é uma decepção. ele se acomodou totalmente. não é o reporter que conheci.

na zh aprendi a gostar do MM...é o nosso DAVID NASSER. POLEMICO. GOSTO DE GENTE POLEMICA NÃO SE ' SABONETES'....

so pra não deixar passar em b rancas nuvens...o interino do cascatinha é duzentas x melhor que ele....

e o KADÃO É 300 X MELHOR QUE O GOULART.

BABAQUICES DOS LATINHAS DO FUTEBOL....

FLAVIO DAL PIZZOL HJ DE MANHA NA GUAIBA. AO INVES DE MUNDIAL, DISSE ' MUNDANA'. BAH....DÁ UM DICIONÁRIO PRA ESTE TOSCO AI....OU MANDA PRO ENEM....

 

do face do José Antônio Severo - obituário

Hoje me acordei pensando na triste notícia que Anthony Christo deu-me em primeira mão na tarde de ontem, falando do falecimento do Cláudio Lachini. Foi um baque, que logo liguei para Elmar Bones e Ênio Squeff. Esses dois, mais Anthony e o Lachini fomos um grupinho inseparável no “internato” do Hotel Amália, na Xavier de Toledo, nos tempos pioneiros da Semanal, depois chamada Veja e Leia, hoje só Veja. Escrevo isto para registrar como era antiga nossa amizade.
Poeta de mão che...ia, escritor telentosíssimo (autor da obra definitiva sobre a história do Espírito Santo), jornalista fundador da nova imprensa brasileira, especialmente da Gazeta Mercantil que, mais do que por sua qualidade editorial, será lembrada por sua ética, precisão isenção do noticiário. Lachini foi um dos guardiões dessa legenda.
Pois então ele se foi, à nossa frente. Partiu lúcido, com seu humor intacto, como vi e ouvi em nosso último encontro na sua casa na Cerro Corá, em São Paulo.
À sua mulher e minha amiga de tantos anos Gaia Lachini e seus filhos que vi nascer, André e Luciana, meus pêsames.

 

PEDRO MELLO

eu tive so um contato com o falecido notivago. ele me deu uma boa impressão. marcou a entrevista e foi não deu uma de estrela, como outros que deram o cano....

* e ouvi muito comentário POST MORTEM sobre ele, que não me interessam....o leitor já pode imaginar do que seja.....

é tipo aquela MUSICIA SE ACASO VC PAGASSE......

PEDRO MELLO DEVE TER FUNDADO UMAS 15 CASAS MAS FICOU MARCADO PELA AGUA NA BOCA.

funeral do PEDRO MELLO. dia 5.1.2016

 

PREZado laurinho

AS MEMORIAS DO PEDRO MELLO SÃO MINHAS A MIM ELE DEU...SOU COMO O ROBERTO MARINHO. O QUE É MEU É MEU E NG TASCA....

e as publicarei so no meu livro d qnoite. não vou dar de presente pra chuparem elas,colocarem em seus blogs e nem darem a fonte. abri os olhos meu amigo.

 

do Comunique-se

Wanderley Nogueira se emociona ao revelar que foi assaltado em São Paulo

Jornalista com mais de 40 anos de experiência, Wanderley Nogueira passou a ser mais uma vítima do crime em São Paulo. Repórter e coordenador da equipe esportiva da Jovem Pan, ele contou ter sido assaltado na capital paulista, com direito a ficar com “revólver no rosto”. Emocionado, o comunicador revelou a história na manhã desta terça-feira, 5.

O relato de Wanderley foi feito em vídeo disponibilizado pela emissora na internet. Com lágrimas nos olhos, o jornalista informou que teve carro, aparelho celular e documentos levados durante a ação. Além da gravação, ele participou ao vivo do ‘Pan News’, onde contou que chegou a imaginar que perderia a vida. “Você pensa que acabou tudo”, lamentou.

Parte dos objetos foi encontrada dentro do automóvel - abandonado pelo assaltante. Fim do episódio? Infelizmente, não. O jornalista registrou que o bandido fez questão de deixar claro que sabe onde ele mora. “Encontrei meu crachá da Jovem Pan dentro de minha caixa de correspondência. Fica fácil dormir sabendo que os ladrões sabem onde eu moro, é muito tranquilizador”, ironizou. “Até a próxima... Pelo menos, eu espero”.

 

Fortunati vistoria novos ônibus da Capital

O prefeito José Fortunati, o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, e técnicos da empresa realizaram nesta quarta-feira, 6, uma vistoria nos novos ônibus adquiridos pelas vencedoras da licitação do transporte coletivo da Capital. A visita técnica ocorreu na cidade de Caxias do Sul, sede da empresa Marcopolo, responsável pelo encarroçamento de 208 ônibus da nova frota, que deve entrar em operação no primeiro semestre. Ao todo, as empresas de ônibus de Porto Alegre adquiriram 293 ônibus, sendo 208 produzidos pela Marcopolo. A indústria está em férias coletivas, mas manteve 1,5 mil trabalhadores na linha de produção para atender a demanda das empresas de transporte da Capital. A direção da Marcopolo garante que todos os ônibus serão entregues até o dia 5 de fevereiro. Cerca de 90 deles com ar-condicionado.

 

'Prato para Todos' estará no bairro Mario Quintana nesta quinta-feira

O Prato Para Todos inicia o ano com visita à Associação de Reciclagem Ecológica Rubem Berta nesta quinta-feira (7). A instituição, localizada no bairro Mario Quintana, na zona leste de Porto Alegre, será a primeira a receber o programa em 2016.

No local uma equipe de nutricionistas do Sesc, parceira do Prato Para Todos, dará aulas de aproveitamento integral de alimentos por meio de receitas que utilizem partes não convencionais dos produtos para cerca de 50 recicladoras e recicladores da associação.

O programa Prato para Todos foi idealizado pela Ceasa/RS, via Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), e tem como parceiros o Sistema Fecomércio-RS/Sesc e Seven Boys.

Como funciona

A Ceasa/RS montou um cadastro de entidades que são beneficiadas e monitoradas sistematicamente, como creches comunitárias, instituições filantrópicas, asilos e entidades oficialmente registradas, que tratem de crianças ou pessoas em vulnerabilidade social. Com isso, além de prover alimentação, o programa desenvolve ações educativas junto às comunidades.

O ônibus-escola do Programa Prato para Todos percorre entidades e associações cadastradas, oferecendo oficinas sobre como aproveitar frutas e legumes integralmente no preparo de várias receitas. Os participantes recebem também um livreto com receitas e um certificado de participação.

Serviço

Pauta: Prato Para Todos da Ceasa/RS

Quando: quinta-feira, 7 de janeiro, a partir das 15h

Onde: Associação de Reciclagem Ecológica Rubem Berta (estrada Antônio Severino, 1317, Mario Quintana).


6 de janeiro de 2016

velório de pedro mello



reuniu freaks, hippies, gente da noite, profis, tudo regado a champagne...de nome OREMOS....



tudo ao som de FRANK SINATRA. não houve escandalos. só vi umamulher chorar. um rapaz falou em nome de todos.



não vi nem Falcão, nem Renato Portaluppi ambos grandes FREQUENTADORES DO AGUA NA BOCA FUNDADO PELO PEDRO NOS ANOS 80....esta gente costuma praticar o ditado. REI MORTO , REI POSTO.(oc)

o velorio hoje no sme almas do pedro mello foi uma festa....champagne e musica do frank sinatra. muitos amigos e conhecidos.

champgne no velorio de pedro mello.

velório do pedro mello esta tarde...

a cerimonia de despedida de pedro mello durou uma hora e pouco.....

procurei na guaiba, ng sabia onde seria o enterro do pedro mello.

* a zh deu no almanaque, mas nem deram a hora da cerimonia. relaxamento.....

 

GOULART

ASSUMIU O ALMANAQUE....E JÁ ME LIGOU QUERENDO SABER DATAS DO RUBEM VIDAL ARAUJO.

* fui no velório do rubem. tinha o brossard, o carlos araujo, e ng da imprensa tinha dado uma linha. como ele fez o prefácio do meu livro do getulio, fui no velório.

* depois levei a noticia da morta ao JC....

goulart não sou teu ' perdigueiro'....

por isto que estou montando aqui um peq almanaque da imprensa gaúcha. pra saber datas....

 

daUfrgs

as faxineiras da URGS aind anão receberam todo o 13 salário....

 

de São Borja

por capincho

De: letier12
Enviada: Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016 19:12

Cerca de 30 mil veranistas passaram pela ponte em 2016

Em São Borja, a empresa Mercovia, concessionária na Ponte da Integração, estava prevendo incremento de trinta por cento no fluxo turístico de argentinos na temporada 2015 - 2016. A tendência, porém, é de que o incremento será muito maior, devido ao grande movimento nestes primeiros dias do ano.

A estimativa é de que cerca de 30 mil veranistas tenham atravessado a fronteira nos últimos quatro dias, com novas previsões de pico de demanda. O gerente comercial da Mercovia, Alcir Jordani afirma que esse movimento é o maior já registrado na Ponte da Integração São Borja/Santo Tomé. No Centro Unificado de Fronteira da Ponte da Integração, foram contratadas equipes de agentes turísticos e os órgãos públicos brasileiros e argentinos ampliam seus efetivos para a temporada. Nos últimos dias, entretanto, foi necessário improvisar a ampliação da equipe, para garantir o atendimento da demanda e serviço de migração mais rápido. Também é esperado grande movimento, talvez maior do que o registrado nesse inicio de semana, ao final da primeira quinzena de janeiro. Os argentinos viajam em comboios e a cada quinzena do mês. Na próxima, vai coincidir com o retorno dos que já passaram férias no Litoral.

 

do Pioneiro

Primórdios do abastecimento de água em Caxias do Sul

por Rodrigo Lopes

Em 1927: o intendente municipal Celeste Gobbato (junto à tubulação) e o engenheiro Antonio de Siqueira acompanham as obras de construção da Hidráulica Municipal Borges de Medeiros. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

A solenidade que marca os 50 anos de fundação do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) nesta terça, a partir das 18h, na CIC, também serve para recordarmos dos primórdios do abastecimento de água em Caxias do Sul.

Os dois primeiros investimentos em captação e distribuição de água aconteceram ainda nos anos 1910. O primeiro, em 1914, foi a escavação de um poço de 9,5 metros capaz de armazenar 12m³ de água e a instalação de um sistema hidráulico, ligado a este reservatório, para abastecer a Praça Dante.

Depois, entre 1919 e 1921, uma pequena hidráulica foi instalada a partir da captação da água de quatro vertentes localizadas nas terras de Antonio Giuriolo, atual Parque Getúlio Vargas. O sistema, cujo reservatório ficava na Rua Borges de Medeiros, tinha sua água distribuída na zona central, em uma rede de três quilômetros de extensão.

As quatro vertentes, porém, possuíam uma capacidade de abastecimento bastante limitada, tendo em vista que a cidade se tornava cada vez mais populosa. Assim, nos anos 1920, a administração do intendente José Penna de Moraes (1912-1924) tratou de iniciar os estudos para a apropriação da água do arroio Dal Bó.

O engenheiro Dario Granja Sant’ Anna, diretor de obras públicas de Caxias, e o chefe da Comissão de Saneamento e Obras Públicas do RS, Antonio de Siqueira (ao centro), junto às casas da futura Hidráulica Borges de Medeiros, inaugurada em 1928. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

A era Celeste Gobbato

Encerrada a administração de Penna de Moraes, o novo intendente Celeste Gobbato assumiu as análises e, a partir daí, começou a efetivar a implantação de um novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água.

Em 1925, com o projeto pronto, a administração criou a “Caixa Municipal de Depósitos Populares da Intendência Municipal”, para arrecadar fundos destinados à construção da Hidráulica Municipal. A pedra fundamental foi lançada em 14 de dezembro de 1925, e as obras iniciaram-se em 1926.

A construção do sistema avançou até 1928, quando, em 19 de novembro, ocorreu a cerimônia de inauguração da Hidráulica Municipal Borges de Medeiros. Com a implementação da hidráulica, da represa São Miguel e da rede de distribuição, começava a funcionar, finalmente, o Sistema Dal Bó.

Grupo de trabalhadores da estação de tratamento sendo supervisionado pela equipe técnica em meados de 1927. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Ampliações a partir de 1943

Após um período de grande seca e com a utilização da represa em seu limite, em 1943 foi inaugurada a Barragem São Pedro, a fim de amenizar os problemas de racionamento verificados na cidade.

Entre 1947 e 1948, a estação de tratamento foi ampliada e construiu-se a terceira barragem do sistema, a Represa São Paulo. Já na primeira metade da década de 1950 foi a vez de a Represa São Miguel ser aumentada.

Concluía-se, assim, o Complexo Dal Bó.

Equipe trabalhando na área de terras da hidráulica, em 1927. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

A construção do reservatório 1 da Hidráulica Borges de Medeiros, em 1927. Foto: acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

No início eram os “cabungos”

Nas primeiras décadas da história de Caxias, a utilização de fontes públicas e a construção de poços em prédios públicos e privados foram a forma de atender a população. A apropriação da água na cidade tem seus primeiros registros em 1893, quando o Código de Posturas Municipais delegou as fontes construídas e naturais ao abastecimento público, sendo de uso comum.

A partir de 1913, o saneamento da cidade passou a contar com o “serviço de remoção de materiais fecais”. Tratava-se da instalação dos “cabungos” nas residências. Nessas espécies de cubos eram despejados os dejetos humanos, sendo trocados e higienizados regularmente por uma empresa que prestava serviço à Intendência Municipal.

Há 50 anos

O Samae foi criado pela Lei n° 1.474, de 5 de janeiro de 1966 e, nas décadas de 1960 e 1970, funcionou junto às sedes da prefeitura.

Em 1984 foi adquirido o imóvel da Rua Jacinto Madalosso, 211, no bairro Pio X, que passou a abrigar, inicialmente, o almoxarifado e a gerência de suprimentos da autarquia.

A atual sede administrativa, na Rua Pinheiro Machado, 1615, foi ocupada em 1991, quando aconteceu a mudança do imóvel da Rua Garibaldi.

Parceria

Com informações do portal do SAMAE e do Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami.

 

laurinho

pq eu não sou a magda beatriz...

 

Elegância x bagaceirice

Enviada: Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016 19:22

Estava assistindo a um dos programas locais de TV q comentava o inesperado falecimento do P. Mello. Aí, me dei conta de q tu fez o registro te referindo a um fato escroto, bagaceira, q ñ tem nada a ver (pode até ter sido uma invencionice do D. C. ou do R. P.) com a pessoa em questão, um sujeito q passou pela vida com extrema elegância. Pq tu ñ aproveitou os dados da entrevista q tu mesmo fez com ele? Tinha um bom material ali. Tua opção preferencial pela bagaceirice é paradoxal.

 

Da leitura

Enviada: Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016 12:26

Tu pode achar o q tu quiser, mas, para mim, leitura em quantidade ñ significa nada. Até acho q faz mal. A leitura mal digerida causa + danos q o analfabetismo. Da minha parte, sou mesmo muito seletivo nas minhas leituras. Leio pouco, mas bem. E, atualmente, apenas em francês e español (+ alguma coisa em inglês).

 

Do elogio

Enviada: Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016 12:18

DO ELOGIO - O elogio, para os vaidosos, pode significar apenas uma massagem no ego. Mas, para as pessoas consequentes representa o q os teoricos da comunicação definem como "feedback", ou seja, um retorno. E uma forma de saber se a pessoa está seguindo no caminho certo. Neste sentido, sim, acho importante o elogio. (Laurinho da Venâncio)

 

O que rola pelas redes sociais

 

Sartori

na entrevista do sartori, ficou certo que serão privatizadas rodovias...

 

Governo aposta no programa de concessões para resolver a infraestrutura do Estado

O governador José Ivo Sartori concedeu entrevista para o Grupo Bandeirantes, em Porto Alegre, nesta terça-feira (05). Sartori abordou temas relacionados ao primeiro ano de governo e ações para alcançar a sustentabilidade financeira do Estado, além de perspectivas de trabalho para o ano de 2016. Entrevistaram o governador os comunicadores André Machado, Ozires Marins, Sérgio Stock, Guilherme Baumhardt e André Mags.


Durante entrevista ao programa Jornal Gente da Rádio Bandeirantes, na manhã desta terça-feira (5), Sartori explicou que o modelo proposto pelo governo é igual o do governo federal - Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

O governador José Ivo Sartori afirmou, nesta terça-feira (5), ter a convicção de que o programa de concessões de rodovias, em análise na Assembleia Legislativa, é a saída para resolver os problemas de infraestrutura do Rio Grande do Sul. Durante entrevista ao Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, Sartori explicou que o modelo proposto é idêntico ao do governo federal.

O projeto prevê 30 anos de concessão, de forma que os investimentos necessários sejam amortizados e o valor das tarifas pagas pelos usuários seja definido em licitação, do tipo menor preço. "Não adianta querer fazer capitalismo com o usuário e socialismo com o investidor. Não dá certo. Por isso, nosso modelo segue o federal", frisou o governador.

Sartori disse que o governo estadual está construindo com os ministérios do Planejamento e dos Transportes e com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) uma proposta organizada e estruturada para concessão de rodovias federais no Rio Grande do Sul. O ajuste entre as duas esferas de governo é para a formação de redes. "Para nós, interessa tudo que vem de Santa Catarina em direção ao Porto de Rio Grande", declarou.

Outro projeto que está na Assembleia e faz parte do conjunto de ações para melhorar a infraestrutura propõe a readequação da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Com a aprovação da proposta, a EGR poderá criar um fundo para eventuais emergências e ampliar as ações da empresa nas estradas.

Renegociação

Durante o programa - que abriu a série de entrevistas que o governador concederá a diversos veículos de comunicação nesta semana -, ele falou também sobre a renegociação da dívida com a União. Alertou que o Estado poderá ter dificuldades de fazer novos financiamentos, por causa do alto comprometimento de percentual da receita corrente líquida. Hoje, quase 14% da receita estadual vai para o pagamento da dívida com a União.

"Para criar condições de o Estado continuar buscando financiamentos internacionais nas áreas importantes para o desenvolvimento, é preciso negociar um alongamento de prazo da dívida, que é o que os governadores estão pedindo - de 2028 para 2038", disse o governador. Além disso, é pleiteada a redução do percentual de comprometimento da receita. Sartori espera que renegociação comece a ser feita em fevereiro.

Função do Estado

Sobre as propostas de extinção de fundações e de empresas como a Cesa, Sartori explicou que elas resultam de uma análise sobre qual é a função e o papel do Estado. "Eu tenho que saber aquilo que serve para o Estado. Aquilo que o Estado ainda tem que fazer. Por que o Estado tem que ficar cuidando de armazenamento de produção de alimentos? Por que, se o Estado não faz pesquisa em saúde, ou se faz, não pode ter uma fundação afim absorvida pela própria Secretaria de Saúde?", questionou.

Para ele, existe uma resistência muito forte no Rio Grande do Sul à extinção de órgãos públicos. Mas deixou clara a posição do governo: "Onde o Estado não precisa estar é que ele tem que abrir a comporta, para permitir que as coisas sejam feitas por setores da sociedade. E onde o Estado precisa estar, tem que aprofundar e melhorar a sua atuação".

Tribunal de Justiça Militar

Em referência aos que defendem a extinção do Tribunal de Justiça Militar pelo governo, Sartori afirmou: "O Tribunal pertence ao Poder Judiciário, e não ao Executivo. Há uma interpretação totalmente equivocada e enganosa a respeito disso. Acabar com ele não é competência do Executivo".

Responsabilidade Estadual

O governador voltou a afirmar que o principal ponto da Lei de Responsabilidade Fiscal é que "ninguém pode gastar o que não tem". Salientou que a folha de pagamento do Estado é composta de 54% de inativos. "A nova lei é para proteger o serviço público. É para proteger o futuro governante. Para que ele não tenha que passar o constrangimento que nós estamos passando hoje, de não ter recursos para pagar a folha", ressaltou.

Sartori defendeu que as mudanças estruturais que o governo promove no Estado são para proteger o servidor: "São para garantir que o servidor, amanhã ou depois, não tenha mais a intranquilidade que teve durante 2015 e que poderá continuar durante 2016. Nós temos um caminho longo pela frente para colocar a casa em ordem".

 

Rodovias da EGR contam com 14 equipes para obras nesta semana


Intervenções nas estradas provocam mudanças no trânsito

As estradas administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) recebem, até a próxima sexta-feira (8), 14 equipes para a realização de obras. Entre as frentes de trabalho, mobilizadas pela Secretaria dos Transportes e EGR, destacam-se as que atuam nos kms 27 e 29 da ERS-115, entre Três Coroas e Gramado. O trânsito nessa rodovia está completamente interrompido no trecho durante a realização dos trabalhos.

Confira na lista abaixo os trechos que estarão em obras e as alterações previstas para o tráfego de veículos:

ERS-040, entre Viamão e Balneário Pinhal: entre os kms 43 e 45, com fluxo intercalado de veículos
ERS-115, entre Gramado e Taquara: no 27, com trânsito interrompido no trecho
ERS-115, entre Gramado e Taquara: no 29, com trânsito interrompido no trecho
ERS-122, entre a ERS-240 e São Vendelino: entre os kms 0 e 40, com estreitamento de pista
ERS-122, entre Caxias do Sul e Antônio Prado: entre os kms 83 e 86, com fluxo intercalado de veículos
ERS-129/ERS-130, entre Lajeado e Guaporé: no km 73,7, sem alterações no trânsito
ERS-235, entre Gramado e São Francisco de Paula: entre os kms 63 e 65, sem alterações no trânsito
ERS-239, entre a BR-116 e a ERS-020: entre os kms 45 e 48, com estreitamento de pista
ERS-240, entre Vila Scharlau e Montenegro: entre os kms 0 e 30, com estreitamento de pista
ERS-784, entre Balneário Pinhal e Cidreira: entre os kms 10 e 14, com fluxo intercalado de veículos
RSC-287, entre Santa Cruz do Sul e Tabaí: entre os km 101,5 e 105, com fluxo intercalado de veículos
RSC-287, entre Santa Cruz do Sul e Tabaí: entre os km 97,7 e 102, sem alterações no trânsito
RSC-453, entre Estrela e Garibaldi: entre os kms 78 e 79, com fluxo intercalado de veículos
RSC-453, entre Estrela e Garibaldi: no km 76,9, sem alterações no trânsito

Conservação rodoviária

Outras 16 frentes de trabalho realizam ações de conservação rodoviária no mesmo período. O trabalho dessas equipes não irá provocar mudanças no trânsito.

Roçada:

ERS-040: uma equipe
ERS-122: duas equipes
ERS-240: uma equipe
ERS-115: uma equipe
RSC-453: uma equipe
ERS-135: uma equipe
RSC-287: uma equipe

Conservação:

ERS-122: uma equipe (limpeza e pintura de meio-fio)
ERS-240: uma equipe (implementação de meio-fio)
ERS-115/ERS-235: uma equipe (serviços gerais)
ERS-474: uma equipe (poda mecanizada)
ERS-040: uma equipe (serviços gerais)
RSC-453: uma equipe (limpeza de bueiros e bordos)
ERS-129/ERS-130: uma equipe (limpeza e pintura de canaletas)
RSC-287: uma equipe (serviços gerais).

 

do Pioneiro

Presidente da Assurcon garante que pedágio entre Farroupilha e Caxias pode ser reativado, mas governo desmente

Volta da praça na Serra aconteceria após aprovação de projeto na Assembleia, de acordo com integrante da Associação dos Usuários das Rodovias Pedagiadas do Rio Grande do Sul


Deputados da Serra não confirmam volta de pedágio em Farroupilha Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Carolina Klóss

Projeto que será discutido na Assembleia Legislativa em fevereiro, o PL 509, que facilita a concessão de rodovias à iniciativa privada, começou a causar polêmica após declaração do presidente da Associação dos Usuários das Rodovias Pedagiadas do Rio Grande do Sul (Assurcon). David Vicenzo afirma que, com o projeto, as concessões voltariam para as mãos de empreiteiras e que novas praças de pedágios seriam instaladas no Estado. Uma delas seria o posto na ERS-122, entre Farroupilha e Caxias, que deixou de funcionar em maio de 2013 após uma disputa judicial entre o governo do Estado e a Convias.

— Além dessas, serão pedagiadas as rodovias entre Garibaldi e Farroupilha, Farroupilha e Bento Gonçalves, e Carlos Barbosa e Bento Gonçalves. Não somos contra os pedágios porque, se bem instalados, eles transformam rodovias. Nós questionamos essa carta branca que o Governo terá ao dar essas concessões para empreiteiras que deixaram as nossas estradas em frangalhos em outros anos. Vamos analisar bem todo o texto e apresentar propostas para o governo e sociedade, mas está nas mãos dos deputados o futuro das rodovias do Estado — afirma Vicenzo.

O presidente da Assurcon garante que desde a semana passada está com o projeto em mãos, mas se negou a mostrá-lo pois o documento estaria em análise pelos advogados e engenheiros da associação. O Pioneiro teve acesso ao projeto de lei e o texto não detalha pontos onde seriam instalados novos pedágios.

O secretário-geral de Governo, Carlos Búrigo, desmente as informações de Vicenzo e afirma que o PL 509 vem para tornar a legislação mais ágil:

— A lei estadual que dispõe sobre o regimento de concessão e permissão de serviços públicos é de 1994 e não tem simetria, em partes, com a legislação federal. Esse projeto serve para torná-la mais moderna. Ele quer, dentre outras providências, estabelecer o prazo de duração dos contratos, a exemplo do que vem sendo adotado pela União Federal, que deverá ser de 30 anos. Não digo que o Governo não possa pensar em novos pedágios, mas isso depende de muita coisa. A Assurcon pode estar falando isso com base em estudos que são feitos de tempos em tempos, mas garanto, com a voz do Governo, que não há nada concreto em relação a isso.

Assim como o secretário Carlos Búrigo, três deputados estaduais da Serra desmentem a afirmação do presidente da Assurcon. Álvaro Boessio (PMDB) também afirma que o texto do projeto não define pontos para novas praças de pedágios, apenas sugere a discussão de novos polos.

— Isso é um absurdo, é claro que o Sartori não voltaria a instalar esse pedágio entre Farroupilha e Caxias. E mesmo se voltasse, eu votaria contra. Mas essa discussão é longa, não terminará em fevereiro — acredita.

Mesmo sem o projeto em mãos, Alexandre Postal (PMDB) não acredita que a volta do pedágio na ERS-122 volte à discussão:

— Essa é uma ideia que desanima o início do ano, isso é brincadeira. Não existem nem os pontos confirmados ainda, como isso seria verdade?

O momento é de prudência, de acordo com o deputado Vinicius Ribeiro (PDT). O político afirma que o projeto não fala sobre novos pontos específicos, mas que estudos anteriores podem ter sugerido isso:

— Acho que o Estado precisa de uma parceria público-privada, mas antes é preciso discutir muita coisa, como a contrapartida de investimentos.

 

Artigo

O PRIMEIRO ROMANCE DO PRÉVIDI

Adeli Sell, escritor e consultor

Apesar de minha formação acadêmica pregressa, formado em Letras, professor de Literatura, confesso que estavam ausentes os livros da espécie nas minhas leituras.Ando focado no Direito, na Política e no Urbanismo e isto me enche de prazer, ideias e dúvidas também.
Mas não poderia deixar de lembrar o que sempre me disseram: "nunca deixe de ler romances".
Recebi o convite para o lançamento do livro do jornalista José Luiz Prévidi,.Lá fui, recebi autógrafo, tirei foto com a fera, encontrei amigos.
Li de uma sentada as 100 páginas de "Quer fazer um programa?"
Segundo o próprio Prévidi, "o tema predominante do 'Quer..' jamais havia sido uma das minhas preocupações filosóficas ou mesmo religiosas: a morte."
Acontece que quando falamos em romances e pensamos em morte, logo nos vem à cabeça a leitura de um calhamaço de teses filosóficas.
Mas nestes tempos de modernidade líquida, para alguns pós-modernidade, tempos de pressa insensata, ninguém vai escrever um romance como O Amante de Lady Chatterley (Lady Chatterley's Lover no título original em inglês), escrito por D.H. Lawrende em 1928. Fora um escândalo na época.
As curtas histórias do personagem morto que relembra seus amores, desamores, façanhas sexuais não se assemelham ao realismo do mestre inglês, nem me parece ser a pretensão do autor brasileiro, nascido no Rio e criado por aqui.
É uma espécie de "novela" como alguns críticos costumam chamar os romances mais curtos. Mas em tempos de novelas televisivas, não tratarei este romance como "novela". Seria uma afronta.
Na verdade, o autor usa as histórias de amor, desamor e sexo de seu personagem mais para mostrar a finitude da vida, o não fruir a vida por causa do trabalho e a busca do bem estar, com uma baita casa, um baita carro, filhos e esposa numa boa. Ele não se abate com as críticas feitas a suas bebedeiras e aventuras passadas. Lastima que vai cedo desta.
Sente, fica triste, lastima não poder viver mais tempo. Sente que poderia viver mais, curtir mais.
Ele morreu "do coração", aparentemente dormindo, de uma sexta para um sábado, "acorda" vai ler jornais e tomar café, e a casa está estranha, vazia, nada da mulher, nada dos filhos, vai lembrando suas aventuras, o bem que lhe fizeram em geral, mas não gosta de ser interrompido no seu divagar pela visita dos que já foram, que insistem em simpáticos convites para ir junto. Trata os que lhe batem à porta bem, afinal são queridos seus do passado, sendo que a puta com quem nunca fez nada é a que mais lhe toca, pelo que não fez. Aí está o mote. Não ter feito, não ter feito mais, aproveitado mais....
E ele vai para a última morada. Sem poder fazer o que não fizera até então...
Descreve a cena do cemitério e se vai....
Afinal, como disse, nestes tempos de pressa insensata, de internet, dos 140 toques, da pouca ou nenhuma reflexão, ler um romance curto, enxuto, sem firulas, mas com uma boa puxada na reflexão da vida e da morte, faz bem a qualquer um.
Indico!

 

do mironneto.com

Peccin busca indenização do Município sobre o Natal Luz

Engana-se quem acha que as ações posteriores à intervenção judicial na organização do Natal Luz, em 2011, estejam paradas. Embora as ações indenizatórias propostas pelo empresário Luciano Peccin e seu grupo estejam suspensas até o julgamento final da ação civil pública proposta pelo Ministério Público, há movimentações constantes de inconformidade no Poder Judiciário.
Depois de ingressar e ver negada uma liminar indenizatória contra o Município de Gramado, reivindicando a propriedade intelectual de espetáculos como Nativitaten, Fantástica Fábrica e Grande Desfile, Peccin recorreu ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, que fulminou as pretensões e manteve suspensa a ação. Seus advogados, então, encaminharam recurso especial ao vice-presidente do Tribunal, Francisco Moesch, que negou seguimento ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Recentemente, dessa última decisão foi feito um agravo ao STJ, remetido ao Tribunal no dia 17 de dezembro de 2015.

do Comunique-se

Mais de 60 jornalistas foram assassinados por causa da profissão em 2015

por Agência Lusa

Sessenta e sete jornalistas foram mortos em todo o mundo em 2015 no exercício da profissão, de uma lista de 110 profissionais que perderam a vida em circunstâncias pouco claras, segundo balanço divulgado na última semana pela organização internacional Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

Os dados mostram que, além desses, também morreram 27 blogueiros e outros sete colaboradores de meios de comunicação social, elevando para 787 o número de profissionais de comunicação mortos na última década.

O Iraque teve o maior número de jornalistas mortos em 2015 (nove confirmados de 11 possíveis), seguido da Síria (nove confirmados de dez possíveis), ambos palco de conflitos armados e com a presença do grupo extremista Estado Islâmico (EI). A França subiu ao terceiro lugar (oito vítimas), após o atentado terrorista contra a redação do jornal satírico Charlie Hebdo, em 7 de janeiro. A lista negra segue com o Iémen, o Sudão do Sul, a Índia e o México.

Ao contrário do que aconteceu em 2014, a maioria das vítimas neste ano era jornalista local (97%) que trabalhava fora de zonas de conflito (64%). No ano passado, a maior parte dos 66 jornalistas mortos foi assassinada em áreas de guerra.

“É fundamental adotar um mecanismo concreto para a aplicação do direito internacional sobre a proteção dos jornalistas”, declarou o secretário-geral da organização, Christophe Deloire. Neste sentido, considera fundamental que as Nações Unidas designem um “representante especial” para a proteção dos jornalistas.

A Repórteres Sem Fronteiras também recordou que duas jornalistas mulheres foram assassinadas em 2015: a francesa Elsa Cayat (que morreu no ataque jihadista contra o Charlie Hebdo) e a somali Hindia Mohamed, vítima da explosão de um carro bomba pela milícia Shebab, no dia 3 de dezembro.

Dados da RSF divulgados há três semanas indicam que em 2015 54 jornalistas foram sequestrados – alta de 34% na comparação com 2014; e 153 presos – queda de 14% na comparação com o ano anterior.

Os reféns encontram-se na Síria (26), Iémen (13), Iraque (10) e Líbia (5); enquanto os presos estão sobretudo na China (23), no Egito (22), Irã (18) e na Turquia (9). Os 66 restantes estão presos pelo resto do mundo.

 

Câmara prestigia abertura da Colheita da Uva e da Ameixa

Foto: Matheus Piccini/CMPA

O presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereador Cassio Trogildo (PTB), participou, nesta terça-feira (5/1) à tarde, da abertura oficial da 25ª Colheita da Uva e da Ameixa. O ato de abertura foi realizado na propriedade do produtor rural Hildemar Piber, no Beco Maria Balbina, Bairro Campo Novo, na zona sul da Capital. A Festa da Uva e da Ameixa ocorrerá nos próximos dois finais de semana – sábados (9 e 16/1) e domingos (10 e 17/1) – na Praça Nossa Senhora de Belém, em Belém Velho, também na Zona Sul, e comercializará frutas, flores, artesanato, sucos, vinhos e sorvetes produzidos na Capital.
Na oportunidade, Cassio Trogildo destacou a importância do evento como uma sinalização de incentivo que o poder público vem dando à produção primária em Porto Alegre. Ele também ressaltou a importância da aprovação pela Câmara Municipal do projeto do Executivo que restituiu a demarcação da zona rural da cidade. "Esta área, no Campo Novo, não faz parte da Zona Rural, mas tem uma grande produção primária e desfruta das mesmos prerrogativas e incentivos daquelas propriedades rurais." O presidente da Câmara ainda observou que a grande produção primária de Porto Alegre colabora com as políticas de garantia de segurança alimentar e que a Festa permite uma aproximação mais direta entre produtores e consumidores.
Presente ao ato, o prefeito José Fortunati disse que a Festa da Uva e da Ameixa ajuda a sedimentar a área rural de Porto Alegre, recentemente demarcada e reconhecida por lei. Ele destacou a qualidade da produção primária existente na zona sul da cidade e disse que a aproximação entre produtores e consumidores permite eliminar a atuação dos "atravessadores" na comercialização dos produtos. "A demarcação do território da Zona Rural possibilitou que se restrinja a especulação imobiliária e os loteamentos nas áreas de produção primária da cidade."
Também participaram da cerimônia o secretário-adjunto da Secretaria Municipal de Planejamento, Estratégico e Orçamento (Smpeo), Antonio Kléber de Paula, o presidente do Sindicato Rural de Porto Alegre, Cleber Vieira, e os representantes da Emater, Luis Paulo Vieira Ramos, e da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic), Antonio Bertaco, além de outras autoridades municipais e estaduais.


5 de janeiro de 2016

Ano novo

meu feriadão...livros e chima.......kkkk

pra leitores inteligentes so pra eles. comprem OS GUINLE PRA LER NAS FERIAS.

o sol nasce no 1 dia util do ano. 6:15 min

 

Pedro Mello

pedro mello virou festeiro pq veio estudar eng na urgs e virou diretor social do centro academico. aprendeu ai a fazer festas.

PEDRO MELLO FUNCIONAVA MAIS COMO UM ABRIDOR DEPORTAS. CONHECIA AS MANHAS DE FESTAS, DA NOITE E QUEM LEVAVA E QUEM NÃO LEVAVA GENTE PRUMA FESTA....

este era seu metie. nunca foi proprietário, mas fundou o AGUA NA BOCA, UMA HOMENAGEM AUMA MUSICA DA RITA LEE....

NUMA CRONICA SOBRE O AGUA NA BOCA, DC CONTA QUE RENATO PORTALUPPI foi c.....por uma frequentadora no ' escurinho do cinema' e que ela estava lá com o namorado. exigencia do loko do olimpico....eu tenho a cronica.

atenção colegas. ele nunca foi dono nem sócio do ENCOURAÇADO. tão confundido ele com o verdadeiro rei da noite, DUDU ALVAREZ.....

 

o agua é eu

como nunca fui de dançar, nem sei, lembro apenas que uma vez um pessoal da zh foi lá. eu morri de vergonha, todos dançavam menos eu,acho...

 

o ' água' e a felação.....

Hj será enterrado Pedro Mello, fundador do água na boca uma boite na praça conde de porto alegre. o casarão está lá, velho,abandonado.

Mas foi lá que dizem renato portaluppi FEZ UMA PROEZA....fez uma guria deixar o namorado ir no escurinho e lhe fazer ....bom já entenderam, né.... isto inclusive é motivo de uma cronica do DAVID - ' aquele das mulheres' segundo minha ex-sogra -que eu tenho aqui guardada....

 

da Ufrgs

NO AL AINDA ACHACAM DE PAPAI NOEL...PORRA ISTO NÃOT EM FIM????

FELIZ DA VIDA O ' PARAIBA' MEU AMIGO LANCHA NO AL...QUE FICARÁ FECHADO DE 29.01 ATÉ 29.02,QUANDO A URGS VOLTA DE FERIAS.

O CINEMINHA SO VOLTA DEPOIS DO DIA 15.01. MAS AINDA NÃO É CERTO.

 

Governo

SARTORON EXIBE SUA PANÇA NA PRAIA EM TORRES. HJ NO CENTRO VI UMA GURIA SENDO ASSALTADA NA FRENTE DA PRAÇA OTAVIO ROCHA AS 5 DA TARDE. ELA SO REAGIU. ..VAGABUNDO.....E CORREU ATRÁS LEVOU SEU CELULAR E A CARTEIRA.

NÃO HAVIA UM BRIGADIANO EM TODA A AV. SÓ LA NO CENTRO UM PERTO DO MERCADO TAIS MAL EIN SARTORON.....

PQ NÃO FIZERAM ANTES?????se era tão bom......

 

SERÁ?

PELO QUE TOU VENDO A FARROUPILHA TÁ QUERENDO DEIXAR DE SER RÁDIA MARCA DIABO....(oc)

 

Coleguinhas

UMA PAGINA BEM FEITA DA ZH. O OBITUÁRIO.BOM TEXTO.

MM NA ZH DE HOJE....DEPOIS DESTE COMENTÁRIO DO FILME, NÃO VOU + VER ...ENGRAÇADO O RECADO DA MELANCIA...KKKKK

O BOM COLUNISTA MM DEFENSOR DE DILMA ET CATERVA. TEVE UM CANCER, FUMA COMO UM CONDENADO, MAS ESCREVE PRA CARALHO.....

OTTO BEDE ESTÁ DE FERIAS.

VIAJOU A LIVRAMENTO PRA VISITAR SEU AMIGO VILLA....

JESSICA FICOU NO LUGAR DO OTTO BEDE NA GUAIBA.

ANDRE HAAR- felizmente- voltou de férias....boelcke idem(infelizmente, preferia a malu, fala menos e tem mais humor....)

criador do termo GUAIBEIRO......

aldo obino tinha um bom jornalzinho no Moinhos de Vento....

dois livros. um sobre esquina maldita e outro sobre a nega lu, do msmo naipe....mas tem outros livros. apelidoFOGUINHO.

onde anda esta reporter competente?????na gaúcha. pode ser, não ouço esta rádia.....

O PADRE MACELO MEIO QUE SUMIU NA BAND. ALGUNS O CHAMAM DE NARIGÃO.....

 

Sobre leituras

tá lauro, essa guria lia muito maIS QUE TU(OC) NAO PREDISO DE GOOGLE. A PALAVRA QUER DIZER VISÃO DO MUNDO. NÃO TE FAZ COMIGO

Enviada: Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2016 09:45

Quem lê mas ñ tem estudo, ñ tem faculdade, lê mas ñ elabora. Lê, mas ñ aproveita nada. O q importa ñ é a leitura, o q importa, enfim, é a "weltanschauung" (põe no google).

 

Coisas boas de ouvir

lauro, tu gosta de uma puxada de saco....kkkk(OC)

Enviada: Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2016 09:50

 

Dúvida

sou um radical chic, defendo na tese, vc não entendeu nada. defendo no bar,qdo vou(OC)

De: antares55
Enviada: Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2016 10:43

Q história é essa de q tu defende o proletariado? Defende como? Q q tu faz para melhorar a vida deles, fora dizer q fica "revoltado"?

 

Solucionática

so n fui ao cinema p tá fechado. mas não tou competindo com ng sobre quem ajuda mais os pobres(OC)

Enviada: Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2016 12:47

Bem, agora à tarde vou ajudar uma pessoa pobre a de fato resolver um problema dela. Mesmo sendo fárias forenses. E tu, vais ao cinema?

 

O que rola nas redes sociais

by laurinho da ven.....

 

de São Borja

do capincho diante da minha provocação....(OC)

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2016 01:36

Vai a la mierda.... Kkkkkkkkk
Tem tanto argentino que já to falando espanhol

 

BANHO DE MANGUEIRA, AULAS DE CULINÁRIA SÓ COM GULOSEIMAS, E MUITA DIVERSÃO...

Aula de produção de sorvetes, torta geladas e sanduiches naturais, oficinas de sucatas, com materiais de reciclagem e para aliviar o calor, os alunos desfrutarão de banhos de mangueira e guerra de bexigas...

E quem disse que ficar na escola durante o verão não é bom? Durante os meses de janeiro e fevereiro, a Escola Cristã Reverendo Olavo Nunes proporciona aos seus alunos atividades lúdicas e divertidas dentro do “Projeto de Férias”. As crianças poderão participar do projeto em período integral ou meio turno, com atividades gastronômicas e esportivas.

As atividades oferecidas durante o verão não fazem parte do cotidiano do aluno, impedindo que a permanência no ambiente escolar seja cansativa durante este período. Alguns pais não possuem a disponibilidade de longos períodos de férias, deixando os cuidados dos filhos ao encargo de empregados ou familiares. “Em muitos destes casos, a criança é apenas vigiada, com os hábitos de assistir televisão ou manuseio de eletrônicos. Não há atividades estimuladoras”, explica a psicopedagoga e diretora Raquel Liane da Silva.

As brincadeiras são elaboradas para que os alunos vivenciem experiências diferentes, compartilhando emoções que não são da rotina do ano letivo. As crianças terão aulas de produção de sorvetes, torta geladas e sanduiches naturais. Além de oficinas de sucatas, com materiais de reciclagem. Para aliviar o calor, os alunos desfrutarão de banhos de mangueira e guerra de bexigas. Além das aventuras em busca do tesouro perdido.

 

CAMPANHA "ÁGUA PARA QUEM TEM PATAS" É LANÇADA NA SEGUNDA, 4

VILA DOS PELUDOS LANÇA CAMPANHA "ÁGUA PARA QUEM TEM PATAS", NA SEGUNDA

Com o objetivo de conscientizar a população, especialmente das vilas e favelas de Porto Alegre, o Projeto Vila dos Peludos lança a campanha "Água para quem tem patas", na segunda, 4 de janeiro. Neste dia, das 10h às 16h, a Secretaria Especial dos Direitos Animais de Porto Alegre (Seda) realiza um Mutirão de Atendimento Veterinário nas comunidades do entorno da Rua Voluntários da Pátria, próximo ao Beco X e à Arena do Grêmio.
De acordo com Daniela Pedroso, nos locais em que o Projeto atua, é muito comum encontrar animais com sede, mesmo os que têm tutor. “As pessoas ignoram a necessidade dos animais beberem água”, pondera. Por meio da campanha e da distribuição de vasilhas e flyers nas comunidades e cartazes no comércio local, a Vila dos Peludos espera que as pessoas se lembrem de oferecer água aos seus bichos e também para os animais em situação de rua.
“Depois do Mutirão do dia 4, pretendemos continuar divulgando a campanha nas comunidades pobres do nosso bairro, pela Internet e no Brechocão, para que mais pessoas, empresas e ONGs juntem-se a nós com o intuito de conscientizar a população sobre a importância da água para todos os seres vivos, humanos e animais”, complementa Elisete Brettin. Segundo a protetora, apesar de sentirmos maior necessidade de água no Verão, também bebemos água nas outras estações, por isso a frase "De janeiro a janeiro, dê água para quem tem sede" estampa parte do material da campanha.
Por enquanto, a campanha "Água para quem tem patas" conta com o apoio da On mídia Comunicação Integrada, responsável pelo lay out das peças publicitárias, e cuja sócia Gelcira Teles é voluntária do Projeto no Brechocão. Empresas, ONGs e outros grupos podem se unir à iniciativa incluindo seu logo e financiando a impressão de banners, flyers, camisetas e placas que serão afixadas no comércio.
Mais informações e entrevistas:
Vila dos Peludos - Abra seu coração, adote um amigão!
Protetoras Daniela Pedroso e Elisete Brettin
51 9826.7736 | 51 9863.5454
viladospeludos@yahoo.com.br
www.viladospeludos.blogspot.com
Facebook/Twitter/Orkut - Vila dos Peludos

 

NOVOS LANÇAMENTOS DA R.CORREA TOTALIZARÃO R$ 500 MILHÕES

Com 36 anos de atuação, a R.Correa Engenharia, de Porto Alegre, planeja manter um ritmo forte de novos lançamentos imobiliários, apesar do atual quadro da economia brasileira. Incorporadora e construtora cem por cento gaúcha, a empresa projeta lançar cinco novos empreendimentos nos próximos 18 meses, totalizando um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 500 milhões, correspondendo a 775 unidades, entre apartamentos, lojas e salas. Segundo o presidente da empresa, eng. Paulo José Rockenbach os empreendimentos serão lançados em bairros de grande valorização no mercado imobiliário da Capital, em terrenos estrategicamente localizados, todos com os respectivos projetos aprovados ou em estágio final de aprovação. Além dos novos lançamentos que serão realizados nos próximos meses, a R.Correa Engenharia conta atualmente com outros três empreendimentos à venda, num VGV de R$ 80 milhões. Para Rockenbach, mais do que as dificuldades relacionadas com a crise política e econômica nacional, um sério obstáculo ao desempenho do setor imobiliário local diz respeito à excessiva lentidão e burocracia que caracteriza o processo de análise e liberação dos projetos pelos órgãos licenciadores nas suas várias instâncias. Os planos da R.Correa Engenharia para 2016 foram anunciados durante jantar de confraternização de final de ano realizada na sede da Associação dos Funcionários – AFURC - da empresa, em Viamão, quando também houve a premiação aos corretores que mais se destacaram nas campanhas de vendas Primavera de Descontos, Feirão de Imóveis e Antecipe seu Natal.

 

do The Economist

Na era do chefe de aço

O culto à resistência física se enraíza entre os executivos


Indra Nooyi, CEO da PepsiCo, acorda às 4 horas

A disputa está acirrada, mas entre os candidatos a tuíte de negócios mais absurdo do ano, um dos favoritos é, sem sombra de dúvida, a postagem do Fórum Econômico Mundial: “14 coisas que as pessoas bem-sucedidas fazem antes do café da manhã”.

Elas madrugam, garante o artigo citado no tuíte. Malham feito loucas. Vivem intensamente o relacionamento com seus cônjuges. (“Há coisa melhor do que uma transa matutina para energizar a pessoa, preparando-a para encarar o batente?”) Fazem suas camas (coisa que está supostamente associada a um aumento na produtividade). Passam momentos especiais com a família. Cultivam e expandem sua rede de contatos profissionais. Praticam meditação para purificar a mente. E assim por diante. E ainda arrumam tempo para se ocupar de questões sobre seus negócios.

Logo começaram as gozações. Um tuiteiro disse que levaria um mês para dar conta da lista. Outro observou que aparentemente as pessoas bem-sucedidas não tomam banho nem se vestem. Apesar do ridículo da coisa, porém, o tuíte do fórum é indício de um fenômeno real: o culto, cada vez mais disseminado entre o pessoal de Davos, a performances de alto rendimento. No mundo pré-industrial, o comportamento das elites era regido por um código que valorizava o lazer. Na era do capitalismo de fleuma britânica, o importante passou a ser a superioridade que se exercia sem esforço. Agora não há fonte maior de prestígio do que a superioridade que se conquista suando em bicas: o sucesso vem porque o sujeito, mal acorda, está puxando ferro.

As pessoas bem-sucedidas dão importância enorme a acordar cedo. Laura Vanderkam, uma “especialista em administração do tempo”, cujas teses estão por trás do tuíte postado pelo fórum, diz que, num levantamento informal, com 20 executivos, 90% afirmaram acordar antes das 6h em dias úteis. Sabe-se que Brett Yormark, CEO do time de beisebol Brooklyn Nets, levanta às 3h30, e que o despertador de Indra Nooyi, CEO da PepsiCo, toca às 4h. Segundo dizem, Bob Iger, da Disney, está em pé às 4h30; ao passo que Jack Dorsey fica enrolando na cama até as 5h30, apesar de comandar duas empresas, Twitter e Square.

O sol nem nasceu e já é hora de pôr os músculos para trabalhar. David Cush, CEO da companhia aérea Virgin America, começa sua sessão de bicicleta ergométrica pouco depois de acordar, às 4h15. Tim Cook, da Apple, chega à academia às 5h. Por mais intensos que sejam os exercícios, com frequência eles são acompanhados de outras atividades. Enquanto pedala, Cush lê, faz telefonemas e escuta uma rádio esportiva. Em entrevista ao New York Times, Iger enumerou as coisas que faz enquanto se exercita: “Vejo o meu e-mail. Navego pela internet. Assisto um pouco de TV. Tudo ao mesmo tempo”. E ouvindo música.

Como se isso fosse pouco, um número impressionante de executivos vem aderindo aos esportes radicais. John Rost, presidente da seguradora Fiesta Insurance Franchise Corporation, escalou as montanhas mais altas dos sete continentes (os “sete picos”). Em seu tempo livre, Rick Davidson, da imobiliária Century 21, pratica montanhismo, paraquedismo, mergulho e automobilismo, além de pilotar aviões de caça. Rocco Forte, da rede de hotelaria de luxo Rocco Forte Hotels, e Michael Johnson, da Herbalife, estão entre os executivos que participam regularmente dos “Desafios CEO”, em que testam seus limites físicos em coisas como triatlos e trilhas de mountain bike que se estendem por mais de 150 quilômetros.

O culto à performance de alto rendimento é alimentado por um exército cada vez maior de personal trainers e professores de ioga, que ganham a vida ajudando os executivos a aprimorar sua forma física e desestressar. Ursula Burns, CEO da Xerox, por exemplo, tem sessões de uma hora com um
personal trainer duas vezes por semana, às seis da manhã. As revistas de negócios estão cheias de matérias que ensinam a pessoa a treinar como os Navy Seals (tropa de elite da Marinha americana) ou a conquistar a “boa forma cognitiva”. As escolas de administração e as “universidades” corporativas competem para ver quem oferece as academias de ginástica mais caras.

Construído a um custo de US$ 300 milhões, o novo centro de treinamento da auditoria Deloitte, perto de Dallas, no Texas, tem uma sala de ginástica de 1,1 mil metros quadrados, com aulas que começam ao amanhecer.

Abusando de substâncias químicas. É possível que o culto à performance de alto rendimento esteja agora ganhando contornos mais preocupantes. Primeiro, deixando de lado questões de privacidade, algumas empresas vêm fazendo experiências com dispositivos usados no corpo, a fim de
monitorar os sinais vitais de seus executivos. A Peak Health, provedora desse tipo de sistema de monitoramento, tem entre seus clientes Goldman Sachs, Bank of America e diversos fundos de hedge.

Segundo, um CEO diz que vários de seus pares hoje fazem uso ocasional de estimulantes cerebrais que ajudam na concentração. A tendência deve se acentuar: pesquisas feitas com universitários americanos indicam que um em cada seis estudantes usa estimulantes para passar nas provas, hábito que posteriormente eles talvez levem para suas atividades profissionais. Mais uma vez, o setor corporativo aprende com as esferas esportiva e militar.

É rotineira nas equipes esportivas o uso de aparelhos de biometria para monitorar atletas de elite (e, às vezes, de drogas para impulsionar sua performance). As Forças Armadas vêm realizando experiências com substâncias que ajudam os soldados a continuar em atividade, sem dormir,
por longos intervalos de tempo.

É hora de pôr um freio em toda essa hiperatividade, antes que a coisa saia do controle. Não há dúvida que muitos executivos carregam graves responsabilidades nos ombros. Mas tomarão decisões melhores chegando ao escritório exaustos e com o sono atrasado? Trabalhar dia e noite sem parar costuma ser um sinal de que o indivíduo é incapaz de delegar tarefas, não de que é um herói invencível.

A execução frenética de atividades simultâneas – navegar na internet enquanto se assiste à TV ou se escuta música – é receita para a distração, não para uma boa condução dos negócios. E os executivos que veem a si mesmos como super-homens ou supermulheres podem prejudicar
suas empresas. Como observou certa vez o guru da administração Peter Drucker: “Uma organização que depende da liderança de um gênio ou de um super-homem não tem futuro. As organizações precisam ser constituídas de maneira a que possam sobreviver sob o comando de seres humanos normais”.

 

Trânsito entre Gramado e Três Coroas interrompido pelas obras de recuperação da ERS-115


Obras podem se estender por cerca de quatro meses

A ERS-115 está interrompida entre Três Coroas e Gramado desde a manhã desta segunda-feira (4). As obras de estabilização e recomposição completa dos quilômetros 27 e 29 serão executadas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). A recuperação da ERS-115, que dá acesso a Gramado, Canela e demais municípios da Serra, terá investimento de R$ 11,33 milhões da EGR.

O bloqueio total da via - entre Gramado e a praça de pedágio de Três Coroas - pode se estender por até quatro meses, tempo previsto para a conclusão dos trabalhos, devido à complexidade da obra. Serão 15 metros de profundidade, distribuídos em 150 metros no quilômetro 27 e em 100 metros no quilômetro 29.

Durante o período de obstrução da rodovia, o acesso à Serra deve ser feito pela BR-116 e RS-020. As duas rodovias são recomendadas por serem asfaltadas e por proporcionarem segurança aos motoristas.

“Tivemos sensibilidade com o grande fluxo de circulação de veículos em razão das festas de Natal que ocorrem na Serra. Por isso, adiamos a obra para janeiro, quando o movimento diminui”, explica o diretor-presidente da EGR, Nelson Lidio Nunes.

Em outubro passado, ocorreu o rompimento da pista da ERS-115, nos quilômetros 27 e 29, entre os municípios de Gramado e Três Coroas. Os problemas foram consequência do excesso de chuva no período, desmoronando parte da pista.

Imediatamente, a EGR agiu de forma emergencial, interditando os dois trechos. De outubro até agora, o trânsito esteve liberado em uma pista durante o dia. “Foi preciso bloquear a pista totalmente durante o período da noite para proporcionar maior segurança aos usuários da rodovia”, lembra Nunes.

Interrupção da ERS-115

- O trecho interditado fica entre Gramado e a praça de pedágio da EGR de Três Coroas
- O bloqueio começou nesta segunda-feira (4) e pode durar até quatro meses
- Acesso à Serra (Gramado e Canela) pela BR-116 e ERS-020
- A recuperação da ERS-115 terá investimento de R$ 11,33 milhões
- 5 mil veículos circulam diariamente na ERS-115.

 

Prefeitura mobiliza para doação de sangue no HPS

O prefeito José Fortunati estará às 10h30 desta terça-feira, 5, no Hospital de Pronto Socorro (HPS). Ele irá doar sangue no Banco de Sangue do hospital, como forma de estimular a doação, difundindo a importância do ato para salvar vidas.

A Unidade de Coleta e Transfusão do hospital funciona das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira, na rua Venâncio Aires, 1116, 2º andar. No final do ano, a instituição fez um chamamento à população em função da baixa dos estoques.

 

Cassio Trogildo promete gestão com sustentabilidade e incremento à participação

Ao tomar posse como novo presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, nesta segunda-feira (4/1) à tarde, o vereador Cassio Trogildo (PTB) destacou ser esta a missão mais importante da sua “recente trajetória eleitoral, mas de uma já longa trajetória política”. O vereador apresentou, no discurso de posse, o que devem ser os dois principais eixos da sua gestão: a sustentabilidade e a participação popular. Trogildo afirmou que pretende transformar o Palácio Aloísio Filho, sede da Câmara Municipal, em uma referência de sustentabilidade, através da implantação de um sistema de energia fotovoltaica, da iluminação de todos os espaços com lâmpadas LED e de um estudo para o aproveitamento da água da chuva e instalação de um telhado verde.

O novo presidente também salientou às experiências participativas da cidade, como as do Orçamento Participativo e do Fórum Social Mundial, para afirmar que o Parlamento pode e deverá incrementar as relações do Parlamento com a sociedade.

O petebista garantiu que irá dar continuidade à gestão compartilhada que teve início no começo da atual Legislatura, sob a presidência do vereador Dr. Thiago Duarte (PDT), "passando pelo vereador Professor Garcia (PMDB), a quem quero render uma homenagem especial, torcendo para que logo possa estar plenamente recuperado, e pelo presidente que me entrega a direção da Casa, vereador Mauro Pinheiro (PT)". Trogildo garantiu que a sua gestão procurará sempre instrumentalizar a Câmara para que os vereadores "possam cumprir melhor o seu papel e melhor servir a nossa população".

O presidente da gestão 2016 da Mesa Diretora do Legislativo disse que terá um diálogo permanente com os servidores, "utilizando seus conhecimentos adquiridos ao longo do tempo para melhor gerir o Parlamento da Capital". Ratificou a importância da independência entre os poderes, com espírito de colaboração com o Executivo, pois a população espera eficácia e efetividade nos resultados do poder público. "Sem espírito propositivo não faremos a nossa cidade avançar", destacou.

O início na vida política

Ainda no começo do seu discurso, Cássio fez um histórico da sua vida política, que teve como ponto de partida o movimento estudantil e a campanha das Diretas Já. Citou sua participação no movimento comunitário, no Núcleo Madepinho, Jardim das Palmeiras e Grutinha (Majagru) e também na União das Associações de Moradores de Porto Alegre (Uampa).

Referiu sua atuação no movimento sindical, no Sindicato dos Bancários, durante a mobilização pela criação do Banco Meridional, sua gestão à frente da União Estadual dos Estudantes Universitários (UEE) e no Movimento da Juventude Trabalhista do PTB, quando, então, passou a construir sua história no partido pelo qual está filiado há 19 anos e foi indicado para ocupar funções de servidor da Assembleia Legislativa, Câmara Municipal, Direção da Fundação Gaúcha do Trabalho e a de Secretário de Obras e Viação de Porto Alegre, quando se licenciou para disputar a eleição para o seu primeiro mandato, em 2012, conquistando uma cadeira com o voto de 9541 eleitores.

O novo presidente do Legislativo também abordou o tema da resiliência e convidou a todos para que, no próximo dia 27 de janeiro, acompanhem o lançamento da primeira Estratégia de Resiliência de Porto Alegre, documento construído por técnicos da prefeitura, academia e organizações não governamentais “para dotar a cidade de ações práticas, mais preparada para enfrentar adversidades, lhe permitindo um protagonismo mundial, mas especialmente com efeitos positivos locais”.

 

de Serafina

Camping Carreiro recebe melhorias


4 de janeiro de 2016

RECLUSÃO

PASSEI ODIA 1 SEM BOTAR OS PES FORA DE CASA. NÃO LEMBRO DE OUTRA DATA QUE ISTO TENHA CONTECIDO. VIREI UM GENERAL DE PIIJAMA NO CASO DE BERMUDA...KKKKK

 

MORREU PEDRO MELLO

TENHO TODA SUA HISTÓRIA AQUI. O ENTREVISTEI PRO MEU LIVRO DA BOEMIA DE PORTO ALEGRE.

PODIA TER DEIXADO UMDEPOIMENTO PRA SO SAIR DEPOIS DA MORTE SOBRE O AGUA NA BOCA. O QUE TENHO TB É BOM.....

PELO QUE ENTENDI NA EPOCCA ELE ERA MAIS UM TESTA DE FERRO. MAS UM HOMEM QUE CONHECIA OS SEGREDOS DA NOITE.

pedro mello era engenheiro de livramento.

estão se indo os homens da noite. o scchullas é outro que sabe muito. mora em Guaíba...

 

Coleguinhas

GOSTEI DO PIJAMA SHOW DO MISTER PEE NA FARROUPILHA AGORA DOM DE NOITE. MUITO LEGAL...

LI EM ALGUMA PARTE QUE O CELSO FERREIRA MORREU....

ERA O ' PADRINO' DO REPORTER JOSE CARNEIRO LOPES..FAMOSO POR FEIKES...

* APRESENTAVA UM PROGRAMA LONGO NA GAUCHA, DE MANHÃ. FAMOSO DISC JOQUEI.....

Po martinha, a gente sabe que tu ' enricou', mas mesmo assim perdestes a INDIGNAÇÃO....??????

o correinho de domingo não li.....tb é querer muito perder tempo com o correinho. lia sp a coluna do RECHE, MAS ELE PICOU A MULA.....

CHARGE ANTIGA DO OUTRORA CONTESTADOR E REBELDE SANTIAGO.

HJ PASSEIA EM CUBA A CONVITE DO GOVERNO DE LÁ....

OUTRA CHARGE DO OUTRORA CONTESTADOR SANTIAGO.....

 

O PADRE

COMO HAVIA ANTECIPADO AQUI, OPADRE VEIO DE CAPÃO NOVO PRA APRESENTAR O JORNAL GENTE NESTA 6 NA BAND...

só ele e o osiris, que é meio chato...

* pelo menos o padre dá informação economica, pq se fosse só pro osiris, ng ouviria...puro papinho furado sobre suas coisas pessoais e leitor de publicidade.nada pessoal, que nem conheço o gajo.

O PADRE DEIXOU O CARRO EM PORTO ALEGRE E VOLTOU PRA CAPÃO NOVO NESTA SEXTA, DE BUS...

E COMEU PASTEL NA RODOVIÁRIA, NÃO PASTEL, NÃO PÃO DE QUEIJO.....

 

CONHECIDO MUNHECA...

OSIRIS MARINS COMEMOROU COM UMA BRUT QUE GANHOU DE TOCO DE FIM DE ANO....MUNHECA COMO É, NEM PRA ISTO ELE GASTA.

 

JOGOU A TOALHA?

na verdade, fiquei neste 1 do ano ouvindo o MENDELSKY QUE GRAVOU SO SAMBAS....

MENDELSKI GRAVOU UMA SELEÇÃO DE SAMBAS E SE MANDOU PRA TORRES....PROGRAMA EM COMPOTA.

 

ZH FRAQUINHA, FRAQUINHA

não tinha nada na zh deste domingo. só mesmo a matéria dos desempregados. a martinha medeiros fraca, fraca. parecia redação de normalista.

* não cheguei a ler a larissa sobre o natal. o assunto é xaropéssimo, mas a larissa escreve muito bem...vou ler na internet....

 

FORA DILMA....

qdo era meia noite, dia 1, eu vinha pela NILOPOLIS e entre gritos dos prédios de feliz ano novo, ouvi um bem forte FORA DILMA...foi uma x apenas....

A PRESIDENTA DILMA AQUI PELO MENOS DÁ UMA SENSAÇÃO DE QUE TEM NOTICIA NA CIDADE. MAS TÁ TUDO MORTO NESTES DIAS...

ABADANIA É COSMOPOLITA. TEM GENTE DO MUNDO TODO.

 

news de paris

MINHA FILHA ME LIGOU DE PARIS. FAZIA FRIO. TAVA COM A CALEFAÇÃO LIGADA.

DIZ QUE A EUROPA TÁ CARA....

 

Dos muros de Paris

traduz meu chapinha. sei que tem ovelha e lobo ai....(OC)

Enviada: Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2016 19:15

 

O que rola nas redes sociais

 

Celebridade

A EX DO SERTANEJO AGORA VIROU CELEBRIDADE...ARG.....

 

LOUREIRO PROCURA O CAPINCHO...

O DEPUTADO PROCURA O ' CAPINCHO'.MAS SERÁ QUE ESTE CARA SE ESCONDEU...SERÁ QUE TÁ NO BOTECO TOMANDO UMA PERGUNTA LOUREIRO....

 

de São Bojra

ano novo do capincho em SB......

 

Livros

estou lendo o diário do carlinhos de oliveira, deste desbocado talentoso....

* incomoda o sofrimento com a sua pancreatite.....

ESTOULENDO OS GUINLE, MUITO BEM ESCRITO POR SINAL.

O NOME BIFE DE OURO DO RESTAURANTE DO COPACABANA PALACE FOI INVENTADO SABEM POR QUEM?????? POR ELE MESMO, ASSIS CHATEAUBRIAND QUE IA LÁ E ACHAVA MUITO CARO....KKKKKK

LIVRO BOM É AQUELE QUE TU COMEÇA A LER E NÃO QUER PARAR. COMECEI O GUINLE AS 5 E ERAM 8 DA NOITE E NÃO QUERIA LARGAR. É UM POUCO O RIO DO SECULO PASSADO.

LEITORES SÃO AUTODIDATAS .NÃO PRECISA TER NENHUMA FACULDADE. NAMOREI UMA MULHER ANOS ATRÁS QUE LIA 3 X MAIS QUE EU E NUNCA TINHA POSTO UM PÉ NUMA FACULDADE. E LIA MESMO. DEVORARA LIVROS.

 

ANNE SCHNEIDER

PRA ALEGRIA DE QUEM FOI AO CULTO NA MARTIM LUTHER HJ A ORGANISTA ERA A PROFI ANNE SCHNEIDER....engraçado que ela ela toma a comunhão por ultimo dada pelos dois pastores e fez uma pequena reverencia depois em sinal de respeito....sabe tudo ela....

 

dos leitores

A ' via-crucis' de uma leitora que cuida do marido ....(OC)

"Ele fumava há anos, Olides, e nós sempre dizendo que a tosse dele era do cigarro, foi que ele deixou de fumar, e a tosse piorou. RX, constatado o problema. O transtorno é que não temos mais pneumologistas pelo IPE em Caxias, aliás, poucos médicos ainda. Vergonha total. Um médico da BM nos encaminhou para um médico da ULBRA, onde foi realizado um exame para confirmação, agora, dia 4 conseguimos uma cirurgiã torácica pelo IPE em Caxias. Bom, ele tem outro exame para saber que tratamento fará, como e de que forma. O IPE aqui, me confirmou que pode ser feito aqui este exame. Então consegui esta cirurgiã torácica, a única de Caxias para dia 4, vamos ver o que vai acontecer, se ela se negar a fazer o exame pq o IPE não paga os honorários dela, então já tenho pessoas que me ajudarão pelo SUS. É muito estressante, meu amigo. Os médicos são uma classe intocável, são arrogantes... E nas mesas deles tu vê a foto com filhos, etc. Aí fica a pergunta: estes filhos não irão ficar doentes nunca, nem ele, nem a mulher? Muto raro encontrar um médico humano.
Mas meu marido está consciente de tudo, este médico da ULBRA disse que está no início e ele ainda é jovem. Estamos com muita fé.
Mas te digo que andei muito mal.
Temos um novo ano (que acho que será uma M@, né? A começar pelo Sartoron com as chantagens dele, que imbecil!)
Ma demo avanti.
Votos que tu seja muito feliz, que haja progresso em teus planos.
Um grande abraço."

 

Fogos

prezado laurinho

Minha preocupaçãocom o povo explorado é maior do que me preocupar com estas fantasias de 1 do ano....mas vi aqui da minha janela todos os fogos. chegou a cair faísca dos fogos aqui dentro tu vê que privilégio um defensor do proletariado tendo que guentar faiscas destes burgueses que não tem o que fazer(OC)

Enviada: Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2016 13:49

Tu n vai espiar os fogos do União? Ali da bomba da Pr. da Encol dá para ver na boa. Junta povo (leia-se a burguesia da redondeza).

 

san piero x guarujá....

um irmão meu vai passar 10 dias no guarujá, de férias, com ape alugado. quem imaginaria que aquele ' pernas tortas', saído da roça em 1982, iria veranear na praia mais tradicional de são paulo???

tácerto que ele arrumou uma namorada que o leva a isto.....

 

do UOL

Sem perspectiva, Brasil vira ovelha negra para empresas multinacionais

JOANA CUNHA/FSP

A desvalorização do real e a retração na demanda fizeram as filiais brasileiras perderem relevância no balanço das multinacionais.
Com menor contribuição para os resultados globais, em dólar, e sem perspectivas de melhora, o país deixou de ser o queridinho nas matrizes e passa a ser visto, com preocupação, como ovelha negra.
A alta de 49% do dólar no ano já tirou do Brasil uma posição no ranking dos maiores mercados de eletrodomésticos, segundo estudo da consultoria internacional Euromonitor em 46 países.
O Brasil perdeu para a Alemanha a quarta posição, que ocupava até 2014, nas vendas globais do setor. O mercado brasileiro de produtos de linha branca e eletroportáteis, como secador de cabelo e ar-condicionado, caiu de US$ 18 bilhões em 2014 para US$ 14,2 bilhões no ano passado.
O mesmo aconteceu com o mercado de itens de luxo, como joias e relógios, em que o país já perdeu a 18ª posição para Cingapura.
Segundo o diretor-geral da Euromonitor Brasil, Marcel Mattos, os próximos setores que podem perder posições são os de beleza e cuidados pessoais, cerveja e alimentos industrializados. "Se o dólar se mantiver nos próximos dez meses em torno de R$ 4 no Brasil, isso acontecerá com outros mercados", afirma.
O setor de beleza, ramo com expectativas positivas nos últimos cinco anos e com esperança de que tomaria da China o segundo lugar no ranking mundial, já vê a possibilidade de perder o terceiro lugar para o Japão.
Na indústria de alimentos embalados, em que o Brasil aparece atrás apenas de Estados Unidos, China e Japão, em breve o país pode ser ultrapassado por França, Alemanha e Reino Unido, estima Mattos. "Se continuar assim, a gente vai ver esse mercado sair de US$ 90 bilhões anuais para US$ 72 bilhões", diz.
Situação semelhante ocorreria no ranking da Euromonitor para o mercado de cervejas, em que pode cair até cinco posições. Hoje, o país ocupa o oitavo lugar com US$ 11,2 bilhões.
"O Brasil começa a ficar menor no balanço global das empresas porque, com a moeda enfraquecida, passa a ter contribuição menor para as margens de lucro. Assim, recebe menos investimentos e gera menos emprego", afirma Mattos.
Executivos com negócios no exterior disseram à Folha que a tendência de os investimentos se retraírem se deve à falta de expectativa de bom retorno sobre os recursos. Outro aspecto que preocupa executivos de filiais no Brasil são as metas, que, estabelecidas em moeda forte, ficam mais difíceis de serem atingidas, afetando os bônus dos funcionários locais.
MÁ FAMA - As menções ao Brasil foram, em geral, negativas durante a divulgação de resultados das empresas em 2015.
"Crise política, alta da inflação e queda no preço das commodities tiveram impacto profundo na economia do Brasil", disse o vice-presidente do conselho da Whirlpool (dona da Brastemp), Mike Todman.
A fala contrasta com o tom usado pelos executivos há pouco mais de cinco anos, quando os termos com que se referiam ao Brasil para explicar os "impactos favoráveis" nos resultados eram o "real forte" e os "aspectos econômicos robustos", aliados ao programa de estímulo com redução do IPI.
Relatório da Whirlpool aponta que o país representa agora menos de 10% das vendas globais.
Procurada, a empresa não informa valores por países, mas o Brasil já esteve entre os mercados mais importantes. Segundo o "Wall Street Journal", em 2014, representou 14% das vendas globais da companhia.
O presidente da Electrolux, Keith McLoughlin, afirmou que a queda na demanda de aparelhos em torno de 25% é algo "horrendo". "É difícil ver melhora no curto prazo."

Peru pode tornar-se o próximo país latino-americano a rumar à direita

SYLVIA COLOMBO
DE SÃO PAULO
02/01/2016 02h00

Com os três principais candidatos identificados com a direita, o Peru pode ser o próximo país da América Latina a embarcar na onda antigovernos de esquerda que se insinua na região.
Os peruanos irão às urnas em abril para decidir quem será o sucessor de Ollanta Humala, um nacionalista de esquerda que migrou para o centro após assumir, em 2011.
Hoje, por conta de acusações de corrupção e pela queda do desempenho econômico do país após a desvalorização das commodities –o Peru é um grande exportador de minérios–, Humala tem apenas 16% de popularidade.
Por enquanto, as pesquisas indicam uma clara liderança da candidata Keiko Fujimori, filha do ex-ditador Alberto Fujimori (1990-2000), hoje preso após ser condenado por crimes de lesa-humanidade e corrupção durante a sua gestão.
Segundo pesquisa do instituto Ipsos divulgada na última semana, Keiko está adiante na preferência do eleitorado, com 33% das intenções de voto, seguida de longe pelo ex-ministro de economia Pedro Pablo Kuczynski, com 16%, e pelo empresário Cesar Acuña, com 13% –única cara nova no pleito, que ainda conta com o ex-presidente Alan García, com apenas 8% dos votos.
Se nenhum dos candidatos atingir 50%, haverá segundo turno, em junho.
"O Peru sempre teve uma esquerda muito fraca, que se debilitou ainda mais por conta da violência promovida pelo [grupo guerrilheiro] Sendero Luminoso. Hoje isso se mostra mais pronunciado", diz à Folha o professor de Harvard Steve Levitsky, especialista em Peru.
O estudioso, porém, chama a atenção para o fato de ser também uma tradição no Peru que o eleitorado seja muito antigovernista, em qualquer situação. Os presidentes mais recentes, Alan García e Alejandro Toledo, governaram com média muito baixa de popularidade.
"Não vejo um pensamento específico de direita nascendo entre o eleitorado latino-americano. Não há evidências de que as pessoas queiram agora uma política econômica de direita. Acho que o voto na oposição, que ocorreu na Argentina e na Venezuela e que deve ser uma tendência nas próximas eleições na região, são um voto antioficialista, um voto que evidencia o desgaste de projetos políticos há muito tempo no poder, caso do kirchnerismo e do chavismo", diz Levitsky.
FUJIMORISMO Em sua segunda eleição como candidata, Keiko Fujimori, 40, apresenta uma versão mais moderada do fujimorismo. Apesar de se declarar seguidora das políticas de livre mercado do pai, faz críticas a seu governo sobre os casos de corrupção e de abusos em direitos humanos.
"É um desafio para ela, pois tem de se distanciar do legado negativo de Fujimori, mas ainda assim precisa mostrar-se identificada com as coisas que eleitores creem que ele fez bem, como estabilizar a economia e combater o Sendero Luminoso", afirma Levitsky.
Luis Camacho - 25.out.2013/Xinhua
LIMA, octubre 25, 2013 (Xinhua) -- El expresidente peruano Alberto Fujimori Fujimori, reacciona durante una audiencia del juicio en su contra en las instalaciones de la sede de la Dirección de Operaciones Especiales de la Policía Nacional de Perú (DIROES), en el distrito de Ate Vitarte, departamento de Lima, Perú, el 25 de octubre de 2013. El Juzgado Supremo de Instrucción, escuchó a la defensa del expresidente Alberto Fujimori, que solicita cumplir su pena carcelaria bajo arresto domiciliario, según la prensa local. (Xinhua/Luis Camacho) (lc) (rt) (sp)
O ex-presidente Alberto Fujimori durante audiência após pedir para cumprir prisão domiciliar
Segundo as pesquisas, o principal eleitorado do fujimorismo continua sendo composto por trabalhadores de classe média baixa, urbana e rural.
"É comum que se explique o apoio que o fujimorismo ainda tem entre os mais pobres por conta de ele ter sido um populista, mas é preciso dizer também que ele foi um dos poucos presidentes que realmente chegaram aos lugares mais distantes do país e que, bem ou mal, cumpriram com o que prometeram levar a eles", diz o analista político David Rivera.
Keiko, que estudou nos Estados Unidos e é casada com um americano, foi a primeira-dama da gestão Fujimori após o divórcio dos pais, quando tinha apenas 19 anos. Um de seus feitos que rendem popularidade foi ter administrado um programa de criação de orfanatos e clínicas pediátricas pelo país.
Em 2011, Keiko perdeu a eleição num apertado segundo turno para o atual presidente peruano, Ollanta Humala (51% a 48%).
Entre suas principais promessas de campanha está um grande aporte de investimentos públicos em obras de infraestrutura como forma de garantir o retorno do país ao rumo do crescimento.


1º de janeiro de 2016

CENA TRISTEE

FUI AGORA QUASE 8 HS NO NACIONAL DA CARAZINHO. QDO IA SAINDO, UM FUNCIONÁRIO EXPULSAVA UMA FAMILIA DE MALOQUEIROS,SEGUNDO ELE.

PAI E MÃE CATADORES, CHEIOS DE LATAS E OS GURIS TODOS SUJOS E IMUNDOS INDO EMBORA PELA CARAZINHO.

SEGURAMENTE IAM PROCURAR UM LUGAR PRA DORMIR, PQ O FUNCIONÁRIO OS EXPULSOU DALI...

- VEM PRA RUA, VEM PRA RUA...GRITAVA UM DOS GURIS PRO FUNCIONÁRIO DO NACIONAL.

PENSEI CÁ COMIGO. OS SOFREDORES DO MUNDO, OSQUE SÃO ENXOTADOS DE SEUS LUGARES QUE NÃO TEM NEM UM PEDAÇÕ DE CEU PRA DORMIR, UM DIA VÃO SE REBELAR....

depois desta cena, fiquei até sem vontade alguma de festejar qq coisa(olides canton)

COMO A CRUELDADE HUMANA CHEGA A UNS LIMITES QUE NEM OS ANIMAIS PRODUZEM....

 

cena triste

a envca que presenciei agora me lembra aquela materia que a nubia silveria mandou fazer numa noite de natal. O WAGNER E A CARI RODRIGUES, COMO DOIS RETIRANTES BATENDO DE PORTA EM APORTA ATRAS DE POUSO.

- SAI DAQUI FEDORENTEO QUE TOU PREPARANDO MINHA CEIA ERA O QUE OUVIAM

depois de publciada a reportagem deu um BAFAFA COM A SANTA IGREJA CATOLICA APOSTOLICA ROMANA QUE NÃO GOSTOU DA ' MERCANTILIZAÇÃO' DO NATAL. MAS QUE MERANTILIZAÇÃO SE A IGREJA É A COISA MAIS MERCANTIL QUE TEM NO MUNDO....

 

31/12

DEI UMA VOLTA PELA CIDADE HJ DIA 31.12.

NG NA CIDADE. SO O GAMBRINUS NO MERCADO.....

 

SARTORI

devem surgir novas lideranças por ai....mas ainda é cedo....

* o Sartori deve ficar na história como o OLIVIO...não fez nada...mas fica com aquela aureola de ' santo'.

O GRINGO É O ULTIMO DOS GOVERNADORES FEITOS PELO SIMON. QUE FEZ O BRITO, O RIGOTTO, A YEDA E ELE. MAS AGORA BASTA, NÉ....TE APOSENTA SIMON

com todo o respeito, o Tarso já tá dando saudades....ontem no cinema, ouvi duas funcionárias públicas destilando ODIO CONTRA O GRINGO. TÁ MAL NA FOTO UM ANO ADEPOIS..FALTOU CRIATIVIDADE, ASSESSORIA E NÃO SEI MAIS O QUE.....

 

O que rola nas redes sociais (para começar 2016)

laurinho, com todo o respeito mas o que tem de BABAQUICE nesta rede social. ainda prefiro o parachoque de caminhão ou a porta do banheiro(OC)

Enviada: Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2015 09:17

 

REDES SOCIAIS

mas que babaquice estas rede sociais. como disse o ator aquele, que me interessa filosofia de gente que nem conheço.....me deixa fora....

 

dos leitores

De: julio.pacheco
Enviada: Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2015 16:13

Grande Olides.
Feliz ano novo.
Muita felicidade em 2016.
Um abração.
Júlio César

 

do mironneto.com

Enxugamento do Walmart pode atingir loja do Nacional

A gigante americana Walmart anunciou nesta semana que deverá fechar unidades de supermercados Nacional no Rio Grande do Sul. O fechamento das lojas iniciou nesta quarta-feira (30), com cinco unidades em Porto Alegre. Estima-se que serão fechadas 10 lojas do Nacional no Estado, e uma das especulações é sobre a loja de Gramado, que funciona junto ao conjunto comercial Parque do Moinho.
Tudo é, claro, mera especulação, já que o Walmart não divulgou o nome das lojas que fecharão suas portas.

 

do Pioneiro

Antigos verões: o balneário De Lazzer

por Rodrigo Lopes

Destino certo nos dias de calor: o balneário De Lazzer lotado em meados dos anos 1950. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Passeios em meio à natureza e prática de esportes atraíam centenas de moradores da área central ao balneário. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Entre os anos 1930 e 1960, quando o deslocamento para as praias do Litoral Norte era uma “aventura” demorada, difícil e onerosa, os balneários eram a opção de quem permanecia em Caxias de dezembro a março.

E um dos mais lembrados é, sem dúvida, o balneário De Lazzer, cuja história recordamos com a colaboração do leitor Victor Hugo Gardelin De Lazzer, neto do comerciante Antonio De Lazzer, precursor de toda essa história.

Nos primórdios dos anos de 1920, com a abertura da Estrada Federal BR-116 e o início do transporte rodoviário de cargas, Antonio De Lazzer construiu uma nova casa de comércio no entroncamento desta com a antiga Estrada Conselheiro Dantas.

Em um depoimento de 1992, dona Angelina Gema, filha de Antonio e Stella Panegaz nascida em 1915, falou sobre a atividade econômica do pai:

“O novo prédio de alvenaria dispunha de bomba de gasolina para abastecimento de veículos, churrascaria, armazém e, nos fundos, um açude. O comércio era atendido pelo meu irmão Agostinho e por meu esposo, Amadio Perini. Os caminhoneiros que transportavam madeira das serrarias existentes em São Marcos e São Francisco de Paula paravam para abastecer e almoçar no restaurante da família. Após um bom churrasco, tinham o prazer da bela paisagem e do descanso junto ao açude”.

Famílias inteiras costumavam rumar para o balneário De Lazzer nos finais de semana. Foto: Studio Geremia, acervo pessoal de Victor Hugo Gardelin De Lazzer, divulgação

O lago artificial

Victor De Lazzer, filho de Antonio nascido em 1918 e pai do leitor Victor Hugo, falou sobre as transformações ocorridas no local, em um depoimento de 1995:

“Nos anos de 1935 a 1940, ampliamos o açude existente, transformando-o em um belo lago artificial para a prática de esportes náuticos e pesca. Construímos barcos para passeio, campo de futebol, cancha para jogo de bocha, vestiários, canchas de vôlei e basquete, churrasqueiras, quiosques, bar, banheiros e pistas de corrida.”

Outro atrativo era o preço. Naqueles tempos, o valor de entrada era extremamente acessível pois o balneário funcionava somente nos três meses de verão e era administrado por Antonio e demais membros da família.

A cada ano, antecipando a nova temporada de veraneio, o lago era drenado e limpo e os peixes, tarrafeados e comercializados.

Passeios de barco e esportes náuticos eram atrações oferecidas aos visitantes. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Trio Los Panchos, refrigerante Marabá e cerveja Pérola

O Balneário De Lazzer permaneceu em plena atividade nos verões das décadas de 1940, 1950 e 1960, principalmente aos finais de semana. Era para lá que muitos moradores da área central se deslocavam para praticar esportes e ter momentos de lazer e recreação com a família.

Nos sábados e domingos de sol, o movimento era intenso – e a trilha sonora acompanhava os sucessos do momento. Do alto-falante próximo ao bar saíam clássicos de Carlos Gardel, Angela Maria, Trio Los Panchos, Nelson Gonçalves e Demônios da Garoa. Várias das músicas, aliás, costumavam ser dedicadas as belas moçoilas que por lá desfilavam.

As bebidas? Grappete, refrigerantes Marabá e cerveja Pérola, deliciosamente saboreadas com pastéis feitos na hora.

Cenário paradisíaco: balneário era destino obrigatório para centenas de caxienses nos anos 1940, 1950 e 1960. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Destino

O Balneário De Lazzer costumava receber também excursões escolares e exercícios militares do 3º Grupo de Canhões Automáticos Antiaéreos 40mm.

Balneário também era cenário para imagens feitas por fotógrafos como Ulysses Geremia, um de seus assíduos frequentadores nos anos 1940 e 1950. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Mudanças a partir de 1952

Em 1952, o prefeito Euclides Triches determinou a inclusão do local no perímetro urbano da cidade. A partir daí, modificações importantes ocorreram, principalmente a ampliação da largura da Estrada Conselheiro Dantas de 20 para 40 metros.

Posteriormente, os irmãos Agostinho, Victor e Antoninho aprovaram junto à prefeitura o Loteamento Bairro de Lazzer, de acordo com a legislação em vigor, permitindo desta forma a execução do sistema viário, lotes e quadras atualmente existentes.

Já entre 1989 e 1992, durante a administração do prefeito Mansueto Serafini Filho, a Perimetral Norte, prevista no Plano Diretor Urbano, foi aberta e pavimentada desde a BR-116 até o encontro da Moreira César com a Via Vêneto.

Verões inesquecíveis: o balneário lotado em seus tempos áureos, nos anos 1950. Foto: Studio Geremia, acervo pessoal de Victor Hugo Gardelin De Lazzer, divulgação

 

Novo Bispo Auxiliar - Arquidiocese Porto Alegre

Atendendo a solicitação de Dom Jaime Spengler, Arcebispo Metropolitano de Porto Alegre, o Papa Francisco, na data de hoje, 30 de dezembro, do Ano da Graça de 2015, nomeando como Bispo Titular de Macriana Minore e auxiliar de Porto Alegre, o digníssimo Monsenhor Aparecido Donizete de Sousa.

Padre Donizete nasceu em Ibiaci, Distrito de Primeiro de Maio – Estado do Paraná, em 13 de janeiro de 1964. Portanto completará 52 anos no próximo dia 13. Filho de Orestino de Souza e Elza Batista de Souza, residentes na Cidade de Apucarana – PR. Tem 4 irmãos: Vera Lucia, Lucinéia, Adilson e Ademilson; Todos casados.

Foi ordenado Presbítero em 12 de dezembro de 1992.

Estudos:
Cursou Filosofia no Instituto Filosófico de Apucarana-PR de 1986 a 1988;
Cursou Teologia no Instituto Teológico Paulo VI de Londrina de 1989 a 1992.
Obteve o mestrado em Teologia Espiritual na Pontifícia Faculdade Teológica Teresianum em Roma de 2001 a 2003.

Cargos exercidos na Diocese de Cornélio Procópio – PR:
- Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Leópolis – PR (1993 - 1997);
- Pároco da Paróquia Imaculada Conceição em Jataizinho - PR (1998 – 2001)
- Reitor do Seminário Menor Diocesano Menino Deus em Cornélio Procópio e vigário paroquial na Catedral Cristo Rei ( agosto de 2003 a junho de 2007)
- Pároco da Paróquia Sant’Ana em Sapopema – PR. (julho de 2007 a janeiro de 2012);
- Reitor do Seminário São José de Teologia em Jataizinho - PR (2012 -2014).
Durante esse tempo na Diocese assessorou as seguintes pastorais: Catequética, Carcerária e Vocacional.
Fez parte da Equipe de Diretores espirituais no Instituto Filosófico de Apucarana por alguns anos. Acompanhou também como diretor espiritual seminaristas no Instituto Teológico Paulo VI.

Até então era pároco da Paróquia São Francisco de Assis em Cornélio Procópio e também Assessor da Pastoral Litúrgica.

A Arquidiocese de Porto Alegre louva a Deus por este presente, ainda de Natal, que recebemos. Rogamos à Mãe de Deus que abençoe este seu filho, que será recebido com alegria nesta nova missão a ele incumbida.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

de Serafina

Prefeito recebe Diretoria da CORSAN

O Prefeito Ademir Antonio Presotto recebeu, em seu Gabinete, na tarde de 30 de Dezembro de 2015, a Diretoria da CORSAN. O objetivo da reunião foi a apresentação da nova Gerente da Unidade de Saneamento CORSAN de Serafina Corrêa, Greika Chaves Hoffman. Estiveram presentes, o Superintendente da CORSAN Regional de Bento Gonçalves, Felipe Agostinho Caimi e o Gerente que está deixando Serafina Corrêa, Sadi Zimmermann. Também foram discutidos assuntos relacionados ao abastecimento de água em Serafina Corrêa, infraestrutura, investimentos e demais temas de interesse da comunidade serafinense.

 

Prefeito recebe Diretoria do Hospital Nossa Senhora do Rosário

No dia 30 de Dezembro de 2015, o Prefeito Ademir Antonio Presotto, juntamente com o Secretário de Saúde, José Carlos Betinardi, e o Secretário de Fazenda, Odeni Castro, receberam, na Prefeitura Municipal, a Diretoria do Hospital Nossa Senhora do Rosário. Participaram da reunião o Presidente Fernando Antonio Zamprogna, a Primeira Vice-Presidente: Claudete Pissaia, membros do Conselho Fiscal e demais integrantes. Foi uma importante oportunidade para que os assuntos relacionadas a essa importante instituição fossem discutidos, planejando ações e projetos para o próximo ano.

 

Serafina Acontece

A ARIANA SAIRÁ DE FERIAS POR 10 DIAS. SENTIREI FALTA DELA....E JÁ MANDOU LA BENEDICION, COMO DIZIAM OS PADRES. QUALQUER DIA A ADRIANA TROCA DE PROFISSÃO É VIRA DIACONA(oc)

De: imprensa
Enviada: Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2015 09:49

Serafina Corrêa, 31 de Dezembro de 2015.

Bon giorno!

Estamos encaminhando o Serafina Acontece! com os eventos programados
para os próximos dias. Clique aqui para ler.

Um abençoado 2016 a todos!

Gràssie, gràssie, gràssie!

 

Camping Carreiro recebe melhorias

Com a abertura da temporada de verão, o Camping Carreiro, em Serafina Corrêa, recebe milhares de visitantes oriundos de muitas cidades da região e a comunidade serafinense para desfrutar da infraestrutura, natureza e curtir momentos de lazer e descanso. Com o objetivo de proporcionar comodidade e qualidade de vida, a Prefeitura Municipal, com a coordenação da Secretaria de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer realiza melhorias como a pintura da ponte que liga o Município de Nova Bassano a Serafina Corrêa, em parceria com a cidade vizinha, o conserto de chuveiros, pias, vasos sanitários, além de pintura completa do banheiro central, a pintura do meio fio, melhoria nas condições da Operação Golfinho com a colocação de climatizadores, além de toda infraestrutura de trabalho para o atendimento de ocorrências e emergências, conserto e reforma de churrasqueiras e mesas, além de toda iluminação e pontos de luz que foram substituídos este ano. Pedimos cuidado e zelo pelo que é de todos. Utilizem esse espaço privilegiado na região, evitando e denunciando a depredação.



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

2015
Dez01
Dez02
2016 Jan01
Jan02
                     



OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 184 - janeiro 2016
Edição 183 - outubro 2015
Edição 182 - setembro 2015
Edição 181 - agosto 2015
Edição 180 - julho 2015
Edição 179 - maio 2015
Edição 178 - março 2015
Edição 177 - feverero 2015
Edição 176 - janeiro 2015
Edição 175 - dezembro 2014
Edição 174 - novembro 2014

Edição 173 - outubro 2014

Edição 172 - agosto 2014

Edição 171 - junho 2014

Edição 170 - maio 2014

Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99


ESTÃO À VENDA


Cidades vizinhas (A briga entre cidades gaúchas) • R$ 15


Cosi la ze stata (Breves histórias de Serafina Correa/RS) • R$ 20


Getulio Vargas, depoimentos de um filho (Maneco Vargas fala de Getulio) • R$ 20


Estradas do Rio Grande (A história da construção pesada no RS) • R$ 50

Mais a postagem. Procure pelo olidescanton@bol.com.br.


ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog